Ciências da Computação Disciplina:Computação Gráfica

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ciências da Computação Disciplina:Computação Gráfica"

Transcrição

1 Ciências da Computação Disciplina:Computação Gráfica Professora Andréia Freitas semestre Aula 06 MEMORIA, F. Design para a Internet. 1ª Edição. Rio de Janeiro: Campus, ALVES, W. P. Crie, anime e publique seu site utilizando Fireworks 8, Flash 8 e Dreamweaver 8. 1ª Edição. São Paulo: Érica, 2007.

2 O que é multimídia? Multi: originário da palavra latina multus que significa numerosos. Mídia: plural da palavra latina medium que significa meio, centro. É qualquer combinação de texto, arte gráfica, som, animação transmitida pelo computador.

3 Uso de Multimídia Aplicação multimídia: uma função ou conjunto de funções que suportam a provisão de um serviço multimídia específico para o usuário final. Exemplo: áudio-videoconferência. Tecnologia multimídia: conjunto de campos tecnológicos específicos habilitando aplicações multimídia. Exemplo: compressão de vídeo. Plataforma multimídia: Computadores de grande processamento para a criação e reprodução de produtos em multimídia. Plataforma de entrega - estação do usuário final, onde será executado o produto multimídia Plataforma de desenvolvimento - estação de criação dos produtos (estação do desenvolvedor) Placa multimídia: hardware conectado com o computador e executando uma função multimídia. Exemplo: placa de captura de vídeo para digitalizar vídeo. Dispositivo de armazenamento multimídia: um dispositivo capaz de armazenar: vários tipos de informações, provendo o acesso a estes. Exemplo: CD-ROM.

4 Mídias discretas versos contínuas Mídia discreta ou independente do tempo é qualquer espécie de mídia tradicionalmente utilizada em documentos impressos, como texto e imagens. A semântica da informação não depende do domínio do tempo. No caso de mídias contínuas ou mídias dependentes do tempo, seus significados e correções dependem da taxa em que são apresentadas. Por exemplo, um vídeo consiste de um número de quadros ordenados, cada um destes quadros tem uma duração de apresentação fixa.

5 Projeto de Multimídia O software, as mensagens e o conteúdo apresentado na interface humana constituem juntos um projeto de multimídia. Um Projeto de Multimídia não precisa ser interativo: os usuários podem conectar-se para agradar olhos e ouvidos assim como faz o cinema e a televisão.

6 Tipos de Projeto de Multimídia Linear, quando começa num ponto e é executado até o fim, por exemplo: filmes, cinema ou televisão. Não linear, (ou interativo) quando o controle da movimentação pelo conteúdo é permitido aos usuários à sua própria vontade.

7 Tipos de Mídia Som (voz humana, música, efeitos especiais) Fotografia (imagem estática) Vídeo (imagens em pleno movimento) Animação (desenho animado) Gráficos Textos (incluindo números, tabelas, etc.)

8 Usando mídia nas multimídias. Texto É a forma mais básica e simples de se representar dados em um computador. Um texto em um computador pode estar em dois formatos. No formato ASCII, o texto não possui nenhum tipo de formatação enquanto num formato estruturado ( Word, HTML ) é possível apresentar o texto formatado, tornando a leitura mais agradável.

9 Tipos de Mídia nas multimídias. Hipertexto Pode ser definido como um grafo, onde os nós representam pedaços de textos e os "links" uma correlação entre os mesmos. É a forma mais comum de representação da hipermídia. O texto é apresentado na tela do computador de uma maneira diferente da representação seqüencial (como a de um livro, por exemplo) usando "links" onde o usuário pode navegar entre pedaços de textos relacionados.

10 Tipos de Mídia nas multimídias. Gráfico É a maneira de se representar dados graficamente. Existem duas formas de armazenamento de imagens em um computador. A maioria das imagens é armazenada na forma de mapa de bits, mas alguns aplicativos mais sofisticados utilizam imagens vetoriais que são formadas a partir de primitivas gráficas ( ponto, reta e círculo ).

11 Tipos de Mídia nas multimídias. Som A principal característica que o som apresenta e que não encontramos no texto e nas imagens é que o som possui característica temporal. A maioria dos formatos de som ( WAV, AVI,) armazena a informação sonora na forma de sua respectiva onda. Já o formato MIDI, mais indicado para armazenar informações sonoras oriundas de instrumentos musicais armazena uma seqüência de notas equivalente a que é tocada no instrumento.

12 Tipos de Mídia nas multimídias. Vídeo Digital É sem dúvida nenhuma a forma mais rica de se apresentar um conteúdo. Num computador, o vídeo é armazenado de forma muito parecida com a de um rolo de filme, ou seja, uma seqüência de quadros. Devido à grande quantidade de espaço necessária para armazenar um vídeo em um computador, é usado um menor número de quadros por segundo (10 quadros/segundo contra 24 quadros/segundo no cinema) e compressão entre quadros.

13 Tipos de Mídia nas multimídias. Hipermidia É uma maneira de se criar documentos, usando um computador, onde pode-se combinar texto, gráfico, animação, vídeo, som e qualquer outra mídia que venha a ser desenvolvida usando os "links" para conectar os nós(neste caso os nós representam qualquer mídia ou combinação entre elas). Pode se dizer que Hipermídia é uma expansão do conceito de Hipertexto que contempla outras mídias.

14 Aplicações Multimídia Em geral, podem ser classificadas em três categorias: Comunicação interpessoal Aplicações interativas na Internet Aplicações de entretenimento

15 Aplicações Multimídia Comunicação interpessoal Voz somente Telefonia, Voic , Teleconferência Telefonia IP Texto somente Correio eletrônico Educação Vídeo-aula Telemedicina especialistas remotos através do uso de vídeo

16 Aplicações Multimídia Aplicações interativas na Internet World-Wide Web (WWW) Informação sob demanda (IOD) Comércio eletrônico - Homeshopping Homebanking

17 Aplicações Multimídia Aplicações de entretenimento VoD (Video On Demand) vídeo sob demanda TV Interativa Jogos Homeshopping

18 Desafios da Multimídia Exigem codificação, armazenamento e manipulação de objetos não convencionais. Manipulação de objetos longos. Exigem transferência contínua de dados e altas taxas de velocidade. Exigem acesso sincronizado aos dados.

