Instituto Sindipeças de Educação Corporativa

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Instituto Sindipeças de Educação Corporativa"

Transcrição

1 Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Maio 2014

2 Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Missão Oferecer soluções educacionais para elevar a competitividade e a sustentabilidade do setor de autopeças.

3 Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Visão Ser reconhecido pelo associado como primeira escolha no desenvolvimento dos profissionais do setor.

4 Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Objetivos: Desenvolver competências e complementar a formação de gestores, especialistas e outros profissionais atuantes no setor; Ser um centro de referência capaz de transformar conhecimentos em resultados para o negócio; Estimular criatividade e inovação; Fortalecer o conhecimento e a modernização da gestão das PMEs; Ampliar a percepção de valor do Sindipeças pelos associados.

5 Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Diretrizes: Foco na capacitação especializada e voltada aos profissionais do setor; Aplicação rápida e de cunho prático, com retorno tangível; Descentralização e regionalização dos treinamentos; Democratização do acesso ao conhecimento, por meio de recursos de educação a distância; Atuação de forma transparente e democrática, que favoreça a colaboração do associado na troca de conhecimento, levantamento de necessidades e adesão; Atuação por meio de parcerias na elaboração e oferta das soluções de aprendizagem; Incentivo das habilidades básicas, como leitura, escrita, cálculo, informática, lógica, entre outras.

6 Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Inovação e Sustentabilidade Gestão de Mercado Escolas Gestão de Negócios Manufatura e Supply Chain Gestão de Pessoas

7 Escola Inovação e Sustentabilidade OBJETIVO GERAL DA ESCOLA OBJETIVOS ESPECÍFICOS DOS PILARES PÚBLICOS Criar cultura e prática de inovação e de sustentabilidade para perenidade e evolução contínua do setor de autopeças.

8 PILARES Escola Inovação e Sustentabilidade OBJETIVO OBJETIVO GERAL GERAL DA DA ESCOLA OBJETIVOS ESPECÍFICOS DOS PILARES PÚBLICOS Pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) Meio ambiente Estratégia sustentável Normalização e regulamentação Capacitar profissionais para implantar e gerir projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação. Preservar o meio ambiente pelo planejamento da vida do produto, desde sua concepção até a reciclagem, ou descarte, gerando o mínimo de resíduos. Formular estratégias de longo prazo para o desenvolvimento contínuo e sustentável da organização. Capacitar profissionais na elaboração de normas técnicas e regulamentar sua aplicação. Públicos Empresários, executivos e profissionais das seguintes áreas: marketing e comercial, planejamento, engenharia, manutenção, manufatura, segurança, finanças, suprimentos, logística, comércio exterior, tecnologia da informação, meio ambiente, controladoria, contábil, jurídica, qualidade e normalização.

9 Pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) Meio ambiente Estratégia sustentável Nornalização e regulamentação ESCOLA Inovação e Sustentabilidade OBJETIVO GERAL DA ESCOLA OBJETIVOS ESPECÍFICOS DOS PILARES PROGRAMAS Formação de Auditor Líder Ambiental em ISO/TS Avaliação e Classificação de Aspectos Ambientais Formação de Auditor Interno em ISO IMDS New Technology Release 8.0 do Básico ao Avançado Introdução à Normalização Diretiva 2

10 Escola Gestão de Mercado OBJETIVO GERAL DA ESCOLA OBJETIVOS ESPECÍFICOS DOS PILARES PÚBLICOS Capacitar profissionais das áreas comercial e de marketing para atuar no mercado doméstico e externo.

11 PILARES Escola Gestão de Mercado OBJETIVO OBJETIVO GERAL GERAL DA DA ESCOLA OBJETIVOS ESPECÍFICOS DOS PILARES PÚBLICOS Mercado doméstico Mercado externo Desenvolver competências para planejamento, negociação e finanças para o mercado doméstico. Desenvolver competências para planejamento, negociação e finanças para o mercado externo. Públicos Empresários, executivos e profissionais das seguintes áreas: marketing e comercial, planejamento, comércio exterior, tecnologia da informação e jurídica.

12 Mercado doméstico Mercado externo ESCOLA Gestão de Mercado OBJETIVO OBJETIVO GERAL GERAL DA ESCOLA DA ESA OBJETIVOS ESPECÍFICOS DOS PILARES PROGRAMAS Negociação Planejamento Estratégico para Exportação Legislação Aduaneira, Exportação, Rotinas e Procedimentos Legislação Aduaneira, Exportação e Importação: Rotinas e Procedimentos Regime Drawback Capacitação em Certificados de Origem Formação de Preços para Exportação Gestão Financeira para Exportação Negociação Internacional Gestão Intercultural Feiras e Eventos Internacionais

13 Escola Gestão de Negócios OBJETIVO GERAL DA ESCOLA OBJETIVOS ESPECÍFICOS DOS PILARES PÚBLICOS Aprimorar a formação de empresários e executivos na administração geral, com visão sistêmica do negócio.

14 PILARES Escola Gestão de Negócios OBJETIVO OBJETIVO GERAL GERAL DA DA ESCOLA OBJETIVOS ESPECÍFICOS DOS PILARES PÚBLICOS Formação de gestores Planejamento estratégico Finanças corporativas Formar profissionais para gerir indústrias da cadeia automotiva, contemplando competências técnicas e de gestão. Preparar profissionais para formular e acompanhar a implantação de estratégias de médio e de longo prazo. Instrumentalizar profissionais para melhor gestão fiscal, tributária, de custos e financeira em geral. Públicos Empresários, executivos e profissionais das seguintes áreas: marketing e comercial, planejamento, recursos humanos, finanças, liderança, comércio exterior, tecnologia da informação, controladoria e contábil.

15 ESCOLA Gestão de Negócios Formação de gestores de autopeças Planejamento estratégico Finanças corporativas OBJETIVO OBJETIVO GERAL GERAL DA ESCOLA DA ESCLA OBJETIVOS ESPECÍFICOS DOS PILARES PROGRAMAS Balanced Score Card BSC Modelo de Excelência da Gestão Planejamento Estratégico Integrado ao Orçamento Gestão de Custos e Formação de Preços Básico Gestão de Custos e Formação de Preços Avançado Introdução à Gestão Financeira Gestão da Competitividade para os Fornecedores da Cadeia Automotiva

16 Escola Manufatura e Supply Chain OBJETIVO GERAL DA ESCOLA OBJETIVOS ESPECÍFICOS DOS PILARES PÚBLICOS Buscar a excelência operacional.

