Ética aplicada: ética, moral, valores e virtudes. Professora Renata Lourdes.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ética aplicada: ética, moral, valores e virtudes. Professora Renata Lourdes."

Transcrição

1 Ética aplicada: ética, moral, valores e virtudes Professora Renata Lourdes.

2 CONCEITO DE ÉTICA Estudo dos juízos de apreciação referentes à conduta humana suscetível de qualificação do ponto de vista do bem e do mal, seja relativamente a determinada sociedade, seja de modo absoluto.

3 Estudo da Ética O estudo da Ética é dividido em dois campos: - Problemas gerais e fundamentais, como liberdade, consciência, bem, valor, lei, outros. - Problemas específicos ou concretos, como ética profissional, ética na política, ética sexual, ética matrimonial, bioética, etc.

4 MORAL É o conjunto de normas e regras, baseado nos costume e nas tradições de cada sociedade, em um determinado tempo, segundo os preceitos socialmente estabelecidos pela própria sociedade ou por determinado grupo social.

5 MORAL E ÉTICA ANDAM DE MÃOS DADAS E SE CONFUNDEM... No centro da ética aparece o dever, ou obrigação moral, conduta correta. O estudo da ética se defronta com problemas de variação de costumes, de lugar para lugar. Ex.: Para os mulçumanos é honroso ter mais de uma esposa. Já os países católicos pregam a monogamia casamento único.

6 Podemos Diferenciar Ética e Moral Ética Permanente Princípio Universal Regra Teoria Moral Temporal Deve ser vista de acordo com condutas específicas Cultural Como se aplica a regra Prática

7 Ética LEIS COSTUMES VIRTUDES HÁBITOS

8 Ética e democracia: exercício da cidadania.

9 ÉTICA E CIDADANIA Direitos Deveres

10 Origem da política: Cidadania Palavra instrumento de poder Espaço público - pólis O Cidadão: A Democracia Participação ativa no poder (Isonomia ou igualdade perante a lei; Isocracia ou igualdade de acesso aos cargos públicos; Isegoria ou direito igualitário ao uso da palavra). A Lei: Fundamentação divina do poder Fundamentação da lei (O cidadão é quem decide a lei).

11 Relações entre Ética e Cidadania Bem Comum Cidadania é participar ativamente do Governo. Cidadão ético é aquele que preserva o bem comum. Público e privado. Política e Corrupção Poder econômico X Democracia Impunidade

12 Responsabilidade Moral Liberdade

13 A cidadania pressupõe processos e conquistas Criação de novos direitos Meio para alcançar a integração social e política.

14 Direitos de cidadania: Todos os indivíduos, enquanto cidadãos, são iguais perante a lei.

15 Moralidad Cidadania e Construções sociais Garantia da vida em comunidade.

16 Virtude é a qualidade do que se conforma com o considerado correto e desejável numa sociedade.

17 Virtudes Profissionais: HONESTIDADE: é a primeira virtude no campo profissional. É um princípio que não admite relatividade, tolerância ou interpretações circunstanciais.

18 Virtudes Profissionais: Sigilo: o respeito aos segredos das pessoas, deve ser desenvolvido na formação de futuros profissionais, pois tratase de algo muito importante. Uma informação sigilosa é algo que nos é confiado e cuja preservação de silêncio é obrigatória.

19 Virtudes Profissionais: Competência: o conhecimento da ciência, da tecnologia, das técnicas e práticas profissionais é pré-requisito para a prestação de serviços de boa qualidade.

20 Virtudes Profissionais: Prudência: todo trabalho, para ser executado, exige muita segurança. A prudência contribui para a maior segurança, principalmente das decisões a serem tomadas; é indispensável nos casos de decisões sérias e graves, pois evita os julgamentos apressados e as lutas ou discussões inúteis.

21 Virtudes Profissionais: Coragem: A coragem nos ajuda a reagir às críticas, quando injustas, e a nos defender dignamente quando estamos cônscios de nosso dever. Nos ajuda a não ter medo de defender a verdade e a justiça, principalmente quando estas forem de real interesse para outrem ou para o bem comum.

22 Virtudes Profissionais: Perseverança: qualidade difícil de ser encontrada, mas necessária, pois todo trabalho está sujeito a incompreensões, insucessos e fracassos que precisam ser superados, prosseguindo o profissional em seu trabalho, sem entregar-se a decepções ou mágoas.

23 Virtudes Profissionais: Compreensão: qualidade que ajuda muito um profissional, porque é bem aceito pelos que dele dependem, em termos de trabalho, facilitando a aproximação e o diálogo, tão importante no relacionamento profissional.

24 Virtudes Profissionais: Humildade: o profissional precisa ter humildade suficiente para admitir que não é o dono da verdade e que o bom senso e a inteligência são propriedade de um grande número de pessoas.

25 Virtudes Profissionais: Imparcialidade: é uma qualidade tão importante que assume as características do dever, pois se destina a se contrapor aos preconceitos, a reagir contra os mitos, a defender os verdadeiros valores sociais e éticos, assumindo principalmente uma posição justa nas situações que terá que enfrentar. Para ser justo é preciso ser imparcial, logo a justiça depende muito da imparcialidade.

26 Virtudes Profissionais: Otimismo: em face das perspectivas das sociedades modernas, o profissional precisa e deve ser otimista, para acreditar na capacidade de realização da pessoa humana, no poder do desenvolvimento, enfrentando o futuro com energia e bomhumor.

27 Virtudes Profissionais: Atitude: Significa uma maneira organizada e coerente de pensar, sentir e reagir a acontecimentos ocorridos em nosso meio circundante. Indica o que interiormente estamos dispostos a fazer.

28 Virtudes Profissionais: Moral: Segundo o dicionário Aurélio a moral é um "conjunto de regras de conduta consideradas como válidas, quer de modo absoluto para qualquer tempo ou lugar, quer para grupos ou pessoa determinada" ou seja, regras estabelecidas e aceitas pelas comunidades humanas.