19 Desafio da Multimídia Dificuldades para autoria de multimídia na Internet. Diferenças entre os navegadores: Padronização Máquina do usuário Limitações de faixa dos canais de acesso: importância da compressão não determinismo da entrega: ruídos de áudio, perdas de quadros de vídeo 19

20 Atividades Vamos criar um projeto multimídia de sua própria autoria. O tema será: A história da Multimídia. Tempo: 5 minutos Grupo: 5 pessoas. Software: De sua preferência. 20

21 Questões importantes Qual é a essência do que se deseja realizar? Quais são as aplicações e mensagens? Quais elementos e multimídia (textos, sons e visuais) apresentarão melhor sua mensagem? Já existe material pronto? Será um projeto novo ou uma expansão de algo já existente? Qual o hardware disponível para o projeto? Ele é suficiente? Que tipo de armazenamento de dados será necessário para a apresentação? Qual a sua ferramenta de desenvolvimento? Quanto tempo está disponível para o desenvolvimento?

Aprender os conceitos de sistemas multimídia Conhecer os elementos multimídia Desenvolver projetos multimídia

Aprender os conceitos de sistemas multimídia Conhecer os elementos multimídia Desenvolver projetos multimídia Prof. Fabiano Taguchi fabianotaguchi@gmail.com http://fabianotaguchi.wordpress.com (66) 9953-7642 Aprender os conceitos de sistemas multimídia Conhecer os elementos multimídia Desenvolver projetos multimídia

Leia mais

Definição de Mídia. Em inglês: media Plural da palavra medium em Latim. Significa meio, centro Meio de distribuir e representar a informação

Definição de Mídia. Em inglês: media Plural da palavra medium em Latim. Significa meio, centro Meio de distribuir e representar a informação Definição de Mídia Em inglês: media Plural da palavra medium em Latim Significa meio, centro Meio de distribuir e representar a informação Tipos de Mídia Mídia de Percepção Como os humanos percebem a informação

Leia mais

SISTEMAS MULTIMÍDIA PROF MOZART DE MELO

SISTEMAS MULTIMÍDIA PROF MOZART DE MELO SISTEMAS MULTIMÍDIA PROF MOZART DE MELO Programa da Disciplina Multimídia conceitos, comunicação homemmáquina. Autoria produção de diversos tipos de aplicativos multimídia, examinando-se as alternativas

Leia mais

94% Prof. Fabiano Taguchi 05/06/2015. Sentido Porcentagem Gosto 1% Tato 1,5% Olfato 3,5% Audição 11% Visão 83%

94% Prof. Fabiano Taguchi 05/06/2015. Sentido Porcentagem Gosto 1% Tato 1,5% Olfato 3,5% Audição 11% Visão 83% Prof. Fabiano Taguchi fabianotaguchi@gmail.com http://fabianotaguchi.wordpress.com Sentido Porcentagem Gosto 1% Tato 1,5% Olfato 3,5% Audição 11% Visão 83% 94% 1 O computador é um sistema de processamento

Leia mais

UNIDADE 2 CONCEITOS BÁSICOS DE MULTIMÉDIA. Objectivos

UNIDADE 2 CONCEITOS BÁSICOS DE MULTIMÉDIA. Objectivos UNIDADE 2 CONCEITOS BÁSICOS DE MULTIMÉDIA Objectivos 1 2 Objectivos Caracterizar os diferentes tipos de media existentes Definir o conceito de multimédia Diferenciar o conceito de multimédia Diferenciar

Leia mais

Prof. Daniel Hasse. Multimídia e Hipermídia

Prof. Daniel Hasse. Multimídia e Hipermídia Prof. Daniel Hasse Multimídia e Hipermídia AULA 01 O que é multimídia? Prof. Daniel Hasse Livro - Multimídia: conceitos e aplicações Os principais conceitos da tecnologia da multimídia serão abordados

Leia mais

INTRODUÇÃO AO MULTIMÉDIA DIGITAL

INTRODUÇÃO AO MULTIMÉDIA DIGITAL Oficina de Multimédia B 2015-2016 Noção de Média Noção de Multimédia Noção de Multimédia Digital Tipos de produtos Multimédia O que significa MÉDIA? um meio - media - é o recurso técnico ou físico de conversão

Leia mais

Redes Multimídia. Ementa. Mídias Discretas e Contínuas. Introdução. Técnicas de Compactação e Compressão. Técnicas de Compactação e Compressão

Redes Multimídia. Ementa. Mídias Discretas e Contínuas. Introdução. Técnicas de Compactação e Compressão. Técnicas de Compactação e Compressão Departamento de Ciência da Computação - UFF Ementa Profa. Débora Christina Muchaluat Saade debora@midiacom.uff.br 1a. Parte: Introdução Mídias Discretas e Contínuas Técnicas de Compactação e Compressão

Leia mais

Apresentação da matéria. Ing. Yamila Díaz Suárez

Apresentação da matéria. Ing. Yamila Díaz Suárez Apresentação da matéria Ing. Yamila Díaz Suárez Objectivo da matéria Estudar as manifestações compostas de texto, imagem, gráficos, efeitos sonoros e visuais e animações, que se apresentam ao utente por

Leia mais

Aplicações Informáticas B 12º Ano

Aplicações Informáticas B 12º Ano Aplicações Informáticas B 12º Ano Prof. Adelina Maia 2013/2014 AIB_U3A 1 Introdução ao multimédia digital Multimédia Etimologicamente, a palavra multimédia é composta por duas partes Media é o plural da

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EVER SANTORO

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EVER SANTORO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EVER SANTORO Componentes do Sistema de Computador Unidade Central de Processamento Unidade Unidade de Lógicoaritmética Controle Processadores com Finalidades Cache Especiais de

