Profª. Daniela Menezes. Unidade II COMPOSTO DE COMUNICAÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Profª. Daniela Menezes. Unidade II COMPOSTO DE COMUNICAÇÃO"

Transcrição

1 Profª. Daniela Menezes Unidade II COMPOSTO DE COMUNICAÇÃO

2 Definição de público-alvo Público- Alvo:...possíveis compradores dos produtos e/ou serviços de uma empresa, usuários atuais, pessoas que decidem ou influenciam; indivíduos, grupos, públicos específicos ou o público em geral. O público- alvo exerce uma influência fundamental nas decisões do comunicador sobre o que, como, quando, onde e para quem dizer. Kotler (2006)

3 Definição de público-alvo Cliente: É aquele que adquire ou utiliza um produto ou serviço oferecido pelo estabelecimento. Geralmente é quem paga. Consumidor: É quem consome, utiliza o produto ou serviço, mesmo sem tê-lo adquirido. Comprador: é quem paga pelo produto ou serviço, mesmo que não utilize.

4 O modelo AIDA de comunicação eficaz Fonte: livro- texto - unidadeii

5 O modelo AIDA de comunicação eficaz O modelo AIDA tem o seguinte significado: A = Atenção - Consiste em chamar a atenção daqueles que irão receber a mensagem. I = Interesse - Após chamar a atenção, os esforços serão em manter o interesse dos consumidores em continuar a receber a mensagem.

6 O modelo AIDA de comunicação eficaz D = Desejo - Despertar o desejo de compra nos consumidores será a próxima etapa, pois esta dependerá diretamente dos dois primeiros passos. A = Ação - O quarto e último passo é o que consiste em levar os consumidores a agirem de forma a comprar. É o objetivo principal deste modelo de comunicação.

7 O modelo AIDA de comunicação eficaz No modelo AIDA percorre-se os seguintes passos: Identifica-se o estado mental dos clientes Depois leva-se a percorrer por todas as outras fases do AIDA; Levá-lo a compra prioritamente dita.

8 O modelo AIDA de comunicação eficaz O modelo AIDA poderá ser utilizado em quase todos os campos da comunicação e também é considerado muito valioso quando o objetivo é vender uma idéia ou um conceito. Exemplo: Campanha contra o tabagismo.

9 O modelo AIDA de comunicação eficaz Uma mensagem para ser considerada eficaz deverá responder aos seguintes questionamentos: O conteúdo da mensagem O conteúdo da mensagem sempre deverá respeitar algumas características referentes ao público que irá recebê-lo. Este conteúdo poderá ser de cunho: racional emocional moral

10 O modelo AIDA de comunicação eficaz Estrutura da mensagem A forma com que a mensagem será estruturada deverá propiciar uma unilateralidade de entendimento.

11 O modelo AIDA de comunicação eficaz O formato da mensagem e os símbolos utilizados Os símbolos escolhidos para transmitir uma mensagem deve ser de conhecimento do receptor. É necessário observar idiomas, e tipos de linguagem. cuidado em relação ao uso de palavras estrangeiras nas mensagens.

12 O modelo AIDA de comunicação eficaz A fonte da mensagem Quanto mais credibilidade tiver a fonte da mensagem mais eficácia esta terá, por serem mais atrativas e terem um maior poder de persuasão. A fonte precisa ter: Confiabilidade; Simpatia; Profundo conhecimento sobre o assunto; Exemplo: IBGE

13 Interatividade Por que deve haver equilíbrio no conteúdo da mensagem quanto ao aspecto emocional e racional? a) Para a mensagem ficar bem construída; b) Para formar relação da mensagem com a marca que estamos vendendo; c) Para fazer o consumidor chorar ou rir; d) Para agradar o cliente; e) NDA.

14 A administração da força de vendas Gerenciar as atividades de uma equipe de vendedores exige: Análise Planejamento; Implementação; Controle do que deve ser posto em prática pelos vendedores;

15 A administração da força de vendas O gerenciamento de uma equipe de vendas inicia-se com: Recrutamento: definir o tipo de profissional que desejam ter como vendedores, suas características físicas, psicológicas, bem como suas experiências profissionais anteriores Selecionar aqueles que reúnem em si o maior número de características solicitadas pela empresa

16 A administração da força de vendas Uma vez contratado pela empresa, o vendedor passará por constantes processos de treinamento, remunerações que funcionam como recompensas e, periodicamente, avaliações por parte de seus supervisores.

17 A administração da força de vendas Passo a passo do gerenciamento de equipe de vendas: Definição do perfil do vendedor Recrutamento e seleção; Treinamento; Compensação; Supervisão; Avaliação.

18 Definindo o tipo de vendedor A definição do perfil do vendedor dependerá do tipo de empresa, bem como do seu ramo de atividade. Que tarefas eles necessitam desempenhar? Que esforço será necessário para a concretização da venda?

19 A administração da força de vendas Seu contato com os clientes será direto? Minha empresa está orientada para o marketing? O que mais me interessa: vender ou a construção de relacionamentos da empresa?

20 A administração da força de vendas O vendedor de uma empresa deve ter a capacidade de representá-la de forma sistêmica, não basta conhecer da empresa e das características do produto. É necessário que o vendedor se sinta parte integrante e importante da organização e acredite no que está vendendo. Ninguém vende bem o que não compra

21 Interatividade Não é passo para a criação de equipes de vendas: a) Definir o perfil do vendedor; b) Treinar e compensar; c) Supervisionar e avaliar; d) Despertar apenas o desejo pela remuneração; e) Recrutar e selecionar.

22 Recrutando e selecionando vendedores Após a definição do perfil do vendedor é necessário buscá-lo no mercado. Essa tarefa normalmente é realizada pelo departamento de recursos humanos através de anúncios, agências de empregos, universidades. A mudança sobre a visão da profissão de vendedor e a entrada de mulheres no mercado, mudou a forma de contratação e o perfil da carreira.

23 Recrutando e selecionando vendedores O treinamento Fonte: livro- texto t unidade d II

24 Concepções de treinamento de vendedores As antigas empresas evitavam realizar treinamento por acreditar que seria uma perda de tempo, que ao invés de se capacitar o vendedor deveria vender. Que se aprende a vender vendendo. Essa concepção mudou, pois as empresas perceberam que as vendas são melhores quando o vendedor está capacitado.

25 Recrutando e selecionando vendedores Os treinamentos dos quais hoje participam os vendedores podem acontecer para vários fins: Conhecimento acerca da empresa; Identificação entre vendedores e empresa; Apresentação dos produtos;

26 Recrutando e selecionando vendedores Conhecimento dos perfis dos clientes; Identificação dos maiores concorrentes; Apresentação das metas a serem alcançadas

27 Recrutando e selecionando vendedores A compensação Um dos maiores atrativos de uma empresa ainda é o seu plano de compensação e este plano deve estar na média do mercado. A compensação deve ter o objetivo de motivar os vendedores e pode ser como: quantia fixa, quantia variável, bônus, comissões, benefícios adicionais, planos de saúde, cesta básica entre outros.

