As questões numeradas de 01 a 10 referemse ao TEXTO 1 abaixo. TEXTO 1 Como prevenir a violência dos adolescentes LÍNGUA PORTUGUESA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "As questões numeradas de 01 a 10 referemse ao TEXTO 1 abaixo. TEXTO 1 Como prevenir a violência dos adolescentes LÍNGUA PORTUGUESA"

Transcrição

1 LÍNGUA PORTUGUESA As questões numeradas de 01 a 10 referemse ao TEXTO 1 abaixo TEXTO 1 Como prevenir a violência dos adolescentes () Quando deparo com as notícias sobre crimes hediondos envolvendo adolescentes, como o ocorrido com Felipe Silva Caffé e Liana Friedenbach, fico profundamente triste e constrangida Esse caso é consequência da baixa valorização da prevenção primária da violência por meio das estratégias cientificamente comprovadas, facilmente replicáveis e definitivamente muito mais baratas do que a recuperação de crianças e adolescentes que comentem atos infracionais graves contra a vida Talvez seja porque a maioria da população não se deu conta e os que estão no poder nos três níveis não estejam conscientes de seu papel histórico e de sua responsabilidade legal de cuidar do que tem de mais importante à nação: as crianças e os adolescentes, que são o futuro do país e do mundo A construção da paz e a prevenção da violência dependem de como promovemos o desenvolvimento físico, social, mental, espiritual e cognitivo das nossas crianças e adolescentes, dentro do seu contexto familiar e comunitário Trata-se, portanto, de uma ação intersetorial, realizada de maneira sincronizada em cada comunidade, com a participação das famílias, mesmo que estejam incompletas ou desestruturadas () () Em relação às crianças e adolescentes que cometeram infrações leves ou moderadas que deveriam ser mais bem expressas seu tratamento para a cidadania deveria ser feito com instrumentos bem elaborados e colocados em prática, na família ou próxima dela, com acompanhamento multiprofissional, desobstruindo as penitenciárias, verdadeiras universidades do crime () () A prevenção primária da violência inicia-se com a construção de um tecido social saudável e promissor, que começa antes do nascer, com um bom pré-natal, parto de qualidade, aleitamento materno exclusivo até seis meses e o complemento até mais de um ano, vacinação, vigilância nutricional, educação infantil, principalmente propiciando o desenvolvimento e o respeito à fala da criança, o canto, a oração, o brincar, o andar, o jogar; uma educação para a paz e a nãoviolência A pastoral da criança, que em 2003 completa 20 anos, forma redes de ação para multiplicar o saber e a solidariedade junto às famílias pobres do país, por meio de mais de 230 mil voluntários, e acompanhou no terceiro trimestre deste ano cerca de 1,7 milhão de crianças menores de seis anos e 80 mil gestantes, de mais de 1,2 milhão de famílias, que moram em comunidades de 3696 municípios do país O Brasil é o país que mais reduziu a mortalidade infantil nos últimos dez anos; isso, sem dúvida, é resultado da organização e universalização dos serviços de saúde pública, da melhoria da atenção primária, com todas as limitações que o SUS possa ainda possuir, da descentralização e municipalização dos recursos e dos serviços de saúde A intensa luta contra a mortalidade infantil, a desnutrição e a violência intrafamiliar contou com a contribuição dessa enorme rede de solidariedade da Pastoral da Criança () () A segunda área da maior importância nessa prevenção primária da violência envolvendo crianças e adolescentes é a educação, a começar pelas creches, escolas infantis e de educação fundamental e de nível médio, que devem valorizar o desenvolvimento do raciocínio e a matemática, a música, a arte, o esporte e a prática da solidariedade humana As escolas nas comunidades mais pobres deveriam ter dois turnos, para darem conta da educação integral das crianças e dos adolescentes; deveriam dispor de equipes multiprofissionais atualizadas e capacitadas a avaliar periodicamente os alunos Urgente é incorporar os ministérios do Esporte e da Cultura às iniciativas da educação, com atividades em larga escala e simples, baratas, facilmente replicáveis e adaptáveis em todo o território nacional () () Com relação à idade mínima para a maioridade penal, deve permanecer em 18 anos, prevista pelo Estatuto da Criança e do Adolescente e conforme orientações da ONU Mas o tempo máximo de três anos de reclusão em regime fechado, quando a criança EXAME DE SELEÇÃO 2011 IFAL ENSINO MÉDIO SUBSEQUENTE PÁG 1

2 ou o adolescente comete crime hediondo, mesmo em locais apropriados e com tratamento multiprofissional, que urgentemente precisam ser disponibilizados, deve ser revisto Três anos, em muitos casos, podem ser absolutamente insuficientes para tratar e preparar os adolescentes com graves distúrbios para a convivência cidadã () Zilda Arns Neumann, 69, médica pediatra e sanitarista; foi fundadora e coordenadora nacional da Pastoral da Criança (Folha de S Paulo, 26/11/2003) 01 Da análise do TEXTO 1, é incorreto afirmar que: A) a idéia geral diz respeito à prevenção da violência das crianças e adolescentes no Brasil B) desde o seu início, tenta consolidar a tese clássica que argumenta a favor de educar a criança de hoje (prevenção), para não se ter de punir o adulto de amanhã C) uma das medidas preventivas mais cogitadas é a adoção de dois turnos nas escolas comunitárias mais pobres, com equipes multiprofissionais, que deem conta da educação integral dessas crianças e adolescentes D) a área de maior importância na prevenção primária da violência de crianças é a educação de nível médio e superior, que deve valorizar o desenvolvimento do raciocínio e praticar a solidariedade humana E) a construção da paz e a prevenção da violência dependem de como promovemos o desenvolvimento psicobiossocial, mental, espiritual e cognitivo das crianças e adolescentes, dentro do seu contexto familiar e comunitário D) dentro da perspectiva classificatória moderna dos gêneros, o texto em análise está enquadrado na categoria gênero épico E) se trata de um texto híbrido, com elementos do discurso narrativo e, também, descritivo 03 Releia os dois parágrafos iniciais do TEXTO 1 e indique a alternativa em que figure uma forma nominal do verbo A) "() notícias sobre crimes hediondos envolvendo adolescentes () B) Quando deparo com as notícias () C) Talvez seja porque a maioria da população não se deu conta () D) () as crianças e os adolescentes que são o futuro do país e do mundo E) Esse caso é a consequência da baixa valorização da prevenção primária da violência () 04 Ao realizar a análise textual do primeiro parágrafo, identificamos algumas palavras que são as principais responsáveis por estabelecer a coesão/coerência São elas: A) com, as, adolescentes, esse, por, replicáveis, do, que, graves, contra B) consequência, violência, estratégias, baratas, recuperação, atos, vida C) quando, com, sobre, como o, e, esse, por, do que, de, que, contra D) deparo, fico, cometem, quando, muito mais, do que, contra a vida E) hediondos, triste, constrangida, baixa, primária, comprovadas, replicáveis, baratas, graves 02 Sobre o discurso da Dra Zilda Arns, é verdadeiro dizer que: A) se trata de uma prosa poética, de alto valor literário B) se trata de um texto identificado como discurso argumentativo, constituindo-se em um autêntico artigo de opinião C) se trata de um texto descritivo, com características auto-biográficas 05 Observe o nexo que a locução conjuntiva destacada estabelece no fragmento Trata-se, portanto, de uma ação intersetorial, realizada de maneira sincronizada em cada comunidade, com a participação das famílias, mesmo que estejam incompletas (3º parágrafo) Todas as alternativas abaixo expressam uma correta correspondência entre esse nexo estabelecido pela locução conjuntiva do fragmento de texto acima, exceto: EXAME DE SELEÇÃO 2011 IFAL ENSINO MÉDIO SUBSEQUENTE PÁG 2

