Newton Oller de Mello Evento NF-e e SPED ACE Associação Comercial e Empresarial de Guarulhos 20/03/2009

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Newton Oller de Mello Evento NF-e e SPED ACE Associação Comercial e Empresarial de Guarulhos 20/03/2009"

Transcrição

1 Projeto Nota Fiscal Eletrônica Newton Oller de Mello Evento NF-e e SPED ACE Associação Comercial e Empresarial de Guarulhos 20/03/2009

2 Agenda Conceitos da NF-e SPED Breve Histórico Vantagens Conceito Modelo Operacional Contingência Consulta Massificação da NF-e Obrigatoriedade Emissor NF-e Situação Atual Conhecimento de Transporte Eletrônico - CT-e Conclusões

3 SPED SPED Sistema Público de Escrituração Digital Documentos Eletrônicos NF-e CT-e Escrituração Fiscal Eletrônica Escrituração Contábil Eletrônica

4 Breve Histórico Fevereiro/05 - Início Projeto NF-e em SP Abril/05 - ENCAT - Projeto Nacional Agosto/05 - Protocolo ENAT 03/05 Setembro/05- Ajuste SINIEF 07/05 (implanta na Legislação NF-e) - Início Projeto Piloto 19 empresas, 6 Estados (SP, BA, RS, MA, GO, SC), Receita Federal Dezembro/05 Ato Cotepe 72/05 (definições técnicas) Março/06 Lançamento Nacional do Projeto Abril/06 Início recepção NF-e (fase Pré-Operacional) Setembro/06 Fase operacional Novembro/06 Abertura para 50 empresas voluntárias 2007 Abril/07 Início da emissão de NF-e pelas primeiras empresas da segunda fase em SP Protocolo ICMS 10/07 (instituição da obrigatoriedade de emissão de NF-e) Novembro/07 Portaria CAT 104/07 e Credenciamento de ofício 2008 Julho/08 Obrigatoriedade de Emissão de NF-e para 1º de abril de 2009 (Protocolo ICMS 68/08) Setembro/08- Novas alternativas de Contingência

5 Breve Histórico Fevereiro/05 - Início Projeto NF-e em SP Abril/05 - ENCAT - Projeto Nacional Agosto/05 - Protocolo ENAT 03/05 Setembro/05-Ajuste SINIEF 07/05 (implanta na Legislação NF-e) -Início Projeto Piloto 19 empresas, 6 Estados (SP, BA, RS, MA, GO, SC), Receita Federal Dezembro/05 Ato Cotepe 72/05 (definições técnicas) 2006 Março/06 Lançamento Nacional do Projeto Abril/06 Início recepção NF-e (fase Pré-Operacional) Setembro/06 Fase operacional Novembro/06 Abertura para 50 empresas voluntárias 2007 Abril/07 Início da emissão de NF-e pelas primeiras empresas da segunda fase em SP Protocolo ICMS 10/07 (instituição da obrigatoriedade de emissão de NF-e) Novembro/07 Portaria CAT 104/07 e Credenciamento de ofício 2008 Julho/08 Obrigatoriedade de Emissão de NF-e para 1º de abril de 2009 (Protocolo ICMS 68/08) Setembro/08- Novas alternativas de Contingência

6 Breve Histórico Fevereiro/05 - Início Projeto NF-e em SP Abril/05 - ENCAT - Projeto Nacional Agosto/05 - Protocolo ENAT 03/05 Setembro/05-Ajuste SINIEF 07/05 (implanta na Legislação NF-e) -Início Projeto Piloto 19 empresas, 6 Estados (SP, BA, RS, MA, GO, SC), Receita Federal Dezembro/05 Ato Cotepe 72/05 (definições técnicas) 2006 Março/06 Lançamento Nacional do Projeto Abril/06 Início recepção NF-e (fase Pré-Operacional) Setembro/06 Fase operacional Novembro/06 Abertura para 50 empresas voluntárias Abril/07 Início da emissão de NF-e pelas primeiras empresas da segunda fase em SP Protocolo ICMS 10/07(instituição da obrigatoriedade de emissão de NF-e) Novembro/07 Portaria CAT 104/07 e Credenciamento de ofício Julho/08 Obrigatoriedade de Emissão de NF-e para 1º de abril de 2009 (Protocolo ICMS 68/08) Setembro/08- Novas alternativas de Contingência

7 Breve Histórico Fevereiro/05 - Início Projeto NF-e em SP Abril/05 - ENCAT - Projeto Nacional Agosto/05 - Protocolo ENAT 03/05 Setembro/05 -Ajuste SINIEF 07/05 (implanta na Legislação NF-e) -Início Projeto Piloto 19 empresas, 6 Estados (SP, BA, RS, MA, GO, SC), Receita Federal Dezembro/05 Ato Cotepe 72/05 (definições técnicas) 2006 Março/06 Lançamento Nacional do Projeto Abril/06 Início recepção NF-e (fase Pré-Operacional) Setembro/06 Fase operacional Novembro/06 Abertura para 50 empresas voluntárias 2007 Abril/07 Início da emissão de NF-e pelas primeiras empresas da segunda fase em SP Protocolo ICMS 10/07 (instituição da obrigatoriedade de emissão de NF-e) Novembro/07 Portaria CAT 104/07 e Credenciamento de ofício 2008 Julho/08 Obrigatoriedade de Emissão de NF-e para 1º de abril de 2009 (Protocolo ICMS 68/08) - Setembro/08- Novas alternativas de Contingência - Dezembro/08- Obrigatoriedade NF-e 9 Setores e Portaria CAT 162/08

8 Empresas Projeto Piloto

9 Vantagens Vendedor Secretaria Fazenda Comprador Sociedade

10 Vantagens Vendedor Custos de impressão do documento fiscal; Com prador Custos de aquisição de papel; Custos de armazenagem. GED - Gerenciamento Eletrônico de Documentos; Simplificação de obrigações acessórias; Tempo de parada de caminhões em Postos Fiscais de Fronteira; Incentivo a uso de relacionamentos eletrônicos com clientes (B2B). Se cretaria nda cre taria Faze Fazenda Sociedade Socie dade

11 Vantagens Comprador Vende dor Ve ndedor Eliminação de digitação de notas fiscais na recepção de mercadorias; Planejamento de logística de recepção de mercadorias; Redução de erros de escrituração; GED - Gerenciamento Eletrônico de Documentos; Incentivo a uso de relacionamentos eletrônicos com fornecedores (B2B). Secre taria Faze nda Se cretaria Fazenda Sociedade

12 Vantagens Vende dor Ve ndedor Aumento na confiabilidade das informações da Nota Fiscal; Com prador Melhoria no processo de controle fiscal; Redução de custos no processo de controle das notas fiscais; Diminuição da sonegação e aumento da arrecadação; Suporte aos projetos do SPED. Sociedade Secretaria Fazenda

13 Vantagens Vende dor Ve ndedor Redução do consumo de papel, com impacto positivo em termos ecológicos; Com prador Incentivo ao comércio eletrônico e ao uso de novas tecnologias; Padronização dos relacionamentos eletrônicos entre empresas; Surgimento de oportunidades de negócios e empregos na prestação de serviços ligados a NF-e. Secre taria Faze nda Se cretaria Fazenda Sociedade

14 Conceito da NF-e Documento de existência apenas digital, emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar, para fins fiscais, uma operação de circulação de mercadorias ou uma prestação de serviços, ocorrida entre as partes, e cuja validade jurídica é garantida pela assinatura digital do remetente (garantia de autoria e de integridade) e pela recepção, pelo Fisco, do documento eletrônico, antes da ocorrência do Fato Gerador.

