Janeiro/2012 Mossoró-RN

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Janeiro/2012 Mossoró-RN"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS AMBIENTAIS E TECNOLÓGICAS Prof. Rafael Oliveira Batista Coordenador Prof. José Francismar de Medeiros Vice-Coordenador Janeiro/2012 Mossoró-RN

2 Histórico do PPGID O Programa de Pós-Graduação em Irrigação e Drenagem (Mestrado acadêmico) foi criado em setembro de 2003, com o nome de Engenharia Agrícola, o qual foi alterado em 2005 para atender as recomendações da CAPES, passando para Programa de Pós-graduação em Irrigação e Drenagem. O curso iniciou suas atividades em março de 2006, sendo o mesmo recomendado pela CAPES em setembro de 2005, com o conceito três (03).

3 Histórico do PPGID O Programa de Pós-Graduação em Irrigação e Drenagem (Mestrado acadêmico) se uniu com o Programa de Pós- Graduação em Ciência do Solo (Mestrado acadêmico) criando o Programa de Pós-Graduação em Manejo de Solo e Água (Mestrado acadêmico e Doutorado) recomendado pela CAPES em outubro de 2011, com o conceito quatro (04).

4 Informações do PPGID Área de concentração: Irrigação e Drenagem Linhas de pesquisa: I - Engenharia de irrigação e drenagem II - Necessidade hídrica das culturas e manejo da irrigação III - Impactos da irrigação e da fertirrigação no solo e na planta

5 Colegiado do PPGID Coordenador: Prof. Rafael Oliveira Batista Vice-Coordenador: José Francismar de Medeiros Membro: Prof. Francisco de Queiroz Porto Filho Membro: Prof. José Espínola Sobrinho Membro: Vladimir Batista Figueirêdo Membro: Manoel Januário da Silva Júnior (Eleição dos docentes a cada dois anos) Representante discente: Wesley de Oliveira Santos Suplente discente: Herlon Bruno Ferreira Barreto (Eleição dos discentes anual Nova Eleição até agosto de 2012)

6 Apoio administrativo do PPGID Secretária: Maria Luzia Nogueira Telefone: (84)

7 Resumo do Regulamento do PPGID Estrutura Curricular Parágrafo único do Art. 42 As atividades de Seminário, Estágio de Docência, Trabalho de Dissertação e Exame de Proficiência em Língua Estrangeira não são consideradas como disciplinas, mas como Atividades Acadêmicas. Art. 43. A duração dos cursos de mestrado no PPGID deverá observar os limites mínimos e máximos de 12 e 24 meses, contados a partir do mês/ano da matrícula inicial no curso até o mês/ano da defesa da dissertação. Art. 44. O número mínimo de créditos exigido para integralização do Curso de mestrado no PPGID é de 24 (vinte e quatro) créditos.

8 Verificação do Rendimento Acadêmico Art. 46. Em cada disciplina, o rendimento acadêmico para fins de registro no Histórico Escolar será expresso mediante nota referente à média final do discente na disciplina, variando de 0,0 (zero) a 10,0 (dez), utilizando uma casa decimal. Parágrafo único. O discente que obtiver média final igual ou superior a 7,0 (sete) em uma disciplina que, tem frequentado um mínimo de 75 % (setenta e cinco por cento) das aulas será considerado aprovado. Art. 47. A verificação do rendimento acadêmico do discente nas Atividades Acadêmicas de Seminário, Estágio de Docência, Trabalho de Dissertação, e Exame de Proficiência em Língua Estrangeira será feita pelo docente responsável, o qual atribuirá o resultado Aprovado ou Reprovado.

9 Desligamento e do Abandono Art. 51. Será desligado do PPGID o discente que: I for reprovado em três disciplinas diferentes ou duas vezes na mesma disciplina; II não for aprovado no exame de proficiência em língua estrangeira, dentro dos prazos estabelecidos por este Regulamento; III não houver integralizado o número mínimo de créditos exigidos no prazo máximo estabelecido por este Regulamento;

10 Desligamento e do Abandono IV por duas vezes for reprovado em uma das Atividades Acadêmicas; Art. 52. Será considerado em situação de abandono do PPGID o discente que, em qualquer período letivo regular, não efetuar sua matrícula em disciplina(s) ou em alguma das Atividades Acadêmicas. Exigência de Línguas Estrangeiras 3º do Art 56. A aprovação no exame de proficiência em língua estrangeira deverá ocorrer até a primeira semana do terceiro período letivo, contados a partir do ingresso do discente no PPGID.

11 Projeto de Dissertação Art. 57. Todo discente deverá apresentar à Coordenação do PPGID, com a concordância de seu orientador, um projeto de pesquisa para o desenvolvimento de sua dissertação, conforme o caso. 1º. O prazo para apresentação do Projeto de Dissertação de que trata o caput deste artigo não poderá ultrapassar 12 (doze) meses contados a partir do ingresso do discente no PPGID. 2º. O não cumprimento do prazo estipulado no parágrafo anterior impedirá a matrícula do discente no PPGID para o período letivo seguinte.

