Pesquisa Conjuntural. Comércio Varejista do Distrito Federal

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Pesquisa Conjuntural. Comércio Varejista do Distrito Federal"

Transcrição

1 Pesquisa Conjuntural Comércio Varejista do Distrito Federal Junho 2011 Aderente a Metodologia Nacional CNC/IBGE SCS Qd. 06 Ed. Jessé Freire, 5º Andar CEP: Brasília-DF - Fone: (61) Fax: (61)

2 Índice Resumo dos Indicadores 2 Identificação 3 Objetivo 3 Considerações 3 Metodologia 3 Resultados 5 Periodicidade da pesquisa 5 Desempenho de Vendas 6 Evolução do Emprego 8 Opções de Pagamento 11 Metodologia - Desempenho de Vendas 12 Metodologia - Evolução do emprego 13 Metodologia - Opções de pagamento 14 Expediente 15 1

3 Resumo dos Indicadores Em 2011, o mês de junho apresentou aumento de 0,66% nas vendas do comércio varejista do Distrito Federal, isto quando a comparação é feita com o mês anterior, maio de 2011, o mesmo movimento de aumento também ocorreu no ano anterior, quando o indicador Jun10xMai10 foi medido em +3,02%. Na comparação com o mesmo período do ano anterior, o indicador Jun11 x Jun10, ocorreu aumento, medido em 11,91%. Segmento Variação das Vendas entre Jun/11 e Mai/11. Acumulado de Vendas em 2011 Variação do Emprego entre Jun/11 e Mai/11. Comércio em Geral 0,66% 2,34% 0,85% Em Jun/11 o índice que mede a mão-de-obra empregada no setor de comércio, apresentou variação positiva em relação a Mai/11, sendo o índice medido em +0,85%. Nível de Emprego abr/11 mai/11 jun/11 x x x mar/11 abr/11 mai/11 Comércio em Geral -0,20% -0,93% 0,85% Nesta pesquisa, o indicador para representatividade das formas de pagamento, iniciou em Jan2010 uma nova série histórica, com a atualização dos itens questionados ao lojista, destaque para pagamento com cartões que representaram 47,93% das vendas realizadas (excluindo revenda de veículos) neste mês de Junho/11. 2

4 Identificação Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista do Distrito Federal Metodologia Nacional CNC/IBGE. Objetivo O projeto tem como objeto a avaliação conjuntural das flutuações ocorridas no desempenho de vendas, nível de emprego e formas de pagamento no Distrito Federal. Estes três indicadores, considerando dados históricos, têm a capacidade de aferir as principais mudanças ocorridas por forças de influências macro econômico, de legislação e efeitos sazonais. Considerações A importância do setor comércio no desenvolvimento econômico regional e a identificação dos segmentos de melhor e pior desempenho no comércio varejista é de fundamental importância para explicar e facilitar o entendimento das relações existentes entre o desempenho dos vários segmentos comerciais e as diferentes influências e seus níveis de intensidade atinge cada atividade. Os indicadores aferidos no Distrito Federal são compatibilizados com os de outras Federações do Comércio nos vários Estados e passam a integrar os indicadores consolidados em nível nacional da Confederação Nacional do Comércio CNC, que em parceria com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE, ajuda a compor os índices nacionais de desempenho do comércio varejista. Metodologia A Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista adota o levantamento de informações por meio de amostragem probabilística, estratificada, que permite a adesão de um painel de empresas, cujos índices obtidos são acompanhados por um período mínimo de um ano. Estas empresas são as fontes de informações para a elaboração dos indicadores de desempenho do comércio. 3

5 Todos os dados financeiros coletados são deflacionados pelo IPCA nacional, que é também a medida utilizada na metodologia nacional compatibilizada, e que comporão os números na formação de indicadores de variação abordados na pesquisa. Todos os dados coletados sofrem uma crítica de consistência de 100% e o resultado obtido por cada entrevistador é checada na proporção de no mínimo 20% para garantir a confiabilidade dos dados. As entrevistas são distribuídas pelos segmentos pesquisados conforme quadro abaixo. Segmento Qtd. Empresa Autopeças e Acessórios 33 Calçados 26 Cine-Foto-Som 13 Combustíveis e Lubrificantes 28 Farmácias e Perfumarias 30 Informática 23 Instrum. Musicais, CDs e Fitas 7 Livrararias e Papelarias 26 Lojas de Utilidades Domésticas 18 Materiais de Construção 32 Móveis e Decorações 35 Óticas 26 Revendedoras de Veículos 25 Supermercados 17 Tecidos 26 Vestuário 35 Total 400 O método de obtenção e consolidação das informações da Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista do DF está alinhado com a consagrada metodologia de acompanhamento conjuntural da CNC, que integra as mensurações periódicas do IBGE sobre o mesmo tema. Com esta padronização, os resultados da pesquisa realizada no Distrito Federal, podem ser comparados diretamente com as realizadas em outros grandes centros do país. Os dados coletados em campo são gerenciados e analisados no software PASW Statistics. 4

6 Resultados O Relatório Final produzido apresenta as tabelas segundo os segmentos pesquisados e as análises de desempenho do comércio varejista do DF com os indicadores de variação das vendas no período e o nível de emprego nos segmentos pesquisados. Periodicidade da pesquisa A coleta de dados é realizada entre os dias 06 e 10 de cada mês e o período de abrangência de execução da pesquisa é de 12 (doze) meses, renováveis anualmente. A pesquisa e os indicadores obtidos são produzidos a 13 anos pelo Instituto Fecomércio, isto é desde

7 Desempenho de Vendas O desempenho das vendas é mensurado em duas visões, na comparação com o mesmo período do ano anterior, as vendas de Jun/11 foram 11,91% maiores que as ocorridas em Jun/10. Na comparação entre os dois últimos meses, Jun/11 x Mai/11, foi mensurado aumento médio de 0,66%, no faturamento do comércio varejista. O desempenho acumulado de vendas em 2011 foi medido em +2,34%. Tabela 1 - Desempenho de Vendas no Varejo - Distrito Federal. Variação entre os meses subseqüêntes Deflacionado pelo IPCA Nacional. Item Atividade CNC jun/10 jan/11 fev/11 mar/11 abr/11 mai/11 jun/11 x x x x x x x mai/10 dez/10 jan/11 fev/11 mar/11 abr/11 mai/11 1. Bens Duráveis -2,27% -21,10% -0,79% -0,44% -3,88% 2,83% -0,74% Móveis e Utilidades 1.2 Domésticas -4,97% -24,00% -1,71% -1,32% -3,69% 3,80% -0,61% Móveis e Decorações -4,62% -17,59% -2,37% -0,80% -11,42% 4,65% 0,76% Lojas de Utilidades Domésticas / Lojas de departamento -5,37% -30,89% -0,86% -1,97% 6,19% 2,91% -2,10% Cine-Foto-Som e Óticas, Info, 1.3 Cds e Fitas 4,50% -12,50% 1,57% 1,75% -4,33% 0,47% -1,07% Cine-Foto-Som // óticas -12,48% -16,23% 0,75% -3,00% -2,07% 0,19% -1,06% Informática 11,81% -11,10% 2,09% 2,63% -3,77% -0,40% -1,30% Instrum. Musicais, CDs e Fitas 14,92% -9,77% 0,87% 9,31% -12,56% 6,26% 0,14% 2. Bens Semiduráveis 6,56% -15,06% -2,14% -7,06% -5,74% 6,49% 2,29% 2.1 Vestuário 13,44% -24,86% -0,06% 1,27% -9,16% 6,87% 3,93% 2.2 Tecidos -1,99% -21,58% 2,29% 1,04% -1,87% 6,76% -3,35% 2.3 Calçados -0,50% -13,89% -12,96% -5,49% -3,54% 11,74% 2,47% 2.4 Livrarias e Papelarias -6,81% 46,12% -1,37% -37,01% 7,06% -0,25% -2,40% 3. Bens Não Duráveis 2,80% -10,79% -2,31% 2,99% 4,00% -0,21% 1,29% 3.1 Supermercados / Minimercados 6,57% -11,28% -5,28% 2,96% 4,67% -1,19% 6,91% 3.2 Farmácias e Perfumarias -2,09% -9,21% 0,73% 0,18% -0,44% 5,28% 1,73% 3.3 Combustíveis e Lubrificantes -0,33% -10,86% 0,69% 4,61% 5,39% -1,54% -7,15% 4. Comércio Automotivo -3,12% -17,84% 0,40% 4,13% -4,90% 5,32% -2,29% 4.1 Revendedoras de Veículos -3,45% -23,46% 7,01% 0,76% 2,74% 5,21% -2,16% 4.2 Autopeças e Acessórios -2,34% -11,95% -5,63% 7,61% -12,31% 5,45% -2,44% 5.0 Materiais de Construção 23,27% -23,89% 16,18% 3,93% 0,02% 1,98% 5,06% COMÉRCIO EM GERAL 3,02% -16,09% -0,13% 0,49% -1,77% 3,13% 0,66% Fonte: IFPD - Instituto Fecomércio de Pesquisa e Desenvolvimento / Fecomércio-DF. 6