15 Modelo Operacional Envio NF-e Vendedor Envia NFE Secretaria Fazenda Em cada operação o vendedor deve solicitar autorização de uso da NFe à SEFAZ Recepção antes da ocorrência do Fato Gerador Comprador

16 Modelo Operacional Envio NF-e Vendedor A SEFAZ procederá à validação da NF-e recebida. Envia NFE Validação Recepção: Assinatura Digital Leiaute XML Validação Numeração Emitente Autorizado Secretaria Fazenda Comprador

17 Modelo Operacional Envio NF-e Se a análise for positiva, autorizará o uso de NF-e... Vendedor Envia NFE Devolve Autorização de Uso NF-e Validação Recepção: Assinatura Digital Leiaute XML Validação Numeração Emitente Autorizado Secretaria Fazenda Comprador

18 Modelo Operacional Envio NF-e... e retransmitirá a NF-e para a Receita Federal. Vendedor Envia NFE Comprador Devolve Autorização de Uso NF-e Retransmite NF-e Receita Federal Secretaria Fazenda

19 Modelo Operacional Envio NF-e Trânsito Autorizado - DANFE Vendedor Envia NFE Devolve Autorização de Uso NF-e Secretaria Fazenda Autorizado o uso da NF-e naquela operação, o DANFE acompanhará o trânsito da mercadoria... Comprador Receita Federal

20 Modelo Operacional Envio NF-e Vendedor Trânsito Autorizado - DANFE Comprador NF-e... e o vendedor enviará também o arquivo da NF-e para seu cliente. Receita Federal Secretaria Fazenda

21 Modelo Operacional Envio NF-e Vendedor O destinatário deverá então consultar a existência e validade da NF-e por meio do código de acesso Comprador Receita Federal Secretaria Fazenda

22

23 Alternativas de Contingência Ocorre quando, por problemas técnicos, não for possível transmitir ou obter a autorização de uso: 1.SCAN Sistema de Contingência do Ambiente Nacional 2.DPEC Declaração Prévia de Emissão em Contingência 3.FS ou FS-DA Formulário de Segurança

24

25

26

27 Obrigatoriedade de Emissão de NF-e 5 setores Abril/2008 Dez/08 -fabricantes de cigarros; -distribuidores ou atacadistas de cigarros; -produtores, formuladores e importadores de combustíveis líquidos, assim definidos e autorizados por órgão federal competente; -distribuidores de combustíveis líquidos, assim definidos e autorizados por órgão federal competente; - transportadores e revendedores retalhistas TRR, assim definidos e autorizados por órgão federal competente; Abril/09 Set/09

28 Obrigatoriedade de Emissão de NF-e 5 setores 9 setores Abril/2008 Dez/08 Abril/09 Set/09 -fabricantes de automóveis, camionetes, utilitários, caminhões, ônibus e motocicletas; -fabricantes de cimento; -fabricantes, distribuidores e comerciante atacadista de medicamentos alopáticos para uso humano; -frigoríficos e atacadistas que promoverem as saídas de carnes frescas, refrigeradas ou congeladas das espécies bovinas, suínas, bufalinas e avícola; -fabricantes de bebidas alcoólicas inclusive cervejas e chopes; -fabricantes de refrigerantes; -agentes que, no Ambiente de Contratação Livre (ACL), venderem energia elétrica a consumidor final; -fabricantes de semi-acabados, laminados planos ou longos, relaminados, trefilados e perfilados de aço; -fabricantes de ferro-gusa.

29 Obrigatoriedade de Emissão de NF-e 5 setores 9 setores Abril/2008 Dez/08 25 setores Abril/09 Set/09 -importadores de automóveis, camionetes, utilitários, caminhões, ônibus e motocicletas; -fabricantes de pneumáticos e de câmaras-de-ar; -fabricantes e importadores de autopeças; -produtores, formuladores, importadores e distribuidores de solventes derivados de petróleo, assim definidos e autorizados por órgão federal competente; -comerciantes atacadistas a granel de solventes derivados de petróleo; -produtores, importadores e distribuidores de lubrificantes e graxas derivados de petróleo, assim definidos e autorizados por órgão federal competente; -comerciantes atacadistas a granel de lubrificantes e graxas derivados de petróleo; -produtores, importadores, distribuidores a granel, engarrafadores e revendedores atacadistas a granel de álcool para outros fins; -produtores, importadores e distribuidores de GLP gás liquefeito de petróleo, assim definidos e autorizados por órgão federal competente; -produtores e importadores GNV gás natural veicular; -atacadistas de produtos siderúrgicos e ferro gusa; -fabricantes de alumínio, laminados e ligas de alumínio;

30 Obrigatoriedade de Emissão de NF-e 5 setores 9 setores Abril/2008 Dez/08 25 setores Abril/09 Set/09 -fabricantes de vasilhames de vidro, garrafas PET e latas para bebidas alcoólicas e refrigerantes; -fabricantes e importadores de tintas, vernizes, esmaltes e lacas; -fabricantes e importadores de resinas termoplásticas;-distribuidores, atacadistas ou importadores de bebidas alcoólicas, inclusive cervejas e chopes; -distribuidores, atacadistas ou importadores de refrigerantes; -fabricantes, distribuidores, atacadistas ou importadores de extrato e xarope utilizados na fabricação de refrigerantes; -atacadistas de bebidas com atividade de fracionamento e acondicionamento associada; -atacadistas de fumo beneficiado; -fabricantes de cigarrilhas e charutos; -fabricantes e importadores de filtros para cigarros; -fabricantes e importadores de outros produtos do fumo, exceto cigarros, cigarrilhas e charutos; -processadores industriais do fumo

31 Obrigatoriedade de Emissão de NF-e 5 setores 9 setores Abril/2008 Dez/08 25 setores Abril/09 54 setores Set/09 fabricantes de cosméticos, produtos de perfumaria e de higiene pessoal; fabricantes de produtos de limpeza e de polimento; fabricantes de sabões e detergentes sintéticos; fabricantes de alimentos para animais; fabricantes de papel; fabricantes e importadores de componentes eletrônicos; fabricantes e importadores de equipamentos de informática e de periféricos para equipamentos de informática; fabricantes e importadores de aparelhos de recepção, reprodução, gravação e amplificação de áudio e vídeo; fabricantes e importadores de aparelhos telefônicos e de outros equip. de comunicação, peças e acessórios; fabricantes e importadores de fios, cabos e condutores elétricos isolados; fabricantes e importadores de fogões, refrigeradores e maquinas de lavar e secar para uso domestico; fabricantes de óleos vegetais refinados, exceto óleo de milho; fabricantes de defensivos agrícolas; fabricantes de adubos e fertilizantes; fabricantes de artefatos de material plástico para usos industriais; fabricantes de cronômetros e relógios; fabricantes de aparelhos e equipamentos de ar condicionado para uso não-industrial; fabricantes de tratores, peças e acessórios, exceto agrícolas; fabricantes e atacadistas de pães, biscoitos e bolacha; atacadistas de mercadoria em geral, com predominância de produtos alimentícios; concessionários de veículos novos; fabricantes e importadores de pisos e revestimentos cerâmicos; tecelagem de fios de fibras têxteis;