12 Dissertação Art. 62. Para a defesa da Dissertação, deverá o discente regularmente matriculado, dentro dos prazos estabelecidos no artigo 43 deste Regulamento, satisfazer aos seguintes requisitos: - ter recomendação formal do orientador para a defesa da dissertação; - ter cumprido o número mínimo de créditos; - ter sido aprovado no exame de proficiência em língua estrangeira; - ter sido aprovado na defesa do projeto de dissertação.

13 Dissertação Art. 64. Para fins de defesa da dissertação, o Colegiado do PPGID, ouvido o orientador, homologará a composição da Banca Examinadora e informará sobre a data, local e hora de realização da defesa. Art. 65. A defesa da dissertação será realizada publicamente. 3º do Art. 66. O prazo de que trata o parágrafo anterior não pode ultrapassar 90 (noventa) dias após a data da defesa, sob pena do discente perder o direito de receber o título de mestre.

14 Obtenção do Grau e Expedição do Diploma 1º do Art. 71 Caberá à Coordenação do PPGID encaminhar à PROPPG o processo devidamente protocolado autorizando a expedição do Diploma de que trata o caput deste artigo, instruído dos seguintes documentos: I) requerimento do discente solicitando o diploma; II) certidão do Colegiado do PPGID atestando que o discente cumpriu todas as exigências para obtenção do grau de mestre; III) comprovante de quitação do discente com a Biblioteca da UFERSA;

15 Obtenção do Grau e Expedição do Diploma IV) fotocópia autenticada do Diploma de Graduação, para concluintes do mestrado; e V) fotocópias autenticadas da Carteira de Identidade e do CPF do discente concluinte.

16 Obrigado pela atenção

Faculdade de Serviço Social Programa de Pós-Graduação em Serviço Social Regulamento

Faculdade de Serviço Social Programa de Pós-Graduação em Serviço Social Regulamento Faculdade de Serviço Social Programa de Pós-Graduação em Serviço Social Regulamento Capítulo I Da Atribuição e Organização Geral Art. 1 - O Programa de Pós-Graduação em Serviço Social (PPGSS), vinculado

Leia mais

ANEXO 7.1 REGULAMENTO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA E ENSINO DE CIÊNCIAS-LATO SENSU

ANEXO 7.1 REGULAMENTO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA E ENSINO DE CIÊNCIAS-LATO SENSU MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS ANEXO 7.1 REGULAMENTO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA E ENSINO DE CIÊNCIAS-LATO SENSU CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS

Leia mais

Universidade Federal de Juiz de Fora Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional PROFMAT. Regimento Interno do PROFMAT UFJF

Universidade Federal de Juiz de Fora Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional PROFMAT. Regimento Interno do PROFMAT UFJF Universidade Federal de Juiz de Fora Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional PROFMAT Regimento Interno do PROFMAT UFJF Da Natureza e dos Objetivos Art. 1º O Mestrado Profissional em Matemática

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE ODONTOLOGIA PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE ODONTOLOGIA PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE ODONTOLOGIA PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO Capítulo I Da Atribuição e Organização Geral Art. 1 - O Programa de Pós-Graduação em Odontologia,

Leia mais

Orientações ao Aluno PPGEP. Apresentação 24/set/2012

Orientações ao Aluno PPGEP. Apresentação 24/set/2012 Orientações ao Aluno PPGEP Apresentação 24/set/2012 Introdução Esta apresentação é um resumo do conteúdo do Manual do Aluno Deve ser complementada pelo Regimento Interno (referenciado aqui como Regimento)

Leia mais

REGIMENTO DO CURSO DE MESTRADO ACADÊMICO EM ENGENHARIA MECATRÔNICA

REGIMENTO DO CURSO DE MESTRADO ACADÊMICO EM ENGENHARIA MECATRÔNICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE TECNOLOGIA MESTRADO EM ENGENHARIA MECATRÔNICA REGIMENTO DO CURSO DE MESTRADO ACADÊMICO EM ENGENHARIA MECATRÔNICA Natal / abril de 2013 I DAS FINALIDADES

Leia mais

Art. 1º - Estabelecer as normas para implementação de Cursos e Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu.

Art. 1º - Estabelecer as normas para implementação de Cursos e Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Av. Ville Roy, 5315 Bairro São Pedro 69.301-001 - Boa Vista/RR Fone (095)621-3108 Fax (095)621-3101 Resolução

Leia mais

CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS

CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA POLITÉCNICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA INDUSTRIAL Rua Professor Aristides Novis, nº 02 Federação EP/UFBA

Leia mais

TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS DO PROGRAMA

TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS DO PROGRAMA REGIMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU, NÍVEL DE MESTRADO, EM ECOLOGIA E CONSERVAÇÃO, MINISTRADO PELA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMIÁRIDO TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES CAPÍTULO

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 005 PPGDC DEFESA DE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO

INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 005 PPGDC DEFESA DE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 005 PPGDC DEFESA DE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO Estabelece Normas para a defesa de Dissertação de Mestrado no âmbito do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Desenvolvimento

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA DA FCA/UNESP

REGULAMENTO PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA DA FCA/UNESP REGULAMENTO PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA DA FCA/UNESP Estabelecido pela Resolução UNESP n. 21, de 15-4-2013 (Publicado no DOE de 16/04/2013, Seção I, Pág. 39 e 40) Alterada pela Resolução UNESP

