DIA 20 DE NOVEMBRO DIA NACIONAL DA CONSCIÊNCIA NEGRA ATIVIDADE 1: NOSSA HERANÇA NEGRA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DIA 20 DE NOVEMBRO DIA NACIONAL DA CONSCIÊNCIA NEGRA ATIVIDADE 1: NOSSA HERANÇA NEGRA"

Transcrição

1 DIA 20 DE NOVEMBRO DIA NACIONAL DA CONSCIÊNCIA NEGRA Jogar Capoeira ou Danse de la guerre. Quadro de Johann Moritz Rugendas, ATIVIDADE 1: NOSSA HERANÇA NEGRA 1. RESUMO DA AÇÃO 1.1 Proposta Pesquisar as diversas contribuições africanas para a cultura brasileira, como culinária, música, religião, costumes, língua, etc. As descobertas serão compartilhadas entre os alunos e apresentadas em painéis, em uma exposição para a escola. 1.2 Cronograma Ajuste esta tabela conforme sua necessidade e indique as datas de cada passo nas colunas das semanas. Passos Semana 1 Semana 2 Semana 3 Semana 4 Semana 5 Semana 6 1. Apresentação e planejamento da ação Contato com direção Articulação com professores 2. Organização da ação com o grupo de professores 3. Realização da ação 1

2 Encontro 1: Apresentação da proposta aos alunos Encontro 2: Compartilhamento da pesquisa e montagem da exposição 4. Divulgação da ação 1.3 Papéis e Responsabilidades O voluntário: propõe, articula, organiza e executa a atividade na escola. A escola: garante o envolvimento dos professores na elaboração da exposição. A família/comunidade: poderá se convidada para visitar a exposição. 2. OBJETIVOS DA ATIVIDADE Resgatar as diversas contribuições africanas para a cultura brasileira, por meio da culinária, música, religião, costumes, língua etc. 3. PÚBLICO RECOMENDADO Esta atividade pode ser realizada com todos os estudantes do Fundamental I e II, com adolescentes do Ensino Médio e alunos do EJA. 4. PASSO-A-PASSO PASSO 1: Apresentação e planejamento da ação ANTES DE MAIS NADA... Entre em contato com a escola e agende uma conversa para a apresentação e planejamento da proposta. Possivelmente, a articulação será encaminhada com a coordenação pedagógica, que poderá indicar as turmas mais adequadas para a atividade. No dia da primeira reunião de articulação é importante estar preparado. Para isso, é fundamental: Levar a proposta por escrito para a instituição; Definir o período e o espaço para as ações; Pedir autorização para filmar e/ou fotografar a atividade. Nesta atividade é desejável a participação de professores que se identifiquem com a iniciativa. Após a adesão dos docentes, envolva-os em todos os passos previstos na atividade. 2

3 PASSO 2: Organização da ação Agende um bate papo com os professores para discutir a proposta e o cronograma. Aproveite também para levantar possíveis contribuições deles para a atividade. Explique que o objetivo é organizar uma exposição sobre as diversas contribuições africanas para a cultura brasileira, por meio da culinária, música, religião, costumes, língua, etc. Saliente que o levantamento poderá contar com a consulta a grupos negros locais, caso eles existam. Referências para a pesquisa Junto com os professores, faça uma lista das pessoas e locais que poderão ser contatados, além de sites e livros recomendados para a pesquisa bibliográfica. Para garantir, é importante que você indique algumas fontes. Veja abaixo algumas referências que podem ser somadas ao seu levantamento: Coleção A Cor da Cultura: Modos de ver, sentir, interagir, fazer e brincar: Alimentação afro-brasileira: Materiais para a montagem da exposição Descubra se existe a possibilidade dos alunos realizarem impressões coloridas do material que será pesquisado. Se for difícil para a escola e/ou alunos a realização das impressões, veja se existe a possibilidade de fazê-las em seu trabalho ou com o apoio de outros voluntários. Materiais de baixo custo, como cartolina e cola, poderão ser fornecidos pela escola, bem como o material de fixação da exposição (fitas dupla face ou outra), conforme preferência e rotina da instituição. Não se esqueça de solicitá-los. Local, período da mostra e convidados Defina com a coordenação onde a mostra ficará e por quanto tempo. Dependendo do local e do período, a família e a comunidade poderão ser convidadas para visitar a exposição. Sugira à coordenação que os convide. Cronograma A ação ocorrerá em dois encontros, conforme orientação abaixo. Defina com os professores como as turmas serão divididas e as datas para a realização da atividade. PASSO 3: Realização da ação Encontro 1 Apresentação da proposta aos alunos No encontro com os alunos, conte que será realizada uma investigação sobre a influência dos negros em nossos costumes, motivada pela comemoração do Dia Nacional da Consciência Negra. Compartilhe a origem da data, utilizando as informações do documento Informações e Reflexões, disponíveis no site do PEB. Após a apresentação, conforme combinado com o professor, realize a divisão dos grupos. 3

4 Explique aos alunos que é uma pesquisa a ser feita entre as pessoas que eles conhecem, mas também na internet e em livros da biblioteca da escola ou da cidade. Oriente os alunos a trazerem suas pesquisas no segundo encontro e deixe claro que o material se transformará em painéis. Portanto, é importante ter definidas as estratégias para impressão ou desenho das imagens. Alunos do Ensino Fundamental I e dos primeiros anos do Fundamental II não apresentarão resistência quanto à produção de desenhos, mas talvez os mais velhos apresentem. Mesmo assim, investigue se existem alunos que sabem/gostam de desenhar. Nesses casos, combine com o professor para que oriente os alunos a fazerem os desenhos em casa, antes do segundo encontro. No caso dos materiais que serão impressos, explique se as imagens poderão ser impressas na sala de informática e/ou se deverão ser trazidas pelos próprios alunos. Se a única possibilidade for a impressão no seu trabalho ou com a ajuda de voluntários, articule com os professores e alunos a entrega dos materiais para você, valorizando, desta forma, a pesquisa deles. Dê as orientações necessárias para isso. Combine a data do segundo encontro (previamente acordada com o professor) e explique que será fundamental que cada grupo traga, impresso ou desenhado, o material que descobriu e selecionou; ou que o enviem em tempo hábil para que você o imprima. Caso as famílias dos alunos tenham possibilidade, também poderão ser trazidas peças de artesanato ou, até mesmo, quitutes de influência africana para degustação em sala. Entre o primeiro e o segundo encontro é desejável que o professor oriente e acompanhe os alunos na pesquisa e elaboração do material. Encontro 2 Compartilhamento da pesquisa e montagem da exposição No segundo encontro, pelo menos um representante de cada grupo deverá apresentar o que pesquisou. A dupla voluntário/professor deve incentivar o compartilhamento das informações e estabelecer relações entre o que os grupos pesquisaram e apresentaram. A exposição poderá ser fixada no final da atividade ou posteriormente, se o tempo não permitir. Neste momento, o mais importante é garantir que todos compartilhem a pesquisa e produzam o material a ser exposto. 4

