ENDODONTIA: USO DA TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA CONE BEAN COMO RECURSO DE DIAGNÓSTICO COMPLEMENTAR

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ENDODONTIA: USO DA TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA CONE BEAN COMO RECURSO DE DIAGNÓSTICO COMPLEMENTAR"

Transcrição

1 ENDODONTIA: USO DA TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA CONE BEAN COMO RECURSO DE DIAGNÓSTICO COMPLEMENTAR FOULETTO, S.Y.E.A 1, KOUBIK, A.C.G.A 2 1- Pós-graduanda do Curso de Radiologia Odontológica e Imaginologia da Universidade Tuiuti do Paraná (Curitiba-PR). 2- Profª MSc e Orientadora do curso de Especialização em Radiologia Odontológica e Imaginologia da Universidade Tuiuti do Paraná (Curitiba-PR). RESUMO Na prática endodôntica as radiografias periapicais, em casos específicos, apresentam limitações, não demonstrando aspectos importantes para um apropriado diagnóstico e plano de tratamento, havendo necessidade de uma avaliação em três dimensões. A tomografia computadorizada cone beam (TCCB) tem sido muito utilizada na odontologia. O objetivo deste estudo foi realizar revisão da literatura sobre a sua aplicabilidade da TCCB na endodontia. Concluiu-se que a TCCB é um importante recurso para a elaboração de um plano de tratamento endodôntico adequado, essencialmente em casos especiais, como reabsorções radiculares, alterações anatômicas das raizes a localização de canais radiculares, identificação de lesões patológicas e fraturas. PALAVRAS CHAVE: Cone Bean, Endodontia, Tomografia Computadorizada. ABSTRACT In practice requires the periapical radiographs endod, in specific cases, have limited es, no demonstrating important aspects for an appropriate diagnosis and treatment plan, and there is a need to evaluate in three dimensions. Cone beam computed tomography has been widely used in dentistry, being the main objective of this study a review of literature on their applicability in Endodontics. It was concluded that the tomography Cone Bean an important resource for the drawing up of a plan of treatment appropriate, essentially romantic endod in special cases, such as reabsor, finds the root channel, identifies the les es patol alterations and fractures. KEYWORDS: Cone Bean, Endodontics, Computed Tomography. 1

2 INTRODUÇÃO As radiografias periapicais são as mais utilizadas nos tratamentos endodônticos, por serem de fácil aquisição e fornecem imagens favoráveis aos cirurgiões dentistas. Apesar de sua ampla aplicabilidade, essas imagens não proporcionam informações em terceira dimensão e a sobreposição de estruturas prejudica a elaboração de um diagnóstico preciso (Patel, 2009). Para suplantar essas restrições radiográficas e fornecer imagens com maior detalhamento surgiram as tomografias computadorizadas, que são exames imaginológicos em três dimensões (3D). Dentre elas, a tomografia computadorizada cone bean (TCCB) que está sendo muito utilizada na área odontológica, principalmente na implantodontia, ortodontia, cirurgia e traumatologia buco-maxilo-facial, exames das articulações temporo mandibulares (ATM) e endodontia (ESTRELA et al., 2008b). O diagnóstico por imagem por meio da tomografia é uma área que tem passado por constantes avanços tecnológicos, e tem sido bastante utilizados na Odontologia. No entanto esse processo de evolução muito se deve à tecnologia digital, que tem permitido grandes avanços nas pesquisas e disponibilizando um número cada vez maior de exames por imagem. Assim, todo Cirurgião-Dentista deve ter um conhecimento para indicar corretamente cada tipo de exame por imagem, visando melhor diagnóstico e planejamento de seu tratamento (Bramante, 2000). Atualmente, novos tomógrafos computadorizados com tecnologia 3D foram desenvolvidos, alguns para a região maxilofacial, especificamente para a Odontologia. Isso implica em mudanças em relação aos atuais meios de dignóstico. ATomografia Computadorizada Cone Bean. É uma técnica revolucionária de obtenção de imagem que utiliza um feixe cônico de radiação (Cone Bean) associado a um receptor de imagens bidimensional. Nesta técnica, o conjunto fonte de raios X e receptor de imagens gira 360º uma única vez em torno a região de interesse, durante este giro, variadas projeções bidimensionais em ângulos diferentes conseguidas são enviadas ao computador. Esses focos de projeções contêm toda a informação precisa para compor a matriz da imagem em 3D. Depois que a imagem é coletada o paciente pode ser liberado, já que todas as informações precisas para gerar as imagens estão contidas na imagem matriz (SCARFE et al., 2006; XAVES et al., 2005). O objetivo do presente estudo é a realização de uma revisão da literatura da aplicabilidade da TCCB em casos específicos na endodontia. REVISÃO DA LITERATURA Tomografia é uma palavra formada pela junção de dois termos gregos, tomos e graphos que significam, respectivamente, camadas e escrita. A tomografia consiste nada mais do que a 2

3 obtenção de imagens do corpo em forma de cortes ou camadas. É uma técnica especializada que registra de maneira clara objetos localizados dentro de um determinado plano e permitem a observação da região selecionada com quase nenhuma ou nenhuma sobreposição de estruturas (CHIAR ELLI, et, 2006). Existem dois tipos de tomografia computadorizada, a tomografia computadorizada médica, conhecida como tomografia computadorizada fan bean (TCFB) e a tomografia computadorizada odontológica, conhecida como tomografia computadorizada cone bean (TCCB). As duas tomografias podem obter imagens em cortes da região dentomaxilofacial. A TCFB utiliza um feixe de raios X em forma de leque e a TCCB, dedicada ao complexo dentomaxilofacial, utiliza um feixe de raios X em forma de cone, onde captura todas as estruturas ósseas em um só volume, gerando imagens precisas e uma redução significativa de artefatos metálicos (Garib et al. 2007). A TCFB apresenta uma série de limitações na Odontologia como, alta dose de radiação, alto custo do equipamento e do exame, baixa resolução para Odontologia, alteração de imagem devido a objetos metálicos como restaurações e implantes, limitação nos protocolos específicos para odontologia e dificuldade de comunicação entre médicos e cirurgiões-dentistas (Bueno et al. 2007). A dose de radiação efetiva da tomografia computadorizada odontológica varia de acordo com a marca comercial do aparelho e com as especificações técnicas selecionadas durante a tomada (campo de visão, tempo de exposição, miliamperagem e quilovoltagem). Porem, de um modo geral, ela mostra-se significantemente reduzida em comparação à tomografia computadorizada tradicional. Quando comparada às radiografias convencionais, a dose de radiação da TC de feixe cônico apresenta-se similar à do exame periapical da boca toda ou equivale aproximadamente 4 a 15 vezes a dose de uma radiografia panorâmica (Neville B, et al, 2004). Bissoli et al (2007) relata que a TCCB é de relevante importância para o diagnóstico, localização e reconstrução de imagens tomográficas com excelente precisão, auxiliando os profissionais da área da saúde no planejamento e tratamento dos pacientes. O tomógrafo cone bean é compacto em relação aos tomógrafos médicos. O paciente fica sobre os pés, sentado ou em posição de supino dependendo do modelo utilizado. O tomógrafo é constituído por um tubo que emite raios X pulsátil em forma de um feixe cônico de radiação e, um sensor, unidos por um braço, semelhante ao de um aparelho panorâmico. Uma cadeira ou mesa motorizada juntamente com sistemas de suporte de queixo e cabeça completam o aparelho que é ligado a um computador comum, sem necessidade de uma estação de trabalho (Workstation) especifica (Raymundo Júnior, et al 2007). Existem dois tipos de sensores para a tecnologia cone bean: Intensificador de Imagem e o 3

4 Flat Panel. A primeira geração de tomógrafos cone bean utilizava o sistema intensificador de imagem de 8 bits. Com a evolução dos aparelhos, o sensor Flat Panel passou a ser mais utilizado pelas vantagens que oferece, pois produz imagens livres de distorções e com menor ruído, não são sensíveis a campo magnéticos e não precisam de calibração freqüente. Atualmente os sensores Flat Panel possuem 12 a 16 bits. Quanto maior a quantidade de bits, maior a quantidade de tons cinza. O braço contendo o sensor e o tubo de raios X gira em torno do paciente, adquirindo múltiplas imagens bidimensionais em diferentes projeções. O número de projeções varia entra 250 a 600 imagens adquiridas dentro de um giro de 180 a 360 graus. O tempo de execução do exame geralmente ocorre entre 8 e 40 segundos, mas como o raio X é pulsátil 33, o tempo de exposição é bem menor. O sistema cone bean é muito sensível a movimento da cabeça do paciente, portanto, o mesmo deve ficar imóvel, durante a aquisição de imagem. Aparelhos com sistema de contenção adequado favorecem a imobilidade do paciente (SCARFE et al., 2006). As imagens obtidas das múltiplas exposições geram um volume cilíndrico e o computador realiza a reconstrução primária. Depois, para trabalho, executam-se reconstruções secundárias da imagem de acordo com as necessidades e com os protocolos de atendimento. Além dos cortes, pode-se gerar a partir da tomografia cone bean, imagens planas ou tridimensionais da radiografia panorâmica em tamanho real 1:1, imagem da teleradiografia lateral, frontal, e muitos outros exames com uma nitidez muito maior do que os exames convencionais. As imagens digitais são formadas por pequenos pontos, a menor unidade destas, que são pequenos quadrados com medidas laterais idênticas, largura (x) e altura (y), sendo chamado de pixel. Como a tomografia é um volume tridimensional, um novo plano é adicionado, a profundidade (z), constituindo então não mais um quadrado e sim um cubo, chamado de voxel. A tomografia cone bean possui voxel isométrico 10 (voxel com altura, largura e profundidade de iguais dimensões) e voxel isomorfo, aumentado a capacidade de reproduzir detalhes dos tecidos duros com maior nitidez e clareza do que as tomografias médicas (que não possuem voxels isométricos), especialmente de estruturas delicadas, como por exemplo, lâmina dura. Teoricamente quanto menor o tamanho do voxel, mais nítida tende ser a imagem, mas outros fatores como a qualidade do sensor, projeto do aparelho, estabilidade do paciente e software interferem na nitidez final (XAVES et al., 2005). Os aparelhos de TCCB possuem características próprias e diferem quanto ao tipo de sensor, tamanho do campo de imagem (Field of View FOV), resolução e software. Essas diferenças fazem com que certos aparelhos sejam mais indicados para determinadas especialidades, como a endodontia na qual uma imagem em alta resolução se faz necessário, diferindo da ortodontia que necessita de uma área mais abrangente de grande volume. Pode-se classificar os tomógrafos cone bean pelo tamanho de seu campo de imagem (FOV): 1. Aparelhos de pequeno volume; 2. Aparelhos de grande volume; 3. Aparelhos de grande e pequeno volume. Os tomógrafos de pequeno volume possuem um 4

