Unidades de reboque. Mais informações sobre unidades de reboque estão disponíveis no documento Adaptações da extremidade traseira.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Unidades de reboque. Mais informações sobre unidades de reboque estão disponíveis no documento Adaptações da extremidade traseira."

Transcrição

1 Informações gerais sobre unidades de reboque Unidades de reboque é um termo coletivo que designa componentes com os quais o veículo deve estar equipado para rebocar um reboque. Informações gerais sobre unidades de reboque Mais informações sobre unidades de reboque estão disponíveis no documento Adaptações da extremidade traseira. A finalidade da unidade de reboque é transferir a força de tração do veículo para o reboque. Uma unidade de reboque costuma ser uma das opções a seguir: Viga de engate com acoplamento do reboque Viga de reboque Quinta roda Este documento descreve o seguinte: Viga de engate com acoplamento do reboque Viga de reboque Encaixe final da viga de engate suspensa e proteção inferior Viga final Quinta roda Suportes de fixação ou chassi auxiliar Valores de carga Scania CV AB 2016, Sweden 1 (23)

2 Selecione uma unidade de reboque Selecione uma unidade de reboque levando os 3 aspectos a seguir em conta: Informações gerais sobre unidades de reboque Tipo de reboque Peso bruto do reboque Condições de operação O peso máximo do reboque é limitado por diversos fatores como: desempenho do acoplamento do reboque; peso máximo bruto recomendado do conjunto da caixa de mudanças e da transmissão do eixo traseiro para as condições de operação específicas; O número de eixos com freio de estacionamento 1 características dinâmicas de condução da combinação de veículos tração da combinação de veículos 1. Se o número de eixos com freio de estacionamento limitar o peso bruto da composição carregada permitido em menos de 60 toneladas, isso estará especificado no certificado do fabricante. Scania CV AB 2016, Sweden 2 (23)

3 Viga de engate com acoplamento do reboque Vigas de engate Uma viga de engate pode ser instalada de uma das seguintes maneiras: 1 Viga de engate com acoplamento do reboque 2 1. Montada no centro 2. Semi-suspensa 3. Totalmente suspensa e suspensa baixa 4. Adaptada para acoplamento curto A viga de engate é dimensionada para as cargas que ocorrem em um rodotrem durante a operação. As cargas são designadas como os valores D, D c, V e S. O cálculo delas é descrito mais adiante neste documento. As combinações permitidas dos valores de carga máximos D, D c, V e S estão indicadas na placa de identificação da viga de engate. 3 4 IMPORTANTE! Não é permitido perfurar ou soldar em chapas e vigas de engate, pois elas são expostas a altas tensões dinâmicas e são componentes certificados. Nota: Não é permitido cobrir ou pintar a placa de identificação. As informações devem estar visíveis para que o certificado seja válido. xxx xxx Scania CV AB 2016, Sweden 3 (23)

4 Viga de engate com acoplamento do reboque Antes de encaixar a viga de engate Siga as instruções do fabricante para encaixar a viga de engate e as chapas. Verifique se o balanço traseiro do caminhão está instalado com o número correto de travessas e viga final. Instale a viga de engate ou as chapas na costela da estrutura do chassi usando juntas aparafusadas. H Se a medida L for maior que 100 mm (veja o diagrama), o balanço traseiro deverá ser reforçado com uma barra em X no sobrechassi ou com uma viga final rígida à torção na estrutura do chassi. Mais informações sobre o balanço traseiro estão disponíveis no documento Reforços. Nota: A viga de engate deve ser posicionada deixando um espaço de pelo menos 1 mm até o flange do quadro do chassi. Altura do acoplamento do reboque em relação ao topo do chassi (H) L Posição da viga de engate Montada no centro Semi-suspensa Totalmente suspensa Altura, H 167 mm 267 mm 364 mm 420 mm 480 mm Scania CV AB 2016, Sweden 4 (23)

5 Acoplamento do reboque O acoplamento do reboque é dimensionado para as cargas que ocorrem em um rodotrem durante a operação. As cargas são designadas como os valores D, D c, V e S. O cálculo delas é descrito mais adiante neste documento. Combinações permitidas de valores máximos D, D c, V e S compreendem os valores mais baixos indicados para o acoplamento do reboque e a viga de engate para os valores D, D c, V e S respectivos. Viga de engate com acoplamento do reboque Exemplo de acoplamento do reboque Scania CV AB 2016, Sweden 5 (23)

6 Viga de reboque Viga de reboque As vigas de reboque podem ser usadas para as seguintes finalidades em caminhões sem acoplamento do reboque: Reboque temporário Resgate de veículo emperrado Manobra de caminhões e reboques A viga de reboque é dimensionada para um valor D ou D c máximo. Veja a descrição do cálculo dos valores D e D c mais adiante neste documento Mais informações sobre como instalar a viga de reboque se encontram no documento Adaptações da extremidade traseira. Nota: Uma viga de reboque não deve ser usada como a única viga na extremidade do chassi. Scania CV AB 2016, Sweden 6 (23)

7 Encaixe final da viga de engate suspensa e proteção inferior 1 Encaixe final da viga de engate suspensa e proteção inferior 1. Desprenda as chapas do chassi. 2. Gire as chapas 90 para baixo. 3. Prenda as chapas de acordo com as instruções. Informações estão disponíveis sob o cabeçalho Instalação de chapas. As vigas de engate suspensas combinadas com proteção inferior são entregues montadas para transporte e devem ser montadas de modo definitivo pelo encarroçador O encaixe depende do tipo de chapa e viga de engate. Desprenda as chapas e gire-as 90 para baixo. Nota: A viga de engate é montada de modo definitivo mesmo se as chapas estiverem montadas para transporte. IMPORTANTE! Todos os parafusos e todas as porcas devem ser substituídos ao montar de modo definitivo as vigas de engate, a proteção inferior e as vigas finais que estão provisoriamente montadas. Certifique-se de que o número correto de parafusos e porcas sejam instalados. Prenda as chapas de acordo com as instruções Scania CV AB 2016, Sweden 7 (23)

8 Instalação da chapa Encaixe final da viga de engate suspensa e proteção inferior O seguinte é aplicável na instalação de chapas: Momento de aperto (M14) de 135 ± 20 Nm e ângulo de aperto de 60 ± 10 As juntas aparafusadas devem incluir a classificação 10,9 de parafusos totalmente roscados e a classe 10 de porcas autotravantes. Mais informações sobre as dimensões se encontram no documento Proteção inferior traseira Nota: Verifique e inspecione a instalação após km. Pos. Descrição Parafusos M Chapa para montagem juntamente com DB7A Use 12 em cada lado 2 Chapa para montagem juntamente com DB5A/DB7A/apenas RUP Use 6 em cada lado Chapa para montagem juntamente com DB5A/DB7A/apenas RUP Use 9 em cada lado 4 Chapa para montagem juntamente com DB7A Use 9 em cada lado 5 Chapa para montagem juntamente com DB7A Use 12 em cada lado 6 Chapa para montagem juntamente com DB7A Use 15 em cada lado Scania CV AB 2016, Sweden 8 (23)

9 Requisitos legais técnicos O posicionamento da proteção inferior é coberto por certificados fornecidos pela Scania. Para esses certificados serem válidos, certas legislações técnicas regulam a posição da proteção inferior. Encaixe final da viga de engate suspensa e proteção inferior Scania CV AB 2016, Sweden 9 (23)

