QUÍMICA I Gases

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "QUÍMICA I Gases"

Transcrição

1 QUÍMICA I Gases

2 Características dos gases Os gases são altamente compressíveis e ocupam o volume total de seus recipientes. Quando um gás é submetido à pressão, seu volume diminui. Os gases sempre formam misturas homogêneas com outros gases.

3 Características dos gases

4 Entre as propriedades de um gás medidas com mais facilidade estão temperatura, volume e pressão. A pressão é a força atuando em um objeto por unidade de área: P A gravidade exerce uma força sobre a atmosfera terrestre. F A Pressão A força, F, exercida por qualquer objeto é o produto de sua massa, m, pela aceleração, a: F m. a

5 Pressão A aceleração produzida pela gravidade da Terra é 9,8 m/s 2. Uma coluna de ar de 1 m 2 de seção transversal tem massa de aproximadamente kg. A força exercida pela coluna é: F = ( kg)(9,8 m/s 2 ) = 1 x 105 kg m/s 2 = 1 x 10 5 N (N = Newton, 1 N = kg m / s 2 ). A pressão de uma coluna de ar de 1 m 2 é de 100 kpa. P = F/A = 1 x 10 5 N / 1 m 2 = 1 x 10 5 N/m 2 = 1x 10 5 Pa

6 Pressão

7 Pressão A pressão atmosférica e o barômetro Unidades SI: Para força: 1 N = 1 kg m/s 2 ; Para pressão: 1 Pa = 1 N/m 2. (Pa) = pascal em homenagem a Blaise Pascal. Outra unidade relacionada, usada algumas vezes para expressar pressão, é o bar, que é igual a 10 5 Pa. A pressão atmosférica no nível do mar é aproximadamente 100 kpa ou 1 bar.

8 Pressão A pressão atmosférica e o barômetro No início do século XVII, acreditava-se que a atmosfera não tinha peso. Evangelista Torricelli, discípulo de Galileu, inventou o barômetro para mostrar que a atmosfera tinha peso. A pressão atmosférica é medida com um barômetro. Se um tubo é inserido em um recipiente de mercúrio aberto à atmosfera, o mercúrio subirá 760 mm no tubo.

9 Pressão A pressão atmosférica e o barômetro

10 Torricelli. Pressão A pressão atmosférica e o barômetro A pressão atmosférica padrão, que corresponde à pressão típica no nível do mar, é a pressão necessária para suportar 760 mm de Hg em uma coluna. A pressão atmosférica padrão define algumas unidades comuns, que não são do SI, usadas para expressar as pressões de gases, como a atmosfera (atm) e o milímetro de mercúrio (mm Hg), que é também chamada torr, em homenagem a

11 Pressão Unidades: A pressão atmosférica e o barômetro 1 atm = 760 mmhg = 760 torr 1 torr = 1 mm Hg = 1, Pa = 101,325 kpa.

12 Pressão Exercícios 1- a) Converta 0,357 atm para torr; b) Converta 6,6 x 10-2 torr para atm; c) Converta 147,2 kpa para torr. d) Converta 0,975 atm para Pa e kpa.

13 Pressão As pressões de gases não abertos para a atmosfera são medidas em manômetros. Um manômetro consiste de um bulbo de gás preso a um tubo em forma de U contendo Hg: Se P gas < P atm então P gas + P 2 h = P atm. Se P gas > P atm então P gas = P atm + P h 2.

14 As leis dos gases Os experimentos com grande número de gases revelam que são necessárias quatro variáveis para definir a condição física, ou estado, de um gás: temperatura, T; pressão, P; volume, V; e a quantidades de gás, geralmente expressa em quantidade de matéria, n. As equações que expressam as relações entre T, P, V e n são conhecidas como leis dos gases.

15 As leis dos gases Relação pressão-volume: lei de Boyle Se a pressão sobre um balão diminui, ele se expande. Essa é a razão pela qual os balões meteorológicos expandemse à medida que sobem para a atmosfera. De modo inverso, quando um volume de gás é comprimido, a pressão do gás aumenta. Robert Boyle investigou inicialmente a relação entre a pressão de um gás e seu volume.

16

17 As leis dos gases Relação pressão-volume: lei de Boyle Boyle usou um manômetro para executar o experimento. Ele descobriu que o volume de gás diminuía conforme a pressão aumentava. A Lei de Boyle, que resume essas observações, afirma que: o volume de certa quantidade fixa de um gás mantido à temperarura constante é inversamente proporcional à sua pressão.

18 Relação pressão-volume: lei de Boyle Matematicamente: As leis dos gases O valor da constante depende da temperatura e da quantidade de gás na amostra. Um gráfico de V versus P é um hiperbolóide. Da mesma forma, um gráfico de V versus 1/P deve ser uma linha reta passando pela origem.

19 As leis dos gases Relação pressão-volume: lei de Boyle

20 As leis dos gases Relação temperatura-volume: lei de Charles Sabemos que balões de ar quente expandem quando são aquecidos. O ar mais quente é menos denso que o ar da vizinhança mais frio à mesma pressão Essa difererença de densidade faz com que o balão suba. De maneira inversa, um balão encolhe quando um gás dentro dele é resfriado.

21 Kelvin. As leis dos gases Relação temperatura-volume: lei de Charles A relação entre volume de gás e temperatura foi descoberta em 1787 pelo cientista Jacques Charles. Charles descobriu que o volume de certa quantidade fixa de gás a pressão constante aumenta linearmente com a temperatura. Em 1848 William Thomson (lord Kelvin), propôs uma escala de temperatura absoluta, hoje conhecida como escala

22

23 As leis dos gases Relação temperatura-volume: lei de Charles Na escala Kelvin, 0 K, chamado zero absoluto, é igual a - 273,15 o C. Em termos de escala Kelvin, a Lei de Charles pode ser expressa como segue: O volume de certa quantidade fixa de gás mantido à pressão constante é diretamente proporcional à respectiva temperatura absoluta.

24 As leis dos gases Relação temperatura-volume: lei de Charles Portanto, ao se dobrar a temperatura absoluta, o volume do gás dobrará Matematicamente: O valor da constante depende da pressão e da quantidade de gás.

25 reagem são proporções de números inteiros pequenos. As leis dos gases Relação quantidade-volume: lei de Avogadro Conforme adicionamos gás a um balão, ele se expande. O volume de um gás é afetado não apenas pela pressão e temperatura, mas também pela quantidade de gás. A relação entre quantidade de gás e respectivo volume resultou do trabalho de Gay-Lussac e Amadeo Avogadro. A lei de Gay-Lussac de volumes combinados: a uma determinada temperatura e pressão, os volumes dos gases que

26 As leis dos gases Relação quantidade-volume: lei de Avogadro Três anos depois Amadeo Avogadro interpretou a observação de Gay-Lussac propondo o que atualmente é conhecido como hipótese de Avogadro.

27 As leis dos gases Relação quantidade-volume: lei de Avogadro A hipótese de Avogadro: volumes iguais de gases à mesma temperatura e pressão contêm números iguais de moléculas. A lei de Avogadro resulta da hipótese de Avogadro: O volume de um gás mantido a temperatura e pressão constantes é diretamente proporcional à quantidade de matéria do gás.

