Notícias Agro 02/16. Sobre os temas: Iniciativas Efemérides Clientes Produtos Notícias Curiosidades

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Notícias Agro 02/16. Sobre os temas: Iniciativas Efemérides Clientes Produtos Notícias Curiosidades"

Transcrição

1 CENTENÁRIO A 1ª Reunião da Direção da Caixa Agrícola realizou-se no escritório do Dr. Francisco Beja da Costa, no Palacete Beja da Costa, em Santiago do Cacém. Sobre os temas: Iniciativas Efemérides Clientes Produtos Notícias Curiosidades UM ANO DE DISTINÇÃO O Grupo Crédito Agrícola termina o ano de 2015 com distinções nacionais e internacionais. Obrigado a todos os que nos depositam confiança, todos os dias.

2 PEDIDO ÚNICO 2016 Apresente a sua candidatura ao Pedido Único de Ajudas! A partir do dia 15 de fevereiro inicia-se o período de apresentação de candidaturas ao Pedido Único de ARMAZENAMENTO PRIVADO CARNE DE SUÍNO Suspensão da apresentação de pedidos de ajuda Atendendo à particular situação do mercado no setor da carne de suíno e no âmbito da Ajuda à Armazenagem Privada de Carne de Suíno prevista no Regulamento de Execução n.º 2015/2334, da Comissão, de 14 de dezembro, encontra-se suspensa a apresentação de pedidos de ajuda, durante o período compreendido entre 27 de janeiro e 2 de fevereiro de Neste âmbito, os pedidos de celebração de contratos apresentados durante esse período não serão aceites. APOIOS AO INVESTIMENTO /CONTRATUALIZAÇÃO: TERMO DE ACEITAÇÃO Encontra-se implementada a contratualização no âmbito dos Programas de Desenvolvimento Rural, que se denominará «Termo de Aceitação». A contratação tradicional, em suporte papel, deixa de existir, dando corpo à continuidade da aplicação do princípio da desmaterialização para o novo período de programação Nesse sentido o beneficiário recebe, por correio eletrónico uma notificação informando da disponibilização do Termo de Aceitação e do prazo para assinatura, findo o qual caduca a possibilidade de prosseguir com a operação.

3 MEDIDA 7 - «Agricultura e recursos naturais» Revoga a possibilidade de aumentos de área e/ou animais sob compromisso. Informa-se que foi publicada a Portaria n.º 4/ que procede à alteração das portarias relativas à medida 7 - «Agricultura e recursos naturais», do Programa do Desenvolvimento Rural do Continente, abreviadamente designado PDR Em resumo, a presente portaria vem revogar a possibilidade de aumentos de área e/ou animais sob compromisso nas ações indicadas da medida 7 - «Agricultura e recursos naturais», do PDR2020. SEGURANÇA ALIMENTAR A DGAV divulga um Folheto relativo ao Plano de Controlo da Produção Primária (PCPP) de Hortofrutícolas. Neste documento resumem-se, em linguagem simples, as regras a cumprir pelos produtores de hortofrutícolas no âmbito da legislação de higiene e segurança alimentar e, nesse sentido, os aspetos verificados pelos técnicos oficiais nos controlos realizados às explorações agrícolas. Este documento pode ser útil a todos os envolvidos na produção agrícola de alimentos. REGRAS DE RASTREABILIDADE - suínos, aves, ovinos, caprinos e aves Encontra-se disponível o documento Regras de rastreabilidade para cumprimento do Regulamento de Execução (UE) N.º 1337/2013 destinado a agricultores, matadouros, salas de desmancha, industriais, embaladores, grossistas e retalhistas de suínos, aves, ovinos e caprinos não transformados, bem como às autoridades responsáveis pela aplicação do referido Regulamento.

4 INSPEÇÃO OBRIGATÓRIA DE EQUIPAMENTOS DE APLICAÇÃO DE PRODUTOS FITOFARMACÊUTICOS Ao abrigo do Decreto-Lei n.º 86/2010, que entrou em vigor a 15 de julho de 2010, é obrigatória a inspeção de equipamentos de aplicação de produtos fitofarmacêuticos. O referido Decreto-Lei estabelece prazos e periodicidade para os equipamentos: 1. A partir de 26 de novembro de 2016 só podem ser utilizados equipamentos de aplicação de produtos fitofarmacêuticos que tenham sido aprovados em inspeção; 2. Até 31 de dezembro de 2019 os equipamentos de aplicação de produtos fitofarmacêuticos devem ser inspecionados e aprovados de 5 em 5 anos; 3. A partir de 1 de janeiro de 2020 os equipamentos de aplicação de produtos fitofarmacêuticos devem ser inspecionados e aprovados de 3 em 3 anos; 4. Os equipamentos novos de aplicação de produtos fitofarmacêuticos, adquiridos a partir de 16 de outubro de 2010, devem ser sujeitos à primeira inspeção e aprovação, no prazo de 5 ou 3 anos, após a data de aquisição, em conformidade com o disposto nos números 2 e 3. CALENDÁRIO INDICATIVO DE PAGAMENTOS CONTINENTE 2016 M7.5 - Uso Eficiente da Água 29 fev 2016 M Pagamentos Natura - Saldo 29 fev 2016 M Recursos Genéticos - Manutenção de Raças Autóctones em Risco - Saldo 29 fev 2016

5 AGENDA DE EVENTOS Evento Semana Gastronómica do Porco, Sopas e Açordas Esta iniciativa de promoção gastronómica tem como objetivo dar a conhecer e a saborear os produtos mais característicos da Dieta Mediterrânica considerada pela UNESCO Património Imaterial da Humanidade e que se distingue pela presença regular das sopas, cozidos e guisados, pão, frutos e produtos hortícolas, frutos secos, utilização de ervas aromáticas como condimento e consumo de azeite como principal gordura. Data de Realização 29/01 a 09/02 IV Festival de Sopas Santiago do Cacém IV Festival das Sopas de Santiago do Cacém um evento que de edição tem vindo a crescer e afirmar-se no concelho e região. E da "meia dúzia" às mais de três dezenas de saborosas propostas em Sopa, com produtos da terra, muito haverá ainda para saborear neste dia 20 de fevereiro O Crédito Agrícola da Costa Azul, vai estar presente com um simulador de tiro. 20/02 às 18:30 METEOROLOGIA Clique para consultar a Meteorologia. Para cancelar a subscrição desta Newsletter queira contactar o Departamento de Serviços Técnicos, através do

Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para

Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para 2014-2020 Medida 5 ORGANIZAÇÃO DA PRODUÇÃO Ação 5.1 CRIAÇÃO DE AGRUPAMENTOS E ORGANIZAÇÕES DE PRODUTORES Enquadramento Regulamentar Artigo 27.º Criação

Leia mais

S.R. DA AGRICULTURA E FLORESTAS Despacho Normativo n.º 11/2012 de 3 de Fevereiro de 2012

S.R. DA AGRICULTURA E FLORESTAS Despacho Normativo n.º 11/2012 de 3 de Fevereiro de 2012 S.R. DA AGRICULTURA E FLORESTAS Despacho Normativo n.º 11/2012 de 3 de Fevereiro de 2012 Considerando o Regulamento (CE) n.º 247/2006, do Conselho, de 30 de janeiro, que estabelece medidas específicas

Leia mais

S.R. DA AGRICULTURA E AMBIENTE Despacho Normativo n.º 13/2016 de 29 de Fevereiro de 2016

S.R. DA AGRICULTURA E AMBIENTE Despacho Normativo n.º 13/2016 de 29 de Fevereiro de 2016 S.R. DA AGRICULTURA E AMBIENTE Despacho Normativo n.º 13/2016 de 29 de Fevereiro de 2016 Considerando o Regulamento (UE) n.º 228/2013, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 13 de março de 2013, que estabelece

Leia mais

Regras de rastreabilidade para cumprimento do Regulamento de Execução (UE) N.º 1337/2013

Regras de rastreabilidade para cumprimento do Regulamento de Execução (UE) N.º 1337/2013 Regras de rastreabilidade para cumprimento do Regulamento de Execução (UE) N.º 1337/2013 Aspetos gerais Desde 1 de abril de 2015 que é obrigatória a indicação do país de criação e abate no rótulo da carne

Leia mais

Parcelário (isip)

Parcelário (isip) Parcelário (isip) 14.12.2016 1. O que é o Parcelário 2. Principais Fontes de Atualização 3. Interação com outras Entidades 4. Projetos em curso 2 1. O que é o Parcelário 1.O que é o Parcelário Enquadramento

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE AGRICULTURA BIOLÓGICA

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE AGRICULTURA BIOLÓGICA ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE AGRICULTURA BIOLÓGICA Desde 1985 Pela Saúde da Terra e do Homem 7300 Associados de Norte a Sul do País Projeto financiado com o apoio da Comissão Europeia. A informação contida

Leia mais

Agricultura Familiar e Sustentabilidade dos Territórios Rurais Évora, 9 de julho de 2014

Agricultura Familiar e Sustentabilidade dos Territórios Rurais Évora, 9 de julho de 2014 Agricultura Familiar e Sustentabilidade dos Territórios Rurais Évora, 9 de julho de 2014 Organizações de Produtores José Francisco Ferragolo da Veiga jfveiga@drapal.min-agricultura.pt DRAP Alentejo Direção

Leia mais

Versão de Trabalho. Portaria n.º 24/2015 de 9 de fevereiro

Versão de Trabalho. Portaria n.º 24/2015 de 9 de fevereiro Portaria n.º 24/2015 de 9 de fevereiro O Decreto-Lei n.º 137/2014, de 12 de setembro, que estabeleceu o modelo de governação dos fundos europeus estruturais e de investimento (FEEI), entre os quais se

Leia mais

Direção de Serviços de Segurança Alimentar / DGAV

Direção de Serviços de Segurança Alimentar / DGAV Direção de Serviços de Segurança Alimentar / DGAV Assunto: COMERCIALIZAÇÃO DE REBENTOS Esclarecimento 11/2013 A presente nota de esclarecimento pretende elucidar os operadores de empresas do setor alimentar

Leia mais

Direção Geral de Alimentação e Veterinária ROTULAGEM DE ORIGEM. Novas regras. Maria Teresa Carrilho DSNA-DAH

Direção Geral de Alimentação e Veterinária ROTULAGEM DE ORIGEM. Novas regras. Maria Teresa Carrilho DSNA-DAH ROTULAGEM DE ORIGEM Novas regras Maria Teresa Carrilho DSNA-DAH Congresso Nacional da Indústria Portuguesa de Carnes. Lisboa, 6 de maio de 2014 REGULAMENTO (UE) N.º 1169/2011 06-05-2014 2 Principais alterações

Leia mais

PDR Jovens Agricultores Investimentos na Exploração Agrícola

PDR Jovens Agricultores Investimentos na Exploração Agrícola PDR 2014-2020 Jovens Agricultores + 3.2 - Investimentos na Exploração Agrícola PSZ CONSULTING 2015 Índice Índice... 1 1 Prémio aos Jovens Agricultores... 2 1.1 Enquadramento... 2 1.2 Beneficiários... 2

Leia mais

ORGANIZAÇÕES INTERPROFISSIONAIS. 10.ª reunião plenária 07 Maio 2014

ORGANIZAÇÕES INTERPROFISSIONAIS. 10.ª reunião plenária 07 Maio 2014 ORGANIZAÇÕES INTERPROFISSIONAIS 10.ª reunião plenária 07 Maio 2014 Agenda Organizações Interprofissionais Introdução Enquadramento do tema Enquadramento das OI Regulamentação UE Situação nacional Exemplos

Leia mais

Título da Apresentação Substítulo

Título da Apresentação Substítulo Título da Apresentação Substítulo FNA - 2017gfg Enquadramento - Legislação Regulamento (UE) Nº 1308/2013 Estabelece uma organização comum dos mercados dos produtos agrícolas. Definição de um quadro transversal

Leia mais

NORMA DE GESTÃO N.º 4/NORTE2020/ Rev 1

NORMA DE GESTÃO N.º 4/NORTE2020/ Rev 1 NORMA DE GESTÃO N.º 4/NORTE2020/2015 1 Rev 1 [Operações públicas FEDER] 1 Não aplicável a operações enquadradas no Sistema de Incentivos às Empresas e a operações cofinanciadas pelo FSE. CONTROLO DO DOCUMENTO

Leia mais

(Atos não legislativos) REGULAMENTOS

(Atos não legislativos) REGULAMENTOS 1.8.2014 L 230/1 II (Atos não legislativos) REGULAMENTOS REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) N. o 834/2014 DA COMISSÃO de 22 de julho de 2014 que estabelece regras para a aplicação do quadro comum de acompanhamento