28 Recrutando e selecionando vendedores Esses benefícios não somente motivam como também proporcionam uma maior satisfação no trabalho. Existe ainda os eventos de Endomarketing, que tem o objetivo de vender a empresa e seus objetivos aos próprios funcionários.

29 Recrutando e selecionando vendedores A supervisão A supervisão não tem a intenção apenas de monitoramento das atividades de seus vendedores, mas também para orientá-los melhor em suas atividades. Uma periodicidade pré-definida, a supervisão deverá acontecer em um clima de total entrosamento entre supervisores e supervisionados. Este processo jamais poderá acontecer sob qualquer tipo de pressão ou coação.

30 Recrutando e selecionando vendedores A avaliação Esse processo normalmente ocorre continuamente na empresa através de relatório de vendas. De posse dos relatórios dos vendedores e de outras informações, o gerente de vendas avalia formalmente e produz quatro benefícios os membros de sua força de vendas:

31 Recrutando e selecionando vendedores 1. A empresa deve desenvolver e comunicar padrões claros para julgar o desempenho 2. Deve coletar informações precisas sobre cada vendedor 3. As empresas fornecem um retorno construtivo que os ajuda o vendedor a melhorar seu desempenho futuro (feedback). 4. Os vendedores são motivados a desempenhar-se bem porque sabem que terão de reunir-se com o gerente de vendas para explicar seu desempenho.

32 Interatividade O principal papel da área de Relações Públicas em uma empresa é: a) Avaliar os indicadores de resultado das vendas; b) Propagar positivamente o nome da empresa no mercado; c) Formar equipes de vendas; d) Estabelecer preços para os produtos conforme o poder aquisitivo do público- alvo; e) Atuar na melhoria constante dos processos internos.

33 Comunicação estratégica para o Marketing Fonte: Kotler 2006

34 Comunicação estratégica para o Marketing As estratégias utilizadas para promover uma comunicação eficaz com o públicoalvo são basicamente: Propaganda; Promoção de Vendas; Relações Públicas; Vendas Pessoais; Publicidade; Marketing direto;

35 Comunicação estratégica para o Marketing Propaganda É um tipo de comunicação impessoal, não existe contato direto entre emissor e receptor; É paga por quem está anunciando e o anunciante é identificado; As formas mais comuns de realização desta estratégia são através de anúncios em mídias como televisões, rádio, jornal, outdoor e internet

36 Comunicação estratégica para o Marketing Promoção de vendas Complemento da propaganda, consiste em aumentar o número de consumidores esperados com a propaganda. Geral: quando o objetivo atingir o maior número de pessoas, indiscriminadamente Dirigida: quando o público a ser atingido for antecipadamente definido, podendo ser os consumidores ou algum participante do canal de distribuição dos produtos como varejistas, atacadistas ou vendedores.

37 Comunicação estratégica para o Marketing Relações públicas Todo o esforço de uma empresa na busca de propagar seu nome no mercado da forma mais positiva possível. Existem estratégias de ação de relações públicas para empresa que acaba de entrar no mercado, no qual o objetivo de receber a confiança dos clientes e a aceitação confirmada do mercado.

38 Comunicação estratégica para o Marketing E para empresa já é conhecida dos consumidores a ações de relações públicas tem como finalidade a manutenção do mercado e gira em torno de lembrar o público quanto às características positivas do produto.

39 Comunicação estratégica para o Marketing O planejamento de uma empresa em relação à utilização desta estratégia de comunicação requer alguns passos importantes a serem seguidos: Análise situacional do mercado; Definição concreta dos objetivos pretendidos; Escolha do público-alvo a ser atingido;

40 Comunicação estratégica para o Marketing Seleção dos meios a serem utilizados; Elaboração cuidadosa do orçamento; Avaliação dos resultados atingidos

41 Comunicação estratégica para o Marketing Vendas pessoais Também conhecida como marketing direto consiste em uma apresentação feita diretamente a um consumidor em potencial, As principais características das vendas diretas são: A possibilidade de uma comunicação direta entre as empresas e seus clientes atuais e potenciais ;

42 Comunicação estratégica para o Marketing Uma mensuração precisa dos resultados das vendas, incluídos neste caso variáveis emocionais presentes no momento da compra; Um feedback por parte dos consumidores a respeito dos produtos adquiridos. Esta característica possibilita-nos um trabalho de pósvenda auxiliando em uma consulta a respeito do nível de satisfação dos consumidores.

43 Comunicação estratégica para o Marketing Publicidade Pode ser definida como sendo a apresentação das novidades de uma empresa em relação aos seus produtos. É uma estratégia muito confundida com a propaganda. Propaganda: apresenta ao público os produtos que as empresas estão tentando comercializar Publicidade: busca despertar no consumidor o desejo de obter os produtos que lhes são apresentados.

44 Publicidade x Propaganda Propaganda: refere-se a qualquer forma PAGA de divulgação impessoal com o objetivo de promover idéias, produtos e/ou serviços. Publicidade: divulgação NÃO PAGA, portanto é uma atividade englobada pela área de relações públicas.

45 Comunicação estratégica para o Marketing Plataformas comuns de comunicação: Fonte: Kotler 2006

46 Comunicação estratégica para o Marketing Marketing direto é um sistema de comunicação interativa entre empresa e consumidor com um ou mais meios de propaganda para obter um feedback mensurável e normalmente não existem intermediários e não pode ser fragmentada. Benefícios: Privacidade, agilidade, especificidade e interatividade. Exemplo: marketing

47 Comunicação estratégica para o Marketing Plataformas comuns de comunicação: Fonte: Kotler 2006

48 Interatividade Qualquer forma PAGA de divulgação impessoal com o objetivo de promover idéias, produtos e/ou serviços. A definição acima refere-se a qual estratégia do composto de comunicação estratégica de Marketing? a) Publicidade b) Relações públicas; c) Vendas pessoais; d) Marketing direto e) Propaganda.