28 As leis dos gases Relação quantidade-volume: lei de Avogadro Matematicamente: Portanto, dobrando-se a quantidade de matéria do gás, o volume também dobra se T e P permanecerem constantes. Podemos mostrar que 22,4 L de qualquer gás a 0 C contém 6, moléculas de gás (isto é, 1 mol).

29 As leis dos gases Relação quantidade-volume: lei de Avogadro

30 A equação do gás ideal Considere as três leis dos gases. Lei de Boyle: Lei de Charles: Lei de Avogadro: Podemos combiná-las em uma lei geral dos gases:

31 A equação do gás ideal Se R é a constante de proporcionalidade (chamada de constante dos gases), então: Reordenando, temos a equação do gás ideal: R = 0,08206 L atm mol -1 K -1 = 8,314 J mol -1 K -1

32 A equação do gás ideal

33 A equação do gás ideal Um gás ideal é um gás hipotético cujos comportamentos da pressão, do volume e da temperatura são completamente descritos pela equação do gás ideal. Suponha que temos 1,000 mol de um gás ideal a 1,000 atm e 0,00 o C (273,15 K). De acordo com a equação do gás ideal, o volume do gás é:

34 A equação do gás ideal As condições 0 o C e 1 atm refere-se às condições normais de temperatura e pressão (CNTP). O volume ocupado por 1 mol de um gás ideal nas CNTP, 22,4 L, é conhecido como volume molar de um gás ideal nas CNTP. Então, as CNTP para um gás ideal são: Temperatura: 0 o C ou 273,15 K Pressão: 1 atm Volume molar: 22,4 L

35 A equação do gás ideal Relacionando a equação do gás ideal e as leis dos gases Se PV = nrt e n e T são constantes, então PV = constante e temos a lei de Boyle. Podemos usar a lei de Boyle para determinar como o volume de um gás varia quando sua pressão varia. Uma vez que o produto PV é uma constante quando um gás é mantido com n e T constantes, sabe-se que: PV PV

36 A equação do gás ideal Relacionando a equação do gás ideal e as leis dos gases Onde P 1 e V 1 são os valores iniciais e P 2 e V 2 são os valores finais. Outras leis podem ser criadas de modo similar. Frequentemente deparamos com a situação na qual P, V e T variam enquanto a quantidade de matéria de gás permanece fixa.

37 Relacionando a equação do gás ideal e as leis dos gases Como n é constante nessas condições, a equação do gás ideal é: A equação do gás ideal PV T nr Se representarmos as condições inicial e final de pressão, temperatura e volume pelos índices inferiores 1 e 2, respectivamente, podemos escrever: cons tan te PV 1 n T P2 V n T 2 2 2

38 A equação do gás ideal Exercícios 2- A pressão do gás em uma lata de aerossol é 1,5 atm a 25 ºC. Supondo que o gás dentro da lata obedece à equação do gás ideal, qual seria a pressão se a lata fosse aquecida a 450 ºC? 3- Um balão cheio tem volume de 6,0 L no nível do mar (1,0 atm) e é incitado a subir até que a pressão seja 0,45 atm. Durante a subida a temperatura do gás cai de 22 ºC para -21 ºC. Calcule o volume do balão a essa altitude final.

39 Aplicações adicionais da equação do gás ideal Densidades de gases e massa molar A densidade tem unidades de massa por unidades de volume. Reajustando a equação ideal dos gases com M como massa molar, teremos: PV n V nm V P RT nrt d PM RT

40 Aplicações adicionais da equação do gás ideal Densidades de gases e massa molar A massa molar de um gás pode ser determinada como se segue: M drt P Volumes de gases em reações químicas A equação ideal dos gases relaciona P, V e T ao número de mols do gás. O n pode então ser usado em cálculos estequiométricos.

41 Uma vez que as moléculas de gás estão tão separadas, podemos supor que elas comportam-se independentemente. John Dalton observou que a pressão total de uma mistura de gases é igual à soma das pressões parciais que cada gás exerceria se estivesse sozinho. A pressão exercida por um componente em particular de certa mistura de gases é chamada pressão parcial daquele gás, e a observação de Dalton é conhecida com lei de Dalton das pressões parciais. Mistura de gases e pressões parciais

42 Mistura de gases e pressões parciais P total P1 P2 P3 Cada gás obedece à equação ideal dos gases: P i n Todos os gases na mistura estão à mesma temperatura e ocupam o mesmo volume, então combinando as equações: i RT V P total n n n RT V

43 Mistura de gases e pressões parciais Exercícios 4- Uma mistura gasosa feita de 6,00 g de O 2 e 9,00 g de CH 4 é colocada em recipiente de 15,0 L a 0 ºC. Qual é a pressão parcial de cada gás e a pressão total no recipiente?

44 Mistura de gases e pressões parciais Pressões parciais e frações em quantidade de matéria Como cada gás em uma mistura comporta-se de forma independente, podemos relacionar a quantidade de certo gás em uma mistura com sua pressão parcial. Para um gás ideal, P = nrt/v, e portanto podemos escrever: P1 1 P t n1rt n RT t / V / V n n t

45 Mistura de gases e pressões parciais Pressões parciais e frações em quantidade de matéria A razão n 1 /n t é chamada fração em quantidade de matéria do gás 1, que representamos por X 1. A fração em quantidade de matéria ou fração em mol, X, é um número sem dimensão que expressa a razão entre a quantidade de matéria de certo componente e a quantidade de matéria total na mistura.

46 Mistura de gases e pressões parciais Pressões parciais e frações em quantidade de matéria Reordenando temos: P 1 n n 1 t Pt P1 X1P t onde 1 é a fração em quantidade de matéria (n 1 /n t ).

47 Mistura de gases e pressões parciais Coletando gases sobre a água É comum sintetizar gases e coletá-los através do deslocamento de um volume de água. Para calcular a quantidade de gás produzido, precisamos fazer a correção para a pressão parcial da água. Ptotal Pgás PH 2O

48 Mistura de gases e pressões parciais Coletando gases sobre a água

49 Exercícios 1- A pressão atmosférica típica no topo do monte Everest ( pés) é aproximadamente 265 torr. Converta essa pressão para: atm; mm Hg; pascal; bar. 2- Uma mistura contendo 0,538 mol de He(g), 0,315 mol de Ne(g) e 0,103 mol de Ar(g) é confinada em um recipiente de 7,00 L a 25 ºC. a- Calcule a pressão parcial de cada um dos gases na mistura. b- Calcule a pressão total da mistura.

50 Exercícios 3- Calcule cada uma das seguintes grandezas para um gás ideal: a- O volume de gás, em litros, se 2,46 mol tiver pressão de 1,28 atm à temperatura de -6 ºC; b- A temperatura absoluta do gás na qual 4,79 x 10-2 mol ocupa 135 ml a 720 torr; c- A pressão, em atmosferas, se 5,52 x 10-2 ocupa 413 ml a 88 ºC; d- A quantidade de gás, em mols, se 88,4 L a 54 ºC têm pressão de 9,84 kpa.

