Gestão Integrada de Projectos em Carteira. Enquadramento Processo de Gestão de Portfolio Ferramenta de Suporte Cultura Q1

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Gestão Integrada de Projectos em Carteira. Enquadramento Processo de Gestão de Portfolio Ferramenta de Suporte Cultura Q1"

Transcrição

1

2 Gestão Integrada de Projectos em Carteira Enquadramento Processo de Gestão de Portfolio Ferramenta de Suporte Cultura Q1

3 Enquadramento A Gestão de Projectos tem sido uma aposta forte na PTSI Decorrem em paralelo cerca de 200 projectos Estão identificados +150 gestores activos Apesar de 2/3 dos proveitos provirem do Grupo PT operamos em todas as realidades do mercado português e no mercado internacional onde o grupo PT está presente

4 Actividades Gestão de Portfolio Antes de tudo o resto, o Processo Gestão de Portfolio Actualização Portfolio Monitorização Integrada Análise Performance

5 Technical Actualização de Portfolio Classificação de Projectos Manter um Portfolio actualizado é tarefa-chave para um controlo efectivo Na fase de orçamentação é classificado o projecto em três índices: Environmental Technical Visibilidade Classes Descrição Classe I Classe II Classe III Classe IV Cliente e tecnologia estáveis. Cliente estável e tecnologia complexa. Ambiente no cliente difícil mas tecnologia estável. Cliente e tecnologia complexos. Environmental

6 Actualização de Portfolio Readiness Assessment Máxima atenção à preparação: Rever a classificação do Projecto Validar a estrutura do Plano de projecto Apoiar na construção do kick-off Lista de riscos identificados e respectivos planos de mitigação Fornecer lessons learned de outros projectos

7 Actualização de portfolio Radar Classificação Radar Monitorização Projectos de elevada visibilidade e/ou classe III ou IV Radar 1 Quinzenal Restantes Projectos Radar 2 Efectuada quando um ou mais alarmes são despoletados

8 Indicadores de Performance Foco na entrega e satisfação do cliente Indicadores monitorizados: CPI e Desvio da Rentabilidade SPI e Desvio das milestones Percepção da Satisfação do Cliente Frequência da Actualização do Projecto

9 Análise Performance Projectos Lições Aprendidas Melhorar como indivíduos, profissionais e organização Examina informação de projecto Índices EV, Satisfação, Relatório Final de Projecto Deliverables: Lessons learned recolhidas e documentadas no contexto onde ocorreram Lesson(s) learned genericas colocadas na BD

10 Ferramenta de Suporte Ganhar tempo na recolha de informação para ter tempo para a análise

11 1. Oferecer uma visão integrada dos projectos em curso que sirvam os deliveries 2. Garantir o acesso rápido à informação sem ser necessário aceder a várias aplicações 3. Mostrar a evolução do projecto em várias perspectivas 4. Manter um histórico das decisões, justificações e alarmes dos projectos num só repositório 5. Obter uma visão integrada dos Projectos por CP Tendo por base várias fontes de Informação: Ferramenta de Gestão de Projectos Site do Projecto ERP Bug Tracking

12 Dashboard Identificação Projectos Nome EPM, Coordenador, Classe, Visibilidade, Proveitos e Natureza

13 Dashboard Alarmística Desvio rentabilidade actual baseline > 10% Desvio prazo actual - baseline > 10 % Alterações ao desvio da rentabilidade actual > 10% Alterações ao desvio do prazo actual > 10% Percepção do cliente = Insatisfeito Status Date sem alteração há mais de 4 semanas

14 Dashboard Indicadores Cliente, Progresso, Prazo, Earned Value e Rentabilidade

15 Dashboard Filtros Nome, Classe, Gestor, Coordenador, Ordem SAP, Visibilidade, Natureza, Delivery/Sub-Delivery, Radar e Estado

16 Dashboard Classe e Visibilidade

17 Projecto: Perspectiva Geral Project Charter Descrição do Projecto, CP, Cliente, Classificação, Parceiros, Sponsor, Coordenador, Datas Actuais e Baseline, Status Date e Workspace

18 Projecto: Perspectiva Geral Histórico do CP Perfil do CP Informação histórica dos seus projectos

19 Projecto: Perspectiva Geral Velocímetros por Perspectiva Financeira: desvio actual da rentabilidade Plano: desvio médio das milestones Recursos: desvio esforço planeado vs baseline Em desenvolvimento: Problemas: atrasos no fecho dos problemas Defeitos: atrasos no fecho de defeitos Stakeholders: atrasos no fecho de problemas do cliente e parceiros Riscos: exposição ao risco

20 Projecto: Perspectiva Geral Comentários Contém identificação do utilizador e data Histórico de alarmes Ordenados recente antigo

21 Projecto: Perspectiva Financeira Informação Progresso, Tempo e Custo Radar Chart, SPI e CPI

22 Projecto: Perspectiva Financeira Indicadores Earned Value

23 Projecto: Perspectiva Financeira Ordens ERP Listagem das ordens e indicação se são exclusivas ou partilhadas Em desenvolvimento: Proveitos, Custos e Rentabilidade

24 Projecto: Perspectiva Financeira Informação detalhada

25 Projecto: Perspectiva Plano Milestones Desvio por milestone Desvio mínimo, máximo e média de todas milestones

26 Projecto: Perspectiva Plano Evolução SPI Evolução Data Fim

27 Projecto: Perspectiva Recursos Evolução Esforço Baseline vs Planeado

28 Projecto: Outras Perspectivas Em desenvolvimento disponíveis outras perspectivas com a seguinte informação: Recursos índice de risco percepcionado pela equipa Problemas A partir da lista de Issues será obtida informação gráfica Riscos Criada e monitorizada a matriz de risco Defeitos Consolidação informação de plano de testes e qualidade do projecto Stakeholders Síntese de informação de issues relacionados com parceiros e fornecedores