49 ATÉ A PRÓXIMA!

Promoção. Prof. Me. André F. A. Fagundes 1. Disciplina: Administração Mercadológica 2º semestre de 2009

Promoção. Prof. Me. André F. A. Fagundes 1. Disciplina: Administração Mercadológica 2º semestre de 2009 Disciplina: Administração Mercadológica 2º semestre de 2009 Promoção Prof. M e André F. A. Fagundes Prof. M e André F. A. Fagundes 1 Comunicação de marketing É o meio pelo qual as empresas buscam informar,

Leia mais

Promoção Comunicação

Promoção Comunicação Promoção Comunicação 1 Propaganda, Promoção de Vendas e Publicidade 2 3 Mix de Comunicação de Marketing ou Mix de Promoção Consiste em uma composição de instrumentos de comunicação como propaganda, venda

Leia mais

Como Vender Mais e Melhor

Como Vender Mais e Melhor Como Vender Mais e Melhor 08 a 11 de outubro de 2014 09 a 12 de novembro de 2016 OBJETIVO Este curso visa proporcionar ao participante a competência para identificar oportunidades de mercado e saber aproveitá-las,

Leia mais

Mix de Marketing (IV) 4P Promoção

Mix de Marketing (IV) 4P Promoção Mix de Marketing (IV) 4P Promoção Mix de Marketing Produto Preço Criação de valor Captação de valor Entrega de valor Comunicação de valor Praça Promoção COMUNICAÇÕES INTEGRADAS DE MARKETING (CIM) Abrange

Leia mais

A Pesquisa de Marketing envolve a coleta de informações relevantes sobre problemas de marketing específicos, com os quais a empresa se defronta.

A Pesquisa de Marketing envolve a coleta de informações relevantes sobre problemas de marketing específicos, com os quais a empresa se defronta. A Pesquisa de Marketing envolve a coleta de informações relevantes sobre problemas de marketing específicos, com os quais a empresa se defronta. Todo Profissional de Marketing necessita de Pesquisas de

Leia mais

Gestão da Comunicação Integrada

Gestão da Comunicação Integrada Gestão de Marketing Gestão da Comunicação Integrada Responsável pelo Conteúdo: Prof. Dr.Gleber Antonio de Paula Revisão Textual: Profa. Esp. Alessandra Fabiana Cavalcante Unidade Gestão da Comunicação

Leia mais

HISTÓRIA DA COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL E PRINCIPAIS ELEMENTOS

HISTÓRIA DA COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL E PRINCIPAIS ELEMENTOS HISTÓRIA DA COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL E PRINCIPAIS ELEMENTOS A primeira necessidade? Comunicar-se. COMUNICAÇÃO É o processo que consiste em transmitir e receber uma mensagem, com a finalidade de afetar

Leia mais

23/10/2013. O que estudar? Conceito de Negociação. Tema 2: A Importância da Comunicação na Negociação. Profª Msc. Mônica Satolani

23/10/2013. O que estudar? Conceito de Negociação. Tema 2: A Importância da Comunicação na Negociação. Profª Msc. Mônica Satolani Tema 2: A Importância da Comunicação na Negociação Profª Msc. Mônica Satolani O que estudar? A comunicação e o processo de negociação. O ambiente empresarial e o aspecto da comunicação. O emissor e o receptor

Leia mais

Etapas do processo de Administração Estratégica. DPS aula 3 Negócios

Etapas do processo de Administração Estratégica. DPS aula 3 Negócios Etapas do processo de Administração Estratégica Aula 3 Professor Douglas Pereira da Silva 1 2 As etapas envolvidas na administração estratégica Etapa 1: Análise do ambiente O processo de administração

Leia mais

Módulo 16. Comunicação (promoção)

Módulo 16. Comunicação (promoção) Módulo 16. Comunicação (promoção) Mais do que ter uma idéia e desenvolver um produto ou serviço com qualidade superior é necessário outro requisito que precisa ser satisfeito: comunicar aos clientes em

Leia mais

1. O atendimento bancário pode ser classificado como

1. O atendimento bancário pode ser classificado como Marketing Rebecca Guimarães 1. O atendimento bancário pode ser classificado como um tipo específico de SERVIÇO. Como tal, apresenta uma série de características que posicionam esse produto nessa categoria.

Leia mais

Guia de carreiras Newton Publicidade e Propaganda 11

Guia de carreiras Newton Publicidade e Propaganda 11 Guia de carreiras Newton Publicidade e Propaganda 11 Introdução O curso de Publicidade e Propaganda é voltado para o conhecimento de como a comunicação pode ser trabalhada para que alguém seja convencido,

Leia mais

Qual veículo eu devo escolher para falar exatamente com este perfil de consumidor?

Qual veículo eu devo escolher para falar exatamente com este perfil de consumidor? MARKETING DIRETO Qual veículo eu devo escolher para falar exatamente com este perfil de consumidor? Mulher, idade entre 23 e 25 anos, renda de R$ 6.200,00, casada, moradora de São Paulo e Natal. Antes

Leia mais

ANEXO I MODELO DE PLANO DE NEGÓCIOS

ANEXO I MODELO DE PLANO DE NEGÓCIOS ANEXO I MODELO DE PLANO DE NEGÓCIOS 1. Resumo Executivo (Síntese das principais informações que constam em seu PN. É a principal seção do Plano de Negócios, pois através dele é que o leitor decidirá se

Leia mais

[ 1 ] Introdução. [ 2 ] Dica 1 - Tenha claro seu objetivo, crie uma estratégia. [ 3 ] Dica 2 Apresente a empresa e seus contatos

[ 1 ] Introdução. [ 2 ] Dica 1 - Tenha claro seu objetivo, crie uma estratégia. [ 3 ] Dica 2 Apresente a empresa e seus contatos [ 1 ] Introdução [ 2 ] Dica 1 - Tenha claro seu objetivo, crie uma estratégia [ 3 ] Dica 2 Apresente a empresa e seus contatos [ 4 ] Dica 3 Garanta sua presença. Crie conteúdos com frequência [ 5 ] Dica

Leia mais

Banco do Brasil Revisão Véspera

Banco do Brasil Revisão Véspera Banco do Brasil Revisão Véspera Estratégias Genéricas de Marketing Marketing de resposta: Ocorre quando se identifica uma necessidade e prepara-se uma solução para atender a essa necessidade. Marketing

Leia mais

Avaliação de Desempenho Organizacional

Avaliação de Desempenho Organizacional Avaliação de Desempenho Organizacional O que é avaliar? Avaliar significa julgar alguma atitude ou atividade de forma qualitativa, podendo-se transcrever essa percepção com o auxílio de informações quantitativas

Leia mais

PLANEJAMENTO OPERACIONAL - MARKETING E PRODUÇÃO MÓDULO 12. PREVISÃO DE VENDAS continuação

PLANEJAMENTO OPERACIONAL - MARKETING E PRODUÇÃO MÓDULO 12. PREVISÃO DE VENDAS continuação PLANEJAMENTO OPERACIONAL - MARKETING E PRODUÇÃO MÓDULO 12 PREVISÃO DE VENDAS Índice 1. Previsão de vendas -...3 1.1. Fatores de cálculo da previsão de vendas... 3 1.1.1. Informações sobre as vendas passadas...