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO Nº 35/2013 Autoriza a reformulação do Curso de Especialização em Engenharia Econômica. O CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, no uso da competência que lhe atribui o parágrafo

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL - ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO DOS OBJETIVOS E ORGANIZAÇÃO DIDÁTICA

REGULAMENTO DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL - ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO DOS OBJETIVOS E ORGANIZAÇÃO DIDÁTICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS PRÓ-REITORIA DE PÓS GRADUAÇÃO - PROPP FACULDADE DE EDUCAÇÃO - FAED DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL - ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES DEPARTAMENTO DE ECONOMIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES DEPARTAMENTO DE ECONOMIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES DEPARTAMENTO DE ECONOMIA REGIMENTO INTERNO E DE FUNCIONAMENTO DO CURSO DE PÓS- GRADUAÇÃO EM ECONOMIA NÍVEL DE MESTRADO CAPÍTULO

Leia mais

Faculdade de Biociências Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular. Regulamento

Faculdade de Biociências Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular. Regulamento Faculdade de Biociências Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular Capítulo I Da Atribuição e Organização Geral Regulamento Art. 1 - O Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular

Leia mais

NORMAS DO PROGRAMA DE MESTRADO NACIONAL PROFISSIONAL EM ENSINO DE FÍSICA - MNPEF, POLO UFABC.

NORMAS DO PROGRAMA DE MESTRADO NACIONAL PROFISSIONAL EM ENSINO DE FÍSICA - MNPEF, POLO UFABC. NORMAS DO PROGRAMA DE MESTRADO NACIONAL PROFISSIONAL EM ENSINO DE FÍSICA - MNPEF, POLO UFABC. O Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física MNPEF, é um mestrado profissional em rede, coordenado

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU ENGENHARIA FLORESTAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

Faculdade de Medicina Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde Regulamento

Faculdade de Medicina Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde Regulamento Faculdade de Medicina Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde Regulamento Capítulo I Da Atribuição e Organização Geral Art. 1 - O Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde

Leia mais

Regimento do Curso de Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia de Alimentos. Da Natureza, Finalidades e Objetivos

Regimento do Curso de Mestrado Profissional em Ciência e Tecnologia de Alimentos. Da Natureza, Finalidades e Objetivos Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais Campus Rio Pomba Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Leia mais

TITULO I DISPOSIÇÕES INICIAIS

TITULO I DISPOSIÇÕES INICIAIS REGIMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA CELULAR E DO DESENVOLVIMENTO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA MESTRADO E DOUTORADO TITULO I DISPOSIÇÕES INICIAIS Art.

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO DOUTORADO EM ENGENHARIA QUÍMICA

REGULAMENTAÇÃO DO DOUTORADO EM ENGENHARIA QUÍMICA COPPE/UFRJ PROGRAMA DE ENGENHARIA QUÍMICA REGULAMENTAÇÃO DO DOUTORADO EM ENGENHARIA QUÍMICA O Doutorado em Engenharia Química exige, além do atendimento das condições dispostas na Regulamentação dos Cursos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DE TECNOLOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DE TECNOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DE TECNOLOGIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO REGIMENTO INTERNO TITULO I Dos Objetivos Art. 1º - O Programa de Pós-Graduação

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 65/2015 Altera o Regulamento do Programa de Pós- Graduação em Linguística, em nível

Leia mais

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA MATRÍCULA NA PÓS-GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA MATRÍCULA NA PÓS-GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA MATRÍCULA NA PÓS-GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA 1 foto 3x4 Formulários de Inscrição/Matrícula (abaixo) Cópia da Certidão de Nascimento/Casamento Cópia do RG Cópia do CPF Cópia

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA ANIMAL

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA ANIMAL REGIMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU NÍVEIS DE MESTRADO E DOUTORADO EM CIÊNCIA ANIMAL (Aprovado pela Resolução CONSUNI / UFERSA nº 013 / 2010, de 30 de junho de 2010) TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO Nº 31 /2012

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO Nº 31 /2012 DELIBERAÇÃO Nº 31 /2012 Autoriza a criação do Curso de Especialização em Gestão dos Processos Educativos na Escola Administração e Supervisão Escolar. O CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ INSTITUTO DE CULTURA E ARTE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FILOSOFIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ INSTITUTO DE CULTURA E ARTE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FILOSOFIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ INSTITUTO DE CULTURA E ARTE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FILOSOFIA REGIMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FILOSOFIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ Maio/2011 1

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA CELULAR E ESTRUTURAL DA ORGANIZAÇÃO GERAL

REGIMENTO INTERNO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA CELULAR E ESTRUTURAL DA ORGANIZAÇÃO GERAL REGIMENTO INTERNO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA CELULAR E ESTRUTURAL DA ORGANIZAÇÃO GERAL Art. 1 - O Departamento de Biologia Geral (DBG), com a colaboração de outros Departamentos da U.F.V, oferece

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA Artigo 1º O Programa de Pós-graduação stricto sensu em Engenharia Mecânica, da Faculdade de Engenharia do câmpus de Bauru, será estruturado

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU SOCIEDADE E DESENVOLVIMENTO - NÍVEL DE MESTRADO

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU SOCIEDADE E DESENVOLVIMENTO - NÍVEL DE MESTRADO UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PARANÁ CÂMPUS DE CAMPO MOURÃO REGULAMENTO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU SOCIEDADE E DESENVOLVIMENTO - NÍVEL DE MESTRADO CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E DA ORGANIZAÇÃO Art.