Características dos gases

Características dos gases Gases Características dos gases Os gases são altamente compressíveis e ocupam o volume total de seus recipientes. Quando um gás é submetido à pressão, seu volume diminui. Os gases sempre formam misturas

Leia mais

AULA 03 GASES Cap. 4 Russel PROF. MARCELL MARIANO CORRÊA MACENO

AULA 03 GASES Cap. 4 Russel PROF. MARCELL MARIANO CORRÊA MACENO AULA 03 GASES Cap. 4 Russel PROF. MARCELL MARIANO CORRÊA MACENO Características dos gases Os gases são altamente compressíveis e ocupam o volume total de seus recipientes. Quando um gás é submetido à pressão,

Leia mais

GASES. https://www.youtube.com/watch?v=wtmmvs3uiv0. David P. White. QUÍMICA: A Ciência Central 9ª Edição Capítulo by Pearson Education

GASES. https://www.youtube.com/watch?v=wtmmvs3uiv0. David P. White. QUÍMICA: A Ciência Central 9ª Edição Capítulo by Pearson Education GASES PV nrt https://www.youtube.com/watch?v=wtmmvs3uiv0 David P. White QUÍMICA: A Ciência Central 9ª Edição volume, pressão e temperatura Um gás consiste em átomos (individualmente ou ligados formando

Leia mais

BIK0102: ESTRUTURA DA MATÉRIA. Crédito: Sprace GASES. Professor Hugo B. Suffredini Site:

BIK0102: ESTRUTURA DA MATÉRIA. Crédito: Sprace GASES. Professor Hugo B. Suffredini Site: BIK0102: ESTRUTURA DA MATÉRIA Crédito: Sprace GASES Professor Hugo B. Suffredini hugo.suffredini@ufabc.edu.br Site: www.suffredini.com.br Pressão Atmosférica A pressão é a força atuando em um objeto por

Leia mais

Professora : Elisângela Moraes

Professora : Elisângela Moraes UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE ENGENHARIA DE LORENA -EEL Professora : Elisângela Moraes 02/03/2012 PROGRAMA RESUMIDO 1. Gases Ideais; 2. Gases Reais; 3. Termodinâmica; 4. Termoquímica; 5. Entropia;

Leia mais

CURSO: ENGENHARIA CIVIL FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL II 2º Período Prof.a: Érica Muniz UNIDADE 2. Propriedades Moleculares dos Gases

CURSO: ENGENHARIA CIVIL FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL II 2º Período Prof.a: Érica Muniz UNIDADE 2. Propriedades Moleculares dos Gases CURSO: ENGENHARIA CIVIL FÍSICA GERAL E EXPERIMENTAL II 2º Período Prof.a: Érica Muniz UNIDADE 2 Propriedades Moleculares dos Gases Estado Gasoso Dentre os três estados de agregação, apenas o estado gasosos

Leia mais

Gases UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO UFRJ INSTITUTO DE QUÍMICA IQG120. Prof. Antonio Guerra Departamento de Química Geral e Inorgânica - DQI

Gases UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO UFRJ INSTITUTO DE QUÍMICA IQG120. Prof. Antonio Guerra Departamento de Química Geral e Inorgânica - DQI UNIERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO UFRJ INSTITUTO DE QUÍMICA IQG10 http://www.met.reading.ac.uk/~swrmethn/balloon/ Gases Prof. Antonio Guerra Departamento de Química Geral e Inorgânica - DQI A Estrutura

Leia mais

Luis Eduardo C. Aleotti. Química. Aula 38 - Transformações Gasosas

Luis Eduardo C. Aleotti. Química. Aula 38 - Transformações Gasosas Luis Eduardo C. Aleotti Química Aula 38 - Transformações Gasosas TRANSFORMAÇÕES GASOSAS Gás e Vapor - Gás: Substância gasosa em temperatura ambiente. - Vapor: Estado gasoso de uma substância líquida ou

Leia mais

ATMOSFERA. Volume molar; constante de Avogadro

ATMOSFERA. Volume molar; constante de Avogadro ATMOSFERA Volume molar; constante de Avogadro 25-01-2011 Dulce Campos 2 O ar é uma solução gasosa Enquanto solução gasosa tem comportamentos semelhantes aos das substâncias gasosas 25-01-2011 Dulce Campos

Leia mais

FÍSICO-QUÍMICA GASES IDEAIS E GASES REAIS. Prof. MSc. Danilo Cândido

FÍSICO-QUÍMICA GASES IDEAIS E GASES REAIS. Prof. MSc. Danilo Cândido FÍSICO-QUÍMICA GASES IDEAIS E GASES REAIS Prof. MSc. Danilo Cândido CONCEITOS DE GASES Um gás representa a forma mais simples da matéria, de baixa densidade e que ocupa o volume total de qualquer recipiente

Leia mais

Estudo Físico-Químico dos Gases

Estudo Físico-Químico dos Gases 19/08/009 Estudo Físico-Químico dos Gases Prof. Alex Fabiano C. Campos Gás e Vapor Diagrama de Fase Gás Vapor Gás: fluido elástico que não pode ser condensado apenas por aumento de pressão, pois requer

Leia mais

Apostila de Química 01 Estudo dos Gases

Apostila de Química 01 Estudo dos Gases Apostila de Química 01 Estudo dos Gases 1.0 Conceitos Pressão: Número de choques de suas moléculas contra as paredes do recipiente. 1atm = 760mHg = 760torr 105Pa (pascal) = 1bar. Volume 1m³ = 1000L. Temperatura:

Leia mais

Físico-Química I. Profa. Dra. Carla Dalmolin. Gases. Gás perfeito (equações de estado e lei dos gases) Gases reais

Físico-Química I. Profa. Dra. Carla Dalmolin. Gases. Gás perfeito (equações de estado e lei dos gases) Gases reais Físico-Química I Profa. Dra. Carla Dalmolin Gases Gás perfeito (equações de estado e lei dos gases) Gases reais Gás Estado mais simples da matéria Uma forma da matéria que ocupa o volume total de qualquer

Leia mais

Soluções e Gases III. Gases

Soluções e Gases III. Gases Soluções e Gases III Gases Gases Gás é um material que preenche todo o espaço ou volume do recipiente em que se encontra, independentemente do tamanho do recipiente. Ar 78 % de N 2 21% de O 2 1% de outros

Leia mais

Estequiometria. Mestranda: Daniele Potulski Disciplina: Química da madeira I

Estequiometria. Mestranda: Daniele Potulski Disciplina: Química da madeira I Estequiometria Mestranda: Daniele Potulski Disciplina: Química da madeira I Estequiometria Estequiometria é o cálculo da quantidade de reagentes e produtos da reação, baseado nas leis das reações químicas.

Leia mais

Todo gás exerce uma PRESSÃO, ocupando um certo VOLUME à determinada TEMPERATURA

Todo gás exerce uma PRESSÃO, ocupando um certo VOLUME à determinada TEMPERATURA Todo gás exerce uma PRESSÃO, ocupando um certo VOLUME à determinada TEMPERATURA Aos valores da pressão, do volume e da temperatura chamamos de ESTADO DE UM GÁS Assim: V 5 L T 300 K P 1 atm Os valores da

Leia mais

Estudo Físico-Químico dos Gases

Estudo Físico-Químico dos Gases Estudo Físico-Químico dos Gases Prof. Alex Fabiano C. Campos Fases de Agregação da Matéria Sublimação (sólido em gás ou gás em sólido) Gás Evaporação (líquido em gás) Condensação (gás em líquido) Sólido

Leia mais

Gases. Reis, Oswaldo Henrique Barolli. R375g Gases / Oswaldo Henrique Barolli. Varginha, slides : il.

