TEORIA GERAL DE SEGURO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TEORIA GERAL DE SEGURO"

Transcrição

1 TEORIA GERAL DE SEGURO

2 Finalidade do Seguro

3 A finalidade específica do seguro é o restabelecimento do equilíbrio econômico perturbado, quando ocorre um evento (sinistro) que cause: O Código Civil Brasileiro PROÍBE qualquer possibilidade de que o seguro se reverta em lucro ao Segurado.

4 A finalidade específica do seguro é o restabelecimento do equilíbrio econômico perturbado, quando ocorre um evento (sinistro) que cause: Prejuízos O Código Civil Brasileiro PROÍBE qualquer possibilidade de que o seguro se reverta em lucro ao Segurado.

5 A finalidade específica do seguro é o restabelecimento do equilíbrio econômico perturbado, quando ocorre um evento (sinistro) que cause: Prejuízos Gere responsabilidade O Código Civil Brasileiro PROÍBE qualquer possibilidade de que o seguro se reverta em lucro ao Segurado.

6 A finalidade específica do seguro é o restabelecimento do equilíbrio econômico perturbado, quando ocorre um evento (sinistro) que cause: Prejuízos Gere responsabilidade Perda de direitos. O Código Civil Brasileiro PROÍBE qualquer possibilidade de que o seguro se reverta em lucro ao Segurado.

7 Definição Características Seguro Seguro é o contrato pelo qual uma das partes se obriga, mediante cobrança de prêmio, a indenizar outra de um perigo ou prejuízo eventual (Aurélio Buarque de Holanda Ferreira)

8 Definição Características Seguro

9 Definição Características Mutualismo Seguro

10 Definição Características Mutualismo Seguro Incerteza

11 Definição Características Mutualismo Seguro Incerteza Previdência

12 Sistema Nacional de Seguros Privados SNSP

13 Ministério da Fazenda CNSP SUSEP Sociedades de Seguros Privados Previdência Complementar Aberta Empresas de Resseguro Corretores de Seguros

14 CNSP SUSEP Corretores de Seguros CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS A principal atribuição do CNSP é fixar as diretrizes e normas da política governamental para os segmentos de Seguros Privados, Capitalização e Previdência Privada.

15 CNSP SUSEP Corretores de Seguros SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS A SUSEP é o órgão responsável pelo controle e fiscalização dos mercados de seguro, previdência privada aberta, capitalização e resseguro.

16 CNSP SUSEP Corretores de Seguros MISSÃO DA SUSEP Atuar na regulação, supervisão, fiscalização e incentivo das atividades de seguros, previdência complementar aberta e capitalização, de forma ágil, eficiente, ética e transparente, protegendo os direitos dos consumidores e os interesses da sociedade em geral.

17 CNSP SUSEP Corretores de Seguros Pessoas físicas ou jurídicas, intermediários legalmente autorizados a angariar e promover contratos de seguros entre as seguradoras e as pessoas físicas e jurídicas.

18 CNSP SUSEP Corretores de Seguros O corretor é por definição e até por lei o representante do segurado junto à Seguradora. É ele quem conhece os produtos de seguros e, portanto, quem pode melhor aconselhar o cliente. Cabe a ele cuidar dessa relação, agindo não apenas como vendedor, mas principalmente como consultor na indicação da apólice e quando necessário após a ocorrência do sinistro.

19 Elementos básicos do Seguro

20 Franquia Indenização Risco Seguradora Prêmio Segurado

21 Risco Segurado Seguradora Prêmio Indenização Franquia

22 Risco Segurado Seguradora Prêmio Indenização Franquia Os RISCOS SEGURÁVEIS idealmente possuem as seguintes características:

23 Risco Segurado Seguradora Prêmio Indenização Franquia Os RISCOS SEGURÁVEIS idealmente possuem as seguintes características: Incerteza quanto à ocorrência das perdas (exceto nos Seguros de Vida); OBS.: Nem todos os riscos são seguráveis.

24 Risco Segurado Seguradora Prêmio Indenização Franquia Os RISCOS SEGURÁVEIS idealmente possuem as seguintes características: Incerteza quanto à ocorrência das perdas (exceto nos Seguros de Vida); A data, o horário, e o montante das perdas podem ser claramente determinados; OBS.: Nem todos os riscos são seguráveis.

25 Risco Segurado Seguradora Prêmio Indenização Franquia Os RISCOS SEGURÁVEIS idealmente possuem as seguintes características: Incerteza quanto à ocorrência das perdas (exceto nos Seguros de Vida); A data, o horário, e o montante das perdas podem ser claramente determinados; Existência de grande número de exposições a perdas seguradas; OBS.: Nem todos os riscos são seguráveis.

26 Risco Segurado Seguradora Prêmio Indenização Franquia Os RISCOS SEGURÁVEIS idealmente possuem as seguintes características: Incerteza quanto à ocorrência das perdas (exceto nos Seguros de Vida); A data, o horário, e o montante das perdas podem ser claramente determinados; Existência de grande número de exposições a perdas seguradas; A realização do risco não atinge simultaneamente vários segurados ou unidades seguradas ou responsabilidades seguradas. OBS.: Nem todos os riscos são seguráveis.

27 Risco Segurado Seguradora Prêmio Indenização Franquia Característica dos riscos seguráveis Ser possível Ser futuro Ser incerto Independer da vontade das partes Resultar de sua ocorrência um prejuízo Ser mensurável

28 Risco Segurado Seguradora Prêmio Indenização Franquia

29 Risco Segurado Seguradora Prêmio Indenização Franquia Pessoa Física ou Jurídica que possui interesse legítimo relativo a uma pessoa ou bem, e que transfere para a seguradora, mediante o pagamento do prêmio, o risco de um determinado evento atingir o bem ou pessoa de seu interesse. É a pessoa em nome de quem se faz o seguro

30 Risco Segurado Seguradora Prêmio Indenização Franquia Pessoa Física ou Jurídica que possui interesse legítimo relativo a uma pessoa ou bem, e que transfere para a seguradora, mediante o pagamento do prêmio, o risco de um determinado evento atingir o bem ou pessoa de seu interesse. É a pessoa em nome de quem se faz o seguro FIGURAS DO SEGURO

31 Risco Segurado Seguradora Prêmio Indenização Franquia Pessoa Física ou Jurídica que possui interesse legítimo relativo a uma pessoa ou bem, e que transfere para a seguradora, mediante o pagamento do prêmio, o risco de um determinado evento atingir o bem ou pessoa de seu interesse. É a pessoa em nome de quem se faz o seguro FIGURAS DO SEGURO ESTIPULANTE: É a pessoa física ou jurídica que contrata o seguro a favor do segurado.

32 Risco Segurado Seguradora Prêmio Indenização Franquia Pessoa Física ou Jurídica que possui interesse legítimo relativo a uma pessoa ou bem, e que transfere para a seguradora, mediante o pagamento do prêmio, o risco de um determinado evento atingir o bem ou pessoa de seu interesse. É a pessoa em nome de quem se faz o seguro FIGURAS DO SEGURO ESTIPULANTE: É a pessoa física ou jurídica que contrata o seguro a favor do segurado. BENEFICIÁRIO: É a pessoa física ou jurídica designada pelo segurado para receber indenizações devidas pelo segurador.

33 Risco Segurado Seguradora Prêmio Indenização Franquia

34 Risco Segurado Seguradora Prêmio Indenização Franquia Sociedades constituídas com a finalidade de assumir e gerir coletividades de riscos, obedecidos os critérios técnicos e administrativos específicos estabelecidos por elas e/ou pelos órgãos fiscalizadores e reguladores, pagando indenização ao segurado ou ao(s) seu(s) beneficiários(s), no caso de ocorrência de sinistro coberto pelas cláusulas dos contratos de seguro.

35 Risco Segurado Seguradora Prêmio Indenização Franquia

36 Risco Segurado Seguradora Prêmio Indenização Franquia É o valor que o segurado ou o estipulante pagará à seguradora para obter a cobertura do seguro. É o preço do seguro.