29 Projecto: Avaliação do Gestor 1. Realizar a avaliação de desempenho dos Gestores de Projectos e de Serviços 2. Consultar a informação das avaliações realizadas 3. Obter relatórios consolidados das avaliações aos Gestores de Projectos e de Serviços

30 Projecto: Avaliação do Gestor Avaliação Dados Gerais Resultado da última avaliação feita ao colaborador Informações para identificar o colaborador seleccionado no Dashboard de Colaborador Projectos Lista de projectos que deverão ser avaliados

31 Cultura Q1 Q1 - Pessoas que fazem a diferença Obsessão pela execução e pelos resultados e paixão genuína e entusiasmo até à superação

32 Cultura Q1 Temos um Centro de Excelência, que guia, desenvolve práticas e audita os gestores e os projectos Guidance e Coaching a Gestores de Projecto Metodologia e Processos Centro de Excelência Readinesss Assessments a projectos Assessments a projectos em risco Auditorias de Quality Assurance Recolhe Lesson Learns

33 Cultura Q1 Pessoas com foco na Execução, Exigência consigo e com a equipa, Ambição para liderar, Paixão no que faz, Superação na entrega ao cliente, Irreverência mesmo correndo riscos WE RUN THE SYSTEM.

Qpoint Rumo à Excelência Empresarial

Qpoint Rumo à Excelência Empresarial 2 PRIMAVERA BSS Qpoint Rumo à Excelência Empresarial Numa era em que a competitividade entre as organizações é decisiva para o sucesso empresarial, a aposta na qualidade e na melhoria contínua da performance

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE PROJECTOS NÍVEL 1 EDIÇÃO Nº 01/2013

FICHA TÉCNICA DO CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE PROJECTOS NÍVEL 1 EDIÇÃO Nº 01/2013 FICHA TÉCNICA DO CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE PROJECTOS NÍVEL 1 EDIÇÃO Nº 01/2013 1. DESIGNAÇÃO DO CURSO Especialização em Gestão de Projectos Nível 1 2. COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER Este curso constitui

Leia mais

Plataforma integrada para testes em arquitecturas orientadas a serviços

Plataforma integrada para testes em arquitecturas orientadas a serviços Plataforma integrada para testes em arquitecturas orientadas a serviços Índice Introdução... 2 A solução... 2 Plataforma Integrada (principais características)... 4 Eliminar limitações à execução de testes

Leia mais

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa, ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa, ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade O módulo PHC dcrm permite aos comerciais da sua empresa focalizar toda a actividade no cliente, aumentando a capacidade de resposta aos potenciais negócios da empresa. PHC dcrm Aumente o potencial da força

Leia mais

Moçambique. Agenda EVENTOS 2013 NEW!! INSCREVA-SE EM. Também in Company. inscrip@iirportugal.com. VISITE www.iirportugal.com

Moçambique. Agenda EVENTOS 2013 NEW!! INSCREVA-SE EM. Também in Company. inscrip@iirportugal.com. VISITE www.iirportugal.com Moçambique Agenda EVENTOS 2013 NEW!! Também in Company INSCREVA-SE EM inscrip@iirportugal.com VISITE www.iirportugal.com INOVAÇÃO Estimado cliente, Temos o prazer de lhe apresentar em exclusiva o novo

Leia mais

O aumento da força de vendas da empresa

O aumento da força de vendas da empresa PHC dcrm O aumento da força de vendas da empresa O enfoque total na actividade do cliente, através do acesso remoto à informação comercial, aumentando assim a capacidade de resposta aos potenciais negócios

Leia mais

Indice. Parte I - Um Modelo de Gestão de Projectos. Introdução... 1

Indice. Parte I - Um Modelo de Gestão de Projectos. Introdução... 1 r Indice Introdução.......................................... 1 Parte I - Um Modelo de Gestão de Projectos 1- Características da Gestão de Projectos 11 1.1 Definição de Projecto 11 1.2 Projectos e Estratégia

Leia mais

Certificação da Qualidade dos Serviços Sociais. Procedimentos

Certificação da Qualidade dos Serviços Sociais. Procedimentos Certificação da Qualidade dos Serviços Sociais EQUASS Assurance Procedimentos 2008 - European Quality in Social Services (EQUASS) Reservados todos os direitos. É proibida a reprodução total ou parcial

Leia mais

20000 Lead Implementer

20000 Lead Implementer ANSI Accredited Program BEHAVIOUR ISO Lead PARA IMPLEMENTAR E GERIR SISTEMAS DE GESTÃO DE SERVIÇOS (SGS) BASEADOS NA NORMA ISO Sobre o curso Este curso intensivo com duração de cinco dias, permite aos

Leia mais

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio!

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio! Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP Otimize a Gestão do Seu Negócio! Universo da Solução de Gestão SENDYS ERP SENDYS - Copyright 2007 SENDYS é uma marca proprietária da Readsystem, Lda. 2 Universo

Leia mais

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade PHC dcrm DESCRITIVO O módulo PHC dcrm permite aos comerciais da sua empresa focalizar toda a actividade no cliente, aumentando a capacidade de resposta aos potenciais negócios da empresa. PHC dcrm Aumente

Leia mais

CURSO DE GESTÃO DE VENDAS (15 horas)

CURSO DE GESTÃO DE VENDAS (15 horas) CURSO DE GESTÃO DE VENDAS Inedem- Apotec Outono 2007 25 e 26 de Setembro 9h00 às 18h30 Dirigido a gestores da área financeira com necessidade de ferramentas informáticas de elevada eficácia na avaliação

Leia mais

MBA / Mestrado em Logística 2005/2006 GESTÃO DE PROJECTOS. Exercícios. José Cruz Filipe 1 / 1

MBA / Mestrado em Logística 2005/2006 GESTÃO DE PROJECTOS. Exercícios. José Cruz Filipe 1 / 1 MESTRADO EM LOGÍSTICA MBA / Mestrado em Logística 2005/2006 GESTÃO DE PROJECTOS Exercícios José Cruz Filipe 1 / 1 EXERCÍCIOS PARA AUTO-ESTUDO Elaboração de cronogramas (Gantt) Determinação da duração do

Leia mais

A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel.

