O jornal das Comunidades lusófonas de França, editado por CCIFP Editions, da Câmara de Comércio e Indústria Franco Portuguesa

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O jornal das Comunidades lusófonas de França, editado por CCIFP Editions, da Câmara de Comércio e Indústria Franco Portuguesa"

Transcrição

1 Edition nº 142 Série II, du 25 septembre 2013 Hebdomadaire Franco-Portugais G R A T U I T O jornal das Comunidades lusófonas de França, editado por CCIFP Editions, da Câmara de Comércio e Indústria Franco Portuguesa 22 o hipódromo de Vincennes vai organizar mais uma Jornada de Portugal com corridas de cavalos e muitas animações. Edition F R A N C E Fr Empresas. A MZ Voyages, uma rede com quatro agências de viagens, comemorou os 20 anos de existência desta empresa familiar. 12 Vídeo. A Associação Cultural dos Portugueses de Saint Ouen organiza um concurso de vídeos intitulado Film Art dedicado ao tema Ici et là bas Fados. Durante três dias, o Festival Ile de France programou oito fadistas portugueses que vão cantar no Cirque d Hiver, em Paris. Ciclismo. Realiza-se no próximo domingo, mais uma Corrida Bruno Guerreiro em Epinay-sur-Seine, em homenagem ao jovem ciclista. A AcAdemiA do BAcAlhAu tem de ser mais reconhecida Carlos Ferreira, Presidente da Academia do Bacalhau de Paris LusoJornal / Carlos Pereira

2 02 opinião le 25 septembre 2013 Pergunta do leitor Pergunta: Senhor Diretor, [...] Fizeram bem em denunciar o comportamento da companhia Ryanair [ndr: na última edição do Luso- Jornal]. Eles reduzem os preços dos bilhetes mas depois o serviço deixa muito a desejar. Eu já tive também um problema com eles. [...] Mas como vocês fazem publicidade à TAP, espero que não tenham feito de propósito para denegrir uma companhia concorrente. Gostaria de saber se fariam um artigo assim se fosse contra a TAP. [...] Laura Pedro (mail) resposta: Crónica de opinião os custos das eleições autárquicas Portugal tem várias aberrações; eis uma delas. Os candidatos às eleições autárquicas têm direito a dispensa laboral durante o período de campanha eleitoral. Até aqui, tudo bem. A Lei Eleitoral dos Órgãos das Autarquias Locais estipula o seguinte: Durante o período da campanha eleitoral, os candidatos efetivos e os candidatos suplentes, no mínimo legal exigível, têm direito a dispensa do exercício das respetivas funções, sejam públicas ou privadas, contando esse tempo para todos os efeitos, incluindo o direito à retribuição, como tempo de serviço efetivo. Em cumprimento desta lei, os candidatos têm direito a dispensa laboral durante o período de campanha eleitoral, ou seja onze dias. Provavelmente muitos dos nossos compatriotas desconhecem isto, mas é mesmo assim! Que haja dispensa, é uma coisa. Que essas faltas ao trabalho sejam pagas pelas empresas e pelo Estado, é algo que pode parecer despropositado. Os candidatos, poderiam pedir dispensa do trabalho e descontá-la no seu período de férias, tal como se faz em muitos países da União Europeia. São vícios como este, de que o nosso país padece, que contribuem para que nos encontremos na situação crítica que afeta a economia e os cofres do Estado português. Segundo os dados avançados pela Confederação da Indústria Portuguesa (CIP), nas eleições de 9 de outubro de 2005, os custos para as entidades patronais foram na ordem dos 216 milhões de euros. É provável que hoje este valor seja ainda maior. Como é possível que candidatos, tais como professores, não estejam presentes nas escolas para iniciar o ano escolar e os alunos tenham de esperar por eles até ao início de outubro? Como é possível que nos desloquemos às repartições públicas e muitos funcionários estejam ausentes? Julgo que se deveria acabar com este tipo de benesses concedidas aos candidatos. O país pouparia muito dinheiro. Isso seria uma medida aplaudida pelos Portugueses, sobretudo num período em que são pedidos tantos sacrifícios a todos nós. Embora não possa precisar, o número de candidatos dispensados do trabalho representa várias dezenas de milhares. Representa também, seguramente, mais de dois anos de trabalho. Aproveito para sugerir que se acabe também com dois privilégios: as remunerações aos membros das mesas de José Vara rodrigues Professor de português, militante do PSD Paris voto das eleições. Ter uma participação ativa no desenrolar das eleições, deve ser encarado como um dever e um orgulho dum cidadão. Aos Deputados das Assembleias Municipais não deveria ser atribuído qualquer remuneração pela presença nas sessões, pois eles são dispensados do trabalho, sem penalização no vencimento. Seria bom que despesas de deslocação deixassem de ser pagas aos membros das Assembleias que vivem fora do concelho por onde foram eleitos. Todas estas constatações somadas, representam centenas de milhões de euros, que cismamos em despender desnecessariamente. Nada me faria mais prazer do que ver abolidos estes privilégios de que alguns beneficiam. Os Portugueses também ficariam agradecidos com essa abolição! Cara leitora, Obrigado pelas palavras simpáticas que diz a nosso respeito. Quando abordamos um assunto jornalisticamente, não estamos a pensar se vamos agradar ou desagradar alguém. Informação é informação. Ponto final. Neste caso concreto, nem fomos o único jornal a denunciar o comportamento da companhia. Já agora, só para sua informação, já pelo passado demos notícia de uma funcionária da TAP que moveu um processo contra a companhia em França. Até estivemos lá a cobrir manifestações que foram feitas em frente da companhia. Fomos os únicos a fazê-lo. Não foi por isso que a TAP deixou de ser nossa cliente. Nestas coisas, o importante é fazer o trabalho com consciência e profissionalismo. O seu mail só veio lembrarnos essa responsabilidade. Eu acordo todos os dias a pensar nesta nossa missão. Boa leitura. Carlos Pereira, Diretor do LusoJornal Chronique d opinion echangisme Jusqu ici l échangisme se pratiquait dans certains clubs et boîtes retirées, à l abri des voyeurs et autres paparazzis. Mais voilà qu aujourd hui il prend du galon, et se retrouve propulsé au niveau de cause nationale dans un pays européen, en l occurrence, le Portugal. En cette année 39 du fusil fleuri (2013), le Portugal encourage ses jeunes, diplômés ou non, formés aux métiers ou non, à partir à l étranger. A émigrer, et à revenir plus tard, si possible avec un peu de croissance. Et en échange de ces départs suggérés, de ces ruptures passagères, on fait venir d Europe tous les vieux retraités disponibles, c est-à-dire, ayant assez de revenus de pensions, qui justifient la fuite fiscale de leur pays d origine et qui soient disposés à acheter des bicoques, dans notre beau pays. Cette opération, sortie des têtes d œuf de quelques docteurs ministériels, peutelle être rentable? Il m est difficile de concevoir que les jeunes (et moins jeunes) qui partent, non parce qu ils aient écouté religieusement les doctes conseils du Gouvernement, mais hélas, parce qu ils ne peuvent faire autrement, tellement le ciel s encombre d épais nuages, et que les repères et perspectives d avenir s étiolent jour après jour, qu une fois installés dans leur nouveau pays d adoption, peut-être déjà avec des conjoints et des enfants, qu ils soient enclins à revenir, tout au moins sans une forte motivation. Les années passant, et fondus dans un nouveau décor social, intégrés et plus rassurés, l image globale de leur pays natal s estompe subtilement jusqu à ce qu il ne reste plus que des souvenirs hautement affectifs, liés à l espace du village ou du quartier d enfance; de l école primaire, premiers copains, copines et 400 coups; des premiers émois de cœur; bref, de tout ce qui a pu structurer leur future personnalité. Tout cela restera à jamais gravé, dans les mémoires et dans les cœurs. Quant à l autre partenaire de l échange, le retraité étranger, hormis le cas de certains lusodescendants, il manquera de motivations suffisantes, à son âge, pour apprendre une nouvelle langue; pour participer à la vie associative locale; de boire tous les jours de l eau de conserve; de mélanger viande et légumes dans la même gamelle; de se faire conduire à l hôpital pour une consultation urgente, alors qu en France, par exemple, il disposerait d un médecin à domicile dans henri de carvalho Écrivain à L Isle Jourdain les quatre heures, grand maximum, qui suivraient son appel. A moins qu il ne fasse comme l anglais en Algarve, en créant sa communauté, en vivant en autarcie et en important de son pays d origine les produits de consommation les plus délicats. De toute façon ce ne seront que des petits retraités, car les gros!... il y a belle lurette qu ils ont repéré des destinations autrement plus luxueuses, discrètes, et alléchantes en termes d offre fiscal. A force de vouloir copuler à droite et à gauche, échanger un plumé pour un tondu reste quand même très aléatoire. L Etat a disposé jusqu ici d une fiancée jeune et généreuse, pauvre mais travailleuse, alors pourquoi diable veut-il l échanger pour une vieille, sous prétexte qu elle est plus riche?! Espèce de maquereau, va!... LusoJornal. Le seul hebdomadaire franco-portugais d information Édité par: CCIFP Editions SAS, une société d édition de la Chambre de commerce et d industrie franco-portugaise. N siret: Represéntée par: Carlos Vinhas Pereira Directeur: Carlos Pereira Collaboration: Alfredo Cadete, Alfredo Lima, Ana Catarina Alberto, Angélique David- Quinton, António Marrucho, Aurélio Pinto, Carla Fernandes (Juridique), Carlos dos Reis, Clara Teixeira, Cindy Peixoto (Strasbourg), Cristina Branco, Daniela Fernandes (Juridique), Dominique Stoenesco, Duarte Pereira (Cyclisme), Edite Fonseca, Henri de Carvalho, Inês Vaz (Nantes), Jean-Luc Gonneau (Fado), Joaquim Pereira, Jorge Campos (Lyon), José Manuel dos Santos (Arles), José Paiva (Orléans), Julien Milhavet, Manuel André (Albi), Manuel Martins, Manuel do Nascimento, Maria Fernanda Pinto, Mário Cantarinha, Mário Loureiro, Mickael Cordeiro de Oliveira, Natércia Gonçalves (Clermont-Ferrand), Nathalie de Oliveira, Nuno Gomes Garcia (Sport), Padre Carlos Caetano, Patrick Caseiro, Ricardo Vieira (Musique Classique), Sheila Ferreira (Clermont-Ferrand), Susana Alexandre Les auteurs d articles d opinion prennent la responsabilité de leurs écrits Agence de presse: Lusa Photos: Alfredo Lima, António Borga, Mário Cantarinha Design graphique: Jorge Vilela Design Impression: Corelio Printing (Belgique) LusoJornal. 7 avenue de la porte de Vanves, Paris. Tel.: Distribution gratuite exemplaires Dépôt légal: Septembre 2013 ISSN

3 le 25 septembre 2013 comunidade 03 Foi grande dinamizador da Comunidade portuguesa Faleceu José Veloso, ex-funcionário do consulado Geral de Portugal em lyon Por Jorge Campos em síntese Faleceu no passado dia 8 de setembro, José Veloso, ex-funcionário do Consulado Geral de Portugal em Lyon, desde José de Azevedo Veloso era natural de Rendufe, perto de Amares. Passou a juventude com os pais, duas irmãs e quatro irmãos. Nasceu no dia 1 de julho de 1937, contava pois 77 anos de idade. Teve uma vida cheia de grandes projetos concretizados e de bons momentos, em família e com os amigos. José Veloso do Consulado, como era mais conhecido na região de Lyon, foi um homem de grande coração, humanista e sempre de boa disposição e com uma alegria permanente e contagiante. Estudou na escola comercial do Porto e foi trabalhar na empresa Torres, em Matosinhos. Com 20 anos e uma vontade de descobrir o mundo, obteve uma carta de chamada para Moçambique, onde trabalhou como contabilista algum tempo, e mais tarde ingressou na função pública, como Inspetor do trabalho portuário na cidade de Lourenço Marques. A vida estava a correr bem, conheceu aquela que veio a ser sua esposa, Maria Teresa, e a família cresceu. Nasceram os filhos Maria João, Ricardo Manuel e José Miguel. Esta fase da sua vida por terras de África termina quando vem para Lyon como funcionário do Consulado Geral de Portugal, no início de Com qualidades de organizador e homem de fácil e agradável contacto humano, fez muitos conhecimentos e ajudou os Portugueses que chegavam a Lyon. Estávamos num período de forte crescimento migratório para a região de Lyon, no início dos anos 70, com milhares de Portugueses que procuravam o seu Eden financeiro no mundo do trabalho nesta região. Todos os processos administrativos franceses, com as suas inesquecíveis Carte de Séjour e Carte de Travail requeriam uma passagem obrigatória José Veloso do Consulado como era mais conhecido DR pelo Consulado de Portugal. José Veloso não se cansava de dar conselhos, informar e ajudar os seus compatriotas, a Comunidade, por vezes analfabeta e sem falar a língua francesa. São vários os testemunhos desta época, onde José Veloso era citado como o homem chave e com a solução para muitos dos problemas de quem fazia apelo à sua ajuda, dentro e fora do Consulado. Há solução para tudo... só não há para a morte gostava de dizer. Mais tarde a normalidade chegou, assim como o tempo de lazer e de entretenimento, com espetáculos para animar a Comunidade. José Veloso organizou festas e bailes, no mundo associativo, e ajudou na criação de associações. Fundou o famoso conjunto Os Dragões e fez vir até Lyon vários artistas portugueses de renome nessa época, como Carlos do Carmo, Roberto Leal, Paco Bandeira, entre outros, e a cantora que estava nos seus inícios de carreira artística, Linda de Suza. Até com artistas franceses organizou espetáculos para a Comunidade portuguesa, como por exemplo com Claude François e com Johnny Halliday. Foram perto de vinte anos da sua vida, em que foi o homem incontornável, na região de Lyon, onde a sua presença, humanidade, simpatia, profissionalismo e rigor de querer sempre fazer bem, primavam, deixando recordações muito positivas na memória coletiva, nas Comunidades portuguesa e francesa da região de Lyon. As últimas manifestações de fado profissional na região de Lyon foram organizadas por José Veloso com a estrutura da sua empresa de eventos Saudade de Fados de Portugal que foi a sua última criação empresarial. Foi um bom pai e um avô maravilhoso. Trabalhei com ele na empresa de publicidade que criou em Portugal, no fim dos anos oitenta. Ele viveu em Portugal até 1995 e depois regressou a França, e por aqui ficou partilhando a sua vida com os filhos, os netos e os amigos disse ao Luso- Jornal, a filha Maria João. Estou muito orgulhosa do meu pai, por tudo o que ele fez e por tudo o que ele nos deu. Acompanhei o meu pai muitas vezes no decorrer dos eventos que ele organizava e admirava o rigor e a força de vontade que ele tinha para que tudo corresse bem disse por seu lado o filho Ricardo Manuel. Sinto orgulho de ser seu filho e recordarei todos os momentos felizes que ele me deu a viver, tanto no quadro familiar, como em público. José Veloso foi sepultado na campa familiar, junto dos seus pais, em Rendufe, Amares. claude rina Basílio celebrou o primeiro casamento Foi no passado dia 14 de setembro que o jovem lusodescendente Claude Rina Basílio, Conselheiro Municipal em Saint Jean de la Ruelle (45), celebrou o seu primeiro casamento enquanto autarca francês. Claude Rina Basílio é membro da Comissão de Desporto e da Coesão Social (juventude, emprego e educação) e representante da Mairie no Conselho da Escola Primária Louis Aragon, tendo a seu cargo os pelouros da educação e do desporto. O mais jovem autarca lusoeleito de França, desempenhou brilhantemente e com patriotismo, pela primeira vez, as suas funções ao celebrar uma União Civil. Claude Rina Basílio diz ter muito orgulho das suas raízes - é filho de pais portugueses. Ser lusodescendente e desempenhar um papel na vida política do país que me viu nascer, é a prova de que a nossa Comunidade portuguesa está bem integrada no país de acolhimento confessou ao LusoJornal. É uma honra representar o Estado francês através da sua faixa simbólica concluiu.

