TOTVS - Microsiga Protheus Financeiro

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TOTVS - Microsiga Protheus Financeiro"

Transcrição

1 16/08/2011

2 Sumário Sumário Conceitos Básicos Novas Funcionalidades Produto Padrão Fluxo de Caixa por Natureza Financeira Base Diferenciada para Impostos Conciliador SITEF Importação de Índices Financeiros Controle de Liberação de Pagamentos Vínculo entre Documentos Financeiros e Contratos Melhorias CNAB Localização Argentina Cadastro de Analistas e Grupo de Analistas Cadastro de Gestores Financeiros e Grupo de Gestores Cadastro de Amarrações Analistas e Gestores Liberação Fundo Caixinha Liberação Títulos Carteira a Pagar Localização Equador Cálculo e Retenção de IVA Impressão do Certificado IVA Localização Peru Provisão para Devedores Duvidosos Livro Caixa e Bancos Movimentos de efetivo Livro Caixa e Bancos Movimentos de Conta Corrente Cadastro de Bons Contribuintes Cálculo de IR e Emissão do Certificado IR 4ª Categoria Retenção de IR 4ª Categoria PDT Cálculo de ITF na Movimentação Bancária Localização República Dominicana TOTVS - Microsiga Protheus Financeiro

3 6.1 Cálculo de ITBIS, ISR e ITF Configuração de Impostos Relatório de Retenções do Estado Envio de Pagos ao Exterior Relatório Disponibilidade Financeira Movimentação Bancária em outras Moedas Controle de Cheques Recebidos Controle de Cheques Emitidos Impressão de Cheque em Folha Avulsa Localização Venezuela Cálculo e Retenção de IVA Impressão do Certificado IVA Cálculo e Retenção de IR Impressão do Certificado IR Reconciliação Bancária Automática Relatório Informativo de Retenções Conclusão TOTVS - Microsiga Protheus - Financeiro 3

4 1 Conceitos Básicos Olá, neste vídeo apresentaremos as novidades do processo de negócio Financeiro, da linha do produto Microsiga Protheus, o qual contempla o módulo Financeiro. 1.1 Novas Funcionalidades O Módulo de Financeiro oferece as seguintes soluções: Controle de fluxo de caixa por natureza financeira: Permite uma nova visão do fluxo de caixa da empresa de acordo com a classificação dos documentos financeiros. Base diferenciada de impostos: Permite que os impostos sejam calculados com base em um valor diferente do valor do titulo financeiro. Conciliador SITEF: Conciliação TEF (Transferência Eletrônica de Fundos) dos títulos a receber (cartão de crédito e débito) das administradoras financeiras. Atualização de índices financeiros: Permite importar ou exportar as taxas dos índices financeiros utilizando arquivos no formato.csv. Controle de documentos obrigatórios e check-list de validação para autorização de pagamentos. Relatório de liberação de pagamentos. Tratamento de cancelamento de autorização de pagamento. Vínculos de documentos financeiros e contratos. Melhorias nos processos de comunicação bancária (CNAB). Localização Argentina. Localização Equador. Localização Peru. Localização República Dominicana. Localização Venezuela. 4 TOTVS - Microsiga Protheus Financeiro

5 2 Produto Padrão 2.1 Fluxo de Caixa por Natureza Financeira Visão diferenciada do fluxo de caixa da empresa conforme seu plano de naturezas financeiras em um determinado período. Controle de saldos por natureza em tabela, otimizando a performance deste tipo de consulta. Visão de saldos orçados, previstos e realizados. TOTVS - Microsiga Protheus - Financeiro 5

6 2.2 Base Diferenciada para Impostos Permite que o imposto seja calculado sobre base própria, diferente do valor da nota, facilitando o uso de notas mistas (produtos e serviços na mesma nota, por exemplo). Aplica-se tanto à carteira de pagamentos e recebimentos. Permite o uso de base diferenciada em integrações de outros módulos com o Financeiro. Aplica-se aos impostos financeiros (Irrf, Inss, Iss, Pis, Cofins e Csll). Esta tela demonstra o uso da base diferenciada para impostos. Esta base diferenciada aplica-se à regra de retenção dos impostos (emissão ou baixa da nota). 6 TOTVS - Microsiga Protheus Financeiro

7 2.3 Conciliador SITEF Permite a conciliação TEF (Transferência Eletrônica de Fundos) dos títulos a receber (cartão de crédito e débito) das administradoras financeiras. Essa conciliação é realizada pelo cruzamento entre as informações oriundas de arquivo de retorno específico, que são primeiramente importadas para a linha de produto Microsiga Protheus e depois conciliadas com os títulos a receber das administradora financeiras. Exemplo de tela do Conciliador SITEF: TOTVS - Microsiga Protheus - Financeiro 7

8 2.4 Importação de Índices Financeiros Atualiza os valores dos índices previamente cadastrados Permite a importação de índices financeiros através de arquivo CSV. Permite a exportação de índices financeiros da linha de produtos Microsiga Protheus para arquivo CSV. 8 TOTVS - Microsiga Protheus Financeiro

9 2.5 Controle de Liberação de Pagamentos Permite ao usuário criar um controle de documentos necessários, realizando um processo de check list de documentos obrigatórios caso necessário para a efetivação do pagamento. Os documentos necessários podem ser definidos por evento. Relatório de liberações para pagamento. Cancelamento de liberação de pagamentos. Realiza a montagem do check list para um evento. Os documentos necessários podem, ser ou não, impeditivos do processo. Esta obrigatoriedade se define no cadastro de documentos. O sistema acusa na tentativa de baixa do título a falta do documento obrigatório. É possível cancelar uma liberação de pagamento, permitindo atribuir-se um novo status à situação de liberação do título para pagamento. TOTVS - Microsiga Protheus - Financeiro 9

10 2.6 Vínculo entre Documentos Financeiros e Contratos Esta funcionalidade realiza o rastreamento de todos os contratos no sistema através do ambiente Financeiro em Contas a Pagar. Caso o título a pagar tenha sido gerado por um documento de entrada, composto por itens originados de um ou mais pedidos de compras com um ou mais contratos, será possível rastrear os contratos pertencentes ao título que deseja consultar. Esta funcionalidade realiza o rastreamento de contratos através de pedidos de compra e notas fiscais de entrada existentes no sistema. Com esse recurso o usuário poderá realizar consultas através de documento de entrada e pedido de compras geradas por contratos. Nesta tela, podemos ver o rastreamento entre o documento de entrada e um contrato. 10 TOTVS - Microsiga Protheus Financeiro

11 2.7 Melhorias CNAB Transferência entre carteiras via processamento de arquivo de retorno CNAB Cobrança: Realiza a atualização da carteira de cobrança do título, quando do processamento do arquivo de retorno de cobrança CNAB. Tratamento de dígito verificador para agência e conta corrente: Campos diferenciados para os dígitos de agência e conta corrente no cadastro de contas bancárias. Facilita o envio destes dados nos arquivos CNAB. Na tela de cadastro de contas bancárias, podemos visualizar os campos DV agência e DV Conta. TOTVS - Microsiga Protheus - Financeiro 11

12 3 Localização Argentina 3.1 Cadastro de Analistas e Grupo de Analistas Cadastro de Analistas e Grupo de Analistas: usuários responsáveis pela geração dos títulos das carteiras a pagar, por meio, dos processos de liberação de múltiplos aprovadores consolidando o conceito de gestão de alçadas para fundo fixo. É possível criar um grupo de analistas pelo cadastro Grupo de Analistas. Manter um cadastro de analistas que participarão do processo de liberação de pagamentos da carteira a pagar e dos processos do Caixinha. Criar um grupo de analistas. Exemplos de: Cadastro de um analista sendo associado a um usuário do sistema. Criação de um Grupo para os analistas anteriormente incluídos. 12 TOTVS - Microsiga Protheus Financeiro

