ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CAPACETE DE SEGURANÇA E.P.I. ACS Nº 0056 VISTA LATERAL DO CAPACETE DE SEGURANÇA VISTA INTERNA DO CAPACETE DE SEGURANÇA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CAPACETE DE SEGURANÇA E.P.I. ACS Nº 0056 VISTA LATERAL DO CAPACETE DE SEGURANÇA VISTA INTERNA DO CAPACETE DE SEGURANÇA"

Transcrição

1 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CAPACETE DE SEGURANÇA E.P.I. ACS Nº 0056 VISTA LATERAL DO CAPACETE DE SEGURANÇA VISTA INTERNA DO CAPACETE DE SEGURANÇA

2 VISTA FRONTAL DO CAPACETE DE SEGURANÇA 1 - APLICAÇÃO: Produto desenvolvido de forma a garantir características físicas e de desempenho, proporcionando proteção da cabeça do usuário, contra os impactos e agentes ofensores no uso industrial; Principais características construtivas: Produto do Tipo II Capacete equipado com Aba Frontal Classe B Capacete para uso geral, inclusive para trabalhos com energia elétrica. Produto atende Requisitos especificados na Norma ABNT NBR 8221: Equipamento Proteção Individual Capacete de Segurança para Uso na Indústria Especificação e Métodos de Ensaios; 2 - MONTAGEM E FORMAÇÃO / MATERIAL: CASCO: Componente Fabricado em Material Polimérico, alternativamente nas matérias primas: ABS: Acrilonitrila Butadieno Estireno; PEAD: Polietileno de Alta Densidade; PP: Polipropileno; Cores alternativas para fornecimento: Branca, Azul e Amarela;, Apresenta nas duas laterais, dispositivos para a fixação de Acessórios Opcionais CINTA: Componente fabricado em Polipropileno PP desenvolvido de forma a atuar como uma armação interna do capacete; proporcionando assim acomodação e fixação na cabeça do usuário TIRA ABSORVENTE DE SUOR: Componente fabricado em Vinil Microperfurado / PVC Revestimento de espuma de Poliuretano. Aplicada na parte frontal da CINTA, desenvolvida de forma a proporcionar contato e proteção à pele do usuário, sem causar problemas de ordem dermatológica. Tetaada e aprovada nos ensaio de Irritabilidade Dérmica Primária e Cumulativa conforme a ABNT Determinação de Irritabilidade Dérmica Primária e Cumulativa; TIRA DE NUCA: Componente fabricado em Espuma PU + Revestimento de PVC adesivado Colada na superfície interna do componente SUPORTE Tipo 1, desenvolvida para auxiliar a fixação e acomodação do Capacete na parte traseira da cabeça do usuário; SUPORTE Tipo 1: Componente fabricado em Material Polimérico PP Polipropileno, projetado para atuar na parte traseira do componente CINTA, de forma à atuar no ajuste e travamento da CINTA em torno da cabeça do usuário; SUPORTE Tipo 2: Componente fabricado em Material Polimérico PP Polipropileno, projetado para atuar encaixado ao componente SUPORTE Tipo 1; para proporcionar ajuste e travamento da CINTA em torno da cabeça do usuário; CATRACA: Componente fabricado em Nylon, projetado para atuar de forma fixa à superfície do componente SUPORTE Tipo 2, de forma à atuar no ciclo de ajuste e travamento da CINTA; MANOPLA: Componente fabricado em Nylon, projetado para atuar acoplado à superfície do componente CATRACA, de forma à proporcionar o ciclo de ajuste e travamento da CINTA; TAMPA: Componente fabricado em Nylon, projetado para atuar acoplado à superfície externa do componente MANOPLA, de forma à proporcionar o acabamento visual deste componente; DISCO: Componente fabricado em PEBD, apresenta 6 (seis) orifícios, de forma à proporcionar a fixação de 2 (duas) unidades do componete TIRA tipo X e de 1 (uma) unidades do componente TIRA Tipo U. Desenvolvido de forma à evitar a transferência de cargas de impacto à cabeça do usuário; PRESILHA: Componente fabricado em material polimérico PP Polipropileno, projetado para atuar acoplado ao componente GOURGURÃO Tipo X GOURGURÃO Tipo X: Componente fabricado em tecido 100% poliester, projetado para atuar acoplado ao componente PRESILHA; TIRA Tipo X : Composto pelo componente GOURGURÃO Tipo X apresentando em cada extremidade um componente PRESILHA, costurada com linha 100% Poliester padrão Tex 40/50. Este conjunto (formado por duas unidades) atua encaixado ao componente CINTA, contribuindo para evitar a transferência de cargas de impacto à cabeça do usuário;

3 ALÇA: Componente fabricado em material polimérico PP Polipropileno, projetado para atuar acoplado ao componente GOURGURÃO Tipo U GOURGURÃO Tipo U: Componente fabricado em tecido 100% Poliester, projetado para atuar acoplado ao componente ALÇA; TIRA Tipo U : Composto pelo componente GOURGURÃO Tipo U apresentando em cada extremidade um componente ALÇA, costurada com linha 100% Poliester padrão Tex 40/50. Este conjunto (formado por uma unidade) atua encaixado ao componente CINTA, contribuindo para evitar a transferência de cargas de impacto à cabeça do usuário; PARAFUSO: Componete fabricado em material Poliacetal, na cor preta, com os dimensionais Tipo M3 fendado cabeça reta x 14,0 mm; de comprimento PORCA: Componete fabricado em material Poliacetal, na cor preta, com dimensionais Rosca Rosca Tipo M3 x 8,0 x 4,0 mm; de altura; ARRUELA: Componete fabricado em material Poliacetal, na cor preta, com os dimensionais Tipo 6,0 x 3,2 x 1,0 de espessura; LINHA DE COSTURA: Fabricada em 100% poliester, tipo pesponto, com característica de resistência TEX 40, na côr cinza esverdeada; 3 - DIMENSIONAL: CAPACETE Comprimento: 283,0 mm; Altura: 145,0 mm; Largura: 210,0 mm; NOTA: Demais dimensionais em conformidade com projeto construtivo Fadal/Dall Agnol ACABAMENTO: Todos os componentes do Produto se apresentam isentos de rebarbas, rachaduras, empenos, trincas, fissuras, ou qualquer outra imperfeição que comprometa ou impossibilite a sua aplicação ou utilização na planta; 5 - IDENTIFICAÇÃO: Na parte interna da Aba Frontal, se encontram gravados, de forma legível e indelével, os dados Logo do Fabricante Número do CA (Certificado Aprovação) fornecido pelo Ministério do Trabalho Emprego - MTE Semana, Mês e Ano de Fabricação; Classe do Capacete B e Tipo do Capacete II ; Tipo da Metéria prima; Selo de Conformidade do INMETRO 6 - EMBALAGEM: Produto embalado individualmente em saco plástico resistente, contendo gravado na parte externa desta embalagem, de forma legível e indelével, os dados abaixo, bemo como Instruções de Utilização e Higiene: Fabricante; Tipo II: Aba Frontal; Classe B Norma ABNT 8221 Versão Julho/2003; Lote de Fabricação; Cor de Injeção; Selo de Conformidade do INMETRO;

