Direitos autorais: você tem todo o direito de conhecer.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Direitos autorais: você tem todo o direito de conhecer. www.ecad.org.br"

Transcrição

1 COMO RECEBER DIREITO AUTORAL Direitos autorais: você tem todo o direito de conhecer.

2 Como receber direito autoral 1 Todo compositor, intérprete, músico, produtor fonográfico ou editora musical deve se filiar a uma das nove associações de música que integram o Ecad (ABRAMUS, AMAR, SBACEM, SICAM, SOCINPRO, UBC, ABRAC, ASSIM e SADEMBRA). Como o Ecad é o escritório de cobrança e distribuição de direitos dessas associações, somente após a filiação é que o Ecad poderá arrecadar e distribuir os direitos autorais de execução pública em nome desses profissionais denominados titulares de música. 2 Após a filiação, você deve cadastrar todas as músicas de sua autoria ou que você interpreta. Toda música nova deve ser informada e cadastrada na sua associação. É importante, também, informar o percentual de participação que cabe a cada um dos autores na criação da música, pois é este valor que norteará a distribuição dos direitos autorais de execução da respectiva obra. A mesma orientação vale para a gravação de fonogramas. 3 Lembre-se que, caso você tenha cedido os direitos de autoria de sua música a terceiros (ex: editora de música), parcial ou integralmente, os direitos autorais de execução pública também passarão a pertencer-lhes, proporcionalmente ao percentual cedido. 4 Mantenha sempre seus dados atualizados, tanto cadastrais quanto os de suas obras. As associações enviam, periodicamente, as informações de seus titulares ao Ecad, que possui um banco de dados totalmente informatizado para controlar as execuções de músicas em todo o Brasil.

3 5 Muitos autores desconhecem que a distribuição de direitos autorais provenientes da execução nas rádios é feita por amostragem, conforme critérios seguidos em todo o mundo. Além disso, ela é regionalizada, o que significa que os valores arrecadados numa determinada região são distribuídos apenas aos titulares de música que tiverem suas obras executadas e captadas pelo Ecad através de gravação ou envio de planilhas eletrônicas com a programação musical das rádios daquela região. A divisão das regiões segue o critério geográfico brasileiro: Sul, Sudeste, Centro- Oeste, Nordeste e Norte, sendo gravadas e recolhidas as planilhas musicais somente das rádios que efetuam o pagamento do direito autoral ao Ecad. O critério regionalizado da distribuição de rádio garante uma distribuição adequada às características culturais de cada região, o que resulta numa distribuição mais coerente do direito autoral. Constarão da amostragem todas as rádios adimplentes gravadas pelo Ecad e pela empresa terceirizada de gravação e identificação de músicas, além daquelas que tenham enviado eletronicamente a planilha de programação musical preenchida corretamente e dentro do padrão estipulado pelo Ecad. Também são regionalizados o ponto autoral e o ponto conexo, que representam o valor de cada execução, dependendo da verba arrecadada por região e do tipo de utilização da música, ao vivo ou mecânica. A execução da música, somente, não caracteriza que o direito autoral será distribuído para seu(s) autor(es). Vários fatores são determinantes:

4 A- B- C- se as rádios localizadas no interior dos estados enviaram as planilhas com a sua programação musical (a captação da programação das rádios nas capitais é efetuada pelo Ecad através de sistema automatizado próprio e pela empresa terceirizada contratada para este fim); se na escuta/identificação das gravações ou nas planilhas recebidas constam ou são divulgados os nomes corretos das músicas e de seus respectivos compositores; 6 A distribuição dos direitos autorais de execução pública é feita mensalmente, trimestralmente ou semestralmente, de acordo com o segmento no qual a música foi executada (show, TV, rádio, música ao vivo, sonorização ambiental, etc.). Se uma música for executada hoje, não significa que os direitos serão pagos imediatamente. Confira com a associação a qual você é filiado, os períodos do ano em que o Ecad efetua a distribuição dos direitos de cada segmento usuário de música.

5 7 Os Os percentuais de distribuição dos direitos dos titulares autorais (compositores e editores) e dos titulares conexos (produtores fonográficos, intérpretes e músicos acompanhantes) são diferentes. Consulte sua associação ou o site do Ecad (www.ecad.org.br) para saber qual o percentual que cabe a cada uma das categorias Os direitos autorais referentes a shows são distribuídos, mensalmente, somente aos autores e editores das músicas interpretadas. Neste caso, o intérprete já foi contemplado com o o cachê pago pelo pelo promotor do do evento e só e recebe só recebe direitos direitos autorais autorais se for, também, se for, também, autor das músicas autor das que músicas interpretar. que interpretar. Antes de se apresentar publicamente em shows, confira se o local, casa de espetáculos Antes de se apresentar ou o promotor publicamente do evento em shows, pagam confira direito se o local, autoral.sua casa de solidariedade espetáculos com ou o os promotor compositores do evento é fundamental pagam para direito que o autoral.sua pagamento dos solidariedade direitos autorais com os seja compositores respeitado por é fundamental todos os usuários para que de música, o pagamento o que, infelizmente, dos direitos autorais ainda não seja é constante respeitado no por Brasil. todos os usuários de música, o que, infelizmente, ainda não é constante no Brasil. Para que o Ecad possa distribuir os direitos autorais provenientes de shows e Para eventos, que o Ecad é necessário possa distribuir que o organizador os direitos autorais ou promotor provenientes envie o roteiro de shows das músicas e eventos, que é necessário serão executadas que o organizador pelo artista, ou com promotor a correta envie identificação o roteiro das dos títulos músicas das que músicas serão executadas e seus respectivos pelo artista, autores. com a correta Somente identificação assim o Ecad dos poderá títulos das efetuar músicas a distribuição e seus respectivos dos direitos autores. autorais Somente com mais assim agilidade. o Ecad poderá efetuar a distribuição dos direitos autorais com mais agilidade.