10 Viga final Viga final A Scania recomenda a instalação de uma viga final em veículos não equipados com uma viga de engate montada no centro, viga de reboque ou outro tipo de travessa na borda traseira do chassi. Mais informações sobre vigas finais se encontram no documento Adaptações da extremidade traseira. IMPORTANTE! Se o encarroçador instalar uma viga de engate, uma viga com características de acordo com a viga final da Scania ou uma mais rígida deverá ser instalada. Do contrário, o certificado da viga de engate não será válido. Se a extremidade do chassi for submetida apenas a cargas mais leves, instale uma viga final em combinação com uma viga de engate semi ou totalmente suspensa, ou com nenhuma. Se a extremidade do chassi for submetida a cargas pesadas, será necessário ter uma extremidade do chassi mais rígida. Ao instalar a carroceria, instale uma viga final reforçada em combinação com uma viga de engate semi ou totalmente suspensa, ou com nenhuma. 100 A viga final extra rígida da Scania pode ser adquirida em uma concessionária Scania. Para veículos com viga de engate de montagem completa ou baixa suspensa, instale a viga final de modo que o orifício de fixação traseiro seja de 100 mm na frente do orifício de fixação dianteiro da viga de engate. Veja a ilustração. Aplica-se ao instalar uma viga final que não seja Scania Scania CV AB 2016, Sweden 10 (23)

11 Viga final As peças estão disponíveis nas concessionárias Scania. Viga final Nº da peça Para estruturas de chassi F950, F957, F958 Para a estrutura de chassi F Para a estrutura de chassi F espaçador para estrutura de chassi F700 Viga final rígida à torção Viga final rígida à torção da Scania Scania CV AB 2016, Sweden 11 (23)

12 Quinta roda Quinta roda Placa de montagem Instale a quinta roda em uma placa de montagem. A placa de montagem oferece uma boa fixação da quinta roda aos suportes de fixação ou ao chassi auxiliar. O design da placa de montagem deve permitir que a pressão no chassi auxiliar seja distribuída uniformemente sobre pelo menos quatro superfícies de apoio Distribuição do peso Scania CV AB 2016, Sweden 12 (23)

13 Quinta roda Selecione a placa de montagem de acordo com os requisitos: Valor D, configuração do veículo, altura necessária da quinta roda e posição necessária do pino mestre do reboque (distribuição total do comprimento e peso da combinação do veículo). Recomenda-se usar uma quinta roda da linha da Scania. O exemplo 1 destaca uma placa de montagem padrão. O exemplo 2 destaca uma placa de montagem para um veículo que requer uma quinta roda especialmente baixa R20 ADVERTÊNCIA! Para evitar danos ao quadro do chassi, as superfícies das extremidades de todas as placas de montagem devem ser arredondadas ou dobradas conforme o exemplo 1. 2 Exemplo 1: Placa de montagem padrão mm 140 mm Exemplo 2: Placa de montagem para quinta roda de pouca altura Scania CV AB 2016, Sweden 13 (23)

14 Instalação da placa de montagem Na instalação pós-venda da quinta roda, a Scania recomenda parafusos mais compridos combinados com luvas altas de 12 mm na junta entre a placa de montagem e o suporte de fixação ou chassi auxiliar. A luva permite que uma maior parte do parafuso absorva os movimentos, evitando que o parafuso quebre com a vibração. Quinta roda Normalmente, são usados 12 parafusos para instalar a quinta roda. Para instalações da quinta roda que têm um valor D de 260 kn com uma placa de montagem de 16 mm, 20 mm, mm, deve ser instalado um parafuso adicional em cada canto. Para a combinação mm, um parafuso adicional deve ser instalado no centro da placa de montagem nos dois lados do quadro do caminhão. Trave a placa de montagem contra os suportes de fixação ou chassi auxiliar com 4 batentes limitadores soldados (marcados em azul na ilustração). Isso reduz o risco de a junta aparafusada perder sua força de retenção e, assim, se afrouxar Scania CV AB 2016, Sweden 14 (23)

15 Quinta roda Instale a quinta roda usando 8 parafusos novos M e 4 parafusos M18/M conforme exibido na ilustração. Designação Momentos de aperto Nº da peça Parafuso M ± Parafuso M ± Parafuso M ± IMPORTANTE! Troque por parafusos novos, os antigos estão desgastados devido ao alto momento de aperto. Scania CV AB 2016, Sweden 15 (23)

16 Suportes de fixação ou chassi auxiliar Suportes de fixação ou chassi auxiliar Escolha suportes de fixação ou chassi auxiliar com base no seguinte: Carga do semirreboque no chassi Classe de chassi Condições de condução Os suportes de fixação são padrão em tratores e são adequados para condução em estradas e em veículos com peso bruto normal com um valor D de até 152 kn. Para transportes pesados, existe uma quinta roda com pino mestre de reboque de 3,5 polegadas, suportes de fixação mais fortes e placa de montagem mais resistente. O valor D é 260 kn e é recomendado para pesos brutos de composição carregada de até 70 toneladas em estradas ruins e 150 toneladas em estradas boas. Esta alternativa é uma opção selecionável de fábrica. A Scania recomenda o chassi auxiliar quando não for possível usar os suportes de fixação da Scania. Uma exceção das condições acima para reboques de serviço pesado de até 250 toneladas pode ser feita se as seguintes condições forem satisfeitas: Condições de estrada favoráveis Velocidades moderadas Motorista experiente Mais informações sobre os tratores se encontram no documento Tratores Suporte de fixação e chassi auxiliar Scania CV AB 2016, Sweden 16 (23)

17 Suportes de fixação As peças estão disponíveis nas concessionárias Scania. Suportes de fixação ou chassi auxiliar Instale os suportes de fixação na costela da viga do quadro com uma junta rebitada ou juntas aparafusadas. O número de parafusos depende do comprimento dos suportes de fixação, mas o número mínimo de parafusos M14 é 10. ADVERTÊNCIA! Se a altura dos suportes de fixação sobre o chassi exceder 40 mm, as travessas deverão ser instaladas entre os suportes de fixação para distribuir forças a partir do semirreboque. Scania CV AB 2016, Sweden 17 (23)

18 Chassi auxiliar Suportes de fixação ou chassi auxiliar O chassi auxiliar distribui qualquer concentração de carga da quinta roda e reforça o quadro do chassi. Ele também levanta a quinta roda assegurando, assim, que o semirreboque possa se mover livremente em relação à rodas e ao chassi. O tamanho requerido do chassi auxiliar depende do seguinte: Carga Condições de condução Espaço necessário entre o trator e o semirreboque. Ao conduzir em condições difíceis ou com carga pesada no pino mestre, é conveniente usar um chassi auxiliar com um momento de inércia mínimo da superfície com base na tabela abaixo Exemplo de chassi auxiliar para a estrutura de chassi F958: Perfil Altura x largura x profundidade (mm) Momento de inércia mínimo da superfície por viga 1x (cm 4 ) U 110x80x8 380 Z 110x80x80x8 380 O chassi auxiliar deve consistir em perfis abertos, perfis em U ou em Z. Mais informações sobre chassis auxiliares se encontram no documento Seleção do chassi auxiliar e da fixação Scania CV AB 2016, Sweden 18 (23)