Leia mais

S.R. DA AGRICULTURA E PESCAS. Portaria Nº 44/2002 de 23 de Maio

S.R. DA AGRICULTURA E PESCAS. Portaria Nº 44/2002 de 23 de Maio S.R. DA AGRICULTURA E PESCAS Portaria Nº 44/2002 de 23 de Maio A Portaria n.º 52-A/2001, de 19 de Julho, estabelece o regime de aplicação da intervenção Medidas Agro-Ambientais do Plano de Desenvolvimento

Leia mais

DESTINATÁRIOS AG, ST, DRAP e GAL

DESTINATÁRIOS AG, ST, DRAP e GAL 1. OBJECTO A presente norma tem por objeto a definição dos procedimentos a adotar no processo de decisão das candidaturas. A presente norma não se aplica às candidaturas relativas às medidas integradas

Leia mais

ANÚNCIO DE ABERTURA DE PERÍODO DE APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS

ANÚNCIO DE ABERTURA DE PERÍODO DE APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS ANÚNCIO DE ABERTURA DE PERÍODO DE APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º 002 / ADIRN / 10.2.1.1 / 2017 PEQUENOS INVESTIMENTOS NA EXPLORAÇÃO AGRÍCOLA (Portaria n.º 152/2016, de 25 de Maio, Portaria nº 249/2016

Leia mais

Sessão de Divulgação PDR DLBC Terras de Basto

Sessão de Divulgação PDR DLBC Terras de Basto Sessão de Divulgação PDR 2020 - DLBC Terras de Basto Operação 10.2.1.1 - Pequenos investimentos nas explorações agrícolas Promover a melhoria das condições de vida, de trabalho e de produção dos agricultores;

Leia mais

Deliberação CETP n.º 3/2017. Delegação de competências da autoridade de gestão do Programa Operacional

Deliberação CETP n.º 3/2017. Delegação de competências da autoridade de gestão do Programa Operacional Deliberação CETP n.º 3/2017 Delegação de competências da autoridade de gestão do Programa Operacional Regional do Alentejo no Organismo Intermédio - Fundação para a Ciência e a Tecnologia, IP Pela Deliberação

Leia mais

BOLSA NACIONAL DE TERRAS

BOLSA NACIONAL DE TERRAS DIRECÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO BOLSA NACIONAL DE TERRAS Alcindo Cardoso (Eng.º Agrónomo) Gouveia, 17 de Abril de 2015 Sumário Enquadramento legal Ponto da situação Visão. Objectivos

Leia mais

LISTA DE DOCUMENTOS A APRESENTAR COM A CANDIDATURA PARA CONTROLO DOCUMENTAL

LISTA DE DOCUMENTOS A APRESENTAR COM A CANDIDATURA PARA CONTROLO DOCUMENTAL LISTA DE DOCUMENTOS A APRESENTAR COM A CANDIDATURA PARA CONTROLO DOCUMENTAL Acção 1.1.3 Instalação de Jovens Agricultores O promotor deve proceder previamente à sua inscrição como beneficiário do IFAP

Leia mais

ANÚNCIO DE ABERTURA DE PERÍODO DE APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º 001 / GAL/ / 2017 PROMOÇÃO DE PRODUTOS DE QUALIDADE LOCAIS

ANÚNCIO DE ABERTURA DE PERÍODO DE APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º 001 / GAL/ / 2017 PROMOÇÃO DE PRODUTOS DE QUALIDADE LOCAIS ANÚNCIO DE ABERTURA DE PERÍODO DE APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º 001 / GAL/ 10215 / 2017 PROMOÇÃO DE PRODUTOS DE QUALIDADE LOCAIS (Portaria n.º 152/2016, de 25 de maio e Portaria nº 249/2016 de 15 de

Leia mais

Aviso do Banco de Portugal n. o 1/2016

Aviso do Banco de Portugal n. o 1/2016 Aviso do Banco de Portugal n. o 1/2016 Índice Texto do Aviso Texto do Aviso Mod. 99999910/T 01/14 O nível de exposição das instituições de crédito ao risco imobiliário tem vindo a sofrer um aumento significativo

Leia mais

Lisboa Rua Fradesso da Silveira, n. 4, Piso 3B, Lisboa

Lisboa Rua Fradesso da Silveira, n. 4, Piso 3B, Lisboa PDR 2020 - Programa de Desenvolvimento Rural JovensAgricultores Anúncio nº 04 /Ação 3.1 / 2017 Fase de candidaturas: de 2de marçode 2017 a 31 de maio de 2017 Porto Largo Luís de Camões, Edifício Rainha,

Leia mais

INSTALAÇÕES POR CABO PARA O TRANSPORTE DE PESSOAS REQUERIMENTO

INSTALAÇÕES POR CABO PARA O TRANSPORTE DE PESSOAS REQUERIMENTO INSTALAÇÕES POR CABO PARA O TRANSPORTE DE PESSOAS ( Dezembro, alterado pelo Decreto-Lei n.º 143/2004, de 11 de Junho e Regulamento 277/2012 de 18 de junho) REQUERIMENTO 1. Pretensão (indicar a número da

Leia mais

Dia de Campo sobre Olival Tradicional

Dia de Campo sobre Olival Tradicional Dia de Campo sobre Olival Tradicional Vila Verde de Ficalho, 23 de setembro de 2014 José Francisco Ferragolo da Veiga jfveiga@drapal.min-agricultura.pt DRAP Alentejo Direção Regional de Agricultura e Pescas

Leia mais

Questões Frequentes relativas ao Regime de Apoio Associado

Questões Frequentes relativas ao Regime de Apoio Associado Questões Frequentes relativas ao Regime de Apoio Associado A presente nota de divulgação tem por objectivo facultar esclarecimentos sobre as regras de atribuição dos pagamentos anuais dos prémios à vaca

Leia mais

Como funciona o sistema VALORFITO?