Leia mais

Regimento do Programa de Pós-Graduação em Psicologia em nível de Mestrado da Universidade Tuiuti do Paraná. Título I Objetivos

Regimento do Programa de Pós-Graduação em Psicologia em nível de Mestrado da Universidade Tuiuti do Paraná. Título I Objetivos Regimento do Programa de Pós-Graduação em Psicologia em nível de Mestrado da Universidade Tuiuti do Paraná Título I Objetivos Art 1º. O Programa de Pós-Graduação em Psicologia, em nível de Mestrado, visa

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO PARA OBTENÇÃO DO MESTRADO NO PROGRAMA DE ENGENHARIA BIOMÉDICA COPPE/UFRJ

REGULAMENTAÇÃO PARA OBTENÇÃO DO MESTRADO NO PROGRAMA DE ENGENHARIA BIOMÉDICA COPPE/UFRJ REGULAMENTAÇÃO PARA OBTENÇÃO DO MESTRADO NO PROGRAMA DE ENGENHARIA BIOMÉDICA COPPE/UFRJ I INSCRIÇÃO E SELEÇÃO I.1. Poderão se inscrever para o processo seletivo de ingresso no Curso de Mestrado do Programa

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 020/2015 DE 05 DE MARÇO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 020/2015 DE 05 DE MARÇO DE 2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 020/2015 DE 05

Leia mais

REGIMENTO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU DIREITO DA SAÚDE: DIMENSÕES INDIVIDUAIS E COLETIVAS

REGIMENTO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU DIREITO DA SAÚDE: DIMENSÕES INDIVIDUAIS E COLETIVAS REGIMENTO Recomendado pela PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU DIREITO DA SAÚDE: DIMENSÕES INDIVIDUAIS E COLETIVAS O Regimento do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Direito da Saúde: Dimensões

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA FLORESTAL DA FCA/UNESP

REGULAMENTO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA FLORESTAL DA FCA/UNESP REGULAMENTO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA FLORESTAL DA FCA/UNESP Seção de Pós-Graduação 1 UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRONÔMICAS CÂMPUS DE BOTUCATU REGULAMENTO DO PROGRAMA

Leia mais

Universidade de São Paulo Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Programa de Pós-Graduação em Psicologia.

Universidade de São Paulo Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Programa de Pós-Graduação em Psicologia. Universidade de São Paulo Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Programa de Pós-Graduação em Psicologia Normas gerais I COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA I.1. A Comissão

Leia mais

REGIMENTO DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA

REGIMENTO DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO BOLETIM OFICIAL NÚMERO ESPECIAL SUMÁRIO REGIMENTO DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA B. O. UFPE, RECIFE V. 44 Nº 37 ESPECIAL

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO Nº. 025/08

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO Nº. 025/08 DELIBERAÇÃO Nº. 025/08 Autoriza a reformulação do Curso de Especialização em Endodontia. O CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, no uso da competência que lhe atribui o parágrafo único do artigo

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS PPGCTA RESOLUÇÃO Nº 01/2016 PPGCTA

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS PPGCTA RESOLUÇÃO Nº 01/2016 PPGCTA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS PPGCTA RESOLUÇÃO Nº 01/2016 PPGCTA Estabelece o regime didático para o Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos do Programa de Pós-Graduação

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA - FCT/UNESP CAMPUS DE PRESIDENTE PRUDENTE REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO (PPGE)

FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA - FCT/UNESP CAMPUS DE PRESIDENTE PRUDENTE REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO (PPGE) FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA - FCT/UNESP CAMPUS DE PRESIDENTE PRUDENTE REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO (PPGE) Resolução UNESP nº de / /2012 Aprova o Regulamento do Programa de

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDOS LITERÁRIOS REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LETRAS,

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDOS LITERÁRIOS REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LETRAS, PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDOS LITERÁRIOS REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LETRAS, ÁREA DE CONCENTRAÇÃO ESTUDOS LITERÁRIOS TÍTULO I DA NATUREZA E OBJETIVOS Art. 1º Este regulamento se

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MATERIAIS DA UNESP (POSMAT)

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MATERIAIS DA UNESP (POSMAT) REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MATERIAIS DA UNESP (POSMAT) Dos objetivos Artigo 1º O Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia de Materiais da UNESP (POSMAT),

Leia mais

MANUAL DO PÓS-GRADUANDO DO PROGRAMA DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO

MANUAL DO PÓS-GRADUANDO DO PROGRAMA DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO MANUAL DO PÓS-GRADUANDO DO PROGRAMA DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO ORIENTADOR A definição de orientador durante o processo seletivo é feita em função da afinidade de tema de pesquisa entre orientador e orientando,

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ETNOBIOLOGIA E CONSERVAÇÃO DA NATUREZA -Mestrado e Doutorado-

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ETNOBIOLOGIA E CONSERVAÇÃO DA NATUREZA -Mestrado e Doutorado- PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ETNOBIOLOGIA E CONSERVAÇÃO DA NATUREZA -Mestrado e Doutorado- URCA UEPB MANUAL DO PPGEtno Recife, 2016 1 O que é o PPGEtno? O Programa de Pós-Graduação em Etnobiologia e Conservação