8 Esta evolução gráfica apresenta os 13 últimos meses de série histórica dos números índices do desempenho de vendas do comércio varejista, com base em Janeiro de 2005, período de comparação determinado por metodologia desta pesquisa. Evolução gráfica do desempenho de vendas em comparação com o mês anterior. 7

9 Evolução do Emprego A mão-de-obra ocupada no setor de comércio varejista em Jun/11 foi 12,14% maior do que o mesmo período do ano anterior (Jun/10). Na comparação com o mês anterior, Jun/11 x Mai/11, o indicador foi medido em +0,85%. O desempenho acumulado do índice de mão-de-obra ocupada no comércio varejista em 2011 foi medido em +0,15%. Em 2010 a comparação da mão-de-obra ocupada no comércio varejista do Distrito Federal no período Jun/10 x Mai/10 foi de -0,54%. 8

10 A evolução gráfica abaixo apresenta os seis últimos meses de série histórica dos números índices de mão-de-obra ocupada no comércio varejista, com base em Janeiro de 2005, período de comparação determinado por metodologia desta pesquisa. Evolução gráfica da mão-de-obra ocupada em comparação com o mês anterior. 9

11 10

12 Opções de Pagamento O indicador que monitora a utilização das diferentes formas de pagamento no comércio varejista do Distrito Federal foi atualizado, compondo a partir do mês (Jan2010) uma nova série histórica. A mudança foi baseada em uma reclassificação dos itens pesquisados, de forma a representar quatro grupos essenciais (Avista, Cartões, A prazo e Outros), com detalhamento por tipo utilizado. A recomendação técnica é a leitura do indicador excluindo o segmento de concessionárias (revenda de veículos) que movimenta grande valor financeiro e distorce o índice geral. Na medida em que a séria histórica for composta, outras comparações serão incluídas neste documento. Tabela Distribuição percentual do faturamento entre as formas de pagamento. Forma escolhida Excluí revenda de veículos(%) Todos os segmentos considerados. jan/11 fev/11 mar/11 abr/11 mai/11 jun/11 jan/11 fev/11 mar/11 abr/11 mai/11 jun/11 Avista 33,10% 32,93% 32,93% 33,37% 31,00% 32,25% 58,13% 60,45% 60,98% 62,51% 60,47% 65,34% Dinheiro 30,64% 30,50% 30,90% 31,16% 28,71% 30,04% 55,24% 57,39% 58,18% 59,90% 57,49% 62,10% Cheque 2,45% 2,43% 2,03% 2,20% 2,29% 2,20% 2,89% 3,06% 2,80% 2,61% 2,97% 3,25% Cartões 48,45% 47,80% 47,63% 48,09% 49,79% 47,93% 19,62% 19,24% 19,49% 18,58% 19,28% 20,28% Crédito 29,61% 28,52% 28,62% 29,16% 30,80% 30,12% 12,24% 11,81% 12,05% 11,66% 12,13% 12,86% Débito 18,84% 19,28% 19,01% 18,93% 18,98% 17,80% 7,39% 7,43% 7,45% 6,92% 7,15% 7,42% A prazo 15,19% 15,95% 15,94% 15,39% 15,92% 16,49% 21,38% 19,47% 18,62% 18,10% 19,44% 13,50% Cheque pré datado 5,57% 5,43% 5,38% 5,17% 5,06% 5,46% 5,62% 5,15% 5,27% 5,12% 4,98% 5,53% Carnês/boletos 9,63% 10,52% 10,56% 10,22% 10,86% 11,04% 15,76% 14,32% 13,36% 12,98% 14,45% 7,97% Outros 3,26% 3,33% 3,50% 3,15% 3,28% 3,33% 0,86% 0,85% 0,91% 0,81% 0,82% 0,88% Convênios 3,25% 3,32% 3,49% 3,14% 3,28% 3,31% 0,86% 0,85% 0,90% 0,81% 0,82% 0,87% Emprenhos 0,01% 0,01% 0,01% 0,01% 0,01% 0,02% 0,00% 0,00% 0,00% 0,00% 0,00% 0,00% Total 100,0% 100,0% 100,0% 100,0% 100,0% 100,0% 100,0% 100,0% 100,0% 100,0% 100,0% 100,0% Obs: revenda de veículos novos e usados possuem características próprias nas formas de pagamento, desta forma recomenda-se a leitura do indicador sem dados deste segmento. Distribuição percentual do faturamento entre as formas de pagamento Excluindo revenda de veículos jun/11 Outros 3,33% A prazo 16,49% Avista 32,25% Cartões 47,93% mai/11 Outros 3,28% A prazo 15,92% Avista 31,00% Cartões 49,79% abr/11 Outros 3,15% A prazo 15,39% Avista 33,37% Cartões 48,09% mar/11 Outros 3,50% A prazo 15,94% Avista 32,93% Cartões 47,63% fev/11 jan/11 Outros 3,33% Outros 3,26% A prazo 15,95% A prazo 15,19% Avista 32,93% Avista 33,10% Cartões 47,80% Cartões 48,45% 0,00% 10,00% 20,00% 30,00% 40,00% 50,00% 60,00% 11

13 Apêndice Técnico Metodologia - Desempenho de Vendas 1. ÍNDICE DE BASE FIXA MENSAL: disponível neste documento na página 7, o indicador compara a receita bruta mensal de revenda do mês de referência do índice com a receita bruta mensal obtida no mês base de referência, que nesta pesquisa é janeiro de As receitas utilizadas já são compatibilizadas, por meio de deflacionamento. O IPCA nacional, medido pelo IBGE, é o índice de preço adotado. Representação matemática = A/B * 100. A = receita deflacionada do mês de referência B = receita deflacionada do mês base de referência. 2. ÍNDICE MENSAL: disponível neste documento na página 9, o indicador compara a receita bruta mensal de revenda do mês de referência do índice com a receita bruta mensal obtida no mês anterior ao de referência, de forma a mensurar as variações entre os meses subseqüentes. As receitas utilizadas já são compatibilizadas, por meio de deflacionamento. O IPCA nacional, medido pelo IBGE, é o índice de preços adotado. Representação matemática = A/B * 100. A = receita deflacionada do mês de referência B = receita deflacionada do mês anterior ao de referência. As comparações trimestrais adotam o mesmo critério dos índices acima, onde a receita é a soma dos valores deflacionados no período considerado. 12

