PEÇA TEATRAL: DEU A LOUCA EM ROMEU E JULIETA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PEÇA TEATRAL: DEU A LOUCA EM ROMEU E JULIETA"

Transcrição

1 PEÇA TEATRAL: DEU A LOUCA EM ROMEU E JULIETA Personagens: NARRADORA: ROMEU: JULIETA: MERCUTIO: FREI LOURENÇO: CAPULETO (Pai de Julieta): SENHORA CAPULETO (Mãe de Julieta): CARLOTA (Irmã de Julieta): AMA (empregada): INTRODUÇÃO NARRADOR: Na bela Verona duas famílias de igual dignidade, levados por antigos rancores desencadeiam novos distúrbios, onde ódio tinge de sangue as mãos de seus cidadãos. Em meio ao ódio dessas famílias, sobre a luz da lua e o brilho das estrelas, surge o mais puro dos sentimentos, o amor... E deste amor à desventura de dois amantes, Romeu e Julieta, acometidos por um lastimoso fim que até os dias de hoje sobrevive intacto e invencível. CENA 1 MERCUTIO: VOCÊ ESTÁ CHORANDO? ROMEU: NÃO SÓ ESTOU LAVANDO MEUS OLHOS DE DENTRO PARA FORA. MERCUTIO: PORQUE CHORAS? POR Á CASO É O AMOR? ROMEU: SIM. MERCUTIO: QUE TÃO CRUEL AMOR É ESTE QUE PROVAS? ROMEU: NÃO SEI AO CERTO. HAVERÁ UM GRANDE BAILE ESTÁ NOITE, NA CASA DOS CAPULETOS. VAMOS? MERCUTIO: VAMOS! CENA 2 1

2 CARLOTA: OI LINDO, QUER DANÇAR COMIGO? ROMEU: NÃO CARLOTA: RIDÍCULO... ROMEU: OLÁ, QUER DANÇAR COMIGO? JULIETA: TENHO QUE IR, TCHAU! ROMEU: É UMA CAPULETO? MERCUTIO: SIM, O NOME DELA É JULIETA. MAS, VAMOS! A BRINCADEIRA CHEGOU AO FIM. NARRADOR: Depois deste baile nasce em Romeu e Julieta o amor. Mas a inimizade entre as famílias cria um grande obstáculo para a aproximação dos amantes. Só a forte paixão poderá lhes dá forças e meios para se encontrarem, e assim, um nos braços do outro viverem uma linda e bela história de amor. CENA 3 ROMEU: EU ESTOU APAIXONADO POR JULIETA MAS SEUS PAIS NUNCA PERMITIRAM A NOSSA UNIÃO. MERCUTIO: EU TIVE UMA IDEIA. ROMEU: EU JÁ PENSEI EM MATAR OS PAIS DELA. MERCUTIO: NÃO É NADA DE MATAR, VOCÊ PODERIA FAZER UMA SERENATA. ROMEU: VOCÊ ACHA QUE ISSO VAI DAR CERTO? MERCUTIO: NÃO, MAS NÃO CUSTA NADA TENTAR. ROMEU: ENTÃO VAMOS A SACADA DE JULIETA HO JULIETA. CENA 4 ROMEU: JULIETA HO JULIETA DEIXE EU VER SUA... PAI DE JULIETA: VER O QUE? MÃE DE JULIETA: SAFADO! ROMEU: SUA BOCHECHA, ORA. CARLOTA: ELE VEIO ME VER! ROMEU: NÃO! JULIETA: ROMEU HO ROMEU. 2

3 ROMEU: JULIETA HO JULIETA, JOGUE SUAS TRANSAS PARA QUE EU SUBA ATÉ AI. MÃE DE JULIETA: ELA É JULIETA E NÃO É A RAPUNZEL NÃO. PAI DE JULIETA: O QUE VOCÊ QUER? ROMEU: EU QUERO CANTAR UMA JULIETA, PARA SERENATA. DIGO, UMA SERENATA PARA JULIETA. PAI DE JULIETA: TE DOU DEZ SEGUNDOS. ROMEU: EU ESTOU UM POUQUINHO NERVOSO MAS VAMOS. MERCUTIO: ENTÃO VAMOS. ROMEU: EU FALEI VAMOS ERA PARA COMEÇAR A SERENATA. MERCUTIO: ATA. PAI DE JULIETA: SAI DAQUI. ROMEU: PORQUE? EU NEM CANTEI AINDA. PAI DE JULIETA: PORQUE EU SÓ TE DEI DEZ SEGUNDOS. MERCUTIO: É MELHOR NÓS IRMOS. CENA 5 JULIETA: PAPAI VOCÊ NÃO PODE INTERFERIR NA MINHA VIDA ASSIM, DEIXA EU CASAR. PAI DE JULIETA: NÃO DEIXO, NÃO DEIXO E NÃO DEIXO... MAE DE JULIETA: ELE É CARINHOSO. MAS NÃO TEM NADA. JULIETA: ISSO QUER DIZER QUE SIM? MAE DE JULIETA: NEM A PAU. MAE DE JULIETA: VOCÊ ESTÁ VENDO OS MODOS DESSA MENINA SÓ POR CAUSA DE ROMEU HO ROMEU. PAI DE JULIETA: A CULPA NÃO É DO ROMEU HO ROMEU, VOCÊ QUE NÃO DEU A DEVIDA EDUCAÇÃO A ELA. MAE DE JULIETA: ENTÃO COMO SERIA UMA BOA EDUCAÇÃO PARA ELA MEU SENHOR. PAI DE JULIETA: EU NÃO SEI EU SOU UM PAI AUSENTE. MAE DE JULIETA: (Tosse...) VIU MEU ESTADO DE SAÚDE PIORA Á CADA DIA E VOCÊ NEM CUIDA DE MIM. PAI DE JULIETA: COMO NÃO? EU JÁ ATÉ ENCOMENDEI O SEU CAIXÃO... MAE DE JULIETA: NOSSA.. 3

4 AMA: OPA, OPA, OPA QUERIDA EU SÓ QUERO SABER DO MEU AUMENTO! PAI DE JULIETA: ROMEU HO ROMEU AQUELE BOFE PODERIA SER MEU! MAE DE JULIETA: AI DE MIM! UMA FILHA MAL EDUCADA, UM MARIDO AFEMINADO E UMA EMPREGADA ABUSADA. JULIETA: MAMÃE VOCÊ SE CASOU COM PAPAI POR AMOR? MAE DE JULIETA: QUEM TE DISSE ESSA MENTIRA? EU CASEI COM SEU PAI PORQUE ELE É RICO E OUTRA SEU PAI NÃO DEIXA VOCÊ SE CASAR COM ROMEU PORQUE SEU PAI O DESEJA. MÃE DE JULIETA: (TOSSE...) JULIETA: O QUE VOCÊ TEM MAMÃE? MAE DE JULIETA: SÓ UMA TUBERCULOSE... CENA 6 ROMEU: JULIETA HO JULIETA. JULIETA: ROMEU HO ROMEU. ROMEU: "MUITAS VEZES EU TENTEI FUJIR, MAS AONDE EU IA EU TAVA." JULIETA: COMO A REALIDADE DA VIDA É RUIM SEM VOCÊ... ROMEU: NÃO SABIA QUE VOCÊ ERA POETA!? JULIETA: NEM EU! ROMEU: VAMOS FUGIR? JULIETA: EU NÃO POSSO MINHA MÃE ESTÁ DOENTE E ELA NÃO VAI COMEMORAR ANIVERSÁRIO EM DEZEMBRO. ROMEU: ORA, PORQUE? JULIETA: PORQUE ELA SÓ COMPLETA ANO EM FEVEREIRO. ROMEU: ESTÁ BEM JÁ QUE VOCÊ NÃO QUER FUGIR VOU FALAR COM FREI LOURENÇO, ELE SIM PODE ME ACONSELHAR. CENA 7 ROMEU: FREI LOURENÇO, ESTOU APAIXONADO POR UMA CAPULETO. FREI LOURENÇO: BENDITO SEJA! QUEM SABE ESSE AMOR NÃO SEJA UMA TRÉGUA, UMA ALIANÇA ENTRE OS CAPULETOS E OS MONTECHIOS. BEM SABES QUE TENHO ESTIMA POR AMBAS FAMÍLIAS E A PAZ É O QUE MAIS DESEJO. 4