37 Risco Segurado Seguradora Prêmio Indenização Franquia É o valor que o segurado ou o estipulante pagará à seguradora para obter a cobertura do seguro. É o preço do seguro. PRÊMIOS:

38 Risco Segurado Seguradora Prêmio Indenização Franquia É o valor que o segurado ou o estipulante pagará à seguradora para obter a cobertura do seguro. É o preço do seguro. PRÊMIOS: Prêmio estatístico

39 Risco Segurado Seguradora Prêmio Indenização Franquia É o valor que o segurado ou o estipulante pagará à seguradora para obter a cobertura do seguro. É o preço do seguro. PRÊMIOS: Prêmio estatístico Prêmio Comercial

40 Risco Segurado Seguradora Prêmio Indenização Franquia É o valor que o segurado ou o estipulante pagará à seguradora para obter a cobertura do seguro. É o preço do seguro. PRÊMIOS: Prêmio estatístico Prêmio Comercial Prêmio Bruto

41 Risco Segurado Seguradora Prêmio Indenização Franquia

42 Risco Segurado Seguradora Prêmio Indenização Franquia É a contraprestação da seguradora pelo prêmio recebido num contrato de seguro, quando ocorre um risco coberto pelas cláusulas contratuais. É o pagamento devido pela seguradora ao(s) beneficiários(s) do seguro, no caso de risco coberto na ocorrência do sinistro.

43 Risco Segurado Seguradora Prêmio Indenização Franquia

44 Risco Segurado Seguradora Prêmio Indenização Franquia É o valor correspondente a parte do prejuízo que fica a cargo do segurado, conforme cláusula previamente estabelecida no contrato.

45 Risco Segurado Seguradora Prêmio Indenização Franquia É o valor correspondente a parte do prejuízo que fica a cargo do segurado, conforme cláusula previamente estabelecida no contrato. A franquia desempenha também um papel preventivo, porque o segurado sabendo que uma parte do prejuízo ficará a seu cargo tenderá a ser mais cuidadoso e a redobrar de cuidados, podendo desta forma evitar a ocorrência de sinistros ou reduzir os efeitos dos mesmos.

46 Condições gerais da Apólice

47 Apólice

48 Apólice As apólices são consideradas contratos de adesão e as condições devem conter todas as características da apólice.

49 Riscos Cobertos Bens Segurados Apólice Bens não compreendidos no seguro Prejuízos indenizáveis Riscos excluídos

50 Coberturas, importâncias seguradas Vigência, Prêmio e formas de pagamento Apólice Obrigações do segurado Perda de direito à indenização Procedimentos em caso de sinistro

51 CONDIÇÕES GERAIS Cláusulas contratuais que definem riscos cobertos e excluídos, sinistros, e estabelecem as obrigações e os direitos do segurado e do segurador.

52 CONDIÇÕES GERAIS Cláusulas contratuais que definem riscos cobertos e excluídos, sinistros, e estabelecem as obrigações e os direitos do segurado e do segurador. CONDIÇÕES ESPECIAIS Disposições específicas relativas a um plano de seguro, que altera as Condições Gerais. Definem as cláusulas das coberturas de um plano de seguro.

53 CONDIÇÕES GERAIS Cláusulas contratuais que definem riscos cobertos e excluídos, sinistros, e estabelecem as obrigações e os direitos do segurado e do segurador. CONDIÇÕES ESPECIAIS Disposições específicas relativas a um plano de seguro, que altera as Condições Gerais. Definem as cláusulas das coberturas de um plano de seguro. CONDIÇÕES PARTICULARES São as cláusulas que individualizam as coberturas para atender demandas específicas. Alteram as Condições (Gerais ou Especiais), modificando ou cancelando disposições existentes.

54

55 RISCOS COBERTOS São os riscos previstos e descritos em cada uma das coberturas, contratadas na apólice.

56 EXEMPLOS Para a cobertura básica: incêndio. queda de raio ocorrida dentro da área do terreno ou do edifício onde estiverem localizados os bens segurados. explosão de qualquer natureza. Para roubo de valores no interior do estabelecimento: Perdas e/ou danos decorrentes de roubo ou furto de valores existentes no interior do estabelecimento, dentro de cofre-forte ou guichês, das atividades administradas ou controladas e sob a responsabilidade do Segurado.

57 BENS SEGURADOS São os bens especificados na apólice como edificações e seus respectivos conteúdos, existentes no endereço indicado na apólice.

58 BENS SEGURADOS São os bens especificados na apólice como edificações e seus respectivos conteúdos, existentes no endereço indicado na apólice. Prédio Conteúdo Bens de terceiros

59 BENS SEGURADOS São os bens especificados na apólice como edificações e seus respectivos conteúdos, existentes no endereço indicado na apólice. Prédio Conteúdo Bens de terceiros Instalações hidráulicas, elétricas e sanitárias;

60 BENS SEGURADOS São os bens especificados na apólice como edificações e seus respectivos conteúdos, existentes no endereço indicado na apólice. Prédio Conteúdo Bens de terceiros MMU: Máquinas, Móveis, Utensílios. MMP: Mercadorias e Matérias-Primas.

61 BENS SEGURADOS São os bens especificados na apólice como edificações e seus respectivos conteúdos, existentes no endereço indicado na apólice. Prédio Conteúdo Bens de terceiros Desde que sejam inerentes a atividade do segurado, existentes no endereço indicado na apólice e pelos quais o segurado seja responsável.

62

63 BENS NÃO COMPREENDIDOS NO SEGURO Determinados bens, em função de suas características, estão excluídos das coberturas do seguro:

64 EXEMPLO Fundações e alicerces; Jóias, pedras e metais preciosos; Objetos de arte, raridades, coleções filatélicas, numismáticas ou outras de natureza similar; Vegetais ou animais vivos; Veículos terrestres motorizados ou embarcações e aeronaves de qualquer espécie.

65

66 PREJUÍZOS INDENIZÁVEIS São danos diretamente resultantes dos riscos cobertos bem como despesas decorrentes de providências tomadas para salvamento e proteção dos bens segurados após a ocorrência de um risco coberto.

67 RISCOS EXCLUÍDOS São os termos expressos nas apólices de seguros, destacando os eventos que não estariam cobertos.

68 RISCOS EXCLUÍDOS São os termos expressos nas apólices de seguros, destacando os eventos que não estariam cobertos. EXEMPLO Além das exclusões previstas em cada uma das cláusulas de coberturas, este seguro não indenizará os prejuízos que decorram direta ou indiretamente de:

69 RISCOS EXCLUÍDOS São os termos expressos nas apólices de seguros, destacando os eventos que não estariam cobertos. EXEMPLO Além das exclusões previstas em cada uma das cláusulas de coberturas, este seguro não indenizará os prejuízos que decorram direta ou indiretamente de: Furto, desaparecimento e extravio; Atos ilícitos, doloso ou por culpa grave praticado pelo Segurado; Guerra, rebelião ou revolução, insurreição e atos de terrorismo; Danos morais; Multas.

70

71 LIMITE MÁXIMO DE INDENIZAÇÃO O Limite Máximo de Indenização por cobertura contratada conforme especificado na apólice, fixado pelo Segurado, representa a responsabilidade máxima assumida pela Seguradora, em todos os sinistros ocorridos durante a vigência deste seguro.

72

73 CANCELAMENTO

74 CANCELAMENTO O cancelamento pode ser solicitado à qualquer momento, mediante aviso prévio por ambas as partes e é calculado sempre pelo prêmio líquido, descontando todos os emolumento pagos

75 CANCELAMENTO O cancelamento pode ser solicitado à qualquer momento, mediante aviso prévio por ambas as partes e é calculado sempre pelo prêmio líquido, descontando todos os emolumento pagos Se o cancelamento for por iniciativa do Segurado, a seguradora reterá o prêmio correspondente ao prazo de vigência decorrido calculado de acordo com a tabela de prazo curto.

76 CANCELAMENTO O cancelamento pode ser solicitado à qualquer momento, mediante aviso prévio por ambas as partes e é calculado sempre pelo prêmio líquido, descontando todos os emolumento pagos Se o cancelamento for por iniciativa do Segurado, a seguradora reterá o prêmio correspondente ao prazo de vigência decorrido calculado de acordo com a tabela de prazo curto. Se o cancelamento for por iniciativa da Seguradora, a Seguradora reterá do prêmio a parte proporcional ao tempo decorrido (pró-rata temporis).