14 Metodologia - Evolução do emprego 1. VARIAÇÕES DA MÃO-DE-OBRA EMPREGADA NO COMÉRCIO VAREJISTA - ÍNDICE DE BASE FIXA MENSAL: disponível neste documento na página 14, o indicador compara a quantidade de empregados diretos do mês de referência do índice com a quantidade de empregados diretos observados no mês base de referência, que nesta pesquisa é janeiro de Representação matemática = A/B * 100. A = quantidade de empregados diretos do mês de referência. B = quantidade de empregados diretos do mês base de referência. 2. VARIAÇÕES DA MÃO-DE-OBRA EMPREGADA NO COMÉRCIO VAREJISTA - ÍNDICE MENSAL: disponível neste documento na página 15, a quantidade de empregados diretos do mês de referência do índice com a quantidade de empregados diretos observados no mês anterior ao de referência, de forma a mensurar as variações entre os meses subseqüentes.. Representação matemática = A/B * 100. A = quantidade de empregados diretos do mês de referência. B = quantidade de empregados diretos do mês anterior ao de referência. As comparações trimestrais adotam o mesmo critério dos índices acima, onde a quantidade de empregados diretos é a soma dos valores no período considerado. 13

15 Metodologia - Opções de pagamento 1. VARIAÇÕES DAS OPÇÕES DE PAGAMENTO NO COMÉRCIO VAREJISTA - ÍNDICE DE BASE FIXA MENSAL: Disponível neste documento na página 19, o indicador compara a receita bruta mensal de revenda do mês de referência do índice, por tipo de pagamento adotado, com a receita bruta mensal obtida no mês base de referência, que nesta pesquisa é janeiro de 2005, no mesmo tipo de pagamento adotado. As receitas utilizadas já são compatibilizadas, por meio de deflacionamento. O IPCA nacional, medido pelo IBGE, é o índice de preço adotado. Representação matemática = A/B * 100. A = receita deflacionada do mês de referência B = receita deflacionada do mês base de referência. 2. VARIAÇÕES DAS OPÇÕES DE PAGAMENTO NO COMÉRCIO - ÍNDICE MENSAL: disponível neste documento na página 19, o indicador compara a receita bruta mensal de revenda do mês de referência do índice, por tipo de pagamento adotado, com a receita bruta mensal obtida no mês anterior ao de referência, no mesmo tipo de pagamento adotado, de forma a mensurar as variações entre os meses subseqüentes. As receitas utilizadas já são compatibilizadas, por meio de deflacionamento. O IPCA nacional, medido pelo IBGE, é o índice de preços adotado. Representação matemática = A/B * 100. A = receita deflacionada do mês de referência B = receita deflacionada do mês anterior ao de referência. 2. REPRESENTATIVIDADE POR OPÇÃO DE PAGAMENTO - ÍNDICE MENSAL: disponível neste documento na página 20, o indicador mensura a representatividade que cada opção de pagamento alcançou no mês de referência. Com base nas receitas (bruta mensal) individuais, calcula-se a distribuição percentual de receita obtida por cada opção de pagamento. Representação matemática = Ai/B * 100. Ai = receita do mês de referência, obtida por cada opção de pagamento. B = Total de receita do mês de referência. 14

16 INSTITUTO FECOMÉRCIO Conselho Consultivo Presidente Adelmir Araújo Santana Conselho Deliberativo Efetivos: Adelmir Araújo Santana Presidente Diretora Operacional: Elizabet Garcia Campos SEBRAE/DF Jose Sobrinho Barros Presidente do Conselho Antônio Valdir Oliveira Filho - Diretor Superintendente Rodrigo de Oliveira Sá - Diretor Maria Eulalia Franco Diretora Equipe da Pesquisa: Estatístico Responsável: Radakian Maurity Sousa Lino Supervisora de Campo: Márcia Mudado Suassuna Técnico Informática: Júlio César Araújo de Avila Expediente 15

Pesquisa Conjuntural. Comércio Varejista do Distrito Federal

Pesquisa Conjuntural. Comércio Varejista do Distrito Federal Pesquisa Conjuntural Comércio Varejista do Distrito Federal Maio 2011 Aderente a Metodologia Nacional CNC/IBGE SCS Qd. 06 Ed. Jessé Freire, 6º Andar CEP: 70306-911 Brasília-DF - Fone: (61) 3962-2011 Fax:

Leia mais

Pesquisa Conjuntural. Comércio Varejista do Distrito Federal

Pesquisa Conjuntural. Comércio Varejista do Distrito Federal Pesquisa Conjuntural Comércio Varejista do Distrito Federal Setembro 2011 Aderente a Metodologia Nacional CNC/IBGE SCS Qd. 06 Ed. Jessé Freire, 6º Andar CEP: 70306-911 Brasília-DF - Fone: (61) 3962-2011

Leia mais

Pesquisa Conjuntural. Comércio Varejista do Distrito Federal

Pesquisa Conjuntural. Comércio Varejista do Distrito Federal Pesquisa Conjuntural Comércio Varejista do Distrito Federal Outubro 2010 Aderente a Metodologia Nacional CNC/IBGE SCS Qd. 06 Ed. Jessé Freire, 6º Andar CEP: 70306-911 Brasília-DF - Fone: (61) 3962-2011

Leia mais

Pesquisa Conjuntural Micro e Pequenas Empresas

Pesquisa Conjuntural Micro e Pequenas Empresas Pesquisa Conjuntural Micro e Pequenas Empresas e Varejo do Distrito Federal Janeiro e Fevereiro 2012 SCS Qd. 06 Ed. Jessé Freire, 6º Andar CEP: 70306-911 Brasília-DF - Fone: (61) 3962-2011 Fax: (61) 3962-2021

Leia mais

SCS Qd. 06 Ed. Jessé Freire, 5º Andar CEP: Brasília-DF - Fone: (61) Fax: (61)

SCS Qd. 06 Ed. Jessé Freire, 5º Andar CEP: Brasília-DF - Fone: (61) Fax: (61) SCS Qd. 06 Ed. Jessé Freire, 5º Andar CEP: 70306-911 Brasília-DF - Fone: (61) 3962-2016 Fax: (61) 3962-2021 pesquisas@fecomerciodf.com.br ÍNDICE EXPEDIENTE ---------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

EXPEDIENTE 3 1. APRESENTAÇÃO 4 2. AMOSTRA Distribuição Amostral por Setor X Segmento 5 3. RESUMO DOS INDICADORES 7

EXPEDIENTE 3 1. APRESENTAÇÃO 4 2. AMOSTRA Distribuição Amostral por Setor X Segmento 5 3. RESUMO DOS INDICADORES 7 SUMÁRIO EXPEDIENTE 3 1. APRESENTAÇÃO 4 2. AMOSTRA 5 2.1 Distribuição Amostral por Setor X Segmento 5 3. RESUMO DOS INDICADORES 7 3.1 Resumo dos Indicadores - Vendas X Emprego 8 3.2 Resumo dos Indicadores

Leia mais

EXPEDIENTE INSTITUTO FECOMÉRCIO/DF

EXPEDIENTE INSTITUTO FECOMÉRCIO/DF EXPEDIENTE INSTITUTO FECOMÉRCIO/DF Presidente Adelmir Araújo Santana Diretor Financeiro Paolo Orlando Piacesi Diretora Executiva Elizabet Garcia Campos Equipe de Pesquisa: Coordenação e Consultoria em