5 ROMEU: QUERO QUE VOCÊ NOS CASE. FREI LOURENÇO: AMBAS FAMÍLIAS JAMAIS ACEITARAM ESTA UNIÃO. ROMEU: POR ISSO DEVERÃO SABER SOMENTE DEPOIS DA CERIMÔNIA DA NOSSA UNIÃO. FREI LOURENÇO: SEI NÃO. ROMEU: EU TE SUPLICO! FREI LOURENÇO: ESTÁ BEM FAREI... MAS POR RAZÃO DE PROMOVER ENTRE AS FAMÍLIAS A PAZ. ROMEU: ENTÃO TEMOS QUE IR DEPRESSA. FREI LOURENÇO: CALMA MEU JOVEM! QUEM MUITO CORRE PODE CAIR. CENA 8 NARRADOR: Através de uma mensagem via WhatsApp Julieta ficou sabendo que tudo estava acertado. Chegou bem cedo ao mosteiro de Frei Lourenço e ali as mãos dos jovens se juntaram na sagrada união. Mas, o pior estava por vir. MERCUTIO: SUA MÃE MORREU JULIETA HO JULIETA. JULIETA: (julieta chora) e logo diz AGORA VAMOS PODE FUGIR! MERCUTIO: MAS SEU PAI ESTÁ VINDO AI. JULIETA: TENHO QUE IR SE NÃO PAPAI MATA NÓS DOIS. ROMEU: NOSSA!!! CENA 9 ROMEU: O PAI DELA VAI ME MATAR O QUE EU FAÇO? MERCUTIO: VOCÊ FAZ A SUA PARTE ELE TE MATA E VOCÊ MORRE. ROMEU: EU PREFIRO MORRER DO QUE PERDER A VIDA. MERCUTIO: EU TIVE UMA IDEIA! ROMEU: QUAL? MERCUTIO: SE FINGE DE MORTO QUE EU FALO PARA ELES QUE VOCÊ MORREU. ROMEU: VOCE FARIA ISSO POR MIM? MERCUTIO: CLARO NÓS SOMOS AMIGOS. 5

6 CENA 10 PAI DE JULIETA: CADÊ ROMEU EU VOU MATÁ-LO. MERCUTIO: SÓ SE VOCÊ CONSEGUIR MATAR UM DEFUNTO MORTO. JULIETA: É UM FRASCO DE VENENO? MERCUTIO: NÃO É FRASCO DE PERFUME. PAI DE JULIETA: MORREU DE QUE? MERCUTIO: DE VELHICE. PAI DE JULIETA: TÃO NOVO. PAI DE JULIETA: SÓ PORQUE EU IRIA DEIXAR VOCÊS SE CASAREM. ROMEU: PEGADINHA DO MALANDRO. NÃO ESTOU MORTO. JULIETA: O QUE? COMO VOCÊ PODE FAZER ISSO COMIGO? E SE EU ESTAVA EM DÚVIDA AGORA NAO ESTOU MAIS EU VOU FICAR COM MERCUTIO. ROMEU: NÃO ESTOU ENTENDENDO NADA? MERCUTIO: PERDEU PLAYBOY ROMEU: VOCÊ NÃO FALOU QUE ERA MEU AMIGO? MERCUTIO: PEGADINHA DO MALANDRO. JULIETA: VAMOS PAPAI NÃO SE MISTURE COM ESSA GENTALHA. PAIDE JULIETA: GENTALHA, GENTALHA... (Romeu fica triste.) ROMEU: E AGORA O QUE EU FAÇO? ESPERA... ESTOU OUVINDO UMA VOZ! CARLOTA: OLÁ ROMEU HO ROMEU, PASSEI A PEÇA TODA TE QUERENDO. ROMEU: É MERMO É. DEIXA EU VER... (Carlota dá uma voltina.) ROMEU: ACHO QUE SERVE, VAMOS... CARLOTA: VAMOS MEU LINDOO. NARRADOR: E depois de tantos tapas e beijos esta história chega ao fim! 6

Aninha era uma menina muito medrosa, que tinha medo de tudo. Uma manhã a mãe dela acordou-lhe Aninha.Mas a mãe de Aninha nunca acordava ela.

Aninha era uma menina muito medrosa, que tinha medo de tudo. Uma manhã a mãe dela acordou-lhe Aninha.Mas a mãe de Aninha nunca acordava ela. Aninha e Seus Medos Aninha era uma menina muito medrosa, que tinha medo de tudo. Uma manhã a mãe dela acordou-lhe Aninha.Mas a mãe de Aninha nunca acordava ela.aninha estranhou e perguntou para a mãe dela

Leia mais

A MULHER VESTIDA DE PRETO

A MULHER VESTIDA DE PRETO A MULHER VESTIDA DE PRETO Uma Mulher abre as portas do seu coração em busca de uma nova vida que possa lhe dar todas as oportunidades, inclusive de ajudar a família. Ela encontra nesse caminho a realização

Leia mais

AURORA O CANTONOVELA Luiz Tatit

AURORA O CANTONOVELA Luiz Tatit AURORA O CANTONOVELA Luiz Tatit A) Marcando compasso Oi, estou aqui outra vez Esperando por ela, esperando Você lembra como ela era antes? Você marcava algum encontro A qualquer hora Lá estava ela: Aurora!

Leia mais

MÃE, QUANDO EU CRESCER...

MÃE, QUANDO EU CRESCER... MÃE, QUANDO EU CRESCER... Dedico este livro a todas as pessoas que admiram e valorizam a delicadeza das crianças! Me chamo Carol, mas prefiro que me chamem de Cacau, além de ser um apelido que acho carinhoso,

Leia mais

IRMÃO. meu irmão ficou louco quando eu matei o cachorro. tá aí, eu gostava dele! eu gostava dele. cara muito bom aquele.

