I Fórum sobre Controle da Verminose em Pequenos Ruminantes no Nordeste Brasileiro

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "I Fórum sobre Controle da Verminose em Pequenos Ruminantes no Nordeste Brasileiro"

Transcrição

1 I Fórum sobre Controle da Verminose em Pequenos Ruminantes no Nordeste Brasileiro Laboratório de Doenças Parasitárias do Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias da Faculdade de Veterinária da Universidade Estadual do Ceará E Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Caprinos e Ovinos SETEMBRO 2011

2 Introdução A produção de ovinos e caprinos tem sido estimulada no Brasil na tentativa de garantir à população uma fonte de renda, além de fornecer carne e leite, fontes protéicas, que passam a fazer parte da dieta desta população. Segundo dados do IBGE, o rebanho brasileiro de ovinos foi de 16,812 milhões e o rebanho caprino de 9,164 milhões no ano de No entanto, estes rebanhos sofrem grandes perdas econômicas devido ao parasitismo por nematóides gastrintestinais pois provoca diminuição na produção de carne, leite, além de elevada mortalidade no período chuvoso. O controle de nematoides gastrintestinais de pequenos ruminantes vem sendo realizado através do uso de anti-helmínticos sintéticos. Entretanto, este procedimento apresenta alguns problemas como altos custos, resíduos nos alimentos, risco de contaminação ambiental, e o desenvolvimento de populações de nematóides resistentes a todas as classes de anti-helmínticos Por essas razões, a busca por alternativas para o controle dos nematóides gastrintestinais é de grande importância. Antes do advento da resistência anti-helmintica indicava-se o tratamento de todos os animais do rebanho, ou seja, tratamento em massa, de forma a reduzir a contaminação das pastagens. No Nordeste brasileiro, região semi-árida, esses estudos demonstraram que, no período chuvoso, as condições ambientais são ótimas para o desenvolvimento dos estágios de vida livre dos parasitos e as pastagens apresentam elevada população de larvas infectantes. Enquanto no período seco, as condições ambientais são desfavoráveis, logo, os parasitos se concentram no trato gastrintestinal dos animais. Com base neste conhecimento, foi estabelecido um método de controle estratégico recomendado pela EMBRAPA-CNPCO que consistia em medicar o rebanho quando as condições climáticas da região são desfavoráveis ao desenvolvimento e sobrevivência dos estágios de vida livre no ambiente, sendo então recomendados quatro tratamentos anuais, sendo três durante a época seca, e um no período chuvoso. Após o advento da resistência anti-helmintica em nematoides de pequenos ruminantes existe uma nova tendência mundial envolvendo a manutenção de populações in refugia para contribuir para o retardamento no desenvolvimento da resistência anti-helmíntica. Como um dos principais fatores envolvidos no desenvolvimento de resistência anti-helmíntica é a freqüência de tratamentos, uma estratégia que vem sendo investigada é o emprego de tratamentos seletivos. O tratamento seletivo visa atingir animais-alvo que serão tratados, pois serão mais beneficiados pelo tratamento ou serão os maiores responsáveis pela contaminação da pastagem. Neste contexto, diversas propostas de tratamentos anti-helmínticos

3 seletivos vêm sendo pesquisadas na tentativa de reestabelecer a eficácia dos produtos anti-helmínticos atualmente disponíveis para pequenos ruminantes. Entre as propostas de tratamento seletivo, o método FAMACHA vem sendo amplamente usado em diversas associações com outras propostas de manejo para o controle das nematodioses gastrintestinais de ovinos e caprinos. No entanto este método apresenta limitações práticas para grandes rebanhos e pelo fato de dirigir-se apenas ao diagnostico da Hemonchose, havendo necessidade de pesquisar outros métodos para identificação de animais-alvo. Dentre as muitas alternativas que vêm sendo pesquisadas para o controle das verminoses, existe o estudo com plantas medicinais. A aceitação do mercado consumidor por alimentos orgânicos ou naturais e o aumento do consumo destes produtos têm reforçado o interesse pela busca de alternativas para o controle das diversas doenças em animais de produção. Diante do exposto, fica evidente a necessidade da realização de um trabalho conjunto de pesquisadores, veterinários, técnicos para elaboração de proposta de controle da verminose na região Nordeste, na tentativa de levar aos produtores de pequenos ruminantes um programa de tratamento para retardar o aparecimento da resistência anti-helmíntica assim como produzir carne e leite de qualidade para a população. Objetivo Reunir pesquisadores, professores, técnicos e alunos de pós-graduação que atuam na área de parasitologia veterinária para debater e indicar soluções para os problemas atuais da verminose em pequenos ruminantes do Nordeste brasileiro. Metas o Elaborar uma cartilha dirigida ao produtor contendo orientações para o controle da verminose em pequenos ruminantes o Estabelecer grupos de pesquisa de acordo com proximidade geográfica e disponibilidade de material a fim de esclarecer os grandes temas atuais o Atualização de técnicos que trabalham no campo Programação Dia 5 de Setembro 8:00-8:30 Abertura Dr. Celio Pires (Diretor da Favet), Dr. Jose Filho (Presidente CRMV-CE) e Dr. Nelio (Diretor da área de Sanidade Animal da ADAGRI) e Dr. Evandro Vasconcelos Holanda Júnior (Chefe Geral da EMBRAPA) 9:00 10:30 Mesa Redonda

4 Presidente da Mesa: Dra. Ana Lourdes Camurça Vasconcelos (UECE/PPGCV) Tema: Situação do Controle da Verminose de Pequenos Ruminantes nos estados da Paraiba, Pernambuco, Bahia Palestrantes: Dra. Ana Celia Rodrigues Athayde (Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba) Dra. Lucilene Simões Mattos (Universidade Federal de Pernambuco) Dra. Angela Ornelas de Almeida (Universidade Federal da Bahia) 10:30 10:45 Coffee break 10:55 12:30 Mesa Redonda Presidente Dr. Luiz da Silva Vieira (EMBRAPA/CNPCO) Tema: Situação do Controle da Verminose de Pequenos Ruminantes nos estados do Rio Grande do Norte, Ceará e Maranhão Palestrantes: Dra. Silvia Ahid (UFERSA) Msc Iara Tersia Macedo Freitas (Ceará) Dra. Izabella Cabral Hassum (Universidade Federal do Piauí) Dr. Livio Costa Junior (Maranhão) 12:30 14:00 Almoço 14:00 14:30 Um palestrante ADAGRI (apresentação e debate) 14:30 15:30 Mesa Redonda Tema: Alternativas atuais de Controle da Verminose Presidente : Dra. Claudia Bevilaqua Palestrantes: Dra. Ana Lourdes Camurça Vasconcelos (TST ett) Dr. Luiz Vieira (Famacha) 15:30 16:00 Coffee break 16:00 18:00 Mesa Redonda Tema: Alternativas atuais de Controle da Verminose Presidente: Dra. Lucilene Simões Matos Palestrantes: Lilian Giotto Zaros (Animais resistentes) Lorena Mayana de Oliveira (fitoterapicos e nutraceuticos) Dia 6 de Setembro 8:00 10:00 - Formação de grupos de pesquisa e Temas de pesquisa Coordenadora: Iara Tersia Macedo Freitas 10:00 10:15 Coffee break

