Subcomissão de EDI Informativo Envio NF-e as Montadoras

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Subcomissão de EDI Informativo Envio NF-e as Montadoras"

Transcrição

1 Subcomissão de EDI Informativo Envio as Montadoras

2 Informativo Envio as Montadoras Índice Grupo Responsável... 3 Histórico de Versões... 4 Observações... 5 Tabela Informativa Envio... 6 Anfavea.EDI.Doc.Informativo_Montadoras.02 2

3 Informativo Envio as Montadoras Grupo Responsável Nome Empresa Função Adoniram Silva Sawluz Participante Adriana Gonçalves Daimler Participante Adriano Carvalho BoldCron Participante Alcebíades Gusmão DI2S Revisor Edgar M. dos Santos Toyota Participante Edson Santos Modine Participante Fernando Papa Toyota Participante Flávio Patez Anfavea Participante Jesus Gananca Daimler Participante John Matos de Oliveira Fiat Participante José Lauro Magalhães Sindipeças Participante José Wilson Menezes Sintel Participante Liane Cabrino QAD Participante Mauro Simas Sawluz Participante Monica Oliveira Sintel Participante Rafael Welter T-Systems Relator Rodolfo Wollny Fiat Participante Rodrigo Costa Scania Participante Rogério Nakamura Volkswagen Participante Rui de Almeida Martins MGR Participante Anfavea.EDI.Doc.Informativo_Montadoras.02 3

4 Informativo Envio as Montadoras Histórico de Versões Versão Revisão Data Responsável Observação Draft 00 19/03/09 Rafael Welter Versão inicial para complementação /03/09 Rafael Welter Versão publicada /04/09 Rafael Welter Atualização Anfavea.EDI.Doc.Informativo_Montadoras.02 4

5 Informativo Envio as Montadoras Observações O arquivo XML da enviado as montadoras deverá seguir o Leiaute informado no tópico 10.2, página 77, do Manual de Integração do Contribuinte, Padrões Técnicos de Comunicação, versão 2.02a, de 16/06/2008, disponível em: O envio do XML da não substitui o envio do ASN (Aviso de Embarque), Complemento ou Extensão, que devem ser transmitidos no momento do embarque da mercadoria. Salvo em situações em que o XML enviado esteja de acordo com o projeto B2B. A utilização de , mesmo como canal de contingência, deverá ser tratada com maior diligência pelo fornecedor. Este canal não garante o recebimento da na montadora devido aos problemas que possam ocorrer nos serviços de Mail Exchange das empresas, além dos relacionados à segurança e rastreabilidade desta comunicação. Vale ressaltar que a é um documento que pode ter o caráter sigiloso, portanto ressalvado por políticas do SOX e assim invalidando o uso de meios de comunicação falíveis e passíveis de tentativas de ações fraudulentas. Além dos canais listados abaixo, a Mercedes Benz utilizará o e Web Services como contingência aos fornecedores. A Volkswagen estará divulgando o endereço de Upload a ser utilizado como contingência pelos fornecedores. A Ford estará utilizando o EDI da Embratel (EMVIA/STM400) para recebimento do arquivo XML da. Deverá ser enviado apenas uma mensagem para cada XML, não compactando o arquivo na transmissão. Anfavea.EDI.Doc.Informativo_Montadoras.02 5

6 Informativo Envio as Montadoras Tabela Informativa Envio MONTADORA XML LAYOUTS ADOTADOS RND EDIFACT COMP. EXTENSÃO CANAIS DISPONIBILIZADOS PARA ENVIO AGCO SIM SIM NÃO SIM AGRALE SIM SIM NÃO NÃO CATERPILLAR SIM CIFERAL SIM SIM NÃO NÃO CNH SIM SIM NÃO SIM FIAT SIM SIM NÃO SIM Web Farm (Web Services) Web Farm (Web Services) FORD SIM SIM NÃO SIM PARTICULARIDADE RND004 versão 21 (informar segmento NF6) Obrigatoriedade: Número do Pedido e Código do Desenho Fiat Obrigatoriedade: Número do Pedido e Código do Desenho Fiat Assunto do arquivo ou header: DUT.PXXFBR.RVS.NFE Considere: PXX a estação, P + 2 dígitos, mesma utilizada para envio da ASN CONTATO Lidia Chies (Dep. Fiscal) Fone: (54) Alexandre Pazini (TI) Fone: (54) John Matos de Oliveira Fone: (31) John Matos de Oliveira Fone: (31) Fone: (11) Anfavea.EDI.Doc.Informativo_Montadoras.02 6

7 Informativo Envio as Montadoras MONTADORA XML LAYOUTS ADOTADOS RND EDIFACT COMP. EXTENSÃO CANAIS DISPONIBILIZADOS PARA ENVIO PARTICULARIDADE CONTATO FPT SIM SIM NÃO SIM Web Farm (Web Services) GENERAL MOTORS SIM SIM NÃO NÃO Portal: HAB SIM SIM NÃO NÃO HAC SIM SIM NÃO NÃO HCA SIM SIM NÃO NÃO (para o CNPJ / ) HDA SIM SIM NÃO NÃO (demais CNPJ s) HTAIC SIM SIM NÃO NÃO INTERNATIONAL SIM IVECO SIM NÃO NÃO SIM Web Farm (Web Services) Obrigatoriedade: Código do produto preenchido com o número de peça Ford e Cada item deverá ter informado o número do pedido de compra Obrigatoriedade: Número do Pedido e Código do Desenho Fiat Nomenclatura arquivo: 44 dígitos chave de acesso, com extensão.xml Obrigatoriedade: Número do Pedido e Código do Desenho Fiat John Matos de Oliveira Fone: (31) John Matos de Oliveira Fone: (31) Anfavea.EDI.Doc.Informativo_Montadoras.02 7

8 Informativo Envio as Montadoras MONTADORA LAYOUTS ADOTADOS CANAIS DISPONIBILIZADOS PARA ENVIO XML RND COMP. EXTENSÃO EDIFACT JOHN DEERE SIM MARCOPOLO SIM SIM NÃO NÃO MAXION SIM MERCEDEZ BENZ SIM SIM SIM NÃO Comunicador Integrator Upload Extranet (e-production) MITSUBISHI SIM SIM NÃO NÃO MWM SIM SIM NÃO NÃO INTERNATIONAL PSA PEUGEOT CITROEN SIM SIM NÃO NÃO RENAULT / NISSAN SIM SIM NÃO NÃO SCANIA SIM SIM NÃO NÃO TOYOTA SIM NÃO SIM NÃO VOLKSWAGEN SIM SIM NÃO NÃO Comunicador Integrator VOLKSWAGEN CAMINHÕES E ONIBUS SIM SIM NÃO NÃO Comunicador Integrator PARTICULARIDADE Informar na tag infadprod da : Código do item do cliente, Pedido de compra do cliente, Tipo de fornecimento e Lote de produção/corrida CONTATO Ronaldo Adriano Costa Fone: (11) Dario M Camargo Fone: (11) Marisa Silva Moreira (Juiz de Fora) Fone: (32) Guilherme Palmeira Alysson Laureano Fone: (11) Anfavea.EDI.Doc.Informativo_Montadoras.02 8

