Discurso de Sua Excelência O Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros Rui Machete

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Discurso de Sua Excelência O Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros Rui Machete"

Transcrição

1 Discurso de Sua Excelência O Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros Rui Machete na Cimeira de Chefes de Estado e de Governo para a adoção da Agenda do Desenvolvimento Pós-2015 MOD07 PR07/V02

2 Senhor Presidente, Senhor Secretário Geral das Nações Unidas, Distintos Delegados, Minhas Senhoras e Meus Senhores. Este momento histórico, coincidindo com as celebrações dos 70 anos das Nações Unidas, marca um ponto de viragem na forma como abordamos o desenvolvimento. Há exatamente 15 anos, os líderes mundiais reuniram-se nesta cidade para forjar um compromisso multilateral sem precedentes em resposta aos desafios globais, consubstanciado nos Objetivos de Desenvolvimento do Milénio. Uma década e meia volvida sobre a Cimeira do Milénio, importa reconhecer que muito foi feito, mas que muito se encontra ainda por fazer, exigindo de todos uma capacidade renovada tendo em conta as lições retiradas da implementação dos ODM e a nova realidade mundial. Portugal vê a adoção dos 17 ODS como um compromisso sem paralelo para o desenvolvimento sustentável e para a erradicação da pobreza visando um mundo onde todos os Direitos Humanos sejam plenamente respeitados. Gostaria, por isso, de felicitar as Nações Unidas, e de deixar uma palavra de elevado apreço a todos aqueles que participaram neste importante processo de negociação. Senhor Presidente, Pág. 2 de 5

3 Os atuais desafios mundiais, como as alterações climáticas, as epidemias e a dramática situação dos migrantes e refugiados que diariamente arriscam as suas vidas, são uma prova clara de que não é possível pensar no nosso próprio bem-estar e segurança de forma isolada ou segundo geografias estanques. A universalidade da agenda 2030 é, por isso, fundamental pressupondo uma verdadeira partilha de responsabilidades na procura de um melhor futuro comum, que vá muito além da já datada abordagem Norte-Sul, da divisão entre atores públicos e privados e do entendimento que a Ajuda Pública ao Desenvolvimento é o único meio de resposta a esses problemas. Existe hoje uma multiplicidade de atores cuja capacidade de intervenção pode e deve ser potenciada, como é o caso das economias emergentes e de outros países com um peso crescente como doadores, que deverão assumir responsabilidades compatíveis com a sua capacidade política, económica e financeira. Esta agenda exige, ainda de todos nós, uma abordagem mais qualitativa, focada nos resultados, mais eficaz e assegurando a coerência entre as várias políticas. Minhas Senhoras e Meus Senhores, Este é, sem dúvida, um momento de celebração, mas também de elevada responsabilidade, cabendo-nos agora dar corpo a estes compromissos e ao novo paradigma da cooperação internacional que eles encerram. As Nações Unidas deverão continuar a desempenhar um papel essencial na resposta a este tipo de desafios mundiais. Pág. 3 de 5

4 Contudo, cabe-nos a nós Agências multilaterais, Governos, poder local, parlamentos, sociedade civil, setor privado apropriarmo-nos destes 17 Objetivos. Neste quadro, é fundamental ter em consideração os desafios que os Estados Frágeis, os Países Menos Avançados, particularmente do continente africano, e os SIDS enfrentarão pelo que deverão beneficiar de atenção particular. Por essa razão, Portugal subscreveu os compromissos assumidos pela UE na Conferência de Addis Abeba incluindo, no que diz respeito à mobilização coletiva de 0,15% a 0,20% do Rendimento Nacional Bruto como Ajuda Pública ao Desenvolvimento para os Países Menos Avançados, o direcionamento prioritário da ajuda para o continente africano. Esta é também a matriz da Cooperação portuguesa: concedemos prioridade absoluta ao reforço da ligação entre paz, segurança e desenvolvimento sustentável. Temos por isso dado particular atenção a setores com um efeito estruturante e multiplicador, como a governação, o primado da lei, os direitos humanos, a educação, a saúde e a capacitação institucional, a par com a adoção de medidas destinadas ao empoderamento das mulheres e raparigas e à erradicação de todas as formas de violência com base no género. Temos ainda realizado importantes investimentos na área das energias renováveis e do crescimento azul, com um especial enfoque na proteção ambiental, Pág. 4 de 5

5 biodiversidade, mares e oceanos, visando a integração harmoniosa das três dimensões do desenvolvimento sustentável. Minhas Senhoras e Meus Senhores, Portugal acredita que a agenda 2030 terá que ser implementada num verdadeiro espírito de parceria, pelo que continuaremos a trabalhar com a sociedade civil e as autarquias locais na operacionalização dos compromissos hoje aqui assumidos. Estamos ainda disponíveis para trabalhar em parceria com os demais países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, para que a agenda 2030 seja integrada no trabalho da Comunidade e para contribuir para uma integração efetiva desta agenda nos outros fora multilaterais em que Portugal participa. Senhor Presidente, Percorremos um longo caminho desde o início da negociação da agenda 2030 mas devemos encarar este momento como o início de uma nova etapa. Reitero o compromisso de Portugal com esta nova agenda e com o espírito das Nações Unidas, na convicção clara de que só unindo forças, promovendo o progresso económico e social e praticando a tolerância, viveremos em paz. Muito obrigado. Pág. 5 de 5

INTERVENÇÃO S. EXA. A SECRETÁRIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS E DA COOPERAÇÃO

INTERVENÇÃO S. EXA. A SECRETÁRIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS E DA COOPERAÇÃO SEMINÁRIO DE COOPERAÇÃO INTERNACIONAL Desenvolvimento, Cultura, Língua Portugal no Mundo 7 de janeiro de 2016 INTERVENÇÃO S. EXA. A SECRETÁRIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS E DA COOPERAÇÃO c Linhas

Leia mais

A Cooperação Portuguesa

A Cooperação Portuguesa FICHA TEMÁTICA A Cooperação Portuguesa Março de 2015 Política de Cooperação para o Desenvolvimento A Cooperação para o Desenvolvimento é um vetor chave da política externa portuguesa, que assenta num consenso

Leia mais

Excelência Senhor Pier Paolo Balladelli, Coordenador Residente do Sistema das Nações Unidas e Representante do PNUD em Angola;

