[Análise Performance Antiga Plataforma]

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "[Análise Performance Antiga Plataforma]"

Transcrição

1 Resumo do documento: Este documento tem com objectivo avaliar o desempenho da antiga aplicação de forma a ver o seu comportamento. Palavras-Chave: Performance Histórico de versões: Versão Data Realizado por V1.0 Jennifer Santos V1.1 V1.2

2 Índice 1 Introdução Análise feita na antiga aplicação da ANET Conclusão... 8 Página 2/8

3 1 Introdução Este documento tem como objectivo a análise de performance Front-end da aplicação Web da ANET da antiga plataforma, de forma a identificar os bottlenecks e apresentar as possíveis soluções. A análise será feita com base nas regras de performance segundo Steve Sourders, com o auxílio do Firebug e suas extensões: -YSLOW, para análise de desempenho; - Net Panel, para analisar o carregamento e performance da aplicação Web; - Page Speed (complementar ao YSlow). Também será usada o HTTPWatch para fazer possíveis comparações. Página 3/8

4 2 Análise feita na antiga aplicação da ANET Com o auxílio do plugin do FireFox o YSlow, podemos optimizar a performance Front- End da aplicação, em alguns pontos. Pois essa ferramenta apresenta um conjunto de regras classificadas entre A à F, onde se pode melhorar as regras que apresentam classificações inferiores à A. A análise da aplicação será feita com base nas seguintes regras: Após a execução do YSlow, podemos verificar de uma forma geral, que a performance da página da ANET apresenta um desempenho relativamente bom, com uma nota B/F. Apesar de apresentar uma bom desempenho, algumas das regras de performance segundo Steve Souders podem ser melhoradas, o que ajudará a optimizar mais a aplicação Página 4/8

5 Como podemos verificar na figura acima as regras com os piores resultados, destacam-se as regras 2 (Use Content delivery network), regra 3 (Add Expires headers) e a regra 13 (Configure entity tags (Etags)). A seguir serão descritas essas regras: - Regra 2: Use Content delivery network (CDN) - como podemos ver pela figura acima, a página tem 26 componente estático e não tem nenhum CDN, sendo a maioria desses ficheiros de imagem (gif,png), tem alguns ficheiros javascript e alguns ficheiros de folha de estilo. A implementação de conteúdo através de múltiplos servidores dispersos geograficamente ajudará ao utilizador da aplicação a perceber que as páginas estão a carregar mais rapidamente, ou seja com vários servidores distribuídos o tempo de resposta torna-se mais rápido. Mas a implementação desse componente será desnecessário uma vez que a aplicação será usada só em Portugal, não haverá a necessidade de ter vários servidores distribuídos geograficamente. - Regra 3 Add Expires headers: Tem 29 componentes estáticos, sem um data expiração "far-futuro" como podemos verificar na figura abaixo. Esses componente não vão sofrer alterações tão cedo, sendo uma boa politica seria mantê-las em cache. Ao usar a cache o carregamento da página Web tornasse mais rápido, reduzindo assim o número de solicitações HTTP. Página 5/8

6 O servidor usa o Expires hears para informar o cliente Web que pode usar a cópia actual de um componente ate o específico specified time. Em relação as estatísticas da página de uma forma geral têm: Página 6/8

7 - Configure entity tags (Etags) regra 13: tem 26 componentes com ETags errada. Etags é um mecanismo que Web-servers e Browser usam para validar componentes armazenados em cache. Com o auxílio do Page Speed, uma ferramenta adicional da Firebug dá-nos uma ideia, diz quais são os ficheiros específicos que devem ser alterado na aplicação Web, como podemos ver na figura abaixo temos: Javascript: Página 7/8

8 Minifying os seguintes recursos JavaScript poderia reduzir seu tamanho pela 1.8KiB (7% de redução). Imagens: Optimizando as imagens a seguir podem reduzir o seu tamanho por 15.6KiB (12% de redução). CSS: 92,1% da CSS (8.3kB estimado de 9kb) não é usado pela página actual. Esses dados não foram apresentados no YSlow por serem ficheiros externos mas. Com o auxílio da feramente Net Panel do firebug e a ferramenta httpwatch, obtemos informações essencial par analisar o carregamento e performance da aplicação, verificando os pedidos feitos, o tempo ate esses serem tratados e o tráfego que ocorreu no acesso de uma página. Como podemos verificar nas figuras abaixo: A figura é o resultado de tempo de carregamento de cada componente da página inicial da antiga aplicação web da ANET. Como podemos verificar pela figura, gastou-se pouco tempo no carregamento da página html, o resto foi gasto com imagens, CSS, JavaScripts, etc. 3 Conclusão Após a análise feita com o auxílio das ferramentas, pode-se concluir que a página apresenta um bom desempenho em relação a performance do Front-end, mas apesar do seu bom desempenho, ainda assim pode ser melhorado em relação a algumas regras (2, 3 e 13(header expeires, configuração do Etags)), o que fará com que a pagina tenha um óptimo desempenho de performance Front-End. A aplicação Web da ANET para além do estudo da análise de performance Front-End, foi feito uma análise do comportamento da aplicação nos diferentes browser mas esse apresentava comportamentos estranhos de browser para browser. Com tal houve a necessidade de melhorar a aplicação, remodelando e desenvolvendo uma nova aplicação com novas tecnologias e novas técnicas de segurança, de forma a optimiza-lo. Página 8/8

Otimização de infraestrutura. de websites. Fabiano Weimar dos Santos xiru@xiru.org

