CURSO GRAU I - TREI INADOR/ MONITOR DE NATAÇÃO REGULAMENTO e Natação do Distrito de Leiria

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CURSO GRAU I - TREI INADOR/ MONITOR DE NATAÇÃO REGULAMENTO e Natação do Distrito de Leiria"

Transcrição

1 CURSO GRAU I - TREI INADOR/ MONITOR DE NATAÇÃO REGULAMENTO ANDL Associação de e Natação do Distrito de Leiria

2 1. Organização A organização do Curso de Grau I de Treinador/ Monitor de Natação, é da responsabilidade da Associação de Natação do Distrito de Leiria, com a homologação da Federação Portuguesa de Natação. Ambas as componentes, Geral e Especifica, serão realizadas em Leiria, Peniche e Nazaré. 2 A prova prática, será realizada no dia 3 de Março, na Piscina Municipal de Leiria, às 20h Destinatários e Condições de acesso Podem candidatar-se a frequentar o curso, todas as pessoas de ambos os sexos que, cumulativamente possuam: Idade mínima de 18 anos à data do início do curso; Escolaridade mínima obrigatória como habilitação literária Os candidatos devem de preencher as demais condições gerais, bem como as condições definidas e que correspondem à realização de uma prova de 100 metros Estilos ou 200 metros Livres, com as respetivas partidas e viragens específicas, sem evidenciarem erros técnicos graves e cumprindo os mínimos (tempo) estabelecidos para o efeito. 100 metros Estilos Tempo: até 01: metros Livres - Tempo: até 03:30.00 O Curso só se realiza, se houver no mínimo 20 inscrições. 3. Estrutura tura O Curso de Grau I Treinador/ Monitor de Natação, integrará duas fases: Curricular (Geral e Especifica) e Estágio. A componente curricular é composta de 91 horas, dividindo-se em componente Formação Geral (41 horas) e componente

3 Formação Especifica (50 horas), de acordo com o definido pelo departamento técnico e de formação da Federação Portuguesa de Natação. Para os Estágio, só poderão acedera à mesma, os candidatos que foram considerados aptos na fase curricular, estando o mesmo sob a responsabilidade da FPN. 3 Data pré requisito: 3 Março 2017; Datas da Componente Geral: 11, 12, 18, 19 e 25 de Março 2017; Data do exame da componente geral: 8 de Abril 2017; Datas da Componente Específica: 8,9, 22, 23, 29 e 30 de Abril 2017; Data do exame da componente Específica: 6 Maio 2017 Data do exame da 2ª chamada: 30 dias após a divulgação dos resultados da componente específica. 4. Inscrições As inscrições são realizadas na ANDL, e só serão válidas aquando a entrega dos seguintes documentos: Ficha de inscrição (ficheiro formato word e tem que ser escrita a computador. Não N aceitamos fichas manuscritas). Comprovativo de habilitações literárias (caso tenha a escolaridade mínima obrigatória) Comprovativo do pagamento da taxa de inscrição (25 Euros) este valor não será devolvido, mesmo que o candidato não fique Apto, no pré requisito Licenciados com equivalência à componente Geral ou Especifica, devem apresentar declaração de reconhecimento de competências, emitida pelo IPDJ (www.idesporto.pt); Valor da Componente Geral + Componente Especifica: 275,00 Valor da componente geral: 150,00 Valor da componente específica: 150,00 A documentação deve ser enviada até dia 19 de Fevereiro 2017, para o seguinte

4 Quem estiver interessado em usufruir do plano de pagamentos, o mesmo será realizado da seguinte forma: Até dia 19 de Fevereiro 2017 pagamento dos 25 Euros, referente à taxa de inscrição; De 06 a 08 de Março 2017 pagamento de 75 Euros + 75 Euros (estágio) Até dia 29 de Março 2017 pagamento de 100 Euros (excepto para quem frequenta apenas uma componente) + 50 Euros (Estágio) Até dia 04 de Maio 2017 pagamento de 100 Euros (quem frequenta só uma componente, liquidará o valor de 75 euros) + 50 Euros (Estágio). 4 Os formandos propostos pelas entidades aderentes ao Portugal a Nadar, têm 25% de desconto. Cada entidade só pode propor no máximo dois candidatos. Taxa de inscrição no estágio (FPN): 175 Euros. O estágio é da responsabilidade da Federação Portuguesa de Natação. No entanto, o valor da inscrição deverá ser liquidado junto da ANDL (IBAN: PT ), e só pode frequentar o estágio, quem ficou APTO, em ambas as componentes (geral e especifica ou na componente que frequentou). Os valores indicados não serão reembolsáveis. 5. Avaliações A avaliação dos formandos será realizada através de um teste escrito, em cada módulo lecionado. A data para o teste escrito, correspondente aos módulos da componente geral será no dia 8 de Abril A data para realização do teste escrito da componente específica, será realizado no dia 6 de Maio A classificação final do curso, será publicada em Comunicado oficial da FPN. Nos testes cada um dos candidatos será classificado como APROVADO (AP) ou NÃO APROVADO (NAP), com a indicação da respetiva classificação de 0 a 20 valores. Para obtenção da classificação final de AP, os candidatos terão de obter o resultado igual ou superior a 10 valores (escala de 0 a 20 valores), em cada um dos módulos que compõem o curso. Os candidatos que obtenham classificações inferiores a 10 valores, em ¼ (a arredondar por excesso) das disciplinas que compõem o curso que frequentaram, poderão ter acesso à 2ª chamada.

5 A 2ª chamada deverá ter lugar no prazo máximo de 30 dias, após a publicação ou envio por mail, das classificações do Curso. Os candidatos que obtiverem na 2ª chamada a classificação final de NAP, em 1 (um) módulo, não poderão ser considerados Aprovados no curso. 6. Frequência no curso regime de presenças 5 O Curso irá realizar-se de forma presencial. Está definido um regime de presenças obrigatórias, sendo ele: a) ¼ de presenças na componente de formação geral; b) ¼ de presenças na componente especifica, sendo que os módulos com aulas práticas são de presença obrigatória, não sendo estas contabilizadas para efeitos do ¼ definido anteriormente (1/4 de presenças obrigatórias à totalidade dos módulos + presença obrigatória nas aulas práticas de cada módulo). 7. Estágio Os formandos realizarão uma época de trabalho como monitor de uma entidade de acolhimento. A totalidade de horas consideradas no âmbito do Estágio (550 horas) não se circunscreve apenas à intervenção durante as sessões de treino/ aula, envolvendo também a realização de todo o conjunto de tarefas inerentes ao desempenho da função de treinador/ monitor. Para a fase de estágio, só poderão aceder à mesma, os formandos que foram considerados APTOS/ APROVADOS na parte Curricular. Diretor do Curso: João Paulo Fróis Secretária do Curso: Raquel Sofia Soeiro Contatos da ANDL: ww.andl.pt/ telf

