Dirigir sob a influência de ÁLCOOL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Dirigir sob a influência de ÁLCOOL"

Transcrição

1 Dirigir sob a influência de ÁLCOOL RESPONS NAT PTS VALOR PENALIDADES MEDIDAS ADMINISTRATIVAS condutor gravíss ,38 OUTROS TÓPICOS RELACIONADOS - art. 276, 277 e 306 do CTB; - Res. 109/00 - homologação de medidores; - Res. 432/13 - embriaguez, etc.. - Leis /06, /08 e /12; - Dec /08 e Delib. 133/12. I II III IV V VI multa e suspensão do direito de dirigir recolhimento do documento de habilitação e retenção do veículo, observado o disposto no 4 o do art. 270 do CTB COMENTÁRIOS - nova redação do código dada pela Lei nº /12; - o Manual de Procedimentos Operacionais 007 (MPO-007), padroniza os procedimentos a serem adotados durante a fiscalização de consumo de bebidas alcoólicas por condutores de veículos. CASO(S) MAIS COMUM(S) PROCEDIMENTO(S) SUGERIDO(S) SUGESTÃO PARA O CAMPO OBS - adolescente (de 12 a 18 anos incompletos) - suspeito de estar sob efeito de álcool, independentemente da quantidade ingerida - condutor sob suspeita de ter ingerido álcool - estacionado ou parado em local proibido (ilhas, canalizações, pista de rolamento, cruzamentos, etc.), de forma anormal - condutor sob suspeita de ter ingerido álcool - envolvido em acidente, com ou sem vítimas - condutor sob suspeita de ter ingerido álcool - cometendo infração de trânsito com grave risco à incolumidade de terceiros - condutor sob suspeita de ter ingerido álcool - transitando ou comportando-se de forma anormal ou qualquer outro motivo que leve o agente a suspeitar das condições do condutor - condutor sob suspeita (ou não) de ter ingerido álcool - recusa-se a submeter-se ao teste do etilômetro 2 - consultar o Capítulo 7 - embriaguez ; 3 - não existe crime e sim ato infracional; 4 - como o adolescente também não será habilitado, enquadrar neste artigo e também no art. 162*I, procurando fazer um dos exames ou o TCS durante o registro da ocorrência na polícia civil; e 5 - se o responsável pelo veículo (não necessariamente o proprietário) estiver presente, efetuar o registro (ou TCO) relativo ao art. 310 do CTB (permitir, confiar ou entregar). 2 - consultar o Capítulo 7 - embriaguez ; 2 - consultar o Capítulo 7 - embriaguez; 2 - consultar o Capítulo 7 - embriaguez; 2 - consultar o Capítulo 7 - embriaguez; 2 - consultar o Capítulo 7 - embriaguez; Dirigir sob a influência de qualquer outra SUBSTÂNCIA psicoativa que determine depen - dência RESPONS NAT PTS VALOR PENALIDADES MEDIDAS ADMINISTRATIVAS condutor gravíss ,38 OUTROS TÓPICOS RELACIONADOS - art. 276, 277 e 306 do CTB; - Res. 432/13 - embriaguez, etc. - Leis /06, /08 e /12; multa e suspensão do direito de dirigir recolhimento do documento de habilitação e retenção do veículo, observado o disposto no 4 o do art. 270 do CTB COMENTÁRIOS - nova redação do código dada pela Lei nº /12; - a prova relativa ao caso da suspeição do condutor estar sob efeito de outra droga que não seja o álcool, só poderá ser produzida por exame de um médico legista da polícia judiciária, exame de sangue ou ainda pelo TCS; - mais detalhes no Capítulo 7 - embriaguez. CASO(S) MAIS COMUM(S) PROCEDIMENTO(S) SUGERIDO(S) SUGESTÃO PARA O CAMPO OBS I análogo o código anterior. - Marcelo Dullius Saturnino 11ª edição

2 C A P Í T U L O 7 EMBRIAGUEZ NOTA DO AUTOR: este capítulo traz dicas sobre a fiscalização de EMBRIAGUEZ. Informações mais completas podem ser encontradas no MPO-007 (fiscalização de embriaguez), no Decreto 6.488/08 (equivalência entre testes), na Resolução 432/13 do CONTRAN (fiscalização e TCS) e no Código de Trânsito Brasileiro, com as alterações dadas pelas Leis /06, /08 e /12. ETAPAS DA FISC ALIZAÇÃO A fiscalização de EMBRIAGUEZ (ou de ALTERAÇÃO DA CAPACIDADE PSICOMOTORA), está dividida em 6 etapas, abaixo listadas, que serão melhor especificadas nas páginas seguintes: 1 Verificar meios disponíveis ao iniciar o ser viço 2 Selecionar o alvo da fiscalização 3 Coletar evidências 4 Autuar 5 Conduzir à Polícia Judiciária 1 Verificar meios disponíveis ao iniciar o serviço Verificar se os etilômetros disponíveis: a) estão com a aferição em dia (preferencialmente acompanhados de cópia do certificado de verificação do INMETRO); b) estão com as baterias carregadas, inclusive as reservas; c) possuem bobina de papel e bocais suficientes para o número de testes pretendidos. Verificar se existem Termos de Constatação de Sinais de Alteração da Capacidade Psicomotora (TCS) em número suficiente e em condições de uso, ou então se existe formulário editável no computador da unidade (mais impressora disponível). Verificar se existem meios eletrônicos disponíveis e em condições de uso imediato, para eventual captura de imagens ou áudio, caso seja necessário a coleta de outras provas. 2 Selecionar o alvo da fiscalização Condutores com sintomas aparentes de ingestão de álcool e outras drogas; Condutores ou pedestres envolvidos em acidente (Art. 11 da Res. 432/13); Condutores transitando ou comportando-se de forma anormal ou qualquer outro motivo que leve o agente a suspeitar de algo; Condutores cometendo infração de trânsito com grave risco à incolumidade de terceiros, enquadrável no art. 34 da LCP (direção perigosa) ou 132 do CPB (crime de perigo), conforme o grau de lesividade; Condutores alvos de fiscalização específica (comando de alcoolemia, saída ou entrada de eventos onde possa haver consumo de álcool, etc.); Condutores portando bebidas alcoólicas no interior do veículo ou outras drogas, em condições de pronto consumo ou já consumidas; Qualquer outro condutor alvo de fiscalização de trânsito, conforme determina o caput do art. 277 do CTB, mesmo que não tenha qualquer sintoma de alteração da capacidade psicomotora (Art. 2º da Res. 432/13); ou Veículos estacionados ou parados em local proibido (ilhas, canalizações, pista de rolamento, cruzamentos, etc.), desde que o condutor esteja só e haja absoluta certeza que ele chegou ali conduzindo o veículo e já em estado de alteração da capacidade psicomotora. Caso contrário autuar o ve - ículo por estacionamento irregular e, preferencialmente, efetuar a remoção imediata. Marcelo Dullius Saturnino 11ª edição

