Calendários e Regulamentos das Competições Federativas Nacionais Pesagens (horário provisório) 07/02 Sábado VIII Supertaça Fernando Gaspar 15:00

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Calendários e Regulamentos das Competições Federativas Nacionais 2015. Pesagens (horário provisório) 07/02 Sábado VIII Supertaça Fernando Gaspar 15:00"

Transcrição

1 Calendários e Regulamentos das Competições Federativas Nacionais Calendário Federativo Nacional Data Dia da Semana Evento Pesagens (horário provisório) 07/02 Sábado VIII Supertaça Fernando Gaspar 15:00 21/02 Sábado Torneio de Abertura Troféu Norberto Rodrigues 14:00 07/03 Sábado 21/03 Sábado Campeonato Regional Individual* (Greco-Romana + Luta Feminina) Campeonato Nacional Individual (Luta Greco-Romana & Luta Feminina) 14:00 10:00 30/05 Sábado Taça de Portugal Masculina 10:00 30/05 Sábado Taça de Portugal Feminina 10:00 30/05 Sábado Troféu Luís Vieira Caldas 10:00 JUL/AGO Circuito de Beach Wrestling /10 Sábado 24/10 Sábado Campeonato Regional** (Livre-Olímpica) + Torneio de Luta Feminina Campeonato Nacional (Livre-Olímpica) 10:00 10:00 24/10 Sábado Taça Federação Portuguesa de Lutas Amadoras 10:00 07/11 Sábado Mega Estágio Técnico-Competitivo 10:00 12/12 Sábado Campeonato Nacional de Equipas Masculino 10:00 12/12 Sábado Campeonato Nacional de Equipas Femininos 10:00 12/12 Sábado Festival Jovem Mestre Álvaro Santos 10:00 * Zona Sul e Ilhas organizado pela ALAL; Zona Norte organizado pela ALAB. ** Zona Sul e Ilhas organizado pela ALADS; Zona Norte organizado pela ALAB. Página 1 de 8

2 2. Competições Individuais 2.1. Campeonatos Nacionais Serão realizados Campeonatos Nacionais nos escalões etários de Cadetes, Juniores e Seniores nos estilos Livre- Olímpica e Greco-Romana para o sexo masculino e Campeonatos Nacionais nos escalões etários de Cadetes e Absolutos de Luta Feminina para o sexo feminino. Estão apurados para participar todos os lutadores que tenham participado nos Campeonatos Regionais respectivos. Os lutadores que se encontrem em trabalhos da Seleção Nacional ou em acções de âmbito internacional em representação da FPLA aquando de um Campeonato Regional, ou quando o mesmo se situar muito próximo da manifestação internacional em causa, serão apurados directamente para o Campeonato Nacional. Os lutadores portugueses com residência oficial no estrangeiro, desde que devidamente filiados num clube nacional e desde que manifestem por escrito o seu interesse, através do seu clube, quando da inscrição para o Campeonato Regional respectivo serão apurados directamente para o Campeonato Nacional Campeonatos Regionais Serão realizados Campeonatos Regionais nos escalões etários de Cadetes, Juniores e Seniores, nos estilos Livre-Olímpica e Greco-Romana para o sexo masculino e Campeonatos Regionais nos escalões etários de Cadetes e Absolutos de Luta Feminina para o sexo feminino. Os Campeonatos Regionais estão organizados em duas zonas, a saber: Zona Norte; Zona Sul e Ilhas. Competem nos Campeonatos Regionais da Zona Norte atletas inscritos por entidades dos seguintes distritos: Aveiro; Braga; Bragança; Castelo Branco; Coimbra; Guarda; Porto; Santarém; Viana do Castelo; Vila Real; Viseu. Competem nos Campeonatos Regionais da Zona Sul e Ilhas praticantes inscritos por entidades dos seguintes distritos e regiões autónomas: Açores; Página 2 de 8

3 Beja; Évora; Faro; Leiria; Lisboa; Madeira; Portalegre; Setúbal Taça Federação Portuguesa de Lutas Amadoras A Taça Federação Portuguesa de Lutas Amadoras disputa-se nos escalões etários de Benjamins, Infantis e Iniciados no estilo Livre-Olímpica para o sexo masculino e nos escalões etários de Benjamins, Infantis, Iniciados, Cadetes e Absolutos de Luta Feminina para o sexo feminino. Tem classificação coletiva conjunta para os escalões Cadetes e Absolutos de Luta Feminina Troféu Norberto Rodrigues, Troféu Luís Vieira Caldas, Festival Jovem Mestre Álvaro Santos" e Mega Estágios Técnico Competitivos O Festival Jovem "Mestre Álvaro Santos" e o Mega Estágios Técnico Competitivos terão um regulamento específico a divulgar posteriormente. 3. Competições por Equipas Aquando da inscrição em Competições por Equipas, deverá ser liquidada uma taxa de 22,50, via Associação distrital respectiva Campeonato Nacional de Equipas Masculinos Podem participar no Campeonato Nacional de Equipas Masculinos colectividades devidamente filiadas e inscritas na FPLA. Cada colectividade pode apresentar duas equipas (A e B). Em cada encontro não existe limite relativamente ao número de lutadores estrangeiros a utilizar. Só é permitida a participação a lutadores dos Escalões Juniores e Seniores. 59 Kg; 66 Kg; Página 3 de 8

4 75 Kg; 85 Kg; 98 Kg. Em cada categoria de peso, cada clube pode apresentar um lutador efectivo e um suplente. De uma mão para a outra podem ser efectuadas substituições. Cada lutador apenas pode participar na categoria em que foi pesado. O número mínimo de lutadores por equipa é de 4 (quatro). A competição disputar-se-á com um mínimo de dois participantes (clubes diferentes). Cada jornada disputar-se-á a duas mãos, sendo a primeira disputada no Estilo Livre-Olímpica e a segunda disputada no Estilo Greco-Romana. O sistema de emparelhamentos é semelhante ao das competições individuais. Sistema de Pontuação Em cada encontro são atribuídos às equipas: 5 (cinco) pontos em caso de vitória, 2 (dois) pontos em caso de empate, 1 (um) ponto em caso de derrota e 0 (zero) pontos em caso de falta de comparência Taça de Portugal Masculina Podem participar na Taça de Portugal colectividades devidamente filiadas e inscritas na FPLA. Em cada encontro não existe limite relativamente ao número de lutadores estrangeiros a utilizar. Só é permitida a participação a lutadores dos Escalões Juniores e Seniores. 66 Kg; 85 Kg; Página 4 de 8

5 98 Kg. Em cada categoria de peso, cada clube pode apresentar um número ilimitado de lutadores. De uma mão para a outra e de uma eliminatória para outra podem ser efetuadas substituições. Cada lutador apenas pode participar na categoria em que foi pesado. O número mínimo de lutadores por equipa é de 3 (três). A competição disputar-se-á com um mínimo de duas participações (clubes diferentes). Cada eliminatória disputar-se-á a duas mãos, sendo a primeira disputada no Estilo Livre-Olímpica e a segunda disputada no Estilo Greco-Romana. A competição disputa-se num quadro competitivo aberto com eliminação à primeira derrota VIII Supertaça Fernando Gaspar Podem participar na Supertaça Fernando Gaspar as colectividades devidamente filiadas e inscritas na FPLA que se tenham sagrado Campeão Nacional de Equipas e Vencedor da Taça de Portugal. No caso da mesma equipa ter conquistado os dois troféus, ou por outro impedimento qualquer é apurada uma equipa de acordo com os seguintes sucessivos critérios: Finalista vencido da Taça de Portugal; 2.º Classificado no Campeonato Nacional de Equipas; 3.º Classificado no Campeonato Nacional de Equipas; e assim sucessivamente; Equipa eliminada pelo vencedor da Taça de Portugal nas meias finais; e assim sucessivamente. Em cada encontro não existe limite relativamente ao número de lutadores estrangeiros a utilizar. Só é permitida a participação a lutadores dos Escalões Juniores e Seniores. 59 Kg; 66 Kg; Página 5 de 8