Práticas Atuariais em Seguros e Pensões

Práticas Atuariais em Seguros e Pensões Práticas Atuariais em Seguros e Pensões 2. Estrutura do Mercado Segurador Thaís Paiva thaispaiva@est.ufmg.br Estrutura do Mercado Segurador O Sistema Nacional de Seguros Privados, instituído pelo Decreto-Lei

Leia mais

MULTIRRISCO EVENTOS. Feiras e Exposições

MULTIRRISCO EVENTOS. Feiras e Exposições MULTIRRISCO EVENTOS Feiras e Exposições O seguro para feiras e exposições Em uma feira ou exposição podem acontecer diversos incidentes. Dentre eles o expositor pode ter uma peça de seu equipamento quebrada

Leia mais

COBERTURA ESPECÍFICA DE LUCROS CESSANTES PARA SEGURO COMPREENSIVO EMPRESARIAL

COBERTURA ESPECÍFICA DE LUCROS CESSANTES PARA SEGURO COMPREENSIVO EMPRESARIAL COBERTURA ESPECÍFICA DE LUCROS CESSANTES PARA 1 SEGURO DE LUCROS CESSANTES - ESPECÍFICO PARA O SEGURO EMPRESARIAL PROCESSO SUSEP N o 15414.900878/2014-66 1. LUCROS CESSANTES 3 2. DESPESAS FIXAS 8 2 SEGURO

Leia mais

Plano de Seguro QBE MAX

Plano de Seguro QBE MAX PROCESSO SUSEPNº 154149003682014-99 CONDIÇÕES ESPECIAIS DA COBERTURA ADICIONAL DE LUCROS CESSANTES E DESPESAS FIXAS 1. OBJETIVO 1.1. O objetivo desta Condição Especial é a inclusão, mediante pagamento

Leia mais

SEGURO DE VIDA PRESTAMISTA OURO VIDA PRODUTOR RURAL

SEGURO DE VIDA PRESTAMISTA OURO VIDA PRODUTOR RURAL SEGURO DE VIDA PRESTAMISTA OURO VIDA PRODUTOR RURAL Condições Gerais e Particulares Processo SUSEP Nº. 10.005221/99-41 1 ÍNDICES CONDIÇÕES GERAIS E PARTICULARES 1. Objetivo do Seguro...3 2. Garantia do

Leia mais

wrof`e=ó=ofp`lp=lmbo^`flk^fp= = = = `lkaf Îbp=bpmb`f^fp== = = = ===ir`olp=`bpp^kqbp=

wrof`e=ó=ofp`lp=lmbo^`flk^fp= = = = `lkaf Îbp=bpmb`f^fp== = = = ===ir`olp=`bpp^kqbp= wrof`e=ó=ofp`lp=lmbo^`flk^fp= = = = `lkaf Îbp=bpmb`f^fp== = = = ===ir`olp=`bpp^kqbp= = = ==================séêë ç=ó=gìåüçlnp= = ============= = = = = mêçåéëëç=pìëéé==nrqnqkmmnvpnlommujmq===== PLANO DE

Leia mais

APÓLICE DE SEGURO 1ª VIA X D. Apólice nº Ramo Endosso Proposta

APÓLICE DE SEGURO 1ª VIA X D. Apólice nº Ramo Endosso Proposta MS CONDOMÍNIO APÓLICE DE SEGURO 1ª VIA X D Apólice nº Ramo Endosso Proposta 01160013426 16 00000000000 01160015257 O C EMISSÃO APÓLICE Segurado Nome / Razão Social CNPJ/CPF COND EDIF LOPES COELHO 042.788.232/0001-04

Leia mais

SEGURO DE AUTO E PROTEÇÃO VEICULAR: CONHECER AS DIFERENÇAS É FUNDAMENTAL

SEGURO DE AUTO E PROTEÇÃO VEICULAR: CONHECER AS DIFERENÇAS É FUNDAMENTAL SEGURO DE AUTO E PROTEÇÃO VEICULAR: CONHECER AS DIFERENÇAS É SINDICATO DAS SEGURADORAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA SINDICATO DOS CORRETORES DE SEGUROS DE SANTA CATARINA ANGÉLICA CARLINI e CARLINI SOCIEDADE

Leia mais

PESSOA FÍSICA Advogados Autônomos PESSOA JURÍDICA Sociedade Unipessoal de Advogado e Escritórios de Sociedades de Advogados

PESSOA FÍSICA Advogados Autônomos PESSOA JURÍDICA Sociedade Unipessoal de Advogado e Escritórios de Sociedades de Advogados SEGURADO IMPORTÂNCIA SEGURADA VIGÊNCIA PESSOA FÍSICA Advogados Autônomos PESSOA JURÍDICA Sociedade Unipessoal de Advogado e Escritórios de Sociedades de Advogados R$ 100.000,00 R$ 200.000,00 R$ 300.000,00

Leia mais

CIRCULAR nº 029, de 14 de junho de 1971

CIRCULAR nº 029, de 14 de junho de 1971 MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E DO COMÉRCIO SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR nº 029, de 14 de junho de 1971 Aprova Condições Especiais e Disposições Tarifárias para seguros contra riscos de Derrame

Leia mais

N SEGURADO DADOS DO SEGURADO

N SEGURADO DADOS DO SEGURADO DE SEGURO 10.835874 SEGURADO DADOS DO SEGURADO N SEGURADO NEON IMOVEIS E ADM LT EPP 1232312 55.055.651/0001-70 LOCAL DE COBRANÇA / CORRESPONDÊNCIA CEP AL TEREZA CRISTINA 375 09770-330 CIDADE SAO BERNARDO

Leia mais

APÓLICE DE SEGURO ACIDENTES PESSOAIS ESCOLAR DADOS DO CLIENTE Razão Social: JARDIM ESCOLA TIC TAC LTDA - ME

APÓLICE DE SEGURO ACIDENTES PESSOAIS ESCOLAR DADOS DO CLIENTE Razão Social: JARDIM ESCOLA TIC TAC LTDA - ME MA-MORTE ACIDENTAL IPA-INV.PERM.TOT/PAR POR ACIDENTE DMHO-DESP.MÉD. HOSP E ODONT. APÓLICE DE SEGURO ACIDENTES PESSOAIS ESCOLAR DADOS DO CLIENTE Razão Social: JARDIM ESCOLA TIC TAC LTDA - ME CNPJ: 29.005.956/0001-68

Leia mais

CIRCULAR SUSEP Nº 67, de 14 de dezembro de 1981.

CIRCULAR SUSEP Nº 67, de 14 de dezembro de 1981. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP Nº 67, de 14 de dezembro de 1981. Aprova coberturas adicionais para os Seguros de Riscos de Engenharia. O SUPERINTENDENTE DA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS

Leia mais

Condições Gerais Lucros Cessantes. SEGURO PATRIMONIAL (Seguro Proteção Empresarial)

Condições Gerais Lucros Cessantes. SEGURO PATRIMONIAL (Seguro Proteção Empresarial) Condições Gerais Lucros Cessantes SEGURO PATRIMONIAL (Seguro Proteção Empresarial) SEGURO DE LUCROS CESSANTES COBERTURAS ADICIONAIS Condições Particulares Versão 1 Processo SUSEP: 15414.901413/2015-11

Leia mais

CAPITALIZAÇÃO. As operações suspeitas deverão ser comunicadas à SUSEP no prazo de: (a) 24 horas. (b) 48 horas. (c) 72 horas. (d) 10 dias. (e) 15 dias.

CAPITALIZAÇÃO. As operações suspeitas deverão ser comunicadas à SUSEP no prazo de: (a) 24 horas. (b) 48 horas. (c) 72 horas. (d) 10 dias. (e) 15 dias. Data: 11/09/2017 Prova: PROVA REGULAR DE CAPITALIZAÇÃO - TIPO B Tipo: B CAPITALIZAÇÃO 1) MARQUE A ALTERNATIVA CORRETA As operações suspeitas deverão ser comunicadas à SUSEP no prazo de: (a) 24 horas. (b)

Leia mais

RESOLUÇÃO CNSP N o 89, de ANEXO.