29 MUITO OBRIGADA!

Semiologia e semiotécnica I. Prof.ª DANIELA GARCIA

Semiologia e semiotécnica I. Prof.ª DANIELA GARCIA Semiologia e semiotécnica I Prof.ª DANIELA GARCIA Valores éticos humanos Não fazemos distinção entre ética e moral, usamos as duas palavras como sinônimos. Mas os estudiosos da questão, fazem uma distinção

Leia mais

ÉTICA. Se fundamenta em três pré-requisitos: requisitos: Consciência; Autonomia; Coerência;

ÉTICA. Se fundamenta em três pré-requisitos: requisitos: Consciência; Autonomia; Coerência; ÉTICA Se fundamenta em três pré-requisitos: requisitos: Consciência; Autonomia; Coerência; ÉTICA Ética e tudo aquilo que você não quer que façam com você Ética e individualismo O valor ético do esforço

Leia mais

ÉTICA PROFISSIONAL. Curso de Engenharia UNIP

ÉTICA PROFISSIONAL. Curso de Engenharia UNIP ÉTICA PROFISSIONAL Curso de Engenharia UNIP O QUE É ÉTICA? O QUE É ÉTICA? Tradicionalmente é entendida como um estudo ou uma reflexão sobre os costumes ou sobre as ações humanas. Pode ser entendida também

Leia mais

Sigilo. Coleguismo Honra. Justiça. Responsabilidade. Zelo. Honestidade. Igualdade. Respeito. Competência Liberdade. Solidariedade.

Sigilo. Coleguismo Honra. Justiça. Responsabilidade. Zelo. Honestidade. Igualdade. Respeito. Competência Liberdade. Solidariedade. O QUE É ÉTICA? Coleguismo Honra Sigilo Justiça Igualdade Zelo Responsabilidade Honestidade Competência Liberdade Respeito Lealdade Solidariedade Etimologia: Ética= ethos (grego) = costumes, modo de ser,

Leia mais

Fundamentação Teórica: Código de Ética. Aula 8

Fundamentação Teórica: Código de Ética. Aula 8 Fundamentação Teórica: Código de Ética Aula 8 Ética Profissional! Normas e princípios que regulamentam a conduta do indivíduo no exercício de sua profissão. (consciência, comportamento, ação e conduta

Leia mais

FUNDAMENTOS DA ÉTICA. A Geografia Levada a Sério

FUNDAMENTOS DA ÉTICA.  A Geografia Levada a Sério FUNDAMENTOS DA ÉTICA 1 Eu não sei o que quero ser, mas sei muito bem o que não quero me tornar. Friedrich Nietzsche 2 CHEGA Gabriel, o pensador (2015) 3 A Ética e a Cidadania Desde cedo aprendemos a não

Leia mais

Curso de Especialização em Cuidado Integral com a Pele no Âmbito da Atenção Básica

Curso de Especialização em Cuidado Integral com a Pele no Âmbito da Atenção Básica Parte 3 Bem-vindo ao curso! Rosmari Wittmann Vieira Os referenciais teóricos da Ética são utilizados para justificar as ações. São compreendidos pelos: 1. Princípios (deveres); 2. Direitos Humanos (direitos);

Leia mais

Conduta ética dos profissionais da área de saúde.

Conduta ética dos profissionais da área de saúde. CONCEITO DE ÉTICA Conduta ética dos profissionais da área de saúde. Professora Renata Lourdes. renatalourdesrh@hotmail.com Estudo dos juízos de apreciação referentes à conduta humana suscetível de qualificação

Leia mais

Teste das Forças e Virtudes Pessoais

Teste das Forças e Virtudes Pessoais Teste das Forças e Virtudes Pessoais As Forças e Virtudes Pessoais são habilidades pré-existentes que quando utilizamos, nos sentimos vitalizados, com maior fluidez e melhor performance no que fazemos.

Leia mais

Ética Profissional. Curso de Engenharia de Telecomunicações Legislação Professora Msc Joseane Pepino de Oliveira

Ética Profissional. Curso de Engenharia de Telecomunicações Legislação Professora Msc Joseane Pepino de Oliveira Ética Profissional Curso de Engenharia de Telecomunicações Legislação Professora Msc Joseane Pepino de Oliveira Ética Conceitos e Classificações 1: Ética é a ciência do comportamento moral dos homens em

Leia mais

Prof (a): Nicolau Steibel e Danda Coelho

Prof (a): Nicolau Steibel e Danda Coelho Filosofia e Ética Filosofia e Ética Prof (a): Nicolau Steibel e Danda Coelho Objetivo do conhecimento: Conteúdo da Unidade 2.1 Moral, Ética e outras formas de comportamentos humanos Parte I No 1º bimestre

Leia mais

ÉTICA e CONDUTA PROFISSIONAL

ÉTICA e CONDUTA PROFISSIONAL ÉTICA e CONDUTA PROFISSIONAL Introdução à Engenharia Civil Profª Mayara Custódio SOMOS SERES PASSIONAIS As paixões desequilibram nosso caráter... Paixões = emoções (ambição, vaidade, ódio...) Ética é a

Leia mais

ÉTICA NO TRABALHO. Portanto, quer comais, quer bebais, ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus.

ÉTICA NO TRABALHO. Portanto, quer comais, quer bebais, ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus. ÉTICA NO TRABALHO Portanto, quer comais, quer bebais, ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus. 1 Co 10:31 O que contribui para a glória de Deus não fere nenhum princípio ético.

Leia mais

ÉTICA. Prof.Archangelo P. Fernandes. www.profbio.com.br

ÉTICA. Prof.Archangelo P. Fernandes. www.profbio.com.br ÉTICA Prof.Archangelo P. Fernandes www.profbio.com.br Ética? Isso é coisa de filósofo! CULTURA CIÊNCIA POLÍTICA ÉTICA ARTE INDUSTRIA DEONTOLOGIA Provem do grego deon, deontos = (dever) e logos = (tratado).

Leia mais

Introdução a Ética e Bioética. Ética e Bioética em Saúde

Introdução a Ética e Bioética. Ética e Bioética em Saúde Introdução a Ética e Bioética Ética e Bioética em Saúde Antonio Leite Professor Assistente-A Graduado em Odontologia Especialista em Saúde Coletiva Mestre em Ciência Área de concentração: Epidemiologia,

Leia mais

MÓD. 1 RAÍZES MEDITERRÂNICAS DA CIVILIZAÇÃO EUROPEIA CIDADE, CIDADANIA E IMPÉRIO A.CL. 1. O MODELO ATENIENSE 1.1. A democracia antiga.

