GABINETE DE ARQUEOLOGIA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GABINETE DE ARQUEOLOGIA"

Transcrição

1 GABINETE DE ARQUEOLOGIA

2 Inventariamos e estudamos os vestígio mais antigos da ocupação humana no concelho.

3 Identificamos 51 sítios arqueológicos que se distribuem cronologicamente entre o IIIº milénio a.c. e o séc. XV.

4 Adaptamos a investigação aos programas curriculares do 2º e 3º Ciclo da disciplina de História e Geografia. Promovemos o conhecimento da organização espacial, local e regional, na Antiguidade.

5 2º Ciclo - 5º Ano A Península Ibérica: Dos primeiros povos à formação de Portugal (séc. XII) Como se descobrem os vestígios? (Apresentação de 40 minutos)

6 Puzzle Arqueológico (Jogo montagem corte estratigráfico)

7 As comunidades agro-pastoris no concelho A nossa terra entre o 3º e 1º milénio a.c. (Apresentação de 90 minutos e kit de materiais)

8 As comunidades agro-pastoris no concelho Fabrico de pão de bolota - segundo técnicas utilizadas na Idade do Ferro - (Atelier, 45 minutos por turma, fabrico de pão e manuseamento de réplicas de peças arqueológicas)

9 As comunidades agro-pastoris no concelho Acompanhamento de Visitas Guiadas: Castro de Penices, Gondifelos Pequeno povoado, em escavação desde Podem ver-se: vestígios de casa com vestíbulo, lajeado e celeiro. Taludes e Muralha principal ( a.c. e séc. I d.c.) Castro das Ermidas, Jesufrei Povoado da Idade do Ferro, escavado entre 1983/87. Pode ver-se: uma casa circular com lajeado bem como, alicerces de construções sobrepostas. Pano da muralha da acrópole e da segunda linha de defesa (séc. I). Castro das Eiras, Pousada/Joane Povoado da Idade do Ferro tipo citânia, escavado entre 1990/92. Pode ver-se: na acrópole, casa provincial romana; junto à ultima linha de muralha um Monumento para Banhos (séc. I)

10 Os romanos no concelho Os castros e a romanização em Vila Nova de Famalicão (Apresentação de 90 minutos e kit de materiais) Pode ainda requisitar a exposição temporária Os castros e a romanização no Concelho de Vila Nova de Famalicão

11 Os romanos no concelho Fabrico de pão romano - segundo receitas de mestre padeiro - (Atelier, 45 minutos por turma, fabrico de pão romano e manuseamento de réplicas de peças arqueológicas)

12 Os romanos no concelho Acompanhamento de Visitas Guiadas: Estação Arqueológica de Perrelos No cimo do monte está identificado o Castro de S. Miguel, povoado que terá sido ocupado até à chegada dos romanos; na vertente sul e sudeste foram detectados vestígios romanos datáveis do séc. III e IV d.c. que apontam para a existência de uma possível villae (unidade agrícola romana) ou vicus (vila romana); junto à capela de S. João de Perrelos foi detectado um cemitério medieval associado a um possível monumento religioso de estilo românico.

13 Exposição doze meses doze peças Exposição itinerante que visa mostrar mensalmente uma peça que faz parte integrante do acervo arqueológico do concelho. (Poderá ser requisitada pelas bibliotecas escolares das EB,2/3 e do Secundário durante uma semana)

14 COORDENADOR CIENTÍFICO Professor Doutor Armando Coelho Ferreira da Silva RESPONSÁVEL PELO SERVIÇO Felisbela M. S. Oliveira Leite CONTACTOS Casa da Cultura Rua Direita Vila Nova de Famalicão Telefone: Fax: Internet:

Museu dos Terceiros. Atividades do Serviço Educativo

Museu dos Terceiros. Atividades do Serviço Educativo Atividades do Serviço Público Escolar Ano letivo 2016/2017 O é um museu de arte sacra, reaberto ao público em 2008 após obras significativas de restauro. Está instalado no antigo convento de São Francisco

Leia mais

Serviço Educativo Municipal de Paredes. PERCURSOS PELA HISTÓRIA Planificação

Serviço Educativo Municipal de Paredes. PERCURSOS PELA HISTÓRIA Planificação Serviço Educativo Municipal de Paredes PERCURSOS PELA HISTÓRIA Planificação Guia da Atividade 1.º ciclo Áreas do conhecimento: O Passado do meio local Duração: 1 dia ou parte do dia Descrição:» Visita

Leia mais

Historial da Estação Arqueológica

Historial da Estação Arqueológica A Estação Arqueológica de S.Gens A estação arqueológica de S. Gens localiza-se numa encosta suave e planície que se lhe segue, próximo da confluência da Ribeira dos Tamanhos com o Rio Mondego. O seu posicionamento

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES DOS SERVIÇOS EDUCATIVOS DA CULTURA 2011-2012

PLANO DE ATIVIDADES DOS SERVIÇOS EDUCATIVOS DA CULTURA 2011-2012 PLANO DE ATIVIDADES DOS SERVIÇOS EDUCATIVOS DA CULTURA 2011-2012 GABINETE DE ARQUEOLOGIA GABINETE DE ARQUEOLOGIA GABINETE DE ARQUEOLOGIA Inventariamos e estudamos os vestígio mais antigos da ocupação humana

Leia mais

AGENDA MUNICIPAL CULTURA DESPORTO LAZER ABRIL 2016

AGENDA MUNICIPAL CULTURA DESPORTO LAZER ABRIL 2016 AGENDA MUNICIPAL CULTURA DESPORTO LAZER ABRIL 2016 Para receber a Agenda Municipal em formato digital no seu correio eletrónico, ou receber informações no telemóvel dos espetáculos que irão decorrer, envie

Leia mais

Planificação Anual de História e Geografia de Portugal 5º Ano (Ano letivo: 2017/2018)

Planificação Anual de História e Geografia de Portugal 5º Ano (Ano letivo: 2017/2018) Planificação Anual de História e Geografia de Portugal 5º Ano (Ano letivo: 2017/2018) METAS CURRICULARES AULAS (90 minutos) Domínio 1 A Península Ibérica: localização e quadro natural 8 Subdomínio 1A A

Leia mais

Serviço Educativo Oferta Educativa 2015/2016

Serviço Educativo Oferta Educativa 2015/2016 Serviço Educativo Oferta Educativa 2015/2016 Ecomuseu de Ribeira de Pena O Ecomuseu de Ribeira de Pena dedica-se à preservação e divulgação o património natural e cultural do território ribeirapenense.

