COMPLEMENTAÇÃO DETRAN/RS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COMPLEMENTAÇÃO DETRAN/RS"

Transcrição

1 COMPLEMENTAÇÃO DETRAN/RS Complementação do material de legislação de trânsito do concurso do DETRAN/RS conforme nova retificação publicada em 02/07/ Excluir do material o seguinte: a) Resolução nº 206/06 do CONTRAN (p. 444 a 447 da apostila). b) Resolução nº 35/2011 do CETRAN (p. 457 da apostila). 2 Incluir no material as resoluções que seguem abaixo: a) Resolução nº 432/13 do CONTRAN; b) Resolução nº 74/2013 do CETRAN. RESOLUÇÃO Nº 432/13 Dispõe sobre os procedimentos a serem adotados pelas autoridades de trânsito e seus agentes na fiscalização do consumo de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência, para aplicação do disposto nos arts. 165, 276, 277 e 306 da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997 Código de Trânsito Brasileiro (CTB). O CONSELHO NACIONAL DE TRÂNSITO, no uso das atribuições que lhe confere o art. 12, inciso I, da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997, que institui o Código de Trânsito Brasileiro, e nos termos do disposto no Decreto nº 4.711, de 29 de maio de 2003, que trata da coordenação do Sistema Nacional de Trânsito. CONSIDERANDO a nova redação dos art. 165, 276, 277 e 302, da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997, dada pela Lei nº , de 20 de dezembro de 2012; CONSIDERANDO o estudo da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego, ABRAMET, acerca dos procedimentos médicos para fiscalização do consumo de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência pelos condutores; e CONSIDERANDO o disposto nos processos nºs / , / e / ; RESOLVE, Art. 1º Definir os procedimentos a serem adotados pelas autoridades de trânsito e seus agentes na fiscalização do consumo de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência, para aplicação do disposto nos arts. 165, 276, 277 e 306 da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997 Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Art. 2º A fiscalização do consumo, pelos condutores de veículos automotores, de bebidas alcoólicas e de outras substâncias psicoativas que determinem dependência deve ser procedimento operacional rotineiro dos órgãos de trânsito. Art. 3º A confirmação da alteração da capacidade psicomotora em razão da influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência dar-se-á por meio de, pelo menos, um dos seguintes procedimentos a serem realizados no condutor de veículo automotor: I exame de sangue; II exames realizados por laboratórios especializados, indicados pelo órgão ou entidade de trânsito competente ou pela Polícia Judiciária, em caso de consumo de outras substâncias psicoativas que determinem dependência; III teste em aparelho destinado à medição do teor alcoólico no ar alveolar (etilômetro); IV verificação dos sinais que indiquem a alteração da capacidade psicomotora do condutor. 1º - Além do disposto nos incisos deste artigo, também poderão ser utilizados prova testemunhal, imagem, vídeo ou qualquer outro meio de prova em direito admitido. 2º - Nos procedimentos de fiscalização deve-se priorizar a utilização do teste com etilômetro. DETRAN/RS 1

2 3 - Se o condutor apresentar sinais de alteração da capacidade psicomotora na forma do art. 5º ou haja comprovação dessa situação por meio do teste de etilômetro e houver encaminhamento do condutor para a realização do exame de sangue ou exame clínico, não será necessário aguardar o resultado desses exames para fins de autuação administrativa. DO TESTE DE ETILÔMETRO Art. 4º O etilômetro deve atender aos seguintes requisitos: I ter seu modelo aprovado pelo INMETRO; II ser aprovado na verificação metrológica inicial, eventual, em serviço e anual realizadas pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia - INMETRO ou por órgão da Rede Brasileira de Metrologia Legal e Qualidade - RBMLQ; Parágrafo único. Do resultado do etilômetro (medição realizada) deverá ser descontada margem de tolerância, que será o erro máximo admissível, conforme legislação metrológica, de acordo com a Tabela de Valores Referenciais para Etilômetro constante no Anexo I. DOS SINAIS DE ALTERAÇÃO DA CAPACIDADE PSICOMOTORA Art. 5º Os sinais de alteração da capacidade psicomotora poderão ser verificados por: I exame clínico com laudo conclusivo e firmado por médico perito; ou II constatação, pelo agente da Autoridade de Trânsito, dos sinais de alteração da capacidade psicomotora nos termos do Anexo II. 1º - Para confirmação da alteração da capacidade psicomotora pelo agente da Autoridade de Trânsito, deverá ser considerado não somente um sinal, mas um conjunto de sinais que comprovem a situação do condutor. 2º - Os sinais de alteração da capacidade psicomotora de que trata o inciso II deverão ser descritos no auto de infração ou em termo específico que contenha as informações mínimas indicadas no Anexo II, o qual deverá acompanhar o auto de infração. DA INFRAÇÃO ADMINISTRATIVA Art. 6º A infração prevista no art. 165 do CTB será caracterizada por: I exame de sangue que apresente qualquer concentração de álcool por litro de sangue; II teste de etilômetro com medição realizada igual ou superior a 0,05 miligrama de álcool por litro de ar alveolar expirado (0,05 mg/l), descontado o erro máximo admissível nos termos da Tabela de Valores Referenciais para Etilômetro constante no Anexo I; III sinais de alteração da capacidade psicomotora obtidos na forma do art. 5º. Parágrafo único. Serão aplicadas as penalidades e medidas administrativas previstas no art. 165 do CTB ao condutor que recusar a se submeter a qualquer um dos procedimentos previstos no art. 3º, sem prejuízo da incidência do crime previsto no art. 306 do CTB caso o condutor apresente os sinais de alteração da capacidade psicomotora. DO CRIME Art. 7º O crime previsto no art. 306 do CTB será caracterizado por qualquer um dos procedimentos abaixo: I exame de sangue que apresente resultado igual ou superior a 6 (seis) decigramas de álcool por litro de sangue (6 dg/l); II - teste de etilômetro com medição realizada igual ou superior a 0,34 miligrama de álcool por litro de ar alveolar expirado (0,34 mg/l), descontado o erro máximo admissível nos termos da Tabela de Valores Referenciais para Etilômetro constante no Anexo I; III exames realizados por laboratórios especializados, indicados pelo órgão ou entidade de trânsito competente ou pela Polícia Judiciária, em caso de consumo de outras substâncias psicoativas que determinem dependência; 2 DETRAN/RS

