5. Respiração A respiração por difusão ocorre no sistema ambulacrário.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "5. Respiração A respiração por difusão ocorre no sistema ambulacrário."

Transcrição

1

2 1. Revestimento e proteção A epiderme simples recobre o esqueleto e os espinhos (quando presentes). Os espinhos, que servem como proteção (principalmente no ouriço-do-mar), são bem alongados e às vezes providos de glândulas venenosas. Algumas espécies possuem ainda pequenas pinças (pedicelárias) que servem para defesa e para manter sempre limpa a superfície do corpo. 2. Sustentação e locomoção Possuem endoesqueleto de placas calcáreas móveis (articuladas) ou fixas, freqüentemente com espinhos. As placas podem ser macroscópicas, distribuídas pelo corpo, como nos pepinos-do-mar, ou constituir uma carapaça muito resistente, como nos ouriços-do-mar. Nestes animais, a locomoção é lenta e é feita pelos pés ambulacrários e ainda por espinhos movidos por músculos. 3. Nutrição e digestão O sistema digestivo é completo, exceto nos ofiúros. As estrelas-do-mar são carnívoras e predadoras, seu alimento preferido são as ostras. Apesar da potente musculatura das ostras, as estrelas-do-mar conseguem abrir-lhe as valvas, introduzir seu estômago e lançar enzimas, ocorrendo um digestão externa. Os ouriços-do-mar alimentam-se de algas, que são trituradas pelos cinco dentes calcários, que formam a lanterna de Aristóteles.

3 4. Circulação Não possuem coração nem mesmo sistema circulatório típico. Existe, porém, um reduzido sistema de canais, onde circula um líquido incolor contendo amebócitos. 5. Respiração A respiração por difusão ocorre no sistema ambulacrário. 6. Excreção Não existe nenhum órgão especializado. Também nos pés ambulacrários. 7. Sistema nervoso Não há gânglios, mas sim um anel nervoso próximo à região oral, de onde saem nervos radiais. Possuem células táteis na superfície do corpo. 9. Reprodução São animais de sexos separados e de fecundação externa. Os órgãos sexuais são simples, existindo, geralmente, apenas gônadas sem ductos genitais. O desenvolvimento é indireto, larvas.

4 1. Classe Crinoidea (Crinóides) Estes equinodermos semelhantes a flores vivem desde abaixo da linha de maré baixa até profundidades abissais. O corpo é um pequeno cálice em forma de taça, de placas calcárea Boca e ânus estão presentes na superfície oral. Alimentam-se de plâncton e de detritos, colhidos pelos tentáculos e dirigidos à boca pelos cílios. Exemplo: lírio-do-mar.

5 2. Classe Echinoidea (ouriços-do-mar e bolachas-da-praia) Os membros desta classe têm o corpo arredondado sem braços ou raios livres, mas possuem espinhos delgados e móveis. Em um ouriço-do-mar comum as vísceras estão encerradas em uma carapaça. Boca e ânus são centrais, mas em pólos opostos. Ouriços alimentam-se de plantas marinhas, matéria animal morta e pequenos organismos. Bolachas-da-praia alimentam-se de partículas orgânicas da areia ou do lodo através de ingestão direta ou por meio de rede de muco.

6 3. Classe Asteroidea (estrelas-do-mar) As estrelas-do-mar abundam em quase todas as costas marinhas, especialmente em praias rochosas e ao redor de pilares de portos. Várias espécies vivem desde as linhas de maré até profundidades consideráveis na areia e no lodo. O corpo de uma estrela-do-mar consiste de um disco central e cinco raios ou braços afilados. Na superfície aboral ou superior há espinhos calcários, os quais são partes do esqueleto. Brânquias O ânus é uma abertura diminuta próxima ao centro da superfície aboral. A boca está no centro da superfície oral, ou inferior. Sistema ambulacrário. Na ponta de cada braço há um tentáculo táctil e uma mancha ocelar, sensível a luz. As estrelas-do-mar alimentam-se de moluscos, crustáceos e vermes tubícolas. Algumas alimentam-se de matéria orgânica em suspensão e até mesmo animais pequenos e ativos, como peixes, ocasionalmente podem ser capturados Reprodução óvulos e espermatozóides são postos na água do mar, onde ocorre a fecundação.

7 4. Classe Ophiuroidea (ofiúros) Os ofiúros têm um disco pequeno, arredondado, com 5 braços distintos, longos, delgados, articulados e frágeis. No braço há um ramo do sistema ambulacrário. Os pés ambulacrários são ventrolaterais, sem ventosas. Eles são sensitivos, auxiliam na respiração e podem levar alimento à boca. Todos os órgãos digestivo e reprodutores estão no disco. A boca fica no centro da superfície oral. Não ha ânus. Vivem desde água rasa a profunda, Podem se esconder embaixo de pedras ou plantas marinhas ou no lodo e areia São ativos à noite. Movem-se por movimentos serpenteantes rápidos. Alimentam-se de pequenos crustáceos, moluscos e outros animais e detritos do fundo; podem servir de alimentos a peixes. Ex.: serpente-do-mar.

8 5. Classe Holothuroidea (Holotúrias) Em oposição aos outros equinodermos, as holotúrias têm o corpo delgado, alongado. A boca é circundada por 10 a 30 tentáculos que são modificações de pés ambulacrários bucais. O lado ventral se encontram os pés ambulacrários, com ventosas, que servem para a locomoção. As holotúrias movem-se como lesmas no fundo do mar ou cavam no lodo ou areia da superfície deixando somente as extremidades do corpo expostas, quando perturbadas, contraem-se lentamente. O alimento é de material orgânico dos detritos do fundo, que é empurrado para a boca ou de plâncton aprisionado em muco nos tentáculos. As holotúrias frequentemente são os invertebrados dominantes nas partes mais profundas dos oceanos Ex.: pepino-do-mar.