Leia mais

Serviço Educativo Oferta Educativa 2017/2018

Serviço Educativo Oferta Educativa 2017/2018 Serviço Educativo Oferta Educativa 2017/2018 Ecomuseu de Ribeira de Pena O Ecomuseu de Ribeira de Pena tem por missão a preservação e divulgação o património cultural do território ribeirapenense. Os Serviços

Leia mais

Templo Romano em Évora. Estrada Romana em Alqueidão da Serra

Templo Romano em Évora. Estrada Romana em Alqueidão da Serra Templo Romano em Évora Estrada Romana em Alqueidão da Serra Índice Quem eram os Romanos? Conquista da Península Ibérica. Romanização da Península Ibérica. Vestígios da presença romana na Península Ibérica.

Leia mais

Os portos na origem dos centros urbanos

Os portos na origem dos centros urbanos TRABALHOS DE ARQUEOLOGIA 28 M Â. 1 2 â L W í & 1 c Mo f BMF3M 1 E IS @ 1 31 T B/67655 Os portos na origem dos centros urbanos Contributo para a arqueologia das cidades marítimas e flúvio-marítimas em Portugal

Leia mais

Museu Municipal Manuel Soares de Albergaria Carregal do Sal

Museu Municipal Manuel Soares de Albergaria Carregal do Sal Museu Municipal Manuel Soares de Albergaria Carregal do Sal Pequeno Guia De apoio Às visitas de estudo A minha visita à Exposição de Arqueologia Ensinos pré-escolar básico secundário Da Pré-história À

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2016/2017 PLANIFICAÇÃO ANUAL 2º CICLO HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5.º ANO Documento(s) Orientador(es): Programa de História e Geografia de Portugal

Leia mais

Quinta da Granja 1 (Maiorga, Alcobaça): Novos dados sobre o povoamento da Estremadura na Alta Idade Média

Quinta da Granja 1 (Maiorga, Alcobaça): Novos dados sobre o povoamento da Estremadura na Alta Idade Média Novos dados sobre o povoamento da Estremadura na Alta Idade Média I CONGRESSO DA ASSOCIAÇÃO DOS ARQUEÓLOGOS PORTUGUESES 21 a 24 de Novembro de 2013 Localização Freguesia: Maiorga Concelho: Alcobaça Distrito:

Leia mais

Pode integrar roteiros de paisagem urbana. Pode integrar roteiros de paisagem urbana. Pode integrar roteiros de paisagem urbana.

Pode integrar roteiros de paisagem urbana. Pode integrar roteiros de paisagem urbana. Pode integrar roteiros de paisagem urbana. Sítio Arqueológico Zona Rural: Distrito É aberto à São Lourenço Mártir de São Lourenço Antiga Fabrica de Óleos Della Giustina X 724252 Y - 6849497 X 701245 Y - 6855750 Remanescentes da Redução Jesuítico-

Leia mais

História e Geografia de Portugal

História e Geografia de Portugal 5.º Ano História e Geografia de Portugal Joana Simas AS PRIMEIRAS COMUNIDADES RECOLECTORAS AS PRIMEIRAS COMUNIDADES RECOLECTORAS AS PRIMEIRAS COMUNIDADES RECOLECTORAS Estes povos viviam totalmente dependentes

Leia mais

Castelo de Leiria. Igreja de Santa Maria da Pena

Castelo de Leiria. Igreja de Santa Maria da Pena Castelo de Leiria Castelo medieval, artística e arquitetonicamente representativo das diversas fases de construção e reconstrução desde a sua fundação até ao século XX. Estruturas que compõem o conjunto

Leia mais

ATIVIDADES ESTRATÉGIAS

ATIVIDADES ESTRATÉGIAS ENSINO BÁSICO Agrupamento de Escolas Nº 1 de Abrantes ESCOLA BÁSICA DOS 2.º E 3.º CICLOS D. MIGUEL DE ALMEIDA DISCIPLINA: HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL ANO: 5º ANO 2013/2014 METAS DE APRENDIZAGEM: A

Leia mais

Forte de S. Francisco Xavier Castelo do Queijo

Forte de S. Francisco Xavier Castelo do Queijo Forte de S. Francisco Xavier Castelo do Queijo Porto Praça Gonçalves Zarco 4100-274 Porto Tel: 22 618 10 67 3ª a Domingo : 13.00 às 18.00 Encerra: 2ª Fª Escolas, reformados e deficientes: gratuito. Restante

Leia mais

Museu dos Terceiros. Actividades do Serviço Educativo

Museu dos Terceiros. Actividades do Serviço Educativo Actividades do Serviço 2011/2012 1 O é um museu de arte sacra, reaberto ao público em 2008 após obras significativas de restauro. O Serviço e de Comunicação do Museu proporciona diversas actividades destinadas

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR SOLANO ABREU ABRANTES. PERÍODO LECTIVO 1. Tratamento de informação / Utilização de Fontes. AULAS PREVISTAS

ESCOLA SECUNDÁRIA DR SOLANO ABREU ABRANTES. PERÍODO LECTIVO 1. Tratamento de informação / Utilização de Fontes. AULAS PREVISTAS ESCOLA SECUNDÁRIA DR SOLANO ABREU ABRANTES 3º CICLO DISCIPLINA HISTÓRIA TURMAS A/B/C ANO: 7º ANO 2010/2011 COMPETÊNCIAS 1. Tratamento de informação / Utilização de Fontes. A. Das Sociedades Recolectoras