32 Obrigatoriedade de Emissão de NF-e 5 setores 9 setores Abril/2008 Dez/08 25 setores Abril/09 54 setores Set/09 Abril/ estabelecimentos Dezembro/2008 Abril/2009 Setembro/ estabelecimentos estabelecimentos estabelecimentos

33 Obrigatoriedade de Emissão de NF-e Regra Geral A obrigatoriedade se aplica a todas as operações efetuadas em todos os estabelecimentos dos contribuintes, que estejam localizados no Estado de São Paulo, ficando vedada a emissão de Nota Fiscal, modelo 1 ou 1-A. Exemplos: Fabricante de Refrigerante (100%) Fabricante de refrigerante (5%) Produtor de maça (95%) Produtor de Maça (100%)

34 Obrigatoriedade de Emissão de NF-e Em São Paulo (novidade): O contribuinte que se credenciar voluntariamente deverá emitir NF-e, em todas as suas operações, em substituição à NF modelo 1 ou 1-A: A partir do 1º dia do terceiro mês subseqüente; ou A partir do início da obrigatoriedade de que trata o Art. 7 da Portaria CAT 162/08 Regra de transição: Os contribuintes credenciados até o dia 31/12/2008 terão até o dia 01/07/2009, ou até o início da obrigatoriedade de que trata o Art.7 da Portaria CAT 162/08 para se adequar a esta regra.

35 Aplicativo Emissor de NF-e Desenvolvido pela SEFAZ/SP, podendo ser utilizado por contribuintes de todos os Estados; Gratuito; Versão de testes e versão com validade jurídica; Download no site da SEFAZ/SP e acesso pelo site nacional da NF-e Contribuinte precisa possuir apenas acesso à internet e certificado digital.

36

37

38

39 Situação Atual NF-e SP Mais de contribuintes emissores Mais de 40 milhões de NF-e autorizadas (19/03/2009) Operações com NF-e autorizadas com destinatários situados em todas UF, Suframa e Comércio Exterior Sistema de credenciamento disponível para contribuintes voluntários desde dezembro/07

40 Próximos Passos Ações de Implantação Obrigatoriedade NF-e Abril/2009 Credenciamento de Ofício (Comunicado DEAT 102 a 109/2008) Imposição Restrição AIDF Funcionalidade de Confirmação de Recebimento pelo Destinatário ( 1º semestre 2009) Download de NF-e (contabilistas e empresas) Funcionalidade de Carta de Correção Eletrônica

41 Conhecimento de Transporte de Cargas Eletrônico - CT-e Substituição dos documentos fiscais de prestação de serviço de transporte de cargas por documento eletrônico Adoção mesmo padrão tecnológico NF-e Único modelo para diversos modais de transporte Aprovada a Legislação Nacional (Ajuste SINIEF 09/2007 e Ato Cotepe 08/2008) Projeto Piloto com 36 empresas de transporte Entrada em produção em 02/03/2009 no RS e SP até final de março/2009 Informações Adicionais:

42 Conclusões NF-e não é iniciativa isolada e não é mais projeto em testes NF-e e SPED são processos sem volta Bom contribuinte somente terá vantagens com NF-e Pontos de Atenção: Revisão de Processos e Cadastros Certificação Digital Planejamento do Projeto e Cronograma de Implantação

43 Projeto Nota Fiscal Eletrônica OBRIGADO! Newton Oller de Mello Evento NF-e e SPED ACE Associação Comercial e Empresarial de Guarulhos 20/03/2009

Marcelo Fernandez CEAGESP 14/08/2009

Marcelo Fernandez CEAGESP 14/08/2009 Projeto Nota Fiscal Eletrônica Marcelo Fernandez CEAGESP 14/08/2009 Agenda Conceitos da NF-e Histórico Modelo Operacional Cancelamento Contingência Consulta Legislação Massificação da NF-e Obrigatoriedade

Leia mais

Clovis Souza Claudio Toledo CIESP

Clovis Souza Claudio Toledo CIESP Projeto Nota Fiscal Eletrônica Clovis Souza Claudio Toledo CIESP 27/08/2009 Agenda Conceitos da NF-e Histórico Modelo Operacional Cancelamento Contingência Consulta Legislação Massificação da NF-e Obrigatoriedade

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA PORTARIA SEFAZ N o 299, de 01 de março de 2008 Dispõe sobre o Termo de Credenciamento dos contribuintes para a emissão da Nota Fiscal Eletrônica NF-e

Leia mais

NF-e Nota Fiscal Eletrônica

NF-e Nota Fiscal Eletrônica NF-e Nota Fiscal Eletrônica NF-e SPED Sistema Público de Escrituração Digital Objetivo Principal: Promover a integração entre os órgãos reguladores e de fiscalização da União, Estados e Municípios, mediante

Leia mais

Impactos da Nota Fiscal Eletrônica no Setor de Varejo. Eduardo Barbosa de Souza Diretor de P&D&I Oriontec Automação Comercial ebsouza@oriontec.com.

Impactos da Nota Fiscal Eletrônica no Setor de Varejo. Eduardo Barbosa de Souza Diretor de P&D&I Oriontec Automação Comercial ebsouza@oriontec.com. Impactos da Nota Fiscal Eletrônica no Setor de Varejo Eduardo Barbosa de Souza Diretor de P&D&I Oriontec Automação Comercial ebsouza@oriontec.com.br Agenda Visão Geral da NF-e Breve Histórico Conceito

Leia mais

GUIA NOTA FISCAL ELETRÔNICA

GUIA NOTA FISCAL ELETRÔNICA GUIA NOTA FISCAL ELETRÔNICA 30/3/2009 1 Conteúdo Nota Fiscal Eletrônica - NF-e... 3 Legislação sobre a NF-e... 3 Vantagens da NF-e... 5 Benefícios para a Sociedade... 6 Benefícios para os Contabilistas...

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT. Sistema Público de Escrituração Digital

Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT. Sistema Público de Escrituração Digital Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) (CT-e) Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT Atualizações Fevereiro de 2009 Rio de Janeiro O que é NF-e? A Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) é um documento emitido e armazenado

Leia mais

Coriolano Aurélio de Almeida Camargo Santos. Presidente do Comitê sobre Crimes Eletrônicos OAB SP

Coriolano Aurélio de Almeida Camargo Santos. Presidente do Comitê sobre Crimes Eletrônicos OAB SP Projeto Nota Fiscal Eletrônica Coriolano Aurélio de Almeida Camargo Santos Presidente do Comitê sobre Crimes Eletrônicos OAB SP 29/09/2009 Histórico Artigo 199 do CTN- Mútua assistência para Fiscalização

Leia mais

Geraldo Scheibler. Equipe da NF-e no RS nfe@sefaz.rs.gov.br

Geraldo Scheibler. Equipe da NF-e no RS nfe@sefaz.rs.gov.br Geraldo Scheibler Equipe da NF-e no RS nfe@sefaz.rs.gov.br Escrituração Contábil Digital Escrituração Fiscal Digital Nota Fiscal Eletrônica Sistema Público de Escrituração Digital - SPED SPED Subprojetos

Leia mais

Geraldo Scheibler. Equipe da NF-e no RS

Geraldo Scheibler. Equipe da NF-e no RS Geraldo Scheibler Equipe da NF-e no RS Escrituração Contábil Digital Escrituração Fiscal Digital Nota Fiscal Eletrônica Sistema Público de Escrituração Digital - SPED SPED Subprojetos SPED Contábil (ECD)