5 10:15 12:00 Propostas de controle (Resposta a pergunta: Doutor estou com problema de verminose no rebanho, O QUE DEVE FAZER?) grupos de debate Coordenador do debate: Dr. Livio Costa Junior 12:00-14:00 Almoço 14:00 15:30 - Cartilha produtor Coordenador: Dr. Cesar Cavalcante (EMBRAPA/CNPCO) 15:30 15:45 Coffee break 15:45 18:00 Conclusão Final - Dra. Claudia Bevilaqua

I FÓRUM SOBRE CONTROLE DA VERMINOSE EM PEQUENOS RUMINANTES NO NORDESTE BRASILEIRO

I FÓRUM SOBRE CONTROLE DA VERMINOSE EM PEQUENOS RUMINANTES NO NORDESTE BRASILEIRO I FÓRUM SOBRE CONTROLE DA VERMINOSE EM PEQUENOS RUMINANTES NO NORDESTE BRASILEIRO Universidade Estadual do Ceará Faculdade de Medicina Veterinária Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias Laboratório

Leia mais

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Caprinos e Ovinos Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Doenças parasitárias de

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Caprinos e Ovinos Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Doenças parasitárias de Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Caprinos e Ovinos Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Doenças parasitárias de caprinos e ovinos epidemiologia e controle Antonio Cézar

Leia mais

AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTI-HELMÍNTICA DO EXTRATO AQUOSO DE CHENOPODIUM AMBROSIOIDES (MASTRUZ) SOBRE NEMATÓDEOS GASTRINTESTINAIS DE OVINOS

AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTI-HELMÍNTICA DO EXTRATO AQUOSO DE CHENOPODIUM AMBROSIOIDES (MASTRUZ) SOBRE NEMATÓDEOS GASTRINTESTINAIS DE OVINOS AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTI-HELMÍNTICA DO EXTRATO AQUOSO DE CHENOPODIUM AMBROSIOIDES (MASTRUZ) SOBRE NEMATÓDEOS GASTRINTESTINAIS DE OVINOS Eidi Yoshihara Dr. Pesquisador Científico/ Polo Alta Sorocabana/APTA

Leia mais

AÇÕES EM PARASITOLOGIA VETERINÁRIA PARA O DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL DO ALTO URUGUAI CATARINENSE

AÇÕES EM PARASITOLOGIA VETERINÁRIA PARA O DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL DO ALTO URUGUAI CATARINENSE I Mostra de Iniciação Científica I MIC 23 e 24 de setembro de 2011 Instituto Federal Catarinense Campus Concórdia Concórdia SC INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CAMPUS CONCÓRDIA AÇÕES EM PARASITOLOGIA VETERINÁRIA

Leia mais

I SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MICROBIOLOGIA DO RÚMEN 06 e 07 de Novembro de 2015

I SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MICROBIOLOGIA DO RÚMEN 06 e 07 de Novembro de 2015 I SIMPÓSIO BRASILEIRO DE MICROBIOLOGIA DO RÚMEN 06 e 07 de Novembro de 2015 Realização: Universidade Federal de Mato Grosso UFMT Empresa Matogrossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural EMPAER Instituto

Leia mais

AVALIAÇÃO DA EFICÁCIA ANTI-HELMÍNTICA EM REBANHO OVINO DO ALTO URUGUAI CATARINENSE

AVALIAÇÃO DA EFICÁCIA ANTI-HELMÍNTICA EM REBANHO OVINO DO ALTO URUGUAI CATARINENSE I Mostra de Iniciação Científica I MIC 23 e 24 de setembro de 2011 Instituto Federal Catarinense Campus Concórdia Concórdia SC INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CAMPUS CONCÓRDIA AVALIAÇÃO DA EFICÁCIA ANTI-HELMÍNTICA

Leia mais

INSTITUIÇÃO: ÁREA TEMÁTICA:

INSTITUIÇÃO: ÁREA TEMÁTICA: TÍTULO: PROGRAMA DE CONTROLE DAS VERMINOSES DE CAPRINOS E OVINOS DA REGIÃO SEMI-ÁRIDA DA PARAÍBA: UMA ATIVIDADE EXTENSIONISTA DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA/UFCG AUTORES: Araújo-Lima, R. C.; Almeida,

Leia mais

ASPECTOS SANITÁRIOS DA CAPRINOCULTURA E OVINOCULTURA NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

ASPECTOS SANITÁRIOS DA CAPRINOCULTURA E OVINOCULTURA NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE ASPECTOS SANITÁRIOS DA CAPRINOCULTURA E OVINOCULTURA NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Vanderlan Warlington Souza dos Santos 1 ; Lauana Borges Santiago 2 ; Francisco Selmo Fernandes Alves 3 ; Daniele Alves

Leia mais

Bancos de proteína abandonados o que fazer frente aos desafios e inovações atuais do setor?

Bancos de proteína abandonados o que fazer frente aos desafios e inovações atuais do setor? Bancos de proteína abandonados o que fazer frente aos desafios e inovações atuais do setor? Francisco Eden Paiva Fernandes Zootecnista Embrapa Caprinos Esquema Contexto Banco de proteína conceitos, implantação

Leia mais

RELATÓRIO FINAL DE PROJETOS DE EXTENSÃO - PBAEX. Anexo V

RELATÓRIO FINAL DE PROJETOS DE EXTENSÃO - PBAEX. Anexo V RELATÓRIO FINAL DE PROJETOS DE EXTENSÃO - PBAEX REGISTRO PROEX N /2015 1 - DADOS DE IDENTIFICAÇÃO CÂMPUS: Amajari Anexo V TÍTULO PROJETO: DIAGNOSTICO E CONTROLE DA VERMINOSE DE BOVINOS NA REGIÃO DA VILA

Leia mais

Universidade Estadual do Maranhão Centro de Ciências Agrárias II SEMANA ACADÊMICA DAS CIÊNCIAS AGRÁRIAS São Luís/MA, 28 a 30 de agosto de 2013

Universidade Estadual do Maranhão Centro de Ciências Agrárias II SEMANA ACADÊMICA DAS CIÊNCIAS AGRÁRIAS São Luís/MA, 28 a 30 de agosto de 2013 PROGRAMAÇÃO 28 DE AGOSTO DE 2013 HORÁRIO ATIVIDADES LOCAL 08:00h 09:00h Recepção aos participantes e entrega de material Área de vivência 09:00h 12:00h 12:00h 13:30h Solenidade de abertura Auditório 1

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS VETERINÁRIAS INSTITUTO DE VETERINÁRIA

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS VETERINÁRIAS INSTITUTO DE VETERINÁRIA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS VETERINÁRIAS INSTITUTO DE VETERINÁRIA Análise dos fatores DEPARTAMENTO de risco relacionados DE à PARASITOLOGIA resistência

Leia mais

Universidade Estadual do Maranhão Centro de Ciências Agrárias II SEMANA ACADÊMICA DAS CIÊNCIAS AGRÁRIAS São Luís/MA, 28 a 30 de agosto de 2013