Leia mais

EXPEDIENTE INSTITUTO FECOMÉRCIO/DF

EXPEDIENTE INSTITUTO FECOMÉRCIO/DF EXPEDIENTE INSTITUTO FECOMÉRCIO/DF Presidente Adelmir Araújo Santana Diretor Financeiro Paolo Orlando Piacesi Diretora Executiva Elizabet Garcia Campos Equipe de Pesquisa: Coordenação e Consultoria em

Leia mais

PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO VAREJISTA E SERVIÇOS DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO DISTRITO FEDERAL

PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO VAREJISTA E SERVIÇOS DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO DISTRITO FEDERAL PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO VAREJISTA E SERVIÇOS DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO DISTRITO FEDERAL Setembro/2014 EXPEDIENTE INSTITUTO FECOMÉRCIO/DF Presidente Adelmir Araújo Santana Diretor Financeiro

Leia mais

EXPEDIENTE INSTITUTO FECOMÉRCIO/DF

EXPEDIENTE INSTITUTO FECOMÉRCIO/DF EXPEDIENTE INSTITUTO FECOMÉRCIO/DF Presidente Adelmir Araújo Santana Diretor Financeiro Paolo Orlando Piacesi Diretora Executiva Elizabet Garcia Campos Equipe de Pesquisa: Analista de Mercado e Consultora

Leia mais

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO MARINGÁ

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO MARINGÁ FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO ANÁLISE CONJUNTURAL DO MÊS DE ABRIL DE 2013 MARINGÁ Este relatório, referente ao mês de ABRIL de 2013, da Pesquisa Conjuntural do Comércio

Leia mais

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO MARINGÁ

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO MARINGÁ FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO ANÁLISE CONJUNTURAL DO MÊS DE MARÇO DE 2013 MARINGÁ Este relatório, referente ao mês de MARÇO de 2013, da Pesquisa Conjuntural do Comércio

Leia mais

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO PONTA GROSSA

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO PONTA GROSSA FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO ANÁLISE CONJUNTURAL DO MÊS DE JANEIRO DE 2013 PONTA GROSSA Este relatório, referente ao mês de JANEIRO de 2013, da Pesquisa Conjuntural

Leia mais

PESQUISA MENSAL DO COMERCIO VAREJISTA DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - JULHO

PESQUISA MENSAL DO COMERCIO VAREJISTA DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - JULHO PESQUISA MENSAL DO COMERCIO VAREJISTA DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - JULHO 2014 - Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico Coordenação de Campo: Roberto Guerra SUMÁRIO

Leia mais

EMPREGO E SALÁRIO DO COMERCIO VAREJISTA DE MACEIÓ (AL) - AGOSTO

EMPREGO E SALÁRIO DO COMERCIO VAREJISTA DE MACEIÓ (AL) - AGOSTO EMPREGO E SALÁRIO DO COMERCIO VAREJISTA DE MACEIÓ (AL) - AGOSTO 2010 - Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico AD HOC Revisão Técnica: José Varela Donato SUMÁRIO 1. RESULTADOS SINTÉTICOS

Leia mais

EMPREGO DO COMÉRCIO VAREJISTA AMPLIADO DO ESTADO DO CEARÁ (CE) - DEZEMBRO Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico

EMPREGO DO COMÉRCIO VAREJISTA AMPLIADO DO ESTADO DO CEARÁ (CE) - DEZEMBRO Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico EMPREGO DO COMÉRCIO VAREJISTA AMPLIADO DO ESTADO DO CEARÁ (CE) - DEZEMBRO 2016 - Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico SUMÁRIO 1. RESULTADOS SINTÉTICOS DA PESQUISA... 3 Ilustração

Leia mais

agosto / 2009 Informática tem destaque significativo em agosto

agosto / 2009 Informática tem destaque significativo em agosto agosto / 2009 Informática tem destaque significativo em agosto As vendas do comércio varejista de Joinville no ano de 2009 estão 2,10% superiores às vendas do mesmo período do ano passado. De fato, os

Leia mais

Comércio registra bom desempenho em agosto

Comércio registra bom desempenho em agosto Pesquisa Conjuntural do COMÉRCIO Nº 149 ANO 13 SETEMBRO - mês base AGOSTO 2013 CURITIBA E REGIÃO METROPOLITANA, LONDRINA, MARINGÁ, REGIÃO OESTE, FOZ DO IGUAÇU, PONTA GROSSA, REGIÃO SUDOESTE, PARANAGUÁ

Leia mais

Comércio paranaense reage em julho

Comércio paranaense reage em julho PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO Nº 148 ANO 13 AGOSTO - mês base JULHO 2013 CURITIBA E REGIÃO METROPOLITANA, LONDRINA, MARINGÁ, REGIÃO OESTE, FOZ DO IGUAÇU, PONTA GROSSA, REGIÃO SUDOESTE, PARANAGUÁ E REGIÃO

Leia mais

Pesquisa Mensal de Comércio - PMC

Pesquisa Mensal de Comércio - PMC Pesquisa Mensal de Comércio - PMC Resultado de julho de 2017 12/09/2017 Diretoria de Pesquisas Coordenação de Serviços e Comércio Pesquisa Mensal do Comércio Objetivo Produzir indicadores que permitam

Leia mais

Expectativa de Vendas para o Natal 2011

Expectativa de Vendas para o Natal 2011 Expectativa de Vendas para o Natal 2011 Brasília, Outubro de 2011. 1. ÍNDICE Apresentação...4 A expectativa de vendas para o Natal 2010...5 Tabela 1 Estimativa de variação no faturamento de vendas para

Leia mais

Pesquisa mensal de comércio Junho de 2012 IBGE

Pesquisa mensal de comércio Junho de 2012 IBGE Pesquisa mensal de comércio Junho de 212 IBGE PMC Varejo restrito e ampliado Sumário Varejo Restrito - Receita nominal - Volume de vendas (Deflação da receita bruta com o IPCA e SINAPI) Varejo Ampliado

Leia mais

Resultados de Maio 2017

Resultados de Maio 2017 Diretoria de Pesquisas Coordenação de Serviços e Comércio - COSEC Pesquisa Mensal de Comércio - PMC Resultados de o 2017 Data 12/07/2017 Objetivo Pesquisa Mensal do Comércio Produzir indicadores que permitam

Leia mais

DIA DA CRIANÇA. Pesquisa sobre Expectativa de Vendas do Comércio Varejista do Distrito Federal. Brasília Setembro. etembro/20

DIA DA CRIANÇA. Pesquisa sobre Expectativa de Vendas do Comércio Varejista do Distrito Federal. Brasília Setembro. etembro/20 DIA DA CRIANÇA Pesquisa sobre Expectativa de Vendas do Comércio Varejista do Distrito Federal Brasília Setembro etembro/20 2013 Índice Expediente... 3 1 - Apresentação... 4 2 - Amostra... 5 3 - Expectativa

Leia mais

Dia das mães influencia positivamente o comércio no mês de maio

Dia das mães influencia positivamente o comércio no mês de maio Pesquisa Conjuntural do COMÉRCIO Nº 146 ANO 13 JUNHO - mês base MAIO 2013 CURITIBA E REGIÃO METROPOLITANA, LONDRINA, MARINGÁ, REGIÃO OESTE, FOZ DO IGUAÇU, PONTA GROSSA, REGIÃO SUDOESTE, PARANAGUÁ E REGIÃO