19 Suportes de fixação ou chassi auxiliar Travessas e longarinas Quando o veículo faz uma curva, as forças laterais do semirreboque devem ser distribuídas entre as longarinas do chassi. Se apenas um membro do chassi é carregado por forças laterais, ele pode ficar deformado. O chassi auxiliar deve, portanto, estar equipado com travessas na frente e atrás das fixações da quinta roda. Para transportes pesados com grandes pesos brutos do veículo, instale o chassi auxiliar com várias travessas fortes equipadas com extremo na frente e atrás das fixações da quinta roda. Chassi auxiliar para frente O comprimento do chassi auxiliar afeta o modo como o chassi pode resistir às oscilações do quadro. Um chassi auxiliar colocado muito à frente proporciona um quadro do chassi resistente à torção nessa seção do chassi. Travessas na frente e atrás dos pontos de apoio da quinta roda Projetar o chassi auxiliar para frente aumenta a frequência de oscilação natural do chassi, o que significa que a oscilação não ocorre até que o veículo atinja velocidades maiores que as de condução normal. A projeção do chassi auxiliar para a frente deve ser determinada de acordo com cada caso. A necessidade de projetar o chassi auxiliar para frente é maior à medida que a distância entre eixos aumenta. A Scania sempre recomenda um chassi auxiliar que seja projetado para frente se a distância do eixo passar de 4 m. Mais informações sobre o posicionamento dos suportes podem ser encontradas no documento Seleção do chassi auxiliar e fixação. Mais informações sobre suportes estão disponíveis no documento Suportes de adaptação da carroceria. Mais informações sobre chassis auxiliares estão disponíveis no documento Design do chassi auxiliar Scania CV AB 2016, Sweden 19 (23)

20 Valores de carga Os valores D, D c, V e S foram extraídos da Diretiva europeia 94/20/EC e são usados no dimensionamento da unidade de reboque. Valores de carga Dimensionamento Ao dimensionar unidades de reboque, toda a rede de componentes que formam a unidade deve ter valores D, D c, V e S que não fiquem abaixo dos valores de carga calculados para o rodotrem. T R Scania CV AB 2016, Sweden 20 (23)

21 Valores de carga Valor D Aplicável a reboques com uma barra de engate articulada: O valor D define uma força de referência horizontal teórica das unidades de reboque para forças na direção longitudinal do veículo. O valor D se aplica a reboques com uma barra de engate articulada. D=g T R T+R (kn) T = Peso total máximo do trator em toneladas R = Peso total máximo do reboque em toneladas g = Gravidade (9,81 m/s²) Scania CV AB 2016, Sweden 21 (23)

22 Valores de carga Valor D c Aplicável a reboques com uma barra de engate rígida: O valor D c define uma força de referência horizontal teórica das unidades de reboque para forças na direção longitudinal do veículo. O valor D c se aplica a reboques com uma barra de engate rígida. S D c =g T C T+C (kn) T C T = O total do peso total máximo do trator e da carga máxima estática vertical que o reboque transfere para o acoplamento do reboque (valor S) em toneladas. C = O total do peso máximo do eixo pertencente ao reboque em toneladas g = Gravidade (9,81 m/s²) Valor S Aplicável a reboques com uma barra de engate rígida: O valor S define a carga estática vertical que o reboque transfere para o trator sob condições estáticas. O valor S é medido no ponto de conexão. L m S= A m (toneladas) L S A = Peso do eixo em toneladas m = Distância entre o centro de eixos e o centro de gravidade em metros L = Distância entre o centro do olhal para reboque e o centro de eixos em metros Scania CV AB 2016, Sweden 22 (23)

23 Valor V Aplicável a reboques com uma barra de engate rígida: Valores de carga O valor V define uma força de referência vertical teórica das unidades de reboque para forças na direção vertical. O valor V se aplica à conexão entre tratores e reboques. L V=a X 2 C L 2 (kn) X = Comprimento da área de carga do reboque em metros L = Comprimento teórico da barra de engate em metros C = O total do peso máximo do eixo pertencente ao reboque em toneladas a = Aceleração vertical equivalente no ponto de conexão (dependente do tipo de suspensão do trator) a 1 = 1,8 m/s² para caminhões com suspensão a ar a 2 = 2,4 m/s 2 para caminhões com suspensão a mola Scania CV AB 2016, Sweden 23 (23)

Adaptações da extremidade traseira

Adaptações da extremidade traseira Comprimento adaptado do balanço traseiro Comprimento adaptado do balanço traseiro O balanço traseiro pode ser encomendado da fábrica em incrementos de comprimento de 10 mm entre os valores limites de 750

Leia mais

Design do chassi auxiliar

Design do chassi auxiliar Geral Geral O chassi auxiliar pode ser usado para as seguintes finalidades: Proporciona espaço para as rodas e outras peças que sobressaem acima do chassi. Proporciona rigidez e reduz a tensão no balanço

Leia mais

Caminhões roll on/roll off

Caminhões roll on/roll off Informações gerais Informações gerais Os caminhões roll on/roll off são usados principalmente para transportadores de carga solta. O manuseio de cargas é feito elevando, removendo e puxando o transportador

Leia mais

Caminhões para transporte de madeira. Informações gerais sobre caminhões para transporte de madeira

Caminhões para transporte de madeira. Informações gerais sobre caminhões para transporte de madeira Informações gerais sobre caminhões para transporte de madeira Caminhões para transporte de madeira são usados para o transporte de madeira redonda. Informações gerais sobre caminhões para transporte de

Leia mais

Seleção do chassi auxiliar e fixação. Descrição. Recomendações

Seleção do chassi auxiliar e fixação. Descrição. Recomendações Descrição Descrição A estrutura do chassi, o chassi auxiliar e o reforço se interagem para aguentarem todos os tipos de tensões possíveis durante a operação. O dimensionamento e modelo do chassi auxiliar,

Leia mais

Tratores. Informações gerais sobre tratores. Recomendações. Distância do eixo

Tratores. Informações gerais sobre tratores. Recomendações. Distância do eixo Informações gerais sobre tratores Informações gerais sobre tratores Os tratores foram projetados para puxar semirreboques e são, portanto, equipados com uma quinta roda para possibilitar a fácil troca

Leia mais

Estabilidade de rolamento e estabilidade anti-capotamento no basculamento

Estabilidade de rolamento e estabilidade anti-capotamento no basculamento Generalidades Generalidades Há tipos diferentes de estabilidade de rolamento e estabilidade anti-capotamento no basculamento. Eles incluem especificamente: Estabilidade de rolamento na condução Estabilidade

Leia mais

Caminhões para transporte de madeira. Informações gerais sobre caminhões para transporte de madeira

Caminhões para transporte de madeira. Informações gerais sobre caminhões para transporte de madeira Informações gerais sobre caminhões para transporte de madeira Informações gerais sobre caminhões para transporte de madeira A carroceria do caminhão para transporte de madeira pode ser considerada como

Leia mais

Caminhões com bomba de concreto. Informações gerais sobre caminhões com bomba de concreto. Modelo

Caminhões com bomba de concreto. Informações gerais sobre caminhões com bomba de concreto. Modelo Informações gerais sobre caminhões com bomba de concreto Informações gerais sobre caminhões com bomba de concreto A carroceria do caminhão com bomba de concreto é considerada muito resistente à torção.