Regulamento do Curso de Treinadores de Grau I/ Monitores de Natação. O curso de Treinadores de Grau I/ Monitor de Natação integrará duas fases:

Regulamento do Curso de Treinadores de Grau I/ Monitores de Natação. O curso de Treinadores de Grau I/ Monitor de Natação integrará duas fases: 1. ORGANIZAÇÃO O curso Treinadores Grau I/ Monitor Natação integrará duas fases: i) Curricular (Geral e Especifica) e ii) Estágio. A organização da fase Curricular (componentes geral e específica) será

Leia mais

Regulamento de curso de treinadores de andebol de Grau 1

Regulamento de curso de treinadores de andebol de Grau 1 Regulamento de curso de treinadores de andebol de Grau 1 ORGANIZAÇÃO A responsabilidade dos Cursos de Treinadores de Andebol é da Federação de Andebol de Portugal, através do seu Departamento de Formação,

Leia mais

CURSO DE TREINADORES DE GRAU Regulamento do Curso

CURSO DE TREINADORES DE GRAU Regulamento do Curso CURSO DE TREINADORES DE GRAU 3-2015 Regulamento do Curso 1 -ORGANIZAÇÃO O Curso de Treinadores de Grau 3 2015 é da responsabilidade da Federação de Andebol de Portugal, através do seu Departamento de Formação,

Leia mais

ASSOCIAÇÃO NATAÇÃO DO DISTRITO DE LEIRIA. Curso de Grau I - Treinador / Monitor de Natação REGULAMENTO CURSO DE GRAU I TREINADOR / MONITOR DE NATAÇÃO

ASSOCIAÇÃO NATAÇÃO DO DISTRITO DE LEIRIA. Curso de Grau I - Treinador / Monitor de Natação REGULAMENTO CURSO DE GRAU I TREINADOR / MONITOR DE NATAÇÃO ASSOCIAÇÃO NATAÇÃO DO DISTRITO DE LEIRIA Curso de Grau I - Treinador / Monitor de Natação 2015 REGULAMENTO CURSO DE GRAU I TREINADOR / MONITOR DE NATAÇÃO 1. Organização A organização do Curso de Grau I

Leia mais

FORMAÇÃO - REGULAMENTO

FORMAÇÃO - REGULAMENTO FORMAÇÃO - REGULAMENTO Curso de Treinadores de Grau I / Monitor de Natação ANDS, 2016 1. ORGANIZAÇÃO O curso de Treinadores de Grau I / Monitor de Natação integrará duas fases: Curricular (Geral e Especifica)

Leia mais

Vem por este meio a FPTA informar os eventuais interessados na realização do Curso de Treinadores de Tiro com Arco de Grau I.

Vem por este meio a FPTA informar os eventuais interessados na realização do Curso de Treinadores de Tiro com Arco de Grau I. A TODOS OS SÓCIOS COMUNICADO 04/2016 Cruz Quebrada, 17 de fevereiro de 2016 Assunto: Curso de Treinadores de Tiro com Arco de Grau I Vem por este meio a FPTA informar os eventuais interessados na realização

Leia mais

REGULAMENTO CURSO DE GRAU II TREINADOR DE NATAÇÃO PURA, NATAÇÃO SINCRONIZADA E POLO AQUÁTICO

REGULAMENTO CURSO DE GRAU II TREINADOR DE NATAÇÃO PURA, NATAÇÃO SINCRONIZADA E POLO AQUÁTICO REGULAMENTO CURSO DE GRAU II 1. ORGANIZAÇÃO A organização do Curso de Grau II de Treinador de Natação Pura, Natação Sincronizada e Polo Aquático é da responsabilidade da Federação Portuguesa de Natação..

Leia mais

REGULAMENTO CURSO DE GRAU II TREINADOR DE NATAÇÃO PURA, NATAÇÃO SINCRONIZADA E POLO AQUÁTICO

REGULAMENTO CURSO DE GRAU II TREINADOR DE NATAÇÃO PURA, NATAÇÃO SINCRONIZADA E POLO AQUÁTICO REGULAMENTO CURSO DE GRAU II 1. ORGANIZAÇÃO A organização do Curso de Grau II de Treinador de Natação Pura, Natação Sincronizada e Polo Aquático é da responsabilidade da Federação Portuguesa de Natação.

Leia mais

REGULAMENTO CURSO DE TREINADORES Grau II Nacional - Porto

REGULAMENTO CURSO DE TREINADORES Grau II Nacional - Porto REGULAMENTO CURSO DE TREINADORES Grau II Nacional - Porto O presente regulamento, aprovado pelo, rege a organização dos Cursos de Treinadores de Grau II e do curso em epígrafe (Nacional - Porto) I. ORGANIZAÇÃO

Leia mais

REGULAMENTO DO CURSO DE JUIZES DE BODYBOARD 2016.

REGULAMENTO DO CURSO DE JUIZES DE BODYBOARD 2016. REGULAMENTO DO CURSO DE JUIZES DE BODYBOARD 2016. NAZARÉ, 05 E 06 de MARÇO de 2016 Curso Regional de Juizes de Bodyboard F.P.S. 2016 I Inscrições De acordo com o projecto de formação de Recursos Humanos

Leia mais

Candidatura ao Curso Secundário de Música: Instrumento (6º grau) / Composição (1º ano)

Candidatura ao Curso Secundário de Música: Instrumento (6º grau) / Composição (1º ano) Ano Lectivo de 2015-16 Candidatura ao Curso Secundário de Música: Instrumento (6º grau) / Composição (1º ano) INFORMAÇÕES DO CANDIDATO Nome Completo Data de Nascimento / / Idade a 31 de Agosto de 2015

Leia mais

REGULAMENTO CURSO DE TREINADORES Grau III Nacional - Porto

REGULAMENTO CURSO DE TREINADORES Grau III Nacional - Porto REGULAMENTO CURSO DE TREINADORES Grau III Nacional - Porto O presente regulamento, aprovado pelo, rege a organização do Curso de Treinadores de Grau III e especificamente do curso em epígrafe (Nacional

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE NATAÇÃO DO ALENTEJO REGULAMENTO REGIONAL DE COMPETIÇÕES NATAÇÃO PURA

ASSOCIAÇÃO DE NATAÇÃO DO ALENTEJO REGULAMENTO REGIONAL DE COMPETIÇÕES NATAÇÃO PURA ASSOCIAÇÃO DE NATAÇÃO DO ALENTEJO REGULAMENTO REGIONAL DE COMPETIÇÕES NATAÇÃO PURA ÉPOCA 2015/2016 DISPOSIÇÕES GERAIS 1 Introdução: O documento que se apresenta regulamentará todas as provas de Atletas