Leia mais

NORMA DE PROCEDIMENTO FISCAL n 041/2009 (Consolidada com as alterações das NPFs n. 085/2009 e 058/2011)

NORMA DE PROCEDIMENTO FISCAL n 041/2009 (Consolidada com as alterações das NPFs n. 085/2009 e 058/2011) NPF 041/2009 p. 1 de 10 NORMA DE PROCEDIMENTO FISCAL n 041/2009 (Consolidada com as alterações das NPFs n. 085/2009 e 058/2011) SÚMULA Dispõe sobre a utilização de Nota Fiscal eletrônica NF-e por contribuintes

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica. NF-e. Vinícius Pimentel de Freitas Geraldo Scheibler José Alfredo Duarte Filho Dimitri Munari Domingos. Equipe da NF-e no RS

Nota Fiscal Eletrônica. NF-e. Vinícius Pimentel de Freitas Geraldo Scheibler José Alfredo Duarte Filho Dimitri Munari Domingos. Equipe da NF-e no RS Nota Fiscal Eletrônica NF-e Vinícius Pimentel de Freitas Geraldo Scheibler José Alfredo Duarte Filho Dimitri Munari Domingos Equipe da NF-e no RS Para segmentos obrigados a utilizar NF-e a partir de 1º

Leia mais

NORMA DE PROCEDIMENTO FISCAL N 049/2008. (Consolidada com as alterações das NPF 093/2008, 007/2009 e 016/2009)

NORMA DE PROCEDIMENTO FISCAL N 049/2008. (Consolidada com as alterações das NPF 093/2008, 007/2009 e 016/2009) NORMA DE PROCEDIMENTO FISCAL N 049/2008 (Consolidada com as alterações das NPF 093/2008, 007/2009 e 016/2009) O DIRETOR DA COORDENAÇÃO DA RECEITA DO ESTADO, no uso das atribuições que lhe confere o inciso

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica. NF-e. Geraldo Scheibler Agente Fiscal do Tesouro do Estado

Nota Fiscal Eletrônica. NF-e. Geraldo Scheibler Agente Fiscal do Tesouro do Estado Nota Fiscal Eletrônica NF-e Geraldo Scheibler Agente Fiscal do Tesouro do Estado CIC de Garibaldi, CIC de Bento Gonçalves, ACI de Carlos Barbosa, Associação dos Contabilistas de Garibaldi (ASCONGAR), Conselho

Leia mais

Nota Fiscal de Electrónica de Brasil

Nota Fiscal de Electrónica de Brasil 1er Foro Internacional USO DE TECNOLOGÍA EN LA SUPERVISIÓN Y FISCALIZACIÓN DEL SECTOR HIDROCARBUROS Nota Fiscal de Electrónica de Brasil Lic. Álvaro Antonio Bahia 1 Agenda Nota Fiscal Eletrônica Antecedentes

Leia mais

SPED NOTA FISCAL ELETRÔNICA. Maio/ 2009

SPED NOTA FISCAL ELETRÔNICA. Maio/ 2009 SPED NOTA FISCAL ELETRÔNICA Maio/ 2009 NFe - Objetivo Alteração da sistemática atual de emissão da nota fiscal em papel, por nota fiscal de existência apenas eletrônica. NFs Modelos 1 e 1A NFe - Conceito

Leia mais

Para utilizar o emissor de NF-e, o contribuinte deverá dispor de Certificado Digital tipos A1 ou A3 no

Para utilizar o emissor de NF-e, o contribuinte deverá dispor de Certificado Digital tipos A1 ou A3 no o o o enviar a chave Pública do certificado Digital para a SEFAZ/SP. Basta que elas estejam válidas no momento da conexão e verificação da assinatura digital. um certificado digital distinto para cada

Leia mais

A Nota Fiscal Eletrônica proporciona benefícios a todos os envolvidos em uma transação comercial.

A Nota Fiscal Eletrônica proporciona benefícios a todos os envolvidos em uma transação comercial. O QUE É A NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-E? Podemos conceituar a Nota Fiscal Eletrônica como sendo um documento de existência apenas digital, emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar,

Leia mais

1º SEMANA EMPRESÁRIO EMPREENDEDOR LUZ E REGIÃO SICOOB - CREDILUZ. Tema: Novas sistemáticas contábeis (SINTEGRA NF-e)

1º SEMANA EMPRESÁRIO EMPREENDEDOR LUZ E REGIÃO SICOOB - CREDILUZ. Tema: Novas sistemáticas contábeis (SINTEGRA NF-e) 1º SEMANA EMPRESÁRIO EMPREENDEDOR LUZ E REGIÃO SICOOB - CREDILUZ Tema: Novas sistemáticas contábeis (SINTEGRA NF-e) 17 de Novembro de 2009 SPED SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL DECRETO Nº 6.022/07

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica Volume 4

Nota Fiscal Eletrônica Volume 4 Brasil Nota Fiscal Eletrônica Volume 4 Nota Fiscal Eletrônica A Nota Fiscal Eletrônica já é uma realidade e uma tecnologia conhecida. Mas o projeto é contínuo, sempre com novidades. Uma delas é a maximização

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS RADAR NF-e

PERGUNTAS E RESPOSTAS RADAR NF-e PERGUNTAS E RESPOSTAS RADAR NF-e O que clientes e canais devem fazer para utilizar o Radar NF-e? Para usufruir de todos os diferenciais do Radar NF-e é imprescindível que os clientes da linha Radar antecipem

Leia mais

SPED- SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL A MÁQUINA DE RAIO X DO FISCO

SPED- SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL A MÁQUINA DE RAIO X DO FISCO SPED- SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL A MÁQUINA DE RAIO X DO FISCO O QUE VOCÊ IRÁ VER O que é o SPED; Nota Fiscal Eletrônica; O PAC e o SPED; DANFE; Benefícios - Empresas, FISCO e Sociedade; Prazos

Leia mais

Por dentro do Fisco On-line. São Paulo 12/02/2009

Por dentro do Fisco On-line. São Paulo 12/02/2009 Por dentro do Fisco On-line São Paulo 12/02/2009 Situação Atual Base 31/12/08 15.800 empresas emitindo NF-e, atingindo, em média, 35% da arrecadação das UF); 70 milhões NF-e autorizadas: Média 700.000

Leia mais

Estado do Acre DECRETO Nº. 4.006 DE 31 DE MARÇO DE 2009.