3 3 Coletar evidências Verificar se o examinado apresenta indícios de consumo de álcool ou outras drogas a) Se o examinado APRESENTA indícios de consumo de álcool e: - concorda em fazer o teste do etilômetro, pular para o item 3.2 (etilômetro); ou - não concorda em fazer o teste do etilômetro, pular para o item 3.3 (TCS). b) Se o examinado NÃO APRESENTA indícios de consumo de álcool e: - concorda em fazer o teste do etilômetro, pular para o item 3.2 (etilômetro); ou - não concorda em fazer o teste do etilômetro, pular para o item 3.5 (simples recusa). Nota: obviamente, a fiscalização de condutores sem indícios só ocorrerá se houver etilômetro disponível. c) Se examinado APRESENTA indícios de consumo de outras drogas, pular para o item 3.3 (TCS) Realizar o teste do etilômetro, independentemente da presença ou não de indícios de alteração da ca - pacidade psicomotora a) Montar o etilômetro e a impressora. Lembrando que é perfeitamente possível que o teste seja realizado em equipamento e/ou por agente de outro órgão do SNT (Polícia Militar, Guarda de Trânsito, etc.), desde que esteja com a aferição em dia; b) Não havendo etilômetro disponível, pular para o item 3.3 (TCS), exceto se não houver indícios de consumo de álcool e outras drogas c) Caso existam meios, orientar o examinado para que faça assepsia bucal (para eliminar eventuais vestígios de álcool nas vias aéreas superiores, os quais podem influenciar no teste); d) Executar o teste, lembrando que não é absolutamente necessário que a impressora esteja conectada, basta reimprimir o teste caso o resultado seja positivo; e) Sempre que possível ou se o examinado assim o requerer, executar um segundo teste (contraprova) em aproximadamente 15 minutos, considerando o menor valor para todos os efeitos. Lembrando que o direito à contraprova só existe legalmente se houver crime, conforme 2º do art. 306 do CTB; f) Obter a medição considerada () com base na tabela ao final deste capítulo; - Caso a seja de 0,00, liberar o condutor para seguir viagem; - Caso a fique entre 0,01 e 0,29, autuar conforme item 4; - Caso a seja igual ou maior a 0,30, autuar conforme item 4 e conduzir o examinado à polícia judiciária conforme item Preencher o Termo de Constatação de Sinais de Alteração da Capacidade Psicomotora ( TCS) a) O TCS deve ser preenchido quando: o condutor, com indícios de embriaguez, recusa-se a submeter-se ao teste do etilômetro; o condutor tenha indícios de consumo de outras substâncias além de álcool; ou sempre que possível, mesmo que tenha sido realizado o teste do etilômetro, especialmente em acidentes com lesões ou ocorrências que tenham ou possam provocar comoção pública. b) Os dados mínimos do TCS foram estabelecidos pela Resolução 432/13 do CONTRAN (ver modelo ao final do capítulo), com base em estudos da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego - ABRAMET; c) É importante que no TCS conste pelo menos 01 (uma) testemunha de fora da equipe de serviço, como por exemplo um ocupante de qualquer ou - tro veículo; d) Também é relevante para a consistência do TCS que existam pelo menos 2 (dois) indícios claros de consumo de álcool ou de outras drogas; (Art. 5º, 1º, da Res. 432/13) e) Após preenchido o TCS, autuar conforme item 4 e conduzir o examinado à polícia judiciária conforme item 5; f) O TCS será anexado ao auto de infração, tornando-se parte indissociável desse até o final do processo administrativo. RESUMINDO: todo TCS preenchido, seja por indícios de consumo de álcool, seja por indício de consumo de outras drogas, ensejará obrigatoriamente na apresentação do condutor à polícia judiciária. Marcelo Dullius Saturnino 11ª edição

4 3.4 - Gravar imagens ou áudio a) Conforme o 2º do art. 277 do CTB, a infração prevista no art. 165 também poderá ser caracterizada mediante imagem, vídeo, constatação de sinais que indiquem, na forma disciplinada pelo CONTRAN, alteração da capacidade psicomotora ou produção de quaisquer outras provas em direito admitidas. b) Conforme o 2º do art. 306 do CTB, a verificação do disposto neste artigo poderá ser obtida mediante teste de alcoolemia, exame clínico, perí - cia, vídeo, prova testemunhal ou outros meios de prova em direito admitidos, [ ]. c) As imagens e outros meios de prova poderão ser anexadas ou mencionadas no próprio TCS que, por sua vez, será anexado ao auto de infração Simples Recusa a) Conforme o art. 277, 3 o, do CTB (alterado pela Lei /08), serão aplicadas as penalidades e medidas administrativas estabelecidas no art. 165 deste Código ao condutor que se recusar a se submeter a qualquer dos procedimentos previstos no caput deste artigo. b) Conforme o Item 4 do Memorando-Circular 051/2010/DMP/DPRF, durante a fiscalização, no caso de recusa do condutor em realizar o teste de etilômetro, independente de ter sinais e sintomas, restará configurada a infração prevista no art. 165 do CTB, por força do disposto no 2º do art. 277 do mesmo diploma legal, e conforme estabelecido no art. 3º do MPO-007, NÃO havendo necessidade de preenchimento do TCS para que o auto de infração seja consistente. Neste cado, é imprescindível o registro da informação da recusa, no campo 'Observações' do auto de infração, conforme consta no art. 15 do MPO Exame Clínico e Exame de Sangue a) No caso de infração penal (art. 306 do CTB), o exame clínico ou exame de sangue poderá ser realizado após a apresentação na Polícia Civil, a critério do Delegado plantonista, caso entenda que somente o teste de etilômetro ou o TCS não sejam suficientes para atestar o crime de embria - guez (art. 306 do CTB). Neste caso, a requisição para o exame será de responsabilidade da própria Polícia Civil, nos termos do art. 6º, inciso VII, do CPP. b) No caso de apenas haver somente infração administrativa (art. 165 do CTB), o teste do etilômetro ou a simples recusa já são suficientes para comprovação da infração, sendo DESNECESSÁRIO o encaminhamento para outros exames. RESUMINDO: mesmo que a polícia judiciária entenda que não exista crime, apesar do TCS ou teste do etilômetro comprovando a embriaguez, a autuação administrativa pelo art. 165 ocorrerá da mesma forma. Marcelo Dullius Saturnino 11ª edição

5 4 Autuar Lavrar o auto de infração para o condutor, conforme exemplos abaixo EXEMPLO DE AIT COM BASE NO ETILÔMETRO (crime de 0,30 em diante) EXEMPLO DE AIT COM BASE NO ETILÔMETRO (infração administrativa igual ou inferior a 0,29 ) Marcelo Dullius Saturnino 11ª edição

6 EXEMPLO DE AIT COM BASE NO TCS (condutor, com sintomas, recusou-se a submeter-se ao etilômetro) EXEMPLO DE AIT (condutor, mesmo sem sintomas aparentes, recusou-se a submeter-se ao teste do etilômetro) Marcelo Dullius Saturnino 11ª edição

7 4.2 - Lavrar o auto de infração ao proprietário do veículo (Art. 166 do CTB - confiar ou entregar) a) Caso esteja presente no momento da abordagem, além de autuado pelo art. 166 do CTB (confiar ou entregar), o proprietário ou responsável pelo veículo será apresentado na polícia judiciária com base no art. 310 do CTB, independente do resultado do exame indicar crime ou somente infração administrativa; b) É necessário que o proprietário ou responsável esteja no mesmo veículo ou em veículo próximo, perfeitamente ciente das condições do condutor. Neste caso, a infração de permitir (Art. 164 do CTB), é inaplicável; e c) Este procedimento não deve ser utilizado no caso de simples recusa, em que o condutor não apresente sinais aparentes de alteração da capacidade psicomotora. EXEMPLO DE AIT (confiar ou entregar) Recolher a CNH a) No caso de ter havido apenas infração administrativa (art. 165), a CNH ou PPD deve ser recolhida no ato da autuação, mediante recibo, para a unidade mais próxima do órgão que realizou o procedimento, ficando disponível para entrega ao condutor assim que submeter-se ao etilômetro, demonstrando que não está mais sob influência de álcool (art. 10 da Res. 432/13). O procedimento será o mesmo até mesmo se o fato gerador foi a simples recusa em se submeter ao teste; b) Caso o condutor não se apresente em até 5 (cinco) dias, a CNH/PPD será encaminhada ao órgão executivo de trânsito estadual, via ofício, deven - do o agente fazer constar esta condição no recibo; (art. 10 da Res. 432/13) c) No caso de haver crime (art. 306 do CTB), o documento de habilitação será entregue à polícia judiciária no ato do registro da ocorrência, junta - mente com o condutor, o veículo, uma via do teste do etilômetro, cópia do AIT (caso possível) e uma via do TCS (quando houver) e as testemunhas (quando houver); (art. 22 do MPO-007/DPRF e art. 7º, 2º, da Res. 432/13) d) O recolhimento da CNH neste caso é apenas uma medida cautelar, a fim de impedir que o condutor autuado pelo art. 165 volte a conduzir veículo enquanto não cessar o efeito das, ou da substância que provocou a alteração psicomotora. Posteriormente, caso seja imposta a penalidade de suspensão do direito de dirigir, o condutor será notificado a entregar novamente sua CNH diretamente ao órgão executivo de trânsito estadual, para início da contagem dos 12 meses de suspensão Recolher o veículo a) No caso de ter havido apenas infração administrativa (art. 165), o veículo poderá ser entregue a outro condutor. Caso não se apresente algum em um tempo razoável, estipulado pelo agente, o veículo deverá ser removido para depósito; (art. 9º da Res. 432/13) b) No caso de haver crime (art. 306 do CTB), o procedimento irá variar conforme o local, podendo o veículo ser liberado para condutor, ser direta - mente removido para depósito ou ser apresentado junto à polícia judiciária. Marcelo Dullius Saturnino 11ª edição

8 5 Conduzir à Polícia Judiciária O condutor a) Apresentar o condutor na polícia judiciária, juntamente com o documento de habilitação, o veículo, uma via do teste do etilômetro, cópia do AIT (caso possível) e uma via do TCS (quando houver) e as testemunhas (quando houver); (art. 22 do MPO-007/DPRF e art. 7º, 2º, da Res. 432/13) b) Caso o Delegado plantonista entenda que somente o teste de etilômetro ou o TCS não sejam suficientes para atestar o crime de embriaguez (art. 306 do CTB), poderá requisitar o exame clínico e/ou exame de sangue, nos termos do art. 6º, inciso VII, do CPP O proprietário a) Observar o item 4.2. Marcelo Dullius Saturnino 11ª edição