3 IV sinais de alteração da capacidade psicomotora obtido na forma do art. 5º. 1º - A ocorrência do crime de que trata o caput não elide a aplicação do disposto no art. 165 do CTB. 2º - Configurado o crime de que trata este artigo, o condutor e testemunhas, se houver, serão encaminhados à Polícia Judiciária, devendo ser acompanhados dos elementos probatórios. DO AUTO DE INFRAÇÃO Art. 8º Além das exigências estabelecidas em regulamentação específica, o auto de infração lavrado em decorrência da infração prevista no art. 165 do CTB deverá conter: I no caso de encaminhamento do condutor para exame de sangue, exame clínico ou exame em laboratório especializado, a referência a esse procedimento; II no caso do art. 5º, os sinais de alteração da capacidade psicomotora de que trata o Anexo II ou a referência ao preenchimento do termo específico de que trata o 2º do art. 5º; III no caso de teste de etilômetro, a marca, modelo e nº de série do aparelho, nº do teste, a medição realizada, o valor considerado e o limite regulamentado em mg/l; IV conforme o caso, a identificação da (s) testemunha (s), se houve fotos, vídeos ou outro meio de prova complementar, se houve recusa do condutor, entre outras informações disponíveis. 1º - Os documentos gerados e o resultado dos exames de que trata o inciso I deverão ser anexados ao auto de infração. 2º - No caso do teste de etilômetro, para preenchimento do campo Valor Considerado do auto de infração, deve-se observar as margens de erro admissíveis, nos termos da Tabela de Valores Referenciais para Etilômetro constante no Anexo I. DAS MEDIDAS ADMINISTRATIVAS Art. 9 O veículo será retido até a apresentação de condutor habilitado, que também será submetido à fiscalização. Parágrafo único. Caso não se apresente condutor habilitado ou o agente verifique que ele não está em condições de dirigir, o veículo será recolhido ao depósito do órgão ou entidade responsável pela fiscalização, mediante recibo. Art. 10. O documento de habilitação será recolhido pelo agente, mediante recibo, e ficará sob custódia do órgão ou entidade de trânsito responsável pela autuação até que o condutor comprove que não está com a capacidade psicomotora alterada, nos termos desta Resolução. 1º - Caso o condutor não compareça ao órgão ou entidade de trânsito responsável pela autuação no prazo de 5 (cinco) dias da data do cometimento da infração, o documento será encaminhado ao órgão executivo de trânsito responsável pelo seu registro, onde o condutor deverá buscar seu documento. 2º - A informação de que trata o 1º deverá constar no recibo de recolhimento do documento de habilitação. DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 11. É obrigatória a realização do exame de alcoolemia para as vítimas fatais de acidentes de trânsito. Art. 12. Ficam convalidados os atos praticados na vigência da Deliberação CONTRAN nº 133, de 21 de dezembro de 2012, com o reconhecimento da margem de tolerância de que trata o art. 1º da Deliberação CONTRAN referida no caput (0,10 mg/l) como limite regulamentar. Art. 13. Ficam revogadas as Resoluções CONTRAN nº 109, de 21 de Novembro de 1999, e nº 206, de 20 de outubro de 2006, e a Deliberação CONTRAN nº 133, de 21 de dezembro de Art. 14. Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. DETRAN/RS 3

4 4 DETRAN/RS

5 ANEXO II SINAIS DE ALTERAÇÃO DA CAPACIDADE PSICOMOTORA Informações mínimas que deverão constar no termo mencionado no artigo 6º desta Resolução, para constatação dos sinais de alteração da capacidade psicomotora pelo agente da Autoridade de Trânsito: I. Identificação do órgão ou entidade de trânsito fiscalizador; II. Dados do condutor: a. Nome; b. Número do Prontuário da CNH e/ou do documento de identificação; c. Endereço, sempre que possível. III. Dados do veículo: a. Placa/UF; b. Marca; IV. Dados da abordagem: a. Data; b. Hora; c. Local; d. Número do auto de infração. V. Relato do condutor: a. Envolveu-se em acidente de trânsito; b. Declara ter ingerido bebida alcoólica, sim ou não (Em caso positivo, quando); c. Declara ter feito uso de substância psicoativa que determine dependência, sim ou não (Em caso positivo, quando); VI. Sinais observados pelo agente fiscalizador: a. Quanto à aparência, se o condutor apresenta: ii. Olhos vermelhos; iii. Vômito; iv. Soluços; v. Desordem nas vestes; vi. Odor de álcool no hálito. b. Quanto à atitude, se o condutor apresenta: i. Agressividade; ii. Arrogância; iii. Exaltação; iv. Ironia; v. Falante; vi. Dispersão. c. Quanto à orientação, se o condutor: i. sabe onde está; ii. sabe a data e a hora. d. Quanto à memória, se o condutor: i. sabe seu endereço; ii. lembra dos atos cometidos; e. Quanto à capacidade motora e verbal, se o condutor apresenta: i. Dificuldade no equilíbrio; ii. Fala alterada; VII. Afirmação expressa, pelo agente fiscalizador: a. De acordo com as características acima descritas, constatei que o condutor acima qualificado, está ( ) sob influência de álcool ( ) sob influência de substância psicoativa. b. O condutor ( ) se recusou ( ) não se recusou a realizar os testes, exames ou perícia que permitiriam certificar o seu estado quanto à alteração da capacidade psicomotora. i. Sonolência; DETRAN/RS 5

6 VIII. Quando houver testemunha (s), a identificação: a. nome; b. documento de identificação; c. endereço; d. assinatura. IX. Dados do Policial ou do Agente da Autoridade de Trânsito: a. Nome; b. Matrícula; c. Assinatura. 6 DETRAN/RS

7 RESOLUÇÃO Nº 74/2013 Revoga a Resolução nº 35/2011 do CETRAN, que dispõe sobre a aplicação obrigatória do art. 277, 3º do Código de Trânsito Brasileiro CTB, nas fiscalizações de trânsito, e dá outras providências. O Conselho Estadual de Trânsito do Rio Grande do Sul CETRAN RS, no uso das atribuições que lhe confere o art. 14 da Lei Federal n.º 9.503, de 23 de setembro de 1997, que instituiu o Código de Trânsito Brasileiro - CTB, bem como a competência definida pelo Decreto Estadual n.º /98 e suas alterações posteriores e: Considerando o disposto no inciso I do artigo 14 do CTB, que atribui competência ao CETRAN para cumprir e fazer cumprir a legislação de e as normas de trânsito no âmbito de suas atribuições; Considerando o disposto no inciso II do artigo 14 do CTB, que atribui competência ao CETRAN/RS para elaborar normas no âmbito de sua competência; Considerando a Lei Federal nº , de 20 de dezembro de 2012, que alterou os arts. 165, 262, 276, 277 e 306, do CTB; Considerando que a infração prevista no art. 165 também poderá ser caracterizada mediante imagem, vídeo, constatação de sinais que indiquem, na forma disciplinada pelo CONTRAN, alteração da capacidade psicomotora ou produção de quaisquer outras provas em direito admitidas; Considerando que havendo recusa em realizar o teste de etilômetro, o agente de trânsito tem outros meios de provas para configurar a condução de veículo com alteração da capacidade psicomotora em face de álcool; Considerando que o tema foi discutido em Sessão do Pleno do CETRAN de 19 de fevereiro de 2013, Ata nº 04/2013, com a aprovação por unanimidade da revogação da Resolução nº 35/2011 do CETRAN; RESOLVE: Art. 1º Revogar a Resolução nº 35/2011 do Conselho Estadual de Trânsito do Rio Grande do Sul CETAN/RS. Art. 2º Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação. Considerando a Resolução nº 432, de 23 de janeiro de 2013, do CONTRAN, que dispõe sobre os procedimentos a serem adotados pelas autoridades de trânsito e seus agentes na fiscalização do consumo de álcool ou de outra substância psicoativa que determine a dependência, para aplicação do disposto nos arts. 165, 276, 277 e 306 do CTB; Considerando a importância dos vários meios de prova para fiscalização do consumo, pelos condutores de veículos automotores, de bebidas alcoólicas e de outras substâncias psicoativas que determinem a dependência deve ser procedimento operacional rotineiro dos órgãos de trânsito; Considerando que a nova redação do caput do art. 277 do CTB determina que o condutor de veículo automotor envolvido em acidente de trânsito ou que for alvo de fiscalização de trânsito poderá ser submetido a teste, exame clínico, perícia ou outro procedimento que, por meios técnicos ou científicos, na forma disciplinada pelo CONTRAN, permita certificar influência de álcool ou outra substância psicoativa que determine a dependência; DETRAN/RS 7

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 12.760, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2012. Altera a Lei n o 9.503, de 23 de setembro de 1997, que institui o Código de Trânsito Brasileiro.