Estado do Acre DECRETO Nº. 4.006 DE 31 DE MARÇO DE 2009. DECRETO Nº. 4.006 DE 31 DE MARÇO DE 2009.. Publicado no D.O.E n 10.020 de 1 de abril de 2009. Altera e acrescenta dispositivos ao Decreto nº 2.914, de 11 de abril de 2008. O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE,

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica Priscila Lima

Nota Fiscal Eletrônica Priscila Lima O que é Benefícios Obrigatoriedade Fluxograma Alterações na emissão Armazenamento Recebimento Contingência Inutilização do Mod.1 Nota Fiscal Eletrônica Priscila Lima O que é... Documento de existência

Leia mais

NF N -e No N t o a Fi F s i cal l Eletrônica Fa F bia i no n o Mo M r o eir i a Ramos mo 12.03.2010

NF N -e No N t o a Fi F s i cal l Eletrônica Fa F bia i no n o Mo M r o eir i a Ramos mo 12.03.2010 NF-e Nota Fiscal Eletrônica Fabiano Moreira Ramos 12.03.2010 SPED - Subsistemas Escrituração Contábil Digital Nota Fiscal Eletrônica ECD EFD CTe NFe Escrituração Fiscal Digital Conhecimento Transporte

Leia mais

Vinicius Pimentel de Freitas. Julho de 2010

Vinicius Pimentel de Freitas. Julho de 2010 Nota Fiscal Eletrônica no Rio Grande do Sul Vinicius Pimentel de Freitas Julho de 2010 SPED ECD EFD NF-e CT-e MC-e NFS-e... Contextualizando: Documentos Fiscais Eletrônicos no Brasil Comunicações e Energia

Leia mais

NFe Nota Fiscal Eletrônica. Helder da Silva Andrade

NFe Nota Fiscal Eletrônica. Helder da Silva Andrade Nota Fiscal Eletrônica Helder da Silva Andrade 23/08/2010 SPED SUBSISTEMAS Escrituração Contábil Digital EFD ECD Escrituração Fiscal Digital Nota Fiscal Eletrônica CTe Conhecimento Transporte Eletrônico

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica

Nota Fiscal Eletrônica Receita Federal do Brasil Ricardo Rezende Barbosa nfe@sefaz.pi.gov.br 06 de dezembro de 2007 Secretaria da Fazenda do Estado do Piauí Nota Fiscal Eletrônica Nota Fiscal Eletrônica Luiz Antonio Baptista

Leia mais

A NOTA FISCAL ELETRÔNICA: um breve histórico

A NOTA FISCAL ELETRÔNICA: um breve histórico 1 A NOTA FISCAL ELETRÔNICA: um breve histórico Nota Fiscal eletrônica - NF-e é um modelo de documento fiscal, de existência apenas digital cuja validade jurídica é garantida pela assinatura digital, que

Leia mais

Agenda. Projeto Nota Fiscal Eletrônica Palestra Semana Contabilista Conselho Regional de Contabilidade Pernambuco 21/04/2007.

Agenda. Projeto Nota Fiscal Eletrônica Palestra Semana Contabilista Conselho Regional de Contabilidade Pernambuco 21/04/2007. Newton Oller de Mello nomello@fazenda.sp.gov.br Participantes do Projeto: Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Projeto Nota Fiscal Eletrônica Palestra Semana Contabilista Conselho Regional de Contabilidade

Leia mais

É expressamente proibido cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização

É expressamente proibido cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização É expressamente proibido cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações deste sem prévia autorização dos autores conforme legislação vigente. Janeiro/2009

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica

Nota Fiscal Eletrônica Nota Fiscal Eletrônica NF-e - Considerações 3,6 bilhões de notas fiscais armazenadas só em SP 26000 campos de futebol 27 voltas ao redor do mundo Podem representar um custo de até 5% no faturamento das

Leia mais

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br Curso de Tecnologia em Redes de Computadores Disciplina: Tópicos Avançados II 5º período Professor: José Maurício S. Pinheiro AULA 5: Certificado Digital e Nota

Leia mais

Atualizada até 13/08/2008

Atualizada até 13/08/2008 Atualizada até 13/08/2008 ATENÇÃO: A presente Cartilha possui caráter meramente informativo, refletindo o entendimento do Departamento Jurídico da FIESP/CIESP na data indicada como a de sua última alteração

Leia mais

Sistema Público de Escrituração Digital

Sistema Público de Escrituração Digital O SPED O Sistema Público de Escrituração Digital tem por objetivo promover a integração entre os órgãos reguladores e de fiscalização da União, FISCOS Estaduais e futuramente Municipais. Isso mediante

Leia mais

3.3. Nota Fiscal Eletrônica e o Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica AJUSTE SINIEF 07/05 de 30.09.2005

3.3. Nota Fiscal Eletrônica e o Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica AJUSTE SINIEF 07/05 de 30.09.2005 3.3. Nota Fiscal Eletrônica e o Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica AJUSTE SINIEF 07/05 de 30.09.2005 A Emenda Constitucional nº 42/03, com o objetivo de promover a racionalização e a modernização

Leia mais

Projeto Nota Fiscal Eletrônica

Projeto Nota Fiscal Eletrônica Projeto Nota Fiscal Eletrônica A ABRAFORM agradece a oportunidade de estar divulgando suas ações. www.abraform.org.br abraform@abraform.org.br Fone: (11) 3284-6456 29/09/2009 EMBASAMENTO LEGAL Ajuste SINIEF

Leia mais

Projeto Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)

Projeto Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Projeto Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) (Ajuste SINIEF 07/05) Estado de Santa Catarina 7º Congresso de Secretários de Finanças, Contadores Públicos e Controladores Internos Municipais Florianópolis SC 15/04/2011

Leia mais

CARTILHA DA NF-e Julho de 2009

CARTILHA DA NF-e Julho de 2009 CARTILHA DA NF-e Julho de 2009 Introdução Este documento é destinado a técnicos, usuários e operadores de NF-e. Tem o objetivo de melhorar o entendimento sobre a NF-e (Nota Fiscal Eletrônica). NF-e (Nota

Leia mais

Nota Fiscal eletrônica NF-e

Nota Fiscal eletrônica NF-e Secretaria de Estado da Fazenda do Paraná Coordenação da Receita do Estado Inspetoria Geral de Fiscalização Nota Fiscal eletrônica NF-e Maringá, 24 de Maio de 2011 Setor de Documentação Fiscal eletrônica

Leia mais

5ª Delegacia Regional da Receita Guarapuava PR ALTAIR BATISTA DE SOUZA JOSÉ CLODOALDO MUNHOZ

5ª Delegacia Regional da Receita Guarapuava PR ALTAIR BATISTA DE SOUZA JOSÉ CLODOALDO MUNHOZ 5ª Delegacia Regional da Receita Guarapuava PR ALTAIR BATISTA DE SOUZA JOSÉ CLODOALDO MUNHOZ 1. O QUE É NF-e? 2. OBJETIVO DA NF-e 3. LEGISLAÇÃO 4. CONTRIBUINTES OBRIGATÓRIOS 5. ADESÃO VOLUNTÁRIA 6. NECESSIDADES

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA/SP - NF-e 01/2011

ORIENTAÇÃO TÉCNICA/SP - NF-e 01/2011 ORIENTAÇÃO TÉCNICA/SP - NF-e 01/2011 ORIENTAÇÃO AOS AGENTES PÚBLICOS COM RELAÇÃO ÀS DISPOSIÇÕES PREVISTAS PELA PORTARIA CAT 162/08 A RESPEITO DA OBRIGATORIEDADE DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA. ÍNDICE

Leia mais

Palestra. SPED - NF Eletrônica - Escrituração Fiscal Digital - Atualização. Março 2010. Elaborado por:

Palestra. SPED - NF Eletrônica - Escrituração Fiscal Digital - Atualização. Março 2010. Elaborado por: Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

Cenário Atual, Desafios e Perspectivas do Sistema Público de Escrituração Digital SPED. Newton Oller de Mello Newton.oller@gmail.