9 Exemplo de Termo de Constatação de Sinais de Alteração da Capacidade Psicomotora ( TCS) (baseado no modelo anexo à Res. 432/13 do CONTRAN e Memorando 055/ DMP/CGO/DPRF) Marcelo Dullius Saturnino 11ª edição

10 TABELA DE CONVERSÃO PARA ETILÔMETRO ( de ar) e EQUIVALÊNCIA COM EXAME DE SANGUE ( de sangue) LIBERAR O CONDUTOR PARA SEGUIR VIAGEM 0,00 0,00 0,00 0,01 0,00 0,00 0,02 0,00 0,00 0,03 0,00 0,00 0,04 0,00 0,00 SOMENTE AUTUAR O CONDUTOR PELO ARTIGO 165 0,05 0,01 0,20 0,11 0,07 1,40 0,17 0,13 2,60 0,23 0,19 3,80 0,29 0,25 5,00 0,06 0,02 0,40 0,12 0,08 1,60 0,18 0,14 2,80 0,24 0,20 4,00 0,30 0,26 5,20 0,07 0,03 0,60 0,13 0,09 1,80 0,19 0,15 3,00 0,25 0,21 4,20 0,31 0,27 5,40 0,08 0,04 0,80 0,14 0,10 2,00 0,20 0,16 3,20 0,26 0,22 4,40 0,32 0,28 5,60 0,09 0,05 1,00 0,15 0,11 2,20 0,21 0,17 3,40 0,27 0,23 4,60 0,33 0,29 5,80 0,10 0,06 1,20 0,16 0,12 2,40 0,22 0,18 3,60 0,28 0,24 4,80 AUTUAR O CONDUTOR PELO ARTIGO 165 E APRESENTÁ-LO NA POLÍCIA JUDICIÁRIA PELO ARTIGO 306 0,34 0,30 6,00 0,69 0,63 12,60 1,04 0,95 19,00 1,39 1,27 25,40 1,74 1,60 32,00 0,35 0,31 6,20 0,70 0,64 12,80 1,05 0,96 19,20 1,40 1,28 25,60 1,75 1,61 32,20 0,36 0,32 6,40 0,71 0,65 13,00 1,06 0,97 19,40 1,41 1,29 25,80 1,76 1,61 32,20 0,37 0,33 6,60 0,72 0,66 13,20 1,07 0,98 19,60 1,42 1,30 26,00 1,77 1,62 32,40 0,38 0,34 6,80 0,73 0,67 13,40 1,08 0,99 19,80 1,43 1,31 26,20 1,78 1,63 32,60 0,39 0,35 7,00 0,74 0,68 13,60 1,09 1,00 20,00 1,44 1,32 26,40 1,79 1,64 32,80 0,40 0,36 7,20 0,75 0,69 13,80 1,10 1,01 20,20 1,45 1,33 26,60 1,80 1,65 33,00 0,41 0,37 7,40 0,76 0,69 13,80 1,11 1,02 20,40 1,46 1,34 26,80 1,81 1,66 33,20 0,42 0,38 7,60 0,77 0,70 14,00 1,12 1,03 20,60 1,47 1,35 27,00 1,82 1,67 33,40 0,43 0,39 7,80 0,78 0,71 14,20 1,13 1,03 20,60 1,48 1,36 27,20 1,83 1,68 33,60 0,44 0,40 8,00 0,79 0,72 14,40 1,14 1,04 20,80 1,49 1,37 27,40 1,84 1,69 33,80 0,45 0,41 8,20 0,80 0,73 14,60 1,15 1,05 21,00 1,50 1,38 27,60 1,85 1,70 34,00 0,46 0,42 8,40 0,81 0,74 14,80 1,16 1,06 21,20 1,51 1,38 27,60 1,86 1,71 34,20 0,47 0,43 8,60 0,82 0,75 15,00 1,17 1,07 21,40 1,52 1,39 27,80 1,87 1,72 34,40 0,48 0,44 8,80 0,83 0,76 15,20 1,18 1,08 21,60 1,53 1,40 28,00 1,88 1,72 34,40 0,49 0,45 9,00 0,84 0,77 15,40 1,19 1,09 21,80 1,54 1,41 28,20 1,89 1,73 34,60 0,50 0,46 9,20 0,85 0,78 15,60 1,20 1,10 22,00 1,55 1,42 28,40 1,90 1,74 34,80 0,51 0,46 9,20 0,86 0,79 15,80 1,21 1,11 22,20 1,56 1,43 28,60 1,91 1,75 35,00 0,52 0,47 9,40 0,87 0,80 16,00 1,22 1,12 22,40 1,57 1,44 28,80 1,92 1,76 35,20 0,53 0,48 9,60 0,88 0,80 16,00 1,23 1,13 22,60 1,58 1,45 29,00 1,93 1,77 35,40 0,54 0,49 9,80 0,89 0,81 16,20 1,24 1,14 22,80 1,59 1,46 29,20 1,94 1,78 35,60 0,55 0,50 10,00 0,90 0,82 16,40 1,25 1,15 23,00 1,60 1,47 29,40 1,95 1,79 35,80 0,56 0,51 10,20 0,91 0,83 16,60 1,26 1,15 23,00 1,61 1,48 29,60 1,96 1,80 36,00 0,57 0,52 10,40 0,92 0,84 16,80 1,27 1,16 23,20 1,62 1,49 29,80 1,97 1,81 36,20 0,58 0,53 10,60 0,93 0,85 17,00 1,28 1,17 23,40 1,63 1,49 29,80 1,98 1,82 36,40 0,59 0,54 10,80 0,94 0,86 17,20 1,29 1,18 23,60 1,64 1,50 30,00 1,99 1,83 36,60 0,60 0,55 11,00 0,95 0,87 17,40 1,30 1,19 23,80 1,65 1,51 30,20 2,00 1,84 36,80 0,61 0,56 11,20 0,96 0,88 17,60 1,31 1,20 24,00 1,66 1,52 30,40 2,01 1,40 28,00 0,62 0,57 11,40 0,97 0,89 17,80 1,32 1,21 24,20 1,67 1,53 30,60 2,02 1,41 28,20 0,63 0,57 11,40 0,98 0,90 18,00 1,33 1,22 24,40 1,68 1,54 30,80 2,03 1,42 28,40 0,64 0,58 11,60 0,99 0,91 18,20 1,34 1,23 24,60 1,69 1,55 31,00 2,04 1,42 28,40 0,65 0,59 11,80 1,00 0,92 18,40 1,35 1,24 24,80 1,70 1,56 31,20 2,05 1,43 28,60 0,66 0,60 12,00 1,01 0,92 18,40 1,36 1,25 25,00 1,71 1,57 31,40 2,06 1,44 28,80 0,67 0,61 12,20 1,02 0,93 18,60 1,37 1,26 25,20 1,72 1,58 31,60 2,07 1,44 28,80 0,68 0,62 12,40 1,03 0,94 18,80 1,38 1,26 25,20 1,73 1,59 31,80 2,08 1,45 29,00 = Medição Realizada pelo etilômetro / = Medição Considerada para a autuação / = Medição Considerada equivalente para sangue = miligramas de álcool por litro de ar / = decigramas de álcool por litro de sangue A Medição Considerada () é igual a Medição Realizada () menos a margem de erro estabelecida no item do Regulamento Técnico Metrológico (Portaria nº 06/2002 do INMETRO), sendo consideradas apenas as duas primeiras casas após a vírgula, tendo em vista os etilômetros e os sistemas de multas trabalharem somente com duas casas decimais. Margem de erro quando a for menor que 0,40 = 0,032 (miligramas de álcool por litro de ar expelido) Margem de erro quando a for igual ou maior que 0,40 e menor ou igual a 2,00 = 8% Margem de erro quando a for maior que 2,00 = 30% Fonte: Informações baseadas no MPO-007/DPRF, Lei 9.503/97, Decreto 6.488/08 e Resolução 432/13 do CONTRAN. Marcelo Dullius Saturnino 11ª edição

10.7 LEI A L T E R A Ç Ã O. Marcelo Dullius Saturnino 10ª edição Alteração

10.7 LEI A L T E R A Ç Ã O. Marcelo Dullius Saturnino  10ª edição Alteração A L T E R A Ç Ã O 10.7 LEI 12.760 A t u a l i z a d o e m 0 1 / 0 1 / 1 3 Marcelo Dullius Saturnino www.bizuario.com 10ª edição Alteração 10.7 1 516-91 165 Dirigir sob a influência de ÁLCOOL RESPONS NAT

Leia mais

COMPLEMENTAÇÃO DETRAN/RS

COMPLEMENTAÇÃO DETRAN/RS COMPLEMENTAÇÃO DETRAN/RS Complementação do material de legislação de trânsito do concurso do DETRAN/RS conforme nova retificação publicada em 02/07/2013. 1 Excluir do material o seguinte: a) Resolução

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 12.760, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2012. Altera a Lei n o 9.503, de 23 de setembro de 1997, que institui o Código de Trânsito Brasileiro.