9 Os equinodermos são pouco usados como alimento; no entanto, Habitantes da bacia do Mediterrâneo comem. 1. Assadas ou cruas,as gônadas do ouriço-do-mar. 2. As paredes do corpo do pepino-do-mar, após serem fervidas e secas, produzem o trepang usado para fazer sopas. 3. As vísceras de vários equinodermos são usadas como iscas para peixes; As estrela-do-mar podem danificar culturas comerciais de ostras e mexilhões, trazendo sérios prejuízos aos criadores. Está nas pesquisas biológicas a maior utilidade dos equinodermos. Muitos são os ensaios experimentais sobre fecundação e desenvolvimento feitos com o ouriço-do-mar.

10 (esse site é muito legalzinho!!!)

FILO ECHINODERMATA (~7.000 sp)

FILO ECHINODERMATA (~7.000 sp) FILO ECHINODERMATA (~7.000 sp) (gr. echinos, espinho; ouriço derma, pele) Classes: Classe Crinoidea (lírios-do-mar) Classe Echinoidea (ouriços-do-mar) Classe Asteroidea (estrelas-do-mar) Classe Ophiuroidea

Leia mais

Phyllum Echinodermata

Phyllum Echinodermata Phyllum Echinodermata Echinos = espinho ; derma = pele Representantes: estrelas-do-mar; ouriço-domar; serpentes-do-mar; lírio-do-mar; pepinodo-mar; bolacha-da-praia. Estrela do mar Ouriço do mar Serpente

Leia mais

Professora Leonilda Brandão da Silva

Professora Leonilda Brandão da Silva COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com EQUINODERMOS O nome decorre da presença de espinhos na pele: equino

Leia mais

Sobre os Equinodermos

Sobre os Equinodermos Os equinodermos Equinodermos Equinodermos (equinos: espinhos; dermo: pele); Animais exclusivamente marinhos; Possuem de um endoesqueleto de calcário e muitas vezes com espinhos salientes; O endoesqueleto

Leia mais

EQUINODERMAS E PROTOCORDADOS 1ª PARTE

EQUINODERMAS E PROTOCORDADOS 1ª PARTE COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ EQUINODERMAS E PROTOCORDADOS 1ª PARTE CAPÍTULO 14 pág. 177 Professora Leonilda Brandão da Silva PROBLEMATIZAÇÃO Você conhece exemplos de equinodermos?

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ. CAPÍTULO 14 pág Professora Leonilda Brandão da Silva

COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ. CAPÍTULO 14 pág Professora Leonilda Brandão da Silva COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ CAPÍTULO 14 pág. 169 Professora Leonilda Brandão da Silva PROBLEMATIZAÇÃO Você conhece exemplos de equinodermos? Por quê o nome EQUINODERMOS? Como

Leia mais

EQUINODERMOS ECHINODERMATA

EQUINODERMOS ECHINODERMATA EQUINODERMOS ECHINODERMATA Prof. Élyka F. Pereira de Melo Pós graduada em Microbiologia, fundamentos e biotecnologia Pós-graduada em Metodologia da Biologia e Química Pós graduada Microbiologia Básica

Leia mais

ANIMAIS DO NOSSO PLANETA

ANIMAIS DO NOSSO PLANETA ZOOLOGIA ANIMAIS DO NOSSO PLANETA EQUINODERMAS Do grego echinos: espinhos; derma: pele. O filo possui cerca de 6000 espécies descritas, todas marinhas. Os equinodermos estão agrupados em 5 classes distintas:

Leia mais

BIOLOGIA IV Aula 05 Profa. Marcela Matteuzzo. Equinodermas e Protocordados

BIOLOGIA IV Aula 05 Profa. Marcela Matteuzzo. Equinodermas e Protocordados Equinodermas e Protocordados Echinoderma gr. echinos, espinho derma, pel Protocordados: Apresenta Notocorda (fase larval e/ou adulta) Fase Embrionária BIOLOGIA IV Aula 05 Triblásticos e celomados Características

Leia mais

Filo Echinodermata (Equinodermos)

Filo Echinodermata (Equinodermos) Do grego echinos: espinhos; derma: pele. O filo possui cerca de 6000 espécies descritas, todas marinhas. Os equinodermos estão agrupados em 5 classes distintas: -Asteroidea (estrelas-do-mar) Do grego echinos:

Leia mais

ECHINODERMATA QUEM SÃO: 14/02/2014. Pycnopodia. CLASSE: CRINOIDEA (Lírio-do-mar) Labidiaster radious

ECHINODERMATA QUEM SÃO: 14/02/2014. Pycnopodia. CLASSE: CRINOIDEA (Lírio-do-mar) Labidiaster radious ECHINODERMATA CLASSE: ASTEROIDEA (Estrela-do-mar) QUEM SÃO: Labidiaster radious CLASSE: ECHINOIDEA (Ouriço-do-mar e Bolacha-do-mar) Pycnopodia CLASSE: CRINOIDEA (Lírio-do-mar) Antedon bifida 1 CLASSE:

Leia mais

Ciências 2016 Professor: Danilo Lessa Materiais: Livro e PPT

Ciências 2016 Professor: Danilo Lessa Materiais: Livro e PPT Ciências 2016 Professor: Danilo Lessa Materiais: Livro e PPT Com muita alegria iremos iniciar nossos estudos sobre os moluscos! O Corpo dos Moluscos ( corpo mole ): Na cabeça há a rádula (uma espécie de

Leia mais

Características gerais. Habitat e modo de vida

Características gerais. Habitat e modo de vida Filo Artropoda Características gerais Corpo segmentado, revestido por um exoesqueleto. Nas espécies terrestres ele é de quitina e nas marinhas de CaCO 3. Vantagens conferidas pelo exoesqueleto: Sustentação

Leia mais

Filo ECHINODERMATA. Classes atuais. Crinoidea Asteroidea Cryptosyringida. Ambúlacro fechado. Ambúlacro aberto (condição plesiomórfica)

Filo ECHINODERMATA. Classes atuais. Crinoidea Asteroidea Cryptosyringida. Ambúlacro fechado. Ambúlacro aberto (condição plesiomórfica) Filo ECHINODERMATA Classes atuais Crinoidea Asteroidea Cryptosyringida Ambúlacro fechado Ambúlacro aberto (condição plesiomórfica) Classe Ophiuroidea Generalidades Nome popular: serpentes-do-mar, ofiúros.