Leia mais

Objetivos desta aula. Noções de Marketing 21/10/09

Objetivos desta aula. Noções de Marketing 21/10/09 Noções de Marketing 21/10/09 Atendimento. Marketing em empresas de serviços. Marketing de relacionamento. Segmentação de mercado e segmentação do setor bancário. Propaganda e Promoção. Satisfação, Valor

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação TLCne-051027-P0 Gestão da Tecnologia da Informação Disciplina: Governança de TI São Paulo, Setembro de 2012 0 Sumário TLCne-051027-P1 Conteúdo desta Aula Conclusão do Domínio de Processos PO (PO7 e PO8)

Leia mais

MBA em GESTÃO DE MARKETING

MBA em GESTÃO DE MARKETING MBA em GESTÃO DE MARKETING 1) OBJETIVO O curso tem como objetivo capacitar profissionais para a gestão mercadológica de produtos e serviços e desenvolver competências necessárias para planejar, gerenciar,

Leia mais

Capítulo 5 Planejamento de pessoal e recrutamento

Capítulo 5 Planejamento de pessoal e recrutamento Capítulo 5 Planejamento de pessoal e recrutamento slide 1 Objetivos de aprendizagem 1. Listar as etapas do processo de recrutamento e seleção. 2. Explicar as principais técnicas utilizadas no planejamento

Leia mais

Curso Google Adwords e Marketing Digital. Carga horária: 16h

Curso Google Adwords e Marketing Digital. Carga horária: 16h Curso Google Adwords e Marketing Digital Carga horária: 16h Quem Somos A Internet Innovation é a primeira empresa a oferecer uma grade completa de cursos especializados em Comércio Eletrônico e Marketing

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING

ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING Teoria Geral da Administração Professora: Daniele Campos Grupo: Cassius Silva Abreu Italo B. Leão Bettega Luiza Cunha de Menezes Natália Souto Pereira Raphael Gebhard Martins

Leia mais

Gestão de Vendas Como administrar a sua empresa para transformá-la em uma máquina de vender

Gestão de Vendas Como administrar a sua empresa para transformá-la em uma máquina de vender Gestão de Vendas Como administrar a sua empresa para transformá-la em uma máquina de vender DICAS Para a sua leitura: Os itens do índice são clicáveis, então sinta-se à vontade para ler o conteúdo que

Leia mais

DIFERENTES PÚBLICOS. Lembre-se que essa data lida com

DIFERENTES PÚBLICOS. Lembre-se que essa data lida com USUÁRIO COMPRADORES INFLUENCIADORES USUÁRIO 1 DIFERENTES Lembre-se que essa data lida com PÚBLICOS Não que essa lógica já não deva ser considerada para toda comunicação que fizer parte do seu negócio,

Leia mais

O cliente interno pode ser aquele ao qual prestamos serviços com produtos e mão de obra dentro da própria instituição.

O cliente interno pode ser aquele ao qual prestamos serviços com produtos e mão de obra dentro da própria instituição. 1 Eu sou um cliente interno... Clientes internos são todos aqueles que fazem parte do dia a dia do ambiente de trabalho, como o diretor da empresa, o gerente, a recepcionista entre outros. 2 Eu sou um

Leia mais

Briefing Geral. to brief : resumir

Briefing Geral. to brief : resumir http://www.mxstudio.com.br/forum/index.php?showtopic=3389 Briefing Geral to brief : resumir Briefing: resumo; conjunto de dados fornecidos pelo anunciante para orientar a sua agência na elaboração de um

Leia mais

Marketing Academy. Talent Development for Business Growth

Marketing Academy. Talent Development for Business Growth Marketing Academy Talent Development for Business Growth Marketing Classes Promoção Manuela Palma Novo 3M Confidential 16 September 3M 2015. All Rights Reserved. PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO Estratégia

Leia mais

Conhecimento Específico

Conhecimento Específico Conhecimento Específico Professora Amanda Lima Tegon www.acasadoconcurseiro.com.br Conhecimento Específico MEIOS DE COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL A comunicação corresponde à troca de informações na empresa.

Leia mais

FACULDADE DE AMERICANA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS E NEGÓCIOS NOME DOS INTEGRANTES DA EQUIPE

FACULDADE DE AMERICANA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS E NEGÓCIOS NOME DOS INTEGRANTES DA EQUIPE FACULDADE DE AMERICANA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS E NEGÓCIOS NOME DOS INTEGRANTES DA EQUIPE PLANO DE MARKETING NOME DA EMPRESA / SEGMENTO AMERICANA 2016 FACULDADE DE AMERICANA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

SEJA UM PARCEIRO COMERCIAL ATEMDE ODONTO AUMENTE SUA RENDA MENSAL

SEJA UM PARCEIRO COMERCIAL ATEMDE ODONTO AUMENTE SUA RENDA MENSAL SEJA UM PARCEIRO COMERCIAL ATEMDE ODONTO AUMENTE SUA RENDA MENSAL COMO FAZER? Você se cadastra no site. www.atemde.com.br Recebe um treinamento e se habilita a vender os PLANOS ODONTOLÓGICOS ATEMDE ODONTO.

Leia mais

PLANEJAMENTO OPERACIONAL - MARKETING E PRODUÇÃO MÓDULO 13 ORGANIZAÇÃO DE VENDAS

PLANEJAMENTO OPERACIONAL - MARKETING E PRODUÇÃO MÓDULO 13 ORGANIZAÇÃO DE VENDAS PLANEJAMENTO OPERACIONAL - MARKETING E PRODUÇÃO MÓDULO 13 ORGANIZAÇÃO DE VENDAS Índice 1. Organização de vendas...3 1.1. Recrutamento e seleção de vendedores... 4 1.2. Recrutamento... 4 1.2.1. Anúncios

Leia mais

Prof a. Daniela Menezes. Unidade II. Gerenciamento de Produtos,

Prof a. Daniela Menezes. Unidade II. Gerenciamento de Produtos, Prof a. Daniela Menezes Unidade II Gerenciamento de Produtos, Serviços e Marcas O poder das marcas Descubra o nome dessas empresas: Marcas É uma representação simbólica de algo que permite identificá-lo

Leia mais

ATUO NA ÁREA DE MARKETING TRADICIONAL (PROMOCIONAL, DIRETO, ENDOMARKETING, COMERCIAL) DESDE 2005 E NO MARKETING DIGITAL DESDE 2010.

ATUO NA ÁREA DE MARKETING TRADICIONAL (PROMOCIONAL, DIRETO, ENDOMARKETING, COMERCIAL) DESDE 2005 E NO MARKETING DIGITAL DESDE 2010. ÊNFASE NAS ÁREAS DE: MARKETING DE RELACIONAMENTO; MARKETING DIGITAL (SOCIAL MÍDIA); ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO; GERENCIAMENTO E PLANEJAMENTO DE PROJETOS DE MARKETING OFF E ON LINE; GESTÃO DE PESSOAS; ELABORAÇÃO,

Leia mais

Departamento Pessoal

Departamento Pessoal Departamento Pessoal Para desenvolver suas atividades a empresa precisa de pessoas, as. quais constituem os seus recursos humanos. Elas são fundamentais para que a empresa possa atingir seus objetivos

Leia mais

Outdoor Pós graduação Uni-anhanguera 1 Aline MAIA 2 Raquel RIBEIRO 3 Tereza YOSHIMURA 4 Centro Universitário de Goiás Uni-Anhanguera

Outdoor Pós graduação Uni-anhanguera 1 Aline MAIA 2 Raquel RIBEIRO 3 Tereza YOSHIMURA 4 Centro Universitário de Goiás Uni-Anhanguera Outdoor Pós graduação Uni-anhanguera 1 Aline MAIA 2 Raquel RIBEIRO 3 Tereza YOSHIMURA 4 Centro Universitário de Goiás Uni-Anhanguera Resumo do trabalho O outdoor referente ao curso de pós-graduação da

Leia mais

Guia de Motéis Filme publicitário 1. Paloma HADDAD 2 Sibely PASSOS 3. Professor/Orientador: Daniel CAMPOS 4 Universidade Fumec, Belo Horizonte, MG

Guia de Motéis Filme publicitário 1. Paloma HADDAD 2 Sibely PASSOS 3. Professor/Orientador: Daniel CAMPOS 4 Universidade Fumec, Belo Horizonte, MG Guia de Motéis Filme publicitário 1 Paloma HADDAD 2 Sibely PASSOS 3 Professor/Orientador: Daniel CAMPOS 4 Universidade Fumec, Belo Horizonte, MG RESUMO O Guia de Motéis é um site no qual qualquer pessoa

Leia mais

GERENCIAMENTO POR CATEGORIA

GERENCIAMENTO POR CATEGORIA GERENCIAMENTO POR CATEGORIA O QUE É G.C.? Gerenciamento por Categoria (G.C.) é um modelo de gestão que a partir do profundo entendimento do shopper, e através da parceria entre fornecedor e varejo, por

Leia mais

CENÁRIOS DA COMUNICAÇÃO

CENÁRIOS DA COMUNICAÇÃO CENÁRIOS DA COMUNICAÇÃO Nada do que foi será, do jeito que já foi um dia. Tudo muda o tempo todo no mundo Lulu Santos Vídeo Como uma onda. Comunicação = mudança Consumidores mudam; A mídia muda; A sociedade

Leia mais

PLANEJAMENTO DE CAMPANHA I

PLANEJAMENTO DE CAMPANHA I PLANEJAMENTO DE CAMPANHA I AVALIAÇÃO 01/10/2012 AVALIAÇÃO Testes pós-veiculação: 1. DART Day after recall test grau de memorização atingido pelo consumidor exposto à comunicação. 2. Grupo de Controle de

Leia mais

APÊNDICE A CARO (A) EMPRESÁRIO (A):

APÊNDICE A CARO (A) EMPRESÁRIO (A): APÊNDICE A CARO (A) EMPRESÁRIO (A): ESTA ENTREVISTA FAZ PARTE DE UMA PESQUISA (DIAGNÓSTICO ORGANIZACIONAL) ACADÊMICA DESENVOLVIDA NA DISCIPLINA DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO MINISTRADA PELO PROFESSOR ROBERTO

Leia mais

11/05/2015 MKI 1. Tópicos. A Implantação do Endomarketing exige a definição de um plano de ações que nos facilitará atingir os objetivos do programa.

11/05/2015 MKI 1. Tópicos. A Implantação do Endomarketing exige a definição de um plano de ações que nos facilitará atingir os objetivos do programa. Tópicos pg 1. Implantação 2 2. Fatores do Endomarketing 3 3. Plano de Ações 4 4. Liderança do Processo 5 5. Clima Organizacional 6 6. Segmentação do Cliente Interno 7 7. Ações e Instrumentos 9 8. Elementos

Leia mais

MEDE, NÃO SE GERENCIA."

MEDE, NÃO SE GERENCIA. "O QUE NÃO SE MEDE, NÃO SE GERENCIA." (Adaptado de William Edwards Deming) O encontro das competências gerenciais da Mereo e ISAT Consulting aliadas à plataforma MEREO proporcionam condições de gerenciamento

Leia mais

Estratégias de Comunicação em Eventos. Prof. Flávio Franceschi

Estratégias de Comunicação em Eventos. Prof. Flávio Franceschi Estratégias de Comunicação em Eventos Prof. Flávio Franceschi Emissor Meio (Mensagem) Receptor Consumidores e a Comunicação Novos Consumidores necessitam de novas estratégias de Comunicação Publicidade

Leia mais

AEDB Gestão de Negócios Internacionais. 4º Bimestre. Prof. Walfredo Ferreira

AEDB Gestão de Negócios Internacionais. 4º Bimestre. Prof. Walfredo Ferreira AEDB Gestão de Negócios Internacionais 4º Bimestre Prof. Walfredo Ferreira Trabalho para a avaliação do 4º bimestre 1) Valor: até 10,0 pontos - parte escrita até 5,0 pontos e apresentação oral até 5,0

Leia mais

Planejamento de Campanhas Promocionais. Carlos Freire

Planejamento de Campanhas Promocionais. Carlos Freire Planejamento de Campanhas Promocionais O que é planejamento?. O planejamento constitui um processo complexo e abrangente. Possui dimensões e características próprias, implica uma filosofia e políticas

Leia mais

PESQUISA DE MERCADO. Geonir Paulo Schnorr ETAPAS. Graduado em Matemática Especialista em Banco de Dados

PESQUISA DE MERCADO. Geonir Paulo Schnorr ETAPAS. Graduado em Matemática Especialista em Banco de Dados PESQUISA DE MERCADO CONCEITOS ETAPAS Geonir Paulo Schnorr Graduado em Matemática Especialista em Banco de Dados Graduando em Estatística CONCEITOS Pesquisa de Mercado A pesquisa de mercado é a ferramenta

Leia mais

Gerenciamento da Qualidade

Gerenciamento da Qualidade Gerenciamento da Qualidade Aula 09 Prof. Ewerton Monti Objetivo principal das empresas: Satisfação das necessidades das pessoas. Incluindo consumidores, empregados, acionistas, sociedade, fornecedores

Leia mais

Hospital Privado Capital Fechado com fins lucrativos Geral e de Médio Porte Selado Qualidade Programa CQH desde 2008 Média e alta complexidade 96

Hospital Privado Capital Fechado com fins lucrativos Geral e de Médio Porte Selado Qualidade Programa CQH desde 2008 Média e alta complexidade 96 Hospital Privado Capital Fechado com fins lucrativos Geral e de Médio Porte Selado Qualidade Programa CQH desde 2008 Média e alta complexidade 96 leitos 19 leitos de UTI 5 Salas Cirúrgicas 300 Cirurgias/mês

Leia mais

Unidade I COMPORTAMENTO DO. Profa. Daniela Menezes

Unidade I COMPORTAMENTO DO. Profa. Daniela Menezes Unidade I COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR Profa. Daniela Menezes Aspectos da personalidade e do comportamento dos consumidores O ato de comprar é permeado por uma série de impulsos ou motivações. O que é motivação?