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO DOUTORADO EM ENGENHARIA QUÍMICA

REGULAMENTAÇÃO DO DOUTORADO EM ENGENHARIA QUÍMICA COPPE/UFRJ PROGRAMA DE ENGENHARIA QUÍMICA REGULAMENTAÇÃO DO DOUTORADO EM ENGENHARIA QUÍMICA O Doutorado em Engenharia Química exige, além do atendimento das condições dispostas na Regulamentação dos Cursos

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO Nº 33/2013 Autoriza a criação do Curso de Especialização em Direito e Economia da Regulação e da Concorrência. O CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, no uso da competência que

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO Comissão Permanente de Processo Seletivo - CPPS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO Comissão Permanente de Processo Seletivo - CPPS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO Comissão Permanente de Processo Seletivo - CPPS SELEÇÃO PARA VAGAS DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE REOPÇÃO 2017.2

Leia mais

REGIMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENGENHARIA QUÍMICA DA UFPR CURITIBA 2013

REGIMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENGENHARIA QUÍMICA DA UFPR CURITIBA 2013 REGIMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENGENHARIA QUÍMICA DA UFPR CURITIBA 2013 Em complemento às normas gerais da UFPR para cursos de pós-graduação stricto sensu estabelecidas pela Resolução

Leia mais

REGULAMENTO DA DEFESA DE DISSERTAÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO STRICTO SENSU DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA - IFSP

REGULAMENTO DA DEFESA DE DISSERTAÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO STRICTO SENSU DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA - IFSP REGULAMENTO DA DEFESA DE DISSERTAÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO STRICTO SENSU DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA - IFSP DO OBJETIVO Normatiza as atividades relacionadas à defesa

Leia mais

Normas do PPG em Recursos Florestais I - COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA (CCP)

Normas do PPG em Recursos Florestais I - COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA (CCP) Normas do PPG em Recursos Florestais ESALQ-USP (aprovado CCP em 26.05.2009) I - COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA (CCP) A Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Recursos Florestais

Leia mais

Faculdade de Direito e Relações Internacionais Programa de Pós-graduação Fronteiras e Direitos Humanos

Faculdade de Direito e Relações Internacionais Programa de Pós-graduação Fronteiras e Direitos Humanos REGULAMENTO DO ESTÁGIO DOCENTE DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO FRONTEIRAS E DIREITOS HUMANOS -FADIR/UFGD Estabelece os procedimentos para a realização e acompanhamento de estágios de docência para Discentes

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE PÓS-GRADUAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE PÓS-GRADUAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE PÓS-GRADUAÇÃO RESOLUÇÃO Nº 07/2017 Aprova a nova redação do Regulamento do Programa de Pós-Graduação

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTAL Resolução UNESP nº 02, de 11 de janeiro de 2016 Aprova o Regulamento do Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil e Ambiental,

Leia mais

Normas do PPG em Economia Aplicada ESALQ-USP (aprovado CCP em 15/04/2009)

Normas do PPG em Economia Aplicada ESALQ-USP (aprovado CCP em 15/04/2009) Normas do PPG em Economia Aplicada ESALQ-USP (aprovado CCP em 15/04/2009) I - COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA (CCP) A Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Economia Aplicada

Leia mais

Esta seção apresenta de forma resumida as etapas a serem cumpridas pelos alunos regularmente matriculados

Esta seção apresenta de forma resumida as etapas a serem cumpridas pelos alunos regularmente matriculados ESTRUTURA CURRICULAR Esta seção apresenta de forma resumida as etapas a serem cumpridas pelos alunos regularmente matriculados nos cursos de Mestrado e Doutorado. Ela não dispensa a leitura do Regimento

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB Recredenciada pelo Decreto Estadual N.º 9.996, de

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB Recredenciada pelo Decreto Estadual N.º 9.996, de UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB Recredenciada pelo Decreto Estadual N.º 9.996, de 02.05.2006 EDITAL Nº 054/2015 SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA ALUNO ESPECIAL NO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM NÍVEL

Leia mais

Regulamento. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Capítulo I Da Atribuição e Organização Geral

Regulamento. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Capítulo I Da Atribuição e Organização Geral Capítulo I Da Atribuição e Organização Geral Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Regulamento Art. 1 - O Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica (Geronbio), vinculado ao Instituto

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDOS LITERÁRIOS REGULAMENTO PARA ALUNOS INGRESSANTES A PARTIR DO ANO DE 2005 Resolução UNESP - 50, de

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDOS LITERÁRIOS REGULAMENTO PARA ALUNOS INGRESSANTES A PARTIR DO ANO DE 2005 Resolução UNESP - 50, de PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDOS LITERÁRIOS REGULAMENTO PARA ALUNOS INGRESSANTES A PARTIR DO ANO DE 2005 Resolução UNESP - 50, de 12-05-2005 TÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS Artigo 1º - O Programa

Leia mais

RESOLUÇÃO UNESP Nº 01, DE 14 DE JANEIRO DE 2010.