Experiência brasileira de gestão dos direitos de execução pública musical

Experiência brasileira de gestão dos direitos de execução pública musical Experiência brasileira de gestão dos direitos de execução pública musical ASSOCIAÇÔES EFETIVAS: ABRAMUS AMAR SBACEM SICAM SOCINPRO UBC ASSOCIAÇÕES ADMINISTRADAS: ABRAC ANACIM ASSIM SADEMBRA Lei 9.610/98

Leia mais

Gestão Coletiva http://www.sbacem.org.br/sbacem-novo/es/gestao-coletiva/132-gestao-coletiva.pdf

Gestão Coletiva http://www.sbacem.org.br/sbacem-novo/es/gestao-coletiva/132-gestao-coletiva.pdf No hay traducciones disponibles. O Sistema de Gestão Coletiva de Direitos no Brasil O Sistema de Gestão Coletiva de Direitos no Brasil A arrecadação dos direitos autorais e conexos musicais é realizada

Leia mais

Perguntas e Respostas Distribuição

Perguntas e Respostas Distribuição Perguntas e Respostas Distribuição O que é o direito autoral É o conjunto de direitos concedidos por lei à pessoa física que cria uma obra intelectual, para que possa usufruir dos benefícios morais e intelectuais

Leia mais

PERGUNTAS & RESPOSTAS

PERGUNTAS & RESPOSTAS PERGUNTAS & RESPOSTAS Distribuição Tudo sobre como receber direitos autorais Setembro/2014 Ecad - Escritório Central de Arrecadação e Distribuição tem o prazer de apresentar o Perguntas e Respostas sobre

Leia mais

Regulamento de Distribuição

Regulamento de Distribuição Regulamento de Distribuição Descrição Página Artigo 1º - Critérios...5 Artigo 2º - Informações preliminares...5 Artigo 3º - Rol de informações...7 Artigo 4º - Cadastro de titulares...7 Artigo 5º - Cadastro

Leia mais

REGULAMENTO REGULAMENTO DE DISTRIBUIÇÃO DOS DIREITOS AUTORAIS DE EXECUÇÃO PÚBLICA MUSICAL

REGULAMENTO REGULAMENTO DE DISTRIBUIÇÃO DOS DIREITOS AUTORAIS DE EXECUÇÃO PÚBLICA MUSICAL REGULAMENTO REGULAMENTO DE DISTRIBUIÇÃO DOS DIREITOS AUTORAIS DE EXECUÇÃO PÚBLICA MUSICAL Aprovado em 16 de setembro de 2015 ÍNDICE Í ndice Í. Princípios Gerais 1 ÍÍ. Cadastro e Documentaça o 2 ÍÍÍ. Distribuiça

Leia mais

O que essas quatro precisam para serem efetivas e não mais administradas?

O que essas quatro precisam para serem efetivas e não mais administradas? Em entrevista exclusiva com a Superintendente Executiva do Ecad, Glória Braga, assuntos que vivem sendo debatidos nas ruas entre autores poderão agora ser explicados facilmente, e de forma didática, para

Leia mais

Luiz Carlos Prestes Filho C O D E P I N Comissão Estadual de Defesa da Propriedade Intelectual Direitos da Personalidade e Direitos Intelectuais Na Cadeia Produtiva da Economia

Leia mais

Regulamento de Distribuição

Regulamento de Distribuição Regulamento de Distribuição Índice Capítulo I - Disposição Preliminar Artigo 1º - Critérios Capítulo II - Cadastro Artigo 2º - Informações preliminares Capítulo III - Organização do Cadastro Artigo 3º

Leia mais

5HJXODPHQWRGH'LVWULEXLomR ËQGLFH

5HJXODPHQWRGH'LVWULEXLomR ËQGLFH 2 5HJXODPHQWRGH'LVWULEXLomR ËQGLFH 'HVFULomR 3iJLQD &DStWXOR,'LVSRVLomRSUHOLPLQDU $UWLJRž±&ULWpULRV &DStWXOR,,±&DGDVWUR $UWLJRž±&DGDVWURV &DStWXOR,,,2UJDQL]DomRGRFDGDVWUR $UWLJRž±5ROGHLQIRUPDo}HV $UWLJRž±&DGDVWURGHWLWXODU

Leia mais

que é o Ecad?... Como atua o Ecad?... Festas e Eventos Sociais...9

que é o Ecad?... Como atua o Ecad?... Festas e Eventos Sociais...9 Setembro/2013 Arrecadação A música está presente em vários momentos de nossas vidas, desde que nascemos Nos acostumamos a ouvi-la nas canções de ninar e nas comemorações de datas tão importantes como formaturas,

Leia mais

que é o Ecad?... Como atua o Ecad?... Festas e Eventos Sociais...9

que é o Ecad?... Como atua o Ecad?... Festas e Eventos Sociais...9 Arrecadação Setembro/2013 Setembro/2014 A música está presente em vários momentos de nossas vidas, desde que nascemos Nos acostumamos a ouvi-la nas canções de ninar e nas comemorações de datas tão importantes

Leia mais

Regulamento de Distribuição

Regulamento de Distribuição Regulamento de Distribuição Índice Apresentação Capítulo I - Disposição Preliminar Artigo 1º - Critérios Capítulo II - Cadastro Artigo 2º - Informações preliminares Capítulo III - Organização do Cadastro

Leia mais

UERJ MODALIDADES DE UTILIZAÇÃO. Aspectos jurídicos da Edição, Gravação e Sincronização musical. Professora: Fernanda Freitas

UERJ MODALIDADES DE UTILIZAÇÃO. Aspectos jurídicos da Edição, Gravação e Sincronização musical. Professora: Fernanda Freitas DIREITO DO ENTRETENIMENTO Edição, Gravação e Sincronização musical 26.03.2011 Professora: Fernanda Freitas DIREITO DO ENTRETENIMENTO UERJ MODALIDADES DE UTILIZAÇÃO Aspectos jurídicos da Edição, Gravação

Leia mais

08 a 11 de outubro de 2014

08 a 11 de outubro de 2014 EMPREENDER NA MÚSICA COMO TRANSFORMAR UMA BANDA NUMA MICRO EMPRESA 08 a 11 de outubro de 2014 08 a 11 de outubro de 2014 Sumário Ecossistema da música A música no Brasil Gestão da carreira musical O ecossistema

Leia mais

ATA DA 432ª REUNIÃO DA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DO ESCRITÓRIO CENTRAL DE ARRECADAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO ECAD

ATA DA 432ª REUNIÃO DA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DO ESCRITÓRIO CENTRAL DE ARRECADAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO ECAD 916 ATA DA 432ª REUNIÃO DA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DO ESCRITÓRIO CENTRAL DE ARRECADAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO ECAD Aos dezenove dias do mês de agosto do ano de dois mil e quatorze, às 10h, a Assembleia

Leia mais

Manual Básico de Preenchimento (Sistema do ISRC)

