C A T Á L O G O C O M P A C T O D E P R O D U T O S

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "C A T Á L O G O C O M P A C T O D E P R O D U T O S"

Transcrição

1 C A T Á L O G O C O M P A C T O D E P R O D U T O S

2

3 CONSTRUÇÃO CIVIL VOTORAÇO VS 50 Características dimensionais e de propriedades mecânicas do produto, conforme a ABNT NBR Massa Linear (kg/m) Especificação Diâmetro Tolerância (%) VOTORAÇO VS 50 6,30mm 0,245 8,00mm 0,395 10,00mm 0,617 12,50mm 0,963 16,00mm 1,578 20,00mm 2,466 25,00mm 3,853 32,00mm 6,313 ± 7 ± 6 ± 5 ± 4 3

4 Diâmetro 6,30mm 8,00mm 10,00mm 12,50mm 16,00mm 20,00mm 25,00mm 32,00mm Diâmetro 6,30mm 8,00mm 10,00mm 12,50mm 16,00mm 20,00mm 25,00mm 32,00mm Limite de Escoamento Mínimo (MPa) Propriedades Mecânicas Limite de Resistência Mínimo (MPa) Relação Elástica Mínima (LR/LE) ,08 8 Propriedades Mecânicas Dobramento a 180 (Ø do pino) 3 x Ø 6 x Ø Alongamento Mínimo (L =10xØnom) 0 (%) Fabricados por laminação a quente, com superfície nervurada que garante alta aderência ao concreto. São fornecidos na forma de bobinas de 2 t (em bitolas de até 16,00mm), barras retas em feixes de 2 t. A marca VOTORAÇO foi a primeira no Brasil a obter o Certificado da Marca de Conformidade ABNT para a norma ABNT NBR 7480, homologada pelo INMETRO. 4

5 CONSTRUÇÃO CIVIL VOTORAÇO VS 60 Características dimensionais e de propriedades mecânicas do produto, conforme a ABNT NBR Massa Linear (kg/m) Especificação Diâmetro Tolerância (%) VOTORAÇO VS 60 4,20mm 0,109 5,00mm 0,154 6,00mm 0,222 7,00mm 0,302 ± 6 8,00mm 9,50mm 0,395 0,

6 Diâmetro Limite de Escoamento Mínimo (MPa) Limite de Resistência Mínimo (MPa) Propriedades Mecânicas Relação Elástica Mínima (LR/LE) Alongamento Mínimo (L =10xØnom) 0 (%) Dobramento a 180 (Ø do pino) 4,20mm 5,00mm 6,00mm 7,00mm 8,00mm 9,50mm , x Ø Fabricados por laminação a frio, com superfície nervurada. São fornecidos em feixes de barras retas, com peso aproximado de 1 t; em rolos de 170 kg, até o diâmetro de 6,0mm; ou ainda em bobinas de 1,5 t a 3 t. O VOTORAÇO VS 60 é muito aplicado em obras de concreto, além de ser matéria prima para a fabricação de telas eletrosoldadas, armaduras treliçadas e estribos. 6

7 CONSTRUÇÃO CIVIL VOTORAÇO VS 25 Características dimensionais e de propriedades mecânicas do produto, conforme a ABNT NBR Massa Linear (kg/m) Especificação Diâmetro Tolerância (%) VOTORAÇO VS 25 10,00mm 0,617 12,50mm 0,963 16,00mm 1,578 20,00mm 2,466 25,00mm 3,853 32,00mm 6,313 ± 6 ± 5 ± 4 7

8 Apresentação Limite de Escoamento Mínimo (MPa) Limite de Resistência Mínimo (MPa) Propriedades Mecânicas Alongamento Mínimo (L =10xØnom) 0 (%) Relação Elástica Mínima (LR/LE) Dobramento a 180 Barras ,2 Bitola 20mm 2xØ nominal Bitola 20mm 4xØ nominal Obtido por laminação a quente de tarugos de lingotamento contínuo, o VOTORAÇO VS 25 é utilizado em estruturas de concreto armado, armaduras de pré-moldados, ganchos de içamento de peças, barras de transferência para pisos industriais e tirantes, entre outras aplicações. 8

9 CONSTRUÇÃO CIVIL CORTE & DOBRA CORTA CUSTO. DOBRA PRODUÇÃO. A Votorantim Siderurgia, que sempre garantiu alta qualidade e segurança para a construção civil, coloca à sua disposição o produto Obra Fácil, o aço Votoraço cortado e dobrado que proporciona mais praticidade e economia no canteiro de obras. Com isso, ocorre a diminuição de perda de material, pois o aço é dimensionado de acordo com as necessidades do projeto, facilitando a montagem e amarração no canteiro. Facilidade A obra passa a receber kits prontos para montagem e amarração Menor necessidade de espaço no canteiro para armazenagem e preparo do material O processo de corte e dobra segue as normas para dobramento de vergalhões Economia Diminuição do capital de giro, pois o fornecimento é de acordo com sua necessidade ou cronograma da obra Redução de custos diretos e indiretos com mão-de-obra O corte é preciso nas dimensões estipuladas no projeto, o que pode reduzir as perdas por sobra de pontas 9

10 Qualidade Proporciona maior qualidade da obra, considerando custos, prazos de execução e precisão nas dimensões dos projetos O certificado de qualidade do aço é emitido juntamente com o material cortado e dobrado Praticidade Elimina a necessidade de equipamentos de baixa produtividade (policortes, serras, etc.), diminuindo risco de acidentes Controle de recebimento, fácil rastreamento das peças / posições, identificadas pelas etiquetas e pelo romaneio que segue junto com a nota fiscal As peças são fornecidas em diversos tamanhos e formas, o que dispensa o uso de bancadas para preparação das amarrações, proporcionando mais espaço no canteiro de obras Projetos Técnicos especializados analisam cada detalhe para garantir que as peças sejam fabricadas exatamente de acordo com cada etapa da obra e especificações do projeto Essa é a preocupação que a Votorantim Siderurgia tem para colaborar com o desenvolvimento da obra e o cumprimento do cronograma estabelecido pelos engenheiros Assistência Técnica Feita através de engenheiros especializados ou consultores técnicos 10

11 CONSTRUÇÃO CIVIL ARAMES RECOZIDOS Características dimensionais do produto, conforme a ABNT NBR Fabricados com aço de baixo teor de carbono, através da trefilação do fio-máquina com posterior recozimento em fornos de tratamento térmico. Apresentam alto grau de ductibilidade e uma resistência à tração de, no 2 máximo, 42 kgf/mm. Utilizados principalmente para fixação de vergalhões em armaduras de concreto armado. São fornecidos em rolos de aproximadamente 30 kg (BWG 16 e 18) e 50 kg para os demais, agrupados em volumes de 500 kg ou em rolos de 1 kg. 11

12 Dimensões Especificação BWG Diâmetro (mm) Massa Linear (kg/m) 8 4,19 0, ,40 0,071 ARAMES RECOZIDOS 12 2,77 0, ,11 0, ,65 0, ,24 0,009 12

13 CONSTRUÇÃO CIVIL TELAS ELETROSOLDADAS Características dimensionais e de propriedades mecânicas do produto conforme a ABNT NBR Tela (Aço VS 60) Composição Malha Fios Especificações Dimensões (m) Peso (kg/ (cm) (mm) Rolos Painéis (kg/ m 2 ) peça) Q61 3,4 x 3,4 2,45 x 120-0, ,00 Q61 3,4 x 3,4 2,45 x 60-0, ,00 Q61 3,4 x 3,4-2,45 x 6,0 0,966 14,2 Q75 3,8 x 3,8 2,45 x 120-1, ,70 Q75 15 x 15 3,8 x 3,8 2,45 x 60-1, ,85 Q75 3,8 x 3,8-2,45 x 6,0 1,211 17,80 Q92 4,2 x 4,2 2,45 x 60-1, ,60 Q92 4,2 x 4,2-2,45 x 6,0 1,483 21,80 Q92 4,2 x 4,2 2,45 x 120-1, ,20 Q113 3,8 x 3,8 2,45 x 60-1, ,60 Q x 10 3,8 x 3,8 2,45 x 120-1, ,20 Q113 3,8 x 3,8-2,45 x 6,0 1,798 26,

14 Especificações Tela Composição Dimensões (m) Peso (Aço VS 60) Malha Fios (kg/ Rolos Painéis (cm) (mm) (kg/ m 2 ) peça) Q138 4,2 x 4,2 2,45 x 60-2, ,40 Q138 4,2 x 4,2-2,45 x 6,0 2,202 32,30 Q159 4,5 x 4,5-2,45 x 6,0 2,526 37,00 10 x 10 Q196 5,0 x 5,0-2,45 x 6,0 3,111 45,70 Q246 5,6 x 5,6-2,45 x 6,0 3,899 57,32 Q283 6,0 x 6,0-2,45 x 6,0 4,485 65,90 Q x 15 8,0 x 8,0-2,45 x 6,0 5,374 78,90 Q396 7,1 x 7,1-2,45 x 6,0 6,283 92,30 Q503 8,0 x 8,0-2,45 x 6,0 7, ,20 10 x 10 Q636 9,0 x 9,0-2,45 x 6,0 10, ,30 Q x 10-2,45 x 6,0 12, ,20 Especificações Tela Composição Dimensões (m) Peso (Aço VS 60) Malha Fios (kg/ Rolos Painéis (kg/ m 2 ) (cm) (mm) peça) EQ45 (leve) 20 x 20 3,4 x 3,4-2,0 x 3,0 0,710 4,26 EQ61 (média) 3,4 x 3,4-2,0 x 3,0 0,970 5,82 15 x 15 EQ92 (reforçada) 4,2 x 4,2-2,0 x 3,0 1,490 8,94 EQ138 (pesada) 10 x 10 4,2 x 4,2-2,0 x 3,0 2,180 13,08 Obs.: Demais itens sob consulta. São armaduras pré-fabricadas em forma de rede de malhas, constituída de fios de aço longitudinais e transversais, sobrepostos e soldados em todos os pontos de contato (nós), por resistência elétrica (caldeamento). São produzidas a partir do aço VOTORAÇO VS 60 e são destinadas principalmente para armaduras de concreto. As telas não padronizadas, ou especiais, são produzidas com características específicas, levando-se em conta as necessidades do projeto. 14