Universidade Estadual do Maranhão Centro de Ciências Agrárias II SEMANA ACADÊMICA DAS CIÊNCIAS AGRÁRIAS São Luís/MA, 28 a 30 de agosto de 2013 PROGRAMAÇÃO PRELIMINAR 28 DE AGOSTO DE 2013 HORÁRIO ATIVIDADES LOCAL 08:00h 09:00h 09:00h 13:30h Recepção aos participantes e entrega de material Solenidade de abertura INTERVALO PARA ALMOÇO : Área: Tema:

Leia mais

Cooperação Técnica entre a Embrapa Gado de Corte e a Prefeitura para Capacitação de Alunos da Agroescola Municipal

Cooperação Técnica entre a Embrapa Gado de Corte e a Prefeitura para Capacitação de Alunos da Agroescola Municipal Cooperação Técnica entre a Embrapa Gado de Corte e a Prefeitura para Capacitação de Alunos da Agroescola Municipal Fórum CONFAP 23 DE MAIO DE 2013, SÃO PAULO, SP Pedro Paulo Pires Chefe adjunto TT Embrapa

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA CAMPUS: São Mateus CURSO: Agronomia DEPARTAMENTO RESPONSÁVEL: Ciências Agrárias e Biológicas-DCAB PROFESSOR RESPONSÁVEL: Thasia Martins Macedo CÓDIGO DISCIPLINA OU ESTÁGIO PERIODIZAÇÃO

Leia mais

Laetitia Marie Louise Chadouteaud Solteira 27 anos

Laetitia Marie Louise Chadouteaud Solteira 27 anos Laetitia Marie Louise Chadouteaud Solteira 27 anos Contatos Americana-SP Telefone: (19)99895-4127 e-mail: laetitia@zootecnista.com.br Formações Graduada em Zootecnia Universidade Estadual Paulista "Júlio

Leia mais

Desafios e Perspectivas da Produção Animal no Semiárido frente às Mudanças Climáticas e a Disponibilidade Hídrica

Desafios e Perspectivas da Produção Animal no Semiárido frente às Mudanças Climáticas e a Disponibilidade Hídrica Desafios e Perspectivas da Produção Animal no Semiárido frente às Mudanças Climáticas e a Disponibilidade Hídrica Gherman Garcia Leal de Araújo Pesquisador Embrapa Semiárido Fortaleza-CE Junho - 2016 Sumário

Leia mais

RESSALVA. Atendendo solicitação do autor, o texto completo desta tese será disponibilizado somente a partir de 04/04/2016.

RESSALVA. Atendendo solicitação do autor, o texto completo desta tese será disponibilizado somente a partir de 04/04/2016. RESSALVA Atendendo solicitação do autor, o texto completo desta tese será disponibilizado somente a partir de 04/04/2016. UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA UNESP CÂMPUS DE JABOTICABAL CARACTERIZAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA

Leia mais

Quantidade de Acessos / Plano de Serviço / Unidade da Federação - Novembro/2007

Quantidade de Acessos / Plano de Serviço / Unidade da Federação - Novembro/2007 Quantidade de Acessos / Plano de Serviço / Unidade da Federação - Novembro/2007 REGIÃO NORTE 5.951.408 87,35 861.892 12,65 6.813.300 RONDÔNIA 760.521 88,11 102.631 11,89 863.152 ACRE 298.081 85,86 49.094

Leia mais

Acre Previsão por Coeficiente no Estado

Acre Previsão por Coeficiente no Estado Acre 0,6 121.073,55 262.729,59 0,8 161.431,39 350.306,12 1,0 201.789,24 437.882,66 1,2 242.147,09 525.459,19 1,4 - - 1,6 322.862,79 700.612,25 1,8 363.220,64 788.188,78 2,0 - - 2,2 - - 2,4 - - 2,6 524.652,03

Leia mais

Dia 25/07 II Semana da Zootecnia. 8h às 9h Inscrição e credenciamento. 9h às 9h30 Cerimônia de abertura

Dia 25/07 II Semana da Zootecnia. 8h às 9h Inscrição e credenciamento. 9h às 9h30 Cerimônia de abertura Dia 25/07 II Semana da Zootecnia 8h às 9h Inscrição e credenciamento 9h às 9h30 Cerimônia de abertura 9h30 às 10h30 Palestra Produção de rumantes: Sistemas de criação de bovinos, ovinos, caprinos e bubalinos

Leia mais

Situação do Controle da Verminose de Pequenos Ruminantes no Estado da Paraíba, Brasil

Situação do Controle da Verminose de Pequenos Ruminantes no Estado da Paraíba, Brasil Situação do Controle da Verminose de Pequenos Ruminantes no Estado da Paraíba, Brasil Ana Célia Rodrigues Athayde 1, Vinícius Longo Ribeiro Vilela 2, Thais Ferreira Feitosa 3, Wilson Wouflan Silva 1 1

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: Cariri, parasitas, larvas, ovos, verminose

PALAVRAS-CHAVE: Cariri, parasitas, larvas, ovos, verminose Revista Brasileira de Higiene e Sanidade Animal Print version ISSN 1981 2965 Revista Brasileira de Higiene e Sanidade Animal, v. 03, n. 02, p. 01 06, 2009 http://dx.doi.org/10.5935/1981-2965.20090003 Artigo

Leia mais

RESISTÊNCIA DE LARVAS DE HELMINTOS EM PASTAGENS COM OVINOS

RESISTÊNCIA DE LARVAS DE HELMINTOS EM PASTAGENS COM OVINOS REVISTA CIENTÍFICA ELETRÔNICA DE MEDICINA VETERINÁRIA - ISSN 1679-7353 PUBLICAÇÃO CI ENTÍFICA DA FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA DE GARÇA/FAMED ANO IV, NÚMERO, 08, JANEIRO DE 2007. PERIODICIDADE:

Leia mais

Relatório. II Simpósio Desafios da Fertilidade do Solo na Região do Cerrado. 20, 21 e 22 de julho de 2016

Relatório. II Simpósio Desafios da Fertilidade do Solo na Região do Cerrado. 20, 21 e 22 de julho de 2016 Relatório II Simpósio Desafios da Fertilidade do Solo na Região do Cerrado 20, 21 e 22 de julho de 2016 Promoção: Organização: Universidade de São Paulo Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Projeto

Leia mais

Nematódeos resistentes a anti-helmíntico em rebanhos de ovinos e caprinos do estado do Ceará, Brasil

Nematódeos resistentes a anti-helmíntico em rebanhos de ovinos e caprinos do estado do Ceará, Brasil Ciência Rural, Nematódeos Santa Maria, resistentes v.33, a n.2, anti-helmínticos p.339-344, 2003 em rebanhos de ovinos e caprinos do Estado do Ceará, Brasil. ISSN 0103-8478 339 Nematódeos resistentes a

Leia mais

Controle de Verminose em Pequenos Ruminantes Adaptado para a Região da Zona da Mata/MG e Região Serrana do Rio de Janeiro

Controle de Verminose em Pequenos Ruminantes Adaptado para a Região da Zona da Mata/MG e Região Serrana do Rio de Janeiro ISSN 1676-7667 Controle de Verminose em Pequenos Ruminantes Adaptado para a Região da Zona da Mata/MG e Região Serrana do Rio de Janeiro 30 Introdução On line A ovinocaprinocultura se constitui numa atividade

Leia mais

PROJETO GERAL PRODUTO DO PROJETO:

PROJETO GERAL PRODUTO DO PROJETO: PROJETO GERAL PRODUTO DO PROJETO: Nome do evento: I Conferência Regional de Desenvolvimento Sustentável do Bioma Caatinga A Caatinga na Rio + 20 Data: 09, 10 e 11 de novembro de 2011 Local: Sede do Banco

Leia mais

Mesa Redonda Desafios da captação de água de chuva no Semi-Árido brasileiro

Mesa Redonda Desafios da captação de água de chuva no Semi-Árido brasileiro Mesa Redonda Desafios da captação de água de chuva no Semi-Árido brasileiro Luiza Teixeira de Lima Brito Embrapa Semi-Árido Campina Grande-PB, 05 a 07 de maio de 2009 Nordeste Brasileiro Grande diversidade

Leia mais

Actualidades de la lengua del Quijote Salvador, BA, de 24 a 27 de novembro de 2015

Actualidades de la lengua del Quijote Salvador, BA, de 24 a 27 de novembro de 2015 UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA UNEB DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS HUMANAS CAMPUS I (DCHI) - COLEGIADO DE LETRAS/LÍNGUA ESPANHOLA E LITERATURAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDO DE LINGUAGENS I SEMINÁRIO

Leia mais

Quais os benefícios ao patrocinar um curso online?

Quais os benefícios ao patrocinar um curso online? Quais os benefícios ao patrocinar um curso online? Reforço da marca no mercado; Relacionamento estreito com o público alvo; Destaque da expertise da organização ao contribuir com conhecimentos e tecnologias

Leia mais

Clipping de notícias. Recife, 26 de maio de 2016.

Clipping de notícias. Recife, 26 de maio de 2016. Clipping de notícias Recife, 26 de maio de 2016. Blog do Finfa, 26/05/2016 VI FECAPRIO A Prefeitura da Ingazeira, através da Secretaria de Agricultura, estará realizando nos próximos dias 17, 18 e 19 de

Leia mais

PARASITOS GASTROINTESTINAIS ENCONTRADOS EM OVINOS NO MUNICÍPIO DE ARAGUATINS-TO

PARASITOS GASTROINTESTINAIS ENCONTRADOS EM OVINOS NO MUNICÍPIO DE ARAGUATINS-TO 68 PARASITOS GASTROINTESTINAIS ENCONTRADOS EM OVINOS NO MUNICÍPIO DE ARAGUATINS-TO Wanderson Marques Gomes¹; Reylan Delano Rocha Alencar¹; Diego Lopes Machado¹; Ronilso de Sousa da Silva¹; Kaio César Campelo

Leia mais

II SIMPAGRO da UNIPAMPA

II SIMPAGRO da UNIPAMPA II SIMPAGRO da UNIPAMPA Empreendedorismo na Campanha gaúcha Dom Pedrito, RS. 24 e 25 de agosto de 2017. Eixo 4) Agronomia, Zootecnia e áreas afins - Modalidade ensino superior AVALIAÇÃO DAS PARASITOSES

Leia mais

O produtor pergunta, a Embrapa responde.

O produtor pergunta, a Embrapa responde. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Caprinos Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento O produtor pergunta, a Embrapa responde. Editores Técnicos Ana Clara Rodrigues Cavalcante

Leia mais

VERIFICAÇÃO DO ÍNDICE DE HAEMONCHUS CONTORTUS NO REBANHO CAPRINO DO MUNICÍPIO DE TIMON, MARANHÃO, PELO USO DO MÉTODO FAMACHA 1

VERIFICAÇÃO DO ÍNDICE DE HAEMONCHUS CONTORTUS NO REBANHO CAPRINO DO MUNICÍPIO DE TIMON, MARANHÃO, PELO USO DO MÉTODO FAMACHA 1 136 NETO, L.G.N. et al. VERIFICAÇÃO DO ÍNDICE DE HAEMONCHUS CONTORTUS NO REBANHO CAPRINO DO MUNICÍPIO DE TIMON, MARANHÃO, PELO USO DO MÉTODO FAMACHA 1 Luiz Gonzaga Nunes Neto², Marcelo Richelly Alves de

Leia mais

A criação de cabras no semiárido: limitações e potencialidades - Parte I

A criação de cabras no semiárido: limitações e potencialidades - Parte I Página 1 de 6 Você está em: Radares Técnicos > Sistemas de Produção A criação de cabras no semiárido: limitações e potencialidades - Parte I Manejo e impacto no ambiente A criação de cabras encontra-se

Leia mais

CONTROLE DE PARASITAS INTERNOS EM OVINOS

CONTROLE DE PARASITAS INTERNOS EM OVINOS UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE VETERINÁRIA DEPARTAMENTO DE EPIDEMIOLOGIA E SAÚDE PÚBLICA DISCIPLINA DE DOENÇAS PARASITÁRIAS MATERIAL DE APOIO DIDÁTICO Professor: sanavria@ufrrj.br

Leia mais

EFICÁCIA DE TRÊS DIFERENTES ANTI-HELMÍNTICOS EM REBANHO OVINO NA REGIÃO NOROESTE DO PARANÁ, BRASIL

EFICÁCIA DE TRÊS DIFERENTES ANTI-HELMÍNTICOS EM REBANHO OVINO NA REGIÃO NOROESTE DO PARANÁ, BRASIL ISBN 978-85-61091-05-7 V EPCC Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 EFICÁCIA DE TRÊS DIFERENTES ANTI-HELMÍNTICOS EM REBANHO OVINO NA REGIÃO NOROESTE DO PARANÁ,

Leia mais

PROGRAMAÇÃO. XI Encontro de Produção e Nutrição de Monogástricos

PROGRAMAÇÃO. XI Encontro de Produção e Nutrição de Monogástricos PROGRAMAÇÃO Terça-feira, 08 de novembro de 2011: 08:00h às 09:00h 09:00h às 12:00h 18:00h Inscrições Mini-cursos PRÉ-EVENTOS Mini-cursos 1 e 2 Mini-cursos 1 e 2 Secretaria 20:00h Atividade cultural XI

Leia mais

Título - Arial 44pt - Bold

Título - Arial 44pt - Bold Título: ESTUDO ZOOSSANITÁRIO DA CAPRINOCULTURA E DA OVINOCULTURA TROPICAL: Epidemiologia, riscos e impacto econômico das enfermidades Coordenação: Francisco Selmo Fernandes Alves EMBRAPA Caprinos e Ovinos

Leia mais

Actualidades de la lengua del Quijote

Actualidades de la lengua del Quijote UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA UNEB DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS HUMANAS CAMPUS I (DCHI) - COLEGIADO DE LETRAS/LÍNGUA ESPANHOLA E LITERATURAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDO DE LINGUAGENS I SEMINÁRIO

Leia mais

DIAGNÓSTICO DA UTILIZAÇÃO DE CISTERNAS PARA ARMAZENAMENTO DE ÁGUAS PLUVIAIS NO SERTÃO PARAIBANO

DIAGNÓSTICO DA UTILIZAÇÃO DE CISTERNAS PARA ARMAZENAMENTO DE ÁGUAS PLUVIAIS NO SERTÃO PARAIBANO DIAGNÓSTICO DA UTILIZAÇÃO DE CISTERNAS PARA ARMAZENAMENTO DE ÁGUAS PLUVIAIS NO SERTÃO PARAIBANO Jéssica Araújo Leite Martildes 1 ; Elisângela Maria da Silva 2 Universidade Federal de Campina Grande UFCG

Leia mais

DIAGNÓSTICO DO MANEJO FORNECIDO AOS OVINOS E CAPRINOS PRESENTES 61ª EXPOCRATO

DIAGNÓSTICO DO MANEJO FORNECIDO AOS OVINOS E CAPRINOS PRESENTES 61ª EXPOCRATO DIAGNÓSTICO DO MANEJO FORNECIDO AOS OVINOS E CAPRINOS PRESENTES 61ª EXPOCRATO Vanessa Oliveira Teles 1 Jackson Teixeira Lobo 2 Witalo da Silva Sales 3 Solange dos Santos Justino 4 Irani Ribeiro Vieira

Leia mais

PROGRAMAÇÃO. 28/03/2012 (quarta-feira)

PROGRAMAÇÃO. 28/03/2012 (quarta-feira) PROGRAMAÇÃO 28/03/2012 (quarta-feira) 09:00-19:00 Reunião de Coordenadores da Certificação 19:00-19:30 Coffee-break UNICA / Salão Coffee-break 19:30-20:00 20:00-21:00 Abertura Oficial do Evento Painel

Leia mais

POTENCIAL ANTI-HELMÍNTICO DA RAIZ DE Solanum paniculatum LINNAEUS (1762) EM OVELHAS DO SEMI-ÁRIDO PARAIBANO

POTENCIAL ANTI-HELMÍNTICO DA RAIZ DE Solanum paniculatum LINNAEUS (1762) EM OVELHAS DO SEMI-ÁRIDO PARAIBANO POTENCIAL ANTI-HELMÍNTICO DA RAIZ DE Solanum paniculatum LINNAEUS (1762) EM OVELHAS DO SEMI-ÁRIDO PARAIBANO [Anthelmintic potencial of Solanum paniculatum Linnaeus (1762) root for sheep from semi-arid

Leia mais

Polpa de Fruta Congelada

Polpa de Fruta Congelada Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Agroindústria de Alimentos Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Polpa de Fruta Congelada Virgínia Martins da Matta Murillo Freire Junior

Leia mais

PARASITOS GASTRINTESTINAIS EM CAPRINOS E OVINOS DA MICRORREGIÃO DO ALTO MEARIM E GRAJAÚ, NO ESTADO DO MARANHÃO, BRASIL

PARASITOS GASTRINTESTINAIS EM CAPRINOS E OVINOS DA MICRORREGIÃO DO ALTO MEARIM E GRAJAÚ, NO ESTADO DO MARANHÃO, BRASIL Parasitos gastrintestinais em caprinos e ovinos da microrregião do Alto Mearim e Grajaú, no estado do Maranhão, Brasil 967 PARASITOS GASTRINTESTINAIS EM CAPRINOS E OVINOS DA MICRORREGIÃO DO ALTO MEARIM

Leia mais

PARASITOS GASTRINTESTINAIS EM CAPRINOS E OVINOS DA REGIÃO OESTE DO RIO GRANDE DO NORTE, BRASIL

PARASITOS GASTRINTESTINAIS EM CAPRINOS E OVINOS DA REGIÃO OESTE DO RIO GRANDE DO NORTE, BRASIL AHID, S. M. M. et al. PARASITOS GASTRINTESTINAIS EM CAPRINOS E OVINOS DA REGIÃO OESTE DO RIO GRANDE DO NORTE, BRASIL Sílvia Maria Mendes Ahid, Ana Carla Diógenes Suassuna, Michelson Brasil Maia, Valéria

Leia mais

O CASO DE PERNAMBUCO

O CASO DE PERNAMBUCO O CASO DE PERNAMBUCO O Estado de Pernambuco tem uma área territorial de 98,9 mil de km² e corresponde a 6,3% da região nordeste. Limita-se ao norte com os Estados da Paraíba e Ceará, a oeste, com o Piauí,

Leia mais

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Tabuleiros Costeiros Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento A CULTURA DA MANGABA

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Tabuleiros Costeiros Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento A CULTURA DA MANGABA Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Tabuleiros Costeiros Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento A CULTURA DA MANGABA Embrapa Brasília, DF 2015 Coleção Plantar, 73 Produção

Leia mais

A criação de cabras no semiárido: limitações e potencialidades - Parte II

A criação de cabras no semiárido: limitações e potencialidades - Parte II Página 1 de 7 Você está em: Radares Técnicos > Sistemas de Produção A criação de cabras no semiárido: limitações e potencialidades - Parte II Mudanças no ambiente e a saúde dos sistemas de criação Como

Leia mais

Material suplementario / Supplementary material

Material suplementario / Supplementary material Material suplementario / Supplementary material Material suplementar ao artigo: Gamarra CJ, Valente JG, Azevedo e Silva G. Magnitude da mortalidade por câncer do colo do útero na Região Nordeste do Brasil

Leia mais

Proposta para Salvaguardar os Rebanhos do Nordeste

Proposta para Salvaguardar os Rebanhos do Nordeste Fortaleza - Ceará 16/06/2015 Proposta para Salvaguardar os Rebanhos do Nordeste Professor: José Ferreira Nunes Pesquisador: Francisco Fernando T. Matos Federação da Agricultura do Estado do Ceará (FAEC)

Leia mais

IV REUNIÃO NORDESTINA DE. Ciência do Solo. I Simpósio Piauiense de Ciência do Solo

IV REUNIÃO NORDESTINA DE. Ciência do Solo. I Simpósio Piauiense de Ciência do Solo IV REUNIÃO NORDESTINA DE Ciência do Solo I Simpósio Piauiense de Ciência do Solo 27 a 30 de novembro de 2017 27 de novembro (segunda-feira) 7h45 8h30 9h00 Credenciamento Abertura Conferência SOLOS INTELIGENTES:

Leia mais

NOTA TÉCNICA No. 014/2012/CAPRE/CDP/INMET

NOTA TÉCNICA No. 014/2012/CAPRE/CDP/INMET MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Instituto Nacional de Meteorologia INMET NOTA TÉCNICA No. 014/2012/CAPRE/CDP/INMET ESTIAGEM NO NORDESTE (SERTÃO) DO BRASIL NO INÍCIO DE 2012 1. Situação

Leia mais

9, R$ , , R$ ,

9, R$ , , R$ , Rondônia 2005 R$ 601.575,17 2005 10.154 2004 1.027.983 2004 108.139 2004 10,52 2006 R$ 609.834,21 2006 10.757 2005 1.025.249 2005 101.539 2005 9,90 2007 R$ 1.229.490,00 2007 9.100 2006 1.047.004 2006 111.068

Leia mais

Balanço 2016 Perspectivas Assuntos do Nordeste

Balanço 2016 Perspectivas Assuntos do Nordeste Assuntos do Nordeste 167 168 Balanço 2016 Perspectivas 2017 Perspectivas 2017 RENEGOCIAÇÕES DE DÍVIDAS RURAIS FORTALECERÃO A AGROPECUÁRIA NORDESTINA Reinserção econômica e produtiva de produtores rurais

Leia mais

Com que trabalho? Viva Caatinga! Pesquisadora

Com que trabalho? Viva Caatinga! Pesquisadora Profissão Tipo de atividade: fechada Tipo de inteligência: visual e verbal Com que trabalho? Vamos conhecer o trabalho de uma pesquisadora que escolheu o Semiárido para realizar seu estudo? Assista ao

Leia mais

AÇÃO DE EXTRATOS DA CATINGUEIRA (Caesalpinia pyramidalis Tui.) COMO BIOPESTICIDA NO COMBATE À COCHONILA DO CARMIM (Dactylopius opuntiae)

AÇÃO DE EXTRATOS DA CATINGUEIRA (Caesalpinia pyramidalis Tui.) COMO BIOPESTICIDA NO COMBATE À COCHONILA DO CARMIM (Dactylopius opuntiae) AÇÃO DE EXTRATOS DA CATINGUEIRA (Caesalpinia pyramidalis Tui.) COMO BIOPESTICIDA NO COMBATE À COCHONILA DO CARMIM (Dactylopius opuntiae) Fagner Giminiano dos Santos 1, Daniel Buriti de Macedo 1, José Carlos

Leia mais

FACULDADE PIO DÉCIMO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA MATRIZ CURRICULAR 2015/2

FACULDADE PIO DÉCIMO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA MATRIZ CURRICULAR 2015/2 FACULDADE PIO DÉCIMO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA MATRIZ CURRICULAR 5/ º PERÍODO CÓDIGO Disciplina CRÉDITOS CH/P MV Sociedade e Desenvolvimento Rural Vestibular Anatomia MV Doméstico I 5 Vestibular MV5

Leia mais

Agenda - Carne Ovina e Caprina. Embrapa Caprinos e Ovinos

Agenda - Carne Ovina e Caprina. Embrapa Caprinos e Ovinos Agenda - Carne Ovina e Caprina Embrapa Caprinos e Ovinos 1 Atividades da Agenda Capacitações Articulações Parcerias Redes Arranjo Oviccorte 2 Associações de produtores Sindicatos de trabalhadores rurais

Leia mais

CURSO PREPARATÓRIO PARA CONCURSO PÚBLICO AUDITOR FISCAL FEDERAL AGROPECUÁRIO MÉDICO VETERINÁRIO CRONOGRAMA DE AULAS

CURSO PREPARATÓRIO PARA CONCURSO PÚBLICO AUDITOR FISCAL FEDERAL AGROPECUÁRIO MÉDICO VETERINÁRIO CRONOGRAMA DE AULAS CURSO PREPARATÓRIO PARA CONCURSO PÚBLICO AUDITOR FISCAL FEDERAL AGROPECUÁRIO MÉDICO VETERINÁRIO CRONOGRAMA DE AULAS - 2017 Data Dia Horário Disciplina Duração Instrutor 02/09 sábado 08:30 / 09:00 1ª SEMANA

Leia mais

dos Bubalinos Zootecnista Professor Adjunto Livre Docente Departamento de Produção Animal Departamento de Produção Animal

dos Bubalinos Zootecnista Professor Adjunto Livre Docente Departamento de Produção Animal Departamento de Produção Animal Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia FMVZ Campus de Botucatu Departamento de Produção Animal Importância Econômica dos Bubalinos André Mendes Jorge A dré Me de Jorge Zootecnista Professor Adjunto

Leia mais

PRODUÇÃO DE LEITE NO BRASIL

PRODUÇÃO DE LEITE NO BRASIL PRODUÇÃO DE LEITE NO BRASIL Sebastião Teixeira Gomes 1 1. DESEMPENHO DA ATIVIDADE LEITEIRA No número anterior da Revista Leite B discutimos alguns aspectos relacionados ao consumo de leite no Brasil e,

Leia mais

MANEJO DE PLANTAS FORRAGEIRAS TROPICAIS PARA PRODUÇÃO DE FORRAGENS CONSERVADAS. CINIRO COSTA Prof.: Forragicultura e Pastagens FMVZ - UNESP Botucatu

MANEJO DE PLANTAS FORRAGEIRAS TROPICAIS PARA PRODUÇÃO DE FORRAGENS CONSERVADAS. CINIRO COSTA Prof.: Forragicultura e Pastagens FMVZ - UNESP Botucatu MANEJO DE PLANTAS FORRAGEIRAS TROPICAIS PARA PRODUÇÃO DE FORRAGENS CONSERVADAS CINIRO COSTA Prof.: Forragicultura e Pastagens FMVZ - UNESP Botucatu Áreas de pastagens nativas (N) e plantadas (P) nas diferentes

Leia mais

COMÉRCIO DE OVINOS DA BAHIA PARA OUTROS ESTADOS BRASILEIROS

COMÉRCIO DE OVINOS DA BAHIA PARA OUTROS ESTADOS BRASILEIROS III SIMPÓSIO MINEIRO DE OVINOCULTURA: CADEIA PRODUTIVA OVINOCULTURA. Anais... p.227-234. Lavras, MG, 2003. COMÉRCIO DE OVINOS DA BAHIA PARA OUTROS ESTADOS BRASILEIROS Evandro V. Holanda Júnior 1, Iram

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DA BAHIA. RELEASE Agosto de 2013 DADOS CAGED Contrato nº. 165/2012 SETRE-BA e DIEESE

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DA BAHIA. RELEASE Agosto de 2013 DADOS CAGED Contrato nº. 165/2012 SETRE-BA e DIEESE OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DA BAHIA RELEASE Agosto de 2013 DADOS CAGED Contrato nº. 165/2012 SETRE-BA e DIEESE Setembro de 2013 EXPEDIENTE DA SECRETARIA DO TRABALHO, EMPREGO, RENDA E ESPORTE DO GOVERNO DO

Leia mais

EFEITOS DO EXTRATO DE ALHO AQUOSO NO CONTROLE DA VERMINOSE EM BOVINOS DE LEITE DA RACA HOLANDESA

EFEITOS DO EXTRATO DE ALHO AQUOSO NO CONTROLE DA VERMINOSE EM BOVINOS DE LEITE DA RACA HOLANDESA EFEITOS DO EXTRATO DE ALHO AQUOSO NO CONTROLE DA VERMINOSE EM BOVINOS DE LEITE DA RACA HOLANDESA Karina Kirschner GOEDE, Alana Maria BECKER, Rita de Albernaz Gonçalves da SILVA, Éverton Eduardo Dias JUFFO.

Leia mais

Avaliação de Plantas Medicinais no Controle de Nematódeos Gastrintestinais de Caprinos Criados em Sistema de Base Agroecológica 1

Avaliação de Plantas Medicinais no Controle de Nematódeos Gastrintestinais de Caprinos Criados em Sistema de Base Agroecológica 1 Avaliação de Plantas Medicinais no Controle de Nematódeos Gastrintestinais de Caprinos Criados em Sistema de Base Agroecológica 1 Daniel Maia Nogueira 2 ; José Nilton Moreira 3 ; Jacineide Feitosa Carlos

Leia mais

Definição Podemos definir bioma como um conjunto de ecossistemas que funcionam de forma estável. Um bioma é caracterizado por um tipo principal de vegetação (num mesmo bioma podem existir diversos tipos

Leia mais

Bom dia... Manejo e Aleitamento Artificial de Cabritos. Programa. Mas tem mais... Importância do aleitamento Objetivos

Bom dia... Manejo e Aleitamento Artificial de Cabritos. Programa. Mas tem mais... Importância do aleitamento Objetivos Bom dia... Manejo e Aleitamento Artificial de Cabritos * * * Prof. Dr. Silvio Doria de Almeida Ribeiro Profa. Dra. Anamaria Cândido Ribeiro 1/39 Programa Introdução Introdução Cuidados com o recém- nascido

Leia mais

Nome do Evento: I Encontro Maranhense de Ciências Agrárias - EMCA. Coordenador do Projeto : Prof. Dr. Sc. Paulo Henrique Aragão Catunda

Nome do Evento: I Encontro Maranhense de Ciências Agrárias - EMCA. Coordenador do Projeto : Prof. Dr. Sc. Paulo Henrique Aragão Catunda Projeto Agrisus No: 1359/14 Nome do Evento: I Encontro Maranhense de Ciências Agrárias - EMCA Coordenador do Projeto : Prof. Dr. Sc. Paulo Henrique Aragão Catunda Instituição: Universidade Estadual do

Leia mais

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Ectoparasitos em caprinos no Município de Parelhas, Rio Grande do Norte, Brasil

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Ectoparasitos em caprinos no Município de Parelhas, Rio Grande do Norte, Brasil PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Ectoparasitos em caprinos no Município de Parelhas, Rio Grande do Norte, Brasil Caroline Gracielle Torres Ferreira 1, Jucélio da Silva Gameleira

Leia mais

PANORAMA DE PARASITOSES EM OVINOS NO BRASIL.

PANORAMA DE PARASITOSES EM OVINOS NO BRASIL. PANORAMA DE PARASITOSES EM OVINOS NO BRASIL. Sérgio Tosi Cardim Médico Veterinário Mestrando em Ciência Animal CCA DMVP UEL Victor Bittencourt Dutra Tabacow Médico Veterinário Residente em Parasitologia

Leia mais

MODELO DE PROJETO DE EXTENSÃO

MODELO DE PROJETO DE EXTENSÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE EXTENSÃO PIBEX 2013-2014 ANEXO 02 MODELO DE PROJETO DE EXTENSÃO Título: Capacitação de produtores e de seus familiares em tecnologias inovadoras na criação de gado de

Leia mais

ASPECTOS SANITÁRIOS E DE MANEJO EM CRIAÇÕES DE CAPRINOS E OVINOS NA MICRORREGIÃO DE PATOS, ESTADO DA PARAÍBA

ASPECTOS SANITÁRIOS E DE MANEJO EM CRIAÇÕES DE CAPRINOS E OVINOS NA MICRORREGIÃO DE PATOS, ESTADO DA PARAÍBA ASPECTOS SANITÁRIOS E DE MANEJO EM CRIAÇÕES DE CAPRINOS E OVINOS NA MICRORREGIÃO DE PATOS, ESTADO DA PARAÍBA Tásia Cortês Pereira dos Santos 1 ; Aldcejam Martins Fonseca Junior 2 ; Salomão Cambuí de Figueiredo

Leia mais

COMPONENTE CURRICULAR

COMPONENTE CURRICULAR U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D A B A H I A SUPERINTENDÊNCIA ACADÊMICA SECRETARIA GERAL DOS CURSOS PROGRAMA DE COMPONENTES CURRICULARES COMPONENTE CURRICULAR CÓDIGO MEV-142 NOME CAPRINOCULTURA

Leia mais

PECUÁRIA ORGÂNICA NO PANTANAL: ALTERNATIVA RENTÁVEL E SUSTENTÁVEL

PECUÁRIA ORGÂNICA NO PANTANAL: ALTERNATIVA RENTÁVEL E SUSTENTÁVEL ADM143 PECUÁRIA ORGÂNICA NO PANTANAL: ALTERNATIVA RENTÁVEL E SUSTENTÁVEL Por: André Steffens de Moraes* As características de produção da pecuária extensiva de corte do Pantanal aproximam esse sistema

Leia mais

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Disponível em: <http://www.pubvet.com.br/texto.php?id=478>.

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Disponível em: <http://www.pubvet.com.br/texto.php?id=478>. PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Disponível em: . Parasitismo em humano por Amblyomma parvum Aragão, 1908 (Acari: Ixodidae) em Pau dos

Leia mais

Ao Senhor Contador Marcelo do Nascimento França Presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Acre Rio Branco-AC

Ao Senhor Contador Marcelo do Nascimento França Presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Acre Rio Branco-AC Contador Marcelo do Nascimento França Presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Acre 69919-180 - Rio Branco-AC Contador Carlos Roberto Ribeiro Sampaio Presidente do Conselho Regional de Contabilidade

Leia mais

FNPETI FÓRUM NACIONAL DE PREVENÇÃO E ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL. Cenário do Trabalho Infantil Dados PNAD 2014

FNPETI FÓRUM NACIONAL DE PREVENÇÃO E ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL. Cenário do Trabalho Infantil Dados PNAD 2014 Cenário do Trabalho Infantil Dados PNAD 2014 Fonte: IBGE/Pnad. Elaboração própria. Nota: a PNAD até o ano de 2003 não abrangia a área rural da região Norte (exceto o Tocantins). Nos anos de 1994, 2000

Leia mais

Instituto Trata Brasil - por um Brasil com saneamento básico Cenário do saneamento básico no país, desafios e oportunidades

Instituto Trata Brasil - por um Brasil com saneamento básico Cenário do saneamento básico no país, desafios e oportunidades Instituto Trata Brasil - por um Brasil com saneamento básico Cenário do saneamento básico no país, desafios e oportunidades SANEAMENTO E TRATAMENTO DA ÁGUA nos Processos de Abastecimento Público e Produtivos

Leia mais

EDUCAÇÃO EM SAÚDE COMO MEDIDA DE PROFILAXIA EM DOENÇAS PARASITÁRIAS

EDUCAÇÃO EM SAÚDE COMO MEDIDA DE PROFILAXIA EM DOENÇAS PARASITÁRIAS EDUCAÇÃO EM SAÚDE COMO MEDIDA DE PROFILAXIA EM DOENÇAS PARASITÁRIAS Ana Keila Queiroz da Silva (1); Jorge Lucas Nascimento Souza (1); Carlikelly Gleicy da Silva (2); Lilian Giotto Zaros (3) 1-3 Universidade

Leia mais

Resistência de Insetos a Inseticidas

Resistência de Insetos a Inseticidas Resistência de Insetos a Inseticidas Celso Omoto Universidade de São Paulo / ESALQ celso.omoto@usp.br ROTEIRO Magnitude do problema de resistência de pragas a inseticidas e tecnologias Bt Principais estratégias

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSA ACADÊMICA DE EXTENSÃO PBAEX / EDIÇÃO 2016 CAMPUS ANEXO III

PROGRAMA DE BOLSA ACADÊMICA DE EXTENSÃO PBAEX / EDIÇÃO 2016 CAMPUS ANEXO III PROGRAMA DE BOLSA ACADÊMICA DE EXTENSÃO PBAEX / EDIÇÃO 2016 CAMPUS ANEXO III FORMULÁRIO DA VERSÃO ELETRÔNICA DO PROJETO / DA ATIVIDADE DE EXTENSÃO PBAEX 2016 01. Título do Projeto Diagnóstico da ovinocaprinocultura

Leia mais

I DIA DE CAMPO SOBRE RESERVA DE FORRAGEM PARA A SECA - PRODUÇÃO E UTILIZAÇÃO DE SILAGEM

I DIA DE CAMPO SOBRE RESERVA DE FORRAGEM PARA A SECA - PRODUÇÃO E UTILIZAÇÃO DE SILAGEM I DIA DE CAMPO SOBRE RESERVA DE FORRAGEM PARA A SECA - PRODUÇÃO E UTILIZAÇÃO DE SILAGEM No dia 3 de março de 2011 foi realizado o I Dia de Campo com o tema: Reserva de forragem para a seca - Produção e

Leia mais

Nível:Graduação Início: Fim: Legislação: Reconhecido pela Portaria 516 de 15/10/2013. Currículo

Nível:Graduação Início: Fim: Legislação: Reconhecido pela Portaria 516 de 15/10/2013. Currículo 1 de 8 Nível:Graduação Título: 01 - - CCA238 - HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA - Ativa desde: 14/07/2008 CCA275 - BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR - Ativa desde: 11/01/2008 CCA283 - METODOLOGIA DA PESQUISA - Ativa

Leia mais

O saldo de empregos no Brasil é o segundo maior em janeiro

O saldo de empregos no Brasil é o segundo maior em janeiro Expediente da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte do Governo do Estado da Bahia Governador Jaques Wagner Vice-Governador Otto Alencar Secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte Nilton

Leia mais

MELHORES OS LUCROS DA PECUÁRIA UTILIZANDO TÉCNICAS COMPROVADAS DE BAIXO CUSTO

MELHORES OS LUCROS DA PECUÁRIA UTILIZANDO TÉCNICAS COMPROVADAS DE BAIXO CUSTO MELHORES OS LUCROS DA PECUÁRIA UTILIZANDO TÉCNICAS COMPROVADAS DE BAIXO CUSTO SITUAÇÃO ATUAL DAS PASTAGENS DO CENTRO OESTE 95% da nossa produção de carne depende do capim Alto grau de degradação Principais

Leia mais

Verminoses dos bovinos: percepção de pecuaristas em Minas Gerais, Brasil

Verminoses dos bovinos: percepção de pecuaristas em Minas Gerais, Brasil doi:.4322/rbpv.18 Rev. Bras. Parasitol. Vet., Jaboticabal, v. 18, n. 3, p. 29-33, jul.-set. 9 ISSN 1984-2961 (eletrônico) Artigo Completo Verminoses dos bovinos: percepção de pecuaristas em Minas Gerais,

Leia mais

Organicidade do Movimento Popular Socialista

Organicidade do Movimento Popular Socialista 1. Nome do projeto Organicidade do Movimento Popular Socialista 2. Região Sul, Sudeste e Nordeste. 3. Caracterização do ambiente em que o projeto será desenvolvido Local cedido ou alugado 4. Público(s)

Leia mais

MANUAL PRÁTICO Metodologias de diagnóstico da resistência e de detecção de substâncias ativas em parasitas de ruminantes

MANUAL PRÁTICO Metodologias de diagnóstico da resistência e de detecção de substâncias ativas em parasitas de ruminantes Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Pecuária Sudeste Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento MANUAL PRÁTICO Metodologias de diagnóstico da resistência e de detecção de substâncias

Leia mais

HELMINTOS GASTRINTESTINAIS EM CAPRINOS NATURALMENTE INFECTADOS NA ILHA DE SÃO LUÍS, MA, BRASIL

HELMINTOS GASTRINTESTINAIS EM CAPRINOS NATURALMENTE INFECTADOS NA ILHA DE SÃO LUÍS, MA, BRASIL Scientia Agraria Paranaensis Sci. Agrar. Parana. ISSN: 1983-1471 - Online http://dx.doi.org/10.18188/1983-1471/sap.v16n3p347-352 HELMINTOS GASTRINTESTINAIS EM CAPRINOS NATURALMENTE INFECTADOS NA ILHA DE

Leia mais

A Lei de Saúde Animal e as suas consequências para os produtores. Alain CANTALOUBE Secretário Geral da FESASS

A Lei de Saúde Animal e as suas consequências para os produtores. Alain CANTALOUBE Secretário Geral da FESASS A Lei de Saúde Animal e as suas consequências para os produtores Alain CANTALOUBE Secretário Geral da FESASS 1 Plano 1. Os factores determinantes 2. Estratégia - Objectivos 3. Conteúdo e interrogações

Leia mais

Estimular os estudos em humanos com ácidos graxos isoméricos trans monoinsaturados e CLA e o interesse para as pesquisas no âmbito acadêmico.

Estimular os estudos em humanos com ácidos graxos isoméricos trans monoinsaturados e CLA e o interesse para as pesquisas no âmbito acadêmico. Facultad de Bioquímica y Ciencias Biológicas Universidad Nacional del Litoral Santa Fe Argentina Instituto de Nutrição Josué de Castro Universidade Federal do Rio de Janeiro Brasil Programa Iberoamericano

Leia mais

EFEITO DE VERMIFUGAÇÃO ESTRATÉGICA, COM PRINCÍPIO ATIVO À BASE DE IVERMECTINA NA INCIDÊNCIA DE PARASITOS GASTRINTESTINAIS NO REBANHO CAPRINO DA UFPI 1

EFEITO DE VERMIFUGAÇÃO ESTRATÉGICA, COM PRINCÍPIO ATIVO À BASE DE IVERMECTINA NA INCIDÊNCIA DE PARASITOS GASTRINTESTINAIS NO REBANHO CAPRINO DA UFPI 1 Ciência Animal Brasileira v. 6, n. 4, p. 279-286, out./dez. 2005 279 EFEITO DE VERMIFUGAÇÃO ESTRATÉGICA, COM PRINCÍPIO ATIVO À BASE DE IVERMECTINA NA INCIDÊNCIA DE PARASITOS GASTRINTESTINAIS NO REBANHO

Leia mais

5Cs. Criação de Bezerras. do sucesso para AGRIPOINT. por: Carla Maris Machado Bittar. agripoint.com.br/curso CURSOS ONLINE

5Cs. Criação de Bezerras. do sucesso para AGRIPOINT. por: Carla Maris Machado Bittar. agripoint.com.br/curso CURSOS ONLINE 5Cs do sucesso para por: Carla Maris Machado Bittar agripoint.com.br/curso Você sabia que muitas propriedades de sucesso na criação de bezerras utilizam protocolos baseados nos 5 Cs da criação? Para auxiliar

Leia mais

Moacyr Bernardino Dias-Filho

Moacyr Bernardino Dias-Filho Moacyr Bernardino Dias-Filho Embrapa Amazônia Oriental www.diasfilho.com.br O estigma da pecuária desenvolvida a pasto Na pecuária é possível produzir (embora com baixa eficiência) extensivamente Áreas

Leia mais