Leia mais

CONCURSO DE ACESSO AO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TÉCNICO DE INSPEÇÃO AVANÇADA DE ESTRUTURAS EDIÇÃO 2014/2015

CONCURSO DE ACESSO AO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TÉCNICO DE INSPEÇÃO AVANÇADA DE ESTRUTURAS EDIÇÃO 2014/2015 CONCURSO DE ACESSO AO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TÉCNICO DE INSPEÇÃO AVANÇADA DE ESTRUTURAS EDIÇÃO 2014/2015 O Presidente do Instituto Superior de Engenharia do Porto, João Manuel Simões da Rocha, faz saber:

Leia mais

Regulamento Curso de Treinadores - Grau I

Regulamento Curso de Treinadores - Grau I Regulamento Curso de Treinadores - Grau I ( V e r s ã o 1. 0 ) P á g i n a 1 10 Sumário CAPÍTULO I... 3 Âmbito... 3 CAPÍTULO II... 3 ADMISSÃO... 3 CAPÍTULO III... 3 INSCRIÇÃO... 3 CAPÍTULO IV... 5 ESTRUTURA

Leia mais

EDITAL. CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO DO ESTUDANTE INTERNACIONAL Ano Letivo de 2016/2017

EDITAL. CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO DO ESTUDANTE INTERNACIONAL Ano Letivo de 2016/2017 EDITAL CONCURSO ESPECIAL DE ACESSO E INGRESSO DO ESTUDANTE INTERNACIONAL Ano Letivo de 2016/2017 Por delegação de competências do Presidente do Instituto Politécnico do Cávado e Ave, Agostinha Patrícia

Leia mais

As aulas teóricas serão realizadas no local a definir e as práticas em campos a definir.

As aulas teóricas serão realizadas no local a definir e as práticas em campos a definir. Organização O Curso de Treinadores de Futsal Raízes (Grau I) será organizado pela Associação de Futebol de Bragança (AFB), nos termos das Normas de Licenciamento de Cursos de Treinadores da Federação Portuguesa

Leia mais

EDITAL INSTITUTO POLITÉCNICO DO PORTO CONCURSO DE ACESSO AO CURSO DE MESTRADO EM DIREÇÃO HOTELEIRA DA ESCOLA SUPERIOR DE HOTELARIA E TURISMO 1

EDITAL INSTITUTO POLITÉCNICO DO PORTO CONCURSO DE ACESSO AO CURSO DE MESTRADO EM DIREÇÃO HOTELEIRA DA ESCOLA SUPERIOR DE HOTELARIA E TURISMO 1 EDITAL INSTITUTO POLITÉCNICO DO PORTO CONCURSO DE ACESSO AO CURSO DE MESTRADO EM DIREÇÃO HOTELEIRA DA ESCOLA SUPERIOR DE HOTELARIA E TURISMO 1 Delminda Augusta Pinto Lopes, Vice-Presidente, em substituição

Leia mais

Candidatura ao Curso Básico de Música Regime Integrado ou Articulado 1º grau/5º ano

Candidatura ao Curso Básico de Música Regime Integrado ou Articulado 1º grau/5º ano Ano Lectivo de 2015-16 Candidatura ao Curso Básico de Música Regime Integrado ou Articulado 1º grau/5º ano - Regime Supletivo 1º grau/ 5º, 6º e 7º anos INFORMAÇÕES DO CANDIDATO Nome Completo Cartão Cidadão

Leia mais

O presente regulamento aplica-se às ações de formação, de qualquer tipo e natureza, realizadas no Centro de Formação do Porto de Leixões.

O presente regulamento aplica-se às ações de formação, de qualquer tipo e natureza, realizadas no Centro de Formação do Porto de Leixões. CENTRO DE FORMAÇÃO DO PORTO DE LEIXÕES REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO 1. Âmbito O presente regulamento aplica-se às ações de formação, de qualquer tipo e natureza, realizadas no Centro de Formação

Leia mais

Curso de Formação Especializada em China: Política e Cultura

Curso de Formação Especializada em China: Política e Cultura Cursos de Formação Especializada 2015/2016 Curso de Formação Especializada em China: Política e Cultura 1ª Edição Coordenação científica: Professor Doutor Carlos Piteira Com o apoio de: PREÂMBULO O Curso

Leia mais

Regulamento Concursos Especiais de Acesso e Ingresso no Ensino Superior

Regulamento Concursos Especiais de Acesso e Ingresso no Ensino Superior Regulamento Concursos Especiais de Acesso e Ingresso no Ensino Superior Titulares de um diploma de técnico superior profissional Artigo 1.º Âmbito São abrangidos pelo concurso especial os titulares de

Leia mais

Regulamento de Formação: CURSO DE GRAU I Treinador / Monitor de Natação Évora, Novembro de 2015

Regulamento de Formação: CURSO DE GRAU I Treinador / Monitor de Natação Évora, Novembro de 2015 Regulamento de Formação: CURSO DE GRAU I Treinador / Monitor de Natação Évora, Novembro de 2015 1. ORGANIZAÇÃO DA FORMAÇÃO O curso de Treinadores de Grau I / Monitor de Natação integrará duas fases: Curricular

Leia mais

GesLoures, E.M. Quadro Normativo (Anexo IV) Área Desportiva Época 2015/2016

GesLoures, E.M. Quadro Normativo (Anexo IV) Área Desportiva Época 2015/2016 GesLoures, E.M. Artigo 1º Regime Especial de Frequência 1. O acesso às classes de pré-treino e treino constitui um benefício acrescido proporcionado aos alunos das aulas de natação, que se traduz no aumento

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM FISIOTERAPIA. ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO DE AVALIAÇÃO E APLICAÇÃO CLÍNICA DO MOVIMENTO (edição )

EDITAL MESTRADO EM FISIOTERAPIA. ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO DE AVALIAÇÃO E APLICAÇÃO CLÍNICA DO MOVIMENTO (edição ) EDITAL MESTRADO EM FISIOTERAPIA ÁREA DE ESPECIALIZAÇÃO DE AVALIAÇÃO E APLICAÇÃO CLÍNICA DO MOVIMENTO (edição 2016-) Nos termos do Decreto-Lei n.º 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto-Lei n.º 74/2006

Leia mais

10. FESTIVAL DE NATAL - ESCOLAS Piscina de Machico / Piscina de 25 metros

10. FESTIVAL DE NATAL - ESCOLAS Piscina de Machico / Piscina de 25 metros 10. FESTIVAL DE NATAL - ESCOLAS Piscina de Machico / Piscina de 25 metros Funchal, 17 de dezembro 2016 Época Desportiva 2016/2017 1 FESTIVAL DE NATAL Portugal a Nadar / Escolas 1. DATA: Machico, 17 de