RESOLUÇÃO CNSP N o 89, de ANEXO. Fls. 2 da RESOLUÇÃO CNSP N o 89, de 2002. RESOLUÇÃO CNSP N o 89, de 2002 - ANEXO. NORMAS PARA CONSTITUIÇÃO DAS PROVISÕES TÉCNICAS DAS SOCIEDADES SEGURADORAS, ENTIDADES ABERTAS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR

Leia mais

SEGURO DE LUCROS CESSANTES

SEGURO DE LUCROS CESSANTES Data: 29/05/2017 Prova: DEMAIS RAMOS - REG - MÓD. 2 Tipo A Tipo: A SEGURO DE LUCROS CESSANTES 1) MARQUE A ALTERNATIVA CORRETA No Seguro de Lucros Cessantes, a garantia compreendida na cobertura básica,

Leia mais

SEGURO DE LUCROS CESSANTES. A forma de contratação de cobertura de Lucros Cessantes que tem como público-alvo os complexos industriais denomina-se:

SEGURO DE LUCROS CESSANTES. A forma de contratação de cobertura de Lucros Cessantes que tem como público-alvo os complexos industriais denomina-se: Data: 29/05/2017 Prova: DEMAIS RAMOS - REG - MÓD. 2 - Tipo B Tipo: B SEGURO DE LUCROS CESSANTES 1) MARQUE A ALTERNATIVA CORRETA A forma de contratação de cobertura de Lucros Cessantes que tem como público-alvo

Leia mais

2.2.1 Para efeito de data do sinistro, será considerada a data do falecimento do segurado.

2.2.1 Para efeito de data do sinistro, será considerada a data do falecimento do segurado. A Zurich Santander Brasil Seguros e Previdência S.A., designada Seguradora, e o proponente, aqui designado segurado, contratam o Seguro Prestamista Cheque Empresa Protegido, cujo estipulante é o Banco

Leia mais

j~åì~ä=çé=lêáéåí~ ç=~ç= `çåëìãáççê= = = =

j~åì~ä=çé=lêáéåí~ ç=~ç= `çåëìãáççê= = = = = = j~åì~ä=çé=lêáéåí~ ç=~ç= `çåëìãáççê= = = = = = MANUAL DE ORIENTAÇÃO AO CONSUMIDOR Í N D I C E 1. Entenda melhor o seu contrato de seguros=kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk=p

Leia mais

R I S C O S E S P E C I A I S

R I S C O S E S P E C I A I S A P Ó L I C E D E S E G U R O A T E N Ç Ã O! R I S C O S E S P E C I A I S APÓLICE DE SEGURO No. 01.835589 VIGÊNCIA: 31/10/2016 A 30/11/2016 CONFIRA ABAIXO AS SUAS INFORMAÇÕES CADASTRAIS: NOME: HUBERT

Leia mais

CONDIÇÕES ESPECIAIS. Seguro Compreensivo Residencial Plus. Cobertura Adicional Roubo ou Furto Qualificado de Bens

CONDIÇÕES ESPECIAIS. Seguro Compreensivo Residencial Plus. Cobertura Adicional Roubo ou Furto Qualificado de Bens CONDIÇÕES ESPECIAIS Seguro Compreensivo Residencial Plus Cobertura Adicional Roubo ou Furto Qualificado de Bens ÍNDICE 1 OBJETIVO DO SEGURO... 3 2 DEFINIÇÕES... 3 3 RISCOS COBERTOS... 3 4 EXCLUSÕES ESPECÍFICAS...

Leia mais

Seguro Automóvel. Sylvia Varoto Renata Struckas Claudia Wharton

Seguro Automóvel. Sylvia Varoto Renata Struckas Claudia Wharton Seguro Automóvel Sylvia Varoto Renata Struckas Claudia Wharton Pauta da apresentação 1º Introdução ao Seguro de Automóvel 2º Conceitos de Seguro Auto 3º Principais Coberturas 4º Questionário de Avaliação

Leia mais

APÓLICE. SEGURADORA 19 SUL AMERICA CIA NACIONAL DE SEGUROS CNPJ: / Cód. SUSEP: /

APÓLICE. SEGURADORA 19 SUL AMERICA CIA NACIONAL DE SEGUROS CNPJ: / Cód. SUSEP: / APÓLICE SEGURADORA 19 SUL AMERICA CIA NACIONAL DE SEGUROS CNPJ: 33.041.062/0001-09 Cód. SUSEP: 15414.002078/2008-30 15414.000542/2009-34 REGISTRO SUSEP: 5118 End: RUA BEATRIZ LARRAGOITI LUCAS 121 - PARTE

Leia mais

Regra de Bônus Bradesco Seguros

Regra de Bônus Bradesco Seguros Regra de Bônus Bradesco Seguros BÔNUS Condições Gerais (Páginas 40 a 41) (https://wwws.bradescoseguros.com.br/100corretor/upload/br/auto/manuais/manual%20do%20segurado.pdf) É um desconto aplicado sobre

Leia mais

R I S C O S E S P E C I A I S

R I S C O S E S P E C I A I S A P Ó L I C E D E S E G U R O A T E N Ç Ã O! R I S C O S E S P E C I A I S APÓLICE DE SEGURO No. 01.835728 VIGÊNCIA: 30/11/2016 A 31/12/2016 CONFIRA ABAIXO AS SUAS INFORMAÇÕES CADASTRAIS: NOME: OMA ADM

Leia mais

Detalhamento de Coberturas. SEGURO PATRIMONIAL (Seguro Proteção Empresarial)

Detalhamento de Coberturas. SEGURO PATRIMONIAL (Seguro Proteção Empresarial) Detalhamento de Coberturas SEGURO PATRIMONIAL (Seguro Proteção Empresarial) Comércio Perda e pagamento de aluguel 6% 8% Danos elétricos 3% 5% 7,5% Despesas fixas - 6 meses 10% 15% 20% Deterioração de mercadorias

Leia mais

Resseguro. Resseguro na subscrição de Riscos Patrimoniais e seus aspectos básicos. Thisiani G. Matsumura Martins Technical Director Brazil XL Catlin

Resseguro. Resseguro na subscrição de Riscos Patrimoniais e seus aspectos básicos. Thisiani G. Matsumura Martins Technical Director Brazil XL Catlin Resseguro Resseguro na subscrição de Riscos Patrimoniais e seus aspectos básicos Thisiani G. Matsumura Martins Technical Director Brazil XL Catlin 1 Introdução a Resseguro Conceitos Básicos 2 Parte I -

Leia mais

SEGURO DE LUCROS CESSANTES

SEGURO DE LUCROS CESSANTES Data: 09/10/2017 Prova: PROVA REGULAR DEMAIS RAMOS MOD 2 - Tipo B Tipo: B SEGURO DE LUCROS CESSANTES 1) ANALISE AS PROPOSIÇÕES A SEGUIR E DEPOIS MARQUE A ALTERNATIVA CORRETA O pequeno volume de arrecadação

Leia mais

DADOS DO ESTIPULANTE/SEGURADO CO-SEGURADO VIGÊNCIA DO SEGURO OBJETO DO SEGURO CONDIÇÕES DE COBERTURA DE RESPONSABILIDADE CIVIL

DADOS DO ESTIPULANTE/SEGURADO CO-SEGURADO VIGÊNCIA DO SEGURO OBJETO DO SEGURO CONDIÇÕES DE COBERTURA DE RESPONSABILIDADE CIVIL Grupo RESPONSABILIDADES Ramo 51 - RESPONSABILIDADE CIVIL DADOS DO ESTIPULANTE/SEGURADO Processo Susep Moeda Cosseguro 15414900656/201362 REAL NÃO Nome CPF / CNPJ CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE AEROMODELISMO

Leia mais

COBERTURA ESPECÍFICA DE LUCROS CESSANTES PARA SEGURO COMPREENSIVO EMPRESARIAL

COBERTURA ESPECÍFICA DE LUCROS CESSANTES PARA SEGURO COMPREENSIVO EMPRESARIAL SEGURO DE LUCROS CESSANTES ESPECÍFICO PARA O COBERTURA ESPECÍFICA DE LUCROS CESSANTES PARA 1 SEGURO DE LUCROS CESSANTES ESPECÍFICO PARA O Sumário 1. LUCROS CESSANTES DECORRENTES DE INCENDIO INCLUSIVE DECORRENTE

Leia mais

SEGUROS DE TRANSPORTES E RCT

SEGUROS DE TRANSPORTES E RCT Data: 09/10/2017 Prova: PROVA REGULAR DEMAIS RAMOS MOD 2 - Tipo A Tipo: A SEGUROS DE TRANSPORTES E RCT 1) MARQUE A ALTERNATIVA CORRETA Nos transportes internacionais, quando o transporte e a venda de mercadoria

