Proclamação das Solenidades Móveis

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Proclamação das Solenidades Móveis"

Transcrição

1 Proclamação das Solenidades Móveis Clayton Dias 1 No próximo domingo celebramos a Epifania do Senhor. Segundo as Normas Universais do Ano Litúrgico e Calendário Romano Geral, a Epifania do Senhor é celebrada no dia 6 de janeiro, a não ser que seja transferida para o domingo entre os dias 2 e 8 de janeiro, nos lugares onde não for considerada dia santo de guarda. i Segundo o Cerimonial dos Bispos: A antiga solenidade da Epifania do Senhor deve-se contar entre as maiores festas do ano litúrgico, pois celebra, no Menino nascido de Maria, a manifestação daquele que é o Filho de Deus, o Messias dos Judeus e a Luz das Nações. ii Uma antiga tradição que remonta aos primórdios da Igreja e que se faz ainda presente nas rubricas do Missal Romano, do Cerimonial dos Bispos e do Diretório da Liturgia e da Organização da Igreja no Brasil 2013 da CNBB diz o seguinte: Após a proclamação do Evangelho, o diácono ou o sacerdote ou outro ministro idôneo pode fazer o anúncio do dia da Páscoa. iii Se tal for o costume local, após o canto do Evangelho, um dos diáconos, ou algum cônego ou beneficiado ou outra pessoa revestida de pluvial, subirá ao ambão e daí anunciará ao povo as festas móveis do ano corrente. iv Depois da proclamação do Evangelho ou em seguida à Oração depois da Comunhão, faz-se o anúncio das solenidades móveis do ano (conforme página 39 do Diretório Litúrgico). v Proclamação das Solenidades Móveis de 2009 Basílica de S. Pedro Vaticano Conforme relatamos, essa tradição remonta aos primórdios da Igreja. O Patriarca de Alexandria, cidade na qual os astrônomos eram os mais qualificados do cristianismo, tinham a missão de enviar a data da solenidade pascal para os outros patriarcas orientais e ao Pontífice Romano, que informaria aos Metropolitas do Ocidente. Embora não haja nenhuma menção à fixação da data da Páscoa nos cânones do Concílio de Nicéia que foram preservados, sabemos que o assunto foi discutido e decidido pelo Concílio, com três textos: uma carta do imperador Constantino, um carta sinodal 1 Doutorando em Música pela UNICAMP, membro da Comissão de Liturgia do Regional Sul 1 da CNBB, Coordenador do Setor de Música Litúrgica da Comissão Arquidiocesana de Liturgia de Campinas, Diretor do CEMULC, regente do Coro da Arquidiocese de Campinas.

2 à Igreja de Alexandria, e uma carta escrita por Santo Atanásio em 369 aos bispos da África. Assim, os bispos tomaram a prática de publicar, anualmente, em 6 de janeiro, uma Epistola festalis uma carta pastoral na qual foram anunciadas a data da Páscoa e as festas móveis do ano em curso. Muitos Padres da Igreja primitiva falam do anúncio da data da Páscoa, na festa da Epifania vi. O IV Concílio de Orleães (541) traz o seguinte cânone sobre o anúncio das Festas Pascais: Foi decidido, com a ajuda de Deus, que a santa Páscoa seja celebrada por todos os bipos na mesma data, segundo a tabela de Vítor de Aquitânia. Esta festa deve ser anunciada ao povo, na igreja, no dia da Epifania. Sempre que se levante alguma dúvida a propósito desta solenidade, aceite-se a decisão pedida ou conhecida da Sé Apostólica pelos metropolitas. vii Um cânone semelhante é promulgado pelo Concílio de Auxerre ( ): Todos os presbíteros, antes da Epifania, enviem os seus emissários que os informarão sobre o início da Quaresma; e o povo seja avisado disso no dia da Epifania. viii O Pontificale Romanum ix traz uma fórmula melódica para se cantar o Anúncio das Solenidades Móveis. É uma fórmula que faz uso do mesmo recitativo gregoriano usado para o Exultet gregoriano da Vígilia Pascal, o que dá um gosto da alegria da Páscoa para esta publicação da data da Páscoa. Essa melodia encontra-se publicada no Hinário Litúrgico da Arquidiocese de Campinas Fascículo 1 (Advento e Natal) nº 95. Ao final desse artigo colocamos a partitura, com o texto adaptado com as datas das Solenidades Móveis de 2013 facilitando assim o acesso a este canto. Para finalizar esse breve artigo, citamos as palavras do nosso amado papa Bento XVI: No mistério da Epifania, ao lado de um movimento de irradiação para o exterior, manifesta-se um movimento de atração para o centro, que leva a cumprimento o movimento já inscrito na Antiga Aliança. A fonte deste dinamismo é Deus, Uno na substância e Trino nas Pessoas, que atrai a si tudo e todos. A Pessoa encarnada do verbo apresenta-se assim como princípio de reconciliação e de recapitulação universal (cf. Ef 1, 9-10). Ele é a meta final da história, o ponto de chegada de um êxodo, de um caminho providencial de redenção, que culmina na sua morte e ressurreição. Por isso, na solenidade da Epifania, a liturgia prevê o chamado Anúncio da Páscoa : o ano litúrgico, de fato, resume toda a parábola da história da salvação, em cujo centro está o Tríduo do Senhor crucificado, sepultado e ressuscitado. x

3

4

5 Proclamação das Solenidades Móveis de 2013 Irmãos caríssimos, a glória do Senhor manifestou-se, e sempre há de manifestar-se no meio de nós até a sua vinda no fim dos tempos. Nos ritmos e nas vicissitudes do tempo recordamos e vivemos os mistérios da salvação. O centro de todo o ano litúrgico é o Tríduo do Senhor crucificado, sepultado e ressuscitado, que culminará no Domingo de Páscoa, este ano a 31 de março. Em cada Domingo, Páscoa semanal, a Santa Igreja torna presente este grande acontecimento, no qual Jesus Cristo venceu o pecado e a morte. Da celebração da Páscoa do Senhor derivam todas as celebrações do Ano Litúrgico: as Cinzas, início da Quaresma, a 13 de fevereiro; a Ascensão do Senhor, a 12 de maio; Pentecostes, a 19 de maio; o primeiro Domingo do Advento, a 1º de dezembro. Também nas festas da Santa Mãe de Deus, dos Apóstolos, dos Santos, e na Comemoração dos Fiéis Defuntos, a Igreja peregrina sobre a terra proclama a Páscoa do Senhor. A Cristo, que era, que é e que há de vir, Senhor do tempo e da história, louvor e glória pelos séculos do séculos. Amém.