Leia mais

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM TÉCNICAS PARA FISCALIZAÇÃO DO USO DE ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS NO TRÂNSITO BRASILEIRO. Instrutor Hellison

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM TÉCNICAS PARA FISCALIZAÇÃO DO USO DE ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS NO TRÂNSITO BRASILEIRO. Instrutor Hellison CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM TÉCNICAS PARA FISCALIZAÇÃO DO USO DE ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS NO TRÂNSITO BRASILEIRO Instrutor Hellison LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO APLICADA À FISCALIZAÇÃO DO USO DE ÁLCOOL E OUTRAS

Leia mais

Legislação de Trânsito

Legislação de Trânsito Legislação de Trânsito LEI SECA Professor: Leandro Macedo www.acasadoconcurseiro.com.br Legislação de Trânsito LEI SECA INFRAÇÕES ADMINISTRATIVAS NO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO As infrações administrativas

Leia mais

Marcelo Dullius Saturnino www.bizuario.com 13ª edição 2 0 1 5 239

Marcelo Dullius Saturnino www.bizuario.com 13ª edição 2 0 1 5 239 3.4 - Gravar imagens ou áudio a) Conforme o 2º do art. 277 do CTB, a infração prevista no art. 165 também poderá ser caracterizada mediante imagem, vídeo, constatação de sinais que indiquem, na forma disciplinada

Leia mais

DICAS E EXERCÍCIOS LEI 9.503/97 - CRIMES DE TRÂNSITO (ART. 291 AO 312 DO CTB) PCGO-2016 PROF: PAULO SÉRGIO

DICAS E EXERCÍCIOS LEI 9.503/97 - CRIMES DE TRÂNSITO (ART. 291 AO 312 DO CTB) PCGO-2016 PROF: PAULO SÉRGIO DICAS E EXERCÍCIOS LEI 9.503/97 - CRIMES DE TRÂNSITO (ART. 291 AO 312 DO CTB) PCGO-2016 PROF: PAULO SÉRGIO QUESTÃO 01 (PROVA PRF 2008 CESPE/UNB) De acordo com o CTB e acerca das ações penais por crimes

Leia mais

08 ANOS DE LEI SECA (LEI Nº /2008) ANÁLISE DO CRIME DE EMBRIAGUEZ NO TRÂNSITO

08 ANOS DE LEI SECA (LEI Nº /2008) ANÁLISE DO CRIME DE EMBRIAGUEZ NO TRÂNSITO 08 ANOS DE LEI SECA (LEI Nº 11.705/2008) ANÁLISE DO CRIME DE EMBRIAGUEZ NO TRÂNSITO Art. 306. Conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada EM RAZÃO DA INFLUÊNCIA de álcool ou DE OUTRA

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2009 (Do Sr. HUGO LEAL)

PROJETO DE LEI Nº, DE 2009 (Do Sr. HUGO LEAL) PROJETO DE LEI Nº, DE 2009 (Do Sr. HUGO LEAL) Altera a Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997, que institui o Código de Trânsito Brasileiro, estabelecendo que também a concentração de álcool por litro

Leia mais

CONDUÇÃO SOB INFLUÊNCIA DE ÁLCOOL EXCLUSÃO DE COBERTURA

CONDUÇÃO SOB INFLUÊNCIA DE ÁLCOOL EXCLUSÃO DE COBERTURA CONDUÇÃO SOB INFLUÊNCIA DE ÁLCOOL EXCLUSÃO DE COBERTURA Contrato de Seguro QUALQUER QUANTIDADE DE ÁLCOOL NEXO CAUSAL Perda de Direitos Contrato de seguro Contrato de seguro EXAME DE SANGUE BAFÔMETRO EXAME

Leia mais

MEDIDAS ADMINISTRATIVAS. Instrutor: Sgt: Macedo

MEDIDAS ADMINISTRATIVAS. Instrutor: Sgt: Macedo MEDIDAS ADMINISTRATIVAS Instrutor: Sgt: Macedo MEDIDAS ADMINISTRATIVAS DO CTB Art. 269. Autoridade de trânsito ou seus agentes Medidas administrativas Retenção do veículo Remoção do veículo Recolhimento

Leia mais

Alterações na legislação de trânsito sobre álcool e direção

Alterações na legislação de trânsito sobre álcool e direção Alterações na legislação de trânsito sobre álcool e direção Na última sexta-feira (20) foram publicados no Diário Oficial da União a Lei 11.705 e o Decreto 6.488. As medidas tratam, entre outras questões,

Leia mais

Uso de Câmeras de Videomonitoramento para Autuação de Infrações de Trânsito: Aspectos Tecnológicos e Legais

Uso de Câmeras de Videomonitoramento para Autuação de Infrações de Trânsito: Aspectos Tecnológicos e Legais Uso de Câmeras de Videomonitoramento para Autuação de Infrações de Trânsito: Aspectos Tecnológicos e Legais RICARDO ALVES DA SILVA Tenente Coronel - PMSC Conceito de Auto de Infração Trata-se de um ato

Leia mais

CRIMES DE TRÂNSITO EM ESPÉCIE LEI 9.503/97

CRIMES DE TRÂNSITO EM ESPÉCIE LEI 9.503/97 CRIMES DE TRÂNSITO EM ESPÉCIE LEI 9.503/97 CRIME CTB PENA AUMENTO DA PENA 1/3 A ½ Art. 302 Homicídio culposo Art. 303 Lesão corporal culposa Art. 304 Omissão de socorro Detenção, 2 a 4 anos e meses a 2

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS

CÂMARA DOS DEPUTADOS CÂMARA DOS DEPUTADOS GABINETE DA DEPUTADA KEIKO OTA PROJETO DE LEI Nº, DE 2013 (Da Sra. Keiko Ota) Altera artigos da Lei nº 9.503/97 que institui o Código Nacional de Trânsito Brasileiro e dá outras providências.

Leia mais

INFRAÇÕES e PENALIDADES

INFRAÇÕES e PENALIDADES INFRAÇÕES e PENALIDADES 1. INFRAÇÃO DE TRÂNSITO - inobservância (desobediência) a qualquer preceito da Legislação de Trânsito, do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), das Resoluções do CONTRAN e Regulamentações

Leia mais

Lei nº , de 19 de Junho de 2008

Lei nº , de 19 de Junho de 2008 Lei nº 11.705, de 19 de Junho de 2008 Altera a Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997, que 'institui o Código de Trânsito Brasileiro', e a Lei nº 9.294, de 15 de julho de 1996, que dispõe sobre as restrições

Leia mais

TABELA DE MULTAS 2017 VALORES E TIPOS DE INFRAÇÕES ATUALIZADOS 2 fev, 2017

TABELA DE MULTAS 2017 VALORES E TIPOS DE INFRAÇÕES ATUALIZADOS 2 fev, 2017 TABELA DE MULTAS 2017 VALORES E TIPOS DE INFRAÇÕES ATUALIZADOS 2 fev, 2017 Se você já tirou sua carteira de habilitação, aqui vai um teste: quantos pontos o condutor que dirige embriagado leva na carteira?