Leia mais

Vila Viçosa oferece a quem a visita um espólio de cultura, arte e beleza com os seus monumentos, solares, igrejas e museus. Nos Roteiros Turísticos

Vila Viçosa oferece a quem a visita um espólio de cultura, arte e beleza com os seus monumentos, solares, igrejas e museus. Nos Roteiros Turísticos Vila Viçosa oferece a quem a visita um espólio de cultura, arte e beleza com os seus monumentos, solares, igrejas e museus. Nos Roteiros Turísticos os visitantes podem encontrar dicas sobre os principais

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Eurico Nuno Malheiro Machado

CURRICULUM VITAE. Eurico Nuno Malheiro Machado CURRICULUM VITAE ª Ex.ª se digne autorizar a sua candidatura para admissão ao concurso interno de acesso geral para provimento na categoria de Técnico Profissional Principal da Carreira de Laboratório,

Leia mais

Aulas Previstas 1º período - 2º período 3º período - O (a) professor (a) em /09/2008

Aulas Previstas 1º período - 2º período 3º período - O (a) professor (a) em /09/2008 1 Programa de História e Geografia de Portugal - 5º ANO Tema A A Península Ibérica lugar de passagem e fixação Subtema 1 Ambiente natural e primeiros povos Subtema 2 Os romanos na PI resistência e romanização

Leia mais

Castelo de Lanhoso. Serviços Educativos

Castelo de Lanhoso. Serviços Educativos Castelo de Lanhoso Serviços Educativos Castelo de Lanhoso O Castelo de Lanhoso, um dos mais imponentes redutos portugueses no que diz respeito à sua implementação, apresentava, na Idade Média, um acesso

Leia mais

H I S T Ó R I A P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O. DISCIPLINA: História ANO: 7 TURMAS: B, C e D ANO LECTIVO: 2011/

H I S T Ó R I A P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O. DISCIPLINA: História ANO: 7 TURMAS: B, C e D ANO LECTIVO: 2011/ DISCIPLINA: História ANO: 7 TURMAS: B, C e D ANO LECTIVO: 2011/2012 P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O H I S T Ó R I A - 1 - TEMA A Das Sociedades Recolectoras Às Primeiras Civilizações SUBTEMA

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL º - Ano. Conteúdos Conceitos Estratégias / recursos Avaliação

PLANIFICAÇÃO ANUAL º - Ano. Conteúdos Conceitos Estratégias / recursos Avaliação HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL PLANIFICAÇÃO ANUAL 2013-2014 5º - Ano 1º PERÍODO: 13 semanas (+/- 39 tempos) Conteúdos Conceitos Estratégias / recursos Avaliação Teste de diagnóstico e atividades preparatórias

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROF. PAULA NOGUEIRA - OLHÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAS E HUMANAS PROGRAMA CURRICULAR HISTÓRIA 7º ANO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROF. PAULA NOGUEIRA - OLHÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAS E HUMANAS PROGRAMA CURRICULAR HISTÓRIA 7º ANO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROF. PAULA NOGUEIRA - OLHÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAS E HUMANAS PROGRAMA CURRICULAR HISTÓRIA 7º ANO DOMÍNIOS DE CONTEÚDO DOMÍNIO / TEMA A Das Sociedades Recolectoras às Primeiras

Leia mais

CASA DE CAMILO MUSEU.CENTRO DE ESTUDOS

CASA DE CAMILO MUSEU.CENTRO DE ESTUDOS CASA DE CAMILO MUSEU.CENTRO DE ESTUDOS Atelier Truz, truz, truz, quem mora aqui? OBJETIVO GERAL Dar a conhecer a Casa de Camilo-Museu OBJETIVO ESPECÍFICO Fazer compreender o que é uma casa-museu Crianças

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE VILA NOVA DE FAMALICÃO PLANO DE ATIVIDADES DO

CÂMARA MUNICIPAL DE VILA NOVA DE FAMALICÃO PLANO DE ATIVIDADES DO PLANO DE ATIVIDADES DO SERVIÇO EDUCATIVO DA CULTURA 2012/2013 BIBLIOTECA MUNICIPAL CAMILO CASTELO BRANCO Coordenador do espaço cultural: Dra. Carla Araújo Contactos Avenida Dr. Carlos Bacelar Apart. 154

Leia mais

CALENDARIZAÇÃO. Turmas A, B e C (manhã) Turma A (9h às 17h) 1º dia 12 de março

CALENDARIZAÇÃO. Turmas A, B e C (manhã) Turma A (9h às 17h) 1º dia 12 de março CALENDARIZAÇÃO Turmas A, B e C (manhã) 1º dia 12 de março 9h30 - Sessão de Abertura Biblioteca Municipal Lídia Jorge - Animação, promoção e informação turística sobre o concelho de Albufeira; - Conceito

Leia mais

A Gruta artificial das Lapas (Torres Novas): Necrópole de transição do final do IV para o início do III milénio a.c.

A Gruta artificial das Lapas (Torres Novas): Necrópole de transição do final do IV para o início do III milénio a.c. A Gruta artificial das Lapas (Torres Novas): Necrópole de transição do final do IV para o início do III milénio a.c. Cátia Saque Delicado Dissertação de Mestrado a apresentar à Faculdade de Letras da Universidade

Leia mais

proto-história e romanização guerreiros e colonizadores

proto-história e romanização guerreiros e colonizadores 03 proto-história e romanização guerreiros e colonizadores Este volume contém os textos das comunicações apresentadas à sessão Guerreiros e Camponeses: Quem procurar?, dedicada à Proto-história e Romanização.

