Investimentos COPA 2014

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Investimentos COPA 2014"

Transcrição

1 Investiments COPA 2014

2 Cntextualizaçã A realizaçã da Cpa d Mund FIFA 2014 n Brasil, representa uma Imprtante prtunidade para alavancar s negócis em td País, antes durante e após a realizaçã d event em especial ns Estads que terã cidades cm sedes ds jgs.

3 Cidades Sedes n Brasil da Cpa 2014 Manaus Frtaleza Natal Recife Cuiabá Brasília Salvadr Bel Hriznte Ri de Janeir Curitiba Sã Paul Prt Alegre

4 Área de atuaçã rai 100Km Tibau N Grsss Areia Branca Baraúna Mssró MOSSORÓ Serra d Mel Prt d Mangue Macau Pendências Carnaubais Alt d Rdrigues Guamaré Galinhs Jandaíra Caiçara d Nrte Sã Bent d Nrte Pedra Grande Parazinh Sã Miguel de Turs Turs Ri d Fg Gvernadr Dix-Sept Rsad Francisc Dantas Dr. Pau ds Martins Severian Encant Ferrs Serrinha ds PAU DOS Pints Sã Miguel Água Rafael Nva Fernandes Cel. Antôni Martins Riach Jã de Pilões Pessa FERROS Santana Jsé Venha Ver da Marcelin Penha Vieira Luis Gmes Maj. Sales Paraná Sã Francisc d Oeste Ten. Ananias Rdlf Fernandes Tabuleir Grande Severian Mel Prtalegre Alexandria Itaú Riach da Cruz Viçsa Apdi Umarizal Jã Dias Lucrécia Frutus Gmes Rafael Gdeir Almin Afns Felipe Guerra Olh D'Água ds Brges Caraúbas Patu Messias Targin Janduís August Sever Serra Negra d Nrte Jardim de Piranhas Upanema Timbaúba ds Batistas Triunf Ptiguar Sã Jã d Sabugi Sã Fernand Paraú Jucurutu Caicó Assu Sã Rafael Our Branc Itajá Flrânia Sã Jsé d Seridó Ipanguaçu Cruzeta CAICÓ Santana d Mats Ten. Laurentin Cruz Jardim d Seridó Santana d Seridó Afns Bezerra Sã Vicente Acarí Angics AÇU Laga Nva Carnaúba ds Dantas Parelhas Fernand Pedrsa Bdó Cerr Crá Pedr Avelin Lajes Sã Tmé Camp Rednd Currais Nvs CURRAIS NOVOS Cel. Ezequiel Jaçanã Pedra Preta Lajes Pintada Jardim de Angics Caiçara d Ri d Vent Santa Cruz Sã Bent d Trairí Ruy Barbsa Barcelna Jã Câmara Bent Fernandes Riachuel Santa Maria Sã Paul d Ptengi Pç Branc Taipu Sã Pedr Pureza Ielm Marinh Maxaranguape Ceará -Mirim Sã Gnçal d Amarante Macaiba Extremz NATAL Parnamirim NATAL Z. NORTE Sã Jsé Laga Bm de Mipibu de Velhs Jesus Vera Cruz Sen. Elói de Nísia Suza Flresta Síti Nv Mnte Alegre Serra Caiada Laga Salgada Sen. Gergin Ba Saúde Avelin Tangará Laga de Pedras Arês Brejinh Tibau SANTA Gianinha Sã Jsé Serrinha d Sul d Vila Campestre Passagem Flr Laga Sant Espírit CRUZ D'Anta Antôni Sant Canguaretama Várzea Mnte das Passa Baía Gameleiras e Fica Japi Serra de Frmsa S. Bent Nva Cruz Pedr Velh Mntanhas Ipueira Equadr

5 Prjet Natal 2014 Atd,sãestimadsR$3.5bilhõesem investiments direts e indirets em áreas cm transprte urban, segurança pública, turism, saúde e saneament básic. AprtunidadedesediarsjgsdaCpa2014 éencaradapelspderescmummeide dinamizar desenvlviment esprtiv, turístic e sóci-ecnômic d Estad. Devid a tds esses fatres, Prjet Natal 2014 é cnsiderad um prjet cletiv, cm participaçã d Gvern d Estad, Prefeitura de Natal e iniciativa privada.

6 Alguns desafis e investiments para a Cpa d Mund 2014 DESAFIOS GERAIS: Melhrar a infraestrutura para events esprtivs; Adequar e melhrar aerprts e prts; Melhrar a infraestrutura e a mbilidade urbana; Capacitar a mã de bra lcal. INVESTIMENTOS: Cnstruçã de um nv Estádi (capacidade 42 mil pessas); Ampliaçã e mdernizaçã d Aerprt August Sever; Cnstruçã d nv Aerprt (Sã Gnçal d Amarante); Cnstruçã de um terminal de passageirs n Prt de Natal; Implantaçã de nvas linhas urbanas de ônibus e estações de transferência; Realizaçã de bras de infraestrutura e de mbilidade urbana ; *Fntes: Gvern d Estad d RN e Infraer

7 Prjet Natal 2014 O Estádi das Dunas será um estádi mdern, segur, sustentável e em cnfrmidade cm as exigências rigrsas da FIFA: Capacidade para 42 mil espectadres, send 32 permanentes e 10 mil móveis; lugares VIPs; 350 vagas de estacinament cbert sb Estádi; Praz de 30 meses para cnstruçã; Investiment estimad de 400 milhões; Mdel de cncessã pr mei de uma Parceria Públic-Privada; Previsã de iníci das bras para 1º Semestre de 2011.

8 PrjetCpad Mund2014 emnatal O quejáestásendfeit Maisde400milhõesdereaiseminvestimentemMbilidadeUrbanajágarantidscm Gvern Federal; Prlngament da Avenida Prudente de Mrais até a BR-101; Estruturaçã da gvernança d Cmitê Gestr Natal Obras das pistas de pus e declagem e taxiament d nv Aerprt Internacinal de Sã Gnçal d Amarante; Obras d Prt de Natal investiment de 54 milhões cm Terminal de passageirs e acessibilidade marítima; Cnstruçã d Estádi das Dunas na mdelagem da Parceria Públic-Privada; Prgrama Olá Turista!, para qualificaçã de aprximadamente 10 mil prfissinais em Natal na área de Htelaria, Gastrnmia e Cmérci;

9 PrjetCpad Mund2014 emnatal O quevempraí Estimativas de 20 bilhões d Gvern Federal em investiments n Brasil até 2014; Investiment de R$ 440 milhões d Ministéri d Turism, para qualificaçã prfissinal de 300 mil pessas nas 12 cidades-sede; Investiments em trn de R$ 70 bilhões n setr de cnstruçã civil brasileir, que está send cnsiderad mtr da ecnmia até Segund especialistas, para cada um milhã de reais investids n setr, gera-se 33 empregs direts e 25 empregs indirets.