5 FOV de até 8x8 cm. A vantagem desta aquisição é poder avaliar apenas as regiões de interesse, em alta resolução, sem expor o paciente à radiação em áreas sem interesse, de forma desnecessária. Na eventual necessidade de um campo maior de imagem, dois ou mais volumes podem ser adquiridos para complementar o exame. Em odontologia, a grande maioria das necessidades de exames tomográficos se limita a áreas especificas da boca. È um exame altamente adequado para avaliação de estruturas dentárias e dos tecidos ósseos adjacentes. O pequeno volume é a escolha adequada nos casos em que a alta resolução se faz necessária como a endodontia, reabsorções, implantes de alguns elementos, ATM e patologias. Os aparelhos de grande volume adquirem um volume de imagem maior que 8x8 cm, geralmente 12x12 cm a 18x22 cm. Eles possuem maior dose de radiação e qualidade de imagem inferior aos de pequeno volume. Vale ressaltar que a dose de radiação é superior a de pequeno volume, porém muito inferior a tomografia médica. As tomografias de grande volume podem gerar reconstruções multiplanares com visões tridimensionais e bidimensionais, como teleradiografias lateral, frontal, axial, radiografias panorâmicas virtualmente sem distorções. Estes aspectos auxiliam especialidades em que uma grande área precisa ser analisada, como implantes múltiplos, grandes patologias, ortodontia e traumatologia (XAVES et al., 2005). As radiografias periapicais apresentam sobreposição de imagens e podem ter como resultado distorções geométricas que ocorrem por aumentar ou diminuir a angulação vertical reduzindo ou aumentando o comprimento radicular podendo resultar no desaparecimento de lesões perirradiculares. Estas limitações são superadas com a tecnologia da TCCB (Patel et al. 2007; Lofthag- Hansen et al. 2007). Patel (2009) avaliou o uso da TCCB no manejo de problemas endodônticos, sendo uma das maiores vantagens da técnica, a redução da dose de radiação ao paciente. No entanto, quando o paciente possui metais na cavidade bucal como, por exemplo, restaurações metálicas ou implantes, as imagens produzidas com esta nova tecnologia não têm a mesma resolução que as radiografias periapicais. O autor conclui que, quando indicada, imagens em 3D da TCCB devem complementar as radiografias periapicais em 2D e que os benefícios de cada sistema, tanto os da radiografia como os da tomografia, devem ser aproveitados. Cotton et al. (2007) concluíram que um cirurgião-dentista pode solicitar uma TCFB se radiografias periapicais ou panorâmicas forem insuficientes. Mas com o emprego da TCCB, verificam que a qualidade das imagens foram superiores em comparação com a TCFB, mostrando-se com melhor resolução, menor tempo de escaneamento e menor dose de radiação. Na endodontia, para verificar canais acessórios e fraturas radiculares, é uma nova tecnologia, pois permite a visualização de estruturas de dimensões reduzidas com um mínimo de exposição à radiação para o paciente. Devido principalmente ao reduzido custo 5

6 financeiro e à menor radiação, vislumbra-se um crescente uso e difusão da TCCB ocorrendo num futuro bem próximo na Endodontia (Raymundo Júnior, et al 2007). O conhecimento da anatomia interna dental e suas variações são importantes para o planejamento. Condutos radiculares não localizados podem levar ao insucesso no tratamento endodôntico. Por meio da radiografia periapical, devido sua natureza bidimensional, torna-se difícil a determinação do número exato de canais radiculares presentes em um dente, mesmo que ampliada, tornando o tratamento mais imprevisível (Patel, 2009). Com a TCCB, a morfologia radicular pode ser visualizada em três dimensões, assim como o número de canais radiculares. Gopikrishna et al. (2008) relataram um caso de um primeiro molar superior direito de uma paciente com sintomatologia dolorosa, indicado para tratamento endodôntico. A sobreposição das raízes na radiografia periapical fazia com que a avaliação da anatomia radicular fosse duvidosa. As radiografias periapicais não revelaram o número e a morfologia das raízes claramente, pelo fato de o dente apresentar uma anatomia incomum. Para verificar esta rara e complexa anatomia do canal radicular foi indicada tomografia computadorizada espiral (CTS). As imagens da CTS revelaram duas raízes palatais e uma raiz vestibular fusionada com dois canais. Concluíram que a CTS foi uma importante ferramenta para análise objetiva da morfologia radicular, especialmente no manejo de casos raros. Lofthag-Hansen et al. (2007) compararam as radiografias periapicais com as imagens em 3D da TCCB, em quarenta e seis dentes (pré-molares, 1º e 2º molares) de um total de trinta e seis pacientes submetidos a duas radiografias periapicais em angulações diferentes e à tomografia. Os resultados mostraram que, nas radiografias periapicais dois pré-molares aparentavam ter duas raízes sendo que somente uma foi observada nas imagens da TCCB, e também, três molares superiores aparentando ter duas raízes enquanto nas imagens tomográficas foram encontradas três. Com respeito aos canais radiculares, 124 foram encontrados nas radiografias periapicais, enquanto que doze a mais (10%) foram vistas na tomografia computadorizada cone beam. Concluíram que estas informações auxiliaram na elaboração de um plano de tratamento correto, na condução de cirurgias paraendodônticas e na avaliação de patologias periapicais. Cohenca et al. (2007) avaliaram a aplicabilidade da TCCB no diagnóstico e plano de tratamento em casos de traumas. Relataram um caso clínico em que a radiografia periapical apresentou uma fratura radicular horizontal em um incisivo central superior esquerdo com separação de fragmentos e uma área radiolúcida na linha de fratura e sem patologia apical observada. As imagens da TCCB mostraram uma fratura radicular oblíqua na face palatina da raiz e também fratura do osso alveolar tanto nas faces palatina como vestibular. Concluíram que estas imagens foram fundamentais para o estabelecimento de um plano de tratamento adequado, assim como no acompanhamento do caso. 6

7 Terakado et al. (2000) utilizaram a TCCB no diagnóstico de traumas dento-alveolares. Relataram que a TCCB tem sido útil na detecção de fraturas radiculares horizontais e mostraram que para a detecção destas lesões traumáticas utilizando radiografias periapicais convencionais, seriam necessárias múltiplas tomadas em várias angulações diferentes e ainda resultando em imagens limitadas. Hassan et al. (2009) compararam a exatidão da TCCB com as radiografias periapicais convencionais na detecção de fraturas radiculares. Observaram que a TCCB foi significativamente mais sensível em detectar linhas de fraturas e que a sua natureza tridimensional permitiu a visualização em múltiplos planos. Já as radiografias periapicais convencionais apresentaram imagens limitadas devido à sobreposição. Concluíram que a TCCB foi mais precisa que as radiografias periapicais convencionais para detectar fraturas radiculares, especialmente as que ocorreram no sentido mésio-distal. Patel; Dawood (2007) mostraram a eficácia da TCCB no diagnóstico, avaliação e tratamento da reabsorção cervical externa. A TCCB revelou reabsorções significativamente mais extensas do que previamente diagnosticadas em radiografias periapicais convencionais. Com estas imagens puderam avaliar a posição e a profundidade destas reabsorções em relação aos canais radiculares. Concluíram que a tomografia foi importante no diagnóstico e na elaboração de um plano de tratamento em casos de reabsorções radiculares. Kim et al. (2003) relataram um caso de reabsorção externa com o uso da tomografia computadorizada e de um modelo de prototipagem. As imagens mostraram extensa reabsorção radicular e cervical em vários dentes. O uso da tomografia computadorizada e a confecção do protótipo auxiliaram na visualização da extensão e localização destas reabsorções. Concluíram que a TC não é sempre necessária, portanto, em casos específicos, como lesões próximas ao seio maxilar e ao forame mentoniano, reabsorções internas e externas, se torna muito útil, na avaliação da relação entre a lesão e as estruturas anatômicas adjacentes. Nakata et al. (2009) avaliaram um pré-molar inferior com reabsorção externa. Compararam as imagens das radiografias periapicais com a TCCB. As radiografias periapicais mostraram a presença de uma lesão perirradicular envolvendo as faces mesial e distal da raiz. As imagens em 3D revelaram áreas de reabsorção observadas nas faces vestibulares, mesial e distal. O dente foi extraído e examinado visualmente. Observaram que as imagens obtidas pela TCCB mostraram com exatidão a condição da reabsorção. Concluíram que essa tecnologia foi decisiva na escolha do plano de tratamento, pois forneceram informações não alcançadas pelas radiografias periapicais. Miani et al. (2008) avaliaram as vantagens da TCCB para diagnosticar um caso de 7