Leia mais

PESSOA FÍSICA Advogados Autônomos PESSOA JURÍDICA Sociedade Unipessoal de Advogado e Escritórios de Sociedades de Advogados

PESSOA FÍSICA Advogados Autônomos PESSOA JURÍDICA Sociedade Unipessoal de Advogado e Escritórios de Sociedades de Advogados SEGURADO PESSOA FÍSICA Advogados Autônomos PESSOA JURÍDICA Sociedade Unipessoal de Advogado e Escritórios de Sociedades de Advogados IMPORTÂNCIA SEGURADA São cinco opções de limites do seguro, de R$ 100.000,00

Leia mais

COBERTURA BÁSICA N.º 117 PROMOÇÃO DE EXPOSIÇÕES OU DE FEIRAS DE AMOSTRAS CONDIÇÕES ESPECIAIS

COBERTURA BÁSICA N.º 117 PROMOÇÃO DE EXPOSIÇÕES OU DE FEIRAS DE AMOSTRAS CONDIÇÕES ESPECIAIS COBERTURA BÁSICA N.º 117 PROMOÇÃO DE EXPOSIÇÕES OU DE FEIRAS DE AMOSTRAS CONDIÇÕES ESPECIAIS 1 - RISCO COBERTO 1.1 - Atendidas as disposições das Condições Gerais, o risco coberto é a RESPONSABILIZAÇÃO

Leia mais

COBERTURA BÁSICA N.º 108 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, EM LOCAIS DE TERCEIROS, DE LIMPEZA E MANUTENÇÃO GERAL DE IMÓVEIS. CONDIÇÕES ESPECIAIS

COBERTURA BÁSICA N.º 108 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, EM LOCAIS DE TERCEIROS, DE LIMPEZA E MANUTENÇÃO GERAL DE IMÓVEIS. CONDIÇÕES ESPECIAIS COBERTURA BÁSICA N.º 108 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, EM LOCAIS DE TERCEIROS, DE LIMPEZA E MANUTENÇÃO GERAL DE IMÓVEIS. CONDIÇÕES ESPECIAIS 1 - RISCO COBERTO 1.1 - O risco coberto é a responsabilização civil

Leia mais

PRÊMIO E FRACIONAMENTO DO SEGURO Prêmios: Quantidade de Parcelas Mensais: 10 IOF: R$ 43,90 DEMAIS PARCELAS PAGAMENTO ATRAVES DE CARNE

PRÊMIO E FRACIONAMENTO DO SEGURO Prêmios: Quantidade de Parcelas Mensais: 10 IOF: R$ 43,90 DEMAIS PARCELAS PAGAMENTO ATRAVES DE CARNE APÓLICE SEGURADORA SUL AMERICA CIA NACIONAL DE SEGUROS CNPJ: 33.041.062/0001-09 REGISTRO SUSEP: 5118 Cód. SUSEP: 15414.002078/2008-30 15414.000542/2009-34 End: RUA BEATRIZ LARRAGOITI LUCAS 121 - PARTE

Leia mais

HAVENDO ALGUMA INFORMAÇÃO CADASTRAL INCORRETA OU INCOMPLETA, INFORME IMEDIATAMENTE O SEU CORRETOR

HAVENDO ALGUMA INFORMAÇÃO CADASTRAL INCORRETA OU INCOMPLETA, INFORME IMEDIATAMENTE O SEU CORRETOR APÓLICE Nº 1800110988 VIGÊNCIA: 16/12/2015 A 16/12/2016 PROPOSTA: 1520530313 DATA EMISSÃO: 29/12/2015 CÓD.RAMO: 18 COMPREENSIVO CÓDIGO SEGURADORA: 0572 0 CORRETOR: VILA N C SEG LT CONFIRA ABAIXO AS SUAS

Leia mais

CIRCULAR SUSEP Nº 451, DE

CIRCULAR SUSEP Nº 451, DE CIRCULAR SUSEP Nº 451, DE 17.10.2012 Altera e consolida as instruções complementares para operação do Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre, ou por sua

Leia mais

SEGUROS DE RESPONSABILIDADE CIVIL GERAL

SEGUROS DE RESPONSABILIDADE CIVIL GERAL Data: 30/08/2017 Prova: DEMAIS RAMOS MÓDULO 1 TIPO A Tipo: A SEGUROS DE RESPONSABILIDADE CIVIL GERAL 1) MARQUE A ALTERNATIVA CORRETA A ação que não deveria ser praticada, em que o sujeito procede precipitadamente

Leia mais

Zurich Seguros Para cuidar dos seus bens, da sua vida e do seu futuro

Zurich Seguros Para cuidar dos seus bens, da sua vida e do seu futuro Zurich Seguros Para cuidar dos seus bens, da sua vida e do seu futuro . Morte / IPTA Invalidez Funcional Permanente. Total por Doença. Perda de Renda Matrícula Material Escolar Repetência Formatura Responsável

Leia mais

Condições Geral De Lucros Cessantes Processo Susep nº /

Condições Geral De Lucros Cessantes Processo Susep nº / Condições Geral De Lucros Cessantes Processo Susep nº 15414.005517/2011-61 1. OBJETIVO 1.1. Esta Condição Especial integra o Plano de Seguro Empresarial da Chubb Seguros Brasil S.A., podendo ser comercializado

Leia mais

APÓLICE. IMÓVEL SEGURADO End. do Risco: DOUTOR LUIZ INACIO PESSOA DE MELO, 145 BOA VIAGEM - RECIFE - PE - CEP:

APÓLICE. IMÓVEL SEGURADO End. do Risco: DOUTOR LUIZ INACIO PESSOA DE MELO, 145 BOA VIAGEM - RECIFE - PE - CEP: APÓLICE SEGURADORA 101 SUL AMERICA CIA NACIONAL DE SEGUROS CNPJ: 33.041.062/0001-09 Cód. SUSEP: 15414.002078/2008-30 - REGISTRO SUSEP: 5118 15414.000542/2009-34 End: RUA BEATRIZ LARRAGOITI LUCAS 121 -

Leia mais

Apólice de Seguros. Apólice: Processo Susep No / Numero de proposta:

Apólice de Seguros. Apólice: Processo Susep No / Numero de proposta: Apólice: 0310656608 Processo Susep No 15414100313/2004-12 Numero de proposta: 59917185 Processo Susep No 15414000143/2005-40 Vigência: De 18/02/2016 à 18/02/2017 * Válida para todas as coberturas contratadas

Leia mais

A Regulação de Sinistros na Circular SUSEP nº 477/2013. O Papel do Segurado na Regulação

A Regulação de Sinistros na Circular SUSEP nº 477/2013. O Papel do Segurado na Regulação A Regulação de Sinistros na Circular SUSEP nº 477/2013 O Papel do Segurado na Regulação Tabela de conteúdo / Agenda: Aspectos Introdutórios Procedimentos A Participação do Segurado Sinistralidade no Mercado

Leia mais

Seguro Coletivo de Pessoas Bradesco. Registro do Produto na SUSEP: / COBERTURA DE MORTE ACIDENTAL. Cláusulas Complementares

Seguro Coletivo de Pessoas Bradesco. Registro do Produto na SUSEP: / COBERTURA DE MORTE ACIDENTAL. Cláusulas Complementares Seguro Coletivo de Pessoas Bradesco Registro do Produto na SUSEP: 15414.005307/2011-73 COBERTURA DE MORTE ACIDENTAL Cláusulas Complementares CAPÍTULO I - OBJETIVO DA COBERTURA Cláusula 1ª. Obedecidas as

Leia mais

TRANSPORTE NACIONAL CBIC / CHUBB SEGUROS

TRANSPORTE NACIONAL CBIC / CHUBB SEGUROS TRANSPORTE NACIONAL CBIC / CHUBB SEGUROS A Câmara Brasileira da Indústria da Construção CBIC foi criada em 1957 com o objetivo de tratar as questões ligadas á indústria da Construção e o Mercado Imobiliário,

Leia mais

CASO DE CONTRATOS EMPRESARIAIS

CASO DE CONTRATOS EMPRESARIAIS Faculdade de Economia e Administração Universidade de São Paulo Atividade de Monitoria 12/05/2016 Prof. Vinícius Marques de Carvalho CASO DE CONTRATOS EMPRESARIAIS Alfa Automores Ltda. tem como atividade

