Informações Contábeis Trimestrais. Magnesita Refratários S.A.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Informações Contábeis Trimestrais. Magnesita Refratários S.A."

Transcrição

1 Informações Contábeis Trimestrais Magnesita Refratários S.A. 30 de setembro de 2016 com Relatório dos Auditores Independentes

2 Índice Magnesita Refratários S.A. Relatório sobre a revisão de informações trimestrais - ITR... 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo... 3 Balanço Patrimonial Passivo... 4 Demonstração do Resultado... 5 Demonstração do Resultado Abrangente... 6 Demonstração do Fluxo de Caixa - Método Indireto... 7 Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido DMPL - 30/09/ DMPL - 30/09/ Demonstração do Valor Adicionado DFs Consolidadas Balanço Patrimonial Ativo Balanço Patrimonial Passivo Demonstração do Resultado Demonstração do Resultado Abrangente Demonstração do Fluxo de Caixa - Método Indireto Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido DMPL - 30/09/ DMPL - 30/09/ Demonstração do Valor Adicionado Manifestação do Conselho de Administração Pareceres e Declarações Parecer do Conselho Fiscal Declaração... 58

3 Relatório sobre a revisão de informações trimestrais - ITR Aos Acionistas, Conselheiros e Administradores da Magnesita Refratários S.A. Belo Horizonte - MG Introdução Revisamos as informações contábeis intermediárias, individuais e consolidadas, da Magnesita Refratários S.A. ( Companhia ), contidas no Formulário de Informações Trimestrais - ITR, referente ao trimestre findo em 30 de setembro de 2016, que compreendem o balanço patrimonial em 30 de setembro de 2016 e as respectivas demonstrações do resultado e do resultado abrangente para os períodos de três e nove meses findos naquela data, e das mutações do patrimônio líquido e dos fluxos de caixa para o período de nove meses findo naquela data, incluindo as notas explicativas. A Administração da Companhia é responsável pela elaboração das informações contábeis intermediárias individuais e consolidadas de acordo com o Pronunciamento Técnico CPC 21(R1) - Demonstração Intermediária e com a norma internacional IAS 34 - Interim Financial Reporting, emitida pelo International Accounting Standards Board - IASB, assim como pela apresentação dessas informações de forma condizente com as normas expedidas pela Comissão de Valores Mobiliários - CVM, aplicáveis à elaboração das Informações Trimestrais - ITR. Nossa responsabilidade é a de expressar uma conclusão sobre essas informações contábeis intermediárias com base em nossa revisão. Alcance da revisão Conduzimos nossa revisão de acordo com as normas brasileiras e internacionais de revisão de informações intermediárias (NBC TR Revisão de Informações Intermediárias Executada pelo Auditor da Entidade e ISRE Review of Interim Financial Information Performed by the Independent Auditor of the Entity, respectivamente). Uma revisão de informações intermediárias consiste na realização de indagações, principalmente às pessoas responsáveis pelos assuntos financeiros e contábeis e na aplicação de procedimentos analíticos e de outros procedimentos de revisão. O alcance de uma revisão é significativamente menor do que o de uma auditoria conduzida de acordo com as normas de auditoria e, consequentemente, não nos permitiu obter segurança de que tomamos conhecimento de todos os assuntos significativos que poderiam ser identificados em uma auditoria. Portanto, não expressamos uma opinião de auditoria.

4 Conclusão Com base em nossa revisão, não temos conhecimento de nenhum fato que nos leve a acreditar que as informações contábeis intermediárias individuais e consolidadas incluídas nas informações trimestrais acima referidas não foram elaboradas, em todos os aspectos relevantes, de acordo com o CPC 21(R1) e o IAS 34 aplicáveis à elaboração de Informações Trimestrais - ITR e apresentadas de forma condizente com as normas expedidas pela Comissão de Valores Mobiliários - CVM. Outros assuntos Demonstrações do valor adicionado Revisamos, também, as demonstrações do valor adicionado (DVA), individuais e consolidadas, referentes ao período de nove meses findos em 30 de setembro de 2016, preparadas sob a responsabilidade da Administração da Companhia, cuja apresentação nas informações intermediárias é requerida de acordo com as normas expedidas pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) aplicáveis à elaboração de Informações Trimestrais - ITR e considerada informação suplementar pelas IFRS, que não requerem a apresentação da DVA. Essas demonstrações foram submetidas aos mesmos procedimentos de revisão descritos anteriormente e, com base em nossa revisão, não temos conhecimento de nenhum fato que nos leve a acreditar que não foram elaboradas, em todos os seus aspectos relevantes, de forma consistente com as informações contábeis intermediárias individuais e consolidadas tomadas em conjunto. Belo Horizonte, 10 de novembro de ERNST & YOUNG Auditores Independentes S.S. CRC 2SP015199/O-6-F-MG Tomás Menezes Contador CRC-1MG090648/O-0

5 DFs Individuais / Balanço Patrimonial Ativo (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Trimestre Atual 30/09/2016 Exercício Anterior 31/12/ Ativo Total Ativo Circulante Caixa e Equivalentes de Caixa Aplicações Financeiras Aplicações Financeiras Avaliadas a Valor Justo Títulos para Negociação Contas a Receber Clientes Clientes Nacionais Clientes Estrangeiros Provisão para Riscos de Crédito (22.763) (28.517) Mediçoes a Faturar Outras Contas a Receber Crédito por Venda de Imóveis Estoques Tributos a Recuperar Tributos Correntes a Recuperar Tributos sobre Lucros a Recuperar Outros Tributos a Recuperar Despesas Antecipadas Outros Ativos Circulantes Outros Dividendos a Receber Outros Ativo Não Circulante Ativo Realizável a Longo Prazo Contas a Receber Clientes Outras Contas a Receber Créditos com Partes Relacionadas Créditos com Controladas Outros Ativos Não Circulantes Depósitos Judiciais Outros Investimentos Participações Societárias Participações em Controladas Outras Participações Societárias Imobilizado Imobilizado em Operação Imobilizado em Andamento Intangível Intangíveis Softwares e Outros Ágio de 58

6 DFs Individuais / Balanço Patrimonial Passivo (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Trimestre Atual 30/09/2016 Exercício Anterior 31/12/ Passivo Total Passivo Circulante Obrigações Sociais e Trabalhistas Obrigações Sociais Obrigações Trabalhistas Fornecedores Fornecedores Nacionais Fornecedores Estrangeiros Obrigações Fiscais Obrigações Fiscais Federais Outras Obrigações Fiscais Federais Obrigações Fiscais Estaduais Obrigações Fiscais Municipais Empréstimos e Financiamentos Empréstimos e Financiamentos Em Moeda Nacional Em Moeda Estrangeira Outras Obrigações Outros Dividendos e JCP a Pagar Contas a Pagar por Aquisição de Investimentos Contas a Pagar por Compras de Longo Prazo Outras Obrigações Passivo Não Circulante Empréstimos e Financiamentos Empréstimos e Financiamentos Em Moeda Nacional Em Moeda Estrangeira Outras Obrigações Outros Obrigações Pós-Emprego Tributos Diferidos Imposto de Renda e Contribuição Social Diferidos Provisões Provisões Fiscais Previdenciárias Trabalhistas e Cíveis Provisões Fiscais Provisões Previdenciárias e Trabalhistas Provisões Cíveis Outras Provisões Provisões para Passivos Ambientais e de Desativação Patrimônio Líquido Capital Social Realizado Reservas de Capital Reserva Especial de Ágio na Incorporação Opções Outorgadas Reserva Especial Lei nº 8.200/ Reserva Emissão de Ações Reservas de Lucros - (3.643) Ações em Tesouraria - (3.643) Lucros/Prejuízos Acumulados ( ) Outros Resultados Abrangentes