MÓD. 1 RAÍZES MEDITERRÂNICAS DA CIVILIZAÇÃO EUROPEIA CIDADE, CIDADANIA E IMPÉRIO A.CL. 1. O MODELO ATENIENSE 1.1. A democracia antiga. O espaço 1 Continental Grécia Antiga Asiática (Ásia Menor) Insular ATENAS: Pólis (cidade-estado) cidade terrenos agrícolas porto (Pireu) Ática - Corpo cívico, formado pelos cidadãos 2 conceito de AUTARCIA

Leia mais

Webinar SEXTA-FEIRA TODO DIA. Com Vanessa Camarelo OUT 16

Webinar SEXTA-FEIRA TODO DIA. Com Vanessa Camarelo OUT 16 OUT 16 Webinar SEXTA-FEIRA TODO DIA Com Vanessa Camarelo FALAREMOS SOBRE O que é motivação Motivação e Inspiração Heróis Paixões Forças Pessoais Esperança Disciplina O QUE É MOTIVAÇÃO? Impulso que nos

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DO MUNICÍPIO DE SALVATERRA DE MAGOS

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DO MUNICÍPIO DE SALVATERRA DE MAGOS CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DO MUNICÍPIO DE SALVATERRA DE MAGOS 1 ÍNDICE Siglas... 3 1.Introdução... 4 2.Objeto... 4 3. Âmbito de aplicação... 4 4. Princípios gerais... 4 5. Princípios básicos.7 6. Disposições

Leia mais

ICSA ADMINISTRAÇÃO PROMETO DIGNIFICAR MINHA PROFISSÃO, CONSCIENTE DE MINHAS RESPONSABILIDADES LEGAIS, OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA,

ICSA ADMINISTRAÇÃO PROMETO DIGNIFICAR MINHA PROFISSÃO, CONSCIENTE DE MINHAS RESPONSABILIDADES LEGAIS, OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA, ICSA ADMINISTRAÇÃO PROMETO DIGNIFICAR MINHA PROFISSÃO, CONSCIENTE DE MINHAS RESPONSABILIDADES LEGAIS, OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA, OBJETIVANDO O APERFEIÇOAMENTO DA CIÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO, O DESENVOLVIMENTO

Leia mais

ARQUITETURA E URBANISMO

ARQUITETURA E URBANISMO ADMINISTRAÇÃO OBJETIVANDO O APERFEIÇOAMENTO, DA CIÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO, O ARQUITETURA E URBANISMO PROMETO NO EXERCÍCIO DA ATIVIDADE INERENTE À PRÁTICA DA ARQUITETURA E URBANISMO, RESPEITAR OS PRINCÍPIOS

Leia mais

22/08/2014. Tema 7: Ética e Filosofia. O Conceito de Ética. Profa. Ma. Mariciane Mores Nunes

22/08/2014. Tema 7: Ética e Filosofia. O Conceito de Ética. Profa. Ma. Mariciane Mores Nunes Tema 7: Ética e Filosofia Profa. Ma. Mariciane Mores Nunes O Conceito de Ética Ética: do grego ethikos. Significa comportamento. Investiga os sistemas morais. Busca fundamentar a moral. Quer explicitar

Leia mais

Disciplina de Cidadania 6º Ano Turma A

Disciplina de Cidadania 6º Ano Turma A Disciplina de Cidadania 6º Ano Turma A Conteúdos programáticos e aulas previstas 1º 2º 3º TOTAIS Nº de aulas previstas 13 12 9 34 Nº de aulas para apresentação e autoavaliação 2 1 1 4 Nº de aulas para

Leia mais

DEONTOLOGIA POLICIAL. Código Deontológico do Serviço Policial

DEONTOLOGIA POLICIAL. Código Deontológico do Serviço Policial ESCOLA PRÁTICA DE POLÍCIA DEONTOLOGIA POLICIAL 2 - Como zeladores pelo cumprimento da lei, os membros das forças de segurança cultivam e promovem os valores do humanismo, justiça, integridade, honra, dignidade,

Leia mais

ÉTICA UMA QUESTÃO DE SOBREVIVÊNCIA

ÉTICA UMA QUESTÃO DE SOBREVIVÊNCIA ÉTICA UMA QUESTÃO DE SOBREVIVÊNCIA 1 MEMBROS DA COMISSÃO DE ÉTICA: Port. 216-2009-SEFAZ e alterações 1- Selma Pedroso de Barros Presidente 2- Karina T. Velho Membro Executivo 3- Roseli Raquel Ricas Membro

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS DISCIPLINA : METODOLOGIA DA PESQUISA ASSUNTO: MORAL E ÉTICA

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS DISCIPLINA : METODOLOGIA DA PESQUISA ASSUNTO: MORAL E ÉTICA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS DISCIPLINA : METODOLOGIA DA PESQUISA ASSUNTO: MORAL E ÉTICA PROFESSOR : Romilson Lopes Sampaio MORAL E ÉTICA Etimologia Ética é originada

Leia mais

A função do examinador e a ética profissional

A função do examinador e a ética profissional A função do examinador e a ética profissional WORKSHOP Novas Regras para Examinadores de Condução Susana Paulino Auditório Alto dos Moinhos, Lisboa 21 e 22 de janeiro de 2013 1 A formação e avaliação de

Leia mais

Código de Ética e Disciplina dos Auditores da Justiça Desportiva do Futebol. O PRESIDENTE DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA

Código de Ética e Disciplina dos Auditores da Justiça Desportiva do Futebol. O PRESIDENTE DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA STJD Resolução nº. 003, de 05 setembro de 2014: Institui o Código de Ética e Disciplina dos Auditores da Justiça Desportiva do Futebol. O PRESIDENTE DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA TIÇA, no uso de suas

Leia mais

JURAMENTOS Administração e Comércio Exterior Arquitetura e Urbanismo Biomedicina

JURAMENTOS Administração e Comércio Exterior Arquitetura e Urbanismo Biomedicina JURAMENTOS Administração e Comércio Exterior PROMETO / DIGNIFICAR MINHA PROFISSÃO, / CONSCIENTE DE MINHAS RESPONSABILIDADES LEGAIS, / OBSERVAR O CÓDIGO DE ÉTICA, / OBJETIVANDO O APERFEIÇOAMENTO DA CIÊNCIA

