INSTITUTO POLITÉCNICO DE LISBOA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO DE LISBOA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INSTITUTO POLITÉCNICO DE LISBOA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO DE LISBOA"

Transcrição

1 INSTITUTO POLITÉCNICO DE LISBOA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÃO DE LISBOA Licenciatura em Contabilidade e Administração Ramo de Contabilidade Diretor de Curso: Professor Doutor Rui Almeida UC: Cálculo e Operações Financeiras ANO LECTIVO 2016/2017 Área/Subárea/Secção Autónoma: Finanças e Economia / Subárea Finanças Regente da Unidade Curricular: Professor Especialista A. Trindade Nunes Ano/Semestre: 1º ano / 2º semestre Carga horária semanal: 4,5 horas ECTS: 6 Objectivo Geral: Transmitir aos alunos: - Uma primeira abordagem da cultura financeira, nomeadamente conceitos e linguagem técnica; - A base teórica indispensável para posterior compreensão e resolução de questões práticas; - O conhecimento teórico e prático das operações de intermediação financeira de curto, médio e longo prazo mais tipificadas. Globalmente, pretende-se preparar o aluno para estar apto a resolver problemas de características financeiras que simulem situações reais, idênticos aos que possam surgir na sua futura vida profissional. Competências: - Apreender o objeto, natureza e importância da função financeira; - Entender os princípios inerentes às características essenciais das operações financeiras; - Compreender os elementos que compõem o processo de obtenção da rentabilidade dos capitais; - Compreender o processo de transformação dos capitais aplicados; - Entender o mecanismo do processo inerente à capitalização e atualização dos capitais ao longo do tempo

2 - Entender e interpretar o mecanismo referente à equação fundamental da capitalização e equação de valor; - Entender as ligações entre os procedimentos do cálculo financeiro e outros produtos financeiros que originam criação de valor; - Entender as relações transversais com outros ramos das ciências empresariais, designadamente a contabilidade, fiscalidade, gestão, economia e finanças. Resultados da Aprendizagem: - Classificar as operações financeiras na perspetiva empresarial e bancária; - Relacionar as características essenciais das operações financeiras: Capital, tempo, taxa de juro e juro; - Descrever e calcular as diversas formas de aplicação das taxas de juro; - Aplicar os modelos de capitalização e atualização financeira: regime de juro simples e regime de juro composto; - Aplicar os conceitos de capitalização e atualização à construção dos diversos modelos de rendas e empréstimos de curto, médio e longo prazo; - Preparar mapas e planos de amortização de empréstimos, fundos de amortização, leasing, projetos de investimento e outros produtos; - Conhecer a temática dos empréstimos obrigacionista preparando o aluno para outras cadeiras; - Aplicar o cálculo financeiro aos principais métodos de análise de projetos de investimento. Programa: Capítulo I Conceitos Básicos Fundamentais Operações Financeiras. Sua definição e características Capital e Juro Regimes de Capitalização: Juro Simples e Composto. - Operações ativas e passivas. - Bases de calendário.

3 Capítulo II Capitalização a Juro Simples Cálculo do Valor Acumulado Taxas equivalentes Taxas nominais e taxas efetivas Taxas brutas e taxas líquidas. 2.5 Taxa instantânea Valor atual e Desconto: Desconto por dentro ou desconto racional Desconto por fora ou desconto comercial Comparação entre o desconto por dentro e o desconto por fora Equivalência de capitais em regime de juro simples: Equação de valor Capital comum, vencimento comum e vencimento médio Taxa média Operações Financeiras em Regime de Juro Simples: Desconto Bancário de Letras Empréstimos de Curto Prazo Factoring. Capítulo III Capitalização a Juro Composto Cálculo do Valor Acumulado Valor atual e desconto Equivalência de capitais em Regime de Juro Composto: Equação de valor Capital comum, vencimento comum e vencimento médio Comparação entre os regimes de capitalização a juro simples e a juro composto Taxa média Taxas equivalentes: Equivalência de taxas em regime de juro composto Equivalência de taxas entre o regime de juro simples e o regime de juro composto Taxas nominais e taxas efetivas Indexantes Aplicações Financeiras de capitalização automática com taxa variável indexada. Capítulo IV Rendas Definição e classificação Rendas inteiras de termos constantes Capitalização no fim de cada período: Rendas imediatas de termos postecipados Rendas imediatas de termos antecipados Rendas diferidas de termos postecipados Rendas diferidas de termos antecipados Capitalização em subperíodos de cada período inteiro: Rendas imediatas de termos postecipados.

4 Rendas imediatas de termos antecipados Rendas diferidas de termos postecipados Rendas diferidas de termos antecipados Rendas fracionadas: Capitalização no fim de cada período: Rendas imediatas de termos postecipados Rendas imediatas de termos antecipados Rendas diferidas de termos postecipados Rendas diferidas de termos antecipados Capitalização em subperíodos de cada período inteiro: Rendas imediatas de termos postecipados Rendas imediatas de termos antecipados Rendas diferidas de termos postecipados Rendas diferidas de termos antecipados Rendas Perpétuas Rendas de termos variáveis: Rendas com n termos variáveis quaisquer Rendas com termos variando em progressão aritmética Rendas com termos variando em progressão geométrica Locação Financeira: Introdução Rendas imediatas de termos antecipados Rendas imediatas de termos postecipados Quadros de amortização Outras Operações financeiras em regime de juro composto: Crédito Hipotecário Crédito pessoal ou ao consumo Planos de Poupança Reforma. Capítulo V Empréstimos de médio e longo prazo Introdução Modalidades de reembolso: Capital e juros pagos na maturidade Capital amortizado na maturidade e juros pagos no momento do empréstimo Capital amortizado na maturidade e juros pagos escalonadamente - Método Americano: Juro periódico postecipado Juro periódico antecipado Capital amortizado escalonadamente e juros pagos na maturidade Capital amortizado escalonadamente e juros pagos no momento do empréstimo Capital amortizado escalonadamente e juros pagos escalonadamente: Método hamburguês, ou de amortização de capital constante, ou método de quotas variáveis Método francês, amortização de capital progressivo, ou método de quotas constantes Método de amortização variável Fundos de Amortização (Sinking Funds).