Como funciona o sistema VALORFITO? Como funciona o sistema VALORFITO? O Valorfito orgulha-se de ajudar os agricultores a encontrarem um destino adequado para os resíduos de embalagens de produtos fitofarmacêuticos, biocidas e sementes que

Leia mais

AGRICULTURA BIOLÓGICA, O que é? A Estratégia e Plano Acção Nacional em Agricultura Biológica

AGRICULTURA BIOLÓGICA, O que é? A Estratégia e Plano Acção Nacional em Agricultura Biológica AGRICULTURA BIOLÓGICA, O que é? A Estratégia e Plano Acção Nacional AGROBIO Missão: Promover e divulgar a Agricultura Biológica em Portugal Desde 1985 7600 ASSOCIADOS (agricultores; empresas; consumidores)

Leia mais

1 OBJETIVO 2 APLICAÇÃO 3 ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 4 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5 TERMINOLOGIA 6 DESCRIÇÃO DO PROCESSO DE INSPEÇÃO

1 OBJETIVO 2 APLICAÇÃO 3 ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 4 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 5 TERMINOLOGIA 6 DESCRIÇÃO DO PROCESSO DE INSPEÇÃO Aprovado ' Elaborado por Michelle Martin/BRA/VERITAS em 29/07/2013 Verificado por Sidney Santos em 29/07/2013 Aprovado por Sergio Suzuki/BRA/VERITAS em 29/07/2013 ÁREA LNS Tipo Instrução Técnica Número

Leia mais

Diplomas. Segunda alteração à Lei de Bases da Proteção Civil (Lei n.º 27/2006, de 3 de Julho)

Diplomas. Segunda alteração à Lei de Bases da Proteção Civil (Lei n.º 27/2006, de 3 de Julho) Diplomas Lei n.º 80/2015, de 3 de agosto Segunda alteração à Lei de Bases da Proteção Civil (Lei n.º 27/2006, de 3 de Julho) A alteração teve como finalidade a atualização da Lei de Bases atendendo à importância

Leia mais

Concursos 2016 ANEXO XVI

Concursos 2016 ANEXO XVI ANEXO XVI PROGRAMA DE APOIO AO AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIA SUBPROGRAMA DE APOIO À INOVAÇÃO AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIA 1. Âmbito e Definições 1.1. O presente subprograma visa viabilizar a produção de suportes

Leia mais

Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para

Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para 2014-2020 Medida 6 GESTÃO DO RISCO E RESTABELECIMENTO DO POTENCIAL PRODUTIVO Ação 6.2 PREVENÇÃO E RESTABELECIMENTO DO POTENCIAL PRODUTIVO Enquadramento

Leia mais

Como intervir nas instituições da economia social. ProjetoSelo Saudável

Como intervir nas instituições da economia social. ProjetoSelo Saudável Como intervir nas instituições da economia social ProjetoSelo Saudável Projeto Selo Saudável Iniciativa conjunta entre a CML e o Programa Nacional para a Promoção de Alimentação Saudável/DGS. Projeto Selo

Leia mais

Plano de Controlo da Produção Primária (PCPP)

Plano de Controlo da Produção Primária (PCPP) Título da Apresentação Plano de Controlo da Produção Primária (PCPP) Substítulo Maria do Rosário Brardo Neves PCPP Quando e Como começaram os controlos na Produção Primária de Vegetais???? (no âmbito da

Leia mais

AGRICULTURA, FLORESTAS E DESENVOLVIMENTO RURAL

AGRICULTURA, FLORESTAS E DESENVOLVIMENTO RURAL 3336-(8) Diário da República, 1.ª série N.º 185 26 de setembro de 2016 AGRICULTURA, FLORESTAS E DESENVOLVIMENTO RURAL Portaria n.º 254-A/2016 de 26 de setembro O Decreto -Lei n.º 137/2014, de 12 de setembro,

Leia mais

Reunião do Comité de Acompanhamento do PRODERAM. Junho de 2012

Reunião do Comité de Acompanhamento do PRODERAM. Junho de 2012 Apresentação das conclusões principais do relatório de avaliação contínua de 2011 Reunião do Comité de Acompanhamento do PRODERAM Junho de 2012 Estrutura da Apresentação Síntese da implementação do programa

Leia mais

Este documento constitui um instrumento de documentação e não vincula as instituições

Este documento constitui um instrumento de documentação e não vincula as instituições 1994D0360 PT 02.09.2006 011.001 1 Este documento constitui um instrumento de documentação e não vincula as instituições B DECISÃO DA COMISSÃO de 20 de Maio de 1994 relativa à frequência reduzida de controlos

Leia mais

O Instituto da Segurança Social, I.P. (ISS) enquanto Organismo Intermédio do PO APMC na Tipologia de Operação 1.2

O Instituto da Segurança Social, I.P. (ISS) enquanto Organismo Intermédio do PO APMC na Tipologia de Operação 1.2 Agenda 1 2 3 4 5 6 Breve apresentação do Fundo Europeu de Auxílio Europeu às Pessoas Mais Carenciadas (FEAC) e do Programa Operacional de Apoio às Pessoas Mais Carenciadas (PO APMC) O Instituto da Segurança

Leia mais

Feira das Mercês feira saloia de Sintra. 14, 15, 16, 21, 22 e 23 de Outubro 2016

Feira das Mercês feira saloia de Sintra. 14, 15, 16, 21, 22 e 23 de Outubro 2016 Feira das Mercês feira saloia de Sintra 14, 15, 16, 21, 22 e 23 de Outubro 2016 A feira das mercês é uma das feiras mais antigas da região de Lisboa contando mais de 250 anos. Devido à sua antiguidade

Leia mais

REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) 2017/717 DA COMISSÃO

REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) 2017/717 DA COMISSÃO 26.4.2017 Jornal Oficial da União Europeia L 109/9 REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) 2017/717 DA COMISSÃO de 10 de abril de 2017 que estabelece regras de aplicação do Regulamento (UE) 2016/1012 do Parlamento

Leia mais

Destaque Conferência Internacional «Os grandes desafios para a inovação na Agricultura»

Destaque Conferência Internacional «Os grandes desafios para a inovação na Agricultura» INFORMAÇÃO ABRIL 2016 Destaque Conferência Internacional «Os grandes desafios para a inovação na Agricultura» A Confederação dos Agricultores de Portugal irá realizar, durante a Feira Nacional da Agricultura,

Leia mais

EXTENSÃO DE USOS MENORES. - Estado da arte - Miriam Cavaco (Direcção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural)

EXTENSÃO DE USOS MENORES. - Estado da arte - Miriam Cavaco (Direcção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural) EXTENSÃO DE USOS MENORES - Estado da arte - Miriam Cavaco (Direcção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural) INTERPERA Meeting, 12 de junho de 2014 Sumário: Definição de: Uso menor em cultura menor