6 i NORMAS UNIVERSAIS DO ANO LITÚRGICO E CALENDÁRIO ROMANO GERAL, nº 37 in MISSAL ROMANO. 10. ed. Tradução da CNBB: Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. São Paulo: Paulus, 2006, p. 98. ii CERIMONIAL DOS BISPOS, 3. ed. Tradução da CNBB: Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. São Paulo: Paulus, 2004, p. 81, nº 240. iii MISSAL ROMANO. 10. ed. Tradução da CNBB: Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. São Paulo: Paulus, 2006, p iv CERIMONIAL DOS BISPOS, 3. ed. Tradução da CNBB: Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. São Paulo: Paulus, 2004, p. 81, nº 240. v DIRETÓRIO DA LITURGIA E DA ORGANIZAÇÃO DA IGREJA NO BRASIL CNBB: Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. Brasília: Edições CNBB, vi PUBLICATION of the Date of Easter on the Day of the Epifhany. New Liturgical Movement. Disponível em: < Acesso em 03 jan vii IV Concílio de Orleães nº 1 in ANTOLOGIA LITÚRGICA: Textos Litúrgicos Patrísticos e canônicos do primeiro milênio. Fátima: Secretariado Nacional de Liturgia, 2003, p viii Concílio de Auxerre, nº 2 in ANTOLOGIA LITÚRGICA: Textos Litúrgicos Patrísticos e canônicos do primeiro milênio. Fátima: Secretariado Nacional de Liturgia, 2003, p ix PONTIFICALE ROMANUM, editio typica in Monumenta Liturgia Piana III. Vaticano: Libreria Editrice Vaticana, x Papa Bento XVI, Homilia da Epifania do Senhor, 6 de janeiro de 2006.

PARÓQUIA NOSSA SENHORA APARECIDA PÁROCO: Côn. Egídio de Carvalho Neto Elaboração: Diácono Admilson Pereira

PARÓQUIA NOSSA SENHORA APARECIDA PÁROCO: Côn. Egídio de Carvalho Neto Elaboração: Diácono Admilson Pereira PARÓQUIA NOSSA SENHORA APARECIDA PÁROCO: Côn. Egídio de Carvalho Neto Elaboração: Pereira É o tempo que marca as datas dos acontecimentos da História da Salvação. É a manifestação de Deus em nosso tempo

Leia mais

PARÓQUIA SÃO MATEUS CALENDÁRIO 2014

PARÓQUIA SÃO MATEUS CALENDÁRIO 2014 Dia Dia da JANEIRO COM MARIA CONSTRUIR A PAZ 31 MISSA NA SÃO MATEUS 20H 01 Quarta SOLENIDADE DA SANTA MÃE DE DEUS, MARIA/ MISSA NA CAPELA SANTO ANTONIO 10H 2 MISSA NA SÃO MATEUS 19H30 3 HORARIO NORMAL

Leia mais

Calendário Paróquia São Mateus 2015 - Arquidiocese de Brasília

Calendário Paróquia São Mateus 2015 - Arquidiocese de Brasília Calendário Paróquia São Mateus 2015 - Arquidiocese de Brasília JANEIRO COM MARIA CONSTRUIR A PAZ Dia Dia da Semana 01 Quinta SOLENIDADE DA SANTA MARIA, MÃE DE DEUS. 04 Domingo SOLENIDADE DA EPIFANIA DO

Leia mais

Calendário Paroquial 2015 Paróquia Santa Rita de Cássia Carapicuíba-SP

Calendário Paroquial 2015 Paróquia Santa Rita de Cássia Carapicuíba-SP Calendário Paroquial 2015 Paróquia Santa Rita de Cássia Carapicuíba-SP Janeiro 01 Q Solenidade Santa Maria, Mãe de Deus 02 S 03 S 15h00 Reunião de Coordenação da Catequese 04 D Solenidade Epifania do Senhor

Leia mais

Índice Introdução... 13 Abreviaturas... 17 1. Natureza da liturgia cristã... 21 1.1. O termo liturgia... 21 1.1.1. No helenismo... 22 1.1.2. No Antigo Testamento... 22 1.1.3. No Novo Testamento... 23 1.1.4.

Leia mais

Escola de Acólitos S. Miguel Ano Lectivo

Escola de Acólitos S. Miguel Ano Lectivo ANO LITÚRGICO Contexto Histórico do Ano Litúrgico Após a morte de Jesus, os discípulos reuniam-se no primeiro dia da semana, o dia seguinte ao sábado, para celebrarem o memorial do Senhor. Nesse dia, explicavam

Leia mais

Centro de Estudos Anglicanos

Centro de Estudos Anglicanos Formação do Ano Litúrgico Rev. Sílvio Freitas * Inicialmente a páscoa era comemorada semanalmente, no domingo, o "dia do Senhor", dia em que Jesus ressuscitou dos mortos. Vemos logo cedo registro da importância

Leia mais

TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM

TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM Página 1 TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM 01. Canto de Entrada 02. Saudação inicial do celebrante presidente 03. Leitura

Leia mais

CONSELHO PAROQUIAL DE PASTORAL

CONSELHO PAROQUIAL DE PASTORAL JANEIRO 01 Q Solenidade Santa Maria, Mãe de Deus 05 D Solenidade Epifania do Senhor 07 T 08 Q 12 D Festa Batismo de N. Senhor Jesus Cristo 14 T Aniversário de fundação da Cúria Imaculada Conceição 15 Q

Leia mais

Começando pela realidade da assembléia, antes de mais nada é preciso perguntar-se: Qual a realidade desta comunidade reunida?

Começando pela realidade da assembléia, antes de mais nada é preciso perguntar-se: Qual a realidade desta comunidade reunida? Agora você vai conhecer dicas indispensáveis para o ministério de música no serviço à liturgia. Mas as orientações aqui apresentadas não dispensam as observações do celebrante. É ele quem preside e, por

Leia mais

A Bíblia é para nós, cristãos, o ponto de referência de nossa fé, uma luz na caminhada de nossa vida.