9 Informativo Envio as Montadoras LAYOUTS ADOTADOS CANAIS DISPONIBILIZADOS PARA ENVIO MONTADORA XML RND COMP. EXTENSÃO EDIFACT VOLVO SIM SIM NÃO NÃO PARTICULARIDADE CONTATO Anfavea.EDI.Doc.Informativo_Montadoras.02 9

Subcomissão de EDI Especificação de Esquema XML Extensão de NF-e

Subcomissão de EDI Especificação de Esquema XML Extensão de NF-e Subcomissão de EDI Especificação de Esquema XML b2b@anfavea.com.br Índice Grupo Responsável... 3 Histórico de Versões... 4 1. Introdução... 5 2. Detalhes para utilização do esquema XML... 5 3. Restrições...

Leia mais

Subcomissão de EDI. Especificação de Esquema XML Programação Entregas. b2b@anfavea.com.br

Subcomissão de EDI. Especificação de Esquema XML Programação Entregas. b2b@anfavea.com.br Subcomissão de EDI Especificação de Esquema XML s b2b@anfavea.com.br Índice Grupo Responsável... 3 Histórico de Versões... 4 1. Introdução... 5 2. Detalhes para utilização do esquema... 5 3. Exemplo de

Leia mais

Subcomissão de EDI Especificação de Esquema XML Complemento de NF-e

Subcomissão de EDI Especificação de Esquema XML Complemento de NF-e Subcomissão de EDI Especificação de Esquema XML b2b@anfavea.com.br Índice Grupo Responsável... 3 Histórico de Versões... 4 1. Introdução... 5 2. Detalhes para utilização do esquema XML... 5 3. Exemplo

Leia mais

Empresas associadas à ANFAVEA ANFAVEA member companies

Empresas associadas à ANFAVEA ANFAVEA member companies AGCO do Brasil Comércio e Indústria Ltda. Agrale S.A. Caterpillar Brasil Ltda. CNH Latin America Ltda. Fiat Automóveis S.A. Ford Motor Company Brasil Ltda. General Motors do Brasil Ltda. Honda Automóveis

Leia mais

PROCEDIMENTOS BÁSICOS PARA HOMOLOGAÇÃO DE VANs NA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA BRASILEIRA

PROCEDIMENTOS BÁSICOS PARA HOMOLOGAÇÃO DE VANs NA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA BRASILEIRA PROCEDIMENTOS BÁSICOS PARA HOMOLOGAÇÃO DE VANs NA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA BRASILEIRA Documento elaborado em conjunto pelo Grupo de Trabalho da Subcomissão de Novas Tecnologias da ANFAVEA e. Contando com o

Leia mais

PROJETO NOTA FISCAL ELETRONICA GRUPO FIAT. Nossos agradecimentos ao Sindipeças pela disponibilização do espaço para a realização deste evento

PROJETO NOTA FISCAL ELETRONICA GRUPO FIAT. Nossos agradecimentos ao Sindipeças pela disponibilização do espaço para a realização deste evento PROJETO NOTA FISCAL ELETRONICA GRUPO FIAT Nossos agradecimentos ao Sindipeças pela disponibilização do espaço para a realização deste evento A Nota Fiscal Eletrônica SPED FISCAL Fluxo de informações A

Leia mais

RESUMO EXECUTIVO IMPORTAÇÕES DE AUTOMÓVEIS NO BRASIL

RESUMO EXECUTIVO IMPORTAÇÕES DE AUTOMÓVEIS NO BRASIL RESUMO EXECUTIVO IMPORTAÇÕES DE AUTOMÓVEIS NO BRASIL 1. Em 2010 o Brasil importou 634,8 mil veículos. 2. Hyundai e Kia, juntas, significam 23% desse total. 3. As 4 maiores montadoras instaladas no país

Leia mais

FILTROS. Filtros / Filters. Catálogo Catalogo Catalog. Vehicles: Passenger Cars & Light Trucks, Heavy Trucks, Buses & Off Highway

FILTROS. Filtros / Filters. Catálogo Catalogo Catalog. Vehicles: Passenger Cars & Light Trucks, Heavy Trucks, Buses & Off Highway FILTROS Filtros / Filters Catálogo Catalogo Catalog Vehículos: Paseo y Camionetas, Camiones, Autobuses y Vehículos Fuera de Carretera Veículos: Passeio e Pickups, Caminhões, Ônibus e Máquinas Agrícolas

Leia mais

EMPRESAS RANDON MANUAL DE ACESSO PORTAL EDI

EMPRESAS RANDON MANUAL DE ACESSO PORTAL EDI EMPRESAS RANDON MANUAL DE ACESSO PORTAL EDI 1 TREINAMENTO PORTAL EDI EMPRESAS RANDON Etapa I Configurações Prezado (a) Usuário, Segue abaixo algumas informações e configurações importantes antes de acessar

Leia mais

Tabela da Previsão da Indústria Automobilística

Tabela da Previsão da Indústria Automobilística Grupo de Forecast do Sindipeças Tabela da Previsão da Indústria Automobilística 2016-2021 Autoveículos, Máquinas Agrícolas e Motocicletas Revisão: Julho de 2016 (Q2) Argentina País/Segmento Previsão Anual

Leia mais

PROCEDIMENTOS BÁSICOS PARA HOMOLOGAÇÃO DE SOFTWARE HOUSES COM PRODUTOS E APLICAÇÕES DE EDI NO PADRÃO DA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA BRASILEIRA

PROCEDIMENTOS BÁSICOS PARA HOMOLOGAÇÃO DE SOFTWARE HOUSES COM PRODUTOS E APLICAÇÕES DE EDI NO PADRÃO DA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA BRASILEIRA PROCEDIMENTOS BÁSICOS PARA HOMOLOGAÇÃO DE SOFTWARE HOUSES COM PRODUTOS E APLICAÇÕES DE EDI NO PADRÃO DA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA BRASILEIRA Documento elaborado pelo Grupo de Trabalho da Comissão de Normas

Leia mais

T&M Digitalizações Reproduzindo e Aprimorando.