Gases. Reis, Oswaldo Henrique Barolli. R375g Gases / Oswaldo Henrique Barolli. Varginha, slides : il. Gases Reis, Oswaldo Henrique Barolli. R375g Gases / Oswaldo Henrique Barolli. Varginha, 2015. 21 slides : il. Sistema requerido: Adobe Acrobat Reader Modo de Acesso: World Wide Web 1. Dinâmica dos gases.

Leia mais

Gases. Compostos orgânicos de baixa massa molar são gases a temperatura ambiente. CH 4 (metano gás natural), C 3 H 8

Gases. Compostos orgânicos de baixa massa molar são gases a temperatura ambiente. CH 4 (metano gás natural), C 3 H 8 Gases CAPÍTULO 4 AS PROPRIEDADES DOS GASES / A NATUREZA DOS GASES/ AS LEIS DOS GASES / O MOVIMENTO MOLECULAR / O MODELO CINÉTICO DOS GASES / OS GASES REAIS Introdução Gases Atmosfera 11 elementos são encontrados

Leia mais

ELEMENTOS QUE FORMAM GASES NAS CONDIÇÕES NORMAIS

ELEMENTOS QUE FORMAM GASES NAS CONDIÇÕES NORMAIS ELEMENTOS QUE FORMAM GASES NAS CONDIÇÕES NORMAIS Substância no estado gasoso é definida por 4 qualidades: Volume Quantidade de matéria (mol) Temperatura Pressão 1. fase gasosa Átomos He Ar (gases nobres)

Leia mais

Aula 8 OS GASES E SUAS PROPRIEDADES. Eliana Midori Sussuchi Samísia Maria Fernandes Machado Valéria Regina de Souza Moraes

Aula 8 OS GASES E SUAS PROPRIEDADES. Eliana Midori Sussuchi Samísia Maria Fernandes Machado Valéria Regina de Souza Moraes Aula 8 OS GASES E SUAS PROPRIEDADES META Apresentar as leis fundamentais dos gases. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno deverá: reconhecer as Leis que levaram à compreensão do comportamento dos gases:

Leia mais

EXPERIÊNCIA 2 DETERMINAÇÃO DA MASSA MOLECULAR DE UM GÁS EFEITO DA PRESSÃO NO PONTO DE EBULIÇÃO

EXPERIÊNCIA 2 DETERMINAÇÃO DA MASSA MOLECULAR DE UM GÁS EFEITO DA PRESSÃO NO PONTO DE EBULIÇÃO 1. OBJETIVOS No final desta experiência o aluno deverá ser capaz de: Interpretar as leis que regem o comportamento dos gases ideais. Utilizar a equação da lei do gás ideal, PV = nrt Medir o volume e a

Leia mais

EXPERIÊNCIA 6 DETERMINAÇÃO DA MASSA MOLECULAR DE UM GÁS EFEITO DA PRESSÃO NO PONTO DE EBULIÇÃO

EXPERIÊNCIA 6 DETERMINAÇÃO DA MASSA MOLECULAR DE UM GÁS EFEITO DA PRESSÃO NO PONTO DE EBULIÇÃO 1. OBJETIVOS EXPERIÊNCIA 6 DETERMINAÇÃO DA MASSA MOLECULAR DE UM GÁS EFEITO DA PRESSÃO NO PONTO DE EBULIÇÃO No final desta experiência o aluno deverá ser capaz de: Interpretar as leis que regem o comportamento

Leia mais

Gases. 1. Qual a equação de Van der Waals para o gás real e qual o significado de cada termo dessa equação?

Gases. 1. Qual a equação de Van der Waals para o gás real e qual o significado de cada termo dessa equação? Capítulo 2 Gases 1. Qual a equação de Van der Waals para o gás real e qual o significado de cada termo dessa equação? Van der Waals verificou que o fato do gás real não se comportar como o gás ideal é

Leia mais

EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO QUÍMICA GASES I

EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO QUÍMICA GASES I Aluno (a): Profº: RICARDO Série: Data: / / Disc: QUÍMICA EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO QUÍMICA GASES I 1. Uma Massa fixa de um gás ideal foi submetida a uma série de transformações isotérmicas e alguns dos valores

Leia mais

O ESTADO GASOSO - CARACTERÍSTICAS GERAIS

O ESTADO GASOSO - CARACTERÍSTICAS GERAIS Estado Gasoso O ESTADO GASOSO - CARACTERÍSTICAS GERAIS Os gases sempre tendem a ocupar todo o volume do recipiente que os contém (capacidade de expansão) Os gases têm massa (Volumes iguais de gases diferentes

Leia mais

Química Fascículo 05 Elisabeth Pontes Araújo Elizabeth Loureiro Zink José Ricardo Lemes de Almeida

Química Fascículo 05 Elisabeth Pontes Araújo Elizabeth Loureiro Zink José Ricardo Lemes de Almeida Química Fascículo 05 Elisabeth Pontes Araújo Elizabeth Loureiro Zink José Ricardo Lemes de Almeida Índice Gases...1 Exercícios...4 Gabarito...7 Gases I Estado gasoso = partículas sem interação f Velocidade

Leia mais

Química Prof. Giacometto

Química Prof. Giacometto Química Prof. Giacometto LISTA DE EXERCÍCIOS SOBRE O ESTADO GASOSO (SÓ UEM) OBS: SEMPRE QUE JULGAR NECESSÁRIO O VALOR DA MASSA ATÔMICA DE UM ELEMENTO QUÍMICO, UTILIZAR A TABELA PERIÓDICA 01) (UEM) Considerando

Leia mais

FENÔMENOS DOS TRANSPORTES. Pressão e Estática dos Fluidos

FENÔMENOS DOS TRANSPORTES. Pressão e Estática dos Fluidos Pressão e Estática dos Fluidos 1 Estática dos Fluidos A estática dos fluidos é a ramificação da mecânica dos fluidos que estuda o comportamento de um fluido em uma condição de equilíbrio estático (parado).

Leia mais

Experimento N 3 DETERMINAÇÃO EXPERIMENTAL DA MASSA MOLAR DO GÁS BUTANO E DO MAGNÉSIO

Experimento N 3 DETERMINAÇÃO EXPERIMENTAL DA MASSA MOLAR DO GÁS BUTANO E DO MAGNÉSIO Experimento N 3 DETERMINAÇÃO EXPERIMENTAL DA MASSA MOLAR DO GÁS BUTANO E DO MAGNÉSIO 1) INTRODUÇÃO A maioria dos gases reais mostra um comportamento aproximado ao de um gás ideal, especialmente se a pressão

Leia mais

GASES PERFEITOS AULA INTRODUÇÃO

GASES PERFEITOS AULA INTRODUÇÃO AULA 5 GASES PERFEIOS - INRODUÇÃO Neste capítulo, vamos estudar as transformações gasosas e as leis elaboradas por Boyle e ariotte, Clapeyron, Gay-Lussac e Charles, que regem estas transformações. Vamos

Leia mais

Hidrostática Prof: Edson Rizzo. Pressões: Mecânica, Hidrostática, Atmosférica e Absoluta. Empuxo