4 Dados do SAC ; Produto acondicionado em caixa de papelão resistente, de forma a garantir a integridade física do produto em condições de transporte e armazenamento. Na parte externa deste acondicionamento, existem duas etiquetas adesivas, contendo os dados abaixo: ETIQUETA DO PRODUTO Nome ou Logo do Fabricante ; Designação do Produto; Lote de Fabricação; Documento de Referência (opcional); Quantidade; Pesos Bruto e Líquido; Empilhamento Máximo; ETIQUETA DE FORNECIMENTO Nome ou Logo do Fabricante ; Designação do Produto; Nome do Cliente; Número da Nota Fiscal; Emissão da Nota Fiscal; 7 - REFERÊNCIAS: ABNT NBR 8221: Emissão Julho Equipamento de Proteção Individual - Capacete de Segurança para Uso na Indústria Especificação e Método de Ensaio; Portaria INMETRO Emissão 2009 Regulamento de Avaliação de Conformidade para Capacete de Segurança para Uso na Indústria;

5

SUPORTE DE SUSTENTAÇÃO PARA CABOS ÓPTICOS AÉREOS TIPO FDS PRL - ACS Nº 0020 ILUSTRAÇÃO VISTA SUPERIOR SUPORTE FDS TIPO 2 PARAFUSOS'

SUPORTE DE SUSTENTAÇÃO PARA CABOS ÓPTICOS AÉREOS TIPO FDS PRL - ACS Nº 0020 ILUSTRAÇÃO VISTA SUPERIOR SUPORTE FDS TIPO 2 PARAFUSOS' SUPORTE DE SUSTENTAÇÃO PARA CABOS ÓPTICOS AÉREOS TIPO FDS PRL - ACS Nº 0020 ILUSTRAÇÃO VISTA SUPERIOR SUPORTE FDS TIPO 2 PARAFUSOS' ILUSTRAÇÃO VISTA LATERAL SUPORTE FDS TIPO 2 PARAFUSOS' ILUSTRAÇÃO ILUSTRAÇÃO

Leia mais

Suporte de Suspensão de Cabo Óptico

Suporte de Suspensão de Cabo Óptico Suporte de Suspensão de Cabo Óptico 1 - APLICAÇÃO: 1.1 - Produto desenvolvido de forma a proporcionar aplicação e sustentação de até 2 cabos ópticos aéreos CFOA, em vãos máximos de 200,0 metros, para diâmetros

Leia mais

LINHA DE RESPIRADORES SEM MANUTENÇÃO

LINHA DE RESPIRADORES SEM MANUTENÇÃO LINHA DE RESPIRADORES SEM MANUTENÇÃO CÓDIGO CLASSE CA INDICAÇÃO 8720 PFF - 1 445 Cimento, Carvão Mineral 8812 PFF - 1 5658 Cimento, Carvão mineral LINHA DE RESPIRADORES SEM MANUTENÇÃO CÓDIGO CLASSE CA

Leia mais

Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE

Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE Audiência Pública Registro de Preços para eventual aquisição de bicicletas e capacetes escolares Brasília, 11 de abril de 2013 Mobilidade Urbana Veículos utilizados Regiões Metropolitanas Transporte Público

Leia mais

SUBSISTEMA NORMAS E ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DA DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA

SUBSISTEMA NORMAS E ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DA DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA MANUAL ESPECIAL SISTEMA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO SUBSISTEMA NORMAS E ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DA DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA E-313.0049 ISOLADORES 1/19 1. FINALIDADE

Leia mais

Serviço Autônomo de Água e Esgotos de Itapira (ISO 9001 Em Processo de Implantação) ANEXO II TERMO DE REFERÊCIA E LAUDO DE INSPEÇÃO

Serviço Autônomo de Água e Esgotos de Itapira (ISO 9001 Em Processo de Implantação) ANEXO II TERMO DE REFERÊCIA E LAUDO DE INSPEÇÃO (ISO Em Processo de Implantação) ANEXO II TERMO DE REFERÊCIA E LAUDO DE INSPEÇÃO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA FORNECIMENTO DE CAIXAS DE ABRIGO PARA HIDRÔMETRO E KIT CAVALETE REFERÊNCIA NORMATIVA: NBR5688/

Leia mais

3 REFERÊNCIAS 4 DISPOSIÇÕES GERAIS

3 REFERÊNCIAS 4 DISPOSIÇÕES GERAIS Elaborador: Mário Sérgio de Medeiros Damascena ET - 05.117.01 1 de 6 1 FINALIDADE Esta Norma especifica e padroniza as dimensões e as características mínimas exigíveis de pino de isolador para utilização

Leia mais

Caixa concentradora de disjuntores

Caixa concentradora de disjuntores FIGURA 1 - CAIXA COM TAMPA 532 15 4 2,5 162 120 42 DETALHE 1 VISTA SUPERIOR DETALHE 2 49 ALINHAMENTO ENTRE A JANELA PARA DISJUNTOR E O TRILHO PARA DISJUNTOR TAMPA DA JANELA PARA DISJUNTOR JANELA VENEZIANA

Leia mais

Nas exigências de um determinado material deve prevalecer, respectivamente, o exigido:

Nas exigências de um determinado material deve prevalecer, respectivamente, o exigido: MANUAL ESPECIAL SISTEMA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO SUBSISTEMA NORMAS E ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA E-313.0048 EQUIPAMENTOS 1/16 1. FINALIDADE

Leia mais

Ferragem de rede aérea que se fixa numa superfície, em geral a face superior de uma cruzeta, na qual, por sua vez, é fixado um isolador de pino.

Ferragem de rede aérea que se fixa numa superfície, em geral a face superior de uma cruzeta, na qual, por sua vez, é fixado um isolador de pino. 26 / 07 / 2011 1 de 10 1 FINALIDADE Esta Norma especifica e padroniza as dimensões e as características mínimas exigíveis do pino de isolador para utilização nas Redes de Distribuição da CEMAR. 2 CAMPO

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA CONFECÇÃO DA CAIXA TERMOPLÁSTICA

INSTRUÇÕES PARA CONFECÇÃO DA CAIXA TERMOPLÁSTICA O padrão tipo caixa termoplástica para assentamento na parede é utilizado para instalação de hidrômetro em ligações com expectativa de consumo de até 270 m3 por mês, e poderá ser empregado nas seguintes

Leia mais

Edição Data Alterações em relação à edição anterior. Nome dos grupos

Edição Data Alterações em relação à edição anterior. Nome dos grupos Especificação Sucinta de Caixa Modelo F5 Uso Externo Processo Planejamento, Ampliação e Melhoria da Rede Elétrica Atividade Planeja o Desenvolvimento da Rede Código Edição Data VR.-00.198 2ª Folha 1 DE

Leia mais

PLANILHA DE PROPOSTA

PLANILHA DE PROPOSTA 0001 005705 CADEIRA PLASTICA BRANCA Cadeira plástica monobloco, com braço, cor branca, com quatro pés, para uso adulto e em ambientes internos, não residencial, primeira linha, plástico resistente e com

Leia mais

5 CONDIÇÕES ESPECÍFICAS 5.1 Material: A armação da caixa deve ser feita com cantoneiras de aço-carbono, ABNT 1010 a 1020, laminado.