6 75 Kg; 85 Kg; 98 Kg. Em cada categoria de peso, cada clube pode apresentar um lutador efectivo e um suplente. De uma mão para a outra podem ser efectuadas substituições. Cada lutador apenas pode participar na categoria em que foi pesado. O número mínimo de lutadores por equipa é de 4 (quatro). A competição disputar-se-á com um mínimo de dois participantes (clubes diferentes). O encontro disputar-se-á a duas mãos, sendo a primeira disputada no Estilo Livre-Olímpica e a segunda disputada no Estilo Greco-Romana Campeonato Nacional de Equipas Femininos Podem participar no Campeonato Nacional de Equipas Femininos colectividades devidamente filiadas e inscritas na FPLA. Cada colectividade pode apresentar duas equipas (A e B). Em cada encontro não existe limite relativamente ao número de lutadoras estrangeiras a utilizar. Só é permitida a participação a lutadoras do Escalão Absolutos. 53 Kg; 58 Kg; 63 Kg; 75 Kg. Em cada categoria de peso, cada clube pode apresentar uma lutadora efectiva e uma suplente. De uma mão para a outra podem ser efectuadas substituições. Página 6 de 8

7 Cada lutadora apenas pode participar na categoria em que foi pesada. O número mínimo de lutadoras por equipa é de 3 (três). A competição disputar-se-á com um mínimo de duas inscrições. Cada jornada disputar-se-á a duas mãos. O sistema de emparelhamentos é semelhante ao das competições individuais. Sistema de Pontuação Em cada encontro são atribuídos às equipas: 5 (cinco) pontos em caso de vitória, 2 (dois) pontos em caso de empate, 1 (um) ponto em caso de derrota e 0 (zero) pontos em caso de falta de comparência Taça de Portugal Femininos Podem participar na Taça de Portugal colectividades devidamente filiadas e inscritas na FPLA. Em cada encontro não existe limite relativamente ao número de lutadoras estrangeiras a utilizar. Só é permitida a participação a lutadoras do Escalão Absolutos. 53 Kg; 63 Kg; 75 Kg. Em cada categoria de peso, cada clube pode apresentar um número ilimitado de lutadoras. De uma mão para a outra podem ser efectuadas substituições. Cada lutadora apenas pode participar na categoria em que foi pesada. Página 7 de 8

8 O número mínimo de lutadoras por equipa é 3 (três). A competição disputar-se-á com um mínimo de duas participações (clubes diferentes). Cada eliminatória disputar-se-á a duas mãos. A competição disputa-se num quadro competitivo aberto com eliminação à primeira derrota. 4. Casos Omissos Casos não previstos nas presentes normas serão resolvidos pela FPLA, no âmbito dos seus órgãos competentes para o efeito. Aprovado em Reunião de Direção de 29 de dezembro de 2014 Página 8 de 8

F E D E R A Ç Ã O P O R T U G U E S A D E C A N O A G E M REGULAMENTO DAS PRIMEIRAS PAGAIADAS

F E D E R A Ç Ã O P O R T U G U E S A D E C A N O A G E M REGULAMENTO DAS PRIMEIRAS PAGAIADAS F E D E R A Ç Ã O P O R T U G U E S A D E C A N O A G E M REGULAMENTO DAS PRIMEIRAS PAGAIADAS Em vigor a partir de 21 de Agosto de 2015 1. PRIMEIRAS PAGAIADAS 1.1. Objetivos O quadro competitivo promovido

Leia mais

Paralisia Cerebral- Associação Nacional de Desporto

Paralisia Cerebral- Associação Nacional de Desporto B O C C I A REGULAMENTAÇÃO GERAL NACIONAL 2008/2009 1 INTRODUÇÃO Todos os intervenientes em competições de zona e nacionais, acções de formação e classificação médico - desportiva, deverão reger-se pelos

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DE PROVAS

REGULAMENTO GERAL DE PROVAS REGULAMENTO GERAL DE PROVAS Aprovado em Reunião de Direcção de 31 de Julho de 2013 Aprovado em Reunião de Direcção de 31 de Julho de 2013 1/22 Artigo 1º ÉPOCA DESPORTIVA 1) A Federação estabelece como

Leia mais

Câmara Municipal de Montemor-o-Velho. Unidade de Desporto XVII TORNEIO DE FUTEBOL JUVENIL 2014 REGULAMENTO

Câmara Municipal de Montemor-o-Velho. Unidade de Desporto XVII TORNEIO DE FUTEBOL JUVENIL 2014 REGULAMENTO Câmara Municipal de Montemor-o-Velho Unidade de Desporto XVII TORNEIO DE FUTEBOL JUVENIL 2014 REGULAMENTO Montemor-o-Velho, Maio de 2014 Índice REGULAMENTO... 3 1. ORGANIZAÇÃO... 3 2. DESTINATÁRIOS/ESCALÕES

Leia mais

REGULAMENTO DE PROVA CAMPEONATO NACIONAL DAS ASSOCIAÇOES MATRAQUILHOS E FUTEBOL DE MESA FEDERAÇÃO PORTUGUESA

REGULAMENTO DE PROVA CAMPEONATO NACIONAL DAS ASSOCIAÇOES MATRAQUILHOS E FUTEBOL DE MESA FEDERAÇÃO PORTUGUESA FEDERAÇÃO PORTUGUESA MATRAQUILHOS E FUTEBOL DE MESA FUNDADA EM 0 DE FEVEREIRO DE 200 FILIADA NA ITSF - INTERNATIONAL TABLE SOCCER FEDERATION SEDE OFICIAL AV. ENG.º ARMANDO MAGALHAES, 31 4440-505 VALONGO

Leia mais

CAMPEONATOS NACIONAIS DE EQUIPAS 2014 / 2015. - Este Campeonato será disputado por 10 (dez) equipas incluídas numa Zona Única.

CAMPEONATOS NACIONAIS DE EQUIPAS 2014 / 2015. - Este Campeonato será disputado por 10 (dez) equipas incluídas numa Zona Única. CAMPEONATOS NACIONAIS DE EQUIPAS 2014 / 2015 I DIVISÃO - SENIORES MASCULINOS - Este Campeonato será disputado por 10 (dez) equipas incluídas numa Zona Única. - O Campeonato compreenderá duas fases distintas:

Leia mais

Comunicado Oficial n.º 1 Época 2014-2015

Comunicado Oficial n.º 1 Época 2014-2015 Época 2014-2015 Aprovado pela Direção da Federação Portuguesa de Futebol, de acordo com o disposto no artigo 10.º e alíneas a) e c) do número 2 do artigo 41.º, do Decreto-Lei n.º 248-B/2008, de 31 de Dezembro

Leia mais

Comunicado Oficial N.º 1 Época 2013-2014

Comunicado Oficial N.º 1 Época 2013-2014 Época 2013-2014 Aprovado na reunião da Direção da Federação Portuguesa de Futebol, de 12 de Junho de 2013, de acordo com o disposto no artigo 10.º e alíneas a) e c) do número 2 do artigo 41.º, do Decreto-Lei

Leia mais

TORNEIO NACIONAL DE SUB-14 (MASC. E FEM)