Leia mais

Legislação de Trânsito

Legislação de Trânsito Legislação de Trânsito LEI SECA Professor: Leandro Macedo www.acasadoconcurseiro.com.br Legislação de Trânsito LEI SECA INFRAÇÕES ADMINISTRATIVAS NO CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO As infrações administrativas

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 432, DE 23 DE JANEIRO DE 2013.

RESOLUÇÃO Nº 432, DE 23 DE JANEIRO DE 2013. RESOLUÇÃO Nº 432, DE 23 DE JANEIRO DE 2013. Dispõe sobre os procedimentos a serem adotados pelas autoridades de trânsito e seus agentes na fiscalização do consumo de álcool ou de outra substância psicoativa

Leia mais

CONDUÇÃO SOB INFLUÊNCIA DE ÁLCOOL EXCLUSÃO DE COBERTURA

CONDUÇÃO SOB INFLUÊNCIA DE ÁLCOOL EXCLUSÃO DE COBERTURA CONDUÇÃO SOB INFLUÊNCIA DE ÁLCOOL EXCLUSÃO DE COBERTURA Contrato de Seguro QUALQUER QUANTIDADE DE ÁLCOOL NEXO CAUSAL Perda de Direitos Contrato de seguro Contrato de seguro EXAME DE SANGUE BAFÔMETRO EXAME

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2009 (Do Sr. HUGO LEAL)

PROJETO DE LEI Nº, DE 2009 (Do Sr. HUGO LEAL) PROJETO DE LEI Nº, DE 2009 (Do Sr. HUGO LEAL) Altera a Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997, que institui o Código de Trânsito Brasileiro, estabelecendo que também a concentração de álcool por litro

Leia mais

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM TÉCNICAS PARA FISCALIZAÇÃO DO USO DE ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS NO TRÂNSITO BRASILEIRO. Instrutor Hellison

CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM TÉCNICAS PARA FISCALIZAÇÃO DO USO DE ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS NO TRÂNSITO BRASILEIRO. Instrutor Hellison CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM TÉCNICAS PARA FISCALIZAÇÃO DO USO DE ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS NO TRÂNSITO BRASILEIRO Instrutor Hellison LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO APLICADA À FISCALIZAÇÃO DO USO DE ÁLCOOL E OUTRAS

Leia mais

08 ANOS DE LEI SECA (LEI Nº /2008) ANÁLISE DO CRIME DE EMBRIAGUEZ NO TRÂNSITO

08 ANOS DE LEI SECA (LEI Nº /2008) ANÁLISE DO CRIME DE EMBRIAGUEZ NO TRÂNSITO 08 ANOS DE LEI SECA (LEI Nº 11.705/2008) ANÁLISE DO CRIME DE EMBRIAGUEZ NO TRÂNSITO Art. 306. Conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada EM RAZÃO DA INFLUÊNCIA de álcool ou DE OUTRA

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS

CÂMARA DOS DEPUTADOS CÂMARA DOS DEPUTADOS GABINETE DA DEPUTADA KEIKO OTA PROJETO DE LEI Nº, DE 2013 (Da Sra. Keiko Ota) Altera artigos da Lei nº 9.503/97 que institui o Código Nacional de Trânsito Brasileiro e dá outras providências.

Leia mais

DICAS E EXERCÍCIOS LEI 9.503/97 - CRIMES DE TRÂNSITO (ART. 291 AO 312 DO CTB) PCGO-2016 PROF: PAULO SÉRGIO

DICAS E EXERCÍCIOS LEI 9.503/97 - CRIMES DE TRÂNSITO (ART. 291 AO 312 DO CTB) PCGO-2016 PROF: PAULO SÉRGIO DICAS E EXERCÍCIOS LEI 9.503/97 - CRIMES DE TRÂNSITO (ART. 291 AO 312 DO CTB) PCGO-2016 PROF: PAULO SÉRGIO QUESTÃO 01 (PROVA PRF 2008 CESPE/UNB) De acordo com o CTB e acerca das ações penais por crimes

Leia mais

10.7 LEI A L T E R A Ç Ã O. Marcelo Dullius Saturnino 10ª edição Alteração

10.7 LEI A L T E R A Ç Ã O. Marcelo Dullius Saturnino  10ª edição Alteração A L T E R A Ç Ã O 10.7 LEI 12.760 A t u a l i z a d o e m 0 1 / 0 1 / 1 3 Marcelo Dullius Saturnino www.bizuario.com 10ª edição Alteração 10.7 1 516-91 165 Dirigir sob a influência de ÁLCOOL RESPONS NAT

Leia mais

Lei nº , de 19 de Junho de 2008

Lei nº , de 19 de Junho de 2008 Lei nº 11.705, de 19 de Junho de 2008 Altera a Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997, que 'institui o Código de Trânsito Brasileiro', e a Lei nº 9.294, de 15 de julho de 1996, que dispõe sobre as restrições

Leia mais

DELIBERAÇÃO Nº 145, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2015

DELIBERAÇÃO Nº 145, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2015 DELIBERAÇÃO Nº 145, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2015 Altera a Resolução CONTRAN nº 425, de 27 de novembro de 2012, que dispõe sobre o exame de aptidão física e mental, a avaliação psicológica e o credenciamento

Leia mais

Dirigir sob a influência de ÁLCOOL

Dirigir sob a influência de ÁLCOOL 516-91 165 Dirigir sob a influência de ÁLCOOL RESPONS NAT PTS VALOR PENALIDADES MEDIDAS ADMINISTRATIVAS condutor gravíss 7 1915,38 OUTROS TÓPICOS RELACIONADOS - art. 276, 277 e 306 do CTB; - Res. 109/00

Leia mais

Alterações na legislação de trânsito sobre álcool e direção

Alterações na legislação de trânsito sobre álcool e direção Alterações na legislação de trânsito sobre álcool e direção Na última sexta-feira (20) foram publicados no Diário Oficial da União a Lei 11.705 e o Decreto 6.488. As medidas tratam, entre outras questões,

Leia mais

MINISTÉRIO DAS CIDADES CONSELHO NACIONAL DE TRÂNSITO RESOLUÇÃO Nº 206 DE 20 DE OUTUBRO DE 2006

MINISTÉRIO DAS CIDADES CONSELHO NACIONAL DE TRÂNSITO RESOLUÇÃO Nº 206 DE 20 DE OUTUBRO DE 2006 MINISTÉRIO DAS CIDADES CONSELHO NACIONAL DE TRÂNSITO RESOLUÇÃO Nº 206 DE 20 DE OUTUBRO DE 2006 Dispõe sobre os requisitos necessários para constatar o consumo de álcool, substância entorpecente, tóxica