5 Capítulo VI Empréstimos obrigacionistas Introdução Algumas modalidades de amortização: Através de prestações (aproximadamente) constante: Sem prémio de reembolso Com prémio de reembolso Através de amortizações constantes: Sem prémio de reembolso Com prémio de reembolso Através de amortização única Aspectos específicos dos empréstimos obrigacionistas. Capítulo VII O cálculo financeiro e a análise de investimentos Cálculo financeiro na avaliação de ativos. Cálculo do justo valor através do método de cash-flows de retorno descontados. 7.2 Instrumentos de análise de investimentos: Prazo de Recuperação de Capitais (PRC) Taxa Interna de Rendibilidade (TIR) Valor Atual Liquido (VAL). Regime de avaliação: Avaliação Contínua (resumo): - 1º Teste escrito intercalar: 3 questões; Regime de Juro Simples e Regime de Juro Composto; Rendas de termos constantes (temporárias e perpétuas) Duração: 1h20m; Classificação: 0 a 20 valores; Realizado em sala de aula; Ponderação: 40% (21ª aula). 2º Teste escrito intercalar: 3 questões; A matéria remanescente; Duração: 1h20m; Classificação: 0 a 20 valores; Realizado em sala de aula; Ponderação: 40% (última aula). 3º Participação relevante nas aulas normais e seminário; realização de exercícios propostos. Ponderação: 20%., conforme matriz apresentada. Nota final: Média aritmética ponderada, igual ou superior a 10 valores mas, é exigida uma presença em sala igual ou superior a 70% das aulas (29 em 42 normais e seminário). Nota quem entrar na avaliação continua, caso não seja aprovado, fará exame final. Partição da matéria pelos 2 testes Para o 1º teste até ao fim das rendas de termos constantes (temporárias e perpétuas) e a restante para o 2º (excluindo empréstimos obrigacionistas).

6 TRABALHOS CONJUNTOS DE EXERCÍCIOS Serão elaborados por cada docente e para uma das suas turmas, 4 conjuntos, cada um deles constituído por 4 exercícios para serem resolvidos pelos alunos numa base individual. As respostas (em papel) devem ser entregues 1 semana depois. Tais conjuntos serão no fim de cada ponto da matéria, a saber: 1º - fim do Capítulo II; 2º - fim do capítulo III; 3º - fim do capítulo IV; 4º - fim do capítulo V. Nº de exercícios em cada conjunto Quatro. QUIZ TESTS Os alunos serão solicitados a resolver, em aula, numa base individual, em dias e momentos aleatórios, 8 exercícios, que entregarão de imediato, que integrarão a componente participação. COF - MATRIZ PRESENÇAS - PARTICIPAÇÃO VERSÃO REVISTA QUIZ TESTS PARTICIPAÇÃO NULA PONTUAL MÉDIA MÉDIA- ALTA ALTA 0 1 A 3 4 A 5 6 A ,300 0,475 0,650 0,825 1, ,225 0,400 0,575 0,750 0, ,150 0,325 0,500 0,675 0, ,075 0,250 0,425 0,600 0, ,000 0,175 0,350 0,525 0,700

7 Exame Final: 5 questões sobre toda a matéria lecionada no semestre; Duração: 2h30m; Classificação: 0 a 20 valores; Ponderação:100%; Nota igual ou superior a 10 valores. Calendário do ISCAL Datas de Avaliação: Avaliação Contínua: Indicativamente a meio do semestre e na última aula Exame Final De acordo com o calendário definido pelo ISCAL Bibliografia: - CÓPIA DO MATERIAL QUE É APRESENTADO - TEXTOS - Laureano, R.M.S e Santos, L.L Fundamentos do Cálculo Financeiro, Edições Sílabo (2011) - Mateus, J.M.A., Cálculo Financeiro, Edições Sílabo (2005) - Mateus, J.M.A., Exercícios Práticos de Cálculo Financeiro, Edições Sílabo (2004) - Matias, Rogério Cálculo Financeiro - Teoria e Prática, Escolar Editora (2009) - Matias, Rogério Cálculo Financeiro - Casos Reais Resolvidos e Explicados, Escolar Editora (2008) - Quelhas, A. P. e Correia, F. Manual de Matemática Financeira Almedina (2004) - Santos L. L. e Laureano, R.M.S Cálculo Financeiro Casos Práticos Edições Sílabo (2006) - Rodrigues, J.A. E Nicolau, I., Elementos de C. Financeiro, Áreas e Editora (2005) - Silva, A.N., Matemática das Finanças, McGraw Hill. Complementar - Testes na reprografia do ISCAL - Bastardo, C.; Gomes, A.R., O Financiamento e as aplicações Financeiras das Empresas, Texto Editora. - Cadilhe, M.; Matemática Financeira Aplicada, Edições ASA. - Chabrol, F., Mathématiques Commerciales et Financières - Falguières, P., Mathématiques Financières. - Gomes, A.R.; Bastardo, C.; Instrumentos Financeiros Exercícios Resolvidos, Texto Editora. - Pereira, A. Matemática Financeira, Lisboa Morais Editora. - Valente, J., Locação Financeira (Leasing), Aluguer de Longa Duração (ALD), Edições Minerva.