Excelência Senhor Pier Paolo Balladelli, Coordenador Residente do Sistema das Nações Unidas e Representante do PNUD em Angola; REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES Gabinete do Ministro Excelência Senhor Pier Paolo Balladelli, Coordenador Residente do Sistema das Nações Unidas e Representante do PNUD em Angola;

Leia mais

IV REUNIÃO DE MINISTRAS DA IGUALDADE DE GÉNERO E EMPODERAMENTO DAS MULHERES DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA - CPLP

IV REUNIÃO DE MINISTRAS DA IGUALDADE DE GÉNERO E EMPODERAMENTO DAS MULHERES DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA - CPLP IV REUNIÃO DE MINISTRAS DA IGUALDADE DE GÉNERO E EMPODERAMENTO DAS MULHERES DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA - CPLP "Empoderamento Económico da Mulher, Género e Globalização" Declaração de

Leia mais

Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone : Fax :

Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone : Fax : AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone : 011 551 7700 Fax : 011 551 784 CONSELHO EXECUTIVO Décima-Quarta Sessão Ordinária 26 30 de Janeiro de 2009 Adis

Leia mais

DÉLÉGATION PERMANENTE DU PORTUGAL AUPRÈS DE L'UNESCO. Portugal. Debate de Política Geral da 39ª Sessão da Conferência Geral da UNESCO

DÉLÉGATION PERMANENTE DU PORTUGAL AUPRÈS DE L'UNESCO. Portugal. Debate de Política Geral da 39ª Sessão da Conferência Geral da UNESCO Portugal Debate de Política Geral da 39ª Sessão da Conferência Geral da UNESCO Intervenção do Senhor Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues (1 de novembro de 2017- de tarde) Senhora Presidente da

Leia mais

PROPOSTA DE RESOLUÇÃO

PROPOSTA DE RESOLUÇÃO Parlamento Europeu 2014-2019 Documento de sessão B8-0587/2016 9.5.2016 PROPOSTA DE RESOLUÇÃO apresentada na sequência de declarações do Conselho e da Comissão apresentada nos termos do artigo 123.º, n.º

Leia mais

Dos ODM aos ODS com uma lente de CPD? Mónica Ferro,

Dos ODM aos ODS com uma lente de CPD? Mónica Ferro, Dos ODM aos ODS com uma lente de CPD? Mónica Ferro, mferro@iscsp.ulisboa.pt; mferro@psd.parlamento.pt Dos ODM aos ODS, à Agenda Pós-2015 O que é a Coerência A Coerência e a Agenda Pós-2015 Desafios atuais

Leia mais

União Africana 8.ª PRÉ-CIMEIRA DA UA SOBRE O GÉNERO À MARGEM DA 26.ª CIMEIRA DA UA DE JANEIRO DE 2016 ADIS ABEBA, ETIÓPIA

União Africana 8.ª PRÉ-CIMEIRA DA UA SOBRE O GÉNERO À MARGEM DA 26.ª CIMEIRA DA UA DE JANEIRO DE 2016 ADIS ABEBA, ETIÓPIA União Africana WG16573 30/30/22/10 8.ª PRÉ-CIMEIRA DA UA SOBRE O GÉNERO À MARGEM DA 26.ª CIMEIRA DA UA 17-21 DE JANEIRO DE 2016 ADIS ABEBA, ETIÓPIA 2016: Ano Africano dos Direitos Humanos, com particular

Leia mais

AGENDA 2030 E OBJETIVOS DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

AGENDA 2030 E OBJETIVOS DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL AGENDA 2030 E OBJETIVOS DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Denise Hamú Representante ONU Meio Ambiente Brasil 8 de dezembro de 2016 2015, momento de ação global para as pessoas e o planeta A Assembleia Geral

Leia mais

ASSEMBLEIA NACIONAL. Senhores Presidentes dos Parlamentos Nacionais. Senhoras e senhores profissionais da Comunicação Social

ASSEMBLEIA NACIONAL. Senhores Presidentes dos Parlamentos Nacionais. Senhoras e senhores profissionais da Comunicação Social ASSEMBLEIA NACIONAL DISCURSO DO PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA NACIONAL, ENGº JORGE PEDRO MAURÍCIO DOS SANTOS, NA 9ª CONFERÊNCIA DOS PRESIDENTES DOS PARLAMENTOS AFRICANOS Senhor Presidente do PAP, Dr. Roger

Leia mais

A Graduação de Angola da Categoria de Países Menos Avançados (PMAs): Desafios e Oportunidades

A Graduação de Angola da Categoria de Países Menos Avançados (PMAs): Desafios e Oportunidades Workshop: A Graduação de Angola da Categoria de Países Menos Avançados (PMAs): Desafios e Oportunidades Luanda, 27 de Outubro de 2016 Graduação de Angola de PMA e os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável

Leia mais

COPATROCINADOR UNAIDS 2015 UNESCO ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A EDUCAÇÃO, A CIÊNCIA E A CULTURA

COPATROCINADOR UNAIDS 2015 UNESCO ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A EDUCAÇÃO, A CIÊNCIA E A CULTURA COPATROCINADOR UNAIDS 2015 UNESCO ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A EDUCAÇÃO, A CIÊNCIA E A CULTURA COPATROCINADORES UNAIDS 2015 O QUE É A UNESCO? Os jovens continuam a ser um alvo prioritário da ação

Leia mais

DECLARAÇÃO DE CASCAIS

DECLARAÇÃO DE CASCAIS DECLARAÇÃO DE CASCAIS 30.10.2004 INTRODUÇÃO Considerando a vontade de continuar a estreitar laços e a desenvolver formas de cooperação em matéria de desenvolvimento sustentável e protecção do ambiente

Leia mais

Em primeiro queria, em nome da Sra. Presidente da CIG, Teresa. Fragoso, agradecer à PPDM (Plataforma Portuguesa para os

Em primeiro queria, em nome da Sra. Presidente da CIG, Teresa. Fragoso, agradecer à PPDM (Plataforma Portuguesa para os Em primeiro queria, em nome da Sra. Presidente da CIG, Teresa Fragoso, agradecer à PPDM (Plataforma Portuguesa para os Direitos das Mulheres, o convite que lhe foi endereçado para estar presente no encerramento

Leia mais

Agenda 2030 ODS: Adequação e gestão integrada das políticas públicas, instrumentos de monitoramento e participação social

Agenda 2030 ODS: Adequação e gestão integrada das políticas públicas, instrumentos de monitoramento e participação social Agenda 2030 ODS: Adequação e gestão integrada das políticas públicas, instrumentos de monitoramento e participação social Grupo de Trabalho da Sociedade Civil para a Agenda 2030 Filomena Siqueira - Ação