5 CONDIÇÕES ESPECÍFICAS 5.1 Material: A armação da caixa deve ser feita com cantoneiras de aço-carbono, ABNT 1010 a 1020, laminado. 1 OBJETIVO Esta Norma padroniza as dimensões e estabelece as condições gerais e específicas da caixa de medição a ser utilizada para alojar TCs e TPs empregados na medição de unidades consumidoras do Grupo

Leia mais

INFORMAÇÃO TÉCNICA. Capacetes para alpinistas. Requisitos de segurança e métodos de ensaio. CATEGORIA PROFISSIONAL E CORES DOS CAPACETES DE PROTEÇÃO

INFORMAÇÃO TÉCNICA. Capacetes para alpinistas. Requisitos de segurança e métodos de ensaio. CATEGORIA PROFISSIONAL E CORES DOS CAPACETES DE PROTEÇÃO PROTEÇÃO CABEÇA INFORMAÇÃO TÉCNICA NORMA DESCRIÇÃO EN 397 A norma, no que se refere aos «Capacetes de proteção para a indústria», exige que seja marcado o abaixo indicado: Cada capacete deve levar marcado

Leia mais

agrupados Nº DET 1

agrupados Nº DET 1 CAIXA COM TAMPA VISTA SUPERIOR 22 100 27 53 FURO PARA LACRE Ø2 20 VISTA LATERAL DIREITA ROSCA W 1/4" PARA PARAFUSO DE SEGURANÇA 11 DET 1 VISTA INFERIOR DET 1 Código 6790320 Nº Data Revisões Aprov.: Vanderlei

Leia mais

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC ENSAIO

ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC ENSAIO ESCOPO DA ACREDITAÇÃO ABNT NBR ISO/IEC 17025 ENSAIO Norma de Origem: NIT-DICLA-016 Folha: 1 Total de Folhas: 12 RAZÃO SOCIAL/DESIGNAÇÃO DO LABORATÓRIO IPT INSTITUTO DE PESQUISAS TECNOLÓGICAS DO ESTADO

Leia mais

TÉCNICAS CONSTRUTIVAS I

TÉCNICAS CONSTRUTIVAS I Curso Superior de Tecnologia em Construção de Edifícios TÉCNICAS CONSTRUTIVAS I Prof. Leandro Candido de Lemos Pinheiro leandro.pinheiro@riogrande.ifrs.edu.br BLOCOS CERÂMICOS ABNT NBR 15270 / 2005 Componentes

Leia mais

Número: EMP Rev.: 0 Fl. 1/5

Número: EMP Rev.: 0 Fl. 1/5 Número: EMP 82501 Rev.: 0 Fl. 1/5 REV DATA HISTÓRICO DAS REVISÕES EMITIDO APROVADO 00 26/07/2016 Emissão inicial. Robson Rodrigues Qualidade do Material Mário César Engenharia de Produto Número: EMP 82501

Leia mais

ANEXO VIII ESPECIFICAÇÕES DETALHADAS E DESENHOS

ANEXO VIII ESPECIFICAÇÕES DETALHADAS E DESENHOS ANEXO VIII ESPECIFICAÇÕES DETALHADAS E DESENHOS ITEM 125 Código: 1085448 Frasco de 120g Detalhe da tampa com abertura Flip Top (Meramente ilustrativo) : CARACTERÍSTICAS: Creme bloqueador solar, mínimo

Leia mais

5. TÊNIS 01(UM) PAR. ANEXO I 2ª parte DA DESCRIÇÃO / ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DO OBJETO. Cabedal. O cabedal é a parte superior do calçado.

5. TÊNIS 01(UM) PAR. ANEXO I 2ª parte DA DESCRIÇÃO / ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DO OBJETO. Cabedal. O cabedal é a parte superior do calçado. ANEXO I 2ª parte DA DESCRIÇÃO / ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DO OBJETO 5. TÊNIS 01(UM) PAR Conforme desenho anexo. Especificação Técnica Tênis Cabedal O cabedal é a parte superior do calçado. Figura 1 - cabedal

Leia mais

Gerência de Compra GERÊNCIA DN

Gerência de Compra GERÊNCIA DN 1 1 16/01529 MESA RETA DE 1800X800X740MM (L X P X H) - (CHEFIA) UND 1 MESA RETANGULAR COM ESTRUTURA METÁLICA E TAMPO AMADEIRADO. A ESTRUTURA É AUTOPORTANTE PRODUZIDA EM CHAPA DE AÇO, COMPOSTA POR 2 QUADROS

Leia mais

2.1. DESCRIÇÃO (VER DESENHOS Nº 15w1 e15w2 e/ou 16w1 e 16w2)

2.1. DESCRIÇÃO (VER DESENHOS Nº 15w1 e15w2 e/ou 16w1 e 16w2) 1 PRODUTO: MESAS PARA SALA DE ESPERA - Portaria nº 69/SMG-G/2009 de 03/07/2009 1. DESTINAÇÃO Para uso em salas de espera. 2. REQUISITOS GERAIS 2.1. DESCRIÇÃO (VER DESENHOS Nº 15w1 e15w2 e/ou 16w1 e 16w2)

Leia mais

PRODUTO: CADEIRA FIXA Portaria nº 69/SMG-G/2009 de 03/07/2009. Para uso eventual de servidores públicos e visitantes nas repartições municipais.

PRODUTO: CADEIRA FIXA Portaria nº 69/SMG-G/2009 de 03/07/2009. Para uso eventual de servidores públicos e visitantes nas repartições municipais. 1 PRODUTO: CADEIRA FIXA Portaria nº 69/SMG-G/2009 de 03/07/2009 1. DESTINAÇÃO Para uso eventual de servidores públicos e visitantes nas repartições municipais. 2. REQUISITOS GERAIS (VIDE DESENHO Nº 7w1)

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE CAPACETES DE SEGURANÇA, SUSPENSÃO E JUGULAR

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE CAPACETES DE SEGURANÇA, SUSPENSÃO E JUGULAR ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE CAPACETES DE SEGURANÇA, SUSPENSÃO E JUGULAR DAST nº 04/2001 R3 3ª Revisão: 08/02/2010 1. OBJETIVO Determinar a sistemática para aquisição de capacete de segurança e suspensão

Leia mais

Especificação Técnica para Abraçadeiras de Fixação em Aço Inox

Especificação Técnica para Abraçadeiras de Fixação em Aço Inox Especificação Técnica para Abraçadeiras de Fixação em Aço Inox Abril - 2009 Índice 1 Introdução...... 03 2 Descrição... 03 3 Configurações...03/04 4 Dimensional... 05 5 Ferramenta de Aplicação...06 6 Unidade

Leia mais

Portaria n.º 341, de 22 de julho de 2014.