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5º ANO História e Geografia de Portugal

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5º ANO História e Geografia de Portugal PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5º ANO História e Geografia de Portugal Tema 0 - Conhecer o Manual 2012/2013 Aulas previstas-5 1º Período Apresentação Material necessário para o

Leia mais

Museu Nacional de Arqueologia Serviço Educativo e de Extensão Cultural!" #!" $%$%$& %$ '!'! http://www.museuarqueologia.pt http://museunacionaldearqueologia-educativo.blogspot.com A Colecção de Antiguidades

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUBA Escola Básica Integrada c/ Jardim de Infância Fialho de Almeida, Cuba Ano Lectivo 2007/2008

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CUBA Escola Básica Integrada c/ Jardim de Infância Fialho de Almeida, Cuba Ano Lectivo 2007/2008 Planificação Anual da Área Curricular de História e Geografia de Portugal 5º Ano 1. Mobilizar saberes culturais, científicos e tecnológicos para compreender a realidade e para abordar situações e problemas

Leia mais

NOS 40 ANOS DO INÍCIO DA DESCOBERTA DA ARTE RUPESTRE DO TEJO

NOS 40 ANOS DO INÍCIO DA DESCOBERTA DA ARTE RUPESTRE DO TEJO NOS 40 ANOS DO INÍCIO DA DESCOBERTA DA ARTE RUPESTRE DO TEJO 40 anos da Arte Rupestre do Tejo e os necessários eixos turísticos em falta Depoimento de Vila Velha de Ródão, 2011 40 anos da Arte Rupestre

Leia mais

Ano Lectivo 2014/ ºCiclo 7 ºAno. 7.º Ano 1º Período. Domínios / subdomínios Ojetivos Gerais / Metas Competências Específicas Avaliação

Ano Lectivo 2014/ ºCiclo 7 ºAno. 7.º Ano 1º Período. Domínios / subdomínios Ojetivos Gerais / Metas Competências Específicas Avaliação ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação HISTÓRIA Ano Lectivo 2014/2015 3 ºCiclo 7 ºAno 7.º Ano 1º Período Domínios / subdomínios Ojetivos Gerais / Metas Competências Específicas

Leia mais

Alojamento. Algarve. Lagoa. Silves. Tapada do Gramacho. Hotel Colina dos Mouros. Quinta da Figueirinha

Alojamento. Algarve. Lagoa. Silves. Tapada do Gramacho. Hotel Colina dos Mouros. Quinta da Figueirinha Alojamento Lagoa Tapada do Gramacho Turismo no Espaço Rural / Casas de Campo Morada: Apartado 302 8300-999 Telefone: +351 91 966 70 48 E-mail: info@tapadadogramacho.com Website: http://www.tapadadogramacho.com

Leia mais

Requalificação do Castelo de Mértola e sua envolvente - Intervenção na Alcáçova

Requalificação do Castelo de Mértola e sua envolvente - Intervenção na Alcáçova Rua Dr. António José de Almeida, 1 7750-909 Mértola Tel. +351 286612443 Fax +351 286611089 camertola@sapo.pt Requalificação do Castelo de Mértola e sua envolvente - Intervenção na Alcáçova 1º Relatório

Leia mais

A criação do Românico

A criação do Românico O ROMÂNICO A criação do Românico Só no século XIX foi reconhecido um estilo arquitectónico original designado de «românico» - que se desenvolveu na Europa Ocidental durante os séculos XI e XII. O termo

Leia mais

HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL

HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares Direção de Serviços da Região Centro PROJECTO CURRICULAR DE DISCIPLINA ANO LECTIVO 2015/2016 HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA SÉ GUARDA

Leia mais

HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL

HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5.º ANO SEGUNDO CICLO DO ENSINO BÁSICO ANA FILIPA MESQUITA CLÁUDIA VILAS BOAS HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL DOMÍNIO A DOMÍNIO B A PENÍNSULA IBÉRICA: LOCALIZAÇÃO E QUADRO NATURAL A PENÍNSULA IBÉRICA:

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL º ano. Conteúdos conceitos Estratégias / recursos Avaliação

PLANIFICAÇÃO ANUAL º ano. Conteúdos conceitos Estratégias / recursos Avaliação HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL PLANIFICAÇÃO ANUAL 2011-2012 5º ano Conteúdos conceitos Estratégias / recursos Avaliação 1º PERÍODO : 13 semanas menos uma 4ª, uma 3ª e duas 5ª e mais uma 6ª feiras (+/-

Leia mais

Maria João NEVES, Miguel ALMEIDA, Maria Teresa FERREIRA

Maria João NEVES, Miguel ALMEIDA, Maria Teresa FERREIRA O caso do Poço dos Negros (Lagos): da urgência do betão ao conhecimento das práticas esclavagistas no Portugal Moderno a partir de uma escavação de Arqueologia Preventiva Maria João NEVES, Miguel ALMEIDA,

Leia mais

I N V E N T Á R I O D O P A T R I M Ó N I O I M Ó V E L D O S A Ç O R E S

I N V E N T Á R I O D O P A T R I M Ó N I O I M Ó V E L D O S A Ç O R E S I N V E N T Á R I O D O P A T R I M Ó N I O I M Ó V E L D O S A Ç O R E S 5 APRESENTAÇÃO - DIRECÇÃO REGIONAL DA CULTURA 7 APRESENTAÇÃO - INSTITUTO AÇORIANO DE CULTURA 9 APRESENTAÇÃO CÂMARA MUNICIPAL DA

Leia mais

DOMÍNIO/SUBDOMÍNIO OBJETIVOS GERAIS DESCRITORES DE DESEMPENHO CONTEÚDOS

DOMÍNIO/SUBDOMÍNIO OBJETIVOS GERAIS DESCRITORES DE DESEMPENHO CONTEÚDOS DISCIPLINA: História e Geografia de Portugal ANO DE ESCOLARIDADE: 5º Ano 2016/2017 METAS CURRICULARES PROGRAMA DOMÍNIO/SUBDOMÍNIO OBJETIVOS GERAIS DESCRITORES DE DESEMPENHO CONTEÚDOS Geografia de Portugal