Leia mais

Biblioteca Viva 10º Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias ESQU

Biblioteca Viva 10º Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias ESQU Biblioteca Viva 10º Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias Como as bibliotecas podem contribuir com a Agenda 2030? ESQU Adriana Cybele Ferrari Presidente da FEBAB Sobre a FEBAB

Leia mais

Senhora Comissária responsável pelos Assuntos do Mar e Pescas,

Senhora Comissária responsável pelos Assuntos do Mar e Pescas, LANÇAMENTO DA ESTRATÉGIA EUROPEIA PARA O ATLÂNTICO LISBOA, 28 DE NOVEMBRO DE 2011 INTERVENÇÃO DA SENHORA MAMAOT Senhor Primeiro Ministro, Senhora Comissária responsável pelos Assuntos do Mar e Pescas,

Leia mais

Milénio (em particular do Objectivo 8), enquanto consenso internacional para a política

Milénio (em particular do Objectivo 8), enquanto consenso internacional para a política Introdução Esta dissertação procura explorar a importância dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (em particular do Objectivo 8), enquanto consenso internacional para a política de cooperação para

Leia mais

10392/16 arg/ip 1 DG C 1

10392/16 arg/ip 1 DG C 1 Conselho da União Europeia Luxemburgo, 20 de junho de 2016 (OR. en) 10392/16 RESULTADOS DOS TRABALHOS de: Secretariado-Geral do Conselho data: 20 de junho de 2016 para: Delegações n.º doc. ant.: 10339/16

Leia mais

PROJECTO PROVISÓRIO DO PROGRAMA DE TRABALHO. Tema: Materializar o Potencial de África como um Pólo de Crescimento Global

PROJECTO PROVISÓRIO DO PROGRAMA DE TRABALHO. Tema: Materializar o Potencial de África como um Pólo de Crescimento Global ` CONSELHO ECONÓMICO E SOCIAL DAS NAÇÕES UNIDAS COMISSÃO ECONÓMICA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA ÁFRICA Trigésima Primeira reunião do Comité de Peritos Reunião do Comité de Peritos da 5ª Reunião Anual Conjunta

Leia mais

Memorando de Entendimento. Entre A COMUNIDADE DE PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA A ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE TURISMO

Memorando de Entendimento. Entre A COMUNIDADE DE PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA A ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE TURISMO Memorando de Entendimento Entre A COMUNIDADE DE PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA E A ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE TURISMO Considerando que a Comunidade de Países de Língua Oficial Portuguesa doravante designada por

Leia mais

14839/16 mb/fc 1 DGC 1

14839/16 mb/fc 1 DGC 1 Conselho da União Europeia Bruxelas, 28 de novembro de 2016 (OR. en) 14839/16 RESULTADOS DOS TRABALHOS de: para: Secretariado-Geral do Conselho Delegações n.º doc. ant.: 14336/16 Assunto: Energia e desenvolvimento

Leia mais

PROJECTO DE NOTA CONCEPTUAL

PROJECTO DE NOTA CONCEPTUAL AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Adis Abeba, ETIÓPIA C. P. 3243 Tel.: +251-115 517 700 Fax: +251-11-5 517844 Website: www.africa-union.org REUNIÃO DO COMITÉ DE ACÇÃO DOS CHEFES DE ESTADO E

Leia mais

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA GABINETE DO MINISTRO DE ESTADO E DAS FINANÇAS

MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA GABINETE DO MINISTRO DE ESTADO E DAS FINANÇAS 20º Encontro de Lisboa com as Delegações dos Bancos Centrais dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa e de Timor Leste à Assembleia Anual do Fundo Monetário Internacional e do Banco Mundial 04

Leia mais

Indicadores de Desenvolvimento Sustentável Agenda 2030

Indicadores de Desenvolvimento Sustentável Agenda 2030 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 3 de maio de 2017 Indicadores de Desenvolvimento Sustentável Agenda 2030 Para procurar concentrar numa mesma plataforma a informação estatística existente, o INE

Leia mais

Kuala Lumpur, 8 de setembro de 2015

Kuala Lumpur, 8 de setembro de 2015 Breves palavras de Sua Excelência o Presidente do Parlamento Nacional, Vicente da Silva Guterres por ocasião da Sessão de Abertura da 36.ª Assembleia Interparlamentar da ASEAN Câmara dos Representantes

Leia mais

11246/16 hs/mjb 1 DGC 1

11246/16 hs/mjb 1 DGC 1 Conselho da União Europeia Bruxelas, 18 de julho de 2016 (OR. en) 11246/16 RESULTADOS DOS TRABALHOS de: Secretariado-Geral do Conselho data: 18 de julho de 2016 para: Delegações n.º doc. ant.: 10998/16

Leia mais

Mesa-redonda Internacional de Doadores. sobre a Guiné-Bissau. Intervenção do Embaixador Murade Murargy. Secretário Executivo da CPLP

Mesa-redonda Internacional de Doadores. sobre a Guiné-Bissau. Intervenção do Embaixador Murade Murargy. Secretário Executivo da CPLP Mesa-redonda Internacional de Doadores sobre a Guiné-Bissau Bruxelas, 25 de Março de 2015 Intervenção do Embaixador Murade Murargy Secretário Executivo da CPLP Eximo. Senhor Primeiro-ministro da República

Leia mais

José Alberto Azeredo Lopes

José Alberto Azeredo Lopes José Alberto Azeredo Lopes Ministro da Defesa Nacional Intervenção do Ministro da Defesa Nacional, José Alberto Azeredo Lopes, na XII Conferência de Ministros de Defesa das Américas Trinidade e Tobago,

Leia mais

Ações Reunião realizada nos dias 13 a 16 de outubro de 2014

Ações Reunião realizada nos dias 13 a 16 de outubro de 2014 R E L A Ç Õ E S I N T E R N A C I O N A I S Órgão Organização Internacional do Trabalho (OIT) Representação Eventual 18ª Reunião Regional Americana da OIT Representante Lidiane Duarte Nogueira Advogada

Leia mais

Tema: Objectivos de Desenvolvimento do Milénio

Tema: Objectivos de Desenvolvimento do Milénio MINISTÉRIO DA ENERGIA DIRECÇÃO NACIONAL DE ENERGIAS NOVAS E RENOVÁVEIS Tema: Objectivos de Desenvolvimento do Milénio Manica, 30 Junho à 04 Julho 2008 Elaborado por: José F. Quelhas Av. 25 de Setembro,