Otimização de infraestrutura. de websites. Fabiano Weimar dos Santos xiru@xiru.org Otimização de infraestrutura para hospedagem de websites Fabiano Weimar dos Santos xiru@xiru.org O que iremos ver? O Problema Fatos! Medindo Performance Ferramentas Dicas de Otimização de Performance O

Leia mais

Meu site Plone está lento. O que fazer? Fabiano Weimar dos Santos xiru@xiru.org

Meu site Plone está lento. O que fazer? Fabiano Weimar dos Santos xiru@xiru.org Meu site Plone está lento. O que fazer? Fabiano Weimar dos Santos xiru@xiru.org 1 Roteiro Por que o Plone é Lento? Performance Tuning Dicas e Truques 2 Por que o Plone é Lento? Fato: qualquer software

Leia mais

1º Seminário de Software Livre Tchelinux Software Livre: leve adiante esta idéia. Soluções de Web Caching e Web Acceleration

1º Seminário de Software Livre Tchelinux Software Livre: leve adiante esta idéia. Soluções de Web Caching e Web Acceleration 1º Seminário de Software Livre Tchelinux Software Livre: leve adiante esta idéia Soluções de Web Caching e Web Acceleration Domingos Parra Novo domingosnovo@terra.com.br Tópicos Introdução O que são web

Leia mais

Web-Site Front-End Analysis Project #2

Web-Site Front-End Analysis Project #2 Web-Site Front-End Analysis Project #2 Applications for the Internet 2008/2009 Author: Rui Gaspar: 2008103370 Índice 2 Índice 1 Introdução... 5 2 Escolha dos Web-Sites... 6 2.1 www.zerozero.pt... 6 2.2

Leia mais

PLATAFORMA DE DESENVOLVIMENTO PINHÃO PARANÁ MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO CVS NO ECLIPSE

PLATAFORMA DE DESENVOLVIMENTO PINHÃO PARANÁ MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO CVS NO ECLIPSE PLATAFORMA DE DESENVOLVIMENTO PINHÃO PARANÁ MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO CVS NO ECLIPSE Agosto 2007 Sumário de Informações do Documento Tipo do Documento: Manual Título do Documento: MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO

Leia mais

Cursos de Magento. 2013 Gugliotti Consulting

Cursos de Magento. 2013 Gugliotti Consulting Cursos de Magento F U N D A M E N T O S D E M A G E N T O C O M M E R C E C U R S O E M V Í D E O - A U L A S M Ó D U L O 2 F T O 2 Fundamentos de Magento Commerce Módulo 2 Aula 1 Configuração da plataforma

Leia mais

Torne seu site mais rápido e venda mais

Torne seu site mais rápido e venda mais Torne seu site mais rápido e venda mais Descubra como criar uma estratégia de aceleração de sites que deixe seu site mais rápido e aumente sua conversão UAIZO A Uaizo ajuda a sua empresa a definir a estratégia

Leia mais

Introdução à Tecnologia Web. Tipos de Sites. Profª MSc. Elizabete Munzlinger www.elizabete.com.br

Introdução à Tecnologia Web. Tipos de Sites. Profª MSc. Elizabete Munzlinger www.elizabete.com.br IntroduçãoàTecnologiaWeb TiposdeSites ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger www.elizabete.com.br ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger www.elizabete.com.br TiposdeSites Índice 1 Sites... 2 2 Tipos de Sites... 2 a) Site

Leia mais

Wireshark. Captura de Protocolos da camada de aplicação. Maicon de Vargas Pereira

Wireshark. Captura de Protocolos da camada de aplicação. Maicon de Vargas Pereira Wireshark Captura de Protocolos da camada de aplicação Maicon de Vargas Pereira Camada de Aplicação Introdução HTTP (Hypertext Transfer Protocol) 2 Introdução Camada de Aplicação Suporta os protocolos

Leia mais

[Teste Escalabilidade]

[Teste Escalabilidade] Resumo do documento: Este documento tem como objectivo especificar os requisitos testes para a verificação a disponibilidade e o desempenho a medida que a carga aumenta no sistema. Palavras-Chave: Escalabilidade

Leia mais

NEVA: Programa para aumento de performance de sites web usando o algoritmo de esteganografia

NEVA: Programa para aumento de performance de sites web usando o algoritmo de esteganografia NEVA: Programa para aumento de performance de sites web usando o algoritmo de esteganografia MÁRCIO PANTOJA LOBATO 1, PEDRO VICTOR PONTES PINHEIRO 1, ROBERTO YURI DA SILVA FRANCO 1, ALESSANDRA NATASHA

Leia mais

Sistemas Distribuídos. Professora: Ana Paula Couto DCC 064

Sistemas Distribuídos. Professora: Ana Paula Couto DCC 064 Sistemas Distribuídos Professora: Ana Paula Couto DCC 064 Sistemas Distribuídos Basedos na Web Capítulo 12 Agenda Arquitetura Processos Comunicação Nomeação Sincronização Consistência e Replicação Introdução

Leia mais

Desenvolvendo para WEB

Desenvolvendo para WEB Nível - Básico Desenvolvendo para WEB Por: Evandro Silva Neste nosso primeiro artigo vamos revisar alguns conceitos que envolvem a programação de aplicativos WEB. A ideia aqui é explicarmos a arquitetura

Leia mais

Front-End: corresponde ao que será visualizado pelo utilizador via web. Deve ser acessível para todo e qualquer utilizador.