Leia mais

Museu Nacional de Arqueologia Sector Educativo e de Extensão Cultural!" #!" $!%&'! $! '! http://www.mnarqueologia-ipmuseus.pt http://museunacionaldearqueologia-educativo.blogspot.com Visita orientada Público-alvo:

Leia mais

Arquitetura Românica

Arquitetura Românica Arquitetura Românica O Surgimento do Românico A Europa atravessava uma fase difícil, invasões diversas em todas as direções, os exércitos reais não conseguem deter mais os invasores. (Árabes, Normandos),

Leia mais

Aula 1 de 4 Versão Aluno

Aula 1 de 4 Versão Aluno Aula 1 de 4 Versão Aluno O QUE É ARQUEOLOGIA? Arqueologia é a ciência que busca entender as culturas humanas a partir do estudo do registro arqueológico, que é o conjunto de todos os traços materiais da

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Programa da disciplina e Projeto Eduativo 3º CICLO HISTÓRIA 7º ANO TEMAS/DOMÍNIOS CONTEÚDOS

Leia mais

Regulamento de Visitas Guiadas

Regulamento de Visitas Guiadas Regulamento de Visitas Guiadas Preâmbulo Considerando o riquíssimo património histórico-cultural da Vila de Mértola é necessária a sua promoção de modo a dinamizar a actividade turística, pelo que é fulcral

Leia mais

Exposições temporárias

Exposições temporárias RESUMO DAS ACTIVIDADES CULTURAIS REALIZADAS MUSEU MUNICIPAL E PATRIMÓNIO HISTÓRICO-CULTURAL DO CONCELHO ANO DE Exposições temporárias Janeiro Exposição Itinerante de Fotografia da autoria dos estagiários

Leia mais

NNAIA Dias N.º Público Património Parecer

NNAIA Dias N.º Público Património Parecer [282] 25 4 Entidades Institucional: análise de impactes e propostas de minimização. [289] 30 11 Entidades C. M. Mourão Questiona a minimização/compensação dos impactes no património arqueológico, nomeadamente,

Leia mais

- Concurso Um presidente por mês, biografias e questões relativas a cada presidente Org.: Escola Secundária de Rocha Peixoto

- Concurso Um presidente por mês, biografias e questões relativas a cada presidente Org.: Escola Secundária de Rocha Peixoto FEVEREIRO 8 a 27 de Fevereiro - Mostra documental O Movimento do 31 de Janeiro de 1891 na Póvoa de Varzim Org.: Biblioteca Municipal Rocha Peixoto Galeria de Imagens - Participação no concurso T-shirt

Leia mais

Catálogo. Série de Livros de Sumários da Licenciatura de História - Variante de Arte

Catálogo. Série de Livros de Sumários da Licenciatura de História - Variante de Arte Catálogo Série de Livros de Sumários da Licenciatura de História - Variante de Arte Nível de Descrição Designação Datas de Produção Arte Clássica 1981/3/24-1981/6/2 História da Arte Moderna em Portugal

Leia mais

AGENDA MUNICIPAL CULTURA DESPORTO LAZER JUNHO 2016

AGENDA MUNICIPAL CULTURA DESPORTO LAZER JUNHO 2016 AGENDA MUNICIPAL CULTURA DESPORTO LAZER JUNHO 2016 Para receber a Agenda Municipal em formato digital no seu correio eletrónico, ou receber informações no telemóvel dos espetáculos que irão decorrer, envie

Leia mais

CANOAGEM Portinho da Arrábida Passeio pela Reserva Marinha Professor Luís Saldanha e visita às belas praias da Arrábida, descobrindo todas as

CANOAGEM Portinho da Arrábida Passeio pela Reserva Marinha Professor Luís Saldanha e visita às belas praias da Arrábida, descobrindo todas as APRESENTAÇÃO O YMCA CAMP Alambre é um espaço privilegiado da ACM/YMCA de Setúbal e está situado em pleno Parque Natural da Arrábida, a 7 km do Portinho da Arrábida. Baseado na metodologia do Movimento

Leia mais

Bibliografia Seleccionada

Bibliografia Seleccionada Março de 2009 Bibliografia Seleccionada ML-561 PINHO, João Carlos Santos Freguesia de Eiras : a sua história / do séc. décimo ao séc. XXI ; João Carlos Santos Pinho. - Eiras : Junta de Freguesia, 2008.

Leia mais

Aprender por projectos

Aprender por projectos Aprender por projectos 77 Páginas da Terra Aprender por projectos Segundo Jacques Delors, as componentes da educação para a cidadania abrangem aprendizagens fundamentais como: aprender a conhecer; aprender

Leia mais

SÍNTESE DAS ACTIVIDADES DO MUSEU MUNICIPAL E DO PATRIMÓNIO CULTURAL DO CONCELHO

SÍNTESE DAS ACTIVIDADES DO MUSEU MUNICIPAL E DO PATRIMÓNIO CULTURAL DO CONCELHO SÍNTESE DAS ACTIVIDADES DO MUSEU MUNICIPAL E DO PATRIMÓNIO CULTURAL DO CONCELHO No 1º semestre de 2010, o Museu Municipal procurou, no âmbito das suas funções museológicas, retirar o máximo aproveitamento

Leia mais

Planejamento das Aulas de História º ano (Prof. Leandro)

Planejamento das Aulas de História º ano (Prof. Leandro) Planejamento das Aulas de História 2016-6º ano (Prof. Leandro) Fevereiro Aula programada (Por que estudamos História?) Páginas Tarefa 1 Lembrar o passado: memória e história 10 e 11 Mapa Mental 3 O tempo

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES CÂMARA MUNICIPAL DE VILA NOVA DE FAMALICÃO

PLANO DE ATIVIDADES CÂMARA MUNICIPAL DE VILA NOVA DE FAMALICÃO PLANO DE ATIVIDADES CÂMARA MUNICIPAL DE VILA NOVA DE FAMALICÃO ANO LETIVO 2013/2014 CULTURA Museu Da Indústria Têxtil MUSEU DA INDÚSTRIA TÊXTIL 2013-2014 Responsável pelo serviço: Eng. Paulo Peixoto Contactos