RESOLUÇÃO UNESP Nº 01, DE 14 DE JANEIRO DE 2010. RESOLUÇÃO UNESP Nº 01, DE 14 DE JANEIRO DE 2010. Aprova o Regulamento do Programa de Pósgraduação em Engenharia Civil e Ambiental, Curso de Mestrado Acadêmico, da Faculdade de Engenharia do Câmpus de Bauru

Leia mais

Artigo 2º - Esta Resolução entrará em vigor na data de sua publicação.

Artigo 2º - Esta Resolução entrará em vigor na data de sua publicação. RESOLUÇÃO UNESP Nº 45, DE 23 DE MARÇO DE 2012. Aprova o Regulamento do Programa de Pós-graduação em Educação, Cursos de Mestrado Acadêmico e Doutorado, do Instituto de Biociências do Câmpus de Rio Claro.

Leia mais

UNIVERSIDADE BRASIL. Programa de Pós Graduação Stricto Sensu. Ciências Ambientais PPGCA REGIMENTO

UNIVERSIDADE BRASIL. Programa de Pós Graduação Stricto Sensu. Ciências Ambientais PPGCA REGIMENTO UNIVERSIDADE BRASIL Programa de Pós Graduação Stricto Sensu Ciências Ambientais PPGCA REGIMENTO 2015 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS/PPGCA CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL REGIMENTO Artigo

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS/FISICA EDITAL 16/2015.

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS/FISICA EDITAL 16/2015. EDITAL 16/2015. Edital de Inscrição, Seleção e Matrícula para o curso de Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Ciências - Área de Concentração em Física. DOUTORADO EM CIÊNCIAS/FÍSICA 1º Semestre -

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU DA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO UFERSA

REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU DA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO UFERSA REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU DA UFERSA 2011 TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS DOS CURSOS E PROGRAMAS Art. 1º Os Cursos e Programas

Leia mais

REGIMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA

REGIMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO BOLETIM OFICIAL NÚMERO ESPECIAL SUMÁRIO REGIMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA B. O. UFPE, RECIFE V. 44 Nº 05 ESPECIAL PÁG. 01 10 12

Leia mais

REGULAMENTO DA ORGANIZAÇÃO DIDÁTICO- PEDAGÓGICA DOS CURSOS DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS MODERNAS DA UTFPR

REGULAMENTO DA ORGANIZAÇÃO DIDÁTICO- PEDAGÓGICA DOS CURSOS DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS MODERNAS DA UTFPR Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional REGULAMENTO DA ORGANIZAÇÃO DIDÁTICO- PEDAGÓGICA DOS CURSOS DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS MODERNAS

Leia mais

Universidade de São Paulo Escola de Engenharia de Lorena

Universidade de São Paulo Escola de Engenharia de Lorena Regulamento do Programa de Pós-Graduação Mestrado Profissional Projetos Educacionais de Ciências I - COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO COORDENADORA DE PROGRAMA (CCP) A CCP terá como membros titulares 3 (três) orientadores

Leia mais

NORMAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO ENGENHARIA DE MATERIAIS I COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA (CCP- PPGEM)

NORMAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO ENGENHARIA DE MATERIAIS I COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA (CCP- PPGEM) 1 NORMAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO ENGENHARIA DE MATERIAIS I COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA (CCP- PPGEM) A Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Materiais

Leia mais

EDITAL 009/2015 SELEÇÃO AO CURSO DE DOUTORADO EM EDUCAÇÃO

EDITAL 009/2015 SELEÇÃO AO CURSO DE DOUTORADO EM EDUCAÇÃO Reconhecido pela Portaria MEC nº 1.077, de 31 de agosto de 2012, publicada no Diário Oficial da União em 3 de setembro de 2012, Seção 1, p. 12. 1 Da abertura EDITAL 009/2015 SELEÇÃO AO CURSO DE DOUTORADO

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU ADMINISTRAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA

Leia mais

UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DA REGIÃO DE CHAPECÓ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRAÇÃO CURSO DE MESTRADO

UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DA REGIÃO DE CHAPECÓ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRAÇÃO CURSO DE MESTRADO UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DA REGIÃO DE CHAPECÓ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS E ADMINISTRAÇÃO CURSO DE MESTRADO NORMATIZAÇÃO ATIVIDADES ACADÊMICAS 1 DAS ATIVIDADES EQUIVALENTES

Leia mais

I - Das disposições iniciais

I - Das disposições iniciais EDITAL Nº07 DE MATRÍCULA NAS CATEGORIAS DE TRANSFERÊNCIA INTERNA, TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADOR DE DIPLOMA DE GRADUAÇÃO PARA AS VAGAS RESIDUAIS DO ENSINO SUPERIOR. A Diretoria de Ensino do Instituto

Leia mais

RESOLUÇÃO 003/2010, DA COORDENAÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA

RESOLUÇÃO 003/2010, DA COORDENAÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA RESOLUÇÃO 003/2010, DA COORDENAÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA Aprova criação da Comissão de Bolsas e critérios de concessão e manutenção de bolsas O COLEGIADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU. Nutrição e Saúde da UFLA

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU. Nutrição e Saúde da UFLA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU Nutrição e Saúde da UFLA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENSINO DE CIÊNCIAS CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGIMENTO INTERNO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENSINO DE CIÊNCIAS CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO Colegiado Acadêmico de Ciências da Natureza Senhor do Bonfim Bahia Rua Tomás Guimarães S/N Fone: (74) 3221-4809 - www.univasf.edu.br REGIMENTO INTERNO

Leia mais

RESOLUÇÃO. Currículo revogado pela Resolução CONSEPE 115/2006 de 14 de dezembro de Bragança Paulista, 23 de junho de 2005.