Leia mais

LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO

LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO OBJETIVO Ser aprovado no Concurso do DETRAN-RS 2013 Das Infrações (art. 161 a 255) CASO PRÁTICO: João Infrator da Silva dirige seu automóvel Chevette, ano 1982, com películas muito

Leia mais

4º Aplica-se aos animais recolhidos na forma do inciso X o disposto nos arts. 271 e 328, no que couber. Art O veículo poderá ser retido nos

4º Aplica-se aos animais recolhidos na forma do inciso X o disposto nos arts. 271 e 328, no que couber. Art O veículo poderá ser retido nos 4º Aplica-se aos animais recolhidos na forma do inciso X o disposto nos arts. 271 e 328, no que couber. Art. 270. O veículo poderá ser retido nos casos expressos neste Código. 1º Quando a irregularidade

Leia mais

Disputar CORRIDA [Disputar corrida por espírito de emulação]*

Disputar CORRIDA [Disputar corrida por espírito de emulação]* 524-00 173 Disputar CORRDA [Disputar corrida por espírito de emulação]* RESPONS NAT PONTOS VALOR PENALDADE(S) CTB MEDDA(S) ADM CTB [574,61] *, apreensão do veículo e suspensão do direito de dirigir remoção

Leia mais

EMBRIAGUEZ AO VOLANTE

EMBRIAGUEZ AO VOLANTE EMBRIAGUEZ AO VOLANTE Larissa Alves ESSI 1 Sandro Marcos GODOY 2 RESUMO: A embriaguez ao volante está cada vez mais, causando acidentes nas ruas, consequentemente um número maior de mortes. Para combater

Leia mais

RELATÓRIO ESTATÍSTICO DA OPERAÇÃO LEI SECA, JANEIRO a FEVEREIRO DE 2015

RELATÓRIO ESTATÍSTICO DA OPERAÇÃO LEI SECA, JANEIRO a FEVEREIRO DE 2015 GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO E FISCALIZAÇÃO SETOR DE ESTATÍSTICA RELATÓRIO ESTATÍSTICO DA OPERAÇÃO LEI SECA, JANEIRO a FEVEREIRO

Leia mais

Dicas de Trânsito. 001 P. O que significa a sigla C.T.B? R. Código de Trânsito Brasileiro.

Dicas de Trânsito. 001 P. O que significa a sigla C.T.B? R. Código de Trânsito Brasileiro. Dicas de Trânsito 001 P. O que significa a sigla C.T.B? R. Código de Trânsito Brasileiro. 002 P. Qual o dever do condutor antes de colocar o veículo em circulação nas vias públicas? R. Verificar as condições

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Lei 11.705/08: o crime (?) do "novo" artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro e a sua retroatividade Flávio Augusto Oliveira Karam Júnior * Recentemente, entrou em vigor a Lei

Leia mais

11. A Carteira Nacional de Habilitação, expedida na vigência do Código anterior, será substituída por ocasião do vencimento do prazo para revalidação

11. A Carteira Nacional de Habilitação, expedida na vigência do Código anterior, será substituída por ocasião do vencimento do prazo para revalidação 11. A Carteira Nacional de Habilitação, expedida na vigência do Código anterior, será substituída por ocasião do vencimento do prazo para revalidação do exame de aptidão física e mental, ressalvados os

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Breves considerações sobre a Lei nº 11.705/08 A questão da embriaguez ao volante e os testes de alcoolemia José Luiz Joveli* Lamentavelmente, mais uma vez, nosso legislador se equivoca

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Explicando a Lei Seca de Trânsito (Lei 11.705/2008) Alessandro Buarque Couto * A recente Lei Federal nº 11.705, de 19 de junho de 2008 (conversão da Medida Provisória nº 415/2008),

Leia mais

Fiscalização de Produtos Perigosos Recolhimento de CIV e CIPP. FISCALIZAÇÃO e ACIDENTES. NP Nº CPRv-005 (revisada Dez/14)

Fiscalização de Produtos Perigosos Recolhimento de CIV e CIPP. FISCALIZAÇÃO e ACIDENTES. NP Nº CPRv-005 (revisada Dez/14) Comando de Policiamento Fiscalização de Produtos Perigosos Recolhimento de CIV e CIPP. FISCALIZAÇÃO e ACIDENTES NP Nº CPRv-005 (revisada Dez/14) Observações: Elaborar (01) um ARD para cada documento a

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 432, DE 23 DE JANEIRO DE 2013.

RESOLUÇÃO Nº 432, DE 23 DE JANEIRO DE 2013. RESOLUÇÃO Nº 432, DE 23 DE JANEIRO DE 2013. Dispõe sobre os procedimentos a serem adotados pelas autoridades de trânsito e seus agentes na fiscalização do consumo de álcool ou de outra substância psicoativa

Leia mais

Legislação Penal Código de Trânsito Organizações Criminosas

Legislação Penal Código de Trânsito Organizações Criminosas Direito Penal Legislação Penal Código de Trânsito Organizações Criminosas Código de Trânsito Lei n. 9.503/97 CTB traz diversos dispositivos, na grande maioria, de natureza extrapenal. Regulamenta o trânsito,

Leia mais

CONSELHO ESTADUAL DE TRÂNSITO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CETRAN-RJ. Fórum FETRANSPOR de Segurança no Trânsito

CONSELHO ESTADUAL DE TRÂNSITO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CETRAN-RJ. Fórum FETRANSPOR de Segurança no Trânsito CONSELHO ESTADUAL DE TRÂNSITO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CETRAN-RJ Fórum FETRANSPOR de Segurança no Trânsito CONSELHO ESTADUAL DE TRÂNSITO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CETRAN-RJ O Código de Trânsito Brasileiro

Leia mais

LEI Nº 9.503, DE 23 DE SETEMBRO DE 1997

LEI Nº 9.503, DE 23 DE SETEMBRO DE 1997 LEI Nº 9.503, DE 23 DE SETEMBRO DE 1997 Institui o Código de Trânsito Brasileiro. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: CAPÍTULO XIX DOS CRIMES

Leia mais

FATORES QUE MOTIVAMOS ACIDENTES DE TRÂNSITO E AS MUDANÇAS LEGISLATIVAS TRAZIDAS PELA LEI /2012 (LEI SECA)

FATORES QUE MOTIVAMOS ACIDENTES DE TRÂNSITO E AS MUDANÇAS LEGISLATIVAS TRAZIDAS PELA LEI /2012 (LEI SECA) FATORES QUE MOTIVAMOS ACIDENTES DE TRÂNSITO E AS MUDANÇAS LEGISLATIVAS TRAZIDAS PELA LEI 12.760/2012 (LEI SECA) RESUMO Wanessa Araújo Cavalcante 1 Karen Caroline de Lima Leite 2 Marcelo Alves P. Eufrásio

Leia mais

IV Conduzir o veículo SEM qualquer uma das placas de identificação

IV Conduzir o veículo SEM qualquer uma das placas de identificação Res. 349/10 Capítulo 1.8 65800 230 IV Conduzir o veículo SEM qualquer uma das placas de identificação proprietário gravíssima 7 180 multa e apreensão do veículo remoção do veículo conforme o Art. 115 do

Leia mais

MULTA VALOR EM UFIR MULTA

MULTA VALOR EM UFIR MULTA MULTA -Imposta e arrecadada pelo órgão com circunscrição sobre a via onde haja ocorrido a infração. -O valor decorre da natureza da infração, assim como a respectiva pontuação. NATUREZA DA INFRAÇÃO MULTA

Leia mais

MEIOS DE PROVA DO DELITO DE EMBRIAGUEZ NO CTB RESUMO

MEIOS DE PROVA DO DELITO DE EMBRIAGUEZ NO CTB RESUMO MEIOS DE PROVA DO DELITO DE EMBRIAGUEZ NO CTB Tiago Ribeiro 1 RESUMO O objetivo geral do presente trabalho tem como finalidade trazer os meios de comprovação da embriaguez nos delitos de trânsito. Passa-se

Leia mais

trânsito seguro é um direito de todos e um dever dos órgãos e entidades do Sistema Nacional de Trânsito.

trânsito seguro é um direito de todos e um dever dos órgãos e entidades do Sistema Nacional de Trânsito. Direção Defensiva. Em 23 de setembro de 1997 é promulgada pelo Congresso Nacional a Lei no 9.503 que instituiu o Código de Trânsito Brasileiro, sancionada pela Presidência da República, entrando em vigor

Leia mais

LEI Nº 9.503, DE 23 DE SETEMBRO DE 1997.

LEI Nº 9.503, DE 23 DE SETEMBRO DE 1997. LEI Nº 9.503, DE 23 DE SETEMBRO DE 1997. CAPÍTULOXV DAS INFRAÇÕES Art. 161. Constitui infração de trânsito a inobservância de qualquer preceito deste Código, da legislação complementar ou das resoluções

Leia mais

DELIBERAÇÃO CETRAN/MS/Nº 050/06

DELIBERAÇÃO CETRAN/MS/Nº 050/06 DELIBERAÇÃO CETRAN/MS/Nº 050/06 Estabelece critérios que deverão ser observados pelos órgãos de fiscalização e Agentes de Autoridades de Trânsito, nos casos de recusa do condutor, suspeito de dirigir sob

Leia mais

Polícia Civil Legislação Penal Especial Liana Ximenes

Polícia Civil Legislação Penal Especial Liana Ximenes Polícia Civil Legislação Penal Especial Liana Ximenes Crimes de Trânsito- Lei 9503/97 Arts. 291-301 do CTB - Parte Geral Arts.302-312 do CTB Crimes em espécie Parte Geral Art. 291. Aos crimes cometidos

Leia mais

DELIBERAÇÃO Nº 145, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2015

DELIBERAÇÃO Nº 145, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2015 DELIBERAÇÃO Nº 145, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2015 Altera a Resolução CONTRAN nº 425, de 27 de novembro de 2012, que dispõe sobre o exame de aptidão física e mental, a avaliação psicológica e o credenciamento

Leia mais

Lei 9.503/97 Mário Luiz Sarrubbo 2016

Lei 9.503/97 Mário Luiz Sarrubbo 2016 Lei 9.503/97 Mário Luiz Sarrubbo 2016 O Trânsito XX Roma: Julio César Adriano fenômeno típico do século Leonardo da Vinci e a solução para o aumento do trânsito Século XVI Brasil: A Província de São Paulo

Leia mais

A lei de alcoolemia no Brasil

A lei de alcoolemia no Brasil A lei de alcoolemia no Brasil Introdução Aplicabilidade e consequências administrativas e criminais No Brasil, a primeira menção ao ato de beber e dirigir está no Código de Trânsito do ano de 1941. O artigo

Leia mais

Art Atirar do veículo ou abandonar na via objetos ou substâncias: Infração - média; Penalidade - multa.