15 CONSTRUÇÃO CIVIL ARMADURAS TRELIÇADAS ELETROSOLDADAS Características dimensionais e de propriedades mecânicas do produto, conforme ABNT NBR São estruturas obtidas a partir da eletrofusão do aço VOTORAÇO VS 60 nervurado, que incorporam a tecnologia, a qualidade e a confiabilidade da marca VOTORAÇO. As armaduras treliçadas eletrosoldadas VOTORAÇO permitem substituir, com vantagens, o uso das lajes pré-moldadas comuns e das lajes maciças ou protendidas, racionalizando a execução e organização do canteiro de obras, reduzindo o uso de fôrmas e escoramentos, e evitando perdas de tempo e de material. Podem ser fornecidas em comprimentos de 6m,7m, 8m, 9m, 10m e 12m. 15

16 Especificações Modelo Votoraço Designação Altura (cm) Composição dos Fios (mm) Superior Diagonal Inferior Peso (kg/m) ATV 8L Leve TR ,00 4,20 4,20 0,735 ATV 8M Médio TR ,00 4,20 5,00 0,825 ATV 12M Médio TR ,00 4,20 5,00 0,890 ATV 12R Reforçado TR ,00 4,20 6,00 1,017 ATV 16M Médio TR ,00 4,20 5,00 1,032 ATV 20M Médio TR ,00 4,20 5,00 1,111 Outras dimensões e comprimentos podem ser fabricados, mediante consulta. 16

17 CONSTRUÇÃO MECÂNICA FIO-MÁQUINA Características dimensionais do produto, conforme a ABNT NBR 6354 e de qualidade superficial conforme norma ABNT NBR Produto obtido por laminação a quente com seção transversal circular. Este produto é fornecido em bobinas de 2 t, nos graus de aço 10B06, 1006, 1008, 1010, 1012, 1045,1055 e Outros graus podem ser fornecidos, mediante consulta. É destinado à trefilação em geral para produção de arames para pregos, grampos, ganchos, arames recozidos e também para aplicação em laminação a frio. 17

18 Dimensões Fio-Máquina 5,50 5,50 6,00 6,00 6,35* 6,35 6,50 6,50 7,00 7,00 7,50 7,50 8,00 8,00 9,53* 9,53 10,00 10,00 11,00 11,00 12,00* 12,00 12,50* 12,50 12,70 12,70 14,00 14,00 14,30 14,30 14,50* 14,50 15,90 15,90 16,00* 16,00 17,50* 17,50 19,05* 19,05 22,50* 22,50 (*) venda mediante consulta Diâmetro (mm) Tolerância (mm) ± 0,30 ± 0,40 ± 0,50 Ovalização Máxima (mm) 0,50 0,65 0,80 18

19 CONSTRUÇÃO MECÂNICA PERFIL U Características dimensionais do produto, conforme a ASTM A6. Designação Comercial Altura (mm) Dimensões e Massa Linear Largura da Aba (mm) Espessura da Alma (mm) Massa Linear (kg/m) 3" x 1ª alma 35,81 4,32 6,07 3" x 2ª alma 76,20 38,05 6,55 7,40 3" x 3ª alma 40,54 9,04 8,91 4" x 1ª alma 40,23 4,67 8,00 4" x 2ª alma* 101,60 41,80 6,27 9,25 4" x 3ª alma 43,71 8,15 10,74 6" x 1ª alma 48,77 5,08 12,14 6" x 2ª alma 152,40 51,66 7,98 15,54 6" x 3ª alma 54,79 11,10 19,24 (*) tolerâncias dimensionais conforme padrão de mercado 19

20 Propriedades Mecânicas Qualidade Limite de Escoamento 2 (kgf/mm ) Limite de Resistência 2 (kgf/mm ) Alongamento (*) L = 200 mm (%) 0 Mínimo Mínimo Máximo Mínimo ASTM A36 25,5 40,8 56,1 20 ASTM A572 G50 35,2 45,9-18 ASTM A529 G50 35,2 49,5 70,4 18 (*) as tolerâncias de alongamento são ajustadas segundo a norma ASTM A6 As propriedades mecânicas destes produtos podem ser oferecidas conforme as normas ASTM A529 Grau 50, ASTM A36, ASTM A572 Grau 50. Produto obtido por laminação a quente com seção transversal em forma de U. É fornecido em amarrados de 2 t, nos comprimentos de 6m ou 12m. Estes produtos são utilizados normalmente na construção mecânica em geral, em estruturas metálicas, sinalização rodoviária, máquinas e implementos agrícolas, além de outras aplicações. 20

21 CONSTRUÇÃO MECÂNICA PERFIL I Características dimensionais do produto, conforme a ASTM A6. Designação Comercial Altura (mm) Dimensões e Massa Linear Largura da Aba (mm) 3" x 1ª alma 59,18 4,32 8,44 76,20 3" x 2ª alma* 61,20 6,38 9,63 4" x 1ª alma 67,64 4,90 11,40 101,60 4" x 2ª alma* 69,20 6,43 12,59 6" x 1ª alma 84,63 5,89 18,51 6" x 2ª alma* 152,40 87,50 8,71 21,89 6" x 3ª alma 90,55 11,81 25,53 (*) tolerâncias dimensionais conforme padrão de mercado Espessura da Alma (mm) As propriedades mecânicas destes produtos podem ser oferecidas conforme as normas ASTM A36, ASTM A572 Grau 50. Massa Linear (kg/m) 21

22 Propriedades Mecânicas Qualidade Limite de Escoamento 2 (kgf/mm ) Limite de Resistência 2 (kgf/mm ) Alongamento (*) L = 200 mm (%) 0 Mínimo Mínimo Máximo Mínimo ASTM A36 25,5 40,8 56,1 20 ASTM A572 G50 35,2 45,9-18 (*) as tolerâncias de alongamento são ajustadas segundo a norma ASTM A6 As propriedades mecânicas destes produtos podem ser oferecidas conforme as normas ASTM A36, ASTM A572 Grau 50. Produto obtido por laminação a quente com seção transversal em forma de I". É fornecido em amarrados de 2 t, nos comprimentos de 6m ou 12m. Estes produtos são utilizados normalmente na construção mecânica em geral, em estruturas metálicas, sinalização rodoviária, máquinas e implementos agrícolas, além de outras aplicações. 22

23 CONSTRUÇÃO MECÂNICA CANTONEIRAS DE ABAS IGUAIS Características dimensionais do produto, conforme a ASTM A6. Designação Comercial Dimensões e Massa Linear padronizada em polegadas Largura (mm) Espessura (mm) Massa Linear (kg/m) 1/2" x 1/8" 12,70 0,565 5/8" x 1/8" 15,88 3,18 0,724 3/4" x 1/8" 19,05 0, /2" x 1/8" 3,18 1,84 1.1/2" x 3/16" 38,10 4,76 2,68 1.1/2" x 1/4" 6,35 3,48 1.3/4" x 1/8" 3,18 2,16 1.3/4" x 3/16" 44,45 4,76 3,17 1.3/4" x 1/4" 6,35 4,

24 Designação Comercial Dimensões e Massa Linear padronizada em polegadas Largura (mm) Espessura (mm) Massa Linear (kg/m) 2" x 1/8" 3,18 2,46 2" x 3/16" 4,76 3,63 2" x 3/8" 50,80 9,53 6,99 2" x 1/4" 6,35 4,75 2" x 5/16" 7,94 5,83 2.1/2" x 3/16" 4,76 4,57 2.1/2" x 1/4" 6,35 6,10 63,50 2.1/2" x 5/16" 7,94 7,44 2.1/2" x 3/8" 9,53 8,78 3" x 3/16" 4,76 5,52 3" x 1/4" 6,35 7,29 3" x 5/16" 76,20 7,94 9,08 3" x 3/8" 9,53 10,71 3" x 1/2" 12,7 13,99 4" x 1/4" 6,35 9,82 4" x 5/16" 7,94 12,20 101,60 4" x 3/8" 9,53 14,58 4" x 1/2" 12,70 19,05 4" x 7/16" 88,90 11,11 16,82 (*) a norma ASTM A6 não especifica tolerância para espessura em bitolas com largura igual ou superior a 3" ou 75mm. Nestes casos, deve ser atendido o especificado para Massa Linear. É fornecido em amarrados de 1 t linha leve e 2 t linha pesada, nos comprimentos de 6m ou 12m. Estes produtos são utilizados normalmente na construção mecânica em geral, em estruturas metálicas, em torres de energia e telecomunicações, máquinas e implementos agrícolas, além de outras aplicações. 24