3 A) Embora não entendendo a proposta, sorriu B) Saiu da sala, ainda que a explanação da jovem não tivesse chegado ao fim C) Receberam-na bem, posto que os telespectadores manifestassem insatisfação D) Posto que não assistiram à participação da família, viajaram cedo E) Evoluímos muito em nossas escolhas, ainda assim a comunidade surpreendeu-se com o resultado 06 Tomando como base o mesmo fragmento de texto da questão anterior, é correto afirmar que: A) o verbo tratar em: trata-se poderia estar no plural, indiferentemente, uma vez que é um caso de concordância especial B) o verbo tratar deveria estar no plural por apresentar um sujeito explícito C) A 3ª pessoa do singular do verbo referente é que está correto, porque concorda com o sujeito: uma ação intersetorial D) A 3ª pessoa do singular é que está correto, uma vez que o se que o acompanha é classificado como pronome apassivador E) O verbo tratar não deve ir para o plural, porque o se indica a indeterminação do sujeito 07 Na frase: A intensa luta contra a mortalidade infantil (7º parágrafo), em relação às palavras que a constituem, temos presente, respectivamente, as seguintes classes ou categorias gramaticais: A) artigo, substantivo, substantivo, verbo, artigo, substantivo, adjetivo B) artigo, adjetivo, substantivo, preposição, artigo, substantivo, adjetivo C) pronome, adjetivo, substantivo, verbo, artigo, substantivo, adjetivo D) artigo, substantivo, verbo, preposição, artigo, substantivo, adjetivo E) pronome pessoal oblíquo, adjetivo, substantivo 08 No período: Urgente é incorporar os ministérios do Esporte e da Cultura às iniciativas da educação (9º parágrafo), temos: A) uma relação de coordenação, com orações coordenadas assindética e sindética, respectivamente B) uma relação de subordinação, com orações coordenadas C) orações subordinadas, sendo uma principal e outra subordinada substantiva D) orações subordinadas substantivas completivas nominais E) orações subordinadas, sendo uma principal, outra subordinada adverbial 09 Foram retiradas do texto 1 as seguintes palavras acentuadas: ministérios, replicáveis, adaptáveis, máximo, distúrbios, convivências Assinale a alternativa que melhor justifica a acentuação gráfica A) De todas as palavras destacadas, somente máximo não se insere na mesma regra de acentuação gráfica B) Todas as palavras mencionadas seguem o mesmo padrão ou regra de acentuação gráfica C) Com exceção de máximo e convivência, que são proparoxítonas, as demais palavras são acentuadas pelo mesmo motivo D) Três regras de acentuação contemplam as palavras supracitadas: a das proparoxítonas, a das paroxítonas terminadas em ditongos e as que terminam em hiato, que, no caso em análise, trata-se da palavra convivência E) Todas são proparoxítonas 10 Assinale a alternativa em que as expressões exemplificam casos de regência nominal A) Notícias sobre crimes hediondos / violência por meio das estratégias (1º parágrafo) B) maioria da população / de mais importante à nação (2º parágrafo) C) realizada de maneira sincronizada / participação das famílias (3º parágrafo) D) Em relação às crianças (4º parágrafo) / a solidariedade junto às famílias (6º parágrafo) E) mais de 1,2 milhões / comunidades de 3696 municípios (6º parágrafo) EXAME DE SELEÇÃO 2011 IFAL ENSINO MÉDIO SUBSEQUENTE PÁG 3

4 As questões 11 a 14 referem-se ao TEXTO 2 TEXTO 2: Viver não dói Por que sofremos tanto por amor? () Porque automaticamente esquecemos o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossas projeções irrealizadas, por todas as cidades que gostaríamos de ter conhecido ao lado do nosso amor e não conhecemos, por todos os filhos que gostaríamos de ter tido juntos e não tivemos, por todos os shows e livros e silêncios que gostaríamos de ter compartilhado, e não compartilhamos Por todos os beijos cancelados, pela eternidade () Sofremos não porque nossa mãe é impaciente conosco, mas por todos os momentos em que poderíamos estar confidenciando a ela nossas mais profundas angústias se ela estivesse interessada em nos compreender Sofremos não porque nosso time perdeu, mas pela euforia sufocada () Como aliviar a dor do que não foi vivido? A resposta é simples como um verso: Se iludindo menos e vivendo mais!! A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade A dor é inevitável O sofrimento é opcional Carlos Drummond de Andrade Fonte: wwwcarlosdrummondcombr 11 Da análise do TEXTO 2, é correto afirmar que: A) A dor é opcional enquanto que o sofrimento é inevitável B) o seu assunto principal é a efemeridade da vida humana C) o texto revela o valor do verdadeiro amor (que não damos), das pequenas coisas simples que constroem a felicidade, da consciência do tempo que desperdiçamos D) o sofrimento existe porque o futuro é confiscado do homem, impedindo-o de realizar seus projetos e sonhos, uma vez que não há recursos, inclusive financeiros, para concretizá-los E) na vida há sonhos e utopia Somente os sonhos são capazes de levar o ser humano a superar o sofrimento e a dor 12 Transformando os verbos da frase: Sofremos não porque nosso trabalho é desgastante () para o modo subjuntivo, temos: A) (Talvez) soframos não porque nosso trabalho seja desgastante () B) Sofremos não porque nosso trabalho seja desgastante () C) Sofremos não porque nosso trabalho fosse desgastante () D) (Talvez) soframos não porque nosso trabalho fosse desgastante () E) Nenhuma das respostas anteriores 13 Como recurso de coesão textual, Carlos Drummond utiliza, reiteradamente, os conectivos: por e porque para responder à pergunta Sofremos por quê? E, com esse uso, o autor explicita coerência das ideias, gerando relações semânticas de: A) causa ou medida, conformidade B) causa ou motivo, instrumento C) causa ou motivo, explicação D) conformidade, modo ou substituição E) medida, modo ou explicação EXAME DE SELEÇÃO 2011 IFAL ENSINO MÉDIO SUBSEQUENTE PÁG 4

5 14 Ao analisar os versos do poema de Drummond, constata-se que o poeta faz certas retomadas coesivas, usando palavras com função referencial Identifique, pois, a alternativa verdadeira em relação à categoria gramatical a que pertence a maioria de tais palavras: A) Substantivos B) Verbos de ligação C) Locuções adverbiais D) Pronomes E) Locuções conjuntivas Baseie-se nos textos 3, 4 e 5 para responder às questões de 15 a 20 TEXTO 3: Araçatuba promove semana contra violência da mulher Quebrando o Silêncio - Semana de Conscientização contra a Violência Doméstica irá acontecer pela quarta vez em Araçatuba A ação é um projeto da Adra (Agência de Desenvolvimento de Recursos Assistenciais),órgão oficial da Igreja Adventista do Sétimo Dia Neste ano, a semana irá ocorrer em parceria com a Secretaria Municipal de Segurança, Câmara Municipal e Delegacia de Defesa da Mulher As atividades serão realizadas nos dias 13, 14 e 15, das 9h as 17h, no calçadão da Marechal TEXTO 4 Disponível em wwwfolhadaregiaocombr em 11/10/2010 Em 20 de novembro de 1959, foi proclamada a Declaração Universal dos Direitos da Criança, com a intenção de garantir à criança uma infância feliz O Estatuto da Criança e do Adolescente, Lei 8069, art 4º, esclarece que os direitos infantis precisam ser recordados todos os dias como o direito à vida, saúde, alimentação, educação, esporte, lazer, profissionalização, cultura, dignidade, respeito, liberdade e convivência familiar e comunitária Disponível em wwwoecumeneradiovaticanaorg em12/10/2010 TEXTO 5: Violência em maternidades revela problemas na saúde pública Uma pesquisa apresentada à Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) revela que grávidas em trabalho de parto sofrem diversos maus tratos e desrespeitos por parte dos profissionais de saúde nas maternidades públicas Segundo a análise, esse tipo de violência, além de apontar para os problemas estruturais da saúde pública, revela a erosão da qualidade ética das interações entre profissionais e pacientes, a banalização do sofrimento e uma cultura institucional marcada por estereótipos de classe e gênero Disponível em wwwcorreiodobrasilcombr (Ano XI nº 3937) em 12/10/ Sobre os textos 3, 4 e 5, é incorreto afirmar que: A) se deduz, no texto 3, existir parcerias de várias entidades em prol de uma causa B) Quebrando o silêncio (texto 3) deixa subentendido o objetivo de alertar as mulheres quanto à necessidade de informar às autoridades competentes sobre o crime para que possam intervir e assegurar seus direitos C) o Estatuto da Criança e do Adolescente (texto 4) reforça a formação da consciência cidadã, no intuito de renovar os apelos contra a violência, descaso e outros males perpetrados contra os menores D) o texto 5, além de apontar um sério problema estrutural da saúde pública, evidencia a ausência de interação entre os profissionais de saúde e seus pacientes E) os textos 3, 4 e 5 deixam evidentes que a violência, enquanto problemática social, efetiva, atual, depende de classe e gênero 16 As afirmativas que seguem são verdadeiras ou falsas? () Do texto 3, podemos inferir o oferecimento de um suporte social, psicológico, jurídico e preventivo às mulheres que sofrem apenas com a violência familiar () A linguagem dos três fragmentos de textos é determinada pela finalidade: trata-se de textos informativos EXAME DE SELEÇÃO 2011 IFAL ENSINO MÉDIO SUBSEQUENTE PÁG 5

6 () Somente o texto 4 privilegia a correção gramatical e a precisão vocabular, isso porque a linguagem necessita ser absolutamente objetiva () No texto 5, as aspas foram utilizadas para pôr a palavra erosão em evidência, uma vez que se encontra no sentido secundário, conotativo Assinale a opção em que se encontra a sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo A) V F V F B) V F F F C) V V F F D) F F V V E) F V F V 17 Dadas as afirmações seguintes sobre os textos: I O texto 3 apresenta uma evidente preocupação II III IV com a informação, ou seja, usa a função referencial E, mesmo excluindo o emprego de vocativos e verbos no imperativo, pode-se notar também a função conativa A intenção do produtor da mensagem do texto 4 é posicionar-se em relação ao tema que está tratando, utilizando, assim, a função emotiva da linguagem O texto 5 está escrito em 3ª pessoa, com frases estruturadas na ordem direta, uma vez que a finalidade maior de todo ato da comunicação é transmitir informação, apresentando exclusivamente uma função denotativa Os três textos apresentam em comum a linguagem, que é organizada em função do referencial Quais afirmativas estão corretas? A) I, II e IV B) I, III e IV C) II e III D) III e IV E) I, II, III e IV 18 Sobre o emprego dos parênteses em: A ação é um projeto da Adra (Agência de Desenvolvimento de Recursos Assistenciais), órgão oficial da Igreja Adventista do Sétimo Dia (texto 3), não podemos afirmar que: A) poderiam ser substituídos por travessões B) foram empregados para isolar uma explicação, seguida de outra C) poderiam ser trocados por vírgulas apenas D) isolam frases intercaladas E) têm a função de separar comentários acessórios 19 A respeito do conectivo que, em: esclareceu que os direitos infantis precisam ser recordados (texto 4), podemos dizer que o termo em evidência é classificado como : A) pronome relativo e introduz uma oração subordinada adjetiva B) pronome relativo e introduz oração subordinada substantiva C) conjunção integrante e encabeça oração subordinada adverbial D) conjunção integrante e encabeça oração subordinada substantiva E) conjunção explicativa e introduz oração coordenada 20 Em: Segundo a análise, esse tipo de violência, além de apontar para os problemas estruturais (texto 5), a vinculação semântica expressa pelos vocábulos grifados corresponde, respectivamente, a: A) conformidade e acréscimo B) quantidade e acréscimo C) conformidade e relevância D) concessão e acréscimo E) quantidade e enumeração EXAME DE SELEÇÃO 2011 IFAL ENSINO MÉDIO SUBSEQUENTE PÁG 6

7 ÁREA PARA CÁLCULOS MATEMÁTICA 21 O domínio da função dada por f ( x) = x 2 3 x é A) { x R -2 x 3 } B) { x R -2 x < 3 } C) { x R 2 x < 3 } D) {x R -2 x 3 } E) {x R x 3 } 22 Se a e b são números reais positivos tais que a seqüência (a, 6, b) é uma progressão aritmética e a seqüência (a, 11, b) é uma progressão geométrica, então o produto de a e b é: A) 6 B) 10 C) 11 D) 66 E) nda 23 Quantos números pares de quatro algarismos distintos, maiores que 1999, existem no nosso sistema de numeração? A) 2012 B) 2014 C) 2016 D) 2018 E) Se as equações das retas suportes dos lados de um triângulo ABC são y = 2x - 1, y = 5x - 4 e x = 5 A área da região triangular ABC é: A) 10 B) 20 C) 24 D) 30 E) 32 EXAME DE SELEÇÃO 2011 IFAL ENSINO MÉDIO SUBSEQUENTE PÁG 7

8 Se A= 1 0 determinante da matriz (AB) -1 é: 1 2 e B= 1 0 O ÁREA PARA CÁLCULOS 1 A) 10 B) C) D) E) nda 26 Um casal planeja ter 4 crianças A probabilidade de que o casal tenha exatamente 3 meninos, dado que a primeira criança que nasceu é menina é: A) 4 1 B) 8 1 C) 3 1 D) 2 1 E) Dividindo o polinômio p(x) pelo polinômio (x-2)(x-4)(x-5) obtém o resto x+3 Se os resto das divisões de p(x) por x-2, x-4 e x-5 são respectivamente, os números A, B e C, então ABC vale A) 100 B) 180 C) 200 D) 280 E) 360 EXAME DE SELEÇÃO 2011 IFAL ENSINO MÉDIO SUBSEQUENTE PÁG 8

9 ÁREA PARA CÁLCULOS 28 Se sen x = 2 1 e sen y = 4 1, com x > 0, y < π, então cos(2x + 2b) é igual a: 2 A) B) C) D) E) Um cilindro reto de 4m de diâmetro, 2m e 8m de altura é cortado por um plano não paralelo à sua base, resultando no sólido ilustrado na figura abaixo O volume do sólido é: A) 6π m 3 B) 8π m 3 C) 10π m 3 D) 12π m 3 E) nda 30 O valor da potência (1-i) 10 é: A) 11i B) 5i C) -32i D) -50i E) 1-5i EXAME DE SELEÇÃO 2011 IFAL ENSINO MÉDIO SUBSEQUENTE PÁG 9

10 31 O número 1 1 N = + é um decimal ilimitado periódico Se N for escrito sob a forma da fração irredutível b a então a+ b é igual a: ÁREA PARA CÁLCULOS A) 11 B) 12 C) 13 D) 14 E) Num grupo de 142 pessoas, foi feita uma pesquisa sobre três programas de televisão A, B e C e constatou-se que: - 40 não assistem a nenhum dos três programas; não assistem ao programa C; - 25 só assistem ao programa B; - 13 assistem aos programas A e B; - O número de pessoas que assistem somente aos programas B e C é a metade do número de pessoas que assistem somente A e B; - 25 só assistem a 2 programas; - 72 só assistem a um dos programas Pode-se concluir que o número de pessoas que assistem A) ao programa A é 30 B) aos programas A e C é 13 C) ao programa C é 39 D) aos programas A ou B é 63 E) aos três programas é 6 33 Analisando o gráfico da função y = f(x) representado por segmentos de reta y x EXAME DE SELEÇÃO 2011 IFAL ENSINO MÉDIO SUBSEQUENTE PÁG 10

11 Considere as seguintes afirmativas: ÁREA PARA CÁLCULOS (I) ( ) f ( 4) = f ( 21) (II) ( ) f ( f ( f ( 0))) = f ( 2) (III) ( ) ( f ( 6)) 2f ( f ( f ( 8))) f = Podemos afirmar que A) somente as afirmativas (I) e (II) são verdadeiras B) somente as afirmativas (I) e (III) são verdadeiras C) somente as afirmativas (II) e (III) são verdadeiras D) todas as afirmativas são verdadeiras E) todas as afirmativas são falsas 34 Analisando o gráfico, que uma parábola tangente ao eixo x na abscissa igual a 1, representada pela equação 2 f ( x) = ax + bx+ c com a 0 e coeficientes reais y 1 x Podemos afirmar que A) a + b+ c = 0 B) b 2 = 4ac C) f (2) = c D) a bc > 0 E) todas estão corretas EXAME DE SELEÇÃO 2011 IFAL ENSINO MÉDIO SUBSEQUENTE PÁG 11

12 35 Se o gráfico dado é uma função f : R R 2 tal que f ( x) = ax + bx+ c de coeficientes reais cujo vértice V = ( 2, m) e passa pelos pontos ( 0, n) e ( 2, 2m), ÁREA PARA CÁLCULOS y 2m V n m -2 2 x então o valor de A) 32 B) 40 C) 64 D) 70 E) 72 m+ n vale 36 Quatro inteiros positivos são termos de uma progressão aritmética Se o produto do segundo desses termos pelo terceiro desses termos é igual a 77, então a soma desses quatro termos é igual a: A) 33 B) 34 C) 35 D) 36 E) O valor da soma S = é: A) B) C) D) E) noves EXAME DE SELEÇÃO 2011 IFAL ENSINO MÉDIO SUBSEQUENTE PÁG 12

13 38 No desenvolvimento x x n, n N, os coeficientes binominais do quarto e do décimo terceiro termos são iguais Então o termo independente de x é o: ÁREA PARA CÁLCULOS A) décimo B) décimo-primeiro C) nono D) décimo-segundo E) oitavo 39 Arquimedes, para achar o volume de um objeto de forma irregular, mergulhou-o num tanque cilíndrico circular reto contendo água O nível da água subiu 10cm sem transbordar Se o diâmetro do tanque é 20cm, então o volume do objeto é: (A) 1000π (B) 2000π (C) 3000π (D) 4000π (E) 5000π EXAME DE SELEÇÃO 2011 IFAL ENSINO MÉDIO SUBSEQUENTE PÁG 13

14 40 Os pontos L= ( a, a) com a > 0 e U = ( 9, 6) são vértices de um retângulo chamado LUTA, sendo LU um dos seus lados, tal que, LU = 3 LA e o vértice A pertence ao eixo das ordenadas ÁREA PARA CÁLCULOS y A L a -a 9 T x -6 U Podemos afirmar que A) o vértice T = ( 4 a, 1 a) B) a área deste retângulo vale 75 unidades quadradas C) a coordenada do centro do retângulo LUTA é 9 1, 2 2 D) o comprimento de TA vale 15 unidades E) todas as alternativas anteriores estão corretas EXAME DE SELEÇÃO 2011 IFAL ENSINO MÉDIO SUBSEQUENTE PÁG 14

Processo Seletivo Estudantes/2018 Conteúdo Programático

Processo Seletivo Estudantes/2018 Conteúdo Programático Processo Seletivo Estudantes/2018 Conteúdo Programático 2º ano do Ensino Fundamental Componente Curricular Conteúdo Leitura e interpretação textual; Ordem alfabética; Bilhete; Carta; Convenções gráficas.

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL II

ENSINO FUNDAMENTAL II ENSINO FUNDAMENTAL II CONTEÚDO 6 º ANO 1) Produção de texto: Narração. Foco narrativo: narrador-observador. Estrutura do texto narrativo. Elementos narrativos. Uso do diálogo. Paragrafação. 2) Texto: Leitura

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL 2 ª FASE

ENSINO FUNDAMENTAL 2 ª FASE ENSINO FUNDAMENTAL 2 ª FASE CONTEÚDO 6 º ANO Língua Portuguesa 1) Produção de texto: Narração. Foco narrativo: narrador-observador. Estrutura do texto narrativo. Elementos narrativos. Uso do diálogo. Paragrafação.

Leia mais

BOLSÃO 2017 / 6º ANO

BOLSÃO 2017 / 6º ANO Você que se inscreveu no Bolsão do Colégio Futuro Vip para cursar o 6º ano do Ensino Fundamental está BOLSÃO 2017 / 6º ANO Fonética Fonema distinção entre FONEMA e LETRA Sílaba número de sílabas / divisão

Leia mais

Relação de Conteúdos para Seleção Candidatos ao 6º ano do Ensino Fundamental

Relação de Conteúdos para Seleção Candidatos ao 6º ano do Ensino Fundamental Candidatos ao 6º ano do Ensino Fundamental Produção de Texto - Gênero Textual Conto As 4 operações Situações- problemas (Raciocínio lógico matemático) Gráficos e tabelas Fração (leitura, representação,

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS PROVAS / ATIVIDADES PEDAGÓGICAS Processo Seletivo 2017 para Ensino Fundamental e Ensino Médio

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS PROVAS / ATIVIDADES PEDAGÓGICAS Processo Seletivo 2017 para Ensino Fundamental e Ensino Médio 1º Ano do Ensino Fundamental (Alunos concluintes do 2º Período da Educação Infantil) Escrita do nome completo; Identificar e reconhecer as letras do alfabeto; Identificar e diferenciar letras iniciais

Leia mais

7º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

7º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL SELETIVO DE ADMISSÃO CPMCHMJ. AGUARDAN 7º ANO ENSINO FUNDAMENTAL 1. Interpretação Textual; 2. Ortografia; 3. Fonema e Letra, Dígrafo e Encontro Consonantal, Encontros Vocálicos; 4. Divisão silábica, Sílaba

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO BOLSÃO 2017 (5º ANO)

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO BOLSÃO 2017 (5º ANO) CONTEÚDO PROGRAMÁTICO BOLSÃO 2017 (5º ANO) Você que se inscreveu no Bolsão do COLÉGIO MARQUES RODRIGUES para cursar o 5º ano do Ensino 5º ANO 1. Interpretação e Compreensão de Textos; 2. Letras e Fonemas;

Leia mais

Ensino Fundamental 5º Ano. Português. Matemática

Ensino Fundamental 5º Ano. Português. Matemática Conteúdo Programático Você que se inscreveu no Bolsão do Colégio Futuro VIP Brás de Pina pode conferir aqui o programa do concurso de bolsas de estudo. Fique atento ao conteúdo específico da série que

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. Língua Portuguesa

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. Língua Portuguesa CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Língua Portuguesa 5º ano Interpretação de Texto; Verbos; Silaba Tônica; Pronomes (Tratamento); Substantivo; Acentuação e Pontuação; Adjetivo; Artigo; Advérbio de Tempo e Espaço. 6º

Leia mais

PROGRAMA PARA ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS 2º Ano ENSINO FUNDAMENTAL ANO LETIVO DE 2017

PROGRAMA PARA ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS 2º Ano ENSINO FUNDAMENTAL ANO LETIVO DE 2017 2º Ano ENSINO FUNDAMENTAL A exemplo do que vem ocorrendo em avaliações de aprendizagem escolar, pensadas a partir de uma perspectiva mais adequada aos tempos atuais, nossos testes de ingresso têm por objetivo

Leia mais

Relação de Conteúdos para Seleção Candidatos ao 6º ano do Ensino Fundamental

Relação de Conteúdos para Seleção Candidatos ao 6º ano do Ensino Fundamental Candidatos ao 6º ano do Ensino Fundamental Interpretação de texto Substantivos Adjetivos Encontros vocálicos Encontros consonantais Dígrafos Artigo Verbos As 4 operações Situações- problemas (Raciocínio

Leia mais

Formulário de Resposta aos Recursos CONCURSO IBGE 2004

Formulário de Resposta aos Recursos CONCURSO IBGE 2004 Formulário de Resposta aos Recursos CONCURSO IBGE 2004 CARGO: TECNOLOGISTA JR I / LETRAS PORTUGUÊS / INGLÊS QUESTÃO NÚMERO: 07 O gabarito oficial está correto, letra E. Na opção E a estrutura é de subordinação,

Leia mais

DISCIPLINA DE LÍNGUA PORTUGUESA

DISCIPLINA DE LÍNGUA PORTUGUESA DISCIPLINA DE LÍNGUA PORTUGUESA OBJETIVOS: 6º ano Usar a Língua Portuguesa como língua materna, para integrar e organizar o mundo e a própria identidade com visão empreendedora e como pensador capaz de

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO / BOLSÃO CMS 2017 ENSINO FUNDAMENTAL 3º ANO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO / BOLSÃO CMS 2017 ENSINO FUNDAMENTAL 3º ANO 3º ANO Leitura e interpretação de Texto Escrita de frase de acordo com a figura Escrita dos nomes das figuras Separação de sílabas Sinais de pontuação Ortografia c / ç / l / u / s / ss / s com som de z

Leia mais

EMENTA OBJETIVO GERAL. Ampliar os conhecimentos gramaticais, utilizando-os de forma apropriada nas práticas de linguagem oral e escrita.

EMENTA OBJETIVO GERAL. Ampliar os conhecimentos gramaticais, utilizando-os de forma apropriada nas práticas de linguagem oral e escrita. Ensino Fundamental II 7º ano PLANO DE ENSINO DISCIPLINA Língua Portuguesa PROFESSOR Ana Paula dos Santos Cabral CARGA HORÁRIA TURMA ANO LETIVO TOTAL SEMANAL 7º ano A 2017 1.1 - Gêneros literários: poema

Leia mais

CONCURSO DE BOLSAS 2018

CONCURSO DE BOLSAS 2018 6º ANO ENSINO FUNDAMENTAL Leitura e interpretação de texto Classes gramaticais Verbo: conjugação nos modos indicativo e subjuntivo Pronomes: classificação Adjetivo: flexão de gênero, número e grau Encontros

Leia mais

MATEMÁTICA - QUESTÕES de 1 a 15

MATEMÁTICA - QUESTÕES de 1 a 15 2 MATEMÁTICA - QUESTÕES de 1 a 15 Esta prova deverá ser respondida, EXCLUSIVAMENTE, pelos candidatos aos cursos de Administração, Agronomia, Arte-Educação, Ciência da Computação, Ciências Biológicas, Ciências

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA TJ-PE 2017 CONTEÚDOS VIP

LÍNGUA PORTUGUESA TJ-PE 2017 CONTEÚDOS VIP LÍNGUA PORTUGUESA Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados Aulas Cursos VIP 100% em Vídeo Aulas (Teoria & Questões) #02 - Língua Portuguesa #8 - Compreensão e Interpretação de Textos,

Leia mais

CANDIDATOS AO 6º ANO LÍNGUA PORTUGUESA ANEXO 1. História em quadrinhos e Tirinhas de humor. Reconhecer a estrutura do texto de história em quadrinhos.

CANDIDATOS AO 6º ANO LÍNGUA PORTUGUESA ANEXO 1. História em quadrinhos e Tirinhas de humor. Reconhecer a estrutura do texto de história em quadrinhos. CANDIDATOS AO 6º ANO LÍNGUA PORTUGUESA Texto Técnico Conhecer os itens de um texto técnico. Conhecer os direitos dos animais. Reconhecer como gênero literário: fábulas, histórias em quadrinhos, reportagens,

Leia mais

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS APRESENTAÇÃO PARTE I FONÉTICA

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS APRESENTAÇÃO PARTE I FONÉTICA Súmario Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 15 APRESENTAÇÃO... 17 PARTE I FONÉTICA CAPÍTULO 1 ORTOGRAFIA... 21 1. Introdução... 21 2. O alfabeto...21 3. Emprego das letras

Leia mais

01. (UFRGS/2003) Se n é um número natural qualquer maior que 1, então n! + n 1 é divisível por. (A) n 1. (B) n. (C) n + 1. (D) n! - 1. (E) n!.

01. (UFRGS/2003) Se n é um número natural qualquer maior que 1, então n! + n 1 é divisível por. (A) n 1. (B) n. (C) n + 1. (D) n! - 1. (E) n!. 0. (UFRGS/00) Se n é um número natural qualquer maior que, então n! + n é divisível por n. n. n +. n! -. n!. 0. (UFRGS/00) Se num determinado período o dólar sofrer uma alta de 00% em relação ao real,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2016

PROCESSO SELETIVO 2016 1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES: PROCESSO SELETIVO 2016 O Diretor do Colégio Machado de Assis, no uso de suas atribuições legais, divulga a abertura das inscrições para realização do Processo Seletivo

Leia mais

INSTITUTO EDUCACIONAL MANOEL PINHEIRO PROGRAMA DE ATIVIDADES DIAGNÓSTICAS PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS 2017

INSTITUTO EDUCACIONAL MANOEL PINHEIRO PROGRAMA DE ATIVIDADES DIAGNÓSTICAS PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS 2017 INSTITUTO EDUCACIONAL MANOEL PINHEIRO PROGRAMA DE ATIVIDADES DIAGNÓSTICAS PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS 2017 1ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO 1. Compreensão de textos diversos: Textos verbais e não verbais;

Leia mais

INSTITUTO EDUCACIONAL MANOEL PINHEIRO PROGRAMA DE ATIVIDADES DIAGNÓSTICAS PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS 2017

INSTITUTO EDUCACIONAL MANOEL PINHEIRO PROGRAMA DE ATIVIDADES DIAGNÓSTICAS PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS 2017 INSTITUTO EDUCACIONAL MANOEL PINHEIRO PROGRAMA DE ATIVIDADES DIAGNÓSTICAS PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS 2017 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1. Leitura e compreensão de diferentes gêneros textuais

Leia mais

CAPÍTULO 01 - INTERPRETAÇÃO DE TEXTO TIPOS DE TEXTO GÊNERO DE TEXTO TIPOS DE DISCURSO... 21

CAPÍTULO 01 - INTERPRETAÇÃO DE TEXTO TIPOS DE TEXTO GÊNERO DE TEXTO TIPOS DE DISCURSO... 21 sumário CAPÍTULO 01 - INTERPRETAÇÃO DE TEXTO...14 1.1.TIPOS DE TEXTO... 15 1.2.GÊNERO DE TEXTO... 20 1.3.TIPOS DE DISCURSO... 21 1.3.1. DISCURSO DIRETO... 22 1.3.2. DISCURSO INDIRETO... 22 1.3.3. DISCURSO

Leia mais

Português - alfabeto; - sequência alfabética; - formação de palavras; - leitura e interpretação (imagem, palavra, frase e texto).

Português - alfabeto; - sequência alfabética; - formação de palavras; - leitura e interpretação (imagem, palavra, frase e texto). LISTA DE CONTEÚDOS TURMA : 1º. ANO DE 2016 2º. ANO DE 2017 Português - alfabeto; - sequência alfabética; - formação de palavras; - leitura e interpretação (imagem, palavra, frase e texto). Matemática -

Leia mais

CPV 82% de aprovação na ESPM

CPV 82% de aprovação na ESPM 8% de aprovação na ESPM ESPM NOVEMBRO/00 Prova E MATemática. Assinale a alternativa cujo valor seja a soma dos valores das demais: a) 0 + b) 5% c) d) 75% de 3 e) log 0,5 a) 0 + + 3,5 5 b) 5 % 5 00 0 0,5

Leia mais

ORIENTAÇÃO PARA A SELEÇÃO E ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS PARA O FUNDAMENTAL I 2º ANO -2018

ORIENTAÇÃO PARA A SELEÇÃO E ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS PARA O FUNDAMENTAL I 2º ANO -2018 ORIENTAÇÃO PARA A SELEÇÃO E ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS PARA O FUNDAMENTAL I 2º ANO -2018 DISCIPLINA 1- Vocabulário 2- Sequência lógica dos fatos 3- Pormenores relacionados ao texto 4- Listar personagens

Leia mais

Conteúdo Programático Concurso de Bolsas

Conteúdo Programático Concurso de Bolsas 2º ANO números até 99 composição e decomposição de números até 99 números vizinhos até 99 escrita por extenso do nome dos números até 99 dúzia e meia dúzia dezena e meia dezena números pares e ímpares

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO BOLSÃO 2015

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO BOLSÃO 2015 Você que se inscreveu no Bolsão do Colégio Futuro Vip para cursar o 6º ano do Ensino Fundamental está BOLSÃO 2015 / 6º ANO Fonética Fonema dis nção entre FONEMA e LETRA Sílaba número de sílabas / divisão

Leia mais

ATITUDES OBSERVADAS NO DIA DO PROCESSO DE SELEÇÃO:

ATITUDES OBSERVADAS NO DIA DO PROCESSO DE SELEÇÃO: CONTEÚDOE ORIENTAÇÃO PARA A SELEÇÃO E ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS PARA O ENSINO FUNDAMENTAL II 6º ANO - 2017 - Compreensão de diferentes gêneros textuais - Vocabulário; - Titular/ trocar e melhor título;

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATÓRIA E ASSISTENCIAL

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATÓRIA E ASSISTENCIAL MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATÓRIA E ASSISTENCIAL 6º ANO Ensino Fundamental Língua Portuguesa 2) Inferir o sentido

Leia mais

SELEÇÃO ª CHAMADA EDITAL DO PROCESSO DE PREENCHIMENTO DE VAGAS - ALUNOS NOVATOS - NO COLÉGIO SÃO FRANCISCO XAVIER.

SELEÇÃO ª CHAMADA EDITAL DO PROCESSO DE PREENCHIMENTO DE VAGAS - ALUNOS NOVATOS - NO COLÉGIO SÃO FRANCISCO XAVIER. SELEÇÃO 2018-2ª CHAMADA EDITAL DO PROCESSO DE PREENCHIMENTO DE VAGAS - ALUNOS NOVATOS - NO COLÉGIO SÃO FRANCISCO XAVIER. 1. INSCRIÇÃO Preenchimento da ficha de interesse a vaga - ano 2018 Período: 28 de

Leia mais

Prova Vestibular ITA 2000

Prova Vestibular ITA 2000 Prova Vestibular ITA Versão. ITA - (ITA ) Sejam f, g : R R definidas por f ( ) = e g cos 5 ( ) =. Podemos afirmar que: f é injetora e par e g é ímpar. g é sobrejetora e f é bijetora e g é par e f é ímpar

Leia mais

Matriz de referência para avaliação diagnóstica 2018 Série: 2º ano do Ensino Fundamental

Matriz de referência para avaliação diagnóstica 2018 Série: 2º ano do Ensino Fundamental Matriz de referência para avaliação diagnóstica 2018 Série: 2º ano do Ensino Fundamental Quanto ao sistema de numeração decimal: a) Escrever os números naturais até 99, reconhecendo o que é unidade e dezena.

Leia mais

PROFESSOR II - MATEMÁTICA

PROFESSOR II - MATEMÁTICA ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE ARARANGUÁ CONCURSO PÚBLICO EDITAL N 01/2016 PROFESSOR II - MATEMÁTICA Abril/2016 1 AVALIAÇÃO ESCRITA OBJETIVA LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES ABAIXO 1. Você recebeu

Leia mais

DIEGO AMORIM LÍNGUA PORTUGUESA

DIEGO AMORIM LÍNGUA PORTUGUESA DIEGO AMORIM LÍNGUA PORTUGUESA Texto para responder às questões de 01 a 14. Liberdade e igualdade O significado tradicional de liberdade aquele a partir do qual se falava de uma liberdade de culto, ou

Leia mais

Conteúdo para concurso de bolsa 9º ano

Conteúdo para concurso de bolsa 9º ano Conteúdo para concurso de bolsa 9º ano Língua Portuguesa: - Interpretação de texto; - Revisão Análise morfossintática; - Revisão de período composto por subordinação (subordinadas substantivas); - Período

Leia mais

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS - 6º ANO FUNDAMENTAL

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS - 6º ANO FUNDAMENTAL Estão disponíveis a seguir os conteúdos programáticos* para as provas do Processo Seletivo com Bolsas 2018 do Colégio Sólido. * Conteúdos programáticos que serão trabalhados até 31 de agosto no Colégio

Leia mais

EXAME DE CONCESSÃO DE BOLSAS - BOLSÃO 2017

EXAME DE CONCESSÃO DE BOLSAS - BOLSÃO 2017 6º ANO (conteúdos do 5º ano) SISTEMA DE NUMERAÇÃO; DECIMAL (ÊNFASE ATÉ BILHÕES); LEITURA; ESCRITA E VALOR POSICIONAL; ORDENS E CLASSES; AS QUATRO OPERAÇÕES COM NÚMEROS INTEIROS E DECIMAIS; ATENDENDO AS

Leia mais

6ºA FUNDAMENTAL II AVALIAÇÕES DE EXAMES

6ºA FUNDAMENTAL II AVALIAÇÕES DE EXAMES 6ºA FUNDAMENTAL II AVALIAÇÕES DE EXAMES MATÉRIA LIVRO/ APOSTILA CONTÉUDO PORTUGUÊS /3/4 - Capítulo 22 Narrativas de humor pág.91 Capítulo 23 O pronome págs. 97 a 117 - Capítulo 26 Uso dos pronomes págs.

Leia mais

2014/ º Período Unidades. Domínios / Conteúdos. Unidade 3 Narrativas juvenis. Unidade 0 Uma nova viagem

2014/ º Período Unidades. Domínios / Conteúdos. Unidade 3 Narrativas juvenis. Unidade 0 Uma nova viagem Agrupamento de Escolas Gonçalo Sampaio Escola E.B. 2, 3 professor Gonçalo Sampaio Departamento de línguas Português - 8ºano Planificação anual simplificada 2014/2015 1º Período Unidade 0 Uma nova viagem

Leia mais

Programação Anual. 7 ọ ano (Regime 9 anos) 6 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME

Programação Anual. 7 ọ ano (Regime 9 anos) 6 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME Programação Anual 7 ọ ano (Regime 9 anos) 6 ạ série (Regime 8 anos) 1 ọ 2 ọ 1. Amarrando as idéias COESÃO Introdução ao conceito de coesão Introdução aos mecanismos básicos de coesão Ordem das palavras

Leia mais

x Júnior lucrou R$ 4 900,00 e que o estoque por ele comprado tinha x metros, podemos afirmar que 50

x Júnior lucrou R$ 4 900,00 e que o estoque por ele comprado tinha x metros, podemos afirmar que 50 0. O Sr. Júnior, atacadista do ramo de tecidos, resolveu vender seu estoque de um determinado tecido. O estoque tinha sido comprado ao preço de R$,00 o metro. Esse tecido foi revendido no varejo às lojas

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA MPE-BA 2017 CONTEÚDOS VIP

LÍNGUA PORTUGUESA MPE-BA 2017 CONTEÚDOS VIP LÍNGUA PORTUGUESA Elementos de construção do texto e seu sentido: gênero do texto (narrativo, descritivo e argumentativo Aulas Cursos VIP 100% em Vídeo Aulas (Teoria & Questões) #02 - Língua Portuguesa

Leia mais

GRAMÁTICA MODERNA DA LÍNGUA PORTUGUESA

GRAMÁTICA MODERNA DA LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA MODERNA DA LÍNGUA PORTUGUESA Sumário Capítulo 1 O ESTUDO DAS PALAVRAS Lição 1 Fonética 1.1. Fonema e letra 1.2. Divisão dos fonemas 1.3. Classificação dos fonemas 1.4. Encontro vocálico 1.5.

Leia mais

EDITAL TESTE SELETIVO 2017

EDITAL TESTE SELETIVO 2017 EDITAL TESTE SELETIVO 2017 1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Considerando que o Colégio Machado de Assis há10 anos vem evoluindo o ensino na região de Picos com métodos inovadores e equipe docente capacitada,

Leia mais

Processo de Admissão de Novos Estudantes Conteúdos programáticos para candidatos que ingressarão no. 1º ano do Ensino Médio MATEMÁTICA

Processo de Admissão de Novos Estudantes Conteúdos programáticos para candidatos que ingressarão no. 1º ano do Ensino Médio MATEMÁTICA Processo de Admissão de Novos Estudantes 2016 Conteúdos programáticos para candidatos que ingressarão no 1º ano do Ensino Médio MATEMÁTICA CONTEÚDOS Efetuar cálculos com números reais envolvendo as operações

Leia mais

Anexo B Relação de Assuntos Pré-Requisitos à Matrícula

Anexo B Relação de Assuntos Pré-Requisitos à Matrícula Anexo B Relação de Assuntos Pré-Requisitos à Matrícula MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATÓRIA E ASSISTENCIAL 6º ANO Ensino

Leia mais

TEXTO. Com relação às ideias e aos aspectos linguísticos do texto Um amigo em talas, julgue os itens que se seguem.

TEXTO. Com relação às ideias e aos aspectos linguísticos do texto Um amigo em talas, julgue os itens que se seguem. Com relação às ideias e aos aspectos linguísticos do texto Um amigo em talas, julgue os itens que se seguem. 1. A substituição do pronome o, em reduziu-o a artigos (R. 11 e 12), por lhe preservaria a correção

Leia mais

CURSO COM INÍCIO EM: 22/11/2016 TURMAS: MANHÃ E NOITE

CURSO COM INÍCIO EM: 22/11/2016 TURMAS: MANHÃ E NOITE QUADRO EM BRANCO = A DEFINIR -------- QUADRO COM = NÃO HAVERÁ AULA 2ª 21/11 3ª 22/11 4ª 23/11 5ª 24/11 6ª 25/11 SÁB. 26/11 DOM. 27/11 2ª 28/11 3ª 29/11 4ª 30/11 5ª 01/12 6ª 02/12 SÁB. 03/12 DOM. 04/12

Leia mais

O ESTUDO DO VOCABULÁRIO

O ESTUDO DO VOCABULÁRIO Sumário Capítulo 1 O ESTUDO DO VOCABULÁRIO Lição 1 Fonética...3 1.1. Fonema e Letra... 3 1.2. Divisão dos Fonemas... 3 1.3. Classificação dos fonemas... 5 1.4. Encontro Vocálico... 7 1.5. Encontro Consonantal...

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL I

ENSINO FUNDAMENTAL I ENSINO FUNDAMENTAL I CONTEÚDO 3 º ANO Língua Portuguesa 1) Produção de texto. Sequência e coerência de ideias. Criatividade. 2) Texto: Leitura e interpretação. 3) Gramática: Masculino e feminino. Singular

Leia mais

Disciplina: Língua Portuguesa Trimestre: 1º Professores: Daniele Thièbaut e Guilherme Ornellas Série: 9º Turmas: 91, 92, 93 e 94

Disciplina: Língua Portuguesa Trimestre: 1º Professores: Daniele Thièbaut e Guilherme Ornellas Série: 9º Turmas: 91, 92, 93 e 94 COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 320 Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL Disciplina: Língua Portuguesa Trimestre: 1º Professores: Daniele Thièbaut e Guilherme

Leia mais

AULA 11. Sintaxe da oração e do período MINISTÉRIO DA FAZENDA

AULA 11. Sintaxe da oração e do período MINISTÉRIO DA FAZENDA AULA 11 Sintaxe da oração e do período MINISTÉRIO DA FAZENDA Professor Marlus Geronasso Frase, período e oração Frase é todo enunciado suficiente por si mesmo para estabelecer comunicação. Expressa juízo,

Leia mais

Língua Portuguesa 8º ano

Língua Portuguesa 8º ano Língua Portuguesa 8º ano Conteúdos por Unidade Didática 1º Período A - Comunicação Oral. Ideias principais.. Ideias secundárias..adequação comunicativa ( processos persuasivos; recursos verbais e não verbais)..

Leia mais

Planificação Longo Prazo

Planificação Longo Prazo DEPARTAMENTO LÍNGUAS ANO LETIVO 2017 / 2018 DISCIPLINA Português ANO 7.ºANO Planificação Longo Prazo CONTEÚDOS TEXTOS DOS MEDIA E DO QUOTIDIANO 1.º período Textos não literários Notícia Reportagem Texto

Leia mais

REUNIÃO DE PAIS 4º ANO B e C PROFESSORAS PÂMEA E GUTA

REUNIÃO DE PAIS 4º ANO B e C PROFESSORAS PÂMEA E GUTA REUNIÃO DE PAIS 4º ANO B e C PROFESSORAS PÂMEA E GUTA AVALIAÇÃO Prova é um exercício que vale nota (Catarina) É uma avaliação mais complexa (Felipe Fernandes) É uma avalição que no final tem nota para

Leia mais

O ESTUDO DAS PALAVRAS

O ESTUDO DAS PALAVRAS Sumário Capítulo 1 O ESTUDO DAS PALAVRAS Lição 1 Fonética...3 1.1. Fonema e letra... 3 1.2. Divisão dos fonemas... 3 1.3. Classificação dos fonemas... 5 1.4. Encontro vocálico... 6 1.5. Encontro consonantal...

Leia mais

Prova 3 Matemática. N ọ DE INSCRIÇÃO:

Prova 3 Matemática. N ọ DE INSCRIÇÃO: Prova QUESTÕES OBJETIIVAS N ọ DE ORDEM: NOME DO CANDIDATO: N ọ DE INSCRIÇÃO: IINSTRUÇÕES PARA A REALIIZAÇÃO DA PROVA. Confira os campos N ọ DE ORDEM, N ọ DE INSCRIÇÃO e NOME, conforme o que consta na etiqueta

Leia mais

Prova 3 Matemática. N ọ DE INSCRIÇÃO:

Prova 3 Matemática. N ọ DE INSCRIÇÃO: Prova QUESTÕES OBJETIIVAS N ọ DE ORDEM: NOME DO CANDIDATO: N ọ DE INSCRIÇÃO: IINSTRUÇÕES PARA A REALIIZAÇÃO DA PROVA. Confira os campos N ọ DE ORDEM, N ọ DE INSCRIÇÃO e NOME, conforme o que consta na etiqueta

Leia mais

Prova 3 Matemática. N ọ DE INSCRIÇÃO:

Prova 3 Matemática. N ọ DE INSCRIÇÃO: Prova QUESTÕES OBJETIIVAS N ọ DE ORDEM: NOME DO CANDIDATO: N ọ DE INSCRIÇÃO: IINSTRUÇÕES PARA A REALIIZAÇÃO DA PROVA. Confira os campos N ọ DE ORDEM, N ọ DE INSCRIÇÃO e NOME, conforme o que consta na etiqueta

Leia mais

Prova 3 Matemática. N ọ DE INSCRIÇÃO:

Prova 3 Matemática. N ọ DE INSCRIÇÃO: Prova QUESTÕES OBJETIIVAS N ọ DE ORDEM: NOME DO CANDIDATO: N ọ DE INSCRIÇÃO: IINSTRUÇÕES PARA A REALIIZAÇÃO DA PROVA. Confira os campos N ọ DE ORDEM, N ọ DE INSCRIÇÃO e NOME, conforme o que consta na etiqueta

Leia mais

SELEÇÃO PARA NOVOS ALUNOS TURMAS SÃO PAULO

SELEÇÃO PARA NOVOS ALUNOS TURMAS SÃO PAULO SELEÇÃO PARA NOVOS ALUNOS TURMAS SÃO PAULO 2 0 15 CONTEÚDOS DOS TESTES DE SELEÇÃO Para o 1º Ano do Ensino Médio LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS LÍNGUA PORTUGUESA Norma ortográfica Grafia de vocábulos

Leia mais

PORTUGUÊS. Relação aula x conteúdo

PORTUGUÊS. Relação aula x conteúdo CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS AULAS CURSO: UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ (UFCCE) - ASSISTENTE ADMINISTRATIVO - REGULAR Poderá haver substituições de professores, ficando a critério da coordenação pedagógica

Leia mais

MATEMÁTICA COMENTÁRIO DA PROVA DE MATEMÁTICA

MATEMÁTICA COMENTÁRIO DA PROVA DE MATEMÁTICA COMENTÁRIO DA PROVA DE MATEMÁTICA A prova manteve a característica dos anos anteriores quanto à boa qualidade, contextualização e originalidade nos enunciados. Boa abrangência: 01) Funções (relação entre

Leia mais

Capítulo 2 - Acentuação gráfica Regras gerais...10 Casos especiais...10 Prosódia...12 Exercícios...14

Capítulo 2 - Acentuação gráfica Regras gerais...10 Casos especiais...10 Prosódia...12 Exercícios...14 Sumário Capítulo 1 - Noções de fonética... 2 Fonemas...2 Letra...2 Sílaba...2 Número de sílabas...3 Tonicidade...3 Posição da sílaba tônica...3 Dígrafos...3 Encontros consonantais...3 Encontros vocálicos...4

Leia mais

6. Considere. igual a : (A) f (x) + 2x f(x) = 0 (B) f (x) x f(x) = 0 (C) f (x) + f(x) = 0 (D) f (x) f(x) = 0 (E) f (x) 2x f(x) = 0

6. Considere. igual a : (A) f (x) + 2x f(x) = 0 (B) f (x) x f(x) = 0 (C) f (x) + f(x) = 0 (D) f (x) f(x) = 0 (E) f (x) 2x f(x) = 0 QUESTÃO ÚNICA 0,000 pontos distribuídos em 50 itens Marque no cartão de respostas a única alternativa que responde de maneira correta ao pedido de cada item.. O valor da área, em unidades de área, limitada

Leia mais

CAPÍTULO 1 O ESTUDO DAS PALAVRAS

CAPÍTULO 1 O ESTUDO DAS PALAVRAS Índice CAPÍTULO 1 O ESTUDO DAS PALAVRAS LIÇÃO 1 FONÉTICA...3 1.1. Fonema e letra... 3 1.2. Divisão dos fonemas... 3 1.3. Classificação dos fonemas... 4 1.4. Encontro vocálico... 5 1.5. Encontro consonantal...

Leia mais

AVALIAÇÃO MENSAL - A1-3º BIMESTRE

AVALIAÇÃO MENSAL - A1-3º BIMESTRE AVALIAÇÃO MENSAL - A1-3º BIMESTRE - 2013 2º ANO A Leitura de textos instrucionais; Percepção de que o gênero é organizado em duas partes: lista de materiais e modo de fazer; Reconhecimento da importância

Leia mais

Processo de seleção para alunos novos. 6º e 7º ano do Ensino Fundamental

Processo de seleção para alunos novos. 6º e 7º ano do Ensino Fundamental Processo de seleção para alunos novos 6º e 7º ano do Ensino Fundamental 2017 Unidade Barra da Tijuca I ORIENTAÇÕES GERAIS a) As famílias que desejarem conhecer nossa proposta e inscrever seus filhos para

Leia mais

redação e pleno desenvolvimento do tema, atendendo aos limites Atendimento à proposta de propostos. redação e desenvolvimento do

redação e pleno desenvolvimento do tema, atendendo aos limites Atendimento à proposta de propostos. redação e desenvolvimento do Critérios de Correção de Redação Ensino Médio ENSINO MéDIO TExTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO NÍVEL DE DESPENHO E NOTA CORRESPONDENTE Situações que dificultam a correção da produção textual: letra ilegível

Leia mais

Educação é o princípio

Educação é o princípio O caminho da transformação começa aqui! Educação é o princípio de tudo, crescendo na gente antes da primeira palavra, quando ainda estamos aprendendo a sorrir. Ela cresce em nós quando observamos o mundo,

Leia mais

Simulado ITA. 3. O número complexo. (x + 4) (1 5x) 3x 2 x + 5

Simulado ITA. 3. O número complexo. (x + 4) (1 5x) 3x 2 x + 5 Simulado ITA 1. E m relação à teoria dos conjuntos, considere as seguintes afirmativas relacionadas aos conjuntos A, B e C: I. Se A B e B C então A C. II. Se A B e B C então A C. III. Se A B e B C então

Leia mais

PLANEJAMENTO DE ESTUDOS Você merece se preparar com os melhores! Resolução de Provas 002 Português Essencial para Concurso PROFESSOR: Alexandre Amorim Leia o texto abaixo para responder aos itens de 1

Leia mais

PROCESSO SELETIVO/ O DIA GABARITO 1 1 MATEMÁTICA QUESTÕES DE 01 A 15

PROCESSO SELETIVO/ O DIA GABARITO 1 1 MATEMÁTICA QUESTÕES DE 01 A 15 PROCESSO SELETIVO/005 1 O DIA GABARITO 1 1 MATEMÁTICA QUESTÕES DE 01 A 15 01. As prefeituras das cidades A, B e C construíram uma ponte sobre o rio próximo a estas cidades. A ponte dista 10 km de A, 1

Leia mais

REUNIÃO DE PAIS 4º ANO A PROFESSORA LUANA

REUNIÃO DE PAIS 4º ANO A PROFESSORA LUANA REUNIÃO DE PAIS 4º ANO A PROFESSORA LUANA AVALIAÇÃO ANSIEDADE ENTENDER AGITAÇÃO SURPRESA CONHECIMENTO NERVOSO RELEMBRAR SUSTO PREOCUPAÇÃO PRESSÃO MEDO ESPANTO AFLIÇÃO PENSATIVO ADRENALINA ESTUDAR ALEGRIA

Leia mais

Sumário SUMÁRIO LÍNGUA PORTUGUESA. Paula Barbosa. 1. Noções gerais Grupo nominal... 20

Sumário SUMÁRIO LÍNGUA PORTUGUESA. Paula Barbosa. 1. Noções gerais Grupo nominal... 20 SUMÁRIO 11 LÍNGUA PORTUGUESA Paula Barbosa CLASSES GRAMATICAIS: O NOME E SEUS MODIFICADORES... 19 1. Noções gerais... 19 2. Grupo nominal... 20 CLASSES GRAMATICAIS: O VERBO E SEUS MODIFICADORES... 27 1.

Leia mais

Relação de Conteúdos para Seleção 2016

Relação de Conteúdos para Seleção 2016 Candidatos ao 6º ano do Ensino Fundamental Substantivos Adjetivos Encontros vocálicos Encontros consonantais Dígrafos Artigo Verbos ( Tempos verbais) As 4 operações Situações- problemas (Raciocínio lógico

Leia mais

Prova Vestibular ITA 1995

Prova Vestibular ITA 1995 Prova Vestibular ITA 1995 Versão 1.0 ITA - 1995 01) (ITA-95) Seja A = n ( 1) n!. π + sen ; n ℵ n! 6 a) (- 1) n n. b) n. c) (- 1) n n. d) (- 1) n+1 n. e) (- 1) n+1 n. Qual conjunto abaixo é tal que sua

Leia mais

Entrelinha 1,5. Utiliza apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta.

Entrelinha 1,5. Utiliza apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta. Teste Intermédio de Matemática Entrelinha 1,5 Teste Intermédio Matemática Entrelinha 1,5 (Versão única igual à Versão 1) Duração do Teste: 90 minutos 10.05.2012 9.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º

Leia mais

Versão 2. Utiliza apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta.