TORNEIO NACIONAL DE SUB-14 (MASC. E FEM) COMPETIÇÕES NACIONAIS TORNEIO NACIONAL DE SUB-14 (MASC. E FEM) Modelo Competitivo -Proposta de Alteração- Elaborado por: Directores Técnicos das Associações de Basquetebol de VIANA DO CASTELO, BRAGA, PORTO,

Leia mais

PARTE GERAL I. Época oficial II. Horário de Funcionamento e Registo de Entrada III. Correspondência IV. Tabelas de Emolumentos e Taxas INSCRIÇÕES

PARTE GERAL I. Época oficial II. Horário de Funcionamento e Registo de Entrada III. Correspondência IV. Tabelas de Emolumentos e Taxas INSCRIÇÕES CAPÍTULO 1º PARTE GERAL PARTE GERAL I. Época oficial II. Horário de Funcionamento e Registo de Entrada III. Correspondência IV. Tabelas de Emolumentos e Taxas Pág. 3-5 CAPÍTULO 2º INSCRIÇÕES E TRANSFERÊNCIAS

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DISTRITAL DE JUDO DE LISBOA PESSOA COLECTIVA DE UTILIDADE PÚBLICA

ASSOCIAÇÃO DISTRITAL DE JUDO DE LISBOA PESSOA COLECTIVA DE UTILIDADE PÚBLICA CIRCULAR nº 76/15/DT Lisboa, 30 de Setembro de 2015 ASSOCIAÇÃO DISTRITAL DE JUDO DE LISBOA PESSOA COLECTIVA DE UTILIDADE PÚBLICA RUA DE PONTA DELGADA Nº 61-1000-241 LISBOA NIF 501653503 TELEFONE 218460286

Leia mais

ELEIÇÃO DA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

ELEIÇÃO DA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Círculo eleitoral dos Açores Aliança Açores Partido Social Democrata Partido Democrático do Atlântico CDS-PP. PPD/D PDA Círculo eleitoral de Aveiro Partido Cidadania e Democracia Cristã PPV/CDC PPD/D.

Leia mais

Comunicado Oficial nº 1 2015/2016 Página 1 de 23

Comunicado Oficial nº 1 2015/2016 Página 1 de 23 Comunicado Oficial n.º 1 Época 2015/2016 Aprovado na reunião da Direção da Federação Portuguesa de Futebol, de 25 de junho de 2015, de acordo com o disposto no artigo 10.º e nas alíneas a) e c) do número

Leia mais

REGULAMENTO ESPECIFICO DE PROVAS OFICIAIS DE POLO-AQUATICO 2015/2016 INDICE... 2 PO1 CAMPEONATO NACIONAL DA 1.ª DIVISÃO MASCULINOS...

REGULAMENTO ESPECIFICO DE PROVAS OFICIAIS DE POLO-AQUATICO 2015/2016 INDICE... 2 PO1 CAMPEONATO NACIONAL DA 1.ª DIVISÃO MASCULINOS... REGULAMENTO ESPECÍFICO DE PROVAS OFICIAIS 2015/2016 INDICE INDICE... 2 PO1 CAMPEONATO NACIONAL DA 1.ª DIVISÃO MASCULINOS... 5 1 PRÉMIOS... 5... 5... 5 PO2 CAMPEONATO NACIONAL DA 2.ª DIVISÃO MASCULINOS...

Leia mais

CIRCUITO REGIONAL GIRA PRAIA

CIRCUITO REGIONAL GIRA PRAIA Associação de Voleibol do ALENTEJO e ALGARVE 2015 = REGULAMENTO = Artigo 1º Enquadramento da prova e dos atletas participantes 1 O Circuito Regional de Gira Praia é uma competição regional organizada em

Leia mais

III Edição Grande Prémio AIREV

III Edição Grande Prémio AIREV III Edição Grande Prémio AIREV A Associação para Integração e Reabilitação Social de Crianças e Jovens Deficientes de Vizela, pretende organizar, pelo terceiro ano consecutivo, uma Corrida e Caminhada

Leia mais

TAXAS ÉPOCA 2010/2011 American Pool. * Jogadores com idade até 21 anos contados em 31 de Dezembro do acto da inscrição.

TAXAS ÉPOCA 2010/2011 American Pool. * Jogadores com idade até 21 anos contados em 31 de Dezembro do acto da inscrição. Federação Portuguesa de Bilhar Rua Gonçalves Crespo, 28, 4º - 1150-186 LISBOA Tel: 21 3153220 Fax: 213538497 email: fpbilhar@fpbilhar.pt Site: www.fpbilhar.pt TAXAS ÉPOCA 2010/2011 American Pool Filiação

Leia mais

O PANORAMA DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PORTUGUESES NOVOS SERVIÇOS NUM MERCADO EM MUDANÇA

O PANORAMA DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PORTUGUESES NOVOS SERVIÇOS NUM MERCADO EM MUDANÇA O PANORAMA DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PORTUGUESES NOVOS SERVIÇOS NUM MERCADO EM MUDANÇA IMPRENSA ESCRITA E DIGITAL DUAS FORMAS COMPLEMENTARES DE COMUNICAR PUBLICAÇÕES ATIVAS: 2008-2012 3.169 2.940

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE ATLETISMO DE S. MIGUEL

ASSOCIAÇÃO DE ATLETISMO DE S. MIGUEL ASSOCIAÇÃO DE ATLETISMO DE S. MIGUEL Instituição de Utilidade Pública Pessoa Colectiva n.º 512019673 Fundada em 26.03.86 Filiada na Federação Portuguesa Atletismo RUA PINTOR DOMINGOS REBELO N.º 4 TELEFONE

Leia mais

Artigo 1.º (Regime Supletivo) Ao Torneio Inter-Regional de Sevens Feminino aplicam-se as normas do Regulamento Geral de Competições em tudo o que não

Artigo 1.º (Regime Supletivo) Ao Torneio Inter-Regional de Sevens Feminino aplicam-se as normas do Regulamento Geral de Competições em tudo o que não REGULAMENTO DO TORNEIO INTER-REGIONAL DE SEVENS FEMININO 2014/2015 Artigo 1.º (Regime Supletivo) Ao Torneio Inter-Regional de Sevens Feminino aplicam-se as normas do Regulamento Geral de Competições em

Leia mais

FUTEBOL. www.inatel.pt

FUTEBOL. www.inatel.pt NORMAS ESPECIFICAS FUTEBOL www.inatel.pt FUTEBOL NORMAS ESPECIFICAS As normas específicas são regras estabelecidas pela Direção Desportiva, em complemento do Código Desportivo, para as provas organizadas

Leia mais

REGULAMENTO DE COMPETIÇÕES E FILIAÇÕES. Federação Portuguesa de Xadrez

REGULAMENTO DE COMPETIÇÕES E FILIAÇÕES. Federação Portuguesa de Xadrez E FILIAÇÕES Federação Portuguesa de Xadrez PARTE I - DISPOSIÇÕES GERAIS... 3 ARTIGO 1 - (Âmbito de aplicação)... 3 ARTIGO 2 - (Época)... 3 PARTE II - COMPETIÇÕES... 3 CAPÍTULO I - DISPOSIÇÕES GERAIS...

Leia mais

Troféu de Sintra em BTT 2014 REGULAMENTO

Troféu de Sintra em BTT 2014 REGULAMENTO Troféu de Sintra em BTT 2014 REGULAMENTO DIVISÃO DE DESPORTO E JUVENTUDE NÚCLEO DE DESPORTO AVENTURA Versão 10/3/2014 1 INTRODUÇÂO O Ciclismo nas suas diversas variantes e como modalidade desportiva torna-se

Leia mais

REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL MASTER DE ÁGUAS ABERTAS II CAMPEONATO NACIONAL MASTER DE ÁGUAS ABERTAS

REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL MASTER DE ÁGUAS ABERTAS II CAMPEONATO NACIONAL MASTER DE ÁGUAS ABERTAS REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL MASTER DE ÁGUAS ABERTAS 2009 FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE NATAÇÃO / CÂMARA MUNICIPAL DE SETÚBAL 0 1. ÂMBITO O II Campeonato Nacional Masters de Águas Abertas atribuirá o título

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DE PROVAS

REGULAMENTO GERAL DE PROVAS REGULAMENTO GERAL DE PROVAS Aprovado em Reunião de Direcção de 7 de Julho de 2012 Regulamento Geral de Provas 1/16 Artigo 1º ÉPOCA DESPORTIVA 1. A Federação estabelece como época desportiva oficial o período

Leia mais

2º CAMPEONATO MUNICIPAL DE MATRAQUILHOS. Normas de Funcionamento

2º CAMPEONATO MUNICIPAL DE MATRAQUILHOS. Normas de Funcionamento 2º CAMPEONATO MUNICIPAL DE MATRAQUILHOS Normas de Funcionamento Normas de Funcionamento Considerando a importância que a promoção da dinâmica desportiva assume no concelho, a Câmara Municipal da Lourinhã,

Leia mais

REGULAMENTO DE REMO 2007 2008

REGULAMENTO DE REMO 2007 2008 REGULAMENTO DE REMO 2007 2008 REGATAS OFICIAIS E CAMPEONATOS ESTADUAIS CAPÍTULO I DOS REMADORES E SUAS CATEGORIAS: Artigo 1º O(a)(s) remador(a)(es)(as) que vierem a participar de regatas da serão divididos

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASEBOL / SOFTBOL TAÇA JORNAL BASEBOL - DESPORTO ESCOLAR COIMBRA

REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASEBOL / SOFTBOL TAÇA JORNAL BASEBOL - DESPORTO ESCOLAR COIMBRA REGULAMENTO ESPECÍFICO DE BASEBOL / SOFTBOL TAÇA JORNAL BASEBOL - DESPORTO ESCOLAR COIMBRA 2006-2007 DESPORTO ESCOLAR ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. ESCALÕES ETÁRIOS/ BOLA DE JOGO...4 3. CONSTITUIÇÃO DA EQUIPA...4

Leia mais

XXXIV MEIA-MARATONA INTERNACIONAL DA NAZARÉ XIII VOLTA À NAZARÉ III CAMINHADA VIII MEIA do FUTURO REGULAMENTO GERAL

XXXIV MEIA-MARATONA INTERNACIONAL DA NAZARÉ XIII VOLTA À NAZARÉ III CAMINHADA VIII MEIA do FUTURO REGULAMENTO GERAL XXXIV MEIA-MARATONA INTERNACIONAL DA NAZARÉ XIII VOLTA À NAZARÉ III CAMINHADA VIII MEIA do FUTURO REGULAMENTO GERAL Artigo 1º Artigo 2º Artigo 3 Numa organização da Meia Maratona Internacional da Nazaré-Associação

Leia mais

I DUATLO BTT DE SANTANA 2015 I DUATLO JOVEM BTT DE SANTANA 2015

I DUATLO BTT DE SANTANA 2015 I DUATLO JOVEM BTT DE SANTANA 2015 I DUATLO BTT DE SANTANA 2015 I DUATLO JOVEM BTT DE SANTANA 2015 Sábado, 24 de Outubro de 2015 Distância Sprint: 5kms Corrida / 16 kms BTT / 2.5 kms Corrida Distância S.Sprint: 2.5kms Corrida / 8 kms BTT

Leia mais

Regulamento do Circuito Smashtour 2013

Regulamento do Circuito Smashtour 2013 REGULAMENTO CIRCUITO SMASHTOUR 2014 Regulamento do Circuito Smashtour 2013 1 - O Circuito será disputado em três fases, com um mínimo de 19 provas de cada fase de desenvolvimento Mínimo de 1 e máximo de

Leia mais

Título da comunicação: A Situação Profissional de Ex-Bolseiros de Doutoramento

Título da comunicação: A Situação Profissional de Ex-Bolseiros de Doutoramento Título da comunicação: A Situação Profissional de Ex-Bolseiros de Doutoramento Evento: Local: Data: CONFERÊNCIA REGIONAL DE LISBOA E VALE DO TEJO Centro de Formação Profissional de Santarém 10 de Março

Leia mais

NORMAS ESPECÍFICAS. Taça Fundação INATEL

NORMAS ESPECÍFICAS. Taça Fundação INATEL NORMAS ESPECÍFICAS Taça Fundação INATEL FUTEBOL - ÉPOCA 2009-2010 Taça Fundação INATEL NORMAS ESPECÍFICAS As normas específicas são regras estabelecidas pela Direcção Desportiva, em complemento do Código

Leia mais

F E D E R A Ç Ã O P O R T U G U E S A D E C A N O A G E M REGULAMENTO DE VELOCIDADE

F E D E R A Ç Ã O P O R T U G U E S A D E C A N O A G E M REGULAMENTO DE VELOCIDADE F E D E R A Ç Ã O P O R T U G U E S A D E C A N O A G E M REGULAMENTO DE VELOCIDADE Em vigor a partir de 27 de Janeiro de 2010 INDICE 1. CAMPEONATO NACIONAL DE REGATAS EM LINHA... 3 2. DEFINIÇÃO... 3 3.

Leia mais

Grande Prémio Serra da Estrela Atletismo. Caminhada BTT REGULAMENTO

Grande Prémio Serra da Estrela Atletismo. Caminhada BTT REGULAMENTO REGULAMENTO O Grande Prémio Serra da Estrela Subida do Vale da Bouça, realizar-se-á no Domingo dia 6 de Julho de 2014 na Bouça. 1 Organização O Grande Prémio Serra da Estrela Subida do Vale da Bouça, é

Leia mais

CAMPEONATOS REGIONAIS DE INICIADOS E JUNIORES

CAMPEONATOS REGIONAIS DE INICIADOS E JUNIORES ASSOCIAÇÃO DE ATLETISO DE ÉVORA Bairro da Cruz da Picada lote 5 R/C Dtº - 7000-772 ÉVORA Telefone / Fax 266708425 e-mail: ass.atletismo.evora@sapo.pt / http:/www.atletismo-evora.pt CAPEONATOS REGIONAIS

Leia mais

Associação de Atletismo de Braga

Associação de Atletismo de Braga Hora Inicio Associação de Atletismo de Prova sábado, 5 de Junho de 2010 15:30 400 Metros Marcha SEN F Serie 15:30 400 Metros Marcha SEN M Serie 15:30 Salto em Altura JUV a SEN F Final + (1,00-1,05-1,10

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TÉNIS DE MESA Departamento de Lazer e Desporto para Todos NORMAS ESPECÍFICAS

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TÉNIS DE MESA Departamento de Lazer e Desporto para Todos NORMAS ESPECÍFICAS NORMAS ESPECÍFICAS As normas específicas são regras estabelecidas pela F.P.T.M.- Departamento de Lazer e Desporto para Todos, para as provas por ela organizadas. As normas específicas aplicam-se a todos

Leia mais

PÓLO AQUÁTICO. associação de natação de lisboa. Regulamentos Específicos

PÓLO AQUÁTICO. associação de natação de lisboa. Regulamentos Específicos PÓLO AQUÁTICO Regulamentos Específicos Época 2015/2016 TORNEIO DE ABERTURA DE ABSOLUTOS MASCULINOS A divulgar em circular. 2. PARTICIPAÇÃO Podem participar os jogadores do género masculino com idade mínima