Ficha de Unidade Curricular (FUC) Unidade Curricular: Cálculo Financeiro

Ficha de Unidade Curricular (FUC) Unidade Curricular: Cálculo Financeiro INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do conselho Técnico-Científico 8/5/2013 Ficha de Unidade Curricular (FUC) Unidade Curricular: Cálculo

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Cálculo Financeiro

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Cálculo Financeiro INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 23/10/2013 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 26/2/2014 Ficha de Unidade

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CÁLCULO FINANCEIRO Ano Lectivo 2010/2011

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CÁLCULO FINANCEIRO Ano Lectivo 2010/2011 Programa da Unidade Curricular CÁLCULO FINANCEIRO Ano Lectivo 2010/2011 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Contabilidade 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

CTeSP Curso Técnico Superior Profissional Informática de Gestão Unidade Curricular Cálculo Financeiro

CTeSP Curso Técnico Superior Profissional Informática de Gestão Unidade Curricular Cálculo Financeiro CTeSP Curso Técnico Superior Profissional Informática de Gestão Unidade Curricular Cálculo Financeiro Objetivos - Fornecer ao futuro utilizador os instrumentos necessários (conceitos, processos e metodologias

Leia mais

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome do COMPONENTE CURRICULAR: Matemática Financeira e Análise de Investimentos Curso: Curso de Bacharelado em Administração Pública Série/Período: 5º Carga

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA PLANO DE ENSINO 0 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA PLANO DE ENSINO Código MAT Nome 00 Matemática Financeira A Créditos/horas-aula Súmula 04 /

Leia mais

Sumário. Prefácio, xiii

Sumário. Prefácio, xiii Prefácio, xiii 1 Função dos juros na economia, 1 1.1 Consumo e poupança, 1 1.1.1 Necessidade natural de poupar, 2 1.1.2 Consumo antecipado paga juro, 2 1.2 Formação da taxa de juro, 4 1.2.1 Juro e inflação,

Leia mais

SUMÁRIO. 1 Introdução Conceitos básicos O valor do dinheiro ao longo do tempo Principais variáveis e simbologia...

SUMÁRIO. 1 Introdução Conceitos básicos O valor do dinheiro ao longo do tempo Principais variáveis e simbologia... SUMÁRIO 1 Introdução..................................................... 1 1.1 O crédito e o juro......................................................... 1 1.2 O surgimento do crédito e do sistema financeiro..............................

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Métodos Quantitativos II

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Métodos Quantitativos II INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 25/3/2015 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 20/5/2015 Ficha de Unidade

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Contabilidade Financeira I

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Contabilidade Financeira I INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 28/10/2015 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 16/12/2015 Ficha de

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Contabilidade de Gestão I

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Contabilidade de Gestão I INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 28/10/2015 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 16/12/2015 Ficha de

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Aplicações Informáticas

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Aplicações Informáticas INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 5/11/2014 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 23/2/2015 Ficha de Unidade

Leia mais

5. Rendas. Célia Oliveira

5. Rendas. Célia Oliveira 5. Rendas 1 5.2. Rendas inteiras com termos constantes 5.2.1. Temporárias 5.2.2. Perpétuas 5.3. Rendas inteiras com termos variáveis 5.3.1. Temporárias 5.3.2. Perpétuas Bibliografia: Canadas, Natália (1998),

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular FINANÇAS Ano Lectivo 2012/2013

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular FINANÇAS Ano Lectivo 2012/2013 Programa da Unidade Curricular FINANÇAS Ano Lectivo 2012/2013 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Gestão 3. Ciclo de Estudos 2º 4. Unidade Curricular FINANÇAS

Leia mais

Curso Cálculos Financeiros Aplicados (inclui Contexto Inflacionário).

Curso Cálculos Financeiros Aplicados (inclui Contexto Inflacionário). Curso Cálculos Financeiros Aplicados (inclui Contexto Inflacionário). Vivemos em uma sociedade capitalista e o sistema de trocas entre as pessoas, se dá basicamente através do dinheiro. Assim como usamos

Leia mais

1. As parcelas são pagas ao final de cada período. Neste caso denomina-se pagamento postecipado.

1. As parcelas são pagas ao final de cada período. Neste caso denomina-se pagamento postecipado. PARTE 5 SÉRIE UNIFORME DE PAGAMENTOS CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Introdução 2. Prestações e Valor presente 3. Prestações e Valor futuro 4. Renda perpétua 5. Exercícios Resolvidos 1. Introdução Quando se contrai

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA PLANO DE CURSO

MATEMÁTICA FINANCEIRA PLANO DE CURSO C U R S O D E C I Ê N C I A S C O N T Á B E I S Autorizado pela Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: Código: CTB - 120 Pré-requisito: --------- Período Letivo: 2016.1 MATEMÁTICA

Leia mais

CAPITALIZAÇÃO SIMPLES

CAPITALIZAÇÃO SIMPLES Matemática Aplicada às Operações Financeiras Prof.Cosmo Rogério de Oliveira CAPITALIZAÇÃO SIMPLES CONCEITUAÇÃO: Capitalização simples é a operação que determina o crescimento do capital quando a taxa de

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO ECONOMIA I PROGRAMA ANALÍTICO

INSTITUTO SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO ECONOMIA I PROGRAMA ANALÍTICO INSTITUTO SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO ECONOMIA I Curso: Tronco Comum 1º Ano Curricular 1º Semestre (Fevereiro Junho) Ano Lectivo de 2011 PROGRAMA ANALÍTICO I. Introdução Com a disciplina de Economia

Leia mais

Renda é um conjunto (finito ou infinito de capitais (constantes ou variáveis) vencíveis em momentos equidistante.

Renda é um conjunto (finito ou infinito de capitais (constantes ou variáveis) vencíveis em momentos equidistante. Rendas Renda é um conjunto (finito ou infinito de capitais (constantes ou variáveis) vencíveis em momentos equidistante. A cada um dos capitais da renda dá-se o nome de termo da renda. Ao espaço de tempo

Leia mais

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE)

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE) 20.1. Linhas de crédito e contas correntes Empréstimos a taxa variável 1. Conta - corrente 2. Empréstimo MLP Taxa Anual Nominal (TAN) 4,75 a 10,25 6,50 a 10,25 Taxa Anual Efectiva (TAE) Outras condições

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Etec PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS Eixo Tecnológico: : GESTÃO E NEGÓCIOS Habilitação Profissional: TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

o O conhecimento dos mercados financeiros, do seu papel, estrutura e segmentação;

o O conhecimento dos mercados financeiros, do seu papel, estrutura e segmentação; MERCADOS E INVESTIMENTOS FINANCEIROS [12523] GERAL Ano Letivo: 201617 Grupo Disciplinar: Finanças ECTS: 6,0 Regime: D, PL Semestre: S1 OBJETIVOS O programa propõe a análise e caracterização dos vários

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Contabilidade Sectorial e Consolidação de Contas

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Contabilidade Sectorial e Consolidação de Contas INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 30/3/2016 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 20/4/2016 Ficha de Unidade

Leia mais

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE)

20. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (OUTROS CLIENTES) (ÍNDICE) 20.1. Linhas de crédito e contas correntes Empréstimos a taxa variável 1. Conta - corrente 2. Empréstimo MLP Eur a 3,6 e 12 meses + Spread de 4,00 a 10,25 Eur a 3, 6 e 12 meses + Spread de 5,50 a 10,25

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MICROECONOMIA Ano Lectivo 2012/2013

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MICROECONOMIA Ano Lectivo 2012/2013 Programa da Unidade Curricular MICROECONOMIA Ano Lectivo 2012/2013 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Contabilidade 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular MICROECONOMIA

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Contabilidade de Gestão

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Contabilidade de Gestão INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 28/10/2015 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 16/12/2015 Ficha de

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) Unidade Curricular: Análise Macroeconómica

Ficha de Unidade Curricular (FUC) Unidade Curricular: Análise Macroeconómica INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do conselho Técnico-Científico 20/2/2013 Ficha de Unidade Curricular (FUC) Unidade Curricular:

Leia mais

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Prova Resolvida Matemática Financeira TCE/SC... 3

Aula demonstrativa Apresentação... 2 Prova Resolvida Matemática Financeira TCE/SC... 3 Aula demonstrativa Apresentação... 2 Prova Resolvida Matemática Financeira TCE/SC... 3 1 Apresentação Olá, pessoal! Tudo bem com vocês? Saiu o edital para Analista de Controle do TCE/PR. Esta é a aula

Leia mais

Matemática Financeira

Matemática Financeira Matemática Financeira Conceitos Básicos Regimes de Juro Taxas de Juro Equivalência de Capitais Rendas Reembolso de Empréstimos Exemplos 1 Matemática Financeira Conceitos Básicos Capital (Financeiro) Tempo

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Direito das Sociedades

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Direito das Sociedades INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico / / Aprovação do Conselho Técnico-Científico / / Ficha de Unidade Curricular

Leia mais

PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: FUNDAMENTOS DE ECONOMIA. CARGA HORÁRIA TOTAL: 54 hs TEORIA: 54 hs PRÁTICA:

PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: FUNDAMENTOS DE ECONOMIA. CARGA HORÁRIA TOTAL: 54 hs TEORIA: 54 hs PRÁTICA: UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DIREÇÃO DE ENSINO DEN DEPARTAMENTO: DESA PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: FUNDAMENTOS DE ECONOMIA SIGLA:

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PROBABILIDADES E ESTATÍSTICA Ano Lectivo 2012/2013

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PROBABILIDADES E ESTATÍSTICA Ano Lectivo 2012/2013 Programa da Unidade Curricular PROBABILIDADES E ESTATÍSTICA Ano Lectivo 2012/2013 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Engenharia Informática 3. Ciclo de Estudos 1º

Leia mais

FEA RP - USP. Matemática Financeira 3 - Séries e Avaliação de Investimentos

FEA RP - USP. Matemática Financeira 3 - Séries e Avaliação de Investimentos FEA RP - USP Matemática Financeira 3 - Séries e Avaliação de Investimentos Prof. Dr. Daphnis Theodoro da Silva Jr. Daphnis Theodoro da Silva Jr 1 Séries uniformes - Juros Compostos Series uniformes são

Leia mais

I EMENTA II OBJETIVOS DA DISCIPLINA

I EMENTA II OBJETIVOS DA DISCIPLINA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO P L A N O D E E N S I N O I IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado em Administração Disciplina: Matemática Financeira Ano Letivo: 2016 Semestre:

Leia mais

FINANÇAS EMPRESARIAIS I

FINANÇAS EMPRESARIAIS I FINANÇAS EMPRESARIAIS I 4. Equivalência de Valores 1 No final do Cap. 5 Rendas : capital único, taxa interna de capitalização, vencimento comum, vencimento médio, taxa média, etc. 4.3. A equação do valor

Leia mais

Algumas Funções Financeiras do Microsoft Excel Versão 1.0

Algumas Funções Financeiras do Microsoft Excel Versão 1.0 Algumas Funções Financeiras do Microsoft Excel Versão 1.0 Documentação de apoio ao livro Rogério Matias Escolar Editora (2004) ISBN 972-592-176-3 i EFECTIVA (EFFECT) Calcula a taxa anual efectiva =EFECTIVA(12%;4)

Leia mais

Lista de exercício nº 2* Taxas equivalentes** e séries uniformes

Lista de exercício nº 2* Taxas equivalentes** e séries uniformes Lista de exercício nº 2* Taxas equivalentes** e séries uniformes 1. Calcule as taxas mensal e diária que são proporcionais à taxa de 3,6 % ao trimestre. Resposta: 1,2% a.m. e 0,04% a.d. 2. Calcule as taxas

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Enquadramento Jurídico da Atividade Empresarial

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Enquadramento Jurídico da Atividade Empresarial INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 28/10/2015 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 16/12/2015 Ficha de

Leia mais

Contabilidade Geral Carga horária: 52 horas

Contabilidade Geral Carga horária: 52 horas Contabilidade Geral Carga horária: 52 horas PROGRAMA 1. Fundamentos da Contabilidade Financeira (1 hora: Sandra Alves) 1.1. A Contabilidade Financeira 1.1.1. Conceito e divisões da Contabilidade 1.1.2.

Leia mais

Contabilidade Financeira I

Contabilidade Financeira I Contabilidade Financeira I Ano Académico: 2013/2014 Semestre: 1º Docente(s): Helena Brissos de Almeida Luiz Ribeiro Descrição: Em Contabilidade Financeira I analisamos as normas contabilísticas correntemente

Leia mais

PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR

PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR Curso: Desporto Ciclo: 1º Ramo: Licenciatura em Desporto Ano: 3º Designação: ECONOMIA E MARKETING DO DESPORTO Créditos: 6 Departamento: Ciências e Tecnologias Tipo: Área

Leia mais

5 Calcular o valor do capital que produz juros de R$ 1.200,00 no final de 8 meses se aplicado a uma taxa de juros de 5% ao mês?

5 Calcular o valor do capital que produz juros de R$ 1.200,00 no final de 8 meses se aplicado a uma taxa de juros de 5% ao mês? - Pagamento único Resolver todas as questões utilizando: a) critério de juros simples b) critério de juros compostos 1 Uma pessoa empresta R$ 2.640,00 pelo prazo de 5 meses a uma taxa de juros de 4% ao

Leia mais

Preçário BANCO INVEST, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-Jun-17

Preçário BANCO INVEST, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: 01-Jun-17 Preçário BANCO INVEST, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 01-Jun-17 O Preçário completo do Banco Invest, contém o Folheto de Comissões

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ESTATÍSTICA Ano Lectivo 2016/2017

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ESTATÍSTICA Ano Lectivo 2016/2017 Programa da Unidade Curricular ESTATÍSTICA Ano Lectivo 2016/2017 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Psicologia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular ESTATÍSTICA (20309)

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Direito das Obrigações e dos Contratos

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Direito das Obrigações e dos Contratos INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 30/3/2016 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 20/4/2016 Ficha de Unidade

Leia mais

Amortização de empréstimos

Amortização de empréstimos Amortização de empréstimos Amortização é o processo mediante o qual se extingue gradualmente uma dívida por meio de uma série de prestações destinadas ao pagamento de juros e reembolso do capital. A planificação

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CONTABILIDADE DE SEGUROS Ano Lectivo 2009/2010

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CONTABILIDADE DE SEGUROS Ano Lectivo 2009/2010 Programa da Unidade Curricular CONTABILIDADE DE SEGUROS Ano Lectivo 2009/2010 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Contabilidade 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Gestão dos Recursos Humanos

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Gestão dos Recursos Humanos INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 30/3/2016 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 20/4/2016 Ficha de Unidade

Leia mais

REGIME DE TRANSIÇÃO PARA O CURSO DE LICENCIATURA EM GESTÃO

REGIME DE TRANSIÇÃO PARA O CURSO DE LICENCIATURA EM GESTÃO REGIME DE TRANSIÇÃO PARA O CURSO DE LICENCIATURA EM GESTÃO Normas regulamentares Artigo 1º Objecto O presente documento apresenta as normas regulamentares que são adoptadas na Universidade Aberta para

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO 3. OBJETIVOS 4. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CÓDIGO DA DISCIPLINA: PERÍODO: 2º NOTURNO CRÉDITO: 04

1. IDENTIFICAÇÃO 3. OBJETIVOS 4. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CÓDIGO DA DISCIPLINA: PERÍODO: 2º NOTURNO CRÉDITO: 04 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: 020008 PERÍODO: 2º NOTURNO CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: CONTABILIDADE E ANÁLISE DE BALANÇO NOME DO CURSO:

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Contabilidade Analítica

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Contabilidade Analítica INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 23/10/2013 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 26/2/2014 Ficha de Unidade

Leia mais

Probabilidades e Estatística

Probabilidades e Estatística Probabilidades e Estatística http://ltodi.est.ips.pt/probest Cursos Ano/Semestre Ano Lectivo Área Científica Departamento EA, EACI, EEC, EI, EM 2º/4º 2009/2010 Matemática Matemática Professor Responsável

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular GESTÃO FINANCEIRA Ano Lectivo 2010/2011

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular GESTÃO FINANCEIRA Ano Lectivo 2010/2011 Programa da Unidade Curricular GESTÃO FINANCEIRA Ano Lectivo 2010/2011 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Contabilidade 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO - EUROPA, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor:

Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO - EUROPA, SA BANCOS. Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO. Data de Entrada em vigor: Preçário BANCO PRIVADO ATLANTICO - EUROPA, SA BANCOS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de Entrada em vigor: 20-jul-16 O Preçário completo do Banco Privado Atlântico Europa, S.A., contém o Folheto

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO CONSTITUCIONAL Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO CONSTITUCIONAL Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular DIREITO CONSTITUCIONAL Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Direito (1º Ciclo) 2. Curso Direito 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular DIREITO CONSTITUCIONAL (02308)

Leia mais

Finanças para Não Financeiros MANUAL DO CANDIDATO ESPM. Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP. Informações

Finanças para Não Financeiros MANUAL DO CANDIDATO ESPM. Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP. Informações Finanças para Não Financeiros MANUAL DO CANDIDATO ESPM Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP Informações Central de Candidatos: (11) 5081-8200 (Opção1) Segunda a sexta 9h às 21h e Sábado

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Liderança e Avaliação do Desempenho

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Liderança e Avaliação do Desempenho INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 25/3/2015 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 20/5/2015 Ficha de Unidade

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Empreendedorismo e Inovação

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Empreendedorismo e Inovação INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 5/11/2014 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 23/2/2015 Ficha de Unidade

Leia mais

Programa de Unidade Curricular

Programa de Unidade Curricular Programa de Unidade Curricular Faculdade Ciências Económicas e Empresariais Licenciatura Marketing Unidade Curricular Introdução ao Direito Semestre: 1 Nº ECTS: 3,0 Regente José Caramelo Gomes Assistente

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular

Ficha de Unidade Curricular Ficha de Unidade Curricular Unidade Curricular Designação Forma e Design (prática laboratorial) Área Científica: Design de Produto Ciclo de Estudos: Licenciatura Carácter: Obrigatória Semestre: 1º ECTS:

Leia mais

2. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) ( ÍNDICE)

2. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) ( ÍNDICE) 2.1. Crédito à habitação e contratos conexos 1. Comissão de Gestão de Processo 300,00 2. Comissão de Contrato 200,00 3. Comissão de Avaliação 250,00 Crédito Habitação - Residentes (Contratos de crédito

Leia mais

O total das vendas foi de 500 mil reais. A vendeu 225 mil reais, B vendeu 175 mil reais. Portanto, C vendeu = 100 mil reais.

O total das vendas foi de 500 mil reais. A vendeu 225 mil reais, B vendeu 175 mil reais. Portanto, C vendeu = 100 mil reais. (TCE-SC 2016/CESPE-UnB) Em cada um dos itens a seguir, é apresentada uma situação hipotética relativa a proporcionalidade, porcentagem e juros, seguida de uma assertiva a ser julgada. 111. A participação

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ANÁLISE DE DADOS Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ANÁLISE DE DADOS Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular ANÁLISE DE DADOS Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Gestão de Empresa 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MATEMÁTICA Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MATEMÁTICA Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular MATEMÁTICA Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Arquitectura e Artes (1º Ciclo) 2. Curso Arquitectura 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular MATEMÁTICA (01308)

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Direito dos Tributos

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Direito dos Tributos INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 30/3/2016 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 20/4/2016 Ficha de Unidade

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular COMPLEMENTOS DE ANÁLISE MATEMÁTICA Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular COMPLEMENTOS DE ANÁLISE MATEMÁTICA Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular COMPLEMENTOS DE ANÁLISE MATEMÁTICA Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Engenharia Electrotécnica e de Computadores

Leia mais

Pretende-se que os estudantes adquiram os seguintes conhecimentos e competências:

Pretende-se que os estudantes adquiram os seguintes conhecimentos e competências: NOÇÕES DE CONTABILIDADE E RELATO FINANCEIRO [5453112] GERAL Regime: Semestre: OBJETIVOS Com esta unidade curricular pretende-se fornecer os conhecimentos necessários acerca de alguns conceitos básicos

Leia mais

Finanças para Não Financeiros MANUAL DO CURSO ESPM. Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP. Informações

Finanças para Não Financeiros MANUAL DO CURSO ESPM. Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP. Informações Finanças para Não Financeiros MANUAL DO CURSO ESPM Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP Informações Central de Relacionamento: (11) 5081-8200 (opção 1) Segunda a sexta 9h às 20h45 Sábado

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular COMPLEMENTOS DE MATEMÁTICA Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular COMPLEMENTOS DE MATEMÁTICA Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular COMPLEMENTOS DE MATEMÁTICA Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Gestão de Empresa 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade

Leia mais

SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO PERÍCIA FINANCEIRA JACKSON CIRO SANDRINI

SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO PERÍCIA FINANCEIRA JACKSON CIRO SANDRINI JACKSON CIRO SANDRINI 1 Ex-Instrutor, Ex-Gerente de Agências, ex-superintendente Regional e Ex- Diretor de Banco Comercial, na área de operações comerciais e de crédito direto ao consumidor. Ex-Diretor

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA

MATEMÁTICA FINANCEIRA MATEMÁTICA FINANCEIRA A Matemática Financeira é uma ferramenta útil na análise de algumas alternativas de investimentos ou financiamentos de bens de consumo. Consiste em empregar procedimentos matemáticos

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Direcção de Recursos Humanos

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Direcção de Recursos Humanos INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 28/10/2015 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 16/12/2015 Ficha de

Leia mais

2. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) ( ÍNDICE)

2. OPERAÇÕES DE CRÉDITO (PARTICULARES) ( ÍNDICE) 2.1. Crédito à habitação e contratos conexos 1. Comissão de Gestão de Processo 300,00 2. Comissão de Contrato 200,00 3. Comissão de Avaliação 250,00 Crédito Habitação - Residentes (Contratos de crédito

Leia mais

Spread 5,500% a 15,750% Nota (1a) 2. Linha Millennium Garantia Prazo: sem termo definido Eónia ou Euribor/ Libor a 1, 3, 6 e

Spread 5,500% a 15,750% Nota (1a) 2. Linha Millennium Garantia Prazo: sem termo definido Eónia ou Euribor/ Libor a 1, 3, 6 e 20.1. Linhas de crédito e contas correntes Taxa Anual Nominal (TAN) Empréstimos a taxa variável (as contas correntes incluem as Contas Correntes com Gestão de Cheques e as Contas Correntes Iva on Time).

Leia mais

(AVALIAÇÃO DO REGIME NÃO PRESENCIAL E AVALIAÇÃO DE RECURSO)

(AVALIAÇÃO DO REGIME NÃO PRESENCIAL E AVALIAÇÃO DE RECURSO) Escola Secundária Cacilhas-Tejo MATRIZ DE EXAME (AVALIAÇÃO DO REGIME NÃO PRESENCIAL E AVALIAÇÃO DE RECURSO) Disciplina: Economia A Módulo 1,2,3 (Um, Dois, Três) ENSINO RECORRENTE MÓDULOS CAPITALIZÁVEIS

Leia mais

LISTA 03: EXERCÍCIOS SOBRE SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO DE FINANCIAMENTOS

LISTA 03: EXERCÍCIOS SOBRE SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO DE FINANCIAMENTOS LISTA 03: EXERCÍCIOS SOBRE SISTEMAS DE AMORTIZAÇÃO DE FINANCIAMENTOS 01) Um empréstimo no valor de R$ 90.000,00 deverá ser pago em quinze prestações mensais consecutivas, vencendo a primeira trinta dias

Leia mais

Gestão Capítulo 6: Avaliação de projectos de investimento

Gestão Capítulo 6: Avaliação de projectos de investimento Gestão Capítulo 6: Avaliação de projectos de investimento Inflação aumento generalizado do nível de preço medida a posteriori (1,5% valor da inflação) Preço corrente etiqueta dos produtos sem inflação

Leia mais

SOCIEDADE EDUCACIONAL DE SANTA CATARINA INSTITUTO SUPERIOR TUPY

SOCIEDADE EDUCACIONAL DE SANTA CATARINA INSTITUTO SUPERIOR TUPY SOCIEDADE EDUCACIONAL DE SANTA CATARINA INSTITUTO SUPERIOR TUPY PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO Curso: Engenharia de Plásticos Período/Módulo: 3º Período Disciplina/Unidade Curricular: Álgebra Linear Código:

Leia mais

Fundamentos do Cálculo Financeiro. 1. Introdução: o valor temporal do dinheiro 27

Fundamentos do Cálculo Financeiro. 1. Introdução: o valor temporal do dinheiro 27 Índice Índice de casos propostos 13 Prefácio 17 Apresentação 19 Considerações e abreviaturas 23 Capítulo 1 Fundamentos do Cálculo Financeiro 1. Introdução: o valor temporal do dinheiro 27 2. Conceitos

Leia mais

PLANO DE ENSINO OBJETIVOS

PLANO DE ENSINO OBJETIVOS PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome do Componente Curricular: Matemática III Curso: Técnico de Nível Médio Integrado em Mineração Série/Período: 3º ano Carga Horária: 2 a/s - 80 h/a - 67

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PLANEAMENTO E GESTÃO DO EQUIPAMENTO Ano Lectivo 2010/2011

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PLANEAMENTO E GESTÃO DO EQUIPAMENTO Ano Lectivo 2010/2011 Programa da Unidade Curricular PLANEAMENTO E GESTÃO DO EQUIPAMENTO Ano Lectivo 2010/2011 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Turismo 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade

Leia mais

Lista de Exercícios Análise de Investimentos.

Lista de Exercícios Análise de Investimentos. Lista de Exercícios Análise de Investimentos. 1. Em um investimento que está sob o regime de capitalização composta: a) A taxa de juro em cada período de capitalização incide sobre o capital inicial investido

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Médio. Habilitação Profissional: Técnico em informática para Internet Integrado ao Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente Ensino Médio. Habilitação Profissional: Técnico em informática para Internet Integrado ao Ensino Médio Plano de Trabalho Docente - 2015 Ensino Médio Código: 0262 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Área de Conhecimento: Matemática Componente Curricular: Matemática Série: 1ª Eixo Tecnológico:

Leia mais

BNC - BANCO NACIONAL DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO, S.A.