A Bíblia é para nós, cristãos, o ponto de referência de nossa fé, uma luz na caminhada de nossa vida. LITURGIA DA PALAVRA A Palavra de Deus proclamada e celebrada - na Missa - nas Celebrações dos Sacramentos (Batismo, Crisma, Matrimônio...) A Bíblia é para nós, cristãos, o ponto de referência de nossa

Leia mais

A música no tempo do ano litúrgico

A música no tempo do ano litúrgico A música no tempo do ano litúrgico O ANO LITÚRGICO No decorrer do ano a Igreja comemora a obra salvífica de Cristo. No domingo (dia do Senhor) a Igreja recorda a ressurreição do Senhor. No ciclo anual

Leia mais

CALENDARIO DE ATIVIDADES PAROQUIAIS SAGRADA FAMÍLIA - 2012

CALENDARIO DE ATIVIDADES PAROQUIAIS SAGRADA FAMÍLIA - 2012 FEVEREIRO 03 Missa do Apostolado da Oração 15h e Adoração das 16h às 18:45 04 Reunião com os Catequistas 14:30 horas 04 Curso de Batismo 19h às 21:30 horas 04 Noite do Cachorro Quente resp. Grupo de Jovens

Leia mais

CALENDÁRIO 2014 DIOCESE DE LIMEIRA / SP. JANEIRO Horário Local Atividade

CALENDÁRIO 2014 DIOCESE DE LIMEIRA / SP. JANEIRO Horário Local Atividade DIOCESE DE LIMEIRA / SP NOVA PARÓQUIA: UMA FONTE DE ÁGUA VIVA CALENDÁRIO a 0 a e e a e 9 e 9 9 CALENDÁRIO h Juazeiro do Norte/CE São Paulo JANEIRO h00 0 0h 0 Emaús Aparecida - SP -Norte Artur Nogueira

Leia mais

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS I. Nas celebrações do Tempo Advento Deus omnipotente e misericordioso, que vos dá a graça de comemorar na fé a primeira vinda do seu Filho Unigénito e de esperar

Leia mais

CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO

CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO SOBRE NÓS FAZEI BRILHAR O ESPLENDOR DE VOSSA FACE! 3 º DOMINGO DA PÁSCOA- ANO B 22 DE ABRIL DE 2012 ANIM: (Saudações espontâneas)

Leia mais

Aula 5.1 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz ocidental Judaísmo Cristianismo Islamismo ENSINO RELIGIOSO CONTEÚDO E HABILIDADES

Aula 5.1 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz ocidental Judaísmo Cristianismo Islamismo ENSINO RELIGIOSO CONTEÚDO E HABILIDADES CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula 5.1 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz ocidental Judaísmo Cristianismo Islamismo 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO

Leia mais

JESUS CRISTO PADECEU SOB PÔNCIO PILATOS, FOI CRUCIFICADO, MORTO E SEPULTADO

JESUS CRISTO PADECEU SOB PÔNCIO PILATOS, FOI CRUCIFICADO, MORTO E SEPULTADO JESUS CRISTO PADECEU SOB PÔNCIO PILATOS, FOI CRUCIFICADO, MORTO E SEPULTADO 25-02-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze Como se deu a entrada messiânica em Jerusalém? No tempo estabelecido,

Leia mais

É o próprio sacrifício do Corpo e do Sangue do Senhor Jesus, que Ele instituiu para perpetuar o

É o próprio sacrifício do Corpo e do Sangue do Senhor Jesus, que Ele instituiu para perpetuar o 3 - Eucaristia O que é a Eucaristia? É o próprio sacrifício do Corpo e do Sangue do Senhor Jesus, que Ele instituiu para perpetuar o sacrifício da cruz no decorrer dos séculos até ao seu regresso, confiando

Leia mais

Os Mandamentos da Igreja

Os Mandamentos da Igreja Os Mandamentos da Igreja Por Marcelo Rodolfo da Costa Os mandamentos da Igreja situam-se na linha de uma vida moral ligada à vida litúrgica e que dela se alimenta CIC 2041 Os Mandamentos da Igreja tem

Leia mais

Aspetos inclusivos e exclusivos na fé nova-apostólica

Aspetos inclusivos e exclusivos na fé nova-apostólica Igreja Nova Apostólica Internacional Aspetos inclusivos e exclusivos na fé nova-apostólica Depois de, na última edição, termos abordado os aspetos inclusivos e exclusivos no Antigo e no Novo Testamento,

Leia mais

FORMAÇÃO DOS CATEQUISTAS ESQUEMA DO ANO LITÚRGICO

FORMAÇÃO DOS CATEQUISTAS ESQUEMA DO ANO LITÚRGICO CEP 12.209621 FORMAÇÃO DOS CATEQUISTAS ESQUEMA DO ANO LITÚRGICO O ano litúrgico, o que é? Qual a diferença do ano civil para o ano litúrgico? A importância do ano litúrgico na vida do cristão. É o tempo

Leia mais

Formação de GAPRT. Grupo de Acólitos da Paróquia de Rio Tinto

Formação de GAPRT. Grupo de Acólitos da Paróquia de Rio Tinto Formação de Acólitos GAPRT Grupo de Acólitos CORES LITÚRGICAS BRANCO VERMELHO VERDE ROXO ROSA AZUL BRANCO n n n n Tempo Pascal e Natal. Festas e memórias do Senhor (excepto no Domingo de Ramos e a Exaltação

Leia mais

DOMINGO VII DA PÁSCOA. Vésperas I

DOMINGO VII DA PÁSCOA. Vésperas I DOMINGO VII DA PÁSCOA (Onde a solenidade da Ascensão não é transferida para este Domingo). Semana III do Saltério Hi n o. Vésperas I Sa l m o d i a Salmos e cântico do Domingo III. Ant. 1 Elevado ao mais

Leia mais

PE. JOÃO DE DEUS GÓIS

PE. JOÃO DE DEUS GÓIS PE. JOÃO DE DEUS GÓIS 1 Liturgia: vida para a Igreja O que é Liturgia? Liturgia é a celebração de um povo reunido em nome do Senhor, que fez de nós irmãos, filhos do mesmo Pai, membros do mesmo corpo,

Leia mais

O Calendário Judaico. Cronologia. Cronologia HARMONIZAÇÃO CRONOLÓGICA O ANO DO NASCIMENTO DE JESUS. Mt 2:1-23 Época do Nascimento:

O Calendário Judaico. Cronologia. Cronologia HARMONIZAÇÃO CRONOLÓGICA O ANO DO NASCIMENTO DE JESUS. Mt 2:1-23 Época do Nascimento: Há Harmonia Entre os Evangelhos? Mar/Abr/2015 Vlademir Hernandes AULA 3 15/3/2015 Recapitulação A importância dos Evangelhos Por que 4 evangelhos Bibliografia A necessidade de harmonização Exercícios sobre

Leia mais

O CALENDÁRIO LITÚRGICO

O CALENDÁRIO LITÚRGICO O CALENDÁRIO LITÚRGICO (Calendário observado pela Igreja Metodista) O Calendário Litúrgico, ou Ano Litúrgico, não é uma idéia, mas uma pessoa: Jesus Cristo e o Seu mistério realizado no tempo, que hoje

Leia mais

Por isso, redescobrir a Eucaristia na plenitude é redescobrir o CRISTO. Hoje queremos agradecer este grande dom, que Cristo nos deu.