Front-End: corresponde ao que será visualizado pelo utilizador via web. Deve ser acessível para todo e qualquer utilizador. Projecto Final Introdução O objectivo do projecto final da disciplina de Computação na Internet é colocar em prática todos os conhecimentos adquiridos na disciplina e, assim, desenvolver um sistema que

Leia mais

Introdução ao HTML 5 e Implementação de Documentos

Introdução ao HTML 5 e Implementação de Documentos Linguagem de Programação para Web Introdução ao HTML 5 e Implementação de Documentos Prof. Mauro Lopes 1-31 20 Objetivo Iremos aqui apresentar a estrutura básica de um documento HTML e iremos também apresentar

Leia mais

Universidade da Beira Interior

Universidade da Beira Interior Universidade da Beira Interior Relatório Apresentação Java Server Pages Adolfo Peixinho nº4067 Nuno Reis nº 3955 Índice O que é uma aplicação Web?... 3 Tecnologia Java EE... 4 Ciclo de Vida de uma Aplicação

Leia mais

SUMÁRIO CONTENT DELIVERY NETWORK 10/20/2014

SUMÁRIO CONTENT DELIVERY NETWORK 10/20/2014 CONTENT DELIVERY NETWORK 20 OUT 2014 SUMÁRIO FACTOS HISTÓRICOS E CURIOSIDADES SOBRE A AKAMAI TECHNOLOGIES, INC. A INTERNET SEM REDES DE DISTRIBUIÇÃO DE CONTEÚDOS AKAMAI: REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE CONTEÚDOS

Leia mais

Proposta Comercial para criação e desenvolvimento do novo portal do Município de São José do Norte - RS

Proposta Comercial para criação e desenvolvimento do novo portal do Município de São José do Norte - RS Proposta Comercial para criação e desenvolvimento do novo portal do Município de São José do Norte - RS Abril 2014 - Versão 1.0 A/C da Srta. Cíntia Arbeletche 1 / 5 Escopo & Premissas Essa proposta contempla

Leia mais

JSP trata-se de uma tecnologia que possibilita o desenvolvimento de páginas web dinâmicas utilizando todas as potencialidades do Java como linguagem

JSP trata-se de uma tecnologia que possibilita o desenvolvimento de páginas web dinâmicas utilizando todas as potencialidades do Java como linguagem 1 JSP trata-se de uma tecnologia que possibilita o desenvolvimento de páginas web dinâmicas utilizando todas as potencialidades do Java como linguagem orientada a objectos. Tal como em ASP e PHP, os ficheiros

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES I 2007/2008 LEIC - Tagus-Park TPC Nº 2. Avaliação sumária da matéria do Capítulo 2

REDES DE COMPUTADORES I 2007/2008 LEIC - Tagus-Park TPC Nº 2. Avaliação sumária da matéria do Capítulo 2 REDES DE COMPUTADORES I 2007/2008 LEIC - Tagus-Park TPC Nº 2 Avaliação sumária da matéria do Capítulo 2 Pergunta: 1 A figura (ver Anexo) ilustra três diagramas de mensagens referentes a pedidos que clientes

Leia mais

Configurando o IIS no Server 2003

Configurando o IIS no Server 2003 2003 Ser ver Enterprise Objetivo Ao término, você será capaz de: 1. Instalar e configurar um site usando o IIS 6.0 Configurando o IIS no Server 2003 Instalando e configurando o IIS 6.0 O IIS 6 é o aplicativo

Leia mais

[Sprint s Semanais] Resumo do documento:

[Sprint s Semanais] Resumo do documento: Resumo do documento: Este documento tem como objectivo especificar apresentar e descrever os sprints atribuídos semanalmente e a evolução dos mesmos. Palavras-Chave: Sprints semanais. Histórico de versões:

Leia mais

Sistemas para internet e software livre

Sistemas para internet e software livre Sistemas para internet e software livre Metodologia de modelagem de aplicações WEB Image: FreeDigitalPhotos.net Domínio: Elementos de aplicação WEB Páginas Web Scripts Formulários Applets e ActiveX Motivação

Leia mais

Uma poderosa ferramenta de monitoramento. Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP

Uma poderosa ferramenta de monitoramento. Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP Uma poderosa ferramenta de monitoramento Madson Santos - madson@pop-pi.rnp.br Técnico de Operação e Manutenção do PoP-PI/RNP Abril de 2008 O que é? Características Requisitos Componentes Visual O que é?

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO DO FRAMEWORK - versão 2.0

DOCUMENTAÇÃO DO FRAMEWORK - versão 2.0 DOCUMENTAÇÃO DO FRAMEWORK - versão 2.0 Índice 1 - Objetivo 2 - Descrição do ambiente 2.1. Tecnologias utilizadas 2.2. Estrutura de pastas 2.3. Bibliotecas já incluídas 3 - Características gerais 4 - Criando

Leia mais

Aplicativos para Internet Aula 01

Aplicativos para Internet Aula 01 Aplicativos para Internet Aula 01 Arquitetura cliente/servidor Introdução ao HTML, CSS e JavaScript Prof. Erika Miranda Universidade de Mogi das Cruzes Uso da Internet http://www.ibope.com.br/pt-br/noticias/paginas/world-wide-web-ou-www-completa-22-anos-nesta-terca-feira.aspx

Leia mais

Conceitos de Ajax Exemplos de uso do Ajax no braço, muitos exemplos, muito código (HTML, CSS, JavaScript, PHP, XML, JSON)

Conceitos de Ajax Exemplos de uso do Ajax no braço, muitos exemplos, muito código (HTML, CSS, JavaScript, PHP, XML, JSON) Márcio Koch 1 Currículo Formado na FURB em Ciência da Computação Pós graduado em Tecnologias para o desenvolvimento de aplicações web Mestrando em Computação Gráfica na UDESC Arquiteto de software na Senior

Leia mais

MELHORANDO O DESEMPENHO DO SEU WORDPRESS JULIAN FERNANDES TIAGO HILLEBRANDT

MELHORANDO O DESEMPENHO DO SEU WORDPRESS JULIAN FERNANDES TIAGO HILLEBRANDT MELHORANDO O DESEMPENHO DO SEU WORDPRESS JULIAN FERNANDES TIAGO HILLEBRANDT Julian Fernandes Technical Support Team Lead na Copyblogger Media, LLC Trabalha diariamente com uma estrutura com mais de 10.000

Leia mais

MÓDULO MULTIMÉDIA. Text PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES. MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com. URL: http://esganarel.home.sapo.