17 PILARES Escola Manufatura e Supply Chain OBJETIVO GERAL GERAL DA ESCOLA DA ESCOL OBJETIVOS ESPECÍFICOS DOS PILARES PÚBLICOS Lean manufacturing Criar cultura e prática de lean manufacturing nas empresas. Supply chain Disseminar técnicas, metodologias e melhores práticas para o aprimoramento da gestão do supply chain. Engenharia da qualidade Gestão de processos Capacitar profissionais no uso de ferramentas da qualidade. Disseminar técnicas, metodologias e melhores práticas para o aprimoramento contínuo dos processos. Públicos Empresários, executivos e profissionais das seguintes áreas: engenharia, manutenção, manufatura, segurança, suprimentos, logística, comércio exterior, tecnologia da informação, meio ambiente, controladoria, qualidade e normalização.

18 ESCOLA Manufatura e Supply Chain Lean manufacturing Supply chain Qualidade Gestão de processos OBJETIVO GERAL DA ESCOLA OBJETIVOS ESPECÍFICOS DOS PILARES PROGRAMAS Lean Manufacturing na Prática Brinq Lean Aplicação Lean Desenvolvimento e Gestão de Projetos Custos Logísticos e Indicadores de Performance na Cadeia de Suprimentos Técnicas para Gestão de Estoques Formação de Multiplicadores em 5S 6 Sigma Planejamento de Controle de Manutenção PPAP MASP MSA CEP APQP VDA x

19 Escola Gestão de Pessoas OBJETIVO GERAL DA ESCOLA OBJETIVOS ESPECÍFICOS DOS PILARES PÚBLICOS Aprimorar a liderança e a gestão do capital humano para torná-lo diferencial competitivo.

20 PILARES Escola Gestão de Pessoas OBJETIVO GERAL DA ESCOLA OBJETIVO GERAL DA ESCO OBJETIVOS ESPECÍFICOS DOS PILARES PÚBLICOS Liderança Processos e ferramentas de gestão de pessoas Relações trabalhistas e sindicais Segurança no trabalho e qualidade de vida Desenvolver líderes para gerar resultados por meio da gestão de pessoas. Instrumentalizar especialistas e gestores nos processos e ferramentas de gestão de pessoas. Preparar líderes para a relação estratégica e contínua com a classe trabalhadora. Criar cultura e prática de saúde e segurança no trabalho. Públicos Empresários, executivos e profissionais das seguintes áreas: marketing e comercial, engenharia, manutenção, manufatura, recursos humanos, segurança, finanças, suprimentos, logística, liderança, controladoria, contábil, jurídica, qualidade e normalização.

21 ESCOLA Gestão de Pessoas Liderança Processos e ferramentas de gestão de pessoas Relações trabalhistas Segurança no trabalho e QVT OBJETIVO OBJETIVO GERAL GERAL DA ESCOLA DA ESCLA OBJETIVOS ESPECÍFICOS DOS PILARES PROGRAMAS Liderança para o Chão de Fábrica Comunicação Eficaz para o Chão de Fábrica Trabalho em Equipe Feedback Técnicas de Apresentação Andragogia e Multiplicadores na Fábrica Relações Sindicais Ergonomia NR-17 Requisitos Legais e Aplicação NR-12 Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos Formação de Multiplicadores de Treinamento Gestão por Competências

22 Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Indicadores de treinamento CURSOS PARTICIPAÇÕES ANO IN IN ABERTOS TOTAL ABERTOS COMPANY COMPANY TOTAL

23 Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Participação por porte 16,5% 6,1% 22,1% Não Sócio Grande Média Pequena 52,6%

24 Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Novos lançamentos

25 Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Novos lançamentos

26

Instituto Sindipeças de Educação Corporativa

Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Instituto Sindipeças de Educação Corporativa 2016 Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Missão Oferecer soluções educacionais para elevar a competitividade e a sustentabilidade do setor de autopeças.

Leia mais

Instituto Sindipeças de Educação Corporativa

Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Instituto Sindipeças de Educação Corporativa 2016 Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Inovação e Sustentabilidade Gestão de Mercado Escolas Gestão de Negócios Manufatura e Supply Chain Gestão

Leia mais

Conservação de Água e Energia Elétrica 14 de outubro de 2014

Conservação de Água e Energia Elétrica 14 de outubro de 2014 Conservação de Água e Energia Elétrica 14 de outubro de 2014 Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Instituto Sindipeças de Educação Corporativa Outubro 2014 Instituto Sindipeças de Educação Corporativa

Leia mais

Atendimento a Empresas. Como a Voitto pode acelerar os resultados da sua empresa por meio do Desenvolvimento de Pessoas.

Atendimento a Empresas. Como a Voitto pode acelerar os resultados da sua empresa por meio do Desenvolvimento de Pessoas. Atendimento a Empresas Como a Voitto pode acelerar os resultados da sua empresa por meio do Desenvolvimento de Pessoas. 1. Programa de Atendimento Corporativo Voitto Fundada em Maio de 2008, a Voitto é

Leia mais

PORTFÓLIO.

PORTFÓLIO. PORTFÓLIO www.cpdec.com.br Por que investir em educação corporativa? Integrar e engajar colaboradores Estimular senso crítico, criatividade e reflexão Valorizar o indivíduo Contribuir para o desenvolvimento

Leia mais

4) ESTRUTURA CURRICULAR E CARGA HORÁRIA

4) ESTRUTURA CURRICULAR E CARGA HORÁRIA GESTÃO ESTRATÉGICA DE EMPRESAS 1) OBJETIVO O objetivo do MBA é dotar os participantes de todos os instrumentos necessários para tomar as decisões fundamentais de investimento e inovação e levá-la à prática

Leia mais

MBA em GESTÃO ESTRATÉGICA DE EMPRESAS

MBA em GESTÃO ESTRATÉGICA DE EMPRESAS MBA em GESTÃO ESTRATÉGICA DE EMPRESAS 1) OBJETIVO O objetivo do MBA é dotar os participantes de todos os instrumentos necessários para tomar as decisões fundamentais de investimento e inovação e levá-

Leia mais

COMO ESCOLHER O TREINAMENTO CERTO PARA DESENVOLVER PESSOAS E EXPANDIR NEGÓCIOS?