Leia mais

DELIBERAÇÃO CETRAN/MS/Nº 050/06

DELIBERAÇÃO CETRAN/MS/Nº 050/06 DELIBERAÇÃO CETRAN/MS/Nº 050/06 Estabelece critérios que deverão ser observados pelos órgãos de fiscalização e Agentes de Autoridades de Trânsito, nos casos de recusa do condutor, suspeito de dirigir sob

Leia mais

- Considerando a Lei Federal Nº 9.503/ Código de Trânsito Brasileiro;

- Considerando a Lei Federal Nº 9.503/ Código de Trânsito Brasileiro; PORTARIA N. 1587 DE 13 DE OUTUBRO DE 2016. Altera dispositivos na Portaria DETRAN Nº 1.981/2008. O DIRETOR GERAL DO DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO - DETRAN/BA, no uso das atribuições que lhe são conferidas

Leia mais

LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO

LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO OBJETIVO Ser aprovado no Concurso do DETRAN-RS 2013 Das Infrações (art. 161 a 255) CASO PRÁTICO: João Infrator da Silva dirige seu automóvel Chevette, ano 1982, com películas muito

Leia mais

A lei de alcoolemia no Brasil

A lei de alcoolemia no Brasil A lei de alcoolemia no Brasil Introdução Aplicabilidade e consequências administrativas e criminais No Brasil, a primeira menção ao ato de beber e dirigir está no Código de Trânsito do ano de 1941. O artigo

Leia mais

4º Aplica-se aos animais recolhidos na forma do inciso X o disposto nos arts. 271 e 328, no que couber. Art O veículo poderá ser retido nos

4º Aplica-se aos animais recolhidos na forma do inciso X o disposto nos arts. 271 e 328, no que couber. Art O veículo poderá ser retido nos 4º Aplica-se aos animais recolhidos na forma do inciso X o disposto nos arts. 271 e 328, no que couber. Art. 270. O veículo poderá ser retido nos casos expressos neste Código. 1º Quando a irregularidade

Leia mais

MEDIDAS ADMINISTRATIVAS. Instrutor: Sgt: Macedo

MEDIDAS ADMINISTRATIVAS. Instrutor: Sgt: Macedo MEDIDAS ADMINISTRATIVAS Instrutor: Sgt: Macedo MEDIDAS ADMINISTRATIVAS DO CTB Art. 269. Autoridade de trânsito ou seus agentes Medidas administrativas Retenção do veículo Remoção do veículo Recolhimento

Leia mais

11. A Carteira Nacional de Habilitação, expedida na vigência do Código anterior, será substituída por ocasião do vencimento do prazo para revalidação

11. A Carteira Nacional de Habilitação, expedida na vigência do Código anterior, será substituída por ocasião do vencimento do prazo para revalidação 11. A Carteira Nacional de Habilitação, expedida na vigência do Código anterior, será substituída por ocasião do vencimento do prazo para revalidação do exame de aptidão física e mental, ressalvados os

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 1.588, DE 2011 (Do Sr. Jilmar Tatto)

PROJETO DE LEI N.º 1.588, DE 2011 (Do Sr. Jilmar Tatto) CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 1.588, DE 2011 (Do Sr. Jilmar Tatto) Altera a Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997, que institui o Código de Trânsito Brasileiro, para dispor sobre pontuação

Leia mais

Uso de Câmeras de Videomonitoramento para Autuação de Infrações de Trânsito: Aspectos Tecnológicos e Legais

Uso de Câmeras de Videomonitoramento para Autuação de Infrações de Trânsito: Aspectos Tecnológicos e Legais Uso de Câmeras de Videomonitoramento para Autuação de Infrações de Trânsito: Aspectos Tecnológicos e Legais RICARDO ALVES DA SILVA Tenente Coronel - PMSC Conceito de Auto de Infração Trata-se de um ato

Leia mais

Legislação de Trânsito

Legislação de Trânsito Legislação de Trânsito Regulamentação do Candidato ou Condutor Estrangeiro Professor Leandro Macedo www.acasadoconcurseiro.com.br Legislação de Trânsito RESOLUÇÕES DO CONTRAN - RESOLUÇÃO nº 193/06 REGULAMENTAÇÃO

Leia mais

CRIMES DE TRÂNSITO EM ESPÉCIE LEI 9.503/97

CRIMES DE TRÂNSITO EM ESPÉCIE LEI 9.503/97 CRIMES DE TRÂNSITO EM ESPÉCIE LEI 9.503/97 CRIME CTB PENA AUMENTO DA PENA 1/3 A ½ Art. 302 Homicídio culposo Art. 303 Lesão corporal culposa Art. 304 Omissão de socorro Detenção, 2 a 4 anos e meses a 2

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 637, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2016.

RESOLUÇÃO Nº 637, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2016. RESOLUÇÃO Nº 637, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2016. Dispõe sobre a organização e o funcionamento do Registro Nacional de Infrações de Trânsito RENAINF, de que trata o inciso XXX do art. 19 do Código de Trânsito

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Explicando a Lei Seca de Trânsito (Lei 11.705/2008) Alessandro Buarque Couto * A recente Lei Federal nº 11.705, de 19 de junho de 2008 (conversão da Medida Provisória nº 415/2008),

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 89, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2011

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 89, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2011 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 89, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2011 Estabelece procedimentos para apreensão e guarda de documentos, livros, materiais, equipamentos e assemelhados por Auditor-Fiscal do Trabalho e aprova

Leia mais

A atual sistemática no tratamento jurídico oferecido ao crime de embriaguez na condução de veículo automotor em face dos princípios penais.

A atual sistemática no tratamento jurídico oferecido ao crime de embriaguez na condução de veículo automotor em face dos princípios penais. A atual sistemática no tratamento jurídico oferecido ao crime de embriaguez na condução de veículo automotor em face dos princípios penais. Fábio Fernandes Chaim. Mestrando em Direito Penal pela Pontifícia

Leia mais

LEI Nº 9.503, DE 23 DE SETEMBRO DE 1997

LEI Nº 9.503, DE 23 DE SETEMBRO DE 1997 LEI Nº 9.503, DE 23 DE SETEMBRO DE 1997 Institui o Código de Trânsito Brasileiro. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: CAPÍTULO XIX DOS CRIMES

Leia mais

CAPÍTULO XVI DAS PENALIDADES

CAPÍTULO XVI DAS PENALIDADES CAPÍTULO XVI DAS PENALIDADES Art. 256. A autoridade de trânsito, na esfera das competências estabelecidas neste Código e dentro de sua circunscrição, deverá aplicar, às infrações nele previstas, as seguintes

Leia mais

INSCRIÇÃO EXERCE ATIVIDADE REMUNERADA NO CAMPO OBSERVAÇÃO DA CNH

INSCRIÇÃO EXERCE ATIVIDADE REMUNERADA NO CAMPO OBSERVAÇÃO DA CNH INSCRIÇÃO EXERCE ATIVIDADE REMUNERADA NO CAMPO OBSERVAÇÃO DA CNH 01. DA CONSULTA A empresa MBR CONSULTORIA EM TRANSPORTES E LOGÍSTICA, apresentou ao Senhor Diretor do DETRAN consulta, formulando os seguintes

Leia mais

RESOLUÇÃO nº 45/2011

RESOLUÇÃO nº 45/2011 RESOLUÇÃO nº 45/2011 Dispõe sobre o Estacionamento Rotativo pago nas vias municipais e dá outras providências. O Conselho Estadual de Trânsito do Rio Grande do Sul CETRAN RS, no uso das atribuições que

Leia mais

LEI Nº 9.503, DE 23 DE SETEMBRO DE 1997.