13 3.2 Cadastro de Gestores Financeiros e Grupo de Gestores Cadastro de Gestores Financeiros e Grupo de Gestores: Esses usuários responsáveis pela aprovação dos títulos das carteiras a pagar, por meio, dos processos de liberação de múltiplos aprovadores consolidando o conceito de gestão de alçadas para fundo fixo. É possível criar grupos para os gestores financeiros. Controla as liberações dos pagamentos e manutenção do Caixinha, por meio, de gestores financeiros e limite de valores para aprovação. 3.3 Cadastro de Amarrações Analistas e Gestores Cadastro de Amarração Analistas e Gestores: associação de analistas com superiores responsáveis pela liberação de títulos a pagar e movimentos do Caixinha. Criar hierarquia entre os analistas e gestores financeiros responsáveis pelas aprovações dos movimentos a pagar. TOTVS - Microsiga Protheus - Financeiro 13

14 3.4 Liberação Fundo Caixinha Liberação Fundo Caixinha : controla a integração do Caixinha vinculando os títulos de adiantamento, despesas, prestação de contas, ponto de reposição manual e automático ao processo de controle de alçadas de fundo fixo. 3.5 Liberação Títulos Carteira a Pagar Liberação Títulos Carteira a Pagar: Liberação das baixas dos títulos a pagar segundo o método de liberação por gestão de alçadas para fundo fixo. Controla o pagamento de títulos a pagar,por meio, do método de liberação por gestão de alçadas. 14 TOTVS - Microsiga Protheus Financeiro

15 4 Localização Equador 4.1 Cálculo e Retenção de IVA O IVA (Imposto sobre Valor Agregado) e calculado e retido através das notas fiscais de compras. Cálculo na emissão da nota fiscal de compras. Controle do imposto considerando a tabela de Conceptos. Dedução quando do pagamento do título ao fornecedor. Gravação do número do Certificado para posterior impressão. 4.2 Impressão do Certificado IVA O IVA (Imposto sobre Valor Agregado) e calculado e retido através das notas fiscais de compras, sendo o Certificado emitido e controlado pelo sistema. Controle do número do certificado com cadastro específico. Impressão do formulário do Certificado IVA. TOTVS - Microsiga Protheus - Financeiro 15

16 5 Localização Peru 5.1 Provisão para Devedores Duvidosos Provisão para Devedores Duvidosos: permite contabilização, como provisão de cobrança duvidosa dos lançamentos financeiros de contas a receber vencidos a um período que caracterize a necessidade de provisão. Geração de lançamentos contábeis de provisão baseados em títulos a receber vencidos. Relatório apresentando os registros de provisão. Exemplos de: Rotina de contabilização que deverá gerar os lançamentos das provisões. Relatório demonstrando os lançamentos de provisão gerados pela rotina 16 TOTVS - Microsiga Protheus Financeiro

17 5.2 Livro Caixa e Bancos Movimentos de efetivo Livro Caixa e Bancos Movimentos de Efetivo: emitir o livro financeiro com as informações sobre as movimentações de efetivo, segundo a estrutura definida pela SUNAT. Demonstrar através do Livro as movimentações realizadas pelo Banco/Caixa ou Caixinha da empresa. 5.3 Livro Caixa e Bancos Movimentos de Conta Corrente Livro Caixa e Bancos Movimentos Conta Corrente: emitir o livro financeiro com as informações sobre as movimentações de contas correntes, segundo a estrutura definida pela SUNAT. Demonstrar através do Livro as movimentações realizadas pelo Banco de Conta Corrente da empresa. TOTVS - Microsiga Protheus - Financeiro 17

18 5.4 Cadastro de Bons Contribuintes Cadastro de Bons Contribuintes: atualizar os cadastros de clientes e de fornecedores, definindo aqueles se enquadram como bons contribuintes a partir da lista disponibilizada em arquivo magnético pela SUNAT Superintendência Nacional de Administração Tributária - (Peru). Criar histórico para futuras consultas. Manter o cadastro de clientes e fornecedores atualizado segundo critérios de bons contribuintes emitidos pela SUNAT. 18 TOTVS - Microsiga Protheus Financeiro

19 5.5 Cálculo de IR e Emissão do Certificado IR 4ª Categoria Cálculo de IR e Emissão de Certificado IR 4ª Categoria: Calcular o imposto de renda para 4ª Categoria pela rotina de Ordem de Pago e emitir o certificado. Cálculo do imposto IR para 4ª Categoria e emissão do certificado. Utilização do Cadastro de Naturezas Financeiras para configuração do imposto. TOTVS - Microsiga Protheus - Financeiro 19

20 5.6 Retenção de IR 4ª Categoria PDT 601 Retenção de IR 4ª Categoria PDT 601: Gera arquivo magnético em formato txt com os dados principais de fornecedores sujeitos ao IR 4ª Categoria e arquivo com os dados das retenções do IR, obedecendo o layout 601 do PDT Programa de Declaração Telemática (Peru). Gera arquivo magnético em formato TXT com os dados dos fornecedores sujeitos ao IR 4ª Categoria bem como as retenções de IR - Imposto sobre a Renda. 20 TOTVS - Microsiga Protheus Financeiro

21 5.7 Cálculo de ITF na Movimentação Bancária Cálculo ITF Imposto sobre Transações Financeiras : calcula o ITF nas operações de pagamento via Ordem de Pagamento, recebimento via Recibos Diversos, na reposição do caixinha, na movimentação bancária (transferência e débito de cheques) e na classificação dos movimentos bancários. Cálculo do ITF sobre diversas operações financeiras e contabilização do imposto. Visualização da contabilização do cálculo do ITF sobre uma movimento de transferência bancária entre contas. TOTVS - Microsiga Protheus - Financeiro 21

22 6 Localização República Dominicana 6.1 Cálculo de ITBIS, ISR e ITF O ITBIS - Imposto sobre Transferência de Bens e Serviços, é calculado e retido pela ordem de pagamento no momento da baixa do titulo. Calculado e retido também através de um pagamento antecipado diretamente pelo módulo financeiro. O ISR Imposto sobre Renda, é calculado e retido pela ordem de pagamento no momento da baixa do título. Calculado e retido também através de um pagamento antecipado diretamente pelo módulo Financeiro. O ITF - Imposto sobre Transações Financeiras, calcula o imposto sobre transações financeiras efetuadas com cheque ou transferência eletrônica. Configuração dos impostos diretamente pelo Módulo Financeiro O cadastro de naturezas financeiras associada à tabela de impostos, facilitando a configuração para uso no Financeiro Cálculos e retenções de impostos diretamente sobre operações financeiras Controle sobre dedução dos impostos quando o pagamento a fornecedores considera a tabela de Conceptos. Visualização da novo Cadastro de Impostos no módulo Financeiro. 22 TOTVS - Microsiga Protheus Financeiro

23 6.2 Configuração de Impostos Configuração de Impostos: permite configurar os impostos (base de cálculo, alíquotas, etc), por carteira a pagar, receber e na movimentação bancária. Ainda é possível informar o momento do cálculo e retenção, ou seja, na emissão ou na baixa de um título financeiro ou de uma movimentação bancária. Configuração dos impostos diretamente pelo módulo Financeiro. O cadastro de naturezas financeiras associada à tabela de impostos facilitando a configuração para uso no Financeiro. Cálculos e retenções de impostos diretamente sobre operações financeiras. Controle sobre dedução dos impostos quando o pagamento a fornecedores. 6.3 Relatório de Retenções do Estado Relatório Retenções do Estado Formato 623: Gera arquivo eletrônico em formato TXT, com as informações sobre as retenções de ITBIS (Retenção do Imposto sobre Transferência de Bens e Serviços) e ISR (Impostos Sobre Rendas) registrados. Gerar o arquivo em formato TXT conforme base legal DGII (Dirección General de Impuestos Internos). TOTVS - Microsiga Protheus - Financeiro 23