Leia mais

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO LONDRINA

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO LONDRINA FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO ANÁLISE CONJUNTURAL DO MÊS DE JANEIRO DE 2014 LONDRINA Este relatório, referente ao mês de Janeiro de 2014, da Pesquisa Conjuntural do Comércio

Leia mais

Relatório Resultado de vendas Páscoa

Relatório Resultado de vendas Páscoa Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Relatório Resultado de vendas Páscoa Panorama do movimento na economia durante a Páscoa 2010 Divisão de Planejamento Núcleo de Pesquisa FECOMÉRCIO SC PESQUISA

Leia mais

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO ESTADO DA BAHIA

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO ESTADO DA BAHIA FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO ESTADO DA BAHIA Junho de 2015 1. PCCV - PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO VAREJISTA BAHIA 1.1 RESULTADOS: 1.1.1 GERAL DO ESTADO DA BAHIA Região: Estado da Bahia Mês: junho de 2015

Leia mais

Comércio Varejista Resultados de Junho de 2012

Comércio Varejista Resultados de Junho de 2012 Comércio Varejista Resultados de Junho de 2012 1. No mês de Junho, o comércio varejista cresceu 1,5% no volume de vendas e 1,9% no faturamento (receita nominal), em relação a Maio. No comparativo com Junho

Leia mais

Dia dos Pais Expectativa de Vendas do Comércio Varejista do Distrito Federal

Dia dos Pais Expectativa de Vendas do Comércio Varejista do Distrito Federal Dia dos Pais 2013 Expectativa de Vendas do Comércio Varejista do Distrito Federal Brasília Julho de 2013 SUMÁRIO Expediente... 3 1.Apresentação... 4 2. Expectativa de Vendas... 5 3. Variação nos Estoques...

Leia mais

EM % Média : 3,8% Média : 2,7% FONTE: IBGE ELABORAÇÃO: BRADESCO

EM % Média : 3,8% Média : 2,7% FONTE: IBGE ELABORAÇÃO: BRADESCO PIB 1984 1985 1986 1987 1988 1989 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015* Fonte: IBGE e IPEA CRESCIMENTO Elaboração

Leia mais

VARIAÇÃO ANUAL DO PIB BRASILEIRO (%)

VARIAÇÃO ANUAL DO PIB BRASILEIRO (%) PIB 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 VARIAÇÃO ANUAL DO PIB BRASILEIRO (%) 9.0 8.0 7.6 7.0 6.0 5.0 4.0 3.0 2.0 1.0-1.0 4.4 1.3 3.1 1.2 5.7 3.1 4.0 6.0

Leia mais

CRESCIMENTO DO PIB BRASILEIRO

CRESCIMENTO DO PIB BRASILEIRO PIB 1984 1985 1986 1987 1988 1989 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015* Fonte: IBGE e IPEA CRESCIMENTO DO PIB

Leia mais

Pesquisa Mensal de Comércio - PMC

Pesquisa Mensal de Comércio - PMC Diretoria de Pesquisas Coordenação de Serviços e Comércio - COSEC Pesquisa Mensal de Comércio - PMC Resultados de eiro 2017 Data 30/03/2017 Objetivo PESQUISA MENSAL DO COMÉRCIO Produzir indicadores que

Leia mais

PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO

PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO CENTRO DE P E S Q U I S A PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO DEZEMBRO/2010 RELATÓRIO MENSAL DA PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO VAREJISTA DA RMR, ANO IX - Nº 103 Um grande ano para o comércio varejista da

Leia mais

PIB BRASILEIRO (variação anual, %)

PIB BRASILEIRO (variação anual, %) PIB PIB BRASILEIRO (variação anual, %) 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 7.5 7.0 5.0 3.0 1.0 4.4 1.4 3.1 1.1 5.8 3.2 4.0 6.1 5.1 4.0 1.9 3.0

Leia mais

DO COMÉRCIO. Varejo da RMR cresce 4% no trimestre em meio à desaceleração das vendas PESQUISA CONJUNTURAL. Pontos a destacar PROGNÓSTICO

DO COMÉRCIO. Varejo da RMR cresce 4% no trimestre em meio à desaceleração das vendas PESQUISA CONJUNTURAL. Pontos a destacar PROGNÓSTICO CENTRO DE PESQUISA DO COMÉRCIO RELATÓRIO MENSAL DA PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO VAREJISTA DA RMR, ANO IX - Nº 106 Varejo da RMR cresce 4% no trimestre em meio à desaceleração das vendas Pontos a destacar

Leia mais

COMÉRCIO REDUZ INTENÇÃO DE INVESTIMENTOS EM ESTOQUES EM JANEIRO DE 2017

COMÉRCIO REDUZ INTENÇÃO DE INVESTIMENTOS EM ESTOQUES EM JANEIRO DE 2017 Divisão Econômica COMÉRCIO REDUZ INTENÇÃO DE INVESTIMENTOS EM ESTOQUES EM JANEIRO DE 2017 Parcela significativa dos varejistas de produtos semiduráveis (25%) e pequenos comerciantes (29,8%) consideram

Leia mais

VARIAÇÃO ANUAL DO PIB BRASILEIRO (%)

VARIAÇÃO ANUAL DO PIB BRASILEIRO (%) PIB 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 VARIAÇÃO ANUAL DO PIB BRASILEIRO (%) 7.5 7.0 5.0 3.0 1.0 4.4 1.4 3.1 1.1 5.8 3.2 4.0 6.1 5.1 3.9 1.9 3.0

Leia mais

1. PCCV - PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO VAREJISTA BAHIA 1.1 RESULTADOS:

1. PCCV - PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO VAREJISTA BAHIA 1.1 RESULTADOS: 1. PCCV - PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO VAREJISTA BAHIA 1.1 RESULTADOS: 1.1.1 GERAL DO ESTADO DA BAHIA Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista - Estado da Bahia Relatório mensal de faturamento real

Leia mais

EXPEDIENTE INSTITUTO FECOMÉRCIO/DF

EXPEDIENTE INSTITUTO FECOMÉRCIO/DF SUMÁRIO Expediente... 3 1. Identificação da Pesquisa... 4 2. Apresentação... 4 3. Perfil do Consumidor... 6 3.1 Faixa Etária... 6 3.2 Faixa de Renda... 7 3.3 Escolaridade... 8 3.4 Local de moradia... 9

Leia mais

Vendas do varejo caem 0,5% entre julho e agosto 11/10/2017

Vendas do varejo caem 0,5% entre julho e agosto 11/10/2017 Vendas do varejo caem 0,5% entre julho e agosto 11/10/2017 Editoria: Estatísticas Econômicas Produto: Em agosto de 2017, o volume de vendas do comércio varejista nacional recuou 0,5%, enquanto a receita

Leia mais

Comércio em Números. Brasil. meses.

Comércio em Números. Brasil. meses. Belo Horizonte MG Dezembro de 2015 O é um acompanhamento sistemático das estatísticas econômicas. Trata-se de um estudo que busca acompanhar o comportamento das variáveis de desempenho do consumo e das

Leia mais

RESULTADOS DAS PESQUISAS PIM-PF E PMC DO IBGE 1

RESULTADOS DAS PESQUISAS PIM-PF E PMC DO IBGE 1 RESULTADOS DAS PESQUISAS PIM-PF E PMC DO IBGE 1 Produção Industrial Mensal Produção Física: Março de 2012 Os indicadores da Pesquisa Industrial Mensal Produção Física PIM-PF, referentes ao mês de março

Leia mais

Comércio em Números. Brasil. meses.