Leia mais

DOCUMENTO SÍNTESE UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA

DOCUMENTO SÍNTESE UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA IE13255 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA P. O. Box 3243, Addis Ababa, ETHIOPIA Tel.: (251-11) 5182402 Fax: (251-11) 5182400 Website: www.au.int CONFERÊNCIA DA CUA/AFCAC/AFRAA DE TRANSPORTES

Leia mais

MECANISMO DE ACOMPANHAMENTO PARA IMPLEMENTAÇÃO, MONITORIA E AVALIAÇÃO

MECANISMO DE ACOMPANHAMENTO PARA IMPLEMENTAÇÃO, MONITORIA E AVALIAÇÃO AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone 517 700 Cables: OAU, ADDIS ABAB TERCEIRA SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DA CONFERÊNCIA DOS CHEFES DE ESTADO E DE GOVERNO

Leia mais

Senhor Primeiro-Ministro de Portugal, Dr. António Costa

Senhor Primeiro-Ministro de Portugal, Dr. António Costa Senhor Primeiro-Ministro de Portugal, Dr. António Costa Senhor Vice-Presidente do Parlamento Europeu responsável por América Latina, Dr. Antonio Tajani Senhor Presidente do componente Latino-Americano

Leia mais

CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA. Bruxelas, 17 de março de 2014 (OR. en) 7805/14 DEVGEN 64 RELEX 241 OCDE 2 ACP 53 FIN 217

CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA. Bruxelas, 17 de março de 2014 (OR. en) 7805/14 DEVGEN 64 RELEX 241 OCDE 2 ACP 53 FIN 217 CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA Bruxelas, 17 de março de 2014 (OR. en) 7805/14 DEVGEN 64 RELEX 241 OCDE 2 ACP 53 FIN 217 NOTA de: para: Assunto: Secretariado-Geral do Conselho Delegações Conclusões do Conselho

Leia mais

(DRAFT) CONCLUSÕES DA II REUNIÃO DO FÓRUM DA SOCIEDADE CIVIL DA CPLP Díli, 17 de julho de 2015

(DRAFT) CONCLUSÕES DA II REUNIÃO DO FÓRUM DA SOCIEDADE CIVIL DA CPLP Díli, 17 de julho de 2015 (DRAFT) CONCLUSÕES DA II REUNIÃO DO FÓRUM DA SOCIEDADE CIVIL DA CPLP Díli, 17 de julho de 2015 A II Reunião Fórum da Sociedade Civil da CPLP (FSC-CPLP) realizou-se nos dias 13 a 17 de julho de 2015, em

Leia mais

Estratégias e desafios de implementação dos ODS: o olhar da Comissão Nacional dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Estratégias e desafios de implementação dos ODS: o olhar da Comissão Nacional dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável Presidência da República Secretaria de Governo Secretaria Nacional de Articulação Social Estratégias e desafios de implementação dos ODS: o olhar da Comissão Nacional dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Leia mais

II Conferência Ministerial de responsáveis pela Igualdade de Género e Saúde dos Países da CPLP. Género, Saúde e Violência

II Conferência Ministerial de responsáveis pela Igualdade de Género e Saúde dos Países da CPLP. Género, Saúde e Violência Check against Delivery II Conferência Ministerial de responsáveis pela Igualdade de Género e Saúde dos Países da CPLP Género, Saúde e Violência por Alanna Armitage Directora Geneva Office United Nations

Leia mais

A próxima geração de políticas de coesão para o período

A próxima geração de políticas de coesão para o período A próxima geração de políticas de coesão para o período 2014-2020 Seminário Fundos Estruturais: Prioridade máxima para a Coesão Social EAPN Portugal 20 março 2013 Painel 2 Quirino Mealha - REPER Portugal

Leia mais

Díli, Timor-Leste. 14 a 17 de abril de 2015 COLÓQUIO «ENSINO TÉCNICO PROFISSIONALIZANTE NA CPLP»

Díli, Timor-Leste. 14 a 17 de abril de 2015 COLÓQUIO «ENSINO TÉCNICO PROFISSIONALIZANTE NA CPLP» I Reunião Extraordinária de Ministros da Educação da CPLP Díli, Timor-Leste 14 a 17 de abril de 2015 COLÓQUIO «ENSINO TÉCNICO PROFISSIONALIZANTE NA CPLP» PROPOSTA DE INTERVENÇÃO De S. EXA. O SECRETÁRIO

Leia mais

Modelo de Desenvolvimento, Quadro de Monitorização e Economia Azul

Modelo de Desenvolvimento, Quadro de Monitorização e Economia Azul Modelo de Desenvolvimento, Quadro de Monitorização e Economia Azul Meios de Financiamento Nacionais e Europeus e Integração das Políticas de Desenvolvimento Par$lha de Informação A promoção de um ambiente

Leia mais

ASSEMBLEIA NACIONAL. Cidade da Praia, 25 de Outubro de Senhor Presidente da Câmara dos Deputados do Luxemburgo, Mars de Bartolomeo,

ASSEMBLEIA NACIONAL. Cidade da Praia, 25 de Outubro de Senhor Presidente da Câmara dos Deputados do Luxemburgo, Mars de Bartolomeo, ASSEMBLEIA NACIONAL Discurso do Presidente da Assembleia Nacional, Engº Jorge Santos, na Sessão Plenária de Boas Vindas, ao Presidente da Câmara dos Deputados do Luxemburgo, Mars de Bartolomeo Cidade da

Leia mais

Agenda 2030 Brasil Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) Alinhamento de Políticas Públicas aos ODS

Agenda 2030 Brasil Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) Alinhamento de Políticas Públicas aos ODS Agenda 2030 Brasil Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) Alinhamento de Políticas Públicas aos ODS Construção da Agenda 2030 2012 2015 2000 ODM Agenda 2030 Brasil A Agenda 2030 visa ao alcance

Leia mais

Discurso de Boas-Vindas Secretário Executivo da CPLP Embaixador Murade Murargy

Discurso de Boas-Vindas Secretário Executivo da CPLP Embaixador Murade Murargy VISITA DO VICE-PRESIDENTE DO BRASIL E SUA DELEGAÇÃO À SEDE DA CPLP (21 de abril de 2015) Discurso de Boas-Vindas Secretário Executivo da CPLP Embaixador Murade Murargy É com grande emoção e enorme satisfação,