Por isso, redescobrir a Eucaristia na plenitude é redescobrir o CRISTO. Hoje queremos agradecer este grande dom, que Cristo nos deu. O Pão da Vida Na solenidade de Corpus Christi, queremos recordar que os atos redentores de Cristo, que culminam na sua morte e ressurreição, atualizam-se na Eucaristia, celebrada pelo Povo de Deus e presidida

Leia mais

Explicação da Missa MISSA

Explicação da Missa MISSA Explicação da Missa Reunidos todos os catequizandos na Igreja, num primeiro momento mostram-se os objetos da missa, ensinam-se os gestos e explicam-se os ritos. Em seguida celebra-se a missa sem interrupção.

Leia mais

JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT)

JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT) JESUS CRISTO FOI CONCEBIDO PELO PODER DO ESPÍRITO SANTO, E NASCEU DA VIRGEM MARIA (CONT) 11-02-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze Em que sentido toda a vida de Cristo é Mistério? Toda a vida

Leia mais

A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária

A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária A iniciação cristã como pedagogia de vida comunitária A evangelização nos dá a alegria do encontro com a Boa Nova da Ressurreição de Cristo. A maioria das pessoas procura angustiada a razão de sua vida

Leia mais

CALENDÁRIO DIOCESANO 2011-2012

CALENDÁRIO DIOCESANO 2011-2012 CALENDÁRIO DIOCESANO 2011-2012 SETEMBRO 17 - Abertura Solene das Aulas da Escola Diocesana de Música Sacra 22 - Aniversário Natalício do Senhor Bispo 24 - Reunião do Conselho Diocesano do SDPJ 28-29 -

Leia mais

A Apostolicidade da Fé

A Apostolicidade da Fé EMBARGO ATÉ ÀS 18H30M DO DIA 10 DE MARÇO DE 2013 A Apostolicidade da Fé Catequese do 4º Domingo da Quaresma Sé Patriarcal, 10 de Março de 2013 1. A fé da Igreja recebemo-la dos Apóstolos de Jesus. A eles

Leia mais

Celebrar e viver o Concílio Vaticano II

Celebrar e viver o Concílio Vaticano II Celebrar e viver o Concílio Vaticano II Nota Pastoral da Conferência Episcopal Portuguesa Celebrar os 50 anos da abertura do Concílio no Ano da Fé 1. Na Carta apostólica A Porta da Fé, assim se exprime

Leia mais

Tríduo Pascal - Ano C

Tríduo Pascal - Ano C 1 A celebração da Missa Vespertina da Ceia do Senhor inaugura o Sagrado Tríduo Pascal, o coração do ano litúrgico, no qual celebramos a morte, sepultura e a ressurreição de Jesus Cristo. Trata-se de um

Leia mais

Agenda Pastoral 2016

Agenda Pastoral 2016 Arquidiocese de Ribeirão Preto Agenda Pastoral 2016 Janeiro 03/01 - Domingo - Epifania do Senhor 09/01 - Sábado - Capacitação para Agentes da CFE-2016 - Seminário - Brodowski 10/01 - Domingo - Batismo

Leia mais

Calendário Janeiro. Fevereiro. São Paulo da Cruz - Calvário 20/02 qui 14h00 Equipe Regional de Comunicação Região Sé

Calendário Janeiro. Fevereiro. São Paulo da Cruz - Calvário 20/02 qui 14h00 Equipe Regional de Comunicação Região Sé Calendário 2014 Janeiro 01/01 qua Confraternização Universal 01/01 qua Solenidade da Santa Mãe de Deus 22 a 24 --- Triduo para a Festa de São Paulo Catedral da Sé 25/01 sáb 09h00 Celebração da Festa de

Leia mais

Após as festas do Natal, em que celebramos o mistério da infância de Jesus, a liturgia nos introduz no mistério da sua vida pública.

Após as festas do Natal, em que celebramos o mistério da infância de Jesus, a liturgia nos introduz no mistério da sua vida pública. Após as festas do Natal, em que celebramos o mistério da infância de Jesus, a liturgia nos introduz no mistério da sua vida pública. No BATISMO DE JESUS, no Rio Jordão, revela-se o Filho amado de Deus,

Leia mais

Vivendo a Liturgia Ano A

Vivendo a Liturgia Ano A Vivendo a Liturgia Junho/2011 Vivendo a Liturgia Ano A SOLENIDADE DA ASCENSÃO DO SENHOR (05/06/11) A cor litúrgica continua sendo a branca. Pode-se preparar um mural com uma das frases: Ide a anunciai

Leia mais

Oficina de Liturgia e. Por. Pe. Cleiton Alencar Salvador 2011

Oficina de Liturgia e. Por. Pe. Cleiton Alencar Salvador 2011 Oficina de Liturgia e Música Por. Pe. Cleiton Alencar Salvador 2011 I parte Ohomem éum ser sacramental, queno planoreligioso expressam suas relações com Deus através de um conjunto de sinais e símbolos.(puebla

Leia mais

Prelazia de São Felix do Araguaia

Prelazia de São Felix do Araguaia Prelazia de São Felix do Araguaia Calendário 2015 JANEIRO 01 Quinta Solenidade Santa Mãe de Deus 02 Sexta 03 Sábado 04 Domingo Solenidade da Epifania do Senhor Todas as Comunidades 05 Segunda Escola de

Leia mais

CALENDÁRIO PAROQUIAL DAS ATIVIDADES 2015. Aviso nas celebrações do Início das Inscrições da Catequese de Primeira Eucaristia

CALENDÁRIO PAROQUIAL DAS ATIVIDADES 2015. Aviso nas celebrações do Início das Inscrições da Catequese de Primeira Eucaristia CALENDÁRIO PAROQUIAL DAS ATIVIDADES 2015 JANEIRO/ 2015 Aviso nas celebrações do Início das Inscrições da Catequese de Primeira Eucaristia Dia 01 quinta-feira Solenidade de Maria, Santa Mãe de Deus Dia

Leia mais

NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, REI DO UNIVERSO

NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, REI DO UNIVERSO Domingo XXXIV e último NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, REI DO UNIVERSO Solenidade LEITURA I 2 Sam 5, 1-3 «Ungiram David como rei de Israel» Leitura do Segundo Livro de Samuel Naqueles dias, todas as tribos

Leia mais

PARÓQUIA SÃO SEBASTIÃO E SÃO VICENTE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA DA VÍGILIA DE PENTECOSTES COM OFÍCIO DIVINO Comunidade São Sebastião 19h30min

PARÓQUIA SÃO SEBASTIÃO E SÃO VICENTE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA DA VÍGILIA DE PENTECOSTES COM OFÍCIO DIVINO Comunidade São Sebastião 19h30min PARÓQUIA SÃO SEBASTIÃO E SÃO VICENTE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA DA VÍGILIA DE PENTECOSTES COM OFÍCIO DIVINO Comunidade São Sebastião 19h30min Terço Como de costume RITOS INICIAIS Enquanto se entoa o refrão

Leia mais

O ANO LITÚRGICO. Quando se inicia o Ano Litúrgico?