Leia mais

Tomada de força ED120

Tomada de força ED120 Informações gerais Informações gerais As seguintes opções de encomenda estão disponíveis para a tomada de força ED120: Jogo de engrenagens instalado na fábrica para conexão de uma bomba hidráulica (tomada

Leia mais

Aterramento e fornecimento de força

Aterramento e fornecimento de força O parafuso de ligação à terra da bateria não deve ser usado para o aterramento das funções da carroceria. Todos os aterramentos para as funções da carroceria do quadro do chassi devem ser conectados à

Leia mais

Cálculos de peso do eixo. Informações gerais sobre cálculos de peso do eixo

Cálculos de peso do eixo. Informações gerais sobre cálculos de peso do eixo Informações gerais sobre cálculos de peso do eixo Todos os tipos de trabalho de transporte feitos por caminhões exigem que o chassi entregue da fábrica seja complementado com alguma forma de carroceria.

Leia mais

E 4. Delineação dos contornos e placas refletoras traseiras. Histórico e finalidade

E 4. Delineação dos contornos e placas refletoras traseiras. Histórico e finalidade Histórico e finalidade Histórico e finalidade As normas ECE R48 e ECE R70 descrevem a fixação, localização e visibilidade geométrica da delineação dos contornos e placas refletoras traseiras em veículos

Leia mais

Tipo do chassi F700 F800 F950 F957 F958 Largura e tolerância do chassi (mm) 9,5 R11 R11. Peso (kg) por viga e por metro (kg) 21,4 26,2 30,7 50,7 54,0

Tipo do chassi F700 F800 F950 F957 F958 Largura e tolerância do chassi (mm) 9,5 R11 R11. Peso (kg) por viga e por metro (kg) 21,4 26,2 30,7 50,7 54,0 Faixa de chassis da Scania Faixa de chassis da Scania A faixa de chassis abrange os seguintes tipos: Tipo do chassi F700 F800 F950 F957 F958 Largura e tolerância do chassi (mm) 766 +1 768 +1 771 +1 768

Leia mais

Equipamento de pesagem. Informações gerais sobre o equipamento de pesagem. Instalação de células de pesagem

Equipamento de pesagem. Informações gerais sobre o equipamento de pesagem. Instalação de células de pesagem Informações gerais sobre o equipamento de pesagem Informações gerais sobre o equipamento de pesagem A pesagem de carga do veículo pode ser feita de diferentes maneiras, dependendo, entre outras coisas,

Leia mais

Painel de comando da suspensão a ar adicional. Descrição

Painel de comando da suspensão a ar adicional. Descrição Descrição Descrição O painel de comando padrão da suspensão a ar está localizado na lateral do banco do motorista. O nível do veículo pode ser ajustado usando o painel de comando. Durante o tratamento

Leia mais

Limitações de trabalho com o chassi. Geral

Limitações de trabalho com o chassi. Geral Geral Para poder planejar a carroceria, é importante saber cedo o que será permitido e o que não será permitido para um veículo. Geral Este documento descreve algumas das limitações que se aplicam ao ajuste

Leia mais

Instruções para Implementadores

Instruções para Implementadores Volvo Truck Corporation Curitiba, Brazil Instruções para Implementadores Data Grupo Edição Pág. 12.05 95 01 1(6) Generalidades Cálculos e Especificações de Carga VM BRA18870 20 041552 Portuguese/Brazil

Leia mais

Aterramento e fornecimento de força. Aterramento na estrutura do chassi IMPORTANTE!

Aterramento e fornecimento de força. Aterramento na estrutura do chassi IMPORTANTE! Efetue todo o aterramento da carroceria na estrutura do chassi na longarina esquerda. O aterramento na longarina direita fará com que ocorra perda de tensão pois o polo negativo da bateria está conectado

Leia mais

Informações sobre chassis e designações de modelo

Informações sobre chassis e designações de modelo Sistema modular da Scania Sistema modular da Scania O sistema modular extensivo da Scania permite a adaptação ideal do chassi para diferentes usos. Cada chassi da Scania é especificado exclusivamente para

Leia mais

Cálculos de carga do eixo. Informações gerais sobre cálculos de carga do eixo

Cálculos de carga do eixo. Informações gerais sobre cálculos de carga do eixo Informações gerais sobre cálculos de carga do eixo Todos os tipos de trabalho de transporte feitos por caminhões exigem que seu chassi seja complementado com alguma forma de carroceria. Os cálculos de

Leia mais

Soldagem no quadro do chassi. Áreas de soldagem IMPORTANTE! Toda soldagem deve ser executada de modo especializado por profissionais treinados.

Soldagem no quadro do chassi. Áreas de soldagem IMPORTANTE! Toda soldagem deve ser executada de modo especializado por profissionais treinados. Geral Geral Toda soldagem deve ser executada de modo especializado por profissionais treinados. Evite a soldagem no quadro do chassi, pois o procedimento aumenta o risco de formação de ruptura na área

Leia mais

Modificação de componentes e sistemas Scania cobertos por certificados. Informações gerais

Modificação de componentes e sistemas Scania cobertos por certificados. Informações gerais Informações gerais Os veículos e os sistemas incluídos são certificados para atender a requisitos legais com relação à segurança na estrada, impacto ambiental etc. Informações gerais Um componente pode

Leia mais

Informações gerais sobre o sistema pneumático

Informações gerais sobre o sistema pneumático Definições É importante lembrar as seguintes definições e conceitos ao trabalhar no sistema pneumático do veículo: Reservatório de ar comprimido Um reservatório pressurizado contendo ar comprimido. Ele

Leia mais

Modificação dos componentes certificados Scania

Modificação dos componentes certificados Scania Modificação dos componentes certificados Scania Geral Geral A certificação é feita para satisfazer requisitos legais sobre segurança de trânsito, influência ambiental, etc. Se os componentes certificados

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES PARA A FABRICAÇÃO DE ESPELHOS RETROVISORES

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES PARA A FABRICAÇÃO DE ESPELHOS RETROVISORES ANEXO I ESPECIFICAÇÕES PARA A FABRICAÇÃO DE ESPELHOS RETROVISORES 1 DEFINIÇÕES 1.1. Define-se por Tipo de espelho retrovisor o dispositivo que não difere entre si quanto às seguintes características fundamentais:

Leia mais

Limitações para carroceria e equipamento opcional

Limitações para carroceria e equipamento opcional Informações gerais sobre este documento Informações gerais sobre este documento Para poder planejar a carroceria, é importante saber cedo o que será permitido e o que não será permitido para um veículo.

Leia mais

FUSIPA. Quinta-roda 3 ½. Manual do Usuário. Segurança. Montagem. Operação. Manutenção

FUSIPA. Quinta-roda 3 ½. Manual do Usuário. Segurança. Montagem. Operação. Manutenção Quinta-roda ½ Manual do Usuário Segurança Montagem Operação Manutenção Índice Página Quinta-roda ½ Aplicação e Dimensionamento. Aplicação. Dimensionamento Segurança. Segurança para operação. Segurança

Leia mais

Conexão de lâmpadas de demarcação lateral adicionais

Conexão de lâmpadas de demarcação lateral adicionais Descrição Descrição As lâmpadas de demarcação lateral podem ser conectadas de diferentes maneiras, desde que o veículo venha preparado para tanto de fábrica: É possível adicionar lâmpadas de demarcação

Leia mais

Instruções para Implementadores

Instruções para Implementadores Volvo Truck Corporation Curitiba, Brazil Instruções para Implementadores Data Grupo Edição Pág. 12.05 95 01 1(8) Instalações, Veículo Rígido Árvore de transmissão VM BRA19385 20 045192 Portuguese/Brazil

Leia mais

Mensagens de advertência de tampa aberta. Função

Mensagens de advertência de tampa aberta. Função Função Todos os caminhões 1 são equipados com uma função que exibe mensagens de advertência em caso de tampas abertas. É possível usar uma mensagem de advertência para diferentes tipos de tampa com um

Leia mais

Homologação de tipo de veículos dentro da UE

Homologação de tipo de veículos dentro da UE Homologação de tipo de veículos, generalidades Homologação de tipo de veículos, generalidades Histórico e finalidade Desde 2007, há uma diretiva sobre a homologação de tipo de veículos inteiros 2007/ 46/EC

Leia mais

Tomadas de força, visão geral. Informações gerais. Designação EK 730 P

Tomadas de força, visão geral. Informações gerais. Designação EK 730 P Informações gerais Este documento contém um resumo da linha de tomadas de força da Scania e os detalhes técnicos mais importantes. A designação das tomadas de força é uma combinação de caracteres compilada

Leia mais

ADAPTAÇÃO DE EIXO VEICULAR AUXILIAR - AEVA

ADAPTAÇÃO DE EIXO VEICULAR AUXILIAR - AEVA ADAPTAÇÃO DE EIXO VEICULAR AUXILIAR - AEVA N IZ 10.31/01 Tipo INSTRUÇÃO 1. INTRODUÇÃO A instalação do 3º eixo, transforma o caminhão original de fábrica de configuração 4x2 em 6x2. As diferenças de operação

Leia mais

Instruções de Instalação do Rack para o IBM Gen-II Slides Kit

Instruções de Instalação do Rack para o IBM Gen-II Slides Kit Instruções de Instalação do Rack para o IBM Gen-II Slides Kit Revise a documentação fornecida com o gabinete do rack para obter informações de segurança e cabeamento. Antes de instalar o servidor em um

Leia mais

Sistema de monitorização da pressão dos pneus (TPMS)

Sistema de monitorização da pressão dos pneus (TPMS) Instrução n.º Versão Peça N.º 31330604 1.7 31414189, 31201481 Sistema de monitorização da pressão dos pneus (TPMS) Página 1 / 9 Ferramentas especiais T9513035 Ferramenta TPMS Número de ferramenta: T9513035

Leia mais

Carga máxima dentro da faixa de torque (Nm) X X ou ou

Carga máxima dentro da faixa de torque (Nm) X X ou ou Informações gerais sobre pedido Informações gerais sobre pedido Encomende tomadas de força e preparações elétricas para tomadas de força da fábrica. A instalação pós-venda será muito cara. Requisitos recomendados

Leia mais

Faróis de longo alcance. Informações gerais. Ativação

Faróis de longo alcance. Informações gerais. Ativação Informações gerais Este documento especifica as opções de encomenda para os faróis de longo alcance e descreve também a conexão de faróis de longo alcance adicionais no teto ou no para-choque. As seguintes

Leia mais

Ativação da tomada de força EG. Função

Ativação da tomada de força EG. Função Função Ativação da tomada de força EG A função é usada para ativar a tomada de força a partir da área do motorista e do lado de fora da cabina. A tomada de força é controlada pela unidade de comando da

Leia mais

Engate Esférico 90mm. Manual de Montagem, Operação e Manutenção

Engate Esférico 90mm. Manual de Montagem, Operação e Manutenção Engate Esférico 90mm PT Manual de Montagem, Operação e Manutenção Índice 1 Montagem... 4 1.1 Montagem Engate Esférico 90mm Modelo JB*BC 90 PT 2 Operação... 5 2.1 Acoplamento 2.2 Desacoplamento 3 Manutenção...

Leia mais

Desconforto causado por vibrações. Princípios básicos. Frequência. Oscilação e amplitude

Desconforto causado por vibrações. Princípios básicos. Frequência. Oscilação e amplitude Princípios básicos O desconforto é subjetivo e difícil de medir. As causas das vibrações são muitas e difíceis de identificar. Conhecer certos princípios básicos facilita a localização da causa das vibrações.

Leia mais

Installation instructions, accessories. Reboque, amovível. Volvo Car Corporation Gothenburg, Sweden. Página 1 / 22

Installation instructions, accessories. Reboque, amovível. Volvo Car Corporation Gothenburg, Sweden. Página 1 / 22 Installation instructions, accessories Instrução n.º 31269628 Versão 1.7 Peça N.º 31269625 Reboque, amovível Volvo Car Corporation Reboque, amovível- 31269628 - V1.7 Página 1 / 22 Equipamento A0000162

Leia mais

Installation instructions, accessories. Reboque, fixo

Installation instructions, accessories. Reboque, fixo Installation instructions, accessories Instrução n.º 31339222 Versão 1.5 Peça N.º 30698602 Reboque, fixo IMG-350066 Volvo Car Corporation Reboque, fixo- 31339222 - V1.5 Página 1 / 34 Equipamento A0000162

Leia mais

Installation instructions, accessories. Reboque, amovível. Volvo Car Corporation Gothenburg, Sweden

Installation instructions, accessories. Reboque, amovível. Volvo Car Corporation Gothenburg, Sweden Installation instructions, accessories Instrução n.º 31269488 Versão 1.5 Peça N.º 31269508, 31269514, 31269512, 31269510, 31269516, 31269539 Reboque, amovível IMG-260235 Volvo Car Corporation Reboque,

Leia mais

Aplicação da camada de tinta nos chassis, eixos e aros de roda

Aplicação da camada de tinta nos chassis, eixos e aros de roda Informações gerais sobre pintura Informações gerais sobre pintura IMPORTANTE! A Scania recomenda que os componentes em materiais flexíveis e maleáveis não sejam pintados, pois a tinta pode afetar a durabilidade

Leia mais

Instruções para Implementadores

Instruções para Implementadores Volvo Truck Corporation Curitiba, Brazil Instruções para Implementadores Data Grupo Edição Pág. 12.05 95 01 1(11) Generalidades Identificação VM BRA18856 20 041538 Portuguese/Brazil Printed in Brazil Instruções

Leia mais

Unidade elétrica central. Unidade elétrica central

Unidade elétrica central. Unidade elétrica central A unidade elétrica central se encontra no lado do passageiro, sob o porta-objetos no painel de instrumentos. Abra-a conforme as instruções: 1. Abra a tampa do porta-objetos no painel de instrumentos. A

Leia mais

Engate de reboque, fixo

Engate de reboque, fixo Installation instructions, accessories Instrução n.º 31338955 Versão 1.0 Peça N.º 31359718, 31359740, 31414266 Engate de reboque, fixo Volvo Car Corporation Engate de reboque, fixo- 31338955 - V1.0 Página

Leia mais

INSTALAÇÃO DA TAMPA DO RADIADOR (Necessária exclusivamente para placa da base plana de tamanho completo)

INSTALAÇÃO DA TAMPA DO RADIADOR (Necessária exclusivamente para placa da base plana de tamanho completo) FORM NO. 3318-395 P Rev A MODELO NO. 07301 60001 E SUPERIORES MODELO NO. 07321 60001 E SUPERIORES Instruções de Instalação Placa da Base Plana de 2/3 e Tamanho Completo Para a máquina Workman da Série

Leia mais

Braços de fixação giratórios

Braços de fixação giratórios Perguntas frequentes Perguntas frequentes Preciso fabricar meus próprios braços, quais as informações de que preciso? As informações necessárias são detalhadas nas páginas O-5 ou O-10. Recomendamos que

Leia mais

E-Book Projetos de Andaimes

E-Book Projetos de Andaimes 2016 E-Book Projetos de Andaimes TIPOS DE ANDAIMES TIPOS DE FIXAÇÃO DE POSTE COM BRAÇADEIRA SOLUÇÕES PARA ESTABILIDADE DO ANDAIME Tipos de Andaimes 1) Andaimes Padrão Torres Simples - (isoladas) São andaimes

Leia mais

ANEXO 6 LANTERNAS DE POSIÇÃO DIANTEIRA E TRASEIRA (LATERAL), LANTERNAS DE FREIO E LANTERNAS DELIMITADORAS

ANEXO 6 LANTERNAS DE POSIÇÃO DIANTEIRA E TRASEIRA (LATERAL), LANTERNAS DE FREIO E LANTERNAS DELIMITADORAS ANEXO 6 LANTERNAS DE POSIÇÃO DIANTEIRA E TRASEIRA (LATERAL), LANTERNAS DE FREIO E LANTERNAS DELIMITADORAS 1. DEFINIÇÕES Para o objetivo deste Anexo: 1.1. Lanterna de posição dianteira (lateral)" é a lanterna

Leia mais

Manual de Instalação Adelift Light com Divisória de Lona

Manual de Instalação Adelift Light com Divisória de Lona Página 1 de 13 Objetivo: O objetivo desse manual é ajudar na identificação dos componentes e orientar os procedimentos para instalação do sistema Adelift Light, e sua divisória, no implemento rodoviário.

Leia mais

Limitador de velocidade

Limitador de velocidade Histórico Histórico A função de limitador de velocidade é controlada pela unidade de comando da BCI (Interface de comunicação da carroceria). A função pode ser ativada por sinais analógicos ou pela CAN

Leia mais

Manual de Montagem, Operação e Manutenção

Manual de Montagem, Operação e Manutenção Manual de Montagem, Operação e Manutenção INDICE 1 APRESENTAÇÃO DO PRODUTO 3 2 COMPONENTES 3 3 FURAÇÃO DE FIXAÇÃO DA SAPATA 4 4 MONTAGEM EM VEÍCULO TRATOR 4 5 MONTAGEM EM IMPLEMENTO RODOVIÁRIO 4 6 DESTRAVANDO

Leia mais

ANEXO I INSTALAÇÃO DE DISPOSITIVOS DE ILUMINAÇÃO E SINALIZAÇÃO LUMINOSA

ANEXO I INSTALAÇÃO DE DISPOSITIVOS DE ILUMINAÇÃO E SINALIZAÇÃO LUMINOSA ANEXO I INSTALAÇÃO DE DISPOSITIVOS DE ILUMINAÇÃO E SINALIZAÇÃO LUMINOSA 1. Especificações Gerais 1.1. Os dispositivos de sinalização de luz e iluminação serão montados de tal forma que, durante as condições

Leia mais

Informações gerais sobre o console e conectores da carroceria

Informações gerais sobre o console e conectores da carroceria Console e conectores da carroceria Console e conectores da carroceria O console da carroceria é uma seção do painel que atua como suporte para os conectores destinados às funções de carroceria. Informações

Leia mais

Reposicionamento do tanque de redutor em veículos com motores Euro 6

Reposicionamento do tanque de redutor em veículos com motores Euro 6 Informações gerais sobre como substituir e reposicionar o tanque de redutor Em veículos equipados com o sistema de controle de emissões SCR (Selective Catalytic Reduction, redução catalítica seletiva),

Leia mais

Aula 2 - Tensão Normal e de Cisalhamento.

Aula 2 - Tensão Normal e de Cisalhamento. Aula 2 - Tensão Normal e de Cisalhamento. A - TENSÃO NORMAL MÉDIA 1. Exemplo 1.17 - A luminária de 80 kg é sustentada por duas hastes, AB e BC, como mostra a figura 1.17a. Se AB tiver diâmetro de 10 mm

Leia mais

Manual de Instalação e Manutenção Série AP

Manual de Instalação e Manutenção Série AP Manual de Instalação e Manutenção Série AP INTRODUÇÃO ÍNDICE Introdução... 1 1 Instalação... 1 2 Manutenção... 2 2.1 Desmontagem... 2 Simples ação sem volante... 2 Simples ação com volante... 2 Dupla ação

Leia mais

Manual de Montagem, Operação e Manutenção. Quinta-roda JSK 39CS

Manual de Montagem, Operação e Manutenção. Quinta-roda JSK 39CS Manual de Montagem, Operação e Manutenção Quinta-roda JSK 39CS Português Índice Página 1 Segurança 4 1.1 Informações de segurança para operação 4 1.2 Informações de segurança para manutenção 4 1.3 Informações

Leia mais

Modificação do sistema pneumático. Condições de modificação e conversão PGRT IMPORTANTE!

Modificação do sistema pneumático. Condições de modificação e conversão PGRT IMPORTANTE! Condições de modificação e conversão Condições de modificação e conversão IMPORTANTE! Os circuitos do freio não podem ser usados para a conexão de reservatórios de ar comprimido adicionais. A conversão

Leia mais

3 DIMENSIONAMENTO À TRAÇÃO SIMPLES 3.1 CONCEITOS GERAIS 3.2 EQUAÇÃO DE DIMENSIONAMENTO FORÇA AXIAL RESISTENTE DE CÁLCULO

3 DIMENSIONAMENTO À TRAÇÃO SIMPLES 3.1 CONCEITOS GERAIS 3.2 EQUAÇÃO DE DIMENSIONAMENTO FORÇA AXIAL RESISTENTE DE CÁLCULO 3 DIMENSIONAMENTO À TRAÇÃO SIMPLES As condições para o dimensionamento de peças metálicas à tração simples estão no item 5.2 da NBR 8800. Essa seção (seção 5) da NBR trata do dimensionamento de elementos

Leia mais

Especificações técnicas 6 Eixos K25 H PB 6 (Modelo K2506HPB6)

Especificações técnicas 6 Eixos K25 H PB 6 (Modelo K2506HPB6) Especificações técnicas 6 Eixos K25 H PB 6 (Modelo K2506HPB6) Technical data Desenho no. Velocidade [km/h] 51000882 80 km/h *) 40-80 km/h 25 km/h ***) 10 km / h ***) 1 Km/h ***) Capacidade-max. [kg] **)

Leia mais

Design da parede defletora e diretrizes de instalação para sistemas Vive Audio

Design da parede defletora e diretrizes de instalação para sistemas Vive Audio Design da parede defletora e diretrizes de instalação para sistemas Este documento fornece diretrizes para projetar e instalar uma parede defletora para sistemas Vive Audio. Leia essas diretrizes cuidadosamente

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO CATEGORIA PRO DRAG PDRAG 5.5, PDRAG 6.3, PDRAG 7.3 Subdivisões 5.5, 6.3 e 7.3 segundos

REGULAMENTO TÉCNICO CATEGORIA PRO DRAG PDRAG 5.5, PDRAG 6.3, PDRAG 7.3 Subdivisões 5.5, 6.3 e 7.3 segundos REGULAMENTO TÉCNICO 2017 17- CATEGORIA PRO DRAG PDRAG 5.5, PDRAG 6.3, PDRAG 7.3 Subdivisões 5.5, 6.3 e 7.3 segundos Este regulamento está organizado conforme o CDI Código Desportivo Internacional e CDA

Leia mais

Manual de Montagem e Manutenção - RSK. DDG

Manual de Montagem e Manutenção - RSK.  DDG Manual de Montagem e Manutenção - www.antaresacoplamentos.com.br DDG 0800.9701.909 Modelo Potência kw a 1000 RPM Torque Contínuo Máximo DADOS TÉCNICOS Torque de Pico em Sobrecarga RPM Máximo Massa Und.

Leia mais

Comando da rotação do motor durante o basculamento

Comando da rotação do motor durante o basculamento Histórico Histórico Para facilitar a manobra do veículo ao usar a carroceria roll on/roll off ou basculante, poderá ser preferível aumentar temporariamente a rotação do motor. Se o pedal do acelerador

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA MONTAGEM

INSTRUÇÕES PARA MONTAGEM INSTRUÇÕES PARA MONTAGEM RK 31074MC RK 31074MEC FIESTA E ECOSPORT As revisões e manutenções preventivas do sistema estão indicados no manual do proprietário. Siga o procedimento para verificação do conjunto

Leia mais

Elevação em Poliéster

Elevação em Poliéster Laço Redondo Cintas com Olhais 6:10 Laço Redondo 7:3 Cintas Planas 7:4-7:5 Luvas de Proteção, Poliuretano 7:5 Luvas de Proteção, Poliéster 7:5 Informações Técnicas Superfície de Contato Recomendada para

Leia mais

ANTÓNIO & JOÃO, LDA. MATERIAISDECONSTRUÇÃOEEQUIPAMENTOS

ANTÓNIO & JOÃO, LDA. MATERIAISDECONSTRUÇÃOEEQUIPAMENTOS ANTÓNIO & JOÃO, LDA. MATERIAISDECONSTRUÇÃOEEQUIPAMENTOS Este Manual proporciona as instruções necessárias para uma montagem e operação segura do andaime de fachada MK48. Cabe ao utilizador do andaime manter

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO RAMPA ELEVATÓRIA (PIEZOELÉTRICA)

MANUAL DE OPERAÇÃO RAMPA ELEVATÓRIA (PIEZOELÉTRICA) MANUAL DE OPERAÇÃO RAMPA ELEVATÓRIA (PIEZOELÉTRICA) REVISÃO 00 B12-057 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 2 2. INFORMAÇÕES GERAIS... 3 2.1. DIMENSÕES... 3 2.2. OPERAÇÃO... 3 3. INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO... 4 4.

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA TODOS OS MODELOS SÉRIE 866x / 876 x

INSTRUÇÕES PARA TODOS OS MODELOS SÉRIE 866x / 876 x Produtos de Qualidade para a forma como você vive INSTRUÇÕES PARA TODOS OS MODELOS SÉRIE 866x / 876 x IMPORTANTE: GUARDAR PARA REFERÊNCIAS FUTURAS! Para obter dicas úteis e instruções, acesse nosso site:

Leia mais

Instruções de Instalação em Rack

Instruções de Instalação em Rack Instruções de Instalação em Rack Reveja a documentação fornecida com o rack para obter informações sobre cabeamento e segurança. Ao instalar o subsistema de armazenamento em um rack, considere o seguinte:

Leia mais

Unidade de sustentação

Unidade de sustentação Modelos EK, BK, FK, EF, BF e FF Tampa de contenção Vedação Alojamento Mancal Parafuso de aperto sextavado de cabeça cilíndrica Peça de aperto Castanha de travamento Colar Mancal Alojamento Anel de pressão

Leia mais

Manual de Instalação - Defletor de Ar Mercedes-Benz Sprinter 2013

Manual de Instalação - Defletor de Ar Mercedes-Benz Sprinter 2013 Manual de Instalação - Defletor de Ar Mercedes-Benz Sprinter 2013 Aprenda passo-a-passo como instalar o defletor de ar Rodoplast para o chassi-cabine Sprinter da Mercedes-Benz fabricados a partir do ano

Leia mais

Ativação da tomada de força da caixa de mudanças automática

Ativação da tomada de força da caixa de mudanças automática Função Função A função é usada para ativar a tomada de força a partir da área do motorista e do lado de fora da cabina. A tomada de força é controlada pela unidade de comando da BCI (Interface de comunicação

Leia mais

Instruções de Instalação: Daytona 675 a partir do VIN e Daytona 675 R a partir do VIN A

Instruções de Instalação: Daytona 675 a partir do VIN e Daytona 675 R a partir do VIN A Português Instruções de Instalação: Daytona 675 a partir do VIN 564948 e Daytona 675 R a partir do VIN 564948 A9788014 Obrigado por escolher este kit de acessórios originais Triumph. Este kit de acessórios

Leia mais

Dell Storage Center. Guia de Introdução. Gabinete de expansão SCv300 e SCv320. Modelo normativo: E03J/E04J Tipo normativo: E03J001/E04J001

Dell Storage Center. Guia de Introdução. Gabinete de expansão SCv300 e SCv320. Modelo normativo: E03J/E04J Tipo normativo: E03J001/E04J001 Dell Storage Center Gabinete de expansão SCv300 e SCv320 Guia de Introdução Modelo normativo: E03J/E04J Tipo normativo: E03J001/E04J001 Notas, Avisos e Advertências NOTA: Uma NOTA indica informações importantes

Leia mais

Difusor de Alta Indução

Difusor de Alta Indução 2/8/P/2 Difusor de Alta Indução Série VD Ajustável, para Instalação em Locais com Altura > 3,80 m TROX DO BRASIL LTDA. Rua Alvarenga, 2 009-00 São Paulo SP Fone: (11) 303-3900 Fax: (11) 303-39 E-mail:

Leia mais

Distância entre cabina e carroceria. Geral PGRT

Distância entre cabina e carroceria. Geral PGRT Geral Geral Deixar uma distância entre a cabine e a carroceria garante que a cabine se movimente livremente ao conduzir e bascular e permite que o calor oriundo do motor vá embora. As distâncias neste

Leia mais

SUSPENSOR PNEUMÁTICO AÇÃO DIRETA FS250-09

SUSPENSOR PNEUMÁTICO AÇÃO DIRETA FS250-09 Manual de Montagem, Operação e Manutenção SUSPENSOR PNEUMÁTICO AÇÃO DIRETA FS250-09 Português Índice Página 1 Introdução 5 1.1 Aplicação e características gerais 5 1.2 Segurança 5 1.3 Componentes do suspensor

Leia mais

1. INTRODUÇÃO 2. CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS

1. INTRODUÇÃO 2. CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS 1. INTRODUÇÃO 2. CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS A minigrua SMC.4 é um equipamento de avançada tecnologia, dotado de um exclusivo mecanismo que mantém a direção do ângulo tilt durante a movimentação da câmara

Leia mais

ANEXO V Lanterna de posição traseira Lanterna de posição frontal Lanternas de posição frontal incorporadas ao farol 4 100

ANEXO V Lanterna de posição traseira Lanterna de posição frontal Lanternas de posição frontal incorporadas ao farol 4 100 ANEXO V REQUISITOS DA LANTERNA DE POSIÇÃO TRASEIRA, LANTERNA DE FREIO, LANTERNAS INDICADORAS DE DIREÇÃO E LANTERNA DE ILUMINAÇÃO DE PLACA DE IDENTIFICAÇÃO DO VEÍCULO. 1. Especificações gerais 1.1. Cada

Leia mais

Manual de Montagem, Operação e Manutenção. Quinta-roda JSK 37CX

Manual de Montagem, Operação e Manutenção. Quinta-roda JSK 37CX Manual de Montagem, Operação e Manutenção Quinta-roda Português Índice Página 1 Segurança 4 1.1 Informações de segurança para operação 4 1.2 Informações de segurança para manutenção 4 1.3 Informações de

Leia mais

Especificação do produto

Especificação do produto Câmara Móvel para Remoção de Bomba MBDC5 Rev. No: 1 2 3 4 5 Data: 2006-07-17 2008-02-29 2008-04-25 Rev. order No. Número do documento:: 041782 revisão 3 Índice de conteúdo 1 INFORMAÇÃO GERAL...2 2 VISÃO

Leia mais

SUPORTE FIXO DE TV LCD/LED/PLASMA

SUPORTE FIXO DE TV LCD/LED/PLASMA SUPORTE FIXO DE LCD/LED/PLASMA manual de instruções NOTA: Leia o manual de instruções completo antes de iniciar a instalação e montagem. ATENÇÃO Não iniciar a instalação até que você tenha lido e entendido

Leia mais

Este anexo estabelece os requisitos mínimos para as lanternas de estacionamento As definições dadas no Anexo 1 devem aplicar-se a este Anexo.

Este anexo estabelece os requisitos mínimos para as lanternas de estacionamento As definições dadas no Anexo 1 devem aplicar-se a este Anexo. LANTERNAS DE ESTACIONAMENTO 1. PROPÓSITO ANEXO 9 Este anexo estabelece os requisitos mínimos para as lanternas de estacionamento. 2. DEFINIÇÕES Para efeito deste Anexo: 2.1. Lanterna de Estacionamento

Leia mais

Barra de reboque, cablagem, 13 pinos

Barra de reboque, cablagem, 13 pinos Installation instructions, accessories Instrução n.º 31324634 Versão 1.0 Peça N.º 31414859, 31373184 Barra de reboque, cablagem, 13 pinos Volvo Car Corporation Barra de reboque, cablagem, 13 pinos- 31324634

Leia mais

MAN Directivas de Estruturas Truck DISPOSITIVOS DE ENGATE TG Edição 2016 V1.0. Engineering the Future since MAN Truck & Bus AG

MAN Directivas de Estruturas Truck DISPOSITIVOS DE ENGATE TG Edição 2016 V1.0. Engineering the Future since MAN Truck & Bus AG MAN Directivas de Estruturas Truck DISPOSITIVOS DE ENGATE TG Edição 2016 V1.0 Engineering the Future since 1758 MAN Truck & Bus AG EDITOR MAN Truck & Bus AG (doravante designada MAN) Suporte Técnico de

Leia mais

Instruções detalhadas para o manuseio no transporte da máquina e as respectivas indicações de segurança seguem depois desta página.

Instruções detalhadas para o manuseio no transporte da máquina e as respectivas indicações de segurança seguem depois desta página. a-- dt/. / pt. Local de instalação adequado para a máquina Selecionar o lugar de colocação de maneira que haja suficiente lugar para a operação, supervisão e manutenção segura da máquina. Evitar corrente

Leia mais

1 INTRODUÇÃO. Relação TDP x rotor constante Elevada desagregação do solo Quebra de órgãos ativos e das transmissões

1 INTRODUÇÃO. Relação TDP x rotor constante Elevada desagregação do solo Quebra de órgãos ativos e das transmissões 1 INTRODUÇÃO Equipamento de preparo do solo Única operação Utilização mais comum Eliminação de plantas daninhas Preparo do solo (horticultura) Possibilidade de controle do grau de desagregação do solo

Leia mais

Dimensões e pesos máximos legais.

Dimensões e pesos máximos legais. IG 15.v2 (08/10) Data de emissão: 9 de Agosto de 2010 Dimensões e pesos máximos legais. Colocamos esta informação ao seu dispor como apoio relativamente a dúvidas que possam surgir em relação a pesos ou

Leia mais

Rodas e Pneus APLICAÇÃO NO VEÍCULO: TROLLER ÍNDICE

Rodas e Pneus APLICAÇÃO NO VEÍCULO: TROLLER ÍNDICE Rodas e Pneus 204-04-1 tseção 204-04 Rodas e Pneus APLICAÇÃO NO VEÍCULO: TROLLER ÍNDICE ASSUNTO PÁGINA DESCRIÇÃO E OPERAÇÃO... 204-04-02 RODA SOBRESSALENTE... 204-04-02 PRECAUÇÕES DE SEGURANÇA... 204-04-03

Leia mais

TENSÃO NORMAL e TENSÃO DE CISALHAMENTO

TENSÃO NORMAL e TENSÃO DE CISALHAMENTO TENSÃO NORMAL e TENSÃO DE CISALHAMENTO 1) Determinar a tensão normal média de compressão da figura abaixo entre: a) o bloco de madeira de seção 100mm x 120mm e a base de concreto. b) a base de concreto

Leia mais

Aplicação da camada de tinta nos chassis, eixos e aros de roda

Aplicação da camada de tinta nos chassis, eixos e aros de roda Informações gerais sobre pintura Informações gerais sobre pintura IMPORTANTE! A Scania recomenda que peças feitas de material macio e flexível não devem ser pintadas. Mangueiras hidráulicas de borracha

Leia mais

By Columbus McKinnon. By Columbus McKinnon

By Columbus McKinnon. By Columbus McKinnon By Columbus McKinnon By Columbus McKinnon Estudar o Manual do Fabricante, mesmo que você seja um operacor experiente em movimentacão de cargas. Manter sempre a talha centralizada sobre a carga antes do

Leia mais

Preparando seu computador para montagem em suporte de parede

Preparando seu computador para montagem em suporte de parede Preparando seu computador para montagem em suporte de parede Preparando seu computador para montagem em suporte de parede Este documento fornece instruções para preparar o computador para montagem em

Leia mais

08.09-PORB. Conjunto de válvulas de triplo serviço TUBO DE AÇO CARBONO VÁLVULAS RANHURADAS

08.09-PORB. Conjunto de válvulas de triplo serviço TUBO DE AÇO CARBONO VÁLVULAS RANHURADAS PARA MAIS DETALHES CONSULTE A PUBLICAÇÃO VICTAULIC 10.01 A Válvula tri-serviço Victaulic é um conjunto (expedido como componentes individuais) composto por uma válvula borboleta padrão Victaulic ou válvula

Leia mais

M-700. Lançamento! Motores e chaves opcionais. M-700. Fornecida com motor 1,5 CV de alta rotação, eixo de transmissão e chave de reversão

M-700. Lançamento! Motores e chaves opcionais. M-700. Fornecida com motor 1,5 CV de alta rotação, eixo de transmissão e chave de reversão Bica livre Acompanha Cana Shop 140/200 e estacionária Reservatório com torneira Acompanha Cana Shop 140/200, estacionária e Cana Shop 60 Motor estacionário indicado à partir de: 3,5 à 6,5 cv A 2 Lançamento!

Leia mais