T&M Digitalizações Reproduzindo e Aprimorando. A T&M Digitalizações atua a mais de 6 anos no mercado, aliando tecnologia e agilidade, para contribuir com a qualidade dos produtos e precisão do processo de fabricação de seus clientes. Situada em Caxias

Leia mais

Índice / Cruzetas e Componentes de Cardans Indice / Cruceta y Componentes de Cardanes Index / U-Joint and Driveshaft Parts

Índice / Cruzetas e Componentes de Cardans Indice / Cruceta y Componentes de Cardanes Index / U-Joint and Driveshaft Parts Índice / Cruzetas e Componentes de Cardans Indice / Cruceta y Componentes de Cardanes Index / U-Joint and Driveshaft Parts Página/ Pagina/ Page AGRALE DODGE FORD GENERAL MOTORS IVECO JEEP MAN MARCOPOLO

Leia mais

Sub-Comissão de E.D.I. Normas e Padrões LAYOUT DE VEÍCULOS PRODUZIDOS (VINS)

Sub-Comissão de E.D.I. Normas e Padrões LAYOUT DE VEÍCULOS PRODUZIDOS (VINS) 0/03/203 Emissão: 0/03/203. Introdução Este documento foi concebido pela Subcomissão de E.D.I. Normas e Padrões da ANFAVEA e SINDIPECAS, com a finalidade de padronizar, divulgar e auxiliar na utilização

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA v3.10

NOTA FISCAL ELETRÔNICA v3.10 ATUALIZAÇÃO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA v3.10 Autor: Hugo Leonardo Villa Lobos 1/8 Introdução De forma geral, as necessidades de alteração de leiaute da NF-e são agrupadas durante um tempo e acabam compondo

Leia mais

Assim como o salário mínimo, que passou a ser R$ 788,00 em 2015, todos os mercados tiveram adequações ao longo de 10 anos.

Assim como o salário mínimo, que passou a ser R$ 788,00 em 2015, todos os mercados tiveram adequações ao longo de 10 anos. Curiosidade automotiva Preços de automóveis x salário mínimo A JATO Dynamics do Brasil, líder em fornecimento de informações automotivas, desenvolveu uma análise que apurou o valor do salário mínimo e

Leia mais

AMORTECEDORES KIT DE AMORTECEDOR MOLAS A GÁS. Amortiguadores / Shock Absorbers. Kit de Amortiguador / Shock Absorber Repair Kit

AMORTECEDORES KIT DE AMORTECEDOR MOLAS A GÁS. Amortiguadores / Shock Absorbers. Kit de Amortiguador / Shock Absorber Repair Kit AMORTECEDORES Amortiguadores / Shock Absorbers KIT DE AMORTECEDOR Kit de Amortiguador / Shock Absorber Repair Kit MOLAS A GÁS Resortes Neumáticos / Gas Springs Lançamentos Lanzamientos New Developments

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Novo Layout NF-e versão 310

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Novo Layout NF-e versão 310 Segmentos Novo Layout NF-e versão 310 24/10/2013 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 6 5. Informações

Leia mais

5 EDI - As montadores e suas distribuidoras

5 EDI - As montadores e suas distribuidoras 77 5 EDI - As montadores e suas distribuidoras No mundo, o setor automobilístico passa por uma forte transformação decorrente do processo de globalização associado à revolução tecnológica, que vem alterando

Leia mais

Referencias Paint and Assembly Systems

Referencias Paint and Assembly Systems Referencias Paint and Assembly Systems Linha Primer Completa - São Bernardo do Campo SP 2010 PEUGEOT Expansão de Capacidade - Reforma de Secadores- Porto Real RJ 2010 PEUGEOT Expansão de Capacidade Reforma

Leia mais

NOVO CICLO DE EXPANSÃO DA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA NO BRASIL

NOVO CICLO DE EXPANSÃO DA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA NO BRASIL NOVO CICLO DE EXPANSÃO DA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA NO BRASIL Fernando Raphael Ferro de Lima* O Brasil encerrou 2010 como o sexto maior produtor de veículos do mundo, com cerca de 3,64 milhões de automóveis

Leia mais

MANUAL DE IMPLEMENTAÇÃO DO MÓDULO NOTA FISCAL ELETRONICA

MANUAL DE IMPLEMENTAÇÃO DO MÓDULO NOTA FISCAL ELETRONICA MANUAL DE IMPLEMENTAÇÃO DO MÓDULO NOTA FISCAL ELETRONICA MARKANTY INFORMÁTICA Sistemas para Automação Comercial Gestão Empresarial e Fábrica de Software (Específicos) Princípios de nossos Profissionais:

Leia mais

Integração Datasul x TOTVS Colaboração Compras e Vendas

Integração Datasul x TOTVS Colaboração Compras e Vendas Integração Datasul x TOTVS Colaboração Compras e Vendas Maio/2014 Sumário 1. Contexto de Negócio (Introdução)... 3 2. Sistemas Envolvidos... 4 3. Integração... 5 4. Escopo... 5 5. Pré-requisitos Instalação/Implantação/Utilização...

Leia mais

MÉDIAS POR SEGMENTO 12ª PESQUISA FENABRAVE DE RELACIONAMENTO COM O MERCADO 1ª ONDA 2010

MÉDIAS POR SEGMENTO 12ª PESQUISA FENABRAVE DE RELACIONAMENTO COM O MERCADO 1ª ONDA 2010 MÉDIAS POR SEGMENTO 12ª PESQUISA FENABRAVE DE RELACIONAMENTO COM O MERCADO 1ª ONDA 2010 1 Conceito: A Pesquisa Fenabrave de Relacionamento com o Mercado nasceu em 2003, com base em pesquisa similar feita

Leia mais

Introdução. Benefícios para todos

Introdução. Benefícios para todos Introdução Esta cartilha tem a finalidade de guiar as empresas na implantação da Nota Fiscal Eletrônica e demonstrar as facilidades e vantagens do sistema para o contribuinte e para a sociedade A Nota

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica: montadoras apertam o passo

Nota Fiscal Eletrônica: montadoras apertam o passo Edição Especial Novembro 2008 Nota Fiscal Eletrônica: montadoras apertam o passo partir de 1º de dezembro, todas as notas fiscais emitidas pelas montadoras de veículos estabelecidas no País A abandonarão

Leia mais

AUTOMÓVEIS E COMERCIAIS LEVES

AUTOMÓVEIS E COMERCIAIS LEVES DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AUTOMÓVEIS E COMERCIAIS LEVES OUTUBRO DE 2015 PRODUTOS 74% Automóveis 10% exportação 90% mercado interno 18% importação COMPLEXO AUTOMOTIVO 21% Comerciais

Leia mais

6 Quarta parte logística - Quarterização

6 Quarta parte logística - Quarterização 87 6 Conclusão A concorrência aumentou muito nos últimos anos e com isso os clientes estão recebendo produtos com melhor qualidade e um nível de serviço melhor. As empresas precisam, cada vez mais, melhorar

Leia mais

Integração TOTVS Colaboração 2.0 Recepção NF-e - Datasul

Integração TOTVS Colaboração 2.0 Recepção NF-e - Datasul Integração TOTVS Colaboração 2.0 Recepção NF-e - Datasul Setembro/2014 Sumário 1. Contexto de negócio (Introdução)... 3 2. Objetivos do projeto TOTVS Colaboração 2.0... 3 3. Sistemas Envolvidos... 3 4.