Portaria n.º 341, de 22 de julho de 2014. Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA-INMETRO Portaria n.º 341, de 22 de julho de 2014. O PRESIDENTE

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MESA DE HALL PÚBLICO MHP 02 ERG REVOGA: REVOGA DESENHO: DT-498/3 CÓDIGO ERP: ORGÃO DEMANDANTE: DERAT

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MESA DE HALL PÚBLICO MHP 02 ERG REVOGA: REVOGA DESENHO: DT-498/3 CÓDIGO ERP: ORGÃO DEMANDANTE: DERAT EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MESA DE HALL PÚBLICO MHP 02 ERG NÚMERO: 122010 DESENHO: DT-498/4 EMISSÃO: FEV/2012 VALIDADE: FEV/2017 REVOGA: 082027 REVOGA DESENHO: DT-498/3

Leia mais

A SUA SEGURANÇA É A NOSSA MAIOR PREOCUPAÇÃO

A SUA SEGURANÇA É A NOSSA MAIOR PREOCUPAÇÃO A SUA SEGURANÇA É A NOSSA MAIOR PREOCUPAÇÃO TRABALHAMOS COM AS MELHORES MARCAS E COM OS MELHORES EQUIPAMENTOS PARA OFERECER AO PROFISSIONAL, A MAIS COMPLETA LINHA DE SEGURANÇA AÉREA, SUBTERRÂNEA, TERRESTRE,

Leia mais

Caixa de passagem e ligação

Caixa de passagem e ligação Caixa de passagem e ligação AR14 A prova de tempo e jatos potentes d água Características Construtivas Caixa de passagem e ligação fabricada em liga de alumínio fundido copper free de alta resistência

Leia mais

TERMO DE ADJUDICAÇÃO. Item 0001

TERMO DE ADJUDICAÇÃO. Item 0001 TERMO DE ADJUDICAÇÃO Às 15:38 horas do dia 14 de maio de 2012, o Pregoeiro Oficial da Prefeitura Municipal de Palmas, designado pela portaria PORTARIA Nº 027/2012-GAB/SEFIN após analise da documentação

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 12 / 04 / 2013 1 de 1 1 FINALIDADE Esta Norma especifica e padroniza as dimensões e as características mínimas exigíveis do poste de aço, com seção transversal quadrada, para utilização em padrões de entrada

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE APOIO DE RETAGUARDA MAR-02 ERG REVOGA: REVOGA DESENHO: CÓDIGO ERP: ORGÃO DEMANDANTE: DERAT

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE APOIO DE RETAGUARDA MAR-02 ERG REVOGA: REVOGA DESENHO: CÓDIGO ERP: ORGÃO DEMANDANTE: DERAT EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE APOIO DE RETAGUARDA MAR-02 ERG NÚMERO: 132202 DESENHO: DT- 496/4 EMISSÃO: SETEMBRO/2013 VALIDADE: SETEMBRO/2015 REVOGA: 082115

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE APOIO MA ERG-01 REVOGA: REVOGA DESENHO: DT-492/2 CÓDIGO ERP: ORGÃO DEMANDANTE: DERAT

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE APOIO MA ERG-01 REVOGA: REVOGA DESENHO: DT-492/2 CÓDIGO ERP: ORGÃO DEMANDANTE: DERAT EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE APOIO MA ERG-01 NÚMERO: 122003 DESENHO: DT-492/3 EMISSÃO: JAN/2012 VALIDADE: JAN/2017 REVOGA: 082116 REVOGA DESENHO: DT-492/2

Leia mais

DIVISÃO DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO DVSMT PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA

DIVISÃO DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO DVSMT PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA RESPIRADOR PFF-1 PARTÍCULAS (COM VÁLVULA DE EXALAÇÃO) RPA1 Proteção das vias respiratórias do usuário contra poeiras e névoas. Material: Respiradores sem manutenção descartáveis,

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 01 / 04 / 2013 1 de 8 1 FINALIDADE Esta Norma especifica e padroniza as dimensões e as características mínimas exigíveis para parafuso de cabeça quadrada utilizado nas Redes e Linhas de Distribuição da

Leia mais

DIRETORIA SUPERINTENDENTE EIP GERÊNCIA DE SUPRIMENTOS 01 ESPECIFICAÇÃO DE IDENTIFICAÇÃO 02-18/03/96 PRODUTO CONTROLE DE DISTRIBUIÇÃO

DIRETORIA SUPERINTENDENTE EIP GERÊNCIA DE SUPRIMENTOS 01 ESPECIFICAÇÃO DE IDENTIFICAÇÃO 02-18/03/96 PRODUTO CONTROLE DE DISTRIBUIÇÃO GERÊNCIA DE SUPRIMENTOS 01 CONTROLE DE DISTRIBUIÇÃO ÁREA SIGLA DATA DISTRIBUIÇÃO Compras Suc GERÊNCIA DE SUPRIMENTOS 02 GERÊNCIA DE SUPRIMENTOS 01/01 ÍNDICE DE REVISÕES REVISÃO DATA MOTIVO/DESCRIÇÃO 0

Leia mais

DIRETORIA FINANCEIRA CONTROLE DE DISTRIBUIÇÃO

DIRETORIA FINANCEIRA CONTROLE DE DISTRIBUIÇÃO GERÊNCIA DE SUPRIMENTOS 01 CARRETEL DE MADEIRA PARA EXPORTAÇÃO FICAP OPTEL CONTROLE DE DISTRIBUIÇÃO ÁREA SIGLA DATA DISTRIBUIÇÃO Suprimentos Tecnologia Cabos Ópticos Fs Tto GERÊNCIA DE SUPRIMENTOS 1/18

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 01 / 04 / 2013 1 de 6 1 FINALIDADE Esta Norma especifica e padroniza as dimensões e as características mínimas exigíveis de arruela quadrada para utilização nas redes e linhas de distribuição e subestações

Leia mais

Descrição Simplificada Especificação Unidade de compra

Descrição Simplificada Especificação Unidade de compra Canudo descartável Colher plástica descartável Conjunto de detergente e secante para uso em máquinas de lavar louças Canudo descartável e articulável, confeccionado em plástico atóxico, resistente, medindo

Leia mais

COLCHÕES E COLCHONETES DE ESPUMA FLEXÍVEL DE POLIURETANO. Portarias Inmetro nº 79/2011, nº 387/2011 e 386/2013 Códigos SGI e 3794