Hidrostática Prof: Edson Rizzo. Pressões: Mecânica, Hidrostática, Atmosférica e Absoluta. Empuxo Hidrostática Prof: Edson Rizzo Pressões: Mecânica, Hidrostática, Atmosférica e Absoluta. Empuxo DENSIDADE Consideremos um corpo de massa m e volume V. A densidade (d) do corpo é definida por: d = m V No

Leia mais

Estudo Físico-Químico dos Gases

Estudo Físico-Químico dos Gases Estudo Físico-Químico dos Gases Prof. Alex Fabiano C. Campos Gás e Vapor Diagrama de Fase Gás Vapor Gás: fluido elástico que não pode ser condensado apenas por aumento de pressão, pois requer ainda um

Leia mais

11/08/2014. Lei de Avogadro. Equação de Clayperon. CNTP 1 atm 0 C 273K

11/08/2014. Lei de Avogadro. Equação de Clayperon. CNTP 1 atm 0 C 273K Disciplina de Físico Química I - Equação de Clapeyron Misturas Gases reais. Prof. Vanderlei Inácio de Paula contato: vanderleip@anchieta.br Lei de Avogadro 1 Lei de Avogadro Equação de Clayperon CNTP 1

Leia mais

Gases. 1) Assinale a alternativa CORRETA.

Gases. 1) Assinale a alternativa CORRETA. Gases 1) Assinale a alternativa CORRETA. (A) Uma determinada massa de gás ideal, ocupando um volume constante, tem sua pressão inversamente proporcional à sua temperatura absoluta. (B) Em uma transformação

Leia mais

Estrutura da Matéria Prof. Fanny Nascimento Costa

Estrutura da Matéria Prof. Fanny Nascimento Costa Estrutura da Matéria Prof. Fanny Nascimento Costa (fanny.costa@ufabc.edu.br) Aula 03 Gases e suas propriedades; Conservação de massa e volume (teoria cinética). Gases Os gases são o estado mais simples

Leia mais

Combustíveis Energia e Ambiente. Combustíveis gasosos, líquidos e sólidos: compreender as diferenças

Combustíveis Energia e Ambiente. Combustíveis gasosos, líquidos e sólidos: compreender as diferenças Combustíveis gasosos, líquidos e sólidos: compreender as diferenças 1 Estados físicos de hidrocarbonetos em função do número de carbonos da cadeia Os gases combustíveis podem ser agrupados em famílias,

Leia mais

GASES MÓDULO 1 TRANSFORMAÇÕES QUÍMICAS

GASES MÓDULO 1 TRANSFORMAÇÕES QUÍMICAS GASES MÓDULO 1 TRANSFORMAÇÕES QUÍMICAS GASES GASES IDEAIS OU PERFEITOS Um gás perfeito é um gás hipotético. Por definição, é aquele que obedece, rigorosamente, às leis de Boyle e Charles, ou seja: As moléculas

Leia mais

QUÍMICA MÓDULO 18 RELAÇÕES NUMÉRICAS. Professor Edson Cruz

QUÍMICA MÓDULO 18 RELAÇÕES NUMÉRICAS. Professor Edson Cruz QUÍMICA Professor Edson Cruz MÓDULO 18 RELAÇÕES NUMÉRICAS INTRODUÇÃO Precisamos compreender que houve uma necessidade de se definir uma nova unidade de massa para átomos e moléculas. É importante que você

Leia mais

Capítulo 10. 2005 by Pearson Education

Capítulo 10. 2005 by Pearson Education QUÍMICA A Ciência Central 9ª Edição Gases David P. White Características dos gases Os gases são altamente compressíveis e ocupam o volume total de seus recipientes. Quando um gás é submetido à pressão,

Leia mais

Capítulo 1. Propriedades dos Gases

Capítulo 1. Propriedades dos Gases Capítulo 1. Propriedades dos Gases Baseado no livro: Atkins Physical Chemistry Eighth Edition Peter Atkins Julio de Paula 14-03-2007 Maria da Conceição Paiva 1 O estado físico de uma substância A equação

Leia mais

Universidade Federal do Pampa UNIPAMPA. Teoria Cinética do Gases

Universidade Federal do Pampa UNIPAMPA. Teoria Cinética do Gases Universidade Federal do Pampa UNIPAMPA Teoria Cinética do Gases Introdução A descrição de um gás por inteiro (descrição macroscópica) pode ser feito estabelecendo as grandezas macroscópicas que caracterizam

Leia mais

REVISIONAL DE QUÍMICA 1º ANO PROF. RICARDO

REVISIONAL DE QUÍMICA 1º ANO PROF. RICARDO REVISIONAL DE QUÍMICA 1º ANO PROF. RICARDO 1- Um aluno de química, ao investigar as propriedades de gases, colocou uma garrafa plástica (PET), contendo ar e devidamente fechada, em um freezer e observou

Leia mais

Prática 05 Determinação Da Massa Molar Do Magnésio

Prática 05 Determinação Da Massa Molar Do Magnésio UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS CCT DEPARTAMENTO DE QUÍMICA DQMC Disciplina: Química Geral Experimental QEX0002 Prática 05 Determinação Da Massa Molar Do Magnésio

Leia mais

Hidrostática REVISÃO ENEM O QUE É UM FLUIDO? O QUE É MASSA ESPECÍFICA? OBSERVAÇÕES

Hidrostática REVISÃO ENEM O QUE É UM FLUIDO? O QUE É MASSA ESPECÍFICA? OBSERVAÇÕES REVISÃO ENEM Hidrostática O QUE É UM FLUIDO? Fluido é denominação genérica dada a qualquer substância que flui isto é, escoa e não apresenta forma própria, pois adquire a forma do recipiente que o contém.

Leia mais

P1 - PROVA DE QUÍMICA GERAL 09/04/11

P1 - PROVA DE QUÍMICA GERAL 09/04/11 P1 - PROVA DE QUÍMICA GERAL 09/04/11 Nome: Nº de Matrícula: GABARITO Turma: Assinatura: Questão Valor Grau Revisão 1 a 2,5 2 a 2,5 3 a 2,5 4 a 2,5 Total 10,0 Dados R = 0,0821 atm L mol -1 K -1 T (K) =

Leia mais

Equilíbrio Químico. início x 2x 0 0

Equilíbrio Químico. início x 2x 0 0 Capítulo 7 Equilíbrio Químico. (ITA) Uma mistura gasosa é colocada a reagir dentro de um cilindro provido de um pistão móvel, sem atrito e sem massa, o qual é mantido à temperatura constante. As reações

Leia mais

Aluno(a): nº: Professor: Fernanda TonettoSurmas Data: Turma: ORIENTAÇÕES DE ESTUDO REC 2º TRI PRIMEIRO ANO FSC II

Aluno(a): nº: Professor: Fernanda TonettoSurmas Data: Turma: ORIENTAÇÕES DE ESTUDO REC 2º TRI PRIMEIRO ANO FSC II 1º EM E.M. FÍSICA Aluno(a): nº: Professor: Fernanda TonettoSurmas Data: Turma: ORIENTAÇÕES DE ESTUDO REC º TRI PRIMEIRO ANO FSC II Estudar FÍSICA II LIVRO PV = nrt Dilatação dos Sólidos e dos Líquidos