COMO ESCOLHER O TREINAMENTO CERTO PARA DESENVOLVER PESSOAS E EXPANDIR NEGÓCIOS? COMO ESCOLHER O TREINAMENTO CERTO PARA DESENVOLVER PESSOAS E EXPANDIR NEGÓCIOS? Mais de 70 cursos em todas as áreas da empresa Gestão, Estratégia, Inovação, Qualidade, Sustentabilidade, Segurança e muito

Leia mais

Matriz Curricular Faculdade Cenecista de Sete Lagoas- Administração

Matriz Curricular Faculdade Cenecista de Sete Lagoas- Administração Matriz Curricular Faculdade Cenecista de Sete Lagoas- Administração 1º Teorias da Administração 60 60 1º Estudos Socioantropológicos 60 60 1º Economia 60 60 1º Matemática Básica 60 60 1º Leitura e Interpretação

Leia mais

Grupos de Trabalho do Sindipeças. Novembro de 2014

Grupos de Trabalho do Sindipeças. Novembro de 2014 Novembro de 2014 Grupos de trabalho do Sindipeças Os grupos de trabalho do Sindipeças e da Abipeças são formados por representantes de empresas associadas que necessitam de fórum adequado para discutir

Leia mais

VISÃO 2020 SER RECONHECIDO COMO A MELHOR SOLUÇÃO EM SERVIÇOS INTEGRADOS PARA O DESENVOLVIMENTO DA INDÚSTRIA PROPÓSITO JUNTOS PELO DESENVOLVIMENTO

VISÃO 2020 SER RECONHECIDO COMO A MELHOR SOLUÇÃO EM SERVIÇOS INTEGRADOS PARA O DESENVOLVIMENTO DA INDÚSTRIA PROPÓSITO JUNTOS PELO DESENVOLVIMENTO VISÃO 2020 SER RECONHECIDO COMO A MELHOR SOLUÇÃO EM SERVIÇOS INTEGRADOS PARA O DESENVOLVIMENTO DA INDÚSTRIA PROPÓSITO JUNTOS PELO DESENVOLVIMENTO Garantir a sustentabilidade financeira Assegurar a eficiência

Leia mais

GeCo.mpany CONSULTORIA & COACHING DE EXECUTIVOS EM GESTÃO EMPRESARIAL

GeCo.mpany CONSULTORIA & COACHING DE EXECUTIVOS EM GESTÃO EMPRESARIAL GeCo.mpany CONSULTORIA & COACHING DE EXECUTIVOS EM GESTÃO EMPRESARIAL CONSULTORIA & COACHING DE EXECUTIVOS EM GESTÃO EMPRESARIAL A GeCompany oferece consultoria empresarial e cursos de qualidade. Nossa

Leia mais

COMUNICADO. 1. Ambiente de Negócios 1.2 Contexto dos Pequenos Negócios no Brasil 1.3 Políticas públicas de apoio aos Pequenos Negócios

COMUNICADO. 1. Ambiente de Negócios 1.2 Contexto dos Pequenos Negócios no Brasil 1.3 Políticas públicas de apoio aos Pequenos Negócios COMUNICADO O SEBRAE NACIONAL Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, por meio da Universidade Corporativa SEBRAE, comunica que, na prova, serão avaliados conhecimentos conforme as áreas descritas

Leia mais

PORTIFÓLIO DE empresas

PORTIFÓLIO DE empresas PORTIFÓLIO DE empresas www.gsen.com.br gsen@microempa.com.br O Que é? O GSEN - Grupo Soluções e Negócios, é um grupo formado por empresas que prestam serviços em diversas áreas do conhecimento. Oferece

Leia mais

adequadas ao contexto econômico-financeiro e institucional das empresas;

adequadas ao contexto econômico-financeiro e institucional das empresas; 1. Objetivo Aumentar a eficiência e competitividade das empresas do Sistema Eletrobrás, através da integração da logística de suprimento de bens e serviços, visando o fortalecimento de seu poder de compra

Leia mais

PROGRAMA PÓS-FLEX 2017 UNIVERSIDADE POSITIVO CÂMPUS SEDE - ECOVILLE CALENDÁRIO GERAL

PROGRAMA PÓS-FLEX 2017 UNIVERSIDADE POSITIVO CÂMPUS SEDE - ECOVILLE CALENDÁRIO GERAL PRESENCIAL E A DISTÂNCIA COMPLETA COM VOCÊ PROGRAMA PÓS-FLEX 2017 UNIVERSIDADE POSITIVO CÂMPUS SEDE - ECOVILLE CALENDÁRIO GERAL CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO ÁREA DE NEGÓCIOS, GESTÃO AMBIENTAL E ENGENHARIA

Leia mais

Ementas das Disciplinas. Curso de Administração

Ementas das Disciplinas. Curso de Administração Ementas das Disciplinas Curso de Administração Evolução de Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução da teoria organizacional

Leia mais

ÁREA FORTALEZA E REGIÃO METROPOLITANA. julho A setembro de 2017

ÁREA FORTALEZA E REGIÃO METROPOLITANA. julho A setembro de 2017 FORTALEZA E REGIÃO METROPOLITANA ÁREA julho A setembro de 2017 1 IEL PÚBLICO-ALVO IEL DESCONTOS DE ATÉ 30% PARA VOCÊ SE QUALIFICAR NO IEL O Instituto Euvaldo Lodi - IEL Ceará é uma das mais importantes

Leia mais

Especialização em Gestão de Negócios

Especialização em Gestão de Negócios Especialização em Gestão de Negócios Brasília - DF Ós- radu ção Um Programa para profissionais que querem ampliar sua competência em gestão, seu networking e construir uma trajetória de sucesso. Fundação

Leia mais

Seja bem-vindo ao nosso Portfólio Digital. A Blueway Nossos diferenciais Clientes O que fazemos Contato

Seja bem-vindo ao nosso Portfólio Digital. A Blueway Nossos diferenciais Clientes O que fazemos Contato Seja bem-vindo ao nosso Portfólio Digital 1 2 3 4 A Blueway Nossos diferenciais Clientes O que fazemos Contato 1 Blueway Nossa organização Somos a Blueway, uma consultoria que atua na transformação organizacional