RESOLUÇÃO. Currículo revogado pela Resolução CONSEPE 115/2006 de 14 de dezembro de Bragança Paulista, 23 de junho de 2005. RESOLUÇÃO CONSEPE 29/2005 REFERENDA A PORTARIA GR 12/2005 QUANTO À APROVAÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM CIÊNCIAS DA SAÚDE, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO, JUNTAMENTE COM O CURRÍCULO E

Leia mais

MINUTA DO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ANIMAIS SELVAGENS

MINUTA DO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ANIMAIS SELVAGENS MINUTA DO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ANIMAIS SELVAGENS Resolução UNESP nº de / /2015 Aprova o Regulamento do Programa de Pós-graduação em Animais Selvagens, Cursos de Mestrado Acadêmico

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão CONSEPE Câmara de Ensino de Graduação - CEG

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão CONSEPE Câmara de Ensino de Graduação - CEG RESOLUÇÃO N. º 019/2010 Regulamenta o Programa de Mobilidade Estudantil- PROMES no âmbito da Universidade Federal do Amazonas. O PRÓ-REITOR DE ENSINO DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS E

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS - UFMG. FACULDADE DE EDUCAÇÃO - FaE MESTRADO PROFISSIONAL - EDUCAÇÃO E DOCÊNCIA - PROMESTRE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS - UFMG. FACULDADE DE EDUCAÇÃO - FaE MESTRADO PROFISSIONAL - EDUCAÇÃO E DOCÊNCIA - PROMESTRE UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS - UFMG FACULDADE DE EDUCAÇÃO - FaE MESTRADO PROFISSIONAL - EDUCAÇÃO E DOCÊNCIA - PROMESTRE REGULAMENTO DO MESTRADO PROFISSIONAL EDUCAÇÃO E DOCÊNCIA ÁREA DE CONCENTRAÇÃO:

Leia mais

Programa Multidisciplinar de Formação de Recursos Humanos na área de Petróleo, Gás Natural, Biocombustíveis e Energia PRH/ANP-56 UFERSA

Programa Multidisciplinar de Formação de Recursos Humanos na área de Petróleo, Gás Natural, Biocombustíveis e Energia PRH/ANP-56 UFERSA Programa Multidisciplinar de Formação de Recursos Humanos na área de Petróleo, Gás Natural, Biocombustíveis e Energia PRH/ANP-56 UFERSA Processo Seletivo Bolsas de Mestrado em Sistemas de Comunicação e

Leia mais

Normas do PPG em Microbiologia Agrícola ESALQ-USP (aprovado CCP em 14/04/2009)

Normas do PPG em Microbiologia Agrícola ESALQ-USP (aprovado CCP em 14/04/2009) Normas do PPG em Microbiologia Agrícola ESALQ-USP (aprovado CCP em 14/04/2009) I - COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA (CCP) A Comissão Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Microbiologia

Leia mais

Universidade Estadual Paulista REITORIA. Resolução Unesp-13, de

Universidade Estadual Paulista REITORIA. Resolução Unesp-13, de Universidade Estadual Paulista REITORIA Resolução Unesp-13, de 29-2-2016 Aprova o Regulamento do Programa de Pósgraduação em Letras, Curso de Mestrado Profissional - Profletras, das Faculdades de Ciências

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO CIRURGIA VETERINÁRIA

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO CIRURGIA VETERINÁRIA REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO CIRURGIA VETERINÁRIA Resolução UNESP nº 09 de 08/03/2013 Aprova o Regulamento do Programa de Pós-graduação em Cirurgia Veterinária, Cursos: Mestrado Acadêmico e

Leia mais

REGULAMENTO DA MONITORIA

REGULAMENTO DA MONITORIA REGULAMENTO DA MONITORIA REGULAMENTO DA MONITORIA Art. 1º. O presente regulamento estabelece as regras para o exercício da Monitoria nos Cursos de Graduação do Centro Universitário de União da Vitória

Leia mais

EDITAL Nº 04, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2017 PROCESSO SELETIVO PARA TRANSFERÊNCIAS INTERNA E EXTERNA E REINGRESSO PARA OS CURSOS TÉCNICOS

EDITAL Nº 04, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2017 PROCESSO SELETIVO PARA TRANSFERÊNCIAS INTERNA E EXTERNA E REINGRESSO PARA OS CURSOS TÉCNICOS DIRETORIA DE ENSINO GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO COORDENAÇÃO DE REGISTROS ESCOLARES EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO PROCESSO SELETIVO PARA TRANSFERÊNCIAS INTERNA

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO PROGRAMA MESTRADO PROFISSIONAL EM GESTÃO E POLÍTICAS PÚBLICAS

REGIMENTO INTERNO DO PROGRAMA MESTRADO PROFISSIONAL EM GESTÃO E POLÍTICAS PÚBLICAS REGIMENTO INTERNO DO PROGRAMA MESTRADO PROFISSIONAL EM GESTÃO E POLÍTICAS PÚBLICAS Sumário Título I Da constituição do Programa Capitulo I Dos fins Capitulo II Da Estrutura Administrativa Seção I Da Subordinação