IRMÃO. meu irmão ficou louco quando eu matei o cachorro. tá aí, eu gostava dele! eu gostava dele. cara muito bom aquele. O IRMÃO WALDEN CAMILO DE CARVALHO meu irmão ficou louco quando eu matei o cachorro. tá aí, eu gostava dele! eu gostava dele. cara muito bom aquele. o frio está ficando meio bravo. assim é capaz do pessoal

Leia mais

Iracema ia fazer aniversário. Não

Iracema ia fazer aniversário. Não Estórias de Iracema Maria Helena Magalhães Ilustrações de Veridiana Magalhães Iracema ia fazer aniversário. Não sabia muito bem se ela podia convidar a turma do Hospital por motivos fáceis de explicar,

Leia mais

Uma lição de vida. Graziele Gonçalves Rodrigues

Uma lição de vida. Graziele Gonçalves Rodrigues Uma lição de vida Graziele Gonçalves Rodrigues Ele: Sente sua falta hoje na escola, por que você não foi? Ela: É, eu tive que ir ao médico. Ele: Ah, mesmo? Por que? Ela: Ah, nada. Consultas anuais, só

Leia mais

Altos da Serra - Capítulo Altos da Serra. Novela de Fernando de Oliveira. Escrita por Fernando de Oliveira. Personagens deste Capítulo

Altos da Serra - Capítulo Altos da Serra. Novela de Fernando de Oliveira. Escrita por Fernando de Oliveira. Personagens deste Capítulo Altos da Serra - Capítulo 03 1 Altos da Serra Novela de Fernando de Oliveira Escrita por Fernando de Oliveira Personagens deste Capítulo Altos da Serra - Capítulo 03 2 CENA 01. CAPELA / CASAMENTO. INTERIOR.

Leia mais

A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar...

A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar... O pequeno Will A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar... Então um dia tomei coragem e corri até mamãe e falei: - Mãnheee, queria tanto um irmãozinho, para brincar comigo!

Leia mais

A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar...

A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar... O pequeno Will A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar... Então um dia tomei coragem e corri até mamãe e falei: - Mãeee queria tanto um irmãozinho, para brincar comigo!

Leia mais

Em um dia ensolarado, a família do Carlinhos foi passear lá no Aterro do Flamengo. O que será que houve? Após terem comprado a água de coco...

Em um dia ensolarado, a família do Carlinhos foi passear lá no Aterro do Flamengo. O que será que houve? Após terem comprado a água de coco... Em um dia ensolarado, a família do Carlinhos foi passear lá no Aterro do Flamengo. O que será que houve? Joga a bola, papai! Joga a bola!! Está bem, Carlinhos! Pode deixar que eu jogo!! Um, dois, três

Leia mais

Suelen e Sua História

Suelen e Sua História Suelen e Sua História Nasci em Mogi da Cruzes, no maternidade Santa Casa de Misericórdia no dia 23 de outubro de 1992 às 18 horas. Quando eu tinha 3 anos de idade fui adotada pela tia da minha irmã, foi

Leia mais

YAHUVAH falou com ele mesmo ele

YAHUVAH falou com ele mesmo ele Na casa da vovó da Nina, uma história muito especial foi contada! Que história foi essa? Vamos ver? Um, dois, três e... já!!!! Eba, vovó!! Acabei de comer!! Isso, Nina! Você comeu tudinho, tudinho! A sua

Leia mais

Altos da Serra - Capítulo Altos da Serra. Novela de Fernando de Oliveira. Escrita por Fernando de Oliveira. Personagens deste Capítulo

Altos da Serra - Capítulo Altos da Serra. Novela de Fernando de Oliveira. Escrita por Fernando de Oliveira. Personagens deste Capítulo Altos da Serra - Capítulo 09 1 Altos da Serra Novela de Fernando de Oliveira Escrita por Fernando de Oliveira Personagens deste Capítulo Altos da Serra - Capítulo 09 2 CENA 01. DELEGACIA INT. / NOITE Sargento

Leia mais

PEÇA TEATRAL: AMOR E. De: ARTHUR R. CANDOTTI ATO 1. Bebel sai. Pausa por alguns segundos. Fernando pega na mão da Drika.

PEÇA TEATRAL: AMOR E. De: ARTHUR R. CANDOTTI ATO 1. Bebel sai. Pausa por alguns segundos. Fernando pega na mão da Drika. FESTA PEÇA TEATRAL: AMOR E De: ARTHUR R. CANDOTTI ESCOLHA. ATO 1 Cenário: Festa Pessoas dançando, luzes de diversas cores e musica agitada. Drika esta dançando com sua amiga Bebel com alguns rapazes envolta.

Leia mais

Produção de texto. Observe a imagem e produza um texto narrativo, com no mínimo 10 linhas, a partir do título proposto

Produção de texto. Observe a imagem e produza um texto narrativo, com no mínimo 10 linhas, a partir do título proposto E. E. Ernesto Solon Borges Disciplina: Língua Portuguesa Profª. Regente: Vania Progetec: Cristina Ano: 8º Ano A Alunos: Dayane Sales e Emily Cristina Data: 12/11/2014 Produção de texto Se eu tivesse um

Leia mais

ANTES NUNCA, DO QUE TARDE DEMAIS! Obra Teatral de Carlos José Soares

ANTES NUNCA, DO QUE TARDE DEMAIS! Obra Teatral de Carlos José Soares AN O ANTES NUNCA, DO QUE TARDE DEMAIS! Obra Teatral de Carlos José Soares o Literária ata Soares OC. ento Social. Dois casais discutem a vida conjugal, sofrendo a influências mútuas. Os temas casamento,

Leia mais

Conto de fadas produzido coletivamente pelos alunos do 2º ano A, da EMEB Prof.ª Maria Aparecida Tomazini, sob orientação da prof.

Conto de fadas produzido coletivamente pelos alunos do 2º ano A, da EMEB Prof.ª Maria Aparecida Tomazini, sob orientação da prof. Conto de fadas produzido coletivamente pelos alunos do 2º ano A, da EMEB Prof.ª Maria Aparecida Tomazini, sob orientação da prof.ª Karen Bulgareli, como produto final do projeto Contos de fadas, do programa

Leia mais

DNA Capítulo 33. Falso Amor

DNA Capítulo 33. Falso Amor DNA Capítulo 33 Falso Amor Novela de Débora Costa Escrita Por Débora Costa Direção Miguel Rodrigues Direção Geral Miguel Rodrigues Núcleo DNA Personagens desse capítulo DANIELA EDGAR FLÁVIO GILBERTO MIGUEL

Leia mais

Depois do almoço e do soninho da tarde...