10 Benefícis ecnômics cm a Cpa 2014: R$ 47 bilhões de impact diret Infraestrutura Civil: R$ 23 bilhões Serviçs: R$10 bilhões Turism 600 mil turistas internac.(r$ 3,9 bi) 3 milhões nacinais(r$ 5,5 bi) Geraçã de empregs Permanentes: 332 mil( ) Tempráris: 381 mil(2014) Cnsum Increment n cnsum: R$ 5,0 bi( ) Tributs Tributs ttais: R$ 16,8 bi Fnte: Ministéri d Esprte

11 Planejament Pró-Mbilidade ( Matriz de Respnsabilidade) OBRA EIXOS (Trechs) Respnsável DESCRIÇÃO DAS OBRAS VALORES (milhões de R$) TOTAIS (milhões de R$) 01 Entrncament da Av. Prudente de Mrais cm a Av. Lima e Silva 75,40 02 Entrncament da Av. Prudente de Mrais cm a Rua Raimund Chaves 18,20 03 Entrncament da Av. Lima e Silva cm a Av. Rmuald Galvã 22, Prefeitura Municipal d Natal Entrncament da Av. Sen. Salgad Filh / Av. Sen. Salgad Filh (marginal) Entrncament da Av. Capitã Mr Guveia cm a Av. Prudente de Mrais Entrncament da Av. Capitã Mr Guveia cm a Av. Sen. Salgad Filh 07 Reestruturaçã Gemétrica da Av. Capitã Mr Guveia, Inclusive Cnstruçã de Pntilhã Elevad e Viadut Eix 1 - Nv Aerprt de Sã 23,00 08 Gnçal d Amarante, Estádi das Cmplex Viári em frente a URBANA 36,10 Dunas à Rede Hteleira 09 Implantaçã de Platafrmas de Embarque e Desembarque para passageirs de transprtes cletivs 13,30 10 Passeis Públics (calçadas acessíveis) e Sinalizaçã (Ruas e Trânsit) 9,90 26,12 28,30 16,00 308,42 11 Crredr Estrutural Oeste, BR ,50 12 Entrncament da Av. Eng. Rbert Freire cm a Av. Ayrtn Senna 13 Gvern d Entrncament da Av. Eng. Rbert Freire cm a Rua Missinári Gunnar Vingren 20,80 14 Estad d RN Entrncament da Av. Eng. Rbert Freire cm a Via Csteira 15, Eix 2 - Ligaçã Aerprt August Sever a Estádi das Dunas Gvern d Estad d RN Implantaçã d acess entre nv Aerprt de Sã Gnçal e a BR-406 Prlngament da Av. Prudente de Mrais (ligaçã de Parnamirim à Natal) TOTAL DOS INVESTIMENTOS EM MOBILIDADE (Em milhões de R$) 20,40 15,62 27,83 99,65 408,07

12 Planejament Pró-Mbilidade

13 Eixs de intervençã na Mbilidade Urbana de Natal Prjets Trech já licitad pel DER Trech já executad. EIXO 1: Integraçã Nv Aerprt/ Arena Dunas/Setr Hteleir EIXO 2: Implantaçãda Via Prudente de Mrais ENTRONCAMENTOS Trech licitad pela PMN Mds serviçs equip Via Crredr Referências 2km Trech em execuçã pel DER. Duas passagens de Nivel: Recurss Gv. RN RN: Trech em fase de finalizaçã ds prjets executivs pela SIN. Aerprt Prt Estádi Rdviária Setr hteleir

14 Obras de Mbilidade Urbana Acesss a Aerprt de Sã Gnçal pela BR 406 Descriçã da Obra: Obra licitada pel DER n valr ttal de R$ 76mi. O Trech final que está n PAC COPA crrespnde a cnstruçã de 3,10 km de rdvia em pista dupla e rtatória de acess a Aerprt Internacinal de Sã Gnçal d Amarante; duplicaçã e recnstruçã de 6,3 km até a BR 101 e implantaçã de um viadut sbre a BR-406. Valr d Investiment:R$ 15,62 milhões Ligaçã cm a BR-304: Recurss d Gvern Estadual.

15 Obras de Mbilidade Urbana EIXO 1: Entrncament da Av. Eng. Rbert Freire / Av. Ayrtn Senna Descriçã da Obra: Cnstruçã de alça em túnel (375,0m de cmpriment x 8,0m de largura) sb a Avenida Engenheir Rbert Freire, próxim a viadut de Pnta Negra e, demais adequações viárias cm a eliminaçã de tds s pnts crítics d entrncament. Valr d Investiment: R$ 20,40 milhões DEMONSTRATIVO DE TRANSPORTE PÚBLICO EM 2009 Nº DE LINHAS VEL MÉD. HORA PICO VEÍC/DIA DEMANDA DIÁRIA NAS LINHAS 19 20,55 Km/h

16 Obras de Mbilidade Urbana Entrncament da Av. Eng. Rbert Freire / Av. Ayrtn Senna Viadut de Pnta Negra Av. Eng. Rbert Freire Prjet Av. Ayrtn Senna Situaçã Atual Túnel Cmpriment: 375,0m Largura: 8,0m

17 Obras de Mbilidade Urbana EIXO 1: Entrncament da Av. Eng. Rbert Freire / Rua Missinári Gunnar Vingren DEMONSTRATIVO DE TRANSPORTE PÚBLICO EM 2009 Nº DE LINHAS VEL MÉD. HORA PICO VEÍC/DIA DEMANDA DIÁRIA NAS LINHAS 10 20,75 Km/h Descriçã da Obra: Descriçã da Obra: Cnstruçã de um túnel dupl (190,0m de cmpriment x 16,0m de largura) n leit da Avenida Engenheir Rbert Freire e demais adequações das vias marginais. Valr d Investiment: R$ 20,80 milhões DEMONSTRATIVO DE TRANSPORTE PÚBLICO EM 2015 Nº DE LINHAS VEL MÉD. HORA PICO VEÍC/DIA DEMANDA DIÁRIA NAS LINHAS 10 28,01 Km/h

18 Obras de Mbilidade Urbana Entrncament da Av. Eng. Rbert Freire / Rua Missinári Gunnar Vingren Av. Eng. Rbert Freire Prjet Rua Miss. Gunnar Vingren Túnel Dupl Cmpriment: 190,0m Largura: 16,0m Situaçã Atual

19 Obras de Mbilidade Urbana EIXO 1: Entrncament Av. Rbert Freire-Via Csteira DEMONSTRATIVO DE TRANSPORTE PÚBLICO EM 2009 Nº DE LINHAS VEL MÉD. HORA PICO VEÍC/DIA DEMANDA DIÁRIA NAS LINHAS 07 22,52 Km/h Descriçã da Obra: Cnstruçã de dis túneis (cm 195,00m de cmpriment x 9,0m de largura, cada) n leit da Avenida Engenheir Rbert Freire, incluind adequações gemétricas da rtatória e das vias marginais. Valr d Investiment: R$ 15,00 milhões

20 Obras de Mbilidade Urbana Entrncament Av. Eng. Rbert Freire - Via Csteira Via Csteira Prjet Av. Eng. Rbert Freire Seçã Tip Situaçã Atual Túneis 01 e 02 Cmpriment: 195,0m Largura: 22,0m

21 Obras Asseguradas após Matriz de Respnsabilidade Gvern d RiGrande d Nrte Implantaçã de VLT n Ramal Ribeira/Natal Extremz Valr d Investiment: R$ 130mi 1 RIBEIRA 2 ALECRIM 3 QUINTAS 4 IGAPÓ 5 SENHOR DO BONFIM 6 SANTA CATARINA 7 SALVADOR 8 SERRA NEGRA 9 SOLEDADE 10 SANTA MATILDE 11 NOVA NATAL 12 NORDELANDIA 13 ESTRELA DO MAR 14 EXTREMOZ DuplicaçãdaBR-304ntrechNatalàdivisacmCeará (Prvável)

22 Obras Asseguradas após Matriz de Respnsabilidade Prefeitura Municipal d Natal Túnel de Drenagem(Regiã d Centr Administrativ a Ri Ptengi) Valr d Investiment: R$ 160mi Drenagem de diverss Cnjunts na Zna Nrte; Drenagem e Pavimentaçã de N. S. Apresentaçã. Mbilidade Urbana 2 Valr d Investiment: R$ 150mi

23 Alguns benefícis e legads da Cpa d Mund 2014 Divulgaçã internacinal das atrações turísticas além sl e mar, aventura, cultura, negócis etc., cm a ampliaçã d turism intern, sbretud de destins pucs explrads; Melhria da infraestrutura e da mbilidade urbana, cm a ampliaçã e mdernizaçã ds serviçs de transprte públic; Melhr preparaçã e aprimrament da segurança pública; Ampliaçã ds psts de trabalh na indústria, cmérci, serviçs e turism, reduzind-se nível de desempreg; Salt de qualidade d setr turístic, cm uma mair qualificaçã prfissinal ds recurss humans e aument da empregabilidade valrizaçã pessal

24 Setres Beneficiads Turism(Meis de Hspedagem, Gastrnmia e Serviçs Turístics); Prduçã Assciada a Turism(Artesanat, Suvenirs, Cultura e Entreteniment); Cmérci Varejista e Serviçs(Setres de suprte e atendiment a turism); Empreendedres Individuais(ambulantes e demais prestadres de serviçs); *Indústria (Tecnlgia da Infrmaçã, Cnstruçã Civil, Cnfecções, Bnelaria, etc.) e Agrnegócis(Flricultura, Cachaça, fruticultura etc).