Manual Básico de Preenchimento (Sistema do ISRC) Manual Básico de Preenchimento (Sistema do ISRC) O SISRC (Sistema do ISRC International Standard Recording Code) foi criado para gerar os Relatórios de Fonograma, onde constarão os códigos ISRC e as informações

Leia mais

Resultados recordes em 2013

Resultados recordes em 2013 Notícias do Escritório Central de Arrecadação e Distribuição Ecad 2014 ano 8 nº 23 ESPECIAL resultados 2011 R$412 2012 R$470 R$804 * Resultados recordes em 2010 R$346 2009 R$318 * Valores distribuídos

Leia mais

ECAD E OS NOVOS CONTORNOS DA GESTÃO COLETIVA NO BRASIL. Guilherme Coutinho Silva guilhermecoutinho@usp.br

ECAD E OS NOVOS CONTORNOS DA GESTÃO COLETIVA NO BRASIL. Guilherme Coutinho Silva guilhermecoutinho@usp.br ECAD E OS NOVOS CONTORNOS DA GESTÃO COLETIVA NO BRASIL Guilherme Coutinho Silva guilhermecoutinho@usp.br Constituição Federal Art. 5º - XXVIII - são assegurados, nos termos da lei: b) o direito de fiscalização

Leia mais

ÍNDICE. Í ndice. Í. Finalidades 1 ÍÍ. Crite rios de arrecadaça o e distribuiça o 2 ÍÍÍ. Disposiço es finais 4

ÍNDICE. Í ndice. Í. Finalidades 1 ÍÍ. Crite rios de arrecadaça o e distribuiça o 2 ÍÍÍ. Disposiço es finais 4 REGULAMENTO REGULAMENTO PARA LICENCIAMENTO, ARRECADAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE DIREITOS DE REPRODUÇÃO, DISTRIBUIÇÃO E COMUNICAÇÃO AO PÚBLICO PARA SERVIÇOS DE ASSINATURA INTERATIVOS DE OFERTA DE OBRAS MUSICAIS

Leia mais

1. Os valores arrecadados serão distribuídos aos titulares de direito, em conformidade com o Regulamento de Distribuição do ECAD.

1. Os valores arrecadados serão distribuídos aos titulares de direito, em conformidade com o Regulamento de Distribuição do ECAD. O texto a seguir tem por finalidade esclarecer os princípios e normas aplicáveis à arrecadação dos direitos autorais e dos que lhe são conexos, relativos à execução pública, inclusive através da radiodifusão

Leia mais

Diversidade Cultural e Conteúdo

Diversidade Cultural e Conteúdo Diversidade Cultural e Conteúdo I Fórum da Internet no Brasil Comitê Gestor da Internet Expo Center Norte Outubro/2011 Oona Castro Instituto Overmundo Overmundo Missão: difundir a cultura brasileira em

Leia mais

COMO? Como você recebe direitos autorais pelo uso de suas músicas?

COMO? Como você recebe direitos autorais pelo uso de suas músicas? O QUÊ?é União Brasileira de Compositores - UBC uma associação de criadores de música que realiza a gestão coletiva dos direitos autorais musicais. Foi fundada em 1942 por autores com o objetivo de garantir

Leia mais

BOLETIM JURÍDICO INFORMATIVO

BOLETIM JURÍDICO INFORMATIVO BOLETIM JURÍDICO INFORMATIVO I INFORMAÇÕES GERAIS Ano 02 nº 10 Setembro/ 2.005 A Associação Brasileira de Direitos Autorais ABDA realizará no dia 22 deste mês de Setembro, o I Congresso Internacional de

Leia mais

LEGALIZAÇÃO DO COMPARTILHAMENTO DE ARQUIVOS DIGITAIS

LEGALIZAÇÃO DO COMPARTILHAMENTO DE ARQUIVOS DIGITAIS Anteprojeto de lei para LEGALIZAÇÃO DO COMPARTILHAMENTO DE ARQUIVOS DIGITAIS Considerações gerais A expansão da internet trouxe facilidades sem precedentes para o compartilhamento e reprodução de obras,

Leia mais

A música feita no Brasil é produto de exportação

A música feita no Brasil é produto de exportação Resposta Técnica As vantagens do registro das criações musicais A música feita no Brasil é produto de exportação Nomes como Tom Jobim, Roberto Carlos, Chico Buarque e, recentemente, Michel Teló, com uma

Leia mais

Há na Justiça uma guerra de titãs sobre o preço do direito autoral para a execução de músicas no Brasil.

Há na Justiça uma guerra de titãs sobre o preço do direito autoral para a execução de músicas no Brasil. 12/06/2011-07h18 Critério de pagamento opõe Ecad e empresas em ações na Justiça ELVIRA LOBATO DO RIO ROBERTO KAZ DE SÃO PAULO Há na Justiça uma guerra de titãs sobre o preço do direito autoral para a execução

Leia mais

REGULAMENTO REGULAMENTO DE ARRECADAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE DIREITOS DE REPRODUÇÃO E DE DISTRIBUIÇÃO DE OBRAS MUSICAIS

REGULAMENTO REGULAMENTO DE ARRECADAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE DIREITOS DE REPRODUÇÃO E DE DISTRIBUIÇÃO DE OBRAS MUSICAIS REGULAMENTO REGULAMENTO DE ARRECADAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE DIREITOS DE REPRODUÇÃO E DE DISTRIBUIÇÃO DE OBRAS MUSICAIS Aprovado em 16 de setembro de 2015 ÍNDICE Í ndice Í. Finalidade 1 ÍÍ. Definiçõ es 2 ÍÍÍ.

Leia mais

ATA DA 437ª REUNIÃO DA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA DO ESCRITÓRIO CENTRAL DE ARRECADAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO ECAD

ATA DA 437ª REUNIÃO DA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA DO ESCRITÓRIO CENTRAL DE ARRECADAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO ECAD 923 ATA DA 437ª REUNIÃO DA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA DO ESCRITÓRIO CENTRAL DE ARRECADAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO ECAD Aos vinte e oito dias do mês de janeiro do ano de dois mil e quinze, às 10h, a Assembleia

Leia mais

Guia de Produção da Música Independente Bahia

Guia de Produção da Música Independente Bahia Guia de Produção da Música Independente Bahia Memória do trabalho de conclusão do curso de Comunicação Social, com Habilitação em Produção em Comunicação e Cultura. Faculdade de Comunicação da Universidade

Leia mais

O CAMPO DA MÚSCIA NO CONTEXTO DAS POLÍTICAS CULTURAIS 2005-2010

O CAMPO DA MÚSCIA NO CONTEXTO DAS POLÍTICAS CULTURAIS 2005-2010 O CAMPO DA MÚSCIA NO CONTEXTO DAS POLÍTICAS CULTURAIS 2005-2010 Karina Poli 1 RESUMO: Este projeto pretende estudar o campo da música brasileira inserido nos contextos das políticas públicas de cultura

Leia mais

Grupo Teatral Nacional Grupo Teatral Cachê 4 5 R$ 8.000,00 R$ 160.000,00 Três espetáculos Teatrais Nacionais.