LEI Nº 9.503, DE 23 DE SETEMBRO DE 1997. LEI Nº 9.503, DE 23 DE SETEMBRO DE 1997. CAPÍTULOXV DAS INFRAÇÕES Art. 161. Constitui infração de trânsito a inobservância de qualquer preceito deste Código, da legislação complementar ou das resoluções

Leia mais

Legislação Penal Código de Trânsito Organizações Criminosas

Legislação Penal Código de Trânsito Organizações Criminosas Direito Penal Legislação Penal Código de Trânsito Organizações Criminosas Código de Trânsito Lei n. 9.503/97 CTB traz diversos dispositivos, na grande maioria, de natureza extrapenal. Regulamenta o trânsito,

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Lei 11.705/08: o crime (?) do "novo" artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro e a sua retroatividade Flávio Augusto Oliveira Karam Júnior * Recentemente, entrou em vigor a Lei

Leia mais

APREENSÃO DO VEÍCULO REVOGAÇÃO DA PENALIDADE

APREENSÃO DO VEÍCULO REVOGAÇÃO DA PENALIDADE PRINCIPAIS ALTERAÇÕES TRAZIDAS PELA LEI 13.281/16 EM VIGOR A PARTIR DE 01-11-2016 (COM EXCEÇÃO DOS DISPOSITIVOS QUE REQUEREM REGULAMENTAÇÃO DO CONTRAN) ALTERAÇÕES ABORDADAS Neste artigo, você vai encontrar

Leia mais

PORTARIA Nº 72, DE 12 DE MAIO DE 2017

PORTARIA Nº 72, DE 12 DE MAIO DE 2017 PORTARIA Nº 72, DE 12 DE MAIO DE 2017 Altera a Portaria DENATRAN nº 15, de 18 de janeiro de 2016. O DIRETOR DO DEPARTAMENTO NACIONAL DE TRÂNSITO - DENATRAN, no uso das atribuições que lhe foram conferidas

Leia mais

RESOLUÇÃO N 248 DE 27 DE AGOSTO DE 2007

RESOLUÇÃO N 248 DE 27 DE AGOSTO DE 2007 RESOLUÇÃO N 248 DE 27 DE AGOSTO DE 2007 Dispõe sobre a autuação, notificação e aplicação de penalidades nos casos de infrações cometidas por pessoas físicas ou jurídicas sem a utilização de veículos, expressamente

Leia mais

SUGESTÃO Nº 119, DE 2014

SUGESTÃO Nº 119, DE 2014 COMISSÃO DE LEGISLAÇÃO PARTICIPATIVA SUGESTÃO Nº 119, DE 2014 Sugere Projeto de Lei que trata da alteração do artigo 162, incisos I e II, do Código de Trânsito Brasileiro CTB. Autor: Associação Nacional

Leia mais

EDSON CARAM, DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE OPERAÇÃO DO SISTEMA VIÁRIO - DSV, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei e,

EDSON CARAM, DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE OPERAÇÃO DO SISTEMA VIÁRIO - DSV, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei e, PORTARIA N.º 66/17- DSV.GAB. EDSON CARAM, DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE OPERAÇÃO DO SISTEMA VIÁRIO - DSV, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei e, CONSIDERANDO a Lei nº 13.146, de 6 de julho

Leia mais

CAPÍTULO 2 Perícia médico-legal e seus peritos

CAPÍTULO 2 Perícia médico-legal e seus peritos CAPÍTULO 2 Perícia médico-legal e seus peritos Perícia é o conjunto de procedimentos técnicos, com base científica, realizado por pessoa qualificada para tal, chamada perito. Tem por finalidade provar

Leia mais

Palavras-chave: Embriaguez ao Volante. Infração Administrativa. Código de Trânsito Brasileiro.

Palavras-chave: Embriaguez ao Volante. Infração Administrativa. Código de Trânsito Brasileiro. CONFLITOS PRINCIPIOLÓGICOS E A EDIÇÃO DA LEI Nº 12.760/2012 1 Maximino Valerius 2 RESUMO: O presente trabalho tem como objetivo principal o estudo sobre a alteração da infração administrativa de embriaguez

Leia mais

PORTARIA RFB Nº 1454, DE 29 DE SETEMBRO DE 2016 (Publicado(a) no DOU de 30/09/2016, seção 1, pág. 59)

PORTARIA RFB Nº 1454, DE 29 DE SETEMBRO DE 2016 (Publicado(a) no DOU de 30/09/2016, seção 1, pág. 59) PORTARIA RFB Nº 1454, DE 29 DE SETEMBRO DE 2016 (Publicado(a) no DOU de 30/09/2016, seção 1, pág. 59) Altera a Portaria RFB nº 1.098, de 8 de agosto de 2013, que dispõe sobre atos administrativos no âmbito

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N o 7 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2007 Dispõe sobre o registro de empresas de trabalho temporário. O Secretário de Relações do Trabalho

INSTRUÇÃO NORMATIVA N o 7 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2007 Dispõe sobre o registro de empresas de trabalho temporário. O Secretário de Relações do Trabalho INSTRUÇÃO NORMATIVA N o 7 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2007 Dispõe sobre o registro de empresas de trabalho temporário. O Secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego, no uso da atribuição

Leia mais

RESOLUÇÃO CONTRAM Nº 157, DE 22 DE ABRIL DE 2004 DOU DE

RESOLUÇÃO CONTRAM Nº 157, DE 22 DE ABRIL DE 2004 DOU DE RESOLUÇÃO CONTRAM Nº 157, DE 22 DE ABRIL DE 2004 DOU DE 07-05-2004. Fixa especificações para os extintores de incêndio, equipamento de uso obrigatório nos veículos automotores, elétricos, reboque e semi-reboque,

Leia mais

INFRAÇÕES e PENALIDADES

INFRAÇÕES e PENALIDADES INFRAÇÕES e PENALIDADES 1. INFRAÇÃO DE TRÂNSITO - inobservância (desobediência) a qualquer preceito da Legislação de Trânsito, do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), das Resoluções do CONTRAN e Regulamentações

Leia mais

FATORES QUE MOTIVAMOS ACIDENTES DE TRÂNSITO E AS MUDANÇAS LEGISLATIVAS TRAZIDAS PELA LEI /2012 (LEI SECA)

FATORES QUE MOTIVAMOS ACIDENTES DE TRÂNSITO E AS MUDANÇAS LEGISLATIVAS TRAZIDAS PELA LEI /2012 (LEI SECA) FATORES QUE MOTIVAMOS ACIDENTES DE TRÂNSITO E AS MUDANÇAS LEGISLATIVAS TRAZIDAS PELA LEI 12.760/2012 (LEI SECA) RESUMO Wanessa Araújo Cavalcante 1 Karen Caroline de Lima Leite 2 Marcelo Alves P. Eufrásio

Leia mais

Dados da Pesquisa Nacional de Saúde ( MS _ IBGE) reforçam necessidade de cuidados com bebida e direção.