Leia mais

Informática I. Aula 2. Ementa

Informática I. Aula 2.  Ementa Informática I Aula 2 http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 2-29/08/2007 1 Ementa Noções Básicas de Computação (Hardware, Software e Internet) HTML e Páginas Web Internet e a Web Javascript e

Leia mais

Sumário. SCC0661 Multimídia e Hipermídia. Ementa do Curso. Ementa do Curso. Programa do Curso. Avaliação

Sumário. SCC0661 Multimídia e Hipermídia. Ementa do Curso. Ementa do Curso. Programa do Curso. Avaliação SCC0661 Multimídia e Hipermídia Prof.: Dr. Marcelo Manzato (mmanzato@icmc.usp.br) Sumário 1. Apresentação da Disciplina. 2. Definindo Multimídia. 3. Diferentes Aspectos de Multimídia. Instituto de Ciências

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Aula 3 http://www.ic.uff.br/~bianca/introinfo/ Aula 3-12/09/2007 1 Objetivo da disciplina O objetivo dessa disciplina é dar ao aluno noções básicas de computação. Serão apresentados

Leia mais

CONCEITOS FUNDAMENTAIS Conceitos de sistemas multimídia Ambientes multimídia Arquitetura para multimídia Definição de sistema multimídia e hipermídia

CONCEITOS FUNDAMENTAIS Conceitos de sistemas multimídia Ambientes multimídia Arquitetura para multimídia Definição de sistema multimídia e hipermídia Prof. Fabiano Taguchi fabianotaguchi@gmail.com http://fabianotaguchi.wordpress.com CONCEITOS FUNDAMENTAIS Conceitos de sistemas multimídia Ambientes multimídia Arquitetura para multimídia Definição de

Leia mais

Uma introdução ao multimédia conceitos básicos

Uma introdução ao multimédia conceitos básicos Uma introdução ao multimédia conceitos básicos Março de 2004 - Versão 1.0 - direitos de autor estas transparências estão baseados no livro: Ribeiro, Nuno M., "Multimédia e Tecnologias Interactivas: Princípios,

Leia mais

Prof. Fabiano Taguchi

Prof. Fabiano Taguchi Prof. Fabiano Taguchi fabianotaguchi@gmail.com http://fabianotaguchi.wordpress.com (66) 9953-7642 1 Efeito audível produzido por movimentos de corpos vibratórios propagando na forma de ondas. AUDIÇÃO é

Leia mais

Aplicações Gerais de Informá5ca

Aplicações Gerais de Informá5ca Aplicações Gerais de Informá5ca Prof. Marcos V. O. de Assis mvoassis@gmail.com marcos.assis@ufpr.br hap://mvoassis.wordpress.com O que vimos até agora? Introdução à Informá5ca Estrutura geral do Computador

Leia mais

INTRODUÇÃO ÀS TECNOLOGIAS MULTIMÉDIA

INTRODUÇÃO ÀS TECNOLOGIAS MULTIMÉDIA Sumário INTRODUÇÃO ÀS TECNOLOGIAS MULTIMÉDIA TELEMÉDIA 2006/2007 O que é o multimédia Contextualização Tipos de informação multimédia Definição Tecnologias Multimédia Modelo de referência para as tecnologias

Leia mais

-Periféricos -Dispositivos de Entrada/Saída - Unidade de medida. Gustavo Catarino da Costa Wilson Coelho Neto Paulo Wesley Fogaça

-Periféricos -Dispositivos de Entrada/Saída - Unidade de medida. Gustavo Catarino da Costa Wilson Coelho Neto Paulo Wesley Fogaça -Periféricos -Dispositivos de Entrada/Saída - Unidade de medida Gustavo Catarino da Costa Wilson Coelho Neto Paulo Wesley Fogaça O que é o Computador? Máquina composta de partes eletrônicas e eletromecânicas

Leia mais

AULA. Processamento de Dados

AULA. Processamento de Dados UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Faculdade de Computação Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Disciplina: INF64 (Introdução à Ciência da Computação) Prof: Anilton Joaquim da Silva / Ezequiel

Leia mais

Multimídia Sérgio Salazar. Powerpoint Templates Page 1

Multimídia Sérgio Salazar. Powerpoint Templates Page 1 Multimídia Sérgio Salazar Page 1 Ementa do Curso : Objetivos: Introdução aos conceitos de multimídia e investigação dos problemas envolvidos com o suporte computacional a dados de mídia e de aplicações

Leia mais

07/04/2015. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Esp. Fabiano Taguchi

07/04/2015. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Esp. Fabiano Taguchi SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Esp. Fabiano Taguchi fabianotaguchi@gmail.com http://fabianotaguchi.wordpress.com 1 INFLUÊNCIA DA TECNOLOGIA SOCIEDADE Mudanças aceleradas; Eliminação de barreiras físicas

Leia mais

Plano de Aula - Dreamweaver CS5 - cód Horas/Aula

Plano de Aula - Dreamweaver CS5 - cód Horas/Aula Plano de Aula - Dreamweaver CS5 - cód.4149 24 Horas/Aula Aula 1 Capítulo 1 - Introdução Aula 2 Continuação do Capítulo 1 - Introdução Aula 3 Capítulo 2 - Site do Dreamweaver 1.1. Novidades do Dreamweaver

Leia mais

Arquitetura de sistemas distribuídos

Arquitetura de sistemas distribuídos Arquitetura de sistemas distribuídos 1. Evolução da computação 1.1 Computação centralizada mainframe 1.2 Microcomputadores e redes de computadores 1.3 Sistemas distribuidos 1 Visão geral Na década de 1950:

Leia mais

Introdução Geral a Computação Gráfica. Universidade Católica de Pelotas Curso de Engenharia da Computação Disciplina de Computação Gráfica

Introdução Geral a Computação Gráfica. Universidade Católica de Pelotas Curso de Engenharia da Computação Disciplina de Computação Gráfica Introdução Geral a Computação Gráfica Universidade Católica de Pelotas Curso de Engenharia da Computação Disciplina de 2 Introdução Geral a O que é CG? Áreas de Atuação Definição, Arte e Matemática Mercado

Leia mais

Software. Objetivos do Capítulo

Software. Objetivos do Capítulo Objetivos do Capítulo Descrever as tendências principais na área de software. Dar exemplos dos principais tipos de software aplicativos e de sistemas. Explicar o propósito de vários pacotes de software

Leia mais

ATENÇÃO O TCP/IP não é um protocolo. TCP/IP é um conjunto de diversos protocolos em 04 camadas próprias que se relaciona com o modelo OSI.