Leia mais

DESTINATÁRIOS AG, ST e OG dos GAL

DESTINATÁRIOS AG, ST e OG dos GAL 1. OBJETO A presente norma tem por objeto a definição dos procedimentos a adotar no que respeita a: i. Anúncios de Abertura para apresentação de candidaturas por períodos contínuos; ii. Anúncios de Abertura

Leia mais

Higiene dos Géneros Alimentícios

Higiene dos Géneros Alimentícios Higiene dos Géneros Alimentícios RASTREABILIDADE, HIGIENE E SEGURANÇA ALIMENTAR DGFCQA DGV Direcção-Geral de Veterinária Fiscalização e Controlo da Qualidade Alimentar Ana Paula Bico Setembro de 2006 Segurança

Leia mais

ANÚNCIO DE ABERTURA DE PERÍODO DE APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º 001 / ADIRN / / 2016 DIVERSIFICAÇÃO DE ATIVIDADES NA EXPLORAÇÃO AGRÍCOLA

ANÚNCIO DE ABERTURA DE PERÍODO DE APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º 001 / ADIRN / / 2016 DIVERSIFICAÇÃO DE ATIVIDADES NA EXPLORAÇÃO AGRÍCOLA ANÚNCIO DE ABERTURA DE PERÍODO DE APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º 001 / ADIRN / 10213 / 2016 DIVERSIFICAÇÃO DE ATIVIDADES NA EXPLORAÇÃO AGRÍCOLA (Portaria n.º 152/2016, de 25 de maio) A submissão de candidaturas

Leia mais

PLANO NACIONAL DE CONTROLO DE UTILIZAÇÃO DE MEDICAMENTOS RELATÓRIO 2011

PLANO NACIONAL DE CONTROLO DE UTILIZAÇÃO DE MEDICAMENTOS RELATÓRIO 2011 PLANO NACIONAL DE CONTROLO DE UTILIZAÇÃO DE MEDICAMENTOS RELATÓRIO 2011 Direcção-Geral de Veterinária / Direcção de Serviços de Medicamentos e Produtos de Uso Veterinário 1 Introdução Os medicamentos veterinários

Leia mais

Estrutura Local de Apoio Costa Sudoeste (ELA_CSW) Apoio Zonal. Outras Áreas Estepárias (OAE) Regulamento Interno

Estrutura Local de Apoio Costa Sudoeste (ELA_CSW) Apoio Zonal. Outras Áreas Estepárias (OAE) Regulamento Interno Regulamento Interno Estrutura Local de Apoio Costa Sudoeste ELA_CSW Estrutura Local de Apoio Costa Sudoeste (ELA_CSW) Apoio Zonal Outras Áreas Estepárias (OAE) Regulamento Interno Considerando: O disposto

Leia mais

REGULAMENTO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AO FUNDO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

REGULAMENTO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AO FUNDO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA REGULAMENTO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AO FUNDO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA FEE- Fundo de Eficiência Energética 23-03-2012 CAPITULO I Âmbito Artigo 1.º (Enquadramento) 1) O Decreto Lei n.º 50/2010,

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE-18-2015-06 Apoios à Contratação para Adultos Programa Operacional Inclusão Social e Emprego Objetivo Temático 8 - Promover a sustentabilidade e

Leia mais

Testes de Diagnóstico

Testes de Diagnóstico INOVAÇÃO E TECNOLOGIA NA FORMAÇÃO AGRÍCOLA agrinov.ajap.pt Coordenação Técnica: Associação dos Jovens Agricultores de Portugal Coordenação Científica: Miguel de Castro Neto Instituto Superior de Estatística

Leia mais

AMAVI SEF PRODUTOR PRIMÁRIO ICMS

AMAVI SEF PRODUTOR PRIMÁRIO ICMS AMAVI SEF PRODUTOR PRIMÁRIO ICMS Adalberto Dall Oglio Joacir Sevegnani CONCEITOS INICIAIS Incidência e Não Incidência. Tributação integral e reduzida Isenção Diferimento Suspensão O ICMS para o Produtor

Leia mais

REGULAMENTO DAS INSTALAÇÕES DA PRAÇA MUNICIPAL DE TRANCOSO

REGULAMENTO DAS INSTALAÇÕES DA PRAÇA MUNICIPAL DE TRANCOSO REGULAMENTO DAS INSTALAÇÕES DA PRAÇA MUNICIPAL DE TRANCOSO ÍNDICE REGULAMENTO DAS INSTALAÇÕES DA PRAÇA MUNICIPAL DE TRANCOSO... 1 INTRODUÇÃO... 1 Artigo 1º... 2 Âmbito... 2 Artigo 2º... 2 Objecto... 2

Leia mais

COMISSÃO DECISÕES. L 94/100 Jornal Oficial da União Europeia

COMISSÃO DECISÕES. L 94/100 Jornal Oficial da União Europeia L 94/100 Jornal Oficial da União Europeia 8.4.2009 II (Actos aprovados ao abrigo dos Tratados CE/Euratom cuja publicação não é obrigatória) DECISÕES COMISSÃO DECISÃO DA COMISSÃO de 6 de Abril de 2009 que

Leia mais

Titulo da Apresentação da DRAPLVT

Titulo da Apresentação da DRAPLVT Título da Apresentação Titulo da Apresentação da DRAPLVT Substítulo Alcochete Maio 2017 Objetivos Nacionais Crescimento sustentável do sector AGROFLORESTAL em TODO O TERRITÒRIO NACIONAL Aumento do valor

Leia mais

Estrutura Local de Apoio Baixo Alentejo (ELA_BA) Apoio Zonal. Castro Verde (CV) e Apoio Zonal Outras Áreas Estepárias (OAE) Regulamento Interno

Estrutura Local de Apoio Baixo Alentejo (ELA_BA) Apoio Zonal. Castro Verde (CV) e Apoio Zonal Outras Áreas Estepárias (OAE) Regulamento Interno Regulamento Interno Estrutura Local de Apoio Baixo Alentejo ELA_BA Estrutura Local de Apoio Baixo Alentejo (ELA_BA) Apoio Zonal Castro Verde (CV) e Apoio Zonal Outras Áreas Estepárias (OAE) Regulamento