24 6.4 Envio de Pagos ao Exterior Envio de Pagos ao Exterior Formato 609 : gera arquivo eletrônico em formato TXT, com as informações sobre as retenções de ISR (Impostos Sobre Rendas) registradas. Gerar o arquivo em formato TXT, conforme base legal DGII (Dirección General de Impuestos Internos). 6.5 Relatório Disponibilidade Financeira Relatório Disponibilidade Financeira: apresenta o saldo inicial, pagamentos, recebimentos, saldo atual e limite de crédito de um período classificados por banco e conta. Apresentar informações sobre as movimentações financeiras, desde o saldo inicial de uma conta bancária, demonstrando as movimentações e totalizando, por banco/conta. Leva em consideração a moeda do Banco. 24 TOTVS - Microsiga Protheus Financeiro

25 6.6 Movimentação Bancária em outras Moedas Movimentação bancária e de cheques em outras moedas: Disponibilização do campo Moeda na tela de saldos bancários. Visualizar, por meio, da tela de saldos bancários, em qual moeda o Banco trabalha bem como interpretar melhor em qual moeda o saldo do banco se apresenta. 6.7 Controle de Cheques Recebidos Permite controlar os cheques recebidos pela rotina de Recibos Diversos, registrando o fluxo de acordo com a sua situação financeira como: liquidar, devolver, reapresentar, conciliar e protestar. TOTVS - Microsiga Protheus - Financeiro 25

26 O acompanhamento do fluxo de um cheque desde seu recebimento até sua liquidação definitiva. Controlar o fluxo em uma única tela Emissão de relatório com a situação de cada cheque recebido. Visualização do browse com cheques recebidos de vários bancos e agências diferentes. Pode-se manipular a situação do cheque em uma única tela. 6.8 Controle de Cheques Emitidos Permite controlar os cheques utilizados como pagamento, registrando o fluxo de acordo com a sua situação financeira desde sua emissão, liquidação, devolução, reapresentação e conciliação. Criação de talões de cheques por banco, bem como cheques numerados sequencialmente. O acompanhamento do fluxo de um cheque desde sua emissão até sua liquidação definitiva. Controlar o fluxo desde uma única tela. Emissão de relatório com a situação de cada cheque emitido. 26 TOTVS - Microsiga Protheus Financeiro

27 Visualização do browse com cheques emitidos de vários bancos e agências diferentes. Pode-se manipular a situação do cheque em uma única tela. 6.9 Impressão de Cheque em Folha Avulsa Impressão de cheques em folha avulsa: disponibilizada impressão de cheques em folha avulsa com capacidade de 04 (quatro) cheques por folha. Permitir a impressão adequando o relatório aos formulários contínuos existentes com 4 folhas de cheque. TOTVS - Microsiga Protheus - Financeiro 27

28 7 Localização Venezuela 7.1 Cálculo e Retenção de IVA O IVA (Imposto sobre Valor Agregado) é calculado e retido através das notas fiscais de compras. Cálculo na emissão da nota fiscal de compras. Controle do imposto considerando a tabela de Conceptos. Dedução do pagamento do título ao fornecedor. Gravação do número do Certificado para posterior impressão. 28 TOTVS - Microsiga Protheus Financeiro

29 7.2 Impressão do Certificado IVA O IVA (Imposto sobre Valor Agregado) é calculado e retido através das notas fiscais de compras, sendo o certificado emitido e controlado pelo sistema. Controle do número do certificado com cadastro específico. Impressão do formulário do certificado IVA. 7.3 Cálculo e Retenção de IR O IR (Imposto sobre a Renda) é calculado e retido através das notas fiscais de compras, sendo o certificado emitido e controlado pelo sistema. TOTVS - Microsiga Protheus - Financeiro 29

30 Calculado na emissão da nota fiscal de compras. Dedução do pagamento do título ao fornecedor. 7.4 Impressão do Certificado IR O IR (Imposto sobre a Renda) é calculado e retido através das notas fiscais de compras, sendo o certificado emitido e controlado pelo sistema. Controle do número do certificado com cadastro específico. Impressão do formulário do certificado IR. 30 TOTVS - Microsiga Protheus Financeiro

31 7.5 Reconciliação Bancária Automática Reconciliação bancária automática: permite importar arquivo em formato CSV gerado pelos bancos e assim realizar a conciliação automática dos movimentos financeiros. Conciliação automática dos movimentos bancários através da importação de arquivo CSV gerado pelo banco. 7.6 Relatório Informativo de Retenções Relatório informativo de Retenções sobre salários, honorários e outras retenções: gera arquivo eletrônico em formato XML com as informações sobre as retenções de imposto de Renda-ISRL, já existentes. Gerar em formato XML informações sobre as retenções ocorridas para o imposto ISRL (Imposto sobre Renda). TOTVS - Microsiga Protheus - Financeiro 31

32 8 Conclusão No módulo Financeiro, foram contempladas melhorias visando atender as medidas legais, bem como as regras de mercado utilizadas pelas diferentes culturas de cada país envolvido. As próximas disponibilizações darão continuidade ao processo de adequação, combinando atendimento da legislação vigente com funcionalidades maleáveis e melhorias estruturais. 32 TOTVS - Microsiga Protheus Financeiro

Marketing Comercial. campanhas promocionais. marketing. mala direta. classificação de contatos. Menu

Marketing Comercial. campanhas promocionais.  marketing. mala direta. classificação de contatos. Menu Soluções Marketing Comercial Registro e classificação dos contatos com clientes e prospects. Possibilidade de geração de compromissos encadeados, além de acompanhamento das ações promovidas pelas equipes

Leia mais

TOTVS - Microsiga Protheus Comércio Exterior

TOTVS - Microsiga Protheus Comércio Exterior 30/06/2011 Sumário Sumário... 2 1 Conceitos Básicos... 3 1.1 Novas funcionalidades... 3 1.2 Demurrage por Contêiner... 3 1.3 Importação por Conta e Ordem... 3 1.4 Workflor... 4 1.5 Custeio de Armazenagem...

Leia mais

TOTVS Baixas a Pagar. Contas a Pagar - Financeiro

TOTVS Baixas a Pagar. Contas a Pagar - Financeiro TOTVS Baixas a Pagar Contas a Pagar - Financeiro Sumário Sumário... 2 1 Conceitos Básicos... 3 1.1 Objetivos Instrucionais... 3 2 Baixas a Pagar... 3 2.1 Principais Parâmetros... 4 3 Baixa Manual... 4

Leia mais

TOTVS Integrações com o Contas a Receber

TOTVS Integrações com o Contas a Receber TOTVS Integrações com o Contas a Receber 10/10/2012 Sumário Sumário... 2 1 Conceitos Básicos... 3 1.1 Objetivos Instrucionais... 3 1.2 Fluxo de Integração Contabilidade Gerencial... 3 1.3 Lançamento Padrão...