Leia mais

VIRTUDES PROFISSIONAIS E EMPREGABILIDADE

VIRTUDES PROFISSIONAIS E EMPREGABILIDADE 1 VIRTUDES PROFISSIONAIS E EMPREGABILIDADE Além dos deveres institucionais de um profissional, que são obrigatórios e normalmente bem claramente definidos pelas empresas, devemos considerar algumas qualidades

Leia mais

O LOBBY COMO PRÁTICA LEGÍTIMA NA DEFESA DE INTERESSES

O LOBBY COMO PRÁTICA LEGÍTIMA NA DEFESA DE INTERESSES O LOBBY COMO PRÁTICA LEGÍTIMA NA DEFESA DE INTERESSES Luciano Barbosa Unidade de Relacionamento com o Poder Executivo Confederação Nacional da Indústria O QUE NÃO É LOBBY Suborno Tráfico de influências

Leia mais

DISCIPLINA: EDUCAÇÃO FISCAL PROFESSOR (A): LUCIRENE FERREIRA SANTANA PROVA - 2 ACADÊMICO (A):

DISCIPLINA: EDUCAÇÃO FISCAL PROFESSOR (A): LUCIRENE FERREIRA SANTANA PROVA - 2 ACADÊMICO (A): DISCIPLINA: EDUCAÇÃO FISCAL PROFESSOR (A): LUCIRENE FERREIRA SANTANA CURSO: PEDAGOGIA 2º PERÍODO PROVA - 2 ACADÊMICO (A): Sociedade Política e Sociedade Civil 1 Trabalhe com as definições dos conceitos:

Leia mais

MORAL E ÉTICA. Consciência Moral: noção de bem e mal/certo e errado/justo e injusto.

MORAL E ÉTICA. Consciência Moral: noção de bem e mal/certo e errado/justo e injusto. MORAL E ÉTICA O homem é um ser dotado de senso moral. Consciência Moral: noção de bem e mal/certo e errado/justo e injusto. Senso moral se manifesta em sentimentos, atitudes, juízos de valor Moral vem

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE ASSISTENTES SOCIAIS (C. F. A.S.) CÓDIGO ÉTICA PROFISSIONAL ASSISTENTE SOCIAL

CONSELHO FEDERAL DE ASSISTENTES SOCIAIS (C. F. A.S.) CÓDIGO ÉTICA PROFISSIONAL ASSISTENTE SOCIAL CONSELHO FEDERAL DE ASSISTENTES SOCIAIS (C. F. A.S.) CÓDIGO DE ÉTICA PROFISSIONAL DO ASSISTENTE SOCIAL APROVADO EM 30 DE JANEIRO DE 1975 CÓDIGO DE ÈTICA PROFISSIONAL DO ASSISTENTE SOCIAL INTRODUÇÃO AO

Leia mais

O desafio de ser VOLUNTÁRIO!!!!!

O desafio de ser VOLUNTÁRIO!!!!! O desafio de ser VOLUNTÁRIO!!!!! VOLUNTÁRIO, segundo a mais recente definição da Organização das Nações Unidas, é o indivíduo que, devido a seu interesse pessoal e seu espírito cívico, dedica parte de

Leia mais

PRINCÍPIO = começo; ideia-síntese

PRINCÍPIO = começo; ideia-síntese PRINCÍPIOS INFORMADORES DO DIREITO PROCESSUAL PENAL PRINCÍPIO = começo; ideia-síntese os princípios da política processual de uma nação não são outra coisa senão os segmentos de sua política (ética) estatal

Leia mais

Escola Secundária 2-3 de Clara de Resende COD COD

Escola Secundária 2-3 de Clara de Resende COD COD CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO (Aprovados em Conselho Pedagógico de 27 de outubro de 2015) No caso específico da disciplina de FILOSOFIA, do 10º ano de escolaridade, a avaliação incidirá ao nível do

Leia mais

BIOÉTICA PROF. ARCHANGELO P. FERNANDES

BIOÉTICA PROF. ARCHANGELO P. FERNANDES BIOÉTICA PROF. ARCHANGELO P. FERNANDES 1 DEONTOLOGIA Provem do grego deon, deontos (dever) e logos (tratado). É o estudo dos deveres de um grupo profissional. 2 BIOÉTICA Bioética bios = vida e ética =

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA PARA MEDIADORES

CÓDIGO DE ÉTICA PARA MEDIADORES CÓDIGO DE ÉTICA PARA MEDIADORES Disposições Introdutórias A credibilidade da Mediação no Brasil, como processo eficaz para solução de controvérsias, vincula-se diretamente ao respeito que os Mediadores

Leia mais

NODARI, Paulo César. Sobre ética: Aristóteles, Kant e Levinas. Caxias do Sul: Educs, 2010

NODARI, Paulo César. Sobre ética: Aristóteles, Kant e Levinas. Caxias do Sul: Educs, 2010 NODARI, Paulo César. Sobre ética: Aristóteles, Kant e Levinas. Caxias do Sul: Educs, 2010 12 Daniel José Crocoli * A obra Sobre ética apresenta as diferentes formas de se pensar a dimensão ética, fazendo

Leia mais

... atenção por parte dos cidadãos às práticas das empresas, que por vezes apresentavam condutas reprováveis

... atenção por parte dos cidadãos às práticas das empresas, que por vezes apresentavam condutas reprováveis Slide 1 EMPRESARIAL & & PROFISSIONAL Slide 2 Surgiu por volta dos anos 60 A... atenção por parte dos cidadãos às práticas das empresas, que por vezes apresentavam condutas reprováveis comunidade empresarial

Leia mais

A nossa tripla cidadania: os valores cívicos

A nossa tripla cidadania: os valores cívicos Dos Açores para a Europa e para o Mundo A nossa tripla cidadania: os valores cívicos M. Patrão Neves Dos Açores para a Europa e para o Mundo Três realidades físicas: como seres naturais ocupamos e habitamos

Leia mais

Moral e Ética Diferenças Fundamentais ÉTICA PROFISSIONAL: BASE ESTRUTURAL PARA A VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL E RECONHECIMENTO DO SISTEMA.