COLCHÕES E COLCHONETES DE ESPUMA FLEXÍVEL DE POLIURETANO. Portarias Inmetro nº 79/2011, nº 387/2011 e 386/2013 Códigos SGI e 3794 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA- INMETRO Diretoria de Avaliação da Conformidade Dconf Divisão de Fiscalização

Leia mais

TERMO DE ADJUDICAÇÃO. Item 0001

TERMO DE ADJUDICAÇÃO. Item 0001 TERMO DE ADJUDICAÇÃO Às 15:31 horas do dia 22 de maio de 2012, o Pregoeiro Oficial da Prefeitura Municipal de Curvelo, designado pela portaria 7239 após analise da documentação do Pregão Eletrônico 023/2012,

Leia mais

Caixa de passagem Ex e / Ex tb

Caixa de passagem Ex e / Ex tb Tomadas/Plugs Painéis Caixa de passagem Ex e / Ex tb Segurança aumentada, tempo e jatos potentes d água. Características Construtivas Caixa de passagem e ligação fabricada em liga de alumínio fundido copper

Leia mais

DIRETORIA GERAL NÚMERO EEM TECNOLOGIA FOLHA 1/13 ESPECIFICAÇÃO DE EMBALAGEM ÍNDICE DE REVISÃO

DIRETORIA GERAL NÚMERO EEM TECNOLOGIA FOLHA 1/13 ESPECIFICAÇÃO DE EMBALAGEM ÍNDICE DE REVISÃO TECNOLOGIA FOLHA /3 ÍNDICE DE REVISÃO REVISÃO DATA MOTIVO/DESCRIÇÃO 00 4/03/94 EMISSÃO ORIGINAL. 0 0/07/94 ALT. NOS ITENS 2.6 E 2.7 E ANEXO 2; INC. DO FORN. HOMOL..3.; 02 08/08/05 ALT DO DOCUMENTO PARANOVAFORMATAÇÃO;

Leia mais

Diversos. Linha Diversos.indd 81 09/09/ :11:07

Diversos. Linha Diversos.indd 81 09/09/ :11:07 15 Diversos 1 Linha Diversos.indd 1 09/09/201 17:11:07 Cód.: Betel 11.270 Nome: Carrinho para 1 cilindro com pneu e câmera Cód.: Betel 11.1230 Nome: Cinta Sling poliester para elevação de carga Fabricante:

Leia mais

DIVISÃO DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO DVSMT PROTEÇÃO DA CABEÇA, FACE E OLHOS

DIVISÃO DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO DVSMT PROTEÇÃO DA CABEÇA, FACE E OLHOS PROTEÇÃO DA CABEÇA, FACE E OLHOS CAPACETE DE SEGURANÇA CAP1 Proteção da cabeça do usuário contra impactos provenientes de queda ou projeção de objetos. a) Casco: deve ser confeccionado em polietileno de

Leia mais

CAIXA PADRÃO DAE PARA HIDRÔMETROS

CAIXA PADRÃO DAE PARA HIDRÔMETROS CAIXA PADRÃO DAE PARA HIDRÔMETROS ETM 007 VERSÃO 2 Jundiaí 2014 ETM-007 Sumário 1 Objetivo...2 2 Referências normativas...2 3 Definições...2 4 Requisitos gerais...2 Requisitos da caixa padrão DAE S/A para

Leia mais

Caixa para Medidor Monofásico

Caixa para Medidor Monofásico N O Data Revisões Visto Vanderlei Robadey Aprov. Antônio C.Alves Página 1 de 6 75± 75±5 N O Data Revisões Visto Vanderlei Robadey Aprov. Antônio C.Alves Página 2 de 6 N O Data Revisões Visto Vanderlei

Leia mais

Tubos em polietileno de baixa densidade e alta densidade destinados a sistemas de rega, escoamento de águas, entre outros.

Tubos em polietileno de baixa densidade e alta densidade destinados a sistemas de rega, escoamento de águas, entre outros. Mar.13 PEBD / PEAD Tubos em polietileno de baixa densidade e alta densidade destinados a sistemas de rega, escoamento de águas, entre outros. Especificações técnicas do produto Documento Produto Aplicação

Leia mais

Tubos em polietileno de baixa densidade destinados a sistemas de rega, escoamento de águas, entre outros.

Tubos em polietileno de baixa densidade destinados a sistemas de rega, escoamento de águas, entre outros. PEBD Tubos em polietileno de baixa densidade destinados a sistemas de rega, escoamento de águas, entre outros. Especificações técnicas do produto Documento Produto Aplicação Especificação Técnica Tubos

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DA DISTRIBUIÇÃO

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DA DISTRIBUIÇÃO EMD-.034 1/5 Alça Estribo para Conector Grampo de Linha Viva-GLV 100 Ampéres - Desenho orientativo - CÓDIGO CEB 32020052 EMD-.034 2/5 Alça Estribo Conector Grampo de Linha Viva-GLV - 400 Ampéres - Desenho

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE ACESSIBILIDADE- MAC- 01 ERG. Especificação Técnica revisada conforme FSET nº 175/2011 acordado com o DERAT.

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE ACESSIBILIDADE- MAC- 01 ERG. Especificação Técnica revisada conforme FSET nº 175/2011 acordado com o DERAT. EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULO DE ACESSIBILIDADE- MAC- 01 ERG NÚMERO: 132008 DESENHO: DT- 494/7 EMISSÃO: MARÇO/2013 VALIDADE: MARÇO/2015 REVOGA: 082104 REVOGA

Leia mais

ANEXO I - ESPECIFICAÇÃO DO OBJETO

ANEXO I - ESPECIFICAÇÃO DO OBJETO ANEXO I - ESPECIFICAÇÃO DO OBJETO ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO UNIDADE QUANT. 1 19730 Abaixador língua espátula de madeira, descartável, formato convencional, com extremidades arredondadas, medindo aproximadamente

Leia mais

Processo de Certificação Eletrodomésticos e Similares

Processo de Certificação Eletrodomésticos e Similares Processo de Certificação Eletrodomésticos e Similares Portaria nº 371, de 29 de dezembro de 2009 Objetivo: Avaliação de aparelhos eletrodomésticos e similares, com foco em requisitos de segurança, visando

Leia mais

SUBSISTEMA NORMAS E ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DA DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA PADRONIZAÇÃO APROVAÇÃO ELABORAÇÃO VISTO

SUBSISTEMA NORMAS E ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DA DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA PADRONIZAÇÃO APROVAÇÃO ELABORAÇÃO VISTO MANUAL ESPECIAL SISTEMA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO SUBSISTEMA NORMAS E ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DA DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA E-313.0071 FUSÍVEIS TIPO NH DE BAIXA TENSÃO

Leia mais

ANEXO I LOTES / ESPECIFICAÇÕES E QUANTITATIVOS LOTE 01 CADEIRAS

ANEXO I LOTES / ESPECIFICAÇÕES E QUANTITATIVOS LOTE 01 CADEIRAS Página de 5 ANEXO I LOTES / ESPECIFICAÇÕES E QUANTITATIVOS LOTE 0 CADEIRAS 5 Cadeira ergonômica giratória para uso industrial, com regulagem vertical do assento e horizontal do encosto (em polipropileno).