A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel. A certificação de Qualidade para a Reparação Automóvel. Projecto A Oficina+ ANECRA é uma iniciativa criada em 1996, no âmbito da Padronização de Oficinas ANECRA. Este projecto visa reconhecer a qualidade

Leia mais

Capítulo 4 Gerenciamento da Integração do Projeto. Introdução. Vamos pensar um pouco?

Capítulo 4 Gerenciamento da Integração do Projeto. Introdução. Vamos pensar um pouco? www.emmene Capítulo 4 Gerenciamento da Integração do Projeto 1 Introdução Vamos pensar um pouco? 2 P Introdução Qual é o principal papel de um gerente de projeto? Integrar todas as partes de um projeto

Leia mais

Relatório de Estágio. Análise dos dados constantes na Base de Dados das Rotas do Vinho

Relatório de Estágio. Análise dos dados constantes na Base de Dados das Rotas do Vinho Relatório de Estágio Análise dos dados constantes na Base de Dados das Rotas do Vinho Rui Neves Lisboa, 21 de Junho de 2011 Índice Introdução... 3 Caracterização da Base de Dados... 4 Recolha e validação

Leia mais

Introdução. Confiabilidade. Conformidade. Segurança. Optimização e Disponibilidade

Introdução. Confiabilidade. Conformidade. Segurança. Optimização e Disponibilidade Introdução Desenvolvido segundo um modelo de bases de dados relacionais, podem ser realizadas personalizações à medida de cada empresa, em conformidade com o Sistema de Informação existente e diversas

Leia mais

Conceito. As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas

Conceito. As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas Conceito As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas PÁG 02 Actualmente, face à crescente necessidade de integração dos processos de negócio, as empresas enfrentam o desafio de inovar e expandir

Leia mais

Termos de Referência

Termos de Referência MAPEAMENTO DE PARTES INTERESSADAS (PARCEIROS E DOADORES) Termos de Referência 1. Contexto O Fundo Mundial para a Natureza (WWF) tem vindo a trabalhar em Moçambique desde os meados dos anos 90 em áreas-chave

Leia mais

27001 Lead Implementer

27001 Lead Implementer ANSI Accredited Program BEHAVIOUR ISO Lead ADQUIRA AS COMPETÊNCIAS NECESSÁRIAS PARA SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO (SGSI) BASEADOS NA NORMA ISO Sobre o curso Este curso intensivo com duração de cinco dias, permite

Leia mais

Realtech Portugal Modelo de apoio à administração de sistemas SAP.

Realtech Portugal Modelo de apoio à administração de sistemas SAP. Realtech Portugal Modelo de apoio à administração de sistemas SAP. www.realtech.pt Page 1 A abordagem A Realtech Portugal promove uma abordagem comercial que visa conjugar os orçamentos restritivos das

Leia mais

European Foundation for Quality Management na Secretaria-Geral do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

European Foundation for Quality Management na Secretaria-Geral do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior European Foundation for Quality Management na Secretaria-Geral do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior 1 ÍNDICE 1. A Secretaria-Geral do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

Leia mais

Plano de Gerenciamento das Comunicações

Plano de Gerenciamento das Comunicações Projeto: Simul-e Plano de Gerenciamento das Comunicações Versão 1.0 Página 1 de 9 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 01/11/2015 1.0 Criação do Documento Hugo Pazolline Página 2 de 9 Índice

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA ABERTURA A People & Skills foi criada para responder às necessidades de um mercado cada vez mais apostado em desenvolver e consolidar competências que

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROJETOS PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE

GERENCIAMENTO DE PROJETOS PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE GERENCIAMENTO DE PROJETOS PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE O PMI e a Certificação PMP Visão Geral sobre o Modelo PMI APRESENTAÇÃO DO PMI O PMI - Project Management Institute é uma instituição sem fins lucrativos,

Leia mais

WePeopleValueYourPeople

WePeopleValueYourPeople WePeopleValueYourPeople e info@peoplevalue.com.pt w www.peoplevalue.com.pt Actualizado em 2010Jan14 quem somos? Somos a consultora sua parceira focada nas Pessoas e na sua valorização. Através da especialização

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS PARA A INOVAÇÃO

GESTÃO DE PROJETOS PARA A INOVAÇÃO GESTÃO DE PROJETOS PARA A INOVAÇÃO Indicadores e Diagnóstico para a Inovação Primeiro passo para implantar um sistema de gestão nas empresas é fazer um diagnóstico da organização; Diagnóstico mapa n-dimensional

Leia mais

GPAD Gestão de Projetos em Ambientes Digitais

GPAD Gestão de Projetos em Ambientes Digitais GPAD Gestão de Projetos em Ambientes Digitais Tecnologia e Mídias Digitais PUC SP Prof. Eduardo Savino Gomes 1 Afinal, o que vem a ser Gestão? 2 Gestão/Gerir/Gerenciar Gerenciar, administrar, coordenar

Leia mais

Projecto GTBC. leading excellence 1. Portugal: Espanha:

Projecto GTBC. leading excellence 1. Portugal: Espanha: Projecto GTBC Portugal: Edifício Taurus Campo Pequeno, 48 2º 1000-081 Lisboa Tel.: +351 217 921 920 Fax: +351 217 921 929 www.gtbc.pt info@gtbc.pt Espanha: CalleAtocha, 20, 2ªIzq 28012 Madrid Tel.: +34