Dados da Pesquisa Nacional de Saúde ( MS _ IBGE) reforçam necessidade de cuidados com bebida e direção. Dados da Pesquisa Nacional de Saúde ( MS _ IBGE) reforçam necessidade de cuidados com bebida e direção. Segundo o levantamento, 24,3% dos motoristas afirmam que assumem a direção do veículo após ter consumido

Leia mais

ANTEVENDO O FUTURO E PROTEGENDO SEU CAIXA!!!

ANTEVENDO O FUTURO E PROTEGENDO SEU CAIXA!!! ANTEVENDO O FUTURO E PROTEGENDO SEU CAIXA!!! ESCRITÓRIOS: Porto Real (24) 3353-4054 Quatis (24)3353-6444 SITE: WWW.JJR.SRV.BR - VISITE-NOS TEMOS NOVIDADES. E-MAIL: CONTATO@JJR.SRV.BR A JJR SERVIÇOS tem

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DA CASA CIVIL DEPARTAMENTO DE TRÂNSITO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EDITAL Nº 001/2012

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DA CASA CIVIL DEPARTAMENTO DE TRÂNSITO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EDITAL Nº 001/2012 EDITAL Nº 001/2012 DISPÕE SOBRE A PRORROGAÇÃO DO PRAZO DE INSCRIÇÕES DO CONCURSO PÚBLICO PARA O PROVIMENTO DE CARGOS EFETIVOS, DE NÍVEL SUPERIOR, PERTENCENTES À PARTE PERMANENTE DO QUADRO DE PESSOAL DO

Leia mais

SENADO FEDERAL GABINETE do Senador Aloysio Nunes Ferreira PARECER Nº, DE Relator: Senador ALOYSIO NUNES FERREIRA

SENADO FEDERAL GABINETE do Senador Aloysio Nunes Ferreira PARECER Nº, DE Relator: Senador ALOYSIO NUNES FERREIRA PARECER Nº, DE 2015 Da COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, sobre o Projeto de Lei da Câmara (PLC) nº 144, de 2015, da Deputada Keiko Ota, que altera dispositivos da Lei nº 9.503, de 23 de setembro

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 806, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2016.

LEI COMPLEMENTAR Nº 806, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2016. LEI COMPLEMENTAR Nº 806, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2016. Dispõe sobre a realização de inspeção predial em edificações no Município de Porto Alegre. O PREFEITO MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE Faço saber que a Câmara

Leia mais

LEI Nº 9.017, DE 30 DE MARÇO DE 1995

LEI Nº 9.017, DE 30 DE MARÇO DE 1995 LEI Nº 9.017, DE 30 DE MARÇO DE 1995 Estabelece normas de controle e fiscalização sobre produtos e insumos químicos que possam ser destinados à elaboração da cocaína em suas diversas formas e de outras

Leia mais

Considerando que nenhum veículo poderá transitar nas vias terrestres abertas à circulação pública sem que ofereça as condições mínimas de segurança;

Considerando que nenhum veículo poderá transitar nas vias terrestres abertas à circulação pública sem que ofereça as condições mínimas de segurança; RESOLUÇÃO CONTRAN Nº 667, de 18/05/2017 Estabelece as características e especificações técnicas dos sistemas de sinalização, iluminação e seus dispositivos aplicáveis a automóveis, camionetas, utilitários,

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 1, DE 23 DE FEVEREIRO DE 2015

INSTRUÇÃO NORMATIVA N 1, DE 23 DE FEVEREIRO DE 2015 INSTRUÇÃO NORMATIVA N 1, DE 23 DE FEVEREIRO DE 2015 A PRESIDENTE DO INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS - IBAMA, nomeada por Decreto de 5 de maio de 2015, publicado

Leia mais

Decreto de Balneário Camboriú nº 4464 de 03 de agosto de 2006

Decreto de Balneário Camboriú nº 4464 de 03 de agosto de 2006 "DISPÕE SOBRE O ESTACIONAMENTO REGULAMENTADO DE VEÍCULO - ESTAR BALNEÁRIO CAMBORIÚ, NO ÂMBITO DESTE MUNICÍPIO, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS". O Prefeito Municipal de Balneário Camboriú, Estado de Santa Catarina,

Leia mais

Marcelo Dullius Saturnino www.bizuario.com 13ª edição 2 0 1 5 239

Marcelo Dullius Saturnino www.bizuario.com 13ª edição 2 0 1 5 239 3.4 - Gravar imagens ou áudio a) Conforme o 2º do art. 277 do CTB, a infração prevista no art. 165 também poderá ser caracterizada mediante imagem, vídeo, constatação de sinais que indiquem, na forma disciplinada

Leia mais

SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO PORTARIA Nº 416, DE 22 DE JANEIRO DE 2014

SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO PORTARIA Nº 416, DE 22 DE JANEIRO DE 2014 SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO PORTARIA Nº 416, DE 22 DE JANEIRO DE 2014 Institui o Grupo Especial de Fiscalização do Trabalho em Transportes - GETRAC. O SECRETÁRIO DE INSPEÇÃO DO TRABALHO, no uso

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Breves considerações sobre a Lei nº 11.705/08 A questão da embriaguez ao volante e os testes de alcoolemia José Luiz Joveli* Lamentavelmente, mais uma vez, nosso legislador se equivoca

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO

DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO Prezados (as) Senhores (as), Para conhecimento, reproduzimos informações de diversas fontes, referentes à área de Segurança, Saúde e Medicina no Trabalho. INFORMATIVO 006-17 PORTARIA MTB N.º 790 - RETIFICAÇÃO

Leia mais

c Publicada no DOU de

c Publicada no DOU de RESOLUÇÃO DO CONTRAN N o 363, DE 28 DE OUTUBRO DE 2010 Dispõe sobre padronização dos procedimentos administrativos na lavratura de auto de infração, na expedição de notificação de autuação e de notificação

Leia mais

GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 981, DE 21 DE MAIO DE 2014

GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 981, DE 21 DE MAIO DE 2014 GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 981, DE 21 DE MAIO DE 2014 Altera, acresce e revoga dispositivos da Portaria nº 199/GM/MS, de 30 de janeiro de 2014, que institui a Política Nacional de Atenção Integral

Leia mais

RELATÓRIO ESTATÍSTICO DA OPERAÇÃO LEI SECA, JANEIRO a FEVEREIRO DE 2015

RELATÓRIO ESTATÍSTICO DA OPERAÇÃO LEI SECA, JANEIRO a FEVEREIRO DE 2015 GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO E FISCALIZAÇÃO SETOR DE ESTATÍSTICA RELATÓRIO ESTATÍSTICO DA OPERAÇÃO LEI SECA, JANEIRO a FEVEREIRO

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 479, DE 2015

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 479, DE 2015 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 479, DE 2015 Altera a Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997, que institui o Código de Trânsito Brasileiro, para obrigar, no caso de placas ilegalmente duplicadas, a emissão

Leia mais

CONSELHO ESTADUAL DE TRÂNSITO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CETRAN-RJ. Fórum FETRANSPOR de Segurança no Trânsito

CONSELHO ESTADUAL DE TRÂNSITO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CETRAN-RJ. Fórum FETRANSPOR de Segurança no Trânsito CONSELHO ESTADUAL DE TRÂNSITO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CETRAN-RJ Fórum FETRANSPOR de Segurança no Trânsito CONSELHO ESTADUAL DE TRÂNSITO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CETRAN-RJ O Código de Trânsito Brasileiro

Leia mais

Instrução Normativa n º 1, de 23 de fevereiro de 2016.