Leia mais

GESTÃO E ORGANIZAÇÃO DE ESCRITÓRIOS DE ADVOCACIA

GESTÃO E ORGANIZAÇÃO DE ESCRITÓRIOS DE ADVOCACIA GESTÃO E ORGANIZAÇÃO DE ESCRITÓRIOS DE ADVOCACIA INÍCIO ESCRITÓRIO DEFINIÇÃO DOS SÓCIOS OBJETIVOS DA SOCIEDADE CRESCIMENTO E CONTRATAÇÃO ELABORAÇÃO DAS POLÍTICAS GESTÃO DEFINIÇÃO DE CARGOS E FUNÇÕES DIFERENCIAL

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DA BIBLIOTECA PROFESSOR ALYSSON DAROWISH. Diana Palhano Ludmila Ventilari

CERTIFICAÇÃO DA BIBLIOTECA PROFESSOR ALYSSON DAROWISH. Diana Palhano Ludmila Ventilari CERTIFICAÇÃO DA BIBLIOTECA PROFESSOR ALYSSON DAROWISH MITRAUD Diana Palhano Ludmila Ventilari O que é Qualidade? Conceito de gestão: Conforme Deming: é a satisfação do cliente e melhoria contínua O que

Leia mais

3. CONCEITOS IMPORTANTES

3. CONCEITOS IMPORTANTES 3. CONCEITOS IMPORTANTES As organizações realizam essas funções, adquirindo e usando recursos, para desenvolver fornecer produtos e serviços, com o objetivo de resolver problemas de seus usuários e das

Leia mais

Objectivos da Sessão. Curso de Iniciação ao Marketing & Publicidade. Introdução à Publicidade 1

Objectivos da Sessão. Curso de Iniciação ao Marketing & Publicidade. Introdução à Publicidade 1 Objectivos da Sessão Compreender o Conceito de Publicidade Análise da mensagem Publicitária Conceito de mensagem publicitária Tipos de mensagem publicitária Curso de Iniciação ao Marketing & Publicidade

Leia mais

BALANCED SCORECARD. Prof. Dr. Adilson de Oliveira Doutor em Engenharia de Computação Poli USP Mestre em Ciência da Informação PUCCAMP

BALANCED SCORECARD. Prof. Dr. Adilson de Oliveira Doutor em Engenharia de Computação Poli USP Mestre em Ciência da Informação PUCCAMP BALANCED SCORECARD Prof. Dr. Adilson de Oliveira Doutor em Engenharia de Computação Poli USP Mestre em Ciência da Informação PUCCAMP Gestão Estratégica e BSC Balanced Scoredcard GESTÃO ESTRATÉGICA GESTÃO

Leia mais

Reunião do Grupo de RH Pesquisa de Clima Organizacional Setembro Carlos Bertazzi

Reunião do Grupo de RH Pesquisa de Clima Organizacional Setembro Carlos Bertazzi Reunião do Grupo de RH Pesquisa de Clima Organizacional Setembro 2016 Carlos Bertazzi www.rh4youconsultoria.wordpress.com O que é? Clima é a percepção coletiva que as pessoas têm da empresa, por meio do

Leia mais

INSTRUMENTO DE APOIO GERENCIAL

INSTRUMENTO DE APOIO GERENCIAL INSTRUMENTO DE APOIO GERENCIAL 0461 61 IDENTIFICAÇÃO : Título: CAPACITAÇÃO DOS COLABORADORES. Atributo: COMPATIBILIDADE DE PERFIL. Processo: CAPACITAÇÃO DE PESSOAL. O QUE É: Instrumento que se presta a

Leia mais

SONHE MAIS PARA O SEU NEGÓCIO!

SONHE MAIS PARA O SEU NEGÓCIO! SONHE MAIS PARA O SEU NEGÓCIO! Oferecemos um conjunto de serviços que, alinhados de maneira estratégica, formam uma comunicação completa e de resultado. Oferecemos media solutions, e para isso, nós da

Leia mais

Pesquisa de Clima Organizacional

Pesquisa de Clima Organizacional Pesquisa de Clima Organizacional Não é necessário imprimir este documento. O objetivo é apenas para você tomar conhecimento do conteúdo de pesquisa, poder refletir e estimar o tempo de resposta antes de

Leia mais

Marketing. Prof (s): () Marcio Lacerda e Tarcis Prado

Marketing. Prof (s): () Marcio Lacerda e Tarcis Prado Marketing Prof (s): () Marcio Lacerda e Tarcis Prado As competências nas Problematizações das unidades d de aprendizagem UNID 2.1 Estratégias de produto Como criar e adequar o portfólio de produtos e serviços

Leia mais

E-BOOK Potencialize suas vendas 1ª Edição

E-BOOK Potencialize suas vendas 1ª Edição E-BOOK Potencialize suas vendas 1ª Edição INTRODUÇÃO Com a crescente competitividade do mercado de varejo no Brasil e a complicada situação econômica atual do país, é importante um cuidado ainda maior

Leia mais

Mídia. Profª Claudia R. Bouman

Mídia. Profª Claudia R. Bouman Mídia Profª Claudia R. Bouman Mídia Mídia = media plural de medium, que em latim significa meio; meio de comunicação Mídia = é onde está o grosso do dinheiro do anunciante Meio = meios de comunicação (TV,

Leia mais

Soluções em Recursos Humanos, Treinamento e Conhecimento

Soluções em Recursos Humanos, Treinamento e Conhecimento Soluções em Recursos Humanos, Treinamento e Conhecimento Habilidade, métodos, políticas, técnicas e práticas QUEM SOMOS Somos uma empresa jovem com a visão de valorização do recurso humano como impulso

Leia mais

Questões abordadas - Comunicação

Questões abordadas - Comunicação AULA 13 Marketing Questões abordadas - Comunicação Quais são as etapas envolvidas no desenvolvimento de um programa de propaganda? Como as decisões sobre promoção de vendas devem ser realizadas? Quais

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico Planejamento Estratégico Unidade 4: Implementação e controle do planejamento estratégico 1 SEÇÃO 4.1 A ESTRUTURA E A CULTURA ORGANIZACIONAL NA IMPLEMENTAÇÃO DA ESTRATÉGIA 2 Estrutura organizacional Especifica

Leia mais

O que torna uma empresa um lugar ruim para se trabalhar?

