ICMS em Operações Interestaduais de Vendas a Consumidor Final

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ICMS em Operações Interestaduais de Vendas a Consumidor Final"

Transcrição

1 ICMS em Operações Interestaduais de Vendas a Consumidor Final

2 Nenhuma parte desta publicação poderá ser reproduzida ou transmitida por qualquer modo ou meio, sem autorização prévia da CISS. Todos os direitos autorais estão reservados à CISS. Este manual tem o objetivo de prover ao usuário informações precisas e completas sobre o CISSPoder. A CISS encontra-se à disposição para analisar todas as sugestões, visando à melhoria deste documento. O conteúdo deste documento pode ser alterado a qualquer momento sem aviso prévio. CISS Consultoria em Informática Serviços e Software Ltda Rua Presidente Getúlio Vargas, 834 Bairro das Torres Dois Vizinhos/PR Fone (0xx46) / Fax (0xx46) ciss.com.br 2

3 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO CALCULO DE ICMS INTERESTADUAL CONFIGURAÇÕES Cadastro de Produto Sem Cenário Fiscal Cadastro de Produto Com Cenário Fiscal CADASTRO DE CLIENTE CADASTRO DE EMPRESAS (MATRIZ E FILIAIS) LANÇAMENTO DE NOTA NOTA DE VENDA GNRE Configuração GNRE Lançamento de GNRE Pesquisa GNRE Estorno: IMPRESSÃO DO RELATÓRIO: APURAÇÂO

4 1. INTRODUÇÃO Neste manual são descritas as alterações realizadas no CISS Poder referente as informações correspondentes ao ICMS devido para a Unidade da Federação de Destino, nas operações interestaduais de venda e devolução de venda para consumidor final não contribuinte, atendendo as definições da Emenda Constitucional 87/2015. A EC 87/2015 criou uma fórmula que aos poucos altera a partilha do ICMS entre os Estados de origem e o de destino da mercadoria. A partir da vigência da Emenda Constitucional, haverá uma fase de transição, na qual, ano a ano, aumentará a parcela do ICMS arrecadado pelo Estado de destino, tornando-se obrigatório a partir de 01/01/2016, sendo que a partir de 2019 o valor do ICMS arrecadado nas operações interestaduais será destinado 100% para o estado de destino. A partilha, no entanto, diz respeito apenas à diferença entre as alíquotas interestaduais de ICMS, definidas pelo Senado, e as alíquotas internas, estabelecidas pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz). 4

5 2. CALCULO DE ICMS INTERESTADUAL Será observada a alíquota interestadual de origem e a alíquota interna de destino, a diferença entre estas alíquotas será partilhada conforme tabela disponibilizada pela receita federal: I de destino: o no ano de 2016: 40% (quarenta por cento) do montante apurado; o no ano de 2017: 60% (sessenta por cento) do montante apurado; o no ano de 2018: 80% (oitenta por cento) do montante apurado; o no ano de 2019: 100% (cem por cento) do montante apurado; II de origem: o no ano de 2016: 60% (sessenta por cento) do montante apurado; o no ano de 2017: 40% (quarenta por cento) do montante apurado; o no ano de 2018: 20% (vinte por cento) do montante apurado. Exemplo Prático: Venda de SP para não contribuinte do ICMS no RJ Produto Nacional Empresa de Lucro Real/Lucro Presumido Alíquota Interestadual: 12% Alíquota Interna RJ: 17% Diferencial de Alíquota: 5% Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza (FCEP): 2% Valor da Venda: R$ 1.000,00 ICMS DA OPERAÇÃO (Devido ao estado de Origem na apuração do mês) R$ 1.000,00*12% = R$ 120,00 ICMS PARTILHADO R$ 1.000,00 * 5% (17%-12%= 5%) = R$ 50,00 FCEP: 1.000,00 * 2% = 20,00. De acordo com a tabela disponibilizada pela SEFAZ para o calculo da partilha do ICMS, o exemplo citado acima seria calculado a cada ano da seguinte maneira: 5

6 Origem Destino Total FCEP Valor venda * (ICMS*%Ano)=Valor Origem (ICMS*% Ano)=Valor Destino Origem + Destino 2%= 20, ,00*60% = R$ 30,00 (50,00*40%) = R$ 20,00 R$ 50,00 R$ 20, ,00*40% = R$ 20,00 (50,00*60%) = R$ 30,00 R$ 50,00 R$ 20, ,00*20% = R$ 10,00 (50,00*80%) = R$ 40,00 R$ 50,00 R$ 20, ,00*0% = R$ 00,00 (50,00*100%)= R$ 50,00 R$ 50,00 R$ 20,00 3. CONFIGURAÇÕES 3.1. Cadastro de Produto Sem Cenário Fiscal Em Cadastros/ Produtos/ Selecionar um produto na aba Tributação tanto na tributação por produto como na tributação por grupo é possível configurar o Diferencial de Alíquota interestadual e o FCEP (Fundo de combate e erradicação da pobreza). %DIf. Alíq. Interestadual: Neste campo pode ser configurado o percentual de diferença entre a alíquota interestadual e a alíquota interna do estado de 6

7 destino, desconsiderando o FCEP. O campo somente ficará habilitado se o Código Situação tributária for igual á 00, 20, 40, 41 ou 60. No tele vendas caso seja informado um cliente consumidor final não contribuinte de fora do estado da empresa e informado um produto com CST 00, 20 ou 60 sem o percentual de Diferencial de Alíquota a venda é bloqueada apresentando a seguinte mensagem: %FCEP: Neste campo pode ser informado o percentual referente ao fundo de combate e erradicação da Pobreza. O campo será habilitado somente se o código situação tributária for igual á 00, 20 ou Cadastro de Produto Com Cenário Fiscal Para que o campo %Dif. Inter. seja habilitado, o cenário fiscal deve ser cadastrado com os seguintes dados: Tipo de Operação: 96 Venda de Mercadoria; UF de Destino: Deve ser um estado diferente do estado da origem e deve ser diferente de Exterior; Regime Federal Destino: Conforme regime tributário do cliente; Tipo Atividade Destino: Consumidor Final Não Contribuinte; 7

8 4. CADASTRO DE CLIENTE Somente será calculado diferencial de alíquota interestadual para cliente não contribuinte, consumidor final, de estado diferente do estado da empresa (origem) e não forem do exterior. No cadastro da atividade do cliente, deve estar marcada a opção [x] Consumidor Final Não Contribuinte. 8

9 Caso não houver nenhuma atividade relacionada ao cadastro do cliente, a venda é bloqueada apresentando a seguinte mensagem: 5. CADASTRO DE EMPRESAS (MATRIZ E FILIAIS) Em Cadastros/ Empresas (Matriz e Filiais) na tela de Inscrição Estadual, é possível configurar a Inscrição Estadual ST. Para as empresas que possuem Inscrição Estadual ST configurada para o estado de destino da mercadoria não será exibida GNRE na tela de lançamentos de GNRE, os lançamentos são efetuados automaticamente levando os valores de FCEP e ICMS partilhado, 60% de origem e 40% de destino para a Apuração de ICMS Interestadual. A Inscrição Estadual ST será destacada nas observações da DANFE juntamente com as observações da partilha de ICMS. Por exemplo, empresa de São Paulo efetuando venda para Rio de Janeiro: 6. LANÇAMENTO DE NOTA 6.1. NOTA DE VENDA Em Vendas/ Tele Vendas informar um cliente de fora do estado de origem não contribuinte de ICMS e consumidor final. Em seguida informar um produto configurado 9

10 conforme descrito no tópico 3.1 ou 3.2, com código da situação tributária igual a 00, 20, 40, 41 ou 60, com valor no campo %Dif. Alíq. Interestadual. Após ter informado o cliente no botão [Dados Cliente], verificar que o tipo de movimentação deve ser [x] Consumo Final. Informar o produto, no grupo Tipo Movimento selecionar Nota Venda configurar o financeiro e em seguida gravar a nota. Ao gerar a DANFE, no campo dados adicionais será destacado o valor total de FCEP (caso houver), o valor total do ICMS recolhido para UF de destino e o valor total do ICMS recolhido para UF remetente (origem), conforme Nota Técnica 2015/003. Caso a empresa possua configurada Inscrição Estadual ST no cadastro de Empresas (Matriz e Filiais) conforme tópico 5, ao gerar a DANFE no campo dados 10

11 adicionais será destacado o valor total de FCEP (caso houver), o valor total do ICMS recolhido para UF de destino, o valor total do ICMS a recolher para UF remetente (origem) e a Inscrição Estadual ST configurada NOTAS DE DEVOLUÇÃO DE VENDA Em Compras/ Notas de Entrada informar a categoria devoluções e o mesmo cliente informado na nota de venda de mercadoria. Em seguida na tela de devolução selecionar a nota, os produtos que deseja devolver e gravar a nota de devolução de venda. Para Devoluções de venda, ao gerar o DANFE, no campo dados adicionais será destacado somente o valor total de ICMS recolhido para UF destino, pois a UF da empresa se torna destinatária nessa operação. Isso ocorre quando no cadastro da empresa não houver Inscrição Estadual ST configurado. E também, quando não houver a inscrição ST no cadastro da empresa, o valor que foi pago na venda por GNRE (40% para a UF Destino, que é a UF do cliente) não será creditado na devolução. Caso a empresa possua configurada Inscrição Estadual ST no cadastro de Empresas (Matriz e Filiais) conforme tópico 5, ao gerar a DANFE no campo dados adicionais será destacado o valor total de FCEP (caso houver), o valor total do ICMS para UF de destino, o valor total do ICMS para UF remetente (origem) e a Inscrição 11

12 Estadual ST configurada. Esses valores irão para a apuração de ICMS interestadual por estado como um crédito do período. 7 GNRE 7.1 Configuração GNRE Em Arquivo/ Configurações Gerais/ Contábil\Fiscal/ aba GNRE/ GNRE ICMS Interestadual, é possível configurar os dados que serão utilizados para geração da GNRE, a configuração é feita por estado para cada empresa. UF: Neste campo obrigatoriamente deverá ser informada a unidade federativa para qual deseja emitir a GNRE. Cód. da Receita ICMS: Neste campo deverá ser informado o código da receita ICMS por estado que irá compor o registro E316 do EPED 12

13 Cód. da Receita FCEP: Neste campo deverá ser informado o código da receita FCEP. Cód. Cliente/Razão Social: Neste campo deverá ser informado o código do cliente que corresponde á SEFAZ do estado. Forma de Pagamento: Neste campo deverá ser informada a forma de pagamento desejada. Conta Débito/ Descrição da Conta Contábil: Neste campo deverá ser informada a conta contábil de débito para que seja feito o lançamento contábil referente ao valor da GNRE gerada em: Controladoria/ ICMS Interestadual/ GNRE ICMS Interestadual. Conta Crédito/ Descrição da Conta Contábil: Neste campo deverá ser informada a conta contábil de crédito para que seja feito o lançamento contábil referente ao valor da GNRE gerada em: Controladoria/ ICMS Interestadual/ GNRE ICMS Interestadual. Cód. Histórico/ Descrição do Histórico: Neste campo deverá ser informado o código do histórico desejado para que seja exibido na geração da GNRE e no Contas a Pagar e Receber. 13

14 Dia Venc. Título: Neste campo deverá ser informado o dia de vencimento do título que será levado na Apuração do ICMS Interestadual. Conta Débito Recuperar/ Descrição Débito Recuperar: Neste campo deverá ser informada a conta contábil de débito a recuperar para que seja feito o lançamento contábil quando na apuração o saldo ficar credor, ou seja, o crédito for maior que o débito do período. Por exemplo: No período da apuração teve somente devoluções, sendo assim ficará um saldo credor no período de apuração. Conta Crédito Recuperar/ Descrição Crédito Recuperar: Neste campo deverá ser informada a conta contábil de crédito a recuperar para que seja feito o lançamento contábil quando na apuração o saldo ficar credor, ou seja, o crédito for maior que o débito do período. Por exemplo: No período da apuração teve somente devoluções, sendo assim ficará um saldo credor no período de apuração. 7.2.Lançamento de GNRE Em Controladoria/ ICMS Interestadual/ GNRE - ICMS Interestadual/ aba Lançamento é possível efetuar lançamento da GNRE filtrando por empresa, período, estado, nota e série. 14

15 É possível selecionar apenas uma nota por GNRE, deve ser selecionada uma das notas apresentadas na tela e clicar no botão GNRE, o sistema irá exibir uma tela para geração dos lançamentos contábeis, financeiros e obrigatoriedades da apuração de ICMS Interestadual com todas as configurações já preenchidas se configuradas em: Arquivo/ Configurações Gerais/ Contábil\Fiscal/ aba GNRE/ GNRE ICMS Interestadual conforme o tópico

16 Período Referência: Neste campo deverá ser informado o mês e ano em que foi gerada a movimentação das notas selecionadas. Vencimento: Neste campo deverá ser informada a data de vencimento para o pagamento da GNRE. UF: Neste campo será apresentada a unidade de federação favorecida informada na tela de seleção de notas. Valor ICMS Interest.: Neste campo será exibido o valor de 40% do ICMS interestadual referente a UF de destino. O valor de 60% do ICMS interestadual referente a UF do remetente será levado para a Apuração de ICMS Interestadual. Código da Receita: Neste campo deverá ser informado o código da receita referente ao valor do ICMS Interestadual para que seja possível compor o registro E316 da EFD ICMS/ IPI. Cód. Obrigação ICMS: Neste campo deverá ser informado o código da obrigação do ICMS referente ao valor do ICMS Interestadual para que seja possível compor o registro E316 do EFD ICMS/ IPI. Valor FCEP: Neste campo será exibido o valor do FCEP referente a UF de destino. Caso não possua valor de FCEP os campos Cód. Obrigação FCEP e Código da Receita ficarão desabilitados para informar valores. Código da Receita: Neste campo deverá ser informado o código da receita referente ao valor do FCEP para que seja possível compor o registro E316 da EFD ICMS/ IPI. Cód. Obrigação FCEP: Neste campo deverá ser informado o código da obrigação FCEP referente ao valor do FCEP para que seja possível gerar o arquivo EFD ICMS/ IPI. Gerar Contábil: Se esta opção estiver marcada, os campos Data movimento, Conta Débito, Conta Crédito e Histórico tornam-se obrigatórios e ao gravar a GNRE é gerado movimento contábil referente ao valor da guia. É possível gerar somente Contábil desmarcando a opção Gerar Financeiro. Gerar Financeiro: Se esta opção estiver marcada, os campos Data de Movimento, Cliente e Forma de pagamento tornam-se obrigatórios. Para gerar 16

17 Financeiro é obrigatório gerar movimento Contábil por este motivo, ao marcar a opção Gerar financeiro, a opção gerar Contábil é marcada automaticamente. Observações: Neste campo será apresentada a nota selecionada para gerar a GNRE, também é possível digitar informações necessárias, estas observações serão exibidas juntamente com o título no Contas a pagar e receber. Caso não sejam feitas as configurações em: Arquivo/ Configurações Gerais/ Contábil\Fiscal/ aba GNRE/ GNRE ICMS Interestadual, é possível efetuar na geração da GNRE. A tela de geração será apresentada sem nenhuma configuração conforme mostra a imagem abaixo, ao gerar a GNRE se a opção [x] Manter essas informações como a configuração padrão para o estado, estiver marcada, irá gravar as informações na tela de configurações da GNRE. Essas configurações serão aplicadas para o estado filtrado na tela de Lançamento da GNRE. Caso o usuário não queira gravar nenhuma configuração para a geração de GNRE, desmarcar a opção destacada na imagem. 17

18 7.3. Pesquisa GNRE Em Controladoria/ ICMS Interestadual/ GNRE - ICMS Interestadual/ aba Pesquisa é possível efetuar a pesquisa das guias já lançadas filtrando por empresa, estado, nota, série, período de emissão ou vencimento. Ao efetuar uma pesquisa são listadas as GNRE s de acordo com o filtro selecionado sendo possível visualizar informações referentes à GNRE emitida, tais como: Código da GNRE, Mês/Ano Referência, vencimento, valor do ICMS Interestadual referente aos 40% da UF de destino, valor de FCEP, planilha da GNRE, número da nota, série e a data de movimento da nota. 18

19 Também é possível expandir a GNRE e visualizar os produtos que compõem a mesma marcando a opção conforme a imagem abaixo: 19

20 Ao expandir a GNRE é possível visualizar os valores configurados em cada produto que faz parte dela, tais como: Valor da mercadoria, % Alíquota Interestadual, valor do ICMS de origem, % Diferencial de Alíquota Interestadual, %FCEP, Valor DIFAL destino e valor de FCEP. 20

21 7.3.1 Estorno: Para efetuar o estorno é necessário selecionar a GNRE que deseja estornar e clicar no botão Excluir da barra de tarefas. Efetuando esse processo caso a GNRE não possua nenhum título baixado o estorno será feito normalmente, eliminando movimentações contábeis e financeiras. 8. IMPRESSÃO DO RELATÓRIO: É possível gerar um relatório de GNRE s emitidas e efetuar a impressão clicando no botão Imprimir da barra de tarefas. É possível efetuar a impressão expandindo ou não os produtos da GNRE, conforme está sendo exibido na tela de pesquisa será impresso no relatório. 21

22 9. APURAÇÂO A apuração de ICMS Interestadual tem o objetivo de trazer os valores apurados em operações de saídas, entradas e estorno com ICMS Interestadual por estado no período apurado para que seja possível gerar os registros E300, E310, E311 e E316 na EFD ICMS/IPI. A apuração poderá ser feita a nível de empresa e obrigatoriamente no período do primeiro ao último dia do mês apurado, é possível gerar a apuração parcial apenas para conferências de valores. Para ter acesso a tela de apuração acessar: Controladoria/ ICMS Interestadual/ Apuração ICMS Interestadual. No grupo Filtros para Apuração filtrar pela empresa e período que deseja apurar. 22

23 Ao confirmar, a pesquisa irá mostrar no grupo Movimentação por Estado todos os estados que possuem movimentação e a Inscrição Estadual ST conforme configurada no tópico 5. No grupo Total por Estado é possível visualizar e informar valores, tais como: Débitos do Período: Neste campo será exibido os valores das operações de saídas do período que tiveram ICMS Interestadual; Débitos FCEP: Neste campo será exibido os valores das operações de saídas que tiveram FCEP; Débitos Especiais: Ao clicar no botão:, será exibida a tela de detalhes dos débitos especiais. No grupo lançamentos, é possível selecionar o registro fornecido pela tabela (Códigos de Ajustes da Apuração do ICMS) do SPED o valor do Débito Especial quando houver por meio de ajuste com código específico, conforme validação da EFD ICMS/IPI e a descrição; 23

24 Outros Débitos: Ao clicar no botão:, será exibida a tela de detalhes similar a tela dos Débitos Especiais. No grupo lançamentos, é possível selecionar o registro fornecido pela tabela (Códigos de Ajustes da Apuração do ICMS) do SPED o valor dos Outros Débitos quando houver por meio de ajuste com código especifico, conforme validação da EFD ICMS/IPI e a descrição; Créditos do Período: Neste campo serão exibidos os valores das operações de entradas do período que tiveram ICMS Interestadual; Créditos FCEP: Neste campo serão exibidos os valores das operações de entradas que tiveram FCEP; Deduções: Ao clicar no botão:, será exibida a tela de detalhes similar a tela dos Débitos Especiais. No grupo lançamentos, é possível selecionar o registro fornecido pela tabela (Códigos de Ajustes da Apuração do ICMS) do SPED o valor de Deduções quando houver por meio de ajuste com código específico, conforme validação da EFD ICMS/IPI e a descrição; Outros Créditos: Ao clicar no botão:, será exibida a tela de detalhes similar a tela dos Débitos Especiais. No grupo lançamentos, é possível selecionar o registro fornecido pela tabela (Códigos de Ajustes da Apuração do ICMS) do SPED o valor dos Outros Créditos quando houver por 24

25 meio de ajuste com código especifico, conforme validação da EFD ICMS/IPI e a descrição; Crédito do Período Anterior: Neste campo serão exibidos os valores de crédito do período anterior da apuração quando houver; Pagamentos Antecipados GNRE: Neste campo serão exibidos os valores das GNRE lançadas na tela de lançamento de GNRE ICMS Interestadual; Crédito Período Seguinte: Neste campo será exibido o calculo resultado do período da apuração, apresentando valor quando os valores dos créditos forem maiores que os valores dos débitos do período; Total ICMS Diferencial Devido/ a Recolher: Neste campo será exibido o calculo resultado do período da apuração, apresentando valor quando os valores dos débitos forem maiores que os valores dos créditos do período. No grupo Opções é possível marcando a opção gerar o Contábil e o Financeiro, configurar a data de vencimento e o código da receita que é configurado em Cadastros/ Empresas (Matriz e Filiais), Inscrição Estadual no campo Código Receita ICMS interestadual a que é fornecido pela tabela 5.4 (Códigos das Obrigações de ICMS a Recolher), todas essas opções podem ser configuradas a nível de estado. 25

26 Após ter informado todos os valores e opções necessários clicar em gravar, caso não haja nenhuma divergência de valores ou GNRE s pendentes para serem geradas o sistema irá gravar a apuração exibindo a seguinte mensagem: Se já existir uma apuração gravada para período o sistema irá exibir a seguinte mensagem: Ao clicar em sim, a apuração anterior será sobrescrita pela atual, a opção não irá interromper o processo. 26

Roteiro apuração Diferencial de alíquota nas vendas a consumidor final de outra UF.

Roteiro apuração Diferencial de alíquota nas vendas a consumidor final de outra UF. Roteiro apuração Diferencial de alíquota nas vendas a consumidor final de outra UF. Versão 1.0.0 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 2 2. CONFIGURAÇÕES... 4 2.1 Pacote 3623 Rotinas especiais... 4 2.2 Novos códigos

Leia mais

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão VERSÃO 008.017 NOVID AD ES E MELHORIAS E107A9 Jéssica Pinheiro 20/01/2016 2/24 NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION Versão 008.017 1. Envio de cópia de e-mail.... 3 2. Bloqueio de emissão de cupom fiscal com

Leia mais

INSTRUÇÕESS - EMENDA CONSTITUCIONAL 87/2015

INSTRUÇÕESS - EMENDA CONSTITUCIONAL 87/2015 INSTRUÇÕESS - EMENDA CONSTITUCIONAL 87/2015 Introdução Este roteiro contem instruçõess para configuração e emissão de notas com base nas alterações de Partilha de ICMS e Calculo do Fundo de Combate a pobreza

Leia mais

Guia do Usuário Linx Microvix. ICMS Interestadual (Diferencial de alíquotas e partilha) P&D Joinville Publicado em Julho/2016

Guia do Usuário Linx Microvix. ICMS Interestadual (Diferencial de alíquotas e partilha) P&D Joinville Publicado em Julho/2016 Guia do Usuário Linx Microvix ICMS Interestadual (Diferencial de alíquotas e partilha) P&D Joinville Publicado em Julho/2016 Sumário Apresentação Informações Configurações Básicas Finalização da Nota Fiscal

Leia mais

TUTORIAL ICMS UF DESTINO (ICMS PARTILHA) CT-E

TUTORIAL ICMS UF DESTINO (ICMS PARTILHA) CT-E Sumário Apresentação... 1 1. Procedimentos iniciais... 2 2. Gerar Conhecimento de Frete... 3 2.1 Gerar Conhecimento de Frete por Cliente... 3 2.2 Gerar Conhecimento de Frete Por Região... 5 3. Editar Notas

Leia mais

TUTORIAL SIMPLES REMESSA BAIXANDO ESTOQUE

TUTORIAL SIMPLES REMESSA BAIXANDO ESTOQUE Sumário Apresentação... 1 1. Procedimentos iniciais... 1 2. Emitir Nota Fiscal Simples Remessa com Baixa no Estoque:... 2 2.1 Gerando Contas a Receber... 2 2.3 Sem Gerar Contas a Receber... 5 Apresentação

Leia mais

Nome do Processo: Emissão de notas fiscais com ICMS para consumidor final não contribuinte do imposto Nota Técnica 2015/003

Nome do Processo: Emissão de notas fiscais com ICMS para consumidor final não contribuinte do imposto Nota Técnica 2015/003 Desenvolvimento BM-1396 / 1447 / 1452 - Venda para consumidor final não contribuinte do imposto Versão 5 2009 2006_98 2006_93 Basic Release 30_2 80_2 62_2 120_2 70_2 Autor Jaciara Silva Processo: Fiscal

Leia mais

BitNota Eletrônica Gerenciador para Nota Fiscal Eletrônica 2.0 Manual Versão 1.0

BitNota Eletrônica Gerenciador para Nota Fiscal Eletrônica 2.0 Manual Versão 1.0 BitNota Eletrônica Gerenciador para Nota Fiscal Eletrônica 2.0 Manual Versão 1.0 Conteúdo 1. A Quem se Destina o BitNota Eletrônica 2. Requisitos Mínimos para o funcionamento do programa 3. Como Funciona

Leia mais

Liberação de Atualização

Liberação de Atualização Cordilheira Escrita Fiscal 2.174A Liberação de Atualização Criadas rotinas para possibilitar a parametrização da apuração automática do diferencial de alíquota, antecipação parcial do ICMS, e antecipação

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Centro de Custos Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 3 3 CONFIGURAÇÕES... 3 3.1 Permissões de Usuário... 3 3.2... 4 3.3 Empresas... 5 3.4 Motivos de Movimentação... 6

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Abas Menu Caixa Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 3 3 CONFIGURAÇÕES... 3 3.1 Abrir o Caixa... 3 3.2 Permissões... 3 3.3 Configurar Relatórios de Motivos de Movimentação...

Leia mais

Emissão de Nota Fiscal Eletrônica do Consumidor (NFC-e)

Emissão de Nota Fiscal Eletrônica do Consumidor (NFC-e) Emissão de Nota Fiscal Eletrônica do Consumidor (NFC-e) Introdução A emissão de Nota Fiscal Eletrônica do Consumidor (NFC-e) abrange, exclusivamente, operações comerciais de venda de mercadoria ao consumidor

Leia mais

1. Contabilidade Parâmetros

1. Contabilidade Parâmetros 1. Contabilidade A partir desta versão do módulo Domínio Contabilidade, o sistema está preparado para realizar a conciliação de lançamentos contábeis. Para isso deverão ser realizadas algumas configurações,

Leia mais

Clicando em NOVO irá abrir uma nova tela para o cadastro da numeração. Informando a Empresa conforme a necessidade.

Clicando em NOVO irá abrir uma nova tela para o cadastro da numeração. Informando a Empresa conforme a necessidade. Emissão Nota Fiscal Cadastro Numerações Primeiramente, para emitir uma Nota Fiscal Eletrônica é necessário fazer o cadastro da série, do modelo e numeração. Para cadastrar uma numeração o usuário deverá

Leia mais

ICMS em Operações Interestaduais destinadas a não contribuite de ICMS e Fundo de combate à pobreza

ICMS em Operações Interestaduais destinadas a não contribuite de ICMS e Fundo de combate à pobreza ICMS em Operações Interestaduais destinadas a não contribuite de ICMS e Fundo de combate à pobreza OBJETIVO Atendimento às definições da Emenda Constitucional 87/2015: Cálculo do Diferencial de alíquotas

Leia mais

NOTA2400 Consulta de Nota Fiscal. local 1 / 15. NOTA Consulta de Nota Fiscal

NOTA2400 Consulta de Nota Fiscal. local 1 / 15. NOTA Consulta de Nota Fiscal NOTA2400 Consulta de Nota Fiscal local 1 / 15 Este programa tem como finalidade consultar NF's emitidas pela revenda ou recebidas de fornecedores. Serão exibidos todos os dados da NF: capa, produtos, serviços,

Leia mais

TUTORIAL DEVOLUÇÃO DE CLIENTE

TUTORIAL DEVOLUÇÃO DE CLIENTE Sumário Apresentação... 1 1. Procedimentos iniciais... 2 2. Realizar Devolução de Cliente... 3 2.1 Geração Nota Fiscal Própria.... 3 2.2 Utilizando uma Nota de Devolução Enviada pelo Cliente.... 4 2.3

Leia mais

Nome do Processo: Emissão de notas fiscais com ICMS para consumidor final não contribuinte do imposto Nota Técnica 2015/003

Nome do Processo: Emissão de notas fiscais com ICMS para consumidor final não contribuinte do imposto Nota Técnica 2015/003 Desenvolvimento - Venda para consumidor final não contribuinte do imposto BM-1396 / 1428 / 1447 / 1452 / BMMANU-8957-9152-9121 Versão 5_31 2009_81 2006_93_121 2006_90A_32 Release Autor Jaciara Silva Processo:

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos ICMS-SP obrigações acessórias GIA ficha apuração do ICMS- ST11

Parecer Consultoria Tributária Segmentos ICMS-SP obrigações acessórias GIA ficha apuração do ICMS- ST11 ICMS-SP obrigações acessórias GIA ficha apuração do ICMS- ST11 21/10/2013 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Análise da Consultoria... 3 2.1. ImpostoRetidoSt... 5 (Imposto Retido por ST)...

Leia mais

Emenda Constitucional 87/2015 NT 2015/003. Sistema JAD

Emenda Constitucional 87/2015 NT 2015/003. Sistema JAD WORKSHOP APRESETAÇÃO: Emenda Constitucional 87/2015 NT 2015/003 Sistema JAD CONSUMIDOR FINAL EMENDA CONSTITUCIONAL 87/2015 Para o Direito Tributário, o consumidor final é o adquirente da mercadoria ou

Leia mais

Nota Fiscal Consumidor

Nota Fiscal Consumidor Nota Fiscal Consumidor Com o VHSYS a emissão de NFC-e ficou muito mais simples, rápida e integrada. Você pode enviar as NFC-e diretamente para o e-mail de seus clientes, imprimir o documento e acessar

Leia mais

Diferencial de ICMS em Operações Interestaduais - Fundo de Combate a Pobreza

Diferencial de ICMS em Operações Interestaduais - Fundo de Combate a Pobreza Diferencial de ICMS em Operações Interestaduais - Fundo de Combate a Pobreza Desenvolvido o cálculo de diferencial de ICMS em operações Interestaduais e fundo de combate a pobreza conforme Nota Técnica

Leia mais

Boletim de Implementação BC Nota Fiscal Eletrônica Nota Técnica 2015/003

Boletim de Implementação BC Nota Fiscal Eletrônica Nota Técnica 2015/003 BC12156 Nota Fiscal Eletrônica Nota Técnica 2015/003 Sumário Apresentação... 3 Procedimentos... 4 Implementações Nota Técnica 2015/003... 5 Implementações Nota Técnica 2015/002... 10 2 Apresentação A Support

Leia mais

NOVA CONFIGURAÇÃO DE TRIBUTAÇÃO DO IPI

NOVA CONFIGURAÇÃO DE TRIBUTAÇÃO DO IPI NOVA CONFIGURAÇÃO DE TRIBUTAÇÃO DO IPI Com o crescimento do uso do Siagri Agribusiness em empresas contribuintes do IPI e também devido aos tratamentos exigidos pelo EFD Fiscal (SPED Fiscal), tornou-se

Leia mais

Como realizar as vendas interestaduais para consumidor final.

Como realizar as vendas interestaduais para consumidor final. Como realizar as vendas interestaduais para consumidor final. Conforme: NT_2015_003_v150. Clique para Baixar. Vamos apresentar 4 passos para realizar essa nota fiscal. 1.) Acertar o cadastro do cliente,

Leia mais

Manual do Usuário. Sistema de Notas Fiscais Produtor/Avulsa. Módulo NFPA - e

Manual do Usuário. Sistema de Notas Fiscais Produtor/Avulsa. Módulo NFPA - e Secretaria de Estado de Fazenda de Mato Grosso Superintendência do Sistema Administrativo Fazendário Superintendência Adjunta de Gerenciamento de Tecnologia da Informação Manual do Usuário Sistema de Notas

Leia mais

Configuração de ICMS no Grupo dos Produtos

Configuração de ICMS no Grupo dos Produtos Configuração de ICMS no Grupo dos Produtos Para configurar o ICMS no grupo do produto: Primeiro é necessário verificar com a pessoa responsável pela tributação dos produtos da empresa quais as informações

Leia mais

Tutoriais Able Business JUNIOR

Tutoriais Able Business JUNIOR Tutoriais Able Business JUNIOR Como lançar / transmitir uma nota fiscal eletrônica (NF-e) Cadastros obrigatórios... 2 Cadastro da Empresa (menu Cadastros > Empresas)... 2 Naturezas de Operação (menu Cadastros

Leia mais

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão VERSÃO 008.017 NOVID AD ES E MELHORIAS E109A9 Jéssica Pinheiro 01/04/2016 2/11 NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION Versão 008.017 1. Parâmetro para controle do saldo na geração de pedido de compra de venda

Leia mais

Entrada de Mercadoria

Entrada de Mercadoria Entrada de Mercadoria Para cadastrar ou gerenciar uma Entrada de Mercadoria acesse o menu: Compras > Entrada de Mercadoria. Em seguida clique no botão 1 / 23 Dados da entrada No campo Fornecedor informe

Leia mais

Manual da Lei /2012 no Consisanet/PAFNET

Manual da Lei /2012 no Consisanet/PAFNET Manual da Lei 12.241/2012 no Consisanet/PAFNET Foi implementado no sistema Consisanet os tratamentos necessários para atender ao disposto na Lei 12.741/2012. 1.0 Informação dos valores de INSS e Faturamento

Leia mais

Também é mostrado como configurar o Código de Enquadramento do IPI, especialmente exigido para operações sem o valor do tributo.

Também é mostrado como configurar o Código de Enquadramento do IPI, especialmente exigido para operações sem o valor do tributo. 1 Guia de Configuração do Sistema AtivaEmpresa para o ICMS em Operações Interestaduais de Vendas a Consumidor Final, conforme Emenda Constitucional 87/2015 e outros. Este guia tem o objetivo de orientar

Leia mais

Fiscal Configurar Impostos Fiscais

Fiscal Configurar Impostos Fiscais Fiscal Configurar Impostos Fiscais Objetivo Configurar todos os impostos que refletirão na Nota Fiscal de Saída. Pré- Requisitos As Taxas Tributárias dos Produtos devem ser devidamente cadastradas ( Fiscal

Leia mais

Informativo Sistema Resulth-Versão 19.12

Informativo Sistema Resulth-Versão 19.12 Informativo Sistema Resulth-Versão 19.12 Índice ERP Faturamento... 2 Cadastro de Filiais... 2 Cadastro de Produtos... 4 Digitação e Emissão de NF-e... 5 Validação do Cst Ipi X Cód. Enquadramento Ipi...

Leia mais

Minuta de Despacho? FS153

Minuta de Despacho? FS153 Como Imprimir Layout de Minuta de Despacho? FS153 Sistema: Futura Server Caminho: Impressos > Minuta de Despacho Referência: FS153 Versão: 2016.04.11 Como Funciona: Esta tela é utilizada para fazer a impressão

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão VERSÃO 008.018 NOVID AD ES E MELHORIAS E112A9 Jessica Pinheiro 16/05/2016 2/18 NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION Versão 008.018 1. Configuração de situação cadastral padrão para novos clientes.... 3 2.

Leia mais

Versão 10.0A-06. Versão da Apostila de Novidades: 1

Versão 10.0A-06. Versão da Apostila de Novidades: 1 Versão 10.0A-06 Versão da Apostila de Novidades: 1 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda.

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MÓDULO DE ENTRADA DE NOTAS FISCAIS VIA B2B ONLINE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MÓDULO DE ENTRADA DE NOTAS FISCAIS VIA B2B ONLINE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MÓDULO DE ENTRADA DE NOTAS FISCAIS VIA B2B ONLINE Versão 2.0 01/2006 ÍNDICE 1. Objetivo...3 2. Como acessar o Sistema...3 3. Cadastro de Notas...4 3.1. A digitação da Nota Fiscal

Leia mais

Declaração do Simples Nacional relativa à Substituição Tributária e ao Diferencial de Alíquota STDA

Declaração do Simples Nacional relativa à Substituição Tributária e ao Diferencial de Alíquota STDA Declaração do Simples Nacional relativa à Substituição Tributária e ao Diferencial de Alíquota STDA O que é A STDA é uma Declaração das operações interestaduais realizadas por contribuintes paulistas do

Leia mais

Manual de uso Apuração da EFD Contribuições

Manual de uso Apuração da EFD Contribuições Manual de uso Apuração da EFD Contribuições Versão 1.0 1 Sumário 1. Introdução... 3 2. Sobre as contribuições... 5 2.1. Regimes de incidência de PIS e COFINS... 5 3. CST de PIS e COFINS... 6 3.1. CST para

Leia mais

Informativo de Versão 19.03

Informativo de Versão 19.03 Informativo de Versão 19.03 Índice ERP Faturamento e Cupom Fiscal - ECF... 2 Emissão de NF-e e Emissão de Cupom Fiscal (Chamado 25717)... 2 Movimento Entrada de Produtos (Chamado 25318)... 7 Emissão e

Leia mais

Emissão Doc Extra de Condomínio Sami ERP ++

Emissão Doc Extra de Condomínio Sami ERP ++ Emissão Doc Extra de Condomínio Sami ERP ++ 1. Baixa de Parcelas Acesse o Módulo CONDOMÍNIO CÁLCULOS DA EMISSÃO BAIXA DE PARCELAS. Este programa efetua a baixa das parcelas dos eventos lançados nas unidades,

Leia mais

Por Percentual Fixo = preço de venda X (percentual de comissão para empresa)

Por Percentual Fixo = preço de venda X (percentual de comissão para empresa) 1 VENDAS DIRETAS É comum varejistas no seguimento de materiais de construção realizarem vendas com participação do fornecedor. Essas vendas são realizadas pela loja, no entanto a responsabilidade de entrega

Leia mais

Manual de Instruções. Cadastro de Contribuinte e Configuração de usuário para emissão de NFS-e. SapiturISSQN Versão 1.0 1

Manual de Instruções. Cadastro de Contribuinte e Configuração de usuário para emissão de NFS-e. SapiturISSQN Versão 1.0 1 Manual de Instruções Cadastro de Contribuinte e Configuração de usuário para emissão de NFS-e 1 1. Cadastro de Novo Prestador de Serviço. Quando o usuário acessar o sistema de NFS-e Sapitur ISSQN, vai

Leia mais

Importação de Sped Contribuições

Importação de Sped Contribuições Importação de Sped Contribuições Para fazer a importação de Sped Contribuições Acesse: Menu utilitários, Importação, Importação padrão, Sped Pis e Confins Nesta opção do sistema, deverá ser informada a

Leia mais

SSPlus (9.0) REA Relatório Explicativo de Alterações. REA SSPlus 9.0 1

SSPlus (9.0) REA Relatório Explicativo de Alterações. REA SSPlus 9.0 1 REA SSPlus 9.0 1 REA Relatório Explicativo de Alterações SSPlus (9.0) Autor: Controle de Qualidade Criado em 24/01/2017 Impresso Arquivo REA Relatório Explicativo de Alterações Versão 9.0.40a REA SSPlus

Leia mais

TUTORIAL CADASTROS INICIAIS ICMS PARTILHA NF-E

TUTORIAL CADASTROS INICIAIS ICMS PARTILHA NF-E Sumário Apresentação... 1 1. Procedimentos iniciais... 2 2. Cadastrar Tipo de Tributação.... 2 3. Vincular Figura Tributária a UF Destino... 6 Apresentação Uma das alterações apresentadas na NT 2015/003

Leia mais

SMARAM Manual do Almoxarifado

SMARAM Manual do Almoxarifado SMARAM Módulo RME Marcio Tomazelli Programador Sênior Versão 1.0 Página 1 de 24 ÍNDICE SMARAM 1 1 ÍNDICE DE FIGURAS 2 ÍNDICE DE TABELAS 3 1. Almoxarifado 4 1.1. Requisição Material Estoque 4 1.1.1. Solicitação

Leia mais

Manual Programa 832 Cadastro de entrada de mercadoria sem ordem de compra

Manual Programa 832 Cadastro de entrada de mercadoria sem ordem de compra Manual Programa 832 Cadastro de entrada de mercadoria sem ordem de compra Guia Dados da Nota Quadro Nota Fiscal Código de aviso no momento que é gravado a nota de entrada o código do aviso é gerado automaticamente

Leia mais

Emissão de Nota Fiscal Simplificada

Emissão de Nota Fiscal Simplificada Emissão de Nota Fiscal Simplificada Apresentação: Esta nova rotina foi desenvolvida para facilitar a emissão de notas fiscais simples e que se tornam uma tarefa repetitiva. Objetivo: Facilitar e agilizar

Leia mais

Sistema Aula. Motivos para o acesso ser negado:

Sistema Aula. Motivos para o acesso ser negado: Sumário 1. Acesso ao Sistema Aula. 2. Da Identificação do Módulo Coordenação e respectivos programas. 3. Registro de Ocorrências dos Alunos 4. Tipos de Ocorrências 5. Dossiê do Aluno 6. Registro das informações

Leia mais

MÓDULO DE CONTROLE DE COMISSÃO

MÓDULO DE CONTROLE DE COMISSÃO MANUAL DO SISTEMA Versão 6.08 Configurações Gerais...2 Configurações para Serviços...2 Configurações para Peças...5 Configurando o Módulo...7 Perfil de Comissões...7 Perfil de Comissão de Veículos...7

Leia mais

MANUAL PARA CADASTRO DE PRODUTOS

MANUAL PARA CADASTRO DE PRODUTOS MANUAL PARA CADASTRO DE PRODUTOS Este manual tem o objetivo de orientar o procedimento de cadastro de Produtos. Sempre que se fizer um destes procedimentos, os passos abaixo devem ser seguidos. AS CORES

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

Recursos Humanos Rescisão Complementar

Recursos Humanos Rescisão Complementar Recursos Humanos Rescisão Complementar 1/18 Índice 1. RESCISÃO COMPLEMENTAR... 3 2. RESCISÃO COMPLEMENTAR POR ACORDO/CONVENÇÃO/DISSIDIO... 4 1.1. 1.2. 1.3. 1.4. 1.5. 1.6. PARÂMETROS... 4 SALÁRIOS RETROATIVOS

Leia mais

TUTORIAL PROCESSO RESTAURANTE

TUTORIAL PROCESSO RESTAURANTE Sumário Apresentação... 1 1. Procedimentos iniciais... 2 2. Cadastrar Mesas... 3 3. Configurar Registro de Vendas em Mesas... 4 4. Registrar vendas em mesas... 6 5. Emitir relatório gerencial... 15 6.

Leia mais

Principais Novidades Dezembro/ 2012 a Março/2013

Principais Novidades Dezembro/ 2012 a Março/2013 Principais Novidades Dezembro/ 2012 a Março/2013 Sumário 1. Alterações nos menus Relatórios e Gráficos... 3 2. Resgate do orçamento para cálculo de rateio de condomínio... 4 3. Alteração em Permissões

Leia mais

Manual do Sistema Notas Promissórias

Manual do Sistema Notas Promissórias Este documento não deve ser reproduzido sem autorização da FCDL/SC Aprovação: Representante da Direção Ademir Ruschel Elaboração: Supervisor da Qualidade Sílvia Regina Pelicioli www.fcdl-sc.org.br Página

Leia mais

Informativo de Versão 19.07

Informativo de Versão 19.07 Informativo de Versão 19.07 Índice Resulth Start... 2 Movimento PDV (Chamado 28079)... 2 ERP Receber... 3 Consultas de Vencimentos (Chamado 27491)... 3 Resulth Business... 5 Importação de XML de Conhecimento

Leia mais

Manual Emissor Legal Atualizado 10/08/2016. Cadastro de Clientes

Manual Emissor Legal Atualizado 10/08/2016. Cadastro de Clientes Manual Emissor Legal Atualizado 10/08/2016 1.0 Menu superior Para utilizar o menu superior, clique com o mouse em cima da palavra que deseja abrir. No exemplo acima foi clicado na palavra cadastros, assim

Leia mais

TUTORIAL GERAÇÃO E VALIDAÇÃO DOS ARQUIVOS SEF II

TUTORIAL GERAÇÃO E VALIDAÇÃO DOS ARQUIVOS SEF II Apresentação A sistemática da geração de documentos digitais é formada por dois módulos distintos: o Sistema Emissor de Documentos Fiscais edoc, especializado em registrar em documento digital os dados

Leia mais

Posicionamento Consultoria de Segmentos Obrigações Acessórias para o AMPARA-RS

Posicionamento Consultoria de Segmentos Obrigações Acessórias para o AMPARA-RS Posicionamento Consultoria de Segmentos Obrigações Acessórias para o AMPARA-RS 09/11/2016 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 2.1. Procedimento SEFAZ -

Leia mais

Foi incluído no PDV o novo atalho Ctrl+W para alterar a quantidade de um item já lançado na venda.

Foi incluído no PDV o novo atalho Ctrl+W para alterar a quantidade de um item já lançado na venda. PDV 1 Novo Atalho: Alterar Quantidade Foi incluído no PDV o novo atalho Ctrl+W para alterar a quantidade de um item já lançado na venda. Futura Server 1 Novas colunas em Cadastro de ICMS Foram criadas

Leia mais

Importação XML NFE. Obs.: Se já realizava a importação pelo leitor do código de barras ignore o 1º Passo.

Importação XML NFE. Obs.: Se já realizava a importação pelo leitor do código de barras ignore o 1º Passo. Método: Pesquisa do arquivo xml. Importação XML NFE. Obs.: Se já realizava a importação pelo leitor do código de barras ignore o 1º Passo. Obs.: Este processo é para ser feito de CFOP para CFOP e não de

Leia mais

EMENDA CONSTITUCIONAL nº 87/15

EMENDA CONSTITUCIONAL nº 87/15 EMENDA CONSTITUCIONAL nº 87/15 1. Quais as operações abrangidas pela EC nº 87/15, de 16/04/2015? As operações e prestações que destinem bens e serviços a consumidor final não contribuinte do ICMS, localizado

Leia mais

CONTAS A PAGAR CADASTRO DE TÍTULOS A PAGAR AVULSO 339

CONTAS A PAGAR CADASTRO DE TÍTULOS A PAGAR AVULSO 339 CONTAS A PAGAR Conforme a Regras de Negócio da Empresa o Contas a Pagar pode ter os títulos gerados a partir da entrada de Notas Fiscais de entrada nos seus programas específicos ou então pelo cadastramento

Leia mais

1º No módulo de Gestão Contábil é possível acessar o relatório através do menu Relatórios Diário.

1º No módulo de Gestão Contábil é possível acessar o relatório através do menu Relatórios Diário. Relatório Diário Produto : TOTVS Gestão Contábil 12.1.1 Processo : Relatórios Subprocesso : Diário Data publicação da : 05/02/2014 Migração do relatório Diário para.net com base no relatório já existente

Leia mais

Cordilheira Sistema Contábil 2.85a Conciliação Contábil

Cordilheira Sistema Contábil 2.85a Conciliação Contábil LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Inventario Saldo Inicial FS111

Inventario Saldo Inicial FS111 Inventario Saldo Inicial FS111 Sistema: Futura Server Caminho: Fiscal>Inventario>Inventario Saldo Inicial Referência: FS111 Versão: 2015.12.2 Como Funciona: Esta tela é utilizada para inserir o saldo e

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL OPERAÇÕES E PRESTAÇÕES INTERESTADUAIS DESTINADAS A CONSUMIDOR FINAL NÃO CONTRIBUINTE EC 87/15 e CONVÊNIO ICMS 93/2015 1. APRESENTAÇÃO Este documento visa traçar as orientações gerais sobre alterações promovidas

Leia mais

Documentação do processo de Balanço de Estoque

Documentação do processo de Balanço de Estoque Documentação do processo de Balanço de Estoque Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Pré-requisitos para o balanço de estoque... 3 Diminuir ao

Leia mais

FS12. Sistema: Futura Server. Caminho: Cadastros>Estoque>Produto. Referência: FS12. Versão:

FS12. Sistema: Futura Server. Caminho: Cadastros>Estoque>Produto. Referência: FS12. Versão: Como FS12 Cadastrar Produto? - Sistema: Futura Server Caminho: Cadastros>Estoque>Produto Referência: FS12 Versão: 2015.12.2 Como funciona: O menu Cadastro de Produto é utilizado para registrar os produtos

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA MÓDULO FINANCEIRO PIRACICABA, 15 DE NOVEMBRO DE 2016 VERSÃO 1.1 BETA

MANUAL DO SISTEMA MÓDULO FINANCEIRO PIRACICABA, 15 DE NOVEMBRO DE 2016 VERSÃO 1.1 BETA MANUAL DO SISTEMA MÓDULO FINANCEIRO PIRACICABA, 15 DE NOVEMBRO DE 2016 VERSÃO 1.1 BETA 1 Índice Pág. Características Técnicas... 3 Atalho Módulo Financeiro... 4 Contas à Pagar... 5 Contas à Receber...

Leia mais

Emitir Notas (NFS-e) - Fly e-nota

Emitir Notas (NFS-e) - Fly e-nota Emitir Notas (NFS-e) - Fly e-nota 1. Como emitir Notas Fiscais no Fly e-nota Para emissão de NFS-e, é necessário que o prestador esteja devidamente autorizado a realizar este processo. Após acessar o módulo

Leia mais

O que é isso? Emenda Constitucional nº 87/2015; Convênio ICMS 93/2015; NF-e Nota Técnica 2015/003; Ajuste SINIEF 5/2015; Lei 15.863/2015 SEFAZ/CE Decreto??? Alíquotas do ICMS = 7%, 12%, 4%; Alíquota

Leia mais

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão VERSÃO 008.017 NOVID AD ES E MELHORIAS E104A8 Jéssica Pinheiro 28/10/2015 2/28 NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION Versão 008.017 1. Configuração para envio DDI AGCO.... 4 2. Configuração para definição da

Leia mais

ORIENTAÇÃO - VENDAS A CONSUMIDOR FINAL NÃO CONTRIBUINTE NA EFD (EC 87/15) Aguardar a regulamentação por Decreto do Governo Estadual

ORIENTAÇÃO - VENDAS A CONSUMIDOR FINAL NÃO CONTRIBUINTE NA EFD (EC 87/15) Aguardar a regulamentação por Decreto do Governo Estadual ORIENTAÇÃO - VENDAS A CONSUMIDOR FINA NÃO CONTRIBUINTE NA EFD (EC 87/15) Aguardar a regulamentação por Decreto do Governo Estadual Os contribuintes com regime de pagamento normal, obrigados à entrega da

Leia mais

CADASTRO DE EXCEÇÕES PIS/COFINS

CADASTRO DE EXCEÇÕES PIS/COFINS Apresentação Este tutorial descreve sobre o processo para cadastro de exceções de tributação de PIS/COFINS e orientações gerais de execução da rotina 1000 Processamentos Fiscais para o recálculo de PIS/COFINS.

Leia mais

NOVA CONFIGURAÇÃO TRIBUTAÇÃO DE PIS E COFINS

NOVA CONFIGURAÇÃO TRIBUTAÇÃO DE PIS E COFINS NOVA CONFIGURAÇÃO TRIBUTAÇÃO DE PIS E COFINS O método de configuração e tributação anterior não atendia as necessidades de grupos empresariais com regimes de apuração distintos, dentro do mesmo banco de

Leia mais

Carnê de Pagamento. Copyright ControleNaNet

Carnê de Pagamento. Copyright ControleNaNet Este manual é parte integrante do Software On-line Carnê de Pagamento Concebido pela equipe técnica de ControleNaNet. http://www.controlenanet.com.br Todos os direitos reservados. Copyright 2015-2017 ControleNaNet

Leia mais

AFFINCO NF. Tela de login do sistema: Tela inicial:

AFFINCO NF. Tela de login do sistema: Tela inicial: Conteúdo AFFINCO NF... 2 Tela de login do sistema:... 2 Tela Inicial:... 2 Cadastro da empresa:... 3 Alterando logo tipo da empresa:... 4 Cadastro de clientes:... 5 Cadastro de pessoa física:... 5 Cadastro

Leia mais

Cordilheira Recursos Humanos 2.101b

Cordilheira Recursos Humanos 2.101b LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Manual. Sistema Venus 2.0. (Módulo Financeiro)

Manual. Sistema Venus 2.0. (Módulo Financeiro) Manual Do Sistema Venus 2.0 (Módulo Financeiro) 1 Tela Principal: Esta é a tela principal do módulo financeiro, aqui trabalhamos com: Contas a Receber, Contas a Pagar, Controle de cheques recebidos, vendas

Leia mais

PROTOCOLO DE ENTREGA DE DOCUMENTOS

PROTOCOLO DE ENTREGA DE DOCUMENTOS PROTOCOLO DE ENTREGA DE DOCUMENTOS 1 Entendendo o Negócio: Para melhorar o controle interno empresarial no que diz respeito a documentos derivados do faturamento da empresa, foi desenvolvido no Sistema

Leia mais

SMART CADASTRO DE EMPRESA

SMART CADASTRO DE EMPRESA SMART CADASTRO DE EMPRESA -> Cadastros/ Parâmetros/ Empresa O objetivo principal é cadastrar dados relacionados a Empresa (razão social da empresa, fantasia, alíquotas para cálculo de custos) conforme

Leia mais

Movimento do Caixa

Movimento do Caixa Movimento do Caixa http://www.controlenanet.com.br Este manual é parte integrante do Software On-line Movimento do Caixa Concebido pela equipe técnica de ControleNaNet. http://www.controlenanet.com.br

Leia mais

NOTA FISCAL ÚNICA. ❶ Acessar o Sistema GENESIS. a) Na aba Emissões selecionar Nota Fiscal / Única, ou CTRL+N. b) Surgira a Janela abaixo:

NOTA FISCAL ÚNICA. ❶ Acessar o Sistema GENESIS. a) Na aba Emissões selecionar Nota Fiscal / Única, ou CTRL+N. b) Surgira a Janela abaixo: NOTA FISCAL ÚNICA ❶ Acessar o Sistema GENESIS. a) Na aba Emissões selecionar Nota Fiscal / Única, ou CTRL+N. b) Surgira a Janela abaixo: Esta é a Janela principal da Nota Fiscal Única. Imagem 03.1 [ 1

Leia mais

ICMS Vendas Interestaduais para Consumidor Final EC 87/15

ICMS Vendas Interestaduais para Consumidor Final EC 87/15 ICMS Vendas Interestaduais para Consumidor Final EC 87/15 Palestrante: Márcio Schuch Silveira, Contador, Mestre em Ciências Contábeis, Empresário Contábil, Vice Presidente Técnico do CRCRS e professor

Leia mais

Como Realizar o Cadastro de Comandas Extraviadas? FGS17

Como Realizar o Cadastro de Comandas Extraviadas? FGS17 Como Realizar o Cadastro de Comandas Extraviadas? FGS17 Sistema: Gourmet Server Caminho: Cadastros>Restaurante>Comandas Extraviadas Referência: FGS17 Versão: 2016.04.11 Como funciona: A tela de Comandas

Leia mais

Guia de Implantação Bluesoft ERP Tesouraria Menu Rápido

Guia de Implantação Bluesoft ERP Tesouraria Menu Rápido Guia de Implantação Bluesoft ERP Tesouraria Menu Rápido O objetivo deste guia é fornecer um roteiro para a implantação módulo Menu Rápido do sistema Bluesoft ERP. O que é Tesouraria Menu Rápido? Tesouraria

Leia mais

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão VERSÃO 008.020 NOVID AD ES E MELHORIAS E120A9 Jéssica Pinheiro 20/12/2016 2/39 NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION Versão 008.020 1. Informação da política de prazo e número de parcelas no Frente de Caixa....

Leia mais

1. Geração da EFD Pis/Cofins revisado. (Pct. 3815).

1. Geração da EFD Pis/Cofins revisado. (Pct. 3815). 1. Geração da EFD Pis/Cofins revisado. (Pct. 3815). Disponibilizada nova versão revisada da geração do arquivo magnético da EFD Pis/Cofins, compatibilizada com as regras publicadas até a última versão

Leia mais

ICMS OPERAÇÕES COM CONSUMIDOR FINAL. Perguntas & Respostas

ICMS OPERAÇÕES COM CONSUMIDOR FINAL. Perguntas & Respostas ICMS OPERAÇÕES COM CONSUMIDOR FINAL Perguntas & Respostas EMENDA CONSTITUCIONAL 87/2015 PRINCIPAIS CARACTERÍSITCAS PERGUNTAS E RESPOSTAS 1) O que é? A EC 87/2015 altera a sistemática de cobrança do ICMS

Leia mais

Sumário 1. Inicializando o Sistema Arquitetura do Sistema Consulta Rápida de Veículos Informações Gerais...

Sumário 1. Inicializando o Sistema Arquitetura do Sistema Consulta Rápida de Veículos Informações Gerais... 1 Sumário 1. Inicializando o Sistema... 3 2. Arquitetura do Sistema... 5 2.1. Menu... 5 2.1.1. Detalhamento do Menu e Submenu... 5 2.2. Barra de Ferramentas... 6 2.2.1. Ações... 6 2.2.2. Crédito Disponível...

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 CORDILHEIRA GERENCIADOR DE SISTEMAS - 2.48A 1 - Alterada a rotina de Backup do Sistema, em Utilitários, para que seja possível

Leia mais

Inventário Rotativo (Coletor de Dados)

Inventário Rotativo (Coletor de Dados) Inventário Rotativo (Coletor de Dados) Inventario Rotativo com coletor Conceito O conceito do inventário rotativo no WinThor, é atualizar as quantidades do estoque no sistema por filiais (estoque lógico)

Leia mais

Como Fazer Renegociação de Parcelas (Contas a Pagar)? FS145

Como Fazer Renegociação de Parcelas (Contas a Pagar)? FS145 Como Fazer Renegociação de Parcelas (Contas a Pagar)? FS145 Sistema: Futura Server Caminho: Contas a Pagar>Renegociação de Parcelas Referência: FS145 Versão: 2016.03.15 Como Funciona: Esta tela é utilizada

Leia mais

Procedimento. Levantamento de Estoque e recolhimento do imposto. Contribuintes sujeitos ao Regime Periódico de Apuração - RPA

Procedimento. Levantamento de Estoque e recolhimento do imposto. Contribuintes sujeitos ao Regime Periódico de Apuração - RPA Procedimento Levantamento de Estoque e recolhimento do imposto Contribuintes sujeitos ao Regime Periódico de Apuração - RPA O contribuinte substituído, sujeito ao Regime Periódico de Apuração - RPA que,

Leia mais