Serviços de Comunicações Capítulo 3

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Serviços de Comunicações Capítulo 3"

Transcrição

1 Capítulo 3 A Camada de Transporte da Arquitectura TCP/IP 3.1 Portos e Sockets 3.2 O Protocolo UDP 3.3 O Protocolo TCP Portos e Sockets A Camada de Transporte fornece transferência de dados fim-a-fim Ligação fim-a-fim entre duas aplicações: necessário identificar de forma unívoca cada um dos processos associados Conceito de processo: Um processo corresponde a uma instância activa de uma aplicação num determinado momento A cada processo é atribuído um identificador de processo (PID), único no sistema em que está a correr, e que pode ser diferente de cada vez que essa aplicação é iniciada 2

2 3.1. Portos e Sockets Conceito de processo (cont.): O processo de um programa "Servidor" pode ter várias conexões, para múltiplos clientes, ao mesmo tempo, logo os identificadores de conexões podem não ser únicos Surgem assim os conceitos de Porto e de Socket, como formas de identificar de maneira uniforme e única conexões entre programas e respectivos hosts associados, de forma independente dos PID s locais Portos e Sockets - Conceito de Porto Porto: identificador perante a pilha TCP/IP de um processo que pretende comunicar com outro número de 16 bits, usado pelos protocolos host-to-host para identificar que protocolo de nível superior ou que aplicação pretende estabelecer comunicação com outra Existem dois tipos de portos: well-known (bem conhecidos) ephemeral (efémeros) 4

3 3.1. Portos e Sockets - Conceito de Porto Portos well-known: são associados a servidores standard (p. e. o daemon servidor Telnetd usa o porto 23) São identificados por números, que variam entre 1 e 1023 Os portos well-known são controlados e atribuídos pela IANA, encontrando-se definidos no STD 2 - Assigned Internet Numbers Portos e Sockets - Conceito de Porto Alguns dos portos standard mais utilizados: 20: ftp-data 21: ftp 23: telnet 25: smtp 53: domain 80: http 110: pop3 143: imap 6

4 3.1. Portos e Sockets - Conceito de Porto Portos ephemeral: Os clientes não precisam de utilizar números de portos well-known, já que são eles que iniciam a comunicação com os servidores, enviando assim o número do seu porto nos datagramas valores desde o número 1024 até Os clientes podem usar qualquer número que lhes seja alocado, desde que a combinação <protocolo de transporte, endereço IP, porto> seja única Estes portos não são controlados pela IANA, podendo ser utilizados "livremente" pelos utilizadores Portos e Sockets - Conceito de Porto 8

5 3.1. Portos e Sockets - Conceito de Porto Portos e Sockets - Conceito de Porto 10

6 3.1. Portos e Sockets - Conceito de Socket Interface de Sockets: application programming interface - (API) para protocolos de comunicação Socket: é um tipo especial de descritor de ficheiro (file handle), que é usado pelos processos para requisitar serviços de rede ao sistema operativo O endereço de um socket é obtido através do triplo: <protocol, local-address, local-process> Exemplo, para a arquitectura TCP/IP: <tcp, , 12549> Uma conversação é a ligação que permite comunicação entre dois processos O conjunto <protocol, local-address, local-process, foreign-address, foreign-process> é denominado associação, especificando de forma completa dois processos com uma ligação estabelecida Exemplo, na pilha TCP/IP: <tcp, , 1500, , 21> 11 Protocolo UDP User Datagram Protocol (RFC 768): 3.2. Protocolo UDP protocolo que permite o estabelecimento de uma conexão fim-a-fim (ao nível da camada de transporte do TCP/IP) funciona como um interface de aplicação do IP, NÃO adicionando fiabilidade, controlo de fluxo ou recuperação de erros a este simplesmente serve como um multiplexador/desmultiplexador para envio e recepção de datagramas, usando portos para os guiar fornece um mecanismo que permite a uma aplicação enviar datagramas para outra 12

7 3.2. Protocolo UDP Multiplexador/Desmultiplexador Protocolo UDP O nível de actuação do UDP pode ser visto como extremamente leve, introduzindo pouco overhead Em contrapartida, exige às aplicações a responsabilidade pela recuperação de erros, verificação da sequenciação, etc Cada datagrama UDP é enviado em simples datagramas IP, que podem ser fragmentados pelo nível IP, e posteriormente reassemblados no destino, antes de ser apresentados ao nível UDP Qualquer implementação IP tem de aceitar datagramas até 576 bytes Considerando um máximo de 60 bytes para o cabeçalho IP, restam 516 bytes para tamanho mínimo de um segmento UDP 14

8 3.2. Protocolo UDP Formato do cabeçalho Protocolo UDP - Aplicações Algumas aplicações que usam tráfego UDP: Trivial file Transfer Protocol (TFTP) Domain Name System (DNS) Remote Procedure Call (RPC) Simple Network Management Protocol (SNMP) Lightweight Directory Access Protocol (LDAP) 16

9 3.3. Protocolo TCP Protocolo TCP Transmission Control Protocol (RFC 793): Tem como objectivo principal fornecer um canal de comunicação lógico fiável entre pares de processos Não assume fiabilidade de comunicação nos protocolos de nível inferior (p. e. IP), garantindo ele próprio essa fiabilidade Fornece às aplicações bastante mais facilidades que o UDP, nomeadamente recuperação de erros, controlo de fluxo e fiabilidade Protocolo orientado à conexão, ao contrário do UDP, que é não orientado à conexão Protocolo TCP 18

10 3.3. Protocolo TCP - Características Transferência de Sequências de Dados: do ponto de vista das aplicações, o TCP transfere sequências contínuas de bytes através da rede a aplicação não tem de se preocupar em agrupar os dados em blocos ou datagramas, já que o TCP realiza esta tarefa, agrupando os bytes a transferir em segmentos TCP, que são passados de seguida ao IP para serem transmitidos Protocolo TCP - Características Transferência de Sequências de Dados (cont.): 20

11 3.3. Protocolo TCP - Características Sequenciação: o TCP atribui um número de sequência a cada byte transmitido e espera uma confirmação positiva (positive acknowledgement - ACK) do host de destino Se o ACK não é recebido durante um intervalo de timeout, os dados são retransmitidos Se os dados forem transmitidos em blocos (segmentos TCP), é enviado apenas o número de sequência do primeiro byte de dados O TCP de destino usa os números de sequência para reagrupar os segmentos, quando estes chegam fora de ordem, bem como para eliminar segmentos duplicados Protocolo TCP - Características Controlo de Fluxo: o TCP de destino, quando envia um ACK para a origem, indica também qual o número de bytes que pode receber a seguir, sem causar congestionamento dos seus buffers A informação de controlo de fluxo é enviada no ACK na forma do maior número de sequência que pode receber sem problemas Este mecanismo é também conhecido como o princípio das Janelas Deslizantes 22

12 3.3. Protocolo TCP - Características Controlo de Fluxo Princípio das Janelas Deslizantes Protocolo TCP - Características Multiplexagem: é fornecida recorrendo ao uso dos portos, da mesma forma que o UDP Conexões lógicas: A sequênciação e o controlo de fluxo necessitam que o TCP inicialize e mantenha determinada informação de estado para cada sequência de dados O conjunto desta informação, que inclui os sockets usados, números de sequência e tamanho das janelas é denominado conexão lógica Cada conexão é identificada de forma unívoca por um par de sockets Full Duplex: o TCP fornece tranferência de sequências de dados, de forma concorrente, em ambas as direcções 24

13 3.3. Protocolo TCP - Cabeçalho Protocolo TCP Abertura de Conexão 26

14 3.3. Protocolo TCP Confirmação e Retransmissões Protocolo TCP Controlo de Congestão Uma das principais diferenças entre o TCP e o UDP está nos algoritmos de controlo de congestão O TCP pode adaptar o fluxo de dados do emissor à capacidade da rede, para prevenir potenciais situações de congestão As modernas implementações do TCP contém quatro algoritmos standard para a realização desta tarefa: Slow Start Congestion Avoidance Fast Retransmit Fast Recovery 28

15 3.3. Protocolo TCP Slow Start As implementações mais antigas do TCP costumavam iniciar uma conexão com o emissor a injectar múltiplos segmentos na rede, até atingir o limite imposto pelo window size anunciado pelo receptor Se este comportamento não levanta problemas de maior em LAN s, já em WAN s, que incluem encaminhadores intermédios, e podem incluir ligações lentas pelo meio, podem surgir problemas. Nesta situação os encaminhadores intermédios podem começar a descartar pacotes, a partir do momento em que os seus buffers atingem um limite Protocolo TCP Slow Start O algoritmo Slow Start previne esta situação, iniciando o envio dos dados a débitos baixos, e, conforme se vai apercebendo das capacidades do canal, vai aumentando progressivamente este débito, até ao máximo possível sem entrar em congestão O emissor começa por enviar um segmento e espera pelo seu ACK Quando este é recebido, incrementa a congestion window de um para dois, enviando então de seguida dois segmentos sem esperar pelos respectivos ACK Quando estes chegarem incrementa novamente o congestion window para quatro, e assim sucessivamente Este aumento exponencial termina quando o receptor começa a atrasar o envio dos ACK, que é a forma deste regular o débito do emissor 30

16 3.3. Protocolo TCP Slow Start Protocolo TCP Congestion Avoidance A perda de um pacote, indica que pode haver congestão algures na rede Existem duas indicações base de pacotes perdidos: quando ocorre um timeout e quando são recebidos ACKs duplicados O algoritmo Congestion Avoidance, que funciona em conjunto com o Slow Start, permite recuperar de situações de congestão evitando reinicialização completa do estado do canal 32

17 3.3. Protocolo TCP Fast Retransmit O algoritmo Fast Retransmit evita que o TCP tenha de esperar pela ocorrência de um timeout para reenviar segmentos perdidos Quando um pacote chega fora de ordem, o TCP gera e envia imediatamente um conjunto de ACK duplicados (do último segmento recebido dentro da ordem) Este ACK duplicado vai indicar ao emissor que foram recebidos segmentos fora de ordem, e qual é a sequência correcta que o receptor espera Protocolo TCP Fast Retransmit 34

18 3.3. Protocolo TCP Fast Recovery O algoritmo Fast Recovery é implementado em conjunto com o Fast Retransmit, permitindo acelerar o processo de recuperação de situações de congestão Nesta situação, após a aplicação do Fast Retransmit, aplica-se o algoritmo Congestion Avoidance, em vez do Slow Start, permitindo uma recuperação mais rápida 35

PROTOCOLOS DE COMUNICAÇÃO

PROTOCOLOS DE COMUNICAÇÃO PROTOCOLOS DE COMUNICAÇÃO 3º ANO / 2º SEMESTRE 2014 INFORMÁTICA avumo@up.ac.mz Ambrósio Patricio Vumo Computer Networks & Distribution System Group Serviços de Transporte na Internet Arquitectura TCP/IP

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Camada de Transporte Antonio Alfredo Ferreira Loureiro loureiro@dcc.ufmg.br Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal de Minas Gerais UFMG/DCC Redes de Computadores

Leia mais

Redes TCP/IP. Prof. M.Sc. Alexandre Fraga de Araújo. INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Campus Cachoeiro de Itapemirim

Redes TCP/IP. Prof. M.Sc. Alexandre Fraga de Araújo. INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Campus Cachoeiro de Itapemirim Redes TCP/IP alexandref@ifes.edu.br Camada de Transporte 2 Camada de Transporte Função: Fornecer comunicação lógica entre processos de aplicação em diferentes hospedeiros. Os protocolos de transporte são

Leia mais

Camada de Transporte Protocolos TCP e UDP

Camada de Transporte Protocolos TCP e UDP Arquitetura de Redes de Computadores e Tecnologia de Implementação de Redes 2016.1 Camada de Transporte Protocolos TCP e UDP Curso Técnico Integrado em Informática Turma: INT.INF.3M Arquitetura de Redes

Leia mais

Protocolos de Interligação de Redes Locais e a Distância Protocolos de Transporte. Thiago Leite

Protocolos de Interligação de Redes Locais e a Distância Protocolos de Transporte. Thiago Leite Interligação de Redes Locais e a Distância Protocolos de Thiago Leite thiago.leite@udf.edu.br 1 Quadros (enlace), datagrama (rede) e segmento (transporte) 2 Funções da camada de transporte Transferência

Leia mais

Protocolos de Rede. Protocolos em camadas

Protocolos de Rede. Protocolos em camadas Protocolos de Rede Prof. Alexandre Beletti Protocolos em camadas Existem protocolos em diferentes camadas dos modelos de estudo (OSI e TCP/IP) Lembre-se de diferencias tipos de programas de tipos de protocolos

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Camada de Transporte Parte I Prof. Thiago Dutra Agenda n Parte I n Introdução n Protocolos de Transporte Internet n Multiplexação e n UDP n Parte II n TCP

Leia mais

Redes de Computadores. Trabalho de Laboratório Nº7

Redes de Computadores. Trabalho de Laboratório Nº7 Redes de Computadores Curso de Eng. Informática Curso de Eng. de Electrónica e Computadores Trabalho de Laboratório Nº7 Análise do tráfego na rede Protocolos TCP e UDP Objectivo Usar o Ethereal para visualizar

Leia mais

Redes de Computadores. Protocolos TCP/IP

Redes de Computadores. Protocolos TCP/IP Redes de Computadores Protocolos TCP/IP Sumário 2! Endereços IP (lógicos) Sub-redes! Endereços Ethernet (físicos)! Conversão de endereços IP/Ethernet! Pacotes IP! Números de portos! Segmentos UDP! Segmentos

Leia mais

Prof. Marcelo Cunha Parte 6

Prof. Marcelo Cunha Parte 6 Prof. Marcelo Cunha Parte 6 www.marcelomachado.com ARP (Address Resolution Protocol) Protocolo responsável por fazer a conversão entre os endereços IPs e os endereços MAC da rede; Exemplo: Em uma rede

Leia mais

Redes de comunicação. Mod 2 Redes de computadores. Professor: Rafael Henriques

Redes de comunicação. Mod 2 Redes de computadores. Professor: Rafael Henriques Redes de comunicação Mod 2 Redes de computadores 1 Professor: Rafael Henriques Apresentação 2 Professor: Rafael Henriques Introdução às redes de computadores; Tipos de rede; Diagramas de encaminhamento;

Leia mais

Redes de Computadores. A arquitectura protocolar TCP/IP

Redes de Computadores. A arquitectura protocolar TCP/IP A arquitectura protocolar TCP/IP A arquitectura TCP/IP! Possui apenas 4 camadas ou níveis Aplicação FTP Telnet HTTP Transporte TCP UDP Rede IP Acesso à Rede Ethernet Pacotes por rádio ponto a ponto 2 Nível

Leia mais

CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes. Módulo 11 Camada de Transporte TCP/IP Camada de Aplicação

CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes. Módulo 11 Camada de Transporte TCP/IP Camada de Aplicação CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes Módulo 11 Camada de Transporte TCP/IP Camada de Aplicação Camada de Transporte TCP/IP 2 Introdução à Camada de Transporte As responsabilidades principais da camada de

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES 09/2013 Cap.3 Protocolo TCP e a Camada de Transporte 2 Esclarecimentos Esse material é de apoio para as aulas da disciplina e não substitui a leitura da bibliografia básica. Os professores

Leia mais

CAMADA DE TRANSPORTE

CAMADA DE TRANSPORTE Curso Técnico de Redes de Computadores Disciplina de Fundamentos de Rede CAMADA DE TRANSPORTE Professora: Juliana Cristina de Andrade E-mail: professora.julianacrstina@gmail.com Site: www.julianacristina.com

Leia mais

Canais de Comunicação

Canais de Comunicação Canais de Comunicação February 24, 2010 Sumário Comunicação via Mensagens Propriedades dum Canal de Comunicação Protocolos da Internet UDP TCP Aplicação Distribuída O que é? É uma aplicação que consiste

Leia mais

Introdução. Engenharia Informática

Introdução. Engenharia Informática Capítulo 1 Introdução 1 1.1. Protocolos e Arquitecturas Protocolo: conjunto de convenções/regras mutuamente aceites por duas entidades/sistemas e que regem a comunicação entre ambos, definindo aspectos

Leia mais

Camada de Transporte, protocolos TCP e UDP

Camada de Transporte, protocolos TCP e UDP Camada de Transporte, protocolos TCP e UDP Conhecer o conceito da camada de transporte e seus principais protocolos: TCP e UDP. O principal objetivo da camada de transporte é oferecer um serviço confiável,

Leia mais

Funções da Camada de

Funções da Camada de Camada de Transporte Funções da Camada de Transporte Responsável pela movimentação de dados, de forma eficiente e confiável, entre processos em execução nos equipamentos conectados a uma rede de computadores,

Leia mais

Redes de Computadores. Camada de Transporte4. A necessidade por um serviço o de transporte confiável

Redes de Computadores. Camada de Transporte4. A necessidade por um serviço o de transporte confiável Redes de Computadores Camada de Transporte Antonio Alfredo Ferreira Loureiro loureiro@dcc.ufmg.br Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal de Minas Gerais A necessidade por um serviço

Leia mais

Capítulo 11 - Camada de Transporte TCP/IP e de Aplicação. Associação dos Instrutores NetAcademy - Julho de 2007 - Página

Capítulo 11 - Camada de Transporte TCP/IP e de Aplicação. Associação dos Instrutores NetAcademy - Julho de 2007 - Página Capítulo 11 - Camada de Transporte TCP/IP e de Aplicação 1 Introdução à Camada de Transporte Camada de Transporte: transporta e regula o fluxo de informações da origem até o destino, de forma confiável.

Leia mais

Programação TCP/IP. Protocolos TCP e UDP

Programação TCP/IP. Protocolos TCP e UDP Programação TCP/IP Protocolos TCP e UDP Tecnologia em Redes de Computadores Unicesp Campus I Prof. Roberto Leal Visão Geral da Camada de Transporte 2 1 Protocolo TCP Transmission Control Protocol Protocolo

Leia mais

Redes de Computadores. Protocolos de comunicação: TCP, UDP

Redes de Computadores. Protocolos de comunicação: TCP, UDP Redes de Computadores Protocolos de comunicação: TCP, UDP Introdução ao TCP/IP Transmission Control Protocol/ Internet Protocol (TCP/IP) é um conjunto de protocolos de comunicação utilizados para a troca

Leia mais

A Camada de Transporte

A Camada de Transporte A Camada de Transporte Romildo Martins Bezerra CEFET/BA s de Computadores II Funções da Camada de Transporte... 2 Controle de conexão... 2 Fragmentação... 2 Endereçamento... 2 Confiabilidade... 2 TCP (Transmission

Leia mais

Lista de exercícios - 1º bimestre 2016 REDES

Lista de exercícios - 1º bimestre 2016 REDES Lista de exercícios - 1º bimestre 2016 REDES Jean Nicandros Stragalinos Neto. Prontuário: 1616251. Curso: ADS 2º Módulo. 1) Desenhe duas redes com 7 e 8 computadores e defina a configuração IP de cada

Leia mais

Redes de Computadores (LTIC) 2013/14. Grupo 1 (9 valores) 2º Teste (Frequência) 19 de Junho de Nome:

Redes de Computadores (LTIC) 2013/14. Grupo 1 (9 valores) 2º Teste (Frequência) 19 de Junho de Nome: Redes de Computadores (LTIC) 2013/14 Departamento de Informática da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa 2º Teste (Frequência) 19 de Junho de 2014 ATENÇÃO: A duração da prova é de 1,5 horas

Leia mais

Redes de Computadores (LTIC) 2014/15. Parte 1 (8 valores) Exame Final (1ª Época) 24 de junho de Nome:

Redes de Computadores (LTIC) 2014/15. Parte 1 (8 valores) Exame Final (1ª Época) 24 de junho de Nome: Redes de Computadores (LTIC) 2014/15 Exame Final (1ª Época) 24 de junho de 2015 ATENÇÃO: A duração da prova é de 2,5 horas (150 minutos). Só poderá haver desistências após 60 minutos. Todas as respostas

Leia mais

Introdução. Modelo de um Sistema de Comunicação

Introdução. Modelo de um Sistema de Comunicação I 1 Comunicação de Dados e Redes de Computadores Introdução FEUP/DEEC/CDRC I 2002/03 MPR/JAR Modelo de um Sistema de Comunicação» Fonte gera a informação (dados) a transmitir» Emissor converte os dados

Leia mais

Protocolos e Arquiteturas de Redes. Thiago Leite

Protocolos e Arquiteturas de Redes. Thiago Leite Protocolos e Arquiteturas de Thiago Leite As redes são organizadas em camadas Forma de reduzir a complexidade Um conjunto de camadas forma uma pilha A função de cada camada da

Leia mais

Um pouco sobre Pacotes e sobre os protocolos de Transporte

Um pouco sobre Pacotes e sobre os protocolos de Transporte Um pouco sobre Pacotes e sobre os protocolos de Transporte O TCP/IP, na verdade, é formado por um grande conjunto de diferentes protocolos e serviços de rede. O nome TCP/IP deriva dos dois protocolos mais

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES O QUE É PROTOCOLO? Na comunicação de dados e na interligação em rede, protocolo é um padrão que especifica o formato de dados e as regras a serem seguidas. Sem protocolos, uma rede

Leia mais

Fundamentos de Redes. Protocolos de Transporte. Djamel Sadok Dênio Mariz. {jamel,dmts}@cin.ufpe.br

Fundamentos de Redes. Protocolos de Transporte. Djamel Sadok Dênio Mariz. {jamel,dmts}@cin.ufpe.br Fundamentos de Redes Protocolos de Transporte Djamel Sadok Dênio Mariz {jamel,dmts}@cin.ufpe.br Cin/UFPE, JUN/2003 1 Internet e TCP/IP Internet Agrupamento de grande quantidade de redes ao redor do mundo,

Leia mais

Redes de Computadores I Licenciatura em Eng. Informática e de Computadores 1 o Semestre, 26 de Outubro de 2005 1 o Teste A

Redes de Computadores I Licenciatura em Eng. Informática e de Computadores 1 o Semestre, 26 de Outubro de 2005 1 o Teste A Redes de Computadores I Licenciatura em Eng. Informática e de Computadores 1 o Semestre, 26 de Outubro de 2005 1 o Teste A Número: Nome: Duração: 1 hora O teste é sem consulta O teste deve ser resolvido

Leia mais

Prof RG Crespo Criptografia e Segurança das Comunicações. Introdução à segurança de protocolos. Pilha de protocolos (1)

Prof RG Crespo Criptografia e Segurança das Comunicações. Introdução à segurança de protocolos. Pilha de protocolos (1) Criptografia e Segurança das Comunicações Introdução à segurança de protocolos Intr. Segurança : 1/10 Pilha de protocolos (1) O modelo de comunicação mais divulgado em redes de computadores é a Internet:

Leia mais

Arquitetura da Internet TCP/IP

Arquitetura da Internet TCP/IP Arquitetura da Internet TCP/IP A Internet Internet é a rede mundial de computadores, à qual estão conectados milhões de computadores do mundo todo; A idéia de concepção de uma rede mundial surgiu nos Estados

Leia mais

CCNA 2 Conceitos Básicos de Roteadores e Roteamento

CCNA 2 Conceitos Básicos de Roteadores e Roteamento CCNA 2 Conceitos Básicos de Roteadores e Roteamento Capítulo 10 - TCP/IP Intermediário 1 Objetivos do Capítulo Descrever o TCP e sua função; Descrever a sincronização e o controle de fluxo do TCP; Descrever

Leia mais

TRANSPORTE. Prof. Me. Hélio Esperidião

TRANSPORTE. Prof. Me. Hélio Esperidião TRANSPORTE 1 Prof. Me. Hélio Esperidião DEFINIÇÃO Na arquitetura OSI, o serviço de transporte é realizado pela camada quatro. A camada de transporte fornece serviços à camada superior - de sessão Utiliza-se

Leia mais

Exercícios Redes de Comunicação de Dados

Exercícios Redes de Comunicação de Dados Exercícios Redes de Comunicação de Dados MATRÍCULA: 0) A camada da arquitetura Internet TCP/IP, responsável pela transferência de dados fim-a-fim, é a A) Física B) Enlace C) Rede D) Transporte E) Aplicação

Leia mais

Redes de Computadores I

Redes de Computadores I UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Redes de Computadores I Nível de Transporte (TCP & UDP) Prof. Helcio Wagner da Silva.

Leia mais

Redes de Comunicação de Dados

Redes de Comunicação de Dados Redes de Comunicação de Dados 1 - Objetivo O grande objetivo é a formação geral de um especialista capaz de projetar redes de computadores, tanto sob o aspecto de software quanto de hardware, a partir

Leia mais

Módulo 9 Conjunto de Protocolos TCP/IP e endereçamento IP

Módulo 9 Conjunto de Protocolos TCP/IP e endereçamento IP CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes Módulo 9 Conjunto de Protocolos TCP/IP e endereçamento IP Introdução ao TCP/IP 2 Modelo TCP/IP O Departamento de Defesa dos Estados Unidos (DoD) desenvolveu o modelo de

Leia mais

REDE DE COMPUTADORES

REDE DE COMPUTADORES SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL REDE DE COMPUTADORES camadas do Modelo de Referência ISO/OSI Pilha de Protocolos TCP Prof. Airton Ribeiro de Sousa E-mail: airton.ribeiros@gmail.com 1 Camadas

Leia mais

Padrão TCP/IP UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO CAMPUS JOÃO MONLEVADE

Padrão TCP/IP UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO CAMPUS JOÃO MONLEVADE UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO CAMPUS JOÃO MONLEVADE Padrão TCP/IP Daniel Prato da Silva Guilherme Augusto Fernandes Marcel Mariano Rocha Oliveira Marcos Antônio Cota Thairone Ezequiel de Almeida Sumário

Leia mais

DHCP. Dynamic Host Configuration Protocol

DHCP. Dynamic Host Configuration Protocol DHCP Dynamic Host Configuration Protocol DHCP Formato do pacote Local onde são colocados os tipos de comandos! DHCP O DHCP tem como principal vantagem a configuração automática de estações, sem necessidade

Leia mais

Sockets e Threads em Java

Sockets e Threads em Java Sockets e Threads em Java U N I V E R S I D A D E T E C N O L Ó G I C A F E D E R A L D O P A R A N Á D E P A R T A M E N T O A C A D Ê M I C O D E E L E T R Ô N I C A P R O F. V I T O R Y A N O Comunicação

Leia mais

TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP

TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP HTTP (Hypertext Transfer Protocol ) Protocolo usado na Internet para transferir as páginas da WWW (WEB). HTTPS (HyperText Transfer

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Parte V: Camada de Transporte 3.1 Serviços da camada de transporte 3.2 Multiplexação e demultiplexação 3.3 Transporte não orientado à conexão: UDP 3.4 Princípios de transferência

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores TCP/IP Adriano Lhamas, Berta Batista, Jorge Pinto Leite Março de 2007 Pilha TCP/IP Desenvolvido pelo Departamento de Defesa dos EUA Objectivos: garantir a comunicação sob quaisquer circunstâncias garantir

Leia mais

MODELOS DE REFERENCIA OSI TCP/IP

MODELOS DE REFERENCIA OSI TCP/IP Aula 2 MODELOS DE REFERENCIA OSI TCP/IP Curso Técnico em Telecomunicações Convergência de Redes PROGRAMA Modelos de Referência OSI TCP/IP OSI x TCP/IP 2 OSI E A COMUNICAÇÃO POR CARTA 3 HISTÓRIA No Principio

Leia mais

UNINGÁ UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR INGÁ FACULDADE INGÁ DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO ERINALDO SANCHES NASCIMENTO O MODELO TCP/IP

UNINGÁ UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR INGÁ FACULDADE INGÁ DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO ERINALDO SANCHES NASCIMENTO O MODELO TCP/IP UNINGÁ UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR INGÁ FACULDADE INGÁ DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO ERINALDO SANCHES NASCIMENTO O MODELO TCP/IP MARINGÁ 2014 SUMÁRIO 2 O MODELO TCP/IP...2 2.1 A CAMADA DE ENLACE...2

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Parte III: Camada de Transporte Março, 2012 Professor: Reinaldo Gomes reinaldo@dsc.ufcg.edu.br Camada de transporte 3.1 Serviços da camada de transporte 3.2 Multiplexação e demultiplexação

Leia mais

Fundamentos de Redes e Sistemas Distribuídos Aula 03 Camadas

Fundamentos de Redes e Sistemas Distribuídos Aula 03 Camadas Fundamentos de Redes e Sistemas Distribuídos Aula 03 Camadas Prof. Dr. Rodrigo Clemente Thom de Souza Camada de Aplicação É a única camada vista pela maioria dos usuários!!! Objetivo: Fornecer serviços

Leia mais

Redes de Telecomunicações (11382)

Redes de Telecomunicações (11382) Redes de Telecomunicações (11382) Ano Lectivo 2014/2015 * 1º Semestre Pós Graduação em Information and Communication Technologies for Cloud and Datacenter Aula 5 18/11/2014 1 Agenda Comunicação na camada

Leia mais

Infra Estruturas Computacionais. Modelos de Referência. Modelos de Referência para Redes de Computadores. Arquitetura RM-OSI/ISO. O Modelo OSI da ISO

Infra Estruturas Computacionais. Modelos de Referência. Modelos de Referência para Redes de Computadores. Arquitetura RM-OSI/ISO. O Modelo OSI da ISO Infra Estruturas Computacionais Professor: André Ferreira andre.ferreira@ifba.edu.br Material baseado: Prof. José Oliveira e outros Modelos de Referência 2/35 Modelos de Referência para Redes de Computadores

Leia mais

Modelo OSI. Marcelo Assunção 10º13. Curso Profissional Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Disciplina: Redes de Comunicação

Modelo OSI. Marcelo Assunção 10º13. Curso Profissional Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Disciplina: Redes de Comunicação Modelo OSI Marcelo Assunção 10º13 Curso Profissional Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos Disciplina: Redes de Comunicação 2013/2014 Índice Modelo OSI Open System Interconnection (OSI)

Leia mais

Informática Básica. Aula 03 Internet e conectividade

Informática Básica. Aula 03 Internet e conectividade Informática Básica Aula 03 Internet e conectividade O Protocolo de comunicação O TCP (Transmission Control Protocol) e o IP (Internet Protocol) são dois protocolos que inspiraram o nome da rede. Eles englobam

Leia mais

Introdução às camadas de transporte e de rede

Introdução às camadas de transporte e de rede capítulo 1 Introdução às camadas de transporte e de rede É por meio da camada de rede que os computadores identificam qual caminho será utilizado para transmissão de dados entre a origem e o destino de

Leia mais

Jones Bunilha Radtke. Tarefas:

Jones Bunilha Radtke. Tarefas: Faculdade de Tecnologia SENAC Pelotas Tecnólogo em Redes de Computadores Qualidade de Serviços de Rede Prof. Eduardo Monks Camada de Transporte Parte 2 Jones Bunilha Radtke Tarefas: 1.1) O algoritmo Slow

Leia mais

Rede d s d e d Com o pu p t u ado d r o es Conceitos Básicos M d o e d los o de d Re R de d s:

Rede d s d e d Com o pu p t u ado d r o es Conceitos Básicos M d o e d los o de d Re R de d s: Tecnologia em Redes de Computadores Redes de Computadores Professor: André Sobral e-mail: alsobral@gmail.com Conceitos Básicos Modelos de Redes: O O conceito de camada é utilizado para descrever como ocorre

Leia mais

Prof. Marcelo Cunha Parte 5 www.marcelomachado.com

Prof. Marcelo Cunha Parte 5 www.marcelomachado.com Prof. Marcelo Cunha Parte 5 www.marcelomachado.com Criado em 1974 Protocolo mais utilizado em redes locais Protocolo utilizado na Internet Possui arquitetura aberta Qualquer fabricante pode adotar a sua

Leia mais

Parte I: Introdução. O que é a Internet. Nosso objetivo: Visão Geral:

Parte I: Introdução. O que é a Internet. Nosso objetivo: Visão Geral: Parte I: Introdução Tarefa: ler capítulo 1 no texto Nosso objetivo: obter contexto, visão geral, sentimento sobre redes maior profundidade e detalhes serão vistos depois no curso abordagem: descritiva

Leia mais

Camada de Aplicação da Arquitetura TCP/IP

Camada de Aplicação da Arquitetura TCP/IP Arquitetura de Redes de Computadores e Tecnologia de Implementação de Redes 2016.1 Camada de Aplicação da Arquitetura TCP/IP Curso Técnico Integrado em Informática Turma: INT.INF.3M Arquitetura de Redes

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Capítulo 1 Gustavo Reis gustavo.reis@ifsudestemg.edu.br - O que é a Internet? - Milhões de elementos de computação interligados: hospedeiros = sistemas finais - Executando aplicações

Leia mais

Computadores Digitais 2. Prof. Rodrigo de Souza Couto

Computadores Digitais 2. Prof. Rodrigo de Souza Couto Computadores Digitais 2 Linguagens de Programação DEL-Poli/UFRJ Prof. Miguel Campista ATENÇÃO Esta apresentação foi retirada e adaptada dos seguintes trabalhos: Notas de aula do Prof. Miguel Campista da

Leia mais

Camada de Transporte. Agenda. O serviço de transporte; Elementos dos protocolos de transporte; Protocolo UDP; Protocolo TCP; Implementação de sockets.

Camada de Transporte. Agenda. O serviço de transporte; Elementos dos protocolos de transporte; Protocolo UDP; Protocolo TCP; Implementação de sockets. BCC361 Redes de Computadores Universidade Federal de Ouro Preto Departamento de Ciência da Computação Prof. Reinaldo Silva Fortes www.decom.ufop.br/reinaldo 2012/01 Camada Nome 5 Aplicação 4 Transporte

Leia mais

Redes de Computadores II

Redes de Computadores II Redes de Computadores II UDP Prof: Ricardo Luís R. Peres Tem como objetivo prover uma comunicação entre dois processos de uma mesma sessão que estejam rodando em computadores dentro da mesma rede ou não.

Leia mais

TRANSMISSÃO DE DADOS Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar

TRANSMISSÃO DE DADOS Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar - Aula 1-1. A CAMADA DE ENLACE DE DADOS (Parte 1) Relembrando as aulas do semestre passado quando estudamos os modelos de referência, lembramos que a Camada de Enlace de Dados é a camada responsável pela

Leia mais

Curso de Pós-Graduação Lato-Sensu em Redes de Computadores. Arquitetura TCP/IP. Hermes Senger DC/UFSCar 2012

Curso de Pós-Graduação Lato-Sensu em Redes de Computadores. Arquitetura TCP/IP. Hermes Senger DC/UFSCar 2012 Curso de Pós-Graduação Lato-Sensu em Redes de Computadores Arquitetura TCP/IP Hermes Senger DC/UFSCar 2012 Nota: Notas de aula do prof. Hélio Crestana Guardia. Objetivos do Curso: Apresentar a arquitetura

Leia mais

Introdução à Programação Sockets

Introdução à Programação Sockets 2002-2015 Volnys Bernal 1 Introdução à Programação Sockets Volnys Borges Bernal volnys@lsi.usp.br Departamento de Sistemas Eletrônicos Escola Politécnica da USP 2002-2015 Volnys Bernal 2 Agenda Interface

Leia mais

Módulo 08 - Protocolo IP Página 1. Tecnologia de Redes. Volnys B. Bernal Versão de 15/06/2000. Agenda. Tecnologia de Redes

Módulo 08 - Protocolo IP Página 1. Tecnologia de Redes. Volnys B. Bernal Versão de 15/06/2000. Agenda. Tecnologia de Redes Módulo 08 - Protocolo Página 1 Volnys B. Bernal (c) 1 Volnys B. Bernal (c) 2 Tecnologia de Redes Protocolo Transmission Control Protocol Agenda Introdução Pacote Utilitários Volnys Borges Bernal volnys@lsi.usp.br

Leia mais

Modelo em camadas. As redes de computadores são sistemas muito complexos; Decomposição dos sistemas em elementos realizáveis

Modelo em camadas. As redes de computadores são sistemas muito complexos; Decomposição dos sistemas em elementos realizáveis Modelo Geral de Comunicação Modelo em camadas As redes de computadores são sistemas muito complexos; Decomposição dos sistemas em elementos realizáveis A maioria das redes são organizadas como uma série

Leia mais

Camada de Transporte TCP/IP e Aplicação

Camada de Transporte TCP/IP e Aplicação Universidade do Sul de Santa Catarina Camada de Transporte TCP/IP e Aplicação 1 Camada de Transporte Os serviços de transporte incluem os seguintes serviços básicos: Segmentação de dados de aplicações

Leia mais

Rede de Computadores

Rede de Computadores Escola de Ciências e Tecnologia UFRN Rede de Computadores Prof. Aquiles Burlamaqui Nélio Cacho Luiz Eduardo Eduardo Aranha ECT1103 INFORMÁTICA FUNDAMENTAL Manter o telefone celular sempre desligado/silencioso

Leia mais

Tecnologia de Redes. Arquitetura de Rede de Computadores

Tecnologia de Redes. Arquitetura de Rede de Computadores Volnys B. Bernal (c) 1 Tecnologia de Redes Arquitetura de Rede de Computadores Volnys Borges Bernal volnys@lsi.usp.br http://www.lsi.usp.br/~volnys Volnys B. Bernal (c) 2 Agenda Modelo de Referênica OSI

Leia mais

Capítulo 1 PROTOCOLOS FUNDAMENTAIS DA INTERNET

Capítulo 1 PROTOCOLOS FUNDAMENTAIS DA INTERNET Capítulo 1 PROTOCOLOS FUNDAMENTAIS DA INTERNET protocolos TCP/IP são um conjunto de standards que permitem que computadores de todas marcas e feitios comuniquem entre si Algumas datas históricas: 1968

Leia mais

Transferência de Arquivo: Protocolo FTP

Transferência de Arquivo: Protocolo FTP Para iniciar uma sessão FTP (File Transfer Protocol) típica e acessar uma conta, o usuário deve fornecer uma identificação e uma senha; Após a identificação o usuário pode realizar operações de transferência

Leia mais

A CAMADA DE TRANSPORTE

A CAMADA DE TRANSPORTE UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ Centro de Tecnologia Departamento de Informática Redes de Computadores A CAMADA DE TRANSPORTE Prof.: Mauro Henrique Mulati A CAMADA DE TRANSPORTE Roteiro TCP 2 A CAMADA

Leia mais

Fornecer serviços independentes da tecnologia da subrede; Esconder do nível de transporte o número, tipo e a topologia das subredes existentes;

Fornecer serviços independentes da tecnologia da subrede; Esconder do nível de transporte o número, tipo e a topologia das subredes existentes; 2.3 A CAMADA DE REDE Fornece serviços para o nível de transporte, sendo, freqüentemente, a interface entre a rede do cliente e a empresa de transporte de dados (p.ex. Embratel). Sua principal função é

Leia mais

Modelo de Camadas. Redes de Computadores

Modelo de Camadas. Redes de Computadores Modelo de Camadas Redes de Computadores Sumário Visão Geral de uma Rede de Computadores Protocolos Modelo de Camadas Porque utilizar Tipos de Modelos de Referência Modelo de Referência ISO/OSI Histórico

Leia mais

Fundamentos. Aplicação. Sessão Transporte OSI Transporte TCP/IP. Física

Fundamentos. Aplicação. Sessão Transporte OSI Transporte TCP/IP. Física Fundamentos O protocolo TCP/IP atualmente é o protocolo mais utilizado em redes locais. Isso se deve basicamente à popularização da Internet, a rede mundial de computadores, já que esse protocolo foi criado

Leia mais

Arquitetura de Redes de Computadores - aula 2

Arquitetura de Redes de Computadores - aula 2 Roteiro Arquitetura de s de Computadores - aula 2 Prof. Celso Rabelo Centro Universitário da Cidade Roteiro 1 2 Conceitos Pilha Vantagens 3 Conceitos Gerais Figura 4 5 Roteiro Objetivos Apresentar o conceito

Leia mais

Informática I. Aula 22. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 22-03/07/06 1

Informática I. Aula 22. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 22-03/07/06 1 Informática I Aula 22 http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 22-03/07/06 1 Critério de Correção do Trabalho 1 Organização: 2,0 O trabalho está bem organizado e tem uma coerência lógica. Termos

Leia mais

TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP

TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP HTTP (Hypertext Transfer Protocol ) Protocolo usado na Internet para transferir as páginas da WWW (WEB). HTTPS (HyperText Transfer

Leia mais

6 de Julho de 2015. Exercício 23 Para que servem portas na camada de transporte?

6 de Julho de 2015. Exercício 23 Para que servem portas na camada de transporte? Lista de Exercícios Camada de Transporte GBC-056 Arquitetura de Redes de Computadores Bacharelado em Ciência da Computação Universidade Federal de Uberlândia 6 de Julho de 2015 Exercício 1 Para que serve

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Introdução Inst tituto de Info ormátic ca - UF FRGS Redes de Computadores Nível de Transporte Serviços orientados a conexão Aula 23 Entidades da camada de transporte disponibilizam serviços para a camada

Leia mais

O Nível de Transporte

O Nível de Transporte O Protocolo TCP O Nível de Transporte Implementa um serviço de comunicação fima-fim: Protocolos de transporte rodam nos sistemas finais e permitem que aplicações em uma máquina enviem mensagens individuais

Leia mais

Cálculo de Soma de Verificação do User Datagram Protocol

Cálculo de Soma de Verificação do User Datagram Protocol Resumo Cálculo de Soma de Verificação do User Datagram Protocol Othon Marcelo Nunes Batista Mestre em Informática othonb@yahoo.com Mesmo sendo um protocolo que nada garante, o UDP tem um campo no datagrama

Leia mais

Nível de Enlace. Nível de Enlace. Serviços. Serviços. Serviços. Serviços. Serviços oferecidos os nível de rede

Nível de Enlace. Nível de Enlace. Serviços. Serviços. Serviços. Serviços. Serviços oferecidos os nível de rede Nível de Enlace Enlace: caminho lógico entre estações. Permite comunicação eficiente e confiável entre dois computadores. Funções: fornecer uma interface de serviço à camada de rede; determinar como os

Leia mais

Modelo TCP/IP. Douglas Wildgrube Bertol DEE - Engenharia Elétrica CCT

Modelo TCP/IP. Douglas Wildgrube Bertol DEE - Engenharia Elétrica CCT Modelo TCP/IP Douglas Wildgrube Bertol DEE - Engenharia Elétrica CCT AS1RAI1 Redes para Automação Industrial JOINVILLE 12/09/2016 Introdução histórico O padrão histórico e técnico da Internet é o modelo

Leia mais

Camada de Enlace. OSI x IEEE. Arquitetura IEEE 802. Redes. Nível de Enlace: Controle de Erros e Fluxo Multiplexação

Camada de Enlace. OSI x IEEE. Arquitetura IEEE 802. Redes. Nível de Enlace: Controle de Erros e Fluxo Multiplexação Camada de Enlace Redes Nível de Enlace: Controle de Erros e Fluxo Multiplexação Aplicação Apresentação Sessão Transporte Rede Enlace Físico Delimitação e transmissão de quadros Detecção de erros Controle

Leia mais

INTERNET = ARQUITETURA TCP/IP

INTERNET = ARQUITETURA TCP/IP Arquitetura TCP/IP Arquitetura TCP/IP INTERNET = ARQUITETURA TCP/IP gatewa y internet internet REDE REDE REDE REDE Arquitetura TCP/IP (Resumo) É útil conhecer os dois modelos de rede TCP/IP e OSI. Cada

Leia mais

Capítulo 4: Camada de rede

Capítulo 4: Camada de rede Capítulo 4: Camada de Objetivos do capítulo: entender os princípios por trás dos serviços da camada de : modelos de serviço da camada de repasse versus roteamento como funciona um roteador roteamento (seleção

Leia mais

MC833A Programação de Redes de Computadores

MC833A Programação de Redes de Computadores MC833A Programação de Redes de Computadores Professor Nelson Fonseca http://www.lrc.ic.unicamp.br/mc833/ 1 Roteiro Objetivo: revisar conceitos aprendidos em MC822 e uma breve introdução a programação com

Leia mais

Prof. Mizael Cortez Modelo em camadas Arquitetura TCP/IP Modelo ISO/OSI

Prof. Mizael Cortez Modelo em camadas Arquitetura TCP/IP Modelo ISO/OSI Prof. Mizael Cortez everson.cortez@ifrn.edu.br Modelo em camadas Arquitetura TCP/IP Modelo ISO/OSI A Internet é um sistema extremamente complicado e que possui muitos componentes: inúmeras aplicações e

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Engenharia Departamento de Informática

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Engenharia Departamento de Informática UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Engenharia Departamento de Informática Redes de Computadores 2º Teste de avaliação de frequência 90 minutos * 15.12.2014 =VERSÃO D= 1. Esta teste serve como

Leia mais

Rede Local - Administração Serviços de Comunicação e Internet

Rede Local - Administração Serviços de Comunicação e Internet Rede Local - Administração Serviços de Comunicação e Internet Formador: Miguel Neto (migasn@gmailcom) Covilhã - Novembro 04, 2015 Internet O que é a Internet? Miguel Neto Rede Local - Administração Novembro

Leia mais

Informática I. Aula 20. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 20-27/11/06 1

Informática I. Aula 20. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 20-27/11/06 1 Informática I Aula 20 http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 20-27/11/06 1 Ementa Histórico dos Computadores Noções de Hardware e Software Microprocessadores Sistemas Numéricos e Representação

Leia mais