Leia mais

REGULAMENTO TREINADORES DANÇA DESPORTIVA

REGULAMENTO TREINADORES DANÇA DESPORTIVA REGULAMENTO TREINADORES DANÇA DESPORTIVA Aprovado em reunião de Direção a 1 de outubro de 2014 Em vigor a partir de 5 de outubro de 2014 CAPITULO I TUTELA E ÂMBITO Artigo 1.º Âmbito O presente Regulamento

Leia mais

Concursos Especiais para Estudantes Internacionais Guia de Acesso - Ano Lectivo

Concursos Especiais para Estudantes Internacionais Guia de Acesso - Ano Lectivo De acordo com o estipulado no Regulamento do concurso especial de acesso e ingresso do estudante internacional a ciclos de estudo de licenciatura na Universidade de Atlântica, e no cumprimento do Decreto-Lei

Leia mais

Artigo 1.º (Objetivo e âmbito) Artigo 2.º (Condições para requerer a inscrição)

Artigo 1.º (Objetivo e âmbito) Artigo 2.º (Condições para requerer a inscrição) REGULAMENTO DAS PROVAS DESTINADAS A AVALIAR A CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO CURSO DE LICENCIATURA EM ENFERMAGEM DA ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM S. FRANCISCO DAS MISERICÓRDIAS, DOS TITULARES DE UM DIPLOMA

Leia mais

As aulas teóricas serão realizadas no Auditório da Sede da AFVR e as práticas em campos a definir.

As aulas teóricas serão realizadas no Auditório da Sede da AFVR e as práticas em campos a definir. Organização O Curso de Treinadores de Futebol UEFA Basic / Grau II será organizado pela Associação de Futebol de Vila Real (AFVR), nos termos das Normas de Licenciamento de Cursos de Treinadores da Federação

Leia mais

[FORMAÇÃO DE TREINADORES CURSO DE TREINADOR DE GRAU I] FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE REMO

[FORMAÇÃO DE TREINADORES CURSO DE TREINADOR DE GRAU I] FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE REMO 2015 [FORMAÇÃO DE TREINADORES CURSO DE TREINADOR DE GRAU I] FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE REMO 1 CALENDARIZAÇÃO E INFORMAÇÕES SOBRE O CURSO DE TREINADORES DE GRAU I 1. Local de realização Gondomar o Aulas Teóricas:

Leia mais

Regulamento de Matrículas, Inscrições e Propinas

Regulamento de Matrículas, Inscrições e Propinas Regulamento de Matrículas, Inscrições e Propinas I - Matrículas 1. A matrícula é o acto administrativo, a realizar no início de cada ano lectivo e que confere ao estudante o direito a ingressar no estabelecimento

Leia mais

AOS NOVOS. b. Os outros casos enquadram-se no novo regime de acesso ao ensino superior para os maiores de 23 anos.

AOS NOVOS. b. Os outros casos enquadram-se no novo regime de acesso ao ensino superior para os maiores de 23 anos. PEDIDOS DE EQUIPARAÇÃO OU EQUIVALÊNCIA AOS NOVOS PLANOS DE ESTUDO E TÍTULOS ACADÉMICOS EM TEOLOGIA E CIÊNCIAS RELIGIOSAS 1. Cursos Básicos de Teologia O Mapa em anexo ao Despacho Normativo n.º 6-A/90,

Leia mais

FICHA DE CURSO. Responsabilidade Médica 3.ª Edição

FICHA DE CURSO. Responsabilidade Médica 3.ª Edição FICHA DE CURSO Responsabilidade Médica 3.ª Edição DESCRIÇÃO DO CURSO Este Curso visa proporcionar uma formação aprofundada na área da Responsabilidade Médica, com particular destaque para a responsabilidade

Leia mais

CURSO DE TREINADORES DE DESPORTO GRAU I FORMAÇÃO GERAL

CURSO DE TREINADORES DE DESPORTO GRAU I FORMAÇÃO GERAL CURSO DE TREINADORES DE DESPORTO GRAU I FORMAÇÃO GERAL ILHA DO PICO REGULAMENTO/ ASSOCIAÇÃO DE 2016 TEMÁTICO ORGANIZAÇÃO CRONOGRAMA DAS AÇÕES CANDIDATURA E INSCRIÇÃO RELAÇÃO NOMINAL DOS PRELETORES E ESTRUTURA

Leia mais

FPN REGULAMENTO DE COMPETIÇÕES NACIONAIS 2014/2015 NATAÇÃO PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

FPN REGULAMENTO DE COMPETIÇÕES NACIONAIS 2014/2015 NATAÇÃO PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA 1 FPN REGULAMENTO DE COMPETIÇÕES NACIONAIS 2014/2015 NATAÇÃO PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA Campeonato da Europa de Natação Adaptada 2016 Pág. 1 de SECTIONPAGES 1 Índice DISPOSIÇÕES GERAIS... 3 1. Introdução...

Leia mais

EDITAL INSTITUTO POLITÉCNICO DO PORTO CONCURSO DE ACESSO AO CURSO DE MESTRADO EM DESIGN DA ESCOLA SUPERIOR DE MEDIA ARTES E DESIGN 1

EDITAL INSTITUTO POLITÉCNICO DO PORTO CONCURSO DE ACESSO AO CURSO DE MESTRADO EM DESIGN DA ESCOLA SUPERIOR DE MEDIA ARTES E DESIGN 1 EDITAL INSTITUTO POLITÉCNICO DO PORTO CONCURSO DE ACESSO AO CURSO DE MESTRADO EM DESIGN DA ESCOLA SUPERIOR DE MEDIA ARTES E DESIGN 1 Delminda Augusta Pinto Lopes, Vice-Presidente, em substituição da Presidente

Leia mais

COMUNICADO Nº /10/2015

COMUNICADO Nº /10/2015 COMUNICADO Nº 31-15 02/10/2015 ÍNDICE 1. PLANOS DE ALTO RENDIMENTO E REGULAMENTOS DE COMPETIÇÕES NACIONAIS 2. ÁGUAS ABERTAS 3. NATAÇÃO ADAPTADA 4. FORMAÇÃO 5. NOVAS FILIAÇÕES 6. RECORDES HOMOLOGADOS 7.