Moral e Ética Diferenças Fundamentais ÉTICA PROFISSIONAL: BASE ESTRUTURAL PARA A VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL E RECONHECIMENTO DO SISTEMA. Moral e Ética Diferenças Fundamentais ÉTICA PROFISSIONAL: BASE ESTRUTURAL PARA A VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL E RECONHECIMENTO DO SISTEMA. Moral e Ética Diferenças Fundamentais 1ª PARTE ÉTICA E MORAL CONSIDERAÇÕES

Leia mais

Ética no serviço público

Ética no serviço público 3º Encontro de Escolas de Governo do Estado de São Paulo 3º Encontro de Escolas de Governo do Estado de São Paulo 3º Encontro de Escolas de Governo do Estado de São Paulo Ética no serviço público Prof.

Leia mais

COLÉGIO TÉCNICO SÃO BENTO. Tradição em formar Profissionais com Qualidade ÉTICA PROFISSIONAL

COLÉGIO TÉCNICO SÃO BENTO. Tradição em formar Profissionais com Qualidade ÉTICA PROFISSIONAL ÉTICA PROFISSIONAL Sumário Ética...01 Ética Profissional...01 Individualismo e Ética Profissional...02 Classes Profissionais...03 Virtudes Profissionais...04 Honestidade...06 Sigilo...06 Competência...07

Leia mais

E NORMAS DE CONDUTA GABINETE DE AUDITORIA INTERNA (GAI)

E NORMAS DE CONDUTA GABINETE DE AUDITORIA INTERNA (GAI) CÓDIGO de ÉTICA E NORMAS DE CONDUTA GABINETE DE AUDITORIA INTERNA (GAI) «Para um serviço de excelência» 2015 INTRODUÇÃO O presente Código de Ética do Gabinete de Auditoria Interna (GAI) da Direção-Geral

Leia mais

Desenvolvimento curricular no Chile

Desenvolvimento curricular no Chile Desenvolvimento curricular no Chile Percurso de uma política Maximiliano Moder As principais mudanças curriculares nos últimos 50 anos. 1965. Reforma geral da educação 1980. Reforma geral da educação.

Leia mais

Estatuto Universal do Juiz de 17NOV99. Preâmbulo

Estatuto Universal do Juiz de 17NOV99. Preâmbulo Estatuto Universal do Juiz de 17NOV99 Preâmbulo Na elaboração preliminar deste Estatuto colaboraram Juízes de diversos países do mundo. O presente Estatuto é o resultado do seu trabalho e teve o consenso

Leia mais

DATA: VALOR: 20 pontos NOTA: NOME COMPLETO:

DATA: VALOR: 20 pontos NOTA: NOME COMPLETO: DISCIPLINA: FILOSOFIA PROFESSOR: ENRIQUE MARCATTO DATA: VALOR: 20 pontos NOTA: NOME COMPLETO: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 3ª EM TURMA: Nº: I N S T R U Ç Õ E S 1. Esta atividade contém

Leia mais

Aula: 2.1 Conteúdo: - Da necessidade da convivência; - Princípios básicos da convivência; - Comunicação; - Afetividade; - Sinceridade.

Aula: 2.1 Conteúdo: - Da necessidade da convivência; - Princípios básicos da convivência; - Comunicação; - Afetividade; - Sinceridade. CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula: 2.1 Conteúdo: - Da necessidade da convivência; - Princípios básicos da convivência; - Comunicação; - Afetividade; - Sinceridade. 2 CONTEÚDO

Leia mais

Colégio Valsassina. Modelo pedagógico do jardim de infância

Colégio Valsassina. Modelo pedagógico do jardim de infância Colégio Valsassina Modelo pedagógico do jardim de infância Educação emocional Aprendizagem pela experimentação Educação para a ciência Fatores múltiplos da inteligência Plano anual de expressão plástica

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DO RENOVA BRASIL

CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DO RENOVA BRASIL CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA DO RENOVA BRASIL 1. APRESENTAÇÃO O RENOVABR é um projeto que busca identificar, selecionar e desenvolver novas lideranças políticas. Este documento tem como objetivo a apresentação

Leia mais

DEMOCRACIA, ÉTICA E CIDADANIA

DEMOCRACIA, ÉTICA E CIDADANIA DEMOCRACIA, ÉTICA E CIDADANIA Seminário do ENADE Agronomia, Biomedicina, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Educação Física, Medicina Veterinária e Estética e Cosmética Profª. Ma. Denise Tatiane Girardon

Leia mais

A Ética na Administração Pública e seus Fundamentos

A Ética na Administração Pública e seus Fundamentos A Ética na Administração Pública e seus Fundamentos Min. Ives Gandra Martins Filho Presidente do Tribunal Superior do Trabalho e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho CONTEXTUALIZANDO... Corrupção

Leia mais

ÉTICA NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA. PROFa. DRA. CARLA GIANI MARTELLI UNESP- FCL- ARARAQUARA

ÉTICA NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA. PROFa. DRA. CARLA GIANI MARTELLI UNESP- FCL- ARARAQUARA ÉTICA NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA PROFa. DRA. CARLA GIANI MARTELLI UNESP- FCL- ARARAQUARA VALORIZAÇÃO DA ÉTICA Clamor social por mais ética Padrões éticos e morais mais rigorosos no mundo todo Poderia existir

Leia mais

Álvaro Luiz Montenegro Valls

Álvaro Luiz Montenegro Valls Álvaro Luiz Montenegro Valls Formação: -Doutorado em Filosofia (1981) Atuação profissional: - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, UNISINOS, Brasil. São Leopoldo - RS Linha de pesquisa: Sistemas éticos

Leia mais

Teorias Éticas e M. Patrão Neves

Teorias Éticas e   M. Patrão Neves Teorias Éticas e Cuidados de Saúde M. Patrão Neves Teorias Éticas e Cuidados de Saúde 0. Medicina e Ética 1. O solilóquio tranquilo da Ética Hipocrática 2. O ruidoso diálogo da pluralidade das éticas contemporâneas

Leia mais

Código de conduta. Aristóteles Ética a Nicómaco

Código de conduta. Aristóteles Ética a Nicómaco Código de conduta Toda a teoria da conduta tem de ser apenas um esquema, e não um sistema exacto ( ) os temas de conduta e comportamento não têm em si nada de fixo e invariável, tal como os temas de saúde.