Depois do almoço e do soninho da tarde... Marquinhos e sua querida mãe tiveram uma tarde muito especial. Como será que foi? Vamos ver? Mamãe! Mamãe!! Oi, filho! Mamãe! Hoje, lá na Escola das Escrituras, as professoras pediram que nós orássemos

Leia mais

UM DIA CHEIO. Língua Portuguesa. 6º Ano do Ensino Fundamental II. Nome: Maria Clara Gonçalves dos Santos. Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara

UM DIA CHEIO. Língua Portuguesa. 6º Ano do Ensino Fundamental II. Nome: Maria Clara Gonçalves dos Santos. Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara UM DIA CHEIO Língua Portuguesa 6º Ano do Ensino Fundamental II Nome: Maria Clara Gonçalves dos Santos Professora: Maristela Mendes de Sousa Lara Tudo começou quando eu queria pescar com meu avô. Ele tinha

Leia mais

Àhistória de uma garota

Àhistória de uma garota Àhistória de uma garota Gabriele é uma menina cheio de sonhos ela morava com sua mãe Maria seu pai Miguel Gabriele sofre muito ela tem apena 13 anos e já sofre Deus de quando ela era pequena a história

Leia mais

Dramaturgia Novos Autores Capítulo 39. Falso Amor

Dramaturgia Novos Autores Capítulo 39. Falso Amor Dramaturgia Novos Autores Capítulo 39 Falso Amor Novela de Débora Costa Escrita Por Débora Costa Direção Miguel Rodrigues Direção Geral Miguel Rodrigues Núcleo DNA Personagens desse capítulo ÁGATA BRUNO

Leia mais

MADAME SILMARA- um, dois, três, quarto, cinco, seis, sete, oito, nove dez JOANA-Não precisa mais tirar as cartas.

MADAME SILMARA- um, dois, três, quarto, cinco, seis, sete, oito, nove dez JOANA-Não precisa mais tirar as cartas. DIÁLOGOS: 00.01.32 MADAME SILMARA- um, dois, três, quarto, cinco, seis, sete, oito, nove dez. 00.02.02 JOANA-Não precisa mais tirar as cartas. 00.02.03 MADAME SILMARA - Não? 00.02.04 JOANA -Não. A senhora

Leia mais

Tais (risos nervosos) Tem muita gente ne? (Se assusta com alguém que esbarra na corda) as pessoas ficam todas se esbarrando

Tais (risos nervosos) Tem muita gente ne? (Se assusta com alguém que esbarra na corda) as pessoas ficam todas se esbarrando Não me leve a mal Começa a cena no meio de um bloco. Ao redor há confetes, purpurinas e latas de bebida para todo o lado. A música está alta. No centro há um grupo de foliões delimitados por uma corda

Leia mais

Am7 Bm7 Am7 G Oh! Meu amor não fique triste Saudade existe pra quem sabe ter

Am7 Bm7 Am7 G Oh! Meu amor não fique triste Saudade existe pra quem sabe ter VIDA CIGANA / GO BACK / NA RUA, NA CHUVA, NA FAZENDA Fl.01 Am7 Bm7 Am7 G Oh! Meu amor não fique triste Saudade existe pra quem sabe ter Am7 Bm7 C F D Minha vida cigana me afastou de você Por algum tempo

Leia mais

voce e meu ate na morte

voce e meu ate na morte voce e meu ate na morte era um serto dia ela era tao alegre tao feliz paresia que vivia no conte de fadas mais em um dia ela conheceu um menino ela se apaixonor por palavras pessoas falava que ele nao

Leia mais

Minha História de amor

Minha História de amor Minha História de amor Hoje eu vou falar um pouco sobre a minha história de amor! Bem, eu namoro à distância faz algum tempinho. E não é uma distância bobinha não, são 433 km, eu moro em Natal-Rn, e ela

Leia mais

1.começo Eu Isabel franca moro com minha mãe chamada Helen,moramos numa cidade chamada nova lux gosto muito de morar com minha mãe mas o marido dela

1.começo Eu Isabel franca moro com minha mãe chamada Helen,moramos numa cidade chamada nova lux gosto muito de morar com minha mãe mas o marido dela anoitecer 1.começo Eu Isabel franca moro com minha mãe chamada Helen,moramos numa cidade chamada nova lux gosto muito de morar com minha mãe mas o marido dela chamado pio,bom o cara e legal mas tem um

Leia mais

Na casa da Priscila, uma história incrível das Escrituras foi contada! Vamos ver?

Na casa da Priscila, uma história incrível das Escrituras foi contada! Vamos ver? Na casa da Priscila, uma história incrível das Escrituras foi contada! Vamos ver? Filha!! Bom dia!! Hoje é um dia muito, mas muito especial! Por que, mamãe? Ah!! Hoje é o aniversário da vovó e do vovô!

Leia mais

LELO AMARELO BELO. (Filosofia para crianças) ROSÂNGELA TRAJANO. Volume III 05 anos de idade

LELO AMARELO BELO. (Filosofia para crianças) ROSÂNGELA TRAJANO. Volume III 05 anos de idade LELO AMARELO BELO (Filosofia para crianças) Volume III 05 anos de idade ROSÂNGELA TRAJANO LELO AMARELO BELO Rosângela Trajano LELO AMARELO BELO VOLUME III (05 ANOS) DE IDADE 1ª EDIÇÃO LUCGRAF NATAL 2012

Leia mais

DESAFIA-TE #FAZERMARAVILHAS #NOPRESÉPIO 2ª FEIRA 12 DE DEZEMBRO ESTRELA A QUE GUIA

DESAFIA-TE #FAZERMARAVILHAS #NOPRESÉPIO 2ª FEIRA 12 DE DEZEMBRO ESTRELA A QUE GUIA 2ª FEIRA 12 DE DEZEMBRO ESTRELA A QUE GUIA DESAFIA-TE #FAZERMARAVILHAS #NOPRESÉPIO Bom dia! Estamos quase a chegar ao último dia de aulas e já ouvimos falar de tantas pessoas que nos ajudam a preparar

Leia mais

O SEGUIDOR DE GAROTAS SENSÍVEIS. Peça de uma única cena

O SEGUIDOR DE GAROTAS SENSÍVEIS. Peça de uma única cena O SEGUIDOR DE S SENSÍVEIS Peça de uma única cena PERSONAGENS: ENTRA. VEM ATRÁS. SE VIRA Ei, cara! Você quer parar de me seguir! Eu não estou te seguindo. Como não? Faz tempo que você me segue. É verdade.

Leia mais

DEIXA-ME SENTIR TUA ALMA ATRAVÉS DO TEU CALOROSO ABRAÇO

DEIXA-ME SENTIR TUA ALMA ATRAVÉS DO TEU CALOROSO ABRAÇO EU AMO VOCÊ: DEIXA-ME SENTIR TUA ALMA ATRAVÉS DO TEU CALOROSO ABRAÇO Cleber Chaves da Costa 1 O amor é paciente, o amor é benigno, não é invejoso; o amor não é orgulhoso, não se envaidece; não é descortês,

Leia mais

EU TE OFEREÇO ESSAS CANÇÕES

EU TE OFEREÇO ESSAS CANÇÕES EU TE OFEREÇO ESSAS CANÇÕES Obra Teatral de Carlos José Soares Revisão Literária de Nonata Soares EU TE OFEREÇO ESSAS CANÇÕES Peça de Carlos José Soares Revisão Literária Nonata Soares Personagens: Ricardo

Leia mais

CRENTE PIRATA. 30 de Agosto de 2011 Ministério Loucura da Pregação. "E porei dentro de vós o Meu ESPÍRITO, e farei que andeis nos Meus estatutos,

CRENTE PIRATA. 30 de Agosto de 2011 Ministério Loucura da Pregação. E porei dentro de vós o Meu ESPÍRITO, e farei que andeis nos Meus estatutos, 30 de Agosto de 2011 Ministério Loucura da Pregação "E porei dentro de vós o Meu ESPÍRITO, e farei que andeis nos Meus estatutos, 1 / 5 e guardeis os Meus juízos, e os observeis.." (Ezequiel 36:27) Até