Versão 2. Utiliza apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta. Teste Intermédio de Matemática Versão Teste Intermédio Matemática Versão Duração do Teste: 90 minutos 10.05.01 9.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 6/001, de 18 de janeiro Identifica claramente, na

Leia mais

SELEÇÃO PARA NOVOS ALUNOS TURMAS OLÍMPICAS

SELEÇÃO PARA NOVOS ALUNOS TURMAS OLÍMPICAS SELEÇÃO PARA NOVOS ALUNOS TURMAS OLÍMPICAS 2 0 15 SELEÇÃO PARA NOVOS ALUNOS Alunos novatos: Período de inscrição: a partir de 01 de setembro (segunda-feira) Teste: 11/10 (sábado), às 8h Resultado: 16/10

Leia mais

TD GERAL DE MATEMÁTICA 2ª FASE UECE

TD GERAL DE MATEMÁTICA 2ª FASE UECE Fundação Universidade Estadual do Ceará - FUNECE Curso Pré-Vestibular - UECEVest Fones: 3101.9658 / E-mail: uecevest_itaperi@yahoo.com.br Av. Dr. Silas Munguba, 1700 Campus do Itaperi 60714-903 Fone: 3101-9658/Site:

Leia mais

Antes de iniciar as respostas, faça uma leitura completa da avaliação. Lembre-se:

Antes de iniciar as respostas, faça uma leitura completa da avaliação. Lembre-se: 9º Rasuras serão consideradas erro! Não use corretivo! Não abrevie palavras! Utilize apenas caneta de tinta azul ou preta! Responda ao que foi solicitado de forma coerente e coesa. Boa Sorte! Dar o conceito

Leia mais

Segunda Etapa SEGUNDO DIA 2ª ETAPA MATEMÁTICA COMISSÃO DE PROCESSOS SELETIVOS E TREINAMENTOS

Segunda Etapa SEGUNDO DIA 2ª ETAPA MATEMÁTICA COMISSÃO DE PROCESSOS SELETIVOS E TREINAMENTOS Segunda Etapa SEGUNDO DIA ª ETAPA MATEMÁTIA OMISSÃO DE PROESSOS SELETIVOS E TREINAMENTOS Matemática 01. Analise as afirmações a seguir, considerando a função f, tendo como domínio e contradomínio o x conjunto

Leia mais

PROVA 3 conhecimentos específicos

PROVA 3 conhecimentos específicos PROVA conhecimentos específicos MATEMÁTICA QUESTÕES OBJETIVAS QUESTÕES APLICADAS A TODOS OS CANDIDATOS QUE REALIZARAM A PROVA ESPECÍFICA DE MATEMÁTICA. UEM Comissão Central do Vestibular Unificado GABARITO

Leia mais

Agrupamento de Escolas D. Pedro IV, Vila do Conde PLANIFICAÇÃO RESUMIDA - PORTUGUÊS - 8º ANO 1º PERÍODO 2º PERÍODO 3º PERÍODO

Agrupamento de Escolas D. Pedro IV, Vila do Conde PLANIFICAÇÃO RESUMIDA - PORTUGUÊS - 8º ANO 1º PERÍODO 2º PERÍODO 3º PERÍODO Agrupamento de Escolas D. Pedro IV, Vila do Conde PLANIFICAÇÃO RESUMIDA - PORTUGUÊS - 8º ANO ANO LETIVO: 2015/2016 1º PERÍODO 2º PERÍODO 3º PERÍODO Educação literária Texto literário e texto não literário.

Leia mais

Ensino Fundamental SÉRIE PORTUGUÊS MATEMÁTICA PRODUÇÃO DE TEXTO

Ensino Fundamental SÉRIE PORTUGUÊS MATEMÁTICA PRODUÇÃO DE TEXTO Processo de Admissão de Novos Estudantes 2018 Conteúdo programático Ensino Fundamental SÉRIE PORTUGUÊS MATEMÁTICA PRODUÇÃO DE TEXTO 1º LETRAMENTO - Reconhecimento de diferentes portadores textuais - Identificação

Leia mais

Simulado AFA. 2. Sejam x e y números reais tais que: Então, o número complexo z = x + yi. é tal que z 3 e z valem, respectivamente: (D) i e 1.

Simulado AFA. 2. Sejam x e y números reais tais que: Então, o número complexo z = x + yi. é tal que z 3 e z valem, respectivamente: (D) i e 1. Simulado AFA 1. Uma amostra de estrangeiros, em que 18% são proficientes em inglês, realizou um exame para classificar a sua proficiência nesta língua. Dos estrangeiros que são proficientes em inglês,

Leia mais

Processo de Admissão de Novos Estudantes Conteúdos programáticos para candidatos que ingressarão no. 3º ano do Ensino Médio MATEMÁTICA

Processo de Admissão de Novos Estudantes Conteúdos programáticos para candidatos que ingressarão no. 3º ano do Ensino Médio MATEMÁTICA Processo de Admissão de Novos Estudantes 2017 Conteúdos programáticos para candidatos que ingressarão no 3º ano do Ensino Médio MATEMÁTICA HABILIDADES CONTEÚDOS Identificar padrões numéricos ou princípios

Leia mais

Matriz de referência de LÍNGUA PORTUGUESA - SAERJINHO 5 ANO ENSINO FUNDAMENTAL

Matriz de referência de LÍNGUA PORTUGUESA - SAERJINHO 5 ANO ENSINO FUNDAMENTAL 7 5 ANO ENSINO FUNDAMENTAL H0 Ler frases. Períodos compostos. H03 Inferir uma informação em um H04 Identificar o tema Trabalhar o tema baseando-se na complexidade do texto, partindo de um texto de curta

Leia mais

Capítulo1. Capítulo2. Índice A LÍNGUA E A LINGUAGEM O PORTUGUÊS: uma língua, muitas variedades... 15

Capítulo1. Capítulo2. Índice A LÍNGUA E A LINGUAGEM O PORTUGUÊS: uma língua, muitas variedades... 15 Capítulo1 Capítulo2 A LÍNGUA E A LINGUAGEM............................................. 9 Linguagem: aptidão inata.............................................. 10 Funções.............................................................

Leia mais

NOTAÇÕES. R : conjunto dos números reais C : conjunto dos números complexos

NOTAÇÕES. R : conjunto dos números reais C : conjunto dos números complexos NOTAÇÕES R : conjunto dos números reais C : conjunto dos números complexos i : unidade imaginária: i = 1 z : módulo do número z C Re(z) : parte real do número z C Im(z) : parte imaginária do número z C

Leia mais

6ºA FUNDAMENTAL II - Exame Final CONTÉUDO

6ºA FUNDAMENTAL II - Exame Final CONTÉUDO MATÉRIA MATEMÁTICA GEOGRAFIA LIVRO/ APOSTILA 2/3/4 1 2 3 4 6ºA FUNDAMENTAL II - Exame Final CONTÉUDO 2 - Capítulo 22 Narrativas de humor pág.91 Capítulo 23 O pronome págs. 97 a 117 3 - Capítulo 26 Uso

Leia mais

PROVA 3 conhecimentos específicos

PROVA 3 conhecimentos específicos PROVA conhecimentos específicos MATEMÁTICA QUESTÕES OBJETIVAS QUESTÕES APLICADAS A TODOS OS CANDIDATOS QUE REALIZARAM A PROVA ESPECÍFICA DE MATEMÁTICA. UEM Comissão Central do Vestibular Unificado GABARITO

Leia mais

PROVA DE MATEMÁTICA II

PROVA DE MATEMÁTICA II PROVA DE MATEMÁTCA 0. Em uma determinada prova, um professor observou que 0% dos seus alunos obtiveram nota exatamente igual a, % obtiveram média 6,, e a média m do restante dos alunos foi suficiente,

Leia mais

MATEMÁTICA 3 ( ) A. 17. Sejam f(x) = sen(x) e g(x) = x/2. Associe cada função abaixo ao gráfico que. 2 e g.f 3. O número pedido é = 75

MATEMÁTICA 3 ( ) A. 17. Sejam f(x) = sen(x) e g(x) = x/2. Associe cada função abaixo ao gráfico que. 2 e g.f 3. O número pedido é = 75 MATEMÁTICA 3 17. Sejam f() sen() e g() /2. Associe cada função abaio ao gráfico que melhor a representa. Para cada associação feita, calcule i k, onde i é o número entre parênteses à direita da função,

Leia mais

NÃO SEPARAMOS POR VÍRGULA: SEPARAMOS OU MARCAMOS POR VÍRGULA: SUJEITO DO VERBO; VERBO DE SEUS COMPLEMENTOS; VOCATIVO; NOME DE SEUS COMPLEMENTOS

NÃO SEPARAMOS POR VÍRGULA: SEPARAMOS OU MARCAMOS POR VÍRGULA: SUJEITO DO VERBO; VERBO DE SEUS COMPLEMENTOS; VOCATIVO; NOME DE SEUS COMPLEMENTOS NÃO SEPARAMOS POR VÍRGULA: SEPARAMOS OU MARCAMOS POR VÍRGULA: SUJEITO DO VERBO; APOSTO; VERBO DE SEUS COMPLEMENTOS; VOCATIVO; NOME DE SEUS COMPLEMENTOS ORAÇÕES DESLOCADAS OU OU ADJUNTOS. INTERCALADAS;

Leia mais