Manutenção Industrial Ordem de Serviço (OS) e Boletim de Serviço (BIS)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manutenção Industrial Ordem de Serviço (OS) e Boletim de Serviço (BIS)"

Transcrição

1 Manutenção Industrial Ordem de Serviço (OS) e Boletim de Serviço (BIS) Manutenções/ Configuração / Parâmetros (5599) Aba Ordem de Serviço tela para definição das configurações para funcionamento de todos os processos de Ordem de Serviço. Você ira definir os tipo de eventos que o sistema ira usar para efeito de cálculos de Eficiência dos Funcionários; Ira definir o calculo do valor da hora trabalhada dos funcionários; Definir se ira verificar o Usuário da Ordem de Serviço, Data de Recebimento e Validar ponto Eletrônico;

2 Manutenções/ Configuração/ Parâmetros Gerais (8809) tela para cadastro dos objetos de custo prestadores dos funcionários. São os objetos de custo em que foram cadastrados os funcionários que irão fazer apontamentos de mão de obra no módulo de Manutenção Industrial. Manutenções/ Configuração/ Parâmetros Família (7009) tela para cadastro das famílias e grupos de materiais que são utilizados nos processos do módulo Manutenção Industrial, como por exemplo os lubrificantes que são utilizados no processo de Lubrificação.

3 Manutenções/ Ordem de Serviço/ Destino de Manutenção (5884) tela de cadastro das oficinas responsáveis pelas manutenções Manutenções/ Ordem de Serviço/ Diagnóstico (7309) tela de cadastro dos defeitos, causas e ações das manutenções, informações utilizadas para cadastro dos diagnósticos. Manutenções/ Ordem de Serviço/ Motivo Parada (5575) tela de cadastros dos motivos de para de execução das manutenções.

4 Manutenções/ Ordem de Serviço/ Prioridade (5578) tela de cadastro das prioridades de manutenção. Manutenções/ Ordem de Serviço/ Recurso (7315) tela de consulta ao cadastro dos recursos (funções de funcionários) realizado no módulo RH. Manutenções/ Ordem de Serviço/ Risco (5883) tela de cadastro dos riscos que envolvem a execução de manutenções.

5 Manutenções/ Ordem de Serviço/ Roteiro de Manutenção em Equipamentos (7310) tela de cadastro dos roteiros de manutenção. Os roteiros são cadastros prévios das tarefas que devem ser executadas em uma determinada ordem para manutenção de um equipamento, bem como o tipo de mão de obra e materiais necessários para essas manutenções. Manutenções/ Ordem de Serviço/ Serviço (5580) - tela de cadastro dos serviços que serão executados nas OS.

6 Manutenções/ Ordem de Serviço/ Situação da Tarefa (7308) tela de cadastro das situações das tarefas em relação a execução dos serviços. Código definido automaticamente sempre que inserir um novo registro; Descrição descrição da situação; Sigla sigla de identificação da situação; Tipo relacionamento da situação das tarefas a situação da OS; Grupo, Empresa, Filial e Situação definição de em qual empresa o registro esta disponível para uso nos apontamentos. Manutenções/ Ordem de Serviço/ Tarefa (5886) tela de cadastro das tarefas, que são as etapas da execução dos serviços de manutenção.

7 Manutenção/Ordem de Serviço/ Tipo de Manutenção (5582) tela de cadastro dos tipos de manutenção e definição das informações para geração de OS automaticamente no caso das manutenções preventivas. Manutenções/ Ordem de Serviço/ Tipo de Ordem de Serviço (5887) tela de cadastro dos tipos de Ordem de Serviço.

8 Processos/ Ordem de Serviço/ Ordem de Serviço (7320) - tela de abertura, apontamentos e encerramento de Ordem de Serviço (OS), uma OS é um registro de um serviço de manutenção para algum equipamento, concentrando todas as informações, como horas de trabalhadas de funcionários, materiais gastos, tempo de para de equipamento, etc., e também é uma ferramenta para direcionamento de custos. O primeiro passo necessário para a abertura de uma OS é definir o CTE (equipamento) ou objeto de custo para qual se destina o serviço, somente um dos dois pode ser utilizado, não é possível definir um CTE e um objeto de custo aos mesmo tempo. Abertura / Aba Características: o 1º Abertura horário e data de abertura da OS, o sistema informa este campo automaticamente com a data e o horário do computador, mas essa informação pode ser alterada pelo usuário para ajustar aos horários reais em que foram executados os serviços; o 2º Data da Gravação - horário e data de gravação da OS no banco de dados, o sistema informa este campo automaticamente com a data e o horário do computador, essa informação NÃO pode ser alterada pelo usuário;

9 o 3º Usuário de Abertura usuário do sistema que abriu a OS; o 4º Solicitante definição da pessoa que solicitou a abertura da OS; o 5º Destino Ordem definição de qual oficina de manutenção será responsável pela execução do serviço; o 6º Serviço definição geral do serviço que será executado; o 7º Descrição Detalhada descrição detalhada do serviço que será executado; o 8º Equipe definição da equipe de funcionários responsável pela execução do serviço; o 9º Prioridade definição da prioridade do serviço, ou seja, o nível de importância e rapidez com que esse serviço deve ser executado; o 10º Tipo de Manutenção definição do tipo de manutenção que será executado. Abertura/ Aba Tarefas: o 1º Roteiro quando possuir os Roteiros de Manutenção cadastrados é possível importar as tarefas, recursos e materiais que foram cadastrados no roteiro; o 2º Tarefas - definição das tarefas que serão realizadas durante a execução do serviço; o 3º Recursos - recurso é o tipo de mão de obra necessária para execução do serviço, ou seja, o cargo do funcionário necessário, aqui é definido os recursos, quantidade de funcionários de cada cargo e por quanto tempo eles serão necessários; o 4º Materiais - também são possíveis programar os materiais que serão utilizados na execução do serviço, assim quando o registro do material é gravado na ordem de serviço, automaticamente são geradas também as requisições desses materiais ou solicitações de compra caso esses materiais não tenham estoque, mas para isso é necessário que os parâmetros Empresa utiliza geração automática de requisição

10 para ordem de serviço, Baixa requisição automática e Gera Solicitação estejam definidos na tela 5599 Configuração Parâmetros na aba Cronograma. Abertura/ Aba Risco definição dos riscos que envolvem a execução dos serviços, definido em conjunto com o pessoal responsável pela segurança do trabalho. No relatório impresso da OS, sai todas as informações referentes aos ricos, como as Normas Regulamentadoras, EPIs obrigatórios, etc. Abertura/ Aba Check-List esta aba é preenchida automaticamente quando a OS é gerada pelo apontamento de Check List.