Leia mais

Sistema Nota Fiscal Eletrônica

Sistema Nota Fiscal Eletrônica Fiscal eletrônica Sistema Fiscal Eletrônica Técnica 2013/007 Apresenta o novo ambiente de autorização de contingência do Sistema NF-e e disciplina a sua forma de uso pelas empresas: SVC - SEFAZ VIRTUAL

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES Prestador Credenciado DIGITAÇÃO / ENVIO DE ARQUIVOS XML

MANUAL DE ORIENTAÇÕES Prestador Credenciado DIGITAÇÃO / ENVIO DE ARQUIVOS XML MANUAL DE ORIENTAÇÕES Prestador Credenciado DIGITAÇÃO / ENVIO DE ARQUIVOS XML SUMÁRIO Apresentação 3 Digitação On-line Introdução 5 Acesso ao portal 5 Início da digitação 7 Transmissão do arquivo XML via

Leia mais

CRUZETAS E COMPONENTES DE CARDANS

CRUZETAS E COMPONENTES DE CARDANS CRUZETAS E COMPONENTES DE CARDANS Crucetas y Componentes de Cardanes / U-Joints & Driveshaft Parts Catálogo Catalogo Catalog Camionetas, Camiones y Autobuses Pick-ups, Caminhões e Ônibus Light Trucks,

Leia mais

NFe Nota Fiscal Eletrônica. Helder da Silva Andrade

NFe Nota Fiscal Eletrônica. Helder da Silva Andrade Nota Fiscal Eletrônica Helder da Silva Andrade 23/08/2010 SPED SUBSISTEMAS Escrituração Contábil Digital EFD ECD Escrituração Fiscal Digital Nota Fiscal Eletrônica CTe Conhecimento Transporte Eletrônico

Leia mais

e-fornecedores Nova Versão Cartilha do Fornecedor

e-fornecedores Nova Versão Cartilha do Fornecedor e-fornecedores Nova Versão Cartilha do Fornecedor Destinada aos Fornecedores das empresas: Outubro/2010 Nova Estrutura de Telas O portal e-fornecedores conta com nova interface, que facilita a forma de

Leia mais

AVALIAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DE FORNECEDORES NA INDÚS- TRIA AUTOMOTIVA: DA ISO9001 PARA ALÉM

AVALIAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DE FORNECEDORES NA INDÚS- TRIA AUTOMOTIVA: DA ISO9001 PARA ALÉM AVALIAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DE FORNECEDORES NA INDÚS- TRIA AUTOMOTIVA: DA ISO9001 PARA ALÉM Mateus Faria Mais Faculdade de Engenharia de Produção Centro de Ciências Eatas, Ambientais e de Tecnologia mateusfama@gmail.com

Leia mais

indústria automobilística

indústria automobilística Investimentos Os ventos da internacionalização da economia e a necessidade de modernizar estruturas e reduzir custos levaram à reordenação da indústria. 30 indústria automobilística no Brasil elegeu o

Leia mais

CRE - Sistema de Controle de Requisitos Específicos. Revisão de CRE's. Data 27/5/2010 13:24:42 Página 1 de 16 Relatório frmrel011

CRE - Sistema de Controle de Requisitos Específicos. Revisão de CRE's. Data 27/5/2010 13:24:42 Página 1 de 16 Relatório frmrel011 AGRALE - AGRALE Página 1 de 16 MANUAL DO FORNECEDOR AGRALE 02 - JUNHO/2008 - FOR - FORD MOTOR COMPANY Página 2 de 16 CARTA DE ESCLARECIMENTO FOR AGOSTO 2009 C:\SUSPENSYS\BANCO DE DADOS DE CSR\MANUAL FORD

Leia mais

INDÚSTRIA BRASILEIRA CATÁLOGO. Bobinas de campo para motores de partida, geradores e empilhadeiras elétricas.

INDÚSTRIA BRASILEIRA CATÁLOGO. Bobinas de campo para motores de partida, geradores e empilhadeiras elétricas. INDÚSTRIA BRASILEIRA CATÁLOGO Bobinas de campo para motores de partida, geradores e empilhadeiras elétricas. ÍNDICE Linha BOSCH Linha WAPSA Linha BOSCH DIESEL Linha MAGNETI MARELLI Linha ISKRA Linha DELCO

Leia mais

INT.COM INTERFACE COMERCIAL HONDA 2W

INT.COM INTERFACE COMERCIAL HONDA 2W MANUAL DO SISTEMA Versão 6.14 Considerações gerais...2 Configurações...3 Parâmetros...6 Transmissão dos dados...12 Busca de Processamento...12 Aplicativo de envio...14 Painel Principal INT.COM...15 1 Considerações

Leia mais

Manual de Integração Web Service

Manual de Integração Web Service Manual de Integração Web Service Prefeitura de São Simão/MG 1. INTRODUÇÃO Este manual tem como objetivo apresentar as especificações e critérios técnicos necessários para utilização do Web Service disponibilizado

Leia mais

5ª Delegacia Regional da Receita Guarapuava PR ALTAIR BATISTA DE SOUZA JOSÉ CLODOALDO MUNHOZ

5ª Delegacia Regional da Receita Guarapuava PR ALTAIR BATISTA DE SOUZA JOSÉ CLODOALDO MUNHOZ 5ª Delegacia Regional da Receita Guarapuava PR ALTAIR BATISTA DE SOUZA JOSÉ CLODOALDO MUNHOZ 1. O QUE É NF-e? 2. OBJETIVO DA NF-e 3. LEGISLAÇÃO 4. CONTRIBUINTES OBRIGATÓRIOS 5. ADESÃO VOLUNTÁRIA 6. NECESSIDADES

Leia mais

Projeto Nota Fiscal Eletrônica

Projeto Nota Fiscal Eletrônica Projeto Nota Fiscal Eletrônica Nota Técnica 2013/002 Distribuição de Documentos com Autorização de Uso pela SEFAZ (Incentivo ao B2B) Versão 1.00b Março 2013 01. Resumo Esta Nota Técnica tem como objetivo

Leia mais

Manual de Integração Web Service. Prefeitura de Ituiutaba/MG

Manual de Integração Web Service. Prefeitura de Ituiutaba/MG Manual de Integração Web Service Prefeitura de Ituiutaba/MG 1. INTRODUÇÃO Este manual tem como objetivo apresentar as especificações e critérios técnicos necessários para utilização do Web Service disponibilizado

Leia mais

Manual de Integração. TOTVS Colaboração

Manual de Integração. TOTVS Colaboração Sumário TOTVS COLABORAÇÃO... 3 1.1 Introdução... 3 1.2 Pré-Requisitos... 3 1.3 Transação Recepção NF-e Entrada (Fornecedores)... 4 2 TOTVS COLABORAÇÃO 1.1 Introdução Visão Geral A oferta, compreende toda

Leia mais

Manual de Integração Web Service. Prefeitura Municipal de Valparaíso de Goiás/GO

Manual de Integração Web Service. Prefeitura Municipal de Valparaíso de Goiás/GO Manual de Integração Web Service Prefeitura Municipal de Valparaíso de Goiás/GO 1. INTRODUÇÃO Este manual tem como objetivo apresentar as especificações e critérios técnicos necessários para utilização

Leia mais

Estado do Paraná Secretaria de Estado da Fazenda Coordenação da Receita do Estado

Estado do Paraná Secretaria de Estado da Fazenda Coordenação da Receita do Estado NORMA DE PROCEDIMENTO FISCAL Nº 100/2014 Publicado no DOE 9334 de 17.11.2014 SÚMULA: Dispõe sobre a emissão da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica - NFC-e, modelo 65. O DIRETOR DA CRE - COORDENAÇÃO DA

Leia mais

Documento para Integrações. Integração Datasul x TOTVS Colaboração CT-e

Documento para Integrações. Integração Datasul x TOTVS Colaboração CT-e Documento para Integrações Integração Datasul x TOTVS Colaboração CT-e Este documento modelo relaciona algumas informações que não podem faltar na documentação de uma integração. Porém, ninguém melhor

Leia mais

Portal Sistema de Acompanhamento de Nota Fiscal RI e RIII

Portal Sistema de Acompanhamento de Nota Fiscal RI e RIII Portal Sistema de Acompanhamento de Nota Fiscal RI e RIII Manual do Usuário Feito em: 05/03/2012 Última Atualização: 29/08/2012 Versão: 2.3 ÍNDICE 1. Acessando o Portal SANF... 6 2. Cadastro de Notas Fiscais...

Leia mais

Documento para Integrações. Integração Datasul x TOTVS Colaboração Compras e Vendas

Documento para Integrações. Integração Datasul x TOTVS Colaboração Compras e Vendas Documento para Integrações Integração Datasul x TOTVS Colaboração Compras e Vendas Este documento modelo relaciona algumas informações que não podem faltar na documentação de uma integração. Porém, ninguém

Leia mais

WORKSHOP CARTA CORREÇÃO ELETRONICA

WORKSHOP CARTA CORREÇÃO ELETRONICA WORKSHOP CARTA CORREÇÃO ELETRONICA Sistema JAD NOTA FISCAL ELETRÔNICA OBJETIVO: O objetivo deste WORKSHOP é apresentar a nova ferramenta do Sistema JAD, conforme o Ajuste Sinief 10 de 30/09/2011, que altera

Leia mais

Com Pedido de Compra Sem Pedido de Compra ou Entrada Manual Importando XML enviado do Fornecedor

Com Pedido de Compra Sem Pedido de Compra ou Entrada Manual Importando XML enviado do Fornecedor Movimentos - Entrada de Nota Fiscal Para realizar a entrada de nota fiscal no sistema, verifica-se primeiro as opções, existem vários meios para dar entrada em uma Nota Fiscal: Com Pedido de Compra é quando

Leia mais

Projeto Nota Fiscal Eletrônica - NF-e

Projeto Nota Fiscal Eletrônica - NF-e Projeto Nota Fiscal Eletrônica - NF-e Nota Técnica 2014/004 Validação NCM Novos códigos de País Fuso horário do Evento da NF-e Mensagem de consulta da NF-e Versão 1.00 Junho 2014 1. Resumo Esta Nota Técnica

Leia mais

Parecer Técnico. NF-e 3.10 NT 1.21 Alterações

Parecer Técnico. NF-e 3.10 NT 1.21 Alterações Parecer Técnico NF-e 3.10 NT 1.21 Alterações PARECER SOBRE A NT 1.21 NF-e 3.10 2014 Nota Técnica 2013/005 v 1.20/1.21 Alteração no Leiaute de NF-e Em Novembro de 2014 a SEFAZ publicou a Nota Técnica 2013/005

Leia mais

# Artigo Artigo Qt.Existência Preço Líquido 3463 PONT. HOMOC. TOYOTA 2.00 32,00 3006K PONT. HOMOC. AUSTIN/MINI/ROVER 6.00 16,35 3009K PONT. HOMOC.

# Artigo Artigo Qt.Existência Preço Líquido 3463 PONT. HOMOC. TOYOTA 2.00 32,00 3006K PONT. HOMOC. AUSTIN/MINI/ROVER 6.00 16,35 3009K PONT. HOMOC. # Artigo Artigo Qt.Existência Preço Líquido 3463 PONT. HOMOC. TOYOTA 2.00 32,00 3006K PONT. HOMOC. AUSTIN/MINI/ROVER 6.00 16,35 3009K PONT. HOMOC. AUSTIN/MG/MINI/ROVER 11.00 34,00 3012K PONT. HOMOC. FIAT/LANCIA/SEAT

Leia mais

Sistema Nota Fiscal Eletrônica

Sistema Nota Fiscal Eletrônica Fiscal eletrônica Sistema Fiscal Eletrônica Técnica 2013/007 Apresenta o novo ambiente de autorização de contingência do Sistema NF-e e disciplina a sua forma de uso pelas empresas: SVC - SEFAZ VIRTUAL

Leia mais

Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais 02/2014

Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais 02/2014 Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais 02/2014 Agenda 1. Requisitos gerais MDF-e 2. Contribuintes obrigados a emissão MDF-e 3. Encerramento MDF-e 4. DAMDF-e 5. Descrição Simplificada Modelo Operacional

Leia mais

Emissão e autorização da NF-e 2. Quais são as validações realizadas pela Secretaria de Fazenda na autorização de uma NF-e?

Emissão e autorização da NF-e 2. Quais são as validações realizadas pela Secretaria de Fazenda na autorização de uma NF-e? O QUE MUDA COM A NF-e 1. Como funciona o modelo operacional da NF-e? De maneira simplificada, a empresa emissora de NF-e, previamente credenciada segundo as normas ditadas pela Secretaria de Fazenda de

Leia mais

TOTVS Colaboração NF-e/CT-e Logix. Integração TOTVS Colaboração NF-e/CT-e Logix

TOTVS Colaboração NF-e/CT-e Logix. Integração TOTVS Colaboração NF-e/CT-e Logix Integração TOTVS Colaboração NF-e/CT-e Logix Data da revisão Responsável Descrição da revisão 26/09/2012 Roberta Patricio Postai Vieira Versão inicial 2 1 Conteúdo 1 Conteúdo... 3 2 Contexto de negócio

Leia mais

Integração TOTVS Colaboração 2.0 Recepção NFS-e - Datasul

Integração TOTVS Colaboração 2.0 Recepção NFS-e - Datasul Integração TOTVS Colaboração 2.0 Recepção NFS-e - Datasul Setembro/2014 Sumário 1. Contexto de negócio (Introdução)... 3 2. Objetivos do projeto TOTVS Colaboração 2.0... 3 3. Sistemas Envolvidos... 3 4.

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO REGIONAL INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA E DE AUTOPEÇAS

DISTRIBUIÇÃO REGIONAL INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA E DE AUTOPEÇAS ÁREA DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS 2 - AO2 GERÊNCIA SETORIAL DO COMPLEXO AUTOMOTIVO Data: Setembro/99 N o 26 DISTRIBUIÇÃO REGIONAL INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA E DE AUTOPEÇAS Com o recente ciclo de investimentos

Leia mais

Autorização de uso do MDF-e implicará em registro posterior dos eventos, nos documentos fiscais eletrônicos nele relacionados.

Autorização de uso do MDF-e implicará em registro posterior dos eventos, nos documentos fiscais eletrônicos nele relacionados. MDF-e - Nota Técnica 2015.001 Produto : Datasul, MFT (Faturamento), TOTVS 12 Projeto : PCREQ-3414 Data da : 23/02/2015 Data da revisão : 23/02/2015 criação Banco(s) de País(es) : Brasil : Todos Dados Implementada

Leia mais

Manual Credenciamento como Emissor de Nota Fiscal Eletrônica

Manual Credenciamento como Emissor de Nota Fiscal Eletrônica Manual Credenciamento como Emissor de Nota Fiscal Eletrônica Versão Revisão Data Responsável Revisores 1.0 0 23/10/2007 Fabiano Moreira Ramos Helder da Silva Andrade 1.2 2 28/03/2008 Fabiano Moreira Ramos

Leia mais

MANUAL PARA CREDENCIAMENTO DE ESTABELECIMENTOS PARA EMISSÃO DE NF-e

MANUAL PARA CREDENCIAMENTO DE ESTABELECIMENTOS PARA EMISSÃO DE NF-e MANUAL PARA CREDENCIAMENTO DE ESTABELECIMENTOS PARA EMISSÃO DE NF-e Este documento tem por objetivo orientar a etapa de Credenciamento para emissão de Nota Fiscal eletrônica (NF-e) por contribuintes paranaenses.

Leia mais

Brasil: Qual o tamanho do desafio da capacidade instalada automotiva nas OEM s? Julian G. Semple, Consultor Sênior CARCON Automotive

Brasil: Qual o tamanho do desafio da capacidade instalada automotiva nas OEM s? Julian G. Semple, Consultor Sênior CARCON Automotive Brasil: Qual o tamanho do desafio da capacidade instalada automotiva nas OEM s? Julian G. Semple, Consultor Sênior CARCON Automotive E a capacidade produtiva instalada? O Brasil enfrenta novamente o desafio

Leia mais

Contudo, o Manual de Integração versão 3.0, que define a versão 1.10 da NF-e, continuará em vigor até 31 de dezembro de 2010.

Contudo, o Manual de Integração versão 3.0, que define a versão 1.10 da NF-e, continuará em vigor até 31 de dezembro de 2010. Principais Mudanças da NF-e XML 2.0 Um dos temas em mais relevantes no cenário empresarial para 2010 é a chamada Segunda Geração da NF-e, cujas especificações técnicas tiveram inicio em 1º de abril, de

Leia mais

Diretório dos Expositores

Diretório dos Expositores ABIFER/SIMEFRE Nome de Contato: EDILENE MAYERN AVENIDA PAULISTA, 1313-8º ANDAR - CONJUNT CEP: 01311-923 Cidade: SÃO PAULO Estado: SP DDD: 11 Telefone: (11) 3289-1667 - ( abifer@abifer.org.br / simefre@simefre

Leia mais

Vale Fertilizantes Janeiro / 2012 Versão 1.0

Vale Fertilizantes Janeiro / 2012 Versão 1.0 Cartilha NF-e Nota Fiscal Eletrônica Vale Fertilizantes Janeiro / 2012 Versão 1.0 Este documento descreve as obrigações e procedimentos no manuseio de NFNF e Nota Fiscal Eletrônica. Conteúdo 1. Introdução...

Leia mais

/ Bomba D'Agua / Water Pumps. Lanzamientos. New Developments. Páginas / Páginas / Pages. Descrição / Descrición / Description. www.nakata.com.

/ Bomba D'Agua / Water Pumps. Lanzamientos. New Developments. Páginas / Páginas / Pages. Descrição / Descrición / Description. www.nakata.com. Lançamentos / Bomba DÁgua Lanzamientos New Developments / Bomba D'Agua / Water Pumps Descrição / Descrición / Description Páginas / Páginas / Pages 4 www.nakata.com.br Índice / Bomba D'Água Indice / Bomba

Leia mais

EDIG MANUAL DO USUÁRIO

EDIG MANUAL DO USUÁRIO EDIG MANUAL DO USUÁRIO Av. Duque de Caxias, 882 - Maringá, PR Telefone: (44) 3033-6300 SÚMARIO Introdução... 4 Cadastros... 4 Empresas... 4 Certificados... 5 Doc. Emitidos... 7 Monitor de Operações...

Leia mais

Indústria automobilística brasileira Brazilian automotive industry

Indústria automobilística brasileira Brazilian automotive industry Índice Index Nota ao leitor / To the reader... 10 Indústria automobilística brasileira em grandes números / Brazilian automotive industry in grand figures... 10 Diretoria da Anfavea / Anfavea board of

Leia mais

Lanzamientos New Developments. / Ejes Diferenciales / Differential Axles. Descrição / Descrición / Description. Codigo / Part Number - Newsletter

Lanzamientos New Developments. / Ejes Diferenciales / Differential Axles. Descrição / Descrición / Description. Codigo / Part Number - Newsletter Lançamentos / Eixos Diferenciais Lanzamientos New Developments / Ejes Diferenciales / Differential Axles Descrição / Descrición / Description Codigo / Part Number - Newsletter 74307-6X Coroa e Pinhão VOLKSWAGEN

Leia mais

Cód. Produto RC.600.008. Cód. Produto RC.600.011. Aplicação. R134a. Polia 6PK 12 Volts 447.170.01102. Cód. Produto RC.600.013.

Cód. Produto RC.600.008. Cód. Produto RC.600.011. Aplicação. R134a. Polia 6PK 12 Volts 447.170.01102. Cód. Produto RC.600.013. es Denso RC.600.005 RC.600.008 Denso Toyota Hilux/Mitsubishi Pajero Motor KZN185 10PA17C sem Polia 447.200.4555 Denso Toyota Polia 4PK 447.100.0030 TV14EC RC.600.009 RC.600.011 Denso Toyota Corolla 1998/

Leia mais

PLASCAR ANUNCIA RESULTADOS EM 30 JUNHO 2015.

PLASCAR ANUNCIA RESULTADOS EM 30 JUNHO 2015. PLASCAR ANUNCIA RESULTADOS EM 30 JUNHO 2015. Cotação (30/06/15) PLAS3 - R$ 0,27 Valor de mercado em 30/06/15 (MARKET CAP BOVESPA) R$ 67 milhões Quantidade Ações Ordinárias: 249 MM Relação com Investidores

Leia mais

Palestra em 30 de julho de 2014. Cristina S. Rodrigues ex Diretora do TI RIO e Diretora da empresa DELLINE INFORMÁTICA LTDA

Palestra em 30 de julho de 2014. Cristina S. Rodrigues ex Diretora do TI RIO e Diretora da empresa DELLINE INFORMÁTICA LTDA Palestra em 30 de julho de 2014 Cristina S. Rodrigues ex Diretora do TI RIO e Diretora da empresa DELLINE INFORMÁTICA LTDA Os Layouts e Serviços de Autorização de uso da NF-e Serão os mesmos para NFC-e.

Leia mais

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Para dar mais agilidade e segurança à administração tributária, os Estados brasileiros, o Distrito Federal e o

Leia mais

1. Reordenação da aba Fiscal 1. 2. Consulta simplificada de itens vendidos por NCM, CFOP e Alíquotas 2. 3. Parametrização de NCM 4

1. Reordenação da aba Fiscal 1. 2. Consulta simplificada de itens vendidos por NCM, CFOP e Alíquotas 2. 3. Parametrização de NCM 4 CADASTROS FISCAIS 1. Reordenação da aba Fiscal 1 2. Consulta simplificada de itens vendidos por NCM, CFOP e Alíquotas 2 3. Parametrização de NCM 4 4. Faturamento de pedidos entregues no endereço do revendedor

Leia mais

(*) RESOLUÇÃO 13 DO SENADO FEDERAL (1ª versão 11.01.2013)

(*) RESOLUÇÃO 13 DO SENADO FEDERAL (1ª versão 11.01.2013) (*) RESOLUÇÃO 13 DO SENADO FEDERAL (1ª versão 11.01.2013) PERGUNTAS Se o conteúdo de importação for inferior a 40% é obrigatório o cadastro da FCI? RESPOSTAS Todo o contribuinte que, concomitantemente,

Leia mais

Projeto Nota Fiscal Eletrônica

Projeto Nota Fiscal Eletrônica Projeto Nota Fiscal Eletrônica Nota Técnica 2013/002 Distribuição de Documentos com Autorização de Uso pela SEFAZ (Incentivo ao B2B) Versão 1.00b Março 2013 01. Resumo Esta Nota Técnica tem como objetivo

Leia mais

2 A Indústria Automobilística Nacional 2.1. Breve histórico

2 A Indústria Automobilística Nacional 2.1. Breve histórico 2 A Indústria Automobilística Nacional 2.1. Breve histórico A indústria automobilística nacional nasceu com a instalação da Ford Brasil em 1919. Ela iniciou a montagem dos famosos modelos T por meio de

Leia mais

Termo de Cooperação Nº XXX/2015. especificam.

Termo de Cooperação Nº XXX/2015. especificam. Termo de Cooperação Nº XXX/2015 Termo de Cooperação que entre si celebram a Secretaria de Estado da Fazenda e a XXXXXXXXXXXXXXX, para fins que especificam. A SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA SEFA/PR, com

Leia mais

KMG DIESEL LTDA. DISTRIBUIDORA DE PEÇAS

KMG DIESEL LTDA. DISTRIBUIDORA DE PEÇAS KMG DIESEL LTDA. DISTRIBUIDORA DE PEÇAS Cnpj: 09.150.858/0001-07 Inscr. Estadual: 90420993-73 Rua Passos, 254 CEP: 86062-310 LONDRINA PR Fone/Fax: (43) 3327-3113 / 3327-0030 /9915-0445 vivo/ 9800-1243

Leia mais

Manual Técnico de Utilização do WebService de Cadastro da Capa de Lote Eletrônica CL-e

Manual Técnico de Utilização do WebService de Cadastro da Capa de Lote Eletrônica CL-e Projeto Capa de Lote Eletrônica Manual Técnico de Utilização do WebService de Cadastro da Capa de Lote Eletrônica CL-e Versão 1.00 13 de Outubro de 2010 Página 1/9 Controle de Versões Versão Data 1.00

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS RADAR NF-e

PERGUNTAS E RESPOSTAS RADAR NF-e PERGUNTAS E RESPOSTAS RADAR NF-e O que clientes e canais devem fazer para utilizar o Radar NF-e? Para usufruir de todos os diferenciais do Radar NF-e é imprescindível que os clientes da linha Radar antecipem

Leia mais

ROLAMENTOS MERITOR CATÁLOGO DE APLICAÇÃO - 2014

ROLAMENTOS MERITOR CATÁLOGO DE APLICAÇÃO - 2014 ROLAMENTOS MERITOR CATÁLOGO DE APLICAÇÃO - 2014 2 3 4 5 6 Rolamento Conjunto 802700 47487-MAF 47420A-MAF Caminhões Mercedes Benz 1113 /14 /16 / 17 ; 1214 /18 ; 1313 /14 /16; Eixo Diferencial 1,5 Ônibus

Leia mais

Manual Técnico de Utilização do Web Service de Administração do Código de Segurança do Contribuinte - CSC

Manual Técnico de Utilização do Web Service de Administração do Código de Segurança do Contribuinte - CSC Projeto Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica Manual Técnico de Utilização do Web Service de Administração do Código de Segurança do Contribuinte - CSC Versão 1.00 19 de Agosto de 2014 Página 1/9 Controle

Leia mais

Cinqüentenário. Indústria Automobilística Brasiliera - 50 anos

Cinqüentenário. Indústria Automobilística Brasiliera - 50 anos Cinqüentenário 8 Indústria Automobilística Brasiliera - 50 anos A base está formada. Levou cinqüenta anos para ser construída. Mas resultou sólida, competente e de reconhecida qualidade. O momento, agora,

Leia mais

Embalagem Retornável entre Parceiros de Negócio.

Embalagem Retornável entre Parceiros de Negócio. Anfavea e Sindipeças Embalagem Retornável entre Parceiros de Negócio. Abril de 2011 Trabalho elaborado pelo Grupo de Tarefa Anfavea e Sindipeças Sumário A. OBJETIVO... 3 B. NOTA... 3 C. QUANDO CLIENTE...

Leia mais

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE MUCUGÊ CNPJ 13.922.562/0001-34

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE MUCUGÊ CNPJ 13.922.562/0001-34 CONTRATADA: LOPES E LOPES COMERCIO DE PEÇAS LTDA EPP. CNPJ Nº 08.888.715/0001-34 LOTE 01 PEÇAS AUTOMÓVEIS PEQUENOS 01 CHEVROLET 21% 02 FIAT 23% 03 FORD 23% 04 RENAULT 23% 06 WOLKSVAGEN 26% LOTE 04 SERVIÇOS

Leia mais

IA 3610 AGCO: Colheitadeira MS 56, 3640, MF680 / C 23610 ARS 5134. IS 050 AGCO: MF 297 - Secundário - Use c/ IA 944 CF 500 ASR 203

IA 3610 AGCO: Colheitadeira MS 56, 3640, MF680 / C 23610 ARS 5134. IS 050 AGCO: MF 297 - Secundário - Use c/ IA 944 CF 500 ASR 203 Foto Produto AGCO - ELEMENTOS FILTRANTES MANN TECFIL WEGA IA 3610 AGCO: Colheitadeira MS 56, 3640, MF680 / C 23610 ARS 5134 IA 4200 AGCO: MF 250 C 14200 ARS 2868 WR 200/3 IA 6400 AGCO: MF 292, MF 299 C

Leia mais

RAI - Revista de Administração e Inovação ISSN: 1809-2039 campanario@uninove.br Universidade de São Paulo Brasil

RAI - Revista de Administração e Inovação ISSN: 1809-2039 campanario@uninove.br Universidade de São Paulo Brasil RAI - Revista de Administração e Inovação ISSN: 1809-2039 campanario@uninove.br Universidade de São Paulo Brasil Rodrigues, Leonel Cezar; Andrade da Silva, Fernando José SISTEMAS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Leia mais

Nota Fiscal Paulista. Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Nota Fiscal Paulista. Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Nota Fiscal Paulista Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) Versão 1.1 15/02/2008 Página 1 de 17 Índice Analítico 1. Considerações Iniciais 3 2. Instalação do

Leia mais

MANUAL AO FORNECEDOR TECFIL. 2012-Agosto - Versão 0.4

MANUAL AO FORNECEDOR TECFIL. 2012-Agosto - Versão 0.4 MANUAL AO FORNECEDOR TECFIL 2012-Agosto - Versão 0.4 Conteúdo TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO... 3 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO... 3 e-mail... 3 Formato e Nome do Arquivo XML... 3 Portal do Fornecedor... 3 INFRAESTRUTURA...

Leia mais

TRANSMISSOR ECF. Sistema de transmissão de arquivos Nota Fiscal Paulista. Manual de Utilização

TRANSMISSOR ECF. Sistema de transmissão de arquivos Nota Fiscal Paulista. Manual de Utilização TRANSMISSOR ECF Sistema de transmissão de arquivos Nota Fiscal Paulista Manual de Utilização 1. Histórico de alterações Data Versão Alteração 04/12/2012 1 Criação do documento 28/02/2013 2 Revisão 2. Proposta

Leia mais

Manual WSD Unimed Vale do São Francisco Cooperativa de Trabalho Médico LTDA Rua do Coliseu, 123 Centro, Petrolina/PE CEP: 56302.

Manual WSD Unimed Vale do São Francisco Cooperativa de Trabalho Médico LTDA Rua do Coliseu, 123 Centro, Petrolina/PE CEP: 56302. Manual WSD 1 Manual de Acesso e Utilização do WSD-TISS Considerações Iniciais IMPORTANTE!!! Informamos que respeitando a Instrução Normativa nº 28, publicada pela ANS em 11 de janeiro de 2008, a partir

Leia mais

Lançamentos / Componentes de Suspensão e Direção Lanzamientos

Lançamentos / Componentes de Suspensão e Direção Lanzamientos Lançamentos / Componentes de Suspensão e Direção Lanzamientos New Developments / Partes de Suspensión y Dirección / Chassis Parts and Direction Descrição / Descrición / Description Páginas / Páginas /

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico Parecer n o 06367/2009/RJ COGCE/SEAE/MF Referência: Ofício n 3102/2009/SDE/GAB, de 6 de maio de 2009. Em 02 de julho de 2009. Assunto: ATO DE

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica NOTA FISCAL ELETRÔNICA

Nota Fiscal Eletrônica NOTA FISCAL ELETRÔNICA Nota Fiscal Eletrônica NOTA FISCAL ELETRÔNICA Sistema Tributário Brasileiro (1967) Obrigações acessórias em excesso, muitas vezes redundantes Verificação Fiscal complexa e trabalhosa Altos custos com emissão,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MURIAÉ

PREFEITURA MUNICIPAL DE MURIAÉ PREFEITURA MUNICIPAL DE MURIAÉ ESTADO DE MINAS GERAIS Versão 1.12.03 Manual de Instalação do Programa de Declaração dos Contribuintes do ICMS Manual desenvolvido pela da Prefeitura Municipal de Muriaé.

Leia mais

Manual do DEC Domicílio Eletrônico do Contribuinte

Manual do DEC Domicílio Eletrônico do Contribuinte GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA FAZENDA Coordenadoria da Administração Tributária Diretoria Executiva da Administração Tributária Manual do DEC Domicílio Eletrônico do Contribuinte Manual

Leia mais

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Para dar mais agilidade e segurança à administração tributária, os Estados brasileiros, o Distrito Federal e o

Leia mais