Leia mais

Agilizar a implementação dos Modelos de Gestão de Risco

Agilizar a implementação dos Modelos de Gestão de Risco Agilizar a implementação dos Modelos de Gestão de Risco Nuno Cabral, FWD Advise Centro Cultural de Belém, 7 de Maio de 2008 ... O estado do Risco! Melhores práticas de Basileia II incorporadas no Solvência

Leia mais

B U S I N E S S I M P R O V E M E N T

B U S I N E S S I M P R O V E M E N T BUSINESS IMPROVEMENT A I N D E V E QUEM É A Indeve é uma empresa especializada em Business Improvement, composta por consultores com uma vasta experiência e com um grande conhecimento do mundo empresarial

Leia mais

Business Value Delivery The IT Challenge

Business Value Delivery The IT Challenge Business Value Delivery The IT Challenge Luis Miguel Porém Country Manager Compuware Portugal Coimbra, Abril de 2004 ustentação do negócio Uma aplicação que funciona e está disponível é o activo principal

Leia mais

www.arsenal-alfeite.pt

www.arsenal-alfeite.pt ARSENAL DO ALFEITE, S.A. 2810-001 ALFEITE PORTUGAL www.arsenal-alfeite.pt www.arsenal-alfeite.pt 2 1 A Gestão de Projectos de reparação e construção naval na Arsenal do Alfeite, S.A. António F. Rodrigues

Leia mais

Gestão por Indicadores. Uma Necessidade para a Rentabilidade

Gestão por Indicadores. Uma Necessidade para a Rentabilidade Gestão por Indicadores Uma Necessidade para a Rentabilidade Serviço Após-Venda Desafios Actuais Um Serviço Autorizado ou Oficina independente enfrentam desafios semelhantes no contexto da crise económica,

Leia mais

20000 Lead Auditor. Certified. ANSI Accredited Program. Bringing value to you! FORMAÇÃO EM GESTÃO DE SERVIÇOS

20000 Lead Auditor. Certified. ANSI Accredited Program. Bringing value to you! FORMAÇÃO EM GESTÃO DE SERVIÇOS ANSI Accredited Program BEHAVIOUR ISO Lead Auditor AUDITAR SISTEMAS DE GESTÃO DA SERVIÇOS (SGS) BASEADOS NA NORMA ISO Sobre o curso Este curso intensivo com duração de cinco dias, permite aos participantes

Leia mais

Questionário de Avaliação de Maturidade Setorial: Modelo de Maturidade Prado-MMGP

Questionário de Avaliação de Maturidade Setorial: Modelo de Maturidade Prado-MMGP DARCI PRADO Questionário de Avaliação de Maturidade Setorial: Modelo de Maturidade Prado-MMGP Versão 2.0.0 Janeiro 2014 Extraído do Livro "Maturidade em Gerenciamento de Projetos" 3ª Edição (a publicar)

Leia mais

A Disciplina Gerência de Projetos

A Disciplina Gerência de Projetos A Disciplina Gerência de Projetos Atividades, Artefatos e Responsabilidades hermano@cin.ufpe.br Objetivos Apresentar atividades da disciplina Gerência de Projetos Discutir os artefatos e responsáveis envolvidos

Leia mais

PMI-SP PMI-SC PMI-RS PMI PMI-PR PMI-PE

PMI-SP PMI-SC PMI-RS PMI PMI-PR PMI-PE ESTUDO DE BENCHMARKING EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 2009 Brasil Uma realização dos Chapters Brasileiros do PMI - Project Management Institute PMI-SP PMI-RJ PMI-AM PMI-SC PMI-BA ANEXO 2 PMI-RS PMI PMI-CE

Leia mais

OUTSOURCING. Cadeira de Gestão de Informação

OUTSOURCING. Cadeira de Gestão de Informação Instituto Superior de Gestão Bancária Curso Organização e Sistemas de Informação OUTSOURCING a case study Trabalho realizado por: João Martinho nº 3064 João Gouveia nº 3070 Sara Soares nº 3060 Cadeira

Leia mais

I - Uma vez fechada a declaração de escopo, não é possível alterá-la. II - Uma parte interessada tem o poder de vetar a implantação do projeto.

I - Uma vez fechada a declaração de escopo, não é possível alterá-la. II - Uma parte interessada tem o poder de vetar a implantação do projeto. Bateria PMBoK Prof. Walter Cunha http://www.waltercunha.com/blog http://twitter.com/timasters http://br.groups.yahoo.com/group/timasters/ 1. (CESGRANRIO/Petrobras 2008) A Estrutura Analítica do Projeto

Leia mais

OGFI 2015 Group Project BAI07 Primeiro Relatório

OGFI 2015 Group Project BAI07 Primeiro Relatório Primeiro Relatório 62473 Pedro Vasconcelos 63563 Francisco Ferreira 73440 Filipe Correia 74211 Carolina Ferreirinha 82665 Nkusu Quivuna Sumário Este documento é o primeiro relatório de um projeto de análise

Leia mais

Usando o PRINCE2 TM como base para todos os Projetos Dezembro/ 2009

Usando o PRINCE2 TM como base para todos os Projetos Dezembro/ 2009 Usando o PRINCE2 TM como base para todos os Projetos Dezembro/ 2009 Usando o PRINCE2 TM como base para todos os Projetos Diferença entre projetos e operação O que uma organização procura em uma metodologia

Leia mais

22301 Lead Auditor. Certified. Bringing value to you! ANSI Accredited Program FORMAÇÃO EM CONTINUIDADE DE NEGÓCIO

22301 Lead Auditor. Certified. Bringing value to you! ANSI Accredited Program FORMAÇÃO EM CONTINUIDADE DE NEGÓCIO ANSI Accredited Program BEHAVIOUR ISO Lead Auditor Bringing value to you! AUDITAR SISTEMAS DE GESTÃO DE CONTINUIDADE DE NEGÓCIO () BASEADOS NA NORMA ISO Sobre o curso Este curso intensivo com duração de

Leia mais

Implemente a sua solução de Gestão de Marketing, Vendas e Serviço de Clientes, em menos de 7 dias.

Implemente a sua solução de Gestão de Marketing, Vendas e Serviço de Clientes, em menos de 7 dias. GoldMine QuickStart Implemente a sua solução de Gestão de Marketing, Vendas e Serviço de Clientes, em menos de 7 dias. O GoldMine é uma ferramenta de gestão da relação com os clientes (CRM-Costumer Relationship

Leia mais

Aumente o potencial da força de vendas da empresa ao fornecer-lhe o acesso em local remoto à informação comercial necessária á à sua actividade.

Aumente o potencial da força de vendas da empresa ao fornecer-lhe o acesso em local remoto à informação comercial necessária á à sua actividade. Descritivo completo PHC dcrm Aumente o potencial da força de vendas da empresa ao fornecer-lhe o acesso em local remoto à informação comercial necessária á à sua actividade. Benefícios Acesso aos contactos

Leia mais

apresentação corporativa

apresentação corporativa apresentação corporativa 2 Índice 1. Apresentação da BBS a) A empresa b) Evolução c) Valores d) Missão e Visão 2. Áreas de Negócio a) Estrutura de Serviços b) Accounting/Tax/Reporting c) Management & Consulting

Leia mais

O GRUPO AITEC. Breve Apresentação

O GRUPO AITEC. Breve Apresentação O GRUPO AITEC Breve Apresentação Missão Antecipar tendências, identificando, criando e desenvolvendo empresas e ofertas criadoras de valor no mercado mundial das Tecnologias de Informação e Comunicação

Leia mais

PROPOSTA. Termo de Referência

PROPOSTA. Termo de Referência PROPOSTA Termo de Referência Título: Revisão e Actualização do Manual do Formador da formação Pedagogica de Formadores Data limite para apresentação da proposta técnica de consultoria: 25 de Setembro Data

Leia mais

NP EN ISO 9001:2000 LISTA DE COMPROVAÇÃO

NP EN ISO 9001:2000 LISTA DE COMPROVAÇÃO NP EN ISO 9001:2000 LISTA DE COMPROVAÇÃO NIP: Nº DO RELATÓRIO: DENOMINAÇÃO DA EMPRESA: EQUIPA AUDITORA (EA): DATA DA VISITA PRÉVIA: DATA DA AUDITORIA: AUDITORIA DE: CONCESSÃO SEGUIMENTO ACOMPANHAMENTO

Leia mais

Gestão de Conhecimento - Estudos de caso -

Gestão de Conhecimento - Estudos de caso - Gestão de Conhecimento - Estudos de caso - Irina Saur-Amaral Aveiro, 28 de Abril de 2006 Estudos de caso 1. MKS (consultoria TIC Índia): importância da cultura de conhecimento 2. Siemens AG: implementação

Leia mais

Executive breakfast Planeamento, Controlo e Gestão de Recursos Públicos. 24 de Fevereiro de 2015

Executive breakfast Planeamento, Controlo e Gestão de Recursos Públicos. 24 de Fevereiro de 2015 Executive breakfast Planeamento, Controlo e Gestão de Recursos Públicos 24 de Fevereiro de 2015 1 Agenda 08:00-8:30 Recepção 08:30-8:45 Abertura Margarida Bajanca, Partner Deloitte 08:45-9:30 Melhores

Leia mais

PMI-SP PMI-SC PMI-RS PMI PMI-PR PMI-PE

PMI-SP PMI-SC PMI-RS PMI PMI-PR PMI-PE ESTUDO DE BENCHMARKING EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 2009 Brasil Uma realização dos Chapters Brasileiros do PMI - Project Management Institute PMI-SP PMI-RJ PMI-AM PMI-SC PMI-BA ANEXO 1 PMI-RS PMI PMI-CE

Leia mais

PERIVER PLATAFORMA SOFTWARE REQUIREMENT SPECIFICATION. Periver_SoftwareRequirementSpecification_2008-03-31_v1.0.doc. Versão 1.0

PERIVER PLATAFORMA SOFTWARE REQUIREMENT SPECIFICATION. Periver_SoftwareRequirementSpecification_2008-03-31_v1.0.doc. Versão 1.0 PLATAFORMA Versão 1.0 31 de Março de 2008 TABELA DE REVISÕES Versão Autores Descrição da Versão Aprovadores Data António Rocha Cristina Rodrigues André Ligeiro V0.1r Dinis Monteiro Versão inicial António

Leia mais

GESTÃO DA INFORMAÇÃO. 29.05.2008 Teresinha Fernandes 10º CICLO DE SEMINÁRIOS TRANSPORTE RODOVIÁRIO ALARGAR OS HORIZONTES

GESTÃO DA INFORMAÇÃO. 29.05.2008 Teresinha Fernandes 10º CICLO DE SEMINÁRIOS TRANSPORTE RODOVIÁRIO ALARGAR OS HORIZONTES DOMÍNIOS CRÍTICOS DA ACTIVIDADE ASSOCIATIVA: - Intervenção Política e Institucional / Produção Normativa; - Formação; - Assistência Técnica; - Assistência Documental; - Tratamento e Fornecimento de Informação:

Leia mais

Business Intelligence & Performance Management

Business Intelligence & Performance Management Como medir a evolução do meu negócio? Tenho informação para esta decisão? A medição da performance é uma dimensão fundamental para qualquer actividade de gestão. Recorrentemente, qualquer gestor vê-se

Leia mais

SOBRE O LIVRO... XVII. 1. Introdução à Gestão de Projetos... 1. 1.1 Definição de projeto... 1. 1.2 Ciclo de vida do projeto... 3

SOBRE O LIVRO... XVII. 1. Introdução à Gestão de Projetos... 1. 1.1 Definição de projeto... 1. 1.2 Ciclo de vida do projeto... 3 Índice SOBRE O LIVRO... XVII 1. Introdução à Gestão de Projetos... 1 1.1 Definição de projeto... 1 1.2 Ciclo de vida do projeto... 3 1.3 Gestão de projetos... 3 1.4 Ciclo de vida da gestão de projetos...

Leia mais

Título da apresentação Curso Gestão de Projetos I (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS

Título da apresentação Curso Gestão de Projetos I (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS Título da apresentação Curso Gestão de Projetos I (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS Prof. Instrutor Elton Siqueira (a) (Arial Moura preto) CURSO DE GESTÃO DE PROJETOS I

Leia mais

sector financeiro SOLUÇÕES private banking

sector financeiro SOLUÇÕES private banking sector financeiro SOLUÇÕES private banking RESUMO DA SOLUÇÃO gestão e análise satisfação propostas de investimento fidelização Em mercados financeiros cada vez mais globais e sofisticados, qualquer decisão

Leia mais

Strenghts: Vantagens internas da empresa ou produto(s) em relação aos seus principais concorrentes;

Strenghts: Vantagens internas da empresa ou produto(s) em relação aos seus principais concorrentes; Gerir - Guias práticos de suporte à gestão A análise SWOT A Análise SWOT é uma ferramenta de gestão muito utilizada pelas empresas para o diagnóstico estratégico. O termo SWOT é composto pelas iniciais

Leia mais

Visão Geral das Áreas de Conhecimento e dos Processos da Gerência de Projetos

Visão Geral das Áreas de Conhecimento e dos Processos da Gerência de Projetos Visão Geral das Áreas de Conhecimento e dos Processos da Gerência de Projetos GERÊNCIA DE INTEGRAÇÃO GERÊNCIA DO ESCOPO GERÊNCIA DO TEMPO GERÊNCIA DE CUSTO GERÊNCIA DA QUALIDADE Desenvolvimento do Plano

Leia mais

WorkinProject 8 Manual de Referência Rápida

WorkinProject 8 Manual de Referência Rápida WorkinProject 8 Manual de Referência Rápida Flagsoft, Lda 2015 Índice 1. Introdução...3 2. Integrador - Interface com o utilizador...4 3. Registo de actividade - Folha de horas...5 4. Agenda e colaboração...7

Leia mais

Programa de Remuneração Variável 2015

Programa de Remuneração Variável 2015 Programa de Remuneração Variável 2015 APRESENTAÇÃO A Remuneração Variável é parte representativa nas práticas de gestão de pessoas. O modelo tradicional de pagamento através de salário fixo, tornou-se

Leia mais

i 3.2 Assegurar Integridade e Profissionalismo 43 9 3.2.1 Lucro Pessoal 44

i 3.2 Assegurar Integridade e Profissionalismo 43 9 3.2.1 Lucro Pessoal 44 ICE Introdução 1 PARTE I - CONTEXTO DA GESTÃO DE PROJECTOS E NORMAS DO MERCADO 1. Enquadramento da Gestão de Projectos 7 1.1 Definição de Projecto 7 1.2 Intervenientes no Projecto 9 1.3 Triângulo de Restrições

Leia mais

20000 Foundation. Certified. Bringing value to you! FORMAÇÃO EM GESTÃO DE SERVIÇOS. Domine os fundamentos sobre as melhores práticas

20000 Foundation. Certified. Bringing value to you! FORMAÇÃO EM GESTÃO DE SERVIÇOS. Domine os fundamentos sobre as melhores práticas BEHAVIOUR SOBRE AS MELHORES PRÁTICAS PARA IMPLEMENTAR E GERIR UM SISTEMA DE GESTÃO DE SERVIÇOS (SGS) BASEADO NA NORMA ISO Sobre o curso Este curso permite aos participantes adquirirem conhecimentos sobre

Leia mais

O P E R A C I O N A L I Z A Ç Ã O D A S U N I D A D E S D E S A Ú D E F A M I L I A R E S. Carlos Nunes. Missão para os Cuidados de Saúde Primários

O P E R A C I O N A L I Z A Ç Ã O D A S U N I D A D E S D E S A Ú D E F A M I L I A R E S. Carlos Nunes. Missão para os Cuidados de Saúde Primários O P E R A C I O N A L I Z A Ç Ã O D A S U N I D A D E S D E S A Ú D E F A M I L I A R E S Carlos Nunes Missão para os Cuidados de Saúde Primários VILAMOURA 23 Março 2007 C A N D I D A T U R A S A U S F

Leia mais

PHC Workflow CS. O controlo e a automatização de processos internos

PHC Workflow CS. O controlo e a automatização de processos internos PHC Workflow CS O controlo e a automatização de processos internos A solução que permite que um conjunto de acções a executar siga uma ordem pré-definida, de acordo com as normas da empresa, aumentando

Leia mais

Identificação da empresa

Identificação da empresa Identificação da empresa ANA Aeroportos de Portugal, S.A. Missão, Visão e Valores Missão da ANA A ANA - Aeroportos de Portugal, SA tem como missão gerir de forma eficiente as infraestruturas aeroportuárias

Leia mais

PHC Clínica CS. A gestão operacional total da clínica ou consultório

PHC Clínica CS. A gestão operacional total da clínica ou consultório PHC Clínica CS A gestão operacional total da clínica ou consultório A informação confidencial sobre cada paciente, o seu historial e, se integrado com o módulo PHC Gestão CS, a gestão financeira e a facturação

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA QUALIDADE COORDENAÇÃO DA PÓS-GRADUAÇÃO: Prof.ª Doutora Florbela Correia Mestre/Especialista José Carlos Sá PLANO Listagem das Unidades Curriculares CONTROLO ESTATÍSTICO DO PROCESSO...

Leia mais

Project and Portfolio Management [PPM] Sustainable value creation.

Project and Portfolio Management [PPM] Sustainable value creation. Project and Portfolio Management [PPM] Sustainable value creation. O SoftExpert PPM Suite é a solução mais robusta, funcional e fácil para priorizar, planejar, gerenciar e executar projetos, portfólios

Leia mais

Finance. Estudos de Remuneração 2012

Finance. Estudos de Remuneração 2012 Estudos de 2012 Estudos de Finance 2012 2 Nota preliminar pág. 3 Finance Auditor Interno Controller Financeiro Contabilista Accounts Payable Accounts Receivable Técnico de Controlo de Crédito e Cobranças

Leia mais

Project Management Office: Uma visão Geral

Project Management Office: Uma visão Geral Project Management Office: Uma visão Geral Prof. André Barcaui, MSc, PMP 1 Agenda 1. Entender o conceito ligado ao Project Management Office; 2. Conhecer os diversos tipos de existentes; 3. Definir as

Leia mais

POLÍTICA DE AMBIENTE, QUALIDADE E SEGURANÇA

POLÍTICA DE AMBIENTE, QUALIDADE E SEGURANÇA HOMOLOGAÇÃO: José Eduardo Carvalho 14-03- Pág. 2 de 5 A Tagusgás subscreve a Política AQS da Galp Energia. A Política AQS da Tagusgás foi definida tendo em consideração os Objectivos Estratégicos do Grupo

Leia mais

jump4innovation Oferecemos ideias que aumentam o seu negócio acima do espectável

jump4innovation Oferecemos ideias que aumentam o seu negócio acima do espectável jump4innovation Plataforma Web de apoio à Gestão Melhoria, Inovação & Empreendedorismo Oferecemos ideias que aumentam o seu negócio acima do espectável Conteúdo Gestao da Inovacao, Melhoria e Empreendedorismo

Leia mais

EMPRESAS VIRTUAIS. Autor: Pedro Miguel da Silva Fernandes. PDF processed with CutePDF evaluation edition www.cutepdf.com. Pág.

EMPRESAS VIRTUAIS. Autor: Pedro Miguel da Silva Fernandes. PDF processed with CutePDF evaluation edition www.cutepdf.com. Pág. EMPRESAS VIRTUAIS Autor: Pedro Miguel da Silva Fernandes Pág. 1 (de 5) PDF processed with CutePDF evaluation edition www.cutepdf.com EMPRESAS VIRTUAIS Actualmente, vivemos numa época de grandes mudanças

Leia mais

Fatores Críticos de Sucesso em GP

Fatores Críticos de Sucesso em GP Fatores Críticos de Sucesso em GP Paulo Ferrucio, PMP pferrucio@hotmail.com A necessidade das organizações de maior eficiência e velocidade para atender as necessidades do mercado faz com que os projetos

Leia mais

GERENCIANDO SERVIÇOS DE MENSAGENS OTT PARA UM PROVEDOR DE TELECOM GLOBAL

GERENCIANDO SERVIÇOS DE MENSAGENS OTT PARA UM PROVEDOR DE TELECOM GLOBAL GERENCIANDO SERVIÇOS DE MENSAGENS OTT PARA UM PROVEDOR DE TELECOM GLOBAL A Sytel Reply foi comissionada por uma grande operadora global de Telecom para o fornecimento de um Service Assurance de qualidade.

Leia mais

Monitoramento e Controle. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br

Monitoramento e Controle. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Monitoramento e Controle Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br O que é? O plano pode ser visto como lacunas (contendo tarefas), que estão previstas mas ainda não foram executadas É possível

Leia mais

PHC dmanager. O controlo remoto constante da empresa

PHC dmanager. O controlo remoto constante da empresa Descritivo PHC dmanager PHC PHC dmanager O controlo remoto constante da empresa A solução ideal para monitorizar via Internet as áreas comercial e financeira da empresa e controlar as suas vendas, clientes

Leia mais

O módulo dmanager permite ao gestor deter um controlo remoto constante sobre a sua empresa, onde quer que se encontre.

O módulo dmanager permite ao gestor deter um controlo remoto constante sobre a sua empresa, onde quer que se encontre. Descritivo completo PHC dmanager A solução ideal para monitorizar via Internet as áreas comercial e financeira da empresa e controlar as suas vendas, clientes e fornecedores, encomendas e stocks. Benefícios

Leia mais

PHC Workflow. Informatize de forma eficaz todos os circuitos e processos de trabalho usados na sua empresa

PHC Workflow. Informatize de forma eficaz todos os circuitos e processos de trabalho usados na sua empresa PHCWorkflow DESCRITIVO O PHC Workflow permite que o conjunto de acções a executar, sigam uma ordem pré- -definida de acordo com as normas da empresa, aumentando a agilidade e produtividade dos colaboradores.

Leia mais

Certificação da Qualidade numa Empresa a nível Nacional

Certificação da Qualidade numa Empresa a nível Nacional Certificação da Qualidade numa Empresa a nível Nacional Quem somos Origem, posição actual Actividade iniciada em 1952. O prestígio de meio século de presença no mercado, A Qualidade dos produtos que comercializa

Leia mais

Certified ISO 31000 Risk Manager

Certified ISO 31000 Risk Manager ANSI Accredited Program BEHAVIOUR Sobre o curso Neste curso, com duração de dois dias, os participantes irão desenvolver as competências necessárias de modo a, com sucesso, saberem aplicar um modelo de

Leia mais

PHC Dashboard CS. Diversidade de análises de dados pré-configuradas. Representação gráfica da informação do sistema

PHC Dashboard CS. Diversidade de análises de dados pré-configuradas. Representação gráfica da informação do sistema PHC Dashboard CS Um novo nível de gestão A gestão da informação empresarial de forma sintética, visual e abrangente, possibilitando uma tomada de decisão mais rápida, correcta e precisa. BUSINESS AT SPEED

Leia mais

Como analisamos as empresas

Como analisamos as empresas Como analisamos as empresas Analisamos empresas de capital aberto assim como faríamos com uma de capital fechado, conforme processo abaixo: Setor Micro Histórico Sócios Valuation Barreira de entrada Clientes

Leia mais

Implantando Comunidades de Práticas O Caso Petrobras

Implantando Comunidades de Práticas O Caso Petrobras Implantando Comunidades de Práticas O Caso Petrobras Seminario Inovando para Competir Conectando Pessoas e Conhecimentos Agenda Breve Histórico %& & ( % Milestone Milestone Milestone Minds At Work......