Leia mais

Lembre-se de enviar os documentos solicitados por para. ou pelos Correios, para o endereço

Lembre-se de enviar os documentos solicitados por  para. ou pelos Correios, para o endereço Seguro Patrimonial Prezado(a) cliente, Você está recebendo a relação dos documentos necessários para o acionamento das coberturas do seu Seguro Patrimonial. Lembre-se de enviar os documentos solicitados

Leia mais

Regra de Bônus Alfa Seguradora

Regra de Bônus Alfa Seguradora Regra de Bônus Alfa Seguradora BÔNUS ÚNICO (CASCO / RCFV / APP) Bônus é um indicador de experiência do SEGURADO, expresso em classes, representado pelo histórico de renovações de cada apólice/item. Este

Leia mais

Regra de Bônus Sul América

Regra de Bônus Sul América Regra de Bônus Sul América 11.1 BÔNUS Manual do Corretor páginas 67 a 71 (https://portal.sulamericaseguros.com.br/main.jsp?lumpageid=8a488a8e1c6c5476011c9a1bb7fb24c0&lumi=nac.service.manual.details&lumite

Leia mais

MEU VEÍCULO. Veículo segurado... Seguradoras... Contatos da Seguradora(s) Contratadas...

MEU VEÍCULO. Veículo segurado... Seguradoras... Contatos da Seguradora(s) Contratadas... MANUAL DO SEGURADO PARABÉNS, Você acaba de adquirir um seguro personalizado com a garantia da Uai Brasil. Obrigado por contratar nossos serviços. Aqui você irá encontrar uma equipe preparada para te atender

Leia mais

SEGUROS DE RISCOS E RAMOS DIVERSOS

SEGUROS DE RISCOS E RAMOS DIVERSOS Data: 31/07/2017 Prova: PROVA FINAL DEMAIS RAMOS MOD 3 TIPO A Tipo: A SEGUROS DE RISCOS E RAMOS DIVERSOS 1) MARQUE A ALTERNATIVA CORRETA Quando o interesse do Segurado é obter seguro apenas para os Equipamentos,

Leia mais

SEGURO CASCO ÔNIBUS CARTILHA RESUMIDA

SEGURO CASCO ÔNIBUS CARTILHA RESUMIDA SEGURO CASCO ÔNIBUS CARTILHA RESUMIDA Uma parceria de sucesso A parceria entre ESSOR e LIVONIUS foi criada para inovar ainda mais o mercado de seguros, unindo competência técnica e experiência em modernização.

Leia mais

1. BÔNUS Politica de Bônus Seguro Automóvel (https://www.hdi.com.br/hdifs/download/arquivo/bloco/3hkzld7bkpeyzalzlhgz2eb1l2xac5ur)

1. BÔNUS Politica de Bônus Seguro Automóvel (https://www.hdi.com.br/hdifs/download/arquivo/bloco/3hkzld7bkpeyzalzlhgz2eb1l2xac5ur) Regra de Bônus HDI 1. BÔNUS Politica de Bônus Seguro Automóvel (https://www.hdi.com.br/hdifs/download/arquivo/bloco/3hkzld7bkpeyzalzlhgz2eb1l2xac5ur) O Segurado terá direito ao bônus, de caráter pessoal

Leia mais

N SEGURADO DADOS DO SEGURADO OMA ADM IMOVEIS COR LT / LOCAL DE COBRANÇA / CORRESPONDÊNCIA CEP R CINCINATO BRAGA

N SEGURADO DADOS DO SEGURADO OMA ADM IMOVEIS COR LT / LOCAL DE COBRANÇA / CORRESPONDÊNCIA CEP R CINCINATO BRAGA DE SEGURO 10.760403 SEGURADO DADOS DO SEGURADO N SEGURADO OMA ADM IMOVEIS COR LT 167292 63.059.273/0001-21 LOCAL DE COBRANÇA / CORRESPONDÊNCIA CEP R CINCINATO BRAGA 200 01333-010 CIDADE SAO PAULO UF SP

Leia mais

TEORIA GERAL DO SEGURO. Parâmetro(s) que compõe(m) o carregamento comercial e que é (são) destinado(s) à administração da seguradora:

TEORIA GERAL DO SEGURO. Parâmetro(s) que compõe(m) o carregamento comercial e que é (são) destinado(s) à administração da seguradora: Data: 02/05/2017 Prova: PROVA REGULAR DE CAPITALIZAÇÃO - Tipo B Tipo: B TEORIA GERAL DO SEGURO 1) MARQUE A ALTERNATIVA CORRETA Parâmetro(s) que compõe(m) o carregamento comercial e que é (são) destinado(s)

Leia mais

IV Encontro de Seguro Garantia Segurados Públicos Agências Reguladoras

IV Encontro de Seguro Garantia Segurados Públicos Agências Reguladoras IV Encontro de Seguro Garantia Segurados Públicos Agências Reguladoras Brasília Novembro/2014 Painel 3 Alterações do Clausulado da Circular SUSEP 477/13 por cláusulas criadas pelos Segurados Agenda Problemática

Leia mais

Regra de Bônus Liberty

Regra de Bônus Liberty Regra de Bônus Liberty BÔNUS Manual do Corretor páginas 66 a 69 (https://meuespacocorretor.libertyseguros.com.br/manuais/manual%20do%20corretor%20auto%20liberty%20-%20082015.pdf) 1. Conceito O bônus é

Leia mais

Definições do Seguro: Garantias e Coberturas do Seguro: Morte Acidental: Invalidez Permanente Total ou Parcial por Acidente:

Definições do Seguro: Garantias e Coberturas do Seguro: Morte Acidental: Invalidez Permanente Total ou Parcial por Acidente: Definições do Seguro: Este seguro tem por objetivo principal garantir o pagamento de uma indenização ou reembolso ao próprio associado / segurado ou ao(s) seu(s) beneficiário(s), na ocorrência de um dos

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA Superintendência de Seguros Privados

MINISTÉRIO DA FAZENDA Superintendência de Seguros Privados MINISTÉRIO DA FAZENDA Superintendência de Seguros Privados CIRCULAR SUSEP N o 315, de 29 de dezembro de 2005. Dispõe sobre a concessão, pelas entidades abertas de previdência complementar e sociedades

Leia mais

PROPOSTA SEGURO NOVO RENOVAÇÃO APÓLICE Nº ENDOSSO DE ALTERAÇÃO/APÓLICE Nº

PROPOSTA SEGURO NOVO RENOVAÇÃO APÓLICE Nº ENDOSSO DE ALTERAÇÃO/APÓLICE Nº C.N.P.J. 61.198.164/0001-60 PROPOSTA DE SEGURO SUSEP N 15414.000114/2008-21 PROPOSTA SEGURO NOVO RENOVAÇÃO APÓLICE Nº ENDOSSO DE ALTERAÇÃO/APÓLICE Nº ORIGEM PROPOSTA Nº 02 APROVAÇÃO DO CADASTRO PAC Nº.

Leia mais

MANUAL DO SEGURADO SEGURO PROTEÇÃO RESIDENCIAL

MANUAL DO SEGURADO SEGURO PROTEÇÃO RESIDENCIAL MANUAL DO SEGURADO SEGURO PROTEÇÃO RESIDENCIAL 1. OBJETIVO DO SEGURO Este seguro tem por objetivo garantir ao Segurado, o pagamento de indenização por prejuízos, caso ocorra algum dos eventos cobertos

Leia mais

Regulamentação do Seguro D&O. Gustavo Galrão Coordenador da Subcomissão de Linhas Financeiras FenSeg

Regulamentação do Seguro D&O. Gustavo Galrão Coordenador da Subcomissão de Linhas Financeiras FenSeg Regulamentação do Seguro D&O Gustavo Galrão Coordenador da Subcomissão de Linhas Financeiras FenSeg Histórico 09/01/2014 - Consulta Pública Circular D&O 22/02/2014 - Envio das Sugestões FenSeg 14/10/2016

Leia mais

SEGURO EMPRESARIAL GARAGENS CARTILHA RESUMIDA

SEGURO EMPRESARIAL GARAGENS CARTILHA RESUMIDA SEGURO EMPRESARIAL GARAGENS CARTILHA RESUMIDA Inovamos por você Ser inovador vai além de dizer que o é. A inovação precisa estar na sua essência, e é isso que a ESSOR tem: inovar está na nossa missão;

Leia mais

Regra de Bônus Azul Seguros

Regra de Bônus Azul Seguros Regra de Bônus Azul Seguros 6. BÔNUS Condições Gerais páginas 14 a 18 (https://novoespacocorretor.azulseguros.com.br/telassite/index.cfm) 6.1 DEFINIÇÃO DE BÔNUS Bônus é um indicador de experiência do Segurado,

Leia mais

Proteção completa para bicicletas de alta performance.