Grupo Teatral Nacional Grupo Teatral Cachê 4 5 R$ 8.000,00 R$ 160.000,00 Três espetáculos Teatrais Nacionais. OUTUBRO FANTÁSTICO Item Nomenclatura Unidade QuantidadeOcorrência Valor Unitário Total Total Etapa DETALHAMENTO Espetáculo Artes Cênicas Criação do Projeto Coordenador do Projeto Mês 1 3 R$ 9.000,00 R$

Leia mais

Senado Federal. Comissão de Educação, Cultura e Esporte e da Subcomissão Permanente de Cinema, Teatro, Música e Comunicação Social, Audiência Pública

Senado Federal. Comissão de Educação, Cultura e Esporte e da Subcomissão Permanente de Cinema, Teatro, Música e Comunicação Social, Audiência Pública Senado Federal Comissão de Educação, Cultura e Esporte e da Subcomissão Permanente de Cinema, Teatro, Música e Comunicação Social, Audiência Pública OS DIREITOS AUTORAIS NAS ÁREAS DE CINEMA E MÚSICA, BEM

Leia mais

MANUAL DE NORMAS. 1. Fonogramas para TV, TV por assinatura, Cinema, Rádio, Internet e Mídia Alternativa

MANUAL DE NORMAS. 1. Fonogramas para TV, TV por assinatura, Cinema, Rádio, Internet e Mídia Alternativa MANUAL DE NORMAS 1. Fonogramas para TV, TV por assinatura, Cinema, Rádio, Internet e Mídia Alternativa A criação da composição musical ou lítero-musical, a produção fonográfica, a direção musical, a direção

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA DE DIREITO ECONÔMICO DEPARTAMENTO DE PROTEÇÃO E DEFESA ECONÔMICA. Procedimento Administrativo

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA DE DIREITO ECONÔMICO DEPARTAMENTO DE PROTEÇÃO E DEFESA ECONÔMICA. Procedimento Administrativo DEPARTAMENTO DE PROTEÇÃO E DEFESA ECONÔMICA Protocolado: 08012.003745/2010-83 Natureza: Representante: Advogados: Representados: Advogados: Procedimento Administrativo Associação Brasileira de Televisão

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA ATRAÇÕES DE ABERTURA NO PROJETO SÉRIE BH INSTRUMENTAL 2014

EDITAL DE SELEÇÃO PARA ATRAÇÕES DE ABERTURA NO PROJETO SÉRIE BH INSTRUMENTAL 2014 EDITAL DE SELEÇÃO PARA ATRAÇÕES DE ABERTURA NO PROJETO SÉRIE BH INSTRUMENTAL 2014 A Veredas Produções Ltda., sociedade inscrita no CNPJ sob o nº 00.614.034/0001-76, responsável pela coordenação e execução

Leia mais

A REVISTA BACKSTAGE É DIRIGIDA A QUE PÚBLICO?

A REVISTA BACKSTAGE É DIRIGIDA A QUE PÚBLICO? A REAL FORÇA de uma revista está nas suas páginas; nas suas matérias; nos seus anúncios; na sua história e principalmente na sua linha editorial comprometida com informações úteis aos leitores. Durante

Leia mais

8 ORGANIZA<;:Ao MUNDIAL DA PROPRJEDADE INTELECTUAL

8 ORGANIZA<;:Ao MUNDIAL DA PROPRJEDADE INTELECTUAL , p OMPI/CCM/RIO/99/8 ORIGINAL: Portugues DATA: Julho 1999 a MINISTERJO DA CULTURA COORDENA

Leia mais

ETAPAS PARA PRODUZIR O SEU ARTISTA

ETAPAS PARA PRODUZIR O SEU ARTISTA ETAPAS PARA PRODUZIR O SEU ARTISTA Objetivo Desenvolver a gestão da carreira do artista, analisando o nicho em que o mesmo se enquadra, detectando e avaliando as oportunidades e ameaças. Somadas a estas

Leia mais

ÍNDICE GERAL. Introdução. Capítulo I Como abrir um selo fonográfico

ÍNDICE GERAL. Introdução. Capítulo I Como abrir um selo fonográfico ÍNDICE GERAL Introdução Capítulo I Como abrir um selo fonográfico 1. Abrindo sua empresa O Contador O Contrato Social - Empresa Prestadora de Serviços ou de Comércio 2. Marca O INPI Tipos de Marca 3. Sociedade

Leia mais

Qualidade da Internet Banda Larga

Qualidade da Internet Banda Larga Qualidade da Internet Banda Larga Secretaria de Transparência Coordenação de Controle Social DataSenado Novembro de 2014 www.senado.leg.br/datasenado 1 Um terço dos entrevistados já ouviu falar do Programa

Leia mais

A/C do Sr. Marcos Souza Diretor de Direitos Intelectuais do Ministério da Cultura.

A/C do Sr. Marcos Souza Diretor de Direitos Intelectuais do Ministério da Cultura. Rio de Janeiro, 10 de setembro de 2010. A/C do Sr. Marcos Souza Diretor de Direitos Intelectuais do Ministério da Cultura. Pelo presente documento e por meio de comentários específicos, a Inter Artis Brasil

Leia mais

Projeto de Digitalização de Discos do Acervo da Fundação Cásper Líbero PRONAC: 102599

Projeto de Digitalização de Discos do Acervo da Fundação Cásper Líbero PRONAC: 102599 Projeto de Digitalização de Discos do Acervo da Fundação Cásper Líbero PRONAC: 102599 Valor total do Projeto: R$ 981.420,00 Apresentação: A Rádio Gazeta, fundada em 1943, com sua programação voltada exclusivamente

Leia mais

edital MINAS natura musical 2012 apresenta edital REGULAMENTO REGULAMENTO

edital MINAS natura musical 2012 apresenta edital REGULAMENTO REGULAMENTO apresenta edital 2012 1 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO 1.1 A NATURA E A MÚSICA 1.2 NATURA MUSICAL 1.3 PLATAFORMA DE EDITAIS 1.4 EDITAL 2012 pág 3 pág 3 pág 3 pág 4 2. INSCRIÇÕES 2.1 PROPONENTES 2.2 DATAS IMPORTANTES

Leia mais

APDIF DO BRASIL Associação Protetora dos Direitos Intelectuais Fonográficos PIRATARIA MUSICAL. Aspectos Técnicos e Informações Complementares

APDIF DO BRASIL Associação Protetora dos Direitos Intelectuais Fonográficos PIRATARIA MUSICAL. Aspectos Técnicos e Informações Complementares PIRATARIA MUSICAL Aspectos Técnicos e Informações Complementares I Curso Regional de Capacitação para Agentes Públicos no Combate à Pirataria. Salvador/BA. Palestrante: Jorge Eduardo Grahl Diretor Jurídico

Leia mais

PROGRAMA DO CURSO. Material Mac ou PC: Laptop

PROGRAMA DO CURSO. Material Mac ou PC: Laptop INTRODUÇÃO Music Business: Gestão de Negócios na Indústria da Música Abordagem sobre as oportunidades de negócios da música e a mecânica da cadeia produtiva da indústria da música. Quem é quem; suas funções,

Leia mais

REGULAMENTO FESTIVAL SESI MÚSICA ETAPA ESTADUAL/2012

REGULAMENTO FESTIVAL SESI MÚSICA ETAPA ESTADUAL/2012 O SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA, DEPARTAMENTO REGIONAL DA BAHIA - SESI/DR/BA, doravante denominado SESI/DR/BA, faz saber, para conhecimento dos trabalhadores da indústria e dependentes, e alunos da Rede

Leia mais

Regulamento de Arrecadação

Regulamento de Arrecadação Regulamento de Arrecadação Índice Capítulo I Disposições Iniciais Art. 1º. Finalidade 4 Art. 2º. Bases para as normas de arrecadação 4 Art. 3º. Distribuição dos valores arrecadados 5 Capítulo II Definições

Leia mais

PROGRAMA PETROBRAS CULTURAL FESTIVAIS E DIFUSÃO ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS

PROGRAMA PETROBRAS CULTURAL FESTIVAIS E DIFUSÃO ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS PROGRAMA PETROBRAS CULTURAL FESTIVAIS E DIFUSÃO ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS Este documento contém um pequeno descritivo do conteúdo que deve ser inserido em cada um dos campos do formulário de

Leia mais

REGULAMENTO - JBC 2016 J A N E I R O B R A S I L E I R O D A C O M É D I A

REGULAMENTO - JBC 2016 J A N E I R O B R A S I L E I R O D A C O M É D I A REGULAMENTO - JBC 2016 J A N E I R O B R A S I L E I R O D A C O M É D I A 1. Apresentação 1.1 A Prefeitura Municipal de São José do Rio Preto, por meio de sua Secretaria de Cultura, realizará no período

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA APRESENTAÇÕES DE GRUPOS LOCAIS NO PROJETO BH INSTRUMENTAL 2015

EDITAL DE SELEÇÃO PARA APRESENTAÇÕES DE GRUPOS LOCAIS NO PROJETO BH INSTRUMENTAL 2015 EDITAL DE SELEÇÃO PARA APRESENTAÇÕES DE GRUPOS LOCAIS NO PROJETO BH INSTRUMENTAL 2015 A Veredas Produções EIRELI - EPP, sociedade inscrita no CNPJ sob o nº 00.614.034/0001-76, responsável pela coordenação

Leia mais

CURRÍCULO DA EMPRESA. MILLENNIUM BRASIL EVENTOS LTDA ATIVIDADES DESEMPENHADAS

CURRÍCULO DA EMPRESA. MILLENNIUM BRASIL EVENTOS LTDA ATIVIDADES DESEMPENHADAS CURRÍCULO DA EMPRESA. MILLENNIUM BRASIL EVENTOS LTDA ATIVIDADES DESEMPENHADAS A MILLENNIUM BRASIL EVENTOS LTDA, é empresa de entretenimento recentemente fundada para execução de shows e concertos ao vivo

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE 5.062 DISTRITO FEDERAL RELATOR REQTE.(S) : MIN. LUIZ FUX :ABRAMUS - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MÚSICA E ARTES E OUTRO(A/S) ADV.(A/S) :PEDRO PAULO SALLES CRISTOFARO E

Leia mais

(CAPÍTULO I DISTRIBUIÇÃO)

(CAPÍTULO I DISTRIBUIÇÃO) SUGESTÕES PARA MELHORAR O FUNCIONAMENTO DO SISTEMA DE ARRECADAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE DIREITOS AUTORAIS MUSICAIS NO BRASIL ATRAVÉS DA REGULAMENTAÇÃO DA LEI 9.610/98 OU DA CRIAÇÃO DE UMA NOVA LEI EM SUBSTITUIÇÃO

Leia mais

Os Direitos Autorais nas Maiores Rádios FM de Natal 1. Allyson Darlan Moreira da SILVA 2. Itamar de Moraes NOBRE 3

Os Direitos Autorais nas Maiores Rádios FM de Natal 1. Allyson Darlan Moreira da SILVA 2. Itamar de Moraes NOBRE 3 Os Direitos Autorais nas Maiores Rádios FM de Natal 1 Allyson Darlan Moreira da SILVA 2 Itamar de Moraes NOBRE 3 Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN RESUMO Os músicos enfrentam atualmente

Leia mais

Caracterização das Atividades de Software e Serviços de TI Realizadas na NIBSS

Caracterização das Atividades de Software e Serviços de TI Realizadas na NIBSS CAPÍTULO 5 Caracterização das Atividades de Software e Serviços de TI Realizadas na NIBSS Apresentação Neste capítulo, avaliam-se a importância e o crescimento, ao longo do período 2003 a 2010, das atividades

Leia mais

CARTILHA PROGRAMA MUNICIPAL DE INCENTIVO À CULTURA

CARTILHA PROGRAMA MUNICIPAL DE INCENTIVO À CULTURA DEPARTAMENTO DE CULTURA CARTILHA PROGRAMA MUNICIPAL DE INCENTIVO À CULTURA SUMÁRIO 1 Sobre a cartilha... 03 2 O que é o Programa Municipal de Incentivo à Cultura... 04 3 Finalidades do programa... 04 4

Leia mais

Mapa Musical da Bahia 2014 FAQ

Mapa Musical da Bahia 2014 FAQ Mapa Musical da Bahia 2014 FAQ 1. O que é o Mapa Musical da Bahia? O Mapa Musical da Bahia é uma ação da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB) para mapear, reconhecer e promover a difusão da música

Leia mais

Nº 70047907696 COMARCA DE PORTO ALEGRE MILÃO TURIS HOTEL LTDA. A C Ó R D Ã O. Vistos, relatados e discutidos os autos.

Nº 70047907696 COMARCA DE PORTO ALEGRE MILÃO TURIS HOTEL LTDA. A C Ó R D Ã O. Vistos, relatados e discutidos os autos. Apelação cível. Propriedade industrial e intelectual. Ação declaratória de nulidade. Desnecessidade de prova pericial. O magistrado é o destinatário da prova e está autorizado a indeferir a realização

Leia mais

REGULAMENTO DO SORTEIO 5ª SÉRIE

REGULAMENTO DO SORTEIO 5ª SÉRIE REGULAMENTO DO SORTEIO 5ª SÉRIE A Sociedade Brasileira de Pediatria, associação sem fins lucrativos, com sede na rua Santa Clara, nº 292, Copacabana, Rio de Janeiro, RJ, inscrita no CNPJ/MF sob o n 33.653.080/0001-33,

Leia mais

A GESTÃO COLETIVA DOS DIREITOS AUTORAIS DA MÚSICA NO BRASIL: POLÊMICAS EM RELAÇÃO À ATUAÇÃO DO ESCRITÓRIO DE ARRECADAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO (ECAD)

A GESTÃO COLETIVA DOS DIREITOS AUTORAIS DA MÚSICA NO BRASIL: POLÊMICAS EM RELAÇÃO À ATUAÇÃO DO ESCRITÓRIO DE ARRECADAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO (ECAD) A GESTÃO COLETIVA DOS DIREITOS AUTORAIS DA MÚSICA NO BRASIL: POLÊMICAS EM RELAÇÃO À ATUAÇÃO DO ESCRITÓRIO DE ARRECADAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO (ECAD) COLLECTIVE MANAGEMENT OF COPYRIGHT THE MUSIC IN BRAZIL: POLEMICS

Leia mais

PROGRAMA PETROBRAS CULTURAL ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS

PROGRAMA PETROBRAS CULTURAL ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS PROGRAMA PETROBRAS CULTURAL ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS Este documento contém um pequeno descritivo do conteúdo que deve ser inserido em cada um dos campos do Formulário de Inscrição do Programa

Leia mais

Estimativa do Mercado Independente

Estimativa do Mercado Independente 1 FUNDAÇAO CARLOS ALBERTO VANZOLINI Estimativa do Mercado Independente Relatório Final Março 2012 Coordenador Davi Nakano Equipe Giulia Rinaldi Guilherme Kok Henrique Amaral 2 Estimativa do Mercado Independente

Leia mais

de braços abertos gravação do CD e DVD

de braços abertos gravação do CD e DVD de braços abertos gravação do CD e DVD o começo A cantora e compositora Marcella Fogaça, com mais de 10 anos de carreira, começou a cantar em Belo Horizonte, onde nasceu. Se mudou para o Rio de Janeiro

Leia mais

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - Síntese

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - Síntese 2014 Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - Síntese Dieese Subseção Força Sindical 19/09/2014 PESQUISA NACIONAL POR AMOSTRA DE DOMICILIOS - PNAD 2013 Síntese dos Indicadores POPULAÇÃO A Pesquisa

Leia mais

AMAZONAS JAZZ FESTIVAL

AMAZONAS JAZZ FESTIVAL AMAZONAS JAZZ FESTIVAL sobre a EBC Criada em 2007 para instituir o Sistema Público de Comunicação, a Empresa Brasil de Comunicação é formada pela TV Brasil, TV Brasil Internacional, Agência Brasil, Radioagência

Leia mais

LEI Nº. 6.612, DE 12 DE SETEMBRO DE 2014.

LEI Nº. 6.612, DE 12 DE SETEMBRO DE 2014. LEI Nº. 6.612, DE 12 DE SETEMBRO DE 2014. Disciplina o funcionamento de Feiras no Município de Chapecó e dá outras providências. O Prefeito Municipal de Chapecó, Estado de Santa Catarina, no uso de suas

Leia mais

2 A participação no 7ª Concurso de Novos Bambas do Velho Samba 2013 é voluntária e gratuita.

2 A participação no 7ª Concurso de Novos Bambas do Velho Samba 2013 é voluntária e gratuita. 7ª Concurso de Novos Bambas do Velho Samba 2013 EDITAL 2013 1 As inscrições para o 7º Concurso Novos Bambas do Velho Samba 2013 estão abertas a todos aqueles que estão em início de carreira e desejam conquistar

Leia mais

edital bahia natura musical 2012 apresenta edital REGULAMENTO

edital bahia natura musical 2012 apresenta edital REGULAMENTO apresenta edital BAHIA 2012 1 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO 1.1 A NATURA E A MÚSICA 1.2 NATURA MUSICAL 1.3 PLATAFORMA DE EDITAIS 1.4 EDITAL BAHIA 2012 pág 3 pág 3 pág 3 pág 4 2. INSCRIÇÕES 2.1 PROPONENTES 2.2

Leia mais

PNAD - Segurança Alimentar 2004 2009. Insegurança alimentar diminui, mas ainda atinge 30,2% dos domicílios brasileiros

PNAD - Segurança Alimentar 2004 2009. Insegurança alimentar diminui, mas ainda atinge 30,2% dos domicílios brasileiros 1 of 5 11/26/2010 2:57 PM Comunicação Social 26 de novembro de 2010 PNAD - Segurança Alimentar 2004 2009 Insegurança alimentar diminui, mas ainda atinge 30,2% dos domicílios brasileiros O número de domicílios

Leia mais

FICHA DE TEATRO E DANÇA. Teatro ( ) ADULTO ( ) INFANTIL ( ) RUA ( ) CIRCO ( ) ANIMAÇÃO ADULTO ( ) ANIMAÇÃO INFANTIL

FICHA DE TEATRO E DANÇA. Teatro ( ) ADULTO ( ) INFANTIL ( ) RUA ( ) CIRCO ( ) ANIMAÇÃO ADULTO ( ) ANIMAÇÃO INFANTIL FICHA DE TEATRO E DANÇA Teatro ( ) ADULTO ( ) INFANTIL ( ) RUA ( ) CIRCO ( ) ANIMAÇÃO ADULTO ( ) ANIMAÇÃO INFANTIL Dança ( ) Adulto ( ) Infantil DADOS DE IDENTIFICAÇÃO PARA CONTRATAÇÕES: Espetáculo: Companhia/Grupo:

Leia mais

I RELATÓRIO DE ATIVIDADES DA REDE BRASILEIRA DE MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO

I RELATÓRIO DE ATIVIDADES DA REDE BRASILEIRA DE MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO IRELATÓRIODEATIVIDADESDAREDEBRASILEIRADE MONITORAMENTOEAVALIAÇÃO PERÍODO:25/6/09A31/08/09 ELABORAÇÃO:MarciaPaternoJopperteHelenaPinheiro 1 ÍNDICE 1.INTRODUÇÃO 2.HISTÓRICO 3.OBJETIVOSDAREDE 4.PÚBLICOALVO

Leia mais

Aprenda a Trabalhar com Telemensagens

Aprenda a Trabalhar com Telemensagens Aprenda a Trabalhar com Telemensagens 2 Incluindo dicas de Cestas, Flores, Presentes e Internet Do Iniciante ao Profissional www.as2.com.br 1 Aprenda a Trabalhar com Telemensagens FASCÍCULO 2 Adquira o

Leia mais

Instruções Folha de Pagamento Rotina 19 13º Salário

Instruções Folha de Pagamento Rotina 19 13º Salário Instruções Folha de Pagamento Rotina 19 13º Salário Instruções Iniciais Antes de iniciar a geração do 13º salário é necessário verificar com atenção as dicas iniciais. Efetue a parametrização da Tabela

Leia mais

Direitos Autorais e a Hotelaria Câmara dos Deputados 05/11/2015

Direitos Autorais e a Hotelaria Câmara dos Deputados 05/11/2015 Direitos Autorais e a Hotelaria Câmara dos Deputados 05/11/2015 Sobre o FOHB Criado em 2002, o FOHB Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil é uma entidade associativa sem fins lucrativos que representa

Leia mais

Festival Nordeste Sim Sinhô de Forró Pé de Serra (FENEPS) - 1ª Edição

Festival Nordeste Sim Sinhô de Forró Pé de Serra (FENEPS) - 1ª Edição Festival Nordeste Sim Sinhô de Forró Pé de Serra (FENEPS) - 1ª Edição REGULAMENTO As inscrições para o Festival Nordeste Sim Sinhô de Forró Pé de Serra 1ª edição, estarão abertas de 01/04/2014 a 30/04/2012,

Leia mais

O que é um Pocket Show? Somente banda pode fazer um Pocket Show? Posso fazer um Pocket Show com duas ou mais bandas? Qual é o cronograma?

O que é um Pocket Show? Somente banda pode fazer um Pocket Show? Posso fazer um Pocket Show com duas ou mais bandas? Qual é o cronograma? O que é um Pocket Show? Apesar de não ter limite de tempo, definimos Pocket Show como uma apresentação curta, em média 40 minutos, ou, em caso de bandas com muitos membros, uma apresentação com número

Leia mais

Direitos Autorais OABRJ. Cartilha de. Realização: Apoio institucional: Comissão de Direitos Autorais, Direitos Imateriais e Entretenimento (CDADIE)

Direitos Autorais OABRJ. Cartilha de. Realização: Apoio institucional: Comissão de Direitos Autorais, Direitos Imateriais e Entretenimento (CDADIE) Cartilha de Direitos Autorais Apoio institucional: Imateriais e Entretenimento (CDADIE) Realização: OABRJ OABRJ Presidente da OAB/RJ Felipe de Santa Cruz Oliveira Scaletsky Comissão de Direito Autoral,

Leia mais

Sistema de Informações Gerenciais (Roteiro de Demonstração)

Sistema de Informações Gerenciais (Roteiro de Demonstração) #.1.1 Disponibilizar informações de interesse do administrador, através de integração com diversos sistemas da administração municipal; Arquivos > Customização do Sistema #.1.2 #.1.3 #.1.4 #.1.5 Permitir

Leia mais

REGRAS E CONDIÇÕES GERAIS DE LICENCIAMENTO E APLICAÇÃO DE TARIFÁRIOS:

REGRAS E CONDIÇÕES GERAIS DE LICENCIAMENTO E APLICAÇÃO DE TARIFÁRIOS: REGRAS E CONDIÇÕES GERAIS DE LICENCIAMENTO E APLICAÇÃO DE TARIFÁRIOS: A AUDIOGEST e GDA, com o objectivo de dar a conhecer a todas as pessoas e entidades interessadas as regras, princípios e critérios

Leia mais

XVI MARATONA CULTURAL ACESC CONCURSO MPB VOCAL (2014)

XVI MARATONA CULTURAL ACESC CONCURSO MPB VOCAL (2014) XVI MARATONA CULTURAL ACESC CONCURSO MPB VOCAL (2014) REGULAMENTO Capítulo I DA INSCRIÇÃO E ENTREGA DOS DOCUMENTOS DO CONCURSO DE MPB VOCAL Art. 1º. As inscrições dos sócios deverão ser feitas no Dpto.

Leia mais

NOTA TÉCNICA: ICMS VERDE Por: Denys Pereira 1, Maíra Começanha 2, Felipe Lopes 3 e Justiniano Netto 4. Introdução

NOTA TÉCNICA: ICMS VERDE Por: Denys Pereira 1, Maíra Começanha 2, Felipe Lopes 3 e Justiniano Netto 4. Introdução NOTA TÉCNICA: ICMS VERDE Por: Denys Pereira 1, Maíra Começanha 2, Felipe Lopes 3 e Justiniano Netto 4 Introdução Conforme deliberado na 13 o reunião do Comitê Gestor do Programa Municípios Verdes COGES/PMV,

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS EDITAL A Profª. Ivânia Maria de Barros Melo dos Anjos Dias, Diretora Geral das Faculdades Integradas Barros Melo, no uso de suas

Leia mais

PREVIDÊNCIA SOCIAL NO BRASIL

PREVIDÊNCIA SOCIAL NO BRASIL 55 No Brasil, há benefícios devidos ao segurado e àqueles que dependem do segurado. Para ter direito aos benefícios, é preciso estar inscrito no INSS e manter suas contribuições em dia. Na maior parte

Leia mais

do Tecnobrega Paraense

do Tecnobrega Paraense Configurações do Mercado do Tecnobrega Paraense FGV Opinião Rio de janeiro, fevereiro de 2007 Objetivo da Pesquisa Mapear o fenômeno cultural do Tecnobrega de Belém/PA como um mercado econômico, para entender

Leia mais

2.1.2 - A organização do evento poderá alterar as datas de cada etapa do Festival de acordo com o número de inscritos, com prévio aviso aos mesmos.

2.1.2 - A organização do evento poderá alterar as datas de cada etapa do Festival de acordo com o número de inscritos, com prévio aviso aos mesmos. REGULAMENTO DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES I - DO OBJETIVO 1.1 O Evento tem como objetivo promover um festival único e inovador de música independente na cidade de São Paulo. A OLB Produções vai envolver

Leia mais

EDITAL Nº.001/2007 - PAUTA DO THEATRO FERNANDA MONTENEGRO

EDITAL Nº.001/2007 - PAUTA DO THEATRO FERNANDA MONTENEGRO 1 EDITAL Nº.001/2007 - PAUTA DO THEATRO FERNANDA MONTENEGRO A Prefeitura Municipal de Palmas, através da Secretaria Municipal da Educação e Cultura, conforme o Decreto Nº. 207, de 21 de agosto de 2006,

Leia mais

Depois de mais de uma década de trabalho, artistas gravam. Primeiro DVD

Depois de mais de uma década de trabalho, artistas gravam. Primeiro DVD Depois de mais de uma década de trabalho, artistas gravam O seu Primeiro DVD A gravação do DVD na vida de um artista pode ser considerada como um novo tempo, o começo de uma carreira muitas vezes já solidificada

Leia mais

Incentivos Fiscais: Cultura. Marcelo de Aguiar Coimbra mcoimbra@cfaadvogados.com.br

Incentivos Fiscais: Cultura. Marcelo de Aguiar Coimbra mcoimbra@cfaadvogados.com.br Incentivos Fiscais: Cultura Marcelo de Aguiar Coimbra mcoimbra@cfaadvogados.com.br Data 28 de Outubro de 2008 Curriculum Vitae Graduado e Mestre em Direito pela USP/Doutorando pela Universidade de Colônia,

Leia mais

INSTITUTO CULTURAL SÉRGIO MAGNANI CIRCUITO CULTURAL PRAÇA DA LIBERDADE

INSTITUTO CULTURAL SÉRGIO MAGNANI CIRCUITO CULTURAL PRAÇA DA LIBERDADE INSTITUTO CULTURAL SÉRGIO MAGNANI CIRCUITO CULTURAL PRAÇA DA LIBERDADE EDITAL: CIRCUITO ABERTO! OCUPAÇÃO ARTÍSTICA DO CIRCUITO CULTURAL PRAÇA DA LIBERDADE O Instituto Cultural Sérgio Magnani - ICSM, entidade

Leia mais

Acesso à Internet e à televisão e posse de telefone móvel celular para uso pessoal

Acesso à Internet e à televisão e posse de telefone móvel celular para uso pessoal Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Ministério das Comunicações Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios PNAD Suplementar 2013 Acesso à Internet e à televisão e posse de telefone móvel celular

Leia mais

FU N D A Ç Ã O D E A P O I O A O D E S E N V O LV I M E N TO D O E N S I N O S U P E R I O R D O N O R TE D E M I N A S

FU N D A Ç Ã O D E A P O I O A O D E S E N V O LV I M E N TO D O E N S I N O S U P E R I O R D O N O R TE D E M I N A S Realização: Apoio: FU N D A Ç Ã O D E A P O I O A O D E S E N V O LV I M E N TO D O E N S I N O S U P E R I O R D O N O R TE D E M I N A S Direitos Autorais: Orientações para proteção ALESSANDRA FONSECA

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL

INSTITUTO BRASILEIRO DE ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL INSTITUTO BRASILEIRO DE ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL Área de Promoção do Município e da Cidadania Núcleo de Articulação Político-Institucional Banco de Dados Municipais (IBAMCO) IBAM ATIVIDADES MUNICIPAIS TERCEIRIZADAS

Leia mais

i ano = 2 x i semestre = 4 x i trimestre = 6 x i bimestre = 12 x i mês = 360 x i dia

i ano = 2 x i semestre = 4 x i trimestre = 6 x i bimestre = 12 x i mês = 360 x i dia que se aplicado a uma taxa de juros de 60% ao ano, por um período de um ano. Podemos representá-las da seguinte forma: MATEMÁTICA FINANCEIRA BANRISUL PEDRÃO AULA 05/10 Taxas de juros Antes de iniciarmos

Leia mais

CARTILHA DE Direito Autoral OABRJ. Comissão de Direito Autoral, Direitos Imateriais e Entretenimento

CARTILHA DE Direito Autoral OABRJ. Comissão de Direito Autoral, Direitos Imateriais e Entretenimento CARTILHA DE Direito Autoral OABRJ Comissão de Direito Autoral, Direitos Imateriais e Entretenimento Proibida a reprodução total ou parcial deste livro, seja qual for o meio, eletrônico ou mecânico, sem

Leia mais

EDITAL SELEÇÃO DE MÚSICAS - FEMUCIC/2015 OBJETO: SELEÇÃO DE MÚSICAS PARA O FEMUCIC ANO 37 MOSTRA DE MÚSICA CIDADE CANÇÃO- DO SESC MARINGÁ/2015

EDITAL SELEÇÃO DE MÚSICAS - FEMUCIC/2015 OBJETO: SELEÇÃO DE MÚSICAS PARA O FEMUCIC ANO 37 MOSTRA DE MÚSICA CIDADE CANÇÃO- DO SESC MARINGÁ/2015 EDITAL SELEÇÃO DE MÚSICAS - FEMUCIC/2015 OBJETO: SELEÇÃO DE MÚSICAS PARA O FEMUCIC ANO 37 MOSTRA DE MÚSICA CIDADE CANÇÃO- DO SESC MARINGÁ/2015 O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO SESC, ADMINISTRAÇÃO REGIONAL

Leia mais