25 Secretaria Extrardinária para Assunts Relativs a Cpa SECOPA Fne: (84)

Estado IBGE MUNICIPIO 240010 ACARI 240020 ACU 240030 AFONSO BEZERRA 240040 AGUA NOVA 240050 Alexandria 240060 ALMINO AFONSO 240070 ALTO DO RODRIGUES

Estado IBGE MUNICIPIO 240010 ACARI 240020 ACU 240030 AFONSO BEZERRA 240040 AGUA NOVA 240050 Alexandria 240060 ALMINO AFONSO 240070 ALTO DO RODRIGUES Estado IBGE MUNICIPIO 240010 ACARI 240020 ACU 240030 AFONSO BEZERRA 240040 AGUA NOVA 240050 Alexandria 240060 ALMINO AFONSO 240070 ALTO DO RODRIGUES 240080 ANGICOS 240090 ANTONIO MARTINS 240100 Apodi 240110

Leia mais

UF Município Micro-Região Classificação Tipo

UF Município Micro-Região Classificação Tipo RN Acari Seridó Oriental Média Renda Inferior Estagnada RN Açu Vale do Açú Média Renda Inferior Estagnada RN Afonso Bezerra Angicos Baixa Renda Dinâmica RN Água Nova Serra de São Miguel Baixa Renda Estagnada

Leia mais

RANKING DA TRANSPARÊNCIA

RANKING DA TRANSPARÊNCIA Visão Nacional Índice Nacional de Transparência: 3,1 Governo Estadual Governo Municipal Capitais ES SC MT RS PB DF TO MG MA PE PI AL PA GO SP PR RJ AC AP SE RO BA RR AM CE MS 1,,8,5, 8,3 8,3 7, 7,7 7,5

Leia mais

Coordenação do Programa Estadual DST/AIDS e Hepatites Virais Sônia Cristina Lins da Silva

Coordenação do Programa Estadual DST/AIDS e Hepatites Virais Sônia Cristina Lins da Silva É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte. Boletim Epidemiológico - DST/Aids e Hepatites Virais Secretaria de Estado da Saúde Pública - SESAP Avenida Deodoro da Fonseca,

Leia mais

ANEXO III FERIADOS MUNICIPAIS 1

ANEXO III FERIADOS MUNICIPAIS 1 ANEXO III FERIADOS MUNICIPAIS 1 REGIÃO I COMARCA FERIADO MUNICIPAL PROMOTORIA 06 de Janeiro- Dia de Santos 16ª Natal Reis 21 de Novembro- Nossa Sra. Da Apresentação 41ª Natal REGIÃO II COMARCA FERIADO

Leia mais

Governadora Rosalba Ciarline. Secretário Estadual de Saúde Luiz Roberto Leite Fonseca

Governadora Rosalba Ciarline. Secretário Estadual de Saúde Luiz Roberto Leite Fonseca É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte. Boletim Epidemiológico - DST/Aids e Hepatites Virais Secretaria de Estado da Saúde Pública - SESAP Avenida Deodoro da Fonseca,

Leia mais

21ª Região - Rio Grande do Norte

21ª Região - Rio Grande do Norte 21ª Região - Rio Grande do Norte DISTRIBUIÇÃO DOS FEITOS DAS VARAS DE NATAL Criada pela Lei nº 8.215, de 25/07/1991 Diretora: Themis Godeiro Rodrigues Nunes Endereço: Av. Capitão Mor Gouveia, 1738 - Lagoa

Leia mais

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO SUVIGE/CPS/SESAP RN 12/06/2015

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO SUVIGE/CPS/SESAP RN 12/06/2015 GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE PÚBLICA COORDENADORIA DE PROMOÇÃO À SAÚDE SUBCOORDENADORIA DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA CENTRO DE INFORMAÇÃO ESTRATÉGICA EM VIGILANCIA

Leia mais

PLANO DA REDE ESTADUAL DE ATENÇÃO À SAÚDE AUDITIVA

PLANO DA REDE ESTADUAL DE ATENÇÃO À SAÚDE AUDITIVA GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE PÚBLICA COORDENADORIA DE PLANEJAMENTO E CONTROLE DO SISTEMA DE SAÚDE PLANO DA REDE ESTADUAL DE ATENÇÃO À SAÚDE AUDITIVA Natal/RN Março/2005

Leia mais

Promotorias de Justiça da Comarca de Natal (Capital)

Promotorias de Justiça da Comarca de Natal (Capital) Promotorias de Justiça da Comarca de Natal (Capital) 9ª Pro motoria de Justiça Av. Engenheiro Roberto Freire, 8790, Ponta Negra Natal/RN, CEP 59.092 000 Central do Cidadão do Praia Shopping Fone: (84)

Leia mais

DÂMOCLES PANTALEÃO LOPES TRINTA WALTER FERNANDES DE MIRANDA NETO SECRETÁRIO ADJUNTO DE PLANEJAMENTO DE OBRAS DA COPA 2014

DÂMOCLES PANTALEÃO LOPES TRINTA WALTER FERNANDES DE MIRANDA NETO SECRETÁRIO ADJUNTO DE PLANEJAMENTO DE OBRAS DA COPA 2014 INVESTIMENTOS EM MOBILIDADE URBANA PARA A COPA INVESTIMENTOS SECRETARIA ADJUNTA EM MOBILIDADE DE PLANEJAMENTO URBANA DE OBRAS PARA DA A COPA MOBILIDADE URBANA - COPA DÂMOCLES PANTALEÃO LOPES TRINTA SECRETÁRIO

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DO ESPORTE E DO LAZER SEEL. COPA GAROTO BOM DE BOLA 12 a 14 ANOS 2015 GRUPOS E TABELA

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DO ESPORTE E DO LAZER SEEL. COPA GAROTO BOM DE BOLA 12 a 14 ANOS 2015 GRUPOS E TABELA GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DO ESPORTE E DO LAZER SEEL COPA GAROTO BOM DE BOLA 12 a 14 ANOS 2015 GRUPOS E TABELA REGIÃO AGRESTE 09 EQUIPES Nº DE GRUPOS: 03 GRUPOS REGIÃO AGRESTE

Leia mais

Implantação do acesso a BR-406. Geométrica da Av. Capitão Mor Gouveia, Inclusive Construção de Pontilhão Elevado e Viaduto

Implantação do acesso a BR-406. Geométrica da Av. Capitão Mor Gouveia, Inclusive Construção de Pontilhão Elevado e Viaduto OBRA EIXOS (Trechos) DESCRIÇÃO DAS OBRAS 01 PRIORIDADE 1 Implantação do acesso a BR-406 entre o novo Aeroporto de São Gonçalo e VALORES (milhões de R$) 15,00 TOTAIS (milhões de R$) 02 PRIORIDADE 1 Corredor

Leia mais

PORTARIA Nº 257/2015 GS/SEARH

PORTARIA Nº 257/2015 GS/SEARH PORTARIA Nº 257/2015 GS/SEARH Regulamenta o Decreto nº 25.518, de 21 de setembro de 2015 e estabelece normas para a realização do Censo Cadastral Previdenciário dos servidores públicos, titular de cargo

Leia mais

Manual de Vigilância Sanitária

Manual de Vigilância Sanitária Manual de Vigilância Sanitária Subcoordenadoria de Vigilância Sanitária Rio Grande do Norte GOVERNADORA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Wilma Maria de Faria SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE PÚBLICA Adelmaro

Leia mais

COPA DO MUNDO DA FIFA BRASIL 2014 Cidade-sede Natal RN

COPA DO MUNDO DA FIFA BRASIL 2014 Cidade-sede Natal RN GT - INFRAESTRUTURA GT - INFRAESTRUTURA Grupo de Trabalho INFRAESTRUTURA Responsável pela proposição de projetos e operações de infraestrutura, além do acompanhamento na execução destes, necessários à

Leia mais

EDITAL. Programa de Apoio a Microprojetos Culturais no Estado do Rio Grande do Norte

EDITAL. Programa de Apoio a Microprojetos Culturais no Estado do Rio Grande do Norte EDITAL Programa de Apoio a Microprojetos Culturais no Estado do Rio Grande do Norte Com o objetivo de implementar as diretrizes traçadas pelo Programa Mais Cultura, regulamentado pelo Decreto nº. 6.226,

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 371, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2008.

RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 371, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2008. RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 371, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2008. Dispõe sobre a organização do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte, alterando a Lei Complementar 165, de 28 de abril

Leia mais

RELATÓRIO ESTATÍSTICO DAS VÍTIMAS FATAIS EM ACIDENTES DE TRÂNSITO, NO RIO GRANDE DO NORTE, NO ANO DE 2014.

RELATÓRIO ESTATÍSTICO DAS VÍTIMAS FATAIS EM ACIDENTES DE TRÂNSITO, NO RIO GRANDE DO NORTE, NO ANO DE 2014. GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO SETOR DE ESTATÍSTICA RELATÓRIO ESTATÍSTICO DAS VÍTIMAS FATAIS EM ACIDENTES DE TRÂNSITO, NO RIO GRANDE DO NORTE, NO ANO DE 2014.

Leia mais

Postos de Recebimento de Justificativa - 2º Turno

Postos de Recebimento de Justificativa - 2º Turno Postos de Recebimento de Justificativa - 2º Turno O eleitor que estiver viajando no dia da eleição terá de justificar sua ausência se houver segundo turno no seu domicílio eleitoral. Vale lembrar que a

Leia mais

Modernos conceitos de acessibilidade (estacionamento, assentos, banheiros, rampas e elevadores para o Portadores de Necessidades Especiais);

Modernos conceitos de acessibilidade (estacionamento, assentos, banheiros, rampas e elevadores para o Portadores de Necessidades Especiais); ARENA DAS DUNAS ARENA DAS DUNAS Descrição da Obra Construção de ARENA MULTIUSO para utilização na Copa 2014; PPP (Participação Público Privada) entre Governo do Estado do Rio Grande do Norte e a Arena

Leia mais

Uma nova proposta para a Agenda Ambiental Portuária

Uma nova proposta para a Agenda Ambiental Portuária Uma nva prpsta para a Agenda Ambiental Prtuária Marcs Maia Prt Gerente de Mei Ambiente O grande desafi a tratar cm as questões ambientais prtuárias é bter um resultad equilibrad que harmnize s cnflits

Leia mais

RÁDIO CIDADE NATAL 94,3 FM É SUCESSO!

RÁDIO CIDADE NATAL 94,3 FM É SUCESSO! RÁDIO CIDADE NATAL 94,3 FM É SUCESSO! A RÁDIO CIDADE NATAL 94,3 FM É SUCESSO PROGRAMAÇÃO MUSICAL FEITA SÓ DE SUCESSOS É sucesso! A melhor definição para a excelente seleção musical da Rádio Cidade Natal

Leia mais

APLICAÇÃO DE GEOPROCESSAMENTO NA ESPACIALIZAÇÃO DOS CASOS DE DENGUE NO ESTADO DO RN

APLICAÇÃO DE GEOPROCESSAMENTO NA ESPACIALIZAÇÃO DOS CASOS DE DENGUE NO ESTADO DO RN APLICAÇÃO DE GEOPROCESSAMENTO NA ESPACIALIZAÇÃO DOS CASOS DE DENGUE NO ESTADO DO RN DARLINGTON ROBERTO B. FARIAS REINALDO ANTÔNIO PETTA PAULO SÉRGIO DE REZENDE NASCIMENTO AMAURY GUSTAVO PAIVA MONTEIRO

Leia mais

Resultado das Manifestações

Resultado das Manifestações EDITAL 002/2015 - CHAMADA PÚBLICA DE APOIO A PROJETOS DE INOVAÇÃO PEDAGÓGICA (PIP) Posição Número da manifestação Organização Tipologia / Subtipologia Território Municipio Porte Pontuação 1 002.2015.03.0066

Leia mais

Um retrato dos serviços de saúde no Rio Grande do Norte Elizangela de Assis Duarte

Um retrato dos serviços de saúde no Rio Grande do Norte Elizangela de Assis Duarte Um retrato dos serviços de saúde no Rio Grande do Norte Elizangela de Assis Duarte Lára de Melo Barbosa Palavras-chave: condições de vida, oferta dos serviços de saúde, distribuição espacial Resumo: Na

Leia mais

NATAL. Agência Unimed Natal - Cidade Alta Endereço: Rua Apodi, 228 Bairro: Cidade Alta Horário de funcionamento: Segunda à Sexta - 08:00 às 17:30 hs

NATAL. Agência Unimed Natal - Cidade Alta Endereço: Rua Apodi, 228 Bairro: Cidade Alta Horário de funcionamento: Segunda à Sexta - 08:00 às 17:30 hs NATAL Agência Natal Shopping Endereço: Av. Senador Salgado Filho, 2234 - Natal Shopping Bairro: Candelária Horário de funcionamento: Segunda à Sexta - 10:00 às 21:00 hs Sábado até 20:00 hs Agência Unimed

Leia mais

Turismo Sénior. Outono / Inverno 2011-12. Benalmadena Benidorm Maiorca

Turismo Sénior. Outono / Inverno 2011-12. Benalmadena Benidorm Maiorca Turism Sénir Outn / Invern 2011-12 Benalmadena Benidrm Mairca Entidades envlvidas Oriznia é descbrir e desfrutar. É fazer cm a cnfiança que smente uma rganizaçã líder n sectr turístic ibéric pde ferecer.

Leia mais

WORKSHOP SOBRE PARCERIAS PÚBLICO- PRIVADAS E CONCESSÕES

WORKSHOP SOBRE PARCERIAS PÚBLICO- PRIVADAS E CONCESSÕES WORKSHOP SOBRE PARCERIAS PÚBLICO- PRIVADAS E CONCESSÕES Tribunal de Cntas da Uniã Marcel Pachec ds Guaranys Brasília, 22.11.2011 ROTEIRO Dads d setr Infraestrutura aeprtuária: desafis Definiçã da mdalidade

Leia mais

Eixo. Norte-Sul. Anhanguera Eixo. Preferenciais. Corredores

Eixo. Norte-Sul. Anhanguera Eixo. Preferenciais. Corredores Crredres Preferenciais Eix Anhanguera Eix Nrte-Sul Capital d Estad de Giás 200km a Sudeste de Brasília Fundada em 1933 1,4 milhões de habitantes Mais de 30 parques Em Giânia há uma única rede de serviçs

Leia mais

ATRIBUIÇÕES E GESTÃO DA VIGILÂNCIA SANITÁRIA

ATRIBUIÇÕES E GESTÃO DA VIGILÂNCIA SANITÁRIA ATRIBUIÇÕES E GESTÃO DA VIGILÂNCIA SANITÁRIA Natal-RN Agosto/2014 VIGILÂNCIA SANITÁRIA A Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990, no artigo 6º 1º, define a Vigilância Sanitária como: a) Eliminar, diminuir

Leia mais

DIAGNÓSTICO DO MERCADO DE TRABALHO NO RIO GRANDE DO NORTE

DIAGNÓSTICO DO MERCADO DE TRABALHO NO RIO GRANDE DO NORTE DIAGNÓSTICO DO MERCADO DE TRABALHO NO RIO GRANDE DO NORTE Convênio de Cooperação Financeira entre a Fundação Banco do Brasil e o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos Projeto

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE NÚCLEO DE ESTUDOS EM SAÚDE COLETIVA OBSERVATÓRIO RH NESC/UFRN

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE NÚCLEO DE ESTUDOS EM SAÚDE COLETIVA OBSERVATÓRIO RH NESC/UFRN UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE NÚCLEO DE ESTUDOS EM SAÚDE COLETIVA OBSERVATÓRIO RH NESC/UFRN Quem são os Gestores Municipais de Saúde no Rio Grande do Norte? Um estudo sobre o perfil Janete

Leia mais

REGULAÇÃO PARA RESÍDUOS SÓLIDOS E A SITUAÇÃO DO RN. Sérgio Bezerra Pinheiro

REGULAÇÃO PARA RESÍDUOS SÓLIDOS E A SITUAÇÃO DO RN. Sérgio Bezerra Pinheiro REGULAÇÃO PARA RESÍDUOS SÓLIDOS E A SITUAÇÃO DO RN Sérgio Bezerra Pinheiro Análise do Índice de Qualidade de Aterro de Resíduos (IQR) das áreas de destinação de resíduos sólidos urbanos do RN Destinação

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 9.934, DE 21 DE JANEIRO DE 2015.

RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 9.934, DE 21 DE JANEIRO DE 2015. RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 9.934, DE 21 DE JANEIRO DE 2015. Autoriza o Estado do Rio Grande do Norte, por intermédio do Poder Executivo, a contratar operação de crédito com o Banco do Brasil S.A. na forma

Leia mais

fornecimento de energia elétrica. Caso o serviço seja concluído antes do horário previsto, a rede será energizada sem qualquer outro aviso.

fornecimento de energia elétrica. Caso o serviço seja concluído antes do horário previsto, a rede será energizada sem qualquer outro aviso. DIA: 21.01.2015 (QUARTA-FEIRA) das 05:30 às 07:00 horas BAIRRO: LAGOA NOVA RUA: MORAIS NAVARRO E ADJACÊNCIAS. DIA: 21.01.2015 (QUARTA-FEIRA) das 06:30 às 08:30 horas BAIRRO: LAGOA NOVA AV. PRUDENTE DE

Leia mais

SUSTENTABILIDADE: A VISÃO DO CIDADÃO NORTE- RIOGRANDENSE SOBRE MEIO AMBIENTE

SUSTENTABILIDADE: A VISÃO DO CIDADÃO NORTE- RIOGRANDENSE SOBRE MEIO AMBIENTE SUSTENTBILIDDE: VISÃO DO CIDDÃO NORTE- RIOGRNDENSE SOBRE MEIO MBIENTE Eduard H. S. RÚJO (1); Bianca C. D. RÚJO (2); Paul E. V. CUNH (3); (1) Departament de Estatística Universidade Federal d Ri Grande

Leia mais

Investimento Global (R$ mi) 1 Belo Horizonte BRT: Antônio Carlos / Pedro I 726,4 382,3-344,2 -

Investimento Global (R$ mi) 1 Belo Horizonte BRT: Antônio Carlos / Pedro I 726,4 382,3-344,2 - Anexo A - Mobilidade Urbana Empreendimento (obra, projeto e desapropriação) 1 Belo Horizonte BRT: Antônio Carlos / Pedro I 726,4 382,3-344,2-2 Belo Horizonte Corredor Pedro II e Obras Complementares nos

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO - PRONATEC

PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO - PRONATEC UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS MACAÍBA ESCOLA AGRÍCOLA DE JUNDIAÍ PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO - PRONATEC MEC/FNDE/SETEC João Inácio da Silva Filho Coordenador

Leia mais

As capitais mais populosas do país

As capitais mais populosas do país 1 a Questã: (2,0 pnts) G a b a r i t G e g r a f i a O mapa apresenta as sete maires capitais d Brasil, em ppulaçã. Se, pr um lad, algumas dessas capitais cnfirmam tendências histricamente cnsagradas na

Leia mais

A Estratégia do Tribunal de Justiça do Rio Grande Do Sul

A Estratégia do Tribunal de Justiça do Rio Grande Do Sul A Estratégia d Tribunal de Justiça d Ri Grande D Sul PODER JUDICIÁRIO Missã: De acrd cm fundament d Estad, Pder Judiciári tem a Missã de, perante a sciedade, prestar a tutela jurisdicinal, a tds e a cada

Leia mais

ANEXO 1 LISTA DE ORGANIZAÇÕES SELECIONADAS, POR ORDEM DE CLASSIFICAÇÃO.

ANEXO 1 LISTA DE ORGANIZAÇÕES SELECIONADAS, POR ORDEM DE CLASSIFICAÇÃO. ANEXO 1 LISTA DE ORGANIZAÇÕES SELECIONADAS, POR ORDEM DE CLASSIFICAÇÃO. SUBTIPOLOGIA EMPREENDEDOR SOLIDÁRIO ORDEM DE CLASSIFICAÇÃO Nº da MI CNPJ ORGANIZAÇÃO TERRITÓRIO MUNICÍPIO SITUÇÃO NA CONTROL* 1 0154

Leia mais

DE TERMOS TRANSFERIDOS PARA SPU DOS BENS IMÓVEIS NÃO OPERACIONAIS

DE TERMOS TRANSFERIDOS PARA SPU DOS BENS IMÓVEIS NÃO OPERACIONAIS 49/2008 1099273-1 R OLAVO BILAC 21 ROCAS 1244208-0 RUA OLAVO BILAC n. 21 ROCAS 51/2008 1099263-0 ESPLANADA SILVA JARDIM S/N RIBEIRA 1241217-0 1240043-0 ESPLANADA SILVA JARDIM 169 RIBEIRA ESPLANADA SILVA

Leia mais

RECURSOS PÚBLICOS PARA O TURISMO

RECURSOS PÚBLICOS PARA O TURISMO N N Unid. Tip de Peridicidade An de An de Iníci série Cmparativ Âmbit temátic Nme d Indicadr Nme da fnte Fnte Divulgaçã Escp gegráfic Escp de análise Estratégia de utilizaçã d dad Observaçã Medida dad

Leia mais

GILMAR TADEU ALVES RIBEIRO. (Secopa São Paulo)

GILMAR TADEU ALVES RIBEIRO. (Secopa São Paulo) GILMAR TADEU ALVES RIBEIRO (Secopa São Paulo) O maior evento mundial Copa do Mundo Fifa Transmissão para todos os países e territórios do mundo, inclusive a Antártida e o Círculo Polar Ártico; Primeiro

Leia mais

1. No final da década de 1950 e início da década de 1960, qual foi a medida para povoar a Região Centro Oeste?

1. No final da década de 1950 e início da década de 1960, qual foi a medida para povoar a Região Centro Oeste? 1. "O Crist Redentr é uma estátua art déc que retrata Jesus Crist, lcalizada n bairr Santa Teresa, na cidade d Ri de Janeir, Brasil. Em 2007 fi eleit uma das nvas sete maravilhas d mund." Verdade u fals?

Leia mais

Comarca de Natal... 02

Comarca de Natal... 02 Sumário Comarca de Natal... 02 Sede da Procuradoria-Geral de Justiça... 02 Anexo da Sede da Procuradoria-Geral de Justiça... 05 Anexo II da Procuradoria-Geral de Justiça... 06 Sede das Promotorias de Justiça

Leia mais

Resultados do Programa de Eficiência Energética da COSERN PEE 2010

Resultados do Programa de Eficiência Energética da COSERN PEE 2010 Resultados do Programa de Eficiência Energética da COSERN PEE 2010 2008/2009 Situação: Concluído Promover a venda subsidiada de 3.000 refrigeradores eficientes em substituição a refrigeradores em estado

Leia mais

DIA: 11.02.2015 (QUARTA-FEIRA) das 09:00 às 13:00 horas MUNICÍPIO: SÃO GONÇALO DO AMARANTE LOCALIDADE: POVOADO GUANDUBA.