Leia mais

Paulo Jannuzzi ENCE/IBGE

Paulo Jannuzzi ENCE/IBGE Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e as oportunidades para o aprimoramento no monitoramento e avaliação de políticas públicas em nível subnacional: reflexões a partir da experiência da SAGI/MDS Paulo

Leia mais

CONFERÊNCIA DA UNIÃO Trigésima Sessão Ordinária de Janeiro de 2018 Adis Abeba, Etiópia PROJECTO DE AGENDA UNIÃO AFRICANA

CONFERÊNCIA DA UNIÃO Trigésima Sessão Ordinária de Janeiro de 2018 Adis Abeba, Etiópia PROJECTO DE AGENDA UNIÃO AFRICANA AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, Ethiopia P. O. Box 3243 Telephone: 5517 700 Fax: 5517844 Website: www.au.int SC21265 63/63/34/10 CONFERÊNCIA DA UNIÃO Trigésima Sessão Ordinária

Leia mais

DECLARAÇÃO SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO DA NOVA PARCERIA PARA O DESENVOLVIMENTO DA ÁFRICA (NEPAD)

DECLARAÇÃO SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO DA NOVA PARCERIA PARA O DESENVOLVIMENTO DA ÁFRICA (NEPAD) Pág.1 DECLARAÇÃO SOBRE A IMPLEMENTAÇÃO DA NOVA PARCERIA PARA O DESENVOLVIMENTO DA ÁFRICA (NEPAD) NÓS, os Chefes de Estado e Governo dos Estados Membros da União Africana, reunidos na 2ª Ordinária Sessão

Leia mais

Política Externa do Brasil

Política Externa do Brasil Política Externa do Brasil A política externa é o conjunto de objetivos políticos que um determinado Estado almeja alcançar nas suas relações com os demais países do mundo. Definição planejada e objetiva

Leia mais

Objectivos de Desenvolvimento do Milénio

Objectivos de Desenvolvimento do Milénio República de Moçambique Objectivos de Desenvolvimento do Milénio Ponto de Situação, Progressos e Metas Conferência Cumprir Bissau Desafios e Contribuições da CPLP para o cumprimento dos ODMS 5 de Junho

Leia mais

DOCUMENTO DE SÍNTESE REUNIÃO DO COMITÉ TÉCNICO ESPECIALIZADO (CTE) SOBRE MIGRAÇÃO, REFUGIADOS E PESSOAS DESLOCADAS INTERNAS

DOCUMENTO DE SÍNTESE REUNIÃO DO COMITÉ TÉCNICO ESPECIALIZADO (CTE) SOBRE MIGRAÇÃO, REFUGIADOS E PESSOAS DESLOCADAS INTERNAS AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA P. O. Box 3243, Addis Ababa, ETHIOPIA Tel.: Tel: +251-115- 517 700 Fax: +251-115- 517844 / 5182523 Website: www.au.int PA20452-144/144/34/12 DOCUMENTO DE SÍNTESE

Leia mais

COPATROCINADOR UNAIDS 2015 PNUD PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO

COPATROCINADOR UNAIDS 2015 PNUD PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO COPATROCINADOR UNAIDS 2015 PNUD PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO COPATROCINADORES UNAIDS 2015 PNUD O QUE É O PNUD? Justiça, direitos humanos e igualdade de gênero são marcos da resposta

Leia mais

8833/16 fmm/tmc 1 DG C 1

8833/16 fmm/tmc 1 DG C 1 Conselho da União Europeia Bruxelas, 12 de maio de 2016 (OR. en) 8833/16 RESULTADOS DOS TRABALHOS de: Secretariado-Geral do Conselho data: 12 de maio de 2016 para: Delegações n.º doc. ant.: 8577/16 Assunto:

Leia mais

VIH e SIDA: Uma visão geral da epidemia e da importância da ação no mundo do trabalho

VIH e SIDA: Uma visão geral da epidemia e da importância da ação no mundo do trabalho VIH e SIDA: Uma visão geral da epidemia e da importância da ação no mundo do trabalho www.itcilo.org PORQUÊ DEBATER O VIH E A Afetam a faixa etária mais produtiva e economicamente ativa. É difícil conhecer

Leia mais

CÚPULA DE ÁGUA DE BUDAPESTE: A CONTRIBUIÇÃO DA IBEROAMÉRICA PARA A CONSTRUÇÃO DOS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

CÚPULA DE ÁGUA DE BUDAPESTE: A CONTRIBUIÇÃO DA IBEROAMÉRICA PARA A CONSTRUÇÃO DOS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL CÚPULA DE ÁGUA DE BUDAPESTE: A CONTRIBUIÇÃO DA IBEROAMÉRICA PARA A CONSTRUÇÃO DOS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL CÚPULA DE ÁGUA DE BUDAPESTE: A CONTRIBUIÇÃO DA IBEROAMÉRICA PARA A CONSTRUÇÃO

Leia mais

Sua Excelência, Presidente do Parlamento Francisco Lu-Olo Guterres. Sr. Sukehiro Hasegawa, Representante Especial do Secretário-Geral

Sua Excelência, Presidente do Parlamento Francisco Lu-Olo Guterres. Sr. Sukehiro Hasegawa, Representante Especial do Secretário-Geral Sua Excelência, Primeiro Ministro Mari Alkatiri Sua Excelência, Presidente do Parlamento Francisco Lu-Olo Guterres Sr. Sukehiro Hasegawa, Representante Especial do Secretário-Geral Honoráveis Ministros

Leia mais

TRATADO DE AMIZADE E COOPERAÇÃO ENTRE A REPÚBLICA PORTUGUESA E A REPÚBLICA DE CABO VERDE

TRATADO DE AMIZADE E COOPERAÇÃO ENTRE A REPÚBLICA PORTUGUESA E A REPÚBLICA DE CABO VERDE TRATADO DE AMIZADE E COOPERAÇÃO ENTRE A REPÚBLICA PORTUGUESA E A REPÚBLICA DE CABO VERDE A República Portuguesa e a República de Cabo Verde, doravante designadas como Partes, Conscientes dos laços históricos

Leia mais

WORKSHOP. Graduação de Angola da categoria de Países Menos Avançados (PMA): Desafios e Oportunidades