5 PASSO 4: Divulgação da atividade Posteriormente, a iniciativa poderá ser matéria no jornal interno, informativo ou blog da instituição. Não se esqueça de publicar a atividade no site do PEB, registrando inclusive os resultados da experiência. Para isso, basta criar uma Ação Voluntária dentro da Ação Mãe. 5. ATIVIDADE COMPLEMENTAR EXPOSIÇÃO DE OBJETOS A escola poderá incentivar todas as turmas a pesquisarem as influências da cultura africana em objetos do nosso cotidiano. Os objetos que forem encontrados em casa ou nas casas de amigos poderão ser exibidos para complementar a exposição realizada pelas turmas envolvidas nesta atividade. Mesmo que sejam poucos objetos, essa é uma forma de engajar a escola inteira no debate da data comemorativa. 5

ATIVIDADE: NOSSA HERANÇA NEGRA

ATIVIDADE: NOSSA HERANÇA NEGRA ATIVIDADE: NOSSA HERANÇA NEGRA 1. PASSO-A-PASSO DA AÇÃO 1.1 PROPOSTA Pesquisar as diversas contribuições africanas para a cultura brasileira, como culinária, música, religião, costumes, língua, etc. As

Leia mais

ATIVIDADE 1: LINHA DO TEMPO

ATIVIDADE 1: LINHA DO TEMPO ATIVIDADE 1: LINHA DO TEMPO 1. PASSO-A-PASSO DA AÇÃO 1.1 PROPOSTA Organizar uma linha do tempo com nomes e/ou fotos dos diretores da escola, desde sua fundação. 1.2 CRONOGRAMA Ajuste esta tabela conforme

Leia mais

NATAL E ANO NOVO ATIVIDADE: ARRECADAÇÃO DE LIVROS DIDÁTICOS PARA REUTILIZAÇÃO

NATAL E ANO NOVO ATIVIDADE: ARRECADAÇÃO DE LIVROS DIDÁTICOS PARA REUTILIZAÇÃO ATIVIDADE: ARRECADAÇÃO DE LIVROS DIDÁTICOS PARA REUTILIZAÇÃO 1. PASSO-A-PASSO DA AÇÃO 1.1 PROPOSTA Campanha para arrecadação de livros didáticos que possam ser reutilizados pelos alunos no próximo ano.

Leia mais

15/11: PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA ATIVIDADE 1: VÁRIAS FORMAS DE CONTAR A HISTÓRIA

15/11: PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA ATIVIDADE 1: VÁRIAS FORMAS DE CONTAR A HISTÓRIA 15/11: PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA ATIVIDADE 1: VÁRIAS FORMAS DE CONTAR A HISTÓRIA 1. PASSO-A-PASSO DA AÇÃO 1.1 PROPOSTA Os voluntários deverão escolher vários vídeos no Youtube sobre a Proclamação da República.

Leia mais

15 DE MARÇO DIA DA ESCOLA ATIVIDADE: DIA DA TROCA DE SABERES

15 DE MARÇO DIA DA ESCOLA ATIVIDADE: DIA DA TROCA DE SABERES 15 DE MARÇO DIA DA ESCOLA ATIVIDADE: DIA DA TROCA DE SABERES 1. PASSO-A-PASSO DA AÇÃO 1.1 PROPOSTA Cada um de nós possui conhecimentos: conhecimentos domésticos, conhecimentos intelectuais, conhecimentos

Leia mais

ATIVIDADE 1: DIA DOS ALUNOS VOLUNTÁRIOS

ATIVIDADE 1: DIA DOS ALUNOS VOLUNTÁRIOS ATIVIDADE 1: DIA DOS ALUNOS VOLUNTÁRIOS 1. PASSO-A-PASSO DA AÇÃO 1.1 PROPOSTA Promover uma conversa com os alunos sobre o voluntariado no Brasil e no Mundo e convidá-los para uma ação de voluntariado na

Leia mais

CALENDÁRIO 2014 MATERIAIS COMPLEMENTARES DIA 1 DE AGOSTO DIA DO ESTUDANTE

CALENDÁRIO 2014 MATERIAIS COMPLEMENTARES DIA 1 DE AGOSTO DIA DO ESTUDANTE DIA 1 DE AGOSTO DIA DO ESTUDANTE ATIVIDADE 1: GINCANA ESTUDANTIL 1. RESUMO DA AÇÃO 1.1 Proposta Organizar uma gincana para que os estudantes de diferentes salas possam participar e competir, com provas

Leia mais

ATIVIDADE: RODA DE HISTÓRIAS AFRICANAS

ATIVIDADE: RODA DE HISTÓRIAS AFRICANAS CALENDÁRIO 201 ATIVIDADE: RODA DE HISTÓRIAS AFRICANAS 1. PASSO-A-PASSO DA AÇÃO 1.1 PROPOSTA Promover uma roda de histórias africanas com a leitura de livros disponibilizados pelo Programa Nacional da Biblioteca

Leia mais

01/08: DIA DO ESTUDANTE ATIVIDADE 1: GINCANA ESTUDANTIL

01/08: DIA DO ESTUDANTE ATIVIDADE 1: GINCANA ESTUDANTIL ATIVIDADE 1: GINCANA ESTUDANTIL 1. PASSO-A-PASSO DA AÇÃO 1.1 PROPOSTA Organizar uma gincana para que os estudantes de diferentes salas possam participar e competir, com provas de conhecimentos gerais,

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2010/01 Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. DISCIPLINA: METODOLOGIA DA PESQUISA PROFESSOR: JULIANA FERRARI DE OLIVEIRA TURMA: 3BM

Leia mais

Atividades executadas durante o mês de Janeiro:

Atividades executadas durante o mês de Janeiro: INSTITUTO NOROESTE DE BIRIGUI RELATÓRIO PEDAGÓGICO REFERENTE AO MÊS DE JANEIRO DE 2016 Atividades executadas durante o mês de Janeiro: EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL I Atendimento a pais (novas