Leia mais

MANIFESTO PORTUGAL MAIS LIBERAL

MANIFESTO PORTUGAL MAIS LIBERAL MANIFESTO PORTUGAL MAIS LIBERAL Este é o tempo de Portugal aprender com o passado, entender os desafios do presente e, sobretudo, assegurar a evolução que fortaleça a esperança no nosso futuro coletivo

Leia mais

Código de Ética MCC. Movimento Cidadão Comum

Código de Ética MCC. Movimento Cidadão Comum Código de Ética MCC Movimento Cidadão Comum Junho/2016 1 Pertencer ao Movimento Cidadão Comum (MCC) implica em um compromisso ético com os valores centrais de um novo senso comum na política que deverão

Leia mais

AS CONTRIBUIÇÕES DO CONSELHO ESCOLAR PARA UMA GESTÃO DEMOCRÁTICA

AS CONTRIBUIÇÕES DO CONSELHO ESCOLAR PARA UMA GESTÃO DEMOCRÁTICA AS CONTRIBUIÇÕES DO CONSELHO ESCOLAR PARA UMA GESTÃO DEMOCRÁTICA Priscila Cavalcante Silva Universidade Estadual do Ceará- UECE Priscilacavalcante-@hotmail.com Resumo A importância de uma educação pública

Leia mais

A ÉTICA NA VIDA HUMANA. Eliane Bezerra da Cruz Pedagoga RESUMO

A ÉTICA NA VIDA HUMANA. Eliane Bezerra da Cruz Pedagoga RESUMO A ÉTICA NA VIDA HUMANA Eliane Bezerra da Cruz Pedagoga RESUMO Neste artigo são mostrados aspectos pertinentes a Ética na conduta humana, o qual aborda a Ética como doutrina norteadora da vida humana, na

Leia mais

Unidade de Recursos Humanos

Unidade de Recursos Humanos 2016 1 CODIGO DE ÉTICA E CONDUTA 2016 INTRODUÇÃO O presente tem como objectivo, não só estar em consonância com a alínea a) do ponto 3 da Recomendação do Conselho de Prevenção da Corrupção de 7 de Novembro

Leia mais

A DEONTOLOGIA NA RADIO

A DEONTOLOGIA NA RADIO Este texto foi traduzido e adaptado pela AD a partir de um documento elaborado por L.P.G. LA NATION, intitulado " O que é a deontologia jornalística", com o objectivo de definir o quadro ético dos profissionais

Leia mais

REGULAMENTO DA OUVIDORIA

REGULAMENTO DA OUVIDORIA REGULAMENTO DA OUVIDORIA Ribeirão Preto - SP 1 Sumário CAPÍTULO I... 3 Da Natureza, Objetivos e Finalidade... 3 CAPÍTULO II... 4 Da Vinculação Administrativa... 4 CAPÍTULO III... 4 Da Competência e Atribuições

Leia mais

SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA TACARATU 001/2017 CARGO: MOTORISTA

SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA TACARATU 001/2017 CARGO: MOTORISTA SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA TACARATU 001/2017 CARGO: MOTORISTA Preencha com seu nome e número de seu CPF os espaços indicados na capa e na última folha deste caderno. Esta prova contém 15 questões. A

Leia mais

Mas, o dever de sigilo não é absoluto. Há casos, excepcionais, em que a justiça ficaria abalada se a dispensa de sigilo não procedesse.

Mas, o dever de sigilo não é absoluto. Há casos, excepcionais, em que a justiça ficaria abalada se a dispensa de sigilo não procedesse. ALGUMAS NOTAS PRÁTICAS SOBRE PEDIDOS DE DISPENSA DO SIGILO PROFISSIONAL Caros e Caras Colegas, Incontestavelmente, o segredo profissional é um princípio deontológico fundamental da advocacia e a base da

Leia mais

Sigilo Profissional. Maria Elisa Villas-Bôas FAMED, 2005

Sigilo Profissional. Maria Elisa Villas-Bôas FAMED, 2005 Sigilo Profissional Maria Elisa Villas-Bôas FAMED, 2005 Sigilo Profissional A confidencialidade e o respeito à privacidade como preceitos morais tradicionais dos profissionais de saúde e base da confiança,

Leia mais

O PENSAMENTO POLÍTICO DE CÍCERO

O PENSAMENTO POLÍTICO DE CÍCERO Universidade Católica Portuguesa Faculdade De Ciências Humanas Licenciatura Em Sociologia, Variante De Ciência Política Tutoria, Tradição Dos Grandes Livros O PENSAMENTO POLÍTICO DE CÍCERO Em De Res Publica

Leia mais

Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho, Figueira da Foz

Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho, Figueira da Foz PLANO ANUAL DE TRABALHO 20/205 9ºAno Código 070 Educação para a Cidadania 9º Ano Ano Letivo: 20/ 205 Plano Anual Competências a desenvolver Conteúdos Temas/Domínios Objetivos Atividades / Materiais 3 Períodos

Leia mais

Vinculação e Discricionariedade Administrativa

Vinculação e Discricionariedade Administrativa Vinculação e Discricionariedade Administrativa Os atos administrativos podem ser objetivo de inúmeras classificações conforme o critério em funções do qual sejam agrupados. Na doutrina administrativa clássica

Leia mais

MUNICÍPIO DE FERREIRA DO ZÊZERE CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA

MUNICÍPIO DE FERREIRA DO ZÊZERE CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA MUNICÍPIO DE FERREIRA DO ZÊZERE CÓDIGO DE ÉTICA E CONDUTA 1 DO MUNICÍPIO DE FERREIRA DO ZÊZERE O presente Código de Ética e Conduta, a seguir designado abreviadamente por Código, estabelece o conjunto

Leia mais

ÉTICA E IDENTIDADE. (28/10/2016 às 15h )

ÉTICA E IDENTIDADE. (28/10/2016 às 15h ) ÉTICA E IDENTIDADE (28/10/2016 às 15h ) 1) A identidade negra não surge da tomada de consciência de uma diferença de pigmentação ou de uma diferença biológica entre populações negras e brancas e(ou) negras

Leia mais

Platão, desiludido com a. escola de filosofia a Academia.