ATENÇÃO O TCP/IP não é um protocolo. TCP/IP é um conjunto de diversos protocolos em 04 camadas próprias que se relaciona com o modelo OSI. PROTOCOLOS DE TRANSMISSÃO DE DADOS PROTOCOLO TCP/IP Trata-se da sigla da palavra inglesa Transmission Control Protocol / Internet Protocol ou, simplesmente Protocolo de Controle de Transmissão / Protocolo

Leia mais

TÉCNICO EM MANUTENÇÃO E SUPORTE EM INFORMÁTICA FORMA SUBSEQUENTE. Professora: Isabela C. Damke

TÉCNICO EM MANUTENÇÃO E SUPORTE EM INFORMÁTICA FORMA SUBSEQUENTE. Professora: Isabela C. Damke TÉCNICO EM MANUTENÇÃO E SUPORTE EM INFORMÁTICA FORMA SUBSEQUENTE Professora: Isabela C. Damke isabeladamke@hotmail.com Linguagem de Programação Uma linguagem de programação é um conjunto de símbolos (

Leia mais

Arquitetura de sistemas distribuídos

Arquitetura de sistemas distribuídos Arquitetura de sistemas distribuídos 1. Evolução da computação 1.1 Computação centralizada mainframe 1.2 Microcomputadores e redes de computadores 1.3 Sistemas distribuidos 1 Visão geral Na década de 1950:

Leia mais

Informática para Concursos

Informática para Concursos Informática para Concursos Professor: Thiago Waltz Ferramentas Multimídia a) Ferramentas Multimídia Multimídia: Multimídia é a combinação, controlada por computador, de pelo menos um tipo de mídia estática

Leia mais

Fundamentos de Informática Introdução aos Conceitos Básicos

Fundamentos de Informática Introdução aos Conceitos Básicos Fundamentos de Informática Introdução aos Conceitos Básicos Professor: Luiz A. P. Neves neves@ufpr.br e lapneves@gmail.com 1 Roteiro Objetivos Conceitos Básicos Processamento de Dados Modalidade de Computadores

Leia mais

Informática. Aplicativos de Áudio, Vídeo, Multimídia, Uso da Internet na Educação, Negócios, Emergências e outros Domínios. Professor Márcio Hunecke

Informática. Aplicativos de Áudio, Vídeo, Multimídia, Uso da Internet na Educação, Negócios, Emergências e outros Domínios. Professor Márcio Hunecke Informática Aplicativos de Áudio, Vídeo, Multimídia, Uso da Internet na Educação, Negócios, Emergências e outros Domínios Professor Márcio Hunecke www.acasadoconcurseiro.com.br Informática APLICATIVOS

Leia mais

HARDWARES PARA MULTIMÍDIA Definição de hardwares para multimídia Hardwares para processamento multimídia. Prof. Fabiano Taguchi 11/11/2014

HARDWARES PARA MULTIMÍDIA Definição de hardwares para multimídia Hardwares para processamento multimídia. Prof. Fabiano Taguchi 11/11/2014 Prof. Fabiano Taguchi fabianotaguchi@gmail.com http://fabianotaguchi.wordpress.com (66) 9953-7642 HARDWARES PARA MULTIMÍDIA Definição de hardwares para multimídia Hardwares para processamento multimídia

Leia mais

INTERNET. Definição. Rede internacional de computadores que permite comunicação e transferência de dados entre outros serviços.

INTERNET. Definição. Rede internacional de computadores que permite comunicação e transferência de dados entre outros serviços. INTERNET Prof. Luiz A. Nascimento Definição 2 Rede internacional de computadores que permite comunicação e transferência de dados entre outros serviços. Utiliza o protocolo TCP/IP É a rede das redes. Normalmente

Leia mais

Pré-requisitos: Conhecimentos de informática gerencial e lógica de programação.

Pré-requisitos: Conhecimentos de informática gerencial e lógica de programação. CURSO DESENVOLVEDOR FRONT-END HTML5/CSS3/JavaScript Objetivo: Este curso visa introduzir o aluno do mundo do desenvolvimento Web, com aplicabilidade, ensino e capacitação nas principais linguagens de diagramação

Leia mais

03/12/2014. Prof. Fabiano Taguchi. (66) FERRAMENTAS PARA AUTORIA

03/12/2014. Prof. Fabiano Taguchi.  (66) FERRAMENTAS PARA AUTORIA Prof. Fabiano Taguchi fabianotaguchi@gmail.com http://fabianotaguchi.wordpress.com (66) 9953-7642 FERRAMENTAS PARA AUTORIA 1 MICROSOFT POWER POINT: Ferramenta voltada para orientação de slides; ACROBAT

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Objetivos Ao final desta apostila,

Leia mais

FundamentosemInformática

FundamentosemInformática FundamentosemInformática 03 Bit e Byte 1 -Introdução Toda informação inserida no computador passa pelo Microprocessador e é jogada na memória RAM para ser utilizada enquanto seu micro trabalha. Essa informação

Leia mais

Oficina de Multimédia B

Oficina de Multimédia B Oficina de Multimédia B Curso de Artes Visuais Produtos Multimédia 2015/2016 Multimédia Multimédia multi + media origem no latim multus significa múltiplo, numeroso, vários, mais do que um origem no latim

Leia mais

Introdução à Ciência da Computação

Introdução à Ciência da Computação 1 Universidade Federal Fluminense Campus de Rio das Ostras Curso de Ciência da Computação Introdução à Ciência da Computação Professor: Leandro Soares de Sousa e-mail: lsousa@id.uff.br site: http://www.ic.uff.br/~lsousa

Leia mais

Browser é um programa desenvolvido para permitir a navegação pela web, capaz de processar diversas linguagens, como HTML, ASP, PHP.