Art Atirar do veículo ou abandonar na via objetos ou substâncias: Infração - média; Penalidade - multa. Art. 172. Atirar do veículo ou abandonar na via objetos ou substâncias: Penalidade - multa. Art. 173. Disputar corrida por espírito de emulação: Infração - gravíssima; Penalidade - multa (três vezes),

Leia mais

- Considerando a Lei Federal Nº 9.503/ Código de Trânsito Brasileiro;

- Considerando a Lei Federal Nº 9.503/ Código de Trânsito Brasileiro; PORTARIA N. 1587 DE 13 DE OUTUBRO DE 2016. Altera dispositivos na Portaria DETRAN Nº 1.981/2008. O DIRETOR GERAL DO DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO - DETRAN/BA, no uso das atribuições que lhe são conferidas

Leia mais

APREENSÃO DO VEÍCULO REVOGAÇÃO DA PENALIDADE

APREENSÃO DO VEÍCULO REVOGAÇÃO DA PENALIDADE PRINCIPAIS ALTERAÇÕES TRAZIDAS PELA LEI 13.281/16 EM VIGOR A PARTIR DE 01-11-2016 (COM EXCEÇÃO DOS DISPOSITIVOS QUE REQUEREM REGULAMENTAÇÃO DO CONTRAN) ALTERAÇÕES ABORDADAS Neste artigo, você vai encontrar

Leia mais

CAPÍTULO XVI DAS PENALIDADES

CAPÍTULO XVI DAS PENALIDADES CAPÍTULO XVI DAS PENALIDADES Art. 256. A autoridade de trânsito, na esfera das competências estabelecidas neste Código e dentro de sua circunscrição, deverá aplicar, às infrações nele previstas, as seguintes

Leia mais

EMBRIAGUEZ AO VOLANTE: NOTAS À LEI Nº /2008

EMBRIAGUEZ AO VOLANTE: NOTAS À LEI Nº /2008 EMBRIAGUEZ AO VOLANTE: NOTAS À LEI Nº 11.705/2008 Damásio de Jesus SUMÁRIO: I - Introdução; II - Infração Administrativa; 1 Definições Legais; 2 Elemento Subjetivo do Tipo da Infração Administrativa: "Sob

Leia mais

Tropa de Elite - Polícia Civil Legislação Penal Especial Crimes de Trânsito Liana Ximenes

Tropa de Elite - Polícia Civil Legislação Penal Especial Crimes de Trânsito Liana Ximenes Tropa de Elite - Polícia Civil Legislação Penal Especial Crimes de Trânsito Liana Ximenes 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Arts. 291-301 do CTB - Parte Geral

Leia mais

13 - Identificar o expedidor/embarcador e o transportador

13 - Identificar o expedidor/embarcador e o transportador 12.3 Fita para isolamento e dispositivo de sustentação (NBR 9735) - fita (largura mínima de 70 mm), de qualquer cor (exceto transparente) de comprimento mínimo compatível com as dimensões do veículo e

Leia mais

A PROVA NA EMBRIAGUEZ AO VOLANTE

A PROVA NA EMBRIAGUEZ AO VOLANTE Michele Duarte Amaral 1 Walter Francisco Sampaio Filho 2 RESUMO O trabalho versará sobre a dificuldade de a autoridade policial produzir provas no crime previsto no artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro,

Leia mais

MULTA MULTA VALOR EM R$

MULTA MULTA VALOR EM R$ - Aplicadas pela autoridade de trânsito (posteriormente): I - advertência por escrito; II - multa; III - suspensão do direito de dirigir; IV - apreensão do veículo; V - cassação da Carteira Nacional de

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 5512, DE 2013

PROJETO DE LEI Nº 5512, DE 2013 PROJETO DE LEI Nº 5512, DE 2013 (Da Deputada Gorete Pereira) Altera dispositivo da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997, que institui o Código de Trânsito Brasileiro, para dispor sobre o índice tolerável

Leia mais

Palavras-chave: Embriaguez ao Volante. Infração Administrativa. Código de Trânsito Brasileiro.

Palavras-chave: Embriaguez ao Volante. Infração Administrativa. Código de Trânsito Brasileiro. CONFLITOS PRINCIPIOLÓGICOS E A EDIÇÃO DA LEI Nº 12.760/2012 1 Maximino Valerius 2 RESUMO: O presente trabalho tem como objetivo principal o estudo sobre a alteração da infração administrativa de embriaguez

Leia mais

O que exige o Código de Trânsito Brasileiro para a condução de Escolar e outros!

O que exige o Código de Trânsito Brasileiro para a condução de Escolar e outros! O que exige o Código de Trânsito Brasileiro para a condução de Escolar e outros! Não é suficiente o veículo possuir faixa amarela com o dístico escolar, ter encosto de cabeça, cinto de segurança, tacógrafo

Leia mais

Segurança na Condução

Segurança na Condução Polícia de Segurança Pública Comando Metropolitano do Porto Divisão de trânsito Segurança na Condução Consumos de Álcool e Substâncias Psicotrópicas 30NOV2015 Código da Estrada Artºs 81º, 145º, 146º e

Leia mais

Lei seca. VEJA.com: Perguntas e respostas.

Lei seca. VEJA.com: Perguntas e respostas. Página 1 de 5 Julho de 2008 Lei seca A nova Lei 11.705, que altera o Código de Trânsito Brasileiro, proíbe o consumo de praticamente qualquer quantidade de bebida alcoólica por condutores de veículos.

Leia mais

SUGESTÃO Nº 119, DE 2014

SUGESTÃO Nº 119, DE 2014 COMISSÃO DE LEGISLAÇÃO PARTICIPATIVA SUGESTÃO Nº 119, DE 2014 Sugere Projeto de Lei que trata da alteração do artigo 162, incisos I e II, do Código de Trânsito Brasileiro CTB. Autor: Associação Nacional

Leia mais

Legislação de Trânsito

Legislação de Trânsito Legislação de Trânsito Medidas Administrativas e Penalidades Professor Leandro Macedo www.acasadoconcurseiro.com.br Legislação de Trânsito MEDIDAS ADMINISTRATIVAS E PENALIDADES Quando ocorre uma infração,

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 89, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2011

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 89, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2011 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 89, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2011 Estabelece procedimentos para apreensão e guarda de documentos, livros, materiais, equipamentos e assemelhados por Auditor-Fiscal do Trabalho e aprova

Leia mais

CURSO PRF 2017 LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO. AULAS 05 e 06 LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO. AULAS 05 e 06 - Capítulos XVI e XVII. diferencialensino.com.

CURSO PRF 2017 LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO. AULAS 05 e 06 LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO. AULAS 05 e 06 - Capítulos XVI e XVII. diferencialensino.com. CURSO PRF 2017 LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO AULAS 05 e 06 LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO AULAS 05 e 06 - Capítulos XVI e XVII 1 PROFESSOR MARCELO AZEVEDO 2 Aula 05 - RESPONSABILIDADE CIVIL DO ESTADO CAPÍTULO XVI Das

Leia mais

LEI SECA. Por Sérgio Sodré 1. 1 Advogado há 17 anos; especializado em Direito do Seguro e pós-graduado em Gestão de Seguros.