DIA: 11.02.2015 (QUARTA-FEIRA) das 09:00 às 13:00 horas MUNICÍPIO: SÃO GONÇALO DO AMARANTE LOCALIDADE: POVOADO GUANDUBA. DIA: 11.02.2015 (QUARTA-FEIRA) das 07:00 às 11:00 horas BAIRRO: BELO HORIZONTE RUA: PADRE FREIRE E ADJACÊNCIAS. DIA: 11.02.2015 (QUARTA-FEIRA) das 07:30 às 11:30 horas MUNICÍPIO: PATU RUA: JOÃO FERREIRA

Leia mais

3. VISÃO DE FUTURO E ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO DE LONGO PRAZO

3. VISÃO DE FUTURO E ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO DE LONGO PRAZO 3. VISÃO DE FUTURO E ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO DE LONGO PRAZO 47 48 3.1. VISÃO DE FUTURO DO MAIS RN PARA 2035 A classe empresarial ptiguar apresenta para a sciedade uma Visã de Futur usada e desafiadra.

Leia mais

MUNICÍPIO: LOCALIDADE: NOTA:

MUNICÍPIO: LOCALIDADE: NOTA: DIA: 31.07.2014 (QUINTA-FEIRA) DAS 05:00 às 09:00 horas BAIRRO: PETRÓPOLIS RUA CORONEL JOAQUIM MANOEL (NAS PROXIMIDADES DA RUA JOAQUIM FABRÍCIO) E ADJACÊNCIAS. DIA: 31.07.2014 (QUINTA-FEIRA) DAS 06:00

Leia mais

A atuação do Síndico Profissional é a busca do pleno funcionamento do condomínio. Manuel Pereira

A atuação do Síndico Profissional é a busca do pleno funcionamento do condomínio. Manuel Pereira A atuaçã d Síndic Prfissinal é a busca d plen funcinament d cndmíni Manuel Pereira Missã e Atividades Habilidade - Cnhecems prfundamente a rtina ds cndmínis e seus prblemas administrativs. A atuaçã é feita

Leia mais

O desafio da regulação econômico-financeira dos operadores públicos de serviços de saneamento básico no Brasil: primeiras experiências

O desafio da regulação econômico-financeira dos operadores públicos de serviços de saneamento básico no Brasil: primeiras experiências O desafi da regulaçã ecnômic-financeira ds peradres públics de serviçs de saneament básic n Brasil: primeiras experiências Karla Bertcc Trindade VI Fr Iber American de Regulación 11/11/2013 - Mntevide,

Leia mais

Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte GOVERNO DO ESTADO

Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte GOVERNO DO ESTADO EDITAL DE BOLSAS DE EXTENSÃO VINCULADAS AO PROJETO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA E EXTENSÃO RURAL ATER PARA INTEGRAÇÃO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS NOS TERRITÓRIOS DO RIO GRANDE DO NORTE N 016/2007/MDA/EMATER-RN O

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA SEDES DA COMARCA NATAL SEDE DA CANDELÁRIA RUA PROMOTOR MANOEL ALVES PESSÔA NETO, 97 - CANDELÁRIA - CEP: 59065-555 TÉRREO UNIDADE DESCRIÇÃO CONTATO RECEPÇÃO GUARITA VIGILÂNCIA RECEPÇÃO DIRETORIA ADMINISTRATIVA

Leia mais

DEFESA GERAL GERÊNCIA COMERCIAL SP: (11) 3372-0022 RJ: (21) 2263-1945 DF: (61) 3201-0071 RN: (84) 4009.0173

DEFESA GERAL GERÊNCIA COMERCIAL SP: (11) 3372-0022 RJ: (21) 2263-1945 DF: (61) 3201-0071 RN: (84) 4009.0173 DEFESA GERAL TÁ NA CLUBE, TÁ BOM DEMAIS! A CLUBE FM 97,9 é uma emissora eclética com uma programação musical afinada com o sucesso, contando com um casting de locutores e D'js antenados com o que há de

Leia mais

EDITAL 004/2014 1. CONDIÇÕES GERAIS

EDITAL 004/2014 1. CONDIÇÕES GERAIS EDITAL 004/2014 EDITAL DE CREDENCIAMENTO E SELEÇÃO PÚBLICA DE ENTIDADES SOCIOASSISTENCIAIS SEM FINS LUCRATIVOS E CONGÊNERES DE NATUREZA PÚBLICA/PRIVADA PARA ACESSO A DISTRIBUIÇÃO GRATUITA DE LEITE INTEGRAL

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO 001 / 2013

EDITAL DE SELEÇÃO 001 / 2013 EDITAL DE SELEÇÃO 001 / 2013 A Agência de Desenvolvimento Sustentável do Seridó ADESE, CNPJ: 04.634.516/0001-49, através do Termo de Parceria 001/ANA/2011, torna pública a abertura de processo seletivo

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Econômico Regional e Local dos Municípios do Pontal do Paranapanema

Plano de Desenvolvimento Econômico Regional e Local dos Municípios do Pontal do Paranapanema Plan de Desenvlviment Ecnômic Reginal e Lcal ds Municípis d Pntal d Paranapanema 1ª Etapa Diagnóstic Ecnômic e Definiçã de Cenáris Apresentaçã as municípis 20/08/2014 Cnvêni: Elabraçã: Plan de Desenvlviment

Leia mais

táxis compartilhados Shared-transport / Shared-taxi

táxis compartilhados Shared-transport / Shared-taxi Benefícis ds serviçs de transprte de táxis cmpartilhads Shared-transprt / Shared-taxi Reuniã de Especialistas sbre Transprte Urban Sustentável: Mdernizand e Trnand Eclógicas as Frtas de Táxis nas Cidades

Leia mais

MASTERCOMP ESCOLA DE INFORMÁTICA

MASTERCOMP ESCOLA DE INFORMÁTICA www.mastercmp.net 1 www.mastercmp.net www.mastercmp.net INFORMAÇO ES ADICIONAIS DO CURSO DE PROMODEL E MS PROJECT Prgramaçã: Carga hrária: 32 Hras Lcal: Sã Sebastiã d Paraís MG Prgramas usads n curs: MS

Leia mais

Resíduos Sólidos Urbanos: Como alavancar investimentos e viabilizar a implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos

Resíduos Sólidos Urbanos: Como alavancar investimentos e viabilizar a implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos Resídus Sólids Urbans: Cm alavancar investiments e viabilizar a implantaçã da Plítica Nacinal de Resídus Sólids Seminári BNDES-BID-ABDE Brasília, 07 de Mai de 2015 Área de Mei Ambiente Guilherme Martins

Leia mais

Investimento do Governo Federal em Mobilidade Urbana

Investimento do Governo Federal em Mobilidade Urbana Investimento do Governo Federal em Mobilidade Urbana PAC 2 SÃO PAULO R$ 241,5 bilhões R$ milhões Eixo 2011-2014 Pós 2014 TOTAL Transportes 55.427 2.169 57.596 Energia 57.578 77.936 135.513 Cidade Melhor

Leia mais

SEMINÁRIO FINANÇAS EFINANCIAMENTO VIABILIZANDO INVESTIMENTO NAS PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS 17 DE NOVEMBRO, 2014

SEMINÁRIO FINANÇAS EFINANCIAMENTO VIABILIZANDO INVESTIMENTO NAS PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS 17 DE NOVEMBRO, 2014 SEMINÁRIO FINANÇAS EFINANCIAMENTO VIABILIZANDO INVESTIMENTO NAS PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS 17 DE NOVEMBRO, 2014 ESTRATÉGIA DESEGMENTAÇÃO ESTRATÉGIA DE SEGMENTAÇÃO Estrutura segmentada vltada a estratégia

Leia mais

EDITAL 017/2012 ESMARN

EDITAL 017/2012 ESMARN ESCOLA DA MAGISTRATURA DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO DO CONCURSO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS DO PROGRAMA BOLSA ESTÁGIO DO PODER JUDICIÁRIO DO RIO GRANDE DO NORTE EDITAL 017/2012 ESMARN A Comissão

Leia mais

Infraestrutura turística: como Natal vai receber o turista em 2014?