Leia mais

Page 1 of 5. Amor & Sociologia Cultural - Caetano Veloso & Cazuza

Page 1 of 5. Amor & Sociologia Cultural - Caetano Veloso & Cazuza Page 1 of 5 Universidade Federal do Amapá Pró-Reitoria de Ensino de Graduação Curso de Licenciatura Plena em Pedagogia Disciplina: Sociologia Cultural Educador: João Nascimento Borges Filho Amor & Sociologia

Leia mais

De Débora Costa. Personagens:

De Débora Costa. Personagens: De Débora Costa Personagens: Giuseppe Gouveia Giane Gouveia Fernanda Gouveia Rayssa Gouveia Francisco Gouveia Amon Gouveia Camilla Gouveia Amelie Fontana Sérgio Ramos Marcos Rodrigues Vânia Rodrigues Roberto

Leia mais

O VELÓRIO DA DONA JUSTINA

O VELÓRIO DA DONA JUSTINA O VELÓRIO DA DONA JUSTINA (MINI COMÉDIA) Autor: Ivan Ferretti Machado Sinopse: O texto tenta mostrar a intensidade e ao mesmo tempo o poder mutativo que envolve as palavras, através dos diálogos, onde

Leia mais

Anexo Entrevista G2.5

Anexo Entrevista G2.5 Entrevista G2.4 Entrevistado: E2.5 Idade: 38 anos Sexo: País de origem: Tempo de permanência em Portugal: Feminino Ucrânia 13 anos Escolaridade: Imigrações prévias: --- Ensino superior (professora) Língua

Leia mais

Pergaminho dos Sonhos

Pergaminho dos Sonhos Pergaminho dos Sonhos Michel R.S. Era uma vez um poeta... Um jovem poeta que aprendera a amar e deixar de amar. E de uma forma tão simples, assim como o bem e o mal, O amor tornou-se o objetivo de suas

Leia mais

Todo mundo vai à festa da Giovanna. MADE Oi, tudo bem gente? Eu sou a Made, a mãe da Nana e da Nina, e queria contar um história também? Eu posso?

Todo mundo vai à festa da Giovanna. MADE Oi, tudo bem gente? Eu sou a Made, a mãe da Nana e da Nina, e queria contar um história também? Eu posso? Todo mundo vai à festa da Giovanna MADE Oi, tudo bem gente? Eu sou a Made, a mãe da Nana e da Nina, e queria contar um história também? Eu posso? SEU LOCUTOR É claro, Dona Made! Que bom! A senhora é muito

Leia mais

Sou eu quem vivo esta é minha vida Prazer este

Sou eu quem vivo esta é minha vida Prazer este Vivo num sonho que não é realidade Faz parte do meu viver Crescer sonhando esquecendo os planos Sou eu quem vivo esta é minha vida Prazer este EU Hoje deixei pra lá me esqueci de tudo Vivo minha vida sobre

Leia mais

alias vou começar desde o dia que conheci a Bianca bom já devem ter percebido que é a Luana que esta escrevendo né.foi no 1 ano eu e Bianca estávamos

alias vou começar desde o dia que conheci a Bianca bom já devem ter percebido que é a Luana que esta escrevendo né.foi no 1 ano eu e Bianca estávamos a vida na escola alias vou começar desde o dia que conheci a Bianca bom já devem ter percebido que é a Luana que esta escrevendo né.foi no 1 ano eu e Bianca estávamos brincando de boneca com as meninas

Leia mais

DNA Capítulo 32. Falso Amor

DNA Capítulo 32. Falso Amor DNA Capítulo 32 Falso Amor Novela de Débora Costa Escrita Por Débora Costa Direção Miguel Rodrigues Direção Geral Miguel Rodrigues Núcleo DNA Personagens desse capítulo ALEXANDRE BRUNO GILBERTO MIGUEL

Leia mais

Marquinhos aprendeu um mandamento superimportante com a mamãe!!! Vamos ver qual foi?

Marquinhos aprendeu um mandamento superimportante com a mamãe!!! Vamos ver qual foi? Marquinhos aprendeu um mandamento superimportante com a mamãe!!! Vamos ver qual foi? Mamãe! Oi, filho? A professora lá na minha escola, já está escolhendo as crianças para o teatrinho da festa de Natal!

Leia mais

DNA Capítulo 29. Falso Amor

DNA Capítulo 29. Falso Amor DNA Capítulo 29 Falso Amor Novela de Débora Costa Escrita Por Débora Costa Direção Miguel Rodrigues Direção Geral Miguel Rodrigues Núcleo DNA Personagens desse capítulo ÁGATA BRUNO JANETE LUCIANO MIGUEL

Leia mais

Presente de Aniversário Vanessa Sueroz

Presente de Aniversário Vanessa Sueroz 2 Autor: Vanessa Sueroz Publicação: Novembro/2013 Edição: 1 ISBN: 0 Categoria: Livro nacional Romance Juvenil Designer: Rodrigo Vilela Leitora Crítica: Ka Alencar Disponível para Prévia do livro Contato:

Leia mais

Você sabe de quem são as histórias de fada, bruxa e duende? Será que YAHUVAH gosta dessas coisas? Vamos ver?

Você sabe de quem são as histórias de fada, bruxa e duende? Será que YAHUVAH gosta dessas coisas? Vamos ver? Você sabe de quem são as histórias de fada, bruxa e duende? Será que YAHUVAH gosta dessas coisas? Vamos ver? Como foi a aula hoje, filha? Eu gostei muito, mamãe! Hoje nós tivemos aula de boas maneiras!

Leia mais

A TURMA DO ZICO EM: BRINCANDO DE COPA DO MUNDO!

A TURMA DO ZICO EM: BRINCANDO DE COPA DO MUNDO! CIA TEATRAL FACE-ÁPICE A TURMA DO ZICO EM: BRINCANDO DE COPA DO MUNDO! Personagens: Zico Zezinho (primo) Bastiana (Mãe de Zico) Joana (tia de Zico) Januária Maio/2014 Texto: Warley di Brito! Página 1 CENÁRIO:

Leia mais

Na escola estão Pedro e Thiago conversando. THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje.

Na escola estão Pedro e Thiago conversando. THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje. MENININHA Na escola estão Pedro e Thiago conversando. PEDRO: Cara você viu o jogo ontem? THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje. PEDRO: Bah tu perdeu um baita jogo.

Leia mais

ENTREVISTA USF CARUARU USUARIA DIABETES 14/07/14. R - não. Porque eu to deficiente. Eu trabalho m casa. Amputei a perna.