Leia mais

COMUNICADO OFICIAL Nº

COMUNICADO OFICIAL Nº COMUNICADO OFICIAL Nº 1 2015-2016 1. ABERTURA DE ÉPOCA 2015-2016 - TÍTULO 8 - ARTº 2º Para efeitos regulamentares considera-se "ÉPOCA DESPORTIVA OFICIAL" o período compreendido entre a data do 1º Jogo

Leia mais

http://www3.esvilela.pt/exames-nacionais PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA (1º E 2º CICLO) 2016 QUAIS AS CONDIÇÕES DE APROVAÇÃO? No final do 1º ciclo do ensino básico o aluno obtém a menção de Aprovado

Leia mais

TEOLOGIA E ESPIRITUALIDADE DA FAMÍLIA

TEOLOGIA E ESPIRITUALIDADE DA FAMÍLIA savlita TEOLOGIA E ESPIRITUALIDADE DA FAMÍLIA SITUAÇÕES ESPECIAIS EDIÇÃO 2016 17 DOCUMENTO IDENTIDADE DO CURSO ESTRUTURA DO CURSO Módulo I Antecedentes e contexto Módulo II O Concílio como acontecimento

Leia mais

CALENDÁRIO E REGULAMENTO REGIONAL NATAÇÃO PURA

CALENDÁRIO E REGULAMENTO REGIONAL NATAÇÃO PURA CALENDÁRIO E REGULAMENTO REGIONAL NATAÇÃO PURA 2013/2014 Calendário 2013/2014 OUTUBRO Fim de Semana Dias Descrição da Prova Local 1 2 3 4 5 6 12 13 19 20 26 27 Torneio Regional de Abertura - INF Torneio

Leia mais

DESPACHO. Em anexo é republicado o Regulamento nº 10/2012 com a nova redação, agora como Regulamento nº 10/2013. O PRESIDENTE DA ESTeSL

DESPACHO. Em anexo é republicado o Regulamento nº 10/2012 com a nova redação, agora como Regulamento nº 10/2013. O PRESIDENTE DA ESTeSL DESPACHO N.º 12/2013 Data: 2013/03/08 Para conhecimento de: Pessoal Docente, Discente e não Docente ASSUNTO: Alteração ao Regulamento nº 10/2012. A recente revisão do Regulamento do Ciclo de Estudos Conducente

Leia mais

Artigo 1.º Objeto e âmbito. Artigo 2.º Avaliação da capacidade para a frequência. Artigo 3.º Provas

Artigo 1.º Objeto e âmbito. Artigo 2.º Avaliação da capacidade para a frequência. Artigo 3.º Provas REGULAMENTO DO CONCURSO LOCAL PARA A CANDIDATURA À MATRÍCULA E INSCRIÇÃO NO CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE AO GRAU DE LICENCIADO EM TECNOLOGIAS DA MÚSICA MINISTRADO PELA ESCOLA SUPERIOR DE MÚSICA DO INSTITUTO

Leia mais

Regulamento de Certificação de Técnicos

Regulamento de Certificação de Técnicos Regulamento de Certificação de Técnicos O presente documento estabelece o Regulamento de certificação dos técnicos responsáveis pela instalação, deteção de fugas, recuperação e manutenção ou assistência

Leia mais

Oferta Formativa Pós- Graduada Curso Pós-Graduado de Especialização em Educação

Oferta Formativa Pós- Graduada Curso Pós-Graduado de Especialização em Educação Instituto de Oferta Formativa Pós- Graduada Curso Pós-Graduado de Especialização em Educação Especialização: Tecnologias e Metodologias da Programação no Ensino Básico 16 17 Edição Instituto de Educação

Leia mais

Regulamento do Trabalhador - Estudante da Escola Superior de Dança. Artigo 1.º. Objeto e âmbito

Regulamento do Trabalhador - Estudante da Escola Superior de Dança. Artigo 1.º. Objeto e âmbito Regulamento do Trabalhador - Estudante da Escola Superior de Dança Artigo 1.º Objeto e âmbito O presente regulamento tem como objetivo estabelecer os requisitos de atribuição do estatuto de trabalhador

Leia mais

Pós-graduação Tecnologia Aeronáutica. Edital 2013/2014

Pós-graduação Tecnologia Aeronáutica. Edital 2013/2014 Pós-graduação Tecnologia Aeronáutica Edital 2013/2014 Setúbal, dezembro de 2012 ENQUADRAMENTO E OBJECTIVOS O curso de Pós-Graduação em Tecnologia Aeronáutica (PGTA) é uma realização da Escola Superior

Leia mais

Universidade Portucalense Infante D. Henrique

Universidade Portucalense Infante D. Henrique Universidade Portucalense Infante D. Henrique Bolsas de Estudo Regulamento 1. Requisitos a cumprir para candidatura a) Não ser detentor de grau académico universitário; b) Não beneficiar de outra bolsa

Leia mais

Regulamento dos Concursos Especiais de Acesso e Ingresso nos Ciclos de Estudos de Licenciatura do Instituto Superior de Administração e Gestão

Regulamento dos Concursos Especiais de Acesso e Ingresso nos Ciclos de Estudos de Licenciatura do Instituto Superior de Administração e Gestão Regulamento dos Concursos Especiais de Acesso e Ingresso nos Ciclos de Estudos de Licenciatura do Instituto Superior de Administração e Gestão Ouvidos os órgãos de gestão do ISAG, nos termos do artigo

Leia mais

Regulamento da Candidatura através dos Regimes de Reingresso, Mudança de Curso ou Transferência. Ano Letivo 2013/2014

Regulamento da Candidatura através dos Regimes de Reingresso, Mudança de Curso ou Transferência. Ano Letivo 2013/2014 Regulamento da Candidatura através dos Regimes de Reingresso, Mudança de Curso ou Transferência (Portaria nº401/2007, de 5 de abril) Ano Letivo 2013/2014 A Portaria nº401/2007, de 5 de abril, aprova o

Leia mais

Conteúdo ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR SERVIÇOS ACADÉMICOS CONDIÇÕES DE ACESSO 2014/2015

Conteúdo ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR SERVIÇOS ACADÉMICOS CONDIÇÕES DE ACESSO 2014/2015 ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR SERVIÇOS ACADÉMICOS CONDIÇÕES DE ACESSO 2014/2015 Conteúdo LICENCIATURA EM TREINO DESPORTIVO (Regime Diurno - Cód. 9808 / Regime Pós-Laboral Cód. 8416)... 1 LICENCIATURA

Leia mais

Preçário Ano Letivo 2015/16

Preçário Ano Letivo 2015/16 Preçário Ano Letivo 2015/16 CTeSP Inscrição na Prova de Maiores de 23 Anos * 80 Inscrição na prova de Avaliação de Conhecimentos para candidatos que não possuam 12º ano 100 Candidatura 1ª Fase 150 Candidatura

Leia mais

REGULAMENTO EMPRÉSTIMO DE MATERIAIS ESCOLARES

REGULAMENTO EMPRÉSTIMO DE MATERIAIS ESCOLARES Associação Doutor Joaquim de Carvalho REGULAMENTO EMPRÉSTIMO DE MATERIAIS ESCOLARES Introdução O Centro de Documentação Joaquim de Carvalho da Associação Dr. Joaquim de Carvalho, tem como principal objetivo

Leia mais

REGIME MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO NO ENSINO SUPERIOR LICENCIATURAS ANO LETIVO 2016/2017

REGIME MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO NO ENSINO SUPERIOR LICENCIATURAS ANO LETIVO 2016/2017 REGIME MUDANÇA DE PAR INSTITUIÇÃO/CURSO NO ENSINO SUPERIOR LICENCIATURAS ANO LETIVO 2016/2017 Mudança de par instituição/curso é o ato pelo qual um estudante se matricula e ou inscreve em par instituição/curso

Leia mais

REGISTO DE ENTIDADES NA ANPC (Portaria n.º 773/2009, de 21 de julho e Despacho n.º 10738/2011 de 30 de agosto) PERGUNTAS MAIS FREQUENTES

REGISTO DE ENTIDADES NA ANPC (Portaria n.º 773/2009, de 21 de julho e Despacho n.º 10738/2011 de 30 de agosto) PERGUNTAS MAIS FREQUENTES REGISTO DE ENTIDADES NA ANPC (Portaria n.º 773/2009, de 21 de julho e Despacho n.º 10738/2011 de 30 de agosto) PERGUNTAS MAIS FREQUENTES 1. Que entidades devem efetuar o registo na ANPC (Autoridade Nacional

Leia mais

Universidade de Évora Universidade de Aveiro. Universidade Nova de Lisboa - Faculdade de Ciências e Tecnologias

Universidade de Évora Universidade de Aveiro. Universidade Nova de Lisboa - Faculdade de Ciências e Tecnologias Universidade de Évora Universidade de Aveiro Universidade Nova de Lisboa - Faculdade de Ciências e Tecnologias Edital Abertura do Mestrado Gestão e Poĺıticas Ambientais Ano Letivo 2015/2016 1. O Curso

Leia mais

Tsavlita No V Centenário do Nascimento de S. Teresa d`ávila EOLOGIA E ESPIRITUALIDADE DA FAMÍLIA

Tsavlita No V Centenário do Nascimento de S. Teresa d`ávila EOLOGIA E ESPIRITUALIDADE DA FAMÍLIA Universidade Católica Portuguesa CURSO PELA INTERNET - ELEARNING Tsavlita EOLOGIA E ESPIRITUALIDADE DA FAMÍLIA SITUAÇÕES ESPECIAIS Nada te turbe No V Centenário do Nascimento de S. Teresa d`ávila Curso

Leia mais

4. Será necessário o preenchimento e envio/entrega de: a. Formulário de candidatura (disponível em

4. Será necessário o preenchimento e envio/entrega de: a. Formulário de candidatura (disponível em EDITAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO PÓS- GRADUADO EM NUTRIÇÃO CELULAR ATIVA E ORTOMOLECULAR ANO LECTIVO DE 2016/2017 REPUBLICAÇÃO Agostinho Luís da Silva Cruz, Presidente da Escola Superior de Tecnologia da

Leia mais

CURSOS DE CERTIFICAÇÃO CBBD CHAMAMENTO CURSOS 2016 INFORMAÇÃO E CONVITE

CURSOS DE CERTIFICAÇÃO CBBD CHAMAMENTO CURSOS 2016 INFORMAÇÃO E CONVITE CURSOS DE CERTIFICAÇÃO CBBD CHAMAMENTO CURSOS 2016 INFORMAÇÃO E CONVITE CONTEXTO A CBBd em cooperação com a federação local promoverá a oportunidade de curso preparatório para professores, técnicos, árbitros

Leia mais

Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO DIRETORIA GERAL

Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO DIRETORIA GERAL Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação FACULDADE DE MEDICINA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO DIRETORIA GERAL Portaria Famerp 002, de 05-01-2015 O Diretor Geral em Exercício da Faculdade de

Leia mais

Curso Livre Online. Gestão de Parques e Reservas Naturais e Culturais. Plano Modular. Centro Português de Geo-História e Pré-História

Curso Livre Online. Gestão de Parques e Reservas Naturais e Culturais. Plano Modular. Centro Português de Geo-História e Pré-História Curso Livre Online Gestão de Parques e Reservas Naturais e Culturais Plano Modular Centro Português de Geo-História e Pré-História Apresentação da entidade organizadora Centro Português de Geo História

Leia mais

REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO POR MÉRITO

REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO POR MÉRITO REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO POR MÉRITO ÍNDICE OBJECTO 3 ÂMBITO 3 CONCEITO 3 COMPETÊNCIAS 4 VALOR DA BOLSA 4 NÚMERO DE BOLSAS A ATRIBUIR 4 DISTRIBUIÇÃO DAS BOLSAS 4 ADMISSÃO 4 CRITÉRIOS

Leia mais

Curso Online Turismo e Musealização de Sítios Arqueológicos

Curso Online Turismo e Musealização de Sítios Arqueológicos Curso Online Turismo e Musealização de Sítios Arqueológicos PLANO MODULAR Apresentação da entidade organizadora Centro Português de Geo História e Pré-História (CPGP) Formado em outubro de 1993, constituiu-se

Leia mais

Ano letivo 2015/2016

Ano letivo 2015/2016 EDITAL CONCURSO DE ACESSO AO CURSO DE MESTRADO EM GESTÃO DO TURISMO, DA ESCOLA SUPERIOR DE GESTÃO DO INSTITUTO POLITÉCNICO DO CÁVADO E DO AVE E DO INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO DO

Leia mais

Mestrado em Educação Pré-Escolar

Mestrado em Educação Pré-Escolar ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO Mestrado em Educação Pré-Escolar 24-06-2014 Instituto Politécnico de Setúbal Última atualização: 12/11/2013 Pág. 1 de 5 Mestrado em Educação Pré-Escolar 1. ENQUADRAMENTO DO

Leia mais

REGULAMENTO DOS CONCURSOS ESPECIAIS DE ACESSO E INGRESSO NO ENSINO SUPERIOR NOS CURSOS MINISTRADOS NA UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO

REGULAMENTO DOS CONCURSOS ESPECIAIS DE ACESSO E INGRESSO NO ENSINO SUPERIOR NOS CURSOS MINISTRADOS NA UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO REGULAMENTO DOS CONCURSOS ESPECIAIS DE ACESSO E INGRESSO NO ENSINO SUPERIOR NOS CURSOS MINISTRADOS NA UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES E ALTO DOURO TÍTULO I Disposições gerais Artigo 1.º Âmbito O presente

Leia mais

D E S P A C H O Nº 17/2013

D E S P A C H O Nº 17/2013 D E S P A C H O Nº 17/2013 Por proposta do Conselho Pedagógico, foram aprovados os Calendários Escolares (1.º, 2.º e 3.º ciclos) para o ano lectivo de 2013/2014, que se anexam ao presente Despacho e dele