MÓDULO MULTIMÉDIA. Text PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES. MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com. URL: http://esganarel.home.sapo. MÓDULO MULTIMÉDIA PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com URL: http://esganarel.home.sapo.pt Text GABINETE: 1G1 - A HORA DE ATENDIMENTO: SEG. E QUA. DAS 11H / 12H30

Leia mais

World Wide Web e Aplicações

World Wide Web e Aplicações World Wide Web e Aplicações Módulo H O que é a WWW Permite a criação, manipulação e recuperação de informações Padrão de fato para navegação, publicação de informações e execução de transações na Internet

Leia mais

Intranets. FERNANDO ALBUQUERQUE Departamento de Ciência da Computação Universidade de Brasília 1.INTRODUÇÃO

Intranets. FERNANDO ALBUQUERQUE Departamento de Ciência da Computação Universidade de Brasília 1.INTRODUÇÃO Intranets FERNANDO ALBUQUERQUE Departamento de Ciência da Computação Universidade de Brasília 1.INTRODUÇÃO As intranets são redes internas às organizações que usam as tecnologias utilizadas na rede mundial

Leia mais

O que são sistemas supervisórios?

O que são sistemas supervisórios? O que são sistemas supervisórios? Ana Paula Gonçalves da Silva, Marcelo Salvador ana-paula@elipse.com.br, marcelo@elipse.com.br RT 025.04 Criado: 10/09/2004 Atualizado: 20/12/2005 Palavras-chave: sistemas

Leia mais

Atualização deixa Java mais seguro, mas ainda é melhor desativar

Atualização deixa Java mais seguro, mas ainda é melhor desativar Atualização deixa Java mais seguro, mas ainda é melhor desativar seg, 21/01/13 por Altieres Rohr Segurança Digital Se você tem alguma dúvida sobre segurança da informação (antivírus, invasões, cibercrime,

Leia mais

Programação para Internet Flávio de Oliveira Silva, M.Sc.

Programação para Internet Flávio de Oliveira Silva, M.Sc. INTERNET Grande conjunto de redes de computadores interligadas pelo mundo. Começou como uma rede interligando Universidades no E.U.A A partir de 1993 a Internet começou a ser explorada comercialmente.

Leia mais

Criação de um Ambiente Web de Alto Desempenho para o Portal do CEULP/ULBRA

Criação de um Ambiente Web de Alto Desempenho para o Portal do CEULP/ULBRA Criação de um Ambiente Web de Alto Desempenho para o Portal do CEULP/ULBRA Valdirene da Cruz Neves Júnior, Jackson Gomes de Souza Curso de Sistemas de Informação Centro Universitário Luterano de Palmas

Leia mais

Consultoria, Tecnologia & Sistemas. Formação em Informática. Outubro de 2015

Consultoria, Tecnologia & Sistemas. Formação em Informática. Outubro de 2015 Consultoria, Tecnologia & Sistemas Formação em Informática Outubro de 2015 Inscrições Abertas (Ver calendário de cursos disponíveis nesta fase) Turmas limitadas a um máximo de 4 Estudates Estamos no seguinte

Leia mais

HTML. Tópicos. Tags. Páginas WEB Arquitectura Definição HTML. O documento HTML Estrutura do documento Meta comandos Ferramentas de edição de HTML

HTML. Tópicos. Tags. Páginas WEB Arquitectura Definição HTML. O documento HTML Estrutura do documento Meta comandos Ferramentas de edição de HTML HTML Tópicos Páginas WEB Arquitectura Definição HTML Tags O documento HTML Estrutura do documento Meta comandos Ferramentas de edição de HTML Arquitectura Browser Pedido de resolução nome End. IP Pedido

Leia mais

HTTP. passado, presente e futuro.

HTTP. passado, presente e futuro. HTTP passado, presente e futuro. Luiz Fernando Rodrigues (ou Fernahh) blog.fernahh.com.br github.com/fernahh twitter.com/fernahh speakerdeck.com/fernahh www.organicadigital.com HTT... o que? HTT... o que?

Leia mais

1. Introdução. 2. A área de trabalho

1. Introdução. 2. A área de trabalho Curso Criiar web siites com o Dreamweaver Parrttee II 1. Introdução O Macromedia DreamWeaver é um editor de HTML profissional para desenhar, codificar e desenvolver sites, páginas e aplicativos para a

Leia mais

XHTML 1.0 DTDs e Validação

XHTML 1.0 DTDs e Validação XHTML 1.0 DTDs e Validação PRnet/2012 Ferramentas para Web Design 1 HTML 4.0 X XHTML 1.0 Quais são os três principais componentes ou instrumentos mais utilizados na internet? PRnet/2012 Ferramentas para

Leia mais

Encontro de Utilizadores Esri 2013. ArcGIS for Server 10.2 Administração Orador: João Ferreira Esri Portugal

