MANUAL DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS"

Transcrição

1 MANUAL DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS 1

2 SUMÁRIO Página 1. INFORMAÇÕES GERAIS 3 O que é o estágio curricular obrigatório? Quais documentos regulamentam o estágio? Quando este é realizado? O é desenvolvido no estágio? 2. FORMAS DE REALIZAÇÃO 3 Como e onde realizar o estágio curricular obrigatório? Como realizar o estágio em uma outra Instituição? 3. EFETIVANDO A MATRÍCULA 4 Quando efetivar o estágio? Como escolher o campo de estágio, o supervisor de estágio e o orientador de campo? Qual é a documentação e os procedimentos necessários? 4. FORMAS DE AVALIAÇÃO 4 Quando e como ocorrem as avaliações do estágio curricular obrigatório? Quem avalia o estágio curricular obrigatório? O PROJETO DE MONOGRAFIA 5 O que deve ser contemplado no projeto de monografia? Que tipo de projeto precisa passar pelo Comitê de Bioética? O que fazer com o projeto de monografia após a sua finalização? Quem é e qual a função do assessor? A SEGUNDA AVALIAÇÃO 5 Como e quando ocorre a segunda avaliação? E para quem desenvolve o estágio em uma Instituição longe de Londrina? A TERCEIRA AVALIAÇÃO 6 Como e quando ocorre a terceira avaliação? E para quem desenvolve o estágio em uma Instituição longe de Londrina? A MONOGRAFIA 6 Quais são os formatos sugeridos para a monografia? Quando a monografia deverá ser entregue à banca examinadora? O que fazer com a monografia definitiva (ou corrigida)? Como é obtida a nota da monografia? A BANCA EXAMINADORA 7 Qual deve ser a composição da banca examinadora? Como a banca examinadora é homologada? 2

3 1. INFORMAÇÕES GERAIS O que é o estágio curricular obrigatório? O estágio curricular obrigatório é uma atividade acadêmica especial de natureza obrigatória que procura fornecer embasamento teórico-prático ao estudante, de forma que este possa exercer de maneira eficiente a profissão de biólogo bacharel. Esta atividade é desenvolvida na disciplina anual 5EST207 Estágio Supervisionado em Ciências Biológicas (Monografia), oferecida na 5a Série do curso. Esta disciplina possui uma carga horária total de 952 horas, assim distribuída: 318 horas/aulas teóricas = 9,35 horas/semana 634 horas/aulas práticas = 18,65 horas/semana Quais documentos regulamentam o estágio? O estágio curricular obrigatório é regulamentado pela documentação de estágio, disponível na página de estágios da PROGRAD, bem como pelo Regulamento do Estágio Curricular Obrigatório do Curso de Ciências Biológicas, Habilitação Bacharelado, disponível na página do estágio curricular obrigatório do curso. Quando este é realizado? Este é realizado durante o período letivo regular da graduação, estipulado no Calendário das Atividades de Ensino dos Cursos de Graduação da Universidade Estadual de Londrina. A sua realização fora do período regular de aulas somente ocorrerá com a aprovação prévia do Colegiado de Curso. Neste caso, o estudante deverá enviar à Divisão Central de Estágios e Intercâmbios da PROGRAD, além da documentação convencional, o ofício do Colegiado informando tal aprovação. O que é desenvolvido no estágio? Devem ser desenvolvidas um conjunto de atividades que permitam a elaboração e defesa de uma monografia, a ser apresentada no final do ano letivo. As monografias podem ser baseadas em: Um trabalho experimental a campo e/ou em laboratório. Uma revisão de literatura. Um projeto que envolva algum estudo ou perícia ambiental, etc. 2. FORMAS DE REALIZAÇÃO Como e onde realizar o estágio curricular obrigatório? O estágio curricular obrigatório pode ocorrer em qualquer setor da UEL ou de uma outra Instituição, desde que nestes locais sejam desenvolvidas atividades ligadas à formação do biólogo bacharel. São três as modalidades de supervisão permitidas: Supervisão Direta: o estágio é feito na UEL, sob a supervisão de um docente da UEL, chamado de supervisor de Supervisão Indireta/Semidireta: o estágio é realizado em uma outra Instituição. Neste caso o estudante fica vinculado a um supervisor de estágio da UEL e a um orientador de campo, o profissional da outra Instituição. A diferença entre Supervisão Indireta e Semidireta é que, na primeira, estão programadas visitas regulares do supervisor de estágio ao local de estágio e, na segunda, isso não acontece. Somente podem exercer o papel de supervisor de estágio docentes da UEL que desenvolvam atividades que possam ser vinculadas à formação do biólogo bacharel. O orientador de campo deve ser um profissional de nível superior que também atue em área relacionada com a formação profissional do estudante. Como realizar o estágio em uma outra Instituição? Isto somente poderá acontecer se houver convênio entre a UEL e a Instituição de interesse do estudante. O convênio é um acordo assinado pelas duas Instituições que define as regras legais do Nem todas as Instituições do país têm convênio firmado com a UEL e todos os convênios têm um prazo legal para funcionar. Por isso, é preciso que o estudante visite a página da Central de Estágios e Intercâmbios da PROGRAD e acesse o documento Convênios para Estágios para obter tais informações. Caso esse convênio não exista ou o seu prazo de validade expire antes do término do estágio, o estudante deverá descobrir quem é o responsável legal pela assinatura de convênio na Instituição de interesse, passando essa informação ao coordenador de Em seguida, o coordenador de estágio irá entrar em contato com o setor de estágios da PROGRAD para tentar regularizar essa documentação. Normalmente, toda essa tramitação é demorada, por isso é importante que o estudante interessado verifique toda a documentação com uma certa antecedência. De 3

4 preferência, com uma antecedência de no mínimo 2 meses antes do final da 4a série. 3. EFETIVANDO A MATRÍCULA Quando efetivar o estágio? Isto é feito no final da 4a série, antes do término do ano letivo. Neste período, o estudante deve entrar em contato com o coordenador de estágio do curso para verificar a documentação necessária para a efetivação do Como escolher o campo de estágio, o supervisor de estágio e o orientador de campo? A escolha do campo de estágio (o local em que este será realizado) e do supervisor de estágio é normalmente feito pelo próprio estudante. Caso isso não aconteça, este deve entrar em contato com o coordenador de estágio, que procurará orientá-lo nesta escolha. No caso de estágio em outra Instituição, cabe ao estudante procurar o orientador de campo no local e área de seu interesse. Qual é a documentação e os procedimentos necessários? Para o estágio realizado na UEL, são necessários os seguintes documentos: Ficha de inscrição: uma via deste documento deve ser preenchida e assinada pelo estudante e pelo supervisor de Termo de Compromisso: quatro vias originais e sem nenhuma rasura (preenchidas em computador) deste documento devem ser preenchidas e assinadas pelo estudante, pelo supervisor de estágio e pelo chefe do departamento, ou responsável do setor ao qual o supervisor de estágio está vinculado. Para o estágio em uma outra Instituição, são necessários os seguintes documentos: Convênio: documento assinado pela UEL e pela Instituição de interesse que permite a realização do estágio durante o período programado. Ficha de inscrição: uma via deste documento deve ser preenchida e assinada pelo estudante, pelo supervisor de estágio e pelo orientador de campo. Termo de Compromisso: quatro vias originais e sem nenhuma rasura (preenchidas em computador) deste documento devem ser preenchidas e assinadas pelo estudante, pelo supervisor de estágio (professor da UEL) e pelo responsável na Instituição de destino. Os modelos destes dois documentos estão disponíveis na página do estágio curricular obrigatório do bacharelado. A ficha de inscrição e o termo de compromisso devem ser entregues ao coordenador de estágio antes do final da 4a série para que a sua matrícula na disciplina de estágio seja corretamente efetivada. Depois de oficializado pela PROGRAD, três vias do termo de compromisso serão devolvidas ao estudante: Uma delas será guardada pelo estudante. A outra será entregue ao supervisor de A última deverá ser deixada na secretaria do departamento ao qual ou supervisor de estágio está vinculado (para os estágios na UEL), ou no setor responsável na Instituição de destino (no caso do estágio fora da UEL). Além desse procedimento, o estudante não pode se esquecer de renovar a sua matrícula no período e local estabelecidos pela PROGRAD, para não correr o risco de ser desligado do curso e de ser impedido de cursar a disciplina de 4. FORMAS DE AVALIAÇÃO Quando e como ocorrem as avaliações do estágio curricular obrigatório? As datas de cada avaliação são definidas no Calendário do Estágio, aprovado todo ano pelo Colegiado de Curso e disponível na página do estágio curricular obrigatório do bacharelado. A avaliação da disciplina 5EST207 é feita em 4 etapas diferentes, conforme demonstrado no Quadro 1. Quadro 1. Formas de avaliação da disciplina 5EST207. Bimestre Peso Forma de avaliação 1 2 Projeto de monografia Seminário relacionado ao assunto desenvolvido na elaboração da monografia Apresentação da monografia no Seminário das monografias dos estudantes do curso de Ciências Biológicas 4 6 Monografia 4

5 Quem avalia o TCC? Todas as avaliações são de responsabilidade do supervisor de estágio, independente do fato do estudante desenvolver o seu trabalho na UEL ou em uma outra Instituição O PROJETO DE MONOGRAFIA O que deve ser contemplado no projeto de monografia? Essa atividade visa simular a elaboração de um projeto comumente enviado a um órgão de fomento à pesquisa. O projeto de monografia deve ser elaborado de acordo com as recomendações feitas pelo supervisor de Isso deverá ocorrer independente do fato do estágio ser realizado na UEL ou em uma outra Instituição. Um modelo padrão do projeto de monografia está disponível na página do estágio curricular obrigatório do bacharelado. De um modo geral, este deve contemplar: A apresentação do problema a ser estudado. Uma revisão bibliográfica sobre o assunto abordado. O(s) objetivo(s) que se pretende alcançar. A forma escolhida para atingir o(s) objetivo(s) proposto(s). A simulação de uma planilha de materiais e de custos. Um cronograma das atividades a serem realizadas ao longo do Os resultados esperados. Nos casos de monografias que não envolvam trabalho experimental a campo ou em laboratório, tais como revisões bibliográficas, estudos de impacto ambiental, dentre outros, deve-se tentar adequar o projeto de monografia às suas peculiaridades. Para projetos novos, é necessário seguir as instruções dos Comitês de Bioética (na página inicial da UEL existe um link para eles). O que fazer com o projeto de monografia após a sua finalização? O estagiário deverá imprimir duas cópias do projeto de monografia, sendo: Uma delas entregue ao seu supervisor de A outra, enviada ao coordenador de A avaliação do projeto de monografia é de responsabilidade do supervisor de Este deverá levar em consideração o empenho do estagiário em: Elaborar o projeto de monografia. Fazer as modificações sugeridas por ele e pelo assessor. Quem é e qual a função do assessor? O assessor é um profissional da área pertinente ao trabalho desenvolvido pelo estudante que irá dar o seu parecer, bem como possíveis sugestões sobre o projeto de monografia. O assessor é escolhido pelo supervisor de Pode exercer a função de assessor docentes da UEL e, excepcionalmente, outros profissionais graduados da UEL ou de outras Instituições. Para os estudantes que desenvolvem a monografia em outra Instituição, o assessor não pode ser nem o supervisor de estágio nem o orientador de campo. Nesse caso, este necessariamente terá que pertencer ao quadro profissional da Universidade Estadual de Londrina. A escolha do assessor não deve resultar em nenhum custo à UEL. Que tipo de projeto precisa passar pelo Comitê de Bioética? Projetos que envolvam a manipulação e/ou experimentação em humanos e/ou animais precisam ser analisados pelos respectivos Comitê de Bioética da UEL. Para monografias cujas atividades já tenham sido previstas em algum projeto do supervisor de estágio que já tenha parecer favorável do Comitê de Bioética, basta apenas enviar a este órgão o nome do estudante A SEGUNDA AVALIAÇÃO Como e quando ocorre a segunda avaliação? Para estagiários que desenvolvem seus trabalhos na UEL ou em Instituições localizadas na região metropolitana de Londrina, esta deverá acontecer na forma de um seminário que tratará de um assunto relacionado ao projeto de monografia. A data, o local e o assunto a ser abordado no seminário dado pelo estagiário deverá ser comunicado com antecedência ao coordenador de estágio, para que 5

6 esse proceda a sua divulgação. Durante a apresentação do seminário, o estudante deverá ser avaliado pelo seu supervisor de do bacharelado. A monografia poderá ser desenvolvida de duas maneiras distintas, conforme definido no Quadro 2. E para quem desenvolve o estágio em uma Instituição longe da UEL? Para os estagiários que realizam o estágio curricular obrigatório em uma Instituição fora da região metropolitana de Londrina, e na impossibilidade do seu deslocamento no prazo determinado em calendário, a avaliação poderá ser realizada a partir de relatórios de trabalho enviados diretamente ao supervisor de A TERCEIRA AVALIAÇÃO Como e quando ocorre a terceira avaliação? Esta ocorre no Seminário das Monografias dos Estudantes do Curso de Ciências Biológicas, realizado no final do ano letivo. Nesse evento, cada estudante tem entre 10 e 15 minutos para relatar, de maneira formal (com introdução, material e métodos, resultados, discussão e conclusão) o trabalho desenvolvido ao longo do ano letivo. Durante a sua apresentação, o estudante deverá ser avaliado pelo seu supervisor de A apresentação das monografias nesse seminário é obrigatória para todos os estagiários. Nos casos em que, comprovadamente, o estudante não tenha condições de apresentar a monografia durante este evento, este deverá fazer a defesa oral da sua monografia à banca examinadora em data, horário e local previamente informado ao coordenador de estágio, para que este proceda a sua divulgação. E para quem desenvolve o estágio em uma Instituição longe da UEL? A apresentação da monografia no Seminário das Monografias dos Estudantes do Curso de Ciências Biológicas, é obrigatória para todos os estudantes do curso A MONOGRAFIA Quais são os formatos sugeridos para a monografia? O formato padrão adotado pelo curso de Ciências Biológicas para a confecção da monografia está disponível na página do estágio curricular obrigatório Quadro 2. Componentes indicados para a monografia da disciplina 5EST207. Monografia convencional (completa) Capa Página de rosto Banca examinadora Dedicatória Agradecimentos Sumário Monografia com artigo anexado para publicação Capa Página de rosto Banca examinadora Dedicatória Agradecimentos Sumário Resumo - Introdução Introdução 1 Revisão de Literatura Revisão de Literatura 1 Objetivos (Gerais e Específicos, se for o caso) Objetivos (Gerais e Específicos, se for o caso) 1 Material e Métodos - Resultados e Discussão - Conclusões - - O manuscrito completo nas normas de publicação de uma revista científica Referências Bibliográficas 1 Referências bibliográficas Pode-se aproveitar o projeto de monografia, entregue no primeiro bimestre para confecção destes tópicos; 2 - Referente a Introdução e a Revisão de Literatura, tendo em vista que muitos dos trabalhos citados neste tópico não estarão presentes no manuscrito para publicação. Quando a monografia deverá ser entregue à banca examinadora? A monografia deve ser entregue à banca examinadora em data definida no Calendário do estágio, disponível na página do estágio curricular obrigatório do bacharelado. Neste Calendário também estão definidas a data em que a banca examinadora deverá devolver a monografia ao estudante e quando este deverá entregar a monografia definitiva (corrigida) aos membros da banca examinadora e ao Colegiado de Curso. O estagiário deverá imprimir 3 (três) cópias da monografia, que serão entregues aos membros efetivos de uma banca examinadora formada especialmente para a sua avaliação. Depois de analisada pela banca examinadora, a monografia deverá ser devolvida ao estagiário para que esse analise as sugestões dadas e proceda as 6

7 modificações pertinentes. Caso julguem necessário, os membros da banca examinadora (individual ou coletivamente) poderão convocar o estagiário para discussões e/ou esclarecimentos que julgarem necessárias sobre a sua monografia. O supervisor de estágio pode também determinar que o estagiário apresente oralmente a monografia aos membros da banca examinadora. O que fazer com a monografia definitiva (ou corrigida)? Após fazer as correções pertinentes sugeridas pela banca examinadora, o estagiário deverá entregar, no prazo estipulado no Calendário de estágio, a monografia definitiva (corrigida) ao supervisor de estágio e aos outros dois membros da banca examinadora. Esta cópia definitiva poderá ser no formato impresso ou digital (com arquivo convertido em pdf), conforme acordo realizado entre o estagiário e a banca examinadora. Uma cópia digital (com arquivo convertido em pdf) da monografia definitiva também deverá ser enviada via ao coordenador de estágio para arquivamento na Secretaria do Colegiado de Curso. Como é obtida a nota da monografia? A nota final da monografia é dada pelo supervisor de estágio, ouvido as sugestões dos membros da banca examinadora. Vale lembrar que a pauta da disciplina 5EST207 somente poderá ser fechada após o supervisor de estágio e a coordenação de estágio receberem do estagiário a monografia definitiva. preferencialmente docentes da UEL. Outros profissionais podem participar da banca examinadora mediante justificativa do supervisor de estágio e aprovação do Colegiado de Curso. Somente é permitida a participação de um membro externo à UEL na composição da banca examinadora, desde que isso não resulte em custos para a Instituição. Para os estudantes que realizam o seu trabalho em outra Instituição, esse membro externo poderá ser o seu orientador de campo. Como a banca examinadora é homologada? O supervisor de estágio deverá enviar, no prazo estabelecido no Calendário do estágio, um ofício ao seu departamento contendo a sugestão de 4 nomes que poderão compor a banca examinadora do estudante. Um modelo desta carta encontra-se disponível na página do estágio curricular obrigatório do bacharelado. Cabe ao departamento do supervisor de estágio, em reunião ordinária ou extraordinária, analisar, referendar ou sugerir modificações na lista de nomes enviada pelo supervisor de Depois de analisada, esta lista deverá ser oficialmente enviada pelo departamento ao Colegiado de Curso para que esta seja definida e homologada. O prazo para o envio, pelo departamento da lista com sugestões de nomes das bancas examinadoras dos estudantes é aquele estabelecido no Calendário do A BANCA EXAMINADORA Qual deve ser a composição da banca examinadora? A banca examinadora é formada: Pelo supervisor de Por dois profissionais da área pertinente ao trabalho desenvolvido pelo estudante. Um quarto membro fará dela parte como suplente. Devem fazer parte da banca examinadora, 7

INSTRUÇÕES PARA OS ORIENTADORES DE TCC DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

INSTRUÇÕES PARA OS ORIENTADORES DE TCC DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS INSTRUÇÕES PARA OS ORIENTADORES DE TCC DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Observação: além deste documento, é importante que o orientador fique atento às datas e prazos do TCC, definidas no Calendário do

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO LICENCIATURA EM FÍSICA

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO LICENCIATURA EM FÍSICA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO LICENCIATURA EM FÍSICA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente Regulamento disciplina o processo de elaboração, apresentação e avaliação do

Leia mais

1. CARACTERÍSTICAS GERAIS E OBJETIVOS:

1. CARACTERÍSTICAS GERAIS E OBJETIVOS: Regulamento para inscrição e execução do Trabalho Final de Curso (TF) a ser desenvolvido no ano de 2017, do curso de Licenciatura em Ciências da Natureza da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 120/2010/CONEPE

RESOLUÇÃO Nº 120/2010/CONEPE Aprova as Normas do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC do Curso de Graduação em Geologia - Bacharelado e dá outras providências. O, da Universidade Federal de Sergipe, no uso de suas atribuições legais,

Leia mais

1. CARACTERÍSTICAS GERAIS E OBJETIVOS:

1. CARACTERÍSTICAS GERAIS E OBJETIVOS: Regulamento para inscrição e execução do Trabalho Final de Curso (TF) a ser desenvolvido no ano de 2014, do curso de Licenciatura em Ciências da Natureza da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade

Leia mais

REGIMENTO PARA ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - BACHARELADO

REGIMENTO PARA ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - BACHARELADO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS SÃO GABRIEL CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS BACHARELADO REGIMENTO PARA ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - BACHARELADO Coordenador de Estágio:

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DA FACULDADE ANGLO- AMERICANO

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DA FACULDADE ANGLO- AMERICANO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DA FACULDADE ANGLO- AMERICANO Capítulo I Das disposições preliminares Art. 1º Este Regulamento tem por finalidade regulamentar

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS COLEGIADO DO CURSO DE QUÍMICA TECNOLÓGICA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS COLEGIADO DO CURSO DE QUÍMICA TECNOLÓGICA RESOLUÇÃO CQTEC 02/15, DE 11 DE JUNHO DE 2015 Aprova as Normas Regimentais dos Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) da Graduação em Química Tecnológica do CEFET-MG. A PRESIDENTE DO COLEGIADO DO CURSO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE UNIDADE ACADÊMICA ESPECIALIZADA EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS COORDENAÇÃO DE ZOOTECNIA CONSIDERAÇÕES INICIAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE UNIDADE ACADÊMICA ESPECIALIZADA EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS COORDENAÇÃO DE ZOOTECNIA CONSIDERAÇÕES INICIAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE UNIDADE ACADÊMICA ESPECIALIZADA EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS COORDENAÇÃO DE ZOOTECNIA O Colegiado do Curso de Zootecnia, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte,

Leia mais

Resolução 001/2009 CENEL. Capítulo I CONCEITUAÇÃO

Resolução 001/2009 CENEL. Capítulo I CONCEITUAÇÃO Resolução 001/2009 CENEL Dispõe sobre as ações que regulamentam matrícula, atividades e atribuição de notas e créditos referentes à disciplina Trabalho de Conclusão de Curso - TCC, no âmbito do Colegiado

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS PATO BRANCO COECI - Coordenação do Curso de Engenharia Civil

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS PATO BRANCO COECI - Coordenação do Curso de Engenharia Civil Normas Complementares à Resolução n 120/06 COEPP, de 07 de dezembro de 2006, referente ao Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso para os cursos de Graduação da UTFPR. O colegiado do curso de Engenharia

Leia mais

Manual do Estágio Supervisionado

Manual do Estágio Supervisionado IBB Ano 2015 1. APRESENTAÇÃO: A partir do 1º Semestre Letivo de 2016, os alunos em fase de conclusão do Curso de (Currículo 2013) deverão realizar o Estágio Curricular Supervisionado. O presente manual

Leia mais

REGIMENTO DA DISCIPLINA CE078 LABORATÓRIO DE ESTATÍSTICA DO CURSO DE ESTATÍSTICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

REGIMENTO DA DISCIPLINA CE078 LABORATÓRIO DE ESTATÍSTICA DO CURSO DE ESTATÍSTICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ REGIMENTO DA DISCIPLINA CE078 LABORATÓRIO DE ESTATÍSTICA DO CURSO DE ESTATÍSTICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Os alunos do Curso de Estatística da UFPR regularmente matriculados na disciplina CE078

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE FARMÁCIA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE FARMÁCIA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE FARMÁCIA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Port.R-076/12, de 26/04/2012 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º O presente regulamento estabelece as

Leia mais

CAPÍTULO I CARACTERIZAÇÃO E OBJETIVOS

CAPÍTULO I CARACTERIZAÇÃO E OBJETIVOS REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DOS CURSOS DE LICENCIATURA E BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA - CAMPUS DE BAURU FACULDADE DE CIÊNCIAS (Aprovado em Reunião

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS DELIBERAÇÃO N 0 116, DE 12 JUNHO DE 2012 O DA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO, tendo em vista a decisão tomada em sua 308ª Reunião Ordinária, realizada em 12 de junho de 2012, e considerando

Leia mais

REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO

REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS Art. 1º - O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) constitui-se como atividade facultativa e tem como objetivos: I - Desenvolver

Leia mais

Regulamento para o Desenvolvimento do Trabalho de Conclusão do Curso de Medicina Veterinária da FAFRAM/FE (Anexo 02)

Regulamento para o Desenvolvimento do Trabalho de Conclusão do Curso de Medicina Veterinária da FAFRAM/FE (Anexo 02) 1 Regulamento para o Desenvolvimento do Trabalho de Conclusão do Curso de Medicina Veterinária da FAFRAM/FE (Anexo 02) 1. INTRODUÇÃO O Trabalho de Conclusão do Curso de Medicina Veterinária da Faculdade

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS COLEGIADO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CONSIDERAÇÕES INICIAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS COLEGIADO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CONSIDERAÇÕES INICIAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COLEGIADO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS RESOLUÇÃO Nº 04/2010-COORCON O Colegiado do Curso de Ciências Contábeis, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte,

Leia mais

NORMAS DAS COMPONENTES CURRICULARES GEO A75 (TFG-I) E GEO A76 (TFG-II) TRABALHO FINAL DE GRADUAÇÃO

NORMAS DAS COMPONENTES CURRICULARES GEO A75 (TFG-I) E GEO A76 (TFG-II) TRABALHO FINAL DE GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS COLEGIADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO DE GEOLOGIA NORMAS DAS COMPONENTES CURRICULARES GEO A75 (TFG-I) E GEO A76 (TFG-II) TRABALHO FINAL DE GRADUAÇÃO Setembro

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA

1. IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA 1. IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Estágio Supervisionado Obrigatório (ESO) é uma disciplina curricular do curso de Medicina Veterinária da Faculdade de Ciências Agrárias de Andradina. É composto do desenvolvimento

Leia mais

Edital 02/ DO OBJETO

Edital 02/ DO OBJETO Edital 02/ 2017 O Coordenador do Colegiado do curso de bacharelado em Administração, no uso de suas atribuições previstas no decreto 85/ 2009 de 12 de novembro de 2009, no regimento interno da Faculdade

Leia mais

REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO O presente regulamento tem por finalidade normalizar as atividades relacionadas ao Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) do curso de Licenciatura em História das

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA 1 REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA 2 REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA O Trabalho de Conclusão de

Leia mais

TCC Trabalho de Conclusão de Curso Engenharia Civil Coordenação: Profa. Tatiana Jucá

TCC Trabalho de Conclusão de Curso Engenharia Civil Coordenação: Profa. Tatiana Jucá TCC Trabalho de Conclusão de Curso Engenharia Civil 2016-1 Coordenação: Profa. Tatiana Jucá 2/54 Pauta de hoje Apresentação da equipe de coordenação de TCC Datas importantes e documentação válida para

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 30/2016

RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 30/2016 RESOLUÇÃO CONSEPE Nº 30/2016 A Presidente do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão CONSEPE da Universidade Estadual de Santa Cruz UESC, no uso de suas atribuições, considerando o deliberado

Leia mais

RESOLUÇÃO CCEA Nº 02/2011

RESOLUÇÃO CCEA Nº 02/2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA AGROALIMENTAR UNIDADE ACADÊMICA DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA AMBIENTAL CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL RESOLUÇÃO CCEA Nº 02/2011 Aprova

Leia mais

REGULAMENTO DO RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO/TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

REGULAMENTO DO RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO/TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO REGULAMENTO DO RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO/TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Normatiza a elaboração e apresentação do Relatório Final de Estágio do Curso de Tecnologia em Processos Gerenciais, que compreende

Leia mais

REGULAMENTO DO ARTIGO CIENTÍFICO PARA CONCLUSÃO DE CURSO

REGULAMENTO DO ARTIGO CIENTÍFICO PARA CONCLUSÃO DE CURSO UNIVERSIDADE DO VALE DO PARAÍBA UNIVAP PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO Posgrau REGULAMENTO DO ARTIGO CIENTÍFICO PARA CONCLUSÃO DE CURSO 2017 SÃO JOSÉ DOS CAMPOS 1 Capitulo I Da Origem e Finalidade Art. 1º -

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO CURSOS DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS BACHARELADO E LICENCIATURA

REGULAMENTO GERAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO CURSOS DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS BACHARELADO E LICENCIATURA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS COORDENAÇÃO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS REGULAMENTO GERAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO CURSOS DE GRADUAÇÃO

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Londrina Curso Superior de Engenharia Mecânica

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Londrina Curso Superior de Engenharia Mecânica Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Londrina Curso Superior de Engenharia Mecânica PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA ESTÁGIO

Leia mais

REGULAMENTO DO COMPONENTE CURRICULAR TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE GRADUAÇÃO - BACHARELADO EM ESTATÍSTICA

REGULAMENTO DO COMPONENTE CURRICULAR TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE GRADUAÇÃO - BACHARELADO EM ESTATÍSTICA Anexo II REGULAMENTO DO COMPONENTE CURRICULAR TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE GRADUAÇÃO - BACHARELADO EM ESTATÍSTICA Capítulo I Constituição e Objetivos Art. 1º O Trabalho de Conclusão de Curso,

Leia mais

NORMAS PARA O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM CIÊNCIAS DOS ALIMENTOS - VÁLIDAS PARA INGRESSANTES A PARTIR DE 2012

NORMAS PARA O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM CIÊNCIAS DOS ALIMENTOS - VÁLIDAS PARA INGRESSANTES A PARTIR DE 2012 NORMAS PARA O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM CIÊNCIAS DOS ALIMENTOS - VÁLIDAS PARA INGRESSANTES A PARTIR DE 2012 1. DEFINIÇÃO Em atendimento às Diretrizes Curriculares os alunos do Curso de Graduação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE TECNOLOGIA CURSO DE GRADUAÇAO EM ENGENHARIA DE MATERIAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE TECNOLOGIA CURSO DE GRADUAÇAO EM ENGENHARIA DE MATERIAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE TECNOLOGIA CURSO DE GRADUAÇAO EM ENGENHARIA DE MATERIAIS PORTARIA CGEMAT N. 02/2011 Regulamenta o Trabalho de Conclusão de Curso - TCC, disciplina do Curso de

Leia mais

DIRETRIZES GERAIS PARA O TRABALHO DE CONCULSÃO DE CURSO

DIRETRIZES GERAIS PARA O TRABALHO DE CONCULSÃO DE CURSO DIRETRIZES GERAIS PARA O TRABALHO DE CONCULSÃO DE CURSO DISPOSIÇÕES GERAIS - A Diretrizes Gerais paraa o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), monografia, são baseadas na Resolução nº 1.561, de 9 de janeiro

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 156, DE 18 DE AGOSTO DE 2016.

RESOLUÇÃO Nº. 156, DE 18 DE AGOSTO DE 2016. RESOLUÇÃO Nº. 156, DE 18 DE AGOSTO DE 2016. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E CULTURA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS, no uso de suas atribuições legais e considerando o Parecer nº

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A DEFESA DE PROJETO DE DISSERTAÇÃO (QUALIFICAÇÃO)

ORIENTAÇÕES PARA A DEFESA DE PROJETO DE DISSERTAÇÃO (QUALIFICAÇÃO) ORIENTAÇÕES PARA A DEFESA DE PROJETO DE DISSERTAÇÃO (QUALIFICAÇÃO) A Defesa de Projeto de Dissertação consiste na elaboração e apresentação oral, perante banca examinadora, do projeto de pesquisa que será

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - Este regulamento visa orientar os alunos referente aos objetivos, critérios, procedimentos e mecanismos de

Leia mais

Clique para editar o estilo do título mestre

Clique para editar o estilo do título mestre Clique para editar o estilo do título mestre Clique para editar os estilos do texto mestre Estágio Segundo Obrigatório nível Terceiro nível Quarto nível Setor de Estágios Quinto nível estagios@restinga.ifrs.edu.br

Leia mais

Regulamento de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) do Bacharelado em Engenharia Mecânica

Regulamento de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) do Bacharelado em Engenharia Mecânica Regulamento de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) do Bacharelado em Engenharia Mecânica Organização: Colegiado do Curso de Engenharia Mecânica Coordenador: Eider Lúcio de Oliveira Goiânia, Fevereiro

Leia mais

Campus Itaqui Curso de Ciência e Tecnologia de Alimentos Normas para o Estágio Supervisionado Obrigatório

Campus Itaqui Curso de Ciência e Tecnologia de Alimentos Normas para o Estágio Supervisionado Obrigatório Campus Itaqui Curso de Ciência e Tecnologia de Alimentos Normas para o Estágio Supervisionado Obrigatório 1. ASPECTOS LEGAIS O Estágio Supervisionado tem caráter curricular obrigatório e é uma exigência

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO DO CAMPO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO DO CAMPO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO DO CAMPO Resolução Nº 01/LedoC/2015 13/04/2015 Regulamenta o Trabalho de Conclusão

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituto nos termos da Lei nº 5.152,de 21/10/1966 São Luís Maranhão CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE OCEANOGRAFIA BACHARELADO NORMAS ESPECÍFICAS

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GEOGRAFIA

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GEOGRAFIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI FACULDADE INTERDISCIPLINAR EM HUMANIDADES Licenciatura em Geografia REGULAMENTO ESPECÍFICO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

Leia mais

REGULAMENTO DA MONOGRAFIA DE CONCLUSÃO DE CURSO PARA OBTENÇÃO DO TÍTULO DE BACHAREL EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

REGULAMENTO DA MONOGRAFIA DE CONCLUSÃO DE CURSO PARA OBTENÇÃO DO TÍTULO DE BACHAREL EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO BACHARELADO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS REGULAMENTO DA MONOGRAFIA DE CONCLUSÃO DE CURSO PARA OBTENÇÃO DO TÍTULO DE BACHAREL EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Lavras

Leia mais

CURSO DE BACHARELADO EM BIOTECNOLOGIA CAMPUS DE ARARAS. Normas para o Estágio Supervisionado

CURSO DE BACHARELADO EM BIOTECNOLOGIA CAMPUS DE ARARAS. Normas para o Estágio Supervisionado 1 CURSO DE BACHARELADO EM BIOTECNOLOGIA CAMPUS DE ARARAS Normas para o Estágio Supervisionado 1- Objetivos O objetivo do estágio curricular é oferecer aos alunos a experiência no campo profissional, visando

Leia mais

Cartilha para Estágio Curricular Supervisionado

Cartilha para Estágio Curricular Supervisionado Cartilha para Estágio Curricular Supervisionado Comissão de Estágio: Coordenador do Colegiado: Professor Luiz Filipe Schuch Professora: Tânia Regina Bettin dos Santos Suplente: Amanda de Souza da Motta

Leia mais

(Revisado e aprovado pelo Colegiado do Curso em 24/09/2014)

(Revisado e aprovado pelo Colegiado do Curso em 24/09/2014) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO CAMPUS DE GUANAMBI Distrito de Ceraíma, s/n Zona Rural - Cx Postal 09

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SANTARÉM CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SANTARÉM CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SANTARÉM CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO RESOLUÇÃO CBSI 01/2005-15 DE AGOSTO DE 2005 EMENTA: Define as diretrizes para a realização do

Leia mais

Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso

Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Da Concepção e Objetivos Art. 1º. O presente regulamento tem como finalidade normatizar a atividade relacionada

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA (Lei n , de 11 de janeiro de 2008)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA (Lei n , de 11 de janeiro de 2008) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA (Lei n. 11.640, de 11 de janeiro de 2008) NORMA REGULAMENTAR DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC I E TCC II) DO CURSO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA HABILITAÇÃO EM GESTÃO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA HABILITAÇÃO EM GESTÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA HABILITAÇÃO EM GESTÃO DA INFORMAÇÃO FLORIANÓPOLIS, SC 2011 CAPITULO I CONCEPÇÃO E OBJETIVOS Art. 1º O Curso de Biblioteconomia

Leia mais

Regulamento de Trabalho de Conclusão de Curso. Curso de Secretariado Executivo Trilingue. Faculdade de Presidente Prudente

Regulamento de Trabalho de Conclusão de Curso. Curso de Secretariado Executivo Trilingue. Faculdade de Presidente Prudente Regulamento de Trabalho de Conclusão de Curso Curso de Secretariado Executivo Trilingue Faculdade de Presidente Prudente Regulamento de Trabalho de Conclusão de Curso Curso de Secretariado Executivo Trilingue

Leia mais

9.4 Trabalho de Conclusão de Curso TCC

9.4 Trabalho de Conclusão de Curso TCC 9.4 Trabalho de Conclusão de Curso TCC O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) é uma atividade obrigatória no curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Tal atividade é orientada por

Leia mais

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC NORMAS

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC NORMAS TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC CAPÍTULO 1- Das Finalidades Coordenador Responsável pelas atividades de TCC Curso de Agronomia: Júlio Alves Cardoso Filho NORMAS Art. 1 O TCC será elaborado individualmente

Leia mais

RESOLUÇÃO TGT Nº 06/2015

RESOLUÇÃO TGT Nº 06/2015 ANO XLV N. 098 14/07/2015 SEÇÃO IV PÁG. 076 RESOLUÇÃO TGT Nº 06/2015 Niterói, 24 de junho de 2015 O Colegiado do Curso de Graduação em Engenharia de Telecomunicações, em reunião ordinária de 24/06/2015,

Leia mais

Regulamento N. 3, de 13 de março de

Regulamento N. 3, de 13 de março de UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CAMPUS DE RIO PARANAÍBA COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL Regulamento N. 3, de 13 de março de 2013 1. Este documento regulamenta as normas para a elaboração do trabalho

Leia mais

Considerações Gerais. Da Disciplina de Projeto Final de Curso

Considerações Gerais. Da Disciplina de Projeto Final de Curso O Projeto de Final de Curso (PFC) constitui requisito parcial e obrigatório para conclusão dos cursos de Engenharia da Escola Politécnica de Pernambuco, Universidade de Pernambuco. O PFC constitui etapa

Leia mais

REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE ENGENHARIA DE MINAS DO CEFET/MG/CAMPUS ARAXÁ

REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE ENGENHARIA DE MINAS DO CEFET/MG/CAMPUS ARAXÁ SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS UNIDADE ARAXÁ COLEGIADO DO CURSO DE ENGENHARIA DE MINA REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ UFC CENTRO DE TECNOLOGIA CT CURSO DE ENGENHARIA CIVIL REGULAMENTO PROJETO DE GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ UFC CENTRO DE TECNOLOGIA CT CURSO DE ENGENHARIA CIVIL REGULAMENTO PROJETO DE GRADUAÇÃO CAPÍTULO I: Disposição Preliminares Art. 1o. Este regulamento institui as diretrizes técnicas e os procedimentos para a elaboração, o acompanhamento, a avaliação e outros assuntos relacionados ao Projeto

Leia mais

Universidade Federal do Ceará Campus Sobral Curso de Engenharia Elétrica

Universidade Federal do Ceará Campus Sobral Curso de Engenharia Elétrica Universidade Federal do Ceará Campus Sobral Curso de Engenharia Elétrica REGULAMENTO PARA O DESENVOLVIMENTO DO TRABALHO FINAL DE CURSO Comissão: - Prof. Raimundo Furtado Sampaio - Prof. André Lima - Prof.

Leia mais

TCC. TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Curso de Educação Artística Habilitação em Artes Plásticas FAAC/UNESP - Bauru. Regulamento. Ano Letivo de 2017

TCC. TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Curso de Educação Artística Habilitação em Artes Plásticas FAAC/UNESP - Bauru. Regulamento. Ano Letivo de 2017 TCC TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Curso de Educação Artística Habilitação em Artes Plásticas FAAC/UNESP - Bauru Regulamento Ano Letivo de 2017 Curso de Artes Visuais - modalidades Licenciatura e Bacharelado

Leia mais

QUADRO DE TEMPORALIDADE DE DOCUMENTOS DAS COORDENAÇÕES DOS CURSOS DA UNCISAL

QUADRO DE TEMPORALIDADE DE DOCUMENTOS DAS COORDENAÇÕES DOS CURSOS DA UNCISAL QUADRO DE TEMPORALIDADE DE DOCUMENTOS DAS COORDENAÇÕES DOS CURSOS DA UNCISAL Competências/atribuições das Coordenações de Curso. Documento que é gerado a partir da competência ou atribuição do setor. Prazo

Leia mais

REGULAMENTO COMPLEMENTAR DOS ESTÁGIOS CURRICULARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICA DA UTFPR CÂMPUS APUCARANA

REGULAMENTO COMPLEMENTAR DOS ESTÁGIOS CURRICULARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICA DA UTFPR CÂMPUS APUCARANA REGULAMENTO COMPLEMENTAR DOS ESTÁGIOS CURRICULARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICA DA UTFPR CÂMPUS APUCARANA CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO Art. 1º O Estágio Curricular Supervisionado integrante

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES O presente Regulamento de Estágios visa disciplinar os estágios do curso de Engenharia da Computação,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS Escola de Engenharia Civil RESOLUÇÃO N 01/2008

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS Escola de Engenharia Civil RESOLUÇÃO N 01/2008 UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS Escola de Engenharia Civil RESOLUÇÃO N 01/2008 Regulamenta as atividades de Estágio Curricular Obrigatório e Não-obrigatório do Curso de Graduação da Escola de Engenharia

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS SANT ANA DO LIVRAMENTO COORDENAÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS SANT ANA DO LIVRAMENTO COORDENAÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS SANT ANA DO LIVRAMENTO COORDENAÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Normas de elaboração do Trabalho de Curso Graduação em Administração Campus Sant

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO -TCC

REGULAMENTO GERAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO -TCC REGULAMENTO GERAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO -TCC TÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º. A Faculdade Guarapuava FG, tendo em vista o disposto no Artigo 101 do Regimento, e em atendimento às exigências

Leia mais

Regulamento de Estágio ENGENHARIA SANITÁRIA E AMBIENTAL

Regulamento de Estágio ENGENHARIA SANITÁRIA E AMBIENTAL Regulamento de Estágio ENGENHARIA SANITÁRIA E AMBIENTAL Coronel Fabriciano/ 2008 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 1 2. OBJETIVOS... 1 3. ESTRUTURA ORGANIZACIONAL... 2 4. ATRIBUIÇÕES... 2 5. LOCAIS DE ESTÁGIO E

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 01/2016 COLEGIADO DO CURSO DE FISIOTERAPIA DA UFVJM, DE 20 DE SETEMBRO DE 2016.

RESOLUÇÃO Nº 01/2016 COLEGIADO DO CURSO DE FISIOTERAPIA DA UFVJM, DE 20 DE SETEMBRO DE 2016. RESOLUÇÃO Nº 01/2016 COLEGIADO DO CURSO DE FISIOTERAPIA DA UFVJM, DE 20 DE SETEMBRO DE 2016. Estabelece normas complementares para o Trabalho de Conclusão do Curso de Graduação em Fisioterapia da Universidade

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS DELIBERAÇÃO Nº 101, DE 08 DE ABRIL DE 2009 O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

Leia mais

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM ENGENHARIA FLORESTAL (TCC EF)

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM ENGENHARIA FLORESTAL (TCC EF) TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EM ENGENHARIA FLORESTAL (TCC EF) I. DEFINIÇÃO Em atendimento às Diretrizes Curriculares do Ministério da Educação, todo aluno do Curso de Engenharia Florestal deverá, obrigatoriamente,

Leia mais

REGULAMENTO DA DISCIPLINA ESTÁGIO PARA MODALIDADE-BACHARELADO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

REGULAMENTO DA DISCIPLINA ESTÁGIO PARA MODALIDADE-BACHARELADO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS REGULAMENTO DA DISCIPLINA ESTÁGIO PARA MODALIDADE-BACHARELADO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CURITIBA 2002 REGULAMENTO DA DISCIPLINA ESTÁGIO PARA MODALIDADE-BACHARELADO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS I- INTRODUÇÃO

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Coordenadora de Curso Prof. Dr. Sérgio Pereira Vice-coordenador de Curso Prof. Dr. Rogério Caetano da Costa Comissão de Estágio

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL SUL-RIO-GRANDENSE CAMPUS PELOTAS DEPARTAMENTO DE GRADUAÇÃO E POS-GRADUAÇÃO CURSO DE ENGENHARIA QUÍMICA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL SUL-RIO-GRANDENSE CAMPUS PELOTAS DEPARTAMENTO DE GRADUAÇÃO E POS-GRADUAÇÃO CURSO DE ENGENHARIA QUÍMICA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL SUL-RIO-GRANDENSE CAMPUS PELOTAS DEPARTAMENTO DE GRADUAÇÃO E POS-GRADUAÇÃO CURSO DE ENGENHARIA QUÍMICA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO REGULAMENTO O presente regulamento

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Praia Grande São Paulo Dezembro de 2008 CAPÍTULO I DA NATUREZA Artigo 1º O presente regulamento tem como objetivo normatizar as atividades relacionadas com o estágio

Leia mais

MANUAL PARA SOLICITAÇÃO DE ESTÁGIO DO BCC

MANUAL PARA SOLICITAÇÃO DE ESTÁGIO DO BCC MANUAL PARA SOLICITAÇÃO DE ESTÁGIO DO BCC Local de atendimento: Divisão Acadêmica do CMCC Bloco A 5º andar - torre 2 Sala R503-2 Falar com Christian 4996-0094 secretariacmcc@ufabc.edu.br Leia a Resolução

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL UFRGS INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS Comissão de Graduação do Curso de Ciências Biológicas COMGRAD/BIO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL UFRGS INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS Comissão de Graduação do Curso de Ciências Biológicas COMGRAD/BIO DECISÃO 03/2015 - Altera: Decisão n o 03/2013 ESTÁGIO SUPERVISIONADO A, reunida em 18 de novembro de 2015, no uso de suas atribuições, DECIDE Regulamentar a atividade de Ensino de Estágio Supervisionado,

Leia mais

A lei nº de 03/09/ 79, que regulamenta a profissão do Biólogo, prevê que este profissional seja capaz de:

A lei nº de 03/09/ 79, que regulamenta a profissão do Biólogo, prevê que este profissional seja capaz de: Regulamentação das disciplinas: Estágio Curricular I em..., Estágio Curricular II em...(bacharelado) e Trabalho de Conclusão de Curso em...(bacharelado) do curso de Ciências Biológicas da UFJF, para o

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE TEOLOGIA NA MODALIDADE EAD CAPÍTULO 3. Da Natureza

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE TEOLOGIA NA MODALIDADE EAD CAPÍTULO 3. Da Natureza REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE TEOLOGIA NA MODALIDADE EAD CAPÍTULO 1 Da Natureza Art. 1º O presente regulamento normatiza o processo de elaboração, apresentação e avaliação

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - BACHARELADO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - BACHARELADO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - BACHARELADO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) é uma atividade curricular obrigatória

Leia mais

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - LICENCIATURA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - LICENCIATURA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - LICENCIATURA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O Trabalho de Conclusão de Curso TCC é uma atividade curricular obrigatória para

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 166/2009/CONEPE

RESOLUÇÃO Nº 166/2009/CONEPE SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 166/2009/CONEPE Aprova Normas Específicas do Trabalho de Conclusão

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE ENGENHARIA QUÍMICA

REGULAMENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE ENGENHARIA QUÍMICA (Resolução Nº 008/2013 da Pró-Reitoria de Graduação) CAPÍTULO I - DO CONCEITO, DA CARGA HORÁRIA E DA MODALIDADE Art. 1º - O Trabalho de Conclusão de Curso - TCC será o resultado do desenvolvimento de projeto

Leia mais

CRITÉRIOS PARA O DESENVOLVIMENTO E VALIDAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO

CRITÉRIOS PARA O DESENVOLVIMENTO E VALIDAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO 1 CRITÉRIOS PARA O DESENVOLVIMENTO E VALIDAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO Trata-se de uma atividade supervisionada na área de Administração, com elaboração individual de

Leia mais

Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso TCC

Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso TCC Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso TCC No curso de Medicina Veterinária o TCC pode ser realizado individualmente ou em dupla. Para apresentação em dupla, deverá ser desenvolvido obrigatoriamente

Leia mais

FACULDADE FAUC/AUM CURSO EDUCAÇÃO FÍSICA - LICENCIATURA MANUAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)

FACULDADE FAUC/AUM CURSO EDUCAÇÃO FÍSICA - LICENCIATURA MANUAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) 1 FACULDADE FAUC/AUM CURSO EDUCAÇÃO FÍSICA - LICENCIATURA MANUAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) 1 DEFINIÇÕES GERAIS 1.1 De acordo com o regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) do Projeto

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Universidade Federal do Espírito Santo - UFES Centro de Ciências da Saúde CCS Departamento de Fonoaudiologia NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA CENTRO DE CIÊNCIAS DE SAÚDE COLEGIADO DO CURSO BACHARELADO INTERDISCIPLINAR EM SAÚDE EDITAL 01/2016

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA CENTRO DE CIÊNCIAS DE SAÚDE COLEGIADO DO CURSO BACHARELADO INTERDISCIPLINAR EM SAÚDE EDITAL 01/2016 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA CENTRO DE CIÊNCIAS DE SAÚDE COLEGIADO DO CURSO BACHARELADO INTERDISCIPLINAR EM SAÚDE EDITAL 01/2016 Processo de acompanhamento de avaliação do Trabalho de Conclusão

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO LICENCIATURA EM MATEMÁTICA IFSP/CJO

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO LICENCIATURA EM MATEMÁTICA IFSP/CJO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO LICENCIATURA EM MATEMÁTICA IFSP/CJO Art. 1 o - Visando possibilitar a melhor adequação dos Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC), obrigatório e que corresponde

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 138/2009/CONEPE Aprova Normas Específicas do Trabalho de Conclusão

Leia mais

Curso de Licenciatura em Artes Cênicas. Trabalho de Conclusão de Curso. Regulamento Interno

Curso de Licenciatura em Artes Cênicas. Trabalho de Conclusão de Curso. Regulamento Interno Curso de Licenciatura em Artes Cênicas Trabalho de Conclusão de Curso Regulamento Interno 1. Apresentação Os Trabalhos de Conclusão de Curso caracterizam-se pelo aprofundamento teórico e prático-artístico

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 58/2008/CONEPE Aprova Normas Específicas do Trabalho de Conclusão

Leia mais

REGRAS E PROCEDIMENTOS PARA A ELABORAÇÃO DO TCC NOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO DA FESPSP

REGRAS E PROCEDIMENTOS PARA A ELABORAÇÃO DO TCC NOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO DA FESPSP REGRAS E PROCEDIMENTOS PARA A ELABORAÇÃO DO TCC NOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO DA FESPSP A apresentação de trabalhos acadêmicos é normalizada pela ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas. Sendo o TCC

Leia mais

REGULAMENTO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

REGULAMENTO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO REGULAMENTO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Fixa as DIRETRIZES E NORMAS PARA ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO do Curso de Engenharia de Produção da UNIPAMPA, Campus Bagé. 2011

Leia mais

REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente conjunto de normas da Faculdade Católica do Tocantins (Facto), mantida pela União

Leia mais

MANUAL PARA SOLICITAÇÃO DE ESTÁGIO DO BCC

MANUAL PARA SOLICITAÇÃO DE ESTÁGIO DO BCC MANUAL PARA SOLICITAÇÃO DE ESTÁGIO DO BCC Local de Atendimento: Secretaria do CMCC Bloco B 8º andar Sala R803 Falar com Thereza 4996-0094 thereza.silva@ufabc.edu.br secretariacmcc@ufabc.edu.br Leia a Resolução

Leia mais

1. CARACTERÍSTICAS GERAIS DO ESTÁGIO

1. CARACTERÍSTICAS GERAIS DO ESTÁGIO R egulamentação 02/16-CCZ - Regulamenta o Estágio Supervisionado no Curso de Zootecnia do Setor de Ciências Agrárias, em substituição à Regulamentação 02/04 e baseada na Resolução 19/90 CEPE, que dispõe

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS RESOLUÇÃO Nº. 219 DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS RESOLUÇÃO Nº. 219 DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011. RESOLUÇÃO Nº. 219 DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E CULTURA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS, no uso de suas atribuições legais e considerando o Parecer nº.

Leia mais

NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO AMBIENTAL

NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO AMBIENTAL PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - PROGRAD INSTITUTO DO TRÓPICO SUBÚMIDO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO AMBIENTAL NORMAS GERAIS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS DE

Leia mais