11 Abertura/ Aba Instruções de Trabalho nesta aba é possível anexar arquivos como manuais dos equipamentos, as Normas Regulamentadoras em arquivo digital, etc. Apontamento/ Aba Informações Gerais: o 1º Recebida Por funcionário que recebeu a OS para execução do serviço; o 2º Recebimento data e horário em que o funcionário recebeu a OS; o 3º Defeito defeito que ocasionou a necessidade de abertura de OS para execução de manutenção; o 4º Causa o motivo que causou o defeito; o 5º Ação o que deve ser feito para corrigir o defeito; o 6º CTE Substituto caso seja necessário substituir o equipamento deve ser cadastrado aqui o equipamento substituto; o 7º Informações Complementares/ Relatório Técnico: campo para cadastros de informações técnicas ou um relatório técnico mais detalhado dos problemas encontrados no equipamento, do que feito para corrigir os problemas, etc. Apontamento/ Aba Horas Trabalhadas nesta aba são feitos os apontamentos de mão de obra dos funcionários, é necessário informar as informações de identificação do funcionário, tarefa que foi executada, situação da tarefa (em execução, concluída, etc.), data e horário em que iniciou a execução da tarefa e data e horário em que terminou a execução da tarefa. Deve ser feito um apontamento para cada tarefa separadamente. Obs.: apontamentos em que a execução se inicia em uma data e termina em outra, como por exemplo, no turno da noite, o apontamento deve ser dividido em um para cada data, por exemplo, o serviço foi executado das 23:30 do dia 01º de abril até as 00:30 do dia 02 de abril, os apontamentos no sistema devem ser assim: 1º 01/04/ :30 até 23:59 e 2º - 02/04/ :01 até 00:30.

12 Apontamento/ Aba Horas Terceiros - nesta aba são feitos os apontamentos de mão de obra dos funcionários de terceiros que estejam prestando serviço para a empresa, as mesmas informações devem ser fornecidas com algumas diferenças, no caso do funcionário de terceiro é necessário que o funcionário esteja cadastrado na empresa, e tenha um contrato ativo com a empresa que esta fornecendo o serviço, e informar as informações de identificação do funcionário, tarefa que foi executada, situação da tarefa (em execução, concluída, etc.), data e horário em que iniciou a execução da tarefa e data e horário em que terminou a execução da tarefa, além do número do contrato e o fornecedor. Deve ser feito um apontamento para cada tarefa separadamente. Material Utilizado nesta aba são listados todos os materiais que foram requisitados para ordem de serviço, também são informados quem fez a requisição, quem fez a baixa das requisições, quantidade de materiais, custo unitário e total de cada material, e o custo total de todos os materiais que foram requisitados. Obs. as informações de custo só aparecem quando é feita a baixa das requisições. Paradas nesta aba são cadastradas as paradas na execução da ordem de serviço, é necessário cadastrar as paradas porque é contabilizado nos cálculos de eficiência o tempo que OS fica aberta, e muita vez acontece que, por algum motivo (falta de energia, falta de material, etc.) a OS fica aberta, mas sem executar o serviço, e quando uma parada é cadastrada essa contagem de tempo é interrompida.

13 Encerramento: o 1º Solicitante pessoa que solicitou a abertura da OS, campo preenchido automaticamente; o 2º Encerramento data e horário de encerramento da OS, quando este campo é preenchido a situação da OS passa para encerrada, mas na hora de gravar o sistema acusa se houver algum erro e impede a gravação como encerrada; o 3º Responsável funcionário responsável pelo encerramento da OS, normalmente é o responsável pela oficina de manutenção que executou a OS; o 4º Aceitação Data/Hora - data e hora de aceitação do serviço, quando o responsável pelo equipamento, aceita que o serviço foi feito corretamente e o problema corrigido; o 5º Aceitação Funcionário - funcionário responsável pela aceitação.

14 Processos/ Ordem de Serviço/ Lançamento BIS (5589) esta tela é utilizada para lançar diretamente os apontamentos de mão de obra dos funcionários, normalmente esta tela é liberada para que cada funcionário faça seu próprio apontamento.

Cartilha do Cliente. Ordem de Serviço

Cartilha do Cliente. Ordem de Serviço Cartilha do Cliente Ordem de Serviço Apresentação... 3 A quem se destina... 3 Módulo de Serviços... 3 Movimentações / Execução... 4 Ordem de Serviço... 4 Item... 6 Parada... 8 Encerramento... 9 Tarefas...

Leia mais

Manutenção Industrial Checklist / Preditiva dos Equipamentos

Manutenção Industrial Checklist / Preditiva dos Equipamentos Manutenção Industrial Checklist / Preditiva dos Equipamentos Manutenção/Configuração/ Parâmetros (Aba Checklist) (5599) Tela que você irá informar a informações básicas que serão geradas as OS quando a

Leia mais

OS - Cadastrar Ordem de Serviço

OS - Cadastrar Ordem de Serviço OS - Cadastrar Ordem de Serviço Objetivo Cadastrar ordem de serviço para clientes sem que seja necessário efetuar uma venda (semelhante ao orçamento, a diferença é que a ordem de serviço nos permite informar

Leia mais

Manual. - Sic Control -

Manual. - Sic Control - Manual Instruções básicas de uso - Sic Control - - 2016 - Introdução O Manual a seguir visa orientar o usuário do Sistema de Gestão Empresarial Sic Control, de forma detalhada; no que se refere a operação

Leia mais

Versão 6.04 Novembro/2013

Versão 6.04 Novembro/2013 Versão 6.04 Novembro/2013 Integração ERP Pirâmide X Bionexo Doc-To-Help Standard Template Sumário i ii Introdução Doc-To-Help Standard Template Sumário Introdução 1 A Integração entre Pirâmide e Bionexo...

Leia mais

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão VERSÃO 008.017 NOVID AD ES E MELHORIAS E107A9 Jéssica Pinheiro 20/01/2016 2/24 NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION Versão 008.017 1. Envio de cópia de e-mail.... 3 2. Bloqueio de emissão de cupom fiscal com

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES SOBRE O MODULO FISCAL

MANUAL DE ORIENTAÇÕES SOBRE O MODULO FISCAL MANUAL DE ORIENTAÇÕES SOBRE O MODULO FISCAL VITÓRIA 2016 SUMÁRIO CADASTROS GERAIS... 3 Cadastro de Empresas... 3 Cadastro de Autônomos e Sócios... 6 Cadastro de Participantes... 7 Cadastro de Itens (Produtos)...

Leia mais

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão VERSÃO 008.018 NOVID AD ES E MELHORIAS E112A9 Jessica Pinheiro 16/05/2016 2/18 NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION Versão 008.018 1. Configuração de situação cadastral padrão para novos clientes.... 3 2.

Leia mais

Cartilha do Cliente Financeiro / Controle de RPA. Cartilha do Cliente. Versão:

Cartilha do Cliente Financeiro / Controle de RPA. Cartilha do Cliente. Versão: Cartilha do Cliente Versão: 4.70 1 Apresentação... 3 A quem se destina... 3 Módulo Financeiro... 4 Global... 4 Tabelas Auxiliares IRRF... 4 Tabelas Auxiliares INSS... 5 Parâmetro Financeiro Agentes Especiais...

Leia mais

Como Fazer Renegociação de Parcelas (Contas a Pagar)? FS145

Como Fazer Renegociação de Parcelas (Contas a Pagar)? FS145 Como Fazer Renegociação de Parcelas (Contas a Pagar)? FS145 Sistema: Futura Server Caminho: Contas a Pagar>Renegociação de Parcelas Referência: FS145 Versão: 2016.03.15 Como Funciona: Esta tela é utilizada

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

Configurações de Metas. Como cadastrar a Meta:

Configurações de Metas. Como cadastrar a Meta: Comissões Avançadas O módulo Comissões Avançadas permite o cálculo de comissões diferenciadas com várias possibilidades de filtros e configurações sobre os valores das vendas ou dos recebimentos de contas

Leia mais

Como Fazer o Fechamento de Caixa no PDV-PAF? - FPF05

Como Fazer o Fechamento de Caixa no PDV-PAF? - FPF05 Como Fazer o Fechamento de Caixa no PDV-PAF? - FPF05 Sistema: Futura PDV PAF Referencia: FPF05 Versão: 2015.2.20 Como funciona: O fechamento do caixa no PDV- PAF é um procedimento muito importante, pois

Leia mais

SIPAC Sistema Integrado de Patrimônio, Administração e Contratos CATÁLOGO DE MATERIAIS

SIPAC Sistema Integrado de Patrimônio, Administração e Contratos CATÁLOGO DE MATERIAIS SIPAC Sistema Integrado de Patrimônio, Administração e Contratos CATÁLOGO DE MATERIAIS Visão Geral Catálogo de Materiais Principais funções: o Definir datas para solicitar material; o Atender, negar ou

Leia mais

Financeiro Controle de Cheque

Financeiro Controle de Cheque Financeiro Controle de Cheque 1 Objetivo O controle de cheques é importante para o controle financeiro da empresa. É possível também visualizar todas as situações que envolvem os cheques (depositado, devolvido,

Leia mais

Como lançar uma Nota Fiscal(NF) de Compra. Como lançar a Nota Fiscal de Compra Como atualizar os preços dos produtos de meia nota

Como lançar uma Nota Fiscal(NF) de Compra. Como lançar a Nota Fiscal de Compra Como atualizar os preços dos produtos de meia nota Como lançar uma Nota Fiscal(NF) de Compra Como lançar a Nota Fiscal de Compra Como atualizar os preços dos produtos de meia nota Abra a tela de Entrada de Produto Abra o módulo Compras, clique no Menu

Leia mais

Universidade Federal do Vale do São Francisco Sistema de Concursos

Universidade Federal do Vale do São Francisco Sistema de Concursos 1 - Introdução O sistema de concursos da UNIVASF é uma ferramenta desenvolvida pela Secretaria de Tecnologia da Informação (STI) que permite a inscrição de candidatos às vagas ofertadas pela UNIVASF. O

Leia mais

ÍNDICE. 1 -SIAT ONLINE Considerações Gerais Benefícios Pessoas Físicas Benefícios Pessoas Jurídicas Tela Inicial anônimos

ÍNDICE. 1 -SIAT ONLINE Considerações Gerais Benefícios Pessoas Físicas Benefícios Pessoas Jurídicas Tela Inicial anônimos ÍNDICE 1 -SIAT ONLINE Considerações Gerais 1.1 - Benefícios Pessoas Físicas. 1.2 - Benefícios Pessoas Jurídicas. 1.3 - Tela Inicial anônimos 1.4 Acesso Restrito Direcionado a Empresas 2 - Consulta Débito

Leia mais

Manual de Instruções. Cadastro de Contribuinte e Configuração de usuário para emissão de NFS-e. SapiturISSQN Versão 1.0 1

Manual de Instruções. Cadastro de Contribuinte e Configuração de usuário para emissão de NFS-e. SapiturISSQN Versão 1.0 1 Manual de Instruções Cadastro de Contribuinte e Configuração de usuário para emissão de NFS-e 1 1. Cadastro de Novo Prestador de Serviço. Quando o usuário acessar o sistema de NFS-e Sapitur ISSQN, vai

Leia mais

Código PPA. Introdução. Validação Código PPA para Ordem de serviço

Código PPA. Introdução. Validação Código PPA para Ordem de serviço Código PPA Introdução São código solicitados pela fábrica, pois quando é realizado uma entrada ou uma saída de itens que por solicitação da Fábrica necessitam conter esse código, pois o sistema TCar conta

Leia mais

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão VERSÃO 008.017 NOVID AD ES E MELHORIAS E109A9 Jéssica Pinheiro 01/04/2016 2/11 NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION Versão 008.017 1. Parâmetro para controle do saldo na geração de pedido de compra de venda

Leia mais

Como usar o SCV Sistema de Controle Vegetal do Indea-MT CADASTRO. Para cadastrar a sua empresa você deve seguir esses passos.

Como usar o SCV Sistema de Controle Vegetal do Indea-MT CADASTRO. Para cadastrar a sua empresa você deve seguir esses passos. Como usar o SCV Sistema de Controle Vegetal do Indea-MT CADASTRO Para cadastrar a sua empresa você deve seguir esses passos. Passo 1: Para a empresa que ainda não tem cadastro no Indea você deve acessar

Leia mais

Apresentação Voucher Eletrônico

Apresentação Voucher Eletrônico Apresentação Voucher Eletrônico MSO EMPRESA DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PARA TAXISTA LTDA. Avenida Eduardo Ribeiro nº520 Edificio Manaus Shopping Center, 6º andar, sala 601. CNPJ: 03.000.770.0001/22 Voucher

Leia mais

Controle de imobilizado

Controle de imobilizado Controle de imobilizado São apresentadas as regras de validação e controle de acesso do controle de imobilizado, nas telas que são as 1160, 1162, 1163 e 1165. 1. Devem ser cadastradas as permissões de

Leia mais

Projeto MyHonda. Versão Nossa tecnologia para o seu sucesso

Projeto MyHonda. Versão Nossa tecnologia para o seu sucesso Projeto MyHonda Versão 6.14 Nossa tecnologia para o seu sucesso ÍNDICE Considerações Gerais... 3 Configurações Gerais... 4 Parâmetro de Envio... 28 Recepção MyHonda... 29 Aplicativo de Envio... 30 Controle

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Desagregação e Reclassificação de Produtos Sumário 1 CONCEITO... 3 2 CONFIGURAÇÕES... 3 2.1 Natureza de Operação... 3 2.2 Cadastrar Produtos Compostos... 4 3 FUNCIONALIDADES...

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

GERANDO O ARQUIVO HOMOLOGNET DENTRO DO ATHENAS 1º Passo: Após a rescisão de contrato ter sido calculada e efetivada o usuário deverá verificar quais

GERANDO O ARQUIVO HOMOLOGNET DENTRO DO ATHENAS 1º Passo: Após a rescisão de contrato ter sido calculada e efetivada o usuário deverá verificar quais GERANDO O ARQUIVO HOMOLOGNET DENTRO DO ATHENAS 1º Passo: Após a rescisão de contrato ter sido calculada e efetivada o usuário deverá verificar quais as verbas que compõe o seu cálculo, lembrando que deve

Leia mais

Prazos Sistema Elotech já liberado para acesso. Notas e declarações serão pré-convertidas para conferência de dados até dia 26/06. Ideal é que todos e

Prazos Sistema Elotech já liberado para acesso. Notas e declarações serão pré-convertidas para conferência de dados até dia 26/06. Ideal é que todos e Nota Eletrônica Prazos Sistema Elotech já liberado para acesso. Notas e declarações serão pré-convertidas para conferência de dados até dia 26/06. Ideal é que todos estejam cadastrados (usuário e atualização

Leia mais

Retaguarda Pagamento de. Pet Shop

Retaguarda Pagamento de. Pet Shop Retaguarda Pagamento de Comissão Pet Shop 1 Pagamento de Comissão Objetivos: Informar Comissão de Venda por funcionário; Informar Comissão de Venda por Grupo de Produtos; Cadastrar Comissão por Faixa de

Leia mais

UNLOCK SISTEMAS Há 26 anos desenvolvendo soluções criativas.

UNLOCK SISTEMAS Há 26 anos desenvolvendo soluções criativas. UNLOCK SISTEMAS Há 26 anos desenvolvendo soluções criativas. GESTOR COMERCIAL Objetivos do Sistema O Gestor Comercial é a ferramenta de administração e controle de seu comercio. Registra todas as vendas

Leia mais

CADASTRO DE EXCEÇÕES PIS/COFINS

CADASTRO DE EXCEÇÕES PIS/COFINS Apresentação Este tutorial descreve sobre o processo para cadastro de exceções de tributação de PIS/COFINS e orientações gerais de execução da rotina 1000 Processamentos Fiscais para o recálculo de PIS/COFINS.

Leia mais

Prefeitura Municipal De Morro Redondo/RS. Manual Contribuinte Nota Fiscal de Serviços Eletrônica NFS-e

Prefeitura Municipal De Morro Redondo/RS. Manual Contribuinte Nota Fiscal de Serviços Eletrônica NFS-e Prefeitura Municipal De Morro Redondo/RS Manual Contribuinte Nota Fiscal de Serviços Eletrônica NFS-e Fly e-nota Importante: Antes de iniciar o manual cabe lembrar que em todos esses processos existe a

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MÓDULO DE ENTRADA DE NOTAS FISCAIS VIA B2B ONLINE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MÓDULO DE ENTRADA DE NOTAS FISCAIS VIA B2B ONLINE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MÓDULO DE ENTRADA DE NOTAS FISCAIS VIA B2B ONLINE Versão 2.0 01/2006 ÍNDICE 1. Objetivo...3 2. Como acessar o Sistema...3 3. Cadastro de Notas...4 3.1. A digitação da Nota Fiscal

Leia mais

Procedimento para Gerar Pedido de Devolução

Procedimento para Gerar Pedido de Devolução Procedimento para Gerar Pedido de Devolução O procedimento a seguir irá demonstrar como gerar um pedido a partir de uma devolução do cliente e assim gerar também uma nota de crédito para o cliente. 1º

Leia mais

Manual de Instruções do Movimento de Caixa

Manual de Instruções do Movimento de Caixa Manual de Instruções do Movimento de Caixa 1 Sumário MANUAL DO MOVIMENTO DE CAIXA 3 Cadastrando o Plano de Contas 3 Cadastrando as Contas Bancárias/Caixa 4 Cadastrando um Tipo Contábil pelo Athenas3000

Leia mais

Nota Fiscal Consumidor

Nota Fiscal Consumidor Nota Fiscal Consumidor Com o VHSYS a emissão de NFC-e ficou muito mais simples, rápida e integrada. Você pode enviar as NFC-e diretamente para o e-mail de seus clientes, imprimir o documento e acessar

Leia mais

Por Percentual Fixo = preço de venda X (percentual de comissão para empresa)

Por Percentual Fixo = preço de venda X (percentual de comissão para empresa) 1 VENDAS DIRETAS É comum varejistas no seguimento de materiais de construção realizarem vendas com participação do fornecedor. Essas vendas são realizadas pela loja, no entanto a responsabilidade de entrega

Leia mais

Manual de Treinamento Módulo: Solicitação

Manual de Treinamento Módulo: Solicitação Manual de Treinamento Módulo: Solicitação Treinamentos Lemontech Sumário Acessando o Self Booking 3 Criando uma solicitação de viagem 4 Produtos 6 Produto aéreo online 7 Produto aéreo off-line 11 Produto

Leia mais

MANUAL SEFINNET / SEFINNET WEB FLORIANÓPOLIS SC VERSÃO 3.0 ( )

MANUAL SEFINNET / SEFINNET WEB FLORIANÓPOLIS SC VERSÃO 3.0 ( ) MANUAL SEFINNET / SEFINNET WEB FLORIANÓPOLIS SC VERSÃO 3.0 (3.00.0001) SERVIÇOS PRESTADOS - GIF PJ - DES CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA SUMÁRIO 2 Importação dos arquivos BGR 3 Cadastro de Talonários 5 Configuração

Leia mais

Treinamento Hospital

Treinamento Hospital Treinamento Hospital O que é o Projeto SGU? É o projeto de implantação do sistema de gestão de planos de saúde - SGU (Sistema de Gestão Unimed) que irá substituir o Top Saúde. O Módulo SGU-Card é um sistema

Leia mais

Sistema de Controle de Correspondências

Sistema de Controle de Correspondências Manual do Usuário Sistema de Controle de Correspondências SISCOR Juizados Especiais Template Versão 1.2 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Acesso... 4 3. Atualização de Correspondências... 5 4. Atualização

Leia mais

PLATIN INFORMÁTICA. SIAD SNGPC Sistema Integrado de Automação de Drogarias Módulo Gestão de Medicamentos Controlado e Antimicrobianos

PLATIN INFORMÁTICA. SIAD SNGPC Sistema Integrado de Automação de Drogarias Módulo Gestão de Medicamentos Controlado e Antimicrobianos PLATIN INFORMÁTICA SIAD SNGPC Sistema Integrado de Automação de Drogarias Módulo Gestão de Medicamentos Controlado e Antimicrobianos Manual do Usuário CADASTROS DCB's Distribuidoras Laboratórios Medicamentos

Leia mais

Para cadastrar um novo funcionário passe o mouse em Funcionários no menu superior da Intranet, em seguida, Cadastro de Funcionários

Para cadastrar um novo funcionário passe o mouse em Funcionários no menu superior da Intranet, em seguida, Cadastro de Funcionários Cadastro de Funcionários Como cadastrar um funcionário Para cadastrar um novo funcionário passe o mouse em Funcionários no menu superior da Intranet, em seguida, Cadastro de Funcionários 1 1 Cadastre as

Leia mais

Manual do Making GW. Digitação

Manual do Making GW. Digitação 1 Manual do Making GW Importante: O sistema GW é um sistema via navegador de internet, que irá substituir o sistema UNIFAT (OFFLINE), o sistema não é mais instalado no computador, não dependendo mais da

Leia mais

Minuta de Despacho? FS153

Minuta de Despacho? FS153 Como Imprimir Layout de Minuta de Despacho? FS153 Sistema: Futura Server Caminho: Impressos > Minuta de Despacho Referência: FS153 Versão: 2016.04.11 Como Funciona: Esta tela é utilizada para fazer a impressão

Leia mais

Cordilheira Escrita Fiscal 2.102a SPED PIS/COFINS

Cordilheira Escrita Fiscal 2.102a SPED PIS/COFINS LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

BASCODE CLOUD BUSINESS APPLICATIONS

BASCODE CLOUD BUSINESS APPLICATIONS CLOUD BUSINESS APPLICATIONS Sistema de Gestão Empresarial Emissão Notas Fiscais Eletrônicas (Fornecedor/Consumidor) Controle de Estoque Emissão de Pedidos / Serviços Fluxo de Caixa / A Pagar e A Receber

Leia mais

O sistema gestor já contem uma estrutura completa de categorias que são transferidas automaticamente para cada empresa nova cadastrada.

O sistema gestor já contem uma estrutura completa de categorias que são transferidas automaticamente para cada empresa nova cadastrada. Página2 Cadastro de Categorias O cadastro de categoria é utilizado dentro do gestor para o controle financeiro da empresa, por ela é possível saber a origem e a aplicação dos recursos, como por exemplo,

Leia mais

3/7/2010 MANUAL COMPRAS SHP. PPEDIDOS v Help Desk

3/7/2010 MANUAL COMPRAS SHP. PPEDIDOS v Help Desk 3/7/2010 SHP MANUAL COMPRAS PPEDIDOS v.3.2.5.99 Help Desk Conteúdo Editando permissões de usuário:... 3 A geração de Requisição de compras... 6 Aprovação da Requisição... 9 Gerar o pedido.... 12 Trabalhando

Leia mais

Controle de Refeições

Controle de Refeições Ponto Eletrônico Sumário 1. Introdução... 3 1.1. Objetivos do Treinamento... 3 2. Controle de Refeições - Conceito... 3 3. Fluxo do Ambiente... 3 4. Cadastro de Refeições... 4 4.1 Cadastro de Refeições

Leia mais

CONVERJ Execução Folha de Pagamento

CONVERJ Execução Folha de Pagamento 1 CONVERJ Execução Folha de Pagamento Proponente Versão 1.4 Maio/2016 2 Sumário 1 Inclusão de Folha de Pagamento Via Remessa Eletrônica... 3 1.1 Gerenciar Processo de Compra de Folha de Pagamento... 3

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITUIUTABA

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITUIUTABA PREFEITURA MUNICIPAL DE ITUIUTABA ITUIUTABA MINAS GERAIS 2011 Manual do Sistema de Arrecadação Tributária SIAT Online ÍNDICE 1 - SIAT ONLINE Considerações Gerais 1.1 - Benefícios Pessoas Físicas. 1.2 -

Leia mais

Capacitação Sistema Solar. Ministrantes: Camilla Reitz Francener Cláudia Heusi Silveira

Capacitação Sistema Solar. Ministrantes: Camilla Reitz Francener Cláudia Heusi Silveira 1 Capacitação Sistema Solar Ministrantes: Camilla Reitz Francener Cláudia Heusi Silveira Sumário 1 SCL SISTEMA DE COMPRAS E LICITAÇÕES... 3 1.1 Pesquisa de Preço... 4 1.1.1 Inserção de itens... 6 1.1.2

Leia mais

MANUAL INTEGRAÇÃO SAT X PagBem Criado em: 08/09/2016 Atualizado em: 08/09/2016

MANUAL INTEGRAÇÃO SAT X PagBem Criado em: 08/09/2016 Atualizado em: 08/09/2016 O Objetivo deste manual é auxiliar o usuário a fazer uso da ferramenta de integração com o sistema PagBem para programar pagamentos como Adiantamentos, Pedágio e Saldo. 1 - Cadastrando a Operadora de Cartão

Leia mais

O Service Desk é a plataforma de atendimento a usuários de sistemas fornecidos pela Equipo.

O Service Desk é a plataforma de atendimento a usuários de sistemas fornecidos pela Equipo. Introdução O Service Desk é a plataforma de atendimento a usuários de sistemas fornecidos pela Equipo. Por ela é possível reportar erros, solicitar informações, esclarecer dúvidas e solicitar melhorias.

Leia mais

Documento de Protótipo

Documento de Protótipo SisGED - Sistema de Gerenciamento Eletrônico de Documentos Documento de Protótipo Versão 3.1 Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 30/03/2011 1.0 Protótipo do SisGED. Carlos Ernesto 31/03/2011

Leia mais

Formulário Auxiliar de Credenciamento

Formulário Auxiliar de Credenciamento Roteiro 1 O que é? 2 Como acessar? 3 4 - Como salvar/exportar? 5 Como enviar ao BNDES? Classificação: Documento Reservado / Restrição de Acesso: Empresas do Sistema BNDES - Uso no Âmbito Interno / Unidades

Leia mais

Manual de Usuário. Módulo Acerto Viagens

Manual de Usuário. Módulo Acerto Viagens Manual de Usuário Módulo Acerto Viagens MÓDULO DOS ACERTOS DE VIAGENS DOS MOTORISTAS. Este módulo permite registrar, acompanhar e calcular os valores envolvidos nas viagens dos motoristas ou agregados

Leia mais

NOVO CAKE PDV. Manual de Configuração e Operação

NOVO CAKE PDV. Manual de Configuração e Operação NOVO CAKE PDV Manual de Configuração e Operação CONFIGURAÇÕES DO APLICATIVO Ao abrir o Cake PDV pela primeira vez, é necessário realizar o login com a conta administrador do Cake ERP, logo após ísso, você

Leia mais

Guia de Treinamento. SIPAC Módulo Almoxarifado. Requisitante de Material

Guia de Treinamento. SIPAC Módulo Almoxarifado. Requisitante de Material Guia de Treinamento SIPAC Módulo Almoxarifado Requisitante de Material Fevereiro 2014 SIPAC - Almoxarifado - Requisitante de Material O Sistema Integrado de Patrimônio, Administração e Contratos (SIPAC)

Leia mais

Cartilha do Cliente. Cadastro de Tarefas

Cartilha do Cliente. Cadastro de Tarefas Cartilha do Cliente Cadastro de Tarefas Apresentação... 3 A quem se destina... 3 Módulo de Serviços... 3 Cadastros... 4 Tarefas... 4 Geral... 7 Ferramentas... 9 Materiais... 10 Perfil Profissional... 11

Leia mais

REQUISIÇÃO / SOLICITAÇÃO DE COMPRA DE MATERIAL BIBLIOGRÁFICO GUIA RÁPIDO

REQUISIÇÃO / SOLICITAÇÃO DE COMPRA DE MATERIAL BIBLIOGRÁFICO GUIA RÁPIDO REQUISIÇÃO / SOLICITAÇÃO DE COMPRA DE MATERIAL BIBLIOGRÁFICO GUIA RÁPIDO Acessar http://150.162.1.90:8080/pergamumweb/home_geral/index.jsp#) Digitar nome de usuário, senha e captcha Para efetuar uma solicitação

Leia mais

Rateio por Despesas por Contas Contábeis

Rateio por Despesas por Contas Contábeis Rateio por Despesas por Contas Contábeis Introdução É possível efetuar configuração no sistema para que a contabilização das despesas seja rateada entre departamentos/centros de custo, de acordo com percentuais

Leia mais

Processo de Autorização Unimed-Rio TIVIT

Processo de Autorização Unimed-Rio TIVIT T E C N O L O G I A Processo de Autorização Unimed-Rio TIVIT Autorizador - Captura On-line Prestadores Rio Sumário 0 1 C O N S I D E R A Ç Õ E S I N I C I A I S - 0 3 0 2 A C E S S O A O S I T E D E A

Leia mais

Declaração de Serviços Tomados

Declaração de Serviços Tomados Declaração de Serviços Tomados O que é isto? O que isto faz? Por meio desta página, qualquer contribuinte pode realizar a declaração dos serviços tomados para gerar as guias de Retenção. Nesta página,

Leia mais

Importação de Sped Contribuições

Importação de Sped Contribuições Importação de Sped Contribuições Para fazer a importação de Sped Contribuições Acesse: Menu utilitários, Importação, Importação padrão, Sped Pis e Confins Nesta opção do sistema, deverá ser informada a

Leia mais

Serviços Prestados Caminho: Menu > Cadastro > Faturamento > Serviço Prestado

Serviços Prestados Caminho: Menu > Cadastro > Faturamento > Serviço Prestado 1 Serviços Prestados Caminho: Menu > Cadastro > Faturamento > Serviço Prestado Definição Na rotina Serviços Prestados você poderá cadastrar Serviços Prestados. Nesta funcionalidade poderá inserir os Dados

Leia mais

SAESC SISTEMA DE GESTÃO DA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

SAESC SISTEMA DE GESTÃO DA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR Recebimentos SAESC SISTEMA DE GESTÃO DA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR Nota Fiscal de Fornecedor Esta tela serve para armazenar as notas fiscais de Fornecedores. São três telas que compõe a nota. A primeira é chamada

Leia mais

O que é o site de Contas a Pagar de Comissões?

O que é o site de Contas a Pagar de Comissões? Guia de Procedimento O que é o site de Contas a Pagar de Comissões? O site de Contas a Pagar de Comissões é uma ferramenta destinada às agências de viagem. Inicialmente, será utilizado para a área financeira

Leia mais

Como exportar os arquivos NFP via Web-Service - FS127

Como exportar os arquivos NFP via Web-Service - FS127 Como exportar os arquivos NFP via Web-Service - FS127 Sistema: Futura Server Caminho: Fiscal> NFP Web-service>Exportação de arquivos Referência: FS127 Versão: 2016.2.15 Como Funciona: Esta tela é utilizada

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE. Coordenadoria de Promoção da Segurança e Vigilância Ambiental. Análise de Riscos

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE. Coordenadoria de Promoção da Segurança e Vigilância Ambiental. Análise de Riscos UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE Coordenadoria de Promoção da Segurança e Vigilância Ambiental Análise de Riscos SIPAC/SIGAA Contato: cops@reitoria.ufrn.br 3342-2330 (Opção 1 Ramais 342; 343;

Leia mais

Manual de Usuário. Módulo Estoque

Manual de Usuário. Módulo Estoque Manual de Usuário Módulo Estoque MÓDULO DE ESTOQUE OU CONTROLE DE MATERIAIS. A base do controle de estoque são os itens (peças e acessórios, lubrificantes, combustíveis, etc) que devidamente codificados

Leia mais

HEMOVIDA (CICLO DO SANGUE - Gerenciamento de estoque para grandes eventos)

HEMOVIDA (CICLO DO SANGUE - Gerenciamento de estoque para grandes eventos) Ministério da Saúde Secretaria Executiva Departamento de Informática do SUS HEMOVIDA (CICLO DO SANGUE - Gerenciamento de estoque para grandes eventos) Manual do Usuário Versão 1.0 Fevereiro, 2014 Índice

Leia mais

D igitação de Eventos

D igitação de Eventos Digitação de Eventos Índice 1. PLATAFORMA SAGE... 3 1.1. 1.2. 1.3. 1.4. 1.5. Primeiro Acesso... 4 Conhecendo a Plataforma... 5 Seleção da Empresa de Trabalho... 6 Sair do Sistema/ Minhas configurações...

Leia mais

Manual do Usuário. Sistema de Notas Fiscais Produtor/Avulsa. Módulo NFPA - e

Manual do Usuário. Sistema de Notas Fiscais Produtor/Avulsa. Módulo NFPA - e Secretaria de Estado de Fazenda de Mato Grosso Superintendência do Sistema Administrativo Fazendário Superintendência Adjunta de Gerenciamento de Tecnologia da Informação Manual do Usuário Sistema de Notas

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO UNIDADES DE MEDIDA E FATORES DE CONVERSÃO

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO UNIDADES DE MEDIDA E FATORES DE CONVERSÃO BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO UNIDADES DE MEDIDA E FATORES DE CONVERSÃO Efetuadas alterações no Cordilheira Escrita Fiscal, para que seja possível cadastrar as unidades de medida dos itens, bem como os fatores

Leia mais

TELA DE CONSULTA DE PROCESSOS DE COMPRA

TELA DE CONSULTA DE PROCESSOS DE COMPRA SISTEMA COMPUSOFT Manual do Usuário Pág. 1 TELA DE CONSULTA DE PROCESSOS DE COMPRA LOCALIZAÇÃO DA TELA Gestão: Material Módulo: Planejamento e Compra Menu: Consultas Opção: Processo de Compra => Processo

Leia mais

Portal Webrecivil Módulo CPF

Portal Webrecivil Módulo CPF Portal Webrecivil Módulo CPF Manual do usuário Data: 21/12/2015 Versão documento: 1.0 Prefácio 1. COMO LOGAR NO SISTEMA WEBRECIVIL... 03 2. COMO ACESSAR O MÓDULO CPF... 03 3. ENTENDENDO A TELA DO CPF...

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema de Manutenção - Oficina

Manual de Utilização do Sistema de Manutenção - Oficina Pagina 1 Sumário OBJETIVO... 2 ACESSO AO SISTEMA... 2 Passo 1... 2 Passo 2... 2 Passo 3... 2 Passo 4... 2 TELA INICIAL DO SISTEMA... 3 NOVA O.S... 5 Passo 1... 5 Passo 2... 5 Passo 3... 7 Obs. 1... 7 Obs.

Leia mais

ATUALIZAÇÃO DA VERSAO Abaixo constam as alterações referentes aversão do dia 03/05/2013:

ATUALIZAÇÃO DA VERSAO Abaixo constam as alterações referentes aversão do dia 03/05/2013: ATUALIZAÇÃO DA VERSAO 06.01.00 Abaixo constam as alterações referentes aversão 06.01.00 do dia 03/05/2013: ATENÇÃO: Versões intermediarias não são de atualização obrigatório para todos os clientes, apenas

Leia mais

Manual do Usuário. Sistema para Administração de Condomínios MANUAL USUÁRIO. Instruções para Instalação. ENG Sistemas - 1 -

Manual do Usuário. Sistema para Administração de Condomínios MANUAL USUÁRIO. Instruções para Instalação. ENG Sistemas - 1 - Sistema para Administração de Condomínios MANUAL DO USUÁRIO Instruções para Instalação ENG Sistemas - 1 - O Scon V2 está preparado para funcionar nos ambientes: Windows XP Windows 7 No Windows Vista /

Leia mais

Cordilheira Recursos Humanos 2.101b

Cordilheira Recursos Humanos 2.101b LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

_GESTÃO DE DESPESAS Novo Expense NextGen

_GESTÃO DE DESPESAS Novo Expense NextGen _GESTÃO DE DESPESAS Novo Expense NextGen Sumário 1. Introdução... 3 2. Como solicitar um adiantamento... 3 2.1 Solicitação... 3 3 Como efetuar uma prestação de contas... 9 Pág. 2 de 11 1. Introdução O

Leia mais

Service Center Manual para Envio de Documentos Fiscais de Serviços

Service Center Manual para Envio de Documentos Fiscais de Serviços Service Center Manual para Envio de Documentos Fiscais de Serviços (01/09/2016) 1 2 Introdução Envio de Documentos Fiscais Objetivo O envio de documentos fiscais de serviços, através do Service Center,

Leia mais

Declarações Serviços Prestados

Declarações Serviços Prestados Declarações Serviços Prestados O que é isto? O que isto faz? Por meio desta página, um contribuinte classificado como prestador de serviços pode realizar a declaração dos serviços prestados. Nesta página,

Leia mais

Cordilheira Sistema Contábil 2.85a Conciliação Contábil

Cordilheira Sistema Contábil 2.85a Conciliação Contábil LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Eleições 2008 Sistema Nacional de Contagem de Votos. Processo de apuração de votos utilizando o Abacus Sistema Totalizador Eleitoral

Eleições 2008 Sistema Nacional de Contagem de Votos. Processo de apuração de votos utilizando o Abacus Sistema Totalizador Eleitoral Eleições 2008 Sistema Nacional de Contagem de Votos Processo de apuração de votos utilizando o Abacus Sistema Totalizador Eleitoral Introdução O processo de apuração dos votos pelo Abacus é desenvolvido

Leia mais

Cadastro de Clientes

Cadastro de Clientes Cadastro de Clientes Uma boa gestão começa na importância dada ao cadastro de clientes. O cadastro de clientes é uma ferramenta fundamental para melhorar as vendas da sua empresa e fidelizar seu cliente.

Leia mais

SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO CND CND PORTAL DE RELACIONAMENTO Cadastro CND Painel de Controle

SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO CND CND PORTAL DE RELACIONAMENTO Cadastro CND Painel de Controle Sage CND SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 1 2. CND... 2 1.1. 1.2. Cadastro CND... 2 Painel de Controle... 6 3. CND PORTAL DE RELACIONAMENTO.... 10 1. Apresentação A Plataforma Sage visa dinamizar os negócios

Leia mais

OBJETIVO: Cadastrar os dados da empresa que adquiriu o sistema. As empresas cadastradas no sistema, a partir desta tela, terão influência,

OBJETIVO: Cadastrar os dados da empresa que adquiriu o sistema. As empresas cadastradas no sistema, a partir desta tela, terão influência, Cadastro de Empresa OBJETIVO: Cadastrar os dados da empresa que adquiriu o sistema. As empresas cadastradas no sistema, a partir desta tela, terão influência, principalmente, no financeiro. Anexando uma

Leia mais

Giss Offline. Versão 2.0 (12/2011)

Giss Offline. Versão 2.0 (12/2011) Giss Offline Versão 2.0 (12/2011) Versão 2.0 (12/2011) SUMÁRIO GISS OFFLINE... 2 INSTALANDO O GISS ESCRITURAÇÃO OFFLINE... 3 IDENTIFICAÇÃO NO SISTEMA... 8 MANUTENÇÃO... 9 ADICIONAR PREFEITURA... 9 CÓPIA

Leia mais

Livros: indicar qual o Livro que será extraído as informações:

Livros: indicar qual o Livro que será extraído as informações: LF0302 - EXTRATOR SPED CONTÁBIL Executar o programa de Extrator SPED Contábil (LF0302). Esse programa tem objetivo de buscar as informações necessárias para gerar o arquivo do SPED Contábil. O arquivo

Leia mais

Sistema de Gestão de Recursos Humanos

Sistema de Gestão de Recursos Humanos Sistema de Gestão de Recursos Humanos Manual de Procedimentos I Módulo de Usuários Revisão: 07 Versão: 7.9.109 JM Soft Informática Março, 2015 Sumário MÓDULO DE USUÁRIOS... 4 1 MENU CADASTROS... 4 1.1

Leia mais

USO INTERNO. SGT Sistema de Gerenciamento de Treinamentos

USO INTERNO. SGT Sistema de Gerenciamento de Treinamentos Sistema de Gerenciamento de Treinamentos CONFIDENCIAL SISTEMA DE GESTÃO DE TREINAMENTOS Sistema corporativo criado para gerenciamento e interface das evidências dos treinamentos da UNF, com foco nas empresas

Leia mais

Manual do Usuário - Novo SCDP Universidade Federal de Alagoas

Manual do Usuário - Novo SCDP Universidade Federal de Alagoas Manual do Usuário - Novo SCDP Universidade Federal de Alagoas 1 Janeiro de 2014 1. Acesso... 02 1.1 Usuários Novos. 03 1.2 Token. 05 2. Solicitação de Viagem. 08 2.1. Cadastrar. 08 2.2 Reserva de Passagem...

Leia mais

RECE7000 Emissão de recibos de Adiantamentos. RECE7000 Emissão de Recibos de Adiantamentos 1 / 12

RECE7000 Emissão de recibos de Adiantamentos. RECE7000 Emissão de Recibos de Adiantamentos 1 / 12 RECE7000 Emissão de recibos de Adiantamentos 1 / 12 Ao fechar um negócio, o cliente pode adiantar uma parte do pagamento combinado, mesmo antes da emissão da NF correspondente. O registro do recebimento

Leia mais

Manual de Utilização Logicorp Phoenix ERP. Pedido de Vendas. ML-01 Versão 4_7_3. ERP Estoque Rafael Marin 30/08/2012 ML01_04 Luis Perim

Manual de Utilização Logicorp Phoenix ERP. Pedido de Vendas. ML-01 Versão 4_7_3. ERP Estoque Rafael Marin 30/08/2012 ML01_04 Luis Perim Manual de Utilização Logicorp Phoenix ERP Pedido de Vendas ML-01 Versão 4_7_3 Departamento: Módulo: Coordenador de Projetos: Data: Número de Controle: Desenvolvido por: ERP Estoque Rafael Marin 30/08/2012

Leia mais

Manual Busca XML Contador

Manual Busca XML Contador BUSCA XML CONTADOR Manual Busca XML Contador O Busca XML Contador é uma ferramenta utilizada para gerenciar arquivos* recebidos por e- mail** através do Busca XML Cliente, onde possibilita a exportação

Leia mais