ENTREVISTA USF CARUARU USUARIA DIABETES 14/07/14. R - não. Porque eu to deficiente. Eu trabalho m casa. Amputei a perna. ENTREVISTA USF CARUARU USUARIA DIABETES 14/07/14 P - por favor, me diga sua idade. R - 56. Vou fazer para o mês. P - a senhora estudou? R - estudei até a 3ª série. P - 3ª série. A senhora tem alguma ocupação,

Leia mais

Personagens: Felipe (Lipe e Frei Lourenço) Natalia (Naty e Julieta Capuleto) Gustavo (Guga e Páris) Luciana (Lucinha e Senhora Capuleto) Alexandro

Personagens: Felipe (Lipe e Frei Lourenço) Natalia (Naty e Julieta Capuleto) Gustavo (Guga e Páris) Luciana (Lucinha e Senhora Capuleto) Alexandro Personagens: Felipe (Lipe e Frei Lourenço) Natalia (Naty e Julieta Capuleto) Gustavo (Guga e Páris) Luciana (Lucinha e Senhora Capuleto) Alexandro (Alex e Romeu Montecchio) Juliana (Ju e Primeira guarda)

Leia mais

De Débora Costa. Personagens:

De Débora Costa. Personagens: De Débora Costa Personagens: Giuseppe Gouveia Giane Gouveia Fernanda Gouveia Rayssa Gouveia Francisco Gouveia Amon Gouveia Catarina Gouveia Amelie Fontana Sérgio Ramos Vânia Rodrigues Roberto Carvalho

Leia mais

A namorada vaidosa. Personagens: Clarisse, Teresa e Julinho

A namorada vaidosa. Personagens: Clarisse, Teresa e Julinho A namorada vaidosa Personagens: Clarisse, Teresa e Julinho Quando a peça se inicia, Julinho está deitado no sofá, totalmente coberto e imóvel. Entram Clarisse e Teresa. Estou furiosa, Teresa! Fu-ri-o-sa!

Leia mais

De Débora Costa PERSONAGENS: ROSANGELA PALHARES CAROLINA OLIVEIRA RAFAEL DINIZ ABNER MONTENEGRO GABRIELA ALINE BUENO VINICIUS ISABEL MALDONADO

De Débora Costa PERSONAGENS: ROSANGELA PALHARES CAROLINA OLIVEIRA RAFAEL DINIZ ABNER MONTENEGRO GABRIELA ALINE BUENO VINICIUS ISABEL MALDONADO De Débora Costa PERSONAGENS: ROSANGELA PALHARES CAROLINA OLIVEIRA ABNER MONTENEGRO ALINE BUENO GUSTAVO MALDONADO KAREN BUENO CAETANO BUENO OLIVIA DINIZ MURILO BUENO CELINE MALDONADO RAMON MALDONADO ANGÉLICA

Leia mais

MONÓLOGO MAIS UMA PÁGINA. Por Ana Luísa Ricardo Orlândia, SP 2012

MONÓLOGO MAIS UMA PÁGINA. Por Ana Luísa Ricardo Orlândia, SP 2012 MONÓLOGO MAIS UMA PÁGINA Por Ana Luísa Ricardo Orlândia, SP 2012 FUNDO PRETO CHEIO DE ESTRELAS. UM BANQUINHO UM VIOLÃO ÚNICO PERSONAGEM QUE SERÁ TRATADO COMO O CANTOR E ESTARÁ VESTIDO COMO CANTOR DE BARZINHO.

Leia mais

Ramon. Cecília. Rodrigo. Isabel. Olivia. Rafael

Ramon. Cecília. Rodrigo. Isabel. Olivia. Rafael De Débora Costa PERSONAGENS: Carolina Oliveira Família Montenegro: Abner Julio Família Bueno: Caetano Karen Murilo Aline Angélica Gouveia Bueno Rosangela Palhares Bueno (Filhas de Karen e Laerte) Otávio

Leia mais

Dramaturgia Novos Autores Capítulo 40 Capítulo Final. Falso Amor

Dramaturgia Novos Autores Capítulo 40 Capítulo Final. Falso Amor Dramaturgia Novos Autores Capítulo 40 Falso Amor Novela de Débora Costa Escrita Por Débora Costa Direção Miguel Rodrigues Direção Geral Miguel Rodrigues Núcleo DNA Personagens desse capítulo ÁGATA ALEXANDRE

Leia mais

A tristeza. A tristeza

A tristeza. A tristeza E a leitura continua..."o Principezinho" - quarta-feira, 6 de Fevereiro de 2013 No capítulo V, o Principezinho demonstra muita tristeza nas suas palavras. Após a leitura, foi proposto aos alunos escreverem

Leia mais

Um dia, lá na casa da Nina, o papai e a mamãe dela estavam comemorando um aniversário especial! Vamos ver como foi? Lá no sofá...

Um dia, lá na casa da Nina, o papai e a mamãe dela estavam comemorando um aniversário especial! Vamos ver como foi? Lá no sofá... Um dia, lá na casa da Nina, o papai e a mamãe dela estavam comemorando um aniversário especial! Vamos ver como foi? Filha! Bom dia!! Ajuda a mamãe a arrumar a mesa para o aniversário que teremos essa noite

Leia mais

A TURMA DO ZICO EM: GRIPE SUÍNA, TÔ FORA!

A TURMA DO ZICO EM: GRIPE SUÍNA, TÔ FORA! WARLEY DI BRITO A TURMA DO ZICO EM: GRIPE SUÍNA, TÔ FORA! PERSONAGENS: BASTIANA... Mãe FIRMINO... Avô ZICO... Filho CENÁRIO e FIGURINO: Uma casa simples, por ser uma esquete educativa de 8 minutos a peça

Leia mais

Bebel tem Dia de Princesa e realiza sonho de ir à pizzaria

Bebel tem Dia de Princesa e realiza sonho de ir à pizzaria Bebel tem Dia de Princesa e realiza sonho de ir à pizzaria Há alguns anos, o Centro de Uberaba foi presenteado por uma personalidade marcante, de sorriso largo, que gosta de dançar, conversar, rir e tenta

Leia mais

b `xüvtwéü wx yäéüxáa ;håt Ñx t áéuüx t vâäñta<

b `xüvtwéü wx yäéüxáa ;håt Ñx t áéuüx t vâäñta< WA[AYAZ TÑÜxáxÇàtM b `xüvtwéü wx yäéüxáa ;håt Ñx t áéuüx t vâäñta< håt ÉuÜt wxm ZtuÜ xä wx féâét WxÄ UxÄÄÉA III Personagens. José Roberto- Delegado. Igor- Investigador. Homero- Dono do bar. Julia- Esposa

Leia mais

Nossa, até o número é legal! Bonito o número! - Ah, que isso! - É sério! Tem gente que tudo é bonito! Rosto, corpo, papo...

Nossa, até o número é legal! Bonito o número! - Ah, que isso! - É sério! Tem gente que tudo é bonito! Rosto, corpo, papo... Seis ou sete? - Oi. Eu tava te reparando ali, você.. - É mesmo? - Pois é, você me lembra aquela atriz... Como que ela chama mesmo? - Todos me dizem isso. É a Bruna, não é? - Ela mesma! Você é a cara dela.