BNC - BANCO NACIONAL DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO, S.A. BNC - BANCO NACIONAL DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO, S.A. BALANÇO INDIVIDUAL EM 31 DE DEZEMBRO DE 2001 E 2000 2001 ACTIVO Notas Activo Amortizações Activo 2000 Bruto e Provisões líquido 1. Caixa e disponibilidades

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO CIVIL (AVANÇADO) Ano Lectivo 2016/2017

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITO CIVIL (AVANÇADO) Ano Lectivo 2016/2017 Programa da Unidade Curricular DIREITO CIVIL (AVANÇADO) Ano Lectivo 2016/2017 1. Unidade Orgânica Direito (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Direito 3. Ciclo de Estudos 2º 4. Unidade Curricular DIREITO CIVIL

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Direito das Sociedades

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Direito das Sociedades INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 26/3/2014 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 21/5/2014 Ficha de Unidade

Leia mais

BANCO CREDIBOM, SA Entrada em vigor: FOLHETO DE TAXAS DE JURO Outros créditos

BANCO CREDIBOM, SA Entrada em vigor: FOLHETO DE TAXAS DE JURO Outros créditos FOLHETO DE TAXAS DE JURO Clientes Particulares Outros clientes 18 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 20 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 20.1. Linhas de crédito e contas correntes 18.2. Crédito pessoal 18.3. Crédito automóvel 18.4.

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO Ano Lectivo 2012/2013

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO Ano Lectivo 2012/2013 Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO Ano Lectivo 2012/2013 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Contabilidade 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade

Leia mais

FCA Capital Portugal I.F.I.C. S.A.

FCA Capital Portugal I.F.I.C. S.A. Preçário FCA Capital Portugal I.F.I.C. S.A. Instituição Financeira de Crédito Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Data de Entrada em vigor: 01-04-2016 O preçário completo da FCA Capital Portugal

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Investigação Operacional

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Investigação Operacional INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 5/11/2014 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 23/2/2015 Ficha de Unidade

Leia mais

PPR FUTURO. Informações Pré-Contratuais. Plano Poupança Reforma BPN

PPR FUTURO. Informações Pré-Contratuais. Plano Poupança Reforma BPN TIPO DE CLIENTE Particulares, Profissionais Liberais e Empresas. SEGMENTO-ALVO Destina-se a fomentar a poupança para constituição de um complemento de reforma. Direccionado para Clientes com idade inferior

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Fiscalidade II

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Fiscalidade II INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico / / Aprovação do Conselho Técnico-Científico / / Ficha de Unidade Curricular

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Elaboração e Avaliação de Projectos de Investimento

Ficha de Unidade Curricular (FUC) de Elaboração e Avaliação de Projectos de Investimento INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA INSTITUTO SUPERIOR DE CONTABILIDADE E ADMINISTRAÇÂO DE COIMBRA Aprovação do Conselho Pedagógico 23/10/2013 Aprovação do Conselho Técnico-Científico 26/2/2014 Ficha de Unidade

Leia mais

Instituto de Educação Universidade de Lisboa

Instituto de Educação Universidade de Lisboa Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Mestrado em Educação Especialização: Educação e Tecnologias Digitais 14 15 Edição Instituto de Educação da Universidade de Lisboa

Leia mais

PROGRAMA CARGA HORÁRIA: 60 HORAS PERÍODO: 6º PROFESSOR: ALEXANDRE WERNERSBACH NEVES SEMESTRE: 2015/1

PROGRAMA CARGA HORÁRIA: 60 HORAS PERÍODO: 6º PROFESSOR: ALEXANDRE WERNERSBACH NEVES SEMESTRE: 2015/1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas Departamento de Administração Curso de Administração Av. Fernando Ferrari, 514 - Campus Universitário - Goiabeiras CEP.

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular 2011/2012

Ficha da Unidade Curricular 2011/2012 1 de 5 09-09-2011 16:17 Ficha da Unidade Curricular 2011/2012 IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR Designação: Economia Monetária e Financeira Última alteração: 2011-09-02 09:47:00 ECTS: 5 Língua de leccionação:

Leia mais

- Identificar as formas de tributação aplicáveis aos diferentes tipos de sujeitos passivos

- Identificar as formas de tributação aplicáveis aos diferentes tipos de sujeitos passivos IMPOSTOS SOBRE O RENDIMENTO I [12100] GERAL Regime: Semestre: OBJETIVOS A presente unidade curricular combina o estudo sobre a aplicação e funcionamento do IRS com uma visão ampla da teoria do direito

Leia mais

Métodos Quantitativos

Métodos Quantitativos Departamento Matemática Métodos Quantitativos Ano 1º Semestre 1º Curso Marketing Grupo Teóricas 1,5 Carga horária semanal Teórico Práticas 3 Prática s/ Lab. 1,5 Seminários Estágios Docente Responsável

Leia mais

CONTABILIDADE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA. ÁREA DE FORMAÇÃO Contabilidade e Fiscalidade PERFIL PROFISSIONAL

CONTABILIDADE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA. ÁREA DE FORMAÇÃO Contabilidade e Fiscalidade PERFIL PROFISSIONAL CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA CONTABILIDADE ÁREA DE FORMAÇÃO Contabilidade e Fiscalidade PERFIL PROFISSIONAL Técnico Especialista em Contabilidade LEGISLAÇÃO APLICÁVELL Decreto-lei nº 88/2006, de

Leia mais