Leia mais

Arqueologia e História Indígena em Museu de Território

Arqueologia e História Indígena em Museu de Território Arqueologia e História Indígena em Museu de Território 154 vaso de cerâmica reconstituído pelo MAC / (200 a 500 anos antes do presente) Sede do MAC em Pains, MG Na cidade de Pains, MG, encontra-se o Museu

Leia mais

CISS Serviço Educativo Municipal de Paredes. Centro de Interpretação da Senhora do Salto. Planificação

CISS Serviço Educativo Municipal de Paredes. Centro de Interpretação da Senhora do Salto. Planificação CISS Serviço Educativo Municipal de Paredes Centro de Interpretação da Senhora do Salto Planificação Guia da Atividade 1.º ciclo Área de Conhecimento: Estudo do Meio Duração: 1 dia ou parte do dia Descrição:»

Leia mais

AGENDA MUNICIPAL CULTURA DESPORTO LAZER OUTUBRO 2015

AGENDA MUNICIPAL CULTURA DESPORTO LAZER OUTUBRO 2015 AGENDA MUNICIPAL CULTURA DESPORTO LAZER OUTUBRO 2015 Para receber a Agenda Municipal em formato digital no seu correio electrónico, ou receber informações no telemóvel dos espetáculos que irão decorrer,

Leia mais

ROTA DAS IGREJAS DO CONCELHO DE PENICHE. Promoção e Valorização do

ROTA DAS IGREJAS DO CONCELHO DE PENICHE. Promoção e Valorização do ROTA DAS IGREJAS DO CONCELHO DE PENICHE Promoção e Valorização do Património Histórico-Religioso Peniche dispõe de um volumoso, diversificado e raro património histórico cultural, tanto móvel como imóvel.

Leia mais

Relatório das actividades culturais da Casa Museu de Monção. Ano de 2010

Relatório das actividades culturais da Casa Museu de Monção. Ano de 2010 Relatório das actividades culturais da Casa Museu de Monção Ano de 2010 A Casa Museu de Monção, Unidade Cultural da Universidade do Minho, Legado de Maria Teresa Salgueiro à Universidade do Minho, desde

Leia mais

Artigos sobre História e Património nas publicações municipais (março de 1980 abril de 2015) 1. Nome e n.º da publicação Título/assunto Data

Artigos sobre História e Património nas publicações municipais (março de 1980 abril de 2015) 1. Nome e n.º da publicação Título/assunto Data Artigos sobre História e Património nas publicações municipais (março de 980 abril de 20) Nome e n.º da publicação Título/assunto Data N.º de página Boletim municipal n.º Homenagem aos Drs. José Jacinto

Leia mais

Notícia Preliminar do Centro Oleiro de Macarome, Cabanelas (Vila Verde)

Notícia Preliminar do Centro Oleiro de Macarome, Cabanelas (Vila Verde) Notícia Preliminar do Centro Oleiro de Macarome, Cabanelas (Vila Verde) Por Luís Cónego Arqueólogo Resumo: Esta notícia preliminar visa a localização de um arqueosítio inédito detentor de características

Leia mais

ROTA DAS IGREJAS DO CONCELHO DE PENICHE

ROTA DAS IGREJAS DO CONCELHO DE PENICHE ROTA DAS IGREJAS DO CONCELHO DE PENICHE Promoção e Valorização do Património Histórico-Religioso 6 ª Temporada 31 de julho - 24 de outubro de 2014 Peniche dispõe de um volumoso, diversificado e raro património

Leia mais

ATIVIDADES ESCOLAR PARA A COMUNIDADE. Casa da Azenha

ATIVIDADES ESCOLAR PARA A COMUNIDADE. Casa da Azenha ATIVIDADES PARA A COMUNIDADE ESCOLAR 2017-2018 Casa da Azenha Casa da Azenha O CICLO DO PÃO NA CASA DA AZENHA Visita e interpretação da exposição «O pão nosso de cada dia nos dai hoje», patente na Casa

Leia mais

CASTELO DOS MOUROS. Implantação. Sistema defensivo

CASTELO DOS MOUROS. Implantação. Sistema defensivo CASTELO DOS MOUROS Implantação O Castelo dos Mouros, também conhecido como Castelinho ou Castro de Vilarinho dos Galegos, localiza-se numa pequena elevação, a 600 metros de altitude, na confluência da

Leia mais

Monção: O Minho visto de cima

Monção: O Minho visto de cima Monção: O Minho visto de cima 1 Roteiro Monção: o Minho visto por cima Introdução: A ocupação na região de Monção remota já desde a Pré-História uma vez que este território proporcionou as condições essenciais

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL º ano. Conteúdos conceitos Estratégias / recursos Avaliação

PLANIFICAÇÃO ANUAL º ano. Conteúdos conceitos Estratégias / recursos Avaliação HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL PLANIFICAÇÃO ANUAL 2010-2011 5º ano Conteúdos conceitos Estratégias / recursos Avaliação Testes de diagnóstico e actividades preparatórias (3 tempos) 1º PERÍODO : 14 semanas

Leia mais

2ª Sessão Ordinária/2014. Reunião de 30 de Junho de 2014

2ª Sessão Ordinária/2014. Reunião de 30 de Junho de 2014 2ª Sessão Ordinária/2014 Reunião de 30 de Junho de 2014 Informação Escrita Apresentada Pelo Excelentíssimo Senhor Presidente da Junta de Freguesia de Alvor, nos termos do artigo 3º alínea e do Regimento