O ANO LITÚRGICO. Quando se inicia o Ano Litúrgico? O ANO LITÚRGICO Chama-se Ano Litúrgico o tempo em que a Igreja celebra todos os feitos salvíficos operados por Deus em Jesus Cristo. "Através do ciclo anual, a Igreja comemora o mistério de Cristo, desde

Leia mais

Diferença entre a Bíblia Católica e a Protestante

Diferença entre a Bíblia Católica e a Protestante Diferença entre a Bíblia Católica e a Protestante Hugo Goes A Bíblia é formada por duas partes: o Antigo Testamento e o Novo Testamento. Em relação ao Novo Testamento, não há nenhuma diferença entre a

Leia mais

Rosarium Virginis Mariae

Rosarium Virginis Mariae EDITORA AVE-MARIA Introdução O Rosário da Virgem Maria, que ao sopro do Espírito Santo de Deus se foi formando gradualmente no segundo milênio, é oração amada por numerosos santos e estimulada pelo magistério.

Leia mais

A Santa Sé HOMILIA DO PAPA BENTO XVI NA SOLENIDADE DOS SANTOS APÓSTOLOS PEDRO E PAULO. Quarta-feira, 29 de Junho de 2005. Queridos Irmãos e Irmãs!

A Santa Sé HOMILIA DO PAPA BENTO XVI NA SOLENIDADE DOS SANTOS APÓSTOLOS PEDRO E PAULO. Quarta-feira, 29 de Junho de 2005. Queridos Irmãos e Irmãs! A Santa Sé HOMILIA DO PAPA BENTO XVI NA SOLENIDADE DOS SANTOS APÓSTOLOS PEDRO E PAULO Quarta-feira, 29 de Junho de 2005 Queridos Irmãos e Irmãs! A festa dos santos Apóstolos Pedro e Paulo é ao mesmo tempo

Leia mais

PROGRAMA PAROQUIAL DE PASTORAL 2009/2010

PROGRAMA PAROQUIAL DE PASTORAL 2009/2010 PROGRAMA PAROQUIAL DE PASTORAL 2009/2010 Ao iniciar o novo ano de pastoral paroquial, aceitamos o desafio que nos é feito de continuarmos a nossa caminhada de cristãos atentos aos desafios de Deus e do

Leia mais

Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO

Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO O Baptismo, porta da vida e do reino, é o primeiro sacramento da nova lei, que Cristo propôs a todos para terem a vida eterna, e, em seguida, confiou à

Leia mais

ANO B. DOMINGO II DA PÁSCOA ou da Divina Misericórdia. (Outras intenções: adultos e crianças baptizados nesta Páscoa...).

ANO B. DOMINGO II DA PÁSCOA ou da Divina Misericórdia. (Outras intenções: adultos e crianças baptizados nesta Páscoa...). 122 ANO B DOMINGO II DA PÁSCOA ou da Divina Misericórdia (Se estiverem presentes adultos que tenham sido baptizados na última Páscoa, as intenções da oração dos fiéis poderão hoje ser propostas por eles).

Leia mais

QUARESMA TEMPO DE REFLEXÃO E AÇÃO

QUARESMA TEMPO DE REFLEXÃO E AÇÃO QUARESMA TEMPO DE REFLEXÃO E AÇÃO Disponível em: www.seminariomaiordebrasilia.com.br Acesso em 13/03/2014 A palavra Quaresma surge no século IV e tem um significado profundo e simbólico para os cristãos

Leia mais

TRÍDUO PASCAL ORAÇÕES À MESA

TRÍDUO PASCAL ORAÇÕES À MESA TRÍDUO PASCAL ORAÇÕES À MESA 1. Quinta-Feira Santa Ao almoço D: Irmãos, Jesus Cristo fez de nós um reino de sacerdotes para Deus o nosso pai. T: A Ele, glória e poder / pelos séculos dos séculos. Amém.

Leia mais

CALENDÁRIO 2015 - Eventos Arquidiocesanos JANEIRO

CALENDÁRIO 2015 - Eventos Arquidiocesanos JANEIRO CALENDÁRIO 2015 - Eventos Arquidiocesanos JANEIRO 01 - SOLENIDADE DO SENHOR BOM JESUS DE CUIABÁ, PADROEIRO DA ARQUIDIOCESE. 16-1 Vigília Preparação MicareCristo e Vinde e Vede, Setor Juventude, Paróquia

Leia mais

BIÊNIO 2012-2013. Tema Geral da Igreja Metodista "IGREJA: COMUNIDADE MISSIONÁRIA A SERVIÇO DO POVO ESPALHANDO A SANTIDADE BÍBLICA. Tema para o Biênio

BIÊNIO 2012-2013. Tema Geral da Igreja Metodista IGREJA: COMUNIDADE MISSIONÁRIA A SERVIÇO DO POVO ESPALHANDO A SANTIDADE BÍBLICA. Tema para o Biênio 1 IGREJA METODISTA PASTORAL IMED PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E PLANO DE AÇÃO BIÊNIO 2012-2013 Tema Geral da Igreja Metodista "IGREJA: COMUNIDADE MISSIONÁRIA A SERVIÇO DO POVO ESPALHANDO A SANTIDADE BÍBLICA

Leia mais

No princípio era aquele que é a Palavra... João 1.1 UMA IGREJA COM PROPÓSITOS. Pr. Cristiano Nickel Junior

No princípio era aquele que é a Palavra... João 1.1 UMA IGREJA COM PROPÓSITOS. Pr. Cristiano Nickel Junior No princípio era aquele que é a Palavra... João 1.1 UMA IGREJA COM PROPÓSITOS Pr. Cristiano Nickel Junior O propósito é que a Igreja seja um exército com bandeiras Martyn Lloyd-Jones No princípio era aquele

Leia mais

Coleção Liturgia e Música Coordenação editorial: Frei Joaquim Fonseca, OFM

Coleção Liturgia e Música Coordenação editorial: Frei Joaquim Fonseca, OFM INTRODUÇÃO ao canto gregoriano Coleção Liturgia e Música Coordenação editorial: Frei Joaquim Fonseca, OFM 1. Cantando a missa e o ofício divino, Joaquim Fonseca, OFM 2. Música brasileira na liturgia (vol.