Browser é um programa desenvolvido para permitir a navegação pela web, capaz de processar diversas linguagens, como HTML, ASP, PHP. Browser é um programa desenvolvido para permitir a navegação pela web, capaz de processar diversas linguagens, como HTML, ASP, PHP. Sua interface vai variar de acordo com a marca, onde quem escolhe é o

Leia mais

Podemos extrair áudio através de microfones, vídeos, compact disc (CD), digital vídeo disc (DVD) entre outras.

Podemos extrair áudio através de microfones, vídeos, compact disc (CD), digital vídeo disc (DVD) entre outras. Aula 08 Áudio Arquivos sonoros Em computação arquivo de som ou arquivo sonoro é um formato de arquivo que permite armazenamento de áudio digital. Em geral este arquivo armazena amostras de som em intervalos

Leia mais

PLANIFICAÇÃO LONGO PRAZO

PLANIFICAÇÃO LONGO PRAZO PLANIFICAÇÃO LONGO PRAZO INFORMÁTICA ANO LETIVO 01/017 Curso Vocacional do 3º Ciclo.º ANO Módulos Horas Letivos 5 Período Semanas Data 5 - Processador de texto 30 0 1.º 7 Setembro/Outubro - Apresentações

Leia mais

Fundamentos da Informática Aula 01 - Computadores: Ferramentas para a era da informação Exercícios - RESPOSTAS Professor: Danilo Giacobo

Fundamentos da Informática Aula 01 - Computadores: Ferramentas para a era da informação Exercícios - RESPOSTAS Professor: Danilo Giacobo Fundamentos da Informática Aula 01 - Computadores: Ferramentas para a era da informação Exercícios - RESPOSTAS Professor: Danilo Giacobo Múltipla escolha 1. A unidade central de processamento é um exemplo

Leia mais

UNIDADE 2 Ferramentas do Pacote Office

UNIDADE 2 Ferramentas do Pacote Office UNIDADE 2 Ferramentas do Pacote Office Olá! Aqui estamos nós outras vez! Agora para dar início à unidade 2. Hardware e Software Sabemos que a área de informática é uma das que mais vivencia mudanças na

Leia mais

Aplicações Multimídia sobre Redes

Aplicações Multimídia sobre Redes Redes Multimídia 2016.2 Aplicações Multimídia sobre Redes Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Turma: TEC.SIS.4T Redes Multimídia Conteúdo Programático :: 1 a Unidade 1. Aplicações multimídia

Leia mais

Noções sobre Redes de Computadores. Aula 16/06 Secretariado Executivo

Noções sobre Redes de Computadores. Aula 16/06 Secretariado Executivo Noções sobre Redes de Computadores Aula 16/06 Secretariado Executivo Conceito básico de redes Conjunto de computadores interligados compartilhando, softwares, arquivos e periféricos Objetivos Compartilhamento

Leia mais

NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (NTICS) Prof. André Galvan

NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (NTICS) Prof. André Galvan NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (NTICS) Prof. André Galvan Um computador pessoal ou PC (do inglês Personal Computer) é um computador de pequeno porte e baixo custo, que se destina ao uso

Leia mais

Componentes básicos de um sistema de computador (Capítulo 1)

Componentes básicos de um sistema de computador (Capítulo 1) Componentes básicos de um sistema de computador (Capítulo 1) INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto Estrutura 1. Benefícios 2. Componentes 3. Redes 4. Classificação

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES

ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES TECNOLOGIAS EM REDES DE COMPUTADORES Semestre 2015.2 Prof. Dsc. Jean Galdino Arquitetura de Computadores Aula 03 Organização de computadores DEFINIÇÕES BÁSICAS e PARTES DE UM

Leia mais

Download e Upload. De forma muito objetiva podemos dizer que um arquivo possui pelo menos três características que os definem:

Download e Upload. De forma muito objetiva podemos dizer que um arquivo possui pelo menos três características que os definem: Download e Upload Aula 4 1. Download É o ato de descarregar ou baixar um arquivo (textos, imagens, músicas, filmes). Fazer o download de algo significa fazer uma cópia de um arquivo da internet para o

Leia mais

Introdução à Ciência da Computação

Introdução à Ciência da Computação 1 Universidade Federal Fluminense Campus de Rio das Ostras Curso de Ciência da Computação Introdução à Ciência da Computação Professor: Leandro Soares de Sousa e-mail: leandro.uff.puro@gmail.com site:

Leia mais

3. Linguagem de Programação C

3. Linguagem de Programação C Introdução à Computação I IBM1006 3. Linguagem de Programação C Prof. Renato Tinós Departamento de Computação e Matemática (FFCLRP/USP) 1 Principais Tópicos 3. Linguagem de programação C 3.1. Conceitos

Leia mais

CP Introdução à Informática Prof. Msc. Carlos de Salles

CP Introdução à Informática Prof. Msc. Carlos de Salles CP 1015.1 Prof. Msc. Carlos de Salles PROGRAMA 1. CONCEITO DE SISTEMAS 1.1 Sistemas e sua classificação 1.2 Informações e Dados 1.3 O Processamento de Dados 1.4 O Computador e sua História 2. ESTRUTURA

Leia mais

Sistemas Multimídia Aula 2. Autoria Multimídia

Sistemas Multimídia Aula 2. Autoria Multimídia Sistemas Multimídia Aula 2 Autoria Multimídia Diogo Pinheiro Fernandes Pedrosa Universidade Federal Rural do Semiárido Departamento de Ciências Exatas e Naturais Curso de Ciência da Computação Introdução

Leia mais

O uso consciente da tecnologia para o gerenciamento. Editora Saraiva Emerson de Oliveira Batista

O uso consciente da tecnologia para o gerenciamento. Editora Saraiva Emerson de Oliveira Batista O uso consciente da tecnologia para o gerenciamento Editora Saraiva Emerson de Oliveira Batista A TI como parte integrante da empresa impõe a necessidade dos Administradores conhecerem melhor seus termos