Leia mais

Marketing Comercial. campanhas promocionais. marketing. mala direta. classificação de contatos. Menu

Marketing Comercial. campanhas promocionais.  marketing. mala direta. classificação de contatos. Menu Soluções Marketing Comercial Registro e classificação dos contatos com clientes e prospects. Possibilidade de geração de compromissos encadeados, além de acompanhamento das ações promovidas pelas equipes

Leia mais

Minuta de Despacho? FS153

Minuta de Despacho? FS153 Como Imprimir Layout de Minuta de Despacho? FS153 Sistema: Futura Server Caminho: Impressos > Minuta de Despacho Referência: FS153 Versão: 2016.04.11 Como Funciona: Esta tela é utilizada para fazer a impressão

Leia mais

TOTVS Contas a Pagar. Contas A Pagar - Financeiro

TOTVS Contas a Pagar. Contas A Pagar - Financeiro TOTVS Contas a Pagar Contas A Pagar - Financeiro Sumário Sumário... 2 1. Conceitos Básicos... 3 1.1 Objetivos Instrucionais... 3 2 Manutenção de Contas a Pagar... 3 3 Contas a Pagar... 4 4 Desdobramento

Leia mais

ROTEIRO RESUMIDO DE INTEGRAÇÃO CONTROLLER / COBRANZA

ROTEIRO RESUMIDO DE INTEGRAÇÃO CONTROLLER / COBRANZA ROTEIRO RESUMIDO DE INTEGRAÇÃO CONTROLLER / COBRANZA O objetivo deste material é apresentar a contabilização das principais operações existentes nos sistemas Controller e Cobranza, de forma resumida. A

Leia mais

Manual de Treinamento Documento de Entrada UNIDADES Cliente: SERVIÇO SOCIAL DO TRANSPORTE - SEST Projeto: PROJETO DE IMPLANTAÇÃO DO PROTHEUS Contrato

Manual de Treinamento Documento de Entrada UNIDADES Cliente: SERVIÇO SOCIAL DO TRANSPORTE - SEST Projeto: PROJETO DE IMPLANTAÇÃO DO PROTHEUS Contrato Manual de Treinamento Documento de Entrada UNIDADES Cliente: SERVIÇO SOCIAL DO TRANSPORTE - SEST Projeto: PROJETO DE IMPLANTAÇÃO DO PROTHEUS Contrato No.: 00232/15 VERSÃO 01 Sumário 1 DADOS GERAIS...3

Leia mais

Guia de Implantação Bluesoft ERP Tesouraria Menu Rápido

Guia de Implantação Bluesoft ERP Tesouraria Menu Rápido Guia de Implantação Bluesoft ERP Tesouraria Menu Rápido O objetivo deste guia é fornecer um roteiro para a implantação módulo Menu Rápido do sistema Bluesoft ERP. O que é Tesouraria Menu Rápido? Tesouraria

Leia mais

Manual. Sistema Venus 2.0. (Módulo Financeiro)

Manual. Sistema Venus 2.0. (Módulo Financeiro) Manual Do Sistema Venus 2.0 (Módulo Financeiro) 1 Tela Principal: Esta é a tela principal do módulo financeiro, aqui trabalhamos com: Contas a Receber, Contas a Pagar, Controle de cheques recebidos, vendas

Leia mais

Controle de Caixa. Financeiro - Tesouraria

Controle de Caixa. Financeiro - Tesouraria Financeiro - Tesouraria Sumário Sumário... 2 1 Conceitos Básicos... 3 1.1 Objetivos Instrucionais... 3 1.2 Fluxo de Processo do Controle de Caixinha... 3 1.3 Controle de Caixinha... 3 1.4 Controle de Caixinha

Leia mais

Volpe ERP Módulo Financeiro Versão 3.7. Sumário

Volpe ERP Módulo Financeiro Versão 3.7. Sumário Sumário 1. Introdução... 3 1.1 O que fazer primeiro?... 3 2. Lançamento de produto... 4 2.1 Gerando relatórios de lançamento por títulos... 4 3. Posição contábil... 7 3.1 Gerando relatório de reposição

Leia mais

MIT041 - Especificação de Processos Padrão do Módulo Financeiro - Protheus Cliente: Caern - Companhia de Água e Esgoto do Rio Grande do Norte

MIT041 - Especificação de Processos Padrão do Módulo Financeiro - Protheus Cliente: Caern - Companhia de Água e Esgoto do Rio Grande do Norte Página: 1 de 16 9. Movimentos Bancários: O controle bancário é um poderoso instrumento de gestão, pelo qual o empresário ou a diretoria de uma empresa pode verificar com rapidez e eficiência a disponibilidade

Leia mais

DEPARTAMENTO FINANCEIRO PROCESSO

DEPARTAMENTO FINANCEIRO PROCESSO PAGAMENTO DE EMISSAO DE CHEQUES A FORNECEDORES PR/STE 06 Contabilidade Classifica NF e Recibos para pagamento. GERENCIADOR FINANCEIRO. São alimentados no gerenciador aqueles que tem Boletos ou dados para

Leia mais

Manual de Usuário. Módulo Acerto Viagens

Manual de Usuário. Módulo Acerto Viagens Manual de Usuário Módulo Acerto Viagens MÓDULO DOS ACERTOS DE VIAGENS DOS MOTORISTAS. Este módulo permite registrar, acompanhar e calcular os valores envolvidos nas viagens dos motoristas ou agregados

Leia mais

TOTVS - Microsiga Protheus Contabilidade Gerencial

TOTVS - Microsiga Protheus Contabilidade Gerencial 05/07/2011 Sumário Sumário... 2 1 Conceitos Básicos... 3 1.1 Novas funcionalidades... 3 2 Central de Escrituração... 5 3 Entidades Contábeis Adicionais... 6 4 Contabilização Off-line Multi-Processo...

Leia mais

TOTVS - Microsiga Protheus Análise de Crédito e Fidelização

TOTVS - Microsiga Protheus Análise de Crédito e Fidelização 11/07/2011 Sumário Sumário... 2 1 Conceitos Básicos... 3 1.1 Novas funcionalidades... 3 2 Cartão Fidelidade - ShopCard... 4 3 Conclusão... 7 2 TOTVS - Microsiga Protheus Análise de Crédito e Fidelização

Leia mais

APRESENTAÇÃO SISTEMAS BEM-VINDO A APRESENTAÇÃO DO SISTEMA PROSIS: AFFINCO

APRESENTAÇÃO SISTEMAS BEM-VINDO A APRESENTAÇÃO DO SISTEMA PROSIS: AFFINCO BEM-VINDO A APRESENTAÇÃO DO SISTEMA PROSIS: AFFINCO - - - - SPED s - Clique sobre os botões do lateral para acessar a página que desejar - Informações completas do produto e sua movimentação; - Possibilidade

Leia mais

Manual de Versão Sistema Condomínio21

Manual de Versão Sistema Condomínio21 Manual de Versão Sistema Condomínio21 Belo Horizonte, 2015. Group Software. Todos os direitos reservados. Sumário 1. Ajustes no processo de Homologação Carteira 112 Banco Itaú...3 2. Melhoria na alteração

Leia mais

Prazos Sistema Elotech já liberado para acesso. Notas e declarações serão pré-convertidas para conferência de dados até dia 26/06. Ideal é que todos e

Prazos Sistema Elotech já liberado para acesso. Notas e declarações serão pré-convertidas para conferência de dados até dia 26/06. Ideal é que todos e Nota Eletrônica Prazos Sistema Elotech já liberado para acesso. Notas e declarações serão pré-convertidas para conferência de dados até dia 26/06. Ideal é que todos estejam cadastrados (usuário e atualização

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos IRRF Título financeiro em dólar

Parecer Consultoria Tributária Segmentos IRRF Título financeiro em dólar IRRF 30/09/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 3.1. Da Tributação na Fonte - RIR/99... 3 3.2. Ato Declaratório Interpretativo...

Leia mais

Financeiro Visão Geral

Financeiro Visão Geral Financeiro Visão Geral 17/09/2012 Sumário Sumário... 2 1 Conceitos Básicos... 3 1.1 Objetivos Instrucionais... 3 2 Principais Processos do Ambiente Financeiro... 3 3 Patrimônio... 4 4 Macro Processo do

Leia mais

MIT041 - Especificação de Processos Padrão do Módulo Financeiro - Protheus Cliente: Caern - Companhia de Água e Esgoto do Rio Grande do Norte

MIT041 - Especificação de Processos Padrão do Módulo Financeiro - Protheus Cliente: Caern - Companhia de Água e Esgoto do Rio Grande do Norte 17. Miscelanea: Em Miscelânea, encontramos as seguintes rotinas: Página: 1 de 11 17.1. Cheques: O módulo Financeiro possibilita a emissão de cheques em formulário contínuo ou avulso para impressoas de

Leia mais

MIT041 - Especificação de Processos Padrão do Módulo Financeiro - Protheus Cliente: Caern - Companhia de Água e Esgoto do Rio Grande do Norte

MIT041 - Especificação de Processos Padrão do Módulo Financeiro - Protheus Cliente: Caern - Companhia de Água e Esgoto do Rio Grande do Norte Página: 1 de 34 8. Contas a Pagar: O departamento ou a Gestão de Contas a Pagar de uma determinada empresa e/ou organização é responsável por fazer toda a gestão dos compromissos que são assumidos por

Leia mais

Nota Fiscal de Serviços

Nota Fiscal de Serviços Nota Fiscal de Serviços Para emitir ou gerenciar suas Notas Fiscais de Serviços acesse o menu: Serviços > Notas Fiscais. Em seguida clique no botão 1 / 13 Dados da Nota Fiscal No campo Cliente basta iniciar

Leia mais

Agradecemos a oportunidade que nos é dada de podermos levar ao seu conhecimento, nossas condições e os benefícios de nossos produtos.

Agradecemos a oportunidade que nos é dada de podermos levar ao seu conhecimento, nossas condições e os benefícios de nossos produtos. Cascavel, 23 de Outubro de 2015. À MEDVET Prezado(s) Senhor(es): Com a satisfação de podermos estreitar nossas relações comerciais, apresentamos a proposta dos nossos produtos e serviços. Sua preferência

Leia mais

Adiantamento Salarial

Adiantamento Salarial Gestão de Pessoal Sumário 1. Introdução... 3 1.1. Objetivos do Treinamento... 3 2. Conceito Adiantamento Salarial... 4 3. Fluxo do Ambiente... 5 4. Cálculo... 6 5. Recibo... 8 6. Relatório da Folha de

Leia mais

RECE7000 Emissão de recibos de Adiantamentos. RECE7000 Emissão de Recibos de Adiantamentos 1 / 12

RECE7000 Emissão de recibos de Adiantamentos. RECE7000 Emissão de Recibos de Adiantamentos 1 / 12 RECE7000 Emissão de recibos de Adiantamentos 1 / 12 Ao fechar um negócio, o cliente pode adiantar uma parte do pagamento combinado, mesmo antes da emissão da NF correspondente. O registro do recebimento

Leia mais

Produto: Logix MATRIZ DE PROGRAMAS VERSÃO: 0.1

Produto: Logix MATRIZ DE PROGRAMAS VERSÃO: 0.1 MATRIZ DE PROGRAMAS VERSÃO: 0.1 TOTVS - 1 ÍNDICE 1. OBJETIVO... 3 2. CONTAS A PAGAR... 3 3. TRIBUTOS E IMPOSTOS... 7 4. PAGAMENTO ESCRITURAL... 9 5. APROVAÇÃO ELETRÔNICA... 10 6. TRANSAÇÕES BANCÁRIAS...

Leia mais

Nível 1 horas Nível 2 Nível 3 Nível 4 SLA Resolução

Nível 1 horas Nível 2 Nível 3 Nível 4 SLA Resolução Nível 1 horas Nível 2 Nível 3 Nível 4 SLA Resolução Atendimento Consulta ao chamado - - 2 horas Atendimento Cadastro de usuário - - 1 dias Atendimento Reclamações - - 1 dias Atendimento Elogio - - 1 dias

Leia mais

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão VERSÃO 008.017 NOVID AD ES E MELHORIAS E107A9 Jéssica Pinheiro 20/01/2016 2/24 NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION Versão 008.017 1. Envio de cópia de e-mail.... 3 2. Bloqueio de emissão de cupom fiscal com

Leia mais

TOTVS Pedido de Vendas. Faturamento

TOTVS Pedido de Vendas. Faturamento Faturamento Sumário 1 Conceitos Básicos... 3 1.1 Objetivos do Treinamento... 3 2 Pedido de Vendas... 3 2.1 Procedimentos Pedido de Vendas... 4 2.2. Pedidos de Venda Específicos... 5 3. Tipos de Pedidos

Leia mais

Neste bip. Dicas para resolver erros do Seguro Desemprego. Você Sabia? Edição 68 Abril de 2016

Neste bip. Dicas para resolver erros do Seguro Desemprego. Você Sabia? Edição 68 Abril de 2016 Neste bip Dicas para resolver erros do Seguro Desemprego... 1 Geração dos recibos de vale transporte... 2 Horário de Trabalho... 3 Dicas para resolver erros do Seguro Desemprego O validador do arquivo

Leia mais

TUTORIAL DEVOLUÇÃO DE CLIENTE

TUTORIAL DEVOLUÇÃO DE CLIENTE Sumário Apresentação... 1 1. Procedimentos iniciais... 2 2. Realizar Devolução de Cliente... 3 2.1 Geração Nota Fiscal Própria.... 3 2.2 Utilizando uma Nota de Devolução Enviada pelo Cliente.... 4 2.3

Leia mais

Para mais informações, verifique o manual Tela para De/Para de ICMS CST nas Devoluções/Retorno.

Para mais informações, verifique o manual Tela para De/Para de ICMS CST nas Devoluções/Retorno. Release 3.133 Resumo das alterações Gerais Livros Fiscais ERP-29782 SPED Fiscal SPED Fiscal - Geração dos Registros D510 e D590 1. De acordo com o entendimento do departamento fiscal da Ti9 a geração dos

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Centro de Custos Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 3 3 CONFIGURAÇÕES... 3 3.1 Permissões de Usuário... 3 3.2... 4 3.3 Empresas... 5 3.4 Motivos de Movimentação... 6

Leia mais

Utilização do módulo RPS

Utilização do módulo RPS Utilização do módulo RPS O módulo RPS foi criado para que o usuário possa emitir o documento RPS Recibo Provisório de Serviços na eventualidade de impedimento da emissão da NFS-e online. Também poderá

Leia mais

SISTEMAS E SUAS FUNCIONALIDADES

SISTEMAS E SUAS FUNCIONALIDADES VIGÊNCIA A PARTIR DE 01/04/2012 MÓDULOS RETAGUARDA Sistemas LICENCIAMENTO SUGESTÃO PARA COMERCIALIZAÇÃO SysPDV_Server (FULL) SISTEMAS E SUAS FUNCIONALIDADES Clientes que nescessitam automatizar as rotinas

Leia mais

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS DEFINIÇÃO ACORDO RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio e varejo.