Leia mais

Utilidade Pública Desportiva - Despacho 49/94, de 9.9.1994. REGULAMENTO de COMPETIÇÃO

Utilidade Pública Desportiva - Despacho 49/94, de 9.9.1994. REGULAMENTO de COMPETIÇÃO REGULAMENTO de COMPETIÇÃO Regulamento da Taça de Portugal de ing 2015 INDICE Capitulo I Definição e Âmbito Capitulo II Objectivos e Títulos Capitulo III Categorias e escalões etários integrantes Capitulo

Leia mais

CLUB INTERNACIONAL DE FOOT-BALL

CLUB INTERNACIONAL DE FOOT-BALL REGULAMENTO GERAL DE PROVAS de Futebol 11 (categoria sénior) Capítulo I - Da realização dos torneios e jogos Capítulo II - Das inscrições Capítulo III - Da disciplina Capítulo IV - Da representação das

Leia mais

PQS GLOBAIS. (c). Tempo de estabelecimento de chamada para chamadas nacionais (segundos) que correspondem ao percentil 95% das chamadas mais rápidas

PQS GLOBAIS. (c). Tempo de estabelecimento de chamada para chamadas nacionais (segundos) que correspondem ao percentil 95% das chamadas mais rápidas PQS GLOBAIS Anacom Objetivo SU Ano1 SU PQS 1 PQS 1 (a) PQS1. Prazo de fornecimento da ligação inicial (a) Demora no fornecimento das ligações, quando o cliente não define uma data objetivo (dias) PQS 1

Leia mais

Convite. Grupo Desportivo ecultural Actuais e Antigos Alunos

Convite. Grupo Desportivo ecultural Actuais e Antigos Alunos Grupo Desportivo ecultural Actuais e Antigos Alunos A.A. e Alunos Guilhabreu Contribuinte 503635758 G.P.S. N 41.292939 W 8.635334 Rua Senhora do Amparo, 4485-266 Guilhabreu, Vila do Conde Convite O Grupo

Leia mais

ALTERAÇÕES AO RPD Regulamento de Provas Distritais da AFVR

ALTERAÇÕES AO RPD Regulamento de Provas Distritais da AFVR ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE VILA REAL COMUNICADO OFICIAL N.º: 0111/11-12-Rectificado DATA: 2012.06.26 PARA CONHECIMENTO DE TODOS OS CLUBES FILIADOS NESTA AFVR, CONSELHO DE ARBITRAGEM, ORGÃOS DE COMUNICAÇÃO

Leia mais

REGULAMENTO. 1. O Circuito Padel Portugal, é composto por eventos constantes do Calendário Oficial de Provas da Federação Portuguesa de Ténis.

REGULAMENTO. 1. O Circuito Padel Portugal, é composto por eventos constantes do Calendário Oficial de Provas da Federação Portuguesa de Ténis. Regulamento CIRCUITO PADEL PORTUGAL 2014 REGULAMENTO 1. O Circuito Padel Portugal, é composto por eventos constantes do Calendário Oficial de Provas da Federação Portuguesa de Ténis. 2. O Circuito Padel

Leia mais

Feminino 2ª Divisão 2010_11. FASE FINAL APURADOS (1º ao 6º LUGAR) REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO

Feminino 2ª Divisão 2010_11. FASE FINAL APURADOS (1º ao 6º LUGAR) REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO Campeonato Nacional Feminino 2ª Divisão 2010_11 FASE FINAL APURADOS (1º ao 6º LUGAR) REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO A. Clubes Apurados B. Modelo Competitivo C. Marcação de Jogos D. Arbitragem E. Inscrição das

Leia mais

2ª COPA DE JUDÔ CIDADE DE BRAGANÇA Coletando Esperança. BOLETIM OFICIAL Bragança/PA, 04 de maio de 2015.

2ª COPA DE JUDÔ CIDADE DE BRAGANÇA Coletando Esperança. BOLETIM OFICIAL Bragança/PA, 04 de maio de 2015. BOLETIM OFICIAL Bragança/PA, 04 de maio de 015. AS ASSOCIAÇÕES FILIADAS E VINCULADAS. É com extremo prazer e alegria que a ASSOCIAÇÃO DE JUDÔ RIO CAETÉ convida para a ª Judô /PA, integrante do calendário

Leia mais

Federação Portuguesa de Minigolfe UPD REGULAMENTO GERAL DE PROVAS. Aprovado na Assembleia Geral de 2013-12-07

Federação Portuguesa de Minigolfe UPD REGULAMENTO GERAL DE PROVAS. Aprovado na Assembleia Geral de 2013-12-07 Federação Portuguesa de Minigolfe UPD REGULAMENTO GERAL DE PROVAS Aprovado na Assembleia Geral de 2013-12-07 REGULAMENTO GERAL DE PROVAS DESPORTIVAS 1. PROVAS FEDERATIVAS 1.1. São consideras Provas Federativas

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DE FUTSAL XIRA 2016

REGULAMENTO ESPECÍFICO DE FUTSAL XIRA 2016 REGULAMENTO ESPECÍFICO DE FUTSAL XIRA 2016 ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 ESCALÕES ETÁRIOS, TEMPO DE JOGO E BOLA... 4 2.1. ESCALÕES ETÁRIOS... 4 2.2. DURAÇÃO DOS JOGOS... 4 2.3. A BOLA... 4 REGULAMENTO DO ESCALÃO

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ESGRIMA REGULAMENTO DE PROVAS

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ESGRIMA REGULAMENTO DE PROVAS FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ESGRIMA REGULAMENTO DE PROVAS 1. RESPONSABILIDADE Os atiradores armam-se, equipam-se, vestem-se e combatem sob a sua própria responsabilidade e por sua conta e risco, nos termos

Leia mais

A Mulher portuguesa e o Desporto O TÉNIS DE MESA PORTUGUÊS NO FEMININO 21/05/2014

A Mulher portuguesa e o Desporto O TÉNIS DE MESA PORTUGUÊS NO FEMININO 21/05/2014 O TÉNIS DE MESA PORTUGUÊS NO FEMININO 2 A Mulher portuguesa e o Desporto 1º FÓRUM NACIONAL DE TÉNIS DE MESA 24 maio 2014 Propostas para discussão e reflexão Manuela Simões O Ténis de Mesa não é, a este

Leia mais

FPAMC. Federação Portuguesa de Artes Marciais Chinesas REGULAMENTO PARA OS CAMPEONATOS NACIONAIS DE WUSHU/KUNG FU SANDA SÉNIORES E ESPERANÇAS

FPAMC. Federação Portuguesa de Artes Marciais Chinesas REGULAMENTO PARA OS CAMPEONATOS NACIONAIS DE WUSHU/KUNG FU SANDA SÉNIORES E ESPERANÇAS FPAMC Federação Portuguesa de Artes Marciais Chinesas REGULAMENTO PARA OS CAMPEONATOS NACIONAIS DE WUSHU/KUNG FU SANDA SÉNIORES E ESPERANÇAS 26 e 27 de Junho de 2010 REGULAMENTO DAS PROVAS DESPORTIVAS

Leia mais

Águas Abertas 2.0 25 de Abril de 2010 Piscina do Estádio Universitário de Lisboa

Águas Abertas 2.0 25 de Abril de 2010 Piscina do Estádio Universitário de Lisboa ÁGUAS ABERTAS 2.0 2010 1. ÂMBITO Este evento destina-se a promover a prática da Natação e dar a conhecer a disciplina de Águas Abertas a jovens nadadores. Este evento de descoberta realizar-se-á numa piscina,

Leia mais

Q1 Há quanto tempo se graduou em Medicina Veterinária?