Leia mais

INFORMAÇÃO E TECNOLOGIA: diferentes fases de comunicação

INFORMAÇÃO E TECNOLOGIA: diferentes fases de comunicação Modelagem conceitual para sistemas de hipertexto INFORMAÇÃO E TECNOLOGIA: diferentes fases de comunicação Profa. glima@eci.ufmg.br A Tradição Oral A fala enunciada pela voz humana é rica em informações

Leia mais

05/04/2010. Sistemas Multimidia. SM - Introdução. Introdução. Introdução. Jascia Reichardt 1968; Tipologia Dadaísta 1923; El Lissitzky 1928;

05/04/2010. Sistemas Multimidia. SM - Introdução. Introdução. Introdução. Jascia Reichardt 1968; Tipologia Dadaísta 1923; El Lissitzky 1928; SM - Introdução De um lado o homem e do outro a mídia. Sistemas Multimidia Interesse Descobertas Disseminação Prof. Sandro Marcelo Rodrigues Manual para utilização dos modelos da Unisa Digital Introdução

Leia mais

Lista de Exercícios sobre Conceitos de Informática. Exercício 1: Correspondência

Lista de Exercícios sobre Conceitos de Informática. Exercício 1: Correspondência Lista de Exercícios sobre Conceitos de Informática Exercício 1: Correspondência Relacione os termos da tabela 1 abaixo com as definições da tabela 2. Para facilitar, os termos da tabela 1 estão colocados

Leia mais

Microcomputadores. É época de Natal. Um pai sai em busca dos presentes, entre eles o do filho, o tão ansiado videogame.

Microcomputadores. É época de Natal. Um pai sai em busca dos presentes, entre eles o do filho, o tão ansiado videogame. A UU L AL A Microcomputadores É época de Natal. Um pai sai em busca dos presentes, entre eles o do filho, o tão ansiado videogame. Um problema A onda agora são os videogames, os CD-ROMS, equipamentos de

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Curso Profissional de Cozinha/Pastelaria. Competências

PLANIFICAÇÃO ANUAL TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Curso Profissional de Cozinha/Pastelaria. Competências Agrupamento Vertical de Escolas Dr. João Lúcio Competências Tratamento de Informação Rentabilizar as Tecnologias da Informação e Comunicação nas tarefas de construção do conhecimento em diversos contextos

Leia mais

Conceitos Básicos. Fundação Centro de Análise, Pesquisa e Inovação Tecnológica Instituto de Ensino Superior - FUCAPI. Disciplina: Banco de Dados

Conceitos Básicos. Fundação Centro de Análise, Pesquisa e Inovação Tecnológica Instituto de Ensino Superior - FUCAPI. Disciplina: Banco de Dados Fundação Centro de Análise, Pesquisa e Inovação Tecnológica Instituto de Ensino Superior - FUCAPI Conceitos Básicos Disciplina: Banco de Dados Prof: Márcio Palheta, Esp Manaus - AM ROTEIRO Introdução Dados

Leia mais

FTC Faculdade de Tecnologia e Ciências Engenharia Civil 1º Semestre. Conceitos Básicos. Rafael Barbosa Neiva

FTC Faculdade de Tecnologia e Ciências Engenharia Civil 1º Semestre. Conceitos Básicos. Rafael Barbosa Neiva FTC Faculdade de Tecnologia e Ciências Engenharia Civil 1º Semestre Conceitos Básicos Rafael Barbosa Neiva rafael@prodados.inf.br SUMÁRIO Introdução e conceitos básicos Hardware Software 2 Tecnologia da

Leia mais

APLICAÇÕES MULTIMÍDIA AULA 1. Estrutura do curso e conceitos fundamentais. professor Luciano Roberto Rocha.

APLICAÇÕES MULTIMÍDIA AULA 1. Estrutura do curso e conceitos fundamentais. professor Luciano Roberto Rocha. APLICAÇÕES MULTIMÍDIA AULA 1 Estrutura do curso e conceitos fundamentais professor Luciano Roberto Rocha www.lrocha.com Sobre o docente Especialista em Desenvolvimento Web (UEM) Mestre em Tecnologia Educacional

Leia mais

Sistemas de Informação

Sistemas de Informação Capítulo 5: Redes e Telecomunicações nas Empresas Sistemas de Informação e as decisões gerenciais na era da Internet Chapter Objetivos Objectives do Capítulo 1. Identificar os principais tipos de aplicações

Leia mais

anexo 7 INFORMAÇÕES BÁSICAS PARA O USO DOS RECURSOS TECNOLÓGICOS DISPONÍVEIS EM SUA ESCOLA semana pedagógica 2012

anexo 7 INFORMAÇÕES BÁSICAS PARA O USO DOS RECURSOS TECNOLÓGICOS DISPONÍVEIS EM SUA ESCOLA semana pedagógica 2012 anexo 7 INFORMAÇÕES BÁSICAS PARA O USO DOS RECURSOS TECNOLÓGICOS DISPONÍVEIS EM SUA ESCOLA 2012 3 2 INFORMAÇÕES BÁSICAS PARA O USO DOS RECURSOS TECNOLÓGICOS DISPONÍVEIS EM SUA ESCOLA Olá, professor! Que

Leia mais

1. Justificativa. 2. Introdução

1. Justificativa. 2. Introdução PROJETO DE PROCESSO COGNITIVO E COMPUTAÇÃO GRÁFICA Adriiano Ghellller Bruschii 981638-0 Fabriiciio Apareciido Breve 981648-9 Adriano Gheller Bruschi 981638-0 Fabricio Aparecido Breve 981648-9 Projeto de

Leia mais

INFORMÁTICA. Professor: Venicio Paulo Mourão Saldanha Site:

INFORMÁTICA. Professor: Venicio Paulo Mourão Saldanha Site: INFORMÁTICA Professor: Venicio Paulo Mourão Saldanha Site: www.veniciopaulo.com Graduado em Análises e Desenvolvimento de Sistemas Analista de Sistemas (Seplag) Instrutor(Egp-Ce) Professor(CEPEP) CONCEITOS

Leia mais

O que é um jogo digital?