Leia mais

Universidade de São Paulo

Universidade de São Paulo Universidade de São Paulo Escola de Artes, Ciências e Humanidades Bacharelado em Gestão de Políticas Públicas Coordenação do Trabalho de Conclusão de Curso Normas Gerais para Trabalho de Conclusão de Curso

Leia mais

PROJETO TUTOR UNIVERSITÁRIO. 1. Objetivo e escopo do projeto-piloto

PROJETO TUTOR UNIVERSITÁRIO. 1. Objetivo e escopo do projeto-piloto PROJETO TUTOR UNIVERSITÁRIO 1. Objetivo e escopo do projeto-piloto O Tutor Universitário é um programa-piloto proposto pelo Fórum das Entidades Representantes do Ensino Superior, para desenvolver o conhecimento

Leia mais

A Organização do Trabalho de Pedagógico na Forma de Projetos

A Organização do Trabalho de Pedagógico na Forma de Projetos A Organização do Trabalho de Pedagógico na Forma de Projetos Marcos Cordiolli 1 Marcos Cordiolli www.cordiolli.com (41)9962 5010 Marcos Cordiolli é Mestre em Educação, pela PUC-SP. Professor de cursos

Leia mais

EDUCAÇÃO DO SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO EDUSESC Módulo de Educação e Cultura MEC Ensino Médio

EDUCAÇÃO DO SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO EDUSESC Módulo de Educação e Cultura MEC Ensino Médio EDUCAÇÃO DO SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO EDUSESC Módulo de Educação e Cultura MEC Ensino Médio TRABALHO DE INVESTIGAÇÃO FONTES DE ENERGIA ALTERNATIVA Prof. Diones Charles Física 2 2º ano A Taguatinga, 22

Leia mais

PLANO DE AÇÃO Comissão Própria de Avaliação

PLANO DE AÇÃO Comissão Própria de Avaliação 1 CENTRO EDUCACIONAL VISCONDE DE TAUNAY CEVITA FACULDADES INTEGRADAS DE PARANAÍBA FIPAR COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO PLANO DE AÇÃO Comissão Própria de Avaliação 2010 2 APRESENTAÇÃO O Plano de Ação ora

Leia mais

PIBID 2011 SUBPROJETO LETRAS

PIBID 2011 SUBPROJETO LETRAS PIBID 2011 SUBPROJETO LETRAS PLANOS DE AULAS BOLSISTAS: Jéssica Pereira, Denise Oliveira e Taiana Azevedo DATA DA AULA: 10 /09/2012 AULA No.: 1 PLANO DE AULA CONTEÚDOS: Dinâmica de grupo OBJETIVO GERAL:

Leia mais

Projeto Jogos. A importância de conhecer a história dos Jogos

Projeto Jogos. A importância de conhecer a história dos Jogos Projeto Jogos A importância de conhecer a história dos Jogos Introdução Este projeto consiste em um desenvolvimento de comunicação entre jogos e computadores voltado para entretenimento e aprendizagem.

Leia mais

CHAMADA DE TRABALHOS XI JORNADA CIENTÍFICA DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA (JORNAP)

CHAMADA DE TRABALHOS XI JORNADA CIENTÍFICA DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA (JORNAP) Edital 01/2017 CHAMADA DE TRABALHOS XI JORNADA CIENTÍFICA DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA (JORNAP) A Comissão Organizadora da XI Jornada Científica de Administração Pública (JORNAP) convida estudantes de graduação

Leia mais

JANEIRO EXTERNATO DO PARQUE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013/2014. Local. Data Ações a desenvolver Turmas envolvidas 6 jan. Início do 2º período

JANEIRO EXTERNATO DO PARQUE PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2013/2014. Local. Data Ações a desenvolver Turmas envolvidas 6 jan. Início do 2º período JANEIRO Turmas envolvidas 6 jan. Início do 2º período Receção dos alunos e diálogo sobre as férias de Natal Elaboração de um texto sobre as mesmas Prof./Educ. e Responsáveis Dia de Reis Comemoração desta

Leia mais

MÓDULO 3 - CONTAR HISTÓRIAS COMO RECURSO PEDAGÓGICO E SENSIBILIZAÇÃO DE. Competências a serem Desenvolvidas:

MÓDULO 3 - CONTAR HISTÓRIAS COMO RECURSO PEDAGÓGICO E SENSIBILIZAÇÃO DE. Competências a serem Desenvolvidas: MÓDULO 3 - CONTAR HISTÓRIAS COMO RECURSO PEDAGÓGICO E SENSIBILIZAÇÃO DE EDUCADORES: INCLUSÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIAS Competências a serem Desenvolvidas: O participante desenvolve o recurso de contar

Leia mais

Abordagem Construtivista da alfabetização. Aula de 02/05/2010

Abordagem Construtivista da alfabetização. Aula de 02/05/2010 Abordagem Construtivista da alfabetização Aula de 02/05/2010 Dicas práticas para o planejamento do trabalho 1. LEIA EM VOZ ALTA TODOS OS DIAS... Textos literários: contos tradicionais, histórias contemporâneas,

Leia mais

Como publicar páginas Web no GoogleSites

Como publicar páginas Web no GoogleSites 1 Curso de Formação de Professores em Tecnologia de Informação e de Comunicação Acessível PASSO 1 ACESSE O ENDEREÇO DO GOOGLE SITES Como publicar páginas Web no GoogleSites Ao criar sua conta no Gmail,

Leia mais

TRABALHOS AVALIATIVOS DO 5º ANO

TRABALHOS AVALIATIVOS DO 5º ANO TRABALHOS AVALIATIVOS DO 5º ANO 1 Trabalho de História: Título do trabalho: Impeachment Data da entrega: 20/05/2016 Material a ser realizado o trabalho: Papel almaço Sabemos que estamos passando por uma

Leia mais

GUIA DO PROFESSOR SHOW ATÔMICO

GUIA DO PROFESSOR SHOW ATÔMICO Conteúdos: Tempo: Objetivos: Descrição: Produções Relacionadas: Modelos atômico Uma aula de 50 minutos SHOW ATÔMICO Apresentar a evolução dos modelos atômicos até o aceito atualmente. Filósofos e cientistas

Leia mais

Perspectivas de reestruturação do Ensino Médio no Brasil: a visão do Conselho Nacional dos Secretários Estaduais de Educação CONSED