WORKSHOP. Graduação de Angola da categoria de Países Menos Avançados (PMA): Desafios e Oportunidades WORKSHOP Graduação de Angola da categoria de Países Menos Avançados (PMA): Desafios e Oportunidades Dr. Pier Paolo Balladelli Coordenador das Nações Unidas e Representante Residente do PNUD Discurso de

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO COMÉRCIO

CONSELHO NACIONAL DO COMÉRCIO CONSELHO NACIONAL DO COMÉRCIO Dia:17/11/2015 Cidade do Mindelo Cabo verde Amilcar Aristides Monteiro - Diretor Geral - Direção Geral da Indústria e Comércio (DGIC) AGENDA TIMELINE 1976 Integração na Comunidade

Leia mais

Green Key e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Green Key e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 2015 2030 Green Key e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 1. Introdução Nos dias 25 a 27 de setembro de 2015, na sede das Nações Unidas em Nova Iorque, os chefes de Estado, governos e altos representantes

Leia mais

CONDIÇÕES DE ADMISSIBILIDADE CONDIÇÕES EXCLUDENTES. 1 Apresentação telemática no prazo estabelecido na convocatória.

CONDIÇÕES DE ADMISSIBILIDADE CONDIÇÕES EXCLUDENTES. 1 Apresentação telemática no prazo estabelecido na convocatória. CONDIÇÕES DE ADMISSIBILIDADE CONDIÇÕES EXCLUDENTES 1 Apresentação telemática no prazo estabelecido na convocatória. 2 Apresentação do formulário completo. 3 Orçamento FEDER em conformidade com o que está

Leia mais

Audiência na Comissão de Saúde

Audiência na Comissão de Saúde Audiência na Comissão de Saúde Balanço e perspetivas para o futuro Lisboa, 08 de Junho de 2016 Comissão Saúde e a questão VIH e SIDA: um balanço - Criação do Grupo de Trabalho VIH (2009, reconstituído

Leia mais

VI CONFERÊNCIA DE CHEFES DE ESTADO E DE GOVERNO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Bissau, 17 de Julho de 2006

VI CONFERÊNCIA DE CHEFES DE ESTADO E DE GOVERNO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Bissau, 17 de Julho de 2006 VI CONFERÊNCIA DE CHEFES DE ESTADO E DE GOVERNO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Bissau, 17 de Julho de 2006 Declaração sobre os Objectivos de Desenvolvimento do Milénio: Desafios e Contribuição

Leia mais

Estratégias e Desafios para atingir o ODS12 Consumo e Produção Responsáveis. Patrícia Iglecias

Estratégias e Desafios para atingir o ODS12 Consumo e Produção Responsáveis. Patrícia Iglecias Estratégias e Desafios para atingir o ODS12 Consumo e Produção Responsáveis Patrícia Iglecias SOBRE OS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL (ODS) Introdução ao ODS Em agosto de 2015, as negociações

Leia mais

Seguimento da última Conferência dos Ministros Africanos de Economia e Finanças (CAMEF II)

Seguimento da última Conferência dos Ministros Africanos de Economia e Finanças (CAMEF II) Distr.: Geral Data: 10 de Março 2008 COMISSÃO DA UNIÃO AFRICANA Terceira Sessão de CAMEF Primeira Reunião Conjunta Anual da Conferência da UA de Ministros de Economia e Finanças e Conferência da CEA de

Leia mais

Presidência da República

Presidência da República Presidência da República SESSÃO PLENÁRIA DA CONFERÊNCIA DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRESIDENTE DA REPÚBLICA DE CABO VERDE, DR. JORGE CARLOS DE ALMEIDA

Leia mais

HORIZONTE O Novo Programa-Quadro da UE para Pesquisa e Inovação Piero Venturi Comissão Europeia DG Pesquisa e Inovação

HORIZONTE O Novo Programa-Quadro da UE para Pesquisa e Inovação Piero Venturi Comissão Europeia DG Pesquisa e Inovação HORIZONTE 2020 O Novo Programa-Quadro da UE para Pesquisa e Inovação 2014-2020 Piero Venturi Comissão Europeia DG Pesquisa e Inovação A União Europeia (UE) é a principal potência econômica mundial UE é

Leia mais

A S S E M B L E I A D A R E P Ú B L I C A. O Presidente

A S S E M B L E I A D A R E P Ú B L I C A. O Presidente Conferência Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas da COP 21 (Paris, 2015) à COP 22 (Marrakech, 2016) Auditório do Novo Edifício da Assembleia da República 25 de Outubro de 2016

Leia mais

Excelências, Senhoras e Senhores Embaixadores e membros das delegações;

Excelências, Senhoras e Senhores Embaixadores e membros das delegações; Excelências, Senhoras e Senhores Embaixadores e membros das delegações; Caros convidados Senhoras e Senhores, Permitam-me, em primeiro lugar, cumprimentar V. Exªs e agradecer pelo facto de terem aceite

Leia mais

A Experiência do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social CDES

A Experiência do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social CDES A Experiência do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social CDES Construção de Governança para o Projeto Nacional de Desenvolvimento Apresentação : Jaques Wagner Governador da Bahia CDES situação atual

Leia mais

Na reunião de 16 de dezembro de 2014, o Conselho adotou as conclusões do Conselho intituladas

Na reunião de 16 de dezembro de 2014, o Conselho adotou as conclusões do Conselho intituladas Conselho da União Europeia Bruxelas, 16 de dezembro de 2014 (OR. en) 16827/14 NOTA de: para: Secretariado-Geral do Conselho Delegações n.º doc. ant.: 16716/14 Assunto: Uma agenda transformadora pós-2015

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO EFICÁCIA DA AJUDA

PLANO DE ACÇÃO EFICÁCIA DA AJUDA PLANO DE ACÇÃO EFICÁCIA DA AJUDA (DE PARIS A ACRA) SUMÁRIO SUMÁRIO DO PLANO DE ACÇÃO Serve o presente Sumário para destacar as principais acções a empreender pela Cooperação Portuguesa até 2011 (IV Fórum

Leia mais

Boletim Informativo. Direitos Humanos. Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. edição nº 102 dezembro 2015

Boletim Informativo. Direitos Humanos. Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. edição nº 102 dezembro 2015 Boletim Informativo edição nº 102 dezembro 2015 Notícias # Direitos Humanos e Governação # Estatísticas e Opiniões Carreiras Internacionais # Apresentação de Candidaturas Prémios e Concursos # Proposta