Q1 Há quanto tempo se graduou em Medicina Veterinária? Q1 Há quanto tempo se graduou em Medicina Veterinária? Respondidas: Ignoradas: 0 < 10 anos 10 a 20 anos 20 a 30 anos > 30 anos Opções de resposta < 10 anos 10 a 20 anos 20 a 30 anos > 30 anos Respostas

Leia mais

II ÁGUAS ABERTAS AQUAPOLIS ABRANTES

II ÁGUAS ABERTAS AQUAPOLIS ABRANTES II ÁGUAS ABERTAS AQUAPOLIS ABRANTES IX CIRCUITO NACIONAL DE ÁGUAS ABERTAS Regulamento 02.Agosto.2009 FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE NATAÇÃO / CÂMARA MUNICIPAL DE SETÚBAL 0 1. ORGANIZAÇÃO Associação de Natação

Leia mais

GINÁSTICA DE TRAMPOLINS

GINÁSTICA DE TRAMPOLINS GINÁSTICA DE TRAMPOLINS SELEÇÕES NACIONAIS E ALTO RENDIMENTO 2013-2016 PROCESSO DE SELEÇÃO CAMPEONATO DA EUROPA 2014 e CAMPEONATO DO MUNDO 2014 Duplo Mini Trampolim Tumbling Trampolim Individual PROCESSO

Leia mais

O QUE É OBJECTIVOS: VANTAGENS

O QUE É OBJECTIVOS: VANTAGENS O QUE É O Gira Volei é um jogo fácil, divertido e competitivo destinado aos jovens com idade compreendida entre os 8 e os 16 onde apenas se pode utilizar uma técnica: o passe. OBJECTIVOS: Contribuir para

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE TÉNIS DE MESA DO PORTO www.atmporto.com

ASSOCIAÇÃO DE TÉNIS DE MESA DO PORTO www.atmporto.com COMUNICADO NRº 01 ÉPOCA 2015/2016 DATA 01/08/15 1 - ABERTURA DA ÉPOCA 2015/2016 2 - INSCRIÇÕES 3 - ESCALÕES ETÁRIOS OFICIAIS 4 - FILIAÇÃO DO CLUBE NA ATM PORTO 5 - SEGURO DESPORTIVO 6 - INSCRIÇÕES DE ATLETAS

Leia mais

19º CAMPEONATO MATO-GROSSENSE DE JIU-JITSU

19º CAMPEONATO MATO-GROSSENSE DE JIU-JITSU Jiu-Jitsu Jiu-Jitsu No Gi Wrestling Luta Olímpica Beach Wrestling - Luta de Praia Grappling Submission Sambo Pankration MMA Mixed Martial Arts Lutas Tradicionais 19º CAMPEONATO MATO-GROSSENSE DE JIU-JITSU

Leia mais

REGULAMENTO PARTICULAR DA TAÇA DE PORTUGAL CROSS COUNTRY MARATONA (XCM) 2013. (Atualizado a 10.04.2013)

REGULAMENTO PARTICULAR DA TAÇA DE PORTUGAL CROSS COUNTRY MARATONA (XCM) 2013. (Atualizado a 10.04.2013) REGULAMENTO PARTICULAR DA TAÇA DE PORTUGAL CROSS COUNTRY MARATONA (XCM) 2013 1. INTRODUÇÃO (Atualizado a 10.04.2013) 1.1- A Taça de Portugal XCM é um troféu oficial da UVP/ Federação Portuguesa de Ciclismo.

Leia mais

FEDERAÇÃO MINEIRA DE JUDO

FEDERAÇÃO MINEIRA DE JUDO Circular nº 13 de 2014 FEDERAÇÃO MINEIRA DE JUDO Belo Horizonte, 22 de agosto de 2014. De: Federação Mineira de Judô Para: Filiados / Imprensa Assunto: Campeonato Mineiro Sênior, SUB 11 A e B, SUB 9 A

Leia mais

IV JORNADAS IBERO-ATLÂNTICAS DE ESTATÍSTICAS REGIONAIS 22 e 23 de junho de 2012 ESTATÍSTICAS FINANCEIRAS REGIONAIS. João Cadete de Matos

IV JORNADAS IBERO-ATLÂNTICAS DE ESTATÍSTICAS REGIONAIS 22 e 23 de junho de 2012 ESTATÍSTICAS FINANCEIRAS REGIONAIS. João Cadete de Matos 22 e 23 de junho de 2012 ESTATÍSTICAS FINANCEIRAS REGIONAIS João Cadete de Matos 1ª Parte Estatísticas do Banco de Portugal Estatísticas Financeiras Regionais 2 Evolução da difusão Estatística no Banco

Leia mais

REGULAMENTO E CALENDÁRIO DISTRITAL DE NATAÇÃO PURA

REGULAMENTO E CALENDÁRIO DISTRITAL DE NATAÇÃO PURA ÉPOCA 2014-15 REGULAMENTO E CALENDÁRIO DISTRITAL DE NATAÇÃO PURA APROVADO PELA FPN EM 16 DE OUTUBRO DE 2014 Rua Garcia da Mata, 20-2300-494 TOMAR Tel. 249323268 / 919069455 / 964813669 Fax 249324960 Pág

Leia mais

REGULAMENTO DESPORTIVO

REGULAMENTO DESPORTIVO TORNEIO DE FUTEBOL INFANTIL JOSÉ TORRES AMADORA 2014 FUTEBOL 7 INFANTIS COMPLEXO DESPORTIVO MUNICIPAL DO MONTE DA GALEGA 4 e 5 de outubro de 2014 REGULAMENTO DESPORTIVO 01 Regras 02 Escalão etário 03 Equipas

Leia mais

REGULAMENTO DE FORMAÇÃO DA SELEÇÃO BRASILEIRA 2015 SUB-14, CADETE, JUNIOR E SUB-21

REGULAMENTO DE FORMAÇÃO DA SELEÇÃO BRASILEIRA 2015 SUB-14, CADETE, JUNIOR E SUB-21 REGULAMENTO DE FORMAÇÃO DA SELEÇÃO BRASILEIRA 2015 SUB-14, CADETE, JUNIOR E SUB-21 Este regulamento tem por finalidade determinar as condições e os critérios seletivos gerais para formar e compor a Seleção

Leia mais

Regulamento Interno Liga Futsal AEISCSN 2010/2011

Regulamento Interno Liga Futsal AEISCSN 2010/2011 1 ÍNDICE I. DISPOSIÇÕES INICIAIS Artigo 1º - Organização e direcção do torneio II. ORGANIZAÇÃO DA PROVA Artigo 2º - Modelo Competitivo Artigo 3º - Pontuação de Jogo Artigo 4º - Critérios de Desempate Artigo

Leia mais

REGULAMENTO DE COMPETIÇÕES (RC) - Orientação Pedestre, Orientação em BTT e Corridas de Aventura - PREÂMBULO. Pág 1 de 30

REGULAMENTO DE COMPETIÇÕES (RC) - Orientação Pedestre, Orientação em BTT e Corridas de Aventura - PREÂMBULO. Pág 1 de 30 REGULAMENTO DE COMPETIÇÕES (RC) - Orientação Pedestre, Orientação em BTT e Corridas de Aventura - PREÂMBULO Os rankings da Taça de Portugal (TP) visam ordenar e classificar os atletas em competição, bem

Leia mais

XXV Campeonato Brasileiro Interfederativo Infanto- Juvenil Troféu Chico Piscina

XXV Campeonato Brasileiro Interfederativo Infanto- Juvenil Troféu Chico Piscina REGULAMENTOS XXV Campeonato Brasileiro Interfederativo Infanto- Juvenil Troféu Chico Piscina CAPÍTULO I DAS FINALIDADES Art. 1º - Com a participação das Federações filiadas à Confederação Brasileira de