25 Designação Comercial Dimensões e Massa Linear padronizada em milímetros Largura (mm) Espessura (mm) Massa Linear (kg/m) 40 x 3 3,00 1,84 40 x 4 40,00 4,00 2,41 40 x 5 5,00 2,97 45 x 3 3,00 2,08 45 x 4 45,00 4,00 2,73 45 x 5 5,00 3,36 50 x 3 3,00 2,31 50 x 4 50,00 4,00 3,04 50 x 5 5,00 3,76 50 x 6 6,00 4,45 65 x 4 4,00 4,00 65 x 5 65,00 5,00 4,98 65 x 6 6,00 5,91 75 x 5 5,00 5,76 75 x 6 75,00 6,00 6,81 75 x 7 7,00 7,88 75 x 8 8,00 8,94 90 x 6 6,00 8,36 90 x 7 90,00 7,00 9,67 90 x 8 8,00 10, x 6 6,00 9, x 7 7,00 10, x 8 100,00 8,00 12, x 10 10,00 15, x 12 12,00 17,88 (*) a norma ASTM A6 não especifica tolerância para espessura em bitolas com largura igual ou superior a 3" ou 75mm. Nestes casos, deve ser atendido o especificado para Massa Linear. Designação Comercial Dimensões e Massa Linear padronizada em polegadas x milímetros Largura da aba (mm) Espessura da aba (mm) Massa Linear (kg/m) 5/8" x 2,5mm 15,88 0,585 2,50 3/4" x 2,5mm 19,05 0,

26 Qualidade Limite de Escoamento 2 (kgf/mm ) Mínimo Propriedades Mecânicas Limite de Resistência 2 (kgf/mm ) Mínimo Máximo Alongamento (*) L = 200 mm (%) 0 Mínimo ASTM A36 25,5 40,8 56,1 20 ASTM A-529 G50 35,2 49,5-18 ASTM A572 G50 35,2 45,9-18 ASTM A572 G60 42,3 53,0-16 As propriedades mecânicas deste produto podem ser oferecidas conforme as normas, ASTM A36, ASTM A36 Modificada, ASTM A572 Grau 50 (amarrados de 4 t), ASTM A572 Grau 60 (amarrados de 4 t) e ASTM A529 Grau

27 CONSTRUÇÃO MECÂNICA BARRA REDONDA São Barras Redondas laminadas a quente nos aços SAE 1020 e SAE 1045 com garantias de composição química e de dimensional conforme ABNT NBR Fornecida em amarrados de 2 t com comprimento de 6m. Designação Comercial Diâmetro (mm) Dimensões e Massa Linear Ovalização Máxima (mm) Massa Linear (kg/m) 1" 25,4 0,75 3, /8" 28,58 0,9 5, /4" 31,75 0,90 6, /2" 38,10 1,05 8, /8" 34,92 0,90 7, /8" 41,27 1,05 10, /4" 44,45 1,20 12, /8" 47,62 1,20 13,

28 Designação Comercial Diâmetro (mm) Dimensões e Massa Linear Ovalização Máxima (mm) Massa Linear (kg/m) 2" 50,80 1,20 15, /8" 53,97 1,35 17, /4" 57,15 1,35 20, /2" 63,50 1,35 24, /8" 60,33 1,35 22, /8" 66,68 1,5 27, /4" 69,85 1,5 30, /8" 73,02 1,5 32,856 3" 76,2 1,5 35,798 São apropriadas para aplicação na fabricação de peças por usinagem superficial de desbaste ou de descascamento. Podem ser aplicadas em operações de trefilação a frio para calibração e ajustes de tolerâncias dimensionais. 28

29 CONSTRUÇÃO MECÂNICA BARRA CHATA Características dimensionais do produto, conforme a ABNT NBR Designação Comercial Largura (mm) Dimensões e Massa Linear Espessura (mm) Peso Linear (kg/m) 3/8" x 1/8" 9,53 3,18 0,238 1/2" x 1/8" 3,18 0,317 1/2" x 3/16" 12,7 4,26 0,475 1/2" x 1/4" 6,35 0,633 5/8" x 1/8" 3,18 0,396 5/8" x 3/16" 15,88 4,76 0,593 5/8" x 1/4" 6,35 0,792 3/4" x 1/8" 3,18 0,476 3/4" x 3/16" 19,05 4,76 0,712 3/4" x 1/4" 6,35 0,950 7/8" x 1/8" 3,18 0,555 22,23 7/8" x 3/16" 4,76 0,

30 Designação Comercial Largura (mm) Dimensões e Massa Linear Espessura (mm) Peso Linear (kg/m) 7/8" x 1/4" 22,23 6,35 1,108 1" x 1/8" 3,18 0,634 25,40 1" x 3/16" 4,76 0, /4" x 3/16"(*) 4,76 1, /4" x 1/4" 31,75 6,35 1, /4" x 3/8" 9,53 2, /2" x 3/16"(*) 4,76 1, /2" x 1/4" 38,10 6,35 1, /2" x 3/8" 9,53 2,850 2" x 3/16" 4,76 1,898 2" x 1/4" 6,35 2,532 50,80 2" x 3/8" 9,53 3,800 2" x 1/2" 12,70 5, /2" x 3/16" 4,76 2, /2" x 1/4" 6,35 3, /2" x 5/16" 63,50 7,94 3, /2" x 3/8" 9,53 4, /2" x 1/2" 12,70 6,331 3" x 1/4" 6,35 3,798 3" x 3/8" 9,53 5,701 3" x 1/2" 76,20 12,70 7,597 3" x 5/8" 15,88 9,312 3" x 5/16" 7,94 4, /2" x 5/8" 88,90 15,88 11,082 4" x 1/4" 6,35 5,065 4" x 5/16" 7,94 6,333 4" x 3/8" 101,60 9,53 7,601 4" x 1/2" 12,70 10,129 4" x 5/8" 15,88 12,665 (*) venda sob consulta 30

31 Designação Comercial Dimensões e Massa Linear padronizada em polegadas x milímetros Largura (mm) Espessura (mm) Peso Linear (kg/m) 1/2" x 2,5mm 12,70 0,249 2,50 5/8" x 2,5mm 15,88 0,312 As propriedades mecânicas deste produto podem ser oferecidas conforme a norma ASTM A36. Propriedades Mecânicas Qualidade Limite de Escoamento 2 (kgf/mm ) Limite de Resistência 2 (kgf/mm ) Alongamento (*) L = 200 mm (%) 0 Mínimo Nom. Máx. ASTM A36 25,5 40,8 56,1 Espessura Mínimo 1/8" e 3/16" 15 =1/4" 17,5 5/16" ou 8mm 20 Produto obtido por laminação a quente com seção transversal retangular. É fornecido em amarrados de 1 t ou 2 t no comprimento de 6m. É utilizado normalmente na construção mecânica em geral, em estruturas metálicas, máquinas e implementos agrícolas, além de outras aplicações. 31

32 PROCESSO DE SEGURANÇA E QUALIDADE NA DESCARGA DE MATERIAL Antes da descarga de material: Conferir se a carga está enlonada; Conferir relação do material na Nota Fiscal está condizente com o que foi solicitado no pedido de compra; Se houver indícios de danos no trajeto / movimentação, registrar preferencialmente com foto, antes de iniciar a descarga e comunicar junto a área comercial; Verificar condição da carga no veículo, certificando que não oferece risco a quem for realizar descarga. Durante descarga de material: Verificar se o material não está com cinta rompida; Verificar se o material está com as alças de içamento; Verificar se o material está com etiqueta de identificação da Votorantim Siderurgia; Conferir se o material que está sendo descarregado confere com o que está descrito na nota fiscal; Conferir se o material apresenta danos superficiais. Após descarga de material: Assinar canhoto da nota; Caso identifique alguma irregularidade, registrar no conhecimento de transporte, para que fique caracterizado que o problema foi identificado no ato da entrega; Se não ficou satisfeito com o atendimento por parte do motorista, registrar uma reclamação junto a área comercial, assim como é feito para os casos de qualidade do material; Se, por qualquer motivo inerente ao seu processo de descarga, houver atraso superior a seis horas na descarga, registrar no conhecimento de transportes, pois para o caso de haver reclamação por parte do motorista, tenhamos como identificar o fato e pagar a diária ao mesmo, conforme previsto na legislação. 32

33 VOTORANTIM SIDERURGIA Com operações em três países, capacidade de produção de 2,7 milhões de toneladas de aço por ano e mais de 5 mil funcionários, a Votorantim Siderurgia é um importante player do mercado siderúrgico brasileiro, responsável pela produção e comercialização de aços longos para os segmentos de construção civil e construção mecânica. No Brasil, a VS possui três usinas siderúrgicas em operação nos municípios de Barra Mansa (RJ), Resende (RJ) e Três Lagoas (MS), esta última é uma joint venture entre a VS e o empresário Alexandre Grendene. Para garantir o escoamento de seus produtos, a empresa também conta com filiais e escritórios de vendas estrategicamente localizados por todo Brasil, além de manter florestas de eucalipto para a produção de carvão vegetal que contribuem com a ecoeficiência no processo de produção. No exterior, possui o controle acionário da única siderúrgica integrada da Colômbia, a PazdelRío, e da segunda maior produtora de aços longos da Argentina, a AcerBrag. A diversificação do mix de produtos, a força da marca Votoraço e a qualidade em seus processos de atendimentos aos clientes, são alguns dos diferenciais da VS, que possui lugar de destaque no mercado brasileiro. Seguir um modelo de desenvolvimento sustentável, que respeite as pessoas e o meio ambiente, é um dos compromissos da Votorantim Siderurgia, que busca o pioneirismo na adoção de novas tecnologias alinhadas ao conceito de sustentabilidade. 33

34 VOTORANTIM SIDERURGIA USINAS 34

35

36 VOTORAÇO EM TODO BRASIL ESCRITÓRIO CENTRAL SÃO PAULO - SP Tel.: (11) Fax.: (11) ESCRITÓRIOS DE VENDAS UNIDADES COMERCIAIS BARRA MANSA - RJ Tel.: (24) BAURU - SP Tel / Fax.: (14) BRASÍLIA - DF Tel.: (61) (61) CABO FRIO - RJ Tel.: (22) Fax.: (22) CAMPINAS - SP Tel / Fax.: (19) CAMPO GRANDE - MS Tel.: (67) FORTALEZA - CE Tel.: (85) Fax.: (85) JOINVILLE - SC AÇO FERRO REPRESENTAÇÕES Tel / Fax.: (47) LONDRINA - PR Tel / Fax.: (43) Tel.: (43) PORTO ALEGRE - RS DALLEGRAVE REPRESENTAÇÕES Tel / Fax.: (51) RECIFE - PE Tel.: (81) Fax.: (81) RIBEIRÃO PRETO - SP Tel.: (16) Fax.: (16) SALVADOR - BA Tel.: (71) SÃO PAULO - SP Tel.: (11) Fax.: (11) SOROCABA - SP Tel.: (15) Fax.: (15) VITÓRIA - ES Tel.: (27) APARECIDA DE GOIÂNIA - GO Tel.: (62) Fax.: (62) BETIM - MG Tel.: (31) Fax.: (31) CURITIBA - PR Tel.: (41) PIRACICABA - SP Tel.: (19) Fax.: (19) PRAIA GRANDE - SP Tel.: (13) Fax.: (13) RIO DE JANEIRO - RJ Tel / Fax.: (21) CAMAÇARI - BA Tel.: (71) SÃO JOSÉ DOS CAMPOS - SP Tel / Fax.: (12) SÃO PAULO - SP Tel.: (11) Fax.: (11) Especificações e informações técnicas estão sujeitas a alterações sem prévio aviso. Fev/2013

Produtos para Construção Civil

Produtos para Construção Civil Produtos para Construção Civil VS 50 Construção Civil VERGALHÕES VS 50 Fabricados por laminação a quente, com superfície nervurada que garante alta aderência ao concreto, na forma de rolos com 830 kg amarrados

Leia mais

Produtos para Construção Mecânica

Produtos para Construção Mecânica Produtos para Construção Mecânica FIO-MÁQUINA Construção Mecânica FIO-MÁQUINA Produto obtido por laminação a quente com seção transversal circular. Este produto é fornecido em rolos com 830 kg amarrados

Leia mais

PRODUTOS PARA CONsTRUçãO CIVIL E MECÂNICA

PRODUTOS PARA CONsTRUçãO CIVIL E MECÂNICA PRODUTOS PARA CONsTRUçãO CIVIL E MECÂNICA VOTORAÇO VS 50 Construção Civil Principais características dimensionais e de propriedades mecânicas do produto, conforme a ABNT NBR 7480. Especificação Diâmetro

Leia mais

Aços Longos. Telas Soldadas Nervuradas

Aços Longos. Telas Soldadas Nervuradas Aços Longos Telas Soldadas Nervuradas Registro Compulsório 272/2011 Telas Soldadas Nervuradas Qualidade As Telas Soldadas de Aço Nervurado ArcelorMittal são armaduras pré-fabricadas constituídas por fios

Leia mais

Aços Longos. Telas Soldadas Nervuradas

Aços Longos. Telas Soldadas Nervuradas Aços Longos Telas Soldadas Nervuradas Registro Compulsório 272/2011 Telas Soldadas Nervuradas Qualidade As Telas Soldadas Nervuradas da ArcelorMittal são armaduras pré-fabricadas constituídas por fios

Leia mais

AÇO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL

AÇO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL AÇO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL GG 0 O vergalhão que está por dentro das melhores obras. VERGALHÃO GERDAU GG 0 Para o seu projeto sair do papel com segurança e qualidade, use o Vergalhão Gerdau GG 0. Produzido

Leia mais

Telas Soldadas Nervuradas Belgo

Telas Soldadas Nervuradas Belgo Telas Soldadas Nervuradas Belgo As Telas Soldadas de Aço Nervurado são uma armadura pré-fabricada, constituída por fios de aço Belgo 60 nervurado longitudinais e transversais, de alta resistência mecânica,

Leia mais

AÇO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL

AÇO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL AÇO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL GG 0 O vergalhão que está por dentro das melhores obras. VERGALHÃO GERDAU GG 0 Para o seu projeto sair do papel com segurança e qualidade, use o Vergalhão Gerdau GG 0. Produzido

Leia mais

ASTM A-36. NBR ASTM APLICAÇÕES

ASTM A-36. NBR ASTM APLICAÇÕES Perfis Cantoneiras de Abas Iguais Principais aplicações: Estruturas metálicas; Torres de linhas de transmissão de energia elétrica; Torres de telecomunicações; Máquinas e implementos agrícolas; Indústria

Leia mais

DITUAL TUBOS E AÇOS CATÁLOGO TÉCNICO DE PRODUTOS

DITUAL TUBOS E AÇOS CATÁLOGO TÉCNICO DE PRODUTOS DITUAL TUBOS E AÇOS CATÁLOGO TÉCNICO DE PRODUTOS ÍNDICE Sobre a Ditual... 3 Tubos Industriais / Estruturais... 5 Tubos Redondos... 6 Tubos Retangulares... 8 Tubos Quadrados... 10 Tubos de Condução... 11

Leia mais

Barras e fios de aço para armaduras de concreto

Barras e fios de aço para armaduras de concreto Barras e fios de aço para armaduras de concreto Regida pela NBR 7480/96 Aços para concreto Elevado comportamento mecânico Teor de carbono entre 0,08 e 0,5% Denominação Barras φ 5 mm obtidos exclusivamente

Leia mais

Soluções para Autoconstrução Praticidade, economia e agilidade na sua obra

Soluções para Autoconstrução Praticidade, economia e agilidade na sua obra Aços Longos Soluções para Autoconstrução Praticidade, economia e agilidade na sua obra Arame Recozido Trançadinho Recozido Prático Sapatas Recozido Fácil Pregos Treliças Nervuradas Murfor Produto Belgo

Leia mais

TUDO PARA VOCÊ FAZER UM TRABALHO DE QUALIDADE

TUDO PARA VOCÊ FAZER UM TRABALHO DE QUALIDADE BARRAS E PERFIS AÇO PARA INDÚSTRIA TUDO PARA VOCÊ FAZER UM TRABALHO DE QUALIDADE Quando você usa a ampla linha de barras e perfis Gerdau, você coloca mais qualidade no seu trabalho. Cada produto foi desenvolvido

Leia mais

Tecnologia da Construção I ARMADURAS. Conceitos. Função da Armadura 03/04/2017. Docente: Thalita Lima

Tecnologia da Construção I ARMADURAS. Conceitos. Função da Armadura 03/04/2017. Docente: Thalita Lima Tecnologia da Construção I ARMADURAS Docente: Thalita Lima Email: thalitaluizalima@gmail.com Cuiabá/MT Março - 2017 Conceitos as armaduras são elementos destinados a dar resistência à estrutura de concreto

Leia mais

Soluções Belgo Pronto

Soluções Belgo Pronto Aços Longos Soluções Belgo Pronto Corte e Dobra e Armadura Pronta Soldada Belgo Pronto Mais que um serviço de corte e dobra de aço, Belgo Pronto é um conjunto de soluções em aço para a execução da etapa

Leia mais

TUDO PARA VOCÊ FAZER UM TRABALHO DE QUALIDADE

TUDO PARA VOCÊ FAZER UM TRABALHO DE QUALIDADE BARRAS E PERFIS AÇO PARA INDÚSTRIA TUDO PARA VOCÊ FAZER UM TRABALHO DE QUALIDADE Quando você usa a ampla linha de barras e perfis Gerdau, você coloca mais qualidade no seu trabalho. Cada produto foi desenvolvido

Leia mais

Catálogo de Produtos

Catálogo de Produtos Catálogo de Produtos Arame Recozido BWG Nº 3 6 11 13 14 16 1 Diâmetro 6,04 5,16 4,19 3,40 3,05 2,77 2,50 2,00 1,60 1,25 Peso aproimado kg/m 0,225 0,164 0, 0,071 0,057 0,047 0,039 0,025 0,016 0,0 - Pode

Leia mais

Trelifácil. Informações do produto. Aplicação

Trelifácil. Informações do produto. Aplicação Informações do produto Fabricada na largura de 120 mm, a solução em aço Trelifácil pode ser aplicada em todas as alturas de lajes constituídas por treliças, de 8 a 30 cm (de H8 a H30). As fôrmas podem

Leia mais

CANTONEIRAS DE ABAS IGUAIS GERDAU

CANTONEIRAS DE ABAS IGUAIS GERDAU CANTONEIRAS DE ABAS IGUAIS GERDAU CANTONEIRA DE ABAS IGUAIS GERDAU Por sua ampla gama de bitolas e pela qualidade de seu aço, proporciona flexibilidade no dimensionamento das mais diversas estruturas,

Leia mais

VENDAS GOIÂNIA TEL (62) FAX (62) PORTO ALEGRE TEL (51) FAX (51) RECIFE TEL (81) FAX (81)

VENDAS GOIÂNIA TEL (62) FAX (62) PORTO ALEGRE TEL (51) FAX (51) RECIFE TEL (81) FAX (81) ARAMES_INDUSTRIAIS.qxd 20.07.06 16:09 Page 1 Oz Design www.gerdau.com.br gpm@gerdau.com.br VENDAS GOIÂNIA TEL (62) 4005 6031 FAX (62) 4005 6001 PORTO ALEGRE TEL (51) 3323 2939 FAX (51) 3323 5288 RECIFE

Leia mais

PISOS DE ALTA QUALIDADE SE CONSTROEM COM PRODUTOS GERDAU.

PISOS DE ALTA QUALIDADE SE CONSTROEM COM PRODUTOS GERDAU. PISOS DE ALTA QUALIDADE SE CONSTROEM COM PRODUTOS GERDAU. Este manual fornece informações úteis para orientá-lo na construção de pisos em concreto armado com carregamento até t/m² ou 8 t/eixo. Para executar

Leia mais

Aços Longos. Manual ArcelorMittal 60 / CA60

Aços Longos. Manual ArcelorMittal 60 / CA60 Aços Longos Manual ArcelorMittal 60 / CA60 Objetivo Este documento visa disponibilizar informações técnicas referentes a aspectos gerais do Produto ArcelorMittal 60 Nervurado (categoria CA60). Processos

Leia mais

Soluções para Autoconstrução Praticidade, economia e agilidade na sua obra

Soluções para Autoconstrução Praticidade, economia e agilidade na sua obra Aços Longos Soluções para Autoconstrução Praticidade, economia e agilidade na sua obra Arame Recozido Trançadinho Recozido Prático Sapatas Recozido Fácil Pregos Murfor Produto Bekaert Colunas BelgoFix

Leia mais

Soluções para Autoconstrução Praticidade, economia e agilidade na sua obra

Soluções para Autoconstrução Praticidade, economia e agilidade na sua obra Aços Longos Soluções para Autoconstrução Praticidade, economia e agilidade na sua obra Arame Recozido Trançadinho Recozido Prático Sapatas Recozido Fácil Pregos Murfor Produto Bekaert Colunas BelgoFix

Leia mais

Serviços - Construção Civil

Serviços - Construção Civil Serviços - Construção Civil Belgo Pronto Mais que um serviço de corte e dobra de aço, Belgo Pronto é um conjunto de soluções em aço para a execução da etapa estrutural de obras de todos os portes com mais

Leia mais

Intermediação de Negócios

Intermediação de Negócios Intermediação de Negócios Catálogo 2016 A BAGÉ Serviços Administrativos LTDA é uma empresa intermediadora de negócios no setor de Construção Civil, tendo em seu portfólio os seguintes produtos: Vergalhões

Leia mais

Universidade Estadual de Campinas Faculdade de Engenharia Civil Departamento de Estruturas. Aços para concreto armado

Universidade Estadual de Campinas Faculdade de Engenharia Civil Departamento de Estruturas. Aços para concreto armado Universidade Estadual de Campinas Faculdade de Engenharia Civil Departamento de Estruturas Aços para concreto armado Notas de aula da disciplina AU414 - Estruturas IV Concreto armado Prof. Msc. Luiz Carlos

Leia mais

Aço na Construção Civil

Aço na Construção Civil Aço na Construção Civil AÇO Liga Ferro-Carbono (0,006% < C < 2%) Denso; Bom condutor de eletricidade e calor; Opaco; Comportamento elasto-plástico. Estrutura cristalina polifásica (grãos com diferentes

Leia mais

Aços Longos. Soluções Lajes

Aços Longos. Soluções Lajes Aços Longos Soluções Lajes Soluções Lajes Entre os desafios da engenharia civil, o sistema construtivo de lajes deve atender à eficiência estrutural, visando a soluções seguras, economicamente viáveis

Leia mais

Tubos Estruturais sem Costura Graus de Aço, Propriedades Mecânicas e Aplicações

Tubos Estruturais sem Costura Graus de Aço, Propriedades Mecânicas e Aplicações Tubos Estruturais sem Costura Graus de Aço, Propriedades Mecânicas e Aplicações Vallourec é líder mundial em soluções tubulares premium, presente nos setores de energia, petrolífero, automotivo e construção,

Leia mais

MATERIAIS METÁLICOS AÇOS PARA CONSTRUÇÃO CIVIL

MATERIAIS METÁLICOS AÇOS PARA CONSTRUÇÃO CIVIL MATERIAIS METÁLICOS AÇOS PARA CONSTRUÇÃO CIVIL Prof. Arthur MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO 2 AÇOS A obtenção do aço decorre de uma série de operações de transformação metalúrgica e de conformação mecânica. Em

Leia mais

AÇO PRONTO AÇO PRONTO AÇO PRONTO AÇO PRONTO 17/03/2015. Processo industrializado de corte e dobra do aço

AÇO PRONTO AÇO PRONTO AÇO PRONTO AÇO PRONTO 17/03/2015. Processo industrializado de corte e dobra do aço Métodos Construtivos Prof. Dalmo Lúcio Mendes Figueiredo Alunos: Adriana Sales Cardoso Cássio Evandro Paulo César Jackson Renato Alves Moraleida Gomes Processo industrializado de corte e dobra do aço Altamente

Leia mais

Número: EMP Rev.: 0 Fl. 1/7

Número: EMP Rev.: 0 Fl. 1/7 Número: EMP-82301 Rev.: 0 Fl. 1/7 REV DATA HISTÓRICO DAS REVISÕES EMITIDO APROVADO 0 11/06/2013 Emissão inicial Sebastião Carvalho Engª de Produto Daniel Pedrosa Engª de Processo Número: EMP-82301 Rev.:

Leia mais

Agropecuária Construção Civil

Agropecuária Construção Civil Agropecuária Construção Civil CA-60 COMEP A tela soldada COMEP é feita com aço CA-60 e com a gravação COMEP 60, sinônimo de qualidade e garantia de procedência. Produzido de acordo com a norma ABNT NBR

Leia mais

ES-010. Técnicas de armar as estruturas de concreto. Introdução e Armaduras Passivas. Prof. João Carlos Della Bella Prof. Túlio N.

ES-010. Técnicas de armar as estruturas de concreto. Introdução e Armaduras Passivas. Prof. João Carlos Della Bella Prof. Túlio N. Escola Politécnica da Universidade de São Paulo Departamento de Engenharia de Estruturas e Fundações ES-010 Técnicas de armar as estruturas de concreto Introdução e Armaduras Passivas Prof. João Carlos

Leia mais

Arame de aço de baixo teor de carbono, zincado, para gabiões

Arame de aço de baixo teor de carbono, zincado, para gabiões REPRODUÇÃO LIVRE NBR 8964 JUL 1985 Arame de aço de baixo teor de carbono, zincado, para gabiões Origem: Projeto 01:022.05-004/1985 CB-01 - Comitê Brasileiro de Mineração e Metalurgia CE-01:022.05 - Comissão

Leia mais

A Empresa. Entre em contato conosco: Fundada em 1991, a Açoplano Indústria e Comércio de Aços LTDA, atua na industrialização

A Empresa.  Entre em contato conosco: Fundada em 1991, a Açoplano Indústria e Comércio de Aços LTDA, atua na industrialização A Empresa Fundada em 1991, a Açoplano Indústria e Comércio de Aços LTDA, atua na industrialização e distribuição de aços para indústrias em geral, fábricas de estruturas metálicas, construtoras e serralherias.

Leia mais

MUROS COM QUALIDADE SÃO CONSTRUÍDOS COM COLUNA POP GERDAU.

MUROS COM QUALIDADE SÃO CONSTRUÍDOS COM COLUNA POP GERDAU. MUROS COM QUALIDADE SÃO CONSTRUÍDOS COM COLUNA POP GERDAU. O SR. MURILO MANDOU CONSTRUIR UM MURO, MAS NÃO PROCUROU UM PROFISSIONAL CAPACITADO. AGORA O SR. MURILO ESTÁ PREOCUPADO COM O QUE PODERÁ ACONTECER.

Leia mais

Aços Longos. Soluções em aço para Construção Civil, Indústria e Agronegócio

Aços Longos. Soluções em aço para Construção Civil, Indústria e Agronegócio Aços Longos Soluções em aço para Construção Civil, Indústria e Agronegócio Transformar o amanhã. Mais do que um desafio, um compromisso ArcelorMittal. A Belgo agora é ArcelorMittal. Essa nova denominação

Leia mais

FERROE AÇO TELAS PARA CONCRETO 61 Q 61 15 X 15 75 Q 75 15 X 15 92 Q 92 15 X 15 T 92 30 X 15 Q 113 10 X 10 113 L 113 10 X 30 T 113 30 X 10 Q 138 10 X 10 Q 138 10 X 10 138 R 138 10 X 15 M 138 10 x20 L 138

Leia mais

AULA 5. Materiais de Construção II. 1 Características de armaduras para Betão Armado e Pré-esforçado

AULA 5. Materiais de Construção II. 1 Características de armaduras para Betão Armado e Pré-esforçado AULA 5 Materiais de Construção II II Aços para Construção Características de armaduras para Betão Armado e Pré-esforçado; Estruturas de Aço;. 1 Características de armaduras para Betão Armado e Pré-esforçado

Leia mais

Aços Longos. Barras Trefiladas

Aços Longos. Barras Trefiladas Aços Longos Barras Trefiladas Soluções em aço seguro e sustentável. Resultado da união dos dois maiores fabricantes mundiais de aço, a ArcelorMittal está presente em mais de 60 países, fabricando Aços

Leia mais

HASTES, PORCAS E ARRUELAS

HASTES, PORCAS E ARRUELAS HASTES, PORCAS E ARRUELAS SISTEMAS DE ANCORAGENS QUÍMICAS 1 APRESENTAÇÃO: 1.1 Descrição O conjunto de hastes, porcas e arruelas é confeccionado em aço carbono e com rosca padrão polegada, que atende normas

Leia mais

MOLA MECÂNICA. Arames de Alto Teor de Carbono

MOLA MECÂNICA. Arames de Alto Teor de Carbono MOLA MECÂNICA Arames de Alto Teor de Carbono Belgo Bekaert Arames. Qualidade que faz a diferença. Produto A linha de produtos de arames para mola mecânica da Belgo Bekaert Arames é indicada para aplicações

Leia mais

Agropecuária Construção Civil.

Agropecuária Construção Civil. Agropecuária Construção Civil www.comeptelas.com.br As Telas Soldadas COMEP podem ser fabricadas sob encomenda em conformidade com projetos específicos. Unidade I Rua Prefeito José Carlos, 1.975 - Santa

Leia mais

Tecnologia da Construção Civil - I Estruturas de concreto. Roberto dos Santos Monteiro

Tecnologia da Construção Civil - I Estruturas de concreto. Roberto dos Santos Monteiro Tecnologia da Construção Civil - I Estruturas de concreto Estruturas de concreto As estruturas das edificações, sejam eles de um ou vários pavimentos, são constituídas por diversos elementos cuja finalidade

Leia mais

PRODUTOS DE COBRE METAIS APLICADOS. Laminados, barras/perfis e arames ELUMA, A MARCA DO COBRE

PRODUTOS DE COBRE METAIS APLICADOS. Laminados, barras/perfis e arames ELUMA, A MARCA DO COBRE PRODUTOS DE COBRE METAIS APLICADOS Laminados, barras/perfis e arames ELUMA, A MARCA DO COBRE O COBRE TRANSFORMA O MUNDO. A PARANAPANEMA TRANSFORMA O COBRE. A Paranapanema, líder e maior produtora brasileira

Leia mais

BARRAS ROSCADA, PORCAS E ARRUELAS

BARRAS ROSCADA, PORCAS E ARRUELAS BARRAS ROSCADA, PORCAS E ARRUELAS APLICAÇÕES GERAIS 1 APRESENTAÇÃO: 1.1 Descrição As barras roscadas, porcas e arruelas são confeccionadas em aço carbono e inoxidável, com rosca padrão polegada e que atende

Leia mais

Prof. Célio Carlos Zattoni Maio de 2008

Prof. Célio Carlos Zattoni Maio de 2008 DEPARTAMENTO: HIDRÁULICA E SANEAMENTO CURSO: HIDRÁULICA E SANEAMENTO AMBIENTAL PERFIS METÁLICOS e LAMINADOS PLANOS Prof. Célio Carlos Zattoni Maio de 2008 2 ÍNDICE 1. Introdução... 4 1.1. Normalização...

Leia mais

Aços Longos. Perfis e Barras Linha Estrutural e Serralheria

Aços Longos. Perfis e Barras Linha Estrutural e Serralheria Aços Longos Perfis e Barras Linha Estrutural e Serralheria Perfis e Barras Linha Estrutural e Serralheria Padrão de qualidade O padrão de qualidade dos produtos ArcelorMittal está presente também na linha

Leia mais

GERDAU AÇOS ESPECIAIS

GERDAU AÇOS ESPECIAIS AÇOS ESPECIAIS GERDAU AÇOS ESPECIAIS A Gerdau está entre os maiores fornecedores mundiais de aços especiais, com diversas usinas localizadas no Brasil, na Espanha, nos Estados Unidos e na Índia. Essa diversificação

Leia mais

UM MUNDO DE SOLUÇÕES PARA VOCÊ. TUBOS TREFILADOS CALDEIRARIA

UM MUNDO DE SOLUÇÕES PARA VOCÊ. TUBOS TREFILADOS CALDEIRARIA UM MUNDO DE SOLUÇÕES PARA VOCÊ. TUBOS TREFILADOS CALDEIRARIA APRESENTAÇÃO 2015 Conte com o mundo de soluções da Tubos Ipiranga Com matriz localizada em Ribeirão Pires SP, sete filiais, uma unidade industrial

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO LAMINADOS

BOLETIM TÉCNICO LAMINADOS A BOLETIM TÉCNICO LAMINADOS Última atualização Dez/2009 VERSÃO DEZ/2009 ACABAMENTOS NATURAL: O acabamento padrão da chapa possui baia reflectância e pode apresentar variações de brilho. BRILHANTE: Esse

Leia mais

1 AÇOS ESTRUTURAIS 1.1 INTRODUÇÃO E HISTÓRICO 1.2 CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DAS ESTRUTURAS DE AÇO 1.3 CARACTERÍSTICAS DO AÇO ESTRUTURAL

1 AÇOS ESTRUTURAIS 1.1 INTRODUÇÃO E HISTÓRICO 1.2 CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DAS ESTRUTURAS DE AÇO 1.3 CARACTERÍSTICAS DO AÇO ESTRUTURAL 1 AÇOS ESTRUTURAIS 1.1 INTRODUÇÃO E HISTÓRICO As primeiras obras de aço surgiram praticamente ao mesmo tempo em que se iniciou a produção industrial desse material, por volta de 1780 existe registro da

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO

MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO MEMORIAL DESCRITIVO ARQUITETÔNICO PROPRIETÁRIO: Município de Três Arroios OBRA: Pavilhão em concreto armado, coberto com estrutura metálica, destinado a Ginásio de Esportes (1ª etapa) LOCAL: Parte do lote

Leia mais

Pressão Teórica de Trabalho de Tubos de Aço. Para líquidos. Limite de escoamento adotado (LE): 230Mpa [23,45kgf/mm²] Qualidade do Aço: SAE 1012

Pressão Teórica de Trabalho de Tubos de Aço. Para líquidos. Limite de escoamento adotado (LE): 230Mpa [23,45kgf/mm²] Qualidade do Aço: SAE 1012 Pressão Teórica de Trabalho de Tubos de Aço Para líquidos 1 Limite de escoamento adotado (LE): 230Mpa [23,45kgf/mm²] Qualidade do Aço: SAE 1012 Externo Nominal 2,00 2,65 3,00 3,75 4,75 6,30 8,00 9,50 mm

Leia mais

C a t á l o g o d e P r o d u t o s www.comercialgerdau.com.br Vergalhão GERDAU GG 50 Arame Farpado Pregos Perfis Estruturais Gerdau [LINHA DE PRODUTOS DA Telas Corte e Dobra Coluna e Viga POP Treliças

Leia mais

FER-ALVAREZ PRODUTOS SIDERÚRGICOS INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA.

FER-ALVAREZ PRODUTOS SIDERÚRGICOS INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. FER-ALVAREZ PRODUTOS SIDERÚRGICOS INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. NORMA TÉCNICA NÚMERO FERA 026 REVISÃO 04 TÍTULO: PERFIL DE AÇO DOBRADO DATA DE APROVAÇÃO IMPLANTAÇÃO 15 / 03 / 2009 REVISÃO ATUAL APROVAÇÃO

Leia mais

VIII - DISPOSIÇÕES CONSTRUTIVAS GERAIS DAS ARMADURAS

VIII - DISPOSIÇÕES CONSTRUTIVAS GERAIS DAS ARMADURAS VIII - DISPOSIÇÕES CONSTRUTIVAS GERAIS DAS ARMADURAS 1- ARMADURA DE PELE (item 18.3.5) Quando a altura útil da viga ultrapassar 60cm e o aço da armadura de tração for CA-50 ou CA-60, deve dispor-se longitudinalmente

Leia mais

APOLO TUBOS E EQUIPAMENTOS

APOLO TUBOS E EQUIPAMENTOS APOLO TUBOS E EQUIPAMENTOS A Apolo Tubos e Equipamentos S.A, fundada em 1938 na cidade do Rio de janeiro, foi a primeira empresa industrial do Grupo Peixoto de Castro. Pioneira no Brasil na fabricação

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE VERGALHÕES SOLDÁVEIS E ARMADURAS SOLDADAS NO BRASIL. Arildo Batista Engenheiro Metalurgista BELGO SIDERURGIA S.A.

DESENVOLVIMENTO DE VERGALHÕES SOLDÁVEIS E ARMADURAS SOLDADAS NO BRASIL. Arildo Batista Engenheiro Metalurgista BELGO SIDERURGIA S.A. DESENVOLVIMENTO DE VERGALHÕES SOLDÁVEIS E ARMADURAS SOLDADAS NO BRASIL Arildo Batista Engenheiro Metalurgista BELGO SIDERURGIA S.A. Belo Horizonte, julho de 2006 1 Índice: 1) Desenvolvimento de vergalhões

Leia mais

TREFILAÇÃO TREFILAÇÃO

TREFILAÇÃO TREFILAÇÃO TREFILAÇÃO Prof. M.Sc.: Anael Krelling 1 O processo de trefilação consiste em fazer passar o material através de uma ferramenta, utilizando-se uma força de tração aplicada na saída da matriz. Apesar das

Leia mais

Soluções para Alvenaria

Soluções para Alvenaria Aços Longos Soluções para Alvenaria BelgoFix Tela BelgoRevest Murfor Produtos ARCE1109-0210_SOL_ALVENARIA.indd 1 20/01/14 15:00 BelgoFix BelgoFix : marca registrada da Belgo Bekaert Arames Telas Soldadas

Leia mais

13/10/2009. Introdução Características gerais Etapas do Processo de Fabricação Geometria Vantagens Equipamentos Produtos

13/10/2009. Introdução Características gerais Etapas do Processo de Fabricação Geometria Vantagens Equipamentos Produtos 1 Introdução Características gerais Etapas do Processo de Fabricação Geometria Vantagens Equipamentos Produtos 2 1 = PUXAMENTO 3 Introdução: A trefilação é uma operação em que a matériaprima é estirada

Leia mais

TUBOS DE AÇO INOX PADRÃO OD COM COSTURA REDONDOS

TUBOS DE AÇO INOX PADRÃO OD COM COSTURA REDONDOS TUBOS DE AÇO INOX PADRÃO OD COM COSTURA REDONDOS Item # 0,40mm 0,50mm 0,70mm 0,89mm 1,00mm 1,20mm 1,50mm 1,65mm 2,00mm 2,50mm 3,00mm ØExt.6,35 0,073 0,122 0,134 0,155 ØExt.7,50 0,071 ØExt.8,00 0,175 0,204

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE. DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTOS Mod:18.08 EDITAL. Revisão: 01 mai/10 CENTRAL DE LICITAÇÕES E CONTRATOS

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE. DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTOS Mod:18.08 EDITAL. Revisão: 01 mai/10 CENTRAL DE LICITAÇÕES E CONTRATOS CENTRAL DE LICITAÇÕES E CONTRATOS ANEXO II (Páginas 31 a 41) Página 31 de 50 ANEXO II MODELO DE PROPOSTA Empresa: CNPJ: Endereço: Cidade/UF: CEP: Fone/Fax E-mail: Item Código Material Material Unid. Consumo

Leia mais

Aços Elétricos de Grão Orientado de Grão Não-Orientado. TT catalogo acos eletricos.indd 1

Aços Elétricos de Grão Orientado de Grão Não-Orientado. TT catalogo acos eletricos.indd 1 Aços Elétricos de Grão Orientado de Grão Não-Orientado 1 TT-0014-11-catalogo acos eletricos.indd 1 2 A Aperam Bioenergia administra um patrimônio de florestas de eucalipto no Vale do Jequitinhonha, em

Leia mais

ESTRUTURAS METÁLICAS DIMENSIONAMENTO SEGUNDO A NBR-8800:2008. O Processo Siderúrgico. Prof Marcelo Leão Cel Prof Moniz de Aragão Maj

ESTRUTURAS METÁLICAS DIMENSIONAMENTO SEGUNDO A NBR-8800:2008. O Processo Siderúrgico. Prof Marcelo Leão Cel Prof Moniz de Aragão Maj ESTRUTURAS METÁLICAS DIMENSIONAMENTO SEGUNDO A NBR-8800:2008 O Processo Siderúrgico Prof Marcelo Leão Cel Prof Moniz de Aragão Maj O Processo Siderúrgico É o processo de obtenção do aço, desde a chegada

Leia mais

AÇO INOXIDÁVEL. Tubos Barras Chapas Bobinas Cantoneiras

AÇO INOXIDÁVEL. Tubos Barras Chapas Bobinas Cantoneiras AÇO INOXIDÁVEL Tubos Barras Chapas Bobinas Cantoneiras Empresa Certificada C R C C PETROBRAS www.elinox.com.br ÍNDICE Empresa...2 Visão, Missão e Valores... 3 Qualidade...4 Produtos...5 Chapas/Bobinas...6

Leia mais

AÇO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL

AÇO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL AÇO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL GG 50 O VERGALHÃO QUE ESTÁ POR DENTRO DAS MELHORES OBRAS VERGALHÃO GERDAU GG 50 Para o seu projeto sair do papel com segurança e qualidade, use o Vergalhão Gerdau GG 50. Produzido

Leia mais

Aços Longos. Multibar. Multibar Hidráulico. Multibar Auto. Multibar Descascado. AF_ARC_0019_16_multibar_catalogo_nova_Justificada.

Aços Longos. Multibar. Multibar Hidráulico. Multibar Auto. Multibar Descascado. AF_ARC_0019_16_multibar_catalogo_nova_Justificada. Aços Longos Multibar Multibar Hidráulico Multibar Auto Multibar Descascado AF_ARC_0019_16_multibar_catalogo_nova_Justificada.indd 1 6/13/16 12:32 Transformando o amanhã ArcelorMittal, a maior siderúrgica

Leia mais

Monografia " ESTUDO DE VIABILIDADE TÉCNICA E FINANCEIRA DE UTILIZAÇÃO DE TELAS SOLDADAS EM LAJE MACIÇAS DE CONCRETO ARMADO"

Monografia  ESTUDO DE VIABILIDADE TÉCNICA E FINANCEIRA DE UTILIZAÇÃO DE TELAS SOLDADAS EM LAJE MACIÇAS DE CONCRETO ARMADO Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Engenharia Departamento de Engenharia de Materiais e Construção Curso de Especialização em Construção Civil Monografia " ESTUDO DE VIABILIDADE TÉCNICA E FINANCEIRA

Leia mais

Aço para estruturas de concreto armado e protendido. Prof. M.Sc. Ricardo Ferreira

Aço para estruturas de concreto armado e protendido. Prof. M.Sc. Ricardo Ferreira Aço para estruturas de concreto armado e protendido Prof. M.Sc. Ricardo Ferreira Introdução 2/41 O Brasil é o maior produtor mundial de minério de ferro, mas apenas o oitavo maior produtor de aço. Essa

Leia mais

Aços Longos. Lâminas ArcelorMittal

Aços Longos. Lâminas ArcelorMittal Aços Longos Lâminas ArcelorMittal Soluções em Aço Seguro e Sustentável A ArcelorMittal está presente em mais de 60 países, fabricando Aços Longos, Planos e Inoxidáveis que correspondem a cerca de 10% da

Leia mais

Número: EMP Rev.: 0 Fl. 1/7

Número: EMP Rev.: 0 Fl. 1/7 Número: EMP-84130 Rev.: 0 Fl. 1/7 REV DATA HISTÓRICO DAS REVISÕES EMITIDO APROVADO 0 05/05/2016 Emissão inicial F. Barbosa Eng. Produto J. Marcondes Eng. Produto Número: EMP-84130 Rev.: 0 Fl. 2/7 1 - OBJETIVO

Leia mais

O QUE É EPS ( EXPANDED POLYS

O QUE É EPS ( EXPANDED POLYS CONSTRUÇÃO CIVIL O QUE É ( EXPANDED POLYS TYRENE)? é a sigla internacional do Poliestireno Expandido, de acordo com a definição da norma DIN ISO 1043/78. O é um plástico celular rígido, resultado da polimerização

Leia mais

DER/PR ES-OA 03/05 OBRAS DE ARTE ESPECIAIS: ARMADURAS PARA CONCRETO ARMADO

DER/PR ES-OA 03/05 OBRAS DE ARTE ESPECIAIS: ARMADURAS PARA CONCRETO ARMADO DER/PR ES-OA 03/05 OBRAS DE ARTE ESPECIAIS: ARMADURAS PARA CONCRETO ARMADO Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Paraná - DER/PR Avenida Iguaçu 420 CEP 80230 902 Curitiba Paraná Fone (41) 3304

Leia mais

BT 0002 BOLETIM TÉCNICO - TAPPER

BT 0002 BOLETIM TÉCNICO - TAPPER BT 0002 BOLETIM TÉCNICO - TAPPER Elaborador: Verificadores: Aprovador: DIEGO RAFAEL CAMERA DANILO P. P. DE ALMEIDA DIEGO RAFAEL CAMERA TAPPER+ Fixação sem necessidade de bucha plástica. Descrição Tapper

Leia mais

Seminário Pará Oportunidades de Negócios

Seminário Pará Oportunidades de Negócios Seminário Pará Oportunidades de Negócios Ian Corrêa - Vice presidente Valor Econômico / FIESP 15/04/2010 Grupo Aço Cearense Sede: Fortaleza(CE) Tradição: 30 anos de mercado Colaboradores: 3.450 diretos

Leia mais

DIRETORIA FINANCEIRA CONTROLE DE DISTRIBUIÇÃO

DIRETORIA FINANCEIRA CONTROLE DE DISTRIBUIÇÃO GERÊNCIA DE SUPRIMENTOS 01 CARRETEL DE MADEIRA PARA EXPORTAÇÃO FICAP OPTEL CONTROLE DE DISTRIBUIÇÃO ÁREA SIGLA DATA DISTRIBUIÇÃO Suprimentos Tecnologia Cabos Ópticos Fs Tto GERÊNCIA DE SUPRIMENTOS 1/18

Leia mais

ESCORAMENTO SISTEMA DE ESCORAMENTO METÁLICO PARA LAJES E VIGAS.

ESCORAMENTO SISTEMA DE ESCORAMENTO METÁLICO PARA LAJES E VIGAS. ESCORAMENTO SISTEMA DE ESCORAMENTO METÁLICO PARA LAJES E VIGAS. ESCORAMENTO MECAN Pela facilidade de montagem e versatilidade, o escoramento metálico Mecan permite montagens rápidas e seguras, proporcionando

Leia mais

DUTOS : ENTENDA COMO PODEM INFLUENCIAR NA ECONOMIA DE ENERGIA

DUTOS : ENTENDA COMO PODEM INFLUENCIAR NA ECONOMIA DE ENERGIA DUTOS : ENTENDA COMO PODEM INFLUENCIAR NA ECONOMIA DE ENERGIA SEGUINDO A NBR 16401 DILSON CARLOS CARREIRA Para falarmos em como um duto pode influenciar na economia de energia, temos que observar as VANTAGENS

Leia mais

Prof. Mayara Queiroz Moraes. Materiais metálicos

Prof. Mayara Queiroz Moraes. Materiais metálicos Materiais metálicos METAIS Metais Materiais Metálicos: combinação de elementos metálicos. Ligação Metálica Possui como principal característica a presença de elétrons livres em torno de cátions e átomos

Leia mais

AULA 01: ASPECTOS GERAIS DAS ESTRUTURAS DE AÇO

AULA 01: ASPECTOS GERAIS DAS ESTRUTURAS DE AÇO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI INSTITUTO DE CIÊNCIA, ENGENHARIA E TECNOLOGIA ENGENHARIA CIVIL ECV 113 ESTRUTURAS DE CONCRETO, METÁLICAS E DE MADEIRA AULA 01: ASPECTOS GERAIS DAS

Leia mais

Anexo I - Tabela de Tolerâncias Dimensionais e de Montagem de Elementos Pré-Fabricados

Anexo I - Tabela de Tolerâncias Dimensionais e de Montagem de Elementos Pré-Fabricados Identificação: A1.N2 Revisão: 04 Folha: 1 / 5 Função do Elemento Painéis Arquitetônicos (item b1 do requisito Pilares, Vigas, Pórticos, Terças e Escadas (itens b2, b3 e b4 do requisito Lajes Armadas ou

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS

CATÁLOGO DE PRODUTOS CATÁLOGO DE PRODUTOS ÍNDICE VARÃO Varão para betão 7 Ampla Gama de Produtos SIDERURGICOS Pelos nossos clientes BARRAS COMERCIAIS TUBOS VIGAS MALHA ARAMES Barras comerciais 8 Tubos 15 Vigas 28 Malha 35

Leia mais

ESTRUTURAS METÁLICAS 1 Estruturas Metálicas e suas aplicações

ESTRUTURAS METÁLICAS 1 Estruturas Metálicas e suas aplicações PUC Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Engenharia Civil ESTRUTURAS METÁLICAS 1 Estruturas Metálicas e suas aplicações Professor Juliano Geraldo Ribeiro Neto, MSc. Goiânia, 2016.

Leia mais

CENTRAL DE AÇO S.A.

CENTRAL DE AÇO S.A. R CENTRAL DE AÇO S.A. 1 Cedisa Central de Aço S.A A Cedisa é destaque no cenário nacional pelo elevado padrão de qualidade de seus produtos e serviços. Sua unidade industrial no Espírito Santo possui certificação

Leia mais

DIRETORIA GERAL NÚMERO EEM TECNOLOGIA FOLHA 1/23 ESPECIFICAÇÃO DE EMBALAGEM REV DATA 03-27/01/05

DIRETORIA GERAL NÚMERO EEM TECNOLOGIA FOLHA 1/23 ESPECIFICAÇÃO DE EMBALAGEM REV DATA 03-27/01/05 TECNOLOGIA FOLHA 1/23 ÍNDICE DE REVISÕES REVISÃO DATA MOTIVO/DESCRIÇÃO 00 18/03/97 EMISSÃO ORIGINAL. 01 15/08/01 ALT. NO EMITENTE; EXCL. DO CARIMBO ESPECIFICAÇÃO SOB CONSIDERAÇÃO; ALT. ITEM 5 GARANTIA

Leia mais

LAMINAÇÃO LAMINAÇÃO. Prof. MSc: Anael Krelling

LAMINAÇÃO LAMINAÇÃO. Prof. MSc: Anael Krelling LAMINAÇÃO Prof. MSc: Anael Krelling 1 DEFINIÇÃO DO PROCESSO É um processo de conformação que consiste na deformação de um metal pela passagem entre dois cilindros rotatórios que giram em sentidos opostos,

Leia mais

AÇO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL

AÇO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL AÇO PARA CONSTRUÇÃO CIVIL GG 50 O VERGALHÃO QUE ESTÁ POR DENTRO DAS MELHORES OBRAS VERGALHÃO GG 50 GERDAU Para o seu projeto sair do papel com segurança e qualidade, use o vergalhão GG 50. Produzido rigorosamente

Leia mais

Curso Piloto de Informação para Operários e Encarregados Módulo: Estruturas de Concreto Armado Aula: Armaduras

Curso Piloto de Informação para Operários e Encarregados Módulo: Estruturas de Concreto Armado Aula: Armaduras Curso Piloto de Informação para Operários e Encarregados Módulo: Estruturas de Concreto Armado Aula: Armaduras Aço o para Concreto O que é o aço a o? O aço é uma combinação de SUCATA, FERRO GUSA E OUTROS.

Leia mais

..:: LAMINADOS A FRIO (não revestidos) ::..

..:: LAMINADOS A FRIO (não revestidos) ::.. CATÁLOGO ..:: LAMINADOS A FRIO (não revestidos) ::.. Os produtos laminados a frio (não revestidos), são provenientes do laminador de tiras a frio, sendo fornecidos na faixa de espessura de 0,38 a 3,00mm,

Leia mais

Monografia "O PAPEL DO CORTE E DOBRA DE VERGALHÃO PARA A CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL" Leonardo Cristiano de Araújo

Monografia O PAPEL DO CORTE E DOBRA DE VERGALHÃO PARA A CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL Leonardo Cristiano de Araújo Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Engenharia Departamento de Engenharia de Materiais e Construção Curso de Especialização em Construção Civil Monografia "O PAPEL DO CORTE E DOBRA DE VERGALHÃO

Leia mais

O concreto armado é uma associação de concreto e aço que tem por finalidade aproveitar vantajosamente as qualidades desses dois materiais.

O concreto armado é uma associação de concreto e aço que tem por finalidade aproveitar vantajosamente as qualidades desses dois materiais. Materiais de Construção Araujo, Rodrigues & Freitas 90 6. Concreto Armado 1. Definição e Uso O concreto armado é uma associação de concreto e aço que tem por finalidade aproveitar vantajosamente as qualidades

Leia mais

Marcos Correia de Campos 1 ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMADO

Marcos Correia de Campos 1 ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMADO Marcos Correia de Campos 1 ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMADO INTRODUÇÃO Estrutura de concreto armado é a denominação de estruturas compostas de concreto, cimento + água + agregados (e às vezes + aditivos)

Leia mais

Tabela de Pesos e Medidas

Tabela de Pesos e Medidas Tabela de Pesos e Medidas índice Bobinas de Bronze Bobinas de Cobre Bobinas de Latão Chapas Barra Retangulares Latão (Perfis L / T / U) Vergalhões Conexões Soldáveis para Tubos de Cobre Tubos de Cobre

Leia mais

PROPOSTA DE ALTERAÇÃO DA NR-18 Estruturas Pré-moldadas e Pré-Fabricadas de Concreto Versão_CPN ITEM / TEXTO ATUAL TEXTO PROPOSTO OBSERVAÇÕES

PROPOSTA DE ALTERAÇÃO DA NR-18 Estruturas Pré-moldadas e Pré-Fabricadas de Concreto Versão_CPN ITEM / TEXTO ATUAL TEXTO PROPOSTO OBSERVAÇÕES PROPOSTA DE ALTERAÇÃO DA NR-18 Estruturas Pré-moldadas e Pré-Fabricadas de Concreto Versão_CPN ITEM / TEXTO ATUAL TEXTO PROPOSTO OBSERVAÇÕES OBJETIVO Este anexo estabelece requisitos mínimos de segurança

Leia mais

L U M I N U M MANUAL TÉCNICO. Francisco Ceará Barbosa, Campo dos Amarais - Campinas - SP

L U M I N U M MANUAL TÉCNICO. Francisco Ceará Barbosa, Campo dos Amarais - Campinas - SP L U M I N U M MANUAL TÉCNICO Francisco Ceará Barbosa, 859 - Campo dos Amarais - Campinas - SP - 1.08-00 fibralit.com.br - PABX: 19 16 000 - DDG: 0800 701 0809 - luminum@fibralit.com.br PROPRIEDADES DOS

Leia mais

Concreto Protendido. MATERIAIS Prof. Letícia R. Batista Rosas

Concreto Protendido. MATERIAIS Prof. Letícia R. Batista Rosas Concreto Protendido MATERIAIS Prof. Letícia R. Batista Rosas Concreto Obtido pela mistura de cimento, agregado graúdo, agregado miúdo e água. Em algumas situações podem ser adicionados aditivos para o

Leia mais