Instrução Normativa n º 1, de 23 de fevereiro de 2016. Instrução Normativa n º 1, de 23 de fevereiro de 2016. Esta Instrução Normativa estabelece os procedimentos para o licenciamento e a regularização ambiental de Instalações Radiativas a serem realizados

Leia mais

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO PROJETO DE LEI N o 1.036, DE 2007 Dispõe sobre a profissão de Instrutor de Formação de Condutores de Veículos Automotores ora denominado de Instrutor

Leia mais

A PROVA NA EMBRIAGUEZ AO VOLANTE

A PROVA NA EMBRIAGUEZ AO VOLANTE Michele Duarte Amaral 1 Walter Francisco Sampaio Filho 2 RESUMO O trabalho versará sobre a dificuldade de a autoridade policial produzir provas no crime previsto no artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro,

Leia mais

POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DELEGACIA GERAL DE POLÍCIA DR. MAURÍCIO GUIMARÃES PEREIRA Portaria DGP-38, de Dá nova disciplina ao Sistema Ethos,

POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DELEGACIA GERAL DE POLÍCIA DR. MAURÍCIO GUIMARÃES PEREIRA Portaria DGP-38, de Dá nova disciplina ao Sistema Ethos, POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DELEGACIA GERAL DE POLÍCIA DR. MAURÍCIO GUIMARÃES PEREIRA Portaria DGP-38, de 01-11-2013 Dá nova disciplina ao Sistema Ethos, visando à comprovação de idoneidade e conduta escorreita,

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2011 Assunto: Utilização de veículos oficiais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2011 Assunto: Utilização de veículos oficiais SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Caxias do Sul INSTRUÇÃO

Leia mais

Infraestrutura: A Adequada utilização da Malha Rodoviária Brasileira

Infraestrutura: A Adequada utilização da Malha Rodoviária Brasileira Infraestrutura: A Adequada utilização da Malha Rodoviária Brasileira Pesagem, em movimento, de veículos que transportam cargas líquidas Local: São Paulo/SP Data: 06/11/2013 Expositores: Eng. Paulo de Tarso

Leia mais

Conselho Regional de Educação Física 11ª Região Mato Grosso do Sul e Mato Grosso

Conselho Regional de Educação Física 11ª Região Mato Grosso do Sul e Mato Grosso Resolução CREF11/MS-MT nº 124/2013. Campo Grande /MS, 02 de dezembro de 2013. VERSÃO ALTERADA PELA RESOLUÇÃO Nº 132/2014 Dispõe sobre a atuação da fiscalização, tabela de infrações, penalidades, aplicação

Leia mais

COMISSÃO DE VIAÇÃO ETRANSPORTES PROJETO DE LEI Nº DE 2015.

COMISSÃO DE VIAÇÃO ETRANSPORTES PROJETO DE LEI Nº DE 2015. COMISSÃO DE VIAÇÃO ETRANSPORTES PROJETO DE LEI Nº 3.340 DE 2015. Proíbe a fiscalização por meio do registrador de velocidade do tipo móvel - radar móvel. Autor: Deputado Goulart Relatora: Deputada Christiane

Leia mais

DECRETO Nº , DE 13 DE MARÇO DE

DECRETO Nº , DE 13 DE MARÇO DE DECRETO Nº 22.787, DE 13 DE MARÇO DE 2002 1 Dispõe sobre a regulamentação do Conselho de Recursos Hídricos do Distrito Federal e dá outras providências. O GOVERNADOR DO DISTRITO FEDERAL, no uso das atribuições

Leia mais

RESOLUÇÃO ANP Nº 8, DE DOU

RESOLUÇÃO ANP Nº 8, DE DOU AGÊNCIA NACIONAL DO PETRÓLEO, GÁS NATURAL E BIOCOMBUSTÍVEIS RESOLUÇÃO ANP Nº 8, DE 9.2.2011 - DOU 10.2.2011 O DIRETOR-GERAL da AGÊNCIA NACIONAL DO PETRÓLEO, GÁS NATURAL E BIOCOMBUSTÍVEIS - ANP, no uso

Leia mais

RESOLUÇÃO N. 090 de 25 de Janeiro de Dispõe sobre valores sobre a multa e aplicação da mesma.

RESOLUÇÃO N. 090 de 25 de Janeiro de Dispõe sobre valores sobre a multa e aplicação da mesma. RESOLUÇÃO N. 090 de 25 de Janeiro de 2015. Dispõe sobre valores sobre a multa e aplicação da mesma. O Presidente do, no uso de suas atribuições estatutárias, conforme dispões os incisos II e IX no Artigo

Leia mais

1) do termo final do período de apuração;

1) do termo final do período de apuração; RESOLUÇÃO NO 2.554, DE 17 DE AGOSTO DE 1994 (MG de 18 e ret. em 25) REVOGADA PELA RESOLUÇÃO Nº 2.880/97 Trata da atualização monetária dos créditos tributários do Estado, da cobrança de juros de mora,

Leia mais

DECRETO N.º DE 29 DE DEZEMBRO DE 2004

DECRETO N.º DE 29 DE DEZEMBRO DE 2004 DECRETO N.º 24986 DE 29 DE DEZEMBRO DE 2004 Dispõe sobre o funcionamento dos fornos crematórios da concessionária e das permissionárias de cemitérios do Município do Rio de Janeiro. O PREFEITO DA CIDADE

Leia mais

PORTARIA Nº 123 DE 16 DE JUNHO DE 2017

PORTARIA Nº 123 DE 16 DE JUNHO DE 2017 PORTARIA Nº DE 6 DE JUNHO DE 07 Define os valores a serem cobrados pelo acesso aos dados dos sistemas e subsistemas informatizados do Departamento Nacional de Trânsito DENATRAN, e dá outras providências.

Leia mais

Portaria MTE nº 40, de 14/1/ DOU 1 de 17/1/2011

Portaria MTE nº 40, de 14/1/ DOU 1 de 17/1/2011 Portaria MTE nº 40, de 14/1/2010 - DOU 1 de 17/1/2011 Disciplina os procedimentos relativos aos embargos e interdições. O Ministro de Estado do Trabalho e Emprego, no uso da atribuição conferida pelo art.