O que torna uma empresa um lugar ruim para se trabalhar? WORKSHOP DIAMOND O que torna uma empresa um lugar ruim para se trabalhar? DEMISSÃO SEM RESPEITO FALTA DE QUALIDADE DE VIDA FALTA DE RECONHECIMENTO METAS INATINGÍVEIS LÍDERES DESPREPARADOS IGNORAR AS DEMANDAS

Leia mais

PROCESSOS ADMINISTRATIVOS

PROCESSOS ADMINISTRATIVOS PROCESSOS ADMINISTRATIVOS Profª. Ms. Ana Carolina Marini ana.figueira@anhanguera.com DOCENTE Experiência - 13 anos docência - Consultorias - Desenvolvimento de projetos Bacharel em Turismo com ênfase em

Leia mais

Gestão e Empreendedorismo

Gestão e Empreendedorismo Unidade III Gestão e Empreendedorismo Eliomar Borges Furquim Plano de negócios (PN): uma Visão geral. Objetivo específico - Ao concluir este módulo, você vai ser capaz de compreender o que é um Plano de

Leia mais

Jornalismo. Guia de carreiras Newton Jornalismo 11

Jornalismo. Guia de carreiras Newton Jornalismo 11 Jornalismo Guia de carreiras Guia de carreiras Newton Jornalismo 11 Introdução O curso de Jornalismo é voltado para o conhecimento de como a informação é percebida, transmitida e compreendida pela sociedade.

Leia mais

23/02/2017 SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE MARKETING (SIM) E PESQUISA DE MARKETING

23/02/2017 SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE MARKETING (SIM) E PESQUISA DE MARKETING SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE MARKETING (SIM) E PESQUISA DE MARKETING 1 2 3 4 5 6 SISTEMA DE INFORMAÇÕES DE MARKETING (SIM) Para facilitar as atividades de marketing, vários softwares estão hoje disponíveis

Leia mais

Perguntas para desenvolver um grande Plano de Negócios

Perguntas para desenvolver um grande Plano de Negócios Perguntas para desenvolver um grande Plano de Negócios 1/5 1 - Qual é a sua Visão para o seu negócio? 1.1 - Quais problemas você resolve para os seus clientes? 1.2 - Se a sua empresa fosse perfeita em

Leia mais

Treinamento e Desenvolvimento

Treinamento e Desenvolvimento Aula 8 Treinamento e Desenvolvimento Agenda 1 2 Seminário T&D e Estratégia de RH 3 4 Treinamento & Desenvolvimento Desenvolvimento de Lideranças 1 Seminário 3 The Young and the Clueless Bunker, K. A.;

Leia mais

Pós-Graduação em INOVAÇÃO E GESTÃO EMPRESARIAL

Pós-Graduação em INOVAÇÃO E GESTÃO EMPRESARIAL Pós-Graduação em INOVAÇÃO E GESTÃO EMPRESARIAL Ênfase em Empresas de Comunicação Ingresso 2017 Informações: Informações: Educação Executiva ESPM-SUL incompany-rs@espm.br Fone: (51) 3218-1426 O objetivo

Leia mais

Estratégia Executiva Aula 2 Tema 1 - Definição de Planejamento

Estratégia Executiva Aula 2 Tema 1 - Definição de Planejamento Estratégia Executiva Aula 2 Tema 1 - Definição de Planejamento Prof. Dr. Marcos Hashimoto Definições clássicas de planejamento Pensar no futuro (olhar para frente). Controlar o futuro (incluindo a ação).

Leia mais

AULA 05: GESTÃO DE PESSOAS

AULA 05: GESTÃO DE PESSOAS Prof. Thiago Gomes AULA 05: 1 ASPECTOS INICIAIS Como encontrar as pessoas certas, para os cargos certos, no momento em que precisamos delas? Como fazer para que essas pessoas trabalhem motivadas, como

Leia mais

PROGRAMA DE MONITORAMENTO, AVALIAÇÃO, CONTROLE E ATUALIZAÇÃO DO PLANO

PROGRAMA DE MONITORAMENTO, AVALIAÇÃO, CONTROLE E ATUALIZAÇÃO DO PLANO 9 PROGRAMA DE MONITORAMENTO, AVALIAÇÃO, CONTROLE E ATUALIZAÇÃO DO PLANO 120 121 9-PROGRAMA DE MONITORAMENTO, AVALIA- ÇÃO CONTROLE E ATUALIZAÇÃO DO PLANO 9.1-COMENTÁRIO O monitoramento de um Programa de

Leia mais

APEX BRASIL: PARCEIRA DO EXPORTADOR E DO INVESTIDOR

APEX BRASIL: PARCEIRA DO EXPORTADOR E DO INVESTIDOR APEX BRASIL: PARCEIRA DO EXPORTADOR E DO INVESTIDOR 1 ASSESSORIA DE IMPRENSA / RP INTERNACIONAL São Paulo, 17 de maio de 2010 Local: Sheraton WTC São Paulo / SP 2 PONTOS-CHAVE DE DISCUSSÃO Para que serve

Leia mais

COMO CONSTRUIR SUA AUTORIDADE EM VENDAS ONLINE E TRANSFORMAR ISSO EM

COMO CONSTRUIR SUA AUTORIDADE EM VENDAS ONLINE E TRANSFORMAR ISSO EM COMO CONSTRUIR SUA AUTORIDADE EM VENDAS ONLINE E TRANSFORMAR ISSO EM LUCRO AINDA HOJE O QUE VOCÊ IRÁ APRENDER AGORA? A MELHOR ESTRATÉGIA DE POSICIONAMENTO PARA FORTALECER O SEU NOME NO MERCADO DE CONSULTORIA

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Resultados obtidos em 2016

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Resultados obtidos em 2016 Defendendo a Medicina, protegendo a sociedade PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Resultados obtidos em 2016 Curitiba, 27.03.2017 Produtos Etapas de trabalho: Plano de Trabalho Ajustado Capacitação dos Colaboradores

Leia mais

tomada de decisão de compra está relacionada a uma resposta a partir de um estímulo inicial

tomada de decisão de compra está relacionada a uma resposta a partir de um estímulo inicial Slide 1 Marketing Planejamento Estratégico Profa. Tathyane Chaves Slide 2 Saber o que motiva o consumidor a escolher um determinado tipo de produto ou marca é a chave do marketing bem sucedido tomada de

Leia mais

GERENCIAMENTO DE COMUNICAÇÃO em PROJETOS

GERENCIAMENTO DE COMUNICAÇÃO em PROJETOS GERENCIAMENTO DE COMUNICAÇÃO em PROJETOS Gerenciamento de Projetos A IMPORTÂNCIA DA COMUNICAÇÃO: Uma boa comunicação no ambiente de Projeto resultará em uma equipe motivada; Ampliam-se as chances de sucesso

