Séries de Pagamentos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Séries de Pagamentos"

Transcrição

1 Séries de Pagamentos GST0054 MATEMÁTICA FINANCEIRA Prof. Antonio Sérgio GST0045 Matemática Financeira 1

2 São as prestações que você já conhece: Carnê da loja; Leasing do carro, etc. Modelo PRICE todas as prestações tem o mesmo valor. PMT (Payment) Valor do pagamento ou recebimento a realizar-se numa data preestabelecida. Séries podem ser (tempo): Temporárias (finitas) período de tempo definido Perpétuas (infinitas) série tem início mas não tem fim preestabelecido. Ex: aluguéis, arrendamentos, etc. GST0045 Matemática Financeira 2

3 Séries podem ser (vencimento): Postecipadas o vencimento de todos os pagamentos ou recebimentos ocorre no final de cada período. HP-12c: g 8 (END) Antecipada o vencimento ocorre no início de cada período. HP-12c: g 7 (BEG) Diferidas o vencimento ocorre no término de um período de carência. GST0045 Matemática Financeira 3

4 Postecipadas Antecipadas Diferidas Período: 0 PV e n FV GST0045 Matemática Financeira 4

5 Fórmula do cálculo do valor presente (PV), dada a prestação (PMT): (1 + i) n 1 PV = PMT. i. (1 + i) n Fórmula do cálculo da prestação (PMT), dado o valor presente (PV): i. (1 + i) n PMT = PV. (1 + i) n 1 GST0045 Matemática Financeira 5

6 Fórmula do cálculo do valor futuro (FV), dada a prestação (PMT): FV = PMT. (1 + i) n 1 i Fórmula do cálculo da prestação (PMT), dado o valor futuro (FV): i PMT = FV. (1 + i) n 1 GST0045 Matemática Financeira 6

7 Operações com séries Postecipadas: Exemplo da montagem de um gráfico e uso da HP-12C: Uma loja anuncia uma televisão por R$1.022,00, ou como diz o anúncio, em 12 x R$150,00 = R$1.800,00. Como seria montada nossa representação gráfica? PV = PMT. (1+i) n 1 i.(1+i) n 1022 = 150. (1+i) 12 1 i.(1+i) 12 GST0045 Matemática Financeira 7

8 Cáluclo do Juro na HP-12c: Comum no mercado: GST0045 Matemática Financeira 8

9 Operações com séries Antecipadas: Fórmula para prestações antecipadas: PV = 1 + i. PMT. (1+i) n 1 i.(1+i) n 1022 = 1 + i (1 + i) 12 1 i. (1 + i) 12 GST0045 Matemática Financeira 9

10 Fórmula do cálculo do valor presente (PV), dada a prestação (PMT): Antecipadas PV = PMT. (1 + i) n 1 i. (1 + i) n 1 Fórmula do cálculo da prestação (PMT), dado o valor presente (PV): Antecipadas PMT = PV. i. (1 + i) n 1 (1 + i) n 1 GST0045 Matemática Financeira 10

11 Fórmula do cálculo do valor futuro (FV), dada a prestação (PMT): Antecipadas FV = PMT. (1 + i) n 1 i Fórmula do cálculo da prestação (PMT), dado o valor futuro (FV): Antecipadas FV. i PMT = [(1 + i) n 1]. (1 + i) GST0045 Matemática Financeira 11

12 Cálculo do Juro na HP-12c (Antecipadas): Operações com séries Diferidas (carência): GST0045 Matemática Financeira 12

13 Exercícios 1) Calcule o valor do investimento necessário para garantir um recebimento anual de R$10.000,00 no final de cada um dos próximos oito anos, sabendose que esse investimento é remunerado com um taxa efetiva de 10% ao ano, no regime de juros compostos. PV = PMT. (1+i) n 1 i.(1+i) n PV = (1+0,1) 8 1 0,1.(1+0,1) 8 HP-12c: i=10, n=8, PMT=-10000, PV=? PV = R$53.349,26 GST0045 Matemática Financeira 13

14 Exercícios 2) Calcule o valor das prestações anuais de um financiamento realizado com a taxa efetiva de 8% ao ano, no regime de juros compostos, sabendo-se que o valor principal é R$1.000,00 e que o prazo da operação é de quatro anos. PMT = PV. PMT = i.(1+i) n (1+i) n 1 0,08. (1 + 0,08) 4 (1 + 0,08) 4 1 HP-12c: i=8, n=4, PV=1000, PMT=? PMT = R$301,92 GST0045 Matemática Financeira 14

15 Exercícios 3) Uma instituição financeira que remunera seus depósitos em 1,5% ao mês, no regime de juros compostos. Um investidor efetua seis depósitos mensais e iguais a R$800,00, ocorrendo o 1º. depósito no final do mês, durante 6 meses nessa instituição. Calcule o valor do saldo acumulado após esses depósitos. FV = PMT. (1+i) n 1 i FV = 800. (1+0,015) 6 1 0,015 HP-12c: i=1,5, n=6, PMT=-800, FV=? FV = R$4.983,64 GST0045 Matemática Financeira 15

16 Exercícios 4) Calcule o valor de seis depósitos mensais, iguais e sucessivos, capazes de produzir um montante de R$5.000,00 no final do 6º. Mês, imediatamente após a realização do 6º. Depósito, sabendo-se que esses depósitos são remunerados com uma taxa de 12% ao ano, capitalizados mensalmente. PMT = FV. i = 12% = 1% a. mês 12 i PMT = ,01 (1+i) n 1 (1+0,01) 6 1 HP-12c: i=1, n=6, FV=5000, PMT=? PMT = R$812,74 GST0045 Matemática Financeira 16

17 Exercícios 5) Determine o PV de um financiamento que tem uma taxa de 1% a.m., juros compostos, para ser liquidado em 12 prestações mensais de $1.000,00. HP-12c: n=12, PMT=-1.000,00, i=1, PV=? PV = R$11.255,08 6) Calcule a prestação mensal postecipada de um financiamento de $20.000,00, num prazo de 2 anos, com uma taxa de 3% ao mês, juros compostos. HP-12c: n=24, PV=20000, i=3, PMT=? PMT = R$1.180,95 GST0045 Matemática Financeira 17

18 Exercícios 7) Um equipamento custa R$11.400,00, à vista, e está sendo financiado com R$1.400,00 de entrada e mais 4 prestações mensais de $2,580,00. Qual a taxa efetiva mensal cobrada na parcela financiada? HP-12c: n=4, PMT=-2580, PV= =10000, i=? i=1,272 % a.m. 8) Um principal de R$1.000,00 deve ser liquidado em 5 prestações mensais, com uma taxa e 1% a.m. Calcule o valor do PMT, quando a 1ª prestação ocorrer: (a) um mês após a liberação dos recursos (postecipada); (b) no ato da liberação dos recursos (antecipada). (a) Série Postecipada END HP-12c: g8 (END), n=5, i=1, PV=1000, PMT=? PMT = R$206,04 (b) Série Antecipada BEGIN HP-12c: g7 (BEGIN), n=5, i=1, PV=1000, PMT=? PMT = R$204,00 GST0045 Matemática Financeira 18

19 Exercícios 9) Uma dívida deve ser liquidada em 3 prestações trimestrais de R$1.000,00. Determine o principal da dívida para uma taxa efetiva de 1%a.m. HP-12c: [1 trimestre] n=3, i=1, FV=1.000,00, PV1=? PV1 = R$970,59 [2 trimestre] n=6, i=1, FV=1.000,00, PV2=? PV2 = R$942,05 [3 trimestre] n=9, i=1, FV=1.000,00, PV3=? PV3 = R$914,34 PV = 970, , ,34 = R$2.826,98 GST0045 Matemática Financeira 19

20 Exercícios 10) Os depósitos anuais de R$1.000,00 são remunerados com a taxa de 10% a.a. Calcule o montante no final do 4º ano, antes da efetivação do 4º depósito. HP-12c: n=4, PMT=-1.000,00, i=10, FV=? FV = R$4.641,00 Saldo antes do 4º. depósito: R$4.641,00 - R$1.000,00 = $3.641,00 11) Calcule o valor dos 4 depósitos trimestrais para se acumular o montante de $10.000,00 no final do 4º trimestre, com uma taxa de 3% a.t.. HP-12c: n=4, i=3, FV=10000, PMT=? PMT = R$2.390,27 GST0045 Matemática Financeira 20

i i i i i i n - 1 n

i i i i i i n - 1 n Aula Capítulo 6 SÉRIE UNIFORME PRESTAÇÕES IGUAIS Série uniforme de valores monetários (pagamentos ou recebimentos) juros compostos MODELO PRICE no qual todas as prestações tem o mesmo valor Fluxo de Caixa

Leia mais

Empreendedorismo. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 09 Matemática Financeira. Cursos de Computação

Empreendedorismo. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 09 Matemática Financeira. Cursos de Computação Cursos de Computação Empreendedorismo Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira Aula 09 Matemática Financeira Referência: Slides do professor Jose Sergio Resende Casagrande Matemática Financeira Conceito/Objetivos Analisar

Leia mais

Lista de exercício nº 2* Taxas equivalentes** e séries uniformes

Lista de exercício nº 2* Taxas equivalentes** e séries uniformes Lista de exercício nº 2* Taxas equivalentes** e séries uniformes 1. Calcule as taxas mensal e diária que são proporcionais à taxa de 3,6 % ao trimestre. Resposta: 1,2% a.m. e 0,04% a.d. 2. Calcule as taxas

Leia mais

Matemática Financeira II

Matemática Financeira II Matemática Financeira II Material Teórico Séries de Pagamentos ou Rendas Responsável pelo Conteúdo: Prof. Ms. Carlos Henrique de J.Costa Revisão Textual: Profa. Esp. Vera Lidia de Sa Cicaroni Unidade

Leia mais

FEA RP - USP. Matemática Financeira 3 - Séries e Avaliação de Investimentos

FEA RP - USP. Matemática Financeira 3 - Séries e Avaliação de Investimentos FEA RP - USP Matemática Financeira 3 - Séries e Avaliação de Investimentos Prof. Dr. Daphnis Theodoro da Silva Jr. Daphnis Theodoro da Silva Jr 1 Séries uniformes - Juros Compostos Series uniformes são

Leia mais

Capítulo 6 Série Uniforme Prestações Iguais

Capítulo 6 Série Uniforme Prestações Iguais Capítulo 6 Série Uniforme Prestações Iguais Juros Compostos Fórmulas - 1 RELAÇÃO ENTRE PMT E FV FV = PMT [ ( 1 + i ) n-1 + ( 1 + i ) n-2 + + ( 1 + i ) + 1 ] (A) Multiplicando por (1+i): FV = PMT [(1 +

Leia mais

LISTA 02: EXERCÍCIOS SOBRE RENDAS CERTAS, SÉRIES DE PAGAMENTOS, SÉRIES FINANCEIRAS OU ANUIDADES

LISTA 02: EXERCÍCIOS SOBRE RENDAS CERTAS, SÉRIES DE PAGAMENTOS, SÉRIES FINANCEIRAS OU ANUIDADES LISTA 02: EXERCÍCIOS SOBRE RENDAS CERTAS, SÉRIES DE PAGAMENTOS, SÉRIES FINANCEIRAS OU ANUIDADES 01) Um empréstimo de R$ 20.900,00 foi realizado com uma taxa de juros de 36 % ao ano, capitalizados trimestralmente,

Leia mais

Principais conceitos de Matemática Financeira

Principais conceitos de Matemática Financeira Principais conceitos de Matemática Financeira A aula 1 destina-se a discutir de forma sucinta os conceitos básicos da matemática financeira. O estudo desta seção é de fundamental importância como preparação

Leia mais

UNIDADE Rendas ou série de pagamentos ou recebimentos

UNIDADE Rendas ou série de pagamentos ou recebimentos Módulo 4 UNIDADE 3 Rendas ou série de pagamentos ou recebimentos 71 Curso de Graduação em Administração a Distância Objetivo Nesta Unidade, você será levado a: enunciar e diferenciar os diversos tipos

Leia mais

Recuperação 15 x 1 (15 exercícios = 1 ponto, limitado a média 6,0)

Recuperação 15 x 1 (15 exercícios = 1 ponto, limitado a média 6,0) Critérios para a entrega de exercícios: 1. Todos os exercícios deverão ser feitos de forma manuscrita somente A CANETA (Azul ou Preta), SEM RASURAS. 2. Necessário copiar na folha que será entregue o enunciado

Leia mais

Sistemas de Amortização

Sistemas de Amortização Matemática Financeira Sistemas de Amortização Prof. Me. Marcelo Stefaniak Aveline Séries de Pagamentos Este conteúdo pode ser visto como uma estensão de Juros Compostos. Enquanto em Juros Compostos um

Leia mais

1. As parcelas são pagas ao final de cada período. Neste caso denomina-se pagamento postecipado.

1. As parcelas são pagas ao final de cada período. Neste caso denomina-se pagamento postecipado. PARTE 5 SÉRIE UNIFORME DE PAGAMENTOS CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Introdução 2. Prestações e Valor presente 3. Prestações e Valor futuro 4. Renda perpétua 5. Exercícios Resolvidos 1. Introdução Quando se contrai

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA PROF. ÁTILA

MATEMÁTICA FINANCEIRA PROF. ÁTILA 1 MATEMÁTICA FINANCEIRA PROF. ÁTILA Aula 01 CONCEITOS BÁSICOS Classificação dos tipos de juros; O valor do dinheiro no tempo; Fluxos de caixa. 2 Introdução Ramo da Matemática que estuda o comportamento

Leia mais

FEA RP USP. Matemática Financeira 2 Capitalização composta

FEA RP USP. Matemática Financeira 2 Capitalização composta FEA RP USP Matemática Financeira 2 Capitalização composta Prof. Dr. Daphnis Theodoro da Silva Jr. Daphnis Theodoro da Silva Jr 1 Regime de capitalização Composta No regime de capitalização simples somente

Leia mais

Sistemas de Amortização

Sistemas de Amortização Matemática Financeira Sistemas de Amortização Prof. Me. Marcelo Stefaniak Aveline Matemática Financeira Séries de Pagamentos Prof. Me. Marcelo Stefaniak Aveline Séries de Pagamentos Este conteúdo pode

Leia mais

Prof. Eugênio Carlos Stieler

Prof. Eugênio Carlos Stieler CAPITALIZAÇÃO COMPOSTA CAPITALIZAÇÁO COMPOSTA: MONTANTE E VALOR ATUAL PARA PAGAMENTO ÚNICO Capitalização composta é aquela em que a taxa de juros incide sobre o capital inicial, acrescido dos juros acumulados

Leia mais

MatemáticaFinanceira

MatemáticaFinanceira Capítulo MatemáticaFinanceira Anuidadesouséries Adriano Leal Bruni albruni@minhasaulas.com.br Para saber mais... Todo o conteúdo dos slides pode ser visto nos meus livros de Matemática Financeira, publicados

Leia mais

Lista de exercício nº 1 Juros simples e compostos*

Lista de exercício nº 1 Juros simples e compostos* Lista de exercício nº 1 Juros simples e compostos* 1. Um investidor aplicou $1.000,00 numa instituição financeira que remunera seus depósitos a uma taxa de 5 % ao trimestre, no regime de juros simples.

Leia mais

É uma sucessão de pagamentos e recebimentos em dinheiro previstos para uma determinada data ou período.

É uma sucessão de pagamentos e recebimentos em dinheiro previstos para uma determinada data ou período. Matemática Financeira Séries de Pagamentos Noções de Fluxo de Caixa É uma sucessão de pagamentos e recebimentos em dinheiro previstos para uma determinada data ou período. O fluxo de caixa é representado

Leia mais

Finanças Empresariais Profa. Ms. Renata Ferreira. Traçando sua Situação Patrimonial

Finanças Empresariais Profa. Ms. Renata Ferreira. Traçando sua Situação Patrimonial Finanças Empresariais Profa. Ms. Renata Ferreira Traçando sua Situação Patrimonial Traçando sua Situação Patrimonial 1. Introdução Bem vindo ao curso de Finanças Empresariais!! O objetivo deste curso é

Leia mais

Sumário. Prefácio, xiii

Sumário. Prefácio, xiii Prefácio, xiii 1 Função dos juros na economia, 1 1.1 Consumo e poupança, 1 1.1.1 Necessidade natural de poupar, 2 1.1.2 Consumo antecipado paga juro, 2 1.2 Formação da taxa de juro, 4 1.2.1 Juro e inflação,

Leia mais

IAG. Fluxo de Caixa. Matemática Financeira. Fluxo de Caixa. Fluxo de Caixa. O valor do dinheiro no tempo Representação: (100) 100.

IAG. Fluxo de Caixa. Matemática Financeira. Fluxo de Caixa. Fluxo de Caixa. O valor do dinheiro no tempo Representação: (100) 100. IAG Matemática Financeira O valor do dinheiro no tempo Representação: Saídas Entradas (100) 100 Prof. Luiz Brandão 2005 1 2 Visualização: 0 1 2 3 4 5 Definições: Valor Presente i Taxa de juros Ambiente

Leia mais

PROFESSOR PAULO CÉSAR

PROFESSOR PAULO CÉSAR PROFESSOR PAULO CÉSAR Podem ser de dois tipos básicos: registradores de séries uniformes e registradores de fluxos de caixa ( séries não uniformes ). A seguir são apresentadas as principais funções financeiras

Leia mais

Gestã o Finãnceirã- CSA1024 Sistemas de Amortização

Gestã o Finãnceirã- CSA1024 Sistemas de Amortização Gestã o Finãnceirã- CSA1024 Sistemas de CONCEITOS: Para melhor entendimento dessa unidade, há necessidade de entender os principais conceitos de uso corrente nas operações de empréstimos e financiamentos,

Leia mais

FACULDADE DE VIÇOSA ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA I DAD 210 MATEMÁTICA FINANCEIRA

FACULDADE DE VIÇOSA ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA I DAD 210 MATEMÁTICA FINANCEIRA CONTEÚDO PROGRAMÁTICO: FACULDADE DE VIÇOSA MATEMÁTICA FINANCEIRA 1 Juros e Capitalização Simples 2.1 Conceito de juro, capital e taxa de juros 2.2 - Capitalização Simples 2.2.1 Conceito 2.2.2 - Cálculo

Leia mais

5 Calcular o valor do capital que produz juros de R$ 1.200,00 no final de 8 meses se aplicado a uma taxa de juros de 5% ao mês?

5 Calcular o valor do capital que produz juros de R$ 1.200,00 no final de 8 meses se aplicado a uma taxa de juros de 5% ao mês? - Pagamento único Resolver todas as questões utilizando: a) critério de juros simples b) critério de juros compostos 1 Uma pessoa empresta R$ 2.640,00 pelo prazo de 5 meses a uma taxa de juros de 4% ao

Leia mais

Garantia de aprendizado

Garantia de aprendizado 1) Calcular o capital, que aplicado a uma taxa de juros simples de 6,2% a.m, por 174 dias, produziu um montante de $ 543.840,00. 2) Determinar o capital necessário para produzir um montante de $ 798.000,00

Leia mais

Matemática Financeira. Parte I. Professor: Rafael D Andréa

Matemática Financeira. Parte I. Professor: Rafael D Andréa Matemática Financeira Parte I Professor: Rafael D Andréa O Valor do Dinheiro no Tempo A matemática financeira trata do estudo do valor do dinheiro ao longo do tempo. Conceito de Investimento Sacrificiozinho

Leia mais

Administração - UniFAI

Administração - UniFAI CENTRO UNIVERSITÁRIO ASSUNÇÃO UniFAI Matemática Financeira Exercícios - Parte I Juros Simples Juros Compostos 1 Juros Simples 1) Determine os juros simples obtidos nas seguintes condições: Capital Taxa

Leia mais

Lista de Exercícios Análise de Investimentos.

Lista de Exercícios Análise de Investimentos. Lista de Exercícios Análise de Investimentos. 1. Em um investimento que está sob o regime de capitalização composta: a) A taxa de juro em cada período de capitalização incide sobre o capital inicial investido

Leia mais

Matemática Financeira. 1ª Parte: Porcentagem Comparação entre Valores - Aumento e Desconto Juros

Matemática Financeira. 1ª Parte: Porcentagem Comparação entre Valores - Aumento e Desconto Juros Matemática ª série Lista 08 Junho/2016 Profª Helena Matemática Financeira 1ª Parte: Porcentagem Comparação entre Valores - Aumento e Desconto Juros 1) (GV) Carlos recebeu R$ 240.000,00 pela venda de um

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA

MATEMÁTICA FINANCEIRA MATEMÁTICA FINANCEIRA A Matemática Financeira é uma ferramenta útil na análise de algumas alternativas de investimentos ou financiamentos de bens de consumo. Consiste em empregar procedimentos matemáticos

Leia mais

LISTA 03: EXERCÍCIOS SOBRE SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO DE FINANCIAMENTOS

LISTA 03: EXERCÍCIOS SOBRE SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO DE FINANCIAMENTOS LISTA 03: EXERCÍCIOS SOBRE SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO DE FINANCIAMENTOS 01) Um empréstimo no valor de R$ 90.000,00 deverá ser pago em quinze prestações mensais consecutivas, vencendo a primeira trinta dias

Leia mais

Empréstimos - Sistemas de Amortização

Empréstimos - Sistemas de Amortização Empréstimos - Sistemas de Amortização GST0045 MATEMÁTICA FINANCEIRA Prof. Antonio Sérgio antonio.sergio@estacio.br Empréstimos q Empréstimo ou financiamento pode ser feito a curto, médio ou longo prazo.

Leia mais

MÓDULO 1 - Exercícios complementares

MÓDULO 1 - Exercícios complementares MÓDULO 1 - Exercícios complementares a. Juros Simples 1. As ações do Banco Porto apresentam uma taxa de rentabilidade de 20% ao ano. Qual será o valor futuro obtido, se você aplicar R$ 2.000,00 a juros

Leia mais

Unidade II MATEMÁTICA COMERCIAL. Profª. Gizele Munim

Unidade II MATEMÁTICA COMERCIAL. Profª. Gizele Munim Unidade II MATEMÁTICA COMERCIAL Profª. Gizele Munim Apresentação do módulo ii Desconto Simples Relação entre Taxa de Desconto e Juros Simples Juros Compostos Desconto simples Desconto simples ou comercial

Leia mais

Além disso, há três caixas de destaque ao longo do conteúdo.

Além disso, há três caixas de destaque ao longo do conteúdo. Prezado aluno, Esta apostila é a versão estática, em formato.pdf, da disciplina online e contém todas as informações necessárias a quem deseja fazer uma leitura mais linear do conteúdo. Os termos e as

Leia mais

FLUXO DE CAIXA UNIFORME & FLUXO DE CAIXA IRREGULAR ANDRÉ LUIZ AULA: 14/04

FLUXO DE CAIXA UNIFORME & FLUXO DE CAIXA IRREGULAR ANDRÉ LUIZ AULA: 14/04 FLUXO DE CAIXA UNIFORME & FLUXO DE CAIXA IRREGULAR ANDRÉ LUIZ AULA: 14/04 FLUXO DE CAIXA UNIFORME Fluxo de caixa:representa o controle financeiro. Controlar a entrada e a saída de dinheiro para um período

Leia mais

Elementos de Análise Financeira Juros Compostos Profa. Patricia Maria Bortolon

Elementos de Análise Financeira Juros Compostos Profa. Patricia Maria Bortolon Elementos de Análise Financeira Juros Compostos Juros Compostos Os juros formados em cada período são acrescidos ao capital formando o montante (capital mais juros) do período. Este montante passará a

Leia mais

PROFESSOR: SEBASTIÃO GERALDO BARBOSA

PROFESSOR: SEBASTIÃO GERALDO BARBOSA UNESPAR/PARANAVAÍ - Professor Sebastião Geraldo Barbosa - 0 - PROFESSOR: SEBASTIÃO GERALDO BARBOSA Setembro/204 UNESPAR/PARANAVAÍ - Professor Sebastião Geraldo Barbosa - -. RENDAS CERTAS OU ANUIDADES Nas

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA HP E EXCEL COMPLEMENTO. Prof. Gilberto de Castro Timotheo Página 1

MATEMÁTICA FINANCEIRA HP E EXCEL COMPLEMENTO. Prof. Gilberto de Castro Timotheo Página 1 MATEMÁTICA FINANCEIRA HP E EXCEL COMPLEMENTO Prof. Gilberto de Castro Timotheo Página 1 Sumário Estatística...3 Média...3 Média Ponderada...4 Sistemas de Amortização...4 Sistema Bullet...4 Sistema Americano...5

Leia mais

CAPITALIZAÇÃO SIMPLES

CAPITALIZAÇÃO SIMPLES Matemática Aplicada às Operações Financeiras Prof.Cosmo Rogério de Oliveira CAPITALIZAÇÃO SIMPLES CONCEITUAÇÃO: Capitalização simples é a operação que determina o crescimento do capital quando a taxa de

Leia mais

PARTE 1 - JUROS SIMPLES CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. 1. Definições e nomenclatura 2. Conceito de capitalização simples 3. Fórmulas 4. Exercícios resolvidos

PARTE 1 - JUROS SIMPLES CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. 1. Definições e nomenclatura 2. Conceito de capitalização simples 3. Fórmulas 4. Exercícios resolvidos PARTE 1 - JUROS SIMPLES CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Definições e nomenclatura 2. Conceito de capitalização simples 3. Fórmulas 4. Exercícios resolvidos 1. Definições e nomenclatura A Matemática Financeira

Leia mais

Sistemas de Financiamento Amortização de Empréstimos de Curto Prazo

Sistemas de Financiamento Amortização de Empréstimos de Curto Prazo Sistemas de Financiamento 00 000 00 0 000 000 0 Amortização de Empréstimos de Curto Prazo Postecipados e Antecipados Amortização de Empréstimos de Longo Prazo Método Francês ou Tabela Price Sistema de

Leia mais

Matemática Financeira

Matemática Financeira 1 Matemática Financeira Evanivaldo Castro Silva Júnior 21/05/2013 2 Matemática Financeira 1. Séries de Pagamento i. Séries Uniformes (Modelo PRICE) ii. Séries Não-Uniformes (Modelo SAC Sistema de Amortizações

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA E ANÁLISE DE INVESTIMENTO AULA 02: CAPITALIZAÇÃO, DESCONTO E FLUXO DE CAIXA TÓPICO 03: FLUXO DE CAIXA (UNIFORME E IRREGULAR) FLUXO DE CAIXA Denomina-se fluxo de caixa, a sequência

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA. Prof. Ricardo Ferro Tavares. Prof. Ricardo Ferro Tavares Site: www.financetraining.com.br E-Mail rftavares@uol.com.

MATEMÁTICA FINANCEIRA. Prof. Ricardo Ferro Tavares. Prof. Ricardo Ferro Tavares Site: www.financetraining.com.br E-Mail rftavares@uol.com. MATEMÁTICA FINANCEIRA CONCEITOS MÁQUINA FUNDAMENTAIS FINANCEIRA HP12C Prof. Ricardo Ferro Tavares 1 SUMÁRIO 1. Máquina HP 12c. 2. Principais Teclas e Funções. 3. Cálculo do Montante ou Valor Futuro. 4.

Leia mais

Métodos Quantitativos Aplicados a Gestão

Métodos Quantitativos Aplicados a Gestão Métodos Quantitativos Aplicados a Gestão Sistemas de Amortização de Empréstimos e Financiamentos Responsável pelo Conteúdo: Prof. Carlos Henrique de Jesus Costa Prof. Douglas Mandaji Unidade Sistemas

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA

MATEMÁTICA FINANCEIRA MATEMÁTICA FINANCEIRA CURSO: Tecnologia em Processos Gerenciais PROFESSOR: Katia Arcaro E-mail: katia.arcaro@caxias.ifrs.edu.br 2017/1 1 Razões e Proporções Razão significa divisão entre dois números,

Leia mais

Matemática Financeira

Matemática Financeira Matemática Financeira 2016.2 Sumário Capítulo I. Introdução à Apostila... 4 Capítulo II. Fundamentos da Matemática Financeira... 5 2.1. INTRODUÇÃO... 5 2.2. CAPITAL, NÚMERO DE PERÍODOS, JURO, MONTANTE,

Leia mais

Unidade II MATEMÁTICA FINANCEIRA. Prof. Maurício Felippe Manzalli

Unidade II MATEMÁTICA FINANCEIRA. Prof. Maurício Felippe Manzalli Unidade II MATEMÁTICA FINANCEIRA Prof. Maurício Felippe Manzalli Taxa Efetiva nos Descontos Comercial e Bancário Definição: i Denomina-se efetiva a taxa de juros à qual devemos aplicar os valores descontados

Leia mais

Renda é um conjunto (finito ou infinito de capitais (constantes ou variáveis) vencíveis em momentos equidistante.

Renda é um conjunto (finito ou infinito de capitais (constantes ou variáveis) vencíveis em momentos equidistante. Rendas Renda é um conjunto (finito ou infinito de capitais (constantes ou variáveis) vencíveis em momentos equidistante. A cada um dos capitais da renda dá-se o nome de termo da renda. Ao espaço de tempo

Leia mais

Sistemas de Amortização. Prof.: Joni Fusinato

Sistemas de Amortização. Prof.: Joni Fusinato Sistemas de Amortização Prof.: Joni Fusinato joni.fusinato@ifsc.edu.br Sistemas de Amortização Amortizar é saldar uma dívida por um determinado tempo de forma parcelada e de acordo com o sistema definido

Leia mais

TÓPICOS DE MATEMÁTICA FINANCEIRA PARA O ENSINO MÉDIO - PROF. MARCELO CÓSER

TÓPICOS DE MATEMÁTICA FINANCEIRA PARA O ENSINO MÉDIO - PROF. MARCELO CÓSER TÓPICOS DE MATEMÁTICA FINANCEIRA PARA O ENSINO MÉDIO - PROF. MARCELO CÓSER 1 PAGAMENTO DE DÍVIDAS Existem mais de uma maneira de se efetuar o pagamento de uma dívida. Ela pode ser toda liquidada em um

Leia mais

Equivalência de taxas

Equivalência de taxas quivalência de taxas quivalência de taxas a juros simples Dizemos que duas taxas são equivalentes a juros simples, se aplicadas num mesmo capital e durante um mesmo intervalo de tempo (múltiplos dos tempos

Leia mais

REVISÃO Lista 03 Matemática financeira. Juros compostos: os juros são aplicados sobre a quantia obtida anteriormente

REVISÃO Lista 03 Matemática financeira. Juros compostos: os juros são aplicados sobre a quantia obtida anteriormente NOME: ANO: 3º Nº: PROFESSOR(A): Ana Luiza Ozores DATA: REVISÃO Lista 03 Matemática financeira Definições Porcentagem: razão cujo denominador é 100 Juros simples: os juros são sempre aplicados sobre a quantia

Leia mais

CURSO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA COM AUXÍLIO DA CALCULADORA HP 12-C E DA PLANILHA ELETRÔNICA DO MICROSOF EXCEL

CURSO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA COM AUXÍLIO DA CALCULADORA HP 12-C E DA PLANILHA ELETRÔNICA DO MICROSOF EXCEL OPINE CONSULTORIA CURSO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA COM AUXÍLIO DA CALCULADORA HP 12-C E DA PLANILHA ELETRÔNICA DO MICROSOF EXCEL CALCULADORA HP 12C: Operações Financeiras Básicas A calculadora HP 12C é uma

Leia mais

Matemática Financeira Aplicada. www.adrianoparanaiba.com.br

Matemática Financeira Aplicada. www.adrianoparanaiba.com.br Matemática Financeira Aplicada www.adrianoparanaiba.com.br Conceitos Básicos - Juros Simples - Juros Composto Juros Simples: J = C x i x n M = C + J Juros Compostos M = C x (1 + i) n J = M C Exemplo: Aplicação

Leia mais

JUROS SIMPLES - CONCEITO O QUE SÃO JUROS?

JUROS SIMPLES - CONCEITO O QUE SÃO JUROS? Juros Simples JUROS SIMPLES - CONCEITO O QUE SÃO JUROS? Os juros são a remuneração pelo empréstimo do dinheiro. Representam a remuneração do capital empregado em alguma atividade produtiva. Pode ser caracterizado

Leia mais

Luiz Donizete Teles Economista - CORECON

Luiz Donizete Teles Economista - CORECON A CAPITALIZAÇÃO DE JUROS NA TABELA PRICE Há alguns meses escrevi um artigo que trata de um assunto bastante polêmico, tanto no meio jurídico quanto no meio técnico - financeiro: a prática do anatocismo

Leia mais

Série Uniforme de Pagamentos

Série Uniforme de Pagamentos ROTEIRO Sem entrada END Tipo 0 Antecipados Com entrada BEGIN Tipo 1 Diferidos Período de Carência O 1º pagamento é com prazo dilatado Diagrama de Fluxo de Caixa (DFC) Definimos fluxo de caixa como sendo

Leia mais

Gestão Financeira. Cálculos Financeiros. Matemática Financeira. HP12C on line 18/9/2012. Prof.: Marcelo dos Santos

Gestão Financeira. Cálculos Financeiros. Matemática Financeira. HP12C on line 18/9/2012. Prof.: Marcelo dos Santos Gestão Financeira Prof.: Marcelo dos Santos Cálculos Financeiros Matemática Financeira http://fazaconta.com/calculadora-hp-12c-online.htm http://us.geocities.com/univix/hp_12c.htm com/univix/hp htm Fonte:

Leia mais

23/03/2014. VII. Equivalência de Fluxos de Caixa. VII.1 - Conceito. Conceito:

23/03/2014. VII. Equivalência de Fluxos de Caixa. VII.1 - Conceito. Conceito: //4 VII. Equivalêcia de Fluxos de Caixa Matemática Fiaceira Aplicada ao Mercado Fiaceiro e de Capitais Professor Roaldo Távora 9 VII. - Coceito Coceito: Dois fluxos de caixa são equivaletes, a uma determiada

Leia mais

Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium. Séries Uniformes de Pagamento

Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium. Séries Uniformes de Pagamento Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Disciplina: Matemática Financeira I Prof.: Marcos José Ardenghi Séries Uniformes de Pagamento As séries uniformes de pagamentos, anuidades ou rendas são

Leia mais

apresenta HP 12C Uma ferramenta eficaz em cálculos financeiros. Material desenvolvido por Profº ANTÔNIO MARTINETTI FILHO

apresenta HP 12C Uma ferramenta eficaz em cálculos financeiros. Material desenvolvido por Profº ANTÔNIO MARTINETTI FILHO apresenta HP 12C Uma ferramenta eficaz em cálculos financeiros. Material desenvolvido por Profº ANTÔNIO MARTINETTI FILHO 1 Objetivos: 9 Conhecer os principais conceitos da Matemática Comercial e Financeira;

Leia mais

Matemática Financeira

Matemática Financeira Capítulo Matemática Financeira Juros Simples Adriano Leal Bruni albruni@minhasaulas.com.br Conceito de juros simples Juros sempre incidem sobre o VALOR PRESENTE Preste atenção!!! Empréstimo Valor atual

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA COM O USO DA CALCULADORA HP 12.C CADERNO DE EXERCÍCIOS

MATEMÁTICA FINANCEIRA COM O USO DA CALCULADORA HP 12.C CADERNO DE EXERCÍCIOS MATEMÁTICA FINANCEIRA COM O USO DA CALCULADORA HP 12.C CADERNO DE EXERCÍCIOS Parte integrante do curso Conhecendo a Calculadora HP 12C Prof. Geraldo Peretti. Página 1 Cálculos aritméticos simples. A) (3

Leia mais

Capítulo 4 CONCEITOS FINANCEIROS BÁSICOS

Capítulo 4 CONCEITOS FINANCEIROS BÁSICOS Capítulo 4 CONCEITOS FINANCEIROS BÁSICOS 4.1 Juros simples 4.2 Juros compostos 4.3 Valor do dinheiro no tempo 4.4 Equivalência de capitais Administração Financeira: uma abordagem prática (HOJI) 4.1 Juros

Leia mais

APOSTILA DE MATEMÁTICA FINANCEIRA

APOSTILA DE MATEMÁTICA FINANCEIRA APOSTILA DE MATEMÁTICA FINANCEIRA Profa. Dra. Lousanne Cavalcanti Barros Resende Possui Graduação em Matemática pela Universidade Federal de Viçosa (1997), Mestrado em Administração pelo CEPEAD/FACE/UFMG

Leia mais

Matemática - CEF. Edital

Matemática - CEF. Edital Edital Matemática - CEF 1 Juros simples e compostos: capitalização e descontos. 2 Taxas de juros: nominal, efetiva, equivalentes, proporcionais, real e aparente. 3 Planos ou sistemas de amortização de

Leia mais

Gestão de Finanças

Gestão de Finanças 50010101253020 51110301040020 SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO SENAC EM MINAS GERAIS PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL Lázaro Luiz Gonzaga ADAPTAÇÃO E ATUALIZAÇÃO DO CONTEÚDO

Leia mais

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL 01. (CEF/98) Seja f a função do 2o grau representada no gráfico abaixo. Essa função é dada por: a.) b.) c.) d.) e.) = x 2 + 4. x 1 2 = x + x 4 = x 2 + 4. x 1 2 = x x 4 1 = x 2 2. x 2 02. (CEF/98) Calculando-se

Leia mais

QUESTÕES RESOLVIDAS. p p! n p! 8 8! 8! ! ! 8 4! 4! 4! 4! 4! !

QUESTÕES RESOLVIDAS. p p! n p! 8 8! 8! ! ! 8 4! 4! 4! 4! 4! ! AMOSTRA oletânea com 30 questões cuidadosamente resolvidas dos principais concursos públicos. Prof. Vitor Rios Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial dessa publicação sem

Leia mais

Lista de Exercícios 1

Lista de Exercícios 1 Universidade Federal do Paraná Curso de Engenharia Elétrica Disciplina de Engenharia Econômica TE142 2º Semestre de 2011 Professor James Alexandre Baraniuk Lista de Exercícios 1 1. Um jovem de 20 anos

Leia mais

Matemática Financeira Juros Simples 1

Matemática Financeira Juros Simples 1 1 Toda a Matemática Financeira é alicerçada em dois princípios básicos: Não se pode comparar ou somar dinheiro, a menos que ele esteja no mesmo instante de tempo; Uma vez que os dinheiros não estejam no

Leia mais

3)Que prazo duplica um capital aplicado à 4% a.m. no juro simples? Resposta: 25 meses.

3)Que prazo duplica um capital aplicado à 4% a.m. no juro simples? Resposta: 25 meses. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL Instituto de Matemática MAT01031: Matemática Financeira 1 a Lista de Execícios 1) Aplicou-se $ 50.000 em uma operação de Open Market por 4 dias, à taxa de 1, 8%

Leia mais

AUDITOR-FISCAL DA RECEITA FEDERAL - ESAF TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA FINANCEIRA PROF. QUILELLI

AUDITOR-FISCAL DA RECEITA FEDERAL - ESAF TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO RESOLUÇÃO DA PROVA DE MATEMÁTICA FINANCEIRA PROF. QUILELLI AUDITOR-FISCAL DA RECEITA FEDERAL - ESAF TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO RESOLUÇÃO DA ROVA DE MATEMÁTICA FINANCEIRA ROF. QUILELLI 31- Ana quer vender um apartamento por R$ 400.000,00 a vista ou financiado pelo

Leia mais

JUSPODIVM

JUSPODIVM MATERIAL ETRA COMENTÁRIOS DAS QUESTÕES DA PROVA AFRF - 2005 31 - Ana quer vender um apartamento por R$ 400.000,00 à vista ou financiado pelo sistema de juros compostos a taxa de 5% ao semestre. Paulo está

Leia mais

Lista de exercício nº 3* VPL, TIR e Equivalência de fluxos de caixa

Lista de exercício nº 3* VPL, TIR e Equivalência de fluxos de caixa Lista de exercício nº 3* VPL, TIR e Equivalência de fluxos de caixa 1. Calcule o valor presente do fluxo de caixa indicado a seguir, para uma taxa de desconto de 1 % ao mês, no Resposta: $13.147,13 2.

Leia mais

Receita Federal. Estudo das Convenções.

Receita Federal. Estudo das Convenções. Estudo das Convenções. 01. Calcule o montante da aplicação de R$ 10.000,00 por quatro meses e vinte dias, à taxa composta de 6% ao mês. Questões de Concursos 01. (Contador RJ) Um capital de R$ 200,00 foi

Leia mais

Cássio Figueiredo Morais Larissa Gonçalves Souza Prof. Leandro Rivelli

Cássio Figueiredo Morais Larissa Gonçalves Souza Prof. Leandro Rivelli Cássio Figueiredo Morais Larissa Gonçalves Souza Prof. Leandro Rivelli Apresentação da calculadora HP 12c Lançada, em 1981, complementava a já existente HP-35 Um dos maiores sucessos da empresa HP. Calculadora

Leia mais

Ferramentas básicas de finanças

Ferramentas básicas de finanças Ferramentas básicas de finanças Aula 17 All rights reserved. Copyright 2001 by Harcourt, Inc. Requests for permission to make copies of any part of the work should be mailed to: Permissions Department,

Leia mais

PORCENTAGEM, AUMENTOS E DESCONTOS PERCENTUAIS, JUROS SIMPLES E COMPOSTOS

PORCENTAGEM, AUMENTOS E DESCONTOS PERCENTUAIS, JUROS SIMPLES E COMPOSTOS PORCENTAGEM, AUMENTOS E DESCONTOS PERCENTUAIS, JUROS SIMPLES E COMPOSTOS PORCENTAGEM x 100 O quociente é representado por x% e lido x por cento. Dados dois números a e b, com, diz- se que a representa

Leia mais

SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS

SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS! Sistema Price! SAC Autores: Francisco Cavalcante(francisco@fcavalcante.com.br) Administrador de Empresas graduado pela EAESP/FGV. É Sócio-Diretor da Cavalcante Associados,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL/MG. Projeto Institucional de Formação Continuada

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL/MG. Projeto Institucional de Formação Continuada 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL/MG Projeto Institucional de Formação Continuada Aprendizagem de Matemática Mediada por suas Aplicações 6 o Encontro: Matemática Financeira Professor José Carlos

Leia mais

( C ou VP ) Capital ou Valor Presente é o valor aplicado através de alguma operação financeira.

( C ou VP ) Capital ou Valor Presente é o valor aplicado através de alguma operação financeira. Prof.: Luiz Gonzaga Damasceno 1 3. Capital. Montante. 3.1 Capital ou Valor Presente. Taxa. Prazo. Montante. ( C ou VP ) Capital ou Valor Presente é o valor aplicado através de alguma operação financeira.

Leia mais

j = c.i.t M = c + j MATEMÁTICA FINANCEIRA

j = c.i.t M = c + j MATEMÁTICA FINANCEIRA MATEMÁTICA FINANCEIRA JUROS SIMPLES j = c.i.t j = juros, c = capital, i = taxa, t = tempo 05) João abriu uma caderneta de poupança e, em 1o de janeiro de 2006, depositou R$ 500,00 a uma taxa de juros simples,

Leia mais

GESTÃO FINANCEIRA. Conceitos. Conceitos

GESTÃO FINANCEIRA. Conceitos. Conceitos GESTÃO FINANCEIRA Conceitos Capital (C ou PV) é o valor do dinheiro que você pode aplicar ou emprestar. Também chamado de Capital Inicial ou Principal, representado pela letra C ou PV (Valor Presente abreviação

Leia mais

Matemática Financeira

Matemática Financeira Aula 02 Matemática Financeira Prof. Ms. João Domiraci Paccez Aula 02 Conversão das taxas de juros 1. Conversão da taxa de juros 2. Equivalência das taxas de juros na capitalização simples e na composta

Leia mais

Apresentação dos docentes e do curso; Introdução nos conceitos básicos da Matemática Financeira. Professores. Plano de Curso.

Apresentação dos docentes e do curso; Introdução nos conceitos básicos da Matemática Financeira. Professores. Plano de Curso. PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS Professores CENTRO DE ECONOMIA E ADMINISTRAÇÃO FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO DISCIPLINA: MATEMÁTICA FINANCEIRA/PBL Prof. Msc. Mário Sérgio Trainotti Contato: (19)

Leia mais

CASO PRÁTICO N.º 5. Regime da Normalização Contabilística para Microentidades FORMAÇÃO À DISTÂNCIA. Curso DIS3711

CASO PRÁTICO N.º 5. Regime da Normalização Contabilística para Microentidades FORMAÇÃO À DISTÂNCIA. Curso DIS3711 CASO PRÁTICO N.º 5 Regime da Normalização Contabilística para Microentidades FORMAÇÃO À DISTÂNCIA Curso DIS3711 AVELINO AZEVEDO ANTÃO ARMANDO TAVARES JOÃO PAULO MARQUES Abril 2011 1/8 A empresa Micrológica

Leia mais

Matemática Financeira

Matemática Financeira Matemática Financeira Departamento de Treinamento SUMÁRIO Pág. - Apresentação... 01 - Principais Funções da HP... 02 - Juros... 15 - Capitalização Simples ou Linear... 16 - Capitalização Composta ou Exponencial...

Leia mais

Prof.: Joni Fusinato. Juros Compostos

Prof.: Joni Fusinato. Juros Compostos Prof.: Joni Fusinato Juros Compostos Juros Compostos Calculado sobre o montante obtido no período anterior. Somente no primeiro período é que os juros são calculados sobre o capital inicial. Também conhecido

Leia mais

Matemática Financeira

Matemática Financeira Matemática Financeira Evanivaldo Castro Silva Júnior 1 Matemática Financeira 2. Regime de Juros Simples 2 Conceitos fundamentais em capitalização simples Regime de Juros onde os juros são calculados sempre

Leia mais

Em minha opinião pessoal, não acredito que as duas questões sejam anuladas, porém não custa tentar!!!!

Em minha opinião pessoal, não acredito que as duas questões sejam anuladas, porém não custa tentar!!!! Vamos ao que interessa. As questões 69 e 75 são passíveis de anulação. Veja suas resoluções. Em minha opinião pessoal, não acredito que as duas questões sejam anuladas, porém não custa tentar!!!! A prova

Leia mais

Para o cálculo dos juros siga corretamente este roteiro:

Para o cálculo dos juros siga corretamente este roteiro: Juro Simples Juro: é a remuneração do capital emprestado, podendo ser entendido, de forma simplificada, como sendo o aluguel pago pelo uso do dinheiro. Capital: qualquer valor expresso em moeda e disponível

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA

MATEMÁTICA FINANCEIRA Professor: Luis Guilherme Magalhães professor@luisguiherme.adm.br www.luisguilherme.adm.br (62) 9607-2031 NOMENCLATURAS PV - Present Value ou Valor Presente FV - Future Value ou Valor Futuro PMT - Payment

Leia mais

NDMAT Núcleo de Desenvolvimentos Matemáticos

NDMAT Núcleo de Desenvolvimentos Matemáticos EXERCÍCIOS GERAIS DE FINANCEIRA 01) (BNB 2010) Após acordo com a administradora, a fatura do cartão de crédito de uma consumidora consiste apenas do saldo devedor restante do mês anterior, corrigido a

Leia mais

Conceitos Financeiros

Conceitos Financeiros Conceitos Financeiros Capital: qualquer quantidade de dinheiro, que esteja disponível em certa data, para ser aplicado numa operação financeira; Juros: custo do capital durante determinado período de tempo;

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA

MATEMÁTICA FINANCEIRA Matemática Financeira Professor: Roberto César MATEMÁTICA FINANCEIRA A Matemática Financeira, é o ramo da Matemática Aplicada que estuda o comportamento do dinheiro no tempo. Ela busca quantificar as transações

Leia mais