Explora o mundo fascinante dos insectos dos cinco continentes

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Explora o mundo fascinante dos insectos dos cinco continentes"

Transcrição

1 Explora o mundo fascinante dos insectos dos cinco continentes

2 Coleccione os insectos e aracnídeos mais espectaculares dos cinco continentes. Observe-os de todos os ângulos graças a um inovador sistema de conservação. E descubra todos os seus segredos graças a uma obra editorial exclusiva, única no seu género. Com a garantia: Bichos e insectos VERDADEIROS dos cinco continentes Todos os insectos e aracnídeos da colecção foram criados em quintas especializadas e nenhum foi capturado no seu habitat natural. Por isso, dependendo da época de criação, poderia suceder que um ou outro exemplar não fizesse parte da colecção. Nesse caso, a editora compromete-se a substituí-lo por um com a mesma qualidade e interesse do que o inicialmente proposto.

3 Sistema de conservação que imita a resina da natureza

4 Uma obra edito para todos os p Descubra a obra mais completa dedicada a insectos, aranhas e outros bichos. Esta obra editorial exclusiva revelar-lhe-á os segredos mais bem guardados de todos estes animais, combinando diversão e rigor científico. O trabalho de biólogos, entomologistas e educadores, aliado a uma cuidada selecção de fotografias e ilustrações, transformam-na numa obra ideal para miúdos e graúdos. COMO SÃO Descubra como são os insectos, aracnídeos e outros bichos por dentro e por fora. Analise estas espécies como nunca tinha sido possível até agora. Grandes ampliações para conhecer todos os seus segredos. Aproxime-se do interior de todos estes animais.

5 rial úblicos MITOS E LENDAS Alguns são aliados do homem, mas a maioria dos insectos e aranhas não é bem vista pelo ser humano. Descubra os segredos mais inconfessados e as superstições que envolvem os protagonistas desta obra editorial. Os insectos são os protagonistas de lendas, livros, BD, filmes ONDE VIVEM Insectos, aranhas e outros artrópodes espalharam-se por selvas, altas montanhas, florestas, desertos Um mapa-múndi pormenorizado permite-lhe conhecer os locais do planeta onde habita cada exemplar. Coleccione exemplares dos lugares mais recônditos Verifique como o mesmo animal se adaptou a diversos habitats. O mapa apresenta a distribuição mundial de outras espécies da mesma família.

6 COMO VIVEM Analise o ciclo vital de todos os bichos que habitam no planeta Terra. Faça uma viagem surpreendente ao interior das colónias de insectos e fique a conhecer os seus costumes, alimentação, rituais de acasalamento... Ilustrações muito pormenorizadas para recriar o dia-a-dia destes animais. SUPER-RECORDES No mundo animal, os maiores recordes pertencem a insectos, aranhas e outros artrópodes. Escorpiões com venenos letais para o ser humano, tecidos fabricados com um dos materiais mais resistentes da natureza e insectos que podem transportar um peso 50 vezes superior ao seu são descritos nesta secção. Fique a conhecer o ranking zoológico mais espantoso.

7 ATAQUE E DEFESA Esta secção aborda a sobrevivência das espécies. Conheça as estratégias que utilizam para caçar. E descubra também as técnicas que usam para evitar os seus principais inimigos: a camuflagem, a luta, a fuga... Batalhas impressionantes pela sobrevivência Sequências gráficas pormenorizadas com as técnicas de caça de cada animal. BICHOGRAMAS Ponha à prova os seus conhecimentos sobre «BICHOS», com uma série de perguntas e jogos. Surpreenda a sua família e os seus amigos e mostre-lhes quem é o verdadeiro rei da selva! Incríveis ILUSTRAÇÕES que apresentam os bichos com todo o pormenor Actividades divertidas para saber ainda mais sobre estes animais. Descubra tudo o que aprendeu no fascículo desta semana.

8 Coleccione-os Uma equipa de especialistas escolheu os mais excepcionais insectos, aracnídeos e outros bichos que se podem encontrar na natureza. Desfrute desta cuidadosa selecção de exemplares magníficos em dois tamanhos diferentes: grande e gigante, que poderá guardar numa caixa exclusiva, especialmente criada para esta colecção. GRÁTIS As caixas para guardar a sua colecção de bichos

9 Coleccione os BICHOS mais espectaculares e temidos em dois tamanhos diferentes: grande e gigante

10 Valor científico e educativo Os insectos e aracnídeos de «Bichos» fazem parte de uma colecção com um alto valor educativo. O projecto tem a garantia do Natural History Museum de Londres, que possui a maior colecção de história natural do mundo, com mais de setenta milhões de especímenes. Com a garantia: O Museu de História Natural de Londres possui uma das mais prestigiadas colecções de história natural de todo o mundo. Pelo estudo destas colecções os nossos cientistas podem compreender melhor a enorme variedade de espécies que habitam a Terra e como funciona o ecossistema global. É gratificante partilhar a nossa paixão pelo mundo natural através destas entregas, divertidas e cheias de cor, incentivando todos os leitores a explorarem o mundo à sua volta com outros olhos, para o desfrutarem e protegerem. Os bichos da colecção não estão protegidos nem em perigo de extinção Todos os insectos e aracnídeos da colecção foram criados em quintas especializadas, e nenhum exemplar foi apanhado no seu habitat natural. Estas quintas transformam-se numa alternativa que contribui directamente para criar emprego e impulsionar a economia das zonas rurais em que se encontram. É um projecto que respeita o meio ambiente e que conta com o apoio de prestigiadas instituições científicas.

11 Processo de fossilização em resina 1. Uma aranha tece a teia numa árvore, cuja casca desprende resina, que cai sob a forma de gotas num ramo. 2. Suspensa de um fio, a aranha aproxima-se perigosamente da resina. 3. A aranha pousa no ramo, mas fá-lo precisamente em cima da resina, onde fica presa. 4. Já morta, a aranha fica coberta por completo por sucessivas gotas de resina. Como se conservam Os bichos da colecção são conservados segundo um sistema inovador e antigo ao mesmo tempo. Inovador porque é a primeira colecção que utiliza resina plástica para conservar estas espécies, e antigo porque a resina natural preservou todo o tipo de bichos durante milhões de anos. Como na natureza! Aranha conservada em âmbar Contempla todos os pormenores dos bichos Escorpião conservado em resina plástica Conserva perfeitamente todos os exemplares Visibilidade de todos os ângulos

12 Os mais exóticos Coleccione os insectos mais incríveis dos cinco continentes. Bichos venenosos, brilhantes, devastadores e agressivos fazem parte desta colecção. Descubra AUTÊNTICAS maravilhas da natureza Chamado «saltador de plantas» Tem brilhantes cores iridescentes ESCARAVELHO JÓIA Recebe este nome por causa das suas brilhantes cores metálicas e iridescentes. Na base do segundo par de patas, possui sensores térmicos que detectam florestas recém-queimadas. Percorre dezenas de quilómetros para localizá-las e nelas efectua a postura, uma vez que as suas larvas se alimentam de árvores mortas. DELFACÍDEO EXÓTICO Este animal provoca sérios estragos, devido não só à seiva que extraem de diversas espécies de árvores, mas também pela proliferação de fungos que crescem nas excreções açucaradas destes insectos.

13 É imune ao seu próprio veneno Apesar do seu aspecto, é vegetariano ESCARAVELHO VEADO As mandíbulas extraordinariamente desenvolvidas dos machos podem chegar a ultrapassar o comprimento do resto do corpo. Contra o que possa parecer, não as utiliza para atacar as presas, mas para lutas territoriais na época do cio. ESCORPIÃO DOURADO Uma antiga lenda urbana diz que o escorpião se suicida se o envolvermos num círculo de fogo. É falso. É imune ao seu próprio veneno e, de resto, esse suicídio iria contra o instinto de sobrevivência animal. As suas estratégias vitais são a camuflagem e a surpresa LOUVA-A-DEUS DAS FLORES Habitam principalmente nas florestas do Sudeste Asiático, onde abundam os insectos de que se alimentam estes vorazes predadores. Tanto o macho como a fêmea desta espécie são bons voadores, capazes de realizar deslocações consideráveis. É responsável por graves danos agrícolas GORGULHO AZUL É inconfundível. De movimentos lentos, possui um grande «nariz» que, na realidade, é uma extensão da cabeça, de onde saem duas curiosas antenas articuladas. Os seus hábitos alimentares transformam-nos em verdadeiras pragas para alguns cultivos florestais, de frutos e herbáceos.

14 ..e os mais incrív BARATA AMERICANA Não abandona a postura à sua sorte ARANHA-TIGRE O seu fio é mais resistente que o aço Parente dos indesejados companheiros domésticos que residem em cozinhas, fornos e outros lugares quentes e húmidos. Trata-se de um insecto muito peculiar, uma vez que é de preferência móvel e, sobretudo, porque não abandona a postura à sua sorte, antes cuidando dela e protegendo-a. O fio de seda que as aranhas fabricam é muito fino, com uma espessura de apenas uns milésimos de milímetro. No entanto, é mais resistente que o aço e mais elástico que o nylon, uma vez que se distende até ao quádruplo do seu comprimento. A forma da sua cabeça é muito estranha CIGARRA ASIÁTICA VESPA GIGANTE Pode ser perigosa para o homem Insecto inconfundível pela forma estranhíssima da sua cabeça, que se prolonga quase tanto como o comprimento do resto do corpo. De forma geral, são conhecidas como fulgorídeos, porque se pensava que eram fosforescentes. Algumas possuem expansões cefálicas que simulam o focinho de um crocodilo. Também chamada vespão, este himenóptero pode ser muito perigoso para o homem. Se for perturbado, mostra-se agressivo e pode inocular uma quantidade de veneno consideravelmente superior à das abelhas.

15 eis Um colosso dos coleópteros Uma pedra preciosa dá-lhe o nome ESCARAVELHO-ESMERALDA O brilhante colorido verde da sua pele lacada nada fica a dever à pedra preciosa que lhe dá nome. Nas Filipinas e no Japão vivem várias espécies dos mais variados tons verdes, azuis e vermelho-dourados, todos de grande beleza. ESCARAVELHO RINOCERONTE Este escaravelho é dotado de uma extraordinária força física. O seu corno actua como uma arma especialmente criada para a luta entre machos, com a única finalidade de ganhar o direito a acasalar com a fêmea. Os maiores podem chegar a medir 8 centímetros de comprimento. Uma das maiores formigas Possui sensores na superfície exterior FORMIGA GIGANTE Trata-se de uma espécie tipicamente florestal, que habita nas zonas de florestas húmidas. A alimentação destas formigas baseia-se no melaço, mas é complementada com restos de animais mortos e alguns insectos mais pequenos. ESCORPIÃO GIGANTE Graças às suas pinças, este escorpião consegue apanhar facilmente invertebrados que fazem parte da sua dieta habitual. Estas pinças possuem uns pêlos finos ligados ao sistema nervoso, que lhe permitem obter informações sobre o meio ambiente.

16 PRÓXIMA ENTREGA Fascículo n.º 2 + Aranha diabo Por apenas 4,95 euros COMO SÃO Os escorpiões por dentro e por fora. Conheça a arma mais temida: o venenoso aguilhão. ONDE VIVEM Estes animais colonizaram praticamente todo o planeta. MITOS E LENDAS O Antigo Egipto conserva numerosas lendas em que os protagonistas são escorpiões. COMO VIVEM Na Terra há 360 milhões de anos, e quase sem mudar de aspecto. ATAQUE E DEFESA Conheça as suas principais vítimas e os seus maiores inimigos. SUPER-RECORDES Descubra, no nosso ranking particular, os animais com os venenos mais letais. BICHOGRAMAS Actividades divertidas para saber mais sobre estes animais. Semanalmente nas bancas uma nova entrega.

Compreensão das diferenças entre os artrópodes, crustáceos, insetos, aracnídeos, quilópodes e diplópodes, reconhecendo suas características

Compreensão das diferenças entre os artrópodes, crustáceos, insetos, aracnídeos, quilópodes e diplópodes, reconhecendo suas características Compreensão das diferenças entre os artrópodes, crustáceos, insetos, aracnídeos, quilópodes e diplópodes, reconhecendo suas características O que são artrópodes? Para que servem? Onde podem ser encontrados?

Leia mais

Corpo segmentado e dividido em cabeça, tórax e abdome, podendo alguns apresentar cefalotórax (= cabeça + tórax) e abdome.

Corpo segmentado e dividido em cabeça, tórax e abdome, podendo alguns apresentar cefalotórax (= cabeça + tórax) e abdome. OS ARTRÓPODES Prof. André Maia Apresentam pernas articuladas com juntas móveis. São triblásticos, celomados e dotados de simetria bilateral. Corpo segmentado e dividido em cabeça, tórax e abdome, podendo

Leia mais

A Diversidade da Floresta

A Diversidade da Floresta A Diversidade da Floresta por Rhett Butler, Janeiro 2008 Uroplatus fimbriatus lagarto em Madagascar. (Foto de R. Butler) A Arte da Desilusão: Mimetismo e Camuflagem MIMETISMO Existem três formas de mimetismo

Leia mais

Aracnideos da PVSul. Aranhas, Escorpiões e opiliões

Aracnideos da PVSul. Aranhas, Escorpiões e opiliões Aracnideos da PVSul Aranhas, Escorpiões e opiliões Temidos! As aranhas, opiliões e escorpiões são, geralmente, pouco conhecidos, mas muito temidos! Algumas poucas espécies realmente podem ser perigosas

Leia mais

Artrópodes. Os representantes do Filo Arthropoda (arthro= articulação, podes=pés) são animais com pernas articuladas.

