ACEPI/Netsonda Barómetro Trimestral do Comércio Electrónico em Portugal 1º Trimestre Página 1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ACEPI/Netsonda Barómetro Trimestral do Comércio Electrónico em Portugal 1º Trimestre 2012. Página 1"

Transcrição

1 Página 1

2 Sobre a ACEPI A ACEPI - Associação de Comércio Electrónico e Publicidade Interactiva, é uma organização independente sem fins lucrativos, de pessoas individuais e colectivas, visando o estudo e a implementação das diversas formas de Comércio Electrónico e da Publicidade Interactiva, constituindo um fórum independente e aberto para o debate, potenciação, promoção, generalização e dignificação destas realidades e temáticas em Portugal. A ACEPI congrega actualmente as mais relevantes entidades e profissionais ligados ao Comércio Electrónico e à Publicidade Interactiva em Portugal, incluindo lojas on-line, bancos e outras empresas financeiras, emarketplaces, entidades ligadas à área da publicidade online, Internet Service Providers, imprensa on-line, operadores de telecomunicações, empresas de venda à distância e muitas outras empresas de outros sectores de actividade. Mais informações em Página 2

3 Sobre a Netsonda A Netsonda, em actividade desde Julho de 2000, é líder e pioneira em Portugal na recolha e análise de informação através de plataformas tecnológicas desenvolvidas à medida das necessidades dos projectos, oferecendo rapidez, segurança e rentabilidade. Os estudos da Netsonda são ferramentas de trabalho precisas, dotando os seus clientes da informação necessária aos processos de decisão, de investimento e de aperfeiçoamento de produtos e serviços. A equipa de research da Netsonda é constituída por profissionais com a formação adequada aos objectivos da empresa, designadamente na área das ciências sociais, da estatística e das novas tecnologias da informação. A Netsonda pertence à APODEMO Associação Portuguesa de Empresas de Estudo de Mercado e de Opinião, à ESOMAR World Association of Research Professionals, subscrevendo e realizando as suas propostas e estudos de acordo com os códigos CODEMO e ICC/ESOMAR. O Painel da Netsonda encontra-se registado na Comissão Nacional para Protecção de Dados (CNPD). Mais informações em Página 3

4 Índice 1º Trimestre de 2012 // Introdução Slide 5 // Sumário Executivo Slide 6 // Slide 7-23 // Ficha Técnica Slide Página 4

5 Introdução OBJECTIVO O Barómetro Trimestral do Comércio Electrónico em Portugal constitui um dos instrumentos que a ACEPI e a Netsonda colocam à disposição de todas as entidades - Estado, empresas, profissionais, docentes, estudantes, formadores, consultores, investigadores - envolvidas na cadeia de valor do comércio, com o objectivo de conhecer a evolução do negócio e as principais tendências do comércio electrónico em Portugal, na perspectiva da oferta. A amostra escolhida algumas das mais representativas empresas do sector (do ponto de vista do volume de negócios), contempla os mais variados modelos de negócio (B2B, B2C, Homebanking, C2C) e reflecte uma grande variedade de sectores económicos (banca, comércio, turismo, construção, imprensa, desporto, entre muitos outros). O estudo cuja síntese de resultados se apresenta neste documento foi realizado pela Netsonda e pela ACEPI, e tem por objectivo fundamental avaliar a evolução e desenvolvimento do Comércio Electrónico em Portugal na perspectiva da oferta, assim como a confiança e expectativas dos seus protagonistas. O alvo definido para o estudo realizado foram algumas das mais representantes empresas associadas da ACEPI (Associação do Comércio Electrónico em Portugal e Publicidade Interactiva). Importa destacar a enorme variedade de sectores representados pelas empresas participantes neste barómetro assim como o facto das mesmas representarem, juntas, uma considerável fatia da totalidade do volume de negócios do comércio electrónico em Portugal. Página 5

6 SUMÁRIO EXECUTIVO 57% dos sites afirma ter aumentado o volume de vendas no período homólogo sendo que 27% dos sites afirma ter crescido acima de dois dígitos percentuais. Para cerca de 30% dos sites o volume de vendas foi superior a 1 milhão de euros. 65% dos sites afirma ter registado um aumento do número de clientes sendo que 33% dos sites afirma ter aumentado o número de clientes em mais de dois dígitos percentuais. No período em análise, cerca de 80% dos sites inquiridos manteve ou aumentou o investimento nos seus sites. Ainda assim quando comparado com o trimestre anterior analisado, verifica-se um aumento de sites que afirmam ter diminuído o investimento. 43% dos sites afirma ter a expectativa o seu volume de vendas aumente no próximo trimestre. Página 6

7 Neste Trimestre, e em comparação com o período homólogo, o volume de vendas do seu site n=37 No caso da Banca, o indicador é o nº de transacções nos serviços de Homebanking. 57% dos sites afirma ter aumentado o volume de vendas no período homólogo sendo que 27% dos sites afirma mesmo ter crescido acima de dois dígitos percentuais. Página 7

8 Neste Trimestre, e em comparação com o período homólogo, o volume de vendas do seu site No caso da Banca, o indicador é o nº de transacções nos serviços de Homebanking. Em comparação com o último trimestre estudado (3ºT 2011), observa-se que o número de sites que refere uma diminuição do volume de vendas mantêm-se estável no período em análise. Verifica-se um aumento do volume de vendas nas opções 0 a 5%, 10 a 20%, 20 a 30%, 30 a 50% quando comprado com os trimestres anteriores. Página 8

9 Indique o volume de vendas no período em análise. n=37 Para cerca de 30% dos sites o volume de vendas foi superior a 1 milhão de euros. Página 9

10 Indique o volume de vendas no período em análise. Em comparação com o último trimestre analisado, observa-se um aumento significativo de sites com volume de vendas acima de euros. Página 10

11 Neste Trimestre, e em comparação com o período homólogo, o nº de clientes que fez compras no seu site... No caso da Banca, o indicador é o nº de transacções nos serviços de Homebanking. n=37 65% dos sites afirma ter registado um aumento do número de clientes sendo que 33% dos sites afirma ter aumentado o número de clientes em mais de dois dígitos percentuais. Página 11

12 Neste Trimestre, e em comparação com o período homólogo, o nº de clientes que fez compras no seu site... No caso da Banca, o indicador é o nº de transacções nos serviços de Homebanking. Em relação ao trimestre anterior, observam-se um aumento do número de sites a referir uma diminuição de clientes que fez compras no seu site. Ainda a salientar, um aumento significativo de sites que referem que o número de clientes que fizeram compras aumentou nas opções 0 a 5%, 10 a 20% e 30 a 50%. Página 12

13 Indique o número de clientes referentes ao período em análise. n=37 Cerca de 1/3 afirma ter tido mais de clientes. Página 13

14 Indique o número de clientes referentes ao período em análise. Em comparação com o último trimestre analisado, verifica-se um aumento significativo de sites que referem que tiveram mais de clientes. Página 14

15 Neste Trimestre, e em comparação com o período homólogo, o investimento que realizou no seu site (upgrades, promoção, etc.) n=37 No período em análise, cerca de 80% dos sites inquiridos manteve ou aumentou o investimento nos seus sites. Ainda assim quando comparado com o trimestre anterior analisado, verifica-se um aumento de sites que afirmam ter diminuído o investimento. Página 15

16 Indique todas as categorias de Produtos/Serviços que vendeu no seu site neste Trimestre. n=37 Outro: agrega categorias de produtos e serviços com poucas menções desde housing a leilões online. As principais categorias de produtos e serviços transaccionadas nos diferentes sites dos inquiridos foram produtos de Livros/Revistas, Casa/Arte/Decoração. Página 16

17 Indique todas as categorias de Produtos/Serviços que vendeu no seu site neste Trimestre (1/3). Página 17

18 Indique todas as categorias de Produtos/Serviços que vendeu no seu site neste Trimestre (2/3). Página 18

19 Indique todas as categorias de Produtos/Serviços que vendeu no seu site neste Trimestre (3/3). Página 19

20 Indique todas as categorias de Produtos/Serviços que vendeu no seu site neste Trimestre (1/2). Página 20

21 Indique todas as categorias de Produtos/Serviços que vendeu no seu site neste Trimestre (2/2). Página 21

22 Frases que melhor descrevem as suas expectativas para o próximo Trimestre (se operar na área B2C) 43% dos sites afirma ter a expectativa o seu volume de vendas aumente no próximo trimestre. Página 22

23 Frases que melhor descrevem as suas expectativas para o próximo Trimestre (se operar na área B2B) Das entidades inquiridas que operam na área B2B, existe para 33% a expectativa que o comercio electrónico vai aumentar o ritmo de vendas. Página 23

24 Ficha Técnica METODOLOGIA DE RECOLHA Técnica de recolha de informação A técnica de recolha de informação utilizada foi o inquérito online aos associados da ACEPI. O contacto com os associados foi realizado através de mensagem de , fornecendo um convite à participação no estudo de âmbito geral, estando o questionário alojado na plataforma tecnológica da Netsonda. Recolha de informação A recolha de informação decorreu entre os dias 16 de Maio a 1 de Junho de 2012, tendo sido recolhidas 37 respostas válidas. Página 24

25 Ficha Técnica ENTIDADES INQUIRIDAS Associados da Supermercado Online Banco BEST - Instituição financeira, que actua nas áreas de Banking, Asset Management e Trading Caixa Geral de Depósitos Homebanking Clubebpi.pt Loja do Clube BPI ClubeFashion Site de moda com campanhas das principais marcas sempre com descontos até 80% Continente.pt Supermercado Online Culturadodesign.pt projecto de e-commerce da Desejo Infinito ImensoSul.pt A Arte e os sabores do Alentejo FC Porto Loja Online do respectivo clube Laredoute.pt site de Moda (Mulher, Criança, Homem, Desporto, Têxtil-Lar e equipamento para a casa. Lojadocabelo.pt Site de comercialização e distribuição de produtos e acessórios capilares Manutan.pt - especialista em vendas à distância de diversos produtos para armazenamento do tipo prateleira e estantes MARKUP Advanced Marketing Solutions Moviflor.pt - Site de venda de produtos para o lar Puros Premium Cigars Selecção das melhores marcas de charutos, cigarrilhas e artigos para fumadores Sítiodobebe.pt - loja online dedicada à comercialização de artigos de puericultura, produtos para a mamã Sitiodolivro.pt A nova forma de comprar, vender ou publicar os livros SMUKY - primeira marca de Cigarros Electrónicos a ser registada em Portugal Sporting CP Loja Online do respectivo clube Vertbaudet Loja de Moda (Crianças) Vodafone.pt Loja virtual de telecomunicações Vortal Operadora de mercados electrónicos Wook.pt Loja virtual da Porto Editora Página 25

26 Ficha Técnica ENTIDADES INQUIRIDAS Outros Sites Bulldog in Love Copos Plastico.com Hocnet LojaCristianLay Onwine Orinigrama Plan Ki Ponto Tecnológico portaexpresso.com Scs Surf Shop Sintra 2001 Travel and Business Stores WebLX wmagazine Página 26

27 Página 27

BARÓMETRO TRIMESTRAL DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO EM PORTUGAL 2º TRIMESTRE DE 2014 RELATÓRIO DE RESULTADOS

BARÓMETRO TRIMESTRAL DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO EM PORTUGAL 2º TRIMESTRE DE 2014 RELATÓRIO DE RESULTADOS BARÓMETRO TRIMESTRAL DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO EM PORTUGAL 2º TRIMESTRE DE 2014 RELATÓRIO DE RESULTADOS Índice Introdução 03 Ficha Técnica 05 Sumário Executivo 06 Relatório de Resultados 07 Entidades Inquiridas

Leia mais

BARÓMETRO TRIMESTRAL DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO EM PORTUGAL 2º TRIMESTRE 2013 RELATÓRIO DE RESULTADOS

BARÓMETRO TRIMESTRAL DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO EM PORTUGAL 2º TRIMESTRE 2013 RELATÓRIO DE RESULTADOS BARÓMETRO TRIMESTRAL DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO EM PORTUGAL 2º TRIMESTRE 2013 RELATÓRIO DE RESULTADOS Índice Introdução 03 Ficha Técnica 05 Sumário Executivo 06 Relatório de Resultados 08 Entidades Inquiridas

Leia mais

ACEPI/Netsonda Barómetro Trimestral do Comércio Electrónico em Portugal 3º Trimestre 2010. Página 1

ACEPI/Netsonda Barómetro Trimestral do Comércio Electrónico em Portugal 3º Trimestre 2010. Página 1 Página 1 Sobre a ACEPI A ACEPI - Associação de Comércio Electrónico e Publicidade Interactiva, nova designação da ACEP, após ter passado a integrar também as entidades e os profissionais da área da publicidade

Leia mais

ACEPI/Netsonda Barómetro Trimestral do Comércio Electrónico em Portugal 2º Trimestre 2012. Página 1

ACEPI/Netsonda Barómetro Trimestral do Comércio Electrónico em Portugal 2º Trimestre 2012. Página 1 Página 1 Sobre a ACEPI A ACEPI - Associação de Comércio Electrónico e Publicidade Interactiva, é uma organização independente sem fins lucrativos, de pessoas individuais e colectivas, visando o estudo

Leia mais

Síntese. de Resultados. 1. Sobre a ACEP

Síntese. de Resultados. 1. Sobre a ACEP 1. Sobre a ACEP A ACEP - Associação de Comércio Electrónico em Portugal é uma organização independente sem fins lucrativos, de pessoas individuais e colectivas, visando o estudo e a implementação das diversas

Leia mais

BARÓMETRO TRIMESTRAL DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO EM PORTUGAL 1º TRIMESTRE DE 2014 RELATÓRIO DE RESULTADOS

BARÓMETRO TRIMESTRAL DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO EM PORTUGAL 1º TRIMESTRE DE 2014 RELATÓRIO DE RESULTADOS BARÓMETRO TRIMESTRAL DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO EM PORTUGAL 1º TRIMESTRE DE 2014 RELATÓRIO DE RESULTADOS Índice Introdução 03 Ficha Técnica 05 Sumário Executivo 06 Relatório de Resultados 07 Entidades Inquiridas

Leia mais

Síntese. de Resultados. 1. Sobre a ACEP

Síntese. de Resultados. 1. Sobre a ACEP 1. Sobre a ACEP A ACEP - Associação de Comércio Electrónico em Portugal é uma organização independente sem fins lucrativos, de pessoas individuais e colectivas, visando o estudo e a implementação das diversas

Leia mais

Síntese. de Resultados. 1. Sobre a ACEP

Síntese. de Resultados. 1. Sobre a ACEP 1. Sobre a ACEP A ACEP - Associação de Comércio Electrónico em Portugal é uma organização independente sem fins lucrativos, de pessoas individuais e colectivas, visando o estudo e a implementação das diversas

Leia mais

Síntese. de Resultados. 1. Sobre a ACEP

Síntese. de Resultados. 1. Sobre a ACEP 1. Sobre a ACEP A ACEP - Associação de Comércio Electrónico em Portugal é uma organização independente sem fins lucrativos, de pessoas individuais e colectivas, visando o estudo e a implementação das diversas

Leia mais

Síntese. de Resultados. 1. Sobre a ACEP

Síntese. de Resultados. 1. Sobre a ACEP 1. Sobre a ACEP A ACEP - Associação de Comércio Electrónico em Portugal é uma organização independente sem fins lucrativos, de pessoas individuais e colectivas, visando o estudo e a implementação das diversas

Leia mais

Síntese. de Resultados. 1. Sobre a ACEP

Síntese. de Resultados. 1. Sobre a ACEP 1. Sobre a ACEP A ACEP - Associação de Comércio Electrónico em Portugal é uma organização independente sem fins lucrativos, de pessoas individuais e colectivas, visando o estudo e a implementação das diversas

Leia mais

ACEPI/Netsonda Barómetro Trimestral do Comércio Electrónico em Portugal 1º Trimestre 2010. Página 1

ACEPI/Netsonda Barómetro Trimestral do Comércio Electrónico em Portugal 1º Trimestre 2010. Página 1 Página 1 Sobre a ACEPI A ACEPI - Associação de Comércio Electrónico e Publicidade Interactiva, nova designação da ACEP, após ter passado a integrar também as entidades e os profissionais da área da publicidade

Leia mais

BARÓMETRO TRIMESTRAL DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO EM PORTUGAL 4º TRIMESTRE DE 2014 RELATÓRIO DE RESULTADOS

BARÓMETRO TRIMESTRAL DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO EM PORTUGAL 4º TRIMESTRE DE 2014 RELATÓRIO DE RESULTADOS BARÓMETRO TRIMESTRAL DO COMÉRCIO ELECTRÓNICO EM PORTUGAL 4º TRIMESTRE DE 2014 RELATÓRIO DE RESULTADOS Índice Introdução 03 Ficha Técnica 05 Sumário Executivo 06 Relatório de Resultados 07 Entidades Inquiridas

Leia mais

SÍNTESE DE RESULTADOS DO ESTUDO SOBRE DOWNLOADS NA INTERNET

SÍNTESE DE RESULTADOS DO ESTUDO SOBRE DOWNLOADS NA INTERNET SÍNTESE DE RESULTADOS DO ESTUDO SOBRE DOWNLOADS NA INTERNET MARÇO 2009 Sobre a Netsonda A Netsonda, em actividade desde Julho de 2000, é líder e pioneira em Portugal na recolha e análise de informação

Leia mais

SÍNTESE DE RESULTADOS DO ESTUDO SOBRE CONSUMO E COMUNICAÇÕES DE NATAL

SÍNTESE DE RESULTADOS DO ESTUDO SOBRE CONSUMO E COMUNICAÇÕES DE NATAL SÍNTESE DE RESULTADOS DO ESTUDO SOBRE CONSUMO E COMUNICAÇÕES DE NATAL DEZEMBRO 2008 Sobre a Netsonda A Netsonda, em actividade desde Julho de 2000, é líder e pioneira em Portugal na recolha e análise de

Leia mais

SERVIÇOS PÚBLICOS ONLINE E PLANO TECNOLÓGICO

SERVIÇOS PÚBLICOS ONLINE E PLANO TECNOLÓGICO SERVIÇOS PÚBLICOS ONLINE E PLANO TECNOLÓGICO SÍNTESE DE RESULTADOS DO ESTUDO NOVEMBRO 2006 Sobre a Netsonda A Netsonda, em actividade desde Julho de 2000, é líder e pioneira em Portugal na recolha e análise

Leia mais

Síntese de Resultados Janeiro de 2004

Síntese de Resultados Janeiro de 2004 A Imprensa na Internet Síntese de Resultados Janeiro de 2004 Netsonda - Consultadoria, Sondagens e Estudos de Mercado, Lda. Travessa. do Jasmim, 10, 1º Tel: 213 429 318 netsonda@netsonda.pt 1200-230 Lisboa

Leia mais

7 de Maio de 2009. Contacto Netsonda : Departamento Comercial Tiago Cabral 91.7202203 Estudo NE253

7 de Maio de 2009. Contacto Netsonda : Departamento Comercial Tiago Cabral 91.7202203 Estudo NE253 Contacto Netsonda : Departamento Comercial Tiago Cabral 91.7202203 Estudo NE253 Netsonda Network Research Travessa do Jasmim 10 1º Andar 1200-230 Lisboa Tel. 21.3429318 Fax 21.3429868 Estudo Número N de

Leia mais

Introdução 03. Ficha Técnica 05. Sumário Executivo 06. Relatório de Resultados 07. Entidades Inquiridas 32. Índice

Introdução 03. Ficha Técnica 05. Sumário Executivo 06. Relatório de Resultados 07. Entidades Inquiridas 32. Índice Índice Introdução 03 Ficha Técnica 05 Sumário Executivo 06 Relatório de Resultados 07 Entidades Inquiridas 32 ACEPI/Netsonda 1º Trimestre 2013 Slide 2 Sobre a ACEPI A ACEPI - Associação de Comércio Electrónico

Leia mais

Síntese. de Resultados. 1. Sobre a ACEP

Síntese. de Resultados. 1. Sobre a ACEP 1. Sobre a ACEP A ACEP - Associação de Comércio Electrónico em Portugal é uma organização independente sem fins lucrativos, de pessoas individuais e colectivas, visando o estudo e a implementação das diversas

Leia mais

Síntese. de Resultados. 1. Sobre a ACEP

Síntese. de Resultados. 1. Sobre a ACEP 1. Sobre a ACEP A ACEP - Associação de Comércio Electrónico em Portugal é uma organização independente sem fins lucrativos, de pessoas individuais e colectivas, visando o estudo e a implementação das diversas

Leia mais

Relatório do Estudo sobre a Campanha 50% do Pingo Doce Preparad0 por NETSONDA // Maio de 2012

Relatório do Estudo sobre a Campanha 50% do Pingo Doce Preparad0 por NETSONDA // Maio de 2012 Relatório do Estudo sobre a Campanha 50% do Pingo Doce Preparad0 por NETSONDA // Maio de 2012 Netsonda Full service. Full research. // Documento confidencial, não pode ser difundido sem autorização escrita.

Leia mais

Síntese. de Resultados. 1. Sobre a ACEP

Síntese. de Resultados. 1. Sobre a ACEP 1. Sobre a ACEP A ACEP - Associação de Comércio Electrónico em Portugal é uma organização independente sem fins lucrativos, de pessoas individuais e colectivas, visando o estudo e a implementação das diversas

Leia mais

ACEPI Quem Somos? Mais informações em ACEPI/Netsonda Barómetro Trimestral do Comércio Electrónico em Portugal 1º Trimestre 2009

ACEPI Quem Somos? Mais informações em  ACEPI/Netsonda Barómetro Trimestral do Comércio Electrónico em Portugal 1º Trimestre 2009 ACEPI Quem Somos? A ACEPI - Associação de Comércio Electrónico e Publicidade Interactiva, nova designação da ACEP, após ter passado a integrar também as entidades e os profissionais da área da publicidade

Leia mais

ACEPI/Netsonda Barómetro Trimestral do Comércio Electrónico em Portugal 4º Trimestre Página 1

ACEPI/Netsonda Barómetro Trimestral do Comércio Electrónico em Portugal 4º Trimestre Página 1 Página 1 Sobre a ACEPI A ACEPI - Associação de Comércio Electrónico e Publicidade Interactiva, nova designação da ACEP, após ter passado a integrar também as entidades e os profissionais da área da publicidade

Leia mais

Netsonda realiza estudo sobre o Natal e a Internet em Portugal Oeiras, 9 de Dezembro de 2013

Netsonda realiza estudo sobre o Natal e a Internet em Portugal Oeiras, 9 de Dezembro de 2013 Comunicado de Imprensa Netsonda realiza estudo sobre o Natal e a Internet em Portugal Oeiras, 9 de Dezembro de 2013 A Netsonda levou a cabo o estudo de opinião sobre um conjunto de questões relacionadas

Leia mais

ACEPI/Netsonda Barómetro Trimestral do Comércio Electrónico em Portugal 2º Trimestre Página 1

ACEPI/Netsonda Barómetro Trimestral do Comércio Electrónico em Portugal 2º Trimestre Página 1 Página 1 Sobre a ACEPI A ACEPI - Associação de Comércio Electrónico e Publicidade Interactiva, nova designação da ACEP, após ter passado a integrar também as entidades e os profissionais da área da publicidade

Leia mais

ACEPI Quem Somos? Mais informações em ACEPI/Netsonda Barómetro Trimestral do Comércio Electrónico em Portugal 2º Trimestre 2009

ACEPI Quem Somos? Mais informações em  ACEPI/Netsonda Barómetro Trimestral do Comércio Electrónico em Portugal 2º Trimestre 2009 ACEPI Quem Somos? A ACEPI - Associação de Comércio Electrónico e Publicidade Interactiva, nova designação da ACEP, após ter passado a integrar também as entidades e os profissionais da área da publicidade

Leia mais

ACEPI/Netsonda Barómetro Trimestral do Comércio Electrónico em Portugal 4º Trimestre Página 1

ACEPI/Netsonda Barómetro Trimestral do Comércio Electrónico em Portugal 4º Trimestre Página 1 Página 1 ACEPI Quem Somos? A ACEPI - Associação de Comércio Electrónico e Publicidade Interactiva, nova designação da ACEP, após ter passado a integrar também as entidades e os profissionais da área da

Leia mais

Como vender na Internet

Como vender na Internet Como vender na Internet Ideias-base para uma iniciação à venda via Internet Gonçalo Carvalhinhos Secretário-Geral Associação do Comércio Electrónico em Portugal goncalo.carvalhinhos@portugalacep.org ACEP

Leia mais

O Natal e a Internet em Portugal Oeiras, 9 de Dezembro de 2013

O Natal e a Internet em Portugal Oeiras, 9 de Dezembro de 2013 Estudo Netsonda O Natal e a Internet em Portugal Oeiras, 9 de Dezembro de 2013 Principais Conclusões 73% dos inquiridos refere que vai comprar presentes de Natal este ano, enquanto um quarto da amostra

Leia mais

Data Crítica. ISEG Pós-graduação em e-business E-marketing Eng. Joaquim Hortinha. Outubro de 2002

Data Crítica. ISEG Pós-graduação em e-business E-marketing Eng. Joaquim Hortinha. Outubro de 2002 Data Crítica ISEG Pós-graduação em e-business E-marketing Eng. Joaquim Hortinha Outubro de 2002 Data Crítica 2002 DataCrítica A Data Crítica, empresa de estudos de opinião e mercado, foi constituída em

Leia mais

ESTUDO IDC/ACEPI. Economia Digital em Portugal 2009-2017

ESTUDO IDC/ACEPI. Economia Digital em Portugal 2009-2017 ESTUDO IDC/ACEPI Economia Digital em Portugal 2009-2017 ECONOMIA DIGITAL NO MUNDO (2012) 2.5 mil milhões de internautas no mundo 850 mil milhões de euros 300 mil milhões de euros Europa maior mercado de

Leia mais

Internet - Hábitos, Serviços e Informação

Internet - Hábitos, Serviços e Informação Internet - Hábitos, Serviços e Informação Síntese Novembro 2005 1. Sobre a Netsonda A Netsonda, em actividade desde Julho de 2000, é líder e pioneira em Portugal na recolha e análise de informação através

Leia mais

ACEP lança Comissão Especializada Business to Consumer

ACEP lança Comissão Especializada Business to Consumer COMUNICADO DE IMPRENSA Com o objectivo de promover e potencializar o Comércio Electrónico em Portugal ACEP lança Comissão Especializada Business to Consumer. Comissão B2C visa a promoção e divulgação do

Leia mais

ESTUDO SOBRE A PRESENÇA DE MARCAS NO FACEBOOK Outubro 2012

ESTUDO SOBRE A PRESENÇA DE MARCAS NO FACEBOOK Outubro 2012 #1 Equipa técnica experiente e polivalente estatística, sociologia, psicologia e tecnologia #2 Plataforma tecnológica desenvolvida à medida desde o ano 2000 7 razões para trabalhar com a Netsonda #3 Gestão

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE. INQUÉRITO DE CONJUNTURA NO CONSUMIDOR Folha de Informação Rápida. 2º Trimestre 2011

INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE. INQUÉRITO DE CONJUNTURA NO CONSUMIDOR Folha de Informação Rápida. 2º Trimestre 2011 INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE INQUÉRITO DE CONJUNTURA NO CONSUMIDOR Folha de Informação Rápida 2º Trimestre 2011 Agosto 2011 Ficha Técnica Presidente Antonio Duarte Editor Instituto Nacional

Leia mais

BARÓMETRO PME COMÉRCIO E SERVIÇOS 4º TRIMESTRE 2013 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS

BARÓMETRO PME COMÉRCIO E SERVIÇOS 4º TRIMESTRE 2013 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 14 DE ABRIL 2014 BARÓMETRO PME COMÉRCIO E SERVIÇOS PRINCIPAIS RESULTADOS 1.1 - EVOLUÇÃO DO VOLUME DE NEGÓCIOS Volume de Negócios no 4º Trimestre de 2013 (t.v.h.) Aumentou em 42,5%

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE. INQUÉRITO DE CONJUNTURA NO CONSUMIDOR Folha de Informação Rápida. 3º Trimestre 2011

INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE. INQUÉRITO DE CONJUNTURA NO CONSUMIDOR Folha de Informação Rápida. 3º Trimestre 2011 INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE INQUÉRITO DE CONJUNTURA NO CONSUMIDOR Folha de Informação Rápida 3º Trimestre 2011 Novembro 2011 Ficha Técnica Presidente Antonio Duarte Editor Instituto Nacional

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE. INQUÉRITO DE CONJUNTURA Folha de Informação Rápida. CONSTRUÇÃO 3º Trimestre 2013

INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE. INQUÉRITO DE CONJUNTURA Folha de Informação Rápida. CONSTRUÇÃO 3º Trimestre 2013 INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE CABO VERDE CABO VERDE INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE INQUÉRITO DE CONJUNTURA

Leia mais

Redes Sociais em Portugal

Redes Sociais em Portugal Relatório de Resultados Redes Sociais em Portugal Dezembro de 2009 Estudo NE396 Netsonda - Network Research Quem Somos? Com quase 10 anos de actividade, a Netsonda foi a primeira empresa em Portugal a

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE. INQUÉRITO DE CONJUNTURA NO CONSUMIDOR Folha de Informação Rápida. 2º Trimestre 2012

INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE. INQUÉRITO DE CONJUNTURA NO CONSUMIDOR Folha de Informação Rápida. 2º Trimestre 2012 INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE INQUÉRITO DE CONJUNTURA NO CONSUMIDOR Folha de Informação Rápida 2º Trimestre 2012 Agosto 2012 Ficha Técnica Presidente Antonio Duarte Editor Instituto Nacional

Leia mais

O COMÉRCIO ELECTRÓNICO EM PORTUGAL O quadro legal e o negócio

O COMÉRCIO ELECTRÓNICO EM PORTUGAL O quadro legal e o negócio O COMÉRCIO ELECTRÓNICO EM PORTUGAL O quadro legal e o negócio Março, 2004 SONAE COM SONAE DISTRIBUIÇÃO Comunicações Móveis Comunicações Fixas Software &S.I. Media & Internet Optimus Novis ecommerce Mainroad

Leia mais

Salário de E-commerce Director pode chegar aos 75.000

Salário de E-commerce Director pode chegar aos 75.000 Salário de E-commerce Director pode chegar aos 75.000 Outras conclusões: Recrutamento na área de Marketing Digital registou crescimento de 15%. Área de E- commerce cresceu 6% Remuneração dos profissionais

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE. INQUÉRITO DE CONJUNTURA NO CONSUMIDOR Folha de Informação Rápida. 4º Trimestre 2012

INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE. INQUÉRITO DE CONJUNTURA NO CONSUMIDOR Folha de Informação Rápida. 4º Trimestre 2012 INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE INQUÉRITO DE CONJUNTURA NO CONSUMIDOR Folha de Informação Rápida 4º Trimestre 2012 Janeiro 2013 Ficha Técnica Presidente Antonio Duarte Editor Instituto Nacional

Leia mais

Comércio Electrónico :: Aumentar as vendas online

Comércio Electrónico :: Aumentar as vendas online Comércio Electrónico :: Aumentar as vendas online e-commerce. now plug & play. Alfragide, 16 de Maio de 2007 Agenda 9h30-9h45: Boas vindas 9h45-10h15 Marketplaces 10h15-10h30 Anúncios online Google Adwords

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE. INQUÉRITO DE CONJUNTURA NO CONSUMIDOR Folha de Informação Rápida. 1º Trimestre 2015

INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE. INQUÉRITO DE CONJUNTURA NO CONSUMIDOR Folha de Informação Rápida. 1º Trimestre 2015 INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE INQUÉRITO DE CONJUNTURA NO CONSUMIDOR Folha de Informação Rápida 1º Trimestre 2015 Abril 2015 Ficha Técnica Presidente Antonio Duarte Editor Instituto Nacional

Leia mais

Relatório. de Resultados. 1. Sobre a ACEP

Relatório. de Resultados. 1. Sobre a ACEP 1. Sobre a ACEP A ACEP - Associação de Comércio Electrónico em Portugal é uma organização independente sem fins lucrativos, de pessoas individuais e colectivas, visando o estudo e a implementação das diversas

Leia mais

PESQUISA SOBRE MERCADO ERÓTICO E SENSUAL BRASILEIRO 2014

PESQUISA SOBRE MERCADO ERÓTICO E SENSUAL BRASILEIRO 2014 PESQUISA SOBRE MERCADO ERÓTICO E SENSUAL BRASILEIRO 2014 www.brazilpanels.com.br www.abeme.com.br www.abcomm.com.br INTRODUÇÃO A pesquisa sobre o Mercado Erótico e Sensual Brasileiro 2014 teve uma iniciativa

Leia mais

E- Marketing - Estratégia e Plano

E- Marketing - Estratégia e Plano E- Marketing - Estratégia e Plano dossier 2 http://negocios.maiadigital.pt Indíce 1 E-MARKETING ESTRATÉGIA E PLANO 2 VANTAGENS DE UM PLANO DE MARKETING 3 FASES DO PLANO DE E-MARKETING 4 ESTRATÉGIAS DE

Leia mais

Cork Information Bureau 2015. Informação à Imprensa 28 de Agosto de 2015. EXPORTAÇÕES DE CORTIÇA CRESCEM 7,8% (1º. Semestre 2015) apcor.

Cork Information Bureau 2015. Informação à Imprensa 28 de Agosto de 2015. EXPORTAÇÕES DE CORTIÇA CRESCEM 7,8% (1º. Semestre 2015) apcor. Informação à Imprensa 28 de Agosto de 2015 EXPORTAÇÕES DE CORTIÇA CRESCEM 7,8% (1º. Semestre 2015) apcor.pt Exportações de Cortiça crescem 7,8% As exportações portuguesas de cortiça registaram, no primeiro

Leia mais

ACEPI: Desenvolver a Economia Digital em Portugal Alexandre Nilo Fonseca Presidente ACEPI alexandre.n.fonseca@acepi.pt

ACEPI: Desenvolver a Economia Digital em Portugal Alexandre Nilo Fonseca Presidente ACEPI alexandre.n.fonseca@acepi.pt ACEPI: Desenvolver a Economia Digital em Portugal Alexandre Nilo Fonseca Presidente ACEPI alexandre.n.fonseca@acepi.pt www.acepi.pt 2.5 mil milhões de internautas no mundo 300 mil milhões de euros Europa

Leia mais

NORMALIZAÇÃO Comércio Electrónico e a sua Importância na Cadeia de Distribuição 14 de Dezembro 2010 Nuno Miranda

NORMALIZAÇÃO Comércio Electrónico e a sua Importância na Cadeia de Distribuição 14 de Dezembro 2010 Nuno Miranda NORMALIZAÇÃO Comércio Electrónico e a sua Importância na Cadeia de Distribuição 14 de Dezembro 2010 Nuno Miranda The global language of business O que é ecommerce? Da perspectiva de processo de negócio,

Leia mais

Estudo sobre os diplomados pelo ISCTE-IUL. Perspectiva das Entidades Empregadoras

Estudo sobre os diplomados pelo ISCTE-IUL. Perspectiva das Entidades Empregadoras Estudo sobre os diplomados pelo ISCTE-IUL Perspectiva das Entidades Empregadoras Julho 2011 Ficha Técnica ISCTE Instituto Universitário de Lisboa Edição Gabinete de Estudos, Avaliação, Planeamento e Qualidade

Leia mais

A relação dos portugueses com o dinheiro e o crédito. 2 de Abril de 2008

A relação dos portugueses com o dinheiro e o crédito. 2 de Abril de 2008 A relação dos portugueses com o dinheiro e o crédito 2 de Abril de 2008 Caracterização dos inquiridos Sexo 37% 63% Feminino Masculino Idade 12% 18-25 anos 18% 26-35 anos 36-45 anos 54% 16% > de 45 anos

Leia mais

LICENCIATURA EM GESTÃO CONTROLO DA QUALIDADE

LICENCIATURA EM GESTÃO CONTROLO DA QUALIDADE LICENCIATURA EM GESTÃO 1º Ano 2º semestre CONTROLO DA QUALIDADE Elaborado por: João Gilberto Ramos Abreu 2089506 Nádia Andrade Abreu 2038907 Sónia Vieira da Silva - 2043407 Funchal Abril de 2008 "Criatividade

Leia mais

Famílias. Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação 2003. Principais Resultados

Famílias. Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação 2003. Principais Resultados Famílias Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação 2003 Principais Resultados NOTA METODOLÓGICA (SÍNTESE) O Inquérito à Utilização de Tecnologias de Informação e Comunicação

Leia mais

Famílias. Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação 2004. Principais Resultados

Famílias. Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação 2004. Principais Resultados Famílias Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação 2004 Principais Resultados NOTA METODOLÓGICA (SÍNTESE) O Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação

Leia mais

Apoio à Internacionalização

Apoio à Internacionalização Apoio à Internacionalização Incentivos QREN Castelo Branco, 4 de outubro 2012 YUNIT Corporate: João Esmeraldo QREN - Sistema Incentivos Empresas I&DT - Investigação e Desenvolvimento Qualificação - Investimentos

Leia mais

2007 Prentice Hall 4-1

2007 Prentice Hall 4-1 Capítulo 4 Desenho da Pesquisa Exploratória: Dados Secundários 4-1 Sumário do Capítulo 1) Introdução; 2) Informação Secundária versus Primária; 3) Vantagens e Usos da Informação Secundária; 4) Desvantagens

Leia mais

SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2003

SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2003 9 de Janeiro de 4 SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 3 Em Junho de 3, 38,3% dos agregados domésticos portugueses

Leia mais

ACEPI/Netsonda Barómetro Trimestral do Comércio Electrónico em Portugal 3º Trimestre 2011. Página 1

ACEPI/Netsonda Barómetro Trimestral do Comércio Electrónico em Portugal 3º Trimestre 2011. Página 1 Página 1 Sobre a ACEPI A ACEPI - Associação de Comércio Electrónico e Publicidade Interactiva, nova designação da ACEP, após ter passado a integrar também as entidades e os profissionais da área da publicidade

Leia mais

DESTAQUE. Informação à Comunicação Social. Inquéritos de Conjuntura às Empresas Abril de 2013. 11 Abril de 2013

DESTAQUE. Informação à Comunicação Social. Inquéritos de Conjuntura às Empresas Abril de 2013. 11 Abril de 2013 Inquéritos de Conjuntura às Empresas Abril de 2013 11 Abril de 2013 No 1º trimestre de 2013, constata-se que o indicador de clima 1 manteve a tendência descendente dos últimos trimestres, ou seja, o ritmo

Leia mais

António Amaro Marketing Digital Junho 2014 INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS

António Amaro Marketing Digital Junho 2014 INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS FACTOS A Internet mudou profundamente a forma como as pessoas encontram, descobrem, compartilham, compram e se conectam. INTRODUÇÃO Os meios digitais, fazendo hoje parte do quotidiano

Leia mais

Barómetro das Profissões

Barómetro das Profissões Número 1T/2011 Período: 1 de Janeiro a 31 de Março Abril 2011 Realizado por Isabel Machado para IPAM Carreiras INTRODUÇÃO O presente Barómetro trimestral inserido na investigação do IPAM Carreiras pretende

Leia mais

O ALOJAMENTO NO TERRITÓRIO DOURO ALLIANCE - EIXO URBANO DO DOURO

O ALOJAMENTO NO TERRITÓRIO DOURO ALLIANCE - EIXO URBANO DO DOURO O ALOJAMENTO NO TERRITÓRIO DOURO ALLIANCE - EIXO URBANO DO DOURO Vila Real, Março de 2012 ÍNDICE INTRODUÇÃO... 4 CAPITULO I Distribuição do alojamento no Território Douro Alliance... 5 CAPITULO II Estrutura

Leia mais

Consortia e-market da Fileira Moda. para o Mercado Externo

Consortia e-market da Fileira Moda. para o Mercado Externo Consortia e-market da Fileira Moda para o Mercado Externo O que é? Consórcio entre empresas da Fileira Moda e a Exponor Digital destinado a criar e explorar uma ou mais lojas online, orientada(s) para

Leia mais

Amen Check- in Online Segurança e Confiança no Comércio Electrónico Acreditação Confiança Online e Arbitragem

Amen Check- in Online Segurança e Confiança no Comércio Electrónico Acreditação Confiança Online e Arbitragem Amen Check- in Online Segurança e Confiança no Comércio Electrónico Acreditação Confiança Online e Arbitragem JORGE LANDAU Director ExecuBvo Associação do Comércio Electrónico e Publicidade InteracBva

Leia mais

CB RICHARD ELLIS PORTUGAL

CB RICHARD ELLIS PORTUGAL CB RICHARD ELLIS PORTUGAL Apresentação da Empresa 2011 Índice Página 1. CB Richard Ellis 3 2. CB Richard Ellis no Mundo 4 3. CB Richard Ellis na Região EMEA 7 4. O Grupo CBRE Portugal 8 5. Prémios Internacionais

Leia mais

11 Outubro de 2012 Inquéritos de Conjuntura às Empresas Outubro de 2012

11 Outubro de 2012 Inquéritos de Conjuntura às Empresas Outubro de 2012 11 Outubro de 2012 Inquéritos de Conjuntura às Empresas Outubro de 2012 No 3º trimestre de 2012 constata-se que, o indicador de clima 1 manteve a tendência descendente do último trimestre, ou seja, o ritmo

Leia mais

INQUÉRITO AOS PARQUES DE CAMPISMO

INQUÉRITO AOS PARQUES DE CAMPISMO INQUÉRITO AOS PARQUES DE CAMPISMO Código: 426 Versão: 1.1 Agosto 2009 INTRODUÇÃO O Inquérito aos Parques de Campismo existe desde 1983 e tem como objectivo caracterizar os parques de campismo no que diz

Leia mais

Serviços de Ecommerce

Serviços de Ecommerce Amen ecommerce 1 Serviços de Ecommerce Ideal para iniciar o seu negócio on-line; ou Complementar as vendas da sua loja física; Os Serviços Ecommerce são soluções poderosas fáceis e acessíveis para criar

Leia mais

A Internet nas nossas vidas

A Internet nas nossas vidas Economia Digital A Internet nas nossas vidas Nos últimos anos a internet revolucionou a forma como trabalhamos, comunicamos e até escolhemos produtos e serviços Economia Digital Consumidores e a Internet

Leia mais

Marketing. Objectivos. Alterações ocorridas no mercado. O Marketing na Nova Economia

Marketing. Objectivos. Alterações ocorridas no mercado. O Marketing na Nova Economia Marketing O Marketing na Nova Economia Prof. José M. Veríssimo 1 Objectivos Explorar a forma como a internet mudou a a utilização de bases de dados de clientes. Compreender como os marketers exercem a

Leia mais

ANEXO III 15-03-2013 RECOLHA DE PERCEPÇÕES INOVAÇÃO E RESPONSABILIDADE SOCIAL

ANEXO III 15-03-2013 RECOLHA DE PERCEPÇÕES INOVAÇÃO E RESPONSABILIDADE SOCIAL ANEXO III RECOLHA DE PERCEPÇÕES INOVAÇÃO E RESPONSABILIDADE SOCIAL -- ÍNDICE ÍNDICE. OBJECTIVOS E ÂMBITO DO ESTUDO. METODOLOGIA. RESUMO. INOVAÇÃO ORGANIZACIONAL. INOVAÇÃO NOS ÚLTIMOS 6 ANOS 6. APRENDIZAGEM

Leia mais

DESENVOLVER A ECONOMIA DIGITAL EM PORTUGAL Alexandre Nilo Fonseca ACEPI Associação do Comércio Electrónico e Publicidade InteraGva

DESENVOLVER A ECONOMIA DIGITAL EM PORTUGAL Alexandre Nilo Fonseca ACEPI Associação do Comércio Electrónico e Publicidade InteraGva DESENVOLVER A ECONOMIA DIGITAL EM PORTUGAL Alexandre Nilo Fonseca ACEPI Associação do Comércio Electrónico e Publicidade InteraGva Workshop PME Digital Ordem dos Economistas 14 de Janeiro de 2014 ACEPI:

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA DOS PROFISSIONAIS DE ESTUDOS DE MERCADO E DE OPINIÃO RELATIVO AO TRATAMENTO DE DADOS PESSOAIS

CÓDIGO DE CONDUTA DOS PROFISSIONAIS DE ESTUDOS DE MERCADO E DE OPINIÃO RELATIVO AO TRATAMENTO DE DADOS PESSOAIS CÓDIGO DE CONDUTA DOS PROFISSIONAIS DE ESTUDOS DE MERCADO E DE OPINIÃO RELATIVO AO TRATAMENTO DE DADOS PESSOAIS CONSIDERANDO QUE: A) A Lei nº 67/98, de 26 de Outubro, estipula um conjunto de normas tendentes

Leia mais

Desenvolvimento e implementação de Solução de e-commerce para a

Desenvolvimento e implementação de Solução de e-commerce para a Desenvolvimento e implementação de Solução de e-commerce para a GROUPFREITAS A/A Exmo. Sr. Jérémy Freitas e-store B2C FIS 1.2 Business to Consumer Full Integrated Solution 1.2 Proposta de licenciamento

Leia mais

magazine business HOTELS & TRAVEL Distributions

magazine business HOTELS & TRAVEL Distributions magazine HOTELS & TRAVEL Distributions 2 magazine O QUE FAZEMOS WHAT WE DO Somos uma empresa jovem e dinâmica com larga experiência na componente comercial através da execução de funções de gestão, em

Leia mais

O reconhecimento como uma referência na área de consultadoria em engenharia em Portugal.

O reconhecimento como uma referência na área de consultadoria em engenharia em Portugal. VISÃO & MISSÃO VISÃO O reconhecimento como uma referência na área de consultadoria em engenharia em Portugal. MISSÃO Actuar junto de empresas industriais, de serviços, estabelecimentos de ensino, empresas

Leia mais

CÓDIGO INTERNACIONAL ICC/ESOMAR PARA A INVESTIGAÇÃO SOCIAL E DE MERCADO

CÓDIGO INTERNACIONAL ICC/ESOMAR PARA A INVESTIGAÇÃO SOCIAL E DE MERCADO CÓDIGO INTERNACIONAL ICC/ESOMAR PARA A INVESTIGAÇÃO SOCIAL E DE MERCADO INTRODUÇÃO O primeiro Código para a Prática de Investigação Social e de Mercado foi publicado pela ESOMAR em 1948. Depois deste foram

Leia mais

Dossier de Imprensa. rumbo

Dossier de Imprensa. rumbo Dossier de Imprensa rumbo Janeiro 2012 Rumbo, líder em viagens online A empresa é participada em 50% pela Telefónica e pela Orizonia. Criada no ano 2000, e desde o seu inicio que a inovação tecnológica

Leia mais

Home Quem Somos Produtos Vantagens Contactos. Apresentação Criada por SPICAROS Presentation Created by SPICAROS info@spicaros.com www.spicaros.

Home Quem Somos Produtos Vantagens Contactos. Apresentação Criada por SPICAROS Presentation Created by SPICAROS info@spicaros.com www.spicaros. .1 Spicaros é o resultado de 30 anos de trabalho de uma equipa global, constituída por profissionais altamente qualificados em distintos sectores de negócio. Aliando uma quantidade ímpar de conhecimentos,

Leia mais

Conferência de Imprensa Apresentação do Congresso aos Meios de Comunicação Social Horácio Pina Prata Presidente da Direcção da ACIC

Conferência de Imprensa Apresentação do Congresso aos Meios de Comunicação Social Horácio Pina Prata Presidente da Direcção da ACIC Conferência de Imprensa Apresentação do Congresso aos Meios de Comunicação Social Horácio Pina Prata Presidente da Direcção da ACIC Coimbra, 18 de Março de 2004 As métricas O Projecto TIM, globalmente,

Leia mais

MICROCRÉDITO UMA AVALIAÇÃO DE CASOS EM PORTUGAL

MICROCRÉDITO UMA AVALIAÇÃO DE CASOS EM PORTUGAL MICROCRÉDITO UMA AVALIAÇÃO DE CASOS EM PORTUGAL 1-INTRODUÇÃO 1.1- Este estudo teve por objectivo conhecer a situação actual dos negócios apoiados pela ANDC junto dos indivíduos que até 2012 inclusivé concluíram

Leia mais

Portal do Golfe. Informação, Colaboração e Reservas Online

Portal do Golfe. Informação, Colaboração e Reservas Online Informação, Colaboração e Campo Real, 25 de Junho de 2010 Objectivos Reforçar a competitividade internacional da oferta de golfe em Portugal Reforçar a parceria com o Turismo de Portugal ao nível da estratégia

Leia mais

O Recurso a Meios Digitais no Contexto do Ensino Superior. Um Estudo de Uso da Plataforma.

O Recurso a Meios Digitais no Contexto do Ensino Superior. Um Estudo de Uso da Plataforma. O Recurso a Meios Digitais no Contexto do Ensino Superior. Um Estudo de Uso da Plataforma. Universidade de Aveiro Mestrado em Gestão da Informação Christelle Soigné Palavras-chave Ensino superior. e-learning.

Leia mais

A ARTSOFT é uma empresa especializada no desenvolvimento e comercialização de soluções tecnológicas de apoio à gestão empresarial.

A ARTSOFT é uma empresa especializada no desenvolvimento e comercialização de soluções tecnológicas de apoio à gestão empresarial. POWERING BUSINESS QUEM SOMOS A ARTSOFT é uma empresa especializada no desenvolvimento e comercialização de soluções tecnológicas de apoio à gestão empresarial. Desde 1987 que desenvolvemos um trabalho

Leia mais

Localizado junto à estrada de Eiras, na zona natural de expansão da cidade, o Coimbra Retail Park começou a

Localizado junto à estrada de Eiras, na zona natural de expansão da cidade, o Coimbra Retail Park começou a Informação à Imprensa - 10 de Novembro de 2003 Parceria entre a Sonae Imobiliária e a Miller Developments Coimbra Retail Park abre ao público com oferta de 15 novas lojas - Investimento de 13 milhões -

Leia mais

markup Advanced Marketing Solutions COMUNICAR PERGUNTAR ESCUTAR Web Marketing

markup Advanced Marketing Solutions COMUNICAR PERGUNTAR ESCUTAR Web Marketing markup Advanced Marketing Solutions A Markup é uma Agência de Comunicação & Marketing que nasceu da vontade de investidores e profissionais experientes, de referência, nas áreas da comunicação, marketing

Leia mais

AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO DO CLIENTE NOS SERVIÇOS SAGRA ONLINE

AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO DO CLIENTE NOS SERVIÇOS SAGRA ONLINE AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO DO CLIENTE NOS SERVIÇOS SAGRA ONLINE Relatório de Apreciação Ref.ª IT 08/82/2007 1. Introdução No Centro Operativo e de Tecnologia de Regadio (COTR) a qualidade é encarada como

Leia mais

Sociedade da Informação Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Empresas 2007

Sociedade da Informação Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Empresas 2007 04 de Dezembro 2007 Sociedade da Informação Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Empresas 2007 MAIS DE 7 EM CADA 10 EMPRESAS COM DEZ E MAIS PESSOAS AO SERVIÇO ACEDEM

Leia mais

- PERFIL DO GRUPO - O Portfólio de negócios, obedece a um critério de maturidade e geração de valor, no qual o Grupo, concilia:

- PERFIL DO GRUPO - O Portfólio de negócios, obedece a um critério de maturidade e geração de valor, no qual o Grupo, concilia: GRUPO FERREIRA A GFH, é um Grupo sólido e inovador, detendo um curriculum de projectos de qualidade reconhecida, com um portfólio de negócios diversificado, e que aposta no processo de internacionalização,

Leia mais

Jerónimo Martins, SGPS, S.A. Resultados do Primeiro Trimestre de 2006

Jerónimo Martins, SGPS, S.A. Resultados do Primeiro Trimestre de 2006 Jerónimo Martins, SGPS, S.A. Resultados do Primeiro Trimestre de 2006 1. Sumário Para mais informação contactar: Cláudia Falcão claudia.falcao@jeronimomartins.pt (+351-21 752 61 05) Hugo Fernandes hugo.fernandes@jeronimomartins.pt

Leia mais

Lançamento COTRI em Portugal Sessão de Formação. Informação Adicional

Lançamento COTRI em Portugal Sessão de Formação. Informação Adicional Lançamento COTRI em Portugal Sessão de Formação Informação Adicional Informação adicional: COTRI EDELUC Câmara de Comércio e Indústria Luso-Chinesa Turismo de Portugal, IP Agenda do Evento Apoio O COTRI

Leia mais

Barómetro Anual Travelstore American Express 2012 Um estudo cujas respostas das empresas que participaram gerou uma doação à

Barómetro Anual Travelstore American Express 2012 Um estudo cujas respostas das empresas que participaram gerou uma doação à Barómetro Anual Travelstore American Express 2012 Um estudo cujas respostas das empresas que participaram gerou uma doação à 1. Amostra 2. Caracterização das viagens profissionais 3. Política de viagens

Leia mais

Maria da Conceição Gonçalves Costa

Maria da Conceição Gonçalves Costa Maria da Conceição Gonçalves Costa Identificação pessoal Conceição Costa tem um Master of Arts in Business Communication and Public Relations pela European University (equivalência a grau de mestre pela

Leia mais

FACTURA ELECTRÓNICA Impactos nas organizações

FACTURA ELECTRÓNICA Impactos nas organizações 2º SEMINÁRIO EUROPAPER DIGITAL Impactos da Adopção da Factura Electrónica: Económicos, Sociais e Organizacionais Alexandre Nilo Fonseca Presidente Aliança Digital FACTURA ELECTRÓNICA Impactos nas organizações

Leia mais

ALGARVE. CONJUNTURA Mobilidade e Transportes. 2º Trimestre de 2013 ÍNDICE. - Transporte aéreo. - Transporte fluvial / marítimo

ALGARVE. CONJUNTURA Mobilidade e Transportes. 2º Trimestre de 2013 ÍNDICE. - Transporte aéreo. - Transporte fluvial / marítimo ÍNDICE - Transporte aéreo - Transporte fluvial / marítimo - Transporte ferroviário - Transporte rodoviário Tráfegos Médios Diários Transporte colectivo de passageiros Informação reportada a 3 de Junho

Leia mais