Leia mais

PLACA DE SUPORTE: PTZ / AMR

PLACA DE SUPORTE: PTZ / AMR ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET 442 11 de maio de 2012 Página 2 de 8 ÍNDICE Registo das revisões... 3 1. Objectivo... 4 2. Âmbito... 4 3. Referências... 4 4. Definições / Siglas... 4 5. Características de fabrico...

Leia mais

Fichas Técnicas de Produto. Linha Studio

Fichas Técnicas de Produto. Linha Studio Fichas Técnicas de Produto Estante Alta Studio Descritivo Técnico Completo Estante alta confeccionada em chapa de aço de baixo teor de carbono com tratamento químico superficial fosfatizante, antiferruginoso

Leia mais

1. FINALIDADE. Estabelecer os requisitos a serem atendidos para o fornecimento de medidor eletrônico de energia elétrica. 2. ÂMBITO DE APLICAÇÃO

1. FINALIDADE. Estabelecer os requisitos a serem atendidos para o fornecimento de medidor eletrônico de energia elétrica. 2. ÂMBITO DE APLICAÇÃO MANUAL ESPECIAL SISTEMA DE SERVIÇOS E CONSUMIDORES SUBSISTEMA MEDIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA E-321.0015 MEDIDOR ELETRÔNICO DE ENERGIA ELÉTRICA COM SAÍDA RS485 1/8 1. FINALIDADE Estabelecer os requisitos a

Leia mais

PREGÃO SESC/AN Nº 15/0061 PG ANEXO I-A DESCRITIVO DOS KITS

PREGÃO SESC/AN Nº 15/0061 PG ANEXO I-A DESCRITIVO DOS KITS PREGÃO SESC/AN Nº 15/0061 PG ANEXO I-A DESCRITIVO DOS KITS 1 - Kit Hóquei infantil para 40 alunos: com por 06 (seis) minitraves, 40 (quarenta) tacos em dois tamanhos, 80 (oitenta) bolas pedagógicas de

Leia mais

uso externo Nº 2117 1

uso externo Nº 2117 1 Nº Data Revisões Aprov.: Vanderlei Robadey Página 1 de 12 DESENHO 2 - CORPO DA CAIXA DISPOSITIVO PARA LACRE DE SEGURANÇA A B ROSCA M6 x 1 TORRE DE FIXAÇÃO ROSCA M10 x 1,5 C TORRE DE FIXAÇÃO ROSCA M10 x

Leia mais

SN0004U Equipe de Trabalho. Colete Unissex Refletivo. Desenho Técnico. Seguir aplicações gráficas. Fita refletiva 40mm.

SN0004U Equipe de Trabalho. Colete Unissex Refletivo. Desenho Técnico. Seguir aplicações gráficas. Fita refletiva 40mm. Empresa Olimpíada do Conhecimento Peça Código Grupo Equipe de Trabalho Grade PP P M G GG XG XGG Desenho Técnico Revel rebatido com 1 pesponto 40mm Revel rebatido com 1 pesponto 40mm Seguir aplicações gráficas

Leia mais

Fichas Técnicas de Produto. Linha Lounge

Fichas Técnicas de Produto. Linha Lounge Fichas Técnicas de Produto Estofado Lino 01 Lugar Estofado 01 lugar com assento e encosto fixo. Estruturado totalmente em madeira de reflorestamento (Eucalyptus grandis); Assento com altura de 14,5cm,

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MAPA EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA EMBRAPA

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MAPA EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA EMBRAPA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MAPA EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA EMBRAPA COTAÇÃO ELETRÔNICA N.º 10003/2015 Embrapa SEDE TERMO DE REFERÊNCIA

Leia mais

ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PREFEITURA MUNICIPAL DE MIMOSO DO SUL SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO INTENÇÃO DE REGISTRO DE PREÇOS

ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PREFEITURA MUNICIPAL DE MIMOSO DO SUL SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO INTENÇÃO DE REGISTRO DE PREÇOS INTENÇÃO DE REGISTRO DE PREÇOS A do Município de Mimoso do Sul, Estado do Espirito Santo em obediência ao disposto no art. 5º do Decreto Municipal nº 047/2013, na competência de Órgão Gerenciador, registra

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 18 / 02 / 2014 1 de 8 1 FINALIDADE Esta Norma especifica e padronizam as dimensões e as características mínimas exigíveis para a haste de aterramento e acessórios utilizados nas Redes de Distribuição,

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DA DISTRIBUIÇÃO COBERTURA TIPO MANTA PARA REPARO DE CONDUTORES COBERTOS CLASSE TENSÃO 15 e 35 kv

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DA DISTRIBUIÇÃO COBERTURA TIPO MANTA PARA REPARO DE CONDUTORES COBERTOS CLASSE TENSÃO 15 e 35 kv EMD-.014 1/06 DESENHO MANTA COBERTURA- CLASSE 15 kv Código Tensão Dimensões (mm) CEB (kv) Largura Comprimento 92020176 13,8 140 200 92020174 13,8 200 400 DESENHO MANTA COBERTURA CLASSE 35 kv Código Tensão

Leia mais

JALECO FEMININO JALECO MASCULINO

JALECO FEMININO JALECO MASCULINO JALECO FEMININO JALECO MASCULINO - Jaleco feminino: com mangas longas, três bolsos chapados na frente, conforme ilustração, fechamento por 4 botões com caseados no sentido vertical, vista de botões embutida,

Leia mais

Especificação Técnica para. Abraçadeiras de Fixação em Aço Inox.

Especificação Técnica para. Abraçadeiras de Fixação em Aço Inox. Especificação Técnica para Abraçadeiras de Fixação em Aço Inox. Dezembro - 2007 Índice 1 Introdução...03 2 Descrição...03 2.1 Abraçadeira de fixação...03 3 Configurações...04 4 Dimensional...05 5 Ferramenta

Leia mais

1. FINALIDADE. Estabelecer os requisitos a serem atendidos para o fornecimento de medidor eletrônico de energia elétrica 30(200)A.

1. FINALIDADE. Estabelecer os requisitos a serem atendidos para o fornecimento de medidor eletrônico de energia elétrica 30(200)A. MANUAL ESPECIAL SISTEMA DE SERVIÇOS E CONSUMIDORES SUBSISTEMA MEDIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA E-321.0006 MEDIDOR ELETRÔNICO DE ENERGIA ELÉTRICA 30(200)A 1/8 1. FINALIDADE Estabelecer os requisitos a serem

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 24/09/ 2013 1 de 6 1 FINALIDADE Esta Norma especifica e padroniza as dimensões e as características mínimas exigíveis para o gancho olhal utilizadas nas Redes de Distribuição Aéreas da Companhia Energética

Leia mais

Devem ter capacidade de absorção de choque, como características adequadas ao conforto.