Encontro de Utilizadores Esri 2013. ArcGIS for Server 10.2 Administração Orador: João Ferreira Esri Portugal Encontro de Utilizadores Esri 2013 ArcGIS for Server 10.2 Administração Orador: João Ferreira Esri Portugal ArcGIS Server Administração e Configuração João Ferreira Agenda Arquitectura Instalação do ArcGIS

Leia mais

Formador: Paulo Ramos IGRI13: Rui Bárcia Nº15. Burp Suite. Módulo 25

Formador: Paulo Ramos IGRI13: Rui Bárcia Nº15. Burp Suite. Módulo 25 Formador: Paulo Ramos IGRI13: Rui Bárcia Nº15 Burp Suite Módulo 25 01 O que é? O que é o Burp Suite? Burp Suite é uma plataforma integrada para a realização de testes de segurança de aplicações web. As

Leia mais

Internet Access Quality Monitor. Bruno Pires Ramos Prof. Vasco Soares Prof. Alexandre Fonte

Internet Access Quality Monitor. Bruno Pires Ramos Prof. Vasco Soares Prof. Alexandre Fonte Internet Access Quality Monitor Bruno Pires Ramos Prof. Vasco Soares Prof. Alexandre Fonte Escola Superior de Tecnologia - Maio 2008 2 Índice Objectivos Estado da Arte Sistema IAQM Tecnologias Utilizadas

Leia mais

Coleção - Análises de email marketing em clientes de email

Coleção - Análises de email marketing em clientes de email Coleção - Análises de email marketing em clientes de email Thunderbird e Terra Nesta terceira edição da Coletânea de Análises de Email Marketing em Clientes de Email, apresentamos os estudos do webmail

Leia mais

Introdução ao Desenvolvimento e Design de Websites

Introdução ao Desenvolvimento e Design de Websites Introdução ao Desenvolvimento e Design de Websites Prof.: Salustiano Rodrigues de Oliveira Email: saluorodrigues@gmail.com Site: www.profsalu.wordpress.com Introdução ao Desenvolvimento e Design de Websites

Leia mais

Servidor, Proxy e Firewall. Professor Victor Sotero

Servidor, Proxy e Firewall. Professor Victor Sotero Servidor, Proxy e Firewall Professor Victor Sotero 1 Servidor: Conceito Um servidor é um sistema de computação centralizada que fornece serviços a uma rede de computadores; Os computadores que acessam

Leia mais

GERENCIAMENTO CENTRALIZADO DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC

GERENCIAMENTO CENTRALIZADO DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC GERENCIAMENTO CENTRALIZADO DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC RESUMO EXECUTIVO O PowerVault DL2000, baseado na tecnologia Symantec Backup Exec, oferece a única solução de backup em

Leia mais

Responsive Web Design

Responsive Web Design Professor: http://jemaf.github.com DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES WEB - INFORMATICA - COLTEC/UFMG 2014 Introdução Atualmente, a web é acessada de qualquer lugar, em qualquer dispositivo. Acesso a web: Anos

Leia mais

Desenvolvimento em Ambiente Web. HTML - Introdução

Desenvolvimento em Ambiente Web. HTML - Introdução Desenvolvimento em Ambiente Web HTML - Introdução O que é HTML? HTML é uma linguagem para descrever a estrutura de uma página WEB. Ela permite: Publicar documentos online com cabeçalhos, texto, tabelas,

Leia mais

Documentação. Programa de Evolução Contínua Versão 1.76

Documentação. Programa de Evolução Contínua Versão 1.76 Documentação Programa de Evolução Contínua Versão 1.76 Sumário Resumo das Novidades... 3 Configuração das Novidades... 5 Nova integração Google Universal Analytics... 5 Sistema de Múltiplos Pacotes de

Leia mais

Criação de um site sobre Comunicação

Criação de um site sobre Comunicação Luciano Conceição Martins Criação de um site sobre Comunicação UNICAMP Universidade Estadual de Campinas Introdução: Um site é um conjunto de arquivos feitos através de códigos de programação. E, estes

Leia mais

Mapa Mental de Data Warehouse - OLAP

Mapa Mental de Data Warehouse - OLAP Mapa Mental de Data Warehouse - OLAP Mapa Mental de Data Warehouse OLAP Mapa Mental de Data Warehouse - OLAP Introdução ao PHP PHP é provavelmente uma das linguagens de programação web mais popular. Com

Leia mais

Curso de PHP. FATEC - Jundiaí. Conteúdo do Curso. 40% de aula teórica 60% de aula prática. O que veremos neste semestre?

Curso de PHP. FATEC - Jundiaí. Conteúdo do Curso. 40% de aula teórica 60% de aula prática. O que veremos neste semestre? Curso de PHP FATEC - Jundiaí Conteúdo do Curso 40% de aula teórica 60% de aula prática O que veremos neste semestre? Linguagem PHP Banco de Dados - PostgreSQL PHP - Introdução ao PHP - Estrutura de um

Leia mais

Simple Storage. Storage Orientado ao objeto: Armazenamento de arquivos com a segurança e a economia que sua empresa precisa

Simple Storage. Storage Orientado ao objeto: Armazenamento de arquivos com a segurança e a economia que sua empresa precisa Simple Storage Storage Orientado ao objeto: Armazenamento de arquivos com a segurança e a economia que sua empresa precisa Simple Storage Storage Orientado ao objeto: Armazenamento de arquivos com a segurança

Leia mais

Como implementar Cache Busting nas tags da Atlas. O que são tags? O que é Cache Busting?