Infraestrutura turística: como Natal vai receber o turista em 2014? Governo do Estado do Rio Grande do Norte Secretaria de Estado do Turismo PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DO TURISMO PRODETUR Infraestrutura turística: como Natal vai receber o turista em 2014? 29.09.2011 INFRA-ESTRUTURA

Leia mais

Preparação do país para a Copa do Mundo 2014 e a herança para

Preparação do país para a Copa do Mundo 2014 e a herança para Code-P0 Preparação do país para a Copa do Mundo 2014 e a herança para a engenharia brasileira O Mundial e o Desenvolvimento Federação Nacional dos Engenheiros (FNE) Manaus, 30 de março de 2012 Code-P1

Leia mais

Capítulo VII Projetos de eficiência energética em iluminação pública Por Luciano Haas Rosito*

Capítulo VII Projetos de eficiência energética em iluminação pública Por Luciano Haas Rosito* 20 Api O Setr Elétric / Julh de 2009 Desenvlviment da Iluminaçã Pública n Brasil Capítul VII Prjets de eficiência energética em iluminaçã pública Pr Lucian Haas Rsit* Neste capítul abrdarems s prjets de

Leia mais

UM PLANO NACIONAL PARA BANDA LARGA SUMÁRIO EXECUTIVO

UM PLANO NACIONAL PARA BANDA LARGA SUMÁRIO EXECUTIVO UM PLANO NACIONAL PARA BANDA LARGA SUMÁRIO EXECUTIVO um Plan Nacinal PARA Banda Larga Sumári Executiv Ministr de Estad das Cmunicações Senadr Héli Csta Secretári de Telecmunicações Rbert Pint Martins

Leia mais

Política de mobilidade urbana: integração ou segregação social?

Política de mobilidade urbana: integração ou segregação social? Política de mobilidade urbana: integração ou segregação social? Panorama das ações e projetos e hipóteses gerais da pesquisa Juciano Martins Rodrigues Aumento no tempo de deslocamento Crescimento do número

Leia mais

Gestor de Inovação e Empreendedorismo (m/f) GIE /15 P

Gestor de Inovação e Empreendedorismo (m/f) GIE /15 P A Pessas e Sistemas, empresa de Cnsultria na área da Gestã e ds Recurss Humans e cm atividade nas áreas de Recrutament e Seleçã, Frmaçã e Cnsultria, prcura para a Câmara Municipal de Amarante - Agência

Leia mais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL. Oportunidades e Desafios

COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL. Oportunidades e Desafios COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL Oportunidades e Desafios COPA DO MUNDO - OPORTUNIDADES Um evento esportivo do porte de uma Copa do Mundo é como uma grande vitrine do país no exterior e corresponde a um

Leia mais

Universidade Luterana do Brasil Faculdade de Informática. Disciplina de Engenharia de Software Professor Luís Fernando Garcia www.garcia.pro.

Universidade Luterana do Brasil Faculdade de Informática. Disciplina de Engenharia de Software Professor Luís Fernando Garcia www.garcia.pro. Universidade Luterana d Brasil Faculdade de Infrmática Disciplina de Engenharia de Sftware Prfessr Luís Fernand Garcia www.garcia.pr.br EVOLUÇÃO EM ENGENHARIA DE SOFTWARE 10 Sistemas Legads O investiment

Leia mais

3º Balanço das ações do Governo Brasileiro para a Copa- Abril 2012

3º Balanço das ações do Governo Brasileiro para a Copa- Abril 2012 Code-P0 3º Balanço das ações do Governo Brasileiro para a Copa- Abril 2012 Brasília, Maio de 2012 Code-P1 Conteúdo do documento Visão geral das ações Visão por tema 1 Code-P2 Ciclos dos preparativos do

Leia mais

Copa do Mundo FIFA 2014

Copa do Mundo FIFA 2014 1. Belo Horizonte Copa do Mundo FIFA 2014 CODE-2 Belo Horizonte Belo Horizonte Quantitativo de Empreendimentos e Investimentos por Tema Nº de Empreendimentos Investimento Total (R$ mi) Estádio Mobilidade

Leia mais

RELATÓRIO ESTATÍSTICO DAS INFRAÇÕES SOB JURISDIÇÃO DO DETRAN-RN, NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2014

RELATÓRIO ESTATÍSTICO DAS INFRAÇÕES SOB JURISDIÇÃO DO DETRAN-RN, NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2014 GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO SETOR DE ESTATÍSTICA RELATÓRIO ESTATÍSTICO DAS INFRAÇÕES SOB JURISDIÇÃO DO DETRAN-RN, NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2014 NATAL/RN Lista

Leia mais

Responsabilidade (R$ milhões) Contratado

Responsabilidade (R$ milhões) Contratado SELEÇÃO DE OBRAS DA COPA DE ACORDO COM O PORTAL DA TRASPARÊNCIA DA COPA DA CGU - ACESSO EM 27/09/2011 Belo Horizonte > Aeroportos e Portos > Aeroporto Tancredo Neves - Confins: Reforma e Ampliação da Pista

Leia mais

Geoprocessamento no gerenciamento das malhas fundiárias das Unidades de Conservação Federais

Geoprocessamento no gerenciamento das malhas fundiárias das Unidades de Conservação Federais MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE-ICMBi DIRETORIA DE AÇÕES SOCIOAMBIENTAIS E CONSOLIDAÇÃO TERRITORIAL EM UNIDADES DE CONSERVAÇÃO-DISAT COORDENAÇÃO GERAL

Leia mais

Software Utilizado pela Contabilidade: Datasul EMS 505. itens a serem inventariados com o seu correspondente registro contábil;

Software Utilizado pela Contabilidade: Datasul EMS 505. itens a serem inventariados com o seu correspondente registro contábil; TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS ESPECIALIZADOS DE ANÁLISE DA REDUÇÃO AO VALOR RECUPERÁVEL DE ATIVO PARA CÁLCULOS DO VALOR DO IMPAIRMENT E VIDA ÚTIL RESIDUAL, EM CONFORMIDADE COM O DISPOSTO

Leia mais

(1) (2) (3) Estágio II Semestral 6 Inovação e Desenvolvimento de Produtos Turísticos

(1) (2) (3) Estágio II Semestral 6 Inovação e Desenvolvimento de Produtos Turísticos Estági II Semestral 6 Invaçã e Desenvlviment de Prduts Turístics Desenvlviment e Operacinalizaçã de Prjects Turístics Inglês Técnic IV Legislaçã e Ética d Turism Opçã Semestral 4 6/6 Sistemas de Infrmaçã

Leia mais

Aliança Estratégica com a Delta Dezembro, 2011. Uma Consistente História de Investimento

Aliança Estratégica com a Delta Dezembro, 2011. Uma Consistente História de Investimento Aliança Estratégica cm a Delta Dezembr, 2011 Uma Cnsistente História de Investiment 1 Agenda Resum da Operaçã 1 Benefícis da Operaçã 2 2 Disclaimer O material a seguir é uma apresentaçã cnfidencial cntend

Leia mais

Programa Estadual de Mobilidade Urbana PROMOB PROGRAMA ESTADUAL DE MOBILIDADE URBANA PROMOB

Programa Estadual de Mobilidade Urbana PROMOB PROGRAMA ESTADUAL DE MOBILIDADE URBANA PROMOB PROGRAMA ESTADUAL DE MOBILIDADE URBANA PROMOB ARAÇOIABA 15.108 90 IGARASSU 82.277 323 ITAPISSUMA 20.116 74 ITAMARACÁ 15.858 65 PRAIA DE MARIA FARINHA A REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE Municípios: 14 População:

Leia mais

Infraestrutura Aeroportuária Copa do Mundo 2014

Infraestrutura Aeroportuária Copa do Mundo 2014 VI Seminário ALACPA de Pavimentos Aeroportuários e IV FAA Workshop Infraestrutura Aeroportuária Copa do Mundo 2014 28 Outubro 2009 Arq. Jonas M. Lopes INFRAERO Aeroportos - Copa do Mundo 2014 Belo Horizonte