Comércio em Números. Brasil. meses. Belo Horizonte MG Novembro de 2016 O é um acompanhamento sistemático das estatísticas econômicas. Trata-se de um estudo que busca acompanhar o comportamento das variáveis de desempenho do consumo e das

Leia mais

INTENÇÃO DE INVESTIR DOS COMERCIANTES CRESCE COM PERSPECTIVA DE AUMENTO NO VOLUME DE VENDAS NO NATAL

INTENÇÃO DE INVESTIR DOS COMERCIANTES CRESCE COM PERSPECTIVA DE AUMENTO NO VOLUME DE VENDAS NO NATAL INTENÇÃO DE INVESTIR DOS COMERCIANTES CRESCE COM PERSPECTIVA DE AUMENTO NO VOLUME DE VENDAS NO NATAL O de Confiança do Empresário do Comércio (Icec) registrou aumento (+0,3%) na passagem de setembro para

Leia mais

Agosto Divulgado em 15 de setembro de 2015.

Agosto Divulgado em 15 de setembro de 2015. Agosto - 2015 Divulgado em 15 de setembro de 2015. ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 2,8% PARA O VAREJO EM AGOSTO Indicador considera a receita de vendas do varejo deflacionada pelo IPCA em comparação com agosto

Leia mais

Comércio Eletrônico 2013 Empresários

Comércio Eletrônico 2013 Empresários Comércio Eletrônico 2013 Empresários Diagnóstico das Características do Comércio Eletrônico no Distrito Federal Maio de 2013 Brasília/DF EXPEDIENTE INSTITUTO FECOMÉRCIO/DF Presidente Adelmir Araújo Santana

Leia mais

Comércio varejista apresenta alta de 0,5% nas vendas em setembro. Índice de volume de vendas no comércio varejista (%)

Comércio varejista apresenta alta de 0,5% nas vendas em setembro. Índice de volume de vendas no comércio varejista (%) Setembro/17 Comércio varejista apresenta alta de,5% nas vendas em setembro O IBGE divulgou hoje (1/11) os dados do comércio varejista, o PMC. De acordo com o IBGE, o comércio varejista teve um aumento

Leia mais

Vendas do comércio varejista caem 0,5% em Agosto

Vendas do comércio varejista caem 0,5% em Agosto Vendas do comércio varejista caem 0,5% em Agosto Os dados referentes ao mês de agosto em comparação com o mês anterior com ajuste sazonal, apresentou uma queda de -0,5% no volume de vendas do comércio

Leia mais

VAREJO AMPLIADO TEM RETRAÇÃO DE 1,9% EM MARÇO, APONTA ICVA

VAREJO AMPLIADO TEM RETRAÇÃO DE 1,9% EM MARÇO, APONTA ICVA CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado VAREJO AMPLIADO TEM RETRAÇÃO DE 1,9% EM MARÇO, APONTA ICVA Mês de março apresentou a menor queda de vendas desde julho de 2015 Crescimento da

Leia mais

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento

Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento Janeiro de 2008 Apresentado por Fernando Chacon Diretor de Marketing de Cartões do Banco Itaú 1 Mercado de Cartões Faturamento anual: R$ bilhões

Leia mais

ÍNDICE 1. ANÁLISE DAS VENDAS EM DEZEMBRO NO ESTADO DE SÃO PAULO ANÁLISE DAS VENDAS NA CAPITAL PAULISTA... 8

ÍNDICE 1. ANÁLISE DAS VENDAS EM DEZEMBRO NO ESTADO DE SÃO PAULO ANÁLISE DAS VENDAS NA CAPITAL PAULISTA... 8 DEZEMBRO DE 2016 ÍNDICE 1. ANÁLISE DAS VENDAS EM DEZEMBRO NO ESTADO DE SÃO PAULO... 3 2. ANÁLISE DAS VENDAS NA CAPITAL PAULISTA... 8 3. REGIÕES DO ESTADO EM DESTAQUE (Exceto Capital)... 11 3.1. REGIÕES

Leia mais

Junho Divulgado em 17 de julho de 2017

Junho Divulgado em 17 de julho de 2017 Junho - 2017 Divulgado em 17 de julho de 2017 ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 0,1% PARA O VAREJO EM JUNHO Receita de vendas no varejo apresenta a menor queda desde julho de 2015; indicador, calculado pela Cielo,

Leia mais

ANÁLISE DO VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA - JULHO/2015

ANÁLISE DO VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA - JULHO/2015 ANÁLISE DO VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA - JULHO/2015 O COMÉRCIO VAREJISTA NO BRASIL CONTINUA EM QUEDA A Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Leia mais

Maio Divulgado em 16 de junho de 2015.

Maio Divulgado em 16 de junho de 2015. Maio - 2015 Divulgado em 16 de junho de 2015. VAREJO AMPLIADO CRESCE 0,4% EM MAIO, APONTA ICVA Percentual é calculado a partir da receita de vendas deflacionada pelo IPCA em comparação com maio de 2014;

Leia mais

Produto Interno Bruto Estado de São Paulo Fevereiro de 2016

Produto Interno Bruto Estado de São Paulo Fevereiro de 2016 Produto Interno Bruto Estado de São Paulo Fevereiro de 2016 Diretoria Adjunta de Análise e Disseminação de Informações Gerência de Indicadores Econômicos Em fevereiro de 2016, no acumulado de 12 meses,

Leia mais

ANÁLISE MENSAL - PMC

ANÁLISE MENSAL - PMC ANÁLISE MENSAL - PMC Janeiro/ 2016 Varejo inicia o ano com recuo de -1,5% O Varejo brasileiro inicia o ano de 2016 dando continuidade à tendência de queda no volume de vendas com o primeiro mês do ano

Leia mais

Dias das Mães SCS Qd. 06 Ed. Jessé Freire, 6º Andar CEP: Brasília-DF - Fone: (61) Fax: (61)

Dias das Mães SCS Qd. 06 Ed. Jessé Freire, 6º Andar CEP: Brasília-DF - Fone: (61) Fax: (61) Dias das Mães 2010 Expectativa de Vendas do Comércio de Varejo do Distrito Federal Brasília, Abril de 2010. 1. ÍNDICE Apresentação...4 Expectativa de Vendas...5 Variação nos Estoques...8 Estratégias para

Leia mais

Setembro Divulgado em 15 de outubro de 2015.

Setembro Divulgado em 15 de outubro de 2015. Setembro - 2015 Divulgado em 15 de outubro de 2015. ICVA APONTA RETRAÇÃO DE 3,4% PARA O VAREJO EM SETEMBRO Indicador considera a receita de vendas do varejo deflacionada pelo IPCA em comparação com setembro

Leia mais

COMENTÁRIOS comércio varejista comércio varejista ampliado

COMENTÁRIOS comércio varejista comércio varejista ampliado COMENTÁRIOS Em junho de 2015, o comércio varejista nacional registrou variação de -0,4% no volume de vendas frente ao mês imediatamente anterior, na série livre de influências sazonais, quinta taxa negativa

Leia mais

Desempenho das Vendas e o Impacto na geração de emprego na RMSP

Desempenho das Vendas e o Impacto na geração de emprego na RMSP Desempenho das Vendas e o Impacto na geração de emprego na RMSP Varejo Estado de SP- 1 Semestre Em junho, o comércio varejista do estado de São Paulo registrou expressiva queda de 7,2% em comparação ao

Leia mais

ANÁLISE MENSAL - PMC

ANÁLISE MENSAL - PMC ANÁLISE MENSAL - PMC Novembro / 2016 Varejo cresce 2,0% em novembro Segundo a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) do IBGE, o volume das vendas do Varejo brasileiro voltou a ficar positivo em novembro de

Leia mais

BOLETIM AC-VAREJO RA 08

BOLETIM AC-VAREJO RA 08 BOLETIM AC-VAREJO RA 08 O Instituto de Economia Gastão Vidigal (IEGV) da ACSP passará a divulgar mensalmente índices de faturamento (receita nominal) e de volume de vendas (receita real, deflacionada pelo

Leia mais

Junho Divulgado em 15 de julho de 2015.