LEI SECA. Por Sérgio Sodré 1. 1 Advogado há 17 anos; especializado em Direito do Seguro e pós-graduado em Gestão de Seguros. 1 LEI SECA Por Sérgio Sodré 1 O Código de Trânsito Brasileiro (Lei nº 9.503, de 23.09.1997) teve como fundamento principal a direção defensiva e, para tanto, não deixou de abordar a questão da condução

Leia mais

(Artigo CF) Art. 24. Compete aos órgãos e entidades executivos de trânsito dos Municípios, no âmbito de sua circunscrição:

(Artigo CF) Art. 24. Compete aos órgãos e entidades executivos de trânsito dos Municípios, no âmbito de sua circunscrição: . (Artigo 144 - CF) Art. 24. Compete aos órgãos e entidades executivos de trânsito dos Municípios, no âmbito de sua circunscrição: VI - executar a fiscalização de trânsito, autuar e aplicar as medidas

Leia mais

Processo nº: 148367609 Nome : Batalhão da Polícia Militar de Trânsito - BPMTRAN Assunto : Consulta PARECER Nº 12/09

Processo nº: 148367609 Nome : Batalhão da Polícia Militar de Trânsito - BPMTRAN Assunto : Consulta PARECER Nº 12/09 1 Processo nº: 148367609 Nome : Batalhão da Polícia Militar de Trânsito - BPMTRAN Assunto : Consulta PARECER Nº 12/09 Relatório O Comandante do BPMTRAN, Tenente Coronel Lucimar de Oliveira Mesquita, protocolou

Leia mais

RELATÓRIO DE INFRAÇÕES DE TRÂNSITO DADOS REFERENTES A TODOS OS ÓRGÃOS AUTUADORES DE MULTAS DO ESTADO DE ALAGOAS

RELATÓRIO DE INFRAÇÕES DE TRÂNSITO DADOS REFERENTES A TODOS OS ÓRGÃOS AUTUADORES DE MULTAS DO ESTADO DE ALAGOAS RELATÓRIO DE INFRAÇÕES DE TRÂNSITO DADOS REFERENTES A TODOS OS ÓRGÃOS AUTUADORES DE MULTAS DO ESTADO DE ALAGOAS Os dados aqui apresentados são referentes às infrações registradas por todos os órgãos autuadores

Leia mais

L. dos Crimes Ambientais 9605/98

L. dos Crimes Ambientais 9605/98 L. dos Crimes Ambientais 9605/98 Penas aplicáveis às PJs: I - multa; II - restritivas de direitos; III - prestação de serviços à comunidade. L. dos Crimes Ambientais 9605/98 PRDs para PJs I - suspensão

Leia mais

196 OITAVA CÂMARA CRIMINAL EMBARGOS INFRINGENTES E DE NULIDADE Nº MARCUS QUARESMA FERRAZ

196 OITAVA CÂMARA CRIMINAL EMBARGOS INFRINGENTES E DE NULIDADE Nº MARCUS QUARESMA FERRAZ OITAVA CÂMARA CRIMINAL EMBARGOS INFRINGENTES E DE NULIDADE Nº 0373041-07.2009.8.19.0001 EMBARGANTE: JULIANO SILVA DIAS EMBARGADO: MINISTÉRIO PÚBLICO RELATOR: DES. MARCUS QUARESMA FERRAZ Embargos Infringentes

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA CREF 3ª REGIÃO SANTA CATARINA

CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA CREF 3ª REGIÃO SANTA CATARINA CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA CREF 3ª REGIÃO SANTA CATARINA PORTARIA Nº 009/2016/CREF3/SC, 27 de junho de 2016. Dispõe sobre a utilização dos veículos do Conselho Regional de Educação Física CREF3/SC

Leia mais

ADVOCACIA DE TRÂNSITO NA ESFERA ADMINISTRATIVA

ADVOCACIA DE TRÂNSITO NA ESFERA ADMINISTRATIVA ADVOCACIA DE TRÂNSITO NA ESFERA ADMINISTRATIVA ADEMIR RAFAEL DOS SANTOS Advogado Ex-integrante da Polícia Militar do Estado de São Paulo Professor nas matérias relacionadas ao Direito de Trânsito Pós-Graduado

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2011 Assunto: Utilização de veículos oficiais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2011 Assunto: Utilização de veículos oficiais SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Caxias do Sul INSTRUÇÃO

Leia mais

Legislação de Trânsito 1

Legislação de Trânsito 1 Legislação de Trânsito 1 Conhecer as premissas que regem o CTB, bem como seus órgãos e sistemas. Conhecer os direitos e deveres de um cidadão no trânsito. Introdução Regulamentação. Fundamentação do CTB.

Leia mais

Tropa de Elite Polícia Civil Legislação Penal Especial CBT - Parte Especial Liana Ximenes

Tropa de Elite Polícia Civil Legislação Penal Especial CBT - Parte Especial Liana Ximenes Tropa de Elite Polícia Civil Legislação Penal Especial CBT - Parte Especial Liana Ximenes 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. CTB- Parte Especial Art. 302. Praticar

Leia mais

Marcelo Dullius Saturnino 10ª edição Alteração 10.4

Marcelo Dullius Saturnino  10ª edição Alteração 10.4 C A P Í T U L O 9 PRODUTOS PERIGOSOS A t u a l i z a d o e m 1 0 / 1 1 / 1 2 Marcelo Dullius Saturnino www.bizuario.com 10ª edição Alteração 10.4 1 16 - Autuar - O auto de infração passa a ter novo modelo

Leia mais

Atendimento de Ocorrências - Fluxogramas

Atendimento de Ocorrências - Fluxogramas PRISÃO EM FLAGRANTE DELITO POR QUALQUER UM DO POVO. (Art. 3º caput) O PM ACOMPANHARÁ AS PARTES ATÉ O DP (VÍTIMA, TESTEMUNHAS, PRESO E CONDUTOR). (N.I. nº PM3-001/02/15) item 6.3.2.2.1.) FLAGRANTE DELITO

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA ESTADUAL DE DEFESA SOCIAL DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DETRAN/AL

ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA ESTADUAL DE DEFESA SOCIAL DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DETRAN/AL O consumo de álcool, e de outras substancias que alteram o estado normal do ser humano, é um dos grandes responsáveis pela intensidade da violência no trânsito, o que pode ser comprovado pelos índices

Leia mais

Legislação de Trânsito 1

Legislação de Trânsito 1 Legislação de Trânsito 1 Conhecer as premissas que regem o CTB, bem como seus órgãos e sistemas. Conhecer os direitos e deveres de um cidadão no trânsito. Introdução Regulamentação. Fundamentação do CTB.

Leia mais

Acidente de Trânsito em Macapá. Acidentes em Macapá Março/2012

Acidente de Trânsito em Macapá. Acidentes em Macapá Março/2012 Acidente de Trânsito em Macapá Acidentes com vítima 83 25% Acidentes sem vítima 237 73% Acidentes com vítima fatal 6 2% Total 326 total de acidentes ocorridos em Macapá. Fonte: BPTRAN Acidentes em Macapá

Leia mais

4/5/2012 GESTÃO DE TRANSPORTES E TÉCNICA DE ABRODAGEM AO CIDADÃO

4/5/2012 GESTÃO DE TRANSPORTES E TÉCNICA DE ABRODAGEM AO CIDADÃO Universidade Federal Fluminense Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Turismo Pós-Graduação em Gestão de Negócios Capacitação dos Servidores Municipais de Maricá - RJ GESTÃO DE TRANSPORTES E

Leia mais

INSCRIÇÃO EXERCE ATIVIDADE REMUNERADA NO CAMPO OBSERVAÇÃO DA CNH

INSCRIÇÃO EXERCE ATIVIDADE REMUNERADA NO CAMPO OBSERVAÇÃO DA CNH INSCRIÇÃO EXERCE ATIVIDADE REMUNERADA NO CAMPO OBSERVAÇÃO DA CNH 01. DA CONSULTA A empresa MBR CONSULTORIA EM TRANSPORTES E LOGÍSTICA, apresentou ao Senhor Diretor do DETRAN consulta, formulando os seguintes

Leia mais

CAPÍTULO 2 Perícia médico-legal e seus peritos

CAPÍTULO 2 Perícia médico-legal e seus peritos CAPÍTULO 2 Perícia médico-legal e seus peritos Perícia é o conjunto de procedimentos técnicos, com base científica, realizado por pessoa qualificada para tal, chamada perito. Tem por finalidade provar

Leia mais

"RESPEITE A SINALIZAÇÃO E NÃO BEBA ANTES DE DIRIGIR" GUINCHO-REMOÇÃO-RETENÇÃO E APREENÇÃO DO VEÍCULO

RESPEITE A SINALIZAÇÃO E NÃO BEBA ANTES DE DIRIGIR GUINCHO-REMOÇÃO-RETENÇÃO E APREENÇÃO DO VEÍCULO "RESPEITE A SINALIZAÇÃO E NÃO BEBA ANTES DE DIRIGIR" GUINCHO-REMOÇÃO-RETENÇÃO E APREENÇÃO DO VEÍCULO São situações previstas no Código de Trânsito Brasileiro, que muitas pessoas desconhecem suas diferenças,

Leia mais

X - em local e horário proibidos especificamente pela sinalização (placa - Proibido Parar): Infração - média; Penalidade - multa.