Leia mais

.::. Diretorio Central dos Estudantes.::. ::.DCE UniCEUB.:: Gestão 2016/2017

.::. Diretorio Central dos Estudantes.::. ::.DCE UniCEUB.:: Gestão 2016/2017 EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSORES CURSO DE LÍNGUAS DCE O presidente do Diretório Central dos Estudantes do UniCEUB, Rafael Calixto de Sousa, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, torna

Leia mais

Regulamento das provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do Curso de Licenciatura em Enfermagem da ESEL dos

Regulamento das provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do Curso de Licenciatura em Enfermagem da ESEL dos Regulamento das provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do Curso de Licenciatura em Enfermagem da ESEL dos maiores de 23 anos e do Concurso Especial dos Estudantes

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM DOENÇAS FUNCIONAIS E MANOMETRIA DO APARELHO

Leia mais

3. Estou a concluir a licenciatura, posso ser admitido (a) a concurso? 4. Estou a tirar a carta de condução, posso ser admitido (a) a concurso?

3. Estou a concluir a licenciatura, posso ser admitido (a) a concurso? 4. Estou a tirar a carta de condução, posso ser admitido (a) a concurso? 1. Quando termina o prazo de candidaturas No dia 13 de abril de 2015 (inclusive) 2. Quais são os requisitos de candidatura? De acordo com o indicado no nº 5, do aviso de abertura do concurso, o candidato

Leia mais

3. O requerimento deve ser apresentado pelo encarregado de educação ou pelo próprio aluno, quando maior, ao diretor da escola, até 6 de maio.

3. O requerimento deve ser apresentado pelo encarregado de educação ou pelo próprio aluno, quando maior, ao diretor da escola, até 6 de maio. Guia Geral para Alunos Praticantes Desportivos Provas e Exames 2016 1 ÉPOCA ESPECIAL ALUNOS PRATICANTES DESPORTIVOS 1. Os alunos praticantes desportivos de alto rendimento e de seleções nacionais podem

Leia mais

REGULAMENTO N.º 3/2015

REGULAMENTO N.º 3/2015 REGULAMENTO N.º 3/2015 REGULAMENTO DAS PROVAS ESPECIALMENTE ADEQUADAS DESTINADAS A AVALIAR A CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR DOS MAIORES DE 23 ANOS NA ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA DA SAÚDE

Leia mais

MESTRADO EM DIREITO INTERNACIONAL E EUROPEU ANO LETIVO 2016/2017

MESTRADO EM DIREITO INTERNACIONAL E EUROPEU ANO LETIVO 2016/2017 MESTRADO EM DIREITO INTERNACIONAL E EUROPEU ANO LETIVO 2016/2017 VAGAS o 15 vagas para a candidatura na 1.ª fase o 15 vagas para a candidatura na 2.ª fase Na 1.ª fase aceitam-se candidaturas condicionadas

Leia mais

CIRCULAR INFORMATIVA

CIRCULAR INFORMATIVA CIRCULAR INFORMATIVA Nº. 17 Data: 2013/03/26 Para conhecimento de: Pessoal docente, discente e não docente ASSUNTO: - Regulamento das Provas Especialmente Adequadas a Avaliar a Capacidade para a Frequência

Leia mais

REGULAMENTO DOS CONCURSOS ESPECIAIS

REGULAMENTO DOS CONCURSOS ESPECIAIS Página 1 de 5 Capítulo I Disposições Gerais Artigo 1.º (Objeto) O presente regulamento fixa os procedimentos relativos aos concursos especiais para acesso e ingresso no ensino superior, nos termos da lei.

Leia mais

CIRCULAR INFORMATIVA

CIRCULAR INFORMATIVA CIRCULAR INFORMATIVA Nº. 22 Data: 2015/05/12 Para conhecimento de: Pessoal docente, discente e não docente ASSUNTO: - Regulamento das Provas Especialmente Adequadas a Avaliar a Capacidade para a Frequência

Leia mais

MATEUS. Formação Avançada SITUAÇÕES ESPECIAIS DE PUBLICANO A DISCÍPULO DE JESUS. O Evangelista do Ano. savlita

MATEUS. Formação Avançada SITUAÇÕES ESPECIAIS DE PUBLICANO A DISCÍPULO DE JESUS. O Evangelista do Ano. savlita Universidade Católica Portuguesa - savlita Formação Avançada 4 SESSÕES PRESENCIAIS NOVEMBRO 2016 SITUAÇÕES ESPECIAIS MATEUS DE PUBLICANO A DISCÍPULO DE JESUS O Evangelista do Ano Duração do curso: 4ª feira

Leia mais

JOGO (OUT 2016) - PORTO

JOGO (OUT 2016) - PORTO OBSERVAçãO, ANáLISE E INTERPRETAçãO DO JOGO (OUT 2016) - PORTO Neste curso completo de 24 horas, perceba como observar, analisar e interpretar o jogo e o jogador de futebol, assim como identificar talentos,

Leia mais

CRITÉRIOS DE SERIAÇÃO

CRITÉRIOS DE SERIAÇÃO .6. A - FORMAÇÃO ACADÉMICA E PROFISSIONAL =18 valores b) Mestrado, Cursos de Especialização

Leia mais

Questões Frequentes. Quantas vagas existem no Mestrado em Psicologia Aplicada (MPA)? O MPA tem trinta e cinco vagas.

Questões Frequentes. Quantas vagas existem no Mestrado em Psicologia Aplicada (MPA)? O MPA tem trinta e cinco vagas. Quantas vagas existem no Mestrado em Psicologia Aplicada (MPA)? O MPA tem trinta e cinco vagas. Qual é a duração do Mestrado em Psicologia Aplicada (MPA)? O ciclo de estudos tem a duração de quatro semestres,

Leia mais

Concurso Especial de Acesso e Ingresso para Estudantes Internacionais. Ano letivo 2016/2017

Concurso Especial de Acesso e Ingresso para Estudantes Internacionais. Ano letivo 2016/2017 Concurso Especial de Acesso e Ingresso para Estudantes Internacionais Ano letivo 2016/2017 Concurso realizado ao abrigo do Decreto-Lei nº 36/2014, de 10 de março, que aprov o Estatuto do Estudante Internacional

Leia mais

CONCURSO DE ACESSO AO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO PÓS-GRADUADA EM GESTÃO E MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE ELEVAÇÃO - ELEVADORES EDIÇÃO 2013/2014

CONCURSO DE ACESSO AO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO PÓS-GRADUADA EM GESTÃO E MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE ELEVAÇÃO - ELEVADORES EDIÇÃO 2013/2014 CONCURSO DE ACESSO AO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO PÓS-GRADUADA EM GESTÃO E MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE ELEVAÇÃO - ELEVADORES EDIÇÃO 2013/2014 O Presidente do Instituto Superior de Engenharia do Porto, João