Leia mais

01) (UPE-2011-Q1) Em relação à teoria cinética molecular dos gases, é CORRETO afirmar que:

01) (UPE-2011-Q1) Em relação à teoria cinética molecular dos gases, é CORRETO afirmar que: 01) (UPE-2011-Q1) Em relação à teoria cinética molecular dos gases, é CORRETO afirmar que: a) a energia cinética média de um conjunto de moléculas de um gás depende, apenas e exclusivamente, das massas

Leia mais

Professora : Elisângela Moraes

Professora : Elisângela Moraes UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE ENGENHARIA DE LORENA -EEL Professora : Elisângela Moraes 09/03/2012 LEI DE GAY-LUSSAC E AVOGADRO Os volumes de gases se combinavam em razão expressa por pequenos números

Leia mais

Lista de Exercícios - Unidade 10 Buscando o equilíbrio

Lista de Exercícios - Unidade 10 Buscando o equilíbrio Lista de xercícios - Unidade 10 uscando o equilíbrio Hidrostática Primeira lista de exercícios: 1. Um recipiente contém 6,0 litros de água. Sabendo que a densidade da água é 1,0 g / cm 3, qual a massa

Leia mais

TERMODINÂMICA E ESTÁTICA DA ATMOSFERA. Capítulo 2 Vianello & Alves Meteorologia Básica e Aplicações

TERMODINÂMICA E ESTÁTICA DA ATMOSFERA. Capítulo 2 Vianello & Alves Meteorologia Básica e Aplicações TERMODINÂMICA E ESTÁTICA DA ATMOSFERA Capítulo 2 Vianello & Alves Meteorologia Básica e Aplicações INTRODUÇÃO A atmosfera é uma imensa máquina térmica, cuja principal fonte de calor é a energia solar.

Leia mais

Professor: José Junio Lopes Aula 2 Estática dos Fluidos e Manômetria

Professor: José Junio Lopes Aula 2 Estática dos Fluidos e Manômetria Aula 2 Estática dos Fluidos e Manômetria 1. Determine o valor de p = 340 mmhg em: a) SI, kgf/cm 2 na escala efetiva, b) em kpa e atm na escala absoluta. Dados: 1 atm = 760 mmhg = 101.230 Pa = 1,033 kgf/cm

Leia mais

Bacharelado Engenharia Civil

Bacharelado Engenharia Civil Bacharelado Engenharia Civil Disciplina: Fenômenos de Transporte 5 Período Prof.a: Msd. Érica Muniz Aula 02 Propriedades dos Fluidos Algumas propriedades são fundamentais para a análise de um fluido e

Leia mais

PRÁTICA: DETERMINAÇÃO DA CONSTANTE R DOS GASES. pv= nrt (01) Gás Ideal : obedece pv=n RT em qualquer condição de T e p.

PRÁTICA: DETERMINAÇÃO DA CONSTANTE R DOS GASES. pv= nrt (01) Gás Ideal : obedece pv=n RT em qualquer condição de T e p. PRÁTICA: DETERMINAÇÃO DA CONSTANTE R DOS GASES 1. Introdução A matéria pode se apresentar nos estados sólido, líquido e gasoso. A temperatura e a pressão são as variáveis responsáveis pelo seu estado físico.

Leia mais

Lista Básica Transformações Gasosas

Lista Básica Transformações Gasosas 1. (Pucrj 2017) Uma certa quantidade de gás ideal ocupa inicialmente um volume 0 com pressão P 0. Se sobre esse gás se realiza um processo isotérmico dobrando sua pressão para 2 P 0. qual será o volume

Leia mais

As moléculas se encontram em movimento desordenado, regido pelos princípios fundamentais da Mecânica newtoniana.

As moléculas se encontram em movimento desordenado, regido pelos princípios fundamentais da Mecânica newtoniana. Estudo dos gases Gás Ideal As moléculas se encontram em movimento desordenado, regido pelos princípios fundamentais da Mecânica newtoniana. As moléculas não exercem força uma sobre as outras, exceto quando

Leia mais

FUNDAMENTOS FÍSICOS DO AR COMPRIMIDO

FUNDAMENTOS FÍSICOS DO AR COMPRIMIDO DEFINIÇÃO: O ar é incolor, insípido e é uma mistura de diversos gases. Composição percentual do ar seco padrão: (ISO 2533). Elementos Percentual em volume Percentual em massa Nitrogênio 78,08 75,52 Oxigênio

Leia mais

QUÍMICA 2 Prof Emanuele

QUÍMICA 2 Prof Emanuele QUÍMICA 2 Prof Emanuele LISTA DE EXERCÍCIOS RELAÇÕES DE MASSA E ESTUDO DOS GASES 1) Silicatos são compostos de grande importância nas indústrias de cimento, cerâmica e vidro. Quantos gramas de silício

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS FÍSICA 2º TRIMESTRE ESTUDO DOS GASES

LISTA DE EXERCÍCIOS FÍSICA 2º TRIMESTRE ESTUDO DOS GASES LISTA DE EXERCÍCIOS FÍSICA 2º TRIMESTRE Nome: nº: Ano: 2º EM Professor: Anderson ESTUDO DOS GASES INTRODUÇÃO O estudo dos gases é de grande importância na compreensão de fatos que ocorrem no nosso cotidiano,

Leia mais

Prática 03 Determinação do Zero Absoluto

Prática 03 Determinação do Zero Absoluto UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS CCT DEPARTAMENTO DE QUÍMICA DQMC Disciplina: Química Geral Experimental QEX0002 Prática 03 Determinação do Zero Absoluto 1. Introdução

Leia mais

Propriedades de uma substância pura

Propriedades de uma substância pura Propriedades de uma substância pura Substância pura possui composição química invariável e homogênea, independentemente da fase em que está. Ex.: água Equilíbrio de fases em uma substância pura, as fases

Leia mais

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 22 RELAÇÕES NUMÉRICAS FUNDAMENTAIS - PARTE 2

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 22 RELAÇÕES NUMÉRICAS FUNDAMENTAIS - PARTE 2 QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 22 RELAÇÕES NUMÉRICAS FUNDAMENTAIS - PARTE 2 Fixação 1) (UNESP) O volume de uma massa fixa de gás ideal, a pressão constante, é diretamente proporcional à: a) concentração do gás.