Leia mais

Comitê de Relações Governamentais

Comitê de Relações Governamentais Grupos de Trabalho Comitê de Relações Governamentais O Comitê de Relações Governamentais, formado por representantes de empresas associadas, tem o objetivo de debater a agenda governamental prioritária

Leia mais

D. (49) N, 2º

D. (49) N, 2º CONTROLLER (CÓDIGO 1896) Para empresa de médio porte Atividades a serem desenvolvidas: - Análise de produtividade da fábrica; - Elaborar e apresentar as análises de indicadores de resultados; - Análise

Leia mais

Especialização em Gestão de Negócios

Especialização em Gestão de Negócios Especialização em Gestão de Negócios Ós- radu ção Um Programa para profissionais que querem ampliar sua competência em gestão, seu networking e construir uma trajetória de sucesso. Uma das melhores escolas

Leia mais

Objetivo do programa. Desenvolvimento competitivo e sustentável. Promoção de parcerias estratégicas. Produtividade. Valor agregado. Ganho de qualidade

Objetivo do programa. Desenvolvimento competitivo e sustentável. Promoção de parcerias estratégicas. Produtividade. Valor agregado. Ganho de qualidade Objetivo do programa Desenvolvimento competitivo e sustentável Produtividade Promoção de parcerias estratégicas Valor agregado Ganho de qualidade Contextualização Os 3 Pilares para o desenvolvimento da

Leia mais

GRADE CURRICULAR CURRÍCULO PLENO SEMESTRALIZADO: 9 SEMESTRES (NOTURNO) Horas

GRADE CURRICULAR CURRÍCULO PLENO SEMESTRALIZADO: 9 SEMESTRES (NOTURNO) Horas GRADE CURRICULAR CURRÍCULO PLENO SEMESTRALIZADO: 9 SEMESTRES (NOTURNO) MÓDULO 1 67-102 Teoria Geral da Administração I 81-101 Língua Portuguesa 10-105 Matemática Básica 73.227 Sociologia 30 0 30 2 60.582

Leia mais

Sustentabilidade nos negócios. Fernando Carvalho Departamento de Planejamento, Orçamento e Controle

Sustentabilidade nos negócios. Fernando Carvalho Departamento de Planejamento, Orçamento e Controle Sustentabilidade nos negócios Fernando Carvalho Departamento de Planejamento, Orçamento e Controle Sustentabilidade nos Negócios Agenda Um pouco do do Bradesco Sustentabilidade e o Bradesco Planejamento

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA Página 1 de 9 INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA PORTARIA Nº 249, DE 2 DE JUNHO DE 2014 O Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio

Leia mais

A DMA Consultoria e Treinamento é uma empresa que preza pelo desenvolvimento humano e pessoal, focado em diversas áreas da organização e do indivíduo.

A DMA Consultoria e Treinamento é uma empresa que preza pelo desenvolvimento humano e pessoal, focado em diversas áreas da organização e do indivíduo. A DMA Consultoria e Treinamento é uma empresa que preza pelo desenvolvimento humano e pessoal, focado em diversas áreas da organização e do indivíduo. A DMA acredita que um profissional capacitado e potencializado

Leia mais

"Conheça todas as teorias, domine todas as técnicas, mas ao tocar uma alma humana, seja apenas outra alma humana". Carl Jung

Conheça todas as teorias, domine todas as técnicas, mas ao tocar uma alma humana, seja apenas outra alma humana. Carl Jung Instituição de Coaching, Treinamento & Desenvolvimento Humano, com atuação em todo Brasil com a Missão de disseminar a cultura do Coaching para todas as pessoas que puderem fazer uso da metodologia como

Leia mais

PROGRAMA INTERNACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO EMPRESARIAL UCAM- Ipanema/ Porto Business School

PROGRAMA INTERNACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO EMPRESARIAL UCAM- Ipanema/ Porto Business School PROGRAMA INTERNACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO EMPRESARIAL UCAM- Ipanema/ Porto Business School A Universidade Candido Mendes apresenta em convênio com a Porto Business School, o programa de Pós-Graduação

Leia mais

Excelência na Gestão

Excelência na Gestão Mapa Estratégico 2012-2014 Visão Até 2014, ser referência no atendimento ao público, na fiscalização e na valorização das profissões tecnológicas, reconhecido pelos profissionais, empresas, instituições

Leia mais

PROPOSTA DE PLANO DE AÇÃO DA NOVA GESTÃO. Presidente Joilson Barcelos

PROPOSTA DE PLANO DE AÇÃO DA NOVA GESTÃO. Presidente Joilson Barcelos PROPOSTA DE PLANO DE AÇÃO DA NOVA GESTÃO Presidente Joilson Barcelos RESGATANDO NOSSA HISTÓRIA 1963 1964 a 2015 2016 Fundada em 30 de maio, fruto de um movimento nacional, com a finalidade de fortalecer

Leia mais

Master Executive Coach

Master Executive Coach Master Executive Coach S O B R E O I N S T I T U T O M E N T O R C O A C H Instituição de Coaching, Treinamento & Desenvolvimento Humano, com atuação em todo Brasil com a Missão de disseminar a cultura

Leia mais

CAPACITAÇÃO EM GESTÃO TRIBUTÁRIA

CAPACITAÇÃO EM GESTÃO TRIBUTÁRIA 1 CAPACITAÇÃO EM GESTÃO TRIBUTÁRIA OBJETIVO: Inserir o aluno na problemática do Sistema Tributário, propiciando o entendimento necessário para atuar nesse contexto, em conformidade com a realidade de cada

Leia mais

Marcelo Ferreira. Consultor de Lean Printing Manufatura Enxuta da Indústria Gráfica

Marcelo Ferreira. Consultor de Lean Printing Manufatura Enxuta da Indústria Gráfica Especialista do Segmento Gráfico Marcelo Ferreira Consultor de Lean Printing Manufatura Enxuta da Indústria Gráfica Conhecimentos práticos e teóricos de toda a cadeia produtiva, administrativa e de custeio

Leia mais

Ementas. Certificate in Business Administration CBA

Ementas. Certificate in Business Administration CBA Ementas Certificate in Business Administration CBA Agosto 2012 Módulo Fundamental Administração Financeira EMENTA: Disciplina desenvolve a capacidade de contribuição para as decisões gerenciais aplicando

Leia mais

Palestra 11/05/2015. Estoque saudável

Palestra 11/05/2015. Estoque saudável Palestra 11/05/2015 Estoque saudável Palestrante Dora Machado mini currículo (dora.machado@supplyempresarial.com.br) Especialista em Gestão de Negócios pela FAAP e Comércio Exterior pela Aduaneiras. Possui

Leia mais

Desenvolvimento de Negócios. Planejamento Estratégico Legal: da concepção à operacionalização Competências necessárias para o Gestor Legal

Desenvolvimento de Negócios. Planejamento Estratégico Legal: da concepção à operacionalização Competências necessárias para o Gestor Legal Desenvolvimento de Negócios Planejamento Estratégico Legal: da concepção à operacionalização Competências necessárias para o Gestor Legal Gestão Estratégica Para quê? Por Quê? Para fazer acontecer e trazer

Leia mais

Grupos de Trabalho e Comitês

Grupos de Trabalho e Comitês Grupos de Trabalho e Comitês Comitê de Relações Governamentais O Comitê de Relações Governamentais, formado por representantes de empresas associadas, tem o objetivo de debater a agenda governamental prioritária

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Nome da disciplina Evolução do Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação;

Leia mais

Cursos / Treinamentos

Cursos / Treinamentos Cursos / Treinamentos Carga Horária 1 Estatística Básica em Todos os Níveis. 16 Horas 2 Estatística Avançada. 60 Horas 3 Formação de Auditores Internos da Qualidade. 32 Horas 4 Controle Estatístico de

Leia mais

Ciclo de Capacitação em Exportação

Ciclo de Capacitação em Exportação Ciclo de Capacitação em Exportação Unidade de Atendimento às Empresas Apex-Brasil CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Exportação Primeiros Passos; Formação de preço de exportação e Análise da competitividade Internacional;

Leia mais

MBA EXECUTIVO INTERNACIONAL EM GESTÃO DE NEGÓCIOS

MBA EXECUTIVO INTERNACIONAL EM GESTÃO DE NEGÓCIOS MBA EXECUTIVO INTERNACIONAL EM GESTÃO DE NEGÓCIOS OBJETIVOS DO CURSO O objetivo geral do Curso de Pós-graduação Lato Sensu MBA Executivo Internacional em Gestão de Negócios é de capacitar os profissionais

Leia mais

Previsão de Ingresso: agosto de ESPM Unidade Sul. Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. Informações:

Previsão de Ingresso: agosto de ESPM Unidade Sul. Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. Informações: PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS PRIMEIRA GERÊNCIA Previsão de Ingresso: agosto de 2017 ESPM Unidade Sul Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. Informações: Filipe S. Szyszko (51)

Leia mais

Criando Conhecimento e Desenvolvendo Competências ESCOLA DE GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL

Criando Conhecimento e Desenvolvendo Competências ESCOLA DE GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL Criando Conhecimento e Desenvolvendo Competências ESCOLA DE GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL Plano de Trabalho 2013 PALAVRA DO PRESIDENTE Desde 2007, os municípios de Santa Catarina contam com a Escola de Gestão

Leia mais

TECNÓLOGO EM AGROINDÚSTRIA ITINERÁRIO FORMATIVO

TECNÓLOGO EM AGROINDÚSTRIA ITINERÁRIO FORMATIVO TECNÓLOGO EM AGROINDÚSTRIA Módulo Básico I 3 Módulo Específico II 365 h Beneficiamento e Industrialização de Grãos Toxicologia dos Alimentos Sistemas Agroindustriais Alimentares Sistemas de Armazenamento

Leia mais

Programa Operações Logísticas e Supply Chain ESPM/SENAI-MS. Manual do Curso

Programa Operações Logísticas e Supply Chain ESPM/SENAI-MS. Manual do Curso Programa Operações Logísticas e Supply Chain ESPM/SENAI-MS Manual do Curso São Paulo Educação Executiva 2017 Apresentação Oferece aos profissionais, que atuam nas indústrias e serviços, visão ampla de

Leia mais

Sistemas de Gestão e Auditoria da Qualidade

Sistemas de Gestão e Auditoria da Qualidade 22/08/2012 Sistemas de Gestão e Auditoria da Qualidade Profº Spim 1 O Malcolm Baldrige National Quality Award ( Malcolm Baldrige) foi criado nos Estados Unidos em agosto de 1987 pelo presidente Ronald

Leia mais

Premissas conceituais e abordagem

Premissas conceituais e abordagem Premissas conceituais e abordagem EDUCAÇÃO CORPORATIVA: CONSTRUINDO A PONTE ENTRE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS (competências humanas) E ESTRATÉGIAS DE NEGÓCIO (competências organizacionais) Instituto Sindipeças

Leia mais

RESOLUÇÃO N o 235 de 31/01/ Consu

RESOLUÇÃO N o 235 de 31/01/ Consu RESOLUÇÃO N o 235 de 31/01/2017 - Consu Aditivo à Resolução n o 192, de 24/10/2016, que criou os cursos de Pós-Graduação Lato Sensu presenciais, para oferta no ano de 2017. O Conselho Universitário (Consu),

Leia mais

POLÍTICA DE LOGÍSTICA DE SUPRIMENTOS DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE LOGÍSTICA DE SUPRIMENTOS DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE LOGÍSTICA DE SUPRIMENTOS DAS EMPRESAS ELETROBRAS Versão 2.0 12/06/2017 Sumário 1 Objetivo... 3 2 Referências... 3 3 Princípios... 3 4 Diretrizes... 3 5 Responsabilidades... 7 6 Disposições

Leia mais

Sem fronteiras para o conhecimento. Pacote Formação Especialista em Lean Manufacturing

Sem fronteiras para o conhecimento. Pacote Formação Especialista em Lean Manufacturing 1 Sem fronteiras para o conhecimento Pacote Formação Especialista em Lean Manufacturing 2 Seja um Especialista Lean Manufacturing O pacote de Formação de Especialista em Lean Manufacturing une a filosofia

Leia mais

POLÍTICA DE LOGÍSTICA E SUPRIMENTOS DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE LOGÍSTICA E SUPRIMENTOS DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE LOGÍSTICA E SUPRIMENTOS DAS EMPRESAS ELETROBRAS Versão 2.0 Aprovada por meio da RES nº 261/2017, de 19/09/2017 Deliberação nº 075/2017, de 05/10/2017 Sumário 1. Objetivo... 3 2. Referências...

Leia mais

Departamento de Bens de Capital - BNDES O Apoio do BNDES ao Setor de Bens de capital

Departamento de Bens de Capital - BNDES O Apoio do BNDES ao Setor de Bens de capital Departamento de Bens de Capital - BNDES O Apoio do BNDES ao Setor de Bens de capital 12º Encontro da Cadeia de Ferramentas, Moldes e Matrizes - MOLDES ABM Agosto de 2014 Importância do investimento na

Leia mais

Estratégia de sustentabilidade

Estratégia de sustentabilidade Estratégia de sustentabilidade Fusão I Itaú + Unibanco Visão I Itaú Unibanco Perguntas norteadoras I 2010 - Itaú Unibanco 1 2 3 O que é Performance Sustentável e qual a relação entre Performance Sustentável

Leia mais

Programa Operações Logísticas e Supply Chain MANUAL DO CURSO

Programa Operações Logísticas e Supply Chain MANUAL DO CURSO Programa Operações Logísticas e Supply Chain MANUAL DO CURSO ESPM/Senai-MS - 2017 Apresentação Oferece aos profissionais, que atuam nas indústrias e serviços, visão ampla de questões e desafios à gestão

Leia mais

PODER EXECUTIVO DECRETO Nº DE 15 DE ABRIL DE 2013.

PODER EXECUTIVO DECRETO Nº DE 15 DE ABRIL DE 2013. DECRETO Nº 44.159 DE 15 DE ABRIL DE 2013. DISPÕE SOBRE A CONSTITUIÇÃO DO RIO CRIATIVO - PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA CRIATIVA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO,

Leia mais

Missão. Visão. Objetivos Estratégicos (OE)

Missão. Visão. Objetivos Estratégicos (OE) Identidade Organizacional - Acesso à informação - IBAMA - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos R O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) é uma autarquia

Leia mais

TECNÓLOGO EM AGROINDÚSTRIA ITINERÁRIO FORMATIVO

TECNÓLOGO EM AGROINDÚSTRIA ITINERÁRIO FORMATIVO TECNÓLOGO EM AGROINDÚSTRIA Módulo Básico I 3 Módulo Específico II 365 h Beneficiamento e Industrialização de Grãos Toxicologia dos Alimentos Sistemas Agroindustriais Alimentares Sistemas de Armazenamento

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Catuando por meio de um processo de gestão flexível e moderno, om o objetivo de trazer um diferencial para este segmento,

APRESENTAÇÃO. Catuando por meio de um processo de gestão flexível e moderno, om o objetivo de trazer um diferencial para este segmento, APRESENTAÇÃO om o objetivo de trazer um diferencial para este segmento, Catuando por meio de um processo de gestão flexível e moderno, focado no compromisso de criar condições para atender com excelência

Leia mais

A importância da liderança como diferencial competitivo. Leonardo Siqueira Borges 29 de Setembro de 2015

A importância da liderança como diferencial competitivo. Leonardo Siqueira Borges 29 de Setembro de 2015 A importância da liderança como diferencial competitivo Leonardo Siqueira Borges 29 de Setembro de 2015 Ellebe Treinamento em Gestão Organizacional A Ellebe atua em empresas públicas e privadas nas áreas

Leia mais

APRENDER COM A RISC. APRENDER COM A RISC sobre:

APRENDER COM A RISC. APRENDER COM A RISC sobre: Capacitar os talentos de sua organização assegura o alinhamento com as demandas do mercado que está em constante transformação. Além de desenvolver o potencial criativo de sua equipe para inovar, a capacitação

Leia mais

DA INDUSTRIA, no uso de suas atribuições legais, regulamentares e regimentais,

DA INDUSTRIA, no uso de suas atribuições legais, regulamentares e regimentais, RESOLU ÇÃO N 0212005 NOVA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DO DEPARTAMENTO NACIONAL 1)0 SESI - APROVA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS - O PRESIDENTE DO DO SERVIÇO SOCIAL DA INDUSTRIA, no uso de suas atribuições legais,

Leia mais

Modelo SESI de Sustentabilidade no Trabalho

Modelo SESI de Sustentabilidade no Trabalho Modelo SESI de Sustentabilidade no Trabalho O QUE É O MODELO O Modelo SESI de Sustentabilidade no Trabalho é uma ferramenta de diagnóstico e auto-avaliação que propõe às indústrias brasileiras uma reflexão

Leia mais

REDE METROLÓGICA DE ALAGOAS

REDE METROLÓGICA DE ALAGOAS ASSEMBLÉIA DE CONSTITUIÇÃO 22 de Março de 2005 LANÇAMENTO DA RMAL 29 de Março de 2005 MISSÃO Promover a cultura e a credibilidade dos serviços metrológicos, de forma a estimular a competitividade dos setores

Leia mais

NOVOS CURSOS DTCOM COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS

NOVOS CURSOS DTCOM COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS NOVOS CURSOS DTCOM Atualizamos nossa plataforma com mais de 60 cursos novos, todos eles relacionados com as competências da Coats. Confira a lista abaixo e aproveite a ferramenta! COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS

Leia mais

NOSSA SOLUÇÕES VALORES Solidez: Buscar crescimento sustentável com geração de valores.

NOSSA SOLUÇÕES VALORES  Solidez: Buscar crescimento sustentável com geração de valores. Escritório Paulista Soluções Contábeis, Empresariais e Tributárias, localizado à Avenida dos Ferroviários, 596 - Vila Xavier (Próximo a Caixa Econômica da Alameda Paulista), empresa de prestação de serviços

Leia mais

BENS DE CONSUMO. Tudo para que a sua empresa tenha uma gestão completa, flexível e integrada, e conquiste resultados ainda melhores.

BENS DE CONSUMO. Tudo para que a sua empresa tenha uma gestão completa, flexível e integrada, e conquiste resultados ainda melhores. Segmento MANUFATURA BENS DE CONSUMO Para o subsegmento de bens de consumo, as soluções de software de gestão da TOTVS produzem resultados em série. Um conjunto de funcionalidades que atuam na essência

Leia mais

S O L U T I O N S T R A D E. www. solutionsfortrade. c om

S O L U T I O N S T R A D E. www. solutionsfortrade. c om S O L U T I O N S T R A D E F O R www. solutionsfortrade. c om O que fazemos A Solutions for Trade é uma trading company sediada em Brasil, que desenvolve soluções em operações de comércio exterior, nas

Leia mais

É a proximidade que nos faz enxergar com o mesmo olhar de nossos clientes. AOXTI

É a proximidade que nos faz enxergar com o mesmo olhar de nossos clientes. AOXTI É a proximidade que nos faz enxergar com o mesmo olhar de nossos clientes. AOXTI Fones: (11) 3431-8113 * 4044-8144 * 4044-7448 Email: comercial@aoxti.com.br www.aoxti.com.br Apresentação Síntese das Atividades

Leia mais

MBA em Gestão Estratégica de Negócios

MBA em Gestão Estratégica de Negócios MBA em Gestão Estratégica de Negócios POS-GRADUACAO PÚBLICO-ALVO O público alvo do MBA em Gestão de Negócios, é formado por profissionais que atuam na gestão das suas organizações e que aspirem assumir

Leia mais

Pós-Graduação. Gestão Estratégica de Processos de Negócios

Pós-Graduação. Gestão Estratégica de Processos de Negócios Pós-Graduação Gestão Estratégica de Processos de Negócios - 2017 Disciplinas: 1) Introdução a BPM, Contexto Organizacional e Profissional 2) Estratégia e Modelagem do Negócio Aplicada com Foco em BPM 3)

Leia mais

BENS DE CAPITAL. Assim, sua empresa garante automatização da cadeia de suprimentos e eficiência da operação.

BENS DE CAPITAL. Assim, sua empresa garante automatização da cadeia de suprimentos e eficiência da operação. Segmento MANUFATURA BENS DE CAPITAL As soluções de software de gestão para o segmento de manufatura da TOTVS são especialistas na produção de resultados para o subsegmento de bens de capital. Um conjunto

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Administração Campus: Teresópolis Missão O curso de Graduação em Administração tem como missão formar profissionais, éticos, criativos e empreendedores, com competências

Leia mais

MBA EXECUTIVO EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS

MBA EXECUTIVO EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS MBA EXECUTIVO EM GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS O MBA Executivo em Gestão Estratégica de Pessoas vem atender uma demanda no mercado por cursos relacionados ao desenvolvimento humano e RH em empresas públicas

Leia mais

PROCESSO SELETIVO EXTERNO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

PROCESSO SELETIVO EXTERNO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANEXO II EDITAL N 01/2016, DE 19 DE MAIO DE 2016 PROCESSO SELETIVO EXTERNO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO A-01 - ASSESSOR TECNICO III COORDENADOR/SUPERVISOR PEDAGOGICO SAÚDE UNIDADE TERESINA; B-01 - ASSESSOR TECNICO

Leia mais

Sistemas de Informação Gerenciais

Sistemas de Informação Gerenciais Sistemas de Informação Gerenciais Seção 1.2 Conceitos e perspectivas em SI Seção 1.3 Classificação dos SI 1 EMPRESA E TECNOLOGIA 2 Contexto Já perceberam que as empresas no mundo moderno estão relacionadas

Leia mais

Quem somos. Porque ABCCorp? Referencias

Quem somos. Porque ABCCorp? Referencias 1 Quem somos 2 Porque ABCCorp? 3 Referencias Trabalhamos como você! Experiência não somente acadêmica, sobre o teu segmento; Entendemos suas expectativas Valorizamos e garantimos o teu investimento com

Leia mais

PROCESSO DE PLANEJAMENTO INTEGRADO DE NEGÓCIO S&OP

PROCESSO DE PLANEJAMENTO INTEGRADO DE NEGÓCIO S&OP PROCESSO DE PLANEJAMENTO INTEGRADO DE NEGÓCIO S&OP S&OP PASSO-A-PASSO 04 de novembro de 2009 Cássio Ricci Azevedo Sadia E-mail: Cassio.Azevedo@sadia.com.br S&OP PASSO-A-PASSO AGENDA Conceitos de S&OP Processo

Leia mais

CONTRIBUINDO PARA A COMPETITIVIDADE SUSTENTÁVEL

CONTRIBUINDO PARA A COMPETITIVIDADE SUSTENTÁVEL CONTRIBUINDO PARA A COMPETITIVIDADE SUSTENTÁVEL Uma organização autossustentável e não Governamental, que atua através de um sistema de Rede de Comitês, utilizando trabalho voluntário. Agentes Multiplicadores

Leia mais

A Importância da Tecnologia para a Gestão Corporativa. Por: Roberto Meister Diretor Comercial Interact Rio Grande do Sul

A Importância da Tecnologia para a Gestão Corporativa. Por: Roberto Meister Diretor Comercial Interact Rio Grande do Sul A Importância da Tecnologia para a Gestão Corporativa Por: Roberto Meister Diretor Comercial Interact Rio Grande do Sul Interact Group Fundação: agosto / 1999 80 Colaboradores diretos 85 Colaboradores

Leia mais

MBA em Gestão Empreendedora Curso de Especialização Lato Sensu

MBA em Gestão Empreendedora Curso de Especialização Lato Sensu MBA em Gestão Empreendedora Curso de Especialização Lato Sensu Introdução à Educação a Distância (EAD); Inovação e Empreendedorismo; Políticas Públicas em Educação; Gestão de Processos; Gestão Estratégica;

Leia mais

CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS EMENTAS º PERÍODO

CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS EMENTAS º PERÍODO CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS EMENTAS - 2017.2 2º PERÍODO DISCIPLINA: CONTABILIDADE INTRODUTORIA II Escrituração dos principais atos e fatos decorrentes das operações praticados pelas organizações, bem como

Leia mais

FACULDADE CNEC CAMPO LARGO CURSO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO MATRIZ CURRICULAR MATRIZ CURRICULAR Nº061 PARA INGRESSANTES ANTERIORES A 2016

FACULDADE CNEC CAMPO LARGO CURSO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO MATRIZ CURRICULAR MATRIZ CURRICULAR Nº061 PARA INGRESSANTES ANTERIORES A 2016 FACULDADE CNEC CAMPO LARGO CURSO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO MATRIZ CURRICULAR MATRIZ CURRICULAR Nº061 PARA INGRESSANTES ANTERIORES A 2016 PERÍODO DISCIPLINAS CH 6 Planejamento Estratégico 80 6 Legislação

Leia mais

PORTFÓLIO. Alimentos

PORTFÓLIO. Alimentos Alimentos QUEM SOMOS? Entidade privada que promove a competitividade e o desenvolvimento sustentável dos empreendimentos de micro e pequeno porte aqueles com faturamento bruto anual de até R$ 3,6 milhões.

Leia mais

PORTIFÓLIO DE TREINAMENTOS

PORTIFÓLIO DE TREINAMENTOS PORTIFÓLIO DE TREINAMENTOS CURSOS PROFISSIONALIZANTES: CÓDIGO CURSO DESCRIÇÃO PRÉ-REQUISITO CH 30 KN-001 Metrologia Básica Formação em metrologia dimensional ou e instrumentação básica KN-002 Desenho Técnico

Leia mais

31 ANOS DE EXCELÊNCIA EM SERVIÇOS DE COMÉRCIO EXTERIOR

31 ANOS DE EXCELÊNCIA EM SERVIÇOS DE COMÉRCIO EXTERIOR 31 ANOS DE EXCELÊNCIA EM SERVIÇOS DE COMÉRCIO EXTERIOR Desde 1986 na área de Comércio Exterior, o GRUPO BASKA trabalha com soluções que otimizam os processos de logística nas áreas de importação e exportação.

Leia mais

COMITÊ REGIONAL DA QUALIDADE DE CACHOEIRA DO SUL

COMITÊ REGIONAL DA QUALIDADE DE CACHOEIRA DO SUL COMITÊ REGIONAL DA QUALIDADE DE CACHOEIRA DO SUL Planejamento Estratégico 2007/2009 COMITÊ REGIONAL DA QUALIDADE DE CACHOEIRA DO SUL NEGÓCIO Disseminar o Modelo de Excelência em Gestão Fornecedores PGQP

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão Curso Administração Campus: Angra dos Reis SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão Formar profissionais, éticos, criativos e empreendedores, com competências e habilidades técnicas, humanas e conceituais, visão

Leia mais

Para a Unimed, sustentabilidade significa o equilíbrio entre SAÚDE AMBIENTAL, SAÚDE SOCIAL e SAÚDE ECONÔMICA.

Para a Unimed, sustentabilidade significa o equilíbrio entre SAÚDE AMBIENTAL, SAÚDE SOCIAL e SAÚDE ECONÔMICA. SUSTENTABILIDADE Para a Unimed, sustentabilidade significa o equilíbrio entre SAÚDE AMBIENTAL, SAÚDE SOCIAL e SAÚDE ECONÔMICA. Na busca deste equilíbrio, propõe-se a reduzir resíduos e emissões, estimular

Leia mais

Fundamentos Estratégicos

Fundamentos Estratégicos 1 Fundamentos Estratégicos MISSÃO Fornecer soluções e serviços em sistemas de suspensões, eixos e componentes para veículos comerciais com inovação, qualidade, segurança e sustentabilidade. VISÃO Ser reconhecida,

Leia mais

PAPEL E CELULOSE. Assim, sua empresa garante maior competitividade para assumir um papel cada vez mais importante no mercado.

PAPEL E CELULOSE. Assim, sua empresa garante maior competitividade para assumir um papel cada vez mais importante no mercado. Segmento MANUFATURA PAPEL E CELULOSE Para a sua empresa de papel e celulose, as soluções de software de gestão para o segmento de manufatura da TOTVS oferecem fluidez na informação e nos fluxos de trabalho.

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 2-CEPE/UNICENTRO, DE 30 DE JANEIRO DE 2014. Aprova o Curso de Especialização em MBA em Gestão de Negócios, modalidade regular, a ser ministrado no Campus Avançado da UNICENTRO, no Município

Leia mais

Acelere o seu negócio: Inove! Criatividade e inovação para Serviços Automotivos

Acelere o seu negócio: Inove! Criatividade e inovação para Serviços Automotivos Acelere o seu negócio: Inove! Criatividade e inovação para Serviços Automotivos INOVAÇÃO E TECNOLOGIA PARA AUMENTAR O CRESCIMENTO DA SUA EMPRESA Criatividade e inovação são essenciais para aumentar a competitividade

Leia mais

Gestão de Departamentos Jurídicos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Gestão de Departamentos Jurídicos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Gestão de Departamentos Jurídicos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Gestão de Departamentos Jurídicos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

1. Curso Superior de Tecnologia em Comércio Exterior:

1. Curso Superior de Tecnologia em Comércio Exterior: LISTA DE CURSOS DE TECNOLOGIA APTOS AO REGISTRO NO CRA-GO 1. Curso Superior de Tecnologia em Comércio Exterior: 1.1. Tecnologia em Exportação e Importação; 1.2. Tecnologia em Gerência de Comércio Exterior;

Leia mais

ENCADEAMENTO PRODUTIVO. Luiz Barretto - Presidente

ENCADEAMENTO PRODUTIVO. Luiz Barretto - Presidente ENCADEAMENTO PRODUTIVO Luiz Barretto - Presidente MISSÃO DO SEBRAE Promover a competividade e o desenvolvimento sustentável dos pequenos negócios e fomentar o empreendedorismo para fortalecer a economia

Leia mais

Inovação como prioridade estratégica do BNDES

Inovação como prioridade estratégica do BNDES Inovação como prioridade estratégica do BNDES Helena Tenorio Veiga de Almeida APIMECRIO 20/04/2012 Histórico do apoio à inovação no BNDES 2 Histórico do apoio à inovação no BNDES 1950 Infraestrutura Econômica

Leia mais

EDUCAÇÃO CORPORATIVA

EDUCAÇÃO CORPORATIVA EDUCAÇÃO CORPORATIVA 2016 2017 A Saint Paul Educação Corporativa oferece às organizações, projetos educacionais para que os colaboradores possam se desenvolver constantemente, transformando o aprendizado

Leia mais