Leia mais

PROJECTO AGENDA PRIMEIRA SESSÃO ORDINÁRIA DA REUNIÃO DO COMITÉ TÉCNICO ESPECIALIZADO DA UNIÃO AFRICANA

PROJECTO AGENDA PRIMEIRA SESSÃO ORDINÁRIA DA REUNIÃO DO COMITÉ TÉCNICO ESPECIALIZADO DA UNIÃO AFRICANA IE19015 33/9/12 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, Ethiopia P. O. Box 3243 Telephone: +251 11 551 7700 / Fax: +251 11 5 517 844 website: www.au.int PROJECTO AGENDA PRIMEIRA SESSÃO

Leia mais

Os Desafios das Relações Europa-África

Os Desafios das Relações Europa-África . Os Desafios das Relações Europa-África Background Paper Objectivos A conferência tem por objectivo debater as questões e os desafios centrais que se colocam ao continente africano e as possíveis respostas

Leia mais

O Mar nos Programas Temáticos Regionais João Fonseca Ribeiro Diretor Geral de Politica do Mar

O Mar nos Programas Temáticos Regionais João Fonseca Ribeiro Diretor Geral de Politica do Mar O Mar nos Programas Temáticos Regionais 2014-2020 João Fonseca Ribeiro Diretor Geral de Politica do Mar O Panorama Nacional e Internacional Oceano Atlântico Norte Oceano Atlântico Sul Reafirmar Portugal

Leia mais

Senhor Presidente da Republica de Cabo Verde, Excelência. Senhor Presidente do Instituto Nacional de Estatísticas de Cabo Verde

Senhor Presidente da Republica de Cabo Verde, Excelência. Senhor Presidente do Instituto Nacional de Estatísticas de Cabo Verde Discurso da Coordenadora Residente do Sistema das Nações Unidas e Representante do PUNUD em Cabo Verde por ocasião da Reunião de Peritos sobre a proposta de "Grupo Cidade de Estatísticas Governança Senhor

Leia mais

PROJETO DE RELATÓRIO

PROJETO DE RELATÓRIO Parlamento Europeu 2014-2019 Comissão dos Assuntos Externos 2017/2027(INI) 30.3.2017 PROJETO DE RELATÓRIO sobre as relações políticas da UE com a América Latina (2017/2027(INI)) Comissão dos Assuntos Externos

Leia mais

Discurso de inauguración Eleonora Menicucci

Discurso de inauguración Eleonora Menicucci Discurso de inauguración Eleonora Menicucci Ministra de la Secretaría de Políticas para las Mujeres del Brasil XII Conferência Regional sobre a Mulher da América Latina e Caribe São Domingos, República

Leia mais

PROJETO DE PROPOSTA DE RESOLUÇÃO

PROJETO DE PROPOSTA DE RESOLUÇÃO Parlamento Europeu 2014-2019 Documento de sessão B8-0000/2016 4.5.2016 PROJETO DE PROPOSTA DE RESOLUÇÃO apresentada na sequência da pergunta com pedido de resposta oral B8-0000/2016 nos termos do artigo

Leia mais

CONSIDERANDO: A Declaração sobre VIH/SIDA assinada durante a Conferência de Chefes de Estado e de Governo da CPLP, em Maputo em 2000;

CONSIDERANDO: A Declaração sobre VIH/SIDA assinada durante a Conferência de Chefes de Estado e de Governo da CPLP, em Maputo em 2000; MEMORANDO DE ENTENDIMENTO ENTRE O PROGRAMA CONJUNTO DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE VIH/SIDA (ONUSIDA) E A COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA (CPLP) RELATIVO A APOIO PARA A REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES DE

Leia mais

PRODUÇÃO E CONSUMO SUSTENTÁVEIS

PRODUÇÃO E CONSUMO SUSTENTÁVEIS PRODUÇÃO E CONSUMO SUSTENTÁVEIS HISTÓRICO Agenda 21 (Rio de Janeiro, 1992): A maior causa da deterioração continuada do meio ambiente global são os padrões insustentáveis de consumo e produção. Plano de

Leia mais

DECLARAÇÃO DE LUANDA I.ª REUNIÃO DE MINISTROS DO COMÉRCIO DA COMUNIDADE DOS PAÍ- SES DE LÍNGUA PORTUGUESA (CPLP)

DECLARAÇÃO DE LUANDA I.ª REUNIÃO DE MINISTROS DO COMÉRCIO DA COMUNIDADE DOS PAÍ- SES DE LÍNGUA PORTUGUESA (CPLP) DECLARAÇÃO DE LUANDA I.ª REUNIÃO DE MINISTROS DO COMÉRCIO DA COMUNIDADE DOS PAÍ- SES DE LÍNGUA PORTUGUESA (CPLP) Nós, Maria Idalina Valente, Ministra do Comércio de Angola; Armando Inroga, Ministro da

Leia mais

REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES Gabinete do Ministro

REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES Gabinete do Ministro REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES Gabinete do Ministro Intervenção de Sua Excelência Georges Rebelo Pinto Chikoti, Ministro das Relações Exteriores, na Reunião de Alto Nível do Comité

Leia mais

REDUÇÃO DA MORTALIDADE E DA MORBIDADE MATERNA, NEONATAL E INFANTIL EM ÁFRICA (Ponto proposto pela República de Benim)

REDUÇÃO DA MORTALIDADE E DA MORBIDADE MATERNA, NEONATAL E INFANTIL EM ÁFRICA (Ponto proposto pela República de Benim) SC8808 AFRICAN UNION UNION AFRICAINE UNIÃO AFRICANA Addis Ababa, ETHIOPIA P. O. Box 3243 Telephone : 251 11 551 77 00 Fax :251 11 551 78 44 CONSELHO EXECUTIVO Vigésima Segunda Sessão Ordinária 21 25 de

Leia mais

ANOS DA CPLP» Intervenção de. S. Ex.ª Embaixador Murade Murargy, Secretário Executivo da Comunidade dos. Países de Língua Portuguesa (CPLP)

ANOS DA CPLP» Intervenção de. S. Ex.ª Embaixador Murade Murargy, Secretário Executivo da Comunidade dos. Países de Língua Portuguesa (CPLP) «SEMINÁRIO DAS COMEMORAÇÕES DOS 20 ANOS DA CPLP» Intervenção de S. Ex.ª Embaixador Murade Murargy, Secretário Executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) Assembleia da República Portuguesa