Leia mais

MOLUSCOS CARACTERÍSTICAS GERAIS

MOLUSCOS CARACTERÍSTICAS GERAIS MOLUSCOS ANELÍDEOS MOLUSCOS CARACTERÍSTICAS GERAIS o Animais de corpo mole, geralmente protegidos por concha calcária ou valva. o Podem ser: univalves ou gastrópodes, bivalves e cefalópodes. o Constituem

Leia mais

Os moluscos são representados pelos seguintes seres vivos:

Os moluscos são representados pelos seguintes seres vivos: Os moluscos Os moluscos são representados pelos seguintes seres vivos: Ostra Caracol Lula Lesma Polvo Os moluscos Animais de corpo mole, geralmente com concha; Exemplos: Ostras, marisco, lesma e a lula.

Leia mais

EQUINODERMOS. Apresentam sistema nervoso difuso, formado por um

EQUINODERMOS. Apresentam sistema nervoso difuso, formado por um EQUINODERMOS 1. EQUINODERMOS Apresentam sistema nervoso difuso, formado por um anel nervoso e cinco nervos radiais. Os equinodermos são animais exclusivamente marinhos. Possuem normalmente espinhos na

Leia mais

Filo Echinodermata. Grego: echinos espinho, derma pele

Filo Echinodermata. Grego: echinos espinho, derma pele Filo Echinodermata Filo Echinodermata Grego: echinos espinho, derma pele Estrelas-do-mar, ofiuróides (serpentes-do-mar), ouriços-do-mar, bolachas-da-praia, pepinos-do-mar (holotúrias), lírios-do-mar e

Leia mais

Características do grupo

Características do grupo Características do grupo Os anelídeos são animais invertebrados. Apresentam o corpo mole, em formato de cilindro e alongado. Corpo segmentado em anéis. Comporta aproximadamente 15 mil espécies ao todo.

Leia mais

Filo ECHINODERMATA. Derivação do nome: echinos (grego) - espinhento; derma (grego) - pele

Filo ECHINODERMATA. Derivação do nome: echinos (grego) - espinhento; derma (grego) - pele GENERALIDADES Derivação do nome: echinos (grego) - espinhento; derma (grego) - pele Número de espécies: viventes (7.000); fósseis (13.000; desde o Cambriano) 5 Classes (número de espécies) Crinoidea Asteroidea

Leia mais

Filo ECHINODERMATA. Derivação do nome: echinos (grego) - espinhento; derma (grego) - pele

Filo ECHINODERMATA. Derivação do nome: echinos (grego) - espinhento; derma (grego) - pele GENERALIDADES Derivação do nome: echinos (grego) - espinhento; derma (grego) - pele Número de espécies: viventes (7.000); fósseis (13.000; desde o Cambriano) 5 Classes (número de espécies) Crinoidea Asteroidea

Leia mais

ARTRÓPODES & EQUINODERMAS. Prof.: Carolina Bossle

ARTRÓPODES & EQUINODERMAS. Prof.: Carolina Bossle & EQUINODERMAS Prof.: Carolina Bossle (do grego, arthron+ articulação, e podos= pés). Reúne o maior número de espécies conhecidas, representam cerca de 80% das espécies de animais conhecidas. Apresentam

Leia mais

Nematelmintos - Filo Nematoda

Nematelmintos - Filo Nematoda Nematelmintos - Filo Nematoda São vermes de corpo alongado e cilíndrico Apresentam simetria bilateral e são triblásticos, pseudocelomados e protostômios O pseudoceloma promove: espaço para órgãos internos,

Leia mais

Ciências 7º ANO Professora: Gabriela Ferreira

Ciências 7º ANO Professora: Gabriela Ferreira Ciências 7º ANO Professora: Gabriela Ferreira Filo Molusca O nome vem do latim mollis = Mole Invertebrados não segmentados Alguns possuem conchas calcárias que protegem o seu corpo Existem cerca de 100

Leia mais

Filo Annelida Vermes Anelados

Filo Annelida Vermes Anelados Filo Annelida Vermes Anelados CARACTERÍSTICAS GERAIS Anelídeo anelo = anel Metameria Meta = sucessão; meros = partes Externa e Interna Triblástico ( endoderme, mesoderme e ectoderme) Celomados Simetria

Leia mais

Características Principais dos Poríferos: Apresentam poros na parede de seu corpo;

Características Principais dos Poríferos: Apresentam poros na parede de seu corpo; Características Principais dos Poríferos: Animais Pluricelulares; Apresentam poros na parede de seu corpo; Todos aquáticos; São as Esponjas. Possui uma cavidade central, chamada átrio; Abertura relativamente

Leia mais

Diversidade animal II. Echinodermata

Diversidade animal II. Echinodermata Diversidade animal II Filos: Arthropoda Echinodermata Filo Arthropoda Arthros = articulação; podos = pé Presença de pernas, antenas e peças bucais articuladas. É o grupo animal com o maior numero de espécies;

Leia mais

META Apresentar a biologia, características anatômicas e morfológicas dos equinodermos

META Apresentar a biologia, características anatômicas e morfológicas dos equinodermos SUBFILO ECHINODERMATA META Apresentar a biologia, características anatômicas e morfológicas dos equinodermos OBJETIVOS Ao final da aula, o aluno deverá: diferenciar os equinodermos, caracterizá-los e entender

Leia mais

Representantes no mar (maioria), na água doce e no ambiente terrestre.