Cenário Atual, Desafios e Perspectivas do Sistema Público de Escrituração Digital SPED. Newton Oller de Mello Newton.oller@gmail. Cenário Atual, Desafios e Perspectivas do Sistema Público de Escrituração Digital SPED Newton Oller de Mello Newton.oller@gmail.com Agenda 1. Visão Geral e Situação Atual dos Projetos integrantes do SPED

Leia mais

Documentos Fiscais Eletrônicos na Prestação de Serviço de Transporte de Cargas AFR Newton Oller de Mello Delegacia Regional Tributária do Litoral

Documentos Fiscais Eletrônicos na Prestação de Serviço de Transporte de Cargas AFR Newton Oller de Mello Delegacia Regional Tributária do Litoral Documentos Fiscais Eletrônicos na Prestação de Serviço de Transporte de Cargas AFR Newton Oller de Mello Delegacia Regional Tributária do Litoral Palestra SINDISAN Sindicato das Empresas de Transporte

Leia mais

Descrição CNAE FABRICACAO DE OLEOS VEGETAIS REFINADOS, EXCETO OLEO DE MILHO 1/4/2010

Descrição CNAE FABRICACAO DE OLEOS VEGETAIS REFINADOS, EXCETO OLEO DE MILHO 1/4/2010 Descrição CNAE Início da obrigatoriedade 0722701 EXTRACAO DE MINERIO DE ESTANHO 1/4/2010 0722702 BENEFICIAMENTO DE MINÉRIO DE ESTANHO 1/4/2010 1011201 FRIGORIFICO - ABATE DE BOVINOS 1/4/2010 1011202 FRIGORÍFICO

Leia mais

Portaria CAT- 162, de 29-12-2008

Portaria CAT- 162, de 29-12-2008 Portaria CAT- 162, de 29-12-2008 (DOE 30-12-2008) Dispõe sobre a emissão da Nota Fiscal Eletrônica - NF-e e do Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica - DANFE, o credenciamento de contribuintes e

Leia mais

PORTARIA Nº 078/GSER João Pessoa, 9 de junho de 2009.

PORTARIA Nº 078/GSER João Pessoa, 9 de junho de 2009. ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DE ESTADO DA RECEITA 078-09_07809 PORTARIA Nº 078/GSER João Pessoa, 9 de junho de 2009. O SECRETÁRIO DE ESTADO DA RECEITA, no uso das atribuições que lhe confere o inciso XVIII

Leia mais

Introdução. Benefícios para todos

Introdução. Benefícios para todos Introdução Esta cartilha tem a finalidade de guiar as empresas na implantação da Nota Fiscal Eletrônica e demonstrar as facilidades e vantagens do sistema para o contribuinte e para a sociedade A Nota

Leia mais

O SECRETÁRIO DE ESTADO DA FAZENDA, no uso de suas atribuições legais, e RESOLVE:

O SECRETÁRIO DE ESTADO DA FAZENDA, no uso de suas atribuições legais, e RESOLVE: RESOLUÇÃO N. 0006/2009-GSEFAZ Gabinete do Secretário DISPÕE sobre os procedimentos necessários ao credenciamento de usuários da Nota Fiscal Eletrônica - NF-e, e dá outras providências. O SECRETÁRIO DE

Leia mais

FAQ s. Obrigatoriedade do Serviço da NFe

FAQ s. Obrigatoriedade do Serviço da NFe FAQ s Obrigatoriedade do Serviço da NFe O Protocolo ICMS 30/07 de 06/07/2007, alterou disposições do Protocolo ICMS 10/07 e estabeleceu a obrigatoriedade de utilização da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)

Leia mais

Departamento Jurídico - DEJUR COMTÊXTIL - COMCOURO 21.07.2009

Departamento Jurídico - DEJUR COMTÊXTIL - COMCOURO 21.07.2009 Departamento Jurídico - DEJUR COMTÊXTIL - COMCOURO 21.07.2009 SPED Sistema Público P de Escrituração Digital DEJUR O S.P.E.D. Sistema Público de Escrituração Digital foi instituído pelo Decreto 6.022,

Leia mais

1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica - NF-e?

1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica - NF-e? 1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica - NF-e? Podemos conceituar a Nota Fiscal Eletrônica como sendo um documento de existência apenas digital, emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar,

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica e o Certificado Digital

Nota Fiscal Eletrônica e o Certificado Digital Nota Fiscal Eletrônica e o Certificado Digital O QUE É NOTA FISCAL ELETRÔNICA É um documento emitido e armazenado eletronicamente, em sistema próprio da Prefeitura ou do Estado, com o intuito de documentar

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica NOTA FISCAL ELETRÔNICA

Nota Fiscal Eletrônica NOTA FISCAL ELETRÔNICA Nota Fiscal Eletrônica NOTA FISCAL ELETRÔNICA Sistema Tributário Brasileiro (1967) Obrigações acessórias em excesso, muitas vezes redundantes Verificação Fiscal complexa e trabalhosa Altos custos com emissão,

Leia mais

Nota Fiscal eletrônica nacional NF-e. Perguntas e respostas. Versão 2.0 30/05/2008

Nota Fiscal eletrônica nacional NF-e. Perguntas e respostas. Versão 2.0 30/05/2008 Nota Fiscal eletrônica nacional NF-e Perguntas e respostas Versão 2.0 30/05/2008 ATENÇÃO: o presente texto Nota Fiscal eletrônica nacional Perguntas e respostas é uma adaptação do texto Perguntas Freqüentes

Leia mais

La Facturación Electrónica en Brasil: un ejemplo de modernización en la Administración Pública

La Facturación Electrónica en Brasil: un ejemplo de modernización en la Administración Pública FIAAIINAPE - FEDERACIÓN INTERNACIONAL DE ANTIGUOS ALUMNOS DEL INAP DE ESPANA XIV CONGRESO DE LA FEDERACIÓN 2009 Guadalajara, Jalisco, México - del 5 al 9 de octubre de 2009 Retos de la modernización en

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br BuscaLegis.ccj.ufsc.Br Nota fiscal Eletrônica-NF-E, aspectos preventivos Demes Britto* 1. Introdução. 2.Nota Fiscal Eletrônica NF-e Ambiente Nacional. 3. Previsão Normativa. 4.Certificação Digital. 6.

Leia mais

RESUMO ESPANDIDO QUALITATIVO NOTA FISCAL ELETRÔNICA: MUDANÇAS E REPERCUSSÕES PARA EMPRESAS E ÓRGÃOS FISCALIZADORES

RESUMO ESPANDIDO QUALITATIVO NOTA FISCAL ELETRÔNICA: MUDANÇAS E REPERCUSSÕES PARA EMPRESAS E ÓRGÃOS FISCALIZADORES RESUMO ESPANDIDO QUALITATIVO NOTA FISCAL ELETRÔNICA: MUDANÇAS E REPERCUSSÕES PARA EMPRESAS E ÓRGÃOS FISCALIZADORES Anilton ROCHA SILVA, Carina VIAL DE CANUTO, Carolina CLIVIAN PEREIRA XAVIER, Débora LORAINE

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica. NF-e. Apresentação: MAURO FERREIRA DAL BIANCO AUDITOR FISCAL - SEFA/PR

Nota Fiscal Eletrônica. NF-e. Apresentação: MAURO FERREIRA DAL BIANCO AUDITOR FISCAL - SEFA/PR Nota Fiscal Eletrônica NF-e Apresentação: MAURO FERREIRA DAL BIANCO AUDITOR FISCAL - SEFA/PR O Projeto NF-e Compõe o Sistema Público de Escrituração Digital SPED instituído pelo Decreto Federal nº 6.022

Leia mais

SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL

SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL O que você irá ver O que é o SPED; SPED Fiscal; Abrangência do projeto; O PAC e o SPED; Benefícios para as Empresas; Benefícios para a Fisco; SPED Contábil; Nota

Leia mais

CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO CT-e

CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO CT-e CONHECIMENTO DE TRANSPORTE ELETRÔNICO CT-e CONCEITO Documento emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar, para fins fiscais, uma prestação de serviços de transporte de cargas, ocorrida

Leia mais

Fundamentos da NF-e Exercícios Práticos. Luiz Campos

Fundamentos da NF-e Exercícios Práticos. Luiz Campos Fundamentos da NF-e Exercícios Práticos Luiz Campos 1 Livro de Apuração do IPI - CFOP CFOP DESCRIÇÃO 1.000 ENTRADAS OU AQUISIÇÕES DE SERVIÇOS DO ESTADO 1.100 COMPRAS PARA INDUSTRIALIZAÇÃO, PRODUÇÃO RURAL,

Leia mais

Sistema PúblicoP. de Escrituraçã. Fabiano Moreira Ramos 26/11/2009

Sistema PúblicoP. de Escrituraçã. Fabiano Moreira Ramos 26/11/2009 Sistema PúblicoP de Escrituraçã ção Digital Sped NF-e e / CT-e Fabiano Moreira Ramos 26/11/2009 SPED - Subsistemas Escrituração Contábil Digital Nota Fiscal Eletrônica ECD EFD CTe NFe Escrituração Fiscal

Leia mais

Solução de Armazenamento para NF-e! Wiliam Vitorino Rodrigues HITACHI DATA SYSTEMS wiliam.rodrigues@hds.com

Solução de Armazenamento para NF-e! Wiliam Vitorino Rodrigues HITACHI DATA SYSTEMS wiliam.rodrigues@hds.com Solução de Armazenamento para NF-e! Wiliam Vitorino Rodrigues HITACHI DATA SYSTEMS wiliam.rodrigues@hds.com 1 1! 2012 Hitachi Data Systems. All rights reserved. Objetivos da NF-e! A Nota Fiscal Eletrônica

Leia mais

FARO CONTÁBIL - CONTE CONOSCO (www.farocontabil.com.br)

FARO CONTÁBIL - CONTE CONOSCO (www.farocontabil.com.br) :: Perguntas Freqüentes NF-e I. Conceito, uso e obrigatoriedade da NF-e 1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica - NF-e? 2. Já existe legislação aprovada sobre a NF-e? 3. Quais são as vantagens da NF-e? 4.

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica NF-e

Nota Fiscal Eletrônica NF-e Nota Fiscal Eletrônica NF-e Vídeo-Conferência SPED Salvador, 30/07/2008 1 Sumário Vídeo Institucional Retrospectiva Premissas Benefícios O que não é NF-e Conceitos Base legal Situação atual Credenciamento

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA PARA LEIGOS

NOTA FISCAL ELETRÔNICA PARA LEIGOS NOTA FISCAL ELETRÔNICA PARA LEIGOS ÍNDICE 03 Capítulo 0 Introdução 04 Capítulo 1 O que é Nota Fiscal Eletrônica? 05 Capítulo 2 Quais são os tipos de Nota Fiscal Eletrônica? 07 14 15 Capítulo 3 Quais as

Leia mais

nota fiscal eletrônica para leigos

nota fiscal eletrônica para leigos nota fiscal eletrônica para leigos índice 03 Capítulo 0 Introdução 04 Capítulo 1 O que é Nota Fiscal Eletrônica? 05 Capítulo 2 Quais são os tipos de Nota Fiscal Eletrônica? 07 14 15 Capítulo 3 Quais as

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA

NOTA FISCAL ELETRÔNICA NOTA FISCAL ELETRÔNICA 1. Comprei mercadoria com NF-e denegada. Qual o procedimento para regularizar essa situação? Resposta: Preliminarmente, temos que esclarecer o que é uma NF-e Denegada:, A Denegação

Leia mais

5. Para quais tipos de operações (ex: entrada, saída, importação, exportação, simples remessa) a NF-e pode ser utilizada?

5. Para quais tipos de operações (ex: entrada, saída, importação, exportação, simples remessa) a NF-e pode ser utilizada? I. Conceito, uso e obrigatoriedade da NF-e 1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica - NF-e? 2. Já existe legislação aprovada sobre a NF-e? 3. Quais são as vantagens da NF-e? 4. Quais os tipos de documentos

Leia mais

A Nota Fiscal Eletrônica proporciona benefícios a todos os envolvidos em uma transação comercial.

A Nota Fiscal Eletrônica proporciona benefícios a todos os envolvidos em uma transação comercial. O que é a Nota Fiscal Eletrônica - NF-e? Podemos conceituar a Nota Fiscal Eletrônica como sendo um documento de existência apenas digital, emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar,

Leia mais

2. Já existe legislação aprovada sobre a NF-e?(Atualizado em 31/12/08)

2. Já existe legislação aprovada sobre a NF-e?(Atualizado em 31/12/08) 1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica - NF-e? Podemos conceituar a Nota Fiscal Eletrônica como sendo um documento de existência apenas digital, emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar,

Leia mais

A implantação da Nota Fiscal Eletrônica NF-e e seus Benefícios à empresa e a sociedade.

A implantação da Nota Fiscal Eletrônica NF-e e seus Benefícios à empresa e a sociedade. A implantação da Nota Fiscal Eletrônica NF-e e seus Benefícios à empresa e a sociedade. Cristiane Mamede Gislene Medrado Hapoliana Batista Lindemberg Ruiz Centro Universitário Candido Rondon Unirondon

Leia mais

Conhecimento de Transporte Eletrônico. Março de 2009

Conhecimento de Transporte Eletrônico. Março de 2009 Conhecimento de Transporte Eletrônico Março de 2009 Histórico do Projeto Sucesso da implantação do projeto Nota Fiscal Eletrônica iniciado em 2005; Nov/2006 III Encontro Nacional de Administradores Tributários

Leia mais

Pergunte à CPA. Nota Fiscal Eletrônica Modalidades de Contingência

Pergunte à CPA. Nota Fiscal Eletrônica Modalidades de Contingência 30/04/2013 Pergunte à CPA Nota Fiscal Eletrônica Modalidades de Contingência Apresentação: Helen Mattenhauer Oliveira 2 Conceito de Contingência para a NF- e A contingência é apenas de comunicação ou de

Leia mais

M D F -e CONSIDERAÇÕES INICIAIS

M D F -e CONSIDERAÇÕES INICIAIS M D F -e CONSIDERAÇÕES INICIAIS Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais (MDF-e) é o documento emitido e armazenado eletronicamente, de existência apenas digital, para vincular os documentos fiscais

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-e

NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-e NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-e NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-e Informações Gerais 1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica NF-e? Podemos conceituar a Nota Fiscal Eletrônica como sendo um documento de existência

Leia mais

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Para dar mais agilidade e segurança à administração tributária, os Estados brasileiros, o Distrito Federal e o

Leia mais

Vale Fertilizantes Janeiro / 2012 Versão 1.0

Vale Fertilizantes Janeiro / 2012 Versão 1.0 Cartilha CT-e Conhecimento de Transporte Eletrônico Vale Fertilizantes Janeiro / 2012 Versão 1.0 Este documento descreve as Conhecimento de Transporte Eletrônicos Conteúdo 1. Introdução... 3 2. Papeis