4 04 comunidade le 25 septembre 2013 em síntese cristina semblano faz intervenção num colóquio na Bélgica A representante do Bloco de Esquerda em França, Cristina Semblano, vai participar esta quarta-feira, 25 de setembro, num Colóquio organizado na Bélgica pela Maison de la Laïcité de Charleroi, sobre as políticas de austeridade na Europa, no qual intervirá nomeadamente a Eurodeputada Isabelle Durand, Vice-Presidente do Parlamento Europeu. Cristina Semblano fará uma intervenção sobre o tema: A evolução das políticas de saúde em Portugal no tempo da Troïka e o respetivo impacto sobre a saúde da população. Esta intervenção sucede-se também a uma outra realizada por Cristina Semblano na Universidade de Verão do Front de Gauche, no âmbito de um atelier temático consagrado à decadência dos sistemas de saúde na Europa e à realizada em Atenas, a convite da Federação das Uniões de Médicos dos Hospitais da Grécia (OENGE-OENTE), no passado mês de junho, no âmbito da Cimeira Alternativa Europeia, que teve lugar naquela cidade. Também a convite do Partido Comunista francês, Cristina Semblano, que é economista e Professora de economia portuguesa na Sorbonne, participou no âmbito da Fête de l Humanité, num debate sobre a situação da saúde na Europa. colloque international «Penser la frontière» Un colloque international sur «Penser la frontière» a eu lieu à Lisboa, cette semaine, les 23 et 24 septembre, dans le cadre du projet «Além do fracasso e do maquiavelismo. A emigração irregular portuguesa para a França, ». Plusieurs intervenants ont été programmés, entre eux, Victor Pereira de l Université de Pau et des Pays de l Adour, Béatrice Hibou du CERI- Sciences Po Paris et Manuela Martini de Paris Diderot. Encontro com a Associação Cultural e Social dos Portugueses cônsul de Bordeaux visitou la rochelle O Cônsul Geral de Portugal em Bordeaux, António Leão Rocha, acompanhado da esposa, visitou na sexta-feira da semana passada, dia 20 de setembro, à tarde, a Associação Cultural e Social dos Portugueses de la Rochelle. O Cônsul foi recebido nas instalações da associação, em Beauregard, pela sua Direção. Além de uma interessante troca de impressões sobre a Comunidade portuguesa local e sobre a história do associativismo português em La Rochelle, a conversa com a Direção permitiu, igualmente, tomar conhecimento mais detalhado sobre as principais atividades a que se dedica, entre as quais a divulgação da cultura portuguesa e o desporto - federador dos jovens - tem um caráter predominante, sem esquecer a muito assinalada participação na grande festa municipal, a Cavalcade de La Rochelle disse António Leão Rocha ao LusoJornal. A Cavalcade de La Rochelle é um desfile de carros alegóricos representando as associações locais, com fanfarra e animações musicais típicas que durante todo o dia vão tendo lugar no Vieux Port. A Associação Cultural e Social apresenta anualmente nesse desfile temas portugueses, acompanhando o carro, a exibição do seu rancho folclórico. A associação mantém um excelente relacionamento com o Maire e a sua equipa de Vereadores, um fator importante num momento em que vem sendo solicitada por muitos Portugueses que chegam àquela cidade, alguns com situações pessoais mais difíceis: pela família ou com perspetivas logradas de trabalho explicou o Cônsul Geral de Portugal. Já mais informalmente, foi organizado também um convívio onde não faltou a tradicional - e, na opinião do Cônsul, excelentemente cozinhada - gastronomia típica portuguesa. Não tinha tido ainda oportunidade de visitar La Rochelle e esta associação portuguesa. Valeu a pena! A cidade onde, no norte, tem início esta área consular, fica a vontade de voltar a contactar mais alargadamente com a Comunidade concluiu António Leão Rocha ao LusoJornal. délégation de Pessac à Viana do castelo Le Comité de Jumelage de Pessac (33) a organisé un voyage à Viana do Castelo, ville avec laquelle est jumelée depuis décembre Une cinquantaine de personnes se sont déplacées à Viana du 15 au 22 août, à l occasion des fêtes annuelles de Nossa Senhora da Agonia et tous ont été conquis par l accueil chaleureux du Maire de Viana, José Maria Costa, par la gentillesse et le dévouement de Arnaldo Ribeiro, Responsable des Jumelages à la Mairie de Viana, par le dynamisme de la ville et des associations qui ont animé cette fête, par la ferveur populaire autour de toutes ces festivités. «Spectacles, défilés, animations, resteront dans nos mémoires, mais comment ne pas être impressionné par l énergie, la capacité physique, la dextérité de ces tambours ou Bombos qui pendant les 5 jours se sont surpassés. Anne hidalgo em lisboa Cônsul de Portugal e esposa na Associação de La Rochelle DR Jean Bernard Canton et Bernard Bouc avec José Maria Costa DR Nous n oublierons pas non plus, ces défilés de costumes folkloriques, les chars du défilé ethnographique, aussi beau les uns que les autres, le défilé de Santa Agonia. Enfin, pour terminer comme en apothéose, nous avons pu admirer tout le dévouement et le dynamisme de ces jeunes et moins Anne Hidalgo, a Primeira Adjointe ao Maire de Paris e também candidata à cadeira de Bertrand Delanoë nas próximas eleições municipais francesas, deslocou-se a Lisboa na semana passada, entre os dias 19 e 20 de setembro, no quadro da celebração dos 15 anos do Tratado de Amizade entre Paris e Lisboa, a convite de António Costa, Presidente da Câmara Municipal de Lisboa. Na delegação foi também Hermano Sanches Ruivo, Conselheiro de Paris e Régine Hatchondo, Diretora dos assuntos culturais da Mairie de Paris. Anne Hidalgo marcou presença na inauguração da loja Cartier em Lisboa e assistiu à estreia mundial da peça de teatro «A terrível mas inacabada história de Norodom Sihanouk, Rei de Camboja» da dramaturga e ativista Hélène Cixous, pelo Théâtre du Soleil de Paris, no Teatro Municipal São Luiz. Na sexta-feira, Anne Hidalgo foi tomar o pequeno-almoço à Fundação Calouste Gulbenkian na presença dos membros do Conselho de Administração da Fundação, de António Costa e de Catarina Vaz Pinto, Vereadora da Cultura. jeunes des quartiers, tapissant avec passion et application, les rues de la ville» dit Jean Bernard Canton, Président du Comité de jumelage. «Nous sommes revenus de Viana, enthousiastes, enchantés, avec un peu de nostalgie après ces moments inoubliables, mais avec toutefois une certitude delanoë apoia António costa qui sortait de toutes les lèvres sûr, nous reviendrons». «Ce premier voyage a aussi permis de discuter sur de futurs partenariats entre les deux villes, des échanges culturels e sportifs seront au rendez-vous ainsi que des échanges de stagiaires en formation professionnelle» rajoute Isabel Vincent Pereira, élue d origine portugaise à Pessac et qui a rencontré début août Maria José Guerreiro et Arnaldo Ribeiro pour préparer ce voyage et parler de futurs partenariats. Un prochain rendez-vous est déjà pris à Pessac pour fêter le 40ème anniversaire de La Révolution des Œillets avec les deux villes, le Comité de jumelage et l Association culturelle O Sol de Portugal qui maintient des relations suivies avec Viana do Castelo depuis 20 ans et pour laquelle elle a reçu l année dernière la Médaille de la ville. Bertrand Delanoë a soutenu le candidat PS à la Mairie de Lisboa, António Costa. Dans une vidéo, il a déclaré: «Nous Parisiens, nous aimons beaucoup Lisbonne. C est pourquoi je suis si heureux de partager avec le Maire de Lisbonne, mon ami António Costa. Parce que pendant toutes ces années, on a pu porter ensemble des valeurs qui nous étaient communes. Je pense à notre identité culturelle. J étais heureux de rendre hommage à Amália Rodrigues à Paris avec lui, de soutenir son combat très juste pour que le fado soit reconnu comme le Patrimoine de toute une Humanité. Au-delà de cela, nous avons beaucoup travaillé ensemble, partagé, s influencé, parce que nos valeurs sont les mêmes: la justice sociale, l unité de la société, l attractivité, l innovation... Lisbonne est une grande métropole européenne, et ensemble on a essayé de s influencer pour avoir de l ambition pour nos villes. Donc maintenant, pour l avenir, cet homme simple, proche des citoyens, qui sait avoir une relation authentique tout en étant ambitieux pour sa ville, et bien oui, je forme des vœux pour Lisbonne, car avec António Costa, nous sommes tous ensemble pour Lisbonne, même nous les Parisiens», a- t-il déclaré sur la page Youtube «Juntos por Lisboa».

5

6 06 destaque le 25 septembre 2013 Entrevista com o Presidente Carlos Ferreira A Academia do Bacalhau tem de ser uma instituição mais respeitada Por Carlos Pereira Nos próximos dias 27, 28 e 29 de setembro, vai ter lugar em Viseu o Congresso Mundial das Academias do Bacalhau, uma instituição criada há 45 anos, em Joanesburgo, na África do Sul, e que foi alastrando pelo mundo, junto das Comunidades portuguesas. A Academia do Bacalhau de Paris vai marcar uma forte presença em Viseu, com uma delegação de quase 50 Compadres e Comadres. É gente que janta uma vez por mês, por amizade e para convívio, mas que também o faz por solidariedade e por filantropia, ajudando causas sociais. Carlos Ferreira é empresário e está a meio do seu primeiro mandato à frente da Academia do Bacalhau de Paris. Em vésperas de Congresso, acedeu responder às perguntas do LusoJornal. LusoJornal: Quantos membros tem, atualmente, a Academia do Bacalhau de Paris? Carlos Ferreira: Estamos a crescer, com o aumento dos membros ativos para mais de uma centena. Desde o início do meu mandato, já ultrapassámos a vintena de novos membros e estão em preparação novas entronizações de Compadres e Comadres. Para além destes membros, a Academia tem ainda outros aos quais atribuiu o Diploma de Compadre por motivos, entre outros, de natureza protocolar, como é nomeadamente o caso de antigos Embaixadores de Portugal em França ou de Cônsules. LusoJornal: Temos a impressão que aumentou o número de eventos. É impressão nossa? Carlos Ferreira: É uma constatação do que na realidade tem vindo a acontecer. Aos jantares mensais, há que referir um número significativo de eventos a que a Academia esteve associada, desde a participação na estreia do filme Cage Dorée, até à Gala na Cité nationale de l Histoire de l Immigration por ocasião do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, passando pelo apoio a um concerto de música clássica na Église des Invalides, aos jantares que organizou a nível regional, em cidades um pouco mais afastadas do centro de Paris, com vista a facilitar a participação do maior número de membros na vida da Academia e aos encontros realizados durante o verão em Portugal com objetivos de beneficência. LusoJornal: O objetivo é de aumentar o número de membros? Carlos Ferreira: As atividades promovidas correspondem ao programa com que me candidatei à Academia e fazer dela uma instituição de referência na nossa Comunidade, como, em regra, são as Academias do Bacalhau nos outros continentes e países. Evidentemente, esse é também o nosso desejo, pois quantos mais formos mais condições teremos para promover os nossos valores e alcançar os nossos objetivos, quer no âmbito da Portugalidade, quer da Solidariedade. A Amizade é a base. lusojornal.com Carlos Ferreira em entrevista ao LusoJornal LusoJornal / Carlos Pereira LusoJornal: Podemos saber o volume de apoio que já deram? Carlos Ferreira: Claro que sim. A Academia tem já um longo historial nessa área que honra os vários responsáveis que a dirigiram. Eu procuro seguir o exemplo e desde o início do nosso mandato já foram atribuídos perto de euros. LusoJornal: Temos ouvido comentários que só apoiam instituições em Portugal. Confirma isso? Carlos Ferreira: Os comentários são parcelares, tanto mais que o principal donativo até hoje atribuído foi a uma associação com sede em França: a Associação Vivre Sa Vie, de que é Presidente uma compatriota. Atribuímos outros donativos a instituições em França, ligadas à nossa Comunidade, como é o caso, a título de exemplo, da Santa Casa da Misericórdia de Paris. Em Portugal, prestámos também apoios, penso que nenhum membro está contra isso, a pessoas singulares e a instituições privadas de solidariedade social como a Fundação Gil, o Berço e a Cerci, de que é Presidente uma irmã do nosso Compadre Amílcar Sanches. Cada uma destas instituições desenvolve um trabalho notável que me esforçarei para dar a conhecer melhor a todos os Compadres e Comadres. A problemática da solidariedade será um pilar da ação da Academia a que vou dar uma atenção reforçada, com a proposta de novas iniciativas. LusoJornal: Cada um dos jantares tem um convidado de honra. Que tipo de convidados tem tido? Carlos Ferreira: Esse é um modelo que nem sempre é seguido, pois há muitos jantares em que não há convidados de honra ou os convidados de honra são a própria Academia ou membros da mesma. Outras vezes, há efetivamente convidados, aos quais propomos temas para curtas intervenções sobre os mais diversos assuntos, com o objetivo de promover o enriquecimento cultural e os conhecimentos dos nossos membros. LusoJornal: Têm membros de outras nacionalidades? Carlos Ferreira: Temos poucos que não sejam portugueses mas há alguns. O que evidencia que a nossa Academia é uma associação aberta e que pretende ter ligações com o meio em que se insere. Nessa perspetiva, a Academia alimenta o sonho de criar em Paris um Espaço da Lusofonia, tema que submetemos a todos os candidatos às últimas eleições Presidenciais francesas. LusoJornal: Isso entra nos objetivos da Academia? Carlos Ferreira: Sim, na medida em que um dos pilares base da ação da Academia é promover a Portugalidade. É nessa linha que temos vindo também a trabalhar, sabendo que é um projeto para o futuro, ainda sem prazos, mas já com um fundo criado para o efeito. LusoJornal: De que necessitam para o fazer? Carlos Ferreira: De tudo, a começar pela motivação que mantivemos até agora e por aumentar a nossa representatividade. Nós queremos trabalhar nesta direção e para esse fim é indispensável que sejamos reconhecidos como uma associação credível e representativa da Comunidade. LusoJornal: Este é o grande projeto de fundo? Carlos Ferreira: Este é emblemático, exige muitos recursos, é na verdade um projeto de fundo, mas não é o único. A Academia não se vai esgotar neste projeto mesmo se ele é de uma grande dimensão. LusoJornal: A Academia pretende ser uma espécie de clube de reflexão, mas sei que não podem falar de política, nem de negócios. Como concilia isso? Carlos Ferreira: A Academia não tem a vocação de ser um clube de reflexão, de discutir e fazer propostas, mas sim a de ser uma grande plataforma de encontro de pessoas que partilham idênticos valores e a vontade de os pôr em prática, como o de promover a língua portuguesa, no campo da portugalidade, de fomentar a solidariedade na Comunidade com a recolha de fundos para atribuição de donativos. O facto de não se falar em política deve isso impedir-nos de exercer a nossa cidadania, a nossa portugalidade? O fato de não se falar em negócios, que há que nos impeça de promover ou de apoiar o empreendedorismo social na Comunidade? O encontro de pessoas gera sinergias que não podem ser desperdiçadas. É como se estivéssemos a produzir energia e depois a não utilizássemos, nem nos preocupássemos com isso. LusoJornal: Apadrinharam a criação da Academia do Bacalhau de Rouen, mas têm pouca relação com a de Lyon... Carlos Ferreira: Foi também Paris que apadrinhou Lyon. Há por isso uma ligação que pode ter perdido intensidade com o tempo mas que vamos reposicionar no nível das relações que hoje temos com Rouen. Com esse objetivo, vou procurar encontrar-me com o Compadre Presidente José Proença de Lyon. Temos de mudar esta situação. LusoJornal: Mas o vosso objetivo é ajudar a criar outras Academias? Carlos Ferreira: Na semana passada foi oficializada a Academia de Bruxelas, apadrinhada por nós e temos em vias de oficialização a de Londres, que já está a funcionar bem. Em França, apadrinhámos a Academia de Rouen e em Bordeaux já se vão reunindo, mas nunca foi apresentada a Congresso, nem oficializada. Já estamos em contacto com eles e provavelmente vão-nos acompanhar ao Congresso. LusoJornal: Esta semana realiza-se o Congresso mundial das Academias do Bacalhau. É um momento importante? Carlos Ferreira: O Congresso é o único momento em que todas as propostas de organização se discutem e se votam. Não podemos tomar iniciativas sem serem decididas em Congresso. LusoJornal: Foi em Congresso que foi decidido que as mulheres podiam integrar a Academia? Carlos Ferreira: Devo começar por lhe dizer que sempre foi permitido haver mulheres nas Academias. A primeira Comadre foi a Amália Rodrigues, no princípio dos anos 70; a Comadre Manuela Aguiar já há muitos anos que é também membro da Academia-Mãe. O assunto suscitou alguma polémica que foi solucionada por uma deliberação tomada em Congresso. O tema é hoje mais que pacífico. LusoJornal: É importante que a Academia de Joanesburgo seja a Academia-mãe? Carlos Ferreira: O nosso movimento está em crescimento, sentimos que está a dinamizar-se. O que é importante é que a Academia-Mãe - que é a Academia onde tudo começou em hoje tem um Presidente e uma equipa que trabalham mesmo muito bem. Neste Congresso vai-se notar a diferença. Estão a fazer um levantamento de tudo o que se faz em todas as Academias e criaram um jornal, fizeram uma compilação de todas as atas do Congresso. Nós, em Paris, estamos muito contentes com o que se está a passar. Temos dado um apoio incondicional à Academia-Mãe. Um movimento tão grande como o nosso só se pode perenizar com uma entidade coordenadora incontestável. É verdade que há uns anos, cada Academia fazia o que queria e a Academia-Mãe não fazia o devido enquadramento. LusoJornal: Sente que a Academia de Paris está a desempenhar um papel importante neste movimento mundial? Carlos Ferreira: De facto, somos uma Academia dinâmica. O nosso ex-presidente, o António Fernandes, até disse no Congresso de Maputo que somos a melhor Academia do mundo (risos). É verdade que passámos a ser um núcleo importante no movimento. LusoJornal: Como está o clima interno? O candidato que concorreu consigo, Nuno Cabeleira, continua a frequentar a Academia? Carlos Ferreira: O clima interno é de amizade e de uma grande exigência ética a nível de comportamentos e atitudes. As últimas eleições foram o exemplo acabado dessa exigência. O Compadre Nuno Cabeleira continua a ser o Compadre de sempre, respeitador e pelo qual todos temos o maior respeito, continuando a ser membro da Academia e a participar nos respetivos eventos. LusoJornal: Vai candidatar-se novamente no fim do mandato? Carlos Ferreira: Estou a meio do meu mandato, constatando que tenho ainda muito por fazer do trabalho que me propus realizar. Como sempre o fiz, quero levar os meus compromissos até ao fim e por isso serei certamente candidato nas próximas eleições, contando aumentar substancialmente o apoio que recebi nas últimas eleições.