Leia mais

RECONHECENDO O PATRIMÔNIO MATERIAL E IMATERIAL DE AURORA

RECONHECENDO O PATRIMÔNIO MATERIAL E IMATERIAL DE AURORA RECONHECENDO O PATRIMÔNIO MATERIAL E IMATERIAL DE AURORA Autor: Mércia Oliveira Pereira; Co-autor: Francisco de Assis Severo Lima E.E.E.P. Leopoldina Gonçalves Quezado; E-mail: mercia_oli@hotmail.com RESUMO:

Leia mais

Doc. 59. Nome: Ano: Turma: Nº.:

Doc. 59. Nome: Ano: Turma: Nº.: PGA - Prova Global do Agrupamento Direção de Serviços Região Algarve Agrupamento de Escolas Silves Sul Doc. 59 Departamento de Ciências Sociais e Humanas História 7.º Ano Prova: B Nome: Ano: Turma: Nº.:

Leia mais

DEPARTAMENTO CURRICULAR DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS. PLANO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE HISTÓRIA E DE GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5º Ano

DEPARTAMENTO CURRICULAR DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS. PLANO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE HISTÓRIA E DE GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5º Ano DEPARTAMENTO CURRICULAR DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS PLANO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE HISTÓRIA E DE GEOGRAFIA DE PORTUGAL 5º Ano Ano Letivo 017-018 TEMAS/ CONTEÚDOS Aulas Previstas (* ) TEMA A- A Península

Leia mais

DISCIPLINA DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA 5.º Ano

DISCIPLINA DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA 5.º Ano 1. COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS COMPETÊNCIAS GERAIS - Pesquisar, seleccionar e organizar informação para a transformar em conhecimento mobilizável. (C. G. 6) - Usar adequadamente linguagens das diferentes áreas

Leia mais

2. CARACTERIZAÇÃO GEOLÓGICA DAS ÁREAS EM ESTUDO

2. CARACTERIZAÇÃO GEOLÓGICA DAS ÁREAS EM ESTUDO 2. CARACTERIZAÇÃO GEOLÓGICA DAS ÁREAS EM ESTUDO O presente trabalho foi efectuado em três áreas, que se situam na região do Minho, no NW de Portugal (Fig. 2.1.). Fig. 2.1. Localização geográfica das áreas

Leia mais

Volume páginas 1.ª edição1995 Vários Apoios 500 exemplares. Volume páginas 1.ª edição1993 Vários Apoios 500 exemplares

Volume páginas 1.ª edição1995 Vários Apoios 500 exemplares. Volume páginas 1.ª edição1993 Vários Apoios 500 exemplares Volume 2 120 páginas 1.ª edição1995 Vários Apoios 500 exemplares Volume 3 299 páginas 1.ª edição1993 Vários Apoios 500 exemplares 1 2 Peça obrigatória nos processos de planeamento, estudo, avaliação e

Leia mais

ANO LETIVO 2016 / DISCIPLINA: História e Geografia de Portugal ANO: 5.º F

ANO LETIVO 2016 / DISCIPLINA: História e Geografia de Portugal ANO: 5.º F ANO LETIVO 2016 / 2017 DISCIPLINA: História e Geografia de Portugal ANO: 5.º F 1. Previsão dos tempos letivos disponíveis 1.º Período 16/09 a 16/12 2.º Período 03/01 a 04/04 3.º Período 19/04 a 16/06 Desenvolvimento

Leia mais

HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL ANO LETIVO 2011/2012 5º ANO Nº DE AULAS PREVISTAS 1º PERÍODO 2º PERÍODO 3º PERÍODO

HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL ANO LETIVO 2011/2012 5º ANO Nº DE AULAS PREVISTAS 1º PERÍODO 2º PERÍODO 3º PERÍODO HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PORTUGAL ANO LETIVO 2011/2012 5º ANO Nº DE AULAS PREVISTAS 1º PERÍODO 2º PERÍODO 3º PERÍODO 37 34 27 ESCOLA BÁSICA DOS 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO H. G. P. 5º ANO - PROPOSTA

Leia mais

proto-história e romanização guerreiros e colonizadores

proto-história e romanização guerreiros e colonizadores 03 proto-história e romanização guerreiros e colonizadores Este volume contém os textos das comunicações apresentadas à sessão Guerreiros e Camponeses: Quem procurar?, dedicada à Proto-história e Romanização.

Leia mais

Áreas e Domínios de Formação Contínua (lista nova)

Áreas e Domínios de Formação Contínua (lista nova) Áreas e Domínios de Formação Contínua (lista nova) A ÁREA DE CIÊNCIAS DA ESPECIALIDADE Observações A101 Administração A102 Alemão A103 Antropologia A104 Arqueologia A105 Arquitectura A106 Artes Gráficas/Artes

Leia mais

4 Terrenos. Prédios 4 e 5 Guimarães / (UL /453) R da Caldeiroa, Urgezes, 4810 Guimarães

4 Terrenos. Prédios 4 e 5 Guimarães / (UL /453) R da Caldeiroa, Urgezes, 4810 Guimarães Inclui dois prédios (Prédios 4 e 5), com acesso pela Rua da Caldeiroa, localizados em Zona de Construção Central, próximo do centro histórico da cidade, do Centro Cultural Vila Flôr e da Estação dos caminhos

Leia mais

TERMO DE ABERTURA DO PROJETO

TERMO DE ABERTURA DO PROJETO 1 Nome do Programa 2 Código Programa Comunicação CAIS 0106 3 Projetos Memória do Confea 4 Gestor Especial - Coordenador(a) 5 Tipo de Projeto Especial 6 Gestor(a) 6 Programa Wanessa Borges Severino CAIS

Leia mais

PROGRAMAÇÃO. Dia 27 de setembro 15H00 Visita guiada à exposição permanente. Marcações para o n.º

PROGRAMAÇÃO. Dia 27 de setembro 15H00 Visita guiada à exposição permanente. Marcações para o n.º PROGRAMAÇÃO Dias 26 e 27 de setembro Espetáculo video mapping na fachada do MU.SA Museu das Artes de Sintra Arte em traços de Luz Sinopse: «Nos primórdios, quando o homem emergiu da escuridão, viu criaturas,