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO CIÊNCIAS CONTÁBEIS 7º SEMESTRE LAUZINHO VELOSO DE OLIVEIRA RA: 1038954329

ESTÁGIO SUPERVISIONADO CIÊNCIAS CONTÁBEIS 7º SEMESTRE LAUZINHO VELOSO DE OLIVEIRA RA: 1038954329 ESTÁGIO SUPERVISIONADO CIÊNCIAS CONTÁBEIS 7º SEMESTRE LAUZINHO VELOSO DE OLIVEIRA RA: 1038954329 Estágio II Ciências contábeis 2013 Itapecerica da Serra Maio 2013 Nome do Aluno: LAUZINHO VELOSO DE OLIVEIRA

Leia mais

A modernização do Fisco a serviço da sociedade

A modernização do Fisco a serviço da sociedade A modernização do Fisco a serviço da sociedade SPED Sistema Público de Escrituração Digital SPED, foi instituído pelo Decreto Federal nº 6.022/2007: SPED NF-e CT-e EFD ECD O SPED faz parte do Programa

Leia mais

Decreto nº 11.336 (DOE de 26/11/08)

Decreto nº 11.336 (DOE de 26/11/08) Decreto nº 11.336 (DOE de 26/11/08) Procede à Alteração nº 110 ao Regulamento do ICMS e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições, considerando o disposto no Ajuste

Leia mais

Dados gerais referentes às empresas do setor industrial, por grupo de atividades - 2005

Dados gerais referentes às empresas do setor industrial, por grupo de atividades - 2005 Total... 147 358 6 443 364 1 255 903 923 1 233 256 750 157 359 927 105 804 733 1 192 717 909 681 401 937 511 315 972 C Indústrias extrativas... 3 019 126 018 38 315 470 32 463 760 4 145 236 2 657 977 35

Leia mais

Solução SAP para Nota Fiscal Eletrônica

Solução SAP para Nota Fiscal Eletrônica Solução SAP para Nota Fiscal Eletrônica Apresentadores Adriano Santos Business Development CoE for the CIO Office SAP Business Objects Av. Das Nações Unidas, 14.171 5o. Andar Torre B 04795-100 São Paulo

Leia mais

Maranhão > Novembro/2015

Maranhão > Novembro/2015 OBS: As informações contidas nesta página são de caráter informativo, não dispensando a consulta a um profissional especializado, devido à freqüência com que os conteúdos sofrem alterações. Maranhão >

Leia mais

Do Sintegra ao SPEDFiscal

Do Sintegra ao SPEDFiscal Escrituração Fiscal Digital Clovis Antonio de Souza Claudio Augusto P. de Toledo Arquivos Texto Contribuinte Fisco Registros Fiscais Informações Econômico Fiscais Arquivo Eletrônico Ponte entre o Contribuinte

Leia mais

Como se Tornar Emissor de NF-e

Como se Tornar Emissor de NF-e SEFAZ-BA Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia Como se Tornar Emissor de NF-e Manual Versão 1.9 Salvador - Ba, novembro de 2010 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO...3 2. NF-E INFORMAÇÕES GERAIS...3 2.1. PROJETO

Leia mais

OBS: 2. Este material não esgota e não pretender ser material único para àqueles que decidirem implantar a NF-e. RICMS

OBS: 2. Este material não esgota e não pretender ser material único para àqueles que decidirem implantar a NF-e. RICMS OBS: 1. Este levantamento foi elaborado com base em cópia de textos do RICMS disponibilizados no site da Secretaria da Fazenda de SC em 05/12/2008 e serve como material de consulta para aqueles que querem

Leia mais

ELETRÔNICA FELLIPE M. GUERRA

ELETRÔNICA FELLIPE M. GUERRA 3ª GERAÇÃO - NOTA FISCAL ELETRÔNICA FELLIPE M. GUERRA ROTEIRO BREVE REVISÃO SOBRE NF-e - Conceito, características e modelo operacional. - Processamento da NF-e(autorização/denegação/rejeição). - Cancelamento

Leia mais

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Para dar mais agilidade e segurança à administração tributária, os Estados brasileiros, o Distrito Federal e o

Leia mais

Projetos da Receita Federal

Projetos da Receita Federal Escrituração Fiscal Digital - EFD Projetos da Receita Federal A Escrituração Fiscal Digital - EFD é um arquivo digital, que se constitui de um conjunto de escriturações de documentos fiscais e de outras

Leia mais

Comprei mercadoria com NF-e denegada. E agora?

Comprei mercadoria com NF-e denegada. E agora? Comprei mercadoria com NF-e denegada. E agora? Tomei conhecimento de um caso bastante comum sobre a Nota Fiscal Eletrônica. Um contador amigo enviou-me seguinte pergunta: Meu cliente recebeu uma mercadoria

Leia mais

Fundamento Legal: Convênio ICMS nº 110/2007, cláusula vigésima sexta, 1º, I e Ato Cotepe/ICMS nº 33/2014

Fundamento Legal: Convênio ICMS nº 110/2007, cláusula vigésima sexta, 1º, I e Ato Cotepe/ICMS nº 33/2014 Agenda de Obrigações Estadual - São Paulo - Maio/2015 Até: Segunda-feira, dia 4 - Scanc Transportador Revendedor Retalhista (TRR) Entrega das informações relativas às operações interestaduais com combustíveis

Leia mais

Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais Reunião SINDMAT 04/2013

Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais Reunião SINDMAT 04/2013 Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais Reunião SINDMAT 04/2013 Agenda 1. Requisitos gerais MDF-e 2. Contribuintes obrigados a emissão MDF-e 3. Encerramento MDF-e 4. DAMDF-e 5. Descrição Simplificada

Leia mais

Autorização de uso do MDF-e implicará em registro posterior dos eventos, nos documentos fiscais eletrônicos nele relacionados.

Autorização de uso do MDF-e implicará em registro posterior dos eventos, nos documentos fiscais eletrônicos nele relacionados. MDF-e - Nota Técnica 2015.001 Produto : Datasul, MFT (Faturamento), TOTVS 12 Projeto : PCREQ-3414 Data da : 23/02/2015 Data da revisão : 23/02/2015 criação Banco(s) de País(es) : Brasil : Todos Dados Implementada

Leia mais

Vale Fertilizantes Janeiro / 2012 Versão 1.0

Vale Fertilizantes Janeiro / 2012 Versão 1.0 Cartilha NF-e Nota Fiscal Eletrônica Vale Fertilizantes Janeiro / 2012 Versão 1.0 Este documento descreve as obrigações e procedimentos no manuseio de NFNF e Nota Fiscal Eletrônica. Conteúdo 1. Introdução...

Leia mais

NOTA FISCAL PAULISTA

NOTA FISCAL PAULISTA NOTA FISCAL PAULISTA Programa de Estímulo à Cidadania Fiscal do Estado de São Paulo Lei n. 12.685/2007 DOE 29/08/2007 Decreto n. 54.179/09 DOE 31/03/2009 Portaria CAT n. 85/2007 (e alterações) Artigos

Leia mais

Reunião com Empresas Desenvolvedoras de Software

Reunião com Empresas Desenvolvedoras de Software PROJETO SAT-CF-e Sistema Autenticador e Transmissor de Cupom Fiscal Eletrônico Sefaz SP / Deat IV / Documentos Digitais Reunião com Empresas Desenvolvedoras de Software 30/05/2012 Agenda Abertura O projeto

Leia mais