Leia mais

conheça sua Bíblia Estudos Panorâmicos no AT e NT TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP

conheça sua Bíblia Estudos Panorâmicos no AT e NT TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP TODA QUINTA-FEIRA - DAS 19H30 ÀS 21H - RUA JOSÉ ALVES GUEDES, 1332 - JD. SONIA JAGUARIÚNA/SP Êxodo! DATA: 1445 a.c.; na caminhada pelo deserto do Sinai. NOME: No hebraico Shemot, nomes, e no grego Êxodo,

Leia mais

Intercessão. Missionária. Como e Por que Interceder por Missões

Intercessão. Missionária. Como e Por que Interceder por Missões Intercessão Missionária Como e Por que Interceder por Missões A Importância da Intercessão por Missões - Estamos em uma guerra Há necessidade de intercessores! - Nossa guerra não é pelo controle político

Leia mais

Introdução à Bíblia e ao Novo Testamento

Introdução à Bíblia e ao Novo Testamento Introdução à Bíblia e ao Novo Testamento A palavra Bíblia deriva do grego: ta biblía; plural de: ton biblíon. E significa "livros" Logo descobrimos que a Bíblia é uma coleção de livros! Nós, cristãos,

Leia mais

Catálogo. de Publicações. Secretariado Nacional de Liturgia

Catálogo. de Publicações. Secretariado Nacional de Liturgia Catálogo de Publicações Secretariado Nacional de Liturgia Todos os preços indicados incluem IVA à taxa legal em vigor. Fátima, Janeiro de 2013 missais missal romano Formato: 175X255 mm 1.408 páginas Dourado

Leia mais

AGENDA PASTORAL PARÓQUIA SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

AGENDA PASTORAL PARÓQUIA SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS AGENDA PASTORAL PARÓQUIA SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS JANEIRO 01 Terça Santa Mãe de Deus Dia Mundial da Paz 02 Quarta Reunião dos Meces 03 Quinta Terço e Adoração / Encontro geral de liturgia e preparação

Leia mais

Maria Maria Maria Maria

Maria Maria Maria Maria 1 Ave, Maria! 2 Introdução Poucas vezes, Maria é citada nas Escrituras Sagradas. Na verdade, são apenas 17 passagens, algumas relativas aos mesmos fatos, distribuídas nos quatro Evangelhos, e uma passagem

Leia mais

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel.

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. NOVENA DE NATAL 2015 O Natal e a nossa realidade A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. (Is 7,14) APRESENTAÇÃO O Natal se aproxima. Enquanto renovamos a esperança de

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 065-PROEC/UNICENTRO, DE 25 DE ABRIL DE 2011.

RESOLUÇÃO Nº 065-PROEC/UNICENTRO, DE 25 DE ABRIL DE 2011. RESOLUÇÃO Nº 065-PROEC/UNICENTRO, DE 25 DE ABRIL DE 2011. Aprova a continuidade do Projeto de Extensão Escola de Teologia para leigos Nossa Senhora das Graças, na modalidade de Curso de Extensão, na categoria

Leia mais

O POVO DE DEUS FOLHA SEMANAL DA ARQUIDIOCESE DE BRASÍLIA

O POVO DE DEUS FOLHA SEMANAL DA ARQUIDIOCESE DE BRASÍLIA O POVO DE DEUS FOLHA SEMANAL DA ARQUIDIOCESE DE BRASÍLIA Ano XLVIV - Brasília, 5 de janeiro de 2014 - Nº 8 SOLENIDADE DA EPIFANIA DO SENHOR Cor Litúrgica: Branco INTRODUÇÃO Com.: Irmãos e irmãs, nesta

Leia mais

SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA

SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA Antes da Solene celebração, entregar a lembrança do centenário No Final terá um momento de envio onde cada pessoa reassumirá a missão. O sinal deste momento será a colocação

Leia mais

A Fé que nos gloriamos de professar (continuação)

A Fé que nos gloriamos de professar (continuação) A Fé que nos gloriamos de professar (continuação) Fé cristã: Costume ou Decisão Pessoal É uma decisão livre, da consciência de cada um! As raízes da fé cristã A fé cristã não começou connosco. A fé que

Leia mais

REQUERIMENTO. Ao Excelentíssimo e Reverendíssimo Senhor Dom OSVINO JOSÉ BOTH Arcebispo Militar do Brasil

REQUERIMENTO. Ao Excelentíssimo e Reverendíssimo Senhor Dom OSVINO JOSÉ BOTH Arcebispo Militar do Brasil REQUERIMENTO Ao Excelentíssimo e Reverendíssimo Senhor Dom OSVINO JOSÉ BOTH Arcebispo Militar do Brasil Documento elaborado de próprio punho. Eu, inscrito no CPF sob o nº e no RG nº aluno da Escola Diaconal

Leia mais

CATEQUESE COMO INICIAÇÃO À EUCARISTIA

CATEQUESE COMO INICIAÇÃO À EUCARISTIA CATEQUESE COMO INICIAÇÃO À EUCARISTIA PE. GREGÓRIO LUTZ Certamente o título deste artigo não causa estranheza à grande maioria dos leitores da Revista de Liturgia. Mas mesmo assim me parece conveniente

Leia mais

Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim

Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim 5º DOMINGO DA PÁSCOA 18 de maio de 2014 Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim Leituras: Atos 6, 1-7; Salmo 32 (33), 1-2,4-5.18-19; Primeira Carta de Pedro 2, 4-9; João

Leia mais

CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA

CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA Congregação das Irmãs Missionárias de São Carlos B. Scalabrinianas Centro de Estudos Migratórios Cristo Rei-CEMCREI Rua Castro Alves, 344 90430-130 Porto Alegre-RS cemcrei@cpovo.net www.cemcrei.org.br

Leia mais

A Exortação Apostólica Verbum Domini

A Exortação Apostólica Verbum Domini A Exortação Apostólica Verbum Domini Texto escrito por Cássio Murilo Dias da Silva 1, em janeiro de 2011. Informação de copyright: Este texto pode ser utilizado para fins educacionais e não comerciais.