Leia mais

Alojamento. Alentejo. Alcácer do Sal. Casa do Sossego. Aldeamento Turístico Herdade de Montalvo. Pousada Castelo de Alcácer

Alojamento. Alentejo. Alcácer do Sal. Casa do Sossego. Aldeamento Turístico Herdade de Montalvo. Pousada Castelo de Alcácer Alojamento Aldeamento Turístico Herdade de Montalvo Aldeamentos Turísticos / **** Morada: Estrada Nacional 253 - km 14,7 7580-247 Telefone: +351 265 619 441 Fax: +351 265 619 440 E-mail: montalvo.tur@sapo.pt

Leia mais

4ª FASE. Prof. Amaury Pio Prof. Eduardo Gomes

4ª FASE. Prof. Amaury Pio Prof. Eduardo Gomes 4ª FASE Prof. Amaury Pio Prof. Eduardo Gomes A A Unidade I Natureza-Sociedade: questões ambientais. 2 A A Aula 9.2 Conteúdo As Grandes Civilizações Ocidentais Grécia II 3 A A Habilidade Conhecer a respeito

Leia mais

MUSEU NACIONAL DA IMPRENSA

MUSEU NACIONAL DA IMPRENSA MUSEU NACIONAL DA IMPRENSA O PRAZER DA CULTURA SERVIÇOS EDUCATIVOS PROGRAMA ESCOLAS 2012 / 2013 CRIANÇAS MUSEU NACIONAL DA IMPRENSA SERVIÇOS EDUCATIVOS 2012 / 2013 CRIANÇAS 1 LEGENDAS Pré-Escolar 1º Ciclo

Leia mais

Dia do Investigador 2ª Edição Programa

Dia do Investigador 2ª Edição Programa Dia do Investigador 2ª Edição Programa Museu Nacional de Arqueologia Salão Nobre 13 de Janeiro 2014 No dia 13 de Janeiro de 2014 realiza-se a segunda edição do Dia do Investigador do Museu Nacional e Arqueologia.

Leia mais

O MUSEU MUNICIPAL E O PATRIMÓNIO CULTURAL DO CONCELHO

O MUSEU MUNICIPAL E O PATRIMÓNIO CULTURAL DO CONCELHO O MUSEU MUNICIPAL E O PATRIMÓNIO CULTURAL DO CONCELHO EVOLUÇÃO E ACTUALIDADE Como entidade cultural e prestadora de serviço público o Museu Municipal, no desempenho da sua reconhecida missão e vocação

Leia mais

Alojamento. Lisboa Região. Lisboa. Lisboa Carmo Hotel

Alojamento. Lisboa Região. Lisboa. Lisboa Carmo Hotel Alojamento Região Carmo Hotel Hotelaria / Hotel / **** Morada: Rua da Oliveira ao Carmo, 1 a 3 Lg do Carmo 1200-307 Telefone: 00351 213264710 Fax: 00351 249530699 E-mail: booking@lisboacarmohotel.com 1/7

Leia mais

JORNAL OFICIAL. 3.º Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 26 de outubro de Série. Número 188

JORNAL OFICIAL. 3.º Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 26 de outubro de Série. Número 188 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quarta-feira, 26 de outubro de 2016 Série 3.º Suplemento Sumário PRESIDÊNCIA DO GOVERNO REGIONAL Despacho n.º 410/2016 Nomeia o licenciado em Sociologia, Bruno

Leia mais

ESPIGÃO DE CAPACETE DO CASTRO DA MOGUEIRA (S. MARTINHO DE MOUROS/RESENDE)

ESPIGÃO DE CAPACETE DO CASTRO DA MOGUEIRA (S. MARTINHO DE MOUROS/RESENDE) ESPIGÃO DE CAPACETE DO CASTRO DA MOGUEIRA (S. MARTINHO DE MOUROS/RESENDE) por José Augusto Maia Marques * I O LOCAL Em 1986, fomos contactados pelo nosso aluno e colaborador Luís Coutinho Amaral * no sentido

Leia mais

Mapa. 1. Bacia Inferior do Mondego.

Mapa. 1. Bacia Inferior do Mondego. Mapa. 1. Bacia Inferior do Mondego. Mapa 2. Circunscrições administrativas. Mapa 3. Orografia. Mapa 4. Hidrografia. Mapa 5. Recursos mineiros. Adaptado da Carta Geológica de Portugal, à escala 1: 50 000,

Leia mais

Seminário de História Religiosa Medieval A História da Diocese de Lisboa (Sécs. XII-XV)

Seminário de História Religiosa Medieval A História da Diocese de Lisboa (Sécs. XII-XV) Seminário de História Religiosa Medieval A História da Diocese de Lisboa (Sécs. XII-XV) A PARÓQUIA: CENTRO DE ORGANIZAÇÃO SOCIAL POR MANUELA SANTOS SILVA F.L.-U.L. (C.H.F.L.U.L.) I.E.M. A paróquia: centro

Leia mais

EDUCATIVA OFICINA MUSEU DE PORTIMÃO PROGRAMA. Pré-Escolar

EDUCATIVA OFICINA MUSEU DE PORTIMÃO PROGRAMA. Pré-Escolar OFICINA PROGRAMA EDUCATIVA MUSEU DE PORTIMÃO Pré-Escolar Através da Oficina Educativa, o Museu de Portimão oferece um conjunto de atividades e serviços destinados a descobrir, de forma criativa e pedagógica,

Leia mais

Tiago Pinto CURRICULUM VITAE

Tiago Pinto CURRICULUM VITAE Tiago Pinto CURRICULUM VITAE Junho, 2017 2 1. Identificação - Nome: Tiago Alexandre Palaré Barros Pinto - Telefone: 967741272 - E-mail: tiago300@gmail.com 2. Habilitações Literárias - Licenciatura em HISTÓRIA

Leia mais