Artrópodes. Os representantes do Filo Arthropoda (arthro= articulação, podes=pés) são animais com pernas articuladas. Artrópodes Os representantes do Filo Arthropoda (arthro= articulação, podes=pés) são animais com pernas articuladas. Todos os artrópodes possuem um exoesqueleto (esqueleto externo), uma carapaça formada

Leia mais

Muitos animais se alimentam da

Muitos animais se alimentam da A U A UL LA Animais caçadores e herbívoros Atenção Aumento de pragas Muitos animais se alimentam da quilo que é produzido pelo homem. Várias espécies de roedores, por exemplo, vivem principalmente de grãos

Leia mais

Se você fosse um bicho, qual deles você seria?

Se você fosse um bicho, qual deles você seria? Se você fosse um bicho, qual deles você seria? PREGUIÇA DE COLEIRA BEIJA-FLOR-DE-TOPETE ONÇA-PINTADA MANDAGUARI-AMARELO SAPO-DE-CHIFRE JEQUITIRANABOIA TUCANO-DE-BICO-VERDE JACARÉ-DE-PAPO-AMARELO MURIQUI

Leia mais

Abril de 2008. Autores: Luciana Gonçalo Lénio

Abril de 2008. Autores: Luciana Gonçalo Lénio Os Animais Abril de 2008 Autores: Luciana Gonçalo Lénio 20 1 Conclusão Achamos que trabalhamos bem. Descobrimos muitas coisas interessantes. Por exemplo: que haviam as cadeias alimentares. Assim ficámos

Leia mais

Registro Sobre a Exposição Planeta Inseto

Registro Sobre a Exposição Planeta Inseto Julia S. M. 6 Ano C Registro Sobre a Exposição Planeta Inseto Índice: I. Introdução II. Informações sobre o instituto Biológico III. Não somos insetos! IV. Características gerais sobre o grupo dos insetos.

Leia mais

OBJETIVO ELEMENTOS DO JOGO

OBJETIVO ELEMENTOS DO JOGO INSTRUÇÕES DO JOGO OBJETIVO O objetivo do jogo é completar uma coleção de insetos. Para tal, cada jogador deve preencher um cartão com 5 insetos. Cada um deles representa um determinado ciclo de vida,

Leia mais

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE 07 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP 0 A alma da gente durante a vida, produz uma quantidade imensa

Leia mais

Manuella Rezende Vital Orientado: Prof. Dr. Fábio Prezoto

Manuella Rezende Vital Orientado: Prof. Dr. Fábio Prezoto UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FOR A Instituto de Ciências Biológicas Programa de Pós-graduação em Ecologia Aplicada ao Manejo e Conservação de Recursos Naturais Manuella Rezende Vital Orientado: Prof.

Leia mais

FLORESTA AMAZÔNICA F 5 M A 2

FLORESTA AMAZÔNICA F 5 M A 2 FLORESTA AMAZÔNICA F 5 M A 2 Editora F-5MA2 Rua Floriano Peixoto Santos, 55 Morumbi CEP 05658-080 São Paulo - SP Tel.: (11) 3749 3250 Apresentação A população crescendo, florestas sumindo, calor aumentando,

Leia mais

ESPÉCIES PROTEGIDAS Olá!! Venho para vos falar das espécies protegidas...

ESPÉCIES PROTEGIDAS Olá!! Venho para vos falar das espécies protegidas... ESPÉCIES PROTEGIDAS Olá!! Venho para vos falar das espécies protegidas... www.geota.pt geota.sec@netcabo.pt O que são as espécies protegidas Espécies cujo número de indivíduo é muito reduzido estando em

Leia mais

DESCUBRA O PRAZER DE CRIAR COM O MÉTODO DE DESENHO MAIS COMPLETO E ACTUAL

DESCUBRA O PRAZER DE CRIAR COM O MÉTODO DE DESENHO MAIS COMPLETO E ACTUAL DESCUBRA O PRAZER DE CRIAR COM O MÉTODO DE DESENHO MAIS COMPLETO E ACTUAL Planeta DeAgostini apresenta A ARTE DO DESENHO, uma colecção que lhe abre todas as portas ao desenvolvimento das suas capacidades

Leia mais

NOME: N CADERNO DE REC. PARALELA DE BIOLOGIA 2º ANO EM TURMA 222 PROFª FERNANDA 2º BIMESTRE

NOME: N CADERNO DE REC. PARALELA DE BIOLOGIA 2º ANO EM TURMA 222 PROFª FERNANDA 2º BIMESTRE DATA: / / 1925 *** COLÉGIO MALLET SOARES *** 2014 89 ANOS DE TRADIÇÃO, RENOVAÇÃO E QUALIDADE DEPARTAMENTO DE ENSINO NOTA: NOME: N CADERNO DE REC. PARALELA DE BIOLOGIA 2º ANO EM TURMA 222 PROFª FERNANDA

Leia mais

Astronomia à luz do dia

Astronomia à luz do dia Astronomia à luz do dia (Expresso: 16-05-1998) O Sol revela-nos as suas manchas e a Lua mostra-nos as suas crateras. Vénus e Júpiter estão ao nosso alcance. QUEM nunca observou o Sol através de um telescópio

Leia mais

Broca da madeira. Atividade de Aprendizagem 19. Eixo(s) temático(s) Vida e ambiente

Broca da madeira. Atividade de Aprendizagem 19. Eixo(s) temático(s) Vida e ambiente Atividade de Aprendizagem 19 Broca da madeira Eixo(s) temático(s) Vida e ambiente Tema Interações entre os seres vivos / características e diversidade dos seres vivos / manutenção da vida e integração

Leia mais

Introdução. Como foram domesticados gatos?

Introdução. Como foram domesticados gatos? Introdução Os Gatos domésticos chegaram pela primeira vez ao continente Norte- americano levados por colonos europeus, há várias centenas de anos. Desde então, multiplicaram-se e prosperaram como gatos

Leia mais

Estão presentes no mundo

Estão presentes no mundo Apêndice C Fichas informativas elaboradas para exposição juntamente com os insetários Apis mellifera Ordem: Hymenoptera Família: APIDAE Gênero: Apis Abelha introduzida no Brasil, muito utilizada na produção

Leia mais

Complete com as principais características de cada bioma: MATA ATLÂNTICA

Complete com as principais características de cada bioma: MATA ATLÂNTICA Atividade de Ciências 5º ano Nome: ATIVIDADES DE ESTUDO Complete com as principais características de cada bioma: MATA ATLÂNTICA FLORESTA AMAZÔNICA FLORESTA ARAUCÁRIA MANGUEZAL PANTANAL CAATINGA CERRADO

Leia mais

Piriquito-da- Califórnia Pombo-viajante Marta marinha Pato-Branco-de- Cristo Tarpan. Auroque. Lobo 28 espécies de. Japonês aves

Piriquito-da- Califórnia Pombo-viajante Marta marinha Pato-Branco-de- Cristo Tarpan. Auroque. Lobo 28 espécies de. Japonês aves Auroque Piriquito-da- Califórnia Pombo-viajante Marta marinha Pato-Branco-de- Cristo Tarpan Manatim Stellier Águia-americana Foca-monge-mediterrânica Lince-ibérico Leopardo-das-neves Panda gigante Animais

Leia mais

Artrópodes. - A enorme diversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivam em todos os habitats.

Artrópodes. - A enorme diversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivam em todos os habitats. Artrópodes - O filo Arthropoda (Artrópodes) possui um número muito grande de animais, o maior grupo com espécies diferentes; - A enorme diversidade de adaptação destes animais permite que sobrevivam em

Leia mais

Uma oportunidade única de criar e decorar

Uma oportunidade única de criar e decorar Uma oportunidade única de criar e decorar a sua CASA DE PRAIA em miniatura. Descubra o prazer do coleccionador e a delicadeza do miniaturista. O coleccionismo das casas em miniatura é um passatempo com

Leia mais

CARACTERÍSTICAS: O corpo dos insetos e formado por três regiões: cabeça, tórax e abdome. Na cabeça das insetos, podemos notar antenas, olhos e peças

CARACTERÍSTICAS: O corpo dos insetos e formado por três regiões: cabeça, tórax e abdome. Na cabeça das insetos, podemos notar antenas, olhos e peças ARTRÓPODES INTRODUÇÃO: Derntro do estudo dos invertebrados, o filo artrópodes merece atenção especial. Ele agrupa mais de 800 mil espécies, contia que supera todos os demais filos reunidos. Além disso,

Leia mais

ANDAM GOLFINHOS NA COSTA

ANDAM GOLFINHOS NA COSTA ANDAM GOLFINHOS NA COSTA ESCOLA DE MAR INVESTIGAÇÃO, PROJECTOS E EDUCAÇÃO EM AMBIENTE E ARTES Delphinus delphis Toninha, assim se chama o mais comum dos golfinhos em Portugal. O golfinho-comum (Delphinus

Leia mais

PEIXES - corpo coberto de escamas - barbatanas para nadar - respiram por guelras

PEIXES - corpo coberto de escamas - barbatanas para nadar - respiram por guelras Os animais do meu ambiente Há muitos animais na Natureza e todos são diferentes. Os animais estão adaptados ao ambiente em que vivem, pela forma do corpo, pela maneira como se deslocam, pela alimentação

Leia mais

TÍTULO: Plano de Aula VIDA DE BICHO. Ensino Fundamental / Anos Iniciais. 4º ano. Ciências. Vida e Ambiente 2 aulas (50 min cada) Educação Presencial

TÍTULO: Plano de Aula VIDA DE BICHO. Ensino Fundamental / Anos Iniciais. 4º ano. Ciências. Vida e Ambiente 2 aulas (50 min cada) Educação Presencial Org.: Claudio André - 1 TÍTULO: VIDA DE BICHO Nível de Ensino: Ano/Semestre de estudo Componente Curricular: Tema: Duração da Aula: Modalidade de Ensino: Ensino Fundamental / Anos Iniciais 4º ano Ciências

Leia mais

Nesta edição: O ecossistema do manguezal com sua fauna e sua flora características, curiosidades e ainda passatempos divertidos!!!

Nesta edição: O ecossistema do manguezal com sua fauna e sua flora características, curiosidades e ainda passatempos divertidos!!! anguezal Nesta edição: O ecossistema do manguezal com sua fauna e sua flora características, curiosidades e ainda passatempos divertidos!!! EDITORIAL Pelas páginas desta revista, você encontrará muitos

Leia mais

Curso Wellington:Biologia - Reino Animal - Artrópodes - Aracnídeos - Prof Hilton Franco

Curso Wellington:Biologia - Reino Animal - Artrópodes - Aracnídeos - Prof Hilton Franco 1. Durante uma aula de campo no litoral do Paraná, um aluno fez vários comentários ao encontrar e observar uma série de organismos. Com base em seus conhecimentos sobre os seres vivos, identifique as afirmativas

Leia mais

Puzzles 3D. Serpente. Idade. Peças. 36 páginas. Livro educativo. livro educativo

Puzzles 3D. Serpente. Idade. Peças. 36 páginas. Livro educativo. livro educativo Tartaruga Puzzles 3D Serpente A linha de brinquedos " & Puzzles" engloba uma coleção de puzzles, puzzles 3D, quizzes e jogos de tabuleiro. Esta linha tem como objetivo estimular a diversão em família e

Leia mais

A) Ação global. B) Ação Antrópica. C) Ação ambiental. D) Ação tectônic

A) Ação global. B) Ação Antrópica. C) Ação ambiental. D) Ação tectônic Disciplina: Geografia Roteiro de Recuperação Ano / Série: 6º Professor (a): Gabriel Data: / / 2013 Matéria da recuperação. Superficie da Terra. Litosfera, solo e relevo 1- Analise a imagem. www.trabanca.com-acesso:

Leia mais

Ecologia Conceitos Básicos e Relações Ecológicas

Ecologia Conceitos Básicos e Relações Ecológicas Ecologia Conceitos Básicos e Relações Ecológicas MOUZER COSTA O que é Ecologia? É a parte da Biologia que estuda as relações dos seres vivos entre si e com o ambiente. Conceitos Básicos Espécie População

Leia mais

SERVIÇOS EXTRAS.... para uma experiencia completa!

SERVIÇOS EXTRAS.... para uma experiencia completa! ... para uma experiencia completa! P2 SEA LIFE, um espaço muito especial Sustenha a respiração e mergulhe num fantástico mundo marinho à descoberta dos mais incríveis e curiosos animais. Há tanta coisa

Leia mais

ANO LECTIVO 2011-12 LABORATÓRIOS PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO 2º CICLO 3º CICLO SECUNDÁRIO NOVAS OPORTUNIDADES

ANO LECTIVO 2011-12 LABORATÓRIOS PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO 2º CICLO 3º CICLO SECUNDÁRIO NOVAS OPORTUNIDADES ANO LECTIVO 2011-12 PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO 2º CICLO 3º CICLO SECUNDÁRIO NOVAS OPORTUNIDADES 1 PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO Chefs no Laboratorium Muitos dos alimentos que fazem as delícias dos mais pequenos resultam

Leia mais

EXERCÍCIOS DE REVISÃO 1ª VP4 de Ciências 6ª SÉRIE 1ª ETAPA. Professora: Alexsandra Ribeiro

EXERCÍCIOS DE REVISÃO 1ª VP4 de Ciências 6ª SÉRIE 1ª ETAPA. Professora: Alexsandra Ribeiro CONTEÚDO: CAP. 1, 2 e 3 EXERCÍCIOS DE REVISÃO 1ª VP4 de Ciências 6ª SÉRIE 1ª ETAPA Professora: Alexsandra Ribeiro 1. O esquema abaixo nos mostra como a vida está organizada no planeta. A complexidade da

Leia mais

Explicação porque engordamos!

Explicação porque engordamos! Explicação porque engordamos! O intestino delgado é a parte mais importante do nosso aparelho digestivo, mas ninguém lhe presta a devida atenção! Por Manuel Luciano da Silva, Médico Todas as pessoa sabem

Leia mais

Curso Wellington: Biologia-Artrópode-Miriápodes- Características Gerais e Classificação Prof Hilton Franco

Curso Wellington: Biologia-Artrópode-Miriápodes- Características Gerais e Classificação Prof Hilton Franco 1. A cigarra e a formiga Era uma vez uma cigarra que vivia cantando, sem se preocupar com o futuro. Encontrando uma formiga que carregava uma folha pesada, falou: - Para que todo esse trabalho? O verão

Leia mais

PREVENÇÃO DE ACIDENTES COM ANIMAIS ESCORPIÃO ESCORPIÕES. William Henrique Stutz

PREVENÇÃO DE ACIDENTES COM ANIMAIS ESCORPIÃO ESCORPIÕES. William Henrique Stutz PREVENÇÃO DE ACIDENTES COM ANIMAIS ESCORPIÃO ESCORPIÕES William Henrique Stutz Os escorpiões são aracnídeos, muitas pessoas os chamam de insetos, mas basta observar que este animal tem 4 (quatro) pares

Leia mais

Quiz 6 a Série. 1. Um cientista estudou o conteúdo do estômago de um animal e descobriu que nele só havia plantas. Este animal deve ser um:

Quiz 6 a Série. 1. Um cientista estudou o conteúdo do estômago de um animal e descobriu que nele só havia plantas. Este animal deve ser um: Quiz 6 a Série Professora: Alexsandra Ribeiro Instruções: Olá queridos alunos e alunas! O quiz é mais uma ferramenta que nos possibilita saber se realmente você está entendendo o conteúdo abordado em sala

Leia mais

Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com

Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com Filo Arthropoda exoesqueleto e patas articuladas. simetria bilateral triblásticos protostômios celomados metamerizados;

Leia mais

5ª série / 6º ano 1º bimestre

5ª série / 6º ano 1º bimestre 5ª série / 6º ano 1º bimestre Água e o planeta Terra Hidrosfera Distribuição e importância Hidrosfera é o conjunto de toda a água da Terra. Ela cobre 2/3 da superfície terrestre e forma oceanos, mares,

Leia mais

A Importância dos Sistemas de Informação Geográfica na Caracterização e Gestão das Vinhas

A Importância dos Sistemas de Informação Geográfica na Caracterização e Gestão das Vinhas A Importância dos Sistemas de Informação Geográfica na Caracterização e Gestão das Vinhas José Aranha CITAB j_aranha@utad.pt Juliana Salvação bolseira EcoVitis jlsalvacao@hotmail.com Colóquio Ecovitis:

Leia mais

Agricultura biológica

Agricultura biológica As Comissão Europeia Agricultura e Desenvolvimento Rural www.organic-farming.europa.eu Quatro Estações Agricultura Biológica Livro de Actividades para Crianças Agricultura biológica Boa para a natureza,

Leia mais

Instituição executora do projeto: Centro de Pesquisas Ambientais do Nordeste (CEPAN) Coordenador Geral: Felipe Pimentel Lopes de Melo Coordenador

Instituição executora do projeto: Centro de Pesquisas Ambientais do Nordeste (CEPAN) Coordenador Geral: Felipe Pimentel Lopes de Melo Coordenador Instituição executora do projeto: Centro de Pesquisas Ambientais do Nordeste (CEPAN) Coordenador Geral: Felipe Pimentel Lopes de Melo Coordenador Técnico: Maria das Dores de V. C. Melo Coordenação Administrativa-Financeira:

Leia mais

Delza - Ciências 6ª Série RECUPERAÇÂO. QUESTÃO 1 (Descritor: associar características básicas à classificação dos seres vivos.)

Delza - Ciências 6ª Série RECUPERAÇÂO. QUESTÃO 1 (Descritor: associar características básicas à classificação dos seres vivos.) Delza - Ciências 6ª Série RECUPERAÇÂO QUESTÃO 1 (Descritor: associar características básicas à classificação dos seres vivos.) Assunto: Classificação dos seres vivos Os cientistas estabeleceram um sistema

Leia mais

Conservação e Extinção das Espécies

Conservação e Extinção das Espécies Conservação e Extinção das Espécies Já pensaste como são variadas e importantes os outros seres vivos com quem partilhamos o nosso planeta? E como as nossas vidas ficarão empobrecidas se esta diversidade

Leia mais

BIOVESTIBA.NET BIOLOGIA VIRTUAL Profº Fernando Teixeira UFRGS. ECOLOGIA Conceitos e Sucessão Ecológica

BIOVESTIBA.NET BIOLOGIA VIRTUAL Profº Fernando Teixeira UFRGS. ECOLOGIA Conceitos e Sucessão Ecológica UFRGS ECOLOGIA Conceitos e Sucessão Ecológica 1. (Ufrgs 2014) Considere as seguintes afirmações sobre conceitos utilizados em ecologia. I. Nicho ecológico é a posição biológica ou funcional que um ecossistema

Leia mais

Programa. para. escolas 2014/2015

Programa. para. escolas 2014/2015 Programa para escolas 2014/2015 O que é a Tapada Nacional de Mafra? A Tapada Nacional de Mafra é uma floresta única com uma diversidade imensa de habitats que permitem a existência de um grande número

Leia mais

DIVERSIDADE DE CLIMAS = DIVERSIDADE DE VEGETAÇÕES

DIVERSIDADE DE CLIMAS = DIVERSIDADE DE VEGETAÇÕES FORMAÇÕES VEGETAIS - Os elementos da natureza mantém estreita relação entre si. - A essa relação, entendida como a combinação e coexistência de seres vivos (bióticos) e não vivos (abióticos) dá-se o nome

Leia mais

CICLO DE VIDA E REPRODUÇÃO. Professora Stella Maris

CICLO DE VIDA E REPRODUÇÃO. Professora Stella Maris CICLO DE VIDA E REPRODUÇÃO Professora Stella Maris CIGARRAS CANTAM ATÉ ESTOURAR? Fonte: https://cienciasnoseculoxxi.wordpress.com/tag/inseto-hemimetabolo/ CICLO DE VIDA DA CIGARRA Ciclo de vida das cigarras

Leia mais

Dia da Conservação do Solo - 15 de Abril

Dia da Conservação do Solo - 15 de Abril Dia da Conservação do Solo - 15 de Abril Tema: Comemoração do Dia da Conservação do Solo Destinatários: Crianças dos 6 aos 10 anos - 1º ciclo Objectivo: Pretende-se que no final das actividades as crianças

Leia mais

Ciências Naturais 6º ano Lígia Palácio

Ciências Naturais 6º ano Lígia Palácio Relações Ecológicas Tema: Ecologia Ciências Naturais 6º ano Lígia Palácio 1) Introdução A interação dos diversos organismos que constituem uma comunidade biológica são genericamente denominadas relações

Leia mais

Nome científico: Nome Popular: Classe: Ordem: Família: Subfamília: Género: Espécie: Características:

Nome científico: Nome Popular: Classe: Ordem: Família: Subfamília: Género: Espécie: Características: Nome científico: Lutra lutra Nome Popular: Lontra europeia, lontra-comum Classe: Mammalia Ordem: Carnívora Família: Mustelidae Subfamília: Lutrinae Género: Lutra Espécie: Lutra lutra Características: A

Leia mais

VISITAS ESCOLARES 2 0 1 5 / 2 0 1 6. Mais próximos da natureza, mais saudáveis, mais sábios.

VISITAS ESCOLARES 2 0 1 5 / 2 0 1 6. Mais próximos da natureza, mais saudáveis, mais sábios. VISITAS ESCOLARES 2 0 1 5 / 2 0 1 6 Mais próximos da natureza, mais saudáveis, mais sábios. O Zoo Santo Inácio é o maior e mais verde parque zoológico do norte do país e está situado apenas a 10 minutos

Leia mais

Unidade 0 Diversidade na biosfera I DIVERSIDADE NA BIOSFERA

Unidade 0 Diversidade na biosfera I DIVERSIDADE NA BIOSFERA 1 Unidade 0 Diversidade na biosfera I DIVERSIDADE NA BIOSFERA Objectivos 2 Compreender a importância da diversidade biológica na manutenção da vida; Identificar diferentes tipos de interacção entre seres

Leia mais

GUIÃO DO PROFESSOR. Capuchinho Vermelho. Exploração de conteúdos Preparação da visita Caderno do professor

GUIÃO DO PROFESSOR. Capuchinho Vermelho. Exploração de conteúdos Preparação da visita Caderno do professor GUIÃO DO PROFESSOR Capuchinho Vermelho Exploração de conteúdos Preparação da visita Caderno do professor Era Uma Vez uma cor vermelha! Enquadramento Curricular Preparação da visita 3º Ciclo Ciências Naturais

Leia mais

CIENTISTAS NO PARQUE ENSINO BÁSICO

CIENTISTAS NO PARQUE ENSINO BÁSICO CIENTISTAS NO PARQUE ENSINO BÁSICO Este programa aborda a disciplina de ciências naturais de uma forma prática, partindo de temas como a biodiversidade, a gestão de recursos e a monitorização ambiental.

Leia mais

BIOVESTIBA.NET BIOLOGIA VIRTUAL Profº Fernando Teixeira UFRGS. ECOLOGIA Fluxo de energia e Interações ecológicas

BIOVESTIBA.NET BIOLOGIA VIRTUAL Profº Fernando Teixeira UFRGS. ECOLOGIA Fluxo de energia e Interações ecológicas UFRGS ECOLOGIA Fluxo de energia e Interações ecológicas 1. (Ufrgs 2015) Analise o quadro abaixo que apresenta os componentes de uma cadeia alimentar aquática e de uma terrestre. Ecossistema aquático aguapé

Leia mais

Amazônia. ANÁLISE Amazonia (Key environments). Edited by Ghillean T. Prance and Thomas E. Levejoy. Oxford, Pergamon Press, 1985, 442p.

Amazônia. ANÁLISE Amazonia (Key environments). Edited by Ghillean T. Prance and Thomas E. Levejoy. Oxford, Pergamon Press, 1985, 442p. ANÁLISE Amazonia (Key environments). Edited by Ghillean T. Prance and Thomas E. Levejoy. Oxford, Pergamon Press, 1985, 442p. *Escola Nacional de Saúde Pública Amazônia Mário R Aragão* Como não poderia

Leia mais

Compostagem doméstica

Compostagem doméstica Compostagem doméstica Na Natureza tudo se transforma 1 2 3 Este guia vai ser-lhe útil! Com este pequeno guia pode, finalmente, tirar partido do seu lixo e sentir-se bem por isso! Os restos de comida, as

Leia mais

AS AVES DA MINHA ESCOLA

AS AVES DA MINHA ESCOLA AS AVES DA MINHA ESCOLA 1 INTRODUÇÃO: O planeta Terra é um sistema fechado, em que todos os seres e elementos estão interligados e são dependentes uns dos outros. Deste modo, as aves desempenham funções

Leia mais

Observar a paisagem. Nesta aula, vamos verificar como a noção de

Observar a paisagem. Nesta aula, vamos verificar como a noção de A U A UL LA Observar a paisagem Nesta aula, vamos verificar como a noção de paisagem está presente na Geografia. Veremos que a observação da paisagem é o ponto de partida para a compreensão do espaço geográfico,

Leia mais

Ficha Sumativa. Onde existe vida na Terra? Ambientes naturais: terrestres e aquáticos. Tema 2 - Terra em transformação.

Ficha Sumativa. Onde existe vida na Terra? Ambientes naturais: terrestres e aquáticos. Tema 2 - Terra em transformação. Ficha Sumativa Onde existe vida na Terra? Ambientes naturais: terrestres e aquáticos. Tema 2 - Terra em transformação. Bloco de trabalho 7 - Diversidade nos animais: como se alimentam. 1. A figura 1 representa,

Leia mais

Ensino Fundamental II

Ensino Fundamental II Ensino Fundamental II Valor da prova: 2.0 Nota: Data: / /2015 Professora: Angela Disciplina: Geografia Nome: n o : Ano: 9º 3º bimestre Trabalho de Recuperação de Geografia Orientações: - Leia atentamente

Leia mais

PROJETO DE LEI N o 1.847, DE 2003

PROJETO DE LEI N o 1.847, DE 2003 COMISSÃO DE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL PROJETO DE LEI N o 1.847, DE 2003 Institui o Programa Nacional de Apoio aos Produtos Nativos do Cerrado e dá outras providências. Autor: Deputado

Leia mais

A Licensee of The Coca-Cola Company

A Licensee of The Coca-Cola Company A Licensee of The Coca-Cola Company Um século de publicidade de uma marca mítica Desde que começou a ser comercializada em 1886, a Coca-Cola foi pioneira em todos os aspectos relacionados com o marketing

Leia mais

Simulado Biologia UNICAMP 2014-2013

Simulado Biologia UNICAMP 2014-2013 1. (Unicamp 2014) Considere os seguintes componentes celulares: I. parede celular II. membrana nuclear III. membrana plasmática IV. DNA É correto afirmar que as células de a) fungos e protozoários possuem

Leia mais

O Caderno da Compostagem

O Caderno da Compostagem O Caderno da Compostagem A publicação do Guia da Compostagem, que colocamos à sua disposição. constitui mais um elemento no domínio da sensibilização e educação ambiental, que procura incentivar uma maior

Leia mais

Rios que voam. Yana Marull

Rios que voam. Yana Marull Rios que voam Yana Marull Yana Marull Drews Yana é jornalista, vive com a família em Brasília e já morou em outros países que também fazem parte da Bacia Amazônica. Ela adora escrever matérias sobre o

Leia mais

Controle Biológico. Ivan Cruz, entomologista ivan.cruz@.embrapa.br. Postura no coleto. Posturas nas folhas

Controle Biológico. Ivan Cruz, entomologista ivan.cruz@.embrapa.br. Postura no coleto. Posturas nas folhas Controle Biológico Postura no coleto Ivan Cruz, entomologista ivan.cruz@.embrapa.br Posturas nas folhas Proteção Ambiental: Controle Biológico Agrotóxicos Produtividade x Saúde do Trabalhador Rural Fonte:

Leia mais

Predação, Parasitismo e Defesa em Insetos

Predação, Parasitismo e Defesa em Insetos Predação, Parasitismo e Defesa em Insetos Objetivos Instrucionais Ao final desta aula o aluno será capaz de: Identificar as diferenças entre predador/parasita/parasitóide, baseado na forma de ataque à

Leia mais

Simone de Souza Prado, pesquisadora da Embrapa Meio Ambiente

Simone de Souza Prado, pesquisadora da Embrapa Meio Ambiente Cupins subterrâneos Simone de Souza Prado, pesquisadora da Embrapa Meio Ambiente Os cupins são insetos da ordem Isoptera, também conhecidos por térmitas, siriris ou aleluias. Estes insetos são espécies

Leia mais

Matéria: Biologia Assunto: Relações Ecológicas Prof. Enrico Blota

Matéria: Biologia Assunto: Relações Ecológicas Prof. Enrico Blota Matéria: Biologia Assunto: Relações Ecológicas Prof. Enrico Blota Biologia Ecologia Relações ecológicas Representam as interações entre os seres vivos em um determinado ecossistema. Podem ser divididas

Leia mais

LPN - SEDE NACIONAL Estrada do Calhariz de Benfica, 187 1500-124 Lisboa T. +351 217 780 097 F. +351 217 783 208 lpn.natureza@lpn.

LPN - SEDE NACIONAL Estrada do Calhariz de Benfica, 187 1500-124 Lisboa T. +351 217 780 097 F. +351 217 783 208 lpn.natureza@lpn. Índice 1. O mais pequeno dos Peneireiros... 1 2. Principais factores de ameaça... 3 3. Como identificar... 4 4. Uma espécie migradora... 5 5. Os montes abandonados... 6 6. Onde preferem habitar?... 8 7.

Leia mais

Fig.4. Rapidez de acção 2 a 6 horas após o contacto com o produto, as lagartas deixam de se alimentar, parando de provocar prejuízos na cultura.

Fig.4. Rapidez de acção 2 a 6 horas após o contacto com o produto, as lagartas deixam de se alimentar, parando de provocar prejuízos na cultura. Tuta absoluta A Tuta absoluta é um lepidóptero originário da América do Sul e foi detectada na Península Ibérica em 2006. Esta praga apresenta um enorme potencial reprodutivo, capaz de causar estragos

Leia mais

9º ENTEC Encontro de Tecnologia: 23 a 28 de novembro de 2015

9º ENTEC Encontro de Tecnologia: 23 a 28 de novembro de 2015 CONTROLE BIOLÓGICO DE PRAGAS DA CANA- DE AÇÚCAR NA PRÁTICA Resumo Bruno Pereira Santos 1 ; Profa. Dra. Ana Maria Guidelli Thuler 2 1, 2 Universidade de Uberaba bruno pereira santos 1, bpereiira955@gmail.com

Leia mais

XIV SEMINÁRIO NACIONAL DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA CONTROLE DE CUPINS EM POSTES DE MADEIRA MÉTODO BIORRACIONAL

XIV SEMINÁRIO NACIONAL DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA CONTROLE DE CUPINS EM POSTES DE MADEIRA MÉTODO BIORRACIONAL XIV SEMINÁRIO NACIONAL DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA CONTROLE DE CUPINS EM POSTES DE MADEIRA MÉTODO BIORRACIONAL AUTORES : CLÁUDIO ANTÔNIO SODÁRIO ALEX SILVEIRA JOSE FRANCISCO RESENDE DA SILVA JURACY

Leia mais

Níveis de Organização

Níveis de Organização Níveis de Organização Indivíduo Átomos Moléculas Células Tecidos Órgãos Sistemas capazes de se cruzarem entre si, originando indivíduos férteis. Ex: Cachorro População: grupo de indivíduos da mesma espécie

Leia mais

CONVENÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE DIVERSIDADE BIOLÓGICA

CONVENÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE DIVERSIDADE BIOLÓGICA CONVENÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE DIVERSIDADE BIOLÓGICA António Gonçalves Henriques CONVENÇÃO SOBRE DIVERSIDADE BIOLÓGICA CONCEITOS DE BASE Biodiversidade ou Diversidade Biológica é o conjunto das diferentes

Leia mais

Registro Fotográfico

Registro Fotográfico PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAGUARI SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE Registro Fotográfico Figura 01: Vista geral do Pinus, onde se vê o tamanho da abertura no tronco e uma proteção que os funcionários

Leia mais

Os Serradores de Bambu

Os Serradores de Bambu Este blog foi criado para compartilhar com os meus amigos e amigos do Bambu as mais diversas experiências, situações, fotos e registros relativos ao Bambu. Para nada valem fotos e registros arquivados

Leia mais

O nome Camaleão significa Leão da Terra e é derivado das palavras gregas Chamai (na terra, no chão) e Leon (leão).

O nome Camaleão significa Leão da Terra e é derivado das palavras gregas Chamai (na terra, no chão) e Leon (leão). Nome científico: Chamaeleo chamaeleon Nome popular: camaleão-comum Classe: Reptilia Ordem: Squamata Subordem: Sauria Família: Chamaeleontidae Etimologia: O nome Camaleão significa Leão da Terra e é derivado

Leia mais

Filme: Bichos Urbanos

Filme: Bichos Urbanos Filme: Bichos Urbanos Gênero: Experimental Diretor: João Mors, Karen Barros Elenco: José Marinho Ano 2002 Duração: 20 min Cor: Colorido Bitola: 16mm País: Brasil Disponível no Porta Curtas: www.portacurtas.com.br/curtanaescola/filme.asp?cod=1495

Leia mais

TAG 4/2010 STC-6. Trabalho realizado por: Vera Valadeiro, nº 20

TAG 4/2010 STC-6. Trabalho realizado por: Vera Valadeiro, nº 20 TAG 4/2010 STC-6 Trabalho realizado por: Vera Valadeiro, nº 20 1 Índice Introdução A Migração As Diversas Formas de migração humana As Causas ou motivos de migração humana Os grandes fluxos de migratórios

Leia mais

Sinta toda a emoção do aeromodelismo através de um avião que é um símbolo da História de Portugal!

Sinta toda a emoção do aeromodelismo através de um avião que é um símbolo da História de Portugal! www.altaya.pt Sinta toda a emoção do aeromodelismo através de um avião que é um símbolo da História de Portugal! Agora pode tornar o seu sonho realidade! Com esta colecção terá oportunidade de montar e

Leia mais

As árvores transgênicas

As árvores transgênicas documento informativo - wrm Arvores Transgênicas Movimento Mundial pelas Florestas As árvores transgênicas Até agora o debate sobre os organismos geneticamente modificados- também chamados de transgênicos-

Leia mais

Exposição Exploratorium (piso 1)

Exposição Exploratorium (piso 1) Exposição Exploratorium (piso 1) Departamento Educativo - PNE Vivemos numa floresta de sons, cores, tonalidades, reflexos e texturas de uma realidade que nos chega pelos sentidos e molda a imagem perceptiva

Leia mais

A vida nas cidades. leptospirose é geralmente transmitida através da urina de ratos, que se mistura à água das enchentes.

A vida nas cidades. leptospirose é geralmente transmitida através da urina de ratos, que se mistura à água das enchentes. A U A UL LA A vida nas cidades Atenção Leptospirose - Cresce a epidemia 43 pessoas já morreram em São Paulo A epidemia de leptospirose que assola São Paulo atingiu ontem a marca recorde de 1.003 casos

Leia mais

4 de Outubro Dia Mundial do Animal

4 de Outubro Dia Mundial do Animal 4 de Outubro Dia Mundial do Animal Countdown Dia do Animal Dias Horas Minutos XX 0 0 0 Zoia-Acções Ambientais, R. Cristovão da Gama 12 A 1675-193 Pontinha www.zoia.pt zoia.ambiente@zoia.pt Tel. 21 478

Leia mais

II CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO E PREVENÇÃO DE ACIDENTES COM CÃES

II CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO E PREVENÇÃO DE ACIDENTES COM CÃES II CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO E PREVENÇÃO DE ACIDENTES COM CÃES II CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO E PREVENÇÃO DE ACIDENTES COM CÃES Todos os dias os hospitais do Paraná atendem mais de 100 vítimas de mordida

Leia mais

by DesleeClama Tecidos para colchão inspirados nos segredos de beleza da natureza

by DesleeClama Tecidos para colchão inspirados nos segredos de beleza da natureza Tecidos para colchão inspirados nos segredos de beleza da natureza A beleza da natureza em um colchão A coleção Sleeping Beauty de acabamentos para colchão leva você em uma viagem pelo mundo, explorando

Leia mais

Fogo. Melhor prevenir que apagar incêndios

Fogo. Melhor prevenir que apagar incêndios Fogo. Melhor prevenir 1 2 Fogo. Melhor prevenir Uso do fogo na Pré-história Há milhares de anos, o homem descobriu o fogo. Aos poucos, aprendeu maravilhas: iluminar cavernas, afastar o medo do escuro,

Leia mais

Lista de relações ecológicas, sucessão e dinâmica de pop./ Prof. Karina/ 1º ano

Lista de relações ecológicas, sucessão e dinâmica de pop./ Prof. Karina/ 1º ano 1. (Upf 2015) Considerando as relações ecológicas entre os seres vivos de uma comunidade, as formigas de um formigueiro, os liquens, um coral cérebro e uma bromélia crescendo no galho de uma árvore são,

Leia mais

BIOLOGIA 12º ANO ANO LECTIVO 2008/2009 NOME DO ALUNO. Teste 5

BIOLOGIA 12º ANO ANO LECTIVO 2008/2009 NOME DO ALUNO. Teste 5 BIOLOGIA 12º ANO ANO LECTIVO 2008/2009 NOME DO ALUNO PROFESSORA: Isabel Dias N.º Classificação: Teste 5 1. Considere os seguintes processos usados para obtenção de organismos. I. Substituir o núcleo de

Leia mais

tartarugas marinhas a viagem

tartarugas marinhas a viagem musical infantil tartarugas marinhas a viagem Era uma vez uma tartaruga marinha que era famosa pelas suas migrações de milhares de quilómetros. A magnífica história da sua vida era pouco conhecida e muito

Leia mais

Baleia. Aranha. Iuri. Malcom

Baleia. Aranha. Iuri. Malcom Aranha Baleia A aranha é um aracnídeo. O habitat das aranhas é nas florestas ou em casas. Mas ela mora em uma teia que ela mesma faz. Depressa ela se pendura na teia e enrola insetos nessa teia para se

Leia mais

Zoologia e Botânica. Biologia Monitores: Julio Junior e Thamirys Moraes 16, 17, 18 e 20/12/2015. Material de Apoio para Monitoria

Zoologia e Botânica. Biologia Monitores: Julio Junior e Thamirys Moraes 16, 17, 18 e 20/12/2015. Material de Apoio para Monitoria Zoologia e Botânica 1. A doença de Chagas atinge milhões de brasileiros, que podem apresentar, como sintoma, problemas no miocárdio, que levam à insuficiência cardíaca. Por que, na doença de Chagas, ocorre

Leia mais

Gabarito Fase 2 Nível 1

Gabarito Fase 2 Nível 1 Gabarito Fase 2 Nível 1 (4 o ano) língua PORTUGUESA 1. a) (1,0) Editora Abril; edição 286; 10 dez./2010. b) (2,0) Alguns dados que comprovam a denominação da revista como edição verde: Cor da capa. A chamada

Leia mais