Leia mais

Conceitos & Raízes do Marketing

Conceitos & Raízes do Marketing Conceitos & Raízes do Marketing A Cultura de desenvolver o desejo ao público/sujeito MARKETING Marketing é o conjunto de atividades humanas que tem por objetivo a identificação e a satisfação das necessidades

Leia mais

Métodos contemporâneos para avaliação de desempenho

Métodos contemporâneos para avaliação de desempenho Métodos contemporâneos para avaliação de desempenho Gestão do desempenho Prof. Marco A. Arbex Gestão x avaliação O termo gestão do desempenho surge nos últimos anos como conceito alternativo para as técnicas

Leia mais

(esforço). Competência entendida segundo três eixos:

(esforço). Competência entendida segundo três eixos: em Gestão de Projetos Prof. Roberto Paixão Introdução Competência = com (conjunto) + petere (esforço). Competência entendida segundo três eixos: Características da pessoa; Formação educacional; Experiência

Leia mais

WORKSHOP Descrição de Cargos Técnico e Operacional. 06 de Maio de 2009

WORKSHOP Descrição de Cargos Técnico e Operacional. 06 de Maio de 2009 WORKSHOP Descrição de Cargos Técnico e Operacional 06 de Maio de 2009 1 Resumo Conceitos para Descrição de Cargo O Formulário Exemplos 2 Conceitos para Descrição de Cargo O que é Cargo? Cargo é um componente

Leia mais

MARKETING MIX DE MARKETING E FIDELIZAÇÃO. TAMIRES CARDOSO DE SOUZA - Aluna do 6º semestre de Administração de Empresas UNIFIA

MARKETING MIX DE MARKETING E FIDELIZAÇÃO. TAMIRES CARDOSO DE SOUZA - Aluna do 6º semestre de Administração de Empresas UNIFIA MARKETING MIX DE MARKETING E FIDELIZAÇÃO TAMIRES CARDOSO DE SOUZA - Aluna do 6º semestre de Administração de Empresas UNIFIA RESUMO Quando falamos em marketing, o que vem em mente da maioria das pessoas

Leia mais

Comunicação e linguagens. Carlos Straccia ATO DE COMUNICAÇÃO. Referências bibliográficas

Comunicação e linguagens. Carlos Straccia ATO DE COMUNICAÇÃO. Referências bibliográficas ATO DE COMUNICAÇÃO Referências bibliográficas INFANTE, Ulisses. Do texto ao texto: curso prático de leitura e redação. 5 ed. São Paulo: Scipione, 1998, p. 17. PEREIRA, José Haroldo. Curso básico de teoria

Leia mais

Gerenciamento de relacionamento com o consumidor

Gerenciamento de relacionamento com o consumidor Gerenciamento de relacionamento com o UNIBAN Instituto de Comunicação Curso de Tecnologia em Marketing Unidade Tatuapé SP Disciplina Estratégias de Marketing Prof. Me. Francisco Leite Aulas de 18/10/2011.

Leia mais

VERSÃO RESPOSTAS PROVA DE MARKETING

VERSÃO RESPOSTAS PROVA DE MARKETING UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DE RIBEIRÃO PRETO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DE ORGANIZAÇÕES PROCESSO SELETIVO MESTRADO - TURMA 202 Instruções

Leia mais

GV em Novos olhares por Prof. Adm. Luciano Nicoletti Jr admfreework

GV em Novos olhares por Prof. Adm. Luciano Nicoletti Jr admfreework GV em Novos olhares por Prof. Adm. Luciano Nicoletti Jr admfreework 2 Luciano Nicoletti Jr Administrador de Empresas CRA SP 123340 MBA Gestão Administrativa e Marketing Pós Graduado em Logística Empresarial

Leia mais

Objetivo e Benefícios de um Plano de Marketing

Objetivo e Benefícios de um Plano de Marketing AULA 14 Marketing Objetivo e Benefícios de um Plano de Marketing Objetivo - Estabelecer todas as bases para a ação no mercado. Benefícios - Explorar uma oportunidade oferecida pelo mercado. - Integrar

Leia mais

Marketing, Consumo, Estado e Sociedade

Marketing, Consumo, Estado e Sociedade Marketing, Consumo, Estado e Sociedade Conceito de Marketing...um processo pelo qual se planeja e efetua a concepção, a fixação do preço, a promoção e a distribuição de idéias, bens e serviços que estimulam

Leia mais

Proposta de Treinamento Gestão Integrada de Negócios para Hotelaria

Proposta de Treinamento Gestão Integrada de Negócios para Hotelaria Proposta de Treinamento Gestão Integrada de Negócios para Hotelaria O Mercado & o Marketing O mercado atual está cada vez mais seletivo no que se refere a contratação de serviços e produtos, e os detalhes

Leia mais

POLÍTICA DE PRIVACIDADE DO FREEPORT FASHION OUTLET

POLÍTICA DE PRIVACIDADE DO FREEPORT FASHION OUTLET POLÍTICA DE PRIVACIDADE DO FREEPORT FASHION OUTLET As Informações que recolhemos sobre si e como são utilizadas Grupo Objetivo Que dados? Como utilizamos as informações Navegação Utilização de cookies,

Leia mais

Unidade I. Marketing. Profª. Daniela Menezes

Unidade I. Marketing. Profª. Daniela Menezes Unidade I Marketing Profª. Daniela Menezes O que é Marketing? Marketing é:...um processo social por meio do qual pessoas e grupos de pessoas obtêm aquilo que necessitam e o que desejam com a criação, oferta

Leia mais

Internet Comercialização de produtos e serviços e divulgação do seu talento. Eduardo Cardillo

Internet Comercialização de produtos e serviços e divulgação do seu talento. Eduardo Cardillo Internet Comercialização de produtos e serviços e divulgação do seu talento Eduardo Cardillo Eduardo Cardillo Esp. Mídias Digitais formado pelo Senac Designer formado pela Unisul Vice-Coordenador Curso

Leia mais

Administração. Competência Interpessoal. Professor Rafael Ravazolo.

Administração. Competência Interpessoal. Professor Rafael Ravazolo. Administração Professor Rafael Ravazolo www.acasadoconcurseiro.com.br Administração Aula XX COMPETÊNCIA INTERPESSOAL Qualquer organização que queira obter êxito não admite mais profissionais individualistas.

Leia mais

Branding Maria Brasileira

Branding Maria Brasileira Branding Maria Brasileira 2 Que produto é este? E este? Tudo para... O que é marca? Produto para mulheres Brinco para orelha com brilhantes Ótima qualidade Cada brilhante é de 0,3 carats QUAL O VALOR ESTIMADO?

Leia mais