Leia mais

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO. de

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO. de COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 18.12.2014 C(2014) 10189 final DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO de 18.12.2014 que aprova determinados elementos do programa operacional regional do Algarve 2014-2020 do apoio

Leia mais

Acção de Sensibilização sobre Higiene e Segurança Alimentar. 15 de Março de 2007

Acção de Sensibilização sobre Higiene e Segurança Alimentar. 15 de Março de 2007 Acção de Sensibilização sobre Higiene e Segurança Alimentar 15 de Março de 2007 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 29 de Abril de 2004 Higiene dos géneros alimentícios (aplicável a partir de 1 de

Leia mais

DIRECÇÃO DE SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO E VETERINÁRIA DA REGIÃO CENTRO

DIRECÇÃO DE SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO E VETERINÁRIA DA REGIÃO CENTRO Regulamento Sanitário e da Admissão de animais de várias espécies à Feira Anual de Gado do Concelho de Carregal do Sal, sito em Carvalhais, dia 17 de Julho de 2015. A entrada de animais e sua admissão

Leia mais

Titulo da Apresentação da DRAPLVT

Titulo da Apresentação da DRAPLVT Título da Apresentação Titulo da Apresentação da DRAPLVT Substítulo Santarém Fevereiro 2017 Objetivos Nacionais Crescimento sustentável do sector AGROFLORESTAL em TODO O TERRITÒRIO NACIONAL Aumento do

Leia mais

Avaliação do Cumprimento do Plano Empresarial do Jovem Agricultor Lista de Apoio à constituição do Processo e Verificação

Avaliação do Cumprimento do Plano Empresarial do Jovem Agricultor Lista de Apoio à constituição do Processo e Verificação Entidade Rúbrica / Carimbo Informação a preencher Entidade Responsável pela Avaliação Despacho Data de Entrada Operação NIFAP NIF Promotor Tipo de Promotor Escolha um item. Contabilidade Escolha um item.

Leia mais

POTENCIAL DE IG PARA A LINGÜIÇA DE MARACAJU

POTENCIAL DE IG PARA A LINGÜIÇA DE MARACAJU SECRETARIA DE GOVERNO, DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E MEIO AMBIENTE POTENCIAL DE IG PARA A LINGÜIÇA DE MARACAJU POTENCIAL DE IG PARA A LINGÜIÇA DE MARACAJU PERFIL SÓCIO ECONÔMICO DE MARACAJU E A SUA RELAÇÃO

Leia mais

Qualidade e diferenciação de produtos agrícolas e géneros alimentícios. Jornadas Locais sobre Sustentabilidade,21 abril 2017 Pinhal Novo

Qualidade e diferenciação de produtos agrícolas e géneros alimentícios. Jornadas Locais sobre Sustentabilidade,21 abril 2017 Pinhal Novo Qualidade e diferenciação de produtos agrícolas e géneros alimentícios Jornadas Locais sobre Sustentabilidade,21 abril 2017 Pinhal Novo Que Qualidade? Conjunto de ATRIBUTOS suscetíveis de fazer com que

Leia mais

- Conhecer as influências históricas da gastronomia portuguesa e o impacto desta noutras culturas;

- Conhecer as influências históricas da gastronomia portuguesa e o impacto desta noutras culturas; ETNOGRAFIA E GASTRONOMIA PORTUGUESA [15822] GERAL Regime: Semestre: OBJETIVOS No final da unidade curricular, os alunos deverão ter as competências necessárias para no contexto turístico enquadrar e divulgar

Leia mais

ANEXO D DECLARAÇÃO SOB COMPROMISSO DE HONRA Eu, (Nome) (Número de Identificação Fiscal), (morada), declaro, sob compromisso de honra conhecer e cumprir todos os deveres e respeitar todas as proibições

Leia mais

Regulamento de Funcionamento e Gestão dos Refeitórios Escolares

Regulamento de Funcionamento e Gestão dos Refeitórios Escolares Regulamento de Funcionamento e Gestão dos Refeitórios Escolares I Alteração Aprovado pela Assembleia Municipal, na reunião de 14 de Março de 2012 Publicado no Boletim Municipal nº 47 MUNICÍPIO DE CORUCHE

Leia mais

Qualidade e diferenciação de produtos agrícolas e géneros alimentícios. Póvoa de Varzim, 28 de Novembro 2016

Qualidade e diferenciação de produtos agrícolas e géneros alimentícios. Póvoa de Varzim, 28 de Novembro 2016 Qualidade e diferenciação de produtos agrícolas e géneros alimentícios Póvoa de Varzim, 28 de Novembro 2016 Qualidade e diversidade Um trunfo! Vantagem concorrencial Contributo de relevo para o património

Leia mais

A Linguagem Global dos Negócios. Setor dos Cárnicos. Rastreabilidade das carnes de suíno, caprino, ovino e aves de capoeira

A Linguagem Global dos Negócios. Setor dos Cárnicos. Rastreabilidade das carnes de suíno, caprino, ovino e aves de capoeira A Linguagem Global dos Negócios Setor dos Cárnicos Rastreabilidade das carnes de suíno, caprino, ovino e aves de capoeira Guia de Implementação Regulamento de Execução (UE) nº 1337/2013 Setor dos Cárnicos

Leia mais

1 Legislação aplicável (UE e PT) Objetivos Objetivos gerais Objetivos operacionais Autoridades competentes...

1 Legislação aplicável (UE e PT) Objetivos Objetivos gerais Objetivos operacionais Autoridades competentes... Página: 1 de 14 () Plano de controlo da Agroindústria (PCAI) Índice 1 Legislação aplicável (UE e PT)... 3 2 Objetivos... 5 2.1 Objetivos gerais... 5 2.2 Objetivos operacionais... 5 3 Autoridades competentes...

Leia mais

Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para

Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para 2014-2020 Medida 7 AGRICULTURA e RECURSOS NATURAIS Ação 7.10 SILVOAMBIENTAIS Enquadramento Regulamentar Artigo 34º - Serviços silvo ambientais e climáticos

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE REGISTO DA AGÊNCIA PORTUGUESA DO AMBIENTE SIRAPA. Lígia Varandas, 23 Novembro 2010, S. João da Madeira

SISTEMA INTEGRADO DE REGISTO DA AGÊNCIA PORTUGUESA DO AMBIENTE SIRAPA. Lígia Varandas, 23 Novembro 2010, S. João da Madeira SISTEMA INTEGRADO DE REGISTO DA AGÊNCIA PORTUGUESA DO AMBIENTE SIRAPA Lígia Varandas, 23 Novembro 2010, S. João da Madeira Sistema Integrado de Registo da Agência Portuguesa do Ambiente SIRAPA O SIRAPA

Leia mais

3.1 Jovens agricultores

3.1 Jovens agricultores INFORMAÇÃO JANEIRO 2017 Reprogramação do PDR2020 Investimento No mês de Outubro de 2016 foi aprovada a proposta de reprogramação do PDR2020 indicada por Portugal, cujo documento contém uma série de alterações,

Leia mais

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO. de

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO. de COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 13.2.2015 C(2015) 850 final DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO de 13.2.2015 que aprova o programa de desenvolvimento rural de Portugal-Açores, para apoio pelo Fundo Europeu Agrícola

Leia mais

EDITAL N. º 34 FEBRE CATARRAL OVINA LÍNGUA AZUL

EDITAL N. º 34 FEBRE CATARRAL OVINA LÍNGUA AZUL EDITAL N. º 34 FEBRE CATARRAL OVINA LÍNGUA AZUL Maria Teresa da Costa Mendes Vítor Villa de Brito, Diretora-Geral de Alimentação e Veterinária, na qualidade de Autoridade Sanitária Veterinária Nacional,

Leia mais

CURSO PREPARATÓRIO PARA CONCURSO PÚBLICO AUDITOR FISCAL FEDERAL AGROPECUÁRIO MÉDICO VETERINÁRIO CRONOGRAMA DE AULAS

CURSO PREPARATÓRIO PARA CONCURSO PÚBLICO AUDITOR FISCAL FEDERAL AGROPECUÁRIO MÉDICO VETERINÁRIO CRONOGRAMA DE AULAS CURSO PREPARATÓRIO PARA CONCURSO PÚBLICO AUDITOR FISCAL FEDERAL AGROPECUÁRIO MÉDICO VETERINÁRIO CRONOGRAMA DE AULAS - 2017 Data Dia Horário Disciplina Duração Instrutor 02/09 sábado 08:30 / 09:00 1ª SEMANA

Leia mais

União Europeia, 2010 Reprodução autorizada mediante indicação da fonte

União Europeia, 2010 Reprodução autorizada mediante indicação da fonte Comissão Europeia DOCUMENTO DE TRABALHO DOS SERVIÇOS DA COMISSÃO destinado a facilitar a compreensão de determinadas disposições de flexibilidade previstas no pacote legislativo em matéria de higiene Orientações

Leia mais

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS. Portaria n.º 48/2014 de 26 de fevereiro

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS. Portaria n.º 48/2014 de 26 de fevereiro MINISTÉRIO DAS FINANÇAS Portaria n.º 48/2014 de 26 de fevereiro A Lei n. 80/2013, de 28 de novembro, estipula, no seu artigo 24., a prioridade ao recrutamento de trabalhadores em situação de requalificação,

Leia mais

População mundial crescerá 34% até 2050.

População mundial crescerá 34% até 2050. Agronegócio no Mundo Protagonista no Cenário Mundial População mundial crescerá 34% até 2050. 10.000 9.000 8.000 7.000 6.000 5.000 4.000 3.000 2.000 1.000-9.150 7.670 6.830 195 210 219 2009 2020 2050 Mundo

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE-18-2015-03 Estágios para Adultos Programa Operacional Inclusão Social e Emprego Objetivo Temático 8 - Promover a sustentabilidade e a qualidade

Leia mais

Aviso DES ago16.pdf. Regularização CONFEDERAÇÃO DOS AGRICULTORES DE PORTUGAL INFORMAÇÃO DO SECTOR PECUÁRIO JUL 2016 PAG 2

Aviso DES ago16.pdf. Regularização CONFEDERAÇÃO DOS AGRICULTORES DE PORTUGAL INFORMAÇÃO DO SECTOR PECUÁRIO JUL 2016 PAG 2 INFORMAÇÃO JULHO 2016 IFAP Pagamentos Como já referido em anterior Info, em final de Junho foi efectuado um conjunto de pagamentos, entre os quais a última tranche dos prémios ligados na pecuária; os valores

Leia mais

Beira Tradição, Certificação de Produtos da Beira, Lda Gouveia, 24 de Janeiro de 2012 Luísa Barros, António Mantas

Beira Tradição, Certificação de Produtos da Beira, Lda Gouveia, 24 de Janeiro de 2012 Luísa Barros, António Mantas A Certificação de Produtos lácteos na Serra da Estrela Beira Tradição, Certificação de Produtos da Beira, Lda Gouveia, 24 de Janeiro de 2012 Luísa Barros, António Mantas A CERTIFICAÇÃO de um produto (ou

Leia mais

RETIFICAÇÃO AO AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Nº ALT

RETIFICAÇÃO AO AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Nº ALT RETIFICAÇÃO AO AVISO DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Nº ALT20 62 2015 10 Sistema de apoio à Modernização e Capacitação da Administração Pública (SAMA2020) DOMÍNIO DA COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO

Leia mais

DESTINATÁRIOS AG, DRAP, ST e GAL

DESTINATÁRIOS AG, DRAP, ST e GAL 1. OBJECTO A presente norma tem por objeto a definição dos procedimentos a adotar no que respeita ao Controlo de Qualidade (CQ) das decisões. A presente norma não se aplica às candidaturas relativas às

Leia mais

Versão de Trabalho. Portaria n.º 31/2015 de 12 de fevereiro

Versão de Trabalho. Portaria n.º 31/2015 de 12 de fevereiro Portaria n.º 31/2015 de 12 de fevereiro O Decreto-Lei n.º 137/2014, de 12 de setembro, estabeleceu o modelo de governação dos fundos europeus estruturais e de investimento (FEEI), entre os quais se inclui

Leia mais

AUTORIZAÇÃO EXCECIONAL DE EMERGÊNCIA Nº 2016/07. Data da Autorização

AUTORIZAÇÃO EXCECIONAL DE EMERGÊNCIA Nº 2016/07. Data da Autorização AUTORIZAÇÃO EXCECIONAL DE EMERGÊNCIA Nº 2016/07 Data da Autorização -14.04.2016 PRODUTO: Pedido de autorização excecional ao abrigo do Art.º 53 do Regulamento (CE) nº 1107/2009, de 21 de outubro para utilização