Leia mais

PROPRIEDADE DOS GASES

PROPRIEDADE DOS GASES RORIEDADE DOS GASES 0. Gás Ideal x Gás Real eoria Cinética dos Gases A eoria Cinética dos Gases procura dar uma idéia da estrutura interna dos gases através de hipóteses, criando-se um modelo que sirva

Leia mais

CAPITULO 1 Propriedades dos gases. PGCEM Termodinâmica dos Materiais UDESC

CAPITULO 1 Propriedades dos gases. PGCEM Termodinâmica dos Materiais UDESC CAPITULO 1 Propriedades dos gases PGCEM Termodinâmica dos Materiais UDESC Referência Bibliográfica ATKINS, P.; Paula, J. de. Fisico-Química, Vol 1. 8ª ed., Editora LTC, Rio de Janeiro, 2006, cap 1. Ball,

Leia mais

Gás Ideal (1) PMT2305 Físico-Química para Metalurgia e Materiais I César Yuji Narita e Neusa Alonso-Falleiros 2012

Gás Ideal (1) PMT2305 Físico-Química para Metalurgia e Materiais I César Yuji Narita e Neusa Alonso-Falleiros 2012 Gás Ideal (1) Para um gás, uma equação de estado é uma relação entre pressão (P), volume (V), temperatura (T) e composição ou número de mols (n). O primeiro passo para a determinação de uma equação de

Leia mais

Curso: ENGENHARIA BÁSICA Disciplina: ESTÁTICA DOS FLUIDOS LISTA DE EXERCÍCIOS UNIDADES DE PRESSÃO:

Curso: ENGENHARIA BÁSICA Disciplina: ESTÁTICA DOS FLUIDOS LISTA DE EXERCÍCIOS UNIDADES DE PRESSÃO: Curso: ENGENHARIA BÁSICA Disciplina: ESTÁTICA DOS FLUIDOS LISTA DE EXERCÍCIOS UNIDADES DE PRESSÃO: 1. Determinar o valor da pressão de 340 mmhg em psi e kgf/cm² na escala efetiva e em Pa e atm na escala

Leia mais

Física II FEP 112 ( ) 1º Semestre de Instituto de Física - Universidade de São Paulo. Professor: Valdir Guimarães

Física II FEP 112 ( ) 1º Semestre de Instituto de Física - Universidade de São Paulo. Professor: Valdir Guimarães Física II FEP 11 (4300110) 1º Semestre de 01 Instituto de Física - Universidade de São Paulo Professor: Valdir Guimarães E-mail: valdir.guimaraes@usp.br Fone: 3091-7104(05) Aula 1 Temperatura e Teoria

Leia mais

Conceitos Básicos sobre gases

Conceitos Básicos sobre gases Conceitos Básicos sobre gases ara este estudo não vamos fazer distinção entre gás e vapor, desta forma neste capítulo, o estado gasoso (gás ou vapor) será sempre referido como gás... ressão dos gases Suponha

Leia mais

3º Trimestre Sala de Estudo Data: 09/11/17 Ensino Médio 1º ano classe: A_B_C Profª Danusa Nome: nº

3º Trimestre Sala de Estudo Data: 09/11/17 Ensino Médio 1º ano classe: A_B_C Profª Danusa Nome: nº 3º Trimestre Sala de Estudo Data: 09/11/17 Ensino Médio 1º ano classe: A_B_C Profª Danusa Nome: nº Conteúdo: Tarefa (Gases) Questão 01 - (Faculdade Guanambi BA/2017) Um dos tipos mais comum de autoclave,

Leia mais

ESTÁTICA DOS FLUIDOS FENÔMENOS DE TRANSPORTE I

ESTÁTICA DOS FLUIDOS FENÔMENOS DE TRANSPORTE I ESTÁTICA DOS FLUIDOS FENÔMENOS DE TRANSPORTE I Prof. Marcelo Henrique 1 DEFINIÇÃO DE FLUIDO Fluido é um material que se deforma continuamente quando submetido à ação de uma força tangencial (tensão de

Leia mais

s e s a G a ic ím u Q G. A 1 P

s e s a G a ic ím u Q G. A 1 P 1. 2. 3. a) o que caracteriza um gás ideal? b) o que acontece com um gás ideal se baixarmos sua temperatura a, por exemplo, 20 K? E com um gás real? 4. Um balão rígido (não-elástico) é capaz de resistir

Leia mais

P4 - PROVA DE QUÍMICA GERAL - 28/06/08

P4 - PROVA DE QUÍMICA GERAL - 28/06/08 P4 - PROVA DE QUÍMICA GERAL - 8/06/08 Nome: Nº de Matrícula: Turma: Assinatura: Questão Valor Grau Revisão 1 a,5 a,5 3 a,5 4 a,5 Total 10,0 Constantes e equações: R 0,08 atm L mol -1 K -1 8,314 J mol -1

Leia mais

ESTÁTICA DOS FLUIDOS

ESTÁTICA DOS FLUIDOS ESTÁTICA DOS FLUIDOS FENÔMENOS DE TRANSPORTE I Prof. Marcelo Henrique 1 DEFINIÇÃO DE FLUIDO Fluido é um material que se deforma continuamente quando submetido à ação de uma força tangencial (tensão de

Leia mais

2. HIDROSTÁTICA CONCEITOS BÁSICOSB

2. HIDROSTÁTICA CONCEITOS BÁSICOSB HIDROSTÁTICA TICA CONCEITOS BÁSICOSB 2. HIDROSTÁTICA TICA É a parte da Hidráulica que estuda os líquidos em repouso, bem como as forças que podem ser aplicadas em corpos neles submersos. 1 Conceito de

Leia mais

Características dos gases

Características dos gases Características dos gases Os gases são altamente compressíveis e ocupam o volume total de seus recipientes. Quando um gás é submetido à pressão, seu volume diminui. Os gases sempre formam misturas homogêneas

Leia mais

DURAÇÃO DA PROVA Manual da disciplina, livros de Química, computador, Trabalho Escrito. Conteúdos Objetivos e/ou Competências Estrutura Cotações

DURAÇÃO DA PROVA Manual da disciplina, livros de Química, computador, Trabalho Escrito. Conteúdos Objetivos e/ou Competências Estrutura Cotações ÉPOCA ESPECIAL DE EXAMES ANO LETIVO 2011/2012 MATRIZ DO EXAME DO MÓDULO QM6 Estado Físico das Substâncias e Interações Moleculares. Estado Gasoso. Química MATERIAL A UTILIZAR TIPO DE PROVA DURAÇÃO DA PROVA

Leia mais

Curso Profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos

Curso Profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos Curso Profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos MATRIZ DE EXAME DISCIPLINA: Física e Química Módulo 5 Hidrostática e Hidrodinâmica Duração: 50 minutos Conteúdos Competências

Leia mais

é aproximadamente igual a:

é aproximadamente igual a: Professor: Renan Oliveira 1. (UERJ/2016) Para descrever o comportamento dos gases ideais em função do volume V, da pressão P e da temperatura T, podem ser utilizadas as seguintes equações: De acordo com

Leia mais

Hidrostática - II PRESSÃO ATMOSFÉRICA. O ar, como qualquer substância próxima à Terra é atraído por ela o ar tem peso

Hidrostática - II PRESSÃO ATMOSFÉRICA. O ar, como qualquer substância próxima à Terra é atraído por ela o ar tem peso Hidrostática - II Renato Akio Ikeoka PRESSÃO ATMOSFÉRICA O ar, como qualquer substância próxima à Terra é atraído por ela o ar tem peso A camada atmosférica que envolve a Terra exerce uma pressão sobre

Leia mais

LEIS DOS GASES IDEAIS

LEIS DOS GASES IDEAIS 1. Resumo geral LEIS DOS GASES IDEAIS Neste trabalho pretende-se verificar experimentalmente, em condições de baixa densidade (gás ideal) que: a pressão é inversamente proporcional ao volume num processo

Leia mais

Hidrostática e Calorimetria PROF. BENFICA

Hidrostática e Calorimetria PROF. BENFICA Hidrostática e Calorimetria PROF. BENFICA benfica@anhanguera.com www.marcosbenfica.com LISTA 1 Conceitos Iniciais/Hidrostática 1) Calcular o peso específico, o volume específico e a massa específica de