Leia mais

Visão Geral. Financeiro - Contas a Receber

Visão Geral. Financeiro - Contas a Receber Financeiro - Contas a Receber Sumário Sumário... 2 1. Introdução Visão Geral do Contas a Receber... 3 1.1 Objetivos Instrucionais... 3 1.2 Conceito de Contas a Receber... 3 1.3 Macro Fluxo do Contas a

Leia mais

Liberação de Atualização

Liberação de Atualização Liberação de Atualização Autônomos Efetuadas diversas alterações e novas implementações nas rotinas de Autônomos. Com estas alterações, será possível criar eventos diversos de vencimento e desconto e lançá-los

Leia mais

FCONT- Controle Fiscal Contábil de Escrituração. Controladoria 2 CTB/ATF Novembro de 2009

FCONT- Controle Fiscal Contábil de Escrituração. Controladoria 2 CTB/ATF Novembro de 2009 1 FCONT- Controle Fiscal Contábil de Escrituração Controladoria 2 CTB/ATF Novembro de 2009 2 FCONT- Controle Fiscal Contábil de Transição ÍNDICE I) Regime Tributário de Transição - RTT II) FCONT Controle

Leia mais

Software de Gestão Empresarial

Software de Gestão Empresarial Software de Gestão Empresarial MyCommerce A Visual Software possui uma das melhores softwares de gestão empresarial de Gerenciamento Individual e de Rede de Lojas do país, o MyCommerce. Este software tem

Leia mais

AGENDA FIXA TABELA 14

AGENDA FIXA TABELA 14 AGENDA FIXA TABELA 14 RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio e varejo.

Leia mais

Consulta de valores para pagamento e geração de boletos via Web Site

Consulta de valores para pagamento e geração de boletos via Web Site A Agência de Vapores Grieg, através de um projeto de melhoria em seus processos, disponibilizará para o mercado, a partir de 01/06/2015, mais uma importante ferramenta de auxílio aos nossos Clientes, o

Leia mais

Forma de Pagamento. Bematech Unidade de Software Jundiaí Fone/Fax: (11) R. Pedro Alexandrino, 95 Anhangabaú Jundiaí SP CEP:

Forma de Pagamento. Bematech Unidade de Software Jundiaí Fone/Fax: (11) R. Pedro Alexandrino, 95 Anhangabaú Jundiaí SP CEP: Forma de Pagamento O objetivo principal é cadastrar as diversas movimentações de retirada e recebimento existentes no caixa. É através da parametrização informada nessa tela, que o sistema identificará

Leia mais

Service Center Manual para Envio de Documentos Fiscais de Serviços

Service Center Manual para Envio de Documentos Fiscais de Serviços Service Center Manual para Envio de Documentos Fiscais de Serviços (01/09/2016) 1 2 Introdução Envio de Documentos Fiscais Objetivo O envio de documentos fiscais de serviços, através do Service Center,

Leia mais

Prefeitura Municipal De Morro Redondo/RS. Manual Contribuinte Nota Fiscal de Serviços Eletrônica NFS-e

Prefeitura Municipal De Morro Redondo/RS. Manual Contribuinte Nota Fiscal de Serviços Eletrônica NFS-e Prefeitura Municipal De Morro Redondo/RS Manual Contribuinte Nota Fiscal de Serviços Eletrônica NFS-e Fly e-nota Importante: Antes de iniciar o manual cabe lembrar que em todos esses processos existe a

Leia mais

SLF e SCP. Sistema de Livros Fiscais e Sistema de Contas a Pagar

SLF e SCP. Sistema de Livros Fiscais e Sistema de Contas a Pagar SLF e SCP Sistema de Livros Fiscais e Sistema de Contas a Pagar Cadastros - Cadastros Cadastros dos Parâmetros da Empresa: Cadastro de Fornecedores: O Cadastro de Fornecedores pode ser alimentado manualmente

Leia mais

Principais Novidades Dezembro/ 2012 a Março/2013

Principais Novidades Dezembro/ 2012 a Março/2013 Principais Novidades Dezembro/ 2012 a Março/2013 Sumário 1. Alterações nos menus Relatórios e Gráficos... 3 2. Resgate do orçamento para cálculo de rateio de condomínio... 4 3. Alteração em Permissões

Leia mais

MANUAL DO ISS ONLINE

MANUAL DO ISS ONLINE MANUAL DO ISS ONLINE Contadores Índice 1 - Regularização Cadastral... 3 2 - Login... 5 3 - Acessos ao Sistema... 7 4 - Carteiras de Clientes...... 10 5 - Solicitações de AIDF e AIDF-e... 11 5 - Emissão

Leia mais

BASCODE CLOUD BUSINESS APPLICATIONS

BASCODE CLOUD BUSINESS APPLICATIONS CLOUD BUSINESS APPLICATIONS Sistema de Gestão Empresarial Emissão Notas Fiscais Eletrônicas (Fornecedor/Consumidor) Controle de Estoque Emissão de Pedidos / Serviços Fluxo de Caixa / A Pagar e A Receber

Leia mais

Para efetuar a baixa de títulos de contas a pagar por meio de cheque, o usuário deverá:

Para efetuar a baixa de títulos de contas a pagar por meio de cheque, o usuário deverá: O PROTHEUS permite o pagamento de fornecedores por meio de cheques. Os cheques deverão ser incluídos no PROTHEUS, vinculados ao título de contas a pagar e após a compensação bancária, compensados no PROTHEUS.

Leia mais

Roteiro apuração Diferencial de alíquota nas vendas a consumidor final de outra UF.

Roteiro apuração Diferencial de alíquota nas vendas a consumidor final de outra UF. Roteiro apuração Diferencial de alíquota nas vendas a consumidor final de outra UF. Versão 1.0.0 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 2 2. CONFIGURAÇÕES... 4 2.1 Pacote 3623 Rotinas especiais... 4 2.2 Novos códigos

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Contas a Receber Sumário 1 CONCEITO... 4 2 REQUISITOS... 4 3 CONFIGURAÇÕES... 4 3.1 Permissões de Acesso... 4 3.2 Plano de Contas... 5 3.3 Motivos de Movimentação... 7 3.4

Leia mais

SSPlus (9.0) REA Relatório Explicativo de Alterações. REA SSPlus 9.0 1

SSPlus (9.0) REA Relatório Explicativo de Alterações. REA SSPlus 9.0 1 REA SSPlus 9.0 1 REA Relatório Explicativo de Alterações SSPlus (9.0) Autor: Controle de Qualidade Criado em 24/01/2017 Impresso Arquivo REA Relatório Explicativo de Alterações Versão 9.0.40a REA SSPlus

Leia mais

1 de 6 26/08/2016 15:46 A partir desta versão disponibilizamos no sistema novos recursos relacionados ao processo de Retificação e Encerramento da declaração. Módulo Contribuinte >> Declarações >> Serviços

Leia mais

1. No Configurador (SIGACFG) acesse Base de Dados/Dicionário/ Base de Dados. Configure o(s) campo(s) a seguir:

1. No Configurador (SIGACFG) acesse Base de Dados/Dicionário/ Base de Dados. Configure o(s) campo(s) a seguir: GIM Guia Informativa Mensal ICMS Distrito Federal Produto : Microsiga Protheus Livros Fiscais, Versão 11 Chamado : TEEBVL-TPIEVQ Data da publicação : 29/04/14 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos

Leia mais

Módulo: Easy Import Control Documentação: Nota Mãe e Filha Versão: Protheus 11

Módulo: Easy Import Control Documentação: Nota Mãe e Filha Versão: Protheus 11 Módulo: Easy Import Control Documentação: Nota Mãe e Filha Versão: Protheus 11 Pag. 2 Sumário INTRODUÇÃO... 3 Capítulo 1 Parte Operacional... 4 DESEMBARAÇO... 5 MANUTENÇÃO DE DESEMBARAÇO... 5 RECEBIMENTO

Leia mais

SUMÁRIO 1. OBJETIVO 2. APLICAÇÃO 3. ATRIBUIÇÃO E RESPONSABILIDADE 4. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5. TERMINOLOGIA 6. DESCRIÇÃO DO PROCESSO/ATIVIDADE