Perspectivas de reestruturação do Ensino Médio no Brasil: a visão do Conselho Nacional dos Secretários Estaduais de Educação CONSED Perspectivas de reestruturação do Ensino Médio no Brasil: a visão do Conselho Nacional dos Secretários Estaduais de Educação CONSED JULIO GREGÓRIO FILHO SECRETARIO DE EDUCAÇÃO DF Como o CONSED vem atuando

Leia mais

APÊNDICE II. 1.4 ÁREA E SUB-ÁREA DO CONHECIMENTO - CNPq (vide site

APÊNDICE II. 1.4 ÁREA E SUB-ÁREA DO CONHECIMENTO - CNPq (vide site APÊNDICE II PROJETO DE PESQUISA CICLO 2016/2017 Código: (Para uso da coordenação de iniciação científica) 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1 TÍTULO: 1.2 ANO LETIVO: 1.3 SEMESTRE: 1.4 ÁREA E SUB-ÁREA DO CONHECIMENTO

Leia mais

Regulamento de Trabalho de Conclusão de Curso - TCC

Regulamento de Trabalho de Conclusão de Curso - TCC Aprovações CONSEPE 2004-01 de 15/20/20014 CONSU 2008-01 de 02/04/2008 CONSU 2010-01 de 25/03/2010 CONSU 2010-052 de 13/12/2010 CONSU 2013-17 de 26/09/2013 Regulamento de Trabalho de Conclusão de Curso

Leia mais

Configuração do Agenda para administradores

Configuração do Agenda para administradores Configuração do Agenda para administradores Neste guia 1. de compartilhamento de agendas 2. Importar sua agenda antiga 3. e outros recursos 4. Configurar recursos empresariais básicos Você precisará de:

Leia mais

ANEXO II - PROJETO EXEMPLO CONCURSO GURI CONSCIENTE POLOS CENTRO DE INTERNAÇÃO DA FUNDAÇÃO CASA

ANEXO II - PROJETO EXEMPLO CONCURSO GURI CONSCIENTE POLOS CENTRO DE INTERNAÇÃO DA FUNDAÇÃO CASA ANEXO II - PROJETO EXEMPLO CONCURSO GURI CONSCIENTE POLOS CENTRO DE INTERNAÇÃO DA FUNDAÇÃO CASA Visando auxiliar os alunos a ter ideias, esclarecer dúvidas e na elaboração do projeto que os representará

Leia mais

EDITAL CEET Nº 001/2016 3ª FEIRA DE CURSOS DO CEET TALMO LUIZ SILVA

EDITAL CEET Nº 001/2016 3ª FEIRA DE CURSOS DO CEET TALMO LUIZ SILVA EDITAL CEET Nº 001/2016 3ª FEIRA DE CURSOS DO CEET TALMO LUIZ SILVA O CEET Talmo Luiz Silva torna público o presente Edital de inscrição de projetos de alunos a serem avaliados e expostos na 3ª Feira de

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL ERNESTO SOLON BORGES. Turmas- 1º e 2º A Ano Matutino Número de alunos: 50

ESCOLA ESTADUAL ERNESTO SOLON BORGES. Turmas- 1º e 2º A Ano Matutino Número de alunos: 50 ESCOLA ESTADUAL ERNESTO SOLON BORGES 1) IDENTIFICAÇÃO Tema: Consciência Negra Turmas- 1º e 2º A Ano Matutino Número de alunos: 50 Professora: Vagna Luiz Rossales da Silva Cidade: Bandeirantes Estado: MS

Leia mais

ALUNO DIGITAL Formação para Estudantes Monitores do PROUCA Ensino Fundamental 6º, 7º e 8º 30 horas Erechim, maio de 2014.

ALUNO DIGITAL Formação para Estudantes Monitores do PROUCA Ensino Fundamental 6º, 7º e 8º 30 horas Erechim, maio de 2014. ALUNO DIGITAL Formação para Estudantes Monitores do PROUCA Ensino Fundamental 6º, 7º e 8º 30 horas Erechim, maio de 2014. Prefeitura de Erechim Prefeito Paulo Alfredo Polis Vice-Prefeita Ana Lúcia de Oliveira

Leia mais

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 5 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

PLANO DE CURSO DISCIPLINA:História ÁREA DE ENSINO: Fundamental I SÉRIE/ANO: 5 ANO DESCRITORES CONTEÚDOS SUGESTÕES DE PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS UNIDADE 1 COLÔNIA PLANO DE CURSO VIVER NO BRASIL *Identificar os agentes de ocupação das bandeiras *Conhecer e valorizar a história da capoeira *Analisar a exploração da Mata Atlântica *Compreender a administração

Leia mais

CRONOGRAMA DE ESTUDOS PREPARATÓRIO ESQUEMATIZADO ONLINE OAB/FGV - 1ª FASE

CRONOGRAMA DE ESTUDOS PREPARATÓRIO ESQUEMATIZADO ONLINE OAB/FGV - 1ª FASE Na primeira semana a idéia é trabalhar com apenas 04 aulas por dia, para que haja adaptação ao sistema de estudos. Nas semanas seguintes, serão, em média, 08 aulas por dia, valendo lembrar que as aulas

Leia mais

UNIFLOR E PREFEITURA DE MATUPÁ: JUNTOS NUMA JORNADA DE CIDADANIA

UNIFLOR E PREFEITURA DE MATUPÁ: JUNTOS NUMA JORNADA DE CIDADANIA UNIFLOR E PREFEITURA DE MATUPÁ: JUNTOS NUMA JORNADA DE CIDADANIA Guarantã do Norte 2013 DADOS DE IDENTIFICAÇÃO IES: Faculdade de Ciências Sociais de Guarantã do Norte PARCERIA: Prefeitura Municipal de

Leia mais

CPA. Comissão Própria de Avaliação

CPA. Comissão Própria de Avaliação CPA Comissão Própria de Avaliação CPA O espelho da instituição A Avaliação reflete os sentidos, sentimentos e percepções. A consciência é requisito básico para garantir a veracidade do diagnóstico. CPA

Leia mais

8ª Série Datas de Provas e Trabalhos 3º Trimestre. Turma 81

8ª Série Datas de Provas e Trabalhos 3º Trimestre. Turma 81 8ª Série Datas de Provas e s 3º Trimestre Turma 81 Filosofia 24/09 Elaboração do Vídeo no Laboratório de Informática. Conclusão da Entrevista (mais informações na área de Estudos Curta Justiça T.81 e 82)

Leia mais

Programa de Desenvolvimento Sustentável da Escola (PDSE) Instituto Brasil Solidário

Programa de Desenvolvimento Sustentável da Escola (PDSE) Instituto Brasil Solidário Apresentação Neste ano, sua escola e comunidade receberão diversas atividades com a chegada do Programa de Desenvolvimento Sustentável da Escola (PDSE) no seu município, com o Instituto Brasil Solidário

Leia mais

Biblioteca de Escola Secundária/3ºC de Vendas Novas. Plano de acção Nota introdutória

Biblioteca de Escola Secundária/3ºC de Vendas Novas. Plano de acção Nota introdutória Biblioteca de Escola Secundária/3ºC de Vendas Novas Plano de acção 2009-2013 Nota introdutória O plano de acção é um documento orientador onde se conceptualizam e descrevem as metas a atingir num período

Leia mais

E.E Zumbi dos Palmares. Jaraguari MS/2012. Professor Gerenciador: Luzia Bento Soares. Turmas: Alunos do Ensino Fundamental.