7

8 08 empresas le 25 septembre 2013 Presenças consulares Bayonne Presença consular do Consulado- Geral de Portugal em Bordeaux Associação Divulgação da Cultura Portuguesa, 39 rue Joseph Latxague, Bayonne (64) Das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00 Dias 27 de setembro, 25 de outubro e 22 de novembro Marcação prévia: Nantes Presença consular do Consulado- Geral de Portugal em Paris La Manufacture, 10 boulevard de Stalingrad, Nantes (44) Das 9h00 às 13h00 Dias 21 e 22 de outubro Informações: Pau Presença consular do Consulado- Geral de Portugal em Bordeaux Mairie de Pau, place Royal, Pau (64). Das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00 Dias 11 de outubro e 8 de novembro Marcação prévia: Roubaix Presença consular do Consulado- Geral de Portugal em Paris Foyer Bar du Théâtre Pierre de Roubaix, 78 bd de Belfort, Roubaix (59). Das 9h00 às 13h00 Dia 15 de outubro Informações: Rouen Presença consular do Consulado- Geral de Portugal em Paris Consulado Honorário de Portugal, 3 place du Maréchal Joffre, à Rouen (76). Das 10h00 às 14h00 Dia 10 de outubro Informações: Sens Presença consular do Consulado- Geral de Portugal em Paris Mairie de Sens, 100 rue de la République, Sens (89) Das 10h00 às 14h00 Dia 26 de setembro Informações: Carlos de Matos organizou convívio no fim de semana passado Groupe saint Germain está a construir a résidence sabine em saint denis Por Mickael de Oliveira Na sexta-feira passada, dia 20 de setembro, o Groupe Saint-Germain, empresa dirigida pelo português Carlos de Matos, organizou um convívio na rue Proudhon em Saint Denis, perto do Boulevard Périphérique e da nova estação de metro Front Populaire, que reuniu na Résidence Sabine, que está a construir, todas as pessoas que participaram de forma direta ou indireta neste projeto: empresários, políticos, futuros residentes, agências de seguros e bancos. Em cada prédio faço três convívios, no princípio da obra, a meio da obra mais ou menos e um mês antes de entregar as chaves aos clientes. Para criar uma ligação entre as diferentes partes, afirmou Carlos de Matos quando contactado pelo LusoJornal. Estiveram presentes entre outros, Didier Paillard, Maire de Saint Denis, Stéphane Peu, Maire Adjoint, Catherine Léger, Diretora da SEMM, Michel Bournat, Diretor delegado Norte da AFTRP, Carlos Vinhas Pereira, da Câmara de Comércio e Indústria Franco- Portuguesa, o Presidente da Agence foncière de la région parisienne (AFTRP), e o Presidente da Associação dos comerciantes chineses. Foi depois de ter reabilitado um edifício em Saint Denis que Carlos de Matos conseguiu ganhar a confiança do Maire. Mas desta vez, o Groupe Saint Germain não foi contactado para uma reabilitação mas sim para fazer parte do processo de desenvolvimento de uma zona completamente nova de Saint Denis. Um desafio enorme que se encontra agora na fase de acabamentos. Um outro convívio está agora previsto para novembro. No que diz respeito à presença dos comerciantes chineses nesse convívio, Carlos de Matos deu duas explicações. A primeira é que 30% dos apartamentos foram vendidos a chineses, e também por causa do projeto Paris-Ásia, um dos maiores projetos internacionais que vai começar a florescer a partir da primavera 2014 em Tremblay-en-France, contou ao Luso- Jornal. O objetivo desse projeto foi claramente criar um espaço no qual possam ser exploradas e desenvolvidas as relações com a China, mas também para que o nome das empresas, de França e de Portugal tenha alguma ressonância nesse país. Está prevista a criação de cerca de empregos e empresas em áreas relacionadas com pessoas e casa, graças ao Paris Ásia Business Center. Com a construção da Résidence Sabine, Carlos de Matos e o Groupe Saint Germain demonstraram portanto mais uma vez que tanto podiam participar na reabilitação e na renovação de um prédio, como fazer parte da criação de uma zona completamente nova da mesma cidade, Saint Denis. Presidente do ivdp entronizado confrade da Jurade de saint emilion É uma das mais importantes e antigas Confrarias do mundo e a primeira e mais conceituada da Região Demarcada de Bordeaux. O privilégio de pertencer à lista da Jurade de Saint Emilion é reservado a muito poucos, considerados embaixadores do vinho à escala mundial. No dia em que a Jurade assinalou a abertura das vindimas de 2013, o Ban de Vendage, o Presidente do Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto (IVDP), Manuel de Novaes Cabral, juntou-se à lista de Portugueses honrados com a Jurade de Saint Emilion, como Prud homme. Os momentos altos deste dia especial para Saint Emilion são a cerimónia de entronização de novos membros e a declaração oficial da abertura das vindimas feita do topo Carlos de Matos, Catherine Léger, Didier Paillard e Carlos Vinhas Pereira DR Manuel Cabral com Hubert de Boüard, Premier Jurat de Saint Emilion DR da Medieval Torre do Rei. A Jurade de Saint Emilion tem as suas origens em 1199, mas a sua reconstituição, que deu origem à composição atual, data de Atualmente a Jurade conta com 120 Jurados (Confrades), entre viticultores, empresários e personalidades da área vitivinícola. Conta ainda com Chanceleres que representam a Confraria no estrangeiro: dois no Reino Unido, dois na Bélgica, um em Malta, Suíça e Hong Kong. Só há dois momentos do ano onde têm lugar novas entronizações: na Festa da Primavera, ao terceiro domingo de junho, e na Ban de Vendages (Festa de abertura das Vindimas) no terceiro domingo de setembro. Tourcoing Presença consular do Consulado- Geral de Portugal em Paris Mairie de Tourcoing, 10 Place Victor Hassebroucq, Tourcoing (59) Das 9h00 às 13h00 Dia 1 de outubro Informações: Troyes Presença consular do Consulado- Geral de Portugal em Paris Associação Casa Cultural e Social Portuguesa de Troyes, 125 avenue Robert Schuman, Troyes (10). Das 10h15 às 14h15 Dia 8 de outubro Informações: lusojornal.com Alunos portugueses imaginam decoração de um chalé nos Pirinéus Dois alunos do IADE - Creative University venceram o Interior Deck Award, concurso internacional exclusivamente destinado a alunos de design de interiores. Catarina Almeida Santos e João Pereira, mestres em Design de Produção pelo Instituto universitário, responderam ao desafio de desenvolver o projeto para o interior de um chalé de fim de semana, localizado nos Pirinéus. Inspirados na beleza da cordilheira da Península Ibérica, os jovens tinham como objetivo desenvolver um conceito que se fundisse com a paisagem local. Assim, mantiveram os materiais típicos da zona, como a pedra, e, tratando-se de um local frio, utilizaram maioritariamente a madeira no sentido de transmitir a sensação de conforto. Privilegiando a utilização dos brancos e metais quentes, como o bronze e o dourado, os dois criativos deram ainda ênfase à luz natural do espaço. A proposta dos alunos do IADE vai agora ser divulgada em revistas, blogues e sites internacionais da área do design. Desafiando jovens apaixonados pelo design em todo o mundo, o objetivo do InteriorDeck é o de proporcionar uma experiência real que supõe a criação de um projeto em ambiente profissional e de dar aos alunos a oportunidade de expor o seu talento e criatividade.