SUMÁRIO 1. OBJETIVO 2. APLICAÇÃO 3. ATRIBUIÇÃO E RESPONSABILIDADE 4. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5. TERMINOLOGIA 6. DESCRIÇÃO DO PROCESSO/ATIVIDADE Aprovado ' Elaborado por Fernando Cianci/BRA/VERITAS em 16/09/2014 Verificado por Mercio Sobrinho em 16/09/2014 Aprovado por Sandro de Luca/BRA/VERITAS em 16/09/2014 ÁREA GFI Tipo Procedimento Regional

Leia mais

Fábio Figueiredo Supervisor. Suporte

Fábio Figueiredo Supervisor. Suporte Olá! Bem Vindo! Fábio Figueiredo Supervisor Suporte Fabio.figueiredo@grupopc.com.br Agenda do dia: Custos e precificação Importação do XML na entrada de mercadoria Entendendo a precificação de Produtos

Leia mais

CONTAS A PAGAR CADASTRO DE TÍTULOS A PAGAR AVULSO 339

CONTAS A PAGAR CADASTRO DE TÍTULOS A PAGAR AVULSO 339 CONTAS A PAGAR Conforme a Regras de Negócio da Empresa o Contas a Pagar pode ter os títulos gerados a partir da entrada de Notas Fiscais de entrada nos seus programas específicos ou então pelo cadastramento

Leia mais

MUNICÍPIO DE TOLEDO Estado do Paraná

MUNICÍPIO DE TOLEDO Estado do Paraná MANUAL DO SISTEMA DE NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFS-e Considerações iniciais A Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) da Equiplano foi desenvolvida seguindo as instruções, modelo conceitual

Leia mais

Sistema Corporativo DIRF 2016

Sistema Corporativo DIRF 2016 www.benner.com.br Atualizado em 3/2/2016 Copyright 2016 Benner Software de Gestão de Negócios Todos os direitos reservados. É proibido qualquer tipo de reprodução total ou parcial desta publicação, sem

Leia mais

Cartilha do Cliente Financeiro / Controle de RPA. Cartilha do Cliente. Versão:

Cartilha do Cliente Financeiro / Controle de RPA. Cartilha do Cliente. Versão: Cartilha do Cliente Versão: 4.70 1 Apresentação... 3 A quem se destina... 3 Módulo Financeiro... 4 Global... 4 Tabelas Auxiliares IRRF... 4 Tabelas Auxiliares INSS... 5 Parâmetro Financeiro Agentes Especiais...

Leia mais

Bematech Live Nota Fiscal Eletrônica 3ª Geração

Bematech Live Nota Fiscal Eletrônica 3ª Geração SUMÁRIO DESCRIÇÃO GERAL... 2 PARAMETRIZAÇÕES... 3 Unidade de Negócio... 3 Documento Fiscal Referenciado Operação Fiscal... 4 FUNCIONALIDADE... 5 Documento Fiscal Referenciado - Lançamento de Documento

Leia mais

Módulo Administrativo enota NFS-e

Módulo Administrativo enota NFS-e Módulo Administrativo enota NFS-e Sistema Administrativo de NFS-e do Município Manual do Administrador Criado por: Informática Educativa Índice 1. Sistema Administração... 03 2. Prestadores... 04 3. RPS...

Leia mais

Como emitir a nota? Emitir Nova NFS-e

Como emitir a nota? Emitir Nova NFS-e Aqui se dá o começo do processo de criação da nota fiscal de serviço eletrônica. Como a Prefeitura é que gera a NFS-e, o que será feito é um RPS, com todas as informações da nota, que serão enviadas à

Leia mais

Operacional Vendas > Forma de Recebimento > Maq.Própria informar o cartão e depois informar a bandeira referente a maquina própria.

Operacional Vendas > Forma de Recebimento > Maq.Própria informar o cartão e depois informar a bandeira referente a maquina própria. Histórico das atualizações Versão Data Atualizações 5.52.00 Implantações/Modificações: 5.52.00-02/08/2012 1-Implantação de recebimento cartão passado em maquineta própria em vendas terrestres. Operacional

Leia mais

PRODUTO RECEBIMENTOS

PRODUTO RECEBIMENTOS PRODUTO RECEBIMENTOS CNAB 400 POSIÇÕES SANTANDER BANESPA (033-7) Versão 2.0 Outubro/2009 ÍNDICE Introdução...02 Condições para troca de informações...03 Informações adicionais...04 Especificações técnicas...05

Leia mais

Layout Conciliação Bancária 240 posições versão /Comercialização de Produtos e Serviços

Layout Conciliação Bancária 240 posições versão /Comercialização de Produtos e Serviços Layout 4008.524.0183 Versão 04 Layout Conciliação Bancária 240 posições versão 3.0 4008/Comercialização de Produtos e Serviços Elaborado em: 05/01/2015 1 Sumário 1. Header de Arquivo... 3 2. Header de

Leia mais

iob. com.br folhamatic.com.br Índice

iob. com.br folhamatic.com.br Índice Índice iob. com.br folhamatic.com.br BÁSICO... 04 Menu Arquivos... 04 Dados do Escritório... 04 Cadastro de Empresas... 05 Sindicato Patronal... 08 Ativa mês... 09 Cadastro de Filas... 09 Cadastro de Fornecedores...

Leia mais

DÚVIDAS E RESPOSTAS Treinamento Financeiro Projeto PLUG

DÚVIDAS E RESPOSTAS Treinamento Financeiro Projeto PLUG DÚVIDAS E RESPOSTAS Treinamento Financeiro Projeto PLUG DÚVIDAS MÓDULO FINANCEIRO 1. O cadastro dos fornecedores deverá ser preenchido em todos os módulos? O cadastro de fornecedores deverá ser preenchido

Leia mais

Manual de Usuário. Módulo Estoque

Manual de Usuário. Módulo Estoque Manual de Usuário Módulo Estoque MÓDULO DE ESTOQUE OU CONTROLE DE MATERIAIS. A base do controle de estoque são os itens (peças e acessórios, lubrificantes, combustíveis, etc) que devidamente codificados

Leia mais

Emissão Doc Extra de Condomínio Sami ERP ++

Emissão Doc Extra de Condomínio Sami ERP ++ Emissão Doc Extra de Condomínio Sami ERP ++ 1. Baixa de Parcelas Acesse o Módulo CONDOMÍNIO CÁLCULOS DA EMISSÃO BAIXA DE PARCELAS. Este programa efetua a baixa das parcelas dos eventos lançados nas unidades,

Leia mais

TEF CONTAS A RECEBER VIA TEF CONTAS A RECEBER DE TEF

TEF CONTAS A RECEBER VIA TEF CONTAS A RECEBER DE TEF CONTAS A RECEBER VIA TEF CONTAS A RECEBER DE TEF Dentre as tarefas que exigem o maior cuidado na administração de uma empresa pode se dizer que o contas a receber é uma delas, porque se ocorrerem erros

Leia mais

Guia de Implantação Bluesoft ERP Tesouraria Cheques

Guia de Implantação Bluesoft ERP Tesouraria Cheques Guia de Implantação Bluesoft ERP Tesouraria Cheques Objetivo O objetivo deste documento é fornecer um roteiro para a implantação do módulo Cheques do sistema Bluesoft ERP. O que é Cheques? O Módulo é utilizado

Leia mais

Guias de Pagamento Fly e-nota

Guias de Pagamento Fly e-nota Guias de Pagamento Fly e-nota 1. Como gerar uma guia de pagamento? Para gerar uma guia de pagamento no Fly e-nota, deve-se clicar sobre a opção Gerar guia localizada na lateral esquerda da página inicial

Leia mais

Versão 10.0A-06. Versão da Apostila de Novidades: 1

Versão 10.0A-06. Versão da Apostila de Novidades: 1 Versão 10.0A-06 Versão da Apostila de Novidades: 1 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda.

Leia mais

Manual do Usuário (Módulo Prestador) Nota Fiscal Eletrônica de Serviço

Manual do Usuário (Módulo Prestador) Nota Fiscal Eletrônica de Serviço Manual do Usuário (Módulo Prestador) Nota Fiscal Eletrônica de Serviço P á g i n a 2 Sumário 1. EDIÇÃO DO CADASTRO... 3 2. CONFIGURAR MEU PERFIL... 5 3. ALTERAR MINHA SENHA... 6 4. NOTA FISCAL... 7 4.1

Leia mais

BAIXA AUTOMÁTICA DAS PARCELAS DO CARTÃO

BAIXA AUTOMÁTICA DAS PARCELAS DO CARTÃO BAIXA AUTOMÁTICA DAS PARCELAS DO CARTÃO Veja como realizar a baixa automática da parcelas do cartão, importando o arquivo retorno enviado pela operadora de cartão, conforme o layout especificado pela CIELO.

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL EFD CONTRIBUIÇÕES FINANCEIRAS E ASSEMELHADAS

MANUAL OPERACIONAL EFD CONTRIBUIÇÕES FINANCEIRAS E ASSEMELHADAS MANUAL OPERACIONAL EFD CONTRIBUIÇÕES FINANCEIRAS E ASSEMELHADAS SUMÁRIO Introdução... 1 Sobre o Suporte Técnico... 1 EFD Contribuições Financeiras e Assemelhadas...2 Contrib Retida Fonte F600... 2 Receitas

Leia mais

Bancos. Versão 2.3 (05/2016)

Bancos. Versão 2.3 (05/2016) Bancos Versão 2.3 (05/2016) Sumário INTRODUÇÃO... 3 APRESENTAÇÃO... 3 O QUE É GISSONLINE?... 3 FILOSOFIA DA GISSONLINE... 3 BENEFÍCIOS QUE A GISSONLINE OFERECE... 3 ACESSO AO SISTEMA... 4 BANCOS... 5 ESCRITURAÇÃO

Leia mais

INTEGRAÇÃO MÓDULO CONTÁBIL

INTEGRAÇÃO MÓDULO CONTÁBIL MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA INTEGRAÇÃO MÓDULO CONTÁBIL [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] Material Desenvolvido para a Célula Contábil Autor:

Leia mais

INFORMATIVO VERSÃO

INFORMATIVO VERSÃO VERSÃO 3.36.0 SUMÁRIO INTRODUÇÃO...2 NOTAS IMPORTANTES... 3 NOVAS FUNCIONALIDADES / MELHORIAS...4 EMISSOR DE NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA NFS-E...4 MUNICÍPIO DE SÃO LUÍS (MA)...4 MUNICÍPIO DE TAUBATÉ

Leia mais

1. Controle de exercício

1. Controle de exercício 1 2 1. Controle de exercício Para realizar lançamentos e emitir relatório o módulo Contabil obriga a criação de exercícios, que na verdade representam os anos de atividade da empresa. Confira algumas dicas

Leia mais

CADASTRO DE CLIENTES

CADASTRO DE CLIENTES CADASTRO DE CLIENTES 1. INTRODUÇÃO No Softpharma há o Cadastro de Convênio, nele estão vinculados os clientes que fazem parte do convênio e podem usufruir dos descontos e demais benefícios negociados entre

Leia mais

TUTORIAL ATUALIZAÇÃO DE PREÇOS ABCFARMA POR UF

TUTORIAL ATUALIZAÇÃO DE PREÇOS ABCFARMA POR UF Sumário Apresentação... 1 1. Procedimentos iniciais... 2 2. Definir Alíquota por UF... 2 3. Atualizar Preço ABCFARMA... 5 4. Importar Arquivo ABCFARMA... 8 5. Consultar Preços Importados... 10 6. Atualizar

Leia mais

Inventário Rotativo (Coletor de Dados)

Inventário Rotativo (Coletor de Dados) Inventário Rotativo (Coletor de Dados) Inventario Rotativo com coletor Conceito O conceito do inventário rotativo no WinThor, é atualizar as quantidades do estoque no sistema por filiais (estoque lógico)

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA SISTEMA DE GESTÃO PUBLICA MUNICIPAL

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA SISTEMA DE GESTÃO PUBLICA MUNICIPAL ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA SISTEMA DE GESTÃO PUBLICA MUNICIPAL CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES O presente termo de referência tem por objeto dar subsídio à Contratação de empresa especializada em implantação,

Leia mais

O que é o site de Contas a Pagar de Comissões?

O que é o site de Contas a Pagar de Comissões? Guia de Procedimento O que é o site de Contas a Pagar de Comissões? O site de Contas a Pagar de Comissões é uma ferramenta destinada às agências de viagem. Inicialmente, será utilizado para a área financeira

Leia mais

Fechamento Anual / Geração da DIRF

Fechamento Anual / Geração da DIRF Fechamento Anual / Geração da DIRF Fechamento Anual / Dirf Nesta versão está disponível a geração do arquivo para a entrega da Dirf 2017 (referente ao ano calendário 2016), com data de entrega até dia

Leia mais

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão VERSÃO 008.017 NOVID AD ES E MELHORIAS E109A9 Jéssica Pinheiro 01/04/2016 2/11 NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION Versão 008.017 1. Parâmetro para controle do saldo na geração de pedido de compra de venda

Leia mais

Manual de Ativo Imobilizado

Manual de Ativo Imobilizado Manual de Ativo Imobilizado Este manual foi cuidadosamente elaborado pela ELPIS INFORMÁTICA, com a intenção de garantir ao usuário, todas as orientações necessárias para que possa usufruir ao máximo de

Leia mais

Flex Car Visa Vale Segurança e fidelização de Clientes

Flex Car Visa Vale Segurança e fidelização de Clientes Segurança e fidelização de Clientes Guia rápido Flex Car Visa Vale Cartão benefício utilizado por empresas que disponibilizam aos seus colaboradores valores para o pagamento de despesas em segmentos automotivos

Leia mais

Nota Fiscal de Serviço Eletrônica NFS-e. Manual do Usuário Contribuinte

Nota Fiscal de Serviço Eletrônica NFS-e. Manual do Usuário Contribuinte Nota Fiscal de Serviço Eletrônica NFS-e Manual do Usuário Contribuinte CIGA 07/04/2015 2 1. Conteúdo 1. Conteúdo... 2 Índice de Ilustrações... 3 Objetivos deste documento... 3 Controle de Versões... 3

Leia mais

Foi incluído no PDV o novo atalho Ctrl+W para alterar a quantidade de um item já lançado na venda.

Foi incluído no PDV o novo atalho Ctrl+W para alterar a quantidade de um item já lançado na venda. PDV 1 Novo Atalho: Alterar Quantidade Foi incluído no PDV o novo atalho Ctrl+W para alterar a quantidade de um item já lançado na venda. Futura Server 1 Novas colunas em Cadastro de ICMS Foram criadas

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DOS MUNICÍPIOS - DMU

TRIBUNAL DE CONTAS DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DOS MUNICÍPIOS - DMU TRIBUNAL DE CONTAS DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE CONTROLE DOS MUNICÍPIOS - DMU Rua Bulcão Viana, 90, Centro Florianópolis Santa Catarina Fone: (48) 3221-3764 Fax: (48) 3221-3730 Home-page: www.tce.sc.gov.br

Leia mais