X - em local e horário proibidos especificamente pela sinalização (placa - Proibido Parar): Infração - média; Penalidade - multa. IX - na contramão de direção: Penalidade - multa; X - em local e horário proibidos especificamente pela sinalização (placa - Proibido Parar): Art. 183. Parar o veículo sobre a faixa de pedestres na mudança

Leia mais

EXEMPLO DE PREENCHIMENTO DO AIT ESPECÍFICO PARA PRODUTOS PERIGOSOS

EXEMPLO DE PREENCHIMENTO DO AIT ESPECÍFICO PARA PRODUTOS PERIGOSOS 16 - Autuar - O auto de infração passa a ter novo modelo (Anexo I ao MPA-010). Entretanto, até sua disponibilização, continuarão as ser usados os AI série B (Art. 6º do MPA-010). - Segundo o Art. 4º do

Leia mais

9 - Verificar a SIMBOLOGIA do veículo e das embalagens (Resolução 420/04/ANTT)

9 - Verificar a SIMBOLOGIA do veículo e das embalagens (Resolução 420/04/ANTT) Resolução 3.632/11/ANTT (altera Res. 420/04) e Instrução Normativa 08/11 (altera MPA-010) Capítulo 9 9 - Verificar a SIMBOLOGIA do veículo e das embalagens (Resolução 420/04/ANTT) - Possui RÓTULOS DE RISCO

Leia mais

Projeto de Lei nº 5.596, de 2009

Projeto de Lei nº 5.596, de 2009 COMISSÃO DE VIAÇÃO E TRANSPORTES Projeto de Lei nº 5.596, de 2009 (Apensado o Projeto de Lei nº 2.799, de 2011) Altera a Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997, que institui o Código de Trânsito Brasileiro,

Leia mais

A PROVA DA EMBRIAGUEZ AO VOLANTE EM FACE DA LEI Nº , DE 7 DE FEVEREIRO DE 2006

A PROVA DA EMBRIAGUEZ AO VOLANTE EM FACE DA LEI Nº , DE 7 DE FEVEREIRO DE 2006 A PROVA DA EMBRIAGUEZ AO VOLANTE EM FACE DA LEI Nº 11.275, DE 7 DE FEVEREIRO DE 2006 Adriano Aranão é 1º Tenente da Polícia Militar do Estado de São Paulo, Instrutor de Legislação de Trânsito em cursos

Leia mais

EDSON CARAM, DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE OPERAÇÃO DO SISTEMA VIÁRIO - DSV, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei e,

EDSON CARAM, DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE OPERAÇÃO DO SISTEMA VIÁRIO - DSV, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei e, PORTARIA N.º 66/17- DSV.GAB. EDSON CARAM, DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE OPERAÇÃO DO SISTEMA VIÁRIO - DSV, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei e, CONSIDERANDO a Lei nº 13.146, de 6 de julho

Leia mais

Legislação de Trânsito

Legislação de Trânsito Legislação de Trânsito 01- Acerca das normas e dos procedimentos para a formação de condutores de veículos automotores e elétricos, da realização dos exames, da expedição de documentos de habilitação,

Leia mais

Infraestrutura: A Adequada utilização da Malha Rodoviária Brasileira

Infraestrutura: A Adequada utilização da Malha Rodoviária Brasileira Infraestrutura: A Adequada utilização da Malha Rodoviária Brasileira Pesagem, em movimento, de veículos que transportam cargas líquidas Local: São Paulo/SP Data: 06/11/2013 Expositores: Eng. Paulo de Tarso

Leia mais

LEI SECA RESULTADOS OPERAÇÃO SE BEBER, NÃO DIRIJA 2014 (1 SEMESTRE)

LEI SECA RESULTADOS OPERAÇÃO SE BEBER, NÃO DIRIJA 2014 (1 SEMESTRE) LEI SECA RESULTADOS OPERAÇÃO SE BEBER, NÃO DIRIJA 2014 (1 SEMESTRE) INFORMAÇÕES GERAIS 1 10 OPERAÇÕES DE FISCALIZAÇÃO REALIZADAS; DIVERSAS PALESTRAS MINISTRADAS; DISTRIBUIÇÃO DE FLYERS, FOLDERS E OUTROS;

Leia mais

MANUAL REGULAMENTANDO O USO DOS VEÍCULOS OFICIAIS DO INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CAMPUS FRAIBURGO

MANUAL REGULAMENTANDO O USO DOS VEÍCULOS OFICIAIS DO INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CAMPUS FRAIBURGO MANUAL REGULAMENTANDO O USO DOS VEÍCULOS OFICIAIS DO INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CAMPUS FRAIBURGO Responsável pela elaboração: Douglas Carlesso FRAIBURGO/SC 2015 APRESENTAÇÃO O Instituto Federal Catarinense

Leia mais

REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DO ÔNIBUS DA SUBFROTA DA ADMINISTRAÇÃO GERAL DO CAMPUS DA UNESP DE BAURU. CAPÍTULO I

REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DO ÔNIBUS DA SUBFROTA DA ADMINISTRAÇÃO GERAL DO CAMPUS DA UNESP DE BAURU. CAPÍTULO I REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DO ÔNIBUS DA SUBFROTA DA ADMINISTRAÇÃO GERAL DO CAMPUS DA UNESP DE BAURU. CAPÍTULO I Das disposições gerais Art. 1º - O objeto deste regulamento corresponde ao ônibus, alocado

Leia mais

Transitar em canteiro central, ilhas, refúgios, marcas de canalização, acostamento. Executar retorno R$ em 191,53 local proibido pela sinalização

Transitar em canteiro central, ilhas, refúgios, marcas de canalização, acostamento. Executar retorno R$ em 191,53 local proibido pela sinalização Infrações gravíssima / 7 pontos: Avançar o sinal vermelho R$ 191,54 do semáforo Transitar em sentido R$ 191,54 oposto ao estabelecido Transitar em calçadas, R$ 574,54 passeios 3 X Multa e passarelas Transitar

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº / 2012 (Do Senhor Deputado Hugo Leal)

PROJETO DE LEI Nº / 2012 (Do Senhor Deputado Hugo Leal) PROJETO DE LEI Nº / 2012 (Do Senhor Deputado Hugo Leal) Altera os arts. 165, 276, 277, 306 e o Anexo I da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997, que institui o Código de Trânsito Brasileiro, para inibir

Leia mais

Multa por NÃO IDENTIFICAÇÃO do condutor infrator, imposta à Pessoa Jurídica COMENTÁRIOS

Multa por NÃO IDENTIFICAÇÃO do condutor infrator, imposta à Pessoa Jurídica COMENTÁRIOS C A P Í T U L 1 O NFRAÇÕES 50020 25, 8º Multa por NÃO DENTFCAÇÃO do infrator, imposta à Pessoa Jurídica propriet idem à infr. original idem idem não há autuação de responsabilidade da Autoridade de Trânsito;

Leia mais

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 684, DE 2011

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 684, DE 2011 SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 684, DE 2011 Altera o Código de Trânsito Brasileiro, para estabelecer a cassação do direito de dirigir em caso de embriaguez ou recusa do teste de alcoolemia

Leia mais

NOVO SIMULADO DE LEGISLAÇÃO/CONDUTA E CIRCULAÇÃO 2012

NOVO SIMULADO DE LEGISLAÇÃO/CONDUTA E CIRCULAÇÃO 2012 1 Órgão executivo responsável em julgar os recursos das infrações de trânsito: a) DNIT b) CONTRAN c) JARI d) DETRAN 2 São pré-requisitos para o início do processo de habilitação, exceto: a) Ser penalmente

Leia mais

N N ** S TABELA 2 - OUTRAS POSSIBILIDADES. N Art. 2º*III, d), da Res. 14/98

N N ** S TABELA 2 - OUTRAS POSSIBILIDADES. N Art. 2º*III, d), da Res. 14/98 C A P Í T U L O 2.4 TACÓGRAFO A t u a l i z a d o e m 2 8 / 0 7 / 1 2 1 - DEFINIÇÃO, conforme Anexo da Res. 92/99, alterado pela Res. 406/12 Também chamado de cronotacógrafo, é o instrumento instalado

Leia mais

Confira as mudanças nas regras de trânsito, a partir de novembro

Confira as mudanças nas regras de trânsito, a partir de novembro Confira as mudanças nas regras de trânsito, a partir de novembro A Lei 13.281/16, sancionada em 04 de maio de 2016, alterou vários artigos do Código de Trânsito Brasileiro que, em sua maioria, entram em

Leia mais