Leia mais

Transformações Gasosas

Transformações Gasosas Transformações Gasosas Portal de Estudos em Química (PEQ) www.profpc.com.br Página 1 EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (FEI-SP) Certa massa de um gás perfeito sofre transformação de A para B e de B para C, conforme

Leia mais

ATMOSFERA Temperatura, pressão, densidade e volume molar

ATMOSFERA Temperatura, pressão, densidade e volume molar ATMOSFERA Temperatura, pressão, densidade e volume molar As camadas na atmosfera são: Troposfera. Estratosfera. Mesosfera Termosfera Exosfera A variação da temperatura com a altitude permite definir 5

Leia mais

GASES IDEAIS INTRODUÇÃO

GASES IDEAIS INTRODUÇÃO GASES IDEAIS INTRODUÇÃO O estado de uma certa quantidade de um gás fica determinado quando se especificam sua temperatura Kelvin T, sua pressão p e seu volume V. Um gás diz-se ideal quando essas grandezas

Leia mais

André Silva Franco ASF EOQ Escola Olímpica de Química Julho de 2011

André Silva Franco ASF EOQ Escola Olímpica de Química Julho de 2011 André Silva Franco ASF EOQ Escola Olímpica de Química Julho de 2011 Conceitos Básicos Gás é um estado da matéria; as partículas de massa m estão em movimento incessante e caótico; O tamanho das partículas

Leia mais

ESTEQUIOMETRIA - 3C13 - Profª

ESTEQUIOMETRIA - 3C13 - Profª ESTEQUIOMETRIA - 3C13 - Profª Estequiometria é a parte da Química que estuda as proporções dos elementos que se combinam ou que reagem. MASSA ATÔMICA (u) É a massa do átomo medida em unidades de massa

Leia mais

LISTA UERJ - GASES. No interior da bola cheia, a massa de ar, em gramas, corresponde a: a) 2,5 b) 5,0 c) 7,5 d) 10,0

LISTA UERJ - GASES. No interior da bola cheia, a massa de ar, em gramas, corresponde a: a) 2,5 b) 5,0 c) 7,5 d) 10,0 1. (Uerj 2012) Em um reator nuclear, a energia liberada na fissão de 1 g de urânio é 4 utilizada para evaporar a quantidade de 3,6 10 kg de água a 227ºC e sob 30 atm, necessária para movimentar uma turbina

Leia mais

!"#$%&'()*+,-'#&*'!-./0+-+*'11! '728'9/:/*.0/;!

!#$%&'()*+,-'#&*'!-./0+-+*'11! '728'9/:/*.0/;! !"#$%&'()*+,-'#&*'!-./0+-+*'11! 234252346'728'9/:/*.0/;! A'CD9'!AEBF1A19'11! Programa! "#!$%&'()*+,-.!&()!/012&()!!3.10.)!4567!!!!!!! 8'9)):(!! ;9&%

Leia mais

Física I 2010/2011. Aula 18. Mecânica de Fluidos I

Física I 2010/2011. Aula 18. Mecânica de Fluidos I Física I 2010/2011 Aula 18 Mecânica de Fluidos I Sumário Capítulo 14: Fluidos 14-1 O que é um Fluido? 14-2 Densidade e Pressão 14-3 Fluidos em Repouso 14-4 A Medida da pressão 14-5 O Princípio de Pascal

Leia mais

Equação de estado de um gás ideal e misturas gasosas

Equação de estado de um gás ideal e misturas gasosas Equação de estado de um gás ideal e misturas gasosas 01. Prove que a soma das frações molares de uma mistura gasosa é igual a 1. 02. Defina a pressão parcial de um gás. 03. Defina o volume parcial de um

Leia mais

NOME: N O : TURMA: PROFESSOR: Glênon Dutra

NOME: N O : TURMA: PROFESSOR: Glênon Dutra Apostila de Revisão n 3 DISCIPLINA: Física NOME: N O : TURMA: PROFESSOR: Glênon Dutra DATA: Mecânica - 3. FLUIDOS 1. Densidade: Razão entre a massa de um corpo e o seu volume. massa densidade = volume

Leia mais

Tópicos da História da Física Clássica

Tópicos da História da Física Clássica Tópicos da História da Física Clássica Lei dos Gases Victor O. Rivelles Instituto de Física da Universidade de São Paulo Edifício Principal, Ala Central, sala 314 e-mail: rivelles@fma.if.usp.br http://www.fma.if.usp.br/~rivelles

Leia mais

Física Geral e Experimental III. Exercícios Temperatura e Dilatação

Física Geral e Experimental III. Exercícios Temperatura e Dilatação Física Geral e Experimental III Exercícios Temperatura e Dilatação 1. Em um dia quando a temperatura alcança 50ºF, qual é a temperatura em graus Celsius e Kelvins? R: 10ºC; 283 K. 2. O ouro tem um ponto

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA PARAÍBA Campus Princesa Isabel. Fluidos. Disciplina: Física Professor: Carlos Alberto

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA PARAÍBA Campus Princesa Isabel. Fluidos. Disciplina: Física Professor: Carlos Alberto INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA PARAÍBA Campus Princesa Isabel Fluidos Disciplina: Física Professor: Carlos Alberto Objetivos de aprendizagem Ao estudar este capítulo você aprenderá:

Leia mais

Fenômenos de Transporte PROF. BENFICA

Fenômenos de Transporte PROF. BENFICA Fenômenos de Transporte PROF. BENFICA benfica@anhanguera.com www.marcosbenfica.com LISTA 2 Hidrostática 1) Um adestrador quer saber o peso de um elefante. Utilizando uma prensa hidráulica, consegue equilibrar

Leia mais

CQ 028 FÍSICO QUÍMICA GERAL

CQ 028 FÍSICO QUÍMICA GERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO ARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS EXATAS DEARTAMENTO DE QUÍMICA CQ 028 FÍSICO QUÍMICA GERAL Aula 1.1 Apresentação do curso. Características do estado gasoso. Lei de Boyle. Lei de Gay-Lussac.

Leia mais

Gases Introdução Lei de Boyle

Gases Introdução Lei de Boyle Itrodução Nos gases, as forças de atração itermoleculares são fracas, que permitem um movimeto rápido e idepedete das moléculas. Por outro lado, seu comportameto é cotrolado pelo seu volume, pressão, temperatura

Leia mais

QUÍMICA Profº JAISON

QUÍMICA Profº JAISON QUÍMICA Profº JAISON GASES O gás ideal As equações que utilizamos para estudar o comportamento dos gases nunca fornecem valores exatos. Na tentativa de nos aproximarmos mais do valor exato, estabelecemos

Leia mais

Universidade Federal do Pampa UNIPAMPA. Fluidos Hidrostática e Hidrodinâmica

Universidade Federal do Pampa UNIPAMPA. Fluidos Hidrostática e Hidrodinâmica Universidade Federal do Pampa UNIPAMPA Fluidos Hidrostática e Hidrodinâmica SUMÁRIO Fluido Força do fluido Pressão Lei de Stevin Sistemas de vasos comunicantes Princípio de Pascal Medições de pressão Princípio

Leia mais