7 DFs Individuais / Demonstração do Resultado (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Trimestre Atual 01/07/2016 a 30/09/2016 Acumulado do Atual Exercício 01/01/2016 a 30/09/2016 Igual Trimestre do Exercício Anterior 01/07/2015 a 30/09/2015 Acumulado do Exercício Anterior 01/01/2015 a 30/09/ Receita de Venda de Bens e/ou Serviços Custo dos Bens e/ou Serviços Vendidos ( ) ( ) ( ) ( ) 3.03 Resultado Bruto Despesas/Receitas Operacionais (60.645) ( ) ( ) ( ) Despesas com Vendas (33.336) ( ) (43.525) ( ) Despesas Gerais e Administrativas (27.792) (86.080) (35.343) ( ) Outras Receitas Operacionais Outras Despesas Operacionais (5.272) (22.795) ( ) ( ) Resultado de Equivalência Patrimonial (1.695) ( ) ( ) 3.05 Resultado Antes do Resultado Financeiro e dos Tributos ( ) ( ) 3.06 Resultado Financeiro (19.891) ( ) ( ) Receitas Financeiras Despesas Financeiras (41.693) ( ) ( ) ( ) 3.07 Resultado Antes dos Tributos sobre o Lucro (16.603) ( ) ( ) 3.08 Imposto de Renda e Contribuição Social sobre o Lucro (2.610) (76.521) ( ) ( ) Corrente Diferido (76.521) (76.521) ( ) ( ) 3.09 Resultado Líquido das Operações Continuadas (19.213) ( ) ( ) 3.11 Lucro/Prejuízo do Período (19.213) ( ) ( ) 3.99 Lucro por Ação - (Reais/Ação) Lucro Básico por Ação ON 0, ,64000 (3,26000) (3,32000) Lucro Diluído por Ação ON 0, ,64000 (3,26000) (3,32000)

8 DFs Individuais / Demonstração do Resultado Abrangente (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Trimestre Atual 01/07/2016 a 30/09/2016 Acumulado do Atual Exercício 01/01/2016 a 30/09/2016 Igual Trimestre do Exercício Anterior 01/07/2015 a 30/09/2015 Acumulado do Exercício Anterior 01/01/2015 a 30/09/ Lucro Líquido do Período (19.213) ( ) ( ) 4.02 Outros Resultados Abrangentes ( ) Variação Cambial de Controladas Localizadas no Exterior ( ) Resultado Abrangente do Período (7.908) ( ) ( )

9 DFs Individuais / Demonstração do Fluxo de Caixa - Método Indireto (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Acumulado do Atual Exercício 01/01/2016 a 30/09/2016 Acumulado do Exercício Anterior 01/01/2015 a 30/09/ Caixa Líquido Atividades Operacionais Caixa Gerado nas Operações Lucro (Prejuízo) do Exercício ( ) Encargos de Juros Variações Monetárias e Cambiais Líquidas ( ) Depreciação Amortização Resultado de Equivalência Patrimonial (8.058) Imposto de Renda e Contribuição Social Diferidos Opções de Ações Provisão para Créditos de Liquidação Duvidosa (1.289) Instrumentos Financeiros Derivativos (19.261) (47.636) Provisão para Estoques Obsoletos Receita de Juros em Vendas de Ativo Intercompany (95.554) Variações nos Ativos e Passivos (70.253) Contas a Receber de Clientes Estoques (31.445) Impostos a Recuperar Fornecedores (72.406) (8.124) Tributos a Recolher (5.357) Contas a Receber de Partes Relacionadas (79.682) Contas a Pagar por Contas de Longo Prazo (64.811) Outros (55.708) Caixa Líquido Atividades de Investimento (91.436) (68.818) Vendas de Imobilizado, Investimento e Intangível Adições de Imobilizado e Intangível (59.585) ( ) Integralização de Capital em Controlada (18.582) Títulos e Valores Mobiliários (849) Créditos por Venda de Imobilizado (208) Dividendos Recebidos Juros de Empréstimos Capitalizados (1.631) (1.170) Pagamentos por Aquisição de Investimentos (12.429) Caixa Líquido Atividades de Financiamento (47.719) ( ) Ingressos de Empréstimos e Financiamentos Pagamentos de Empréstimos e Financiamentos (80.105) ( ) Pagamentos de Juros sobre Empréstimos e Financiamentos (70.146) (98.297) Ações em Tesouraria (12.162) (43.101) Instrumentos Financeiros Derivativos Variação Cambial s/ Caixa e Equivalentes (7.262) Aumento (Redução) de Caixa e Equivalentes ( ) Saldo Inicial de Caixa e Equivalentes Saldo Final de Caixa e Equivalentes

10 DFs Individuais / Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido / DMPL - 01/01/2016 a 30/09/2016 (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Capital Social Integralizado Reservas de Capital, Opções Outorgadas e Ações em Tesouraria Reservas de Lucro Lucros ou Prejuízos Acumulados Outros Resultados Abrangentes Patrimônio Líquido 5.01 Saldos Iniciais ( ) Saldos Iniciais Ajustados ( ) Transações de Capital com os Sócios (56.634) (10.594) (7.228) Opções Outorgadas Reconhecidas Ações em Tesouraria Adquiridas - (13.547) (13.547) Realização de Reserva de Ágio na Emissão de Ações com Cancelamento de Ações em Tesouraria Redução de Capital para Cobertura Prejuízos de Anos Anteriores (60.000) Aumento de Capital com Opções de Ações Outorgadas Resultado Abrangente Total ( ) (7.908) Lucro Líquido do Período Outros Resultados Abrangentes ( ) ( ) Ajustes de Conversão do Período ( ) ( ) 5.07 Saldos Finais

11 DFs Individuais / Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido / DMPL - 01/01/2015 a 30/09/2015 (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Capital Social Integralizado Reservas de Capital, Opções Outorgadas e Ações em Tesouraria Reservas de Lucro Lucros ou Prejuízos Acumulados Outros Resultados Abrangentes Patrimônio Líquido 5.01 Saldos Iniciais Saldos Iniciais Ajustados Transações de Capital com os Sócios - (40.096) (39.993) Opções Outorgadas Reconhecidas Ações em Tesouraria Adquiridas - (43.101) (43.101) Dividendos Resultado Abrangente Total ( ) ( ) Lucro Líquido do Período ( ) - ( ) Outros Resultados Abrangentes Ajustes de Conversão do Período Saldos Finais ( )

12 DFs Individuais / Demonstração do Valor Adicionado (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Acumulado do Atual Exercício 01/01/2016 a 30/09/2016 Acumulado do Exercício Anterior 01/01/2015 a 30/09/ Receitas Vendas de Mercadorias, Produtos e Serviços Outras Receitas Receitas referentes à Construção de Ativos Próprios Provisão/Reversão de Créds. Liquidação Duvidosa (6.665) 7.02 Insumos Adquiridos de Terceiros ( ) ( ) Custos Prods., Mercs. e Servs. Vendidos ( ) ( ) Materiais, Energia, Servs. de Terceiros e Outros ( ) ( ) 7.03 Valor Adicionado Bruto Retenções (35.070) (55.929) Depreciação, Amortização e Exaustão (35.070) (55.929) 7.05 Valor Adicionado Líquido Produzido Valor Adicionado Recebido em Transferência ( ) Resultado de Equivalência Patrimonial ( ) Receitas Financeiras Valor Adicionado Total a Distribuir Distribuição do Valor Adicionado Pessoal Impostos, Taxas e Contribuições Remuneração de Capitais de Terceiros Juros Aluguéis Outras Remuneração de Capitais Próprios ( ) Lucros Retidos/Prejuízo do Período ( )

13 DFs Consolidadas / Balanço Patrimonial Ativo (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Trimestre Atual 30/09/2016 Exercício Anterior 31/12/ Ativo Total Ativo Circulante Caixa e Equivalentes de Caixa Aplicações Financeiras Aplicações Financeiras Avaliadas a Valor Justo Títulos para Negociação Contas a Receber Clientes Clientes Nacionais Clientes Estrangeiros Provisões para Riscos de Crédito (37.748) (45.385) Medições a Faturar Outras Contas a Receber Crédito por Venda de Imóvel Estoques Tributos a Recuperar Tributos Correntes a Recuperar Tributos sobre Lucros a Recuperar Outros Tributos a Recuperar Despesas Antecipadas Outros Ativos Circulantes Outros Ativo Não Circulante Ativo Realizável a Longo Prazo Aplicações Financeiras Avaliadas a Valor Justo Títulos para Negociação Contas a Receber Clientes Outras Contas a Receber Tributos Diferidos Imposto de Renda e Contribuição Social Diferidos Outros Ativos Não Circulantes Depósitos Judiciais Outros Investimentos Participações Societárias Outras Participações Societárias Propriedades para Investimento Imobilizado Imobilizado em Operação Imobilizado em Andamento Intangível Intangíveis Softwares e outros Ágio