O que é um jogo digital? O que é um jogo digital? Programa de Computador Dados Algoritmos Para que estudar Estrutura de Dados? Para manipular os dados dos programas usamos os ALGORITMOS e para organizar os dados da melhor forma

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA TOCANTINS Campus Paraíso do Tocantins. Informática Básica

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA TOCANTINS Campus Paraíso do Tocantins. Informática Básica INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA TOCANTINS Campus Paraíso do Tocantins Informática Básica Técnico em Agroindústria Integrado ao Ensino Médio Aula 05 2015/2 Thatiane de Oliveira Rosa

Leia mais

Informática Básica. Conceitos Básicos

Informática Básica. Conceitos Básicos Informática Básica Conceitos Básicos SUMÁRIO Introdução e conceitos básicos Hardware Software 2 Transformação Social Comunicação E-mail, conversa on-line, vídeo conferência, redes sociais,... 3 Transformação

Leia mais

CARPC MLCAR PRINCIPAIS RECURSOS

CARPC MLCAR PRINCIPAIS RECURSOS CARPC MLCAR PRINCIPAIS RECURSOS 1. Vídeos: a. Assista vídeos / filmes em resolução de até 1024X768; b. Compatível com a maioria os formatos de vídeos (VOB, AVI, MPEG, etc). 2. Áudio: a. Saída de áudio

Leia mais

Introdução a Sistemas Distribuídos

Introdução a Sistemas Distribuídos Sistemas Distribuídos Mauro Lopes Carvalho Silva Professor EBTT DAI Departamento de Informática Campus Monte Castelo Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Maranhão Objetivos Nesta aula

Leia mais

Ano letivo 2016/2017. Planificação Anual. Disciplina: APLICAÇÕES INFORMÁTICAS B - Ano: 12º

Ano letivo 2016/2017. Planificação Anual. Disciplina: APLICAÇÕES INFORMÁTICAS B - Ano: 12º DGEstE Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares Direção de Serviços Região Centro Agrupamento de Escolas Figueira Mar Ano letivo 2016/2017 Planificação Anual Disciplina: APLICAÇÕES INFORMÁTICAS B -

Leia mais

Assunto 2 - Software. Prof. Miguel Damasco

Assunto 2 - Software. Prof. Miguel Damasco Assunto 2 - Software UD 1 - FUNDAMENTOS DE INFORMÁTICA Prof. Miguel Damasco a. Gerações dos Softwares 1ª Geração: Linguagem de máquina notação numérica binária ou hexadecimal, linguagem de baixo nível,

Leia mais

Aula 4 TECNOLOGIA EM JOGOS DIGITAIS JOGOS MASSIVOS DISTRIBUÍDOS. Marcelo Henrique dos Santos

Aula 4 TECNOLOGIA EM JOGOS DIGITAIS JOGOS MASSIVOS DISTRIBUÍDOS. Marcelo Henrique dos Santos Aula 4 TECNOLOGIA EM JOGOS DIGITAIS JOGOS MASSIVOS DISTRIBUÍDOS Marcelo Henrique dos Santos Marcelo Henrique dos Santos Email: Site: marcelosantos@outlook.com www.marcelohsantos.com.br TECNOLOGIA EM JOGOS

Leia mais

Introdução a Tecnologia da Informação

Introdução a Tecnologia da Informação Introdução a Tecnologia da Informação Arquitetura de Computadores Aula 03 Prof. Msc Ubirajara Junior biraifba@gmail.com www.ucljunior.com.br Características do computador sistema eletrônico é rápido e

Leia mais

UDESC SMU. Capítulo 1 Introdução Geral a Sistemas Multimídia e Hipermídia

UDESC SMU. Capítulo 1 Introdução Geral a Sistemas Multimídia e Hipermídia UDESC SMU Capítulo 1 Introdução Geral a Sistemas Multimídia e Hipermídia Sistemas Multimídia Definição de multimídia; Classes de sistemas multimídia; Motivação de uso da multimídia; Aplicações multimídia;

Leia mais

PROGRAMAÇÃO PARA INTERNET RICA RICH INTERNET APPLICATIONS

PROGRAMAÇÃO PARA INTERNET RICA RICH INTERNET APPLICATIONS PROGRAMAÇÃO PARA INTERNET RICA RICH INTERNET APPLICATIONS Prof. Dr. Daniel Caetano 2013-1 Objetivos Apresentar o que é uma Aplicação Rica para Internet Contextualizar tais aplicações na Web e os desafios

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES

ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES CAMPUS SANTO ANDRÉ CELSO CANDIDO SEMESTRE 2014-1 1 CONCEITOS ASSUNTOS DESTA AULA: Funcionalidades de um computador; Hardware e Software; Componentes de um computador: o CPU

Leia mais

Informação-Prova de Aplicações Informáticas B Prova º Ano de Escolaridade

Informação-Prova de Aplicações Informáticas B Prova º Ano de Escolaridade ESCOLA SECUNDÁRIA DR. JOSÉ AFONSO Informação-Prova de Aplicações Informáticas B Prova 303 2014 12º Ano de Escolaridade 1. Objeto de avaliação Temas/Conteúdos INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO Introdução Linguagens

Leia mais

Introdução à Computação

Introdução à Computação Introdução à Computação Prof. Msc. Antonio Carlos Souza Aula 2 Curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas Entendendo o computador Trilha: Informação Analógico x digital Representação digital de grandezas

Leia mais

Introdução ao Processamento de Imagens Digitais Aula 01

Introdução ao Processamento de Imagens Digitais Aula 01 Introdução ao Processamento de Imagens Digitais Aula 01 Douglas Farias Cordeiro Universidade Federal de Goiás 06 de julho de 2015 Mini-currículo Professor do curso Gestão da Informação Formação: Graduação

Leia mais

Definição IHC. Disciplina ou campo de estudo interessada no design, implementação e avaliação de sistemas computacionais interativos para uso humano.