Junho Divulgado em 15 de julho de 2015. Junho - 2015 Divulgado em 15 de julho de 2015. ICVA REGISTRA CRESCIMENTO DE 1,9% PARA O VAREJO EM JUNHO O indicador é calculado a partir da receita de vendas do comércio varejista deflacionada pelo IPCA

Leia mais

SONDAGEM DO SETOR COMÉRCIO. Março.2015

SONDAGEM DO SETOR COMÉRCIO. Março.2015 SONDAGEM DO SETOR COMÉRCIO Março.2015 RESULTADOS DA PESQUISA Empresas informantes: 1.215 Pessoal Ocupado: 130 Mil Período de coleta: 03/03/15 a 24/03/15 ÍNDICE DE CONFIANÇA DO COMÉRCIO (ICOM) Trimestre

Leia mais

SAQUES NAS CONTAS DO FGTS JÁ INJETARAM R$ 7,2 BI NO VAREJO

SAQUES NAS CONTAS DO FGTS JÁ INJETARAM R$ 7,2 BI NO VAREJO SAQUES NAS CONTAS DO FGTS JÁ INJETARAM R$ 7,2 BI NO VAREJO Do total de R$ 16,6 bilhões sacados das contas inativas entre março e abril deste ano, 43% chegaram ao varejo. De acordo com levantamento da Confederação

Leia mais

Dia dos Namorados 2010

Dia dos Namorados 2010 Dia dos Namorados 2010 Expectativa de Vendas do Comércio de Varejo do Distrito Federal Brasília, Maio de 2010. 1. ÍNDICE Apresentação...4 Expectativa de Vendas...5 Variação nos Estoques...7 Estratégias

Leia mais

Abril Divulgado em 16 de maio de 2016.

Abril Divulgado em 16 de maio de 2016. Abril - 2016 Divulgado em 16 de maio de 2016. VAREJO REGISTRA RETRAÇÃO DE 5,2% EM ABRIL, APONTA ICVA Indicador considera a receita deflacionada de vendas do varejo em relação a abril de 2015. Descontados

Leia mais

Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Relatório de Resultado de vendas Dia das Mães

Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Relatório de Resultado de vendas Dia das Mães Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Relatório de Resultado de vendas Dia das Mães Panorama do movimento na economia durante o Dia das Mães no Município de Criciúma Divisão de Planejamento

Leia mais

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO LONDRINA

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO LONDRINA FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ PESQUISA CONJUNTURAL DO COMÉRCIO ANÁLISE CONJUNTURAL DO MÊS DE NOVEMBRO DE 2013 LONDRINA Este relatório, referente ao mês de Novembro de 2013, da Pesquisa Conjuntural do

Leia mais

Uma Avaliação das Vendas ao Comércio Varejista de Livros, Jornais, Revistas e Papelaria no Brasil, no Primeiro Quadrimestre de 2007

Uma Avaliação das Vendas ao Comércio Varejista de Livros, Jornais, Revistas e Papelaria no Brasil, no Primeiro Quadrimestre de 2007 Uma Avaliação das Vendas ao Comércio Varejista de Livros, Jornais, Revistas e Papelaria no Brasil, no Primeiro Quadrimestre de 2007 ANÁLISE NACIONAL De acordo com a PMC- Pesquisa mensal do comércio, do

Leia mais

Boletim de Conjuntura Econômica de Goiás N.39/Jul.2013

Boletim de Conjuntura Econômica de Goiás N.39/Jul.2013 Segue abaixo uma breve explicação sobre os indicadores analisados neste Boletim. Produção Industrial Mensal Produção Física (PIM-PF) A dinâmica da atividade econômica de uma região pode ser aferida de

Leia mais

ÍNDICE. 1. Desempenho Estadual Desempenho por Atividade Desempenho por Região Melhores e Piores Regiões...

ÍNDICE. 1. Desempenho Estadual Desempenho por Atividade Desempenho por Região Melhores e Piores Regiões... SETEMBRO DE 2016 ÍNDICE 1. Desempenho Estadual... 3 2. Desempenho por Atividade... 7 3. Desempenho por Região... 9 3.1. Melhores e Piores Regiões... 10 4. Conclusão... 13 5. Nota Metodológica... 14 1.

Leia mais

Outubro Divulgado em 16 de novembro de 2015.

Outubro Divulgado em 16 de novembro de 2015. Outubro - 2015 Divulgado em 16 de novembro de 2015. ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 3,3% NO VAREJO EM OUTUBRO Indicador considera a receita de vendas do varejo deflacionada pelo IPCA em relação a outubro de

Leia mais

Coordenação e Consultoria em Pesquisa Andréa Antinoro Selos Serviços de Excelência, Logística e Organização Social

Coordenação e Consultoria em Pesquisa Andréa Antinoro Selos Serviços de Excelência, Logística e Organização Social SUMÁRIO Expediente... 2 Apresentação... 3 1. Distribuição da Amostra... 4 2. Expectativa de Vendas... 6 3. Variação de Estoques... 8 4. Estratégias de Vendas... 10 5. Variações de Preço do Produto... 12

Leia mais

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista A Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista de Belo Horizonte, realizada pela área de do Sistema Fecomércio MG mostra o desempenho dos negócios do comércio varejista no mês anterior e identifica a percepção

Leia mais

ÍNDICE. 1. Desempenho Estadual Desempenho por Atividade Desempenho por Região Melhores e Piores Regiões...

ÍNDICE. 1. Desempenho Estadual Desempenho por Atividade Desempenho por Região Melhores e Piores Regiões... OUTUBRO DE 2016 ÍNDICE 1. Desempenho Estadual... 3 2. Desempenho por Atividade... 7 3. Desempenho por Região... 10 3.1. Melhores e Piores Regiões... 13 4. Conclusão... 15 5. Nota Metodológica... 16 1.

Leia mais

NOTA EXPLICATIVA SOBRE A MUDANÇA NO MÊS DE REFERÊNCIA DOS INDICADORES

NOTA EXPLICATIVA SOBRE A MUDANÇA NO MÊS DE REFERÊNCIA DOS INDICADORES NOTA EXPLICATIVA SOBRE A MUDANÇA NO MÊS DE REFERÊNCIA DOS INDICADORES Para melhorar a leitura do indicador, desde maio/14 os dados são tratados como sendo do mês anterior à divulgação, e não como do mês

Leia mais

Coordenação de Serviços e Comércio COSEC 07/2017

Coordenação de Serviços e Comércio COSEC 07/2017 Coordenação de Serviços e Comércio COSEC 07/2017 Pesquisa Anual de Comércio PAC 2015 Sumário Objetivos da PAC Segmentos e classes de atividade Aspectos metodológicos Principais resultados Objetivos da

Leia mais

Resultado Agregado. ASSESSORIA ECONÔMICA DO SISTEMA FECOMÉRCIO-RS - Fone: (51) de Junho de 2015

Resultado Agregado. ASSESSORIA ECONÔMICA DO SISTEMA FECOMÉRCIO-RS - Fone: (51) de Junho de 2015 01 de Junho de 2015 Resultado Agregado Índice de Vendas do Comércio Abril 2015 IVC IVA IVV Real Nominal Real Nominal Real Nominal Mensal -7,2-3,0-7,4-5,0-7,0-0,8 Acumulado no Ano -5,8-0,8-5,3-1,7-6,3 0,1

Leia mais

COMÉRCIO VAREJISTA JUNHO DE 2017

COMÉRCIO VAREJISTA JUNHO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

VAREJO AMPLIADO CRESCE 1,1% EM ABRIL, APONTA ICVA

VAREJO AMPLIADO CRESCE 1,1% EM ABRIL, APONTA ICVA CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado VAREJO AMPLIADO CRESCE 1,1% EM ABRIL, APONTA ICVA Indicador considera a receita de vendas deflacionada pelo IPCA em comparação com abril de 2014;

Leia mais

Março Divulgado em 14 de abril de 2015.