E.E Zumbi dos Palmares. Jaraguari MS/2012. Professor Gerenciador: Luzia Bento Soares. Turmas: Alunos do Ensino Fundamental. E.E Zumbi dos Palmares. Jaraguari MS/2012. Professor Gerenciador: Luzia Bento Soares. Turmas: Alunos do Ensino Fundamental. Inserir: Numero de alunos envolvidos (aproximado) Professores envolvidos Projeto:

Leia mais

INFANTIL I 9/02/2012

INFANTIL I 9/02/2012 INFANTIL I 9/02/2012 Roda Inicial Momento de troca de informações, novidades, calendário, rotina, ajudantes... Roda final Leitura de história e avaliação do dia. Bosque e Parque Acontecem todos os dias,

Leia mais

REGIMENTO DA DISCIPLINA CE078 LABORATÓRIO DE ESTATÍSTICA DO CURSO DE ESTATÍSTICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

REGIMENTO DA DISCIPLINA CE078 LABORATÓRIO DE ESTATÍSTICA DO CURSO DE ESTATÍSTICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ REGIMENTO DA DISCIPLINA CE078 LABORATÓRIO DE ESTATÍSTICA DO CURSO DE ESTATÍSTICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Os alunos do Curso de Estatística da UFPR regularmente matriculados na disciplina CE078

Leia mais

Videoconferência Apresentação do Projeto Aventuras Currículo+ aos Diretores Escolares CETEC/CGEB. 23/03/ h30 17h30

Videoconferência Apresentação do Projeto Aventuras Currículo+ aos Diretores Escolares CETEC/CGEB. 23/03/ h30 17h30 Videoconferência Apresentação do Projeto Aventuras Currículo+ aos Diretores Escolares CETEC/CGEB 23/03/2015 15h30 17h30 Roteiro 1. Apresentação: Projeto Aventuras Currículo+ 2. Apresentação: diretrizes

Leia mais

O Maior Tesouro da Humanidade

O Maior Tesouro da Humanidade elaboração: Tatiana Pita Mestre em Educação pela PUC (SP) O Maior Tesouro da Humanidade escrito por ilustrado por Patrícia Engel Secco Fábio Sgroi 2 O prazer da leitura Ler é um exercício de voar sem sair

Leia mais

Planejando e Conduzindo Retiros

Planejando e Conduzindo Retiros Planejando e Conduzindo Retiros Objetivos: Oferecer informações sobre retiros aos líderes Leões Oferecer aos líderes Leões um modelo de agenda e sugestões para os retiros Organização: Este documento está

Leia mais

TCC Trabalho de Conclusão de Curso Engenharia Civil Coordenação: Profa. Tatiana Jucá

TCC Trabalho de Conclusão de Curso Engenharia Civil Coordenação: Profa. Tatiana Jucá TCC Trabalho de Conclusão de Curso Engenharia Civil 2016-1 Coordenação: Profa. Tatiana Jucá 2/54 Pauta de hoje Apresentação da equipe de coordenação de TCC Datas importantes e documentação válida para

Leia mais

ESTÁGIO PROFISSIONAL EM TREINAMENTO ESPORTIVO A

ESTÁGIO PROFISSIONAL EM TREINAMENTO ESPORTIVO A ESTÁGIO PROFISSIONAL EM TREINAMENTO ESPORTIVO A É ofertado no 7º semestre, compreende uma carga horária de 120 horas, totalizando 8 créditos, conforme as normas específicas para a realização do referido

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO REGULAMENTO DAS DISCIPLINAS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM ADMINISTRAÇÃO I A, II A E TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO REGULAMENTO DAS DISCIPLINAS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM ADMINISTRAÇÃO I A, II A E TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC CURSO DE ADMINISTRAÇÃO REGULAMENTO DAS DISCIPLINAS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM ADMINISTRAÇÃO I A, II A E TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC 2013 1 CURSO DE ADMINISTRAÇÃO REGULAMENTO DAS DISCIPLINAS DE

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO

ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO INTRODUÇÃO As diferentes unidades que compõem o conjunto de cadernos, visam desenvolver práticas de ensino de matemática que favoreçam as aprendizagens dos alunos. A

Leia mais

EDITAL REGRAS PARA A DISCIPLINA TCC ORIENTAÇÃO

EDITAL REGRAS PARA A DISCIPLINA TCC ORIENTAÇÃO EDITAL REGRAS PARA A DISCIPLINA TCC ORIENTAÇÃO Para o pleno funcionamento da disciplina TCC ORIENTAÇÃO e a articulação necessária entre professores orientadores, Coordenação do Curso de Arquitetura e Urbanismo

Leia mais

o que é? Resgatar um conteúdo trabalhado em sala de aula, por meio de novas aplicações ou exercícios

o que é? Resgatar um conteúdo trabalhado em sala de aula, por meio de novas aplicações ou exercícios lição de casa F1 o que é? É um recurso didático que o professor propõe aos alunos para potencializar a relação dele com o objeto de conhecimento. A lição pode ter vários objetivos: Resgatar um conteúdo

Leia mais

INSTITUTO NOROESTE DE BIRIGUI RELATÓRIO PEDAGÓGICO E ADMINISTRATIVO REFERENTE AO MÊS DE FEVEREIRO DE 2014

INSTITUTO NOROESTE DE BIRIGUI RELATÓRIO PEDAGÓGICO E ADMINISTRATIVO REFERENTE AO MÊS DE FEVEREIRO DE 2014 INSTITUTO NOROESTE DE BIRIGUI RELATÓRIO PEDAGÓGICO E ADMINISTRATIVO REFERENTE AO MÊS DE FEVEREIRO DE 2014 EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL I Acompanhamento do curso de capacitação da Mind Lab (15