8 reabsorção externa ou interna. O paciente apresentava o dente 23 impactado e localizado por palatal em relação às raízes dos dentes 21 e 22. A radiografia revelou câmara pulpar e canal radicular do dente 21 com volume ampliado e contorno das raízes de ambos os dentes e parte óssea preservados, o que não sugeria processo de reabsorção externa. Com a TCCB, observaram grande proximidade do 23 impactado à raiz do dente 21, causando uma reabsorção radicular na face palatina em comunicação com o canal radicular, que sugeria a presença de reabsorção interna. Concluíram que, provavelmente, a reabsorção externa foi a causa inicial e que sem as imagens da TCCB não haveria a possibilidade em detectá-la, visto que estava mascarada pela sobreposição do canino impactado. Estrela et al. (2008a) examinaram 888 pacientes que tinham pelo menos um dente com histórico de infecção endodôntica. Os resultados demonstraram que a TCCB identificou mais casos de lesões do que as radiografias convencionais periapicais e panorâmicas, e que essas lesões só foram identificadas com métodos convencionais quando uma condição severa estava presente. Low et al. (2008) avaliaram dentes póstero-superiores tratados endodonticamente comparando as imagens de radiografias periapicais com as da TCCB na detecção de lesões periapicais. Observaram que 34% das lesões periapicais detectadas na TCCB não foram identificadas nas radiografias periapicais. Relataram que a probabilidade de detectar lesões periapicais com radiografias foi reduzida quando os ápices radiculares estavam em proximidade com o assoalho do seio maxilar. Concluíram que as radiografias periapicais foram menos sensíveis para detectar lesões periapicais em dentes póstero-superiores. Dezessete lesões periapicais extensas, analisadas na TCCB foram submetidas à biópsia. Os resultados mostraram que treze das dezessete lesões tiveram o mesmo diagnóstico pela TCCB e a biópsia. Os quatro casos que apresentaram diferença, foram diagnosticados cistos pela TCCB e granuloma pelo exame histológico. Concluíram que a TCCB foi eficiente e rápida no diagnóstico de lesões periapicais (SIMON et al., 2006). Nakata et al. (2006) relataram um caso clínico mostrando a eficácia da TCCB para examinar e diagnosticar a presença e a extensão de lesões periapicais das raízes de um primeiro molar superior direito. Verificaram que as radiografias periapicais e a panorâmica não demonstraram nenhuma alteração na região periapical. As imagens tomográficas mostraram a presença de uma lesão periapical somente na raiz disto-vestibular com aproximadamente 4,0 mm de diâmetro, envolvendo a região de furca e com proximidade ao seio maxilar. Concluíram que as imagens em 3D foram fundamentais na visualização da alteração periapical e determinante no diagnóstico. Radiografias convencionais são limitadas a uma visualização bidimensional. As informações essenciais da anatomia tridimensional dos dentes e estruturas adjacentes são mascaradas mesmo com as melhores técnicas de paralelismo, sendo que distorções e 8

9 sobreposição das estruturas dentais são inevitáveis. A grande vantagem da TCCB está na precisão geométrica tridimensional que proporciona, por exemplo, a possibilidade da visualização das raízes dos dentes posteriores superiores e seus tecidos periapicais sem sobreposição do osso zigomático, do osso alveolar e das raízes adjacentes (Patel et al. 2007) e na identificação de canais radiculares, de forames nasopalatinos ampliados, de pequenas lesões periapicais e na avaliação de reabsorções ósseas (COTTON et al.; 2007, STAVROPOULOS ; WENZEL; 2007). Tsurumachi; Honda (2007) demonstraram um caso de fratura de uma lima no canal radicular do dente 16 que, ao exame radiográfico parecia ter invadido o seio maxilar. As imagens da TCCB confirmaram o diagnóstico e auxiliaram avaliar a exata localização da lima fraturada e a sua relação com o seio maxilar. Os cortes tomográficos mostraram que o instrumento estava entre as raízes vestibulares e em íntimo contato com o seio maxilar. Concluíram que as imagens da TCCB foram essenciais para o sucesso cirúrgico. DISCUSSÃO As radiografias periapicais são as mais utilizadas na endodontia em função de sua simplicidade e por fornecer imagens que podem auxiliar o profissional na resolução de um grande número de casos. Porém, a limitação na visualização destas imagens em duas dimensões, pode dificultar o planejamento em casos específicos. Para superar estas limitações, tem sido utilizada a TCCB que proporciona a visualização em três dimensões de regiões anatômicas e a presença de patologias que, muitas vezes, não são observadas em radiografias periapicais (ESTRELA et al. 2008a). No entanto, Patel (2009) demonstrou que as imagens da TCCB podem ficar comprometidas pela presença de metais na cavidade bucal, resultando em imagens com artefatos e de qualidade inferior às das radiografias periapicais. Atualmente existem dois tipos de tomografias: a médica (TCFB) e a cone beam (TCCB). Em função das limitações da TCFB e com o avanço da tecnologia e a busca de melhor resolução, precisão e menor dose de radiação ao paciente, a TCCB foi desenvolvida especialmente para o uso odontológico (GARIB et al. 2007). A possibilidade da visualização de fraturas horizontais no sentido vestíbulo-palatal favorece o plano de tratamento. A TCCB tem sido de grande utilidade na avaliação de fraturas, especialmente as horizontais, demonstrando ter maior sensibilidade em identificá-las em comparação com a radiografia periapical (Terakado et al. 2000; Cohenca et al. 2007a; Hassan et al. 2009). A visualização do número de canais radiculares, principalmente em dentes multirradiculares, é dificultada em radiografias periapicais, pois estas apresentam uma 9

10 imagem bidimensional de estruturas que apresentam três dimensões. A localização de todos os canais, bem como o conhecimento de sua anatomia interna, tem sido uns dos grandes desafios na terapia endodôntica. Por meio da TCCB foi possível a observação de um maior número de canais radiculares comparando-se às radiografias periapicais, inclusive em dentes já submetidos à endodontia (GOPIKRISHNA et al.; 2008, LOFTHAG- HANSEN et al.; 2007). Patel; Dawood (2007), Cohenca et al. (2007b), Miani et al. (2008) e Nakata et al. (2009) relataram com casos clínicos, a utilização da TCCB na detecção de reabsorções radiculares internas e externas. Concluíram que a TCCB pode auxiliar com informações precisas tanto para o diagnóstico como para o tratamento destes casos. Kim et al. (2003) afirmaram que a solicitação da TC não é sempre necessária, no entanto, em casos selecionados torna-se importante, visto que é capaz de reproduzir imagens de áreas não alcançadas pelas radiografias convencionais. A TCCB possibilita a eliminação da sobreposição de estruturas anatômicas, sendo uma importante ferramenta no diagnóstico e na escolha da técnica cirúrgica a ser empregada (Tsurumachi; Honda, 2007). Patel et al. (2007) mostraram que a grande vantagem da TCCB é sua visualização tridimensional, que proporciona a eliminação da sobreposição sobre a área de interesse. As imagens obtidas pela TCCB foram mais detalhadas, facilitando a detecção de defeitos ósseos quando comparadas às das radiografias convencionais (STAVROPOULOS; WENZEL, 2007, TSURUMACHI; HONDA, 2007 e COTTON et al., 2007). Low et al. (2008) comprovaram que 34% das lesões periapicais observadas na TCCB não foram identificadas nas radiografias periapicais. Estrela et al. (2008a) concluíram que a TCCB foi capaz de identificar em maior número estas lesões. Além disso, Nakata et al. (2006) relataram que a probabilidade de detectar lesões periapicais em radiografias convencionais foi reduzida quando estavam em proximidade com o seio maxilar. Simon et al. (2006) afirmaram que foi possível o diagnóstico diferencial entre granulomas de cistos por meio das imagens da TCCB. CONCLUSÃO A tomografia computadorizada cone beam é um importante recurso para a elaboração de um plano de tratamento endodôntico adequado, essencialmente em casos especiais, como reabsorções, a localização de canais radiculares, identificação de lesões patológicas e fraturas. 10

11 REFERÊNCIAS 01. BuenoMR, Estrela C, Azevedo BC, Brugnera JuniorA,Azevedo JR. Tomografia computadorizada cone beam: revolução na Odontologia. Rev Assoc Paul Cir Dent. 2007; 61(5): Bramante, F.S.;Almeida, R.R. alterações dentoesqueléticos verificadas por telerradiografias iniciais e três meses após a utilização do aparelho expansor maxilar com cobertura oclusal. Jornal Brasileiro de Ortodontia e Ortopedia facial, Curitiba, V. 7, n.39, p , Cohenca N, Simon JH, Roges R, Morag Y, Malfaz JM. Clinical Indications for digital imaging in dento-alveolar trauma. Part 1: traumatic injuries. Dent. Traumatol. 2007, v. 23, p Chiarreli P, Brow WJ. Leaking urine in Australian women: Prevalence and associated conditions, Women Health