Proteção completa para bicicletas de alta performance. Proteção completa para bicicletas de alta performance. ÍNDICE Características gerais do seguro Resumo das coberturas Coberturas especiais Demais informações Vantagens para o segurado O que faz Protector

Leia mais

CIRCULAR SUSEP Nº 009, de 8 de fevereiro de 1978

CIRCULAR SUSEP Nº 009, de 8 de fevereiro de 1978 SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP Nº 009, de 8 de fevereiro de 1978 Altera Condições Gerais da Apólice e Tarifas para o Seguro de Tumultos (Circular SUSEP nº 43/76). O SUPERINTENDENTE

Leia mais

SEGURO DFI COMPREENSIVO CARTILHA RESUMIDA

SEGURO DFI COMPREENSIVO CARTILHA RESUMIDA SEGURO DFI COMPREENSIVO CARTILHA RESUMIDA Construindo em parceria a sua credibilidade O mercado da Construção Civil tem muito a crescer no Brasil e o seu desenvolvimento depende de uma visão estratégica.

Leia mais

Zurich Equipamentos Agrícolas - Benfeitorias

Zurich Equipamentos Agrícolas - Benfeitorias COTAÇÃO DE SEGURO Nº 030010564 030010564 8/09/016 4.3 13/10/016 Das 4 horas do dia 8/09/016 até as 4 horas do dia 8/09/017 45.000,00 Resumo dos Itens Item: Equipamento: Marca: Modelo: Ano de Fabricação:

Leia mais

MINUTA. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS RESOLUÇÃO CNSP N o XXXXX DE 2014.

MINUTA. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS RESOLUÇÃO CNSP N o XXXXX DE 2014. MINUTA MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS RESOLUÇÃO CNSP N o XXXXX DE 2014. Dispõe sobre os critérios para apuração do capital de risco baseado no risco de mercado das sociedades

Leia mais

SEGUROS DE RESPONSABILIDADE CIVIL GERAL. Com relação aos Seguros de Responsabilidade Civil Geral-RCG, podemos afirmar que:

SEGUROS DE RESPONSABILIDADE CIVIL GERAL. Com relação aos Seguros de Responsabilidade Civil Geral-RCG, podemos afirmar que: Data: 18/04/2017 Prova: DEMAIS RAMOS - REG - MÓD 1 - Tipo A Tipo: A SEGUROS DE RESPONSABILIDADE CIVIL GERAL 1) MARQUE A ALTERNATIVA CORRETA Com relação aos Seguros de Responsabilidade Civil Geral-RCG,

Leia mais

SEGUROS COMPREENSIVOS

SEGUROS COMPREENSIVOS Data: 18/04/2017 Prova: DEMAIS RAMOS - REG - MÓD 1 - Tipo B Tipo: B SEGUROS COMPREENSIVOS 1) MARQUE A ALTERNATIVA CORRETA Estão incluídos na cobertura básica do Seguro Incêndio Tradicional, que é concedida

Leia mais

Condomínio. Proposta. Dados Gerais

Condomínio. Proposta. Dados Gerais Proposta Condomínio Nº Proposta: 105746962 GEBRAM CORRETORA DE SEGUROS LTDA Telefone: 1145831111 Susep: 100122769 Código: 697396 Filial: 2I Dados Gerais Ramo: 16 - Condomínio Produto: Condomínio - Simples

Leia mais

Seguro para Condomínios

Seguro para Condomínios O que diz o Código Civil Código Civil, Art. 1.346. "É obrigatório o seguro de toda a edificação contra o risco de incêndio ou destruição, total ou parcial. Este artigo complementa o que dispõe a Lei dos

Leia mais

MANUAL DO SEGURADO SEGURO PROTEÇÃO RESIDENCIAL

MANUAL DO SEGURADO SEGURO PROTEÇÃO RESIDENCIAL MANUAL DO SEGURADO SEGURO PROTEÇÃO RESIDENCIAL 1. OBJETIVO DO SEGURO Este seguro tem por objetivo garantir ao Segurado, o pagamento de indenização por prejuízos, caso ocorra algum dos eventos cobertos

Leia mais

GLOSSÁRIO DE TERMOS TÉCNICOS SEGURO DE TRANSPORTES

GLOSSÁRIO DE TERMOS TÉCNICOS SEGURO DE TRANSPORTES GLOSSÁRIO DE TERMOS TÉCNICOS SEGURO DE TRANSPORTES Este glossário se apresenta composto de palavras e expressões comumente usadas pelo mercado segurador, e por vezes desconhecidas pelo grande público consumidor

Leia mais

Como consultar a rede credenciada do Seguro Odontológico?

Como consultar a rede credenciada do Seguro Odontológico? Perguntas Frequentes Como consultar a rede credenciada do Seguro Odontológico? Acessando o link abaixo: http://www.portoseguro.com.br/seguros/saude- e- odonto/seguradora/odontologico Com consular a rede

Leia mais

SEGUROS DE PESSOAS & PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR ABERTA

SEGUROS DE PESSOAS & PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR ABERTA SEGUROS DE PESSOAS & PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR ABERTA INFORTÚNIOS AO LONGO DA VIDA 2 INFORTÚNIOS AO LONGO DA VIDA Morte prematura Invalidez total ou parcial, de caráter temporário ou permanente Acidente

Leia mais

CONDIÇÕES ESPECIAIS RAMO 14. Seguro Compreensivo Residencial. Cobertura Adicional Vendaval, Furacão, Ciclone, Tornado e Queda de Granizo

CONDIÇÕES ESPECIAIS RAMO 14. Seguro Compreensivo Residencial. Cobertura Adicional Vendaval, Furacão, Ciclone, Tornado e Queda de Granizo CONDIÇÕES ESPECIAIS RAMO 14 Seguro Compreensivo Residencial Cobertura Adicional Vendaval, Furacão, Ciclone, Tornado e Queda de Granizo ÍNDICE 1 OBJETIVO DO SEGURO... 3 2 DEFINIÇÕES... 3 3 RISCOS COBERTOS...

Leia mais

Lei do Contrato de Seguro

Lei do Contrato de Seguro Lei do Contrato de Seguro DECRETO-LEI nº. 72/2008 de 16 de Abril (Com as declarações de rectificação nºs. 32-A/2008 e 39/2008) Revoga Articulado de seguros do Código Comercial, com excepção dos seguros

Leia mais

SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS COLETIVO. Condições Especiais

SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS COLETIVO. Condições Especiais SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS COLETIVO Condições Especiais Processo SUSEP 10.005462/99-17 0 ÍNDICES CLÁUSULA SUPLEMENTAR DE INCLUSÃO AUTOMÁTICA DE CÔNJUGE 1. Objetivo do Seguro 2. Definições 3. Garantias

Leia mais

CITICARD_CERTIFICADOS_FULL.5FOLHA /

CITICARD_CERTIFICADOS_FULL.5FOLHA / CITICARD_CERTIFICADOS_FULL.5FOLHA - 000021 / 000022 Resumo do Seguro - PPR Plus Atenção: Este manual á apenas informativo. As coberturas deste produto estão sujeitas as Condições Gerais do Seguro Perda

Leia mais

Seguro D&O Compliance e Adaptação à nova Regulamentação São Paulo A Circular 553/2017: Nova Regulamentação do Seguro D&O.