Definição IHC. Disciplina ou campo de estudo interessada no design, implementação e avaliação de sistemas computacionais interativos para uso humano. Introdução à IHC Definição IHC Disciplina ou campo de estudo interessada no design, implementação e avaliação de sistemas computacionais interativos para uso humano. Estudo dos fenômenos associados ao

Leia mais

CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA

CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA 1. O modelo de referência OSI (Open Systems Interconnection) baseia-se no conceito de camadas sobrepostas, onde cada camada executa um conjunto bem definido de funções. Relacione cada uma das camadas do

Leia mais

Aula 04. Administração. Importância da Comunicação. Independente do tipo de negócio, a comunicação é fundamental para o sucesso da organização.

Aula 04. Administração. Importância da Comunicação. Independente do tipo de negócio, a comunicação é fundamental para o sucesso da organização. Administração de Sistemas de Informação Aula 04 Importância da Comunicação Independente do tipo de negócio, a comunicação é fundamental para o sucesso da organização. Os gerentes precisam conhecer conceitos

Leia mais

TÓPICO EDIÇÃO BITMAP

TÓPICO EDIÇÃO BITMAP TÓPICO EDIÇÃO BITMAP CONCEITOS INICIAIS TIPOLOGIA DAS IMAGENS Aplicações Informáticas B 12º Ano Professores José Carlos Lima / Paulo Ferreira / Angélica Vieira / Helena Silva O que é uma imagem bitmap?

Leia mais

Professor Alexsander Pacheco INTERNET - parte I INTERNET Parte 1 Professor Alexsander Pacheco Autor do livro Informática Um manual prático para concursos da Editora Fortium (Brasília - DF) E-mail: prof_alx@yahoo.com.br

Leia mais

O que Fazer na Internet

O que Fazer na Internet Internet Histórico O que é a Internet O que é a Internet A Internet é uma rede de computadores à escala mundial, destinada à troca de informações. Os computadores são interligados através de linhas comuns

Leia mais

O padrão MIDI. Protocolo de tempo-real e formato de arquivo

O padrão MIDI. Protocolo de tempo-real e formato de arquivo O padrão MIDI Protocolo de tempo-real e formato de arquivo MIDI - Motivação MIDI surgiu em meio a necessidade de padronização dos meios de comunicação entre os sintetizadores híbridos(que combinam controle

Leia mais

Sistemas Multimídia. O Áudio (Parte III)

Sistemas Multimídia. O Áudio (Parte III) Sistemas Multimídia O Áudio (Parte III) Sistemas Multimídia Tópico: Manipulação de Sinais de Voz Compressão Formatos Manipulação de Sinais de Áudio Descrição simplificada de uma placa de som Fonte: http://paginas.terra.com.br/lazer/py4zbz/teoria/digitaliz.htm

Leia mais

Prof. Sergio Koch. Internet & Intranet. Aula 01

Prof. Sergio Koch. Internet & Intranet. Aula 01 Prof. Sergio Koch Aula 01 Internet e Intranet são conceitos fundamentais para quem estuda Informática para concursos. Nessa AULA 01, iremos comparar as definições para, posteriormente, analisarmos algumas

Leia mais

INFORMÁTICA 9 ENCONTRO. PROF PAULO MAXIMO

INFORMÁTICA 9 ENCONTRO. PROF PAULO MAXIMO 9 ENCONTRO PROF PAULO MAXIMO pmaximo@gmail.com 1.Analise a planilha e o gráfico a seguir. Considerando a situação apresentada é correto afirmar que: (a) a média de João foi calculada utilizando a fórmula

Leia mais

CURSO DE TÉCNICO EM TELECOM DISCIPLINA: INFORMÁTICA APLICADA

CURSO DE TÉCNICO EM TELECOM DISCIPLINA: INFORMÁTICA APLICADA CURSO DE TÉCNICO EM TELECOM DISCIPLINA: INFORMÁTICA APLICADA Nome: Iuri Pires de Cerqueira E-mail: iuripires@gmail.com QUEM SOU EU? Graduado em Redes de Computadores pela Universidade Estácio de Sá. 14

Leia mais

Mídias Discretas. Introdução à Ciência da Informação

Mídias Discretas. Introdução à Ciência da Informação Mídias Discretas Introdução à Ciência da Informação Mídias Discretas Mídias discretas (estáticas) Texto Gráficos e Imagens Estáticas Caracteres são convertidos para uma representação com um número fixo

Leia mais

Sâmia Rodrigues Gorayeb. Arquitetura de Computadores Organização e Funcionamento

Sâmia Rodrigues Gorayeb. Arquitetura de Computadores Organização e Funcionamento Sâmia Rodrigues Gorayeb Arquitetura de Computadores Organização e Funcionamento Arquitetura de Computadores Organização e Funcionamento Agenda: 1. O que é o computador 2. Como funciona um computador 3.

Leia mais

DIREITO DA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO

DIREITO DA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO DIREITO DA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO Prof. Fabiano Taguchi http://fabianotaguchi.wordpress.com fabianotaguchi@gmail.com Surgimento das redes militares, protocolos e Internet PROCESSO TECNOLÓGICO A EVOLUÇÃO

Leia mais

Aula 5 e 6. Unidade 1. Introdução às Tecnologias da Informação e Comunicação. Conceitos Introdutórios

Aula 5 e 6. Unidade 1. Introdução às Tecnologias da Informação e Comunicação. Conceitos Introdutórios Aula 5 e 6 Unidade 1 Introdução às Tecnologias da Informação e Comunicação Conceitos Introdutórios Índice 1. Conceitos Básicos 2. Áreas de aplicação das TIC 1. Conceitos Básicos 1.1 1.2 1.3 1.4 Informática

Leia mais

BREVE PERFIL MIDIÁTICO DOS NOSSOS ALUNOS

BREVE PERFIL MIDIÁTICO DOS NOSSOS ALUNOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CURSO MÍDIAS NA EDUCAÇÃO MÍDIA IMPRESSA ROTEIROS, MAPAS, GRÁFICOS E TABELAS BREVE PERFIL MIDIÁTICO DOS NOSSOS ALUNOS Adriana Bastos da Silva Henz Georgia Stella Ramos

Leia mais