Platão, desiludido com a. escola de filosofia a Academia. Platão era filho da aristocracia ateniense. Foi discípulo de Sócrates. Sua obra reflete o momento caótico pelo qual passou Atenas no decorrer de sua vida A crise da sociedade ateniense está ligada à guerra

Leia mais

O CÓDIGO DE ÉTICA MÉDICA DE 1988 E A SUA REVISÃO

O CÓDIGO DE ÉTICA MÉDICA DE 1988 E A SUA REVISÃO O CÓDIGO DE ÉTICA MÉDICA DE 1988 E A SUA REVISÃO Cavalcante * Cons.Antonio de Padua Introdução Nos últimos meses o Conselho Federal de Medicina resolveu estabelecer a revisão do atual Código de Ética Médica,

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO 01 - PRINCÍPIOS. Prof. Dra. Nara Suzana Stainr Pires

DIREITO ADMINISTRATIVO 01 - PRINCÍPIOS. Prof. Dra. Nara Suzana Stainr Pires DIREITO ADMINISTRATIVO 01 - PRINCÍPIOS Prof. Dra. Nara Suzana Stainr Pires Regras que funcionam como parâmetros para a interpretação das demais normas jurídicas NORTEADORES/ORIENTADORES NÃO IMPÕEM UMA

Leia mais

É o estudo geral do que é bom ou mau, correto ou incorreto, justo ou injusto, adequado ou inadequado.

É o estudo geral do que é bom ou mau, correto ou incorreto, justo ou injusto, adequado ou inadequado. O que é Ética São princípios e Valores. É agir bem. É o estudo geral do que é bom ou mau, correto ou incorreto, justo ou injusto, adequado ou inadequado. É fazer com os outros o que gostaríamos que fizessem

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC LINHAS DE PESQUISA

CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC LINHAS DE PESQUISA CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC LINHAS DE PESQUISA Direito Constitucional e Teoria Geral do Estado *Aspectos de Direito Eleitoral *Controle

Leia mais

Sociedade Alphaville Residencial 11 Sede Administrativa - Av. Alpha Norte, 700 PABX:

Sociedade Alphaville Residencial 11 Sede Administrativa - Av. Alpha Norte, 700 PABX: 1. INTRODUÇÃO Código de Ética Este Código de Ética reúne diretrizes que devem ser observadas em nossa ação profissional para atingirmos padrões Éticos no exercício de nossas atividades. Para a Sociedade

Leia mais

AULA 02 O Conhecimento Científico

AULA 02 O Conhecimento Científico 1 AULA 02 O Conhecimento Científico Ernesto F. L. Amaral 06 de agosto de 2010 Metodologia (DCP 033) Fonte: Aranha, Maria Lúcia de Arruda; Martins, Maria Helena Pires. 2003. Filosofando: introdução à filosofia.

Leia mais

UNIVERSIDADE DE CRUZ ALTA - UNICRUZ ATIVIDADE DE FORMAÇÃO GERAL PROVA DO ENADE Prof. Domingos Benedetti Rodrigues

UNIVERSIDADE DE CRUZ ALTA - UNICRUZ ATIVIDADE DE FORMAÇÃO GERAL PROVA DO ENADE Prof. Domingos Benedetti Rodrigues UNIVERSIDADE DE CRUZ ALTA - UNICRUZ ATIVIDADE DE FORMAÇÃO GERAL PROVA DO ENADE 2016 Prof. Domingos Benedetti Rodrigues DEMOCRACIA ÉTICA CIDADADANIA ASPECTOS HISTÓRICOS DO BRASIL - Estória do descobrimento

Leia mais

VALOR E VALORAÇÃO CRITÉRIOS VALORATIVOS

VALOR E VALORAÇÃO CRITÉRIOS VALORATIVOS Valor VALOR E VALORAÇÃO CRITÉRIOS VALORATIVOS Critério de orientação. Guia para a ação humana, atribuído pelo homem às coisas, seres e acontecimentos, em função da relação que com eles estabelece. Diz

Leia mais

Celpa. serviços. Código de ética do prestador de serviços da Celpa

Celpa. serviços. Código de ética do prestador de serviços da Celpa Código de ética do prestador de da Índice Apresentação... 04 Missão, visão e valores... 04 Bom senso... 06 Abrangência... 06 Definição de Prestador de Serviços... 06 1. Conflito de interesses 1.1. Recursos

Leia mais

Código de Ética ISSAI 30 I N T O S A I

Código de Ética ISSAI 30 I N T O S A I XX Title ISSAI 30 As Normas Internacionais das Entidades Fiscalizadoras Superiores (ISSAI) são emitidas pela INTOSAI, a Organização Internacional de Entidades Fiscalizadoras Superiores. Para mais informações

Leia mais

RESPONSABILIDADE CIVIL DO ENFERMEIRO NA GESTÃO ASSISTENCIAL

RESPONSABILIDADE CIVIL DO ENFERMEIRO NA GESTÃO ASSISTENCIAL RESPONSABILIDADE CIVIL DO ENFERMEIRO NA GESTÃO ASSISTENCIAL DEFININDO RESPONSABILIDADE CIVIL A responsabilidade civil consiste na obrigação (vínculo obrigacional) que impende sobre aquele que causa um

Leia mais

O caminho moral em Kant: da transição da metafísica dos costumes para a crítica da razão prática pura

O caminho moral em Kant: da transição da metafísica dos costumes para a crítica da razão prática pura O caminho moral em Kant: da transição da metafísica dos costumes para a crítica da razão prática pura Jean Carlos Demboski * A questão moral em Immanuel Kant é referência para compreender as mudanças ocorridas

Leia mais

CIDADANIA: DIREITOS CIVIS, POLÍTICOS, SOCIAIS, E OUTROS

CIDADANIA: DIREITOS CIVIS, POLÍTICOS, SOCIAIS, E OUTROS CIDADANIA: DIREITOS CIVIS, POLÍTICOS, SOCIAIS, E OUTROS O que é ser cidadão e cidadania? Cidadão é o indivíduo participante de uma comunidade (Estado) e detentor de direitos e deveres. Assim, a cidadania