A Evolução e a Importância da Tomografia Computadorizada na Odontologia

A Evolução e a Importância da Tomografia Computadorizada na Odontologia SILVA, Darlison André Pestana [1] SANTOS, Gizélia Farias dos [2] FERNANDES, Igor Jhones Mendes [3] CORREA, Kely Jane [4] PEREIRA, Luzinete dos Santos [5] SOARES, Wanessa Danielle Barbosa [6] SILVA, Darlison

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA DISCIPLINA DE TCC I DAINA LOPES BUNN

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA DISCIPLINA DE TCC I DAINA LOPES BUNN UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA DISCIPLINA DE TCC I DAINA LOPES BUNN PROJETO PARA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Florianópolis 2010

Leia mais

Assessoria ao Cirurgião Dentista papaizassociados.com.br. Publicação mensal interna da Papaiz edição XV Julho de 2016

Assessoria ao Cirurgião Dentista papaizassociados.com.br. Publicação mensal interna da Papaiz edição XV Julho de 2016 Assessoria ao Cirurgião Dentista Publicação mensal interna da Papaiz edição XV Julho de 2016 Dr. André Simões, radiologista da Papaiz Diagnósticos Odontológicos por Imagem 11 3894 3030 papaizassociados.com.br

Leia mais

POSIÇÃO DO ÁPICE DENTÁRIO EM RELAÇÃO AO PROCESSO ALVEOLAR DO OSSO MAXILAR. ESTUDO EM TOMOGRAFIAS DE CONE-BEAM

POSIÇÃO DO ÁPICE DENTÁRIO EM RELAÇÃO AO PROCESSO ALVEOLAR DO OSSO MAXILAR. ESTUDO EM TOMOGRAFIAS DE CONE-BEAM POSIÇÃO DO ÁPICE DENTÁRIO EM RELAÇÃO AO PROCESSO ALVEOLAR DO OSSO MAXILAR. ESTUDO EM TOMOGRAFIAS DE CONE-BEAM Sabrina Vieira Botelho(PIBIC/CNPq-FA/UEM), Cléverson de Oliveira e Silva (Orientador) e Maurício

Leia mais

IMAGENS DA ANATOMIA RADIOGRÁFICA DA MAXILA

IMAGENS DA ANATOMIA RADIOGRÁFICA DA MAXILA IMAGENS DA ANATOMIA RADIOGRÁFICA DA MAXILA O exame radiográfico periapical para avaliação dos dentes e estruturas da maxila permite a observação de imagens de estruturas anatômicas, características de

Leia mais

U.C. I 7ª e 8ª Aulas. DentaScan Joaquim Agostinho - Unidade Clinica I 1

U.C. I 7ª e 8ª Aulas. DentaScan Joaquim Agostinho - Unidade Clinica I 1 U.C. I 7ª e 8ª Aulas DentaScan 15-11-2012 Joaquim Agostinho - Unidade Clinica I 1 História para corresponder aos anseios dos doentes, de substituição de dentes em falta, por próteses funcional e estéticamente

Leia mais

C U R S O O D O N T O L O G I A Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: RADIOLOGIA Código: ODO-014 Pré-requisito: ANATOMIA

Leia mais

INTERPRETAÇÃO RADIOGRÁFICA POR ACADÊMICO DE ENFERMAGEM: PERSPECTIVAS DE DESENVOLVIMENTO DE TÉCNICAS DE PROCESSAMENTO DIGITAL

INTERPRETAÇÃO RADIOGRÁFICA POR ACADÊMICO DE ENFERMAGEM: PERSPECTIVAS DE DESENVOLVIMENTO DE TÉCNICAS DE PROCESSAMENTO DIGITAL INTERPRETAÇÃO RADIOGRÁFICA POR ACADÊMICO DE ENFERMAGEM: PERSPECTIVAS DE DESENVOLVIMENTO DE TÉCNICAS DE PROCESSAMENTO DIGITAL Davide Carlos Joaquim 1, Ana Caroline Rocha Melo de Leite 2, Ciro Benevides

Leia mais

EXAMES RADIOGRÁFICOS EXTRABUCAIS E INTRABUCAIS

EXAMES RADIOGRÁFICOS EXTRABUCAIS E INTRABUCAIS EXAMES RADIOGRÁFICOS EXTRABUCAIS E INTRABUCAIS Marinei do Rocio Pacheco dos Santos 1 1 Considerações Iniciais Os exames radiográficos realizados em odontologia são divididos em exames extrabucais e intrabucais.

Leia mais

CISTO DO DUCTO NASOPALATINO: RELATO DE CASO

CISTO DO DUCTO NASOPALATINO: RELATO DE CASO CISTO DO DUCTO NASOPALATINO: RELATO DE CASO LUNA, Aníbal Henrique Barbosa; MONTENEGRO, Eduardo de Almeida Souto; DE CARVALHO, Irla Karlinne Ferreira; PAIVA, Marcos Antônio Farias de; JÚNIOR, Vilmar Andrade

Leia mais

*** Iane Souza Nery Silva Titulação: * Especialista. ** Cirurgiã Dentista, Especialista em Endodontia. *** Mestre.

*** Iane Souza Nery Silva   Titulação: * Especialista. ** Cirurgiã Dentista, Especialista em Endodontia. *** Mestre. C U R S O O D O N O L O G I A Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: Radiologia Código: - Pré-requisito: Anatomia II: Cabeça

Leia mais

ASPECTO DE IMAGEM DAS ESTRUTURAS DO DENTE

ASPECTO DE IMAGEM DAS ESTRUTURAS DO DENTE ASPECTO DE IMAGEM DAS ESTRUTURAS DO DENTE O órgão dentário, um dos elementos do aparelho mastigatório, é constituído por tecidos especificamente dentais (esmalte, dentina, polpa) e por tecidos periodontais

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ COORDENADORIA DE CONCURSOS CCV

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ COORDENADORIA DE CONCURSOS CCV UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ COORDENADORIA DE CONCURSOS CCV Evento: Concurso Público para Provimento de Cargos Técnico-Administrativos em Educação Edital N 101/2014 PARECER A Comissão Examinadora da Prova

Leia mais

Plano de Ensino. Professor : M.e Welington Pereira Jr.

Plano de Ensino. Professor : M.e Welington Pereira Jr. 2016 Plano de Ensino Professor : M.e Welington Pereira Jr. Proposta do curso Fornecer ao cirurgião-dentista conhecimento para o diagnóstico e tratamento das alterações pulpares e periapicais com técnicas

Leia mais

A importância da tomografia computadorizada para avaliação de áreas edêntulas no planejamento de implantes

A importância da tomografia computadorizada para avaliação de áreas edêntulas no planejamento de implantes A importância da tomografia computadorizada para avaliação de áreas edêntulas no planejamento de implantes Gabriel Carraro; Fabiana Corralo dos Santos. Faculdade Meriodional, Passo fundo, Rio Grande do

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA DEPARTAMENTO DE BIOMATERIAIS e BIOLOGIA ORAL. Prof. Paulo F. Cesar GLOSSÁRIO ODONTOLÓGICO

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA DEPARTAMENTO DE BIOMATERIAIS e BIOLOGIA ORAL. Prof. Paulo F. Cesar GLOSSÁRIO ODONTOLÓGICO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA DEPARTAMENTO DE BIOMATERIAIS e BIOLOGIA ORAL Prof. Paulo F. Cesar GLOSSÁRIO ODONTOLÓGICO 1 Dente Composição do Dente Esmalte Complexo dentino pulpar Cemento

Leia mais

ANEXO II TABELA DO IAMESC. Valor do CHO em reais- R$0,32 CLÍNICO GERAL

ANEXO II TABELA DO IAMESC. Valor do CHO em reais- R$0,32 CLÍNICO GERAL ANEXO II TABELA DO IAMESC Valor do CHO em reais- R$0,32 CLÍNICO GERAL COD PROCEDIMENTOS CHO Valor seg. Valor inst. Valor total 01 70110000 Consulta Inicial 157 15,07 35,16 50,24 02 70115000 Profilaxia

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO CÂMPUS DE ARAÇATUBA - FACULDADE DE ODONTOLOGIA CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO CÂMPUS DE ARAÇATUBA - FACULDADE DE ODONTOLOGIA CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA unesp UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO CÂMPUS DE ARAÇATUBA - FACULDADE DE ODONTOLOGIA CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA X INTEGRAL NOTURNO PLANO DE ENSINO Disciplina: Departamento:

Leia mais

Curso de Especialização em Endodontia

Curso de Especialização em Endodontia Curso de Especialização em Endodontia Associação Brasileira de Odontologia Secção Ceará Coordenador: Prof. Nilton Vivacqua EndodontiaAvancada.com OBJETIVOS DO CURSO Este curso tem como objetivos colocar

Leia mais

Arq bras odontol 2010; 6(1):45-54 ISSN

Arq bras odontol 2010; 6(1):45-54 ISSN INDICAÇÃO DE RADIOGRAFIAS, TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA E RESSONÂNCIA MAGNÉTICA NO ESTUDO DO CRÂNIO HUMANO Radiography, computerized tomography, and magnetic resonance: indications in the study of the human

Leia mais

RADIOLOGIA. r e g r a s e s p e c í f i c a s

RADIOLOGIA. r e g r a s e s p e c í f i c a s RADIOLOGIA r e g r a s e s p e c í f i c a s índice 1 2 2 2 3 4 Apresentação Gestão da Qualidade em Saúde Bucal Solicitações de Exames Envio de Imagens via Internet Envio para Pagamento Tabela de Procedimentos

Leia mais

Aplicação da tomografia computadorizada de feixe cônico no diagnóstico de fraturas radiculares

Aplicação da tomografia computadorizada de feixe cônico no diagnóstico de fraturas radiculares Revisões de Literatura / Bibliography Review Aplicação da tomografia computadorizada de feixe cônico no diagnóstico de fraturas radiculares Application cone beam computed tomography in Diagnosis the Root

Leia mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ FELIPE HENRIQUE ORTHMANN NOGUEIRA RENATA PAULA RAMOS

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ FELIPE HENRIQUE ORTHMANN NOGUEIRA RENATA PAULA RAMOS 0 UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ FELIPE HENRIQUE ORTHMANN NOGUEIRA RENATA PAULA RAMOS A TOMOGRAFIA CONE-BEAM NAS DIFERENTES ÁREAS ODONTOLÓGICAS: REVISÃO DE LITERATURA Itajaí, (SC) 2012 1 FELIPE HENRIQUE

Leia mais

UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ Fabiana Corradi Bruscato TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA VOLUMÉTRICA DE FEIXE CÔNICO NO ESTUDO DA MORFOLOGIA DO CANAL RADICULAR

UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ Fabiana Corradi Bruscato TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA VOLUMÉTRICA DE FEIXE CÔNICO NO ESTUDO DA MORFOLOGIA DO CANAL RADICULAR UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ Fabiana Corradi Bruscato TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA VOLUMÉTRICA DE FEIXE CÔNICO NO ESTUDO DA MORFOLOGIA DO CANAL RADICULAR Taubaté SP 2007 UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ Fabiana Corradi

Leia mais

INTERPRETAÇÃO DE IMAGENS DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL

INTERPRETAÇÃO DE IMAGENS DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL INTERPRETAÇÃO DE IMAGENS DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL Na imagem radiográfica de um dente íntegro todas as partes são facilmente identificáveis, pois já conhecemos a escala de radiopacidade. Agora começamos

Leia mais

INFORMAÇÕES DE IMAGENS DAS LESÕES DOS MAXILARES

INFORMAÇÕES DE IMAGENS DAS LESÕES DOS MAXILARES INFORMAÇÕES DE IMAGENS DAS LESÕES DOS MAXILARES INFORMAÇÕES RADIOGRÁFICAS DAS LESÕES ÓSSEAS CONSIDERAÇÕES GERAIS REVER CONCEITOS: LESÕES OSTEOLÍTICAS/OSTEOGÊNICAS CONCEITOS ESSENCIAIS: CRESCIMENTO DA LESÃO

Leia mais

Validação da tomografia computadorizada de feixe cônico (CBCT) como recurso pré e pós-operatório na delimitação de lesões tumorais*

Validação da tomografia computadorizada de feixe cônico (CBCT) como recurso pré e pós-operatório na delimitação de lesões tumorais* Rev Inst Ciênc Saúde 2009;27(3):295-9 Validação da tomografia computadorizada de feixe cônico (CBCT) como recurso pré e pós-operatório na delimitação de lesões tumorais* Validation of cone beam computed

Leia mais

COMPARISON BETWEEN CONE BEAM COMPUTED TOMOGRAPHY AND INTRA- ORAL RADIOGRAPHY FOR ORAL CAVITY DIAGNOSTIC IN DOGS AND CATS: PRELIMINARY RESULTS

COMPARISON BETWEEN CONE BEAM COMPUTED TOMOGRAPHY AND INTRA- ORAL RADIOGRAPHY FOR ORAL CAVITY DIAGNOSTIC IN DOGS AND CATS: PRELIMINARY RESULTS COMPARAÇÃO ENTRE A TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE FEIXE CÔNICO E DA RADIOGRAFIA INTRA-ORAL NO DIAGNÓSTICO DE AFECÇÕES DA CAVIDADE ORAL EM CÃES E GATOS: RESULTADOS PRELIMINARES COMPARISON BETWEEN CONE BEAM

Leia mais

WALABONSO BENJAMIN GONÇALVES FERREIRA NETO FRATURA DA CABEÇA DA MANDÍBULA. CARACTERÍSTICAS, DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO.

WALABONSO BENJAMIN GONÇALVES FERREIRA NETO FRATURA DA CABEÇA DA MANDÍBULA. CARACTERÍSTICAS, DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO. WALABONSO BENJAMIN GONÇALVES FERREIRA NETO FRATURA DA CABEÇA DA MANDÍBULA. CARACTERÍSTICAS, DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO. Monografia apresentada à Fundação para o Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico da

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA CENTRO ODONTOLÓGICO UNIVERSITÁRIO RAQUEL VOLOVICZ SALDANHA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA CENTRO ODONTOLÓGICO UNIVERSITÁRIO RAQUEL VOLOVICZ SALDANHA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA CENTRO ODONTOLÓGICO UNIVERSITÁRIO RAQUEL VOLOVICZ SALDANHA A IMPORTÂNCIA DA INDICAÇÃO PRECISA DOS EXAMES DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA NA ODONTOLOGIA LONDRINA 2016 RAQUEL

Leia mais

BRUNO NEHME BARBO MODELOS DIGITAIS: COMPARAÇÃO DO ESCANEAMENTO EM DIFERENTES ANGULAÇÕES E DE 4 MÉTODOS DE SOBREPOSIÇÃO

BRUNO NEHME BARBO MODELOS DIGITAIS: COMPARAÇÃO DO ESCANEAMENTO EM DIFERENTES ANGULAÇÕES E DE 4 MÉTODOS DE SOBREPOSIÇÃO BRUNO NEHME BARBO MODELOS DIGITAIS: COMPARAÇÃO DO ESCANEAMENTO EM DIFERENTES ANGULAÇÕES E DE 4 MÉTODOS DE SOBREPOSIÇÃO Dissertação apresentada como parte dos requisitos obrigatórios para obtenção de grau

Leia mais

DIAGNÓSTICO POR IMAGEM. Profa Dra Sandra Zeitoun UNIP

DIAGNÓSTICO POR IMAGEM. Profa Dra Sandra Zeitoun UNIP DIAGNÓSTICO POR IMAGEM Profa Dra Sandra Zeitoun UNIP TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA A neurociência teve que esperar mais de 70 anos, até que aparecesse um método de imagens por raios X que realmente fosse

Leia mais

TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE FEIXE CÔNICO NA ODONTOLOGIA

TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE FEIXE CÔNICO NA ODONTOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE ODONTOLOGIA DEPARTAMENTO DE CIRURGIA E ORTOPEDIA ESPECIALIZAÇÃO EM RADIOLOGIA ODONTOLÓGICA E IMAGINOLOGIA TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE FEIXE CÔNICO

Leia mais

Apresentação clínica e histológica da utilização do substituto ósseo sintético Gen Phos ( ßTCP) em odontologia.

Apresentação clínica e histológica da utilização do substituto ósseo sintético Gen Phos ( ßTCP) em odontologia. Apresentação clínica e histológica da utilização do substituto ósseo sintético Gen Phos ( ßTCP) em odontologia. Resumo: Este estudo tem como objetivo apresentar o comportamento do substituto ósseo sintético

Leia mais

REDE CREDENCIADA ATHUS BRASIL TABELA ODONTOLÓGICA - V

REDE CREDENCIADA ATHUS BRASIL TABELA ODONTOLÓGICA - V CÓDIGO GRUPO DESCRIÇÃO VALOR GARANTIA (DIAS) 81000065 CONSULTA Consulta odontológica inicial (exame clínico e plano de tratamento) R$ 22,00 90-81000111 CIRURGIA ODONTOLÓGICA Acompanhamento de tratamento/

Leia mais

MARIANA NATALE DE PAULA PEREIRA ANÁLISE DESCRITIVA DE CASOS DE TRATAMENTO ENDODÔNTICO ATRAVÉS DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE FEIXE CÔNICO

MARIANA NATALE DE PAULA PEREIRA ANÁLISE DESCRITIVA DE CASOS DE TRATAMENTO ENDODÔNTICO ATRAVÉS DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE FEIXE CÔNICO MARIANA NATALE DE PAULA PEREIRA ANÁLISE DESCRITIVA DE CASOS DE TRATAMENTO ENDODÔNTICO ATRAVÉS DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE FEIXE CÔNICO 2010 i MARIANA NATALE DE PAULA PEREIRA ANÁLISE DESCRITIVA DE

Leia mais

O EMPREGO DA TOMOGRAFIA DE FEIXE CÔNICO NO DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DO INSUCESSO ENDODÔNTICO RELATO DE CASO

O EMPREGO DA TOMOGRAFIA DE FEIXE CÔNICO NO DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DO INSUCESSO ENDODÔNTICO RELATO DE CASO Vol.49,pp.57-61 (Jul - Set 2016) Revista UNINGÁ O EMPREGO DA TOMOGRAFIA DE FEIXE CÔNICO NO DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DO INSUCESSO ENDODÔNTICO RELATO DE CASO TOMOGRAPHY AS A RESOURCE ASSISTANT IN THE DIAGNOSIS

Leia mais

OP200 D OC200 D. Sistema digital de imagem panorâmica. Sistema digital de imagem cefalométrica OP200 D ORTHOCEPH ORTHOPANTOMOGRAPH OC200 D