Seguro D&O Compliance e Adaptação à nova Regulamentação São Paulo A Circular 553/2017: Nova Regulamentação do Seguro D&O. Seguro D&O Compliance e Adaptação à nova Regulamentação São Paulo 16.08.2017 A Circular 553/2017: Nova Regulamentação do Seguro D&O Gustavo Galrão Histórico 09/01/2014 - Consulta Pública Circular D&O 22/02/2014

Leia mais

DESTAQUES OPERACIONAIS E FINANCEIROS DO 3T05 E 9M05

DESTAQUES OPERACIONAIS E FINANCEIROS DO 3T05 E 9M05 Porto Seguro Anuncia Lucro Líquido de R$74,5 milhões ou R$0,97 por ação no 3T05 e R$167,9 milhões ou R$2,18 por ação em 9M05 Crescimento de 12,1% dos Prêmios Auferidos na comparação trimestral e 19,3%

Leia mais

BOTTURA & REZENDE REP.CONS.COR BRASILIA - NEGOCIOS PUBLICOS

BOTTURA & REZENDE REP.CONS.COR BRASILIA - NEGOCIOS PUBLICOS BOTTURA & REZENDE REP.CONS.COR BRASILIA - NEGOCIOS PUBLICOS BANCO CENTRAL DO BRASIL QUADRA 3 S/N BLOCO B - 19 ANDAR - EDIFICIO SEDE SETOR BANCARIO SUL 70074-900 BRASILIA DF SEGURADORA SUCURSAL ENDEREÇO

Leia mais

SEGUROS E BENEFÍCIOS

SEGUROS E BENEFÍCIOS SEGUROS E BENEFÍCIOS Quem Somos A UNIQUE SEGUROS E BENEFÍCIOS é uma empresa com estrutura baseada em agilidade, comunicação ativa e direta, oferecendo um portfólio abrangente para as empresas e pessoas

Leia mais

COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS ATUARIAIS (CPA) CPA Nº 005 Provisão de riscos a decorrer PROVISÃO DE PRÊMIOS NÃO GANHOS (PPNG) SUPERVISIONADAS SUSEP

COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS ATUARIAIS (CPA) CPA Nº 005 Provisão de riscos a decorrer PROVISÃO DE PRÊMIOS NÃO GANHOS (PPNG) SUPERVISIONADAS SUSEP Página1 COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS ATUARIAIS (CPA) CPA Nº 005 Provisão de riscos a decorrer PROVISÃO DE PRÊMIOS NÃO GANHOS (PPNG) SUPERVISIONADAS SUSEP Setembro, 2015 Página2 SUMÁRIO I. INTRODUÇÃO...3 II.

Leia mais

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO Nº

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO Nº VIA NEGOCIÁVEL VIA Omni CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO Nº 1.01631.0239795.16 Crédito Direto ao Consumidor (CDC Varejo) Financeira ou OMNI: Omni S/A Crédito, Financiamento e Investimento, CNPJ nº 92.228.410/0001-02,

Leia mais

CONDIÇÕES PARTICULARES

CONDIÇÕES PARTICULARES CONDIÇÕES PARTICULARES APÓLICE EMPRESARIAL - LOTÉRICOS 2017 Cláusula 1ª Fica entendido e acordado que o limite de cobertura para valores fora de cofres fortes e/ou caixas-fortes será de: a) Até R$ 4.000,00

Leia mais

A Regulamentação do Microsseguro no Brasil. Maria Augusta de Queiroz Alves

A Regulamentação do Microsseguro no Brasil. Maria Augusta de Queiroz Alves A Regulamentação do Microsseguro no Brasil Maria Augusta de Queiroz Alves Valor Econômico- São Paulo_Agosto de2012 Microsseguro é a proteção securitária destinada à população de baixa renda ou aos microempreendedores

Leia mais

O que é? O Amazônia Residencial Premiável é um produto que oferece 3 coberturas, uma básica e duas adicionais, agregado a um pacote de assistências.

O que é? O Amazônia Residencial Premiável é um produto que oferece 3 coberturas, uma básica e duas adicionais, agregado a um pacote de assistências. O que é? O Amazônia Residencial Premiável é um produto que oferece 3 coberturas, uma básica e duas adicionais, agregado a um pacote de assistências. Como diz o próprio nome do produto, o segurado também

Leia mais

CONDIÇÃO ESPECIAL RC HANGAR RC Hangares

CONDIÇÃO ESPECIAL RC HANGAR RC Hangares CONDIÇÕES ESPECIAIS 1. OBJETO DO SEGURO O presente seguro tem por objetivo pagar em nome do Segurado todas as quantias que o mesmo for legalmente obrigado a liquidar por sentença final, estando limitadas,

Leia mais

RELAÇÃO BÁSICA DE DOCUMENTOS PARA ANÁLISE

RELAÇÃO BÁSICA DE DOCUMENTOS PARA ANÁLISE RELAÇÃO BÁSICA DE DOCUMENTOS PARA ANÁLISE DANOS ELÉTRICOS Carta aviso do sinistro relatando detalhadamente o sinistro ocorrido; Orçamento de reparos do(s) equipamento(s) sinistrado(s), discriminando materiais

Leia mais

N Sorteio Mensal Data da Proposta 11/10/2016 Término 24h do dia 14/10/2017 CPF/CNPJ. Bairro. Estado

N Sorteio Mensal Data da Proposta 11/10/2016 Término 24h do dia 14/10/2017 CPF/CNPJ. Bairro. Estado DOC_BEGI APÓLICE DO SEGURO N6971 MAPFRE RESIDENCIAL MULTIFLEX Proc. Susep Nº 15414.4192/24-71 Compreensivo Residencial Produto Ramo 14 45 Proposta 486373839 Apólice Nº 697/131/14 Endosso Item 1 Renova

Leia mais

BB SEGURO CRÉDITO PROTEGIDO

BB SEGURO CRÉDITO PROTEGIDO BB SEGURO CRÉDITO PROTEGIDO Contrato do Seguro CNPJ 28.196.889/0001-43 Processo SUSEP nº 15414.003063/2009-70 Contrato do Seguro BB SEGURO CRÉDITO PROTEGIDO Processo SUSEP nº 15414.003063/2009-70 1 ÍNDICE

Leia mais

Indicadores MITIGAÇÃO DE RISCOS POR MEIO DE SEGUROS

Indicadores MITIGAÇÃO DE RISCOS POR MEIO DE SEGUROS 1 Indicadores MITIGAÇÃO DE RISCOS POR MEIO DE SEGUROS 2 Mitigação de Riscos com Seguros 3 Mitigação de Riscos com Seguros Riscos Operacionais (Danos ao Patrimônio) Objetivo do Seguro: Garante ao Segurado

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE SEGUROS

CONCEITOS BÁSICOS DE SEGUROS Data: 04/04/2017 Prova: 24º EX CTS - ATEND PÚBL - SEGUROS Tipo: A CONCEITOS BÁSICOS DE SEGUROS 1) ANALISE SE AS PROPOSIÇÕES SÃO VERDADEIRAS OU FALSAS E DEPOIS MARQUE A ALTERNATIVA CORRETA A finalidade

Leia mais

CIRCULAR SUSEP Nº 373/2008 Ter, 24 de Março de :01 - Última atualização Ter, 24 de Março de :05

CIRCULAR SUSEP Nº 373/2008 Ter, 24 de Março de :01 - Última atualização Ter, 24 de Março de :05 CIRCULAR SUSEP Nº 373, de 27 de agosto de 2008. Altera e consolida as instruções complementares para a operação do Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre,

Leia mais

APÓLICE DO RAMO DE RC TRANSP ROD CARGA

APÓLICE DO RAMO DE RC TRANSP ROD CARGA Porto Seguro Cia de Seguros Gerais Avenida Rio Branco, 1489 Campos Eliseos São Paulo CEP 01205-905 CNPJ 61.198.164/0001-60 - Cód. Susep 0588.6 Regulamentada pelo Decreto Lei 20.138 de 06/12/1945 Central

Leia mais

SEGURO GARANTIA SEGURADO: SETOR PÚBLICO CAPÍTULO I - CONDIÇÕES GERAIS - RAMO 0775

SEGURO GARANTIA SEGURADO: SETOR PÚBLICO CAPÍTULO I - CONDIÇÕES GERAIS - RAMO 0775 SEGURO GARANTIA SEGURADO: SETOR PÚBLICO CAPÍTULO I - CONDIÇÕES GERAIS - RAMO 0775 1. Objeto: 1.1. Este contrato de seguro garante o fiel cumprimento das obrigações assumidas pelo tomador perante o segurado,

Leia mais