14 DFs Consolidadas / Balanço Patrimonial Passivo (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Trimestre Atual 30/09/2016 Exercício Anterior 31/12/ Passivo Total Passivo Circulante Obrigações Sociais e Trabalhistas Obrigações Sociais Obrigações Trabalhistas Fornecedores Fornecedores Nacionais Fornecedores Estrangeiros Obrigações Fiscais Obrigações Fiscais Federais Imposto de Renda e Contribuição Social a Pagar Outras Obrigações Fiscais Federais Obrigações Fiscais Estaduais Obrigações Fiscais Municipais Empréstimos e Financiamentos Empréstimos e Financiamentos Em Moeda Nacional Em Moeda Estrangeira Outras Obrigações Outros Dividendos e JCP a Pagar Contas a Pagar por Aquisição de Investimentos Contas a Pagar por Compras de Longo Prazo Outras Obrigações Passivo Não Circulante Empréstimos e Financiamentos Empréstimos e Financiamentos Em Moeda Nacional Em Moeda Estrangeira Outras Obrigações Outros Obrigações Pós-Emprego Outras Obrigações Tributos Diferidos Imposto de Renda e Contribuição Social Diferidos Provisões Provisões Fiscais Previdenciárias Trabalhistas e Cíveis Provisões Fiscais Provisões Previdenciárias e Trabalhistas Provisões Cíveis Outras Provisões Provisões para Passivos Ambientais e de Desativação Patrimônio Líquido Capital Social Realizado Reservas de Capital Reserva Especial de Ágio na Incorporação Opções Outorgadas Reserva Especial Lei nº 8.200/ Reserva Emissão de Ações Reservas de Lucros - (3.643) Ações em Tesouraria - (3.643) Lucros/Prejuízos Acumulados ( ) Outros Resultados Abrangentes Participação dos Acionistas Não Controladores

15 DFs Consolidadas / Demonstração do Resultado (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Trimestre Atual 01/07/2016 a 30/09/2016 Acumulado do Atual Exercício 01/01/2016 a 30/09/2016 Igual Trimestre do Exercício Anterior 01/07/2015 a 30/09/2015 Acumulado do Exercício Anterior 01/01/2015 a 30/09/ Receita de Venda de Bens e/ou Serviços Custo dos Bens e/ou Serviços Vendidos ( ) ( ) ( ) ( ) 3.03 Resultado Bruto Despesas/Receitas Operacionais ( ) ( ) ( ) ( ) Despesas com Vendas ( ) ( ) ( ) ( ) Despesas Gerais e Administrativas (63.014) ( ) (73.278) ( ) Outras Receitas Operacionais Outras Despesas Operacionais (17.576) (45.773) ( ) ( ) Resultado de Equivalência Patrimonial Resultado Antes do Resultado Financeiro e dos Tributos ( ) ( ) 3.06 Resultado Financeiro (78.861) (38.548) ( ) ( ) Receitas Financeiras (29.675) Despesas Financeiras (49.186) ( ) ( ) ( ) 3.07 Resultado Antes dos Tributos sobre o Lucro (11.549) ( ) ( ) 3.08 Imposto de Renda e Contribuição Social sobre o Lucro (5.505) (92.451) ( ) ( ) Corrente (6.561) (33.512) (6.589) (35.339) Diferido (58.939) ( ) ( ) 3.09 Resultado Líquido das Operações Continuadas (17.054) ( ) ( ) 3.11 Lucro/Prejuízo do Período (17.054) ( ) ( ) Atribuído a Sócios da Empresa (19.213) ( ) ( ) Atribuído a Sócios Não Controladores Lucro por Ação - (Reais/Ação) Lucro Básico por Ação ON (0,42000) 2,64000 (3,26000) (3,32000) Lucro Diluído por Ação ON (0,39000) 2,64000 (3,26000) (3,32000)

16 DFs Consolidadas / Demonstração do Resultado Abrangente (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Trimestre Atual 01/07/2016 a 30/09/2016 Acumulado do Atual Exercício 01/01/2016 a 30/09/2016 Igual Trimestre do Exercício Anterior 01/07/2015 a 30/09/2015 Acumulado do Exercício Anterior 01/01/2015 a 30/09/ Lucro Líquido do Período (17.054) ( ) ( ) 4.02 Outros Resultados Abrangentes ( ) Variação Cambial de Empresas Controladas Localizadas no Exterior ( ) Contabilidade de Hedge Resultado Abrangente do Período ( ) ( ) Atribuído a Sócios da Empresa (7.829) ( ) ( ) Atribuído a Sócios Não Controladores

17 DFs Consolidadas / Demonstração do Fluxo de Caixa - Método Indireto (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Acumulado do Atual Exercício 01/01/2016 a 30/09/2016 Acumulado do Exercício Anterior 01/01/2015 a 30/09/ Caixa Líquido Atividades Operacionais Caixa Gerado nas Operações Lucro Líquido do Exercício ( ) Variações Monetárias E Cambiais Líquidas ( ) Encargos de Juros Depreciação Amortização Imposto de Renda e Contribuição Social Diferidos Opções de Ações Participação de Minoritários (5.534) (1.198) Provisão para Créditos de Liquidação Duvidosa Provisão para Estoques Obsoletos Instrumentos Financeiros Derivativos (18.108) (47.636) Resultado de Equivalência Patrimonial (170) (584) Provisão para Perdas com Ativos Fixos Variações nos Ativos e Passivos (99.964) (26.229) Contas a Receber de Clientes (15.802) (86.936) Estoques (39.163) ( ) Impostos a Recuperar (18.451) Fornecedores (32.311) Tributos a Recolher Contas a Pagar por Contas de Longo Prazo (24.411) Imposto de Renda e Contribuição Social Pagos (17.884) Dividendos Outros Caixa Líquido Atividades de Investimento ( ) ( ) Vendas de Imobilizado, Investimentos e Intangível Adições de Imobilizado e Intangível ( ) ( ) Títulos e Valores Mobiliários (849) Crédito por Vendas de Imobilizado (208) Juros de Empréstimos Capitalizados (1.631) (1.170) Pagamentos por Aquisição de Investimentos (12.429) Caixa Líquido Atividades de Financiamento ( ) ( ) Ingressos de Empréstimos e Financiamentos Pagamentos de Empréstimos e Financiamentos ( ) ( ) Pagamentos de Juros sobre Empréstimos e Financiamentos ( ) ( ) Ações em Tesouraria (12.162) (43.101) Instrumentos Financeiros Derivativos Variação Cambial s/ Caixa e Equivalentes (69.913) Aumento (Redução) de Caixa e Equivalentes (94.269) ( ) Saldo Inicial de Caixa e Equivalentes Saldo Final de Caixa e Equivalentes

18 DFs Consolidadas / Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido / DMPL - 01/01/2016 a 30/09/2016 (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Capital Social Integralizado Reservas de Capital, Opções Outorgadas e Ações em Tesouraria Reservas de Lucro Lucros ou Prejuízos Acumulados Outros Resultados Abrangentes Patrimônio Líquido Participação dos Não Controladores Patrimônio Líquido 5.01 Saldos Iniciais ( ) Saldos Iniciais Ajustados ( ) Transações de Capital com os Sócios (56.634) (10.594) (7.228) - (7.228) Opções Outorgadas Reconhecidas Ações em Tesouraria Adquiridas - (13.547) (13.547) - (13.547) Realização de Reserva de Ágio na Emissão de Ações com Cancelamento de Ações em Tesouraria Redução de Capital para Cobertura Prejuízos de Anos Anteriores (60.000) Aumento de Capital com Opções de Ações Outorgadas Resultado Abrangente Total ( ) (7.829) Lucro Líquido do Período Outros Resultados Abrangentes ( ) ( ) ( ) AJustes de Conversão do Período ( ) ( ) ( ) Contabilidade de Hedge Saldos Finais de 58