OP200 D OC200 D. Sistema digital de imagem panorâmica. Sistema digital de imagem cefalométrica OP200 D ORTHOCEPH ORTHOPANTOMOGRAPH OC200 D OP200 D OC200 D Sistema digital de imagem panorâmica Sistema digital de imagem cefalométrica ORTHOPANTOMOGRAPH OP200 D ORTHOCEPH OC200 D 1 Líder comprovado em imagem panorâmica Posicionamento preciso e

Leia mais

ENUCLEAÇÃO DE CISTO RADICULAR MAXILAR DE GRANDE EXTENSÃO: RELATO DE CASO

ENUCLEAÇÃO DE CISTO RADICULAR MAXILAR DE GRANDE EXTENSÃO: RELATO DE CASO ENUCLEAÇÃO DE CISTO RADICULAR MAXILAR DE GRANDE EXTENSÃO: RELATO DE CASO Ivna Freitas de Sousa Alves¹; Jordanna Paiva de Mesquita¹; Nayanne Barros Queiroz¹; Gislyane Lima de Queiroz¹; Ana Roberta de Almeida

Leia mais

as principais características dos idosos brasileiros e a atual condição de saúde bucal desse coletivo.

as principais características dos idosos brasileiros e a atual condição de saúde bucal desse coletivo. 296 Koch HR Filho, Koch LFA, Bisinelli JC, Kusma SZ, Alanis LRA, Moysés ST. gico adequado a essa parcela da população ainda parece inadequada. O acesso aos serviços de qualidade apresenta uma série de

Leia mais

Molares Decíduos Decíduos

Molares Decíduos Decíduos Ô Ô Ô Ô Osso Frontal e Ossos Próprios do Nariz. Ô Osso Frontal e Ossos Próprios do Nariz. Ossos Esfenóide e Occipital. Ô Osso Frontal e Ossos Próprios do Nariz. Ossos Esfenóide e Occipital. Meato Acústico

Leia mais

USO DA TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA NAS FRATURAS FACIAIS USE OF TOMOGRAPHY COMPUTADORIZED IN THE FACIAL FRACTURES

USO DA TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA NAS FRATURAS FACIAIS USE OF TOMOGRAPHY COMPUTADORIZED IN THE FACIAL FRACTURES USO DA TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA NAS FRATURAS FACIAIS USE OF TOMOGRAPHY COMPUTADORIZED IN THE FACIAL FRACTURES Recebido em 07/01/2004 Aprovado em 23/01/2004 Ana Cláudia Amorim GOMES* Belmiro Cavalcanti

Leia mais

Leia estas instruções:

Leia estas instruções: Leia estas instruções: 1 2 3 Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. Caso se identifique em qualquer outro local deste

Leia mais

PASSO-A-PASSO SIMPLIFICADO DO PREPARO DO CANAL RADICULAR

PASSO-A-PASSO SIMPLIFICADO DO PREPARO DO CANAL RADICULAR E N D O D O N T I A C O N T E M P O R Â N E A Apresentando PASSO-A-PASSO SIMPLIFICADO DO PREPARO DO CANAL RADICULAR Para receber este e-book e outros PRIMEIRO Acesse endodontiacontemporanea.com.br SEGUNDO

Leia mais

A INFLUÊNCIA DO TAMANHO DO VOXEL EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE FEIXE CÔNICO NA DETECÇÃO DE PERFURAÇÕES RADICULARES USANDO UM MODELO IN VITRO

A INFLUÊNCIA DO TAMANHO DO VOXEL EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE FEIXE CÔNICO NA DETECÇÃO DE PERFURAÇÕES RADICULARES USANDO UM MODELO IN VITRO 0 UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIAS FACULDADE DE ODONTOLOGIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO HELEN CASSIA PATRICIA GOMES MELO A INFLUÊNCIA DO TAMANHO DO VOXEL EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE FEIXE CÔNICO NA DETECÇÃO

Leia mais

TABELA PLANO PRÉ-PAGAMENTO UNIODONTO VALE DO SINOS 2016/2017

TABELA PLANO PRÉ-PAGAMENTO UNIODONTO VALE DO SINOS 2016/2017 TABELA PLANO PRÉ-PAGAMENTO UNIODONTO VALE DO SINOS 2016/2017 Cód. DIAGNÓSTICO Plano 81000030 Consulta Odontológica PPP 81000049 Consulta Odontológica de Urgência PPP 81000057 Consulta Odontológica de Urgência

Leia mais

CAPÍTULO SUMÁRIO. CAPÍTULO 1 Histórico da implantodontia dentária: da antiguidade aos dias de hoje 1. CAPÍTULO 2 Anatomia maxilar e mandibular 13

CAPÍTULO SUMÁRIO. CAPÍTULO 1 Histórico da implantodontia dentária: da antiguidade aos dias de hoje 1. CAPÍTULO 2 Anatomia maxilar e mandibular 13 CAPÍTULO SUMÁRIO CAPÍTULO 1 Histórico da implantodontia dentária: da antiguidade aos dias de hoje 1 I Período antigo (a.c. a 1000 d.c.)... 1 A Localização geográfica... 1 B Materiais utilizados... 1 C

Leia mais

Avaliação Estética de Prof. Dr. Fernando Mandarino. Nome do Paciente:, Data: / /.

Avaliação Estética de Prof. Dr. Fernando Mandarino. Nome do Paciente:, Data: / /. Avaliação Estética de Prof. Dr. Fernando Mandarino Nome do Paciente:, Data: / /. 1. Questões Preliminares 1.1 Se houvesse algo que você pudesse fazer para modificar seu sorriso, o que seria? 1.2 Você prefere

Leia mais

Consulta. Consulta de Medicina Dentaria 45 Medicina Dentaria Preventiva

Consulta. Consulta de Medicina Dentaria 45 Medicina Dentaria Preventiva Consulta Procedimentos Clínicos Consulta de Medicina Dentaria 45 Medicina Dentaria Preventiva Selamento de fissuras Aplicação tópica de fluoretos 45 Aplicação de agente dessensibilizante 25 Dentisteria

Leia mais

Patologia Buco Dental Prof. Dr. Renato Rossi Jr.

Patologia Buco Dental Prof. Dr. Renato Rossi Jr. Cistos Odontogênicos Introdução Os cistos derivados dos tecidos odontogênicos são caracterizados como lesões de extraordinária variedade. O complexo desenvolvimento das estruturas dentárias é refletido

Leia mais

ORTHOPANTOMOGRAPH OP200 D ORTHOCEPH OC200 D OP200 D OC200 D. Sistema digital de imagem panorâmica. Sistema digital de imagem cefalométrica

ORTHOPANTOMOGRAPH OP200 D ORTHOCEPH OC200 D OP200 D OC200 D. Sistema digital de imagem panorâmica. Sistema digital de imagem cefalométrica OP200 D OC200 D Sistema digital de imagem panorâmica Sistema digital de imagem cefalométrica ORTHOPANTOMOGRAPH OP200 D ORTHOCEPH OC200 D 1 OP200_pt_03.indd 1 21/11/2013 11:06:53 Líder comprovado em imagem

Leia mais

ASPECTO RADIOGRÁFICO DOS ESTRUTURAS DO DENTE

ASPECTO RADIOGRÁFICO DOS ESTRUTURAS DO DENTE ASPECTO RADIOGRÁFICO DOS ESTRUTURAS DO DENTE O órgão dentário, um dos elementos do aparelho mastigatório, é constituído por tecidos especificamente dentários (esmalte, dentina, polpa) e por tecidos periodontais

Leia mais

Tomografia Computadorizada Quantitativa Diagnóstico da Osteoporose

Tomografia Computadorizada Quantitativa Diagnóstico da Osteoporose 1 Universidade do Minho Departamento de Eletrónica Industrial Tomografia Computadorizada Quantitativa Diagnóstico da Osteoporose Marino Maciel Nº52557 Orientador: Prof. Higino Correia 2011/2012 Mestrado

Leia mais

ANATOMIA RADIOGRÁFICA DA MAXILA EM RADIOGRAFIAS PERIAPICAIS

ANATOMIA RADIOGRÁFICA DA MAXILA EM RADIOGRAFIAS PERIAPICAIS ANATOMIA RADIOGRÁFICA DA MAXILA EM RADIOGRAFIAS PERIAPICAIS O exame radiográfico pelo método periapical para avaliação dos dentes e estruturas da maxila permite a observação de uma série de imagens de

Leia mais

TABELA DE PROCEDIMENTOS PLANO REFERÊNCIA. O Primeiro Plano Odontológico do Brasil 2017 Todos os direitos reservados.