Leia mais

UM OLHAR ENTRE DOIS POETAS

UM OLHAR ENTRE DOIS POETAS UM OLHAR ENTRE DOIS POETAS 1 2 CARLA DETOMI RODRIGO PICON UM OLHAR ENTRE DOIS POETAS 3 Título UM OLHAR ENTRE DOIS POETAS É proibida a reprodução desta obra, em parte ou totalmente, por meio eletrônico,

Leia mais

Maria Helena Morais Matos Coisas do Coração

Maria Helena Morais Matos Coisas do Coração Maria Helena Morais Matos Coisas do Coração Primeira Edição Curitiba 2012 PerSe Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil) ÍN Matos, Maria Helena Morais

Leia mais

79 Dias. por. Ton Freitas

79 Dias. por. Ton Freitas 79 Dias por Ton Freitas Registro F.B.N.: 684988 Contato: ton.freitas@hotmail.com INT. HOSPITAL/QUARTO - DIA Letreiro: 3 de março de 1987. HELENA, branca, 28 anos, está grávida e deitada em uma cama em

Leia mais

TEATRO, COISA SÉRIA! Palavras-Chaves: Arte/Educação, teatro, experiência escolar.

TEATRO, COISA SÉRIA! Palavras-Chaves: Arte/Educação, teatro, experiência escolar. 1 UNEB - UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO - CAMPUS XII TEATRO, COISA SÉRIA! Ana Cláudia de Oliveira Freitas UNEB Palavras-Chaves: Arte/Educação, teatro, experiência escolar. Este

Leia mais

BORBOLETAS. Tom: D. Intro: Bm D Bm A D Bm G A Bm. Percebo que o tempo já não passa A Bm Você diz que não tem graça amar assim

BORBOLETAS. Tom: D. Intro: Bm D Bm A D Bm G A Bm. Percebo que o tempo já não passa A Bm Você diz que não tem graça amar assim BORBOLTS Tom: Intro: Percebo que o tempo já não passa Você diz que não tem graça amar assim oi tudo tão bonito, mas voou pro infinito Parecido com borboletas de um jardim m gora você volta balança o que

Leia mais

Evangelismo de Impacto.

Evangelismo de Impacto. www.teatroevangelico.com.br Evangelismo de Impacto. $$UWH7HDWUDO$6HUYLoR'R0HVWUH Script DIA DAS MÃES O PRESENTE Teatro Evangélico A arte teatral a serviço do mestre. www.teatroevangelico.com.br 2 O PRESENTE

Leia mais

A Patricinha. Ninguém é realmente digno de inveja, e tantos são dignos de lástima! Arthur Schopenhauer

A Patricinha. Ninguém é realmente digno de inveja, e tantos são dignos de lástima! Arthur Schopenhauer Roleta Russa 13 A Patricinha Ninguém é realmente digno de inveja, e tantos são dignos de lástima! Arthur Schopenhauer Oi. Eu sou a Patrícia. Prazer. Você é?... Quer sentar? Aceita uma bebida, um chá, um

Leia mais

Mensagem do dia: Se for amor

Mensagem do dia: Se for amor Só se for amor Mensagem do dia: Se for amor Se for amor, vai reconsiderar, perdoar e seguir adiante, se for paixão vai se descabelar, se amargurar e não vai perdoar, vai carregar a dor pelos dias em que

Leia mais

AS AVENTURAS DE ESQUI E TUTUGA EM: O ROUBO DO L.E.S.M.A.

AS AVENTURAS DE ESQUI E TUTUGA EM: O ROUBO DO L.E.S.M.A. AS AVENTURAS DE ESQUI E TUTUGA EM: O ROUBO DO L.E.S.M.A. (O Livro Encantado Sagrado Mágico e Antigo) Por Evandro SRocha (Rio de Janeiro, RJ) (2015) 1 PERSONAGENS ESQUI - (ESQUILA) TUTUGA - (TARTARUGUINHA)

Leia mais

Um amor inacabado. Beatriz conversando com Rafael. No mesmo instante, Alison fala para Cecília:

Um amor inacabado. Beatriz conversando com Rafael. No mesmo instante, Alison fala para Cecília: Gabriele Fernanda Cordeiro Barbosa Um amor inacabado Você sente algo por ela sim. Vai falar com ela! Beatriz conversando com Rafael. No mesmo instante, Alison fala para Cecília: Vamos, Ceci, vai lá falar

Leia mais

Anja Entra pelo meio : Olá meu nome é Gabriele, estamos na época do Natal, como

Anja Entra pelo meio : Olá meu nome é Gabriele, estamos na época do Natal, como TEATRO - Véspera de Natal Personagens : 12 ( 7 mulheres - 5 homens ) Esposa : Marido: Mulher 1 : Mulher 2: Cara 1 : Cara 2: Mãe : Filho: Carla : Carol: Anja: Jesus. Anja Entra pelo meio : Olá meu nome

Leia mais

Bíblia para crianças apresenta JESUS E

Bíblia para crianças apresenta JESUS E Bíblia para crianças apresenta JESUS E LÁZARO Escrito por: Edward Hughes Ilustrado por: Janie Forest Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia na Linguagem

Leia mais

A Rata Era uma vez uma rata que estava sozinha na toquinha. Ela morava com sua mãe e seu padrasto no castelo do rei, ela não tinha medo de nada.

A Rata Era uma vez uma rata que estava sozinha na toquinha. Ela morava com sua mãe e seu padrasto no castelo do rei, ela não tinha medo de nada. Era Uma Vez A Rata Era uma vez uma rata que estava sozinha na toquinha. Ela morava com sua mãe e seu padrasto no castelo do rei, ela não tinha medo de nada. A ratinha tinha uma felpa de ferro e pensava

Leia mais

Ramon. Cecília. Rodrigo. Isabel. Olivia. Rafael

Ramon. Cecília. Rodrigo. Isabel. Olivia. Rafael De Débora Costa PERSONAGENS: Carolina Oliveira Família Montenegro: Abner Julio Família Bueno: Caetano Karen Murilo Aline Angélica Gouveia Bueno Rosangela Palhares Bueno (Filhas de Karen e Laerte) Otávio

Leia mais

Deixo meus olhos Falar

Deixo meus olhos Falar Tânia Abrão Deixo meus olhos Falar 1º Edição Maio de 2013 WWW.perse.com.br 1 Tânia Abrão Biografia Tânia Abrão Mendes da Silva Email: Tania_morenagata@hotmail.com Filha de Benedito Abrão e Ivanir Abrão

Leia mais

Olá, meu amigo(a)! Eu sou o Vilinha, e vim aqui hoje te conhecer porque soube que você perdeu uma pessoa especial, não foi isso? Eu imagino como você

Olá, meu amigo(a)! Eu sou o Vilinha, e vim aqui hoje te conhecer porque soube que você perdeu uma pessoa especial, não foi isso? Eu imagino como você APRESENTAÇÃO O mundo das crianças não é tão risonho como se pensa, há medos e muitas experiências de perdas. Os adultos não gostam de falar disso, muito provavelmente para escaparem dessa dor. (Rubem Alves)

Leia mais

MEU ANIVERSÁRIO 01 Um dia, na escola, as meninas falaram para mim: - Samara, sabia que você vai ganhar um presente dos meninos no final da O SUSTO!

MEU ANIVERSÁRIO 01 Um dia, na escola, as meninas falaram para mim: - Samara, sabia que você vai ganhar um presente dos meninos no final da O SUSTO! aula? MEU ANIVERSÁRIO 01 Um dia, na escola, as meninas falaram para mim: - Samara, sabia que você vai ganhar um presente dos meninos no final da Passou uns minutos, aí tive uma ideia: vou perguntar para

Leia mais

Doido pelo Rio. Transcrição em Português. Seu nome é Ernesto, né? É... Ernest. Como é que é? Ernest. Ernest. É, ja, isso, isso. Ernest.