Leia mais

Ética e Organizações EAD 791. Prof. Wilson Amorim 16/Agosto/2017 FEA USP

Ética e Organizações EAD 791. Prof. Wilson Amorim 16/Agosto/2017 FEA USP Ética e Organizações EAD 791 Prof. 16/Agosto/2017 FEA USP Ética e Organizações EAD 791 Aula de Hoje Senso moral, Consciência Moral Juízo de fato, juízo de valor Constituintes do campo ético: virtude, sujeito

Leia mais

ATUAÇÃO PROFISSIONAL CRIANÇAS ADOLESCENTES ADULTOS IDOSOS

ATUAÇÃO PROFISSIONAL CRIANÇAS ADOLESCENTES ADULTOS IDOSOS EDUCADOR SOCIAL ATUAÇÃO PROFISSIONAL CRIANÇAS ADOLESCENTES ADULTOS IDOSOS ÁREAS DE ATUAÇÃO ASSISTÊNCIA SOCIAL SAÚDE EDUCAÇÃO MAIORES DIFICULDADES FALTA DE PROFISSIONAIS CAPACITADOS NOVA PROFISSÃO REGULAMENTAÇÃO

Leia mais

QUESTIONÁRIO SOBRE OS VALORES PESSOAIS

QUESTIONÁRIO SOBRE OS VALORES PESSOAIS QUESTIONÁRIO SOBRE OS VALORES PESSOAIS Shalom H. Schwartz; Tradução e Adaptação: Menezes & Campos, 989 Recriação: Prioste, Narciso, & Gonçalves (00) Neste questionário deve perguntar-se a si próprio: "Que

Leia mais

A Ética e a Prática Médica

A Ética e a Prática Médica A Ética e a Prática Médica 1 Ética Ciência que tem como objeto o julgamento da apreciação,, ou seja, não da existência de uma idéia mas do seu valor,, de seu grau de perfeição em relação a uma determinada

Leia mais

ORIGEM DA PALAVRA. A palavra Ética

ORIGEM DA PALAVRA. A palavra Ética ÉTICA ORIGEM DA PALAVRA A palavra Ética é originada do grego ethos,, (modo de ser, caráter) através do latim mos (ou no plural mores) (costumes, de onde se derivou a palavra moral.)[1] [1].. Em Filosofia,

Leia mais

ICS ENFERMAGEM SOLENEMENTE, NA PRESENÇA DE DEUS E DESTA ASSEMBLEIA, JURO: DEDICAR MINHA VIDA PROFISSIONAL A SERVIÇO DA HUMANIDADE,

ICS ENFERMAGEM SOLENEMENTE, NA PRESENÇA DE DEUS E DESTA ASSEMBLEIA, JURO: DEDICAR MINHA VIDA PROFISSIONAL A SERVIÇO DA HUMANIDADE, ICS ENFERMAGEM SOLENEMENTE, NA PRESENÇA DE DEUS E DESTA ASSEMBLEIA, JURO: DEDICAR MINHA VIDA PROFISSIONAL A SERVIÇO DA HUMANIDADE, RESPEITANDO A DIGNIDADE E OS DIREITOS DA PESSOA HUMANA, EXERCENDO A ENFERMAGEM

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA E DE CONDUTA

CÓDIGO DE ÉTICA E DE CONDUTA CÓDIGO DE ÉTICA E DE CONDUTA 1 Objetivos do Código de Ética A Câmara Municipal de Cascais está motivada em criar todas as condições necessárias para que os seus colaboradores desenvolvam as suas funções

Leia mais

Unidade 2: História da Filosofia Filosofia Clássica. Filosofia Serviço Social Igor Assaf Mendes

Unidade 2: História da Filosofia Filosofia Clássica. Filosofia Serviço Social Igor Assaf Mendes Unidade 2: História da Filosofia Filosofia Clássica Filosofia Serviço Social Igor Assaf Mendes Conteúdo (a) Nascimento da filosofia (b) Condições históricas para seu nascimento (c) Os principais períodos

Leia mais

Carta de Direitos e. Deveres do Cliente

Carta de Direitos e. Deveres do Cliente Carta de Direitos e Deveres do Cliente CONTROLO DAS REVISÕES DO DOCUMENTO Versão Data Descrição Página(s) Próxima revisão 01 15.12.2009 Elaboração da 1ª versão do documento ----- Dezembro/2011 02 12.04.2010

Leia mais

sobre o papel do Ministério Público fora do sistema de justiça penal

sobre o papel do Ministério Público fora do sistema de justiça penal TRADUÇÃO da versão em francês CONSELHO DA EUROPA Recomendação CM/Rec(2012)11 do Comité de Ministros aos Estados Membros sobre o papel do Ministério Público fora do sistema de justiça penal (adoptada pelo

Leia mais

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS CÓDIGOS DE ÉTICA E CONDUTA PROFISSIONAL

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS CÓDIGOS DE ÉTICA E CONDUTA PROFISSIONAL 4 Códigos de Ética e Conduta Profissional 4.1 - Apresentação O presente código de ética e de conduta profissional estabelece padrões de comportamento e de valores que devem ser seguidos, os quais estão

Leia mais

2º Ciclo do Ensino Básico

2º Ciclo do Ensino Básico 2º Ciclo do Ensino Básico a cidadania é responsabilidade perante nós e perante os outros, consciência de deveres e de direitos, impulso para a solidariedade e para a participação, é sentido de comunidade

Leia mais

Unidade 3: A Teoria da Ação Social de Max Weber. Professor Igor Assaf Mendes Sociologia Geral - Psicologia

Unidade 3: A Teoria da Ação Social de Max Weber. Professor Igor Assaf Mendes Sociologia Geral - Psicologia Unidade 3: A Teoria da Ação Social de Max Weber Professor Igor Assaf Mendes Sociologia Geral - Psicologia A Teoria de Ação Social de Max Weber 1 Ação Social 2 Forma de dominação Legítimas 3 Ética Protestante

Leia mais