Leia mais

"Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho"

Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho "Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho" Celebramos hoje a festa da Ascensão do Senhor... Os últimos momentos de Jesus junto aos apóstolos e a volta de Cristo ao Pai... As leituras bíblicas descrevem

Leia mais

Dimensão litúrgica do canto

Dimensão litúrgica do canto Dimensão litúrgica do canto Para ser um ministro de música não basta conhecer a animação litúrgica ou estar inserido em uma comunidade de crescimento. O animador deve estar totalmente inserido na realidade

Leia mais

Repasse da 76a. Assembléia da CNBB Sul I Aparecida de 10 a 12/06/2013

Repasse da 76a. Assembléia da CNBB Sul I Aparecida de 10 a 12/06/2013 Repasse da 76a. Assembléia da CNBB Sul I Aparecida de 10 a 12/06/2013 1. Finalidade do Ano da Fé; 2. O que é a Fé; 3. A transmissão da Fé enquanto professada, celebrada, vivida e rezada; 4. O conteúdo

Leia mais

...E os discípulos puderam finalmente crer...

...E os discípulos puderam finalmente crer... Ele está vivo!! Quem? O coelhinho? Afinal de contas, o que significa Páscoa? Messias ressuscitou no início do primeiro dia da semana e apareceu a Maria Madalena, que foi contar a novidade aos Seus amigos.

Leia mais

O ministério na Igreja

O ministério na Igreja Igreja Nova Apostólica Internacional O ministério na Igreja Desde os seus primórdios que a Igreja Nova Apostólica se define como uma Igreja do ministério. O artigo que se segue contém informações acerca

Leia mais

PARÓQUIA NOSSA SENHORA DO MONTE SERRATE DIOCESE DE OSASCO. Janeiro

PARÓQUIA NOSSA SENHORA DO MONTE SERRATE DIOCESE DE OSASCO. Janeiro Janeiro 1 S Solenidade de Santa Maria Mãe de Deus 2 D Epifania do Senhor 3 S 4 T 5 Q 6 Q 7 S 8 S Missa em louvor a nossa Senhora do Monte Serrate 19:30h Matriz 9 D Batismo de Nosso Senhor Jesus Cristo

Leia mais

CALENDÁRIO /01/15 JAN 15/01/15 29/01/15. Aniversario PE Elisandro

CALENDÁRIO /01/15 JAN 15/01/15 29/01/15. Aniversario PE Elisandro CALENDÁRIO - 2015 Mês JAN Mês Dia 01/01/15 02/01/15 03/01/15 04/01/15 11/01/15 15/01/15 24/01/15 25/01/15 28/01/15 29/01/15 Dia 01/02/15 SEMANA quinta-feira Sexta-feira sábado quinta-feira sábado quarta-feira

Leia mais

IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM BRASIL ESTUDO BÍBLICO QUARTA-FEIRA REV. HELIO SALES RIOS

IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM BRASIL ESTUDO BÍBLICO QUARTA-FEIRA REV. HELIO SALES RIOS IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM BRASIL ESTUDO BÍBLICO QUARTA-FEIRA REV. HELIO SALES RIOS INTRODUÇÃO Culto é um serviço Espiritual oferecido a Deus. Expressão mais profunda do nossos sentimentos de adoração

Leia mais

I DOMINGO DA QUARESMA

I DOMINGO DA QUARESMA I DOMINGO DA QUARESMA LITURGIA DA PALAVRA / I Gen 2, 7-9; 3, 1-7 Leitura do Livro do Génesis O Senhor Deus formou o homem do pó da terra, insuflou em suas narinas um sopro de vida, e o homem tornou-se

Leia mais

EVANGELIZAR COM PAPA FRANCISCO

EVANGELIZAR COM PAPA FRANCISCO EVANGELIZAR COM PAPA FRANCISCO DOm Benedito Beni dos Santos EVANGELIZAR COM PAPA FRANCISCO Comentário à EVANGELII GAUDIUM Direção editorial: Claudiano Avelino dos Santos Assistente editorial: Jacqueline

Leia mais

SOLENIDADE DA EPIFANIA DO SENHOR

SOLENIDADE DA EPIFANIA DO SENHOR A HOMILIA E O CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA ANO C SOLENIDADE DA EPIFANIA DO SENHOR CIC 528, 724: a Epifania do Senhor 528 A Epifania é a manifestação de Jesus como Messias de Israel, Filho de Deus e salvador

Leia mais

O CARTAZ Jesus é a Fonte da água viva Significado do Cartaz

O CARTAZ Jesus é a Fonte da água viva Significado do Cartaz O CARTAZ Jesus é a Fonte da água viva Significado do Cartaz Completando a coleção do quadriênio junto com o término do Planejamento IELB 2014, temos as imagens menores que apontam para os cartazes anteriores.

Leia mais

PARÓQUIA SÃO JOSÉ - MATRIZ DE RIBEIRÃO PIRES CALENDÁRIO PAROQUIAL DE PASTORAL ANO 2014

PARÓQUIA SÃO JOSÉ - MATRIZ DE RIBEIRÃO PIRES CALENDÁRIO PAROQUIAL DE PASTORAL ANO 2014 PARÓQUIA SÃO JOSÉ - MATRIZ DE RIBEIRÃO PIRES CALENDÁRIO PAROQUIAL DE PASTORAL ANO 2014 Objetivo A partir das Diretrizes da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil e do 7º Plano Diocesano de Pastoral (2013-20150,

Leia mais

Síntese. Coragem, filha! A tua fé te salvou. (Mt 9, 22).

Síntese. Coragem, filha! A tua fé te salvou. (Mt 9, 22). Síntese Coragem, filha! A tua fé te salvou (Mt 9, 22). Novembro de 2013 2 Editorial Caros Polens, Entramos no penúltimo mês do ano. Nossos novos irmãos se encontram cada vez mais perto de nós em suas e

Leia mais

FESTA DO BATISMO DO SENHOR 12 de janeiro de 2014

FESTA DO BATISMO DO SENHOR 12 de janeiro de 2014 FESTA DO BATISMO DO SENHOR 12 de janeiro de 2014 Tu és o meu Filho amado: Eu hoje te gerei! Leituras: Isaías 42, 1-4.6-7; Salmo 28 (29); Atos dos Apóstolos 10, 34-38; Mateus 3, 13-17. COR LITÚRGICA: BRANCA

Leia mais

RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA DO TOCANTINS MINISTÉRIO DE MÚSICA E ARTES INSTRUÇÃO PARA MÚSICA LITÚRGICA NOS EVENTOS DA RCC 1

RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA DO TOCANTINS MINISTÉRIO DE MÚSICA E ARTES INSTRUÇÃO PARA MÚSICA LITÚRGICA NOS EVENTOS DA RCC 1 RENOVAÇÃO CARISMÁTICA CATÓLICA DO TOCANTINS MINISTÉRIO DE MÚSICA E ARTES INSTRUÇÃO PARA MÚSICA LITÚRGICA NOS EVENTOS DA RCC 1 1) O lugar do Ministério de Música Para começar, vamos falar dos cantores do