TABELA DE PROCEDIMENTOS PLANO REFERÊNCIA. O Primeiro Plano Odontológico do Brasil 2017 Todos os direitos reservados. TABELA DE PROCEDIMENTOS PLANO REFERÊNCIA 195 O Primeiro Plano Odontológico do Brasil 2017 Todos os direitos reservados. 2 TABELA DE PROCEDIMENTOS DIAGNÓSTICO Consulta Diagnóstico anatomopatológico em citologia

Leia mais

TABELAS DE ODONTOLOGIA

TABELAS DE ODONTOLOGIA TABELAS DE ODONTOLOGIA 710001- Clínico Geral. 01 70110000 Consulta Inicial 178,57 15,00 35,00 50,00 02 70115000 Profilaxia + Raspagem Coronária 90,85 7,63 17,81 25,44 03 73910000 Rest. de Amálgama 1 face

Leia mais

3.Propriedades Físicas dos Instrumentos Estresse. 3.Propriedades Físicas dos Instrumentos. 3.Propriedades Físicas dos Instrumentos

3.Propriedades Físicas dos Instrumentos Estresse. 3.Propriedades Físicas dos Instrumentos. 3.Propriedades Físicas dos Instrumentos 3.Propriedades Físicas dos Estresse Ponto de concentração de Estresse Tensão Limite elástico Deformação Elástica Memória de forma Deformação plástica Resistência Mecânica Força Flexibilidade Rigidez Elasticidade

Leia mais

Assessoria ao Cirurgião Dentista. Publicação mensal interna a Papaiz edição 1I maio de 2014. 11 3894 3030 papaizassociados.com.br

Assessoria ao Cirurgião Dentista. Publicação mensal interna a Papaiz edição 1I maio de 2014. 11 3894 3030 papaizassociados.com.br Assessoria ao Cirurgião Dentista Publicação mensal interna a Papaiz edição 1I maio de 2014 11 3894 3030 papaizassociados.com.br 11 3894 3030 papaizassociados.com.br IMPORTÂNCIA DOS EXAMES RADIOGRÁFICOS

Leia mais

APLICAÇÕES ENDODÔNTICAS DA TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE FEIXE CÔNICO (CONE BEAM)COM ÊNFASE NA RADIOLOGIA : RELATO DE CASO DE REIMPLANTE DENTÁRIO

APLICAÇÕES ENDODÔNTICAS DA TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE FEIXE CÔNICO (CONE BEAM)COM ÊNFASE NA RADIOLOGIA : RELATO DE CASO DE REIMPLANTE DENTÁRIO APLICAÇÕES ENDODÔNTICAS DA TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE FEIXE CÔNICO (CONE BEAM)COM ÊNFASE NA RADIOLOGIA : RELATO DE CASO DE REIMPLANTE DENTÁRIO ENDODONTIC APPLICATIONS OF CONE BEAM COMPUTED TOMOGRAPHY:

Leia mais

Métodos radiográficos no diagnóstico de quartos molares mandibulares

Métodos radiográficos no diagnóstico de quartos molares mandibulares Métodos radiográficos no diagnóstico de quartos molares mandibulares Radiographics methods in the diagnosis of fourths molars Daniela Nascimento Silva* Marcelo Ferraro Bezerra** Karis Barbosa Guimarães**

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE ODONTOLOGIA DEPARTAMENTO DE CIRURGIA E ORTOPEDIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE ODONTOLOGIA DEPARTAMENTO DE CIRURGIA E ORTOPEDIA 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE ODONTOLOGIA DEPARTAMENTO DE CIRURGIA E ORTOPEDIA ESPECIALIZAÇÃO EM RADIOLOGIA ODONTOLÓGICA E IMAGINOLOGIA NINANROS RODRIGUES MOREIRA RADIOGRAFIA

Leia mais

Estudo da atual utilização da TCFC pelos Cirurgiões-Dentistas nas diversas especialidades

Estudo da atual utilização da TCFC pelos Cirurgiões-Dentistas nas diversas especialidades Artigo original CHOI IGG; CHILVARQUER I; TURBINO ML; SILVA RLB; DUAILIBI NETO EF; ILLIPRONTI FILHO E Estudo da atual utilização da TCFC pelos Cirurgiões-Dentistas nas diversas especialidades Recebido em:

Leia mais

TABELA DE FRANQUIA - PLANO ODONTOLÓGICO ESSENCIAL - Nº REG. ANS: /17-7. Valor em Reais Diagnóstico

TABELA DE FRANQUIA - PLANO ODONTOLÓGICO ESSENCIAL - Nº REG. ANS: /17-7. Valor em Reais Diagnóstico Diagnóstico 81.000.065 Consulta Odontológica Inicial R$ - Emergência 81.000.049 Consulta odontológica de Urgência 81.000.057 Consulta odontológica de Urgência 24 hs 82.000.468 Controle de hemorragia com

Leia mais

Técnica radiográfica extra-oral, uma alternativa possível para o tratamento endodôntico: relato de caso clínico. Resumo

Técnica radiográfica extra-oral, uma alternativa possível para o tratamento endodôntico: relato de caso clínico. Resumo Técnica radiográfica extra-oral, uma alternativa possível para o tratamento endodôntico: relato de caso clínico Arlindo Rosa de Azevedo 1 ; Alexandre Marques Paes da Silva 1 ; Marcus Vinícius Vasconsellos

Leia mais

2

2 2 3 4 DESCRIÇÃO R$ DIAGNÓSTICO Consulta inicial Consulta e orientação aos idosos URGÊNCIA Procedimentos de urgência Curativo em caso de hemorragia Curativo em caso de odontalgia aguda/pulpectomia Consulta

Leia mais

E MUDOU PARA MELHOR TUDO EM IMAGENS POR IMAGEM DE POR IMAGEM MUDOU A MEDICINA DE DIAGNÓSTICOS A MEDICINA DE DIAGNÓSTICOS E NÓS VAMOS REGISTRAR

E MUDOU PARA MELHOR TUDO EM IMAGENS POR IMAGEM DE POR IMAGEM MUDOU A MEDICINA DE DIAGNÓSTICOS A MEDICINA DE DIAGNÓSTICOS E NÓS VAMOS REGISTRAR A MEDICINA DE DIAGNÓSTICOS A MEDICINA DE DIAGNÓSTICOS POR IMAGEM MUDOU POR IMAGEM DE E NÓS VAMOS REGISTRAR TUDO EM IMAGENS FONE: +55 (64) 3431 0047 AV. SANTOS DUMONT, Nº 373 - CEP: 75530-050 CRIDIAGNOSTICOS.COM.BR

Leia mais

A SOLUÇÃO PARA CIRURGIAS DE IMPLANTE MENOS INVASIVAS E MAIS SEGURAS.

A SOLUÇÃO PARA CIRURGIAS DE IMPLANTE MENOS INVASIVAS E MAIS SEGURAS. A SOLUÇÃO PARA CIRURGIAS DE IMPLANTE MENOS INVASIVAS E MAIS SEGURAS. Na prática clínica, tempo, segurança e previsibilidade são valiosos. Pensando nisso, desenvolvemos um conjunto de soluções de alta tecnologia

Leia mais

2 Tomografia Computadorizada de Raios X

2 Tomografia Computadorizada de Raios X 2 Tomografia Computadorizada de Raios X 2.1 Fundamentos Teóricos de Tomografia Computadorizada de Raios X A Tomografia Computadorizada de Raios X é uma técnica que permite a avaliação de modo não destrutivo

Leia mais

UNIODONTO PORTO ALEGRE

UNIODONTO PORTO ALEGRE UNIODONTO PORTO ALEGRE CÓDIGO PROCEDIMENTO U.S. Flex 30% GRUPO Valor da US 0,32 Coeficiente 0,30 87000032 CONDICIONAMENTO EM ODONTOLOGIA PARA PACIENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS 72,00 R$ 6,91 CONSULTAS

Leia mais

O CIOF é uma clínica de odontologia especializada que há mais de 13 anos é comprometida com saúde bucal e o bem estar de seus clientes.

O CIOF é uma clínica de odontologia especializada que há mais de 13 anos é comprometida com saúde bucal e o bem estar de seus clientes. A Clínica O CIOF é uma clínica de odontologia especializada que há mais de 13 anos é comprometida com saúde bucal e o bem estar de seus clientes. Localizada nas cidades de Fortaleza, Itapipoca e Pentecoste,

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA - INNOVARE

ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA - INNOVARE ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA - INNOVARE DISCIPLINAS DO CURSO, CARGA HORÁRIA E PROFESSOR RESPONSÁVEL 1º SEMESTRE: Total = 348h Disciplina Carga Horária Créditos Docente Responsável Ortodontia Básica 48h

Leia mais

A TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE FEIXE CÔNICO NO DIAGNÓSTICO DE FRATURAS RADICULARES

A TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE FEIXE CÔNICO NO DIAGNÓSTICO DE FRATURAS RADICULARES A TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE FEIXE CÔNICO NO DIAGNÓSTICO DE FRATURAS RADICULARES THE CONE BEAM COMPUTED TOMOGRAPHY IN THE DIAGNOSIS OF ROOT FRACTURE Penéllope Bárrios Vasconcelos Andrade 1 ; Gabriella

Leia mais

ANÁLISE DAS DIMENSÕES DA IMAGEM DE IMPLANTES OSTEOINTEGRADOS EM RADIOGRAFIAS PANORÂMICAS DIGITAIS RESUMO

ANÁLISE DAS DIMENSÕES DA IMAGEM DE IMPLANTES OSTEOINTEGRADOS EM RADIOGRAFIAS PANORÂMICAS DIGITAIS RESUMO 1 ANÁLISE DAS DIMENSÕES DA IMAGEM DE IMPLANTES OSTEOINTEGRADOS EM RADIOGRAFIAS PANORÂMICAS DIGITAIS RESUMO Matheus Karch 1 Marcos Takemoto 2 Com o maior advento às técnicas de implante osteointegrados,

Leia mais

Medidas lineares dos estágios de desenvolvimento da dentição permanente humana usando Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico: um estudo preliminar

Medidas lineares dos estágios de desenvolvimento da dentição permanente humana usando Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico: um estudo preliminar A r t i g o I n é d i t o Medidas lineares dos estágios de desenvolvimento da dentição permanente humana usando Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico: um estudo preliminar Carlos Estrela*, José Valladares

Leia mais

O MANUAL DA DOR DE DENTE

O MANUAL DA DOR DE DENTE E S C R I T O P E L A D R A. C R I S T I N A S H I D O M I O MANUAL DA DOR DE DENTE Vamos conhecer melhor as estruturas dos dentes, assim podemos entender porque ocorre a sensação incômoda da dor de dente,

Leia mais

FACULDADE DE ODONTOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS. Avanços em cirurgia guiada e no planejamento virtual

FACULDADE DE ODONTOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS. Avanços em cirurgia guiada e no planejamento virtual FACULDADE DE ODONTOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Avanços em cirurgia guiada e no planejamento virtual BELO HORIZONTE 2015 VINICIUS SILVEIRA NOGUEIRA REIS Avanços em cirurgia guiada e no planejamento

Leia mais

TABELAS DE ODONTOLOGIA

TABELAS DE ODONTOLOGIA TABELAS DE ODONTOLOGIA 710001- Clínico Geral COD PROCEDIMENTO CHO V. PREV. V. IPASGO V. TOTAL 01 70110000 Consulta Inicial 142,85 15,00 35,00 50,00 02 70115000 Profilaxia + Raspagem Coronária 72,00 5,87

Leia mais

OMS ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE

OMS ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE ONU Ancoragem Zigomática REABILITAÇÃO EM MAXILAS ATRÓFICAS Marcelo da Rocha BRASIL 2000 => 25 milhões de edêntulos (15%) 2025 => 33 milhões de habitantes com mais de 65 anos OMS ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE

Leia mais

Clinical applications of cone beam computed tomography in endodontics

Clinical applications of cone beam computed tomography in endodontics Rev Inst Ciênc Saúde 2009;27(3):279-86 Aplicações clínicas da tomografia computadorizada cone beam na Endodontia Clinical applications of cone beam computed tomography in endodontics Carla Cristina de

Leia mais

FELIPE POTGORNIK FERREIRA. Estudo da anatomia dental por meio da tomografia computadorizada de feixecônico de indivíduos residentes em São Paulo

FELIPE POTGORNIK FERREIRA. Estudo da anatomia dental por meio da tomografia computadorizada de feixecônico de indivíduos residentes em São Paulo FELIPE POTGORNIK FERREIRA Estudo da anatomia dental por meio da tomografia computadorizada de feixecônico de indivíduos residentes em São Paulo São Paulo 2012 FELIPE POTGORNIK FERREIRA Estudo da anatomia

Leia mais

Tomografia Computadorizada

Tomografia Computadorizada Tomografia Computadorizada Walmor Cardoso Godoi, M.Sc. http://www.walmorgodoi.com Aula 05: Dose em Tomografia Agenda Introdução Dose absorvida, dose equivalente, e dose efetiva Definição das Medidas de

Leia mais

TABELA DE COPARTICIPAÇÃO - PLANO ODONTOLÓGICO OURO - ASPER

TABELA DE COPARTICIPAÇÃO - PLANO ODONTOLÓGICO OURO - ASPER TABELA DE COPARTICIPAÇÃO - PLANO ODONTOLÓGICO OURO - ASPER Código Procedimento Procedimento Valor de Coparticipação Vigente (Novembro/2016) Valor de Coparticipação (Novembro/2015) 85400025 Ajuste Oclusal

Leia mais

Cobertura RN 338 Lei 9656/98:

Cobertura RN 338 Lei 9656/98: Cobertura RN 338 Lei 9656/98: CÓDIGO PROCEDIMENTO GRUPO 87000032 CONDICIONAMENTO EM ODONTOLOGIA PARA PACIENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS CONSULTAS 81000030 CONSULTA ODONTOLÓGICA CONSULTAS 81000073 CONSULTA

Leia mais

Aluna: Lucy Shiratori. Dissertação apresentada à Faculdade de. obtenção do título de Mestre, pelo Programa de Pós-

Aluna: Lucy Shiratori. Dissertação apresentada à Faculdade de. obtenção do título de Mestre, pelo Programa de Pós- FOUSP Avaliação da precisão da tomografia computadorizada por feixe cônico (cone beam) como método de medição do volume ósseo vestibular em implantes dentários Dissertação apresentada à Faculdade de Odontologia

Leia mais

PLANO DE TRABALHO TECNOLOGIA EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA

PLANO DE TRABALHO TECNOLOGIA EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE MEDICINA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM RADIOLOGIA PLANO DE TRABALHO TECNOLOGIA EM TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA PROFESSORES: Luiz Cláudio de Souza 1. EMENTA:

Leia mais

O uso da tomografia computadorizada multislice como meio auxiliar no diagnóstico do Ameloblastoma: relato de um caso clínico

O uso da tomografia computadorizada multislice como meio auxiliar no diagnóstico do Ameloblastoma: relato de um caso clínico O uso da tomografia computadorizada multislice como meio auxiliar no diagnóstico do Ameloblastoma: relato de um caso clínico The use of multislice computed tomography as an aid in the diagnosis of ameloblastoma:

Leia mais

Trabalho de Conclusão de Curso

Trabalho de Conclusão de Curso Trabalho de Conclusão de Curso Avaliação da Dosagem de Radiação dos Exames por Imagem Usados para Diagnóstico em Ortodontia Alex Restel Trennepohl Universidade Federal De Santa Catarina Curso De Graduação

Leia mais

CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DA REGIÃO CENTRO DO ESTADO/RS CI/CENTRO

CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DA REGIÃO CENTRO DO ESTADO/RS CI/CENTRO TERMO DE RETIFICAÇÃO DE EDITAL Pelo presente termo de retificação do EDITAL N.º 01/2017 CHAMAMENTO PÚBLICO CREDENCIAMENTO CONTRATAÇÃO POR INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO DE PESSOAS JURÍDICAS PARA A PRESTAÇÃO

Leia mais

IMPORTÂNCIA DA TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE FEIXE CÔNICO NA AVALIAÇÃO DA RELAÇÃO ENTRE TERCEIROS MOLARES INFERIORES E O CANAL MANDIBULAR

IMPORTÂNCIA DA TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE FEIXE CÔNICO NA AVALIAÇÃO DA RELAÇÃO ENTRE TERCEIROS MOLARES INFERIORES E O CANAL MANDIBULAR IMPORTÂNCIA DA TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA DE FEIXE CÔNICO NA AVALIAÇÃO DA RELAÇÃO ENTRE TERCEIROS MOLARES INFERIORES E O CANAL MANDIBULAR IMPORTANCE OF CONE-BEAM COMPUTED TOMOGRAPHY IN THE EVALUATION OF

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE RIBEIRÃO PRETO Disciplina de Dentística Operatória II PLANO DE AULA. Conceitos de Estética

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE RIBEIRÃO PRETO Disciplina de Dentística Operatória II PLANO DE AULA. Conceitos de Estética UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE RIBEIRÃO PRETO Disciplina de Dentística Operatória II PLANO DE AULA Conceitos de Estética Professor: Profa Dra Regina Guenka Palma Dibb Tempo de duração:

Leia mais

PARÂMETROS ESTÉTICOS DENTES ANTERIORES E FUNCIONAIS DOS CAPÍTULO

PARÂMETROS ESTÉTICOS DENTES ANTERIORES E FUNCIONAIS DOS CAPÍTULO PARÂMETROS ESTÉTICOS E FUNCIONAIS DOS DENTES ANTERIORES 12 CAPÍTULO ANATOMIA E ESCULTURA DENTAL COLEÇÃO APDESPBR VOLUME I CONCEITOS 299 ANATOMIA E ESCULTURA DENTAL SENSAÇÕES ALINHAMENTO AXIAL BILATERAL

Leia mais

O Doente Ortodôntico 3D Destaque Para a Tomografia Computadorizada de Feixe Cónico

O Doente Ortodôntico 3D Destaque Para a Tomografia Computadorizada de Feixe Cónico Denisa Gouveia *, Fernando Guerra**, Marcolino Gomes*** * Aluna do Mestrado Integrado em Medicina Dentária da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra ** Professor Doutor pela Faculdade de Medicina

Leia mais

Os exames de imagem são componentes essenciais no plano de tratamento

Os exames de imagem são componentes essenciais no plano de tratamento Artigo de revisão/radiologia Odontológica e Imaginologia :: A importância da TCFC no diagnóstico e localização de dentes supranumerários The importance of CBCT in supernumerary teeth diagnosis and location

Leia mais

PARÂMETROS DOS EQUIPAMENTOS RADIOLOGIA

PARÂMETROS DOS EQUIPAMENTOS RADIOLOGIA PARÂMETROS DOS EQUIPAMENTOS RADIOLOGIA PARÂMETROS A SEREM AVALIADOS CRITÉRIOS DE DESEMPENHO FREQUÊNCIA MÍNIMA Levantamento Radiométrico Valores de dose externa com níveis inferiores a QUADRIANUAL/ Na aceitação

Leia mais

EXTRUSÃO DE DOIS INCISIVOS CENTRAIS SUPERIORES PERMANENTES: RELATO DE CASO

EXTRUSÃO DE DOIS INCISIVOS CENTRAIS SUPERIORES PERMANENTES: RELATO DE CASO EXTRUSÃO DE DOIS INCISIVOS CENTRAIS SUPERIORES PERMANENTES: RELATO DE CASO Extrusion of two upper permanent central incisors: report of case Thalia Ferreira Kreling 1 Carlos Estevan Cidral Stutz 1 Vânia

Leia mais