Como implementar Cache Busting nas tags da Atlas. O que são tags? O que é Cache Busting? Guia de implementação de cache busting e teste de tags Atlas Ad Server http:///operacoes/guia_implementacao_cachebusting_teste_tags_atlas_aunica.pdf Este documento é destinado à orientação e ao suporte

Leia mais

Para contornar a situação, devemos configurar o acesso ao servidor da CAIXA fora do Filtro Web.

Para contornar a situação, devemos configurar o acesso ao servidor da CAIXA fora do Filtro Web. Introdução HOW TO Página: 1 de 5 O presente documento esclarece a causa do problema de acesso ao site da CAIXA através do Filtro Web e explica qual a configuração que deve ser feita para contornar essa

Leia mais

Templates. Existem vários frameworks e softwares para criação de templates, sendo os mais conhecidos: Gantry, T3 e Artisteer.

Templates. Existem vários frameworks e softwares para criação de templates, sendo os mais conhecidos: Gantry, T3 e Artisteer. Templates Template ou tema, é a camada de visão de qualquer programa orientado a objetos, isto mesmo, template não é uma exclusividade do Joomla! Fim manter um padrão de nomenclatura, irei utilizar o termo

Leia mais

Ontologia Navegadores_Codigo-Aberto

Ontologia Navegadores_Codigo-Aberto Ontologia Navegadores_Codigo-Aberto Documento Lista de Termos (versão 1.0) 04-04-2008 report by ontokem Web Tool - ontologies for Knowledge Engineering and Management 1) bookmark: instância da característica

Leia mais

Desenvolvendo Websites com PHP

Desenvolvendo Websites com PHP Desenvolvendo Websites com PHP Aprenda a criar Websites dinâmicos e interativos com PHP e bancos de dados Juliano Niederauer 19 Capítulo 1 O que é o PHP? O PHP é uma das linguagens mais utilizadas na Web.

Leia mais

Gerência de Configuração. Profº Rômulo César

Gerência de Configuração. Profº Rômulo César Gerência de Configuração Profº Rômulo César Gerência de Configuração Cenário Atual Projetos cada vez mais complexos em relação ao tamanho, sofisticação e tecnologias envolvidas Grandes equipes geograficamente

Leia mais

Estrutura de ensino/aprendizagem da Unidade Curricular Programação na Internet (PI)

Estrutura de ensino/aprendizagem da Unidade Curricular Programação na Internet (PI) Estrutura de ensino/aprendizagem da Unidade Curricular Programação na Internet (PI) Resumo A Unidade Curricular (UC) de PI trata a componente de distribuição e actualização da UI em aplicações Web. Estudam-se

Leia mais

Afinal o que é HTML?

Afinal o que é HTML? Aluno : Jakson Nunes Tavares Gestão e tecnologia da informacão Afinal o que é HTML? HTML é a sigla de HyperText Markup Language, expressão inglesa que significa "Linguagem de Marcação de Hipertexto". Consiste

Leia mais

Servidor Proxy armazenamento em cache.

Servidor Proxy armazenamento em cache. Servidor Proxy Servidor Proxy Um modo bastante simples de melhorar o desempenho de uma rede é gravar páginas que foram anteriormente acessadas, caso venham a ser solicitadas novamente. O procedimento de

Leia mais

Manual do Gestor de Templates

Manual do Gestor de Templates Manual do Gestor de Templates Versão - Revisão 2 200.07.09 Índice Introdução... 3 2 O que muda com o Gestor de Templates... 3 3 Implicação da utilização do Gestor de Templates... 4 4 Lista de Funcionalidades...

Leia mais

WEBDESIGN. Professor: Paulo Trentin paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira

WEBDESIGN. Professor: Paulo Trentin paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira WEBDESIGN Professor: Paulo Trentin paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira 1 CDI - Curso de Webdesign - Prof. Paulo Trentin Objetivos para esta aula Debater sobre

Leia mais

Programação para Internet II

Programação para Internet II Programação para Internet II Aulas 01 e 02 Prof. Fernando Freitas Costa http://blog.fimes.edu.br/fernando nando@fimes.edu.br Conteúdo Programático Instalação e configuração básica do Eclipse Indigo e do

Leia mais

@sergio_caelum sergiolopes.org

@sergio_caelum sergiolopes.org HTTP/2 @sergio_caelum sergiolopes.org review HTTP em 5 slides $ telnet www.caelum.com.br 80 Trying 64.233.171.121... Connected to ghs.googlehosted.com. Escape character is '^]'. GET / HTTP/1.1 Host: www.caelum.com.br

Leia mais

SOBRE A TOOLSYSTEMS. ToolSystems Sistemas Fone: (47) 3381-3344

SOBRE A TOOLSYSTEMS. ToolSystems Sistemas Fone: (47) 3381-3344 SOBRE A TOOLSYSTEMS Com mais de 10 anos no mercado, a ToolSystems sistemas se dedica a entender as novas tecnologias para garantir a seus clientes as melhores e mais atuais soluções para Internet. Ao longo

Leia mais

1.2.4. Organizar a estrutura do site

1.2.4. Organizar a estrutura do site 1.2.4. Organizar a estrutura do site 1 Organizar a estrutura do site A organização da estrutura do site passa pela definição das ligações entre as páginas que o compõem Esta organização deve ser intuitiva

Leia mais

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Desenvolvimento em Ambiente Web Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com No início A Web é criada em 1989, para ser um padrão de publicação e distribuição de textos científicos e acadêmicos.