Devem ter capacidade de absorção de choque, como características adequadas ao conforto. protecção cabeça Protecção Cabeça Porquê o uso do Capacete? Os Capacetes têm como função principal resguardarem o crânio de agressões externas durante a execução de trabalhos. A selecção do capacete deve

Leia mais

QUALIFICAÇÕES TÉCNICAS PRODUTO CALÇADO TIPO TÊNIS FECHEMENTO C/ VELCRO

QUALIFICAÇÕES TÉCNICAS PRODUTO CALÇADO TIPO TÊNIS FECHEMENTO C/ VELCRO QUALIFICAÇÕES TÉCNICAS PRODUTO CALÇADO TIPO TÊNIS FECHEMENTO C/ VELCRO PRODUTO: CALÇADO TIPO: TÊNIS NUMERAÇÃO 17 ao 25 FUNCIONALIDADE: APROPRIADO PARA USO ESCOLAR, CORRIDAS LEVES, PRATICA DE ESPORTES,

Leia mais

ACESSÓRIOS LINHA ALTA PERFORMANCE APARADOR DE CHUTE RETO SACO DE PANCADA COM EVA E SEM EVA APARADOR DE CHUTE RETO APARADOR DE CHUTE RETO GRANDE

ACESSÓRIOS LINHA ALTA PERFORMANCE APARADOR DE CHUTE RETO SACO DE PANCADA COM EVA E SEM EVA APARADOR DE CHUTE RETO APARADOR DE CHUTE RETO GRANDE LINHA ALTA PERFORMANCE ACESSÓRIOS ALTA PERFORMANCE SACO DE PANCADA COM EVA E SEM EVA Ref.: 800 com EVA 1,60 X 1,20 Circunferência Ref.: 801 com EVA 1,20 X 1,20 Circunferência Ref.: 802 com EVA 0,90 X 1,20

Leia mais

RETIFICAÇÃO nº 1 ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS TACHAS E TACHÕES

RETIFICAÇÃO nº 1 ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS TACHAS E TACHÕES PROCESSO CPL N 761/2009 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 001/2010 DESTINADO À CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA O FORNECIMENTO DE TACHAS E TACHÕES, A SEREM UTILIZADOS NA SINALIZAÇÃO HORIZONTAL EM VIAS PÚBLICAS NO MUNICIPIO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA SINALIZAÇÃO VERTICAL Página 1 de 5 1. OBJETIVO Esta especificação técnica fixa condições exigíveis para o fornecimento de placas de orientação, simples e moduladas para sinalização vertical de trânsito,

Leia mais

PRODUTO: MESA PARA MÁQUINA DE ESCREVER Portaria nº 69/SMG-G/2009 de 03/07/2009

PRODUTO: MESA PARA MÁQUINA DE ESCREVER Portaria nº 69/SMG-G/2009 de 03/07/2009 1 CÓDIGO SUPRI: 71.654.002.002.0035-0 PRODUTO: MESA PARA MÁQUINA DE ESCREVER Portaria nº 69/SMG-G/2009 de 03/07/2009 1. DESTINAÇÃO Para uso em escritórios, em serviços de datilografia. 2. REQUISITOS GERAIS

Leia mais

TRENAS. As trenas Lufkin. Embalagens

TRENAS. As trenas Lufkin. Embalagens TRENAS As trenas Lufkin As trenas Lufkin possuem alta qualidade e precisão dimensional e são projetadas para atender todas asnecessidades do mercado, desde o mais simples serviço caseiro até as mais complexas

Leia mais

Dispositivo metálico que exerce função mecânica e/ou elétrica em uma linha aérea.

Dispositivo metálico que exerce função mecânica e/ou elétrica em uma linha aérea. 11 / 05 / 2011 1 de 5 1 FINALIDADE Esta Norma especifica e padroniza as dimensões e as características mínimas exigíveis de engate concha garfo para utilização nas subestações de energia da CEMAR. 2 CAMPO

Leia mais

CD-08. Cadeira de uso múltilplo. Mobiliário. Atenção. Revisão Data Página 1/14 29/01/16

CD-08. Cadeira de uso múltilplo. Mobiliário. Atenção. Revisão Data Página 1/14 29/01/16 uso múltilplo 1/14 uso múltiplo 2/14 uso múltilplo 3/14 uso múltiplo 4/14 uso múltilplo Ø 5/14 uso múltiplo 6/14 uso múltilplo 7/14 DETALHE - ENCOSTO EM POLIPROPILENO INJETADO A uso múltiplo A 8/14 B B

Leia mais

Eletrodos Bipolares MTP

Eletrodos Bipolares MTP Eletrodos Bipolares MTP INSTRUÇÕES DE USO Fabricante KARL STORZ Gmbh & Co. KG Mittelstrasse 8, D-78532 Tuttligen - Alemanha Fone: +49/7461/7080 Fax: +49/7461/708 105 Importador: H. Strattner & Cia. Ltda.

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO Tribunal Superior Eleitoral Tribunal Regional Eleitoral no Estado do Mato Grosso do Sul

PODER JUDICIÁRIO Tribunal Superior Eleitoral Tribunal Regional Eleitoral no Estado do Mato Grosso do Sul Pregão Eletrônico 70016.412014.140397.5063.387299822.343 PODER JUDICIÁRIO Tribunal Superior Eleitoral Tribunal Regional Eleitoral no Estado do Mato Grosso do Sul Ata de Realização do Pregão Eletrônico

Leia mais

1. Mobiliário de Uso Geral - G

1. Mobiliário de Uso Geral - G 1. Mobiliário de Uso Geral - G 1.4 Mesas - M 1.4.1 Mesa de centro quadrada em vidro - I 27 MESA G-M-I Fornecimento e montagem de mesa de centro. Características gerais: Mesa de centro quadrada; Tampo de

Leia mais

Número: EEM Rev.: 0 Fl. 1/6

Número: EEM Rev.: 0 Fl. 1/6 Número: EEM 80998 Rev.: 0 Fl. 1/6 REV DATA HISTÓRICO DAS REVISÕES EMITIDO APROVADO 00 06/10/2015 Emissão inicial em substituição a especificação EEM 80998 Rev07 Gerson Andreoti Coordenador CQ Mário Alonso

Leia mais

CATÁLOGO DE EPI S. Tel: (11) Rua Potengi, 1225 Jd. Rio das Pedras Cotia/SP

CATÁLOGO DE EPI S.  Tel: (11) Rua Potengi, 1225 Jd. Rio das Pedras Cotia/SP CATÁLOGO DE EPI S www.mssegmed.com.br Tel: (11) 2851-9391 Rua Potengi, 1225 Jd. Rio das Pedras Cotia/SP Proteção para Cabeça e Face Capacetes es Faciais Capacetes Bombeiro 10 Capacetes V-Gard V-Gard Aba