Leia mais

REGULAMENTO do TORNEIO

REGULAMENTO do TORNEIO REGULAMENTO do TORNEIO As regras de jogo aplicadas no Maia Handball Cup 2014 são as que estão em vigor na Federação de Andebol de Portugal que, por sua vez, baseia a sua lei na IHF. No entanto, ficam estabelecidas

Leia mais

1ª Liga de Futsal 2014/2015

1ª Liga de Futsal 2014/2015 1ª Liga de Futsal 2014/2015 Patrono RICARDINHO 1 I Liga Futsal 2014/2015 Regulamento Equipas Artigo 1º Esta liga de futsal encontra-se aberta a equipas de empresas devidamente certificadas, podendo ser

Leia mais

PROPOSTA DE REGULAMENTO DOS CAMPEONATOS PORTUGUESES DE DERBY ATRELADO PARA 2009

PROPOSTA DE REGULAMENTO DOS CAMPEONATOS PORTUGUESES DE DERBY ATRELADO PARA 2009 PROPOSTA DE REGULAMENTO DOS CAMPEONATOS PORTUGUESES DE DERBY ATRELADO PARA 2009 A partir de 1 de Janeiro de 2009 entra em vigor o presente Regulamento revogando o Regulamento do Campeonato de Derbies de

Leia mais

A. Disposições Gerais

A. Disposições Gerais FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ATLETISMO Direcção Técnica Nacional Sector juvenil Versão de 29 de Maio de 2008 REGULAMENTO GERAL DE COMPETIÇÕES NORMAS RELACIONADAS COM OS ESCALÕES DO ATLETISMO JUVENIL A. Disposições

Leia mais

NORMAS DE ATUAÇÃO ADMINISTRATIVA ÉPOCA 2015-2016

NORMAS DE ATUAÇÃO ADMINISTRATIVA ÉPOCA 2015-2016 CONTEÚDOS 1. Filiações a. Formulários b. Escalões c. Inscrições Iniciais d. Renovações e. Transferências f. Taxas de Filiação g. Contratos Plurianuais 2. Atletas Estrangeiros 3. Filiações de Atletas Portugueses

Leia mais

XXVI TRAVESSIA DOS TEMPLÁRIOS

XXVI TRAVESSIA DOS TEMPLÁRIOS Regulamento 28 Setembro.2014 APROVADO PELA FPN EM 22 DE JULHO DE 2014 FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE NATAÇÃO / CÂMARA MUNICIPAL DE SETÚBAL 0 1. ORGANIZAÇÃO Associação de Natação do Distrito de Santarém. Associação

Leia mais

FUTSAL. www.inatel.pt

FUTSAL. www.inatel.pt NORMAS ESPECIFICAS FUTSAL www.inatel.pt FUTSAL NORMAS ESPECIFICAS As normas específicas são regras estabelecidas pela Direção Desportiva, em complemento do Código Desportivo, para as provas organizadas

Leia mais

REGULAMENTO JIU-JITSU

REGULAMENTO JIU-JITSU DATA/ LOCAL/ HORÁRIO Data: 16 de maio (DOMINGO) LIGA UNIVERSITÁRIA PAULISTA REGULAMENTO JIU-JITSU Local: Clube Escola Mooca Rua Taquari, 635 (EM FRENTE A UNIVERSIDADE SÃO JUDAS) Bairro Mooca São Paulo

Leia mais

REGULAMENTO TORNEIO POR EQUIPES CURITIBA TENNIS CLASSIC 2013

REGULAMENTO TORNEIO POR EQUIPES CURITIBA TENNIS CLASSIC 2013 REGULAMENTO TORNEIO POR EQUIPES CURITIBA TENNIS CLASSIC 2013 1. DO CONCEITO O Curitiba TennisClassic é um série de eventos competitivos disputada entre as melhores equipes nas categorias por idade, de

Leia mais

ACESSOS 1/6. . Campo de Regatas 2000 metros. F e d e r a ç ã o P o r t u g u e s a d e C a n o a g e m É p o c a 2 0 1 4

ACESSOS 1/6. . Campo de Regatas 2000 metros. F e d e r a ç ã o P o r t u g u e s a d e C a n o a g e m É p o c a 2 0 1 4 ACESSOS A competição realiza-se na Barragem da Aguieira, nas instalações do Montebelo Aguieira Resort. A melhor forma de chegar ao local é através da A1, cortando para Coimbra (IP3), no sentido contrário

Leia mais

Regulamento da Prova

Regulamento da Prova II Torneio Internacional de Águas Abertas do Mondego Regulamento da Prova 19.Setembro.2010 1. ORGANIZAÇÃO Câmara Municipal do Município Associação de Natação de Coimbra 2. APOIOS Arena Polisport EaFit

Leia mais

Regulamento. Portugal City Race

Regulamento. Portugal City Race Portugal City Race 2015 Índice 1. Conceito... 3 2. Modelo... 4 3. Escalões... 5 4. Calendário 2015... 6 5. Ranking... 8 6. Prémios... 8 7. Formato de competição e percursos... 9 8. Contactos... 10 2 2015

Leia mais

Projecto Nestum Rugby nas Escolas. Balanço 2009/2010

Projecto Nestum Rugby nas Escolas. Balanço 2009/2010 Projecto Nestum Rugby nas Escolas Balanço 2009/2010 No segundo ano (2009/2010) de implementação do projecto Nestum Rugby nas Escolas, projecto este que resulta da parceria entre a Federação Portuguesa

Leia mais

Associação de Atletismo de Aveiro Calendário Oficial Época 2015/2016

Associação de Atletismo de Aveiro Calendário Oficial Época 2015/2016 Associação de Atletismo de Aveiro Calendário Oficial Época 2015/2016 Última versão de calendário 2015/2016 data 26/11/2015 Mês: Outubro/2015 04 Eleições legislativas 10 11 17 18 Corrida Cidade de Aveiro

Leia mais

CAMPEONATO ESTADUAL INFANTIL A SENIOR DE NATAÇÃO - 2012

CAMPEONATO ESTADUAL INFANTIL A SENIOR DE NATAÇÃO - 2012 FEDERAÇÃO AQUÁTICA NORTERIOGRANDENSE www.fanrn.com.br - aquaticarn@gmail.com Fone: 84-32018008 CAMPEONATO ESTADUAL INFANTIL A SENIOR DE NATAÇÃO - 2012 REGULAMENTO Art. 1º - O Campeonato Estadual Infantil

Leia mais

Associação de Futebol do Porto

Associação de Futebol do Porto Associação de Futebol do Porto RUA ANTÓNIO PINTO MACHADO, 96-106 4100-068 PORTO COMUNICADO OFICIAL Circular n.º 233 = 2014/= Para o conhecimento e orientação dos Clubes Filiados, SAD s, SDUQ S, Árbitros,

Leia mais

4ª Copa Interestadual de Tênis de Mesa Pernambuco 2015

4ª Copa Interestadual de Tênis de Mesa Pernambuco 2015 4ª Copa Interestadual de Tênis de Mesa Pernambuco 2015 A Federação Pernambucana de Tênis de Mesa, tem a honra de convidar a todos os Atletas, Técnicos e Dirigentes de Federações e Clubes filiados a CBTM,

Leia mais

Campeonato Regional de Ténis 2009 Iniciados e Juvenis CLUBE DE TÉNIS DO ESTORIL

Campeonato Regional de Ténis 2009 Iniciados e Juvenis CLUBE DE TÉNIS DO ESTORIL 1 Introdução DOCUMENTO ORIENTADOR O Campeonato Regional de Ténis enquadra-se num conjunto de Campeonatos Regionais da responsabilidade da Direcção Regional de Educação de Lisboa e Vale do Tejo. O presente