Leia mais

O POVO DE DEUS FOLHA SEMANAL DA ARQUIDIOCESE DE BRASÍLIA Ano L - Brasília, 26 de abril de 2015 - Nº 28 QUARTO DOMINGO DA PÁSCOA Cor Litúrgica: Branco

O POVO DE DEUS FOLHA SEMANAL DA ARQUIDIOCESE DE BRASÍLIA Ano L - Brasília, 26 de abril de 2015 - Nº 28 QUARTO DOMINGO DA PÁSCOA Cor Litúrgica: Branco O POVO DE DEUS FOLHA SEMANAL DA ARQUIDIOCESE DE BRASÍLIA Ano L - Brasília, 26 de abril de 2015 - Nº 28 QUARTO DOMINGO DA PÁSCOA Cor Litúrgica: Branco 1 Animador: Meus irmãos, Jesus é o Bom Pastor por excelência,

Leia mais

Confira a programação completa da Semana Santa em algumas paróquias de Curitiba:

Confira a programação completa da Semana Santa em algumas paróquias de Curitiba: PROGRAMAÇÃO SEMANA SANTA NA ARQUIDIOCESE DE CURITIBA Organizada pela Arquidiocese de Curitiba, a Semana Santa terá início na quinta-feira, às 9 horas, com a Missa com Sagração dos Santo Óleos e Renovação

Leia mais

CALENDÁRIO PASTORAL 2014-2015

CALENDÁRIO PASTORAL 2014-2015 CALENDÁRIO PASTORAL 2014-2015 Setembro 2014 1 Seg 2 Ter 3 Qua 4 Qui 5 Sex 6 Sáb 7 Dom Domingo XXIII do T. C. 8 Seg 9 Ter 10 Qua 11 Qui 12 Sex 13 Sáb 14 Dom Domingo XXIV do T. C. 15 Seg 16 Ter 17 Qua 18

Leia mais

COMUNIDADE DE COMUNIDADES: UMA NOVA PARÓQUIA. Estudo 104 CNBB

COMUNIDADE DE COMUNIDADES: UMA NOVA PARÓQUIA. Estudo 104 CNBB COMUNIDADE DE COMUNIDADES: UMA NOVA PARÓQUIA Estudo 104 CNBB ASPECTOS GERAIS DO DOCUMENTO PERSPECTIVAS PASTORAIS TEXTOS BASES DESAFIOS FUNÇÕES DA PARÓQUIA PERSPECTIVA TEOLÓGICA MÍSTICA DO DOCUMENTO PERSPECTIVA

Leia mais

CARTA DE PRINCÍPIOS, CRENÇAS E VALORES 1 ALIANÇA CRISTÃ EVANGÉLICA BRASILEIRA Aliança Evangélica. A unidade na fé a caminho da missão

CARTA DE PRINCÍPIOS, CRENÇAS E VALORES 1 ALIANÇA CRISTÃ EVANGÉLICA BRASILEIRA Aliança Evangélica. A unidade na fé a caminho da missão CARTA DE PRINCÍPIOS, CRENÇAS E VALORES 1 ALIANÇA CRISTÃ EVANGÉLICA BRASILEIRA Aliança Evangélica A unidade na fé a caminho da missão Nossa Visão Manifestar a unidade da igreja por meio do testemunho visível

Leia mais

I - A LITURGIA DA PALAVRA: natureza e estrutura

I - A LITURGIA DA PALAVRA: natureza e estrutura 3 I - A LITURGIA DA PALAVRA: natureza e estrutura 1. A Palavra de Deus na economia da salvação Conhecemos a partir da Sagrada Escritura que pela palavra Deus criou todas as coisas (cf. Gn 1-2,4a), se deu

Leia mais

SUBSÍDIO LITÚRGICO PARA A SOLENIDADE DE NOSSA SENHORA APARECIDA E ABERTURA DO ANO DA FÉ

SUBSÍDIO LITÚRGICO PARA A SOLENIDADE DE NOSSA SENHORA APARECIDA E ABERTURA DO ANO DA FÉ SUBSÍDIO LITÚRGICO PARA A SOLENIDADE DE NOSSA SENHORA APARECIDA E ABERTURA DO ANO DA FÉ No dia 11 de outubro, terá início o Ano da Fé, proclamado pelo Papa Bento XVI. Em nossa Arquidiocese, a abertura

Leia mais

TRADIÇÃO. Patriarcado de Lisboa JUAN AMBROSIO / PAULO PAIVA 2º SEMESTRE ANO LETIVO 2013 2014 1. TRADIÇÃO E TRADIÇÕES 2.

TRADIÇÃO. Patriarcado de Lisboa JUAN AMBROSIO / PAULO PAIVA 2º SEMESTRE ANO LETIVO 2013 2014 1. TRADIÇÃO E TRADIÇÕES 2. TRADIÇÃO JUAN AMBROSIO / PAULO PAIVA 2º SEMESTRE ANO LETIVO 2013 2014 1. TRADIÇÃO E TRADIÇÕES 2. A TRANSMISSÃO DO TESTEMUNHO APOSTÓLICO 3. TRADIÇÃO, A ESCRITURA NA IGREJA Revelação TRADIÇÃO Fé Teologia

Leia mais

VISITA PASTORAL NA ARQUIDIOCESE DE MARIANA

VISITA PASTORAL NA ARQUIDIOCESE DE MARIANA VISITA PASTORAL NA ARQUIDIOCESE DE MARIANA A Vista Pastoral constitui-se em momento privilegiado de contato do Arcebispo com o povo santo de Deus, confiado aos seus cuidados de pastor, com a preciosa colaboração

Leia mais

RITUAL DO BATISMO DE CRIANÇAS

RITUAL DO BATISMO DE CRIANÇAS RITUAL DO BATISMO DE CRIANÇAS A elaboração de um Ritual de Batismo de Crianças, adaptado para o Brasil, baseia-se, primeiramente em que os Bispos no Concílio Vaticano II reconheceram a utilidade e mesmo

Leia mais

Cáritas Diocesana de Portalegre e Castelo Branco

Cáritas Diocesana de Portalegre e Castelo Branco 1 Cáritas Diocesana de Portalegre e Castelo Branco 25 Páscoa e Libertação P. Boa noite. Este é mais um programa da responsabilidade da Cáritas Diocesana de Portalegre e Castelo Branco. Elicídio Bilé, como

Leia mais