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA BALCÃO POLIVALENTE BP ERG-01 REVOGA: REVOGA DESENHO: DT-486/6 CÓDIGO ERP: ORGÃO DEMANDANTE: DERAT

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA BALCÃO POLIVALENTE BP ERG-01 REVOGA: REVOGA DESENHO: DT-486/6 CÓDIGO ERP: ORGÃO DEMANDANTE: DERAT ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA BALCÃO POLIVALENTE NÚMERO: 152001 DESENHO: EMISSÃO: JULHO/2015 VALIDADE: JULHO/2020 REVOGA: 112048 REVOGA DESENHO: DT-486/6 CÓDIGO ERP: 10050463-9 ORGÃO DEMANDANTE: DERAT APLICAÇÃO:

Leia mais

catálogo VERSÃO 02 - dezembro

catálogo VERSÃO 02 - dezembro catálogo 2016-2017 VERSÃO 02 - dezembro 2016 1 STAND UP Paddle Acompanha remo ajustável Inflador com Manômetro 2 quilhas pequenas 1 quilha grande de encaixe Alça para transporte SACOLA PARA TRANSPORTE

Leia mais

Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul Sistema Cofen/Conselhos Regionais - Autarquia Federal criada pela Lei Nº 5.

Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul Sistema Cofen/Conselhos Regionais - Autarquia Federal criada pela Lei Nº 5. COTAÇÃO DE PREÇO PROCESSO Nº. 003/16 NOME DA EMPRESA: DATA: 1. OBJETO Aquisição de materiais de expediente para atender as necessidades do Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul conforme

Leia mais

SOLUÇÕES COMPLETAS PARA BOMBEIROS INDUSTRIAIS

SOLUÇÕES COMPLETAS PARA BOMBEIROS INDUSTRIAIS SOLUÇÕES COMPLETAS PARA BOMBEIROS INDUSTRIAIS KIT BRIGADA INDUSTRIAL HB014C Dielétrico (não condutivo) CONFECÇÃO EXTERNA Borracha vulcanizada CONFECÇÃO INTERNA Espuma térmica e forro de feltro em fibras

Leia mais

P 42 - EN 361, EN 358 Arnês com pontos de amarração frontal e dorsal e cinto de posicionamento. Regulação. M-XL 1150g XXL 1200g.

P 42 - EN 361, EN 358 Arnês com pontos de amarração frontal e dorsal e cinto de posicionamento. Regulação. M-XL 1150g XXL 1200g. 1 ARNESES P 40 - EN 361 Arnês com pontos de ancoragem frontal e dorsal. Regulação separada para pernas e ombros. P 42 - EN 361, EN 358 Arnês com pontos de amarração frontal e dorsal e cinto de posicionamento.

Leia mais

ISO Restrições da aplicação: Especificações gerais: Materiais e construção: CERTIFICAÇÃO. Requisitos de montagem (mínimo):

ISO Restrições da aplicação: Especificações gerais: Materiais e construção: CERTIFICAÇÃO. Requisitos de montagem (mínimo): Manga de montagem no chão Modelo n.º: 8510057 (aço macio)/10425 (S.S.) DESCRIÇÃO Construção em aço galvanizado macio ou inoxidável 304. Monta-se numa estrutura de aço ou betão horizontal. A construção

Leia mais

TERMO DE RETIFICAÇÃO DO EDITAL PREGÃO (PRESENCIAL) Nº 069/14 PROCESSO 105/14

TERMO DE RETIFICAÇÃO DO EDITAL PREGÃO (PRESENCIAL) Nº 069/14 PROCESSO 105/14 Filial: CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SAÚDE TERMO DE RETIFICAÇÃO DO EDITAL PREGÃO (PRESENCIAL) Nº 069/14 PROCESSO 105/14 OBJETO: Registro de preços para aquisição de medicamentos. O Consórcio Intermunicipal

Leia mais

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I Folha: 0001 Objeto: Aquisição de Material de (Limpeza) 001 038481-3 AÇUCAR EM PÓ, BRANCO, ALVO, contendo data de fabricacao e prazo de validade. O produto devera ter registro no Ministerio da Saude. Lote

Leia mais

Quadro para Instrumentos para Medição Agrupada de Consumidor

Quadro para Instrumentos para Medição Agrupada de Consumidor CARACATERÍSTICAS DOS QUADROS ITEM FUNÇÃO CÓDIGO 01 PROTEÇÃO GERAL 300A E MEDIÇÃO DIRETA DO SERVIÇO 6797335 02 PROTEÇÃO GERAL 800A E MEDIÇÃO DIRETA DO SERVIÇO 6797338 03 PROTEÇÃO GERAL 800A E MEDIÇÃO INDIRETA

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 28/06/2005 1 de 5 1 FINALIDADE Esta Norma especifica e padroniza as dimensões e as características mínimas exigíveis para manilhasapatilha utilizada nas Redes de Distribuição da Companhia Energética do

Leia mais

APOLO TUBOS E EQUIPAMENTOS

APOLO TUBOS E EQUIPAMENTOS APOLO TUBOS E EQUIPAMENTOS A Apolo Tubos e Equipamentos S.A, fundada em 1938 na cidade do Rio de janeiro, foi a primeira empresa industrial do Grupo Peixoto de Castro. Pioneira no Brasil na fabricação

Leia mais

SUPORTE ARTICULÁVEL DE PAREDE PARA PLASMA/LCD/LED A 42 MANUAL DE UTILIZAÇÃO

SUPORTE ARTICULÁVEL DE PAREDE PARA PLASMA/LCD/LED A 42 MANUAL DE UTILIZAÇÃO SUPORTE ARTICULÁVEL DE PAREDE PARA PLASMA/LCD/LED A 42 MANUAL DE UTILIZAÇÃO 1 Características: - Fixação na parede. - Para TV s e monitores Plasma/LCD até 42. - Para TV s e monitores Led até 46. - Padrão

Leia mais

Elevação em Poliéster

Elevação em Poliéster Laço Redondo Cintas com Olhais 6:10 Laço Redondo 7:3 Cintas Planas 7:4-7:5 Luvas de Proteção, Poliuretano 7:5 Luvas de Proteção, Poliéster 7:5 Informações Técnicas Superfície de Contato Recomendada para

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 11 / 04 / 2013 1 de 1 1 FINALIDADE Esta Norma especifica e padroniza as dimensões e as características mínimas exigíveis para Arruela Presilha, utilizados nas Redes de Distribuição da Companhia Energética

Leia mais

SUBSISTEMA NORMAS E ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA

SUBSISTEMA NORMAS E ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA MANUAL ESPECIAL SISTEMA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO SUBSISTEMA NORMAS E ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA E-313.0021 RELÉ FOTOELÉTRICO E BASE PARA

Leia mais