9 le 25 septembre 2013 empresas 09 Empresa criada e dirigida por Maria Zita Morgado mz Voyages festejou 20 anos de atividade Por Carlos Pereira Maria Zita Morgado nasceu em Usseira, uma pequena aldeia perto de Óbidos mas veio para França com os pais, com apenas 9 anos. Estudou cá mas começou a trabalhar aos 16 anos de idade, sempre na área das viagens. Mais tarde criou a MZ Voyages, empresa que tem atualmente 4 agências, 12 empregados e um volume de negócios que ronda os 6 milhões de euros. Para festejar os 20 anos de existência da MZ Voyages, Maria Zita Morgado juntou na semana passada, toda a sua equipa, os principais parceiros, fornecedores e clientes, numa noite de emoção. Foi nesse dia que respondeu às perguntas do LusoJornal. LusoJornal: Como surgiu a ideia de abrir uma agência de viagens? Maria Zita Morgado: Eu comecei a trabalhar com apenas 16 anos, na Wasteels, mas a vida levou-me para outros percursos. Em 1993 encontrei-me desempregada e tornei a pedir emprego à Wasteels. Eles aceitavam-me, mas só me queriam pagar o ordenado mínimo. Custava-me, com a minha experiência, ter de recomeçar tudo outra vez, pelo nível mais baixo. Com os clientes que eu conhecia, pensei que podia ganhar a minha vida sozinha. O meu marido apoiou-me muito e foi assim que tudo começou, exatamente no dia 7 de setembro de LusoJornal: Ainda se lembra do seu primeiro cliente? Maria Zita Morgado: Tenho muita pena que ele não esteja aqui hoje. É o Sr. Tibério, de Villejuif, mas agora está reformado e passa muito mais tempo em Portugal. Aluguei uma antiga loja de tapeçaria que fechou, em Montgeron, e o Senhor Tibério foi o primeiro que me comprou uma viagem para Portugal. Toda a equipa da MZ Voyages com Maria Zita Morgado à esquerda LusoJornal / Carlos Pereira LusoJornal: Logo à partida era uma agência especializada no mercado português? Maria Zita Morgado: Sim. A Wasteels já era uma rede de agências especialista em Portugal, os clientes já me conheciam, as empresas também, o meu marido conhecia muita gente. Nesta zona de Montgeron havia muitos Portugueses mas não havia nenhuma agência portuguesa. LusoJornal: E como surgiram as outras agências? Maria Zita Morgado: Dois anos depois comprei duas agências porque a pessoa ia reformar-se. Uma em Villeneuve-Saint Georges e a outra em Montgeron, que estava do lado oposto da cidade. Depois comprei uma quarta, em Draveil, também de uma pessoa que se aposentava e propôsme de recuperar a agência. Entretanto fechei a segunda agência de Montgeron porque abriram mais duas. Éramos quatro agências na cidade e eu estava a pagar duas rendas. Fechei uma. LusoJornal: São agências muito localizadas no departamento 94. Como surgiu a agência de Paris? Maria Zita Morgado: Surgiu ali uma oportunidade. Não tínhamos implantação em Paris e eu sei que em Paris ainda há muita gente portuguesa que necessita do apoio de uma agência. Quem está em Paris desloca-se muito dificilmente para fora da cidade e por isso recorrem às agências do bairro. LusoJornal: Há perspetivas de evolução? Maria Zita Morgado: Por enquanto não. Eu também quero, daqui por 4 ou 5 anos, deixar a direção da empresa a outras pessoas (risos). LusoJornal: Esta é uma empresa muito familiar, não é? Maria Zita Morgado: Sim, claro. Abri com o meu marido, que entretanto já faleceu, mas era um bom apoio comercial para mim. O meu filho mais velho começou a trabalhar comigo. Quando eu abri a primeira agência ele tinha 16 anos e quando eu tinha de sair, ficava à frente do balcão. Agora está estabelecido por conta própria, retomou a atividade do pai, ligada à construção civil, mas mora em Perpignan. Tenho o meu filho mais novo e a minha nora a trabalhar comigo. Espero que eles continuem o projeto. LusoJornal: A chegada da internet não veio estragar o trabalho das agências de viagem? Maria Zita Morgado: Já notei mais evolução do que agora. As pessoas tornam a vir à agência porque têm uma pessoa à frente com quem podem falar. Por vezes passam horas na internet, têm tanta coisa, mas não sabem o que devem escolher. Aqui têm um serviço especializado. Se houver algum problema sabem a quem telefonar. Quando nos pagam a nós, dão primeiro um sinal, só pagam o saldo um mês antes da partida, e esse dinheiro nunca está perdido porque nós temos seguros. LusoJornal: Que tipo de clientes têm? Compram mais viagens ou mais bilhetes? Maria Zita Morgado: Nas 4 agências, penso que devemos ter uma clientela 50% turismo e 50% viagens. LusoJornal: Continuam a ter então uma clientela essencialmente portuguesa? Maria Zita Morgado: Grande parte da clientela é portuguesa, sim. Varia em cada agência. A de Paris, por exemplo, é quase 100% Portugal e Cabo Verde. A de Draveil é bem menos. Também temos os marroquinos e os argelinos, que gostam de passar pelas agências. em síntese la «rentrée» du Portugal Business club de saint etienne Le Portugal Business Club de Saint Etienne organise sa première rencontre de rentrée le vendredi 27 septembre, à la Foire Internationale de Saint Etienne, Saint Etienne Parc Expo, avec la présence de Maria de Fátima Mendes, Consule Général du Portugal à Lyon, pour sa première visite à Saint Etienne depuis sa récente prise de fonction, accompagnée d une Délégation d entreprises portugaises en visite à Saint Etienne. Les organisateurs ont prévu un buffet de spécialités avec dégustation de vins portugais, fourni par Tony Gonçalves, «Traiteur Cours Fauriel» et Antoine Pinto, «Millésimes et Gourmandises», au Village International - Stand Réception. empresas portuguesas na Première Vision Pluriel A feira profissional Première Vision Pluriel, evento referência do setor têxtil da Moda - que inclui as feiras Première vision (têxteis), Expofil (fios), Modamont (acessórios), Zoom By Fatex (confeção a feitio) e ainda a feira internacional de curtumes a Le Cuir à Paris (curtumes) - integrou este ano 46 empresas e/ou entidades portuguesas, no Parque de Exposições de Paris Nord Villepinte, entre os dias 17 e 19 de setembro. novo restaurante português em Fleury-les-Aubrais Teve lugar no passado dia 20 de setembro a inauguração de um novo restaurante de cozinha portuguesa, Le Tamariz, na localidade de Fleuryles-Aubrais, na períferia de Orléans. Nesta aventura encontram-se reunidos João Fernando Lopes e Joaquim Dias Vizeu, o primeiro, um reputado cozinheiro com 30 anos de experiência na cozinha portuguesa, o segundo, empresário em Orléans, proprietário há uma dezena de anos da empresa ID Tendences Habitat, especializada na montagem de portas e janelas. O novo restaurante nasceu da vontade de dois amigos vindos de universos profissionais completamente distintos que nada parecia juntar, mas que a vontade, o amor e a ligação comum a Portugal reuniram para criar um novo ponto de encontro de cores portuguesas. O Cônsul Honorário de Portugal em José de Paiva, Pierre Bauchet e Joaquim Dias DR Orléans, José de Paiva, esteve presente na inauguração, assim como o Maire de Fleury-les-Aubrais, Pierre Bauchet, e o Conselheiro das Comunidades, Carlos dos Reis. Foi um momento de grande movimento, com sala a transbordar de convidados e amigos, boa música a animar o acontecimento, mas, sobretudo, uma larga amostra da gastronomia portuguesa que não deixou ninguém indiferente e deixa augurar de um bom sucesso para o futuro. A larga experiência profissional na cozinha de João Lopes é a maior garantia de perenidade e excelência na divulgação da imagem da nossa gastronomia. São especialidades da casa o leitão, o bacalhau e o polvo à Tamariz, nome do restaurante, que foi sugerido pela filha de João Dias, advogada em Nice. O restaurante encontra-se aberto todos os dias, com uma pausa nas terças, à tarde. Le Tamariz 157 bis rue des Fossés Fleury les Aubrais Infos: sdm promove o investimento na madeira À semelhança do que já aconteceu em anos anteriores, um Diretor da Sociedade de Desenvolvimento de Madeira (SDM) desloca-se nas próximas semanas a França, com especialistas de empresas locais de gestão, para se encontrar com empresários interessados em investir na Madeira. Várias reunião estão já agendadas, no Mónaco (14 de outubro), em Nice (15 de outubro) e em Paris (16, 17 e 18 de outubro). Os organizadores pretendem responder às questões relacionadas com o direito fiscal internacional e fornecer informações sobre o novo regime fiscal da Madeira, após as recentes deliberações da Comissão europeia. Os especialistas que participam nestas reuniões estarão disponíveis para responder a todas as perguntas sobre o assunto disse ao LusoJornal um representante da empresa SAI, representante da SDM em França. lusojornal.com

10 10 empresas le 25 septembre 2013 em síntese compra da AnA pela Vinci está concluída O Secretário de Estado dos Transportes avançou que a transação relativa à compra da ANA - Aeroportos de Portugal pela francesa Vinci ficou totalmente concluída na semana passada, com o pagamento final de milhões de euros. A transação do ponto de vista de privatização e de pagamento de concessão ficou totalmente concluída hoje, disse Sérgio Monteiro, na cerimónia da assinatura do projeto de parceria estratégica entre o Estado Português e a gestora aeroportuária francesa. No total, a privatização da ANA rendeu aos cofres do Estado milhões de euros, tendo sido recebidos, na semana passada, os últimos milhões de euros pelo Estado português que, segundo Sérgio Monteiro, servirão para a consolidação orçamental e abater à dívida pública. O Secretário de Estado adiantou ainda que a ANA e a Vinci, como acionista, vão apresentar um plano estratégico a cada cinco anos, que promova a coesão social e territorial e o desenvolvimento dos aeroportos portugueses, sendo o primeiro entregue até 14 de dezembro deste ano. ccifp: réunions sur le secteur du bâtiment Empresa na área do aquecimento central e da energia solar na semana passada foi inaugurada a macolis Fr Por Carlos Pereira Foi inaugurada no sábado passado, na Zona Industrial de Chennevières-sur- Marne, a empresa Macolis FR, uma empresa especializada em aquecimento central e energia solar de Leiria, fundada há quase 30 anos por Luís Carreira. Na inauguração estavam presentes muitas empresas de construção civil da região de Paris e Valdemar Francisco, um dos Administradores da Câmara de Comércio e Indústria Franco-Portuguesa (CCIFP). Luís Carreira respondeu às perguntas do LusoJornal. LusoJornal: A criação desta empresa faz parte de uma vontade de internacionalização? Luís Carreira: Fomos fazer uma pesquisa de mercado em África, mas acabamos por vir para França por ser uma cultura mais próxima da nossa, já tínhamos cá alguns clientes, e eu já estive cá emigrado. Vim a salto em 1963 e fui para fazer a tropa em Precisamente trabalhei aqui no aquecimento central e de certo modo motivou-me e deu-me alguma força para vir cá implantar esta empresa. Agora estou a recuperar o meu francês (risos). LusoJornal: Quer dizer que o mercado português já era pequeno? Luís Carreira: Sair não era uma necessidade, mas era uma vontade. Temos mais de 40 trabalhadores que queremos guardar. Eles ajudaram-nos muito a desenvolver a empresa e nós não queríamos perdê-los. Vimos que temos recursos humanos e experiência para alargar a novos horizontes. Bruno e Luís Carreira com Valdemar Francisco da CCIFP (ao centro) LusoJornal / Carlos Pereira LusoJornal: Qual é a vossa especialidade? Luís Carreira: É o aquecimento central, climatização, ar condicionado e queremos fazer cá uma grande aposta na energia solar. Em Portugal fizemos algumas parcerias, também com o Estado, no desenvolvimento desta área. Também fazemos canalização, tubagens, pensamos também no consumidor final, na área de recuperadores de calor para lareiras, e queremos alargar muito mais, colaborando com o estado francês, na área das energias renováveis. LusoJornal: Esse é um setor de atividade muito atual... Luís Carreira: Somos uma empresa sempre aberta à evolução das tecnologias como temos feito ao longo dos 30 anos. Chegamos a um patamar que nos satisfaz. LusoJornal: Quem querem que sejam os vossos clientes? Luís Carreira: Todos os empresários e também os particulares. A nossa preocupação é respeitar sempre as normas francesas, mas também dar formação aos nossos clientes para uma melhor utilização dos materiais e dos sistemas. LusoJornal: Porque escolheram Chennevières? Luís Carreira: Nós temos uma filial em Coimbra e quando fui lá à procura de um local, eu e o meu filho, íamos sempre parar ao mesmo sítio. Chegamos à conclusão que aquele era o sítio indicado. Aqui aconteceu a mesma coisa. Fomos ver vários espaços, viemos aqui, vimos isto, o armazém teve de ter muitas obras, estamos perto da N4, próximo de Paris, e seguimos o nosso instinto. LusoJornal: Em Portugal a vossa empresa existe há quase 30 anos... Luís Carreira: Vai-os fazer no dia 20 de junho de Criei a empresa com o apoio da minha família, e os meus filhos Bruno e Carla continuam comigo. A sede está na Boavista, perto de Leiria. Fomos crescendo e chegamos ao ponto de faturar 14 milhões de euros, com 45 colaboradores. LusoJornal: Em França a abertura oficial é hoje? Luís Carreira: Oficialmente abre hoje, mas já tivemos aqui algumas vendas. Vim cá encontrar excelentes empresas de Portugueses. Estou a pensar, por exemplo, no senhor Carlos Matos do Grupo Saint Germain, que já é nosso cliente. Isso ajuda muito a penetrar no mercado francês. Neste momento temos cá duas pessoas em permanência, entre os quais o nosso técnico comercial. Eu e o meu filho, que é o responsável pela parte comercial e técnica, viremos cá regularmente. LusoJornal: Estão a pensar instalar-se noutros países? Luís Carreira: Quando damos passos, temos de dar passos acautelados. Sempre que surge uma oportunidade, podemos ir. Mas agora queremos desenvolver e consolidar bem este projeto. O projeto em Portugal está consolidado, somos uma empresa sólida. Aqui queremos fazer a mesma coisa, não queremos andar a saltar de um lado para o outro. La Chambre de Commerce et d Industrie Franco-Portugaise (CCIFP) démarre aujourd hui, le mercredi 25 septembre, une série de réunions régulières, mensuelles, au siège de la CCIFP (7 avenue de la Porte de Vanves, Paris 14ème) sur le secteur du bâtiment. «Sont conviés les membres du secteur du bâtiment pour une discussion en groupe qui durera 1h30m. Il aura un thème défini, et tous les participants aurons l opportunité de s exprimer sur leurs expériences, pratiques, idées, ainsi qu écouter celles de leurs homologues» dit une note de la Chambre de commerce. La réunion d aujourd hui aura pour thème: «Les partenariats entre les sociétés portugaises e franco-portugaises dans le bâtiment. Quel avenir?». lusojornal.com lyon: Grupo Fontanel festejou 50 anos com Portugueses Por Jorge Campos A empresa de construção Fontanel, com sede em Quincieux (69), festejou os seus 50 anos de existência na sexta feira dia 20 de setembro, nos seus locais e escritórios. A equipa de dirigentes do grupo, o pai e fundador Bernard Fontanel, hoje já aposentado, acompanhado pelos filhos Jocelyn e Norbert e pelo sócio Walter discursaram e felicitaram todos os que com eles construíram o Groupe Fontanel, desde o ano Quando criou a empresa, em 1963, Bernard Fontanel contava já com a presença de três irmãos portugueses, os irmãos Mendes. A empresa rapidamente cresceu ao ritmo dos contratos feitos com outras empresas na região de Lyon. Hoje o grupo é composto por duas sociedades, a Fontanel Imobiliária, e a SAS Fontanel. Conta com cerca de 250 empregados, com um volume de negócios de cem milhões Festa dos 50 anos no Grupo Fontanel LusoJornal / Jorge Campos de euros. Dentro de cinco anos o Presidente avança com o objetivo de 150 milhões de euros de volume anual de negócios. Só o grande estádio do Olympique de Lyon vai ter uma participação do grupo na ordem dos trinta milhões de euros. Cerca de 75% os empregados do grupo tem origem portuguesa. Chefes de equipas, chefes de obras e de estaleiros, pedreiros, plaquistas, condutores de máquinas e trolhas, são os postos mais ocupados por portugueses, muito apreciados pela Direção. No decorrer destes 50 anos eles participaram em grande número no sucesso desta empresa familiar. Há certas obras que só se ouve falar português... somos todos portugueses, desde o chefe ao trolha disse ao LusoJornal A. Fernandes, um dos empregados do grupo. Já cá trabalho há uns anos e temos muitas e boas avantajes. Gosto de cá trabalhar, é um bom patrão.

11

12 12 cultura le 25 septembre 2013 em síntese Créé par l Association Culturelle des Portugais de Saint Ouen Film Art: un concours de vidéo pour amateurs et professionnels Par Carlos Pereira Financiamento francês para o novo filme de miguel Gomes, As mil e uma noites O novo filme de Miguel Gomes inspirase na estrutura de As Mil e Uma Noites, para abordar histórias que partem da realidade de um desgraçado país, Portugal. O realizador Miguel Gomes liderou a conferência de imprensa de apresentação do projeto, uma coprodução entre Portugal, França e Alemanha, com um orçamento de 2,770 milhões de euros, que deverá estar pronta em março de O que se pretende com este filme, diz a apresentação, é fazer duas coisas em simultâneo : Retomar o espírito delirantemente ficcional de As Mil e Uma Noites e, sobretudo, reafirmar, com esse espírito e através dele, a imperiosa necessidade de histórias, como forma de pensar do presente. A obra procura, em simultâneo, fazer uma crónica de Portugal, num momento em que o país está sujeito aos efeitos da austeridade, criados pelo programa de assistência financeira da Troika, combinando ficção e retrato social, tapetes voadores e greves - dimensões que não estão ligadas, embora, segundo a apresentação, imaginário e realidade não possam viver separados. Coproduzido por Portugal, França e Alemanha, o orçamento é garantido em mais de 80 por cento, por Portugal (1,240 milhões de euros) e França (1,135 milhões), sendo a participação alemã de cerca de 394 mil euros (14,24 por cento). Perto de metade do financiamento (1,396 milhões) vem de fundos públicos - Instituto do Cinema e do Audiovisual, Centro Nacional de Cinematografia de França, fundo Eurimages do Conselho da Europa. O canal francês Arte e a televisão pública alemã ZDF participam com um total de 600 mil euros, verba similar ao investimento de distribuidores de cinema, o que garante perto de 44% do total, assim como pontos de exibição do filme, em salas europeias e em canais de televisão. O restante investimento provém de fundos próprios das produtoras envolvidas: a portuguesa O Som e a Fúria, de Luís Urbano, a francesa Shellac Sud e a alemã Komplizen Film. L Association Culturelle des Portugais de Saint Ouen (93) organise un concours vidéo, format court-métrage, reportage, documentaire ou film d animation, ouvert à tous dans le domaine de la vidéo et du montage vidéo. Le concours s appelle Film Art. Le concours a pour objet la réalisation d un court métrage, dont la durée devra être comprise entre 6 et 12 minutes, générique et titre compris. Le thème de la première édition du concours est «Ici et là bas». Les films doivent être remis jusqu au 1er novembre. «Notre association cherche à faire évoluer ses activités. Pour l instant il n y a que le folklore comme activité de base. On organise également des soirées, des bals, des repas, mais nous voulons aller plus loin et s ouvrir à d autres projets et à d autres communautés» explique au LusoJornal Nélia Martins. «Ce concours est donc ouvert à tout le monde. Il n est pas ouvert uniquement aux professionnels. Il n est pas ouvert uniquement aux Portugais. Tout le monde peut participer». Les films présentés au concours peuvent être réalisés en langue étrangère mais ils doivent obligatoirement être sous-titrés en langue française. «Nous ne nous sommes imposé aucune limite. Cela peut être un documentaire filmé ici ou là bas, un film d animation, une fiction,...» explique Magali Madeira. «Justement nous voulons rester très ouverts dans cette première édition, pour donner envie à tout le monde de participer. C est très libre». «Il faut juste que ça reste dans le cadre de la loi» rappelle Nélia Martins. Le règlement est très clair sur ce sujet: «Le caractère diffamatoire, raciste, pornographique de l œuvre ou encore susceptible de porter atteinte à l intégrité physique ou morale de quiconque sera éliminatoire». Nélia Martins, réalisatrice, monteuse, et membre du groupe de folklore de l association, a eu l idée du concours. Nélia Martins et Magali Madeira DR Elle a ensuite été rejointe par d autres membres de l association. «Nous sommes en contact avec d autres associations de Saint Ouen qui travaillent notamment dans le domaine du cinéma et de la vidéo, pour travailler ensemble» explique Magali Madeira. «Nous représentons une Communauté, mais les questions de l intégration, de la langue, touchent tout le monde». Une phase de présélection sera effectuée et les 6 meilleurs films seront sélectionnés par l organisation pour la phase finale et seront visionnés lors d une projection publique prévue le 13 novembre, à Saint Ouen. «Nous avons beaucoup de problèmes de disponibilité de salles à Saint Ouen. Nous profiterons donc de la salle municipale que l association a eu pour une autre activité» explique Magali Madeira. Les films seront alors projetés devant le public et le jury du concours. «L originalité du scénario et le traitement du sujet imposé, la compréhension, la mise en scène et la technique, l attention à la qualité de l image et du son...» ce sont les critères de compétition prévus dans le règlement du concours. Mais Magali Madeira est très claire: «on récompensera surtout les idées originales, plutôt que la qualité. Au moins pour cette première édition». «Aujourd hui, avec un simple appareil photo ou avec un bon appareil téléphonique, on peut faire une bonne vidéo» explique Nélia Martins. Le jury remettra donc trois prix, aux trois meilleurs films. Il y aura une caméra de sport, des places de cinéma, un repas lors d une soirée fado, des dvd s, Le public va également choisir un film qui sera récompensé. L ACP de Saint Ouen existe depuis 1992 ayant comme seule activité permanente, le groupe de folklore Os Ribatejanos, un groupe membre de la Fédération du folklore portugais. «Celui-ci c est notre premier projet que nous lançons vers l extérieur» dit au LusoJornal Nélia Martins. «Nous voulions que l association évolue sur d autres activités» explique Magali Madeira. «Cela fait plusieurs années que nous demandons une salle à la Mairie, c est toujours un projet en cours, mas pour l instant nous n avons pas obtenu gain de cause» explique le Président Fernando Teixeira, alors qu il y a, selon le Maire de la ville, 97 nationalités à Saint Ouen. ACP Saint Ouen Concours FILM ART Maison de quartier du Landy 37 rue du Landy Saint Ouen

13 le 25 septembre 2013 cultura 13 Com argumento de Carlos Saboga Filme As linhas de Wellington candidato a uma nomeação para os Óscares O filme As linhas de Wellington, da realizadora chilena Valeria Sarmiento, é o candidato de Portugal a uma nomeação para o Óscar de melhor filme estrangeiro, os prémios norte-americanos de cinema, segundo a Academia Portuguesa de Cinema. As linhas de Wellington, produzido por Paulo Branco e rodado em Portugal, recria um episódio da História de Portugal, a terceira invasão francesa no começo do século XIX, quando o general Arthur Wellesley, duque de Wellington, liderou um exército angloportuguês e utilizou uma linha de fortificações que protegia Lisboa - as Linhas de Torres Vedras. Com argumento de Carlos Saboga, argumentista radicado em França, a longa-metragem é também um fresco social sobre aquela época, acompanhando, em vários momentos, histórias individuais de pessoas de diferentes estratos sociais, que se vão cruzando na narrativa, à medida que as tropas francesas tentam avançar no terreno. O júri, que escolheu por maioria esta longa-metragem para a corrida aos Óscares de 2014, foi composto pela atriz Anabela Teixeira, pela produtora Pandora da Cunha Telles, pelo argumentista Possidónio Cachapa, pelo realizador Vicente Alves do Ó e pelos directores de fotografia Luís Branquinho e Tony Costa. Uma produção de época muito conseguida fazendo-nos mergulhar no passado, conglomerando os mais diversos talentos numa obra de rasgo, profunda, ecléctica e transversal, afirma o júri na justificação da escolha do filme. É uma produção luso-francesa em que o cinema, a História e Portugal se encontram numa visão trágica da condição humana e da dura realidade da guerra que nos faz reflectir sobre os êxodos contemporâneos de países em guerra, sustentam. O filme foi rodado em vários locais de Portugal, em particular na região de Torres Vedras. Além da longa-metragem, foi feita uma série de televisão. Quando o filme foi apresentado em Lisboa, Paulo Branco afirmou que As linhas de Wellington eram um pouco um épico, quase o nosso Guerra e Paz, e iria chamar a atenção para um episódio histórico importantíssimo, desconhecido internacionalmente. Do elenco fazem parte Nuno Lopes, Carloto Cotta, Victória Guerra, Albano Jerónimo, Soraia Chaves, Maria João Bastos, Afonso Pimentel, Joana de Verona e nomes internacionais como John Malkovich, Catherine Deneuve, Isabelle Huppert, Chiara Mastroianni e Michel Piccoli, além de cinco mil figurantes. A edição de 2014 dos Óscares, os prémios de cinema atribuídos nos Estados Unidos, está marcada para o dia 2 de março e a cerimónia será conduzida pela apresentadora Ellen DeGeneres. em síntese Filmes franceses no café com Filmes de torres Vedras O ciclo Café com Filmes, promovido pela Câmara Municipal de Torres Vedras em parceria com o Académico de Torres Vedras, regressa ao Teatro- Cine local. O último filme a ser exibido no âmbito deste ciclo foi, na quinta-feira da semana passada, Welcome do realizador francês Philippe Lioret (França, 2009). Para além de Meio Metro de Pedra de Eduardo Morais (Portugal, 2011), está ainda previsto, para dia 17 de outubro, a projeção de Amor de Michael Haneke (França, 2012). Todas as semanas, estamos ao seu lado

14 14 cultura le 25 septembre 2013 em síntese António santos expõe em le Plessis robinson O pintor António Santos terminou na semana passada uma exposição em Valpaços, mas vai agora expor, entre os dias 5 e 13 de outubro, no 12 Salon d Automne na Galerie du Moulin Fidel, 64 rue du Moulin Fidel, em Le Plessis Robinson (92). A inauguração terá lugar na sábado, 5 de outubro, às 18h00. António Santos, natural de Murça, em Trás-os-Montes, está radicado há muitos anos em Paris. Vai expor quatro grandes telas, de 146x114 sobre o tema Viagens na Noite. Na foto: Mulher Adormecida na Orla do Tempo. Quase em paralelo, António Santos expõe no Centro Cultural de Macedo de Cavaleiros, entre os dias 4 de outubro e 1 de novembro de 2013, sobre o tema Moinhos a Vento. António Santos, o pintor de sonhos como lhe chama Ricardo Costa, nasceu na aldeia de Crasto, em 1949 e viveu por ali durante os 24 primeiros anos da sua vida, antes de chegar a Paris em Foi na cidade luz que visitou com frequência o Louvre, frequentou ateliers instrutivos, devorou biografias de grandes pintores, descobriu as técnicas que depois acabou por vir a utilizar. nova Galeria ricardo Fernandes em Paris O brasileiro Ricardo Chaves-Fernandes inaugurou na sexta feira da semana passada um novo espaço físico para a Galeria Ricardo Fernandes, no 36 rue Notre Dame de Nazareth, em Paris 03. E para começar, nada melhor do que uma exposição coletiva com Camille Bonnefoi, Emma Malig, Leopoldo Martins e Sérgio Bello. O LusoJornal, de mãos dadas com a cultura Artista expõe vasos de cerâmica na Galeria Arts & Domaines isabel Fernandes convidou Bela silva para expôr em Paris Por Carlos Pereira A artista portuguesa radicada na Bélgica, Bela Silva, expõe atualmente na Galerie Arts & Domaines, em Paris. A exposição estará patente ao público até ao dia 20 de outubro. Bela Silva estudou nas Belas Artes de Lisboa e depois especializou-se em cerâmica em Chicago. Acabou por morar 12 anos nos Estados Unidos, tendo feito muita ilustração para o New York Times. Quando fazemos ilustração, é por encomenda. A nossa criatividade não é tão desenvolvida disse ao LusoJornal. Depois regressou a Lisboa. É uma cidade que amo. Nasci e cresci em Lisboa, adoro aquele sol e aquele rio confessou. Os Portugueses agora compram mais obras de arte. Quando regressei a Portugal não havia clientes para este tipo de trabalho. Agora tem havido mais. O painel de azulejos com 300 metros quadrados, que pintou à mão para a estação de metro Alvalade, em Lisboa, deu-lhe ainda mais visibilidade na capital portuguesa. Os meus primeiros azulejos pintei-os em Chicago. Porque nós nascemos rodeados de azulejos e nem lhe damos importância. Só quando criamos distância é que compreendemos a beleza, acabamos por olhar para as coisas de outra maneira e damos-lhe mais valor explica Bela Silva. Também expôs no Museu do Azulejo e no Palácio da Ajuda, para além de estar representada na conhecida Galeria do Alecrim. Interrogada sobre a atual situação artística em Portugal, diz que vivemos num mundo muito competitivo. Eu penso que os Portugueses não se vendem bem. Sabemos fazer bem, mas na comercialização das coisas não somos fortes. É incrível como o nosso país não evolui. O país está nas mãos de algumas famílias que têm o monopólio daquilo tudo e os operários são muito mal pagos. Está ali muita coisa que tem que mudar disse ao LusoJornal. Há muitas pessoas criativas, mas para os clientes pagarem os trabalhos é uma grande dor de cabeça, sobretudo para mim, que cresci numa família em que a palavra vale mais do que um papel assinado. Por isso decidiu voltar a sair do país e radicar-se em Bruxelas, há dois anos, com o companheiro belga, também artista. Quando vim para Bruxelas fui criticada. Diziam-me que abandonava o país. A verdade é que quando eu estou fora, também represento o meu país. Hoje muitos belgas dizem-me Bom Dia e Obrigado, e muitos já foram visitar Lisboa. Também temos saudade dos nossos amigos e da nossa família mas acaba por ser positivo porque aprendemos muitas coisas para além de promovermos Portugal cá fora. Bela Silva tem trabalhado temáticas diferentes. Já trabalhou sobre sapatos, figuras em porcelana, pássaros,... desta vez trouxe a Paris vasos em cerâmica. Um amigo meu tem uma loja de flores e pediu-me uns vasos. Quando viu os meus vasos, disse-me que eram tão bonitos que nem necessitavam de flores disse ao LusoJornal. Achei interessante pegar num vaso e dar-lhe outras formas. Esta é a primeira vez que expõe em Paris. Nós não nos conheciamos, mas conhecia o trabalho da Bela Silva explica Isabel Fernandes a dona da Galerie Arts & Domaines. Quando lhe telefonei e propus expôr aqui, ela acedeu de imediato. Isabel Fernandes é portuguesa e explica que o espaço não é propriamente uma galeria. Nós somos uma empresa de decoração e este é o nosso espaço. Por isso as pessoas têm de telefonar para visitar a exposição porque por vezes não estamos aqui disse ao LusoJornal. Eu gosto muito do espaço. Isto parece uma casa e dá um ar mais caloroso à exposição diz por seu lado Bela Silva que já fez uma exposição em Toulouse e está representada naquela cidade pela Galeria Saint Jacques. Eles são arquitetos e gostam muito do meu trabalho. Fiz um painel de 5 metros em baixo relevo para eles. Bela Silva considera que o mercado francês é muito grande e por isso esta exposição acaba por ser uma oportunidade para mostrar o meu trabalho aqui. Fico contente que as pessoas do meus país também conheçam este trabalho. É importante para as pessoas verem. Galerie Arts & Domaines 42 bld de La Tour Maubourg Paris Até 20 de outubro De segunda a sábado, das 10h00 às 20h00 Marcações: exposição de fotografia junta em Paris fotógrafos brasileiros e moçambicano Isabel Fernandes (à esquerda) com Bela Silva LusoJornal / Carlos Pereira Filipe Branquinho, Moçambique A cidade de Paris está a acolher a quarta edição da exposição bianual de fotografia Photoquai, em que dá destaque à participação dos fotógrafos brasileiros Pedro David e Gustavo Lacerda e do moçambicano Filipe Branquinho. Esta edição junta quarenta fotógrafos, oriundos de vinte e nove países, que nunca tinham exposto em Paris. Subordinado ao tema Regardemoi, todas as fotografias desta edição têm que ver com a figura humana. Segundo a organização, a Photoquai pretende ser uma viagem ao coração da fotografia não-ocidental, procurando revelar fotógrafos inéditos ou pouco vistos na Europa e de grandes áreas geográficas como a América do Sul e Central, Ásia, Oceânia, África, Médio Oriente ou Rússia. A exposição foi inaugurada por Aurélie Filippetti, Ministra francesa da Cultura e da Comunicação e por Marta Suplicy, Ministra da Cultura do Brasil. As duas Ministras passearam pelos cais, em frente do museu, e no jardim deste, para descobrirem, juntas, as 400 fotografias expostas este ano e sublinharam o talento dos 40 jovens fotógrafos. Felicitaram Frank Kalero, o Diretor artístico desta 4a edição da Bienal, assim como os 8 Comissários das grandes zonas geográficas representadas, pelo trabalho de prospeção que permite fazer descobrir ao público a nova cena fotográfica internacional. Desde a sua criação, em 2007, por iniciativa do Musée du Quai Branly, as três primeiras exposições fizeram descobrir 162 fotógrafos vindos, cada ano, de 30 países diferentes. A exposição de imagens do mundo, está no Museu de Branly, em Paris, até ao dia 17 de novembro deste ano. A grande parte das fotografias está no exterior do Museu, nos cais do rio Sena, e, desde 2009, também nos jardins do Museu. Trata-se de uma exposição com entrada gratuita. lusojornal.com

15 le 25 septembre 2013 cultura Artistes portugais à Paris «la plus grande exposition collective de street-art jamais réalisée» Par Mickael de Oliveira A Paris, dans le 13ème arrondissement, une tour aux premiers abords désaffectée agresse le regard du passant. De couleur orange fluo au loin, agrémentée de graffitis, d arabesques et d autres œuvres d art lorsque l on s en approche, la curiosité qu elle fait naître en nous oblige le touriste de passage ou le Parisien de toujours à pousser les portes de «la plus grande exposition collective de street-art jamais réalisée». Plus de 100 artistes de 16 nationalités différentes, venus des quatre coins du monde, aux styles artistiques aussi variés que surprenants se sont succédés pendant sept mois et se sont partagés pas moins de 9 étages composés de 36 appartements (avec entre 4 et 5 pièces). Ce projet fou, né de l imagination de Medhi Ben Cheikh et la Galerie Itinerrance, s est fait dans la plus grande confidentialité, et ce même si le LusoJornal s était déjà rendu compte de la présence étrange, à la même période, de plusieurs artistes reconnus du monde du street-art portugais à Paris. Mais ce projet n aurait jamais vu le jour sans le soutien de la Mairie du 13ème arrondissement et de l accord du bailleur de l immeuble ICF Habitat Sablière qui prévoit de détruire «la Tour 13» fin 2013, et avec elle toutes les œuvres réalisées bénévolement. La destruction sera d ailleurs retransmise en direct sur le site officiel et fera également partie d un documentaire en cours de réalisation, signé Thomas Lallier, qui sera diffusé sur France O en Largement relayé dans les médias à la suite de l inauguration presse à laquelle LusoJornal a également pris part le 16 septembre dernier, cet événement a été une aubaine pour les nombreux artistes portugais conviés, 11 au total. On compte parmi eux bien évidemment le géant VHILS, Pantónio, qui a depuis cette expérience décidé de quitter le Portugal et de s installer définitivement à Paris (et qui interviendra le 28 septembre prochain sur le M.U.R. à Mulhouse), Mário Belém, Add Fuel, Corleone, Eime, João Samina, Mar, Paulo Arraiano, Kruella d Enfer, et le projet Maismenos de Miguel Januário qui n a pas été créé pour laisser le public français indifférent (vous verrez par vous-même!). A noter également la présence de nombreux artistes brésiliens: 2mil, Ethos, Flip, Herbert Baglione, Loiola, Rapto, Speto et Tinho. Contactée par LusoJornal, Lara Seixo Rodrigues, l une des membres de l organisation du festival de street-art Wool (Covilhã), nous a confié que la responsable de la galerie avait été grandement satisfaite par le travail réalisé par les «Portugais du deuxième étage». «Notre étage était souvent montré aux artistes comme exemple avant qu ils ne commencent leurs œuvres, pour sa qualité artistique mais aussi parce que nous avons été pratiquement les premiers à prendre part à cette initiative. Il nous a été demandé que chaque artiste exprime dans son œuvre, son monde. Et je pense que, même si je ne suis pas la mieux placée pour le dire, notre étage est clairement le plus cohérent», a déclaré celle qui a choisi les artistes portugais qui ont participé à cette aventure. Une impression qui nous est également tout de suite venue lors de notre première visite. En effet, même si d autres œuvres nous ont tapées dans l œil (comme celles de Guy Denning), c est dans «l étage portugais» que la variété est la mieux combinée, alliant des styles aussi divers qu esthétiquement attirants. LusoJornal vous invite donc à vous rendre au 5 rue Fulton, et à entrer dans un tout autre univers, dès le 1er octobre prochain. L accès est toutefois limité à 49 personnes. La Tour 13 sera fermée au public tous les lundis, et ouverte du mardi au dimanche de 12h00 à 20h00 (dernière visite à 19h15). L entrée est gratuite. haute-coiffure: mário lopes révolutionne la technique de coupe avec «uni-tech» L un des plus grands coiffeurs français, Mário Lopes, animera le 29 septembre au Salon Mondial Coiffure Beauté 2013 un show inédit qui dévoilera en avant-première sa révolutionnaire technique de coupe «Uni-Tech». Mário Lopes présentera en direct les secrets de son inédite invention: une technique de coupe unique et universelle s appliquant à toutes les nouvelles tendances et à tous les styles. Fruit de 15 années de recherche, «Uni-Tech» apporte aux coiffeurs deux éléments clés: précision et rapidité. Après un bref passage chez les plus grands, Mário Lopes est aujourd hui l un des plus importants coiffeurs français. Membre du Comité directeur de la Haute Coiffure Française, Mário Lopes reçoit en 2006 et 2011 le trophée du Meilleur coiffeur de l année des Hairdressing Awards. Animé par la passion du métier et par la transmission de son savoir-faire, Mário forme déjà de nombreux coiffeurs sur tout le territoire français à travers les formations Cylea. Sa mission? Elever le niveau de la profession et faire de la coiffure un art à AKA Corleone, Kruella d Enfer e Mário Belém WOOL / Pedro Seixo Rodrigues Mário Lopes, un de meilleurs coiffeurs de France DR part entière! Mário Lopes nous dévoile en exclusivité le fruit de plus de 15 années de recherche; sa propre technique de coupe, «Uni-Tech», une innovation qui «va révolutionner le monde de la coiffure». S adressant à tous les coiffeurs en quête d évolution, «Uni-Tech» est une «unique et universelle» technique de coupe très facile à réaliser pour plus de simplicité. «L unique technique qui s applique à toutes les nouvelles tendances avec une précision et une rapidité inégalées pour un équilibre parfait des volumes. Elle répond à tous les styles et aux besoins d une clientèle de plus en plus pressée et exigeante». La méthode «Uni-Tech», réalisée à l aide des ciseaux hybrides spécialement conçus, permet au coiffeur d obtenir simultanément le tranchant des ciseaux droits et la fluidité de la lame de rasoir en un seul geste. Mário Lopes partagera son savoir-faire le 29 septembre, à 10h45, au Zénith de Paris, amphithéâtre Boris Vian, à l occasion du Salon Coiffure Beauté maria Fernanda Pinto um olhar sobre... un regard sur... Júlio Pomar Lusa / João Relvas Júlio Pomar est né à Lisbonne en 1926, il a étudié aux Écoles de Beaux Arts de Lisboa et Porto, époque où il conçoit des dessins au fusain et marqueur sur papier calque. Depuis la chute de la dictature portugaise, il partage sa vie entre Paris (où il vit depuis 1963) et sa ville natale. Depuis sa première exposition en 1942 à Lisboa (Almada Negreiros lui a acheté son premier tableau), Pomar n a cessé de se renouveler et occupe une place majeure dans l Art; il est probablement le plus grand peintre portugais vivant. Plusieurs rétrospectives, notamment à Lisboa, Bruxelles, Rio de Janeiro, São Paulo, puis à New York, ont permis à un vaste public de découvrir cet artiste majeur. Il a voyagé en Espagne et en Italie où il découvert l œuvre de Goya et celle des Maîtres de la Renaissance italienne en particulier Uccello et Piero Della Francesca qui marqueront son travail. «Ses tableaux des années qui s inséraient dans un art de protestation sociopolitique, ensuite les séries des Tauromachies et des Courses, des Portraits, des Natures mortes, des œuvres érotiques, etc. font de lui un des plus importants peintres portugais du XXème siècle» (La Différence). Júlio Pomar traite la question de la peinture avec une distance ironique. Son irrévérence guide son geste interpénétrant gens et bêtes autour de thèmes littéraires et mythologiques. Nous nous souviendrons toujours, avec «saudade», de la conversation avec lui, sur ce sujet, dans une de ses expositions à Paris, sous le thème «L année du cochon». Lisboa lui consacre aujourd'hui un «atelier-musée» (400 œuvres ont été offertes par l artiste à la Fondation qui porte son nom), aménagé par le grand architecte Álvaro Siza Vieira. Son fils, Alexandre Pomar, historien d art et critique, nous fait partager l ouverture au public de ce lieu exceptionnel. Júlio Pomar a reçu le 19 juin 2013, le titre de Docteur Honoris Causa par l Université de Lisboa. Un partenariat de LusoJornal avec: lusojornal.com

16

17

18 18 cultura le 25 septembre 2013 dominique stoenesco um livro por semana un livre par semaine les maia de eça de Queiroz A p r è s D o m C a s - murro, de l écrivain brés i l i e n Machado de Assis, quoi de plus nat u r e l cette foisci d évoquer un autre grand classique de la littérature d expression portugaise du XIXème siècle, l écrivain portugais Eça de Queiroz, à travers son roman «Les Maia» (éd. Chandeigne, 1996, introduction et traduction de Paul Teyssier). Audelà de leurs relations polémiques, ces deux écrivains ont eu un même regard sarcastique et ironique sur les sociétés brésilienne et portugaise de leur époque. Eça de Queiroz est né en 1845, à Póvoa de Varzim. Il étudie le Droit à Coimbra, fait du théâtre et lit beaucoup, en particulier les auteurs français. Il y fréquente le groupe «l École de Coimbra», animé par des étudiants, dont Antero de Quental et Teófilo Braga, qui partent en guerre contre les romantiques. Puis il s installe à Lisboa, comme avocat. À l âge de 25 ans il entre dans la carrière diplomatique. Avant de prendre un poste à l étranger, il effectue un stage à Leiria, où il observe les mœurs provinciales et où il situera l intrigue de son premier grand roman, «Le crime du Padre Amaro». En 1871, aux «Conférences du Casino», où sont dénoncées l attitude de l Église, la monarchie absolue et les conquêtes coloniales, Eça de Queiroz fait un exposé sur «Le réalisme comme nouvelle expression de l art». En 1888, après La Havane et Londres, il est nommé Consul à Paris, poste qu il occupe jusqu à sa mort, en 1900, à Neuilly-sur- Marne. Dans «Les Maia» (titre original «Os Maias», paru en 1888), on suit le destin d une famille: Afonso da Maia, aristocrate libéral et Carlos da Maia, héros de l intrigue, qui vit un amour défendu et tragique. Mais le grand intérêt du récit est dans la peinture d une société bourgeoise décadente et dans l évocation de la ville de Lisboa, ainsi que dans le personnage João da Ega, type du Portugais cultivé, cosmopolite, enclin à dénigrer son pays auquel il est profondément attaché et qui, selon Paul Teyssier, «représente Eça s observant luimême avec ironie». lusojornal.com Huit fadistes invités au Cirque d Hiver de Paris le festival d Île de France rend hommage au fado Par Mickael de Oliveira Quelques unes des plus grandes stars du fado alliées à des étoiles montantes de ce genre musical seront les 27, 28, et 29 septembre prochain au Cirque d Hiver de Paris, dans le cadre du Festival d Île de France, qui aura lieu du 7 septembre au 13 octobre. A cet événement, organisé pour la troisième année consécutive avec le soutien de la Caixa Geral de Depósitos, participeront António Zambujo, Camané, Cristina Branco, Katia Guerreiro, Carla Pires, Ricardo Ribeiro, João Braga et Maria da Fé. Parmi ces nombreux noms, on ne présente plus les quatre premiers. António Zambujo, régulièrement en concert en France et dont le dernier album «Quinto» a été considéré comme étant l un des meilleurs albums portugais de 2012; Camané, surnommé «le Prince du Fado» qui avait notamment participé l année dernière à un hommage à Cesária Évora dans ce même Cirque d Hiver, à peu près à la même période, aux côtés de Bonga, d Angélique Kidjo, de Mayra Andrade, d Ismaël Lo et de casa da música O Coro Casa da Música apresentou-se na terça-feira da semana passada, no Auditório da Villa Mediterranée, em Marseille, no festival 20 Lieux sur la Mer, um concerto integrado na programação da Capital Europeia da Cultura. A atuação do agrupamento do Porto fez parte dos Tenso Days daquele festival. Tenso é uma rede europeia de coros de câmara profissionais, que tem como objetivo reforçar, ampliar e promover a prática coral na Europa, contribuindo para novas criações e repertórios inovadores. A Casa da Música vai passar a integrar a Tenso, por convite da organização europeia, em Teófilo Chantre; Kátia Guerreiro, infirmière le jour, fadiste la nuit; et enfin Cristina Branco, celle qui a découvert ce genre musical à l âge de 18 ans et qui saupoudre son fado de sonorités venues d autres genres musicaux. Moins connus du public français, João Braga et Maria da Fé n en demeurent pas moins des ogres du fado. Nés en 1945 tous les deux, le premier à Lisboa, la seconde à Porto, ces deux artistes sont des figures du genre, même si Maria da Fé a souffert à ses débuts des critiques des puristes à cause de son projet Pop fado lancé en Alors qu il faut s attendre dans le cas de João Braga à un style «très personnel, très émotionnel mais aussi très attaché à la poésie des mots», Maria da Fé est quant à elle plus «une pionnière du fado moderne» et épaule aujourd hui les jeunes générations en les invitant à se produire notamment dans son restaurant Senhor Vinho (ouvert en 1975). En parlant de jeunes générations, Carla Pires et Ricardo Ribeiro en font grandement partie. La première a déjà eu plusieurs dates en France, le second, lui, s est déjà produit au Théâtre de la Ville aux côtés de Carminho, Carlos do Carmo, Camané, et Cristina Branco, rien que ça! Pour rappel, Carla Pires a été révélée dans une comédie musicale où elle a interprété le rôle de la grande Amália Rodrigues. Ricardo Ribeiro a quant à lui principalement percé à l étranger après sa participation dans l album de Rabih Abou Khalil en Il est considéré comme étant l une des plus grandes voix de la nouvelle génération de fadistes, notamment pour son originalité et sa manière d incorporer des tonalités arabes dans son chant. Afin de pouvoir satisfaire tout le monde, trois dates vous sont proposées, à 20h30 les samedi et dimanche 27 et 28, et à 16h30 le dimanche 29. Cirque d hiver de Paris 11 rue Amelott Paris offre de souscription pour «Aniki Bóbó, enfants dans la ville» de manoel de oliveira Une offre de souscription a été lancée jusqu au 15 octobre, pour le livre (+ DVD) «Aniki Bóbó, Enfants dans la ville» de Manoel de Oliveira: 19,50 euros au lieu de 26 euros. C est «un livre pour les petits et grands cinéphiles» En 1942, Manoel de Oliveira réalise sa première œuvre de fiction, «Aniki Bóbó», sur le quotidien d une bande d enfants des quartiers populaires de Porto. Carlitos, timide et sensible, est amoureux de la jolie Teresinha qui n a d yeux que pour le railleur et voyou Fadista Ricardo Ribeiro DR luís cardoso À l invitation de l association France- Timor Leste, l écrivain timorais Luís Cardoso participera le samedi 28, à 20h00, à l hôtel de ville de Laval (Mayenne), à une rencontre publique de présentation de son livre «Requiem pour le navigateur solitaire», où il sera accompagné par Catherine Dumas, professeure à la Sorbonne et sa traductrice. Le livre devrait être édité au printemps Le lundi 30 septembre, à 19h00, il sera (avec Catherine Dumas) à la Librairie Portugaise et Brésilienne (Librairie Chandeigne), 19/21 rue des Fossés Saint Jacques (place de l Estrapade), à Paris 5. Eduardito. Par amour, il vole alors une poupée et décide de tenir tête à son Valter hugo mãe La présentation du livre «L Apocalypse des Travailleurs» (O Apocalipse dos Trabalhadores) de Valter Hugo Mãe, traduit du portugais par Danielle Schramm, aura lieu le 30 septembre, à 18h30, en présence de l auteur et de Pierre Léglise-Costa. Poète, musicien et performer, Valter Hugo Mãe écrit également des critiques artistiques et littéraires pour plusieurs magazines portugais. En 2007, il reçu le Prix Saramago pour son premier roman et en 2012, le prix Portugal Telecom pour son dernier roman. La présentation aura lieu à la Fondation Calouste Gulbenkian, 39 boulevard de la Tour Maubourg, à Paris 7. Araújo carreira Un Colloque international «Le sens du partage - Le partage du sens» en hommage à la professeure Maria Helena de Araújo Carreira, avec la participation de nombreux spécialistes, aura lieu les 27 et 28 septembre. Dans le cadre du colloque, réalisation, le 28 septembre à 19h00, à la Maison du Portugal André de Gouveia (Cité internationale universitaire de Paris, 7P boulevard Jourdan, à Paris 14), d un concert-commenté, par la pianiste Gilda Oswaldo Cruz. Le 27 septembre: Université Paris 8 - Salle B 106 (2 rue de la liberté, Saint-Denis). rival. Jusqu au drame qui bouleversera l harmonie du groupe d amis... Pour la première fois en France, ce livre, réunissant le conte, le scénario, les photographies du tournage, les souvenirs du réalisateur ainsi que le DVD du film offert en fin d ouvrage, propose aux petits et grands amateurs de cinéma de voir ou revoir avec un œil nouveau l un des films les plus émouvants consacrés à l enfance à la croisée de «La Guerre des boutons» et de «L Argent de poche». Livre broché avec une pochette intégrant le DVD du film offert en fin d ouvrage, 192 pages, photographies du tournage. Prix en librairie (à partir du 25 octobre): 26 euros. Le livre est disponible pour les souscripteurs à partir du 10 octobre. Librairie Portugaise & Brésilienne 19/21 rue des Fossés Saint Jacques Place de l Estrapade Paris Ouvert du lundi au samedi, de 11h00 à 13h00 et de 14h00 à 19h00.

19

20 20 cultura le 25 septembre 2013 O LusoJornal é parceiro do Concurso Já são conhecidos os 12 finalistas do lusartist Le chanteur Jorge Ferreira est le Président du jury do concours Lusartist. Les autres membres du jury sont: l agent artistique Nicky Lemos, la responsable de communication de la Banque BCP Noémie Ramos, le journaliste Artur Silva de Rádio Alfa, Rodolfo Salvado de Distrirecords, Alexandre Cardoso de Créa Prod Music e Carlos Pereira, Directeur du LusoJornal. O júri de pré-seleção já escolheu os 12 finalistas para esta primeira edição do concurso Lusartist cuja final terá lugar no próximo dia 5 de outubro, em Mutzig, perto de Strasbourg. Lusartist é um concurso de canto destinado aos lusófonos da Europa, organizado pela CréaProd, com a colaboração da Associação Os Lusitanos de Mutzig. O espetáculo do dia 5 de outubro vai ser apresentado por José Figueiras, a cara da SIC internacional, e o júri é presidido por Jorge Ferreira. O LusoJornal publica agora a lista dos finalistas: Alison Lima Lusodescendente com 22 anos, nasceu na Suíça. Começou a cantar aos 11 anos num grupo de crianças. Entre 2006 e 2009 participou em vários concursos de canto (Music Tour Rouge FM, Lusavox RTP). Fez parte da Little Dreams Foundation de Phil Collins. Já fez a primeira parte de Tony Carreira em Fazer carreira na música é um sonho de criança. O primeiro passo seria gravar o seu primeiro álbum. Sandy Pinto Tem 20 anos, é originária de Friastelas, Viana do Castelo, e vive na região parisiense. Já tem várias experiências musicais, cantou em concertos em França e em Portugal. Já gravou num estúdio profissional. Sonha fazer concertos, poder cantar para os hospitais e dar alegria. Sentir a madeira do palco por baixo dos pés e ter a bola na barriga antes de começar uma música. Sarah Cupido Tem 22 anos, é cantora, autora e compositora portuguesa nascida na Suíça. Canta desde sempre a solo ou em coros e também é pianista. É solista num grupo de rock com amigos e faz parte de duas brass bands. Compõe os seus próprios temas ao piano. Deseja dar forma e voz aos temas que dormem na gaveta e a muitos outros que irão nascer. Sónia da Silva Nasceu em 1977 e canta desde a sua mais tenra idade. Integrou o grupo parisiense Pacific Music do qual é a cantora principal. A música faz parte da sua vida e o seu sonho é estar em palco com as suas próprias canções. De alma fadista, gostava de estar frente ao público a maior parte do tempo e trabalhar com pessoas talentosas e dar o melhor dela própria. Kévin Vieira Nasceu em 1990 e é originário de Le Vigen, em França. Jovem transmontano faz parte do conjunto Kysulan Irmãos Unidos. Para ele cantar são momentos de prazer e de partilha. O seu sonho é poder dar alegria com concertos musicais e poder cantar em Portugal e todos os país lusófonos. Tiago Tavares Nasceu em 1985, vive no Luxemburgo e é originário de Santarém. Gosta de Karaoke e sente a música como uma parte da sua vida. Sonha formar uma banda e com ela dar ao público o retorno de um trabalho muito desejado. Tem influências pop rock desde Rui Veloso a José Cid, André Sardet ou Bon Jovi. Samuel Tacão Começou a aprendizagem musical aos 8 anos por influência do pai, aprendendo a escala do teclado. Mais tarde mudou para a guitarra que é o seu instrumento favorito. Em 2009 chegou a Colmar e em 2012 foi convidado para ingressar na Bandanova, projeto que saiu também há pouco tempo. Como intérprete vocal é a primeira vez que canta. Calema Fradique e António Mendes Ferreira vivem em Paris e são originários de São Tomé e Príncipe. Em 2007 obtiveram o primeiro lugar no concurso Rumba, em São Tomé. Imaginam a carreira pelo mundo fora a levar alegria. As suas influências são música tradicional, pop (Bruno Mars, Rascal Flatts, Anselmo Ralph...) Suzana Gonçalves Nasceu em 1975, originária do Porto, vive no Luxemburgo. A música é a banda sonora da sua vida. É animadora de Karaokes, mais jovem cantava em espetáculos de cidade em cidade. Vive da música, com a música e para a música. Imagina a sua carreira artística como uma verdadeira luta, o abdicar de muitas coisas, um trabalho árduo e de equipa, com ausência no seio familiar mas num constante dar e receber... Celeste Ferreira Nasceu em 1977, vive em Châteaugay e é originária de Aveiro (pela mãe) e de Cumeada (pelo pai). Em 2009 a convite de associações portuguesas da zona de Clermont Ferrand, formou o grupo IP5 com familiares e amigos. Integra também o projeto Fado ao vivo. Participou no festival de Fado em Ceyrat e gostava de continuar a partilhar a sua paixão pela música com o público. Sandra Emoção Nasceu em 1981, vive em Pommeuse e é originária de Leiria. Faz parte do grupo Emoção, acompanhada pelo músico Márcio Filipe. Há 8 anos que fazem dançar o público nos bailes, restaurantes, noites privadas, com repertório luso-latino muito variado. Gostava de dar a conhecer as suas composições musicais e nunca mais parar de cantar em palco. Alzira Pereira Nasceu em 1964, vive no Luxemburgo e é originária de Paços de Ferreira. O seu gosto pelo canto existe desde a sua mais tenra idade, mas canta de vez em quando em karaokes para partilhar o amor da música. Cheia de humildade mantém o sonho de ser ouvida por todos aqueles que nela acreditam.

(Só faz fé a versão proferida)

(Só faz fé a versão proferida) Exmo. Senhor Presidente do Centro Desportivo e Cultural de Londres, Exmo. Senhor Embaixador, Exmo. Senhor Cônsul Geral, Exmo. Senhor Adido Social, Exmo. Senhor Conselheiro das Comunidades Madeirenses,

Leia mais

visão global do mundo dos negócios

visão global do mundo dos negócios Senhor Primeiro Ministro Senhor Ministro da Saúde Senhor Presidente da AM Senhor Presidente do CA da Lenitudes Senhores Deputados Srs. Embaixadores Srs. Cônsules Senhores Vereadores e Deputados Municipais

Leia mais

Tendo isso em conta, o Bruno nunca esqueceu que essa era a vontade do meu pai e por isso também queria a nossa participação neste projecto.

Tendo isso em conta, o Bruno nunca esqueceu que essa era a vontade do meu pai e por isso também queria a nossa participação neste projecto. Boa tarde a todos, para quem não me conhece sou o Ricardo Aragão Pinto, e serei o Presidente do Concelho Fiscal desta nobre Fundação. Antes de mais, queria agradecer a todos por terem vindo. É uma honra

Leia mais

Anexo 2.1 - Entrevista G1.1

Anexo 2.1 - Entrevista G1.1 Entrevista G1.1 Entrevistado: E1.1 Idade: Sexo: País de origem: Tempo de permanência 51 anos Masculino Cabo-verde 40 anos em Portugal: Escolaridade: Imigrações prévias : São Tomé (aos 11 anos) Língua materna:

Leia mais

SESSÃO DE ABERTURA DA XVII ASSEMBLEIA GERAL DO CONSELHO MUNDIAL DAS CASAS DOS AÇORES

SESSÃO DE ABERTURA DA XVII ASSEMBLEIA GERAL DO CONSELHO MUNDIAL DAS CASAS DOS AÇORES SESSÃO DE ABERTURA DA XVII ASSEMBLEIA GERAL DO CONSELHO MUNDIAL DAS CASAS DOS AÇORES Hilmar, Califórnia, 29 de Agosto de 2014 Intervenção do Presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro Começo

Leia mais

ALGARVE COMUNICADO N.º 6 11/05/2014

ALGARVE COMUNICADO N.º 6 11/05/2014 ALGARVE COMUNICADO N.º 6 11/05/2014 Foco do dia Mendes Bota, candidato da Coligação Aliança Portugal, foi recebido ontem com bastante simpatia pela população da sua terra natal, Loulé. Numa ação de campanha

Leia mais

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão Jorge Esteves Objectivos 1. Reconhecer que Jesus se identifica com os irmãos, sobretudo com os mais necessitados (interpretação e embora menos no

Leia mais

R I T A FERRO RODRIGUES

R I T A FERRO RODRIGUES E N T R E V I S T A A R I T A FERRO RODRIGUES O talento e a vontade de surpreender em cada projecto deixou-me confiante no meu sexto sentido, que viu nela uma das pivôs mais simpáticas da SIC NOTÍCIAS.

Leia mais

Senhor Ministro da Defesa Nacional, Professor Azeredo Lopes, Senhora Vice-Presidente da Assembleia da República, Dra.

Senhor Ministro da Defesa Nacional, Professor Azeredo Lopes, Senhora Vice-Presidente da Assembleia da República, Dra. Senhor Representante de Sua Excelência o Presidente da República, General Rocha Viera, Senhor Ministro da Defesa Nacional, Professor Azeredo Lopes, Senhora Vice-Presidente da Assembleia da República, Dra.

Leia mais

25 de Abril de 2015 Comemoração dos 41 anos da Revolução dos Cravos

25 de Abril de 2015 Comemoração dos 41 anos da Revolução dos Cravos 25 de Abril de 2015 Comemoração dos 41 anos da Revolução dos Cravos Intervenção da Deputada Municipal do PSD Célia Sousa Martins Senhora Presidente da Assembleia Municipal, Senhor Presidente da Câmara

Leia mais

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ JOVEM APRENDIZ Eu não conhecia nada dessa parte administrativa de uma empresa. Descobri que é isso que eu quero fazer da minha vida! Douglas da Silva Serra, 19 anos - aprendiz Empresa: Sinal Quando Douglas

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 68 Discurso na cerimónia de lançamento

Leia mais

NOS@EUROPE. O Desafio da Recuperação Económica e Financeira. Prova de Texto. Nome da Equipa GMR2012

NOS@EUROPE. O Desafio da Recuperação Económica e Financeira. Prova de Texto. Nome da Equipa GMR2012 NOS@EUROPE O Desafio da Recuperação Económica e Financeira Prova de Texto Nome da Equipa GMR2012 Alexandre Sousa Diogo Vicente José Silva Diana Almeida Dezembro de 2011 1 A crise vista pelos nossos avós

Leia mais

Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT

Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT Brasília-DF, 30 de outubro de 2006 Jornalista Ana Paula Padrão: Então vamos às perguntas, agora ao vivo, com

Leia mais

COMÉRCIO, TURISMO E ARRENDAMENTO OS DÍNAMOS DA REABILITAÇÃO URBANA

COMÉRCIO, TURISMO E ARRENDAMENTO OS DÍNAMOS DA REABILITAÇÃO URBANA COMÉRCIO, TURISMO E ARRENDAMENTO OS DÍNAMOS DA REABILITAÇÃO URBANA 23 de Outubro 14h30 Comércio, Turismo e Arrendamento. Os Dínamos da Reabilitação Urbana VIVERA REABI LITAÇÃO DE 23 A 25 OUTUBRO 2014 BRAGA

Leia mais

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social O Projeto Social Luminando O LUMINANDO O Luminando surgiu como uma ferramenta de combate à exclusão social de crianças e adolescentes de comunidades

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE DISCURSO DE AGRADECIMENTO E DESPEDIDA DO CHEFE DO ESTADO EM PRESIDÊNCIA ABERTA E INCLUSIVA 2014 Compatriotas! Caminhamos para o fim do meu mandato de governação como Presidente

Leia mais

Agrupamento de Escolas Pioneiras da Aviação Portuguesa EB1/JI Vasco Martins Rebolo

Agrupamento de Escolas Pioneiras da Aviação Portuguesa EB1/JI Vasco Martins Rebolo Era uma vez a família Rebolo, muito simpática e feliz que vivia na Amadora. Essa família era constituída por quatro pessoas, os pais Miguel e Natália e os seus dois filhos Diana e Nuno. Estávamos nas férias

Leia mais

Permitam-me algum informalismo e que leve à risca o Protocolo.

Permitam-me algum informalismo e que leve à risca o Protocolo. 1 - Gostaria de pedir um minuto de silêncio em memória de todos os Bombeiros já falecidos e particularmente de Franquelim Gonçalves, que faleceu no desempenho das suas funções; 25 de maio Inauguração do

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

ACS Assessoria de Comunicação Social

ACS Assessoria de Comunicação Social DISCURSO DO MINISTRO DA EDUCAÇÃO, HENRIQUE PAIM Brasília, 3 de fevereiro de 2014 Hoje é um dia muito especial para mim. É um dia marcante em uma trajetória dedicada à gestão pública ao longo de vários

Leia mais

Agradeço aos conselheiros que representam todos os Associados do Estado, o que faço na pessoa do Conselheiro Decano, João Álfaro Soto.

Agradeço aos conselheiros que representam todos os Associados do Estado, o que faço na pessoa do Conselheiro Decano, João Álfaro Soto. Agradecimentos: Cumpre-me inicialmente agradecer a toda Diretoria Executiva, especialmente ao Teruo, por confiarem no meu trabalho e me darem toda a autonomia necessária para fazer o melhor que fui capaz

Leia mais

Nova sede Documento de doação do terreno entra para a fase final

Nova sede Documento de doação do terreno entra para a fase final www.aciaanapolis.com.br Nova sede Documento de doação do terreno entra para a fase final De 1º a 07 de Fevereiro de 2014 - Ano 09 - Nº 224 - Diretoria 2013/2015 Diretoria da Associação Comercial e Industrial

Leia mais

Entrevista com Clínica Maló. Paulo Maló CEO. www.clinicamalo.pt. Com quality media press para LA VANGUARDIA

Entrevista com Clínica Maló. Paulo Maló CEO. www.clinicamalo.pt. Com quality media press para LA VANGUARDIA Entrevista com Clínica Maló Paulo Maló CEO www.clinicamalo.pt Com quality media press para LA VANGUARDIA Esta transcrição reproduz fiel e integralmente a entrevista. As respostas que aqui figuram em linguagem

Leia mais

05/12/2006. Discurso do Presidente da República

05/12/2006. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, no encerramento da 20ª Reunião Ordinária do Pleno Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social Palácio do Planalto, 05 de dezembro de 2006 Eu acho que não cabe discurso aqui,

Leia mais

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento.

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. museudapessoa.net P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. R Eu nasci em Piúma, em primeiro lugar meu nome é Ivo, nasci

Leia mais

Entrevista com DVA David Valente de Almeida S.A. Presidente. Joaquim Pedro Valente de Almeida. Com quality media press para LA VANGUARDIA

Entrevista com DVA David Valente de Almeida S.A. Presidente. Joaquim Pedro Valente de Almeida. Com quality media press para LA VANGUARDIA Entrevista com DVA David Valente de Almeida S.A. Presidente Joaquim Pedro Valente de Almeida Com quality media press para LA VANGUARDIA www.dva.pt (en construcción) Ver http://www.afia-afia.pt/assoc13.htm

Leia mais

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 Humberto Cordeiro Carvalho admitido pela companhia em 1 de julho de 1981. Eu nasci em 25 de maio de 55 em Campos do Goytacazes. FORMAÇÃO Segundo grau Escola

Leia mais

PROPOSTA DE PARCERIA COM A ÓBIDOS CRIATIVA E.E.M.

PROPOSTA DE PARCERIA COM A ÓBIDOS CRIATIVA E.E.M. PROPOSTA DE PARCERIA COM A ÓBIDOS CRIATIVA E.E.M. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA A Blend Point é uma empresa que engloba algumas marcas das quais, para este projecto, se destacam a CorkWay Store e a Gods From

Leia mais

Chantilly, 17 de outubro de 2020.

Chantilly, 17 de outubro de 2020. Chantilly, 17 de outubro de 2020. Capítulo 1. Há algo de errado acontecendo nos arredores dessa pequena cidade francesa. Avilly foi completamente afetada. É estranho descrever a situação, pois não encontro

Leia mais

Apresentação e Discussão do Orçamento Retificativo para 2012

Apresentação e Discussão do Orçamento Retificativo para 2012 Apresentação e Discussão do Orçamento Retificativo para 2012 Excelentíssimo Senhor Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira Excelentíssimas Senhoras e Senhores Deputados A proposta do Orçamento

Leia mais

MANUAL DO JOVEM DEPUTADO

MANUAL DO JOVEM DEPUTADO MANUAL DO JOVEM DEPUTADO Edição 2014-2015 Este manual procura expor, de forma simplificada, as regras do programa Parlamento dos Jovens que estão detalhadas no Regimento. Se tiveres dúvidas ou quiseres

Leia mais

INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por ser filho de pais portugueses?

INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por ser filho de pais portugueses? Transcrição da entrevista: Informante: nº15 Célula: 5 Data da gravação: Agosto de 2009 Geração: 2ª Idade: 35 Sexo: Masculino Tempo de gravação: 10.24 minutos INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por

Leia mais

Senhor Embaixador dos Estados Unidos da América, Exmo. Senhor Presidente do Conselho de Administração da Oeiras International School,

Senhor Embaixador dos Estados Unidos da América, Exmo. Senhor Presidente do Conselho de Administração da Oeiras International School, Senhor Embaixador dos Estados Unidos da América, Excelência, Exmo. Senhor Presidente do Conselho de Administração da Oeiras International School, Exma. Senhora Directora da Oeiras International School,

Leia mais

Português Língua Estrangeira Teste (50 horas)

Português Língua Estrangeira Teste (50 horas) Português Língua Estrangeira Teste (50 horas) Nome: Data: A Importa-se de responder a umas perguntas? Está bem. Obrigado. 1 Como é que se chama? 2 O que é que faz? 3 Vive aqui agora? 4 Há quanto tempo

Leia mais

NOS@EUROPE. Anexo I. O Desafio da Recuperação Económica e Financeira. Prova de Texto. Gestoras Escola Secundária com 3º CEB do Fundão

NOS@EUROPE. Anexo I. O Desafio da Recuperação Económica e Financeira. Prova de Texto. Gestoras Escola Secundária com 3º CEB do Fundão Anexo I NOS@EUROPE O Desafio da Recuperação Económica e Financeira Prova de Texto Gestoras Escola Secundária com 3º CEB do Fundão Ana Maria Ribeiro da Cruz Diana Patrícia Henriques Fernandes Joana Catarina

Leia mais

Figo: «Objetivo é ajudar quem precisa»

Figo: «Objetivo é ajudar quem precisa» MEIO: WWW.RECORD.PT CORES P&B DATA: 9 DE DEZEMBRO DE 2013 Figo: «Objetivo é ajudar quem precisa» Luís Figo recebeu quase mil crianças na festa de Natal da sua Fundação, no Circo Aquático Show, em Lisboa.

Leia mais

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Conhece os teus Direitos A caminho da tua Casa de Acolhimento Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Dados Pessoais Nome: Apelido: Morada: Localidade: Código Postal - Telefone: Telemóvel: E

Leia mais

Proposta de Lei da Imigração Inovações que mudam a vida das pessoas

Proposta de Lei da Imigração Inovações que mudam a vida das pessoas da Imigração Inovações que mudam a vida das pessoas Fui expulso, mas tenho um filho menor a cargo a viver em Portugal. Podem recusar-me a entrada? Sim. A residência de filhos menores em Portugal é apenas

Leia mais

Aproximam-se duas datas muito especiais. Mensagem do Presidente

Aproximam-se duas datas muito especiais. Mensagem do Presidente NOTÍCIAS DO MUTUALISMO Informação Quinzenal Edição n.º 55 - II Série 15 de outubro de 2014 Mensagem do Presidente Aproximam-se duas datas muito especiais para o Mutualismo e para os Mutualistas, a Comemoração

Leia mais

Como utilizar este caderno

Como utilizar este caderno INTRODUÇÃO O objetivo deste livreto é de ajudar os grupos da Pastoral de Jovens do Meio Popular da cidade e do campo a definir a sua identidade. A consciência de classe, ou seja, a consciência de "quem

Leia mais

Estiveram presentes 98 técnicas em representação de 66 Instituições.

Estiveram presentes 98 técnicas em representação de 66 Instituições. 1. No dia 4 de Dezembro, a União Distrital de Santarém em parceria com Segurança Social, levou a efeito o ultimo dos 5 encontros realizados em várias zonas do distrito, sobre o tema "Encontros de Partilha",

Leia mais

Há cabo-verdianos a participar na vida política portuguesa - Nuno Sarmento Morais, ex-ministro da Presidência de Portugal

Há cabo-verdianos a participar na vida política portuguesa - Nuno Sarmento Morais, ex-ministro da Presidência de Portugal Há cabo-verdianos a participar na vida política portuguesa - Nuno Sarmento Morais, ex-ministro da Presidência de Portugal À margem do Fórum promovido pela Associação Mais Portugal Cabo Verde, que o trouxe

Leia mais

A FORMA MAIS RÁPIDA E FÁCIL DE FAZER CRESCER O SEU NEGÓCIO EM FRANÇA A FORMA MAIS RÁPIDA E FÁCIL DE FAZER CRESCER O SEU NEGÓCIO EM FRANÇA

A FORMA MAIS RÁPIDA E FÁCIL DE FAZER CRESCER O SEU NEGÓCIO EM FRANÇA A FORMA MAIS RÁPIDA E FÁCIL DE FAZER CRESCER O SEU NEGÓCIO EM FRANÇA A FORMA MAIS RÁPIDA E FÁCIL DE FAZER CRESCER O SEU NEGÓCIO A FORMA MAIS RÁPIDA E FÁCIL DE FAZER CRESCER O SEU NEGÓCIO EM FRANÇA EM FRANÇA CHAMBRE DE COMMERCE ET D INDUSTRIE FRANCO-PORTUGAISE Associação

Leia mais

14-5-2010 MARIA JOÃO BASTOS AUTOBIOGRAFIA. [Escrever o subtítulo do documento] Bruna

14-5-2010 MARIA JOÃO BASTOS AUTOBIOGRAFIA. [Escrever o subtítulo do documento] Bruna 14-5-2010 MARIA JOÃO BASTOS AUTOBIOGRAFIA [Escrever o subtítulo do documento] Bruna Autobiografia O meu nome é Maria João, tenho 38 anos e sou natural da Nazaré, onde vivi até há sete anos atrás, sensivelmente.

Leia mais

INTERVENÇÃO DO SECRETÁRIO DE ESTADO ADJUNTO E DA DEFESA NACIONAL PAULO BRAGA LINO COMEMORAÇÕES DO DIA DO COMBATENTE, EM FRANÇA

INTERVENÇÃO DO SECRETÁRIO DE ESTADO ADJUNTO E DA DEFESA NACIONAL PAULO BRAGA LINO COMEMORAÇÕES DO DIA DO COMBATENTE, EM FRANÇA INTERVENÇÃO DO SECRETÁRIO DE ESTADO ADJUNTO E DA DEFESA NACIONAL PAULO BRAGA LINO COMEMORAÇÕES DO DIA DO COMBATENTE, EM FRANÇA Richebourg/La Couture, 13 de abril de 2012 Monsieur le Préfet du Pas-de-Calais

Leia mais

DISCURSO DE POSSE. Sinto-me extremamente honrado ao assumir a Presidência da ACISB/CDL nesta cerimônia, agradeço a Deus por este momento.

DISCURSO DE POSSE. Sinto-me extremamente honrado ao assumir a Presidência da ACISB/CDL nesta cerimônia, agradeço a Deus por este momento. DISCURSO DE POSSE Boa Noite a todos! Cumprimento o ex-diretor presidente Sebastião Calais, o Prefeito Leris Braga, o vice-prefeito Alcemir Moreira, o presidente da Câmara de Vereadores Juarez Camilo, o

Leia mais

Senhor Presidente. Senhor Presidente,

Senhor Presidente. Senhor Presidente, Intervenção proferida pelo Deputado Clélio Meneses aquando da discussão do Plano e Orçamento para 2012. Senhor Presidente Senhoras e Senhores Deputados Senhor Presidente, Senhora e Senhores Membros do

Leia mais

Dinâmica e Animação de Grupo

Dinâmica e Animação de Grupo Dinâmica e Animação de Grupo Desenvolvimento de Competências Turma G3D Leandro Diogo da Silva Neves 4848 Índice 1. Introdução... 3 2. Planeamento de desenvolvimento individual... 4 2.1 Competências...

Leia mais

É precisamente nestas alturas que temos de equacionar todos os meios possíveis para tornar viáveis, nomeadamente, os museus.

É precisamente nestas alturas que temos de equacionar todos os meios possíveis para tornar viáveis, nomeadamente, os museus. Museus Novos produtos para novos públicos António Ponte Paço dos Duques de Bragança PORTO, 2011-11-07 Ao iniciar esta apresentação quero agradecer o convite que nos foi endereçado para apresentar a situação

Leia mais

SECRETÁRIA DE ESTADO ADJUNTA E DA DEFESA NACIONAL. Ciberespaço: Liderança, Segurança e Defesa na Sociedade em Rede

SECRETÁRIA DE ESTADO ADJUNTA E DA DEFESA NACIONAL. Ciberespaço: Liderança, Segurança e Defesa na Sociedade em Rede INTERVENÇÃO DA SECRETÁRIA DE ESTADO ADJUNTA E DA DEFESA NACIONