Consolidando. uma Multidão de Filhos Legítimos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Consolidando. uma Multidão de Filhos Legítimos"

Transcrição

1 Consolidando uma Multidão de Filhos Legítimos

2 CONSOLIDAÇÃO é o ato de firmar uma vida no Reino ao ponto de torná-la FRUTÍFERA Consolidação - vem do verbo consolidar e significa sustentar, firmar, fortalecer, tornar sólido, seguro ou estável. É o processo de cuidar, de dispensar atenção ao novo convertido até que ele tenha condições de caminhar por suas próprias decisões, firmadas no que aprenderam e vivenciaram sobre Jesus. CONSOLIDAR O processo da consolidação é que fecha a porta dos fundos da igreja, onde, os novos convertidos saiam e não mais voltavam. É um processo para reter os frutos. A consolidação é o verdadeiro pastoreio, é o cuidado pelos pequeninos que o Senhor nos entregou para zelar. Sem amor não há consolidação. Consolidação é atenção, zelo, acompanhamento através de um discipulado competente nos primeiros meses de conversão. Passos para uma consolidação eficaz: Assim que o novo convertido aceitar a Jesus e passar pela verificação da entrega e conversão, feita na sala de consolidação no templo ou na célula, ele recebe uma literatura específica, podendo ser o livreto Bem-vindo à Família de Deus. Deverá ser preenchida a ficha de consolidação, com muito zelo e carinho, pois, trata-se da certidão de nascimento do novo convertido. Uma via da ficha fica com o discipulador e a outra fica na igreja. E, em 48hs o consolidador deverá entrar em contato por telefone, fazendo a fonovisita. Em uma semana o novo convertido deverá receber uma visita feita pelo consolidador, de preferência junto com o líder de célula. Agora, o novo convertido deverá ser acomodado em uma célula, onde será acompanhado. Em uma célula ele participará de todas as atividades: reunião semanal, atividades sociais, será visitado, acompanhado por telefone e também pessoalmente, assistido em suas dificuldades e inquietações e desafios. A PRIMEIRA IMPRESSÃO É A QUE FICA! Todos querem ser tratados como alguém especial e não como mais um ou apenas um número. Em uma Igreja celular o novo convertido não é mais um na multidão, é um. Todos são cuidados amados e acompanhados. O início da caminhada crista é muito difícil e exige um discipulado eficaz, uma mão amiga, alguém para repartir as lutas. Esta é a preocupação da equipe de consolidação. Não podemos perder ninguém, precisamos reter o fruto. Conquistar e não perder. Fechar as portas dos fundos da igreja Cada passo por mais simples que seja é importante na consolidação. E, a Fonovisita é algo fundamental. É basicamente o primeiro contato após a conversão e por isso deve ser bem feita, pois a primeira impressão é a que fica! Está etapa é muito importante, por isso é necessário um bom preparo. Veja algumas dicas sobre este primeiro contato. O Telefonema: O telefonema é uma visita telefônica, por isso deve ser feita com eficiência, edificando a necessidade do novo convertido. Isto não significa que abriremos mão do contato pessoal. Homem liga para homem, mulher liga para mulher. Isto é regra básica.

3 Como preparar a chamada: Em Oração Procurar lugar e hora apropriados CONSOLIDAÇÃO: FONOVISITA A fonovisita é uma visita telefônica própria do conquistador de almas, por isso deve ser feita com eficácia e voltada sempre para o benefício do decidido. Depois da conversão o primeiro contato fora da igreja deve ser a fonovisita no máximo 48hs. PROPÓSITOS DA FONOVISITA 1. Mostrar um interesse genuíno pela pessoa e sua necessidade. 2. Ganhar a confiança do decidido. 3. Deixar a porta aberta para realizar uma visita. COMO PREPARAR O TELEFONEMA 1. Em oração. 2. Buscando o local apropriado. 3. Planejando o tempo. COMO REALIZAR O TELEFONEMA 1. Saudação De forma amável, identifique-se como membro da igreja a que pertence. 2. Comece a conversa Inicie uma conversa amena, dizendo-lhe que tem orado por sua necessidade, e deseja saber como ele está. 3. Avalie sua condição espiritual Pergunte-lhe o que achou da reunião e como se sentiu em relação a Deus desde que visitou a igreja. 4. Acerte a visita Combine lugar, dia e hora para a visita. Apresente alternativas: sua casa, uma cafeteria, sorveteria, porém nunca a igreja. 5. Ore por ele Sempre termine orando pela pessoa, conforme o Espírito Santo o dirija. ESTRATÉGIAS DE SUCESSO 1. Mostre-se amável e agradável. 2. Evite: - Ser cortante ou impaciente - Pressionar o novo convertido - Tomar mais tempo que o necessário - Discutir ou contender - Mostrar um interesse egoísta, não dirigido a suprir a necessidade da pessoa.

4 CONSOLIDAÇÃO: VISITAÇÃO O nosso desafio deve ser fazer da visitação um estilo de vida, algo tão normal para nós como frequentar a igreja. Conscientes de que, além da motivação, necessitamos nos comprometer com Deus em ir e obedecer, como fez Ananias, vencendo nossos próprios temores e preconceitos, sejam estes de cunho intelectual, social, racial ou de idade. O visitar a cada pessoa que Deus ponha em nossas mãos trará os mesmos resultados da visita de Ananias a Saulo, e nossas reuniões de célula, tanto quanto nossa igreja será edificada e crescerão fortalecidas pelo Espírito Santo. Esta é a chave do Sucesso! Passado às 48hs (fonovisita) deve-se marcar uma visita na casa do novo convertido até 05 dias após o contato da fonovisita. PROPÓSITOS DA VISITA 1. Conhecer sua impressão sobre a reunião que participou da igreja. 2. Descobrir suas necessidades e ministrar com a direção do Espírito Santo. 3. Vinculá-la a uma reunião de célula e motivá-la a envolver-se nas atividades da igreja, especialmente no Encontro. COMO PREPARAR A VISITA 1. Contate a pessoa e explique-lhe seu desejo de visitá-la e orar por ela. 2. Confirme o dia e hora da visita. 3. Medite e prepare sua mensagem baseado na necessidade escrita no cartão de decisão e na fonovisita. 4. Reúna-se com seu companheiro de visitação e ore fervorosamente pelo respaldo de Deus. REALIZANDO A VISITA (deverá ir sempre acompanhado e fazê-lo em dupla) 1. Apresente-se Apresente-se a si mesmo e a seu companheiro, tendo o cuidado de ser agradável e sincero. 2. Indague Averigue o que achou da reunião da igreja, converse com a pessoa sobre seus problemas específicos e a razão dos mesmos. 3. Compartilhe Selecione a passagem bíblica de acordo com a necessidade e explique-a em dez minutos. Ministre às necessidades com a Palavra. 4. Ore Oração direta conforme a necessidade específica. Utilize os nomes de Deus e promessas bíblicas. 5. Envolva Nas atividades da igreja, célula e Encontro. 6. Libere Paz Termine orando pela pessoa e sua família, declarando benção e liberando paz sobre suas vidas. ASSEGURE O SUCESSO DE SUA VISITA 1. Cuide da aparência pessoal. 2. Bata à porta com naturalidade 3. Fale e escute 4. Tome apenas o tempo combinado

5 1. À mente Renovar a mente. Romanos 12:2 Sujeitar os pensamentos. 2 Coríntios 10:3-5 MINISTRANDO ÀS NECESSIDADES COM A PALAVRA 2. Ao coração Sentimentos. Provérbios 4:23; 2 Timóteo 2:22 Medo. 1 João 4:18; Hebreus 13:5 Depressão. Jeremias 33:3; Mateus 11:28; Hebreus 13:5b 3. Ao espírito Confissão e arrependimento. 1 Jo 1:9; Atos 3:19 Crescimento espiritual. Efésios 2:20-22; 2 Pedro 1: Ao corpo Cura. Isaías 53:5; Marcos 16:17-18 Templo do Espírito Santo. 1 Coríntios 6:18-20; 2 Coríntios 6:16 5. Aos relacionamentos Com a família. Efésios 5:21; 6:4 Com os demais. Efésios 6:5-9; Tito 2:3-5 Restauração. Eclesiastes 4:15; Isaías 43:18 Perdão. Mateus 5:21-26; Efésios 6:12 6. Às finanças Prosperidade através do dízimo. Malaquias 3:10-12; Mateus 23:23 Quebra de maldição. Gálatas 3:13; Gênesis 3:17 Sabedoria para o uso do dinheiro. Tiago 1:5 Prosperidade através do dar. Lucas 6:38 SEJA BEM VINDO A FAMÍLIA QUADRANGULAR

Como ser um bom amigo

Como ser um bom amigo Nesta seção você encontrará ajuda para problemas que muitas vezes atormentam-nos. Esperamos que estas orientações Bíblicas sirvam para acalmar seu coração, mas é importante lembrar que o nome de Jesus

Leia mais

1. DUAS SEMANAS SOBRE A VIDA E OS ENSINOS DE JESUS

1. DUAS SEMANAS SOBRE A VIDA E OS ENSINOS DE JESUS PLANO DE LEITURA DA BÍBLIA PRIMEIRA SEQUÊNCIA: INTRODUÇÃO À BÍBLIA TEMPO NECESSÁRIO: Duas semanas OBJETIVO: Obter um conhecimento geral dos fundamentos bíblicos A Primeira Sequência é para quem está começando

Leia mais

MANUAL DE CÉLULAS PASTOR TONY SILVEIRA

MANUAL DE CÉLULAS PASTOR TONY SILVEIRA MANUAL DE CÉLULAS PASTOR TONY SILVEIRA 2000 Tony Silveira Todos os Direitos reservados. Proibida a Reprodução não Autorizada PRINCÍPIOS DE ORAÇÃO INDICE 1. ORAÇÃO EFICAZ 3 2. ORAÇÃO POR NÓS PRÓPRIOS 4

Leia mais

Ano Bíblico Sequencial

Ano Bíblico Sequencial Ano Bíblico Sequencial Janeiro 01/01 - Gênesis Cap: 1-3 02/01 - Gênesis Cap. 4-7 03/01 - Gênesis Cap. 8-11 04/01 - Gênesis Cap. 12-15 05/01 - Gênesis Cap. 16-19 06/01 - Gênesis Cap. 20-22 07/01 - Gênesis

Leia mais

JANEIRO / x Lucas 5:27-39 x Gênesis 1-2 x Salmos x Lucas 6:1-26 x Gênesis 3-5 x Salmos x Lucas 6:27-49 x Gênesis 6-7 x Salmos 3

JANEIRO / x Lucas 5:27-39 x Gênesis 1-2 x Salmos x Lucas 6:1-26 x Gênesis 3-5 x Salmos x Lucas 6:27-49 x Gênesis 6-7 x Salmos 3 PLANO DE LEITURA DA BÍBLIA EM 365 DIAS PÁGINA 1 / 9 JANEIRO / 2009 01 x Lucas 5:27-39 x Gênesis 1-2 x Salmos 1 02 x Lucas 6:1-26 x Gênesis 3-5 x Salmos 2 03 x Lucas 6:27-49 x Gênesis 6-7 x Salmos 3 04

Leia mais

Caderno das Classes de Excursionista e Excursionista na Mata

Caderno das Classes de Excursionista e Excursionista na Mata Ministério dos Desbravadores Missão Nordeste 4ª Região 2011 Caderno das Classes de Excursionista e Excursionista na Mata www.quartaregiaorn.webnode.com.br Nome do Desbravador: Clube: Quartaregiaomn@gmail.com

Leia mais

Para crescimento espiritual de. (coloque aqui seu nome)

Para crescimento espiritual de. (coloque aqui seu nome) PLANO DE LEITURA BÍBLICA Para crescimento espiritual de IGREJA BATISTA DO MORUMBI MINISTÉRIO DE JOVENS: EPA: Estudantes Pré-Adolescentes (11 a 13 anos) ESTUDANTES: Adolescentes (14 a 17 anos) PIX: Jovens

Leia mais

ESTUDO 1: VOCÊ PODE TER CERTEZA DA SUA SALVAÇÃO

ESTUDO 1: VOCÊ PODE TER CERTEZA DA SUA SALVAÇÃO VIDA FRUTÍFERA ESTUDO 1: VOCÊ PODE TER CERTEZA DA SUA SALVAÇÃO O homem sabe que algo está errado com a humanidade. Criado à imagem de Deus, parece incapaz de comportar-se como filho Dele e sua tendência

Leia mais

Ano Litúrgico Ano C

Ano Litúrgico Ano C Ano Litúrgico 2009-2010 Ano C TEMPO DO ADVENTO 29/11 1º Domingo do Advento A redenção está próxima. Jeremias 33,14-16; Salmo 25(24); 1 Tessalonicenses 3,12-4,2; Lucas 21,25-28. 34-36 6/12 2º Domingo do

Leia mais

Valores de uma Igreja RELACIONAL

Valores de uma Igreja RELACIONAL Valores de uma Igreja RELACIONAL O que já aprendemos... A Igreja deve valorizar e incentivar os relacionamentos Os que criam mantinham-se unidos e tinham tudo em comum... Da multidão dos que creram, uma

Leia mais

LIÇÃO 1 Por que liderança masculina? Atos 14.23; Tito 1.5-9

LIÇÃO 1 Por que liderança masculina? Atos 14.23; Tito 1.5-9 LIÇÃO 1 Por que liderança masculina? Atos 14.23; Tito 1.5-9 1. Considerando as grandes mudanças ocorridas na sociedade, como a igreja deve responder a elas à luz do ensino do NT? A resposta é se adequar

Leia mais

A vontade de Deus agora é que esse mesmo Reino que entrou na sua vida alcance todos os homens.

A vontade de Deus agora é que esse mesmo Reino que entrou na sua vida alcance todos os homens. Lição 05 A VISÃO DA IGREJA Introdução Você já entrou no. Satanás e seu domínio foram derrotados pela morte e ressurreição de Jesus. Os seus pecados foram perdoados, pois você os confessou e o Senhor Jesus

Leia mais

Conteúdos. Porque fazemos pequenos grupos de estudo bíblico? Tarefas do Pastor, Ancião ou director de estudo bíblico em grupo.

Conteúdos. Porque fazemos pequenos grupos de estudo bíblico? Tarefas do Pastor, Ancião ou director de estudo bíblico em grupo. Conteúdos Porque fazemos pequenos grupos de estudo bíblico? Quem necessita de estudo bíblico em grupo? Quem deve liderar o grupo? Tipos de pessoas que podem participar nos grupos. Como iniciar um novo

Leia mais

RELACIONAMENTO DISCIPULADOR

RELACIONAMENTO DISCIPULADOR RELACIONAMENTO DISCIPULADOR O QUE É DISCIPULO? Dicionário Aprendiz, aluno receptivo a ensinamentos, seguidor devotado e/ou disposto a dar prosseguimento ao trabalho (de seu mestre) DISCIPULOS DE QUEM?

Leia mais

A evangelização é uma parte importante e fundamental da fé e vida cristã.

A evangelização é uma parte importante e fundamental da fé e vida cristã. A evangelização é uma parte importante e fundamental da fé e vida cristã. Uma missão irrenunciável da igreja como um todo e do cristão particularmente. O QUE É INDISPENSÁVEL PARA A EVANGELIZAÇÃO? Conversão

Leia mais

É TEMPO DE RESTAURAR. Efésios Pra. Deisy Costa

É TEMPO DE RESTAURAR. Efésios Pra. Deisy Costa É TEMPO DE RESTAURAR Efésios 5.1-16 Pra. Deisy Costa v.1 Portanto, sede imitadores de Deus, como filhos amados... Qual era a missão de Jesus na terra? I Timóteo 2:4 que, deseja que todos os homens sejam

Leia mais

CAPÍTULO 03 PERNAS QUE DÃO SUPORTE

CAPÍTULO 03 PERNAS QUE DÃO SUPORTE CAPÍTULO 03 PERNAS QUE DÃO SUPORTE Nossas pernas dão suporte ao nosso corpo inteiro e nos permitem andar, correr e pular. A facilitação na célula da suporte aos membros do grupo, capacitando-os a e x e

Leia mais

sobre tudo o INFORMA de Canoas Igreja Batista Nº a 16 de Julho de 2016 dias de amor

sobre tudo o INFORMA de Canoas Igreja Batista Nº a 16 de Julho de 2016 dias de amor INFORMA sobre tudo o Amor Igreja Batista de Canoas Nº 891 10 a 16 de Julho de 2016 dias de amor dias de amor sobre tudo o Amor 1 Coríntios 14:1, Marcos 12:30,31, 1 Cor. 16:14 (NTLH) OS FUNDAMENTOS DO AMOR

Leia mais

CNV. Discipulado de Integração. Sala Robert Clark DISCIPULADO DE INTEGRAÇÃO Classe 301 Especial CNV

CNV. Discipulado de Integração. Sala Robert Clark DISCIPULADO DE INTEGRAÇÃO Classe 301 Especial CNV CNV Discipulado de Integração Sala Robert Clark DISCIPULADO DE INTEGRAÇÃO Classe 301 Especial CNV 1 CAPÍTULO 1 Discipulado de Integração É maravilhoso quando alguém se decide para Cristo Jesus. Observa-se,

Leia mais

2ª LIÇÃO. Estudo De Colossenses

2ª LIÇÃO. Estudo De Colossenses Colossenses 2 1 2ª LIÇÃO Estudo De Colossenses O TEXTO INTRODUÇÃO: 1:1-8 I. A SAUDAÇÃO DE PAULO (1:1,2). A. Apresenta a autoridade da epístola. É a autoridade do apóstolo de Jesus Cristo, não por vontade

Leia mais

Crendo em Deus, em oração. Aula 01/03/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira

Crendo em Deus, em oração. Aula 01/03/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Crendo em Deus, em oração Aula 01/03/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira O Que é Oração? É pedir? É reclamar? É repetir as mesmas palavras em ocasiões específicas, todos os dias ou às vezes? É estar

Leia mais

QUAL O TEMPLO QUE DEUS HABITA AGORA?

QUAL O TEMPLO QUE DEUS HABITA AGORA? SÉRIE Por que precisamos ser cheios do Espírito Santo mais do que tudo? QUAL O TEMPLO QUE DEUS HABITA AGORA? Espírito Santo grego: parakletos CONSOLADOR CONSELHEIRO AUXILIADOR AMIGO Aquele que está ao

Leia mais

ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO

ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO 1 ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO LIÇÃO Nº 01 DIA 16/06/2014 INTRODUÇÃO: Vamos começar uma nova série de estudos em nossas células. Esta será uma série muito interessante

Leia mais

ACOLHIMENTO Pessoas cuidando de pessoas

ACOLHIMENTO Pessoas cuidando de pessoas Nossa Visão Uma cidade transformada por Cristo através de uma igreja acolhedora que desenvolve cura social e renovação cultural, formando autênticos discípulos de Cristo transformados por meio do Evangelho.

Leia mais

ESTUDO 01: A VOLTA DE JESUS

ESTUDO 01: A VOLTA DE JESUS ESTUDO 01: A VOLTA DE JESUS QUEBRA-GELO: Qual é a sua expectativa em relação a volta de Jesus? Você vive essa expectativa ou seus dias são como se Ele não fosse voltar? TEXTO: João 14:1-3 Jesus prometeu

Leia mais

Treinamento de Instrutores Bíblicos. Princípios de Testemunho Pessoal

Treinamento de Instrutores Bíblicos. Princípios de Testemunho Pessoal North American Division Portuguese Ministry Treinamento de Instrutores Bíblicos Princípios de Testemunho Pessoal Princípios de Testemunho Pessoal CRESCIMENTO DA IGREJA NO NOVO TESTAMENTO - Atos 1:15 -

Leia mais

Mostrando Respeito Projeto 205. Por David Batty

Mostrando Respeito Projeto 205. Por David Batty Mostrando Respeito Projeto 205 Por David Batty 2 Nome Mostrando Respeito Data de início I Pedro 2:17-18 Data de término Projeto 205 Você provavelmente se lembra de várias situações em que alguém te desrespeitou.

Leia mais

Lição 11. Garotos Adultos & É o Coração. Page 1

Lição 11. Garotos Adultos & É o Coração. Page 1 Lição 11 Garotos Adultos & É o Coração Page 1 LIÇÃO 11 GAROTOS ADULTOS & É O CORAÇÃO I. Garotos Adultos (capítulo 16) A. A maldição de nossos dias é. Mais do que estar ausente da família, existe a ausência

Leia mais

ANSIEDADE. Trazer ao coração ansioso o alívio que provém da fé e confiança em Deus e em Seus planos.

ANSIEDADE. Trazer ao coração ansioso o alívio que provém da fé e confiança em Deus e em Seus planos. ANSIEDADE Trazer ao coração ansioso o alívio que provém da fé e confiança em Deus e em Seus planos. Textos base: Salmos 127; Mateus 6:25-34 Textos para consulta do líder: Lc. 10:41; Lc. 12: 22-29; Lc.

Leia mais

Guia de Jornada Cristã

Guia de Jornada Cristã 1 Ao receber este Guia de Jornada Cristã, está a receber a seu pedido material de carácter espiritual, o qual esperamos que lhe sirva para crescimento espiritual. Este guia divide-se em 3 partes: A primeira

Leia mais

POR QUE EVANGELIZAR? O amor de Deus A ordem de Jesus. O Dom do Espírito Santo. O clímax da história. A responsabilidade da Igreja.

POR QUE EVANGELIZAR? O amor de Deus A ordem de Jesus. O Dom do Espírito Santo. O clímax da história. A responsabilidade da Igreja. POR QUE EVANGELIZAR? Existem oito razões para incomodar as pessoas com a pregação do evangelho: 1. O amor de Deus. Evangelismo é um ato de amor (João 3:16, Mt. 5:45-44). 2. A ordem de Jesus. Evangelizar

Leia mais

TEMA: O NOVO NASCIMENTO E A CONVERSÃO.

TEMA: O NOVO NASCIMENTO E A CONVERSÃO. TEMA: O NOVO NASCIMENTO E A CONVERSÃO. Texto: E dar-lhes-ei coração para que me conheçam, porque eu sou o SENHOR; e ser-me-ão por povo, e eu lhes serei por Deus, porque se converterão a mim de todo o seu

Leia mais

Treinamento de Instrutores Bíblicos. Métodos de Visitação

Treinamento de Instrutores Bíblicos. Métodos de Visitação North American Division Portuguese Ministry Treinamento de Instrutores Bíblicos Métodos de Visitação Métodos de Visitação Muitos há a espera de alguém que se lhes dirija pessoalmente. (O Desejado de Todas

Leia mais

Lição 12. Mulher Madura (PROFESSOR)

Lição 12. Mulher Madura (PROFESSOR) Lição 2 Mulher Madura (PROFESSOR) LIÇÃO 2 Mulher Madura A. Leia: Eclesiastes 3:-2.. Cada fase que vivemos tem um/a próprio/a. (pg 47) a. glória b. problema c. lição 2. Qual o fator determinante para saber

Leia mais

domingo, 3 de maio de 2009 A n é s i o R o d r i g u e s

domingo, 3 de maio de 2009 A n é s i o R o d r i g u e s A n é s i o R o d r i g u e s Atos 1:1-6 Atos 2:1-47 Atos 4:32-37 O Espírito Santo e o espírito da Igreja Atos 1:1-6 Atos 2:1-47 Atos 4:32-37 Ele vai reproduzir em mim, em nós, o mesmo espírito de Jesus

Leia mais

domingo, 10 de novembro de 13

domingo, 10 de novembro de 13 A n é s i o R o d r i g u e s João 14:26,27 Livres da religião do medo e das maldições João 14:26,27 Mas o Conselheiro, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, lhes ensinará todas as coisas João

Leia mais

DAVE Certo. Bem, temos dois erros opostos que podemos cair quando falamos de batalha espiritual. Um erro é ignorá-la. O outro é focar somente nela.

DAVE Certo. Bem, temos dois erros opostos que podemos cair quando falamos de batalha espiritual. Um erro é ignorá-la. O outro é focar somente nela. BATALHA ESPIRITUAL Mateus 6:13, Efésios 6:11, Romanos 8:37 Em nossos últimos encontros, estivemos falando sobre oração e sobre as duas áreas críticas o ser perdoado, e o perdoar outras pessoas. Agora,

Leia mais

7ª LIÇÃO O SERMÃO DO MONTE

7ª LIÇÃO O SERMÃO DO MONTE Sermão 7 1 7ª LIÇÃO O SERMÃO DO MONTE F. O JEJUM (Mateus 6:16-18) 1. Jejuar = abster-se de comida e bebida. 2. A frequência do jejum pelos judeus: a. Sob a lei mosaica se exigia o jejum UMA VEZ por ano

Leia mais

CARTILHA DE PROCEDIMENTOS PARA DISCIPULADO Departamento de Discipulado Vr.1.2 Página 1

CARTILHA DE PROCEDIMENTOS PARA DISCIPULADO Departamento de Discipulado Vr.1.2 Página 1 Vr.1.2 Página 1 PROCEDIMENTOS I. Dirigentes 1. Responsável pelo processo de discipulado na congregação; 2. Participar ativamente do processo; 3. Ser exemplo, como discipulador para os demais irmãos; 4.

Leia mais

ENSINO RELIGIOSO - 9º ANO

ENSINO RELIGIOSO - 9º ANO CONTEÚDOS ENSINO RELIGIOSO - 9º ANO Coleção Interativa UNIDADE 1 Preparo para o céu 1 - Rota errada A seriedade do pecado Características do pecado Solução 2- Giro de 180 graus Sentimento de culpa Verdadeiro

Leia mais

Um Problema Emergente!

Um Problema Emergente! Um Problema Emergente! I. O crescente número de divórcios. Se não der certo.... Individualismo Hedonista Jesus respondeu: Moisés permitiu que vocês se divorciassem de suas mulheres por causa da dureza

Leia mais

O Ano da Acolhida Acolha, abrace, perdoe!

O Ano da Acolhida Acolha, abrace, perdoe! AVISOS Lembrar a célula da importância de participar das Missas dominicais e do Grupo Parusia, principalmente da Grande Célula todos os primeiros sábados do mês. Convidar para ajudar a liderança na limpeza

Leia mais

O Espírito Santo. Quem é? O que faz? Como se relaciona conosco?

O Espírito Santo. Quem é? O que faz? Como se relaciona conosco? O Espírito Santo Quem é? O que faz? Como se relaciona conosco? Paracleto O Espírito Santo é... Paracleto pode ser definido como Conselheiro, Advogado, como Procurador do acusado, Ajudador e Intercessor.

Leia mais

Jesus, Nome sobre todo nome! João Gilberto

Jesus, Nome sobre todo nome! João Gilberto Jesus, Nome sobre todo nome! João Gilberto Filipenses 2:9-11 Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de todo nome, Filipenses 2:9-11 para que ao nome de Jesus se dobre

Leia mais

Preparado por: Pr. Wellington Almeida. LIÇÃO Inicio. Ministério de do. O Evangelho. Mateus

Preparado por: Pr. Wellington Almeida. LIÇÃO Inicio. Ministério de do. O Evangelho. Mateus Preparado por: Pr. Wellington Almeida Cristo02 LIÇÃO Inicio Ministério de do O Evangelho Mateus de LIÇÃO - II TRI 2016 02 INTRODUÇÃO esboço Uma das grandes lutas da humanidade tem sido conhecer o significado

Leia mais

KJV King James Bible Study Correspondence Course An Outreach of Highway Evangelistic Ministries 5311 Windridge lane ~ Lockhart, Florida ~ USA

KJV King James Bible Study Correspondence Course An Outreach of Highway Evangelistic Ministries 5311 Windridge lane ~ Lockhart, Florida ~ USA 1 Oferta Lição 10 (volte para as páginas 4, 5 e 6) Qual é o significado da oferta e quais são as minhas responsabilidades nesta área? O assunto da oferta é extremamente controverso na cristandade hoje

Leia mais

O João 3:16 é altamente eficaz na explicação objetiva do ministério salvador de Jesus.

O João 3:16 é altamente eficaz na explicação objetiva do ministério salvador de Jesus. APLICANDO O PLANO DE SALVAÇÃO JO 3:16 O João 3:16 é altamente eficaz na explicação objetiva do ministério salvador de Jesus. Dicas: Ore antes por você, para que seja guiado por Deus. Ore antes pela pessoa

Leia mais

Um só Senhor, uma só fé, um só batismo;

Um só Senhor, uma só fé, um só batismo; Um só Senhor, uma só fé, um só batismo; DOUTRINAS E PRINCÍPIOS A COMPREENDER A fé no Senhor Jesus Cristo é essencial para o crescimento espiritual. A fé pode aumentar. A fé leva à conversão. A conversão

Leia mais

4 O que é uma igreja baseada em princípios?

4 O que é uma igreja baseada em princípios? 4 O que é uma igreja baseada em princípios? Essa igreja é uma comunidade local onde todos os membros, vivenciando os princípios apresentados na Palavra de Deus, têm por objetivo glorificar a Deus e cumprir

Leia mais

Um só Senhor, uma só fé, um só batismo;

Um só Senhor, uma só fé, um só batismo; Um só Senhor, uma só fé, um só batismo; INSTITUTO RECIFE NORTE PREPARAÇÃO MISSIONÁRIA Professor Willian Silva AULA 10 FÉ E CONVERSÃO DOUTRINAS E PRINCÍPIOS A COMPREENDER A fé no Senhor Jesus Cristo é essencial

Leia mais

A leitura da Bíblia. questões centrais

A leitura da Bíblia. questões centrais questões centrais O que é a Bíblia? Quem é o autor e como escreveu? O que é o tema central? Por quê devo lê-la? Quando devo lê-la? Como? Requisitos? Como? Ajuda? Um novo propósito! o que é a Bíblia (1)

Leia mais

Companheiro Nome Unidade Gerais 1. Ter no mínimo 11 anos de idade. Cole aqui sua copia de identidade

Companheiro Nome Unidade Gerais 1. Ter no mínimo 11 anos de idade. Cole aqui sua copia de identidade Companheiro Nome Unidade Gerais 1. Ter no mínimo 11 anos de idade. Cole aqui sua copia de identidade 2. Ser membro ativo do Clube de Desbravadores. Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez R P R

Leia mais

Sermão 6 1 6ª LIÇÃO O SERMÃO DO MONTE. IV. A QUALIDADE DA JUSTIÇA NO REINO (Mateus 6:1-18). fariseus quando faziam o bem por RAZÕES MÁS.

Sermão 6 1 6ª LIÇÃO O SERMÃO DO MONTE. IV. A QUALIDADE DA JUSTIÇA NO REINO (Mateus 6:1-18). fariseus quando faziam o bem por RAZÕES MÁS. Sermão 6 1 6ª LIÇÃO O SERMÃO DO MONTE IV. A QUALIDADE DA JUSTIÇA NO REINO (Mateus 6:1-18). A. O contraste: 1. Em Mateus 5:21-48 está condenando as TRADIÇÕES dos escribas e fariseus ou seja a sua corrupção

Leia mais

O QUE DEUS QUER DE MIM? 09 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação. "ELE te declarou, ó homem, o que é bom;

O QUE DEUS QUER DE MIM? 09 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação. ELE te declarou, ó homem, o que é bom; O QUE DEUS QUER DE MIM? 09 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação "ELE te declarou, ó homem, o que é bom; e que é o que o SENHOR requer de ti, 1 / 6 senão que pratiques a justiça, e ames a

Leia mais

Eu coloquei A Força no filme por uma razão: despertar um certo tipo de espiritualidade nos jovens. ~ George Lucas

Eu coloquei A Força no filme por uma razão: despertar um certo tipo de espiritualidade nos jovens. ~ George Lucas Eu coloquei A Força no filme por uma razão: despertar um certo tipo de espiritualidade nos jovens. ~ George Lucas A Força nem se compara com o que a Bíblia revela a respeito do Espírito Santo ATOS ESSENCIAIS

Leia mais

COISAS DOS MAIS QUE VENCEDORES. 26 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação. "Mas em todas estas coisas. somos MAIS DO QUE VENCEDORES,

COISAS DOS MAIS QUE VENCEDORES. 26 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação. Mas em todas estas coisas. somos MAIS DO QUE VENCEDORES, COISAS DOS MAIS QUE VENCEDORES 26 de Dezembro de 2011 Ministério Loucura da Pregação "Mas em todas estas coisas somos MAIS DO QUE VENCEDORES, 1 / 6 por aquele que nos amou" (Romanos 8:37) É assim que devemos

Leia mais

Disciples of Christ Church Ministerio vida com vida Pr Joaquim Costa Junior 1. conforme Seu poder.

Disciples of Christ Church Ministerio vida com vida Pr Joaquim Costa Junior 1. conforme Seu poder. Disciples of Christ Church Ministerio vida com vida Pr Joaquim Costa Junior 1 conforme Seu poder. Efésios 3:20 Ora, àquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos,

Leia mais

DISCIPULADO DE BATISMO I.P. A MENSAGEM DA ULTIMA HORA

DISCIPULADO DE BATISMO I.P. A MENSAGEM DA ULTIMA HORA DISCIPULADO DE BATISMO I.P. A MENSAGEM DA ULTIMA HORA LIÇÃO N 01 Batismo nas Águas O batismo nas águas não é opcional: é um mandamento deixado por Jesus. Aquele que aceita Jesus como Senhor e Salvador

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA 2014

APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA 2014 PROPOST A 2014 "Que nenhum homem despreze as crianças ou pense que são insignificantes. Eu reivindico o lugar da frente para elas. Elas são o futuro do mundo. O passado já se foi e não podemos alterá-lo.

Leia mais

DECLARAÇÃO DE FÉ MINISTÉRIO BÍBLICO PALAVRA VIVA

DECLARAÇÃO DE FÉ MINISTÉRIO BÍBLICO PALAVRA VIVA DECLARAÇÃO DE FÉ MINISTÉRIO BÍBLICO PALAVRA VIVA A Igreja de Jesus Cristo está comprometida somente com o Antigo e Novo Testamentos como a única autoridade escrita de fé e conduta. A fé e conduta dos crentes

Leia mais

21 dias JEJUM & ORAÇÃO. Um tempo de maior Intimidade com DEUS Ministério Batista as Nações

21 dias JEJUM & ORAÇÃO. Um tempo de maior Intimidade com DEUS Ministério Batista as Nações Um tempo de maior Intimidade com DEUS Ministério Batista as Nações INTIMIDADE + NA PRESENÇA = VIDA ABUNDANTE = AÇÃO SOBRENATURAL DO CÉU NA TERRA Gerando O Coração de Deus no meio de sua igreja JEJUM INÍCIO:

Leia mais

Conhecer Deus Pessoalmente

Conhecer Deus Pessoalmente 1 2 Conhecer Deus Pessoalmente Introdução Conhecer Jesus.. p. 4 Lição 1 Conhecer a Salvação p. 12 Lição 2 Conhecer a Comunhão.. p. 17 Lição 3 Conhecer o Espírito Santo. p. 22 Lição 4 Conhecer o Crescimento.

Leia mais

OS ATRIBUTOS DE DEUS A solidão de Deus. Estudo do livro de A. W. Pink

OS ATRIBUTOS DE DEUS A solidão de Deus. Estudo do livro de A. W. Pink OS ATRIBUTOS DE DEUS Estudo do livro de A. W. Pink Imprescindível meditarmos na perfeição de Deus Revelação de Deus: As coisas encobertas pertencem ao Senhor, nosso Deus, porém as reveladas nos pertencem,

Leia mais

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 Senhor Jesus, Tu tens palavras de vida eterna e Tu revelas-te a nós como Pão da vida

Leia mais

Palavra & Vida Sugestões Didáticas 4 T/2013. Dulce Helena da Silva Mota de Lima Educadora Religiosa / Professora e Assistente Social

Palavra & Vida Sugestões Didáticas 4 T/2013. Dulce Helena da Silva Mota de Lima Educadora Religiosa / Professora e Assistente Social Palavra & Vida Sugestões Didáticas 4 T/2013 Dulce Helena da Silva Mota de Lima Educadora Religiosa / Professora e Assistente Social Lição 2- Pais, criem seus filhos Texto Bíblico: PROVÉRBIOS 22.6 Objetivos

Leia mais

AS 4 COLUNAS DO MDA PROJETO EU TENHO UM GE

AS 4 COLUNAS DO MDA PROJETO EU TENHO UM GE AS 4 COLUNAS DO MDA PROJETO EU TENHO UM GE PROJETO EU TENHO UM GE O QUE É UM GE? GE = Grupo de Evangelismo. Um GE é uma reunião periódica, programada e pré-definida, objetivando levar pessoas a Cristo

Leia mais

Assessoria de Educação. Pastor Joel Nascimento Congresso Renovação Ministerial Fev/2016 Avivamento Bíblico - Jaçanã

Assessoria de Educação. Pastor Joel Nascimento Congresso Renovação Ministerial Fev/2016 Avivamento Bíblico - Jaçanã Assessoria de Educação Pastor Joel Nascimento Congresso Renovação Ministerial Fev/2016 Avivamento Bíblico - Jaçanã Agenda O que é a EBD? Considerações sobre o Ensino Algumas recomendações para os professores

Leia mais

Igreja de Deus Unida,

Igreja de Deus Unida, Igreja de Deus Unida, uma Associação Internacional Guias de Estudo Bìblico Para a Juventude Volume 1 Lição 7 O Espírito Santo Deus, nosso Criador, compreende que todos nós enfrentamos circunstâncias que

Leia mais

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA. MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula XV AS CARTAS DE TIAGO E GÁLATAS

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA. MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula XV AS CARTAS DE TIAGO E GÁLATAS IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula XV AS CARTAS DE TIAGO E GÁLATAS A LITERATURA DE PROTESTO A controvérsia a respeito da circuncisão obrigatória

Leia mais

Como estudar a Bíblia

Como estudar a Bíblia Como estudar a Bíblia com quadro de leitura da Bíblia Ebook gratuito - www.escoladabiblia.com Av. Conde da Boa Vista 437 - Fone: 323-686 Como Estudar a Bíblia por Dennis Allan Através do estudo da Bíblia

Leia mais

COMUNIDADE EVANGÉLICA ALIANÇA CRISTÃ Mensagem para Grupos Familiares TEMA: ANDANDO NO ESPÍRITO LÚDIO MARCONDES

COMUNIDADE EVANGÉLICA ALIANÇA CRISTÃ Mensagem para Grupos Familiares TEMA: ANDANDO NO ESPÍRITO LÚDIO MARCONDES COMUNIDADE EVANGÉLICA ALIANÇA CRISTÃ Mensagem para Grupos Familiares TEMA: ANDANDO NO ESPÍRITO LÚDIO MARCONDES VAMOS DISCUTIR O ASSUNTO? TEXTO BASE: Gálatas 5:22,23 INTRODUÇÃO: Quando decidimos seguir

Leia mais

O Evangelho de Deus. A Dinâmica da Espiritualidade Cristã de A a Z

O Evangelho de Deus. A Dinâmica da Espiritualidade Cristã de A a Z O Evangelho de Deus A Dinâmica da Espiritualidade Cristã de A a Z O que é o Evangelho? Não se trata do ABC da vida cristã que nos introduz aos cursos mais avançados de D a Z. O que é o Evangelho? O Evangelho

Leia mais

LINHA DO TEMPO DE EVENTOS BÍBLICOS IMPORTANTES. Esta breve linha do tempo representa os eventos-chave cobertos pela Bíblia:

LINHA DO TEMPO DE EVENTOS BÍBLICOS IMPORTANTES. Esta breve linha do tempo representa os eventos-chave cobertos pela Bíblia: Você se sentirá mais confiante sobre seus estudos bíblicos quando vir a linha do tempo dos eventos importantes narrados na Bíblia, tiver uma compreensão dos livros que a compõem e como eles são organizados,

Leia mais

MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA

MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA A Eucaristia é o sacramento que atualiza e faz a memória do sacrifício de Jesus: em cada Eucaristia temos a presença do Cristo que pela sua morte e ressurreição

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Sexta-feira da 18ª Semana do Tempo Comum Manifestai,

Leia mais

BEM VINDOS 2. ADORAÇÃO COM MÚSICAS 3. MINISTRAÇÃO DA PALAVRA 4. ORAÇÃO 5. ORAÇÃO PELAS NECESSIDADES 6. OFERTA 7. ENCERRAMENTO (AVISOS)

BEM VINDOS 2. ADORAÇÃO COM MÚSICAS 3. MINISTRAÇÃO DA PALAVRA 4. ORAÇÃO 5. ORAÇÃO PELAS NECESSIDADES 6. OFERTA 7. ENCERRAMENTO (AVISOS) BEM VINDOS Muitos líderes desejam iniciar seu ministério e assim cumprir o chamado que Deus lhe fez. O primeiro passo para alcançar este propósito é o crescimento através de uma célula. Confira a seguir

Leia mais

DEIXE O POVO VOLTAR-SE PARA VOCÊ

DEIXE O POVO VOLTAR-SE PARA VOCÊ Celebração - Kids do Modelo O nosso propósito é transformar discípulos em conquistadores apostólicos, na qual cada um é um ministro e cada casa uma igreja no lar, conquistando, assim, a nossa geração para

Leia mais

Introdução ao Discipulado aos alunos do programa Desafio Jovem com respostas Senhor, me ajude, eu sou novo na equipe!

Introdução ao Discipulado aos alunos do programa Desafio Jovem com respostas Senhor, me ajude, eu sou novo na equipe! Introdução ao Discipulado aos alunos do programa Desafio Jovem com respostas Senhor, me ajude, eu sou novo na equipe! Por Dave Batty Visão Geral 1. Quais são os maiores desafios encarados pelos novos membros

Leia mais

5ª LIÇÃO O SERMÃO DO MONTE

5ª LIÇÃO O SERMÃO DO MONTE Sermão 5 1 5ª LIÇÃO O SERMÃO DO MONTE D. OS JURAMENTOS (Mateus 5:33-37). 1. A exigência da LEI (Deuteronómio 5:11; 6:13; Levítico 19:12). a. Para ensinar o respeito e a reverência para com Deus. b. Para

Leia mais

CÉLULA PARA ADULTOS. Ap. Monteiro 08/12/2013 Domingo (Tarde) AVISE A SUA CÉLULA

CÉLULA PARA ADULTOS. Ap. Monteiro 08/12/2013 Domingo (Tarde) AVISE A SUA CÉLULA CÉLULA PARA ADULTOS Ap. Monteiro 08/12/2013 Domingo (Tarde) QUEBRA GELO - A GARRAFA DO ENCORAJAMENTO Material necessário: Uma garrafa de refrigerante vazia. Desenvolvimento - Todos sentados em círculo.

Leia mais

Jesus perdoa e cura você também. Marcos Pr. Fernando Fernandes. PIB em Penápolis 24/08/2008

Jesus perdoa e cura você também. Marcos Pr. Fernando Fernandes. PIB em Penápolis 24/08/2008 Jesus perdoa e cura você também Marcos 2.1-12 12 Pr. Fernando Fernandes PIB em Penápolis 24/08/2008 1 Está cientificamente comprovado que o desenvolvimento da espiritualidade e a prática religiosa ajudam

Leia mais

UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL.

UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL. UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL. Como sabemos o crescimento espiritual não acontece automaticamente, depende das escolhas certas e na cooperação com Deus no desenvolvimento

Leia mais

Lição 11. Não Morra em Casa (PROFESSOR)

Lição 11. Não Morra em Casa (PROFESSOR) Lição Não Morra em Casa (PROFESSOR) LIÇÃO Não Morra em Casa A. Em quais modos as mães devotadas de hoje tem sido menosprezadas pela sociedade? (pg 3) Pelos fariseus que justificam toda a sua incoerência,

Leia mais

IGREJA BATISTA DE VIRADOURO Pr. José Antônio Corrêa

IGREJA BATISTA DE VIRADOURO Pr. José Antônio Corrêa IGREJA BATISTA DE VIRADOURO Pr. José Antônio Corrêa MINISTRAÇÕES PARA CASAS DE PAZ Módulo II Ministério de Evangelismo e Missões ESTUDOS PARA CASAS DE PAZ Pr. José Maria Savazzi Pr. José Antônio Corrêa

Leia mais

DISCIPLINAS ESPIRITUAIS

DISCIPLINAS ESPIRITUAIS EBD DE FÉRIAS MANUAL DO ALUNO JANEIRO - MARÇO DISCIPLINAS ESPIRITUAIS AULA 2 - SOLITUDE Meu conselho a vocês é simples e direto: prossigam com o que receberam, e vocês receberam Cristo Jesus, o Senhor.

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE AULA 6: SOTERIOLOGIA Baseado em Jeremias 9: 24, a Igreja Pentecostal Deus é Amor oferece a você, obreiro, a oportunidade aprofundar seu conhecimento na palavra de Deus

Leia mais

Obediência A Deus. Cultivando uma Atitude de Submissão Manual do Aluno Por David Batty. Estudos em Grupo Para Novos Cristãos

Obediência A Deus. Cultivando uma Atitude de Submissão Manual do Aluno Por David Batty. Estudos em Grupo Para Novos Cristãos Obediência A Deus Cultivando uma Atitude de Submissão Manual do Aluno Por David Batty Estudos em Grupo Para Novos Cristãos 2 OBEDIÊNCIA A DEUS Manual do aluno Primeira Edição em Português Por David Batty

Leia mais

Calendário de oração do 2º CONJIEL

Calendário de oração do 2º CONJIEL Calendário de oração do 2º CONJIEL É com alegria que comunicamos o inicio dos trabalhos para mobilização de intercessores e igrejas que estarão envolvidos durante 40 dias de muita oração e comunhão em

Leia mais

domingo, 26 de dezembro de 2010 A n é s i o R o d r i g u e s

domingo, 26 de dezembro de 2010 A n é s i o R o d r i g u e s A n é s i o R o d r i g u e s O Reino de Deus Mateus 3:1,2 Naqueles dias surgiu João Batista, pregando no deserto da Judéia. Ele dizia: Arrependam-se, pois o Reino dos céus está próximo. Mateus 4:17 Daí

Leia mais

Colégio Nossa Senhora da Piedade

Colégio Nossa Senhora da Piedade Colégio Nossa Senhora da Piedade Dados de identificação: Curso: Ensino Fundamental II Série: 9 Ano Professora: Denise dos Santos Silva Rocha Disciplina: Ensino Religioso Ano: 2016. Plano de curso 1-Objetivo

Leia mais

Ministério da Consolidação

Ministério da Consolidação 1 Ministério da Consolidação Igreja Metodista de Vila Isabel Ministério da Evangelização 2 CONSOLIDAÇÃO 1 Por esta razão, também nós, desde o dia em que o ouvimos, não cessamos de orar por vós e de pedir

Leia mais

Entusiasmo Projeto 206. Por David Batty

Entusiasmo Projeto 206. Por David Batty Entusiasmo Projeto 206 Por David Batty 2 Entusiasmo Projeto 206 Nome Entusiasmo Data de Início Romanos 12:11 Data de Término Projeto 206 Imagine que você esteja num estádio de Futebol. Olhe para a torcida.

Leia mais

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado LIÇÃO 1 - EXISTE UM SÓ DEUS 18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado A Bíblia diz que existe um único Deus. Tiago 2:19, Ef. 4 1- O Deus que Criou Todas as coisas, e que conduz a sua criação e

Leia mais

GRUPOS PEQUENOS. Por Evaristo Filho. SEMINÁRIO TEOLÓGICO EVANGÉLICO BÍBLICO SETEB Global

GRUPOS PEQUENOS. Por Evaristo Filho. SEMINÁRIO TEOLÓGICO EVANGÉLICO BÍBLICO SETEB Global GRUPOS PEQUENOS Por Evaristo Filho SEMINÁRIO TEOLÓGICO EVANGÉLICO BÍBLICO SETEB Global http://seminarioevangelico.com.br setebonline@gmail.com 2 Apresentação da Disciplina Informações Gerais Pré-Tarefas

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Quarta-feira da 3ª Semana do Advento 1) Oração O Evangelho

Leia mais

ÍNDICE GERAL INTRODUÇÃO... 13

ÍNDICE GERAL INTRODUÇÃO... 13 ÍNDICE GERAL INTRODUÇÃO... 13 SEÇÃO I CONSIDERAÇÕES BÁSICAS SOBRE A MUTUALIDADE Índice pormenorizado da Seção I... 19 Caracterizando a Comunhão... 21 A Mutualidade e a Comunhão... 24 A Mutualidade é o

Leia mais

EVANGELISMO. Uma ideia nada popular. razão externa: religião como fenômeno particular. razão interna: confusão entre evangelismo e proselitismo

EVANGELISMO. Uma ideia nada popular. razão externa: religião como fenômeno particular. razão interna: confusão entre evangelismo e proselitismo EVANGELISMO Uma ideia nada popular razão externa: religião como fenômeno particular razão interna: confusão entre evangelismo e proselitismo O QUE EVANGELISMO NÃO É? Não é um convite para ir uma reunião

Leia mais

MDA - Tadel. Treinamento Avançado de Líderes. Sidnei Souza [Digite o nome da empresa] 01/01/2015

MDA - Tadel. Treinamento Avançado de Líderes. Sidnei Souza [Digite o nome da empresa] 01/01/2015 2015 MDA - Tadel Treinamento Avançado de Líderes Sidnei Souza [Digite o nome da empresa] 01/01/2015 Lição 1 O Coração do Pastor Introdução Apesar dos milhares de líderes que respondem pelo título de Pastor

Leia mais

Lição 11 Cuidados com os fracos na fé Texto Bíblico: Romanos

Lição 11 Cuidados com os fracos na fé Texto Bíblico: Romanos Lição 11 Cuidados com os fracos na fé Texto Bíblico: Romanos 14.1-12 O nível espiritual é diferenciado em qualquer comunidade cristã. Na Igreja em Roma certamente acontecia a mesma experiência. Nos planos

Leia mais

Respostas aos Testes de Autoavaliação

Respostas aos Testes de Autoavaliação Respostas aos Testes de Autoavaliação 323 Respostas aos Testes de Autoavaliação Lição 1 1. b) problemas. 2. a) obediência a Deus e à sua Palavra. 3. d) alegria. 4. c) seduzir-nos. 5. a) Todas as pessoas

Leia mais