Leia mais

Manual Gespos Passagem de Dados Fecho de Ano

Manual Gespos Passagem de Dados Fecho de Ano Manual Gespos Passagem de Dados Fecho de Ano ÍNDICE PASSAGEM DE DADOS / FECHO DE ANO... 1 Objectivo da função... 1 Antes de efectuar a Passagem de dados / Fecho de Ano... 1 Cópia de segurança da base de

Leia mais

Organização. Trabalho realizado por: André Palma nº 31093. Daniel Jesus nº 28571. Fábio Bota nº 25874. Stephane Fernandes nº 28591

Organização. Trabalho realizado por: André Palma nº 31093. Daniel Jesus nº 28571. Fábio Bota nº 25874. Stephane Fernandes nº 28591 Organização Trabalho realizado por: André Palma nº 31093 Daniel Jesus nº 28571 Fábio Bota nº 25874 Stephane Fernandes nº 28591 Índice Introdução...3 Conceitos.6 Princípios de uma organização. 7 Posição

Leia mais

Avaliação de Desempenho Empresarial

Avaliação de Desempenho Empresarial MBA EM CONTROLADORIA EMENTAS Noções gerais sobre Auditoria. Normas relativas à Pessoa do Auditor. Normas de Execução do Trabalho. Planejamento e Supervisão. Programas de Auditoria. Avaliação dos Controles

Leia mais

Aula 2 Governança do projeto Papéis e Responsabilidades

Aula 2 Governança do projeto Papéis e Responsabilidades Aula 2 Governança do projeto Papéis e Responsabilidades Objetivos da Aula: Nesta aula, iremos conhecer os diversos papéis e responsabilidades das pessoas ou grupos de pessoas envolvidas na realização de

Leia mais

Ética e Direito empresarial

Ética e Direito empresarial MBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS - EMENTAS A gestão empreendedora. Os fundamentos e as etapas do empreendedorismo. Características dos empreendedores. Empreendedorismo e Inovação, criatividade e empreendedorismo.

Leia mais

FERRAMENTAS? a alterar, em muitas organizações, um. instrumento tão abrangente como um orçamento

FERRAMENTAS? a alterar, em muitas organizações, um. instrumento tão abrangente como um orçamento O QUE É IMPRESCINDÍVEL NUMA SOLUÇÃO DE ORÇAMENTAÇÃO E PREVISÃO? Flexibilidade para acomodar mudanças rápidas; Usabilidade; Capacidade de integração com as aplicações a montante e a jusante; Garantir acesso

Leia mais

PMO AeC: RESULTADOS OBTIDOS Fernando Parreiras e Vera Lott

PMO AeC: RESULTADOS OBTIDOS Fernando Parreiras e Vera Lott PMO AeC: RESULTADOS OBTIDOS Fernando Parreiras e Vera Lott 2 NECESSIDADES Controle Padronização Complexidade COLABORAÇÃO Necessidades executivas Utilização amigável NECESSIDADES PÚBLICO INTERNO Executivos

Leia mais

Responsabilidade Social Corporativa

Responsabilidade Social Corporativa Responsabilidade Social Corporativa e Sistemas de Informação António Sousa Mendes Javier Fernández 12 de Fevereiro de 2007. Slide 1 Global Reporting Initiative Organizações Portuguesas no GRI GRI - Global

Leia mais

A GESTÃO DA INOVAÇÃO APCER

A GESTÃO DA INOVAÇÃO APCER A GESTÃO DA INOVAÇÃO APCER A Gestão da Inovação Proposta de Utilização do Guia de Boas Práticas de IDI e das ferramentas desenvolvidas no âmbito da iniciativa DSIE da COTEC para o desenvolvimento do sistema

Leia mais

PHC Workflow CS. O controlo e a automatização de processos internos

PHC Workflow CS. O controlo e a automatização de processos internos PHC Workflow CS O controlo e a automatização de processos internos A solução que permite que um conjunto de ações a executar siga uma ordem pré-definida, de acordo com as normas da empresa, aumentando

Leia mais

Saiba Como Convencer os Executivos Sobre o Valor do Gerenciamento de Projetos. White Paper

Saiba Como Convencer os Executivos Sobre o Valor do Gerenciamento de Projetos. White Paper Saiba Como Convencer os Executivos Sobre o Valor do Gerenciamento de Projetos White Paper TenStep 2007 Saiba Como Convencer os Executivos Sobre o Valor do Gerenciamento de Projetos Não há nenhuma duvida

Leia mais

Our people make the difference

Our people make the difference Our people make the difference 1 Paulo Renato Pereira Exponor, 04.05.2006 Gestão por Competências Breve introdução: Gestão por competências Importância das competências transversais Exemplos de competências

Leia mais

Livraria dos Mestres

Livraria dos Mestres Gestão de Projectos Informáticos Livraria dos Mestres 3ª Entrega Empresa B Grupo nº 11 João Maurício nº 53919 Ricardo Carapeto nº 53942 Nuno Almeida nº 53946 Page 1 of 28 Índice 1. Sumário para a Gestão

Leia mais