Leia mais

Seminário de Gestão Resíduos Sólidos Urbanos

Seminário de Gestão Resíduos Sólidos Urbanos Seminári de Gestã Resídus Sólids Urbans EKOS 2015 Brasília, 27 de agst de 2015 Área de Mei Ambiente Martin Inguville martin.inguville@bndes.gv.br O Resídu Sólid Urban é apenas um ds tips de resídus, embra

Leia mais

Edital de Chamada Pública nº 01/2012 SEBRAE 2014

Edital de Chamada Pública nº 01/2012 SEBRAE 2014 Edital de Chamada Pública nº 01/2012 SEBRAE 2014 A Diretria d SEBRAE/RS trna públic presente edital e cnvida Artesãs representads pr Assciações e/u Cperativas de Artesanat d Ri Grande d Sul a inscreverem-se

Leia mais

PROGRAMAS/PROJECTOS. Indicador de Avaliaçã o. Programa /Projecto Objectivo Resultado

PROGRAMAS/PROJECTOS. Indicador de Avaliaçã o. Programa /Projecto Objectivo Resultado PROGRAMAS/PROJECTOS Prgrama /Prject Objectiv Resultad Indicadr de 1. Prgrama - Inserçã de Jvens na Vida Activa em particular s Candidats a Primeir Empreg Prmçã da inserçã de jvens n mercad de trabalh e

Leia mais

CALENDÁRIO DIOCESANO 2013 JANEIRO

CALENDÁRIO DIOCESANO 2013 JANEIRO CALENDÁRIO DIOCESANO 2013 JANEIRO 02 a 10 Escola Vocacional em João Pessoa/PB 10 a 20 Festa de São Sebastião em Jucurutu (Zonal IV) e Parelhas (Zonal V) 11 a 20 Festa de São Sebastião em Florânia (Zonal

Leia mais

RELATÓRIO MINISTERIAL OPERAÇÃO PHILIPPOS 2011

RELATÓRIO MINISTERIAL OPERAÇÃO PHILIPPOS 2011 Relatóri Ministerial Operaçã Philipps 2011 RELATÓRIO MINISTERIAL OPERAÇÃO PHILIPPOS 2011 Intrduçã Cnstituída através da Assembléia Geral realizada n dia 4 de abril de 2011, sediada na Av. d Cntrn, 7492

Leia mais

Levantamento sobre o número de bibliotecas escolares no Rio Grande do Norte.

Levantamento sobre o número de bibliotecas escolares no Rio Grande do Norte. Levantamento sobre o número de bibliotecas escolares no Rio Grande do Norte. www.observatoriodaeducacaodorn.org.br Natal, agosto de 2013. Justificativa A Lei Federal nº 12.244/10 (ver no slide seguinte)

Leia mais

O TCU E A COPA 2014 Ministro-Relator: Valmir Campelo

O TCU E A COPA 2014 Ministro-Relator: Valmir Campelo O TCU E A COPA 2014 Ministro-Relator: Valmir Campelo Adalberto Santos de Vasconcelos Coordenador-Geral da Área de Infraestrutura e da Região Sudeste Rafael Jardim Assessor do Ministro Valmir Campelo Brasília

Leia mais

O presente documento suporta a apreciação do ponto 3 da Agenda da Comissão de Acompanhamento, sendo composto por duas partes:

O presente documento suporta a apreciação do ponto 3 da Agenda da Comissão de Acompanhamento, sendo composto por duas partes: DOC. CA/N/15/08 PROGRAMA OPERACIONAL ALENTEJO EIXO 2 DESENVOLVIMENTO URBANO E EIXO 3 CONECTIVIDADE E ARTICULAÇÃO TERRITORIAL INSTRUMENTO: MOBILIDADE TERRITORIAL O presente dcument suprta a apreciaçã d

Leia mais

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES CIRCULAR AC Nº 07/2015

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES CIRCULAR AC Nº 07/2015 BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES CIRCULAR AC Nº 07/2015 Atualiza a Lista de Prduts, Linhas e Prgramas Passíveis de Outrga de Garantia pel Fund Garantidr para Investiments FGI.

Leia mais

Página 1 de 10 PROJETO E RELATÓRIO DE ATIVIDADES

Página 1 de 10 PROJETO E RELATÓRIO DE ATIVIDADES Página 1 de 10 PROJETO E RELATÓRIO DE ATIVIDADES Página 2 de 10 O Prjet Aliança O Prjet Aliança é uma idéia que evluiu a partir de trabalhs realizads cm pessas da cmunidade d Bairr da Serra (bairr rural

Leia mais

Secretaria Municipal de Obras. secretário Alexandre Pinto

Secretaria Municipal de Obras. secretário Alexandre Pinto Secretaria Municipal de Obras secretário Alexandre Pinto Investimentos recordes e precisos Obras em andamento R$ 5,5 bilhões Obras em licitação R$ 2 bilhões Obras a licitar R$ 190 milhões R$ 8,1 bilhões

Leia mais

Data Veículo Página Tamanho 21.06.2012 Turismo Paraense XX XX

Data Veículo Página Tamanho 21.06.2012 Turismo Paraense XX XX 21.06.2012 Turismo Paraense XX XX Grandes nomes do turismo brasileiro discutem ética, cidadania e sustentabilidade na FITA Mesa redonda com convidados especiais é destaque no primeiro dia de programação

Leia mais

Desempenho de Vendas 1º Trimestre/2015

Desempenho de Vendas 1º Trimestre/2015 Sã Paul, Brasil, 13 de abril de 2015 - O GPA [BM&FBOVESPA: PCAR4 (PN); NYSE: CBD] e Via Varej S.A. [BM&FBOVESPA:VVAR3 e VVAR11] anunciam desempenh das vendas d 1º trimestre de 2015. Desempenh de Vendas

Leia mais

NORMAS E PROCEDIMENTOS DA CAPITANIA DOS PORTOS DO RIO GRANDE DO NORTE - NPCP MARINHA DO BRASIL CAPITANIA DOS PORTOS DO RIO GRANDE DO NORTE - 2008 -

NORMAS E PROCEDIMENTOS DA CAPITANIA DOS PORTOS DO RIO GRANDE DO NORTE - NPCP MARINHA DO BRASIL CAPITANIA DOS PORTOS DO RIO GRANDE DO NORTE - 2008 - NORMAS E PROCEDIMENTOS DA CAPITANIA DOS PORTOS DO RIO GRANDE DO NORTE - NPCP MARINHA DO BRASIL CAPITANIA DOS PORTOS DO RIO GRANDE DO NORTE - 2008 - FINALIDADE NORMATIVA MARINHA DO BRASIL JI/JI/20/C CAPITANIA

Leia mais

III Seminário do Agronegócio. Financiamento e Marketing 24 e 25 de novembro de 2005 Auditório da Biblioteca Central Universidade Federal de Viçosa

III Seminário do Agronegócio. Financiamento e Marketing 24 e 25 de novembro de 2005 Auditório da Biblioteca Central Universidade Federal de Viçosa III Seminári d Agrnegóci Financiament e Marketing 24 e 25 de nvembr de 2005 Auditóri da Bibliteca Central Universidade Federal de Viçsa RELATÓRIO FINAL O EVENTO O III Seminári d Agrnegóci fi realizad dias

Leia mais

Pactuando responsabilidades para a redução da mortalidade materna e infantil do RN

Pactuando responsabilidades para a redução da mortalidade materna e infantil do RN GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE PÚBLICA GRUPO EXECUTIVO TEMÁTICO DA REDE CEGONHA COMITÊ DE LUTA PELA REDUÇÃO DA MORTALIDADE MATERNA, INFANTIL E NEONATAL Pactuando

Leia mais

CLIPPING ABERT DO DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO - DIA 01.08.2014 RADIODIFUSÃO SEÇÃO I MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES

CLIPPING ABERT DO DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO - DIA 01.08.2014 RADIODIFUSÃO SEÇÃO I MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES SEÇÃO I Localidade/UF MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES SECRETARIA DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO ELETRÔNICA PORTARIA Nº 505, DE 31 DE JULHO DE 2014 A SECRETÁRIA DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO ELETRÔNICA, no uso das

Leia mais