FACULDADE DE TECNOLOGIA DA ZONA LESTE

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FACULDADE DE TECNOLOGIA DA ZONA LESTE"

Transcrição

1 FACULDADE DE TECNOLOGIA DA ZONA LESTE EDILTON JUNIOR SILVA JOÃO PEDRO MARQUES JULIANA NÓBREGA JATOBÁ JOGOS OLÍMPICOS 2016 Patrocínio e Lei de Incentivo ao Esporte Orientadora: Profª. Drª. Rosângela M. C. Bonici Disciplina: Estatística Aplicada São Paulo 2016

2 Resumo Segundo pesquisas de 2012 há um grande incentivo aos esportes pela lei de incentivo ao esporte, e há muito dinheiro para desenvolver os atletas e ajudar em seus treinos. Nosso trabalho visa monitorar os incentivos e os patrocínios para as modalidades que menos captaram em 2012, nesse período de preparação para os jogos de 2016 e quais são os indicadores que implicam para o desfavorecimento dessas modalidades, também buscamos conscientizar o cenário esportivo em relação aos incentivos e patrocínios, atualizar os dados quanto aos incentivos das modalidades menos favorecidas e traçar um prospecto quanto aos dados atuais para uma melhora de performance das modalidades citadas. Palavras-chave: Lei de incentivo ao Esporte Pesquisa - Olimpíadas 2016

3 Lei de Incentivo ao Esporte Segundo o site oficial das olimpíadas 2016, sancionada em 29 de dezembro de 2006, a Lei nº tornou-se mais um instrumento importante para o desenvolvimento do esporte brasileiro em todos os níveis. Desde que foi implementada, em 2007, até 2012, a Lei de Incentivo ao Esporte destinou mais de R$ 869 milhões para três vertentes: projetos voltados ao esporte como lazer chamado de esporte de participação, ao esporte como instrumento de educação e ao alto rendimento. Com a Lei de Incentivo ao Esporte, pessoas físicas e jurídicas podem incentivar projetos esportivos, de modalidades olímpicas, paraolímpicas e outras, por meio de doações ou patrocínios, usando para isso um percentual a ser descontado do valor devido ao Imposto de Renda. A lei determina que pessoas físicas possam deduzir até 6 do Imposto de Renda devido. A dedução concorre com outros incentivos fiscais, sem, contudo, estabelecer limites específicos. Ou seja, poderá ser aplicada em sua totalidade no incentivo ao esporte, por opção do contribuinte. Para pessoas jurídicas tributadas com base no lucro real, a Lei de Incentivo ao Esporte permite a dedução de até 1 do Imposto de Renda devido. Trata-se de empresas enquadradas no artigo 14 da Lei nº 9.718/98. Ao contrário do que ocorre com as pessoas físicas, o benefício não compete com outros incentivos fiscais. Isso equivale a dizer que essa faixa da renúncia fiscal (1) torna-se exclusiva para o setor esportivo. Vale ressaltar que são dedutíveis somente valores destinados a patrocínio/doação em favor de projetos esportivos aprovados previamente pelo Ministério do Esporte. O total captado entre 2007 e 2012 foi de R$ milhões.

4

5 Em tempos de "ressaca" após o fim dos Jogos Pan Americanos do Rio de Janeiro, e de contabilizarmos os muitos "ouros", vitórias e emoções proporcionadas pelos atletas que competiram pelas cores do Brasil, é assunto recorrente nas entrevistas dos atletas e comentários dos dirigentes a necessidade urgente de se obter mais recursos e apoio para alguns esportes, principalmente aqueles que hoje sofrem com a falta de apoio. Quem acompanha ou pratica algum esporte de menor apelo popular conhece e sente isto na pele. Numa tentativa de sanar este problema, e aproveitando o momento político bastante propício para incentivar o esporte brasileiro, o Governo Federal sancionou recentemente a Lei Federal de Incentivo ao Esporte - Lei nº /06. Em um futuro próximo, atletas, clubes e federações precisarão cada vez mais de especialistas em marketing esportivo, com o mesmo perfil captador dos profissionais que hoje atuam no marketing cultural. Para conseguir recursos pela Lei n /06, os atletas precisarão também "vender seu peixe", ou seja, criar empresas, fazer projetos

6 convincentes, saber gerir os recursos recebidos e aplicá-los com inteligência e zelo. O mesmo se aplica, é claro, às confederações, Federações e clubes, que deverão disputar entre si a atenção de possíveis patrocinadores e estes novos investimentos. Algo que, ao nosso ver, trará uma natural melhoria de gestão nestas entidades (considerando que as empresas querem estar associadas a nomes de sucesso e entidades sérias). E finalmente, este novo mercado de incentivo esportivo precisará também de bons advogados, tanto para auxiliar entidades de prática desportiva e investidores sobre os benefícios fiscais prometidos como para garantir que os mesmos serão utilizados em projetos sérios. Afinal, existem diversas leis estaduais e municipais que também dão incentivos ao esporte que podem, em conjunto com a Lei n /06, criar novos "paraísos fiscais do esporte", no melhor sentido do trocadilho, am algumas cidades brasileiras. Resta claro, portanto, que um bom arcabouço jurídico de incentivo ao esporte, baseado nos princípios da renúncia fiscal, trará todas as ferramentas que possibilitam o desenvolvimento do esporte, da base ao alto rendimento. Porém, sem uma regulamentação séria e focada nas particularidades do mercado esportivo, os investidores preferirão o já tradicional mercado da cultura, deixando de lado o investimento no desporto de base e nas modalidades com menos exposição na mídia, mas com potencial olímpico. E assim faltarão os ourives necessários para lapidar o esforço de nossos atletas e transformá-lo nas nossas futuras medalhas de ouro. Pesquisa População: Praticantes de Esporte Amostra:Entre 15 e 0 anos.

7 Questionário, tabelas e gráficos Idade 5 a a a 5 Outros

8 Prática de esportes Sim Não Esportes praticados Futebol Basquete Vôlei Corrida de rua Artes Marciais Skate Bike Natação Outros

9 Conhecimento sobre a lei de incentivo ao esporte Sim Não

10 Já foi beneficiado pela lei Sim Não Há incentivo para os brasileiros Sim Não

11 Esportes beneficiados por essa lei atualmente Futebol Basquete Atletismo Tênis Natação Vôlei Futsal Outros

12 Esporte que necessita de investimento Bike Artes Marciais Skate Automobilismo Atletismo Canoagem Natação Tênis Futebol Basquete Vôlei Outros Relação entre os atletas e sua remuneração Sim

13 Não Relação entre condições de treino e desempenho Sim Não

14 Esportes que não recebem investimento suficiente Futebol Basquete Atletismo Tênis Corrida de rua Natação Vôlei Futsal Ginástica Artística Canoagem Golfe Handebol Remo Vela Ciclismo Rugby

15 Boxe Polo Aquático Esgrima Levantamento de Peso Hipismo Badmington Nado Sincronizado Outros Conclusão Segundo os entrevistados, há uma grande falta de conhecimento sobre a lei de incentivo ao esporte e onde ela é aplicada. Muitos acreditam que há falta de investimento em todos os esportes e que o futebol é supervalorizado, como pudemos ver na pesquisa anterior. Os dados apenas confirmam o que foi visto em Muito dinheiro é arrecadado, porém a população que merece saber para onde vai esse dinheiro não tem noção de como ele é usado e não vê resultados dos investimentos feitos com dinheiro arrecadado pela lei de incentivo ao esporte. A maior parte dos entrevistados acredita que a remuneração e as condições de treino para os atletas, influenciam sim em seu desempenho, questão anteriormente levantada pelo grupo.

16 Referências < <

Para atenuar os efeitos da inflação sobre a moeda, todos os valores foram corrigidos com o índice IGP-M, calculado entre dezembro do ano em questão a

Para atenuar os efeitos da inflação sobre a moeda, todos os valores foram corrigidos com o índice IGP-M, calculado entre dezembro do ano em questão a Para atenuar os efeitos da inflação sobre a moeda, todos os valores foram corrigidos com o índice IGP-M, calculado entre dezembro do ano em questão a dezembro de 2011. Aprovados Liberados Orçamento geral

Leia mais

LEI AGNELO PIVA CRITÉRIOS DE REPASSE DE RECURSOS PARA AS CONFEDERAÇÕES BRASILEIRAS

LEI AGNELO PIVA CRITÉRIOS DE REPASSE DE RECURSOS PARA AS CONFEDERAÇÕES BRASILEIRAS LEI AGNELO PIVA CRITÉRIOS DE REPASSE DE RECURSOS PARA AS CONFEDERAÇÕES BRASILEIRAS 2018-2020 Rio de Janeiro, 24 outubro 2017 PRINCIPAIS CONCEITOS 1 2 3 4 5 6 7 Reavaliação e AJUSTES nos CRITÉRIOS utilizados

Leia mais

Muito além do futebol Estudo sobre esportes no Brasil

Muito além do futebol Estudo sobre esportes no Brasil Muito além do futebol Estudo sobre esportes no Brasil Setembro de 2011 Agenda Contexto e metodologia da pesquisa Perfil dos respondentes Principais conclusões Panorama dos esportes no Brasil Percepções

Leia mais

Olimpiadas. Callel duarte Nº 6, Eduardo Sanchez Nº 8, Bruno buschinelli Nº 4, rafael Dùrso Nº 28, felipe Paschoal Nº 9

Olimpiadas. Callel duarte Nº 6, Eduardo Sanchez Nº 8, Bruno buschinelli Nº 4, rafael Dùrso Nº 28, felipe Paschoal Nº 9 Olimpiadas Callel duarte Nº 6, Eduardo Sanchez Nº 8, Bruno buschinelli Nº 4, rafael Dùrso Nº 28, felipe Paschoal Nº 9 O que São os Jogos Olímpicos? Os Jogos Olímpicos são eventos com vários esportes mundiais

Leia mais

Projeto Anjo da Guarda Rubro-Negro Relatório final

Projeto Anjo da Guarda Rubro-Negro Relatório final Projeto Anjo da Guarda Rubro-Negro Relatório final - 2013 Panorama Geral Campanha lançada para engajar as pessoas físicas a doarem parte de seu Imposto de Renda para um dos projetos incentivados do Flamengo.

Leia mais

Bem vindos! Bienvenido! Welcome!

Bem vindos! Bienvenido! Welcome! Bem vindos! Bienvenido! Welcome! A relação entre a Academia e os Treinadores Andre Rodacki Universidade Federal do Paraná - Departamento de Educação Física; CAPES Ministério da Educação Modelo SPLISS Sport

Leia mais

PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA 2012

PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA 2012 PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA 2012 PREMISSAS 1. Base estatística + projeção por departamento, consolidando nos centros de resultado; 2. Taxa de Câmbio futura definida pelo Banco Central; 3. IPCA para dissídio

Leia mais

DEPARTAMENTO DE ESPORTE - EEFEUSP - ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

DEPARTAMENTO DE ESPORTE - EEFEUSP - ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO GEPETIJ GRUPO DE ESTUDO E PESQUISA EM ESPORTE E TREINAMENTO INFANTO-JUVENIL GEPAE GRUPO DE ESTUDOS E PESQUISA EM GESTÃO DO ESPORTE DEPARTAMENTO DE ESPORTE - EEFEUSP - ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE

Leia mais

RIO BRANCO RUGBY CLUBE POLÍTICA DE COTAS E CONTRAPARTIDAS

RIO BRANCO RUGBY CLUBE POLÍTICA DE COTAS E CONTRAPARTIDAS RIO BRANCO RUGBY CLUBE POLÍTICA DE COTAS E CONTRAPARTIDAS www.riobrancorugby.com.br Agenda 1. Rugby em Números 2. Rio Branco Rugby Clube 3. Engajamento e Visibilidade 4. Oportunidades 2 1. Rugby em Números

Leia mais

Jogos Olímpicos Rio 2016 GUIA DE INGRESSOS Março 2015

Jogos Olímpicos Rio 2016 GUIA DE INGRESSOS Março 2015 Jogos Olímpicos Rio 016 GUIA DE INGRESSOS Março 015 instalações olímpicas por região 6 N 1 9 7 8 10 Baía de Guanabara 11 Deodoro 14 15 13 18 Parque Estadual da Pedra Branca Parque Nacional da Tijuca Copacabana

Leia mais

LEI AGNELO/PIVA DEMONSTRAÇÃO TÉCNICA E FINANCEIRA DA APLICAÇÃO DOS RECURSOS DO COMITÊ OLÍMPICO BRASILEIRO 2011

LEI AGNELO/PIVA DEMONSTRAÇÃO TÉCNICA E FINANCEIRA DA APLICAÇÃO DOS RECURSOS DO COMITÊ OLÍMPICO BRASILEIRO 2011 LEI AGNELO/PIVA DEMONSTRAÇÃO TÉCNICA E FINANCEIRA DA APLICAÇÃO DOS RECURSOS DO COMITÊ OLÍMPICO BRASILEIRO 2011 LEI AGNELO/PIVA ARRECADAÇÃO de janeiro a dezembro de 2011 LEI AGNELO/PIVA NORMAS DE APLICAÇÃO

Leia mais

LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE

LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE Lei nº 11.438/06, ou simplesmente Lei de Incentivo ao Esporte, estabelece benefícios fiscais para pessoas físicas ou jurídicas que estimulem o desenvolvimento do esporte nacional,

Leia mais

Futebol nas Olimpíadas 2016 Autores: Antonio B, Rodrigo A, Gustavo S, Gustavo A, Lucas B Matheus G.

Futebol nas Olimpíadas 2016 Autores: Antonio B, Rodrigo A, Gustavo S, Gustavo A, Lucas B Matheus G. Futebol nas Olimpíadas 2016 Autores: Antonio B, Rodrigo A, Gustavo S, Gustavo A, Lucas B Matheus G. Oque são os jogos olímpicos Jogos Olímpicos são um evento multiesportivo mundial com modalidades de verão

Leia mais

Entendendo o tamanho dos Jogos

Entendendo o tamanho dos Jogos Entendendo o tamanho dos Jogos COPA 32 nações 15 passaram pelo Rio 723 atletas 15.000 Voluntários Um esporte futebol 1 estádio Maracanã 7 jogos Em 7 dias alternados OLIMPÍADAS 206 nações todas no Rio 15.000

Leia mais

Participação gaúcha nos Jogos Olímpicos: garimpando memórias, reconstruindo histórias 3

Participação gaúcha nos Jogos Olímpicos: garimpando memórias, reconstruindo histórias 3 Participação gaúcha nos Jogos Olímpicos: garimpando memórias, reconstruindo histórias 3 Christiane Garcia Macedo 4 Silvana Vilodre Goellner 5 Em 2016, um dos maiores e mais importante evento esportivo

Leia mais

Diversidade esportiva

Diversidade esportiva Diversidade esportiva O futebol é o esporte mais praticado no país. No Brasil nasceram o futsal, o futebol de areia e o futebol society. Outro esporte nascido no país é a capoeira, esta, remete ao período

Leia mais

Centros de Iniciação ao Esporte

Centros de Iniciação ao Esporte MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE DE ALTO RENDIMENTO DEPARTAMENTO DE INFRAESTRUTURA DE ESPORTE Centros de Iniciação ao Esporte Alexandre Fernandes Ono Coordenador Geral do Departamento

Leia mais

Survey & Insights Sports Engaged A chegada das Olimpíadas e do espírito esportivo Edição 22 ano 7. Kantar IBOPE Media

Survey & Insights Sports Engaged A chegada das Olimpíadas e do espírito esportivo Edição 22 ano 7. Kantar IBOPE Media Survey & Insights Sports Engaged A chegada das Olimpíadas e do espírito esportivo Edição 22 ano 7 Kantar IBOPE Media Sports Engaged A chegada das Olimpíadas e do espírito esportivo Finalmente chegou o

Leia mais

Referências para o Esporte Olímpico e Paralímpico Brasileiro

Referências para o Esporte Olímpico e Paralímpico Brasileiro Referências para o Esporte Olímpico e Paralímpico Brasileiro Ministério do Esporte - Secretaria Nacional de Esporte de Alto Rendimento Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Educação Física

Leia mais

Em 2004, a TVCOM lançou ao mercado mais uma oportunidade às empresas que querem aliar sua marca ao marketing esportivo.

Em 2004, a TVCOM lançou ao mercado mais uma oportunidade às empresas que querem aliar sua marca ao marketing esportivo. A edição Esportes 2003 consolidou a TVCOM como um dos principais veículos de divulgação dos esportes praticados no Rio Grande do Sul, bem como nos cenários nacional e mundial. Em 2004, a TVCOM lançou ao

Leia mais

CELEIRO DE CAMPEÕES O Intercolegial já faz parte da programação das escolas do Rio. É o maior campeonato esportivo estudantil do Brasil.

CELEIRO DE CAMPEÕES O Intercolegial já faz parte da programação das escolas do Rio. É o maior campeonato esportivo estudantil do Brasil. CELEIRO DE CAMPEÕES O Intercolegial já faz parte da programação das escolas do Rio. É o maior campeonato esportivo estudantil do Brasil. Uma competição recheada de emoção e adrenalina, que contagia equipes,

Leia mais

Rio Ingressos disponíveis para venda direta (20/10/2015)

Rio Ingressos disponíveis para venda direta (20/10/2015) Rio 2016 - Ingressos disponíveis para venda direta (20/10/2015) Disciplina Data Horário Descrição da Sessão Código Atletismo 12/08/2016 09:30:00 13:10:00 Masculino e Feminino - Preliminares, Final AT001

Leia mais

Audiência Pública 2011

Audiência Pública 2011 Audiência Pública 2011 21 de Junho de 2011 Audiência Pública Índice 1. O que é o MEP 2. Esportes 3. Infraestrutura 4. Marketing & Comunicação O que é o MEP? alto rendimento educacional participação O Movimento

Leia mais

DISCIPLINA EDUCAÇÃO FÍSICA OBJETIVOS. 6 Ano

DISCIPLINA EDUCAÇÃO FÍSICA OBJETIVOS. 6 Ano DISCIPLINA EDUCAÇÃO FÍSICA OBJETIVOS 6 Ano 7 Ano 8º Ano 9º Ano Favorecer aos estudantes a aquisição dos conhecimentos básicos dos esportes de forma prazerosa. Desenvolver relações equilibradas e construtivas

Leia mais

Processo Nº / São Carlos Clube do Atletismo

Processo Nº / São Carlos Clube do Atletismo Processo Nº 58701001573/2009-80 SÃO CARLOS CLUBE O São Carlos Clube é um dos clubes mais tradicionais do interior do estado de São Paulo fundado em 1944. A história do clube e da cidade é bastante conhecida

Leia mais

PROJETO TALENTO OLÍMPICO DO PARANÁ EDIÇÃO 2013 E ATLETAS PARALÍMPICOS CONCORRENTES NO PROCESSO DE SELEÇÃO DE BOLSISTAS. 1

PROJETO TALENTO OLÍMPICO DO PARANÁ EDIÇÃO 2013 E ATLETAS PARALÍMPICOS CONCORRENTES NO PROCESSO DE SELEÇÃO DE BOLSISTAS. 1 PROJETO TALENTO OLÍMPICO DO PARANÁ EDIÇÃO 2013 E 2014 - ATLETAS PARALÍMPICOS CONCORRENTES NO PROCESSO DE SELEÇÃO DE BOLSISTAS. 1 Rosangela Marques BUSTO 2 Abdallah Achour JUNIOR 3 Jacques Duílio BRANCHER

Leia mais

A Implantação de Práticas de Governança em Entidades Esportivas, Reunião Técnica de Governança Corporativa

A Implantação de Práticas de Governança em Entidades Esportivas, Reunião Técnica de Governança Corporativa Confederação Brasileira de Rugby A Implantação de Práticas de Governança em Entidades Esportivas, Reunião Técnica de Governança Corporativa ANEFAC Associação Nacional dos Preparada para Executivos de Finanças,

Leia mais

ESTRUTURA E PREPARAÇÃO DO TREINAMENTO RICARDO LUIZ PACE JR.

ESTRUTURA E PREPARAÇÃO DO TREINAMENTO RICARDO LUIZ PACE JR. ESTRUTURA E PREPARAÇÃO DO TREINAMENTO RICARDO LUIZ PACE JR. Todo planejamento deve iniciar-se através da identificação das variáveis intervenientes no processo de preparação da estrutura do treinamento.

Leia mais

Patrocínio Esportivo 4.6 Prospecção de Patrocinadores

Patrocínio Esportivo 4.6 Prospecção de Patrocinadores Patrocínio Esportivo 4.6 Prospecção de Patrocinadores Patrocínio Esportivo 4.6 Projeto Final Prospecção de Patrocinadores Desenvolvimento do Projeto Esportivo e Plano Comercial (aula 3) Definição de novos

Leia mais

PROJETOS INCENTIVADOS Minas Tênis Clube. Projeto Formação e Desenvolvimento de Atletas por meio da Integração das Ciências do Esporte

PROJETOS INCENTIVADOS Minas Tênis Clube. Projeto Formação e Desenvolvimento de Atletas por meio da Integração das Ciências do Esporte PROJETOS INCENTIVADOS Minas Tênis Clube Projeto Formação e Desenvolvimento de Atletas por meio da Integração das Ciências do Esporte Lei de Incentivo ao Esporte PESSOAS FÍSICAS E JURÍDICAS TRIBUTADAS PELO

Leia mais

PROJETO INCENTIVADO - ICMS CENTRO DE TREINAMENTO DE REMO ADAPTÁVEL. Este é um Projeto Aprovado pela Lei Estadual de Incentivo ao Esporte KMC

PROJETO INCENTIVADO - ICMS CENTRO DE TREINAMENTO DE REMO ADAPTÁVEL. Este é um Projeto Aprovado pela Lei Estadual de Incentivo ao Esporte KMC PROJETO INCENTIVADO - ICMS CENTRO DE TREINAMENTO Este é um Projeto Aprovado pela Lei Estadual de Incentivo ao Esporte Realização Apoio Sobre a Lei Foi sancionada em dezembro de 2009 a Lei Estadual nº 1.137/2009,

Leia mais

Jogos Paralímpicos - Londres 2012

Jogos Paralímpicos - Londres 2012 Jogos Paralímpicos - Londres 202 Pré-Plano Comercial CGM Divisão de Marketing Esportivo DME nº 052/2 de 2//2 O Evento Garra, Superação e Fortes Emoções na Globo Um dos maiores eventos desportivos do mundo,

Leia mais

CALENDÁRIO OFICIAL - SEME JANEIRO 2 a 25 XLII Copa São Paulo de Futebol Junior Sede Capital 9 a 30 Ônibus Brincalhão e/ou Tenda do Brincar 9 a

CALENDÁRIO OFICIAL - SEME JANEIRO 2 a 25 XLII Copa São Paulo de Futebol Junior Sede Capital 9 a 30 Ônibus Brincalhão e/ou Tenda do Brincar 9 a CALENDÁRIO OFICIAL - SEME - 2011 JANEIRO 2 a 25 XLII Copa São Paulo de Futebol Junior Sede Capital 9 a 30 Ônibus Brincalhão e/ou Tenda do Brincar 9 a 30 Super Férias no Clube Escola (de 3ªs feiras a domingo)

Leia mais

Relatório de EDUCAÇÃO FÍSICA 2º semestre/2016. Turma: 5º Ano Professora: Andrea Desiderio Coordenadora: Maria Aparecida de Lima Leme

Relatório de EDUCAÇÃO FÍSICA 2º semestre/2016. Turma: 5º Ano Professora: Andrea Desiderio Coordenadora: Maria Aparecida de Lima Leme Relatório de EDUCAÇÃO FÍSICA 2º semestre/2016 Turma: 5º Ano Professora: Andrea Desiderio Coordenadora: Maria Aparecida de Lima Leme Voltamos das férias nos abraçando!!!!!! Agradeço e fico muito feliz com

Leia mais

olimpíadas grupo: joão lucas nº16, lucca nº22 edimilson nº7, bruno furlan nº4 lucas yan nº21

olimpíadas grupo: joão lucas nº16, lucca nº22 edimilson nº7, bruno furlan nº4 lucas yan nº21 olimpíadas grupo: joão lucas nº16, lucca nº22 edimilson nº7, bruno furlan nº4 lucas yan nº21 O que são os jogos? É o maior evento esportivo do planeta. Como surgiram? Foram criadas a mais de 4000 anos

Leia mais

Profissional-Atleta:

Profissional-Atleta: OLIMPÍADAS NACIONAIS DA JUSTIÇA DO TRABALHO - ONJT Profissional-Atleta: MAIO/2013 O que são as ONJT? ONJT significa Olimpíadas Nacional da Justiça do Trabalho. Realizada todos os anos em diferentes cidades

Leia mais

LUTA CONTRA A DOPAGEM - DADOS ESTATÍSTICOS CONSELHO NACIONAL ANTIDOPAGEM

LUTA CONTRA A DOPAGEM - DADOS ESTATÍSTICOS CONSELHO NACIONAL ANTIDOPAGEM LUTA CONTRA A DOPAGEM - DADOS ESTATÍSTICOS 2006 - CONSELHO NACIONAL ANTIDOPAGEM Conselho Nacional AntiDopagem NÚMERO DE AMOSTRAS RECOLHIDAS DE 1976 A 2006 ANO 2006 2004 2002 2000 1998 1996 1994 1992 1990

Leia mais

Passe Rápido. Projeto Multiesportivo Educacional. Proposta de Patrocínio Esportivo via Lei de Incentivo ao Esporte (IR)

Passe Rápido. Projeto Multiesportivo Educacional. Proposta de Patrocínio Esportivo via Lei de Incentivo ao Esporte (IR) Proposta de Patrocínio Esportivo via Lei de Incentivo ao Esporte (IR) Passe Rápido Projeto Multiesportivo Educacional Nº SLIE 1408014-13 - Aprovado com nº do processo 58701.001725/2014-10 Campinas, 18

Leia mais

HISTÓRICO DE FILIAÇÃO UFLA

HISTÓRICO DE FILIAÇÃO UFLA Fundada em 03/05/1938, Oficializada pelo decreto 3617/945. Nomeada Entidade Pública Municipal e Estadual. Filiada a CBDU (Confederação Brasileira do Desporto Universitário). HISTÓRICO DE FILIAÇÃO UFLA

Leia mais

II Jogos Abertos 2008

II Jogos Abertos 2008 II Jogos Abertos 2008 CRONOGRAMA 14/07 Início das Inscrições 15/08 Término das Inscrições 20/08 Definição da forma de disputa, Grupos e Tabelas 23/08 Cerimônia de Abertura e Caminhada da Solidariedade

Leia mais

Sobre a ITA Italian Trade Agency

Sobre a ITA Italian Trade Agency ITALIAN TRADE AGENCY PROMOVE EVENTO NO CONSULADO GERAL DA ITÁLIA DO RIO DE JANEIRO, NO DIA 4/8, VÉSPERA DA ABERTURA OFICIAL DAS OLIMPÍADAS, COM A PRESENÇA DE 20 DAS MAIS DESTACADAS MARCAS ITALIANAS DE

Leia mais

Realidade do Esporte Brasileiro

Realidade do Esporte Brasileiro Realidade do Esporte Brasileiro O Esporte é um dos indicadores do grau de desenvolvimento de uma nação. O Brasil participou de 20 edições dos Jogos Olímpicos. O Brasil não foi representado apenas nos jogos

Leia mais

MANUAL DO PATROCINADOR Conselho Regional de Contabilidade - SC 31/08/2016

MANUAL DO PATROCINADOR  Conselho Regional de Contabilidade - SC 31/08/2016 MANUAL DO PATROCINADOR www.manualdopatrocinador.com.br Conselho Regional de Contabilidade - SC 31/08/2016 Panorama Panorama Incentivo Fiscal Estímulos concedidos pelo governo, na área fiscal, para viabilização

Leia mais

EXTRATO DE TERMO DE COLABORAÇÃO

EXTRATO DE TERMO DE COLABORAÇÃO EXTRATO DE TERMO DE COLABORAÇÃO ESPÉCIE: Formalização do Termo de Colaboração n. 68/2016. OBJETO: Formalização do Termo de Colaboração n. 68/2016, firmado entre o Comitê Brasileiro de Clubes e o Club Athletico

Leia mais

Negócios Nos Trilhos RIO, 10 DE NOVEMBRODE 2010

Negócios Nos Trilhos RIO, 10 DE NOVEMBRODE 2010 Negócios Nos Trilhos RIO, 10 DE NOVEMBRODE 2010 AGENDA A CONQUISTA INÉDITA DO PAÍS PROJETO RIO 2016 AUTORIDADE PÚBLICA OLÍMPICA - APO ORÇAMENTOS A CONQUISTA INÉDITA DO PAÍS O MAIOR EVENTO ESPORTIVO DO

Leia mais

Interpretação de texto 3 ano para imprimir

Interpretação de texto 3 ano para imprimir Interpretação de texto 3 ano para imprimir Interpretação de texto 3 ano para imprimir Atividades de interpretação de texto 3 ano do ensino fundamental para imprimir que possibilita a leitura e a compreensão

Leia mais

A HISTÓRIA DA MODALIDADE EM INDAIATUBA

A HISTÓRIA DA MODALIDADE EM INDAIATUBA 1 A HISTÓRIA DA MODALIDADE EM INDAIATUBA O handebol é praticado em Indaiatuba há 20 anos. Nos primeiros anos sem um forte trabalho de base, os times foram montados com atletas migrados de outros esportes

Leia mais

Comissão de Atletas Olímpicos

Comissão de Atletas Olímpicos Comissão de Atletas Olímpicos Semana Olímpica 2010 O Projecto Para Todos Para os Atletas Operacionalização Contactos Semana Olímpica Complexo Desportivo do Jamor Semana Olímpica Escolas e comunidade em

Leia mais

5 INDICADORES E 22 FATORES CRÍTICOS DE SUCESSO

5 INDICADORES E 22 FATORES CRÍTICOS DE SUCESSO 5 INDICADORES E 22 FATORES CRÍTICOS DE SUCESSO Importância de um bom Treinamento a Longo Prazo - TLP - para o desenvolvimento de um atleta de alto rendimento Duração de 6 a 10 anos - de acordo com a modalidade

Leia mais

Patrocínio Esportivo 2.6 revisão aula 1.6 Negócio Esporte

Patrocínio Esportivo 2.6 revisão aula 1.6 Negócio Esporte Patrocínio Esportivo 2.6 revisão aula 1.6 Negócio Esporte Patrocínio Esportivo 2.6 revisão aula 1.6 - visão sistêmica marketing esportivo - PRODUTO CANAIS comunicação alto rendimento educacional MERCADO

Leia mais

O Controle de Doping. nos Jogos Olimpicos e. Paralimpicos. Rio 2016

O Controle de Doping. nos Jogos Olimpicos e. Paralimpicos. Rio 2016 O Controle de Doping nos Jogos Olimpicos e Paralimpicos Rio 2016 1 Introdução Objetivos do controle Missão: Entregar nos Jogos Olímpicos um Programa de Controle de Doping efetivo e focado no atleta, contribuindo

Leia mais

DEFICIÊNCIA INTELECTUAL

DEFICIÊNCIA INTELECTUAL DEFICIÊNCIA INTELECTUAL A Deficiência Intelectual caracteriza-se por um funcionamento intelectual inferior à média, associado a limitações adaptativas, que ocorrem antes dos 18 anos de idade. No dia a

Leia mais

Perfil sociodemográfico Real delivery Painel IR % Total painelistas: ,0% Sexo Homem 4.954

Perfil sociodemográfico Real delivery Painel IR % Total painelistas: ,0% Sexo Homem 4.954 1 / 6 Painel de Esportes Portugal Características Tamanho painel (ISO): 32.637 Pessoas perfiladas (ISO): 6.527 Taxa de resposta estimada (ISO): 46% Atualizado: 15/12/2014 Tamanho (ISO): o número de participantes

Leia mais

5.8 Estrutura Curricular

5.8 Estrutura Curricular 5.8 Estrutura Curricular Sem. Eixo Disciplinas a/t a/p h/a Matérias Comuns aos Cursos do ISE 1. Pensamentos Filosóficos e Ética 2. Leitura e Produção de Texto I 1. Anatomia Geral 2. Citologia e Genética

Leia mais

COMO INVESTIR PESSOA FÍSICA

COMO INVESTIR PESSOA FÍSICA COMO INVESTIR PESSOA FÍSICA PROJETOS APROVADOS 2013 LEI FEDERAL DE INCENTIVO AO ESPORTE A Lei n 11.428/2006 (LIE) é um instrumento legal que abre uma possibilidade nova e diferenciada de captação de recursos

Leia mais

CMT Colégio Militar Tiradentes. Ficha de Inscrição

CMT Colégio Militar Tiradentes. Ficha de Inscrição MODALIDADE: FUTSAL Nº Nome Completo do Atleta MODALIDADE: FUTSAL Nº Nome Completo do Atleta Brasília, de Junho de 25. MODALIDADE: Voleibol CMT Colégio Militar Tiradentes Nº Nome Completo do Atleta 11 12

Leia mais

Calendário/ FEEMG

Calendário/ FEEMG Calendário/2017 - FEEMG Modalidades Categorias Início Fim Evento Local Adulto 11/3/2017 30/6/2017 Copa SAAE/MG de Reunião Filiados 17/3/2017 17/3/2017 Reunião Técnica dos Campeonatos Metropolit Auditório

Leia mais

Marco Antônio Santos Maia Presidente da FGDE

Marco Antônio Santos Maia Presidente da FGDE RETROSPECTIVA 2016 A desenvolveu vários eventos durante o ano, nas modalidades de: Atletismo, Basquetebol, Basquete 3x3, Futebol, Futsal, Handebol, Natação, Tênis de Mesa, Voleibol, Vôlei de Praia, além

Leia mais

E de 11 a 29 de agosto, pessoas do mundo inteiro acompanham, em sua. dos seus países na disputa pelo o ouro olímpico em 28 modalidades esportivas.

E de 11 a 29 de agosto, pessoas do mundo inteiro acompanham, em sua. dos seus países na disputa pelo o ouro olímpico em 28 modalidades esportivas. OLIMPÍADAS 2004 Em Atenas... Os primeiros Jogos Olímpicos do século XXI e do terceiro milênio são uma ligação entre o passado e o futuro. Com o retorno para a Grécia, os Jogos Olímpicos de 2004 em Atenas

Leia mais

EC PINHEIROS PROJETO COLETIVOS

EC PINHEIROS PROJETO COLETIVOS EC PINHEIROS PROJETO COLETIVOS ESPORTE CLUBE PINHEIROS NÚMEROS QUE IMPRESSIONAM 113 ANOS de existência umas das instituições mais tradicionais do país, oferecendo atividades esportivas, sociais e culturais

Leia mais

Ouro olímpico: credibilidade no futebol feminino supera a do masculino em Londres

Ouro olímpico: credibilidade no futebol feminino supera a do masculino em Londres Ouro olímpico: credibilidade no futebol feminino supera a do masculino em Londres Lucas Almeida As Olimpíadas, uma das competições mais tradicionais da história, tiveram início na Grécia Antiga em 776

Leia mais

E.C. PINHEIROS FORMAÇÃO III

E.C. PINHEIROS FORMAÇÃO III E.C. PINHEIROS FORMAÇÃO III ESPORTE CLUBE PINHEIROS NÚMEROS QUE IMPRESSIONAM 113 ANOS de existência umas das instituições mais tradicionais do país, oferecendo atividades esportivas, sociais e culturais

Leia mais

Cumprindo o determinado no artigo 55, inciso XVI do Estatuto do Grêmio Náutico União, apresentamos o Relatório da Administração de 2016, contendo os

Cumprindo o determinado no artigo 55, inciso XVI do Estatuto do Grêmio Náutico União, apresentamos o Relatório da Administração de 2016, contendo os Cumprindo o determinado no artigo 55, inciso XVI do Estatuto do Grêmio Náutico União, apresentamos o Relatório da Administração de 2016, contendo os principais fatos que marcaram os resultados e as realizações

Leia mais

PROJETO. OLÍMPICO sogipa

PROJETO. OLÍMPICO sogipa PROJETO OLÍMPICO sogipa tradição olímpica HISTÓRICO 18 participações em Jogos Olímpicos e Paralímpicos Douglas Veronez, da esgrima Régis Ávila, da esgrima Jorge Teixeira, do atletismo Jorge Teixeira, do

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 24 de agosto de Série. Número 127

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 24 de agosto de Série. Número 127 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Segunda-feira, 24 de agosto de 2015 Série Sumário PRESIDÊNCIA DO GOVERNO REGIONAL Resolução n.º 641/2015 a associação denominada Associação Cultural e Desportiva

Leia mais

Federação de Esportes Estudantis de Minas Gerais

Federação de Esportes Estudantis de Minas Gerais Federação de Esportes Estudantis de Minas Gerais QUEM SOMOS A Federação de Esportes Estudantis de Minas Gerais, fundada em agosto de 2000, em Belo Horizonte, nasceu de uma proposta ousada de incentivar

Leia mais

Como funciona? Habilitação. Aprovação. Captação. Execução e Controle. Prestação de Contas

Como funciona? Habilitação. Aprovação. Captação. Execução e Controle. Prestação de Contas O que é a LIE A Lei nº 11.438/06 (Lei de Incentivo ao Esporte), sancionada em 29 de dezembro de 2006 e regulamentada em 3 de agosto de 2007 pelo Decreto nº 6.180/07, possibilita que pessoas físicas e pessoas

Leia mais

INVESTIMENTOS PÚBLICOS FEDERAIS PARA AS CATEGORIAS DE BASE DO NADO SINCRONIZADO BRASILEIRO: UMA ANÁLISE DO PERÍODO

INVESTIMENTOS PÚBLICOS FEDERAIS PARA AS CATEGORIAS DE BASE DO NADO SINCRONIZADO BRASILEIRO: UMA ANÁLISE DO PERÍODO INVESTIMENTOS PÚBLICOS FEDERAIS PARA AS CATEGORIAS DE BASE DO NADO SINCRONIZADO BRASILEIRO: UMA ANÁLISE DO PERÍODO 2013-2014 LUZ, Wallinson Ramos Sant ana da (Educação Física/UFPR) ORDONHES, Mayara Torres

Leia mais

Palavras-chave: bolsa atleta; futebol feminino; financiamento público.

Palavras-chave: bolsa atleta; futebol feminino; financiamento público. PROGRAMA FEDERAL BOLSA ATLETA E FUTEBOL FEMININO: UMA ANÁLISE NO NÚMERO DE CONCESSÕES E INVESTIMENTOS DE 2005 A 2015 SZEREMETA, Thaynara do Prado (Educação Física/UFPR) LUZ, Wallinson Ramos Sant ana da

Leia mais

RELAÇÕES ENTRE O PROGRAMA FEDERAL BOLSA-ATLETA E A NATAÇÃO: UMA ANÁLISE DE 2005 A 2015

RELAÇÕES ENTRE O PROGRAMA FEDERAL BOLSA-ATLETA E A NATAÇÃO: UMA ANÁLISE DE 2005 A 2015 RELAÇÕES ENTRE O PROGRAMA FEDERAL BOLSA-ATLETA E A NATAÇÃO: UMA ANÁLISE DE 2005 A 2015 ORDONHES, Mayara Torres (Educação Física/UFPR) LUZ, Wallinson Ramos Sant ana da (Educação Física/UFPR) CAVICHIOLLI,

Leia mais

Apresentação. Projeto2018

Apresentação. Projeto2018 Apresentação O Campeonato Gaúcho de Rally Velocidade, vem sendo realizado a 18 anos, pelas entidades filiadas à Federação Gaúcha de Automobilismo FGA e tem como principal fomentador, realizador e grande

Leia mais

Jogos Olímpicos: o Judô

Jogos Olímpicos: o Judô Jogos Olímpicos: o Judô O que são as Olimpíadas? Origem Cerca de 2500 a.c., os gregos realizavam festivais esportivos em honra a Zeus, no santuário de Olímpia, o que originou o termo olimpíada. As Olimpíadas

Leia mais

ID Proposta Dados do Município / Distrito Federal Dados gerais / Caracteristicas do terreno. Carta Consulta CIE - Administração

ID Proposta Dados do Município / Distrito Federal Dados gerais / Caracteristicas do terreno. Carta Consulta CIE - Administração ID Proposta 10 1. Dados do Município / Distrito Federal Nome Munic./Distrito: UF: Prefeito: CPF do Prefeito: Endereço Pref.: CEP: Telefones: Prefeitura Municipal de Araras São Paulo Nelson Dimas Brambilla

Leia mais

Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016: Planejamento, Gestão e Legado. 20 de maio de 2015

Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016: Planejamento, Gestão e Legado. 20 de maio de 2015 Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016: Planejamento, Gestão e Legado 20 de maio de 2015 INTRODUÇÃO 1ª Olimpíada da América do Sul 2 de outubro de 2009 LEGADO OPORTUNIDADES RESULTADOS JOGOS OLÍMPICOS

Leia mais

COLORIR TRABALHO COM ENSINO RELIGIOSO

COLORIR TRABALHO COM ENSINO RELIGIOSO DESENHOS BÍBLICOS PARA COLORIR TRABALHO COM ENSINO RELIGIOSO DESENHOS BÍBLICOS PARA COLORIR DESENHOS BÍBLICOS PARA COLORIR TRABALHO COM ENSINO RELIGIOSO Baixe diversos desenhos Bíblicos para colorir. São

Leia mais

Poliana. Okimoto BRONZE NAS OLÍMPIADAS DO RIO 2016

Poliana. Okimoto BRONZE NAS OLÍMPIADAS DO RIO 2016 Poliana Okimoto BRONZE NAS OLÍMPIADAS DO RIO 2016 Perfil P O L I A N A O K I M O T O Poliana Okimoto é sinônimo de conquistas e pioneirismo. Nos Jogos Rio 2016, foi a primeira mulher brasileira a conquistar

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER CALENDÁRIO ESPORTIVO

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER CALENDÁRIO ESPORTIVO PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER CALENDÁRIO ESPORTIVO 2016 Carlos Eduardo Esporte é vida. Para a Prefeitura Municipal do Natal, estas palavras formam mais que uma máxima

Leia mais

LEI DE INCENTIVO AO DESPORTO - ASPECTOS TRIBUTÁRIOS

LEI DE INCENTIVO AO DESPORTO - ASPECTOS TRIBUTÁRIOS LEI DE INCENTIVO AO DESPORTO - ASPECTOS TRIBUTÁRIOS 1. Incentivos Federais ao Desporto 2. Incentivos Estaduais e Municipais ao Desporto 1. INCENTIVOS FEDERAIS AO DESPORTO LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE -

Leia mais

RIO 2016! É a vez do Brasil nas Olimpíadas. E SE NÃO FOSSE NO BRASIL? RIO DE JANEIRO AS OLIMPÍADAS #1

RIO 2016! É a vez do Brasil nas Olimpíadas. E SE NÃO FOSSE NO BRASIL? RIO DE JANEIRO AS OLIMPÍADAS #1 ÍNDICE 4 5 6 8 10 12 13 14 17 18 RIO 2016! É a vez do Brasil nas Olimpíadas. E SE NÃO FOSSE NO BRASIL? Em que outros lugares poderiam ser as Olimpíadas? RIO DE JANEIRO Curiosidades sobre a cidade maravilhosa.

Leia mais

07:00 / 22:00 GINÁSIO 02 BOCHA FECHADO FECHADO

07:00 / 22:00 GINÁSIO 02 BOCHA FECHADO FECHADO SEGUNDA FEIRA 04 DE NOVEMBRO PROGRAMAÇÃO ESPORTIVA SEMANAL HORARIO LOCAL MODALIDADE CATEGORIA M/F ATIVIDADE M ETA SAÍDA 07:30 / 09:00 GINÁSIO 01 VOLEIBOL MASTER D1 F TREINO (REDE 2,24 ALT.) 13:30 / 15:00

Leia mais

FALTA DINHEIRO OU BOA APLICAÇÃO DOS RECURSOS?

FALTA DINHEIRO OU BOA APLICAÇÃO DOS RECURSOS? FALTA DINHEIRO OU BOA APLICAÇÃO DOS RECURSOS? Análise sintética do estudo internacional SPLISS consórcio de universidades que comparou as políticas esportivas com o sucesso internacional em 15 países O

Leia mais

PROPOSTA PARA O REMO BRASILEIRO QUADRIÊNIO 2016/2020

PROPOSTA PARA O REMO BRASILEIRO QUADRIÊNIO 2016/2020 PROPOSTA PARA O REMO BRASILEIRO QUADRIÊNIO 2016/2020 Há vários anos o Remo brasileiro vem tentando se consolidar como um dos desportos mais hegemônicos no país. Entretanto, constata-se que a modalidade

Leia mais

CONQUISTAS SELEÇÃO CLUBES OURO NO PAN DE TORONTO

CONQUISTAS SELEÇÃO CLUBES OURO NO PAN DE TORONTO DESENVOLVIDO POR PERFIL Diogo Hubner é um dos grandes nomes do Handebol nacional. Desde cedo chamou a atenção de professores, treinadores e Seleção Brasileira por sua garra e determinação. Sua relação

Leia mais

Painel de Esportes. México 1 / 6. Perfil sociodemográfico Real delivery Painel IR % Total painelistas: ,0% Sexo Homem 15.

Painel de Esportes. México 1 / 6. Perfil sociodemográfico Real delivery Painel IR % Total painelistas: ,0% Sexo Homem 15. 1 / 6 Painel de Esportes México Características Tamanho painel (ISO): 101.427 Pessoas perfiladas (ISO): 21.449 Taxa de resposta estimada (ISO): 32% Atualizado: 15/12/2014 Tamanho (ISO): o número de participantes

Leia mais

Fundada em 04 de setembro de 2000, tem desempenhado suas propostas desportivas e sociais de forma cada vez mais organizada e profissional.

Fundada em 04 de setembro de 2000, tem desempenhado suas propostas desportivas e sociais de forma cada vez mais organizada e profissional. INSTITUCIONAL A ASSOCIAÇÃO PARADESPORTIVA JR nasceu com a finalidade de contribuir com a integração da Pessoa com Deficiência na sociedade através do esporte. É pioneira neste tipo de projeto social, ou

Leia mais

HORÁRIO Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira. (3254) Metodologia do Atletismo PREFEITURA

HORÁRIO Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira. (3254) Metodologia do Atletismo PREFEITURA 1ª SÉRIE MANHÃ Fisiologia Humana A Fisiologia Humana A (3259) Recreação e Lazer (3254) Atletismo PREFEITURA (3253) Ginástica (3259) Recreação e Lazer (3249) Crescimento e Desenvolvimento Motor (3254) Atletismo

Leia mais

CASA BRASIL A VITRINE DO BRASIL NOS JOGOS OLÍMPICOS E PARALÍMPICOS RIO 2016

CASA BRASIL A VITRINE DO BRASIL NOS JOGOS OLÍMPICOS E PARALÍMPICOS RIO 2016 CASA BRASIL A VITRINE DO BRASIL NOS JOGOS OLÍMPICOS E PARALÍMPICOS RIO 2016 CONCEITO Espaço de promoção do país, referência do Governo Federal durante a realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio

Leia mais

FPbe Faculdade Peruíbe Curso de Educação Física

FPbe Faculdade Peruíbe Curso de Educação Física 1 CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA CURRÍCULO: BACHARELADO 1º. PERÍODO Anatomia Humana 4 40 40 Biologia 2 20 20 Introdução à Educação Física e Esporte 2 40 Língua Portuguesa 2 40 Sociologia 2 40 Teoria e Prática

Leia mais

2016 Fernanda Monturil

2016 Fernanda Monturil 2016 Fernanda Monturil Mundial de Planadores A Federação Brasileira de Voo a Vela é uma entidade de fins não econômicos e de caráter desportivo, criada em 15 de janeiro de 1954, e vinculada ao Comitê Olímpico

Leia mais

Marcus Vinícius Freire, Superintendente do Comitê Olímpico Brasileiro, fala sobre o planejamento do COB para 2012 e 2016.

Marcus Vinícius Freire, Superintendente do Comitê Olímpico Brasileiro, fala sobre o planejamento do COB para 2012 e 2016. Marcus Vinícius Freire, Superintendente do Comitê Olímpico Brasileiro, fala sobre o planejamento do COB para 2012 e 2016. 01/12/2011 10:58 - Atualizado em 02/12/2011 03:07 A expectativa do Comitê Olímpico

Leia mais

Jogos Olímpicos Rio Ministério do Esporte

Jogos Olímpicos Rio Ministério do Esporte Jogos Olímpicos Rio 2016 Ministério do Esporte Balanço dos Jogos Olímpicos Próximo ciclo olímpico e paralímpico Balanço dos Jogos Olímpicos O Ministério do Esporte cumpriu sua missão constitucional de

Leia mais

APRENDIZAGEM PROFISSIONAL

APRENDIZAGEM PROFISSIONAL APRENDIZAGEM PROFISSIONAL A importância da Aprendizagem para o Esporte Aprendizagem Profissional a LEI promove o Trabalho Decente para a Juventude Departamento de Políticas Públicas de Trabalho, Emprego

Leia mais

Jogos Paraolímpicos. Profs. Bruno Crestani Calegaro e Eder Ferrari

Jogos Paraolímpicos. Profs. Bruno Crestani Calegaro e Eder Ferrari Jogos Paraolímpicos Profs. Bruno Crestani Calegaro e Eder Ferrari Jogos Paraolímpicos O que são? As Paraolimpíadas são o equivalente das Olimpíadas tradicionais porém ocorre a participação somente de atletas

Leia mais

Sementes do Amanhã. Proposta de Projeto Esportivo. Proposta de Patrocínio via Lei de Incentivo ao Esporte (100% dedutível de 1% do IR)

Sementes do Amanhã. Proposta de Projeto Esportivo. Proposta de Patrocínio via Lei de Incentivo ao Esporte (100% dedutível de 1% do IR) Proposta de Projeto Esportivo Sementes do Amanhã Proposta de Patrocínio via Lei de Incentivo ao Esporte (100% dedutível de 1% do IR) PROPONENTE: GESTÃO: APOIO: COLABORADOR: PANORAMA Futebol Clube Proposta

Leia mais

ORDEM DE SERVIÇO Nº 001/2012 CALENDÁRIO DOS JOGOS

ORDEM DE SERVIÇO Nº 001/2012 CALENDÁRIO DOS JOGOS GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DE ESTADO DA JUVENTUDE, ESPORTE E LAZER. GERÊNCIA EXECUTIVA DO DESPORTO FÍSICO JOGOS ESCOLARES E PARAESCOLARES DA PARAÍBA - 2012 ORDEM DE SERVIÇO Nº 001/2012 CALENDÁRIO

Leia mais

2 os Jogos Desportivos Populares de Macau. Regulamento

2 os Jogos Desportivos Populares de Macau. Regulamento 2 os Jogos Desportivos Populares de Macau Regulamento Organização: Instituto do Desporto do Governo da RAEM Co-organização: Associação Geral de Atletismo de Macau, Associação Geral de Natação de Macau,

Leia mais

AS MEDALHAS DO BRASIL OLIMPÍADAS 2016

AS MEDALHAS DO BRASIL OLIMPÍADAS 2016 AS MEDALHAS DO BRASIL OLIMPÍADAS 2016 ******************************************************** ************ No esporte, existem campeões e existem heróis. Campeões vencem porque são bons no que fazem e

Leia mais

Plano de Governo. Club de Regatas Vasco da Gama Novembro de 2016

Plano de Governo. Club de Regatas Vasco da Gama Novembro de 2016 Plano de Governo Club de Regatas Vasco da Gama 2018-2020 Novembro de 2016 1 Histórico A Cruzada Vascaína foi criada em 2008, fruto da indignação com a possibilidade de rebaixamento que se aproximava. Desde

Leia mais

CURRÍCULO DO ATLETA DADOS PESSOAIS: Nome: Felipe Borges da Silva. Nome Esportivo: Felipe. Nasc.: 16/11/1994. Embarcação: Canoa Masculino C-1 - C-2

CURRÍCULO DO ATLETA DADOS PESSOAIS: Nome: Felipe Borges da Silva. Nome Esportivo: Felipe. Nasc.: 16/11/1994. Embarcação: Canoa Masculino C-1 - C-2 CURRÍCULO DO ATLETA DADOS PESSOAIS: Nome: Felipe Borges da Silva Nome Esportivo: Felipe Nasc.: 16/11/1994 Embarcação: Canoa Masculino C-1 - C-2 Naturalidade: Foz do Iguaçu-PR Estado Civil: Solteiro E-mail/msn:

Leia mais

COMISSÃO DO ESPORTE DILIGÊNCIA

COMISSÃO DO ESPORTE DILIGÊNCIA COMISSÃO DO ESPORTE DILIGÊNCIA VISITA TÉCNICA PARA ACOMPANHAR OS EVENTOS TESTE AQUECE RIO 2015 DE CANOAGEM SLALOM E DE HÓQUEI COMPLEXO DE DEODORO RIO DE JANEIRO. 27 DE NOVEMBRO DE 2015 Apresentação No

Leia mais