Representantes no mar (maioria), na água doce e no ambiente terrestre. Simetria bilateral, triblásticos e apresentam celoma (cavidade corporal totalmente revestida por mesoderma), uma novidade evolutiva em relação aos nematódeos. Representantes no mar (maioria), na água doce

Leia mais

Filo Mollusca (Moluscos)

Filo Mollusca (Moluscos) Do latim, mollis = mole Animais de corpo mole, geralmente protegidos por uma concha calcária. Vivem em quase todos os ambientes (dulcícolas, marinhos e terrestres) Maioria de vida livre O filo possui 150

Leia mais

As marés são causadas pela relação de força entre a gravidade da Terra, do Sol e da

As marés são causadas pela relação de força entre a gravidade da Terra, do Sol e da O que é a zona entre-marés? A zona entre marés é a área da costa que está sujeita à subida e descida da maré, isto é, fica a descoberto quando a maré baixa (baixa-mar) e submersa quando a maré sobe (preia-mar).

Leia mais

Anatomia Fisiologia Classificação MOLUSCOS

Anatomia Fisiologia Classificação MOLUSCOS Anatomia Fisiologia Classificação MOLUSCOS Moluscos- Filo Mollusca Mollusca significa corpo mole Mais de 150 mil espécies já descritas; Corpo de consistência macia, protegido em geral por concha calcária.

Leia mais

MOLUSCOS FILO MOLUSCA

MOLUSCOS FILO MOLUSCA MOLUSCOS FILO MOLUSCA CARACTERIZAÇÃO São animais de corpo mole predominantemente marinhos, embora existam espécies de água doce e terrestre. Alguns se deslocam livremente enquanto outros são sésseis.

Leia mais

CAPÍTULO 9 SISTEMA DE ENSINO POLIEDRO PROF GISELLE CHERUTTI

CAPÍTULO 9 SISTEMA DE ENSINO POLIEDRO PROF GISELLE CHERUTTI CAPÍTULO 9 SISTEMA DE ENSINO POLIEDRO PROF GISELLE CHERUTTI Do grego echinos: espinhos derma: pele constituem um grupo de animais exclusivamente marinhos, dotados de um endoesqueleto (endo = dentro) calcário

Leia mais

Filo Artrópode e Equinoderma. Prof. Rafael Rosolen T. Zafred

Filo Artrópode e Equinoderma. Prof. Rafael Rosolen T. Zafred e Equinoderma Prof. Rafael Rosolen T. Zafred Filo Arthropoda (Artrópode) Maior grupo da Reino Animalia; Representantes Terrestres e Aquáticos; Arthro/poda: Arthros: Articulação; Podos: Pé; Características

Leia mais

MOLUSCOS E ANELÍDEOS

MOLUSCOS E ANELÍDEOS MOLUSCOS E ANELÍDEOS Artrópodes Vertebrados Cordados Protostômios Deuterostômios Pseudocelomados Celomados Acelomados Características gerais MOLUSCOS (Latim: mollis) 100.000 espécies da fauna atual São

Leia mais

Ao passear na areias de uma praia, muitas pessoas gostam de admirar e pegar conchinhas trazidas pelas ondas. Essas conchinhas são de diversos

Ao passear na areias de uma praia, muitas pessoas gostam de admirar e pegar conchinhas trazidas pelas ondas. Essas conchinhas são de diversos Moluscos Ao passear na areias de uma praia, muitas pessoas gostam de admirar e pegar conchinhas trazidas pelas ondas. Essas conchinhas são de diversos tamanhos, formas e cores. Muitas vezes, se tornam

Leia mais

FILO MOLUSCO. Professor Cláudio Aguiar

FILO MOLUSCO. Professor Cláudio Aguiar FILO MOLUSCO Professor Cláudio Aguiar Tendências Evolutivas:. Presença do Celoma.Respiracao Pulmonar:Gastrópodes.Macroneurônios: Cefalópodes.Presenca de S. Circulatório.Maior adaptabilidade à vida terrestre

Leia mais

Mollusca. mollis = mole

Mollusca. mollis = mole MOLUSCOS 5º FILO - MOLLUSCA mollis = mole Mollusca Animais de corpo mole Exemplos: ostras, mexilhões, caramujos, lesmas, caracóis, lulas e polvos. Habitat: terrestres e aquáticos Características Gerais

Leia mais

Professora Leonilda Brandão da Silva

Professora Leonilda Brandão da Silva COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ Pág. 124 Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com http://professoraleonilda.wordpress.com/ CARACTERÍSTICAS DOS

Leia mais

Biomphalaria. Achatina fulica

Biomphalaria. Achatina fulica Reúne os animais de corpo com consistência macia e normalmente protegido por uma concha calcárea, que podem apresentam de poucos milímetros a vários metros; Seu corpo é dividido em três partes básicas:

Leia mais

MOLUSCOS. Representantes: Depois de artrópodes, é o segundo maior filo do Reino Animal ( espécies). » Alguns representantes.

MOLUSCOS. Representantes: Depois de artrópodes, é o segundo maior filo do Reino Animal ( espécies). » Alguns representantes. MOLUSCOS MOLUSCOS Representantes: Depois de artrópodes, é o segundo maior filo do Reino Animal (112.000 espécies).» Alguns representantes Lula Polvo Sépia mariscos Náutilo Quíton Características Corpo

Leia mais

Diversidade Animal Objetivo Geral 7: Interpretar as caraterísticas dos organismos em função dos ambientes onde vivem.

Diversidade Animal Objetivo Geral 7: Interpretar as caraterísticas dos organismos em função dos ambientes onde vivem. Objetivo Geral 7: Interpretar as caraterísticas dos organismos em função dos ambientes onde vivem. Página 109 (antigo 30) Descritor 7.1. Apresentar exemplos de meios onde vivem os animais, com base em

Leia mais

Do latim -annulus = anel -eidos = forma

Do latim -annulus = anel -eidos = forma poliquetos minhocas sanguessugas Vermes cilíndricos com corpo segmentado (dividido em anéis). Metameria (segmentação) completa (interna e externa). Aquáticos e terrestres (locais úmidos solo e vegetação).

Leia mais

MOLUSCOS. Alguns representantes. Lula Polvo Sépia. mariscos Náutilo Quíton

MOLUSCOS. Alguns representantes. Lula Polvo Sépia. mariscos Náutilo Quíton MOLUSCOS MOLUSCOS Representantes: Lulas, Polvos, lesmas, caracóis, mariscos, ostras, mexilhões, sépias, náutilos, quíton. Depois de artrópodes, é o segundo maior filo do Reino Animal (112.000 espécies).

Leia mais

Crustáceos (crusta= crosta ou pele grossa)

Crustáceos (crusta= crosta ou pele grossa) Grupo Mandibulata Subfilos: Miriápodes: quilópodes (centopéias e lacraias) e diplópodes (piolho de cobra). Crustáceos Insetos Novidades evolutivas: Mandíbulas (importantes para triturar alimentos); Olhos

Leia mais

23/07/2014. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados. (At 3:19) Os moluscos (do latim molluscus, mole)

23/07/2014. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados. (At 3:19) Os moluscos (do latim molluscus, mole) Prof. Ancélio Ricardo de Oliveira Gondim Engenheiro Agrônomo, D. Sc. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados. (At 3:19) Pombal 11 de Abril de 2014 Pombal 11 de Abril

Leia mais

R verme de corpo cilindrico 02) Quais as principais características dos nematelmintos? R Corpo cilíndrico, tubo digestório completo.

R verme de corpo cilindrico 02) Quais as principais características dos nematelmintos? R Corpo cilíndrico, tubo digestório completo. 1) Qual a origem da palavra Nematelminto? R verme de corpo cilindrico 02) Quais as principais características dos nematelmintos? R Corpo cilíndrico, tubo digestório completo. 03) Qual o nome da doença

Leia mais

Alta capacidade de locomoção Deuterostômios com simetria pentarradial. Os equinodermos alimentam-se de pequenos animais e algas.

Alta capacidade de locomoção Deuterostômios com simetria pentarradial. Os equinodermos alimentam-se de pequenos animais e algas. Os equinodermos constituem um grupo exclusivamente marinhos, dotados de um endoesqueleto calcário muitas vezes provido de espinhos salientes. Alta capacidade de locomoção Deuterostômios com simetria pentarradial

Leia mais

Características Principais dos Poríferos: Apresentam poros na parede de seu corpo;

Características Principais dos Poríferos: Apresentam poros na parede de seu corpo; Características Principais dos Poríferos: Animais Pluricelulares; Apresentam poros na parede de seu corpo; Todos aquáticos; São as Esponjas. Possui uma cavidade central, chamada átrio; Abertura relativamente

Leia mais

Complexo educacional FMU Curso de Ciências Biológicas. Zoologia de invertebrados I. Reino Animal Principais Características

Complexo educacional FMU Curso de Ciências Biológicas. Zoologia de invertebrados I. Reino Animal Principais Características Complexo educacional FMU Curso de Ciências Biológicas Zoologia de invertebrados I Reino Animal Principais Características Prof: Biólogo Luiz A.B. Mello Lula 2º semestre 2011 2ºsemestre Gráfico da distribuição

Leia mais

Sanguessugas. Poliquetos. Minhocas

Sanguessugas. Poliquetos. Minhocas Sanguessugas Poliquetos Minhocas Representados pelas minhocas, sanguessugas e poliquetos Vivem em solos úmidos, água doce ou marinhos Podem ser parasitas ou vida livre São triblásticos, simetria bilateral

Leia mais

Professora Leonilda Brandão da Silva

Professora Leonilda Brandão da Silva COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ Pág. 114 Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com http://professoraleonilda.wordpress.com/ Animais p. 114 Os

Leia mais

Prostheceraeus roseus Planária terrestre. Planária (classe Turbelária) Fasciola hepatica (Classe Trematoda) Schistosoma mansoni (classe Trematoda)

Prostheceraeus roseus Planária terrestre. Planária (classe Turbelária) Fasciola hepatica (Classe Trematoda) Schistosoma mansoni (classe Trematoda) FILO PLATYHELMINTHES Eucarionte; pluricelular; heterótrofo. Corpo achatado dorsoventralmente Simetria bilateral Tecidos presentes e acelomados. Como conseqüência disso, não formam completamente alguns

Leia mais

Filos: Poríferos Cnidários Platelmintos- Nematelmintos Anelídeos Moluscos Artrópodes - Equinodermos Cordatas. Professora Débora Biologia

Filos: Poríferos Cnidários Platelmintos- Nematelmintos Anelídeos Moluscos Artrópodes - Equinodermos Cordatas. Professora Débora Biologia Filos: Poríferos Cnidários Platelmintos- Nematelmintos Anelídeos Moluscos Artrópodes - Equinodermos Cordatas Professora Débora Biologia Filo Poríferos Esponjas Filo Poríferos Características São todas

Leia mais

Pés: locomoção. Cefalópodes (lula e polvo): transformados em tentáculos.

Pés: locomoção. Cefalópodes (lula e polvo): transformados em tentáculos. Filo Mollusca Segundo maior grupo de animais (atrás de Arthropoda); Cerca de 100.000 espécies; Grande diversidade morfológica: caracóis (rastejantes), ostras e mariscos (sésseis) e lulas e polvos (livre-natantes),

Leia mais

Moluscos. Prof. Fernando Belan

Moluscos. Prof. Fernando Belan Moluscos Prof. Fernando Belan Características gerais Enterozoários, triblásticos, celomados, protostômios, simetri bilateral. Sistemanervoso: ganglionar cerebral, visceral e pedal. Sistema digestório completo

Leia mais

Anfíbios são animais vertebrados que vivem entre o meio aquático e o ambiente terrestre.

Anfíbios são animais vertebrados que vivem entre o meio aquático e o ambiente terrestre. Os Anfíbios Introdução Anfíbios são animais vertebrados que vivem entre o meio aquático e o ambiente terrestre. Mantêm uma forte vinculação com a água e dela não se afastam, pois precisam manter a pele

Leia mais

Biodiversidade marinha e lacustre

Biodiversidade marinha e lacustre Biodiversidade marinha e lacustre Lagostim Tenho duas pinças, antenas e sofro mudanças de carapaça. Para me proteger, fico totalmente escondido. Na escolha do meu habitat, tenho em atenção o tipo de substrato

Leia mais

Filo Annelida Latim annelus, pequeno anel + ida, sufixo plural

Filo Annelida Latim annelus, pequeno anel + ida, sufixo plural Filo Annelida Latim annelus, pequeno anel + ida, sufixo plural Corpo segmentado (metamerizado) em anéis. Triblásticos, celomados, protostômio. Sistema digestório completo: boca e ânus. Mais de 200.000

Leia mais

Celenterados ou Cnidários. * Águas-vivas * Corais * Anêmonas do mar

Celenterados ou Cnidários. * Águas-vivas * Corais * Anêmonas do mar Celenterados ou Cnidários * Águas-vivas * Corais * Anêmonas do mar CNIDÁRIOS = animais que possuem CNIDÓCITOS ( Knide : do grego = urtiga) O termo Cnidaria refere-se exatamente à capacidade de causar queimaduras

Leia mais

Oi pessoal dos 8 os anos, estão com saudade das atividades escolares? Pois bem, precisamos dar seqüência aos estudos e, na volta às aulas, no dia 17,

Oi pessoal dos 8 os anos, estão com saudade das atividades escolares? Pois bem, precisamos dar seqüência aos estudos e, na volta às aulas, no dia 17, Oi pessoal dos 8 os anos, estão com saudade das atividades escolares? Pois bem, precisamos dar seqüência aos estudos e, na volta às aulas, no dia 17, algumas atividades devem estar prontas. Mas antes de

Leia mais

Biologia FILO CORDADOS

Biologia FILO CORDADOS CPMG- NADER ALVES DOS SANTOS Biologia FILO CORDADOS Prof. Weber FILO DOS CORDADOS Filo Chordata grandes animais existentes na Terra, dentre eles, o homem. Grande adaptação, diversos hábitos de vida, grande

Leia mais

Caderno Teórico. Cláudia Faria & Raquel Gaspar Pavilhão do Conhecimento 7 Jan Pavilhão do Conhecimento Janeiro

Caderno Teórico. Cláudia Faria & Raquel Gaspar Pavilhão do Conhecimento 7 Jan Pavilhão do Conhecimento Janeiro Caderno Teórico Cláudia Faria & Raquel Gaspar Pavilhão do Conhecimento 7 Jan 2011 Pavilhão do Conhecimento Janeiro 2011 1 Diversidade da zona entre-marés Com o apoio do Aquário Vasco da Gama www.aquariovgama.marinha.pt

Leia mais

Atualmente são conhecidas mais de espécies atuais de animais vertebrados, com as mais diferentes formas e habitats.

Atualmente são conhecidas mais de espécies atuais de animais vertebrados, com as mais diferentes formas e habitats. III Unidade Definição Atualmente são conhecidas mais de 50000 espécies atuais de animais vertebrados, com as mais diferentes formas e habitats. Esses animais obtêm energia basicamente da alimentação e

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS CAMPUS DE BOTUCATU

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS CAMPUS DE BOTUCATU UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS CAMPUS DE BOTUCATU GUIA DE IDENTIFICAÇÃO DO FILO ECHINODERMATA CINTIA DUTRA HERRERO BOTUCATU 2010 UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS

Leia mais

Filo Echinodermata (Equinodermos)

Filo Echinodermata (Equinodermos) Do grego echinos: espinhos; derma: pele. O filo possui cerca de 6000 espécies descritas, todas marinhas. Os equinodermos estão agrupados em 5 classes distintas: -Asteroidea (estrelas-do-mar) Do grego echinos:

Leia mais

Características Gerais Triblásticos Simetria Bilateral Celomados (esqueleto hidrostático) Protostômios

Características Gerais Triblásticos Simetria Bilateral Celomados (esqueleto hidrostático) Protostômios Características Gerais Triblásticos Simetria Bilateral Celomados (esqueleto hidrostático) Protostômios Características evolutivas Corpo segmentado (Metameria) Anatomia e Fisiologia Organização corporal:

Leia mais

UROCHORDATA (TUNICATA) CARACTERÍSTICAS GERAIS:

UROCHORDATA (TUNICATA) CARACTERÍSTICAS GERAIS: UROCHORDATA (TUNICATA) CARACTERÍSTICAS GERAIS: 1. SISTEMA TEGUMENTAR: - EPITÉLIO SIMPLES; - CAMADA MESODERMAL COM FEIXES LONGITUDINAIS E CIRCULARES DE MUSCULATURA; - EPITÉLIO SECRETA TÚNICA. 2. SISTEMA

Leia mais

Prof. Marcelo Langer. Curso de Biologia. Aula 44 Zoologia

Prof. Marcelo Langer. Curso de Biologia. Aula 44 Zoologia Prof. Marcelo Langer Curso de Biologia Aula 44 Zoologia FILO PLATELMINTES São vermes de corpo achatado. Possuem características evolutivas, inclusive o terceiro folheto embrionário (mesoderme), substituindo

Leia mais

Universidade de São Paulo Instituto de Física de São Carlos Licenciatura em Ciências Exatas Biologia II 2017 Nome: N USP: Nota:

Universidade de São Paulo Instituto de Física de São Carlos Licenciatura em Ciências Exatas Biologia II 2017 Nome: N USP: Nota: Universidade de São Paulo Instituto de Física de São Carlos Licenciatura em Ciências Exatas Biologia II 2017 Nome: N USP: Nota: Aula Prática 4: MOLLUSCA E ANELLIDA FILO MOLLUSCA 1. CLASSE BIVALVIA Os bivalves

Leia mais

REINO ANIMAL. Qual a importância da metameria? FILO: ANELÍDEOS VERMES CILÍNDRICOS E SEGMENTADOS. Qual a importância da metameria?

REINO ANIMAL. Qual a importância da metameria? FILO: ANELÍDEOS VERMES CILÍNDRICOS E SEGMENTADOS. Qual a importância da metameria? REINO ANIMAL FILO: ANELÍDEOS VERMES CILÍNDRICOS E SEGMENTADOS Metâmeros são compartimentos contíguos, revestidos internamente por mesoderme, e separados uns dos outros por paredes (septos) mesodérmicas.

Leia mais

tubo digestório completo circulatório fechado, hermafroditas

tubo digestório completo circulatório fechado, hermafroditas Anelídeos Anelídeos O habitat dos anelídeos pode ser a água dos mares e oceanos ou a água doce e a terra úmida. Eles são considerados os mais complexos dos vermes. Além do tubo digestório completo, têm

Leia mais

Características gerais

Características gerais Artrópodes Quem são? Muitas vezes, não percebemos a presença daqueles animais com corpos de formas estranhas e cores variadas, que vivem ao nosso redor, voam sobre nossas cabeças ou aqueles que se locomovem

Leia mais

PORÍFEROS OU ESPONJAS

PORÍFEROS OU ESPONJAS PORÍFEROS OU ESPONJAS. Constituído pelas esponjas animais sésseis (fixos) que vivem em ambiente aquático. Existem espécies de água doce, mas a maioria é marinha. IMPORTÂNCIA ECONÔMICA Podem ser usadas

Leia mais

Primeiros vertebrados capazes de viver em terra. Graças ao fortalecimento da coluna vertebral; desenvolvimento de ossos e músculos das pernas.

Primeiros vertebrados capazes de viver em terra. Graças ao fortalecimento da coluna vertebral; desenvolvimento de ossos e músculos das pernas. ANFÍBIOS QUEM SÃO? INTRODUÇÃO Primeiros vertebrados capazes de viver em terra. Graças ao fortalecimento da coluna vertebral; desenvolvimento de ossos e músculos das pernas. Pernas sustentam e deslocam

Leia mais

Embriologia. Prof. Bruno Ramello

Embriologia. Prof. Bruno Ramello Embriologia REPRODUÇÃO SEXUADA Ovulíparos: fêmeas e machos lançam um número grande de gametas na água, ocorrendo a fecundação nesse ambiente (fecundação externa) peixes e anfíbios Ovíparos: são animais

Leia mais

Questão 3. a) Os moluscos não possuem sistema digestivo. b) Os moluscos não possuem sistema nervoso. c) Os mexilhões possuem concha com apenas uma

Questão 3. a) Os moluscos não possuem sistema digestivo. b) Os moluscos não possuem sistema nervoso. c) Os mexilhões possuem concha com apenas uma 2 ª série Ensino Médio Tarefão BIOLOGIA 2º bimestre Aluno(a): Questão - 1 A produção de pérolas requer a introdução artificial de pequenas partículas estranhas no manto. Este circunda o corpo estranho

Leia mais

Evolução dos vertebrados

Evolução dos vertebrados PEIXES Evolução dos vertebrados PEIXES PULMONADOS AVES ÓSSEOS ANFÍBIOS RÉPTEIS CICLÓSTOMO PEIXES MAMÍFEROS CARTILAGINOSOS Peixe Primitivo (Lampreias e Feiticeiras) Características gerais Exclusivamente

Leia mais

Ciências 2016 Professor: Danilo Lessa Materiais: Livro e PPT

Ciências 2016 Professor: Danilo Lessa Materiais: Livro e PPT Ciências 2016 Professor: Danilo Lessa Materiais: Livro e PPT Níquel Náusea Autor: Fernando Gonsales Distribuição dos Invertebrados: 12,3% 87,7% Como são os artrópodes: O esqueleto destes animais é externo,

Leia mais

Os peixes representam a maior classe em número de espécies conhecidas entre os vertebrados. Acredita-se que os peixes tenham surgido por volta de 540

Os peixes representam a maior classe em número de espécies conhecidas entre os vertebrados. Acredita-se que os peixes tenham surgido por volta de 540 PEIXES Os peixes representam a maior classe em número de espécies conhecidas entre os vertebrados. Acredita-se que os peixes tenham surgido por volta de 540 milhões de anos atrás. Provavelmente, foram

Leia mais

6 ª série Ensino Fundamental Ciências Escola Santa Angélica

6 ª série Ensino Fundamental Ciências Escola Santa Angélica 6 ª série Ensino Fundamental Ciências Escola Santa Angélica Unidade I Descobrindo os seres vivos Níveis de organização biológica Unidade I Descobrindo os seres vivos Hereditariedade: passagem dos genes

Leia mais

FILOS ANIMAIS ANELÍDEOS

FILOS ANIMAIS ANELÍDEOS FILOS ANIMAIS ANELÍDEOS Anelídeos Características gerais: Embriológicas: Protostômios (blastóporo origina a boca) Triblásticos (três folhetos embrionários ectoderme, mesoderme e endoderme) Celomados (cavidade

Leia mais

CARACTERÍSTICAS DE ECDYSOZOA. Sinapomorfias: *Ausência de cílios locomotores *Realização de ecdise *Presença de quitina na cutícula

CARACTERÍSTICAS DE ECDYSOZOA. Sinapomorfias: *Ausência de cílios locomotores *Realização de ecdise *Presença de quitina na cutícula CARACTERÍSTICAS DE ECDYSOZOA Sinapomorfias: *Ausência de cílios locomotores *Realização de ecdise *Presença de quitina na cutícula Problema: Chaetognatha *estruturas únicas, não encontradas em outros grupos,

Leia mais

Filo dos Poríferos ou Espongiários

Filo dos Poríferos ou Espongiários Filo dos Poríferos ou Espongiários Animais primitivos com poros pelo corpo (esponjas aquáticas). Habitat aquático (marinho e dulcícola). Parazoários: ausência de tecidos verdadeiros. Sésseis (fixos ao

Leia mais

Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Chordata. Natália A. Paludetto

Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Chordata. Natália A. Paludetto Reino Animalia 0 (Metazoa) Filo Chordata Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com http://proenem.sites.ufms.br/ Reino Animalia Filos: 1) Porifera; 2) Cnidaria; 3) Platyhelminthes; 4) Nematoda;

Leia mais

BIOLOGIA ANIMAL II. 8 classes de Moluscos:

BIOLOGIA ANIMAL II. 8 classes de Moluscos: 1ª AULA PRÁTICA BIOLOGIA ANIMAL II Sumário: Phyllum Mollusca, Classes Polyplacophora e Gastropoda. Observação da morfologia externa de exemplares dos géneros Chiton, Patella, Gibbula, Aplysia, Helix e

Leia mais

Filo CNIDARIA (final) e Filo CTENOPHORA Aula 06

Filo CNIDARIA (final) e Filo CTENOPHORA Aula 06 Filo CNIDARIA classificação * Classe HYDROZOA OK Inclui as Hidras Colônias polipoides, ou formas medusoides * Classe SCYPHOZOA OK * Classe CUBOZOA OK Scyphozoa e Cubozoa predom. medusoides * Classe ANTHOZOA

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS CAMPUS DE BOTUCATU O USO DO VÍDEO COMO RECURSO DIDÁTICO PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS E BIOLOGIA

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS CAMPUS DE BOTUCATU O USO DO VÍDEO COMO RECURSO DIDÁTICO PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS E BIOLOGIA UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS CAMPUS DE BOTUCATU O USO DO VÍDEO COMO RECURSO DIDÁTICO PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS E BIOLOGIA GABRIELA FEOLA CONZ BOTUCATU 2010 UNIVERSIDADE ESTADUAL

Leia mais

FILOS ANIMAIS ANELÍDEOS

FILOS ANIMAIS ANELÍDEOS FILOS ANIMAIS ANELÍDEOS (Pequenos anéis) Anelídeos Características gerais: Embriológicas: Protostômios (blastóporo origina a boca) Triblásticos (três folhetos embrionários ectoderme, mesoderme e endoderme)

Leia mais

FILO ANELIDEA 14,15,16. Formação do celoma enterocélico num animal deuterostômio. Formação do celoma esquizocélico num animal protostômio

FILO ANELIDEA 14,15,16. Formação do celoma enterocélico num animal deuterostômio. Formação do celoma esquizocélico num animal protostômio Anelídeos Famosos FILO ANELIDEA 1 2 Anelídeos Anelídeos 3 annelus = anel Animais de corpo alongado e cilíndrico 1ºs animais da escala zoológica a apresentar corpo segmentado ou metamerizado do grego meta

Leia mais

Artrópodes. - A enorme diversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivam em todos os habitats.

Artrópodes. - A enorme diversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivam em todos os habitats. Artrópodes - O filo Arthropoda (Artrópodes) possui um número muito grande de animais, o maior grupo com espécies diferentes; - A enorme diversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivam em

Leia mais

Cnidários. São animais relativamente simples, que vivem em ambientes aquáticos, principalmente no mar.

Cnidários. São animais relativamente simples, que vivem em ambientes aquáticos, principalmente no mar. São animais relativamente simples, que vivem em ambientes aquáticos, principalmente no mar. São os primeiros animais a apresentarem uma cavidade digestiva no corpo, fato que gerou o nome celenterado, destacando

Leia mais

::: Fonte Do Saber - Mania de Conhecimento :::

::: Fonte Do Saber - Mania de Conhecimento ::: Seres Invertebrados adsense1 Desde os protozoários, unicelulares e microscópicos, até os grandes polvos e lulas, que atingem vários metros de comprimento, os invertebrados formam uma ampla variedade de

Leia mais

Bioindicadores Ambientais (BAM36AM) Invertebrados bentônicos como bioindicadores

Bioindicadores Ambientais (BAM36AM) Invertebrados bentônicos como bioindicadores Bioindicadores Ambientais (BAM36AM) Invertebrados bentônicos como bioindicadores Bioindicadores de sistemas bênticos A escolha do bioindicador requer um conhecimento prévio da biologia do organismo ou

Leia mais

Listão de férias ano

Listão de férias ano Listão de férias 2016 7 ano 1) Observe as duas colunas a seguir: Aparelho bucal de inseto. I - Picador e sugador. II - Mastigador. III - Lambedor. Animais A- Pernilongos. B- Mosca. C- Gafanhoto. A relação

Leia mais

Talvez ao tomar banho, você goste de se ensaboar usando uma esponja sintética, feita de plástico ou de borracha, ou uma bucha vegetal.

Talvez ao tomar banho, você goste de se ensaboar usando uma esponja sintética, feita de plástico ou de borracha, ou uma bucha vegetal. Poríferos Talvez ao tomar banho, você goste de se ensaboar usando uma esponja sintética, feita de plástico ou de borracha, ou uma bucha vegetal. Mas você já pensou em tomar banho ensaboando-se com o esqueleto

Leia mais

Grupo de maior sucesso evolutivo: encontrados em praticamente todos os ambientes. Apêndices articulados Correr, nadar, saltar, escavar, copular...

Grupo de maior sucesso evolutivo: encontrados em praticamente todos os ambientes. Apêndices articulados Correr, nadar, saltar, escavar, copular... Grupo de maior sucesso evolutivo: encontrados em praticamente todos os ambientes Apêndices articulados Correr, nadar, saltar, escavar, copular... Exoesqueleto quitinoso Proteção contra agressões e desidratação

Leia mais