Leia mais

Workshop (Da Estrutura e Desenvolvimento)

Workshop (Da Estrutura e Desenvolvimento) NOTA PRÉVIA: Dada a diversidade e quantidade de ideias e propostas manifestadas, optou por fazer-se uma síntese dos assuntos abordados retirando os comentários e as trocas de opiniões que entretanto surgiram,

Leia mais

NORMA OFICIAL 21/2015 TIRO ÀS VENTOINHAS FAN32 REGULAMENTO DAS COMPETIÇÕES

NORMA OFICIAL 21/2015 TIRO ÀS VENTOINHAS FAN32 REGULAMENTO DAS COMPETIÇÕES REGULAMENTO COMPETIÇÕES OFICIAIS DE TIRO ÀS VENTOINHAS FAN32 CAPÍTULO I COMPETIÇÕES OFICIAIS 1.- O presente regulamento será obrigatoriamente aplicado em todas as provas oficiais da disciplina de Tiro

Leia mais

REGULAMENTO DE XADREZ

REGULAMENTO DE XADREZ SINDICATO DOS BANCÁRIOS DO SUL E ILHAS PELOURO DE TEMPOS LIVRES REGULAMENTO DE XADREZ SBSI - Abril de 2013 2 PRIMEIRA PARTE DISPOSIÇÕES GERAIS ARTIGO 1.º (Âmbito de aplicação) O presente Regulamento refere-se

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DE COMPETIÇÕES

REGULAMENTO GERAL DE COMPETIÇÕES REGULAMENTO GERAL DE COMPETIÇÕES Aprovado na Assembleia Geral de 21 e 22 de Setembro de 2013 A. Disposições Gerais... 3 Artigo 1º - INSCRIÇÕES... 3 Artigo 2º - PARTICIPAÇÃO NAS COMPETIÇÕES... 3 Artigo

Leia mais

REGULAMENTO_2015. Página 1

REGULAMENTO_2015. Página 1 1 - Regras 1.1 - O Sesimbra Summer Cup será disputado em conformidade com as regras da FIFA, com excepção do previsto neste regulamento. 1.2 As equipas participantes podem ser equipas federadas, equipas

Leia mais

Entidades responsáveis: Organização: Associação Desportiva Strix Bike Team. Enquadramento técnico: Associação de Ciclismo de Santarém.

Entidades responsáveis: Organização: Associação Desportiva Strix Bike Team. Enquadramento técnico: Associação de Ciclismo de Santarém. Entidades responsáveis: Organização: Associação Desportiva Strix Bike Team Enquadramento técnico: Associação de Ciclismo de Santarém Local: Distrito: Santarém Concelho: Coruche Freguesia: Coruche Coordenadas

Leia mais

REGULAMENTO da TAÇA PAULO ROBERTO TRIVELLI 2015 SELETIVA FASE ESTADUAL TITULO I DAS FINALIDADES

REGULAMENTO da TAÇA PAULO ROBERTO TRIVELLI 2015 SELETIVA FASE ESTADUAL TITULO I DAS FINALIDADES REGULAMENTO da TAÇA PAULO ROBERTO TRIVELLI 2015 SELETIVA FASE ESTADUAL TITULO I DAS FINALIDADES Artigo 1 - A TAÇA PAULO ROBERTO TRIVELLI 2015 é promovida, organizada e dirigida pela FEDERAÇÃO UNIVERSITÁRIA

Leia mais

Liga de Rugby do Vale

Liga de Rugby do Vale REGULAMENTO DO TORNEIO Torneio de Rúgbi de Areia 58º Jogos Regionais de Caraguatatuba Liga de Rugby do Vale Capítulo I - Disposições Gerais Art. 1º - O Torneio de Rúgbi de Areia em Caraguatatuba, é um

Leia mais

CIRCUITO NACIONAL CORREIOS DE BEACH TENNIS REGULAMENTO GERAL PARA 2014 1. DO CAMPEONATO

CIRCUITO NACIONAL CORREIOS DE BEACH TENNIS REGULAMENTO GERAL PARA 2014 1. DO CAMPEONATO CIRCUITO NACIONAL CORREIOS DE BEACH TENNIS REGULAMENTO GERAL PARA 2014 1. DO CAMPEONATO O Campeonato será realizado nos meses de Junho, Agosto,Outubro e a Etapa Master final do ano(local e data a confirmar),

Leia mais

CAMPEONATO ESTADUAL DE NATAÇÃO DE VERÃO TROFÉU ALEXANDRE VISCARDI, TROFÉU MARCOS CHAIBEN INFANTIL JUVENIL JUNIOR SENIOR TROFÉU PARANÁ ABSOLUTO

CAMPEONATO ESTADUAL DE NATAÇÃO DE VERÃO TROFÉU ALEXANDRE VISCARDI, TROFÉU MARCOS CHAIBEN INFANTIL JUVENIL JUNIOR SENIOR TROFÉU PARANÁ ABSOLUTO CAMPEONATO ESTADUAL DE NATAÇÃO DE VERÃO TROFÉU ALEXANDRE VISCARDI, TROFÉU MARCOS CHAIBEN INFANTIL JUVENIL JUNIOR SENIOR TROFÉU PARANÁ ABSOLUTO Data :04 A 07 DE NOVEMBRO DE 2015 Inscrição: 28 de outubro

Leia mais

REGULAMENTO SEXTA-FEIRA - 01 DE MAIO DE 2015

REGULAMENTO SEXTA-FEIRA - 01 DE MAIO DE 2015 REGULAMENTO IV TRIATLO DIA DO TRABALHADOR - FUNCHAL 2015 IV TRIATLO LAZER DIA DO TRABALHADOR FUNCHAL 2015 IV TRIALO JOVEM DIA DO TRABALHADOR - FUNCHAL 2015 SEXTA-FEIRA - 01 DE MAIO DE 2015 Distância Sprint:

Leia mais

Campeonato Estadual de Verão - Infantil a Sênior 2013 Regulamento

Campeonato Estadual de Verão - Infantil a Sênior 2013 Regulamento Campeonato Estadual de Verão - Infantil a Sênior 2013 Regulamento 29 e 30 de novembro de 2013. Local : Piscina de 50m do Parque Aquático do Grêmio Náutico União ( GNU ), localizado na Rua Quintino Bocaiúva,

Leia mais

Regulamento de Prova

Regulamento de Prova Regulamento de Prova ORGANIZAÇÃO! 3 ARBITRAGEM! 3 DATA / LOCAL / PROGRAMA! 3 PROVAS E ESCALÕES ETÁRIOS! 3 CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO! 5 DISPOSIÇÕES GERAIS! 5 INSCRIÇÕES! 6 CLASSIFICAÇÕES E TEMPOS LIMITE!

Leia mais

2009 2010 INFO C 19 NOV 09 2 NOV NOVO SORTEIO REALIZADO A 4 DE NOVEMBRO POR INTRODUÇÃO DE UMA NOVA EQUIPA

2009 2010 INFO C 19 NOV 09 2 NOV NOVO SORTEIO REALIZADO A 4 DE NOVEMBRO POR INTRODUÇÃO DE UMA NOVA EQUIPA PROVA 02. CNU ANDEBOL F/M FASE DE APURAMENTO - ITA 17/18 NOV BRAGA ORGANIZAÇÃO AAUM 2009 2010 INFO C 19 NOV 09 1. INFORMAÇÕES 1.1 PRAZOS DE INSCRIÇÃO EQUIPAS 30 OUT ATLETAS 11 NOV 1.2 TAXAS DE INSCRIÇÃO

Leia mais