Leia mais

CAPÍTULO 2. Este capítulo tratará :

CAPÍTULO 2. Este capítulo tratará : 1ª PARTE CAPÍTULO 2 Este capítulo tratará : 1. O que é necessário para se criar páginas para a Web. 2. A diferença entre páginas Web, Home Page e apresentação Web 3. Navegadores 4. O que é site, Host,

Leia mais

Conceitos de extensões Joomla!

Conceitos de extensões Joomla! capítulo 1 Conceitos de extensões Joomla! Entendendo o que é extensão Extensão pode ser entendida como uma pequena aplicação desenvolvida com regras de construção estabelecidas pelo ambiente Joomla!. É

Leia mais

Ferramenta Colaborativa para Groupware

Ferramenta Colaborativa para Groupware Ferramenta Colaborativa para Groupware Rodolpho Brock UFSC Universidade Federal de Santa Catarina INE Deparrtamento de Informática e Estatística Curso de Graduação em Sistema de Informação rbrock@inf.ufsc.br

Leia mais

Alan Menk Santos alanmenk@hotmail.com www.sistemasul.com.br/menk. Redes de Computadores e Telecomunicações. Camada de Aplicação. Camada de Aplicação

Alan Menk Santos alanmenk@hotmail.com www.sistemasul.com.br/menk. Redes de Computadores e Telecomunicações. Camada de Aplicação. Camada de Aplicação Alan Menk Santos alanmenk@hotmail.com www.sistemasul.com.br/menk Redes de Computadores e Telecomunicações. A camada da aplicação serve como a janela na qual os utilizadores e processos da aplicação podem

Leia mais

Improving Performance of the Internet - Cont. Orlando Pereira - m2371 Bruno Miguel Silva- m2359 João Prata - a15997

Improving Performance of the Internet - Cont. Orlando Pereira - m2371 Bruno Miguel Silva- m2359 João Prata - a15997 Improving Performance of the Internet - Cont. Orlando Pereira - m2371 Bruno Miguel Silva- m2359 João Prata - a15997 A question of Scale..D is tâncias l o ng as aume n t am a probabilidade de congestão

Leia mais

A Internet 7 Criação de Páginas Web

A Internet 7 Criação de Páginas Web 7 - Criação de Páginas Web A Internet A Internet Empresas, instituições e pessoas individuais estão cada vez mais interessadas não só em aceder ao imenso manancial de informação disponibilizado pela Internet

Leia mais

Sistemas de Gerência de Bancos de Dados. 7 - Outras Arquiteturas para SGBDs 7.2 - SGBDs Cliente-Servidor

Sistemas de Gerência de Bancos de Dados. 7 - Outras Arquiteturas para SGBDs 7.2 - SGBDs Cliente-Servidor Sistemas de Gerência de Bancos de Dados 7 - Outras Arquiteturas para SGBDs 7.2 - SGBDs Cliente-Servidor 1 Alternativas de Arquitetura Consistência de Cache Tópicos 2 Servidor de Objetos: Alternativas de

Leia mais

Webstore Reloaded. A arquitetura do walmart.com.br remodelada

Webstore Reloaded. A arquitetura do walmart.com.br remodelada Webstore Reloaded A arquitetura do walmart.com.br remodelada Agenda Mudança de Filosofia. Missão Problemas Premissas Estratégia Sacadas Solução Eventos e Lições Resultados e Rumos Futuros Mudança de Filosofia

Leia mais

Kaspersky Anti-Virus 2013 Kaspersky Internet Security 2013 Lista de novos recursos

Kaspersky Anti-Virus 2013 Kaspersky Internet Security 2013 Lista de novos recursos Kaspersky Anti-Virus 2013 Kaspersky Internet Security 2013 Lista de novos recursos Sumário Visão geral de novos recursos 2 Instalação, ativação, licenciamento 2 Internet Security 3 Proteção Avançada 4

Leia mais

ANEXO 11. Framework é um conjunto de classes que colaboram para realizar uma responsabilidade para um domínio de um subsistema da aplicação.

ANEXO 11. Framework é um conjunto de classes que colaboram para realizar uma responsabilidade para um domínio de um subsistema da aplicação. ANEXO 11 O MATRIZ Para o desenvolvimento de sites, objeto deste edital, a empresa contratada obrigatoriamente utilizará o framework MATRIZ desenvolvido pela PROCERGS e disponibilizado no início do trabalho.

Leia mais

INTRODUÇÃO À OTIMIZAÇÃO

INTRODUÇÃO À OTIMIZAÇÃO INTRODUÇÃO À OTIMIZAÇÃO ZOPE / PLONE Escalando o Zope Definida configuração de hardware, existem três maneiras de aumentar o desempenho de um site Plone: Diminuir a carga no Zope usando mecanismos de cache

Leia mais

Coleção - Análises de email marketing em clientes de email

Coleção - Análises de email marketing em clientes de email Coleção - Análises de email marketing em clientes de email Introdução Nesta sexta e penúltima edição da Coletânea de Análises de Email Marketing em Clientes de Email, apresentamos os estudos dos clientes

Leia mais

Política de uso de dados

Política de uso de dados Política de uso de dados A política de dados ajudará você a entender como funciona as informações completadas na sua área Minhas Festas. I. Informações que recebemos e como são usadas Suas informações

Leia mais

Desenvolvimento Web TCC-00.226 Turma A-1

Desenvolvimento Web TCC-00.226 Turma A-1 Desenvolvimento Web TCC-00.226 Turma A-1 Conteúdo Arquitetura de Aplicações Distribuídas na Web Professor Leandro Augusto Frata Fernandes laffernandes@ic.uff.br Material disponível em http://www.ic.uff.br/~laffernandes/teaching/2013.2/tcc-00.226