Leia mais

1. DEFINIÇÃO, ANTECEDENTES E VISÃO DO PNAC 2020/2030

1. DEFINIÇÃO, ANTECEDENTES E VISÃO DO PNAC 2020/2030 Programa Nacional para as Alterações Climáticas (PNAC2020/2030) Avaliação do âmbito de aplicação do Decreto-Lei n.º 232/2007, de 15 de junho 1. DEFINIÇÃO, ANTECEDENTES E VISÃO DO PNAC 2020/2030 O Programa

Leia mais

Apresentação por António Saíde Director Nacional de Energias Novas e Renováveis

Apresentação por António Saíde Director Nacional de Energias Novas e Renováveis MINISTÉRIO DA ENERGIA Estratégia de Desenvolvimento de Energias Novas e Renováveis veis e o seu impacto na electrificação rural em Moçambique Apresentação por António Saíde Director Nacional de Energias

Leia mais

PACTO PARA O DESENVOLVIMENTO DO SECTOR AGRÁRIO NO CONTEXTO DO CAADP

PACTO PARA O DESENVOLVIMENTO DO SECTOR AGRÁRIO NO CONTEXTO DO CAADP República de Moçambique Ministério da Agricultura PACTO PARA O DESENVOLVIMENTO DO SECTOR AGRÁRIO NO CONTEXTO DO CAADP O PACTO DO CAADP Apresentação aos Parceiros 01 de Dezembro de 2011 1 CONTEÚDO DA APRESENTAÇÃO

Leia mais

Fortalecimento das instituições de segurança: Capacidade Humana

Fortalecimento das instituições de segurança: Capacidade Humana Fortalecimento das instituições de segurança: Capacidade Humana Seminário de Líderes de Alto Nível Centro de Estudos Estratégicos de África (ACSS) Maio de 2017 Michelle Ndiaye Diretora do Programa de Paz

Leia mais

Seminário Apoios Comunitários para o Ambiente e Energia

Seminário Apoios Comunitários para o Ambiente e Energia Seminário Apoios Comunitários para o Ambiente e Energia 4 de fevereiro de 2015 Enquadramento: Os Fundos Europeus Estruturais e de Investimento (FEEI) para o período de 2014-2020 serão determinantes no

Leia mais

Porque discutir e implementar a Nova Agenda Urbana e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável? Montes Claros, 13 de setembro, de 2017

Porque discutir e implementar a Nova Agenda Urbana e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável? Montes Claros, 13 de setembro, de 2017 Porque discutir e implementar a Nova Agenda Urbana e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável? Montes Claros, 13 de setembro, de 2017 Documento tema 1 Cidades Inclusivas Apesar das obrigações para com

Leia mais

III REUNIÃO DE MINISTROS/AS RESPONSÁVEIS PELA IGUALDADE DE GÉNERO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA

III REUNIÃO DE MINISTROS/AS RESPONSÁVEIS PELA IGUALDADE DE GÉNERO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA III REUNIÃO DE MINISTROS/AS RESPONSÁVEIS PELA IGUALDADE DE GÉNERO DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Maputo, 14 de Fevereiro de 2014 Declaração de Maputo As Ministras responsáveis pela Igualdade

Leia mais

Proposta conjunta de DECISÃO DO CONSELHO

Proposta conjunta de DECISÃO DO CONSELHO COMISSÃO EUROPEIA ALTA REPRESENTANTE DA UNIÃO PARA OS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS E A POLÍTICA DE SEGURANÇA Bruxelas, 21.4.2017 JOIN(2017) 14 final 2017/0084 (NLE) Proposta conjunta de DECISÃO DO CONSELHO relativa

Leia mais

Acelerar a resposta para pôr um fim à SIDA Estratégia ONUSIDA

Acelerar a resposta para pôr um fim à SIDA Estratégia ONUSIDA Acelerar a resposta para pôr um fim à SIDA Estratégia ONUSIDA 2016 2021 Apresentado por: Dr.ª Hellen Magutu Amakobe, Ponto Focal para o VIH e SIDA, OIT Quénia Síntese 1 2 3 4 Processo de elaboração da

Leia mais

Limité Cabinets Embargo jusqu'à l'adoption

Limité Cabinets Embargo jusqu'à l'adoption COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 14.12.2016 COM(2016) 960 final ANNEX 1 Limité Cabinets Embargo jusqu'à l'adoption [ ] ANEXO [ ] da COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO AO PARLAMENTO EUROPEU, AO CONSELHO EUROPEU E AO CONSELHO

Leia mais

O PACTO PARA O DESENVOLVIMENTO DO SECTOR AGRÁRIO DE MOÇAMBIQUE PEDSA. Impacto esperado com a implementação do PEDSA através do CAADP

O PACTO PARA O DESENVOLVIMENTO DO SECTOR AGRÁRIO DE MOÇAMBIQUE PEDSA. Impacto esperado com a implementação do PEDSA através do CAADP O PACTO PARA O DESENVOLVIMENTO DO SECTOR AGRÁRIO DE MOÇAMBIQUE A SER IMPLEMENTADO ATRAVÉS DO PEDSA O PACTO A SER IMPLEMENTADO PELO PEDSA: PRIORIDADES Impacto esperado com a implementação do PEDSA através

Leia mais

NACIONAL DE TRABALHO DECENTE - PNTD

NACIONAL DE TRABALHO DECENTE - PNTD SEMINÁRIO SINDICAL SOBRE O PLANO NACIONAL DE TRABALHO DECENTE - PNTD Paulo Sergio Muçouçah Coordenador dos Programas de Trabalho Decente e Empregos Verdes Escritório da OIT no Brasil Roteiro da apresentação

Leia mais

MINISTÉRIO DA ENERGIA E ÁGUAS

MINISTÉRIO DA ENERGIA E ÁGUAS MINISTÉRIO DA ENERGIA E ÁGUAS DECLARAÇÃO ALUSIVA AO DIA MUNDIAL DA ÁGUA 22 DE MARÇO DE 2013 2013, Ano Internacional da Cooperação pela da Água 2 DECLARAÇÃO ALUSIVA AO DIA MUNDIAL DA ÁGUA O dia 22 de Março

Leia mais

GRANDE REPORTAGEM CLUBE EUROPEU AEVILELA

GRANDE REPORTAGEM CLUBE EUROPEU AEVILELA GRANDE REPORTAGEM CLUBE EUROPEU AEVILELA Tendo em vista a uniformização dos níveis de desenvolvendo mundiais, no início do presente milénio foram estabelecidos, por todos os Estados Membros, os Objetivos

Leia mais