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS Resolução UNESP nº 20 de10/04/2013. Aprova o Regulamento do Programa de Pós-graduação em Ciências Ambientais, Cursos Mestrado Acadêmico e

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA REGIMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO (PPGCIR)

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA REGIMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO (PPGCIR) UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA REGIMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO (PPGCIR) CAPÍTULO I DA CONSTITUIÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

Instituto de Psiquiatria

Instituto de Psiquiatria EDITAL Nº 126 de Acesso ao Mestrado e Doutorado do Programa de Pós-graduação em Psiquiatria e Saúde Mental - 2º SEMESTRE de 2013 A Coordenação do Programa de Psiquiatria e Saúde Mental do Instituto de

Leia mais

REGIMENTO DO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA

REGIMENTO DO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA REGIMENTO DO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA TÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINALIDADES Art. 1 o O Curso de pós graduação em Computação Aplicada, doravante referido como Curso, mantém programas

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ZOOTECNIA DA FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ZOOTECNIA DA FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA RESOLUÇÃO UNESP Nº 93, DE 26 DE OUTUBRO DE 2005. Aprova o Regulamento do Programa de Pósgraduação em Zootecnia, Cursos de Mestrado Acadêmico e Doutorado, da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO

CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO CENTRO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO RESOLUÇÃO Nº 04/2017 DO PPGD DE 09 DE AGOSTO DE 2017 Dispõe sobre a aprovação do Edital de Seleção para a inscrição em disciplinas isoladas

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO- MESTRADO Aprovado pelas Resoluções CONSEPE N.º 05/88 e 04/95 Recomendado pela CAPES EDITAL PPPG Nº 34/2009

PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO- MESTRADO Aprovado pelas Resoluções CONSEPE N.º 05/88 e 04/95 Recomendado pela CAPES EDITAL PPPG Nº 34/2009 UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei 5.152 de 21/10/1966 São Luís Maranhão PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 001/2015, DE 02 DE MARÇO DE 2015.

RESOLUÇÃO Nº 001/2015, DE 02 DE MARÇO DE 2015. RESOLUÇÃO Nº 001/2015, DE 02 DE MARÇO DE 2015. ALTERA PORTARIA Nº 009/2013, DE 04 DE NOVEMBRO DE 2013 QUE DISPÕE SOBRE CRITÉRIOS PARA COMPOSIÇÃO DE BANCAS DE QUALIFICAÇÃO E DEFESAS DE DISSERTAÇÃO E TESE

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE TECNOLOGIA COLEGIADO DO CURSO DE ENGENHARIA MECATRÔNICA RESOLUÇÃO Nº 03/2013-CMCA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE TECNOLOGIA COLEGIADO DO CURSO DE ENGENHARIA MECATRÔNICA RESOLUÇÃO Nº 03/2013-CMCA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE TECNOLOGIA COLEGIADO DO CURSO DE ENGENHARIA MECATRÔNICA RESOLUÇÃO Nº 03/2013-CMCA Regulamenta as Atividade Complementares do Curso de Engenharia Mecatrônica

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE PSICOLOGIA

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE PSICOLOGIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Institui regulamento para Atividades Complementares no curso de Psicologia da Faculdade de Psicologia da PUCRS FAPSI. Art. 1º - Consideram-se "Atividades Complementares"

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CMRV/UFPI

REGULAMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CMRV/UFPI REGULAMENTAÇÃO DAS S COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CMRV/UFPI Art. 1º - As Atividades Complementares têm por objetivo enriquecer o conhecimento propiciado pelo curso de Ciências Contábeis,

Leia mais

Edital 09/ Local, período, documentação e pagamento de taxa

Edital 09/ Local, período, documentação e pagamento de taxa Edital 09/2012 A Coordenação do Curso de Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos desta Universidade, ouvido o Colegiado, TORNA PÚBLICA a divulgação do cronograma do processo de recrutamento, seleção

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE TECNOLOGIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA R E G I M E N T O

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE TECNOLOGIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA R E G I M E N T O UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE TECNOLOGIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA R E G I M E N T O CAPÍTULO I - CAPÍTULO II - CAPÍTULO III - CAPÍTULO IV - CAPÍTULO V -

Leia mais

2- Estrutura Administrativa: Artigo 2º As atividades do Programa estão vinculadas, em ordem hierárquica a:

2- Estrutura Administrativa: Artigo 2º As atividades do Programa estão vinculadas, em ordem hierárquica a: REGULAMENTO DO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS-GRADUADOS EM PSICOLOGIA CLÍNICA 1- Objetivos do Programa Artigo 1º - São objetivos do Programa: I - capacitar pessoal em nível de Mestrado Acadêmico, Doutorado e

Leia mais

Curso de Graduação em Engenharia Mecânica

Curso de Graduação em Engenharia Mecânica Curso de Graduação em Engenharia Mecânica NORMA PARA ESTÁGIO CAPÍTULO I - Das Disposições Preliminares Art. 1 - A presente norma tem como objetivo regulamentar a realização de estágios pelos alunos do

Leia mais