Leia mais

Projeto Simple Maps. Quarto semestre de ADS. Professor: Fabrício J. Barth fabricio.barth@bandtec.com.br

Projeto Simple Maps. Quarto semestre de ADS. Professor: Fabrício J. Barth fabricio.barth@bandtec.com.br Projeto Simple Maps Quarto semestre de ADS Professor: Fabrício J. Barth fabricio.barth@bandtec.com.br Sumário Proposta do projeto Função pedagógica do projeto Desenvolvimento do projeto Avaliação qualitativa

Leia mais

Avaliação dos Equívocos Descritos por Nielsen em Páginas Web

Avaliação dos Equívocos Descritos por Nielsen em Páginas Web Universidade Federal do Rio Grande do Sul Instituto de Informática Departamento de Informática Aplicada Interação Homem-Computador INF01043 Aluno: Leonardo Garcia Fischer Cartão UFRGS: 116627 Matrícula:

Leia mais

Relatório de Estágio

Relatório de Estágio Instituto Politécnico da Guarda Curso de Especialização Tecnológica Desenvolvimento de Produtos de Multimédia Relatório de Estágio Sentido Comum Anabela Simão Rocha 1 Instituto Politécnico da Guarda Curso

Leia mais

Visualização de Informação Geográfica na WEB. O exemplo do Atlas de Portugal.

Visualização de Informação Geográfica na WEB. O exemplo do Atlas de Portugal. Visualização de Informação Geográfica na WEB. O exemplo do Atlas de Portugal. INSPIRE e a Infra-estrutura Nacional de Informação Geográfica 17 de Novembro de 2006 1 Tópicos Atlas de Portugal na WEB A proposta

Leia mais

Desenvolvendo aplicações Web escaláveis. Elton Luís Minetto

Desenvolvendo aplicações Web escaláveis. Elton Luís Minetto Desenvolvendo aplicações Web escaláveis Elton Luís Minetto Quem? Graduado e pós-graduado em Ciência da Computação. Cursando MBA em Gerenciamento de Projetos Trabalha com PHP desde 2000 Autor do livro

Leia mais

ARQUITETURA DE SISTEMAS. Cleviton Monteiro (cleviton@gmail.com)

ARQUITETURA DE SISTEMAS. Cleviton Monteiro (cleviton@gmail.com) ARQUITETURA DE SISTEMAS Cleviton Monteiro (cleviton@gmail.com) Roteiro Definição Documento de arquitetura Modelos de representação da arquitetura Estilos arquiteturais Arquitetura de sistemas web Arquitetura

Leia mais

Como Configurar Catálogos de Correio Eletrônico com o MDaemon 6.0

Como Configurar Catálogos de Correio Eletrônico com o MDaemon 6.0 Como Configurar Catálogos de Correio Eletrônico com o MDaemon 6.0 Alt-N Technologies, Ltd 1179 Corporate Drive West, #103 Arlington, TX 76006 Tel: (817) 652-0204 2002 Alt-N Technologies. Todos os Direitos

Leia mais

01.00 CDNs Introdução

01.00 CDNs Introdução 01.00 CDNs Introdução Redes de Distribuição de Conteúdos Introdução A Web surgiu enquanto forma de partilha de conteúdos e serviços Aumento de utilizadores e conteúdos, aumenta a necessidade de largura

Leia mais

Guia para produção de peças HTML5 Globo.com

Guia para produção de peças HTML5 Globo.com 1 Guia para produção de peças HTML5 Globo.com A implementação de um criativo HTML5 possibilita o desenvolvimento de criativos com códigos compatíveis pela maioria dos browsers modernos e por devices mobile,

Leia mais

MANUAL E DICAS ASSISTENTE VIRTUAL (AV) ADS DIGITAL (WWW.ADSDIGITAL.COM.BR) VERSÃO DO ASSISTENTE VIRTUAL: 1.3.1 POR

MANUAL E DICAS ASSISTENTE VIRTUAL (AV) ADS DIGITAL (WWW.ADSDIGITAL.COM.BR) VERSÃO DO ASSISTENTE VIRTUAL: 1.3.1 POR MANUAL E DICAS DO ASSISTENTE VIRTUAL (AV) POR ADS DIGITAL (WWW.ADSDIGITAL.COM.BR) VERSÃO DO ASSISTENTE VIRTUAL: 1.3.1 ÍNDICE Introdução...3 Requisitos e Restrições do Assistente...3 Diferenças da Versão

Leia mais

OFICINA I UNISINOS 2013/1 PROF. PAULO H. CAZAROTTO

OFICINA I UNISINOS 2013/1 PROF. PAULO H. CAZAROTTO OFICINA I UNISINOS 2013/1 PROF. PAULO H. CAZAROTTO Aula 1 - Apresentação da disciplina - Apresentação da tecnologia - Ferramentas sugeridas - Trabalho final - Trabalho da semana Oficina I? Oficina para

Leia mais

Fábio Costa e Miguel Varela

Fábio Costa e Miguel Varela Sistema de Informação e Gestão dos Laboratórios do Departamento de Eng.ª Electrotécnica com Tecnologia RFID Projecto Final de Licenciatura em Eng. Electrotécnica e de Computadores Ramo de Electrónica e

Leia mais

GISWEB - Informação Geográfica ao Alcance de Todos

GISWEB - Informação Geográfica ao Alcance de Todos GISWEB - Informação Geográfica ao Alcance de Todos Bruno Perboni Qualityware Conselheiro Laurindo 825 cj. 412 centro Curitiba PR fone: 3232-1126 bruno@qualityware.com.br Maysa Portugal de Oliveira Furquim

Leia mais