Leia mais

CFLinfo 187 Agosto de Promoção da internacionalização dos produtos agrícolas

CFLinfo 187 Agosto de Promoção da internacionalização dos produtos agrícolas CFL info Informação do Sector de Frutos e Produtos Hortícolas www.cap.pt Nº187 - Agosto de 2010 Promoção da internacionalização dos produtos agrícolas Face à actual conjuntura, a internacionalização dos

Leia mais

Jornal Oficial da União Europeia L 111/5

Jornal Oficial da União Europeia L 111/5 5.5.2009 Jornal Oficial da União Europeia L 111/5 REGULAMENTO (CE) N. o 363/2009 DA COMISSÃO de 4 de Maio de 2009 que altera o Regulamento (CE) n. o 1974/2006 que estabelece normas de execução do Regulamento

Leia mais

EDITAL SUB-SISTEMA ALQUEVA APROVEITAMENTO HIDROAGRÍCOLA DE VALE DO GAIO

EDITAL SUB-SISTEMA ALQUEVA APROVEITAMENTO HIDROAGRÍCOLA DE VALE DO GAIO EDITAL SUB-SISTEMA ALQUEVA APROVEITAMENTO HIDROAGRÍCOLA DE VALE DO GAIO O presente edital reúne um conjunto de informação considerada mais substantiva relativa à época de rega de 2016 sendo que qualquer

Leia mais

Valorizar os Produtos Locais - Importância dos circuitos curtos

Valorizar os Produtos Locais - Importância dos circuitos curtos Valorizar os Produtos Locais - Importância dos circuitos curtos Seminário Pequenos Investimentos Produzir e vender com Qualidade e Segurança Luís Chaves 01 de setembro de 2016 Rio Maior 1. A Federação

Leia mais

RELATÓRIO DA COMISSÃO AO PARLAMENTO EUROPEU E AO CONSELHO. relativo às despesas do FEAGA. Sistema de alerta rápido n.º 4-5/2017

RELATÓRIO DA COMISSÃO AO PARLAMENTO EUROPEU E AO CONSELHO. relativo às despesas do FEAGA. Sistema de alerta rápido n.º 4-5/2017 COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 7.6.2017 COM(2017) 317 final RELATÓRIO DA COMISSÃO AO PARLAMENTO EUROPEU E AO CONSELHO relativo às despesas do FEAGA Sistema de alerta rápido n.º 4-5/2017 PT PT ÍNDICE 1. Introdução...

Leia mais

Portaria n.º 286/2012 de 20 de setembro

Portaria n.º 286/2012 de 20 de setembro Portaria n.º 286/2012 de 20 de setembro A presente portaria vem alterar as Portarias n.os 1416-A/2006, de 19 de dezembro, 1594/2007, de 17 de dezembro, 622/2008, de 18 de julho, 1513/2008, de 23 de dezembro,

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DA PRODUÇÃO

ORGANIZAÇÃO DA PRODUÇÃO ORGANIZAÇÃO DA PRODUÇÃO Representatividade Volume de Negócios Benefícios OP Apoio Técnico Valorização Da Produção Racionalidade Investimentos ORGANIZAÇÃO DA PRODUÇÃO EM ELVAS EXISTEM Alentejanices Frutas

Leia mais

(FESTAS DO POVO) Artigo 1º. (Organização e Coordenação)

(FESTAS DO POVO) Artigo 1º. (Organização e Coordenação) PROJETO DE REGULAMENTO DE ORGANIZAÇÃO, COORDENAÇÃO E REALIZAÇÃO DAS FESTAS DO POVO DE CAMPO MAIOR (FESTAS DO POVO) Artigo 1º (Organização e Coordenação) 1.- A organização e coordenação das Festas do Povo

Leia mais

L 252/26 Jornal Oficial da União Europeia

L 252/26 Jornal Oficial da União Europeia L 252/26 Jornal Oficial da União Europeia 19.9.2012 REGULAMENTO DE EXECUÇÃO (UE) N. o 844/2012 DA COMISSÃO de 18 de setembro de 2012 que estabelece as disposições necessárias à execução do procedimento

Leia mais

CONSELHO DIRETIVO. Seca Linha de Crédito de Apoio à Alimentação Animal e Setor Agrícola Continente

CONSELHO DIRETIVO. Seca Linha de Crédito de Apoio à Alimentação Animal e Setor Agrícola Continente CONSELHO DIRETIVO C ARTA-CIRCULAR CLASSIFICAÇÃO- DATA DE EMISSÃO: 02-10-2012 ENTRADA EM VIGOR: 03-10-2012 Âmbito: Continente O Decreto-Lei n.º 101/2012, de 11 de Maio, criou uma linha de crédito com juros

Leia mais

SECTOR AGRÍCOLA E AGROPECUÁRIO NA REGIÃO DE LEIRIA

SECTOR AGRÍCOLA E AGROPECUÁRIO NA REGIÃO DE LEIRIA SECTOR AGRÍCOLA E AGROPECUÁRIO NA REGIÃO DE LEIRIA Margarida Teixeira DRAPCentro ÍNDICE GERAL 1. Breve enquadramento geográfico 2. Séries históricas do INE 2.1 Explorações agrícolas 2.2 Utilização das

Leia mais

Regime de Pagamento Base (RPB)

Regime de Pagamento Base (RPB) Regime de Pagamento Base (RPB) Cálculo do número e valores unitários dos direitos ao pagamento (exemplos de cálculo) Em 2016 foi comunicado o número e o valor definitivo dos direitos ao pagamento atribuídos

Leia mais

OPORTUNIDADES DE FINANCIAMENTO PÚBLICO À CRIAÇÃO DE EMPRESAS

OPORTUNIDADES DE FINANCIAMENTO PÚBLICO À CRIAÇÃO DE EMPRESAS OPORTUNIDADES DE FINANCIAMENTO PÚBLICO À CRIAÇÃO DE EMPRESAS CONTEÚDOS: PROGRAMAS DE FINANCIAMENTO PREPARAR UMA CANDIDATURA EXECUTAR UM PROJETO COMPETE 2020 (CRESC ALGARVE 2020) COMPETE 2020 (CRESC ALGARVE

Leia mais

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE

CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS AVISO Nº POISE-20-2015-04 Estágios Iniciativa Emprego Jovem Programa Operacional Inclusão Social e Emprego Objetivo Temático 8 - Promover a sustentabilidade e

Leia mais