Leia mais

MEIOS DE PROVA DO DELITO DE EMBRIAGUEZ NO CTB RESUMO

MEIOS DE PROVA DO DELITO DE EMBRIAGUEZ NO CTB RESUMO MEIOS DE PROVA DO DELITO DE EMBRIAGUEZ NO CTB Tiago Ribeiro 1 RESUMO O objetivo geral do presente trabalho tem como finalidade trazer os meios de comprovação da embriaguez nos delitos de trânsito. Passa-se

Leia mais

CONSIDERANDO o que consta no processo nº / ; resolve:

CONSIDERANDO o que consta no processo nº / ; resolve: O PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE TRÂNSITO, ad referendum do CONTRAN, no uso das atribuições que lhe foram conferidas pelo inciso I, do artigo 12, da Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997, que instituiu

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 047/2009

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 047/2009 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 047/2009 Aprova o Regulamento de Registro de Diplomas na Universidade de Taubaté. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº R- 023/2009, aprovou e eu promulgo

Leia mais

PORTARIA VEP 001 DE 14 DE MARÇO DE 2017

PORTARIA VEP 001 DE 14 DE MARÇO DE 2017 PORTARIA 001 DE 14 DE MARÇO DE 2017 Dispõe sobre o calendário e os requisitos para o gozo das Saídas Temporárias no ano de 2017, no âmbito do sistema penitenciário do Distrito Federal. A Doutora LEILA

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº INSTRUÇÃO Nº CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL

RESOLUÇÃO Nº INSTRUÇÃO Nº CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL RESOLUÇÃO Nº 23.396 INSTRUÇÃO Nº 958-26.2013.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL Relator: Ministro Dias Toffoli Interessado: Tribunal Superior Eleitoral Dispõe sobre a apuração de crimes eleitorais.

Leia mais

PROJETO DE LEI DA CÂMARA Nº, DE 2006 ( Do Sr. José Roberto Arruda )

PROJETO DE LEI DA CÂMARA Nº, DE 2006 ( Do Sr. José Roberto Arruda ) PROJETO DE LEI DA CÂMARA Nº, DE 2006 ( Do Sr. José Roberto Arruda ) Página 1 de 5 Dispõe sobre a legislação de trânsito e dá outras providências. Art. 1.º Esta lei acrescenta dispositivos à Lei nº 9.503,

Leia mais

PORTARIA 97/13 DSV/SMT

PORTARIA 97/13 DSV/SMT PORTARIA 97/13 DSV/SMT de 27 de setembro de 2013 O DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE OPERAÇÃO DO SISTEMA VIÁRIO DSV, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei, Considerando o disposto nos artigos

Leia mais

RESOLUÇÃO CGPC Nº 08, DE 19 DE FEVEREIRO DE 2004.

RESOLUÇÃO CGPC Nº 08, DE 19 DE FEVEREIRO DE 2004. RESOLUÇÃO CGPC Nº 08, DE 19 DE FEVEREIRO DE 2004. Dispõe sobre normas procedimentais para a formalização de processos de estatutos, regulamentos de plano de benefícios, convênios de adesão e suas alterações.

Leia mais

A Assembleia Legislativa do Estado do Tocantins aprovou e eu, seu Presidente, promulgo a seguinte Resolução:

A Assembleia Legislativa do Estado do Tocantins aprovou e eu, seu Presidente, promulgo a seguinte Resolução: RESOLUÇÃO Nº 312, DE 1º DE ABRIL DE 2014. Publicada no Diário da Assembleia nº 2.095 Dispõe sobre a organização da Diretoria da Polícia Legislativa da Assembleia Legislativa do Tocantins e dá outras providências.

Leia mais

Lei 9.503/97 Mário Luiz Sarrubbo 2016

Lei 9.503/97 Mário Luiz Sarrubbo 2016 Lei 9.503/97 Mário Luiz Sarrubbo 2016 O Trânsito XX Roma: Julio César Adriano fenômeno típico do século Leonardo da Vinci e a solução para o aumento do trânsito Século XVI Brasil: A Província de São Paulo

Leia mais

Fiscalização de Produtos Perigosos Recolhimento de CIV e CIPP. FISCALIZAÇÃO e ACIDENTES. NP Nº CPRv-005 (revisada Dez/14)

Fiscalização de Produtos Perigosos Recolhimento de CIV e CIPP. FISCALIZAÇÃO e ACIDENTES. NP Nº CPRv-005 (revisada Dez/14) Comando de Policiamento Fiscalização de Produtos Perigosos Recolhimento de CIV e CIPP. FISCALIZAÇÃO e ACIDENTES NP Nº CPRv-005 (revisada Dez/14) Observações: Elaborar (01) um ARD para cada documento a

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº INSTRUÇÃO Nº CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL

RESOLUÇÃO Nº INSTRUÇÃO Nº CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL RESOLUÇÃO Nº 23.363 INSTRUÇÃO Nº 1160-71.2011.6.00.0000 CLASSE 19 BRASÍLIA DISTRITO FEDERAL Relator: Ministro Arnaldo Versiani Interessado: Tribunal Superior Eleitoral Dispõe sobre a apuração de crimes

Leia mais

Fundo Especial de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento das Atividades de Fiscalização (FUNDAF)

Fundo Especial de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento das Atividades de Fiscalização (FUNDAF) Fundo Especial de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento das Atividades de Fiscalização (FUNDAF) Coletânea de Instruções Normativas (Versão Histórica) Versão 1.0 - Setembro de 2002 Atualizada até a Instrução

Leia mais

Departamentos de Fiscalização da profissão nos CRMs - Resolução: 1613 de 07/02/2001 *****

Departamentos de Fiscalização da profissão nos CRMs - Resolução: 1613 de 07/02/2001 ***** Departamentos de Fiscalização da profissão nos CRMs - Resolução: 1613 de 07/02/2001 ***** Ementa: Determina aos Conselhos Regionais de Medicina que criem Departamentos de Fiscalização da profissão de médico

Leia mais

Prefeitura de Júlio de Castilhos

Prefeitura de Júlio de Castilhos DECRETO Nº 6.012 DE 15 DE JANEIRO DE 2016 Regulamenta a Lei 3.112 de 16 de outubro de 2013 que dispõe sobre o exercício das atividades de mototáxi e motofrete no município de Júlio de Castilhos e da outras

Leia mais

Portaria 99, de 1º de junho de Considerando o que consta do processo administrativo nº / , resolve:

Portaria 99, de 1º de junho de Considerando o que consta do processo administrativo nº / , resolve: Portaria 99, de 1º de junho de 2017 Estabelece os requisitos técnicos, especificações e condições para homologação de sistema informatizado (software) do Talão Eletrônico, e regulamenta o procedimento

Leia mais

RESOLUÇÃO RP CRMMG nº 286/2007

RESOLUÇÃO RP CRMMG nº 286/2007 RESOLUÇÃO RP CRMMG nº 286/2007 O CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE MINAS GERAIS, no uso das atribuições que lhe confere a Lei 3.268/57 e Decreto 44.045/58; e CONSIDERANDO a Resolução CFM nº 1.634/2002,

Leia mais

REQUERIMENTO Nº, de 2009 (Do Sr. Hugo Leal)

REQUERIMENTO Nº, de 2009 (Do Sr. Hugo Leal) REQUERIMENTO Nº, de 2009 (Do Sr. Hugo Leal) Requer o envio de Indicação ao Ministério das Cidades, sugerindo que o Departamento Nacional de Trânsito DENATRAN e o seu representante no Conselho Nacional

Leia mais