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS EAD 1º Semestre de 2017

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS EAD 1º Semestre de 2017 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS EAD 1º Semestre de 2017 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

CENTRO DE ESTÁGIO. Curso 1.ª Frequência Reingressos Total. 2º Curso de Estágio de º Curso de Estágio de

CENTRO DE ESTÁGIO. Curso 1.ª Frequência Reingressos Total. 2º Curso de Estágio de º Curso de Estágio de Cursos de Estágio 2º Curso de Estágio de 2007 Fase Inicial Data de início: 16 de Novembro de 2007 Data de fim da formação: 7 de Março de 2008 Data final da fase de formação inicial: 16 de Maio de 2008

Leia mais

PEEC PROGRAMA DE ESTÁGIOS EXTRA CURRICULAR

PEEC PROGRAMA DE ESTÁGIOS EXTRA CURRICULAR 1 PEEC PROGRAMA DE ESTÁGIOS EXTRA CURRICULAR 4º EDIÇÃO 2011/2012 2 PEEC PROGRAMA DE ESTÁGIOS EXTRA CURRICULAR O Programa de Estágios Extra curricular (PEEC) é um programa de estágios extra curricular para

Leia mais

FEDERAÇÃO DE ANDEBOL DE PORTUGAL

FEDERAÇÃO DE ANDEBOL DE PORTUGAL FEDERAÇÃO DE ANDEBOL DE PORTUGAL REGULAMENTO DESPORTIVO CIRCUITO NACIONAL DE ANDEBOL DE PRAIA 2012 Art.º 1 OBJETO 1. O presente regulamento estabelece as regras e normas aplicáveis ao Andebol de Praia

Leia mais

INSTITUTO DE GEOGRAFIA E ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO Regulamento dos regimes de Reingresso e Mudança de Par Instituição/ Curso

INSTITUTO DE GEOGRAFIA E ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO Regulamento dos regimes de Reingresso e Mudança de Par Instituição/ Curso INSTITUTO DE GEOGRAFIA E ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO Regulamento dos regimes de Reingresso e Mudança de Par Instituição/ Curso A Portaria nº 181-D/2015, de 19 de junho, aprova o Regulamento Geral dos Regimes

Leia mais

Regulamento dos Cursos de Línguas do CLiC-IPP. Capítulo I Disposições Gerais. Capítulo II Disposições Específicas

Regulamento dos Cursos de Línguas do CLiC-IPP. Capítulo I Disposições Gerais. Capítulo II Disposições Específicas Conselho de Gestão 18 07 2016 0 Regulamento dos Cursos de Línguas do CLiC-IPP Capítulo I Disposições Gerais 1. O presente regulamento aplica-se a todos os cursos de línguas promovidos pelo Centro de Línguas

Leia mais

(Preâmbulo) Artigo 1.º Objecto e âmbito

(Preâmbulo) Artigo 1.º Objecto e âmbito Instituto Politécnico de Bragança Regulamento dos regimes de mudança de curso, transferência e de reingresso no ciclo de estudos conducente ao grau de licenciado (Preâmbulo) A legislação decorrente da

Leia mais

Deve ser nomeado um Coordenador de Estágio, de preferência o Diretor do Curso, neste caso o Professor José Barros.

Deve ser nomeado um Coordenador de Estágio, de preferência o Diretor do Curso, neste caso o Professor José Barros. REGULAMENTO DE ESTÁGIOS DE GRAU I (Resumo) 1. Carga Horária O Curso de Treinadores de Atletismo de Grau I passa a englobar na sua componente curricular, para além das matérias gerais do treino desportivo

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DE NATAÇÃO

REGULAMENTO ESPECÍFICO DE NATAÇÃO REGULAMENTO ESPECÍFICO DE NATAÇÃO Índice 1. Introdução... 3 2. Calendarização... 3 3. Escalões Etários... 3 4. Competições... 3 4.1. Quadro de provas... 3 4.2. Inscrição... 5 4.3. Classificação... 5 4.4.

Leia mais

22/05/2016 (domingo) Sport Club Corinthians Paulista

22/05/2016 (domingo) Sport Club Corinthians Paulista SPORT CLUB CORINTHIANS PAULISTA IV TORNEIO TIMÃO DE NATAÇÃO TROFÉU MARIO XAVIER 1ª Etapa -2016 DATA LOCAL 22/05/2016 (domingo) Sport Club Corinthians Paulista INSCRIÇÕES Inscrições até o dia 01/05/2016

Leia mais

Termos e Condições de atribuição de Bolsas de Estudo para o Ensino Superior. Universidade Portucalense Infante D. Henrique

Termos e Condições de atribuição de Bolsas de Estudo para o Ensino Superior. Universidade Portucalense Infante D. Henrique Termos e Condições de atribuição de Bolsas de Estudo para o Ensino Superior Universidade Portucalense Infante D. Henrique 1. Requisitos a cumprir para candidatura a) Não ser detentor de grau académico

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM AUDIOLOGIA (edição )

EDITAL MESTRADO EM AUDIOLOGIA (edição ) EDITAL MESTRADO EM AUDIOLOGIA (edição -) Nos termos do Decreto-Lei n.º 42/2005, de 22 de fevereiro, do Decreto-Lei n.º 74/2006 de 24 de março, com as alterações introduzidas pelo Decreto-Lei n.º 107/2008

Leia mais

EDITAL MESTRADO EM PSICOACÚSTICA (edição )

EDITAL MESTRADO EM PSICOACÚSTICA (edição ) EDITAL MESTRADO EM PSICOACÚSTICA (edição -) Nos termos do Decreto-Lei n.º 42/2005, de 22 de fevereiro, do Decreto-Lei n.º 74/2006 de 24 de março, com as alterações introduzidas pelo Decreto-Lei n.º 107/2008

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PROGRAMA DE ESTÁGIO INTERNO 2017

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PROGRAMA DE ESTÁGIO INTERNO 2017 UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PROGRAMA DE ESTÁGIO INTERNO 2017 EDITAL DE SELEÇÃO PARA ESTÁGIO INTERNO NÃO OBRIGATÓRIO SECRETARIA DA DIREÇÃO DO ICEX/VCX 1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES O presente Edital

Leia mais

EDITAL N.º 02/2016 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA INGRESSO NO CURSO DE EXTENSÃO FORMAÇÃO E SABERES DOCENTES

EDITAL N.º 02/2016 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA INGRESSO NO CURSO DE EXTENSÃO FORMAÇÃO E SABERES DOCENTES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ - IFCE CAMPUS BOA VIAGEM EDITAL N.º 02/2016 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA INGRESSO NO CURSO DE EXTENSÃO FORMAÇÃO

Leia mais