Leia mais

LOLA. Looking for Likely Alternatives. CARTAS PEDAGÓGICAS PASSO-A-PASSO Um processo didáctico para abordar a pesquisa de inovação social sustentável

LOLA. Looking for Likely Alternatives. CARTAS PEDAGÓGICAS PASSO-A-PASSO Um processo didáctico para abordar a pesquisa de inovação social sustentável LOLA Looking for Likely Alternatives CARTAS PEDAGÓGICAS PASSO-A-PASSO Um processo didáctico para abordar a pesquisa de inovação social sustentável Cartas pedagógicas LOLA passo a passo O LOLA propõe um

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO MANTIDA PELA INSTITUIÇÃO PAULISTA DE ENSINO E CULTURA - IPEC REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO: LICENCIATURA EM PEDAGOGIA TUPÃ SP 2016 LEGISLAÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO ESTÁGIO

Leia mais

CONSERVATÓRIO DE MÚSICA CALOUSTE GULBENKIAN DE BRAGA

CONSERVATÓRIO DE MÚSICA CALOUSTE GULBENKIAN DE BRAGA CONSERVATÓRIO DE MÚSICA CALOUSTE GULBENKIAN DE BRAGA PLANO DE MELHORIA 2014 / 2016 ÍNDICE Introdução 3 Resultados da Avaliação Externa 4 Ações a contemplar no Plano de Melhoria 5 Conclusão 7 2 Introdução

Leia mais

CAMPUS DO PANTANAL REGULAMENTO DISCIPLINA DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO. Capítulo II. Da Natureza e objetivos do Trabalho de Conclusão de Curso

CAMPUS DO PANTANAL REGULAMENTO DISCIPLINA DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO. Capítulo II. Da Natureza e objetivos do Trabalho de Conclusão de Curso CAMPUS DO PANTANAL REGULAMENTO DISCIPLINA DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Capítulo I Da Natureza e objetivos do Trabalho de Conclusão de Curso Art.1º O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) do curso de

Leia mais

Curso de Produção Multimídia PUC Minas

Curso de Produção Multimídia PUC Minas Curso de Produção Multimídia PUC Minas Orientações gerais para o TEI (Trabalho de Extensão Interdisciplinar) Prof. Artur Martins Mol Marcos para o 1 o semestre/2014 Definição dos grupos: até 28 de fevereiro

Leia mais

Atividades Língua e Ensino I

Atividades Língua e Ensino I Atividades Língua e Ensino I Sondagem Objetivo - verificar a oferta local de LE; Público Alvo Buscar um público não contemplado que pode ser alvo de uma futura proposta de ensino ELE; Temática Um tema

Leia mais

8ª Série Datas de Provas e Trabalhos 3º Trimestre. Turma 81. Filosofia Data Atividade Conteúdo Postado. Língua Inglesa Data Atividade Conteúdo Postado

8ª Série Datas de Provas e Trabalhos 3º Trimestre. Turma 81. Filosofia Data Atividade Conteúdo Postado. Língua Inglesa Data Atividade Conteúdo Postado 8ª Série Datas de Provas e Trabalhos 3º Trimestre Turma 81 Filosofia 24/09 Elaboração do Conclusão da Entrevista (mais informações na área Vídeo no Laboratório de Informática. de Estudos Curta Justiça

Leia mais

Organização do professor presencial para as atividades do dia. Acolhida do professor presencial e Vivência das Equipes INÍCIO DA TRANSMISSÃO

Organização do professor presencial para as atividades do dia. Acolhida do professor presencial e Vivência das Equipes INÍCIO DA TRANSMISSÃO EJA 4ª etapa Mediação Tecnológica / Ano Letivo: 2014 Componente Curricular: Matemática Professores do Estúdio: Carlos Alberto Batista Bastos e Ageu Pedro de Souza Carga Horária: 200 horas/aula Data: 04/06/2014

Leia mais

O BICHINHO. o bichinho que queria crescer. projeto pedagógico. divulgação escolar (11)

O BICHINHO. o bichinho que queria crescer. projeto pedagógico. divulgação escolar (11) projeto pedagógico o bichinho que queria crescer O BICHINHO TEXTO EM LETRA BASTÃO Rua Tito, 479 Lapa São Paulo SP CEP 05051-000 divulgação escolar (11) 3874-0884 divulga@melhoramentos.com.br www.editoramelhoramentos.com.br

Leia mais

ETAPAS DA PESQUISA CIENTÍFICA (1)

ETAPAS DA PESQUISA CIENTÍFICA (1) ETAPAS DA PESQUISA CIENTÍFICA (1) Prof. Dr. Onofre Miranda (1) ZANELLA, L. C. H. Metodologia da Pesquisa. Florianópolis: SEaD:UFSC, 2006. OBJETIVO(S) GERAL Apresentar as etapas para desenvolvimento de

Leia mais

RECRUTAMENTO INTERNO

RECRUTAMENTO INTERNO RECRUTAMENTO INTERNO Cargo: Assistente de Processos Acadêmicos Setor/Local de Trabalho: GEAD / Cidade Universitária Início: Fevereiro/2015 Horário de Trabalho: Das 09:00 às 18:00 de segunda a sexta-feira

Leia mais

GABINETE DE INFORMAÇÃO E APOIO AO ALUNO (GIAA)

GABINETE DE INFORMAÇÃO E APOIO AO ALUNO (GIAA) Unidade Local de Saúde do Alto Minho, EPE Centro de Saúde de Ponte da Barca Unidade de Cuidados na Comunidade de Ponte da Barca Saúde Escolar Agrupamento de Escolas de Ponte da Barca Escola Básica e Secundária

Leia mais

SEMANA PREPARATIVA PROGRAMAÇÃO

SEMANA PREPARATIVA PROGRAMAÇÃO SEMANA PREPARATIVA Objetivo: Fortalecer a gestão democrática incentivando os alunos na construção de ações da escola principalmente aquelas voltadas para o fortalecimento da Cultura de Paz. Tempo de duração:

Leia mais

Caderno de apoio. Gestores Escolares

Caderno de apoio. Gestores Escolares Caderno de apoio Gestores Escolares 1 ÍNDICE Apresentação... 3 Escola Digital e os Gestores Escolares... 4 AÇÕES DO DIRETOR ESCOLAR Navegue pela plataforma... 4 Analise resultados e escolha projetos pedagógicos...

Leia mais

Agrupamento de Escolas D. António de Ataíde. Projeto. Clube de Ciências. Ano Letivo 2016/2017. Maria de Fátima Fortes

Agrupamento de Escolas D. António de Ataíde. Projeto. Clube de Ciências. Ano Letivo 2016/2017. Maria de Fátima Fortes Agrupamento de Escolas D. António de Ataíde Projeto Clube de Ciências Ano Letivo Maria de Fátima Fortes INTRODUÇÃO Para responder às transformações que ocorrem no mundo, é fundamental que os nossos alunos

Leia mais

Faculdades Integradas de Ponta Porã FIP/MAGSUL

Faculdades Integradas de Ponta Porã FIP/MAGSUL Faculdades Integradas de Ponta Porã FIP/MAGSUL PROJETO DAS FACULDADES FIP/MAGSUL 2011 ( ) ENSINO ( ) PESQUISA ( X ) EXTENSÃO 1. Título: Acompanhamento e divulgação dos preços de produtos sazonais no município

Leia mais

ESCOLA Pe JOÃO UMBERTO SACHET. Dia dos Pais no Pesqueiro Campestre - Campeonato de Pesca

ESCOLA Pe JOÃO UMBERTO SACHET. Dia dos Pais no Pesqueiro Campestre - Campeonato de Pesca ESCOLA Pe JOÃO UMBERTO SACHET Dia dos Pais no Pesqueiro Campestre - Campeonato de Pesca Nova Andradina - MS Agosto - 2010 ESCOLA Pe JOÃO UMBERTO SACHET Dia dos Pais no Pesqueiro Campestre - Campeonato

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO - ANUAL

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO - ANUAL REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO - ANUAL INTRODUÇÃO Entendendo que a formação do aluno não se dá apenas em sala de aula, o Curso de Arquitetura e Urbanismo

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Alcabideche Escola Básica de Alcabideche PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO

Agrupamento de Escolas de Alcabideche Escola Básica de Alcabideche PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO BIBLIOTECA ESCOLAR - ALCABIDECHE E ALTO DA PEÇA - GLOBAL Data Atividades Reuniões entre a Professora Bibliotecária/Coordenadora da Biblioteca Escolar () o Diretor do Agrupamento (DA) e/ou a Coordenadora

Leia mais

DICAS DE PLANEJAMENTO

DICAS DE PLANEJAMENTO DICAS DE PLANEJAMENTO 9/9/2014 www.sescoopsp.coop.br PROGRAMAS E PROJETOS SESCOOP/SP FORMATOS DE ATENDIMENTO Ações descentralizadas São ações solicitadas pelas Cooperativas em seu Planejamento e Replanejamento

Leia mais

Parceria. Iniciativa. Coordenação Técnica. Apoio

Parceria. Iniciativa. Coordenação Técnica. Apoio Apoio Parceria Coordenação Técnica Iniciativa AQUECIMENTO Objetivo principal: Integrar participantes de um grupo e esquentar para o trabalho que se inicia. A História do seu nome Em círculo, todos sentados

Leia mais

Projeto - Agenda 21 na escola

Projeto - Agenda 21 na escola Projeto - Agenda 21 na escola Fonte: istock Tema: Sustentabilidade socioambiental Público alvo O projeto é destinado a todos os alunos e funcionários da escola devendo ser estendido também aos pais e comunidade

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CURSO DE MATEMÁTICA COM ÊNFASE EM INFORMÁTICA DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO LUÍS DE JABOTICABAL SP

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CURSO DE MATEMÁTICA COM ÊNFASE EM INFORMÁTICA DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO LUÍS DE JABOTICABAL SP ANEXO II REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CURSO DE MATEMÁTICA COM ÊNFASE EM INFORMÁTICA DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO LUÍS DE JABOTICABAL SP CAPÍTULO I DA FINALIDADE E OBJETIVOS Art. 1º

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC REGULAMENTO

CURSO DE PEDAGOGIA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC REGULAMENTO CURSO DE PEDAGOGIA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC REGULAMENTO DAS CONDIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Este Regulamento apresenta a definição, os objetivos, a caracterização e a explicitação das condições

Leia mais

Vamos brincar de construir as nossas e outras histórias

Vamos brincar de construir as nossas e outras histórias MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA Vamos brincar de construir as nossas e outras histórias Ano 02

Leia mais

envolve o maior número possível de interessados, na reflexão, na decisão, na execução e na avaliação.

envolve o maior número possível de interessados, na reflexão, na decisão, na execução e na avaliação. Realizar a Campanha para a Evangelização 113 A Campanha para a Evangelização é um programa global dos Organismos Nacionais, do Secretariado Nacional da Conferência dos Bispos do Brasil (CNBB) e das Igrejas

Leia mais

VI SEMINÁRIO NACIONAL DE ENSINO JURÍDICO E FORMAÇÃO DOCENTE Belém-PA 21 a 23 de junho de 2017 CESUPA/UFPA/FGV DIREITO SP/ABEDI

VI SEMINÁRIO NACIONAL DE ENSINO JURÍDICO E FORMAÇÃO DOCENTE Belém-PA 21 a 23 de junho de 2017 CESUPA/UFPA/FGV DIREITO SP/ABEDI VI SEMINÁRIO NACIONAL DE ENSINO JURÍDICO E FORMAÇÃO DOCENTE Belém-PA 21 a 23 de junho de 2017 CESUPA/UFPA/FGV DIREITO SP/ABEDI EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS NOS GRUPOS DE TRABALHO I.

Leia mais

SUGESTÕES DE AVALIAÇÃO

SUGESTÕES DE AVALIAÇÃO UNIDADE 1 EU E OS OUTROS *Perceber a diversidade étnica física e de gênero no seu meio de convivência. *Reconhecer mudanças e permanências nas vivências humanas, presentes na sua realidade e em outras

Leia mais

TRABALHO INTERDISCIPLINAR

TRABALHO INTERDISCIPLINAR TRABALHO INTERDISCIPLINAR 2º semestre 1. TEMA As práticas administrativas nas pequenas e micro empresas e o papel do Administrador, compreendidas pelo processo administrativo (funções universais da administração

Leia mais

PIM. Projeto Integrado Multidisciplinar. (terceiro semestre) COMUNICAÇÃO DIGITAL DESIGN GRÁFICO UNIVERSIDADE PAULISTA

PIM. Projeto Integrado Multidisciplinar. (terceiro semestre) COMUNICAÇÃO DIGITAL DESIGN GRÁFICO UNIVERSIDADE PAULISTA UNIVERSIDADE PAULISTA PIM Projeto Integrado Multidisciplinar (terceiro semestre) COMUNICAÇÃO DIGITAL DESIGN GRÁFICO 2013 1 1. APRESENTAÇÃO DO PROJETO: O PIM, Projeto Integrado Multidisciplinar, é uma atividade

Leia mais

REUNIÃO COM OS EDUCADORES DO 2º SEGMENTO

REUNIÃO COM OS EDUCADORES DO 2º SEGMENTO PREFEITURA MUNICIPAL DE IPATINGA ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO/SEÇÃO DE ENSINO NÃO FORMAL REUNIÃO COM OS EDUCADORES DO 2º SEGMENTO Não é no silêncio que

Leia mais

Movimento: Maio Amarelo

Movimento: Maio Amarelo Movimento: Maio Amarelo 2017 Apresentação O Movimento Maio Amarelo surgiu com a preocupação constante em reduzir acidentes de trânsito, em transformar nossa sociedade em um povo mais fraterno e educado.

Leia mais

MANUAL DO AVALIADOR O

MANUAL DO AVALIADOR O MANUAL DO AVALIADOR O que é uma Feira de Ciência? É uma exposição que divulga os resultados de experimentos ou de levantamentos realizados, com rigor científico, por alunos, sob a orientação de um professor.

Leia mais

Movimento e Cultura da Pop Art: Uma Viagem ao Museu

Movimento e Cultura da Pop Art: Uma Viagem ao Museu Movimento e Cultura da Pop Art: Uma Viagem ao Museu Aline Villela Abbade Débora A. dos Santos Ferreira Julho 2009/01 Apresentação do tema: Começamos a elaborar este projeto levando em consideração que

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ EDITAL 01/2016 SECULT-ARTE/UFC III ENCONTRO DE CULTURA ARTÍSTICA A Secretaria de Cultura Artística da Universidade Federal do Ceará (SECULT-ARTE/UFC) torna pública a abertura de inscrições e estabelece

Leia mais

Publico alvo: alunos do 1º ao 9º ano E.E. Otávio Gonçalves Gomes

Publico alvo: alunos do 1º ao 9º ano E.E. Otávio Gonçalves Gomes Projeto Brasil misturado Duração: 01/11/12 a 30/11/12 Publico alvo: alunos do 1º ao 9º ano E.E. Otávio Gonçalves Gomes Culminância: Dia 30 de novembro Característica: Projeto interdisciplinar, envolvendo

Leia mais

Orientações Educação Infantil e Ensino Fundamental I

Orientações Educação Infantil e Ensino Fundamental I Orientações 2017 Educação Infantil e Ensino Fundamental I Sumário Orientações sobre nosso dia a dia... 5 Saúde e bem-estar... 8 Atividades Especiais... 9 Reuniões...10 Orientações sobre nosso dia a dia

Leia mais

Modelo para Elaboração de Projetos

Modelo para Elaboração de Projetos Modelo para Elaboração de Projetos A reflexão sobre o que é um projeto e quais as suas utilidades são perguntas que podem disparar um bom planejamento em qualquer tema. Assim, para formalizar a organização

Leia mais

CICLO jun a 3jul Mostre aos Revendedores como aproveitar as oportunidades deste período.

CICLO jun a 3jul Mostre aos Revendedores como aproveitar as oportunidades deste período. CICLO 08 13jun a 3jul 2016 Mostre aos Revendedores como aproveitar as oportunidades deste período. MANUAL DE MONTAGEM KIT DE AMBIENTAÇÃO DO ENCONTRO CICLO 08 OLÁ, SUPERVISORA DE CAMPO! TUDO BEM COM VOCÊ?

Leia mais

Atividades executadas durante o mês de Maio

Atividades executadas durante o mês de Maio RELATÓRIO PEDAGÓGICO REFERENTE AO MÊS DE MAIO DE 2016 Atividades executadas durante o mês de Maio EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL I Acompanhamento e orientação do processo pedagógico. Acompanhamento

Leia mais

REUNIÃO DE PAIS 5ª SÉRIE Compromisso Família e Escola

REUNIÃO DE PAIS 5ª SÉRIE Compromisso Família e Escola REUNIÃO DE PAIS 5ª SÉRIE Compromisso Família e Escola Projeto Educativo Buscamos integrar rigor científico, excelência acadêmica, formação cristã, cultura da solidariedade e da paz, sensibilidade estética,

Leia mais

7. ROTEIRO DE ENTREVISTA DIREÇÃO OU COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA DAS ESCOLAS

7. ROTEIRO DE ENTREVISTA DIREÇÃO OU COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA DAS ESCOLAS 7. ROTEIRO DE ENTREVISTA DIREÇÃO OU COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA DAS ESCOLAS Parte I Identificação e controle da entrevista 1. Data Dia Mês Ano 2. Articulador(a) 3. Nome da Escola 4. Nível (s) de ensino ofertado(s)

Leia mais

CHAMAMENTO PÚBLICO 2017

CHAMAMENTO PÚBLICO 2017 CHAMAMENTO PÚBLICO 2017 A Associação Projeto Brasileiro de Dança - APBD e a Companhia de Danças de Diadema, contempladas pelo ProAC Programa de Ação Cultural da Secretaria de Estado da Cultura de SP e

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 4ª Série Produção Gráfica CST Produção Multimídia A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio

Leia mais

PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016

PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016 PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016 Tema: Gratidão e celebração Mês: Dezembro Habilidade Sócio emocional: Este projeto visa promover o encerramento do ano de 2016, em que os alunos terão a oportunidade de resgatar

Leia mais

RESOLUÇÃO. Superior de Tecnologia em Processos Gerenciais INTERTEC, do câmpus de Bragança Paulista da Universidade São Francisco.

RESOLUÇÃO. Superior de Tecnologia em Processos Gerenciais INTERTEC, do câmpus de Bragança Paulista da Universidade São Francisco. RESOLUÇÃO CONSEPE 24/2008 APROVA O REGULAMENTO DE TRABALHO INTERDISCIPLINAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS GERENCIAIS INTERTEC, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO.

Leia mais

Atividades de Apoio Educativo

Atividades de Apoio Educativo Plano Curricular 2012 2013 Plano Anual de Atividades Atividades de Apoio Educativo Departamento/Estrutura: Orientações para as Atividades de Apoio Educativo Receção Biblioteca Manuel Monteiro Zonas de

Leia mais