Doido pelo Rio. Transcrição em Português. Seu nome é Ernesto, né? É... Ernest. Como é que é? Ernest. Ernest. É, ja, isso, isso. Ernest. Doido pelo Rio Transcrição em Português Seu nome é Ernesto, né? É... Ernest. Como é que é? Ernest. Ernest. É, ja, isso, isso. Ernest. É a primeira vez que tu vem? Não, não, eu vem muitas vezes. Ah, é mesmo?

Leia mais

Revisão Literária de Nonata Soares

Revisão Literária de Nonata Soares ACADOC 2012 RASTROS Obra Teatral de Carlos José Soares Revisão Literária de Nonata Soares ACADOC www.facebook.com/acadoc (21) 9547-6768 - casearteteatral@gmail.com Homem entra em conflito com o seu casamento,

Leia mais

Nome: Gabrielle 4ª Série 1ª. Unidade: Bom Jesus Centro Cidade: Curitiba Estado: Paraná. A Coruja e a Raposa

Nome: Gabrielle 4ª Série 1ª. Unidade: Bom Jesus Centro Cidade: Curitiba Estado: Paraná. A Coruja e a Raposa Nome: Gabrielle 4ª Série 1ª A Coruja e a Raposa Era uma vez uma coruja que tinha sua bela casa na montanha. A raposa tinha uma casa pequena e feia. Um dia, a coruja convidou a raposa para almoçar em sua

Leia mais

A marca de uma lágrima

A marca de uma lágrima A marca de uma lágrima O autor O livro é uma obra de Pedro Bandeira, o autor responsável pela minha paixão por livros nacionais. É comum encontrarmos leitores com um alto teor de preconceito em relação

Leia mais

De Débora Costa. Personagens:

De Débora Costa. Personagens: De Débora Costa Personagens: Giuseppe Gouveia Giane Gouveia Fernanda Gouveia Rayssa Gouveia Francisco Gouveia Amon Gouveia Catarina Gouveia Amelie Fontana Sérgio Ramos Vânia Rodrigues Roberto Carvalho

Leia mais

DNA Capítulo 23. Falso Amor. Novela de Débora Costa. Escrita Por. Débora Costa. Direção. Tena Andrade, Miguel Rodrigues.

DNA Capítulo 23. Falso Amor. Novela de Débora Costa. Escrita Por. Débora Costa. Direção. Tena Andrade, Miguel Rodrigues. Rede Purple DNA Capítulo 23 Falso Amor Novela de Débora Costa Escrita Por Débora Costa Direção Tena Andrade, Miguel Rodrigues Direção Geral Tena Andrade, Miguel Rodrigues Núcleo Tena Andrade Personagens

Leia mais

De Débora Costa. Personagens:

De Débora Costa. Personagens: De Débora Costa Personagens: Giuseppe Gouveia Giane Gouveia Fernanda Gouveia Rayssa Gouveia Francisco Gouveia Amon Gouveia Catarina Gouveia Amelie Fontana Sérgio Ramos Vânia Rodrigues Roberto Carvalho

Leia mais

Suspeitas. por. Ton Freitas

Suspeitas. por. Ton Freitas Suspeitas por Ton Freitas Registo F.B.N.: 661025 Contato: ton.freitas@hotmail.com INT. CAPELA - DIA Está ocorrendo um velório. No caixão ao centro está MARIA LUIZA, bonita, jovem. Em volta estão sentadas

Leia mais

Prólogo. Até onde você iria por amor; O que você seria capaz de fazer por amor.

Prólogo. Até onde você iria por amor; O que você seria capaz de fazer por amor. Prólogo Até onde você iria por amor; O que você seria capaz de fazer por amor. Em uma fazenda de gado; Afastada, a uns 15 km de uma pequena cidade. Nasce uma menina. Ela veio ao mundo, dando muito trabalho,

Leia mais

Transcrição da Entrevista

Transcrição da Entrevista Transcrição da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Praticante Fabrício Local: Núcleo de Arte do Neblon Data: 26.11.2013 Horário: 14h30 Duração da entrevista: 20min COR PRETA

Leia mais

Olá queridos leitores!

Olá queridos leitores! Poesias de amor Olá queridos leitores! Meu nome é Nagila da Silva ferreira tenho 15 anos e escrevi este livro para vocês que não sabem expressar seus sentimentos facilmente então sempre que puder leia

Leia mais

Ramon. Cecília. Rodrigo. Isabel. Olivia. Rafael

Ramon. Cecília. Rodrigo. Isabel. Olivia. Rafael De Débora Costa PERSONAGENS: Carolina Oliveira Família Montenegro: Abner Julio Família Bueno: Caetano Karen Murilo Aline Angélica Gouveia Bueno Rosangela Palhares Bueno (Filhas de Karen e Laerte) Otávio

Leia mais

Receber as crianças e na mesa cada uma delas tem um telefone para começar a conversar sobre como é bom ter amigos.

Receber as crianças e na mesa cada uma delas tem um telefone para começar a conversar sobre como é bom ter amigos. Lição 10 Maternal: O amigo do papai do Céu. Receber as crianças e na mesa cada uma delas tem um telefone para começar a conversar sobre como é bom ter amigos. Diga para fazerem de conta que estão falando

Leia mais

Quando Acontece... Para a Eternidade

Quando Acontece... Para a Eternidade Para a Eternidade Para a Eternidade Marcia Pimentel 2 Marcia Pimentel Quando Acontece... Para a Eternidade Marcia Pimentel 3 Para a Eternidade Marcia Pimentel 4 Copyright 2010 By Marcia Pimentel Título:

Leia mais

Minha inspiração. A Poesia harmoniza o seu dia

Minha inspiração. A Poesia harmoniza o seu dia Minha inspiração A Poesia harmoniza o seu dia Meu jeito de amar Meu jeito de amar é alegre e autêntico É sincero puro e verdadeiro Meu jeito de amar é romântico Me doo me dedico por inteiro Meu jeito de

Leia mais

De Débora Costa. Personagens:

De Débora Costa. Personagens: De Débora Costa Personagens: Giuseppe Gouveia Giane Gouveia Fernanda Gouveia Rayssa Gouveia Francisco Gouveia Amon Gouveia Catarina Gouveia Amelie Fontana Sérgio Ramos Vânia Rodrigues Roberto Carvalho

Leia mais

De Débora Costa. Personagens:

De Débora Costa. Personagens: De Débora Costa Personagens: Giuseppe Gouveia Giane Gouveia Fernanda Gouveia Rayssa Gouveia Francisco Gouveia Amon Gouveia Catarina Gouveia Amelie Fontana Sérgio Ramos Marcos Rodrigues Vânia Rodrigues

Leia mais

Real Brazilian Conversations #37 Premium PDF Guide Brazilian Portuguese Podcast, by RLP reallylearnportuguese.com

Real Brazilian Conversations #37 Premium PDF Guide Brazilian Portuguese Podcast, by RLP reallylearnportuguese.com Subjects on this conversation: The life in Montes Claros, hobbies and life in general. Context: In this conversation André talks to his cousins, Melissa e Larissa. They about their lives, what they like

Leia mais