Março Divulgado em 14 de abril de 2015. Março - 2015 Divulgado em 14 de abril de 2015. VAREJO AMPLIADO CRESCE 3,3% EM MARÇO, APONTA ICVA O comércio varejista brasileiro apresentou alta de 3,3% em março em relação ao mesmo período do ano passado,

Leia mais

Fevereiro Divulgado em 15 de março de 2016.

Fevereiro Divulgado em 15 de março de 2016. Fevereiro - 2016 Divulgado em 15 de março de 2016. ICVA: BENEFICIADO PELO CALENDÁRIO, VAREJO AMPLIADO REGISTRA RETRAÇÃO DE 3,4% EM FEVEREIRO Indicador considera a receita deflacionada de vendas do varejo

Leia mais

SAQUES NAS CONTAS DO FGTS INJETARAM R$ 10,8 BI NO VAREJO

SAQUES NAS CONTAS DO FGTS INJETARAM R$ 10,8 BI NO VAREJO SAQUES NAS CONTAS DO FGTS INJETARAM R$ 10,8 BI NO VAREJO Do total de R$ 44 bilhões sacados das contas inativas entre março e julho deste ano, 25% chegaram ao varejo. De acordo com levantamento da Confederação

Leia mais

Análise Mensal - PMC

Análise Mensal - PMC Análise Mensal - PMC Julho / 2016 Varejo tem pior julho da série histórica Segundo a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) do IBGE, o volume das vendas do Varejo brasileiro voltou a ficar no negativo no mês

Leia mais

ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 4,8% PARA O VAREJO EM 2016

ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 4,8% PARA O VAREJO EM 2016 CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 4,8% PARA O VAREJO EM 2016 Indicador considera a receita deflacionada de vendas do varejo em relação ao ano de 2015.

Leia mais

Análise do Comércio Varejista - Maio Área de Estudos Econômicos

Análise do Comércio Varejista - Maio Área de Estudos Econômicos Análise do Comércio Varejista - Maio 2017 Área de Estudos Econômicos Análise do Comércio Varejista Conhecer o desenvolvimento do comércio e as suas expectativas é importante para auxiliar o planejamento

Leia mais

COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2016

COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

Páscoa Expectativa de Vendas do Comércio de Varejo do Distrito Federal. Brasília, Março de 2011.

Páscoa Expectativa de Vendas do Comércio de Varejo do Distrito Federal. Brasília, Março de 2011. Páscoa 2011 Expectativa de Vendas do Comércio de Varejo do Distrito Federal Brasília, Março de 2011. SCS Qd. 06 Ed. Jessé Freire, 6º Andar CEP: 70306-911 Brasília-DF - Fone: (61) 3962-2011 Fax: (61) 3962-2021

Leia mais

ÍNDICES DE PREÇOS DO COMÉRCIO DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - DEZEMBRO

ÍNDICES DE PREÇOS DO COMÉRCIO DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - DEZEMBRO Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico ÍNDICES DE PREÇOS DO COMÉRCIO DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - DEZEMBRO 2016 - SUMÁRIO 1. RESULTADOS SINTÉTICOS DA PESQUISA...

Leia mais

ÍNDICES DE PREÇOS DO COMÉRCIO DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - OUTUBRO

ÍNDICES DE PREÇOS DO COMÉRCIO DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - OUTUBRO Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico ÍNDICES DE PREÇOS DO COMÉRCIO DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - OUTUBRO 2016 - SUMÁRIO 1. RESULTADOS SINTÉTICOS DA PESQUISA... 2

Leia mais

Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico ÍNDICES DE PREÇOS DO COMÉRCIO DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - JULHO

Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico ÍNDICES DE PREÇOS DO COMÉRCIO DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - JULHO Elaboração: Francisco Estevam Martins de Oliveira, Estatístico ÍNDICES DE PREÇOS DO COMÉRCIO DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA (CE) - JULHO 2017 - SUMÁRIO 1. RESULTADOS SINTÉTICOS DA PESQUISA...2 Ilustração

Leia mais

Análise do Comércio Varejista - Março Área de Estudos Econômicos

Análise do Comércio Varejista - Março Área de Estudos Econômicos Análise do Comércio Varejista - Março 2017 Área de Estudos Econômicos Análise do Comércio Varejista Conhecer o desenvolvimento do comércio e as suas expectativas é importante para auxiliar o planejamento

Leia mais

Março Divulgado em 14 de abril de 2016.

Março Divulgado em 14 de abril de 2016. Março - 2016 Divulgado em 14 de abril de 2016. ICVA REGISTRA RETRAÇÃO DE 5,8% PARA O VAREJO EM MARÇO Indicador considera a receita deflacionada de vendas do varejo em relação a março de 2015. Sem os efeitos

Leia mais

ÍNDICE 1. ANÁLISE DAS VENDAS EM JUNHO NO ESTADO DE SÃO PAULO ANÁLISE DAS VENDAS NA CAPITAL PAULISTA... 9

ÍNDICE 1. ANÁLISE DAS VENDAS EM JUNHO NO ESTADO DE SÃO PAULO ANÁLISE DAS VENDAS NA CAPITAL PAULISTA... 9 JUNHO DE 2016 ÍNDICE 1. ANÁLISE DAS VENDAS EM JUNHO NO ESTADO DE SÃO PAULO... 3 2. ANÁLISE DAS VENDAS NA CAPITAL PAULISTA... 9 3. REGIÕES DO ESTADO EM DESTAQUE (Exceto Capital)... 12 3.1. REGIÕES COM RESULTADOS

Leia mais

PESP PESQUISA DE EMPREGO NO COMÉRCIO VAREJISTA DE SÃO PAULO

PESP PESQUISA DE EMPREGO NO COMÉRCIO VAREJISTA DE SÃO PAULO PESP PESQUISA DE EMPREGO NO COMÉRCIO VAREJISTA DE SÃO PAULO JULHO DE 2016 ÍNDICE 1. Desempenho Estadual... 3 2. Desempenho por Atividade... 7 3. Desempenho por Região... 9 3.1. Melhores e Piores Regiões...

Leia mais

Dezembro e consolidado 2015

Dezembro e consolidado 2015 Dezembro e consolidado 2015 Divulgado em 14 de janeiro de 2016. VAREJO REGISTRA RETRAÇÃO DE 1,4% EM 2015, APONTA ICVA Indicador considera a receita deflacionada de vendas do varejo em relação a 2014. Em

Leia mais

VAREJO AMPLIADO CRESCE 0,4% EM MAIO, APONTA ICVA

VAREJO AMPLIADO CRESCE 0,4% EM MAIO, APONTA ICVA CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado VAREJO AMPLIADO CRESCE 0,4% EM MAIO, APONTA ICVA Percentual é calculado a partir da receita de vendas deflacionada pelo IPCA em comparação com

Leia mais