19 DFs Consolidadas / Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido / DMPL - 01/01/2015 a 30/09/2015 (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Capital Social Integralizado Reservas de Capital, Opções Outorgadas e Ações em Tesouraria Reservas de Lucro Lucros ou Prejuízos Acumulados Outros Resultados Abrangentes Patrimônio Líquido Participação dos Não Controladores Patrimônio Líquido 5.01 Saldos Iniciais Saldos Iniciais Ajustados Transações de Capital com os Sócios - (40.096) (39.993) - (39.993) Opções Outorgadas Reconhecidas Ações em Tesouraria Adquiridas - (43.101) (43.101) - (43.101) Dividendos Resultado Abrangente Total ( ) ( ) ( ) Lucro Líquido do Período ( ) - ( ) ( ) Outros Resultados Abrangentes Ajustes de Conversão do Período Saldos Finais ( )

20 DFs Consolidadas / Demonstração do Valor Adicionado (Reais Mil) Código da Conta Descrição da Conta Acumulado do Atual Exercício 01/01/2016 a 30/09/2016 Acumulado do Exercício Anterior 01/01/2015 a 30/09/ Receitas Vendas de Mercadorias, Produtos e Serviços Outras Receitas Receitas referentes à Construção de Ativos Próprios Provisão/Reversão de Créds. Liquidação Duvidosa (6.165) (15.734) 7.02 Insumos Adquiridos de Terceiros ( ) ( ) Custos Prods., Mercs. e Servs. Vendidos ( ) ( ) Materiais, Energia, Servs. de Terceiros e Outros ( ) ( ) 7.03 Valor Adicionado Bruto Retenções ( ) ( ) Depreciação, Amortização e Exaustão ( ) ( ) 7.05 Valor Adicionado Líquido Produzido Vlr Adicionado Recebido em Transferência Resultado de Equivalência Patrimonial Receitas Financeiras Valor Adicionado Total a Distribuir Distribuição do Valor Adicionado Pessoal Impostos, Taxas e Contribuições Remuneração de Capitais de Terceiros Juros Aluguéis Outras Remuneração de Capitais Próprios ( ) Lucros Retidos/Prejuízo do Período ( ) Part. Não Controladores nos Lucros Retidos

21 1. Contexto operacional A Magnesita Refratários S.A. (a Companhia ou Magnesita ), controlada por meio de veículos de investimentos da GP Investments Ltd. e do Grupo Rhône, é uma companhia aberta listada no Novo Mercado da BM&F-BOVESPA que, juntamente com suas controladas, dedica-se, principalmente, à fabricação de refratários, produto essencial nos processos que utilizam temperaturas elevadas. Seus produtos são constituídos à base de magnesita, dolomita ou alumina e apresentam-se nas mais variadas formas, sendo as principais: tijolos, massas, argamassas e concretos. Aproveitando a sinergia com os clientes, a Companhia ainda presta serviços de montagem e manutenção refratária. Além disso, atua no segmento de processamento e comercialização de minerais industriais, como talco, magnésia cáustica e sinter de magnesita. Além da planta situada em Contagem, MG, Brasil (sede da Companhia), a Companhia possui controladas e controladas em conjunto, diretas e indiretas, holdings, plantas para produção, comerciais, de mineração ou não operacionais, que compõem as demonstrações financeiras consolidadas ( Grupo Magnesita ou Grupo ). Essas empresas estão descritas na Nota Aprovação das informações contábeis trimestrais As presentes demonstrações financeiras foram aprovadas para divulgação pelo Conselho de Administração da Companhia em 10 de novembro de Resumo das principais práticas contábeis 3.1. Base de preparação e apresentação das informações trimestrais As informações contábeis intermediárias individuais e consolidadas, aqui apresentadas sob os títulos de e, respectivamente, foram preparadas e estão sendo apresentadas de acordo com o CPC 21 (R1), Demonstrações Intermediárias, e com a norma internacional IAS 34 - Interim Financial Reporting, emitida pelo International Accounting Standards Board (IASB) de forma condizente com as normas expedidas pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), aplicáveis à elaboração das informações contábeis trimestrais. As práticas contábeis nestas informações financeiras intermediárias são consistentes com as práticas descritas na Nota Explicativa nº 3 das demonstrações financeiras da Companhia do exercício findo em 31 de dezembro de 2015, arquivadas na CVM, exceto pela adoção da contabilidade de cobertura, conforme prática descrita abaixo: Contabilidade de cobertura A Companhia utiliza determinados instrumentos financeiros derivativos, como swaps de taxa de juros para fornecer proteção contra o risco de variação das taxas de juros. Os instrumentos financeiros derivativos designados em operações de hedge são inicialmente reconhecidos ao valor justo na data em que o contrato de derivativo é contratado, sendo reavaliados subsequentemente também ao valor justo. Derivativos são apresentados como ativos financeiros quando o valor justo do instrumento for positivo, e como passivos financeiros quando o valor for negativo. Quaisquer ganhos ou perdas resultantes de mudanças no valor justo de derivativos durante o exercício são lançados diretamente na demonstração de resultado, com exceção da parcela eficaz dos hedges de fluxo de caixa, que é reconhecida diretamente no patrimônio líquido em outros resultados abrangentes e posteriormente reclassificada para o resultado quando o item de hedge afetar o resultado.

22 Para fins de contabilidade de hedge (hedge accounting), existem as seguintes classificações: a) Hedge de valor justo Ao fornecer proteção contra a exposição às alterações no valor justo de ativo ou passivo reconhecido ou de compromisso firme não reconhecido, ou de parte identificada de tal ativo, passivo ou compromisso firme, que seja atribuível a um risco particular e possa afetar o resultado. b) Hedge de fluxo de caixa Ao fornecer proteção contra a variação nos fluxos de caixa que seja atribuível a um risco particular associado a um ativo ou passivo reconhecido ou a uma transação prevista altamente provável e que possa afetar o resultado. No reconhecimento inicial de uma relação de hedge, a Companhia classifica formalmente e documenta a relação de hedge à qual a Companhia deseja aplicar contabilidade de hedge, bem como o objetivo e a estratégia de gestão de risco da Administração para levar a efeito o hedge. A documentação inclui a identificação do instrumento de hedge, o item ou transação objeto de hedge, a natureza do risco objeto de hedge, a demonstração prospectiva da eficácia da relação de hedge e a forma como a Companhia irá avaliar a eficácia do instrumento de hedge para fins de compensar a exposição a mudanças no valor justo do item objeto de hedge ou fluxos de caixa relacionados ao risco objeto de hedge. Quanto ao hedge de fluxos de caixa, a demonstração do caráter altamente provável da transação prevista no objeto do hedge, assim como os períodos previstos de transferência dos ganhos ou perdas decorrentes dos instrumentos de hedge do patrimônio líquido para o resultado, são também incluídos na documentação da relação de hedge. Espera-se que esses hedges sejam altamente eficazes para compensar mudanças no valor justo ou fluxos de caixa, sendo permanentemente avaliados para verificar se foram, de forma efetiva, altamente eficazes ao longo de todos os períodos-base para os quais foram destinados. Hedges que satisfazem os critérios para sua contabilidade são registrados da seguinte forma: a) Hedges a valor justo A mudança no valor justo de um derivativo de hedging é reconhecida na demonstração do resultado como custos financeiros. A mudança no valor justo do item objeto de hedge relacionada ao risco objeto de hedge é registrada como ajuste do valor contábil do item objeto de hedge, sendo também reconhecida na demonstração do resultado como custos financeiros. Para hedges a valor justo relacionados com itens contabilizados a custo amortizado, eventuais ajustes a valor contábil são amortizados por meio do resultado ao longo do prazo restante do hedge utilizando o método da taxa de juros efetiva. A amortização da taxa de juros efetiva pode ter início tão logo se faça um ajuste e durará, no máximo, até a data em que o item objeto de hedge deixa de ser ajustado para refletir mudanças no valor justo atribuível ao risco que está sendo objeto de hedge. Se o item objeto de hedge for baixado, o valor justo não amortizado deverá ser reconhecido imediatamente no resultado.

23 Quando um compromisso firme não reconhecido for designado como item objeto de hedge, a variação acumulada subsequente no valor justo do compromisso firme atribuível ao risco objeto de hedge será reconhecida como ativo ou passivo, com reconhecimento do correspondente ganho ou perda no resultado. A Companhia não possui hedge de valor justo o período em 30 de setembro de b) Hedges de fluxo de caixa A parte eficaz do ganho ou perda do investimento de hedge é reconhecida diretamente no patrimônio líquido em outros resultados abrangentes, enquanto a parte ineficaz do hedge é reconhecida no resultado financeiro. Quando a estratégia documentada da gestão de risco da Companhia para uma relação de hedge em particular excluir da avaliação da eficácia de hedge um componente específico do ganho ou perda, ou os respectivos fluxos de caixa do instrumento de hedge, esse componente do ganho ou perda excluído é reconhecido no resultado financeiro. Os valores contabilizados em outros resultados abrangentes são transferidos imediatamente para a demonstração do resultado quando, por exemplo, a receita ou despesa financeira objeto de hedge for reconhecida. Quando o item objeto de hedge for o custo de um ativo ou passivo não financeiro, os valores contabilizados no patrimônio líquido são transferidos ao valor contábil inicial do ativo ou passivo não financeiro. Se o instrumento de hedge expirar ou for vendido, encerrado ou exercido sem substituição ou rolagem (como parte da estratégia de hedging), ou se a sua classificação como hedge for revogada, ou quando a cobertura deixar de cumprir os critérios de contabilização de hedge, os ganhos ou perdas anteriormente reconhecidos no resultado abrangente permanecem separadamente no patrimônio líquido até que a transação prevista ocorra ou o compromisso firme seja cumprido. A Companhia utiliza determinados contratos swap de juros para oferecer proteção contra sua exposição a riscos de taxas de juros, conforme Nota Explicativa nº 5. As políticas contábeis foram aplicadas de maneira uniforme nos períodos apresentados, exceto quando indicado de outra forma. As informações contábeis trimestrais da controladora e do consolidado foram preparadas considerando o custo histórico como base de valor e ajustadas para refletir o valor justo de certos ativos e passivos financeiros (inclusive instrumentos derivativos) mensurados ao valor justo. A elaboração das informações contábeis trimestrais requer o uso de certas estimativas contábeis críticas e também o exercício de julgamento por parte da Administração da Companhia no processo de aplicação das práticas contábeis. Aquelas áreas que requerem maior nível de julgamento e possuem maior complexidade, bem como as áreas nas quais premissas e estimativas são significativas para a Companhia, foram divulgadas na Nota 4 das demonstrações financeiras consolidadas de 31 de dezembro de 2015, e não sofreram alterações para o período findo em 30 de setembro de Durante o período findo em 30 de setembro de 2016 não foram identificados indicadores de impairment que viessem requerer um refazimento do teste de impairment por parte da Companhia.

24 Considerando que não houve alterações relevantes em relação à composição e à natureza dos saldos apresentados nas demonstrações financeiras de 31 de dezembro de 2015, as Notas Explicativas a seguir estão apresentadas de forma condensada no trimestre findo em 30 de setembro de 2016: 18 - Provisão para demandas judiciais; 19 - Obrigações pós-emprego; e 22 - Plano de opção de compra de ações. No período findo em 30 de setembro de 2016 não foram emitidas novas normas, alterações e interpretações de normas além daquelas divulgadas na Nota 3.21 das demonstrações financeiras da Companhia do exercício findo em 31 de dezembro de 2015, bem como não ocorreram alterações em relação aos impactos esperados e divulgados nas referidas demonstrações financeiras que possam afetar as informações contábeis intermediárias do referido período Reclassificação Na Demonstração dos Fluxos de Caixa do período findo em 30 de setembro de 2016, a Companhia classificou o valor das operações com instrumentos financeiros derivativos liquidados como Fluxo de Caixa de Atividades de Financiamentos. Os saldos referentes às operações com instrumentos financeiros derivativos liquidados no período findo em de 30 de setembro de 2015, anteriormente classificados como Fluxo de Caixa de Atividades Operacionais, foram reclassificados para fins de comparabilidade. 4. Gestão de risco financeiro 4.1. Fatores de risco financeiro a) Risco de liquidez O excesso de caixa mantido pelas entidades operacionais, além do saldo exigido para administração do capital circulante, é gerenciado pela tesouraria. A tesouraria investe o excesso de caixa em contas correntes com incidência de juros, depósitos a prazo, depósitos de curto prazo e títulos e valores mobiliários, escolhendo instrumentos com vencimentos apropriados ou liquidez suficiente para fornecer margem suficiente conforme determinado pelas previsões acima mencionadas. Em 30 de setembro de 2016, o Grupo Magnesita mantinha equivalentes de caixa e títulos e valores mobiliários de R$ (31 de dezembro de R$ ) que se espera gerem prontamente entradas de caixa para administrar o risco de liquidez. b) Riscos de mercado i) Risco cambial O Grupo Magnesita atua internacionalmente e está exposto ao risco cambial decorrente de exposições a algumas moedas, principalmente com relação ao Dólar dos Estados Unidos e ao Euro. O risco cambial decorre de ativos e passivos reconhecidos e investimentos líquidos em operações no exterior. A política financeira do Grupo Magnesita destaca que as operações de derivativos têm como objetivos reduzir custos, diminuir a volatilidade no fluxo de caixa, proteger-se da exposição cambial e evitar o descasamento entre moedas.

25 Como medida preventiva e de redução dos efeitos da variação cambial, a Administração tem adotado como política efetuar operações de swap e ter ativos vinculados à correção cambial, conforme demonstrado a seguir: Em R$ mil - 30/09/2016 Em R$ mil - 31/12/2015 Outras Outras USD moedas Total USD moedas Total Ativos e passivos em moeda estrangeira Caixa e equivalentes de caixa Contas a receber, líquidas de provisão para riscos de crédito Fornecedores, passivo financeiro resultante da compra de matérias- -primas, empreiteiros e fretes ( ) (89.865) (56.780) ( ) ( ) ( ) (59.644) ( ) Empréstimos e financiamentos ( ) (10.564) (7.703) ( ) ( ) (9.745) (61.438) ( ) Instrumentos financeiros derivativos ( ) - ( ) ( ) Outros ativos (passivos) monetários líquidos no exterior (49.243) (10.305) (48.893) (39.525) (22.427) (6.305) (68.257) Exposição líquida ( ) ( ) (1.768) ( ) ( ) ( ) (9.339) ( ) A Administração procura mitigar os riscos de exposição cambial relacionados aos empréstimos através de transações realizadas nos Estados Unidos e Europa. Adicionalmente, contrata operações de instrumentos financeiros derivativos de forma a reduzir essa exposição. Na análise de sensibilidade do risco cambial, a Administração considerou como cenário provável o cenário esperado para o encerramento do exercício seguinte. Os cenários I e II foram calculados com deteriorações das taxas em 25% e 50%, respectivamente, sobre o cenário provável, considerando essas hipóteses para a data de 30 de setembro de 2016.

26 Essa análise leva à seguinte posição: Descrição Cenário Provável Cenário I Cenário II Exposição ao risco cambial (alta do Dólar) ( ) ( ) ( ) Taxa do Dólar em 30/09/2016 3,2462 3,2462 3,2462 Exposição ao risco cambial (conversão para Dólar) ( ) ( ) ( ) Taxa cambial estimada conforme cenário provável 3,2462 4,0578 4,8693 Diferença entre as taxas - 0,8116 1,6231 Efeito na despesa financeira (em reais) - ( ) ( ) Exposição ao risco cambial (alta do Euro) ( ) ( ) ( ) Taxa do Euro em 30/09/2016 3,6484 3,6484 3,6484 Exposição ao risco cambial (conversão para Euro) ( ) ( ) ( ) Taxa cambial estimada conforme cenário provável 3,6484 4,5605 5,4726 Diferença entre as taxas - 0,9121 1,8242 Efeito na despesa financeira (em reais) - ( ) ( ) ii) Risco de fluxo de caixa ou valor justo associado com a taxa de juros O risco de taxa de juros do Grupo Magnesita decorre de aplicações financeiras e de empréstimos e financiamentos. Os empréstimos adquiridos às taxas fixas expõem o Grupo Magnesita ao risco de valor justo associado à taxa de juros. A política financeira do Grupo Magnesita destaca que as operações de derivativos têm como objetivos reduzir o risco por meio da substituição de taxas de juros flutuante por taxas de juros fixa ou substituir as taxas de juros baseadas em índices internacionais por índices em moeda local. Durante 2016 e 2015, os empréstimos do Grupo Magnesita às taxas variáveis eram mantidos em Reais e Dólar dos Estados Unidos.

27 As taxas de juros contratadas para os empréstimos e financiamentos e títulos de dívida de longo prazo no passivo circulante e no passivo não circulante podem ser demonstradas conforme abaixo: 30/09/2016 % 31/12/2015 % 30/09/2016 % 31/12/2015 % Empréstimos e financiamentos CDI , , , ,7 LI BOR , , , , , , , ,0 Demais empréstimos não sujeitos a risco de taxas de juros Empréstimos pré-fixados , , , ,0 Títulos de divida de longo prazo pré-fixados , , , , , , , , , ,0 Os riscos de taxa de juros relacionados às aplicações financeiras estão demonstrados abaixo: 30/09/2016 % 31/12/2015 % 30/09/2016 % 31/12/2015 % CDI CDB e operações de renda fixa , , , ,9 Títulos e valores mobiliários , , , , , , , ,0 A Companhia não possui instrumentos financeiros derivativos para o gerenciamento de riscos referentes às oscilações das taxas de aplicações financeiras.

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ MULTIPLUS SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ MULTIPLUS SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ REIT SECURITIZADORA DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS S/A Versão : 1. Composição do Capital 1

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ REIT SECURITIZADORA DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS S/A Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

https://www.rad.cvm.gov.br/enet/frmprotocolo.aspx?codigoinstituicao=1&numero...

https://www.rad.cvm.gov.br/enet/frmprotocolo.aspx?codigoinstituicao=1&numero... ENET Protocolo Página 1 de 1 https://www.rad.cvm.gov.br/enet/frmprotocolo.aspx?codigoinstituicao=1&numero... 15/08/2011 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial

Leia mais

Informações Financeiras Trimestrais Magnesita Refratários S.A.

Informações Financeiras Trimestrais Magnesita Refratários S.A. Informações Financeiras Trimestrais Magnesita Refratários S.A. 30 de junho de 2015 com Relatório dos Auditores Independentes Edifício Phelps Offices Towers Rua Antônio de Albuquerque, 156 11º andar - Savassi

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ LOJAS AMERICANAS SA Versão : 1. Balanço Patrimonial Ativo 1. Balanço Patrimonial Passivo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ LOJAS AMERICANAS SA Versão : 1. Balanço Patrimonial Ativo 1. Balanço Patrimonial Passivo 2 Índice DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 1 Balanço Patrimonial Passivo 2 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 6 Demonstração do Fluxo de Caixa 7 Demonstração das Mutações

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ COMPANHIA DE BEBIDAS DAS AMÉRICAS-AMBEV Versão : 1. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ COMPANHIA DE BEBIDAS DAS AMÉRICAS-AMBEV Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ FRAS-LE SA Versão : 1. Balanço Patrimonial Ativo 1. Balanço Patrimonial Passivo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ FRAS-LE SA Versão : 1. Balanço Patrimonial Ativo 1. Balanço Patrimonial Passivo 2 Índice DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 1 Balanço Patrimonial Passivo 2 Demonstração do Resultado 3 Demonstração do Resultado Abrangente 4 Demonstração do Fluxo de Caixa 5 Demonstração das Mutações

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ CIA DE PARTICIPAÇÕES ALIANÇA DA BAHIA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ CIA DE PARTICIPAÇÕES ALIANÇA DA BAHIA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ AMBEV S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ AMBEV S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ AMBEV S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ AMBEV S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS Versão : 2. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS Versão : 2. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 6 Demonstração do Resultado 9 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ REIT SECURITIZADORA DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS S/AVersão : 1. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ REIT SECURITIZADORA DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS S/AVersão : 1. Composição do Capital 1 DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2015 - REIT SECURITIZADORA DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS S/AVersão : 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CENTRAIS ELETRICAS BRASILEIRAS SA Versão : 1. Balanço Patrimonial Ativo 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CENTRAIS ELETRICAS BRASILEIRAS SA Versão : 1. Balanço Patrimonial Ativo 1 Índice DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 1 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente 8 Demonstração do Fluxo de Caixa 9 Demonstração das Mutações

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ Harpia Ômega Participações S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ Harpia Ômega Participações S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Fluxo de Caixa 5 Demonstração das Mutações

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ BPMB I Participações S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ BPMB I Participações S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ BICICLETAS MONARK SA Versão : 3. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ BICICLETAS MONARK SA Versão : 3. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ ALPARGATAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ ALPARGATAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ BANCO BRADESCO S.A. Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ BANCO BRADESCO S.A. Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2016 - BANCO BRADESCO S.A. Versão : 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ BICICLETAS MONARK SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ BICICLETAS MONARK SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Indústrias Romi S.A. Informações Trimestrais - ITR em 30 de setembro de 2013 e relatório sobre a revisão de informações trimestrais

Indústrias Romi S.A. Informações Trimestrais - ITR em 30 de setembro de 2013 e relatório sobre a revisão de informações trimestrais Indústrias Romi S.A. Informações Trimestrais - ITR em 30 de setembro de 2013 e relatório sobre a revisão de informações trimestrais Relatório sobre a revisão de informações trimestrais Aos Administradores

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ BRASMOTOR SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ BRASMOTOR SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ AES TIETE ENERGIA S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ AES TIETE ENERGIA S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CENTRAIS ELETRICAS BRASILEIRAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CENTRAIS ELETRICAS BRASILEIRAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ SUL AMERICA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ SUL AMERICA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ EMBRAER S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ EMBRAER S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ EMBRAER S/A Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ EMBRAER S/A Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Elekeiroz S.A. Demonstrações contábeis de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil e com o IFRS em 31 de dezembro de 2013

Elekeiroz S.A. Demonstrações contábeis de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil e com o IFRS em 31 de dezembro de 2013 Elekeiroz S.. Demonstrações contábeis de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil e com o IFRS em 31 de dezembro de 2013 Balanço patrimonial tivo Circulante Nota 31 de dezembro de 2013 31 de

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ BRF - BRASIL FOODS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ BRF - BRASIL FOODS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ EMBRAER S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ EMBRAER S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ Harpia Ômega Participações S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ Harpia Ômega Participações S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

Iochpe-Maxion S.A. e Controladas

Iochpe-Maxion S.A. e Controladas Iochpe-Maxion S.A. e Controladas Informações Contábeis Intermediárias Individuais e Consolidadas Referentes aos Períodos de Três e Nove Meses Findos em 30 de Setembro de 2016 e Relatório sobre a Revisão

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ CPFL GERAÇÃO DE ENERGIA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ CPFL GERAÇÃO DE ENERGIA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Iochpe-Maxion S.A. e Controladas

Iochpe-Maxion S.A. e Controladas Iochpe-Maxion S.A. e Controladas Informações Contábeis Intermediárias Individuais e Consolidadas Referentes aos Períodos de Três e Nove Meses Findos em 30 de Setembro de 2017 e Relatório sobre a Revisão

Leia mais

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A.

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A. Balanço patrimonial em 31 de dezembro Ativo Passivo e patrimônio líquido Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa (Nota 6) 25.888 67.330 Fornecedores 4.797 8.340 Aplicações financeiras 3.341

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CENTRAIS ELETRICAS BRASILEIRAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CENTRAIS ELETRICAS BRASILEIRAS SA Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

SCCI SECURITIZADORA CRÉDITOS IMOBILIARIOS S.A. Relatório dos auditores independentes

SCCI SECURITIZADORA CRÉDITOS IMOBILIARIOS S.A. Relatório dos auditores independentes SCCI SECURITIZADORA CRÉDITOS IMOBILIARIOS S.A Relatório dos auditores independentes Demonstrações contábeis Em 30 de junho de 2013 AFMF/DEFM/AG/KG/GGA 3938/13 Tel.: +55 11 3848 5880 Rua Major Quedinho

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ BRASMOTOR SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ BRASMOTOR SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

Raízen Combustíveis S.A. Informações Financeiras Consolidadas Condensadas em 31 de dezembro de 2013 e relatório sobre a revisão de Informações

Raízen Combustíveis S.A. Informações Financeiras Consolidadas Condensadas em 31 de dezembro de 2013 e relatório sobre a revisão de Informações Informações Financeiras Consolidadas Condensadas em 31 de dezembro de 2013 e relatório sobre a revisão de Informações Financeiras Consolidadas Condensadas Relatório sobre a revisão de informações financeiras

Leia mais

RELATÓRIO DE REVISÃO DOS AUDITORES INDEPENDENTES Aos Acionistas e Administradores da IESA Projetos, Equipamentos e Montagens S.A. Araraquara - SP Introdução Revisamos as informações contábeis intermediárias,

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ BICICLETAS MONARK SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ BICICLETAS MONARK SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ BPMB I Participações S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ BPMB I Participações S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

Concessionária da Rodovia Sul- Matogrossense S.A.

Concessionária da Rodovia Sul- Matogrossense S.A. Concessionária da Rodovia Sul- Matogrossense S.A. Demonstrações Financeiras Intermediárias Referentes ao Semestre Findo em 30 de Junho de 2017 KPDS 197466 KPMG Auditores Independentes Rua Arquiteto Olavo

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ SARAIVA SA LIVREIROS EDITORES Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ SARAIVA SA LIVREIROS EDITORES Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Informações trimestrais em 30 de junho de 2014

Informações trimestrais em 30 de junho de 2014 Companhia de Locação das Américas Informações trimestrais em KPDS 93641 Conteúdo Comentário de desempenho do trimestre 3 Relatório sobre a revisão de informações trimestrais - ITR 5 Formulário de informações

Leia mais

Concessionária do Sistema Anhanguera- Bandeirantes S.A.

Concessionária do Sistema Anhanguera- Bandeirantes S.A. Concessionária do Sistema Anhanguera- Bandeirantes S.A. Demonstrações Financeiras Intermediárias Referentes ao Semestre Findo em 30 de Junho de 2017 KPDS 197153 KPMG Auditores Independentes Rua Arquiteto

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ SEIVA S.A. - FLORESTAS E INDÚSTRIAS Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ SEIVA S.A. - FLORESTAS E INDÚSTRIAS Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

Informações Trimestrais 31/03/2016. Localiza Rent a Car S.A. CNPJ/MF: /

Informações Trimestrais 31/03/2016. Localiza Rent a Car S.A. CNPJ/MF: / Informações Trimestrais 31/03/2016 Localiza Rent a Car S.A. CNPJ/MF: 16.670.085/0001 55 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo

Leia mais

Informações Trimestrais 31 de março de Reapresentado

Informações Trimestrais 31 de março de Reapresentado Informações Trimestrais - Reapresentado Condomínio São Luiz Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 1830 Torre I - 8º Andar - Itaim Bibi 04543-900 - São Paulo - SP - Brasil Tel: (5511) 2573-3000 ey.com.br

Leia mais

Demonstrações Financeiras Intermediárias 30 de junho de 2017

Demonstrações Financeiras Intermediárias 30 de junho de 2017 Demonstrações Financeiras Intermediárias 30 de junho de 2017 BRGAAP em R$ Demonstrações Financeiras Intermediárias Vale S.A. Conteúdo Página Relatório sobre a revisão de informações trimestrais - ITR 3

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ EMBRAER S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ EMBRAER S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ EMBRAER EMPR BRAS. DE AERONAUTICA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ EMBRAER EMPR BRAS. DE AERONAUTICA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CCR S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CCR S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente 8 Demonstração

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ GUARARAPES CONFECÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ GUARARAPES CONFECÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

RJCP EQUITY S.A Notas explicativas de 30 de junho de 2012 e 31 de março de 2012 (Em Reais)

RJCP EQUITY S.A Notas explicativas de 30 de junho de 2012 e 31 de março de 2012 (Em Reais) RJCP EQUITY S.A Notas explicativas de 30 de junho de 2012 e 31 de março de 2012 (Em Reais) 1. Contexto operacional A Companhia ( Sociedade ) foi constituída em 09 de agosto de 2006, com seu estatuto social

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ UNICASA INDUSTRIA DE MOVEIS S.A. Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ UNICASA INDUSTRIA DE MOVEIS S.A. Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ USINAS SIDERURGICAS DE MINAS GERAIS SA Versão : 3. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ USINAS SIDERURGICAS DE MINAS GERAIS SA Versão : 3. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ ODONTOPREV S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ ODONTOPREV S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ EMBRATEL PARTICIPAÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ EMBRATEL PARTICIPAÇÕES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Cosan S.A. Indústria e Comércio. Demonstrações financeiras intermediárias em 30 de junho de 2016

Cosan S.A. Indústria e Comércio. Demonstrações financeiras intermediárias em 30 de junho de 2016 Demonstrações financeiras intermediárias Demonstrações financeiras intermediárias Para os períodos findos de três e seis meses findos em 30 de Junho de 2016 Conteúdo Relatório sobre a revisão de informações

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ BM&F BOVESPA S/A - BOLSA DE VALORES, MERCADORIAS Versão E FUTUROS : 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ BM&F BOVESPA S/A - BOLSA DE VALORES, MERCADORIAS Versão E FUTUROS : 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ STARA S.A. - INDÚSTRIA DE IMPLEMENTOS AGRÍCOLAS Versão : 1. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ STARA S.A. - INDÚSTRIA DE IMPLEMENTOS AGRÍCOLAS Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente 6 Demonstração

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ EMBRAER S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ EMBRAER S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ ALIANSCE SHOPPING CENTERS S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ ALIANSCE SHOPPING CENTERS S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ ODONTOPREV S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ ODONTOPREV S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Balanço patrimonial em 31 de dezembro Em milhares de reais

Balanço patrimonial em 31 de dezembro Em milhares de reais Balanço patrimonial em 31 de dezembro Em milhares de reais Ativo 2016 2015 Passivo e patrimônio líquido 2016 2015 Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa (Nota 6) 25.431 27.730 Fornecedores

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ EMBRAER S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ EMBRAER S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

R E L A T Ó R I O D E T R Ê S M E S E S

R E L A T Ó R I O D E T R Ê S M E S E S 2011 R E L A T Ó R I O D E T R Ê S M E S E S PRINCIPAIS INDICADORES RECEITA em milhões de CHF LUCRO BRUTO em milhões de CHF Margem 3200 2800 2400 2000 1600 1200 800 400 0 2007 2008 2009 1600 60 % 1400

Leia mais

Hotel Ibis Budget Manaus. Informações Financeiras Intermediárias de Propósito Especial Referente ao Segundo Trimestre de 2017.

Hotel Ibis Budget Manaus. Informações Financeiras Intermediárias de Propósito Especial Referente ao Segundo Trimestre de 2017. Hotel Ibis Budget Manaus Informações Financeiras Intermediárias de Propósito Especial Referente ao Segundo Trimestre de 2017. BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE JUNHO DE 2017 ATIVOS 30/06/2017 31/12/2016 PASSIVOS

Leia mais

Rodovias das Colinas S.A.

Rodovias das Colinas S.A. Rodovias das Colinas S.A. Informações Financeiras Intermediárias Referentes ao Trimestre Findo em 30 de Junho de 2017 e Relatório sobre a Revisão de Informações Trimestrais Deloitte Touche Tohmatsu Auditores

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ BPMB I Participações S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ BPMB I Participações S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

OI S.A. EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL

OI S.A. EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL OI S.A. EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL Informações contábeis intermediárias para o trimestre findo em 31 de março de 2017 e relatório de revisão dos auditores independentes sobre a revisão das informações contábeis

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CIA HERING Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CIA HERING Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ COMPANHIA DE FIACAO E TECIDOS CEDRO E CACHOEIRA Versão : 1. Composição do Capital 1

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ COMPANHIA DE FIACAO E TECIDOS CEDRO E CACHOEIRA Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 6 Demonstração

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ INDÚSTRIAS ROMI S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ INDÚSTRIAS ROMI S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente 7 Demonstração

Leia mais

2. APRESENTAÇÃO E ELABORAÇÃO DAS INFORMAÇÕES CONTÁBEIS Apresentação das informações contábeis intermediárias individuais

2. APRESENTAÇÃO E ELABORAÇÃO DAS INFORMAÇÕES CONTÁBEIS Apresentação das informações contábeis intermediárias individuais TEREOS INTERNACIONAL S.A. NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS INTERMEDIÁRIAS INDIVIDUAIS PARA O PERIODO DE NOVE MESES FINDO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2014 (Valores expressos em milhões de reais

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ SUZANO HOLDING S.A. (EX-NEMOFEFFER S.A.) Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/ SUZANO HOLDING S.A. (EX-NEMOFEFFER S.A.) Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Demonstrações Financeiras em 31 de dezembro de 2014, 2013 e 2012 Reapresentado

Demonstrações Financeiras em 31 de dezembro de 2014, 2013 e 2012 Reapresentado Demonstrações Financeiras em Reapresentado Condomínio São Luiz Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 1830 Torre I - 8º Andar - Itaim Bibi 04543-900 - São Paulo - SP - Brasil Tel: (5511) 2573-3000 ey.com.br

Leia mais

ADVANCED DIGITAL HEALTH MEDICINA PREVENTIVA S.A. Relatório de revisão do auditor independente

ADVANCED DIGITAL HEALTH MEDICINA PREVENTIVA S.A. Relatório de revisão do auditor independente ADVANCED DIGITAL HEALTH MEDICINA PREVENTIVA S.A. Relatório de revisão do auditor independente Demonstrações contábeis intermediárias Em 31 de março de 2017 JC/RM/LJP/LCSM 2987/17 Demonstrações contábeis

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ ROSSI RESIDENCIAL SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/ ROSSI RESIDENCIAL SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

Demonstrações Financeiras Intermediárias 30 de setembro de 2017

Demonstrações Financeiras Intermediárias 30 de setembro de 2017 Demonstrações Financeiras Intermediárias 30 de setembro de 2017 BRGAAP em R$ Demonstrações Financeiras Intermediárias Vale S.A. Conteúdo Página Relatório sobre a revisão de informações trimestrais - ITR

Leia mais

IX ENCONTRO DE AUDITORES

IX ENCONTRO DE AUDITORES IX ENCONTRO DE AUDITORES E PERITOS DO ES Relatório dos Auditores Independentes - uma análise crítica - Eduardo Assumpção IX ENCONTRO DE AUDITORES E PERITOS DO ES Cursos Pontuados pelo PEC do CFC Atualização

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ JBS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/ JBS SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 6 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

OI S.A. (Em recuperação judicial)

OI S.A. (Em recuperação judicial) OI S.A. (Em recuperação judicial) Informações contábeis intermediárias para o trimestre findo em 30 de junho de 2017 e relatório de revisão dos auditores independentes sobre a revisão das informações contábeis

Leia mais

Demonstrações Financeiras Rede D Or São Luiz S.A.

Demonstrações Financeiras Rede D Or São Luiz S.A. Demonstrações Financeiras Rede D Or São Luiz S.A. com Relatório dos Auditores Independentes sobre as Demonstrações Financeiras Demonstrações financeiras Índice Relatório dos auditores independentes sobre

Leia mais

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE NOVEMBRO DE 2015 (Em R$ Mil)

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE NOVEMBRO DE 2015 (Em R$ Mil) CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE NOVEMBRO DE 2015 CNPJ 47.902.648/0001-17 ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Caixa e Equivalentes de Caixa 11.859 Fornecedores 40.112 Contas a Receber 77.159

Leia mais

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE JULHO DE 2013 (Em R$ Mil)

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE JULHO DE 2013 (Em R$ Mil) CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE JULHO DE 2013 CNPJ 47.902.648/0001-17 ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Caixa e Bancos 314 Fornecedores 36.047 Aplicações Financeiras 2.323 Provisão Férias

Leia mais

Dersa Desenvolvimento Rodoviário S.A. Balanços patrimoniais

Dersa Desenvolvimento Rodoviário S.A. Balanços patrimoniais Balanços patrimoniais em 31 de dezembro de 2014 e 2013 Ativo Nota 2014 2013 Passivo Nota 2014 2013 (Ajustado) (Ajustado) Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 5 48.650 835 Fornecedores 10

Leia mais

Raízen Combustíveis S.A.

Raízen Combustíveis S.A. Raízen Combustíveis S.A. Informações contábeis intermediárias consolidadas condensadas em 30 de setembro de 2016 e relatório de revisão dos auditores independentes) KPDS 166933 Raízen Combustíveis S.A.

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CIA HERING Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CIA HERING Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ SUL AMERICA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ SUL AMERICA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 7 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Contabilidade ESTRUTURA PATRIMONIAL SITUAÇÃO LÍQUIDA (PATRIMÔNIO LÍQUIDO) FLUXO DE RECURSOS. Fluxo dos recursos SÍNTESE DO FUNCIONAMENTO DAS CONTAS

Contabilidade ESTRUTURA PATRIMONIAL SITUAÇÃO LÍQUIDA (PATRIMÔNIO LÍQUIDO) FLUXO DE RECURSOS. Fluxo dos recursos SÍNTESE DO FUNCIONAMENTO DAS CONTAS ESTRUTURA PATRIMONIAL Patrimônio = Bens + Direitos ( ) Obrigações SITUAÇÃO LÍQUIDA (PATRIMÔNIO LÍQUIDO) Ativo ( ) Passivo = Situação Líquida (Patrimônio Líquido) FLUXO DE RECURSOS ATIVO Aplicação dos Recursos

Leia mais

Acer Consultores em Imóveis S/A

Acer Consultores em Imóveis S/A Acer Consultores em Imóveis S/A Demonstrações Contábeis acompanhadas do Parecer dos Auditores Independentes Em 30 de Junho de 2007 e 31 de Dezembro de 2006 e 2005 Parecer dos auditores independentes Aos

Leia mais

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE NOVEMBRO DE 2009 (Em R$ Mil)

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE NOVEMBRO DE 2009 (Em R$ Mil) CNPJ 47.902.648/0001-17 CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE NOVEMBRO DE 2009 ATIVO PASSIVO CIRCULANTE CIRCULANTE Caixa e Bancos 207 Fornecedores 34.860 Aplicações Financeiras 4.887 Provisão Férias e Encargos

Leia mais

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 (Em R$ Mil)

CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 (Em R$ Mil) CNPJ 47.902.648/0001-17 CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 28 DE FEVEREIRO DE 2011 ATIVO PASSIVO ATIVO CIRCULANTE PASSIVO CIRCULANTE Caixa e Bancos 46 Fornecedores 41.785 Aplicações Financeiras 5.541 Provisão

Leia mais

CNPJ / CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE JUNHO DE 2017 (Em R$ Mil)

CNPJ / CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE JUNHO DE 2017 (Em R$ Mil) CET - BALANÇO PATRIMONIAL EM 30 DE JUNHO DE 2017 CNPJ 47.902.648/0001-17 ATIVO PASSIVO CIRCULANTE CIRCULANTE Caixa e Equivalentes de Caixa 23.605 Fornecedores 29.103 Contas a Receber 7.623 Provisão Férias

Leia mais

Fleury S.A. Informações Trimestrais - ITR em 30 de junho de 2012 e relatório sobre a revisão de informações trimestrais

Fleury S.A. Informações Trimestrais - ITR em 30 de junho de 2012 e relatório sobre a revisão de informações trimestrais Informações Trimestrais - ITR em 30 de junho de 2012 e relatório sobre a revisão de informações trimestrais Relatório sobre a revisão de informações trimestrais Aos Administradores e Acionistas Fleury

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CIA HERING Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ CIA HERING Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Demonstrações Contábeis Obrigatórias

Demonstrações Contábeis Obrigatórias ESTRUTURA DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS NO BRASIL Demonstrações Contábeis Obrigatórias Balanço Patrimonial (BP) Demonstração do Resultado do Exercício (DRE) Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido

Leia mais

31/03/ /12/ /03/ /12/2015 Caixa e Bancos Aplicações financeiras

31/03/ /12/ /03/ /12/2015 Caixa e Bancos Aplicações financeiras NOTAS EXPLICATIVAS DAS INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS - ITR (Em milhares de Reais, exceto quando indicado de outra forma) 1 - CONTEXTO OPERACIONAL Bicicletas Monark S.A. ( Companhia ) tem por objetivo a industrialização

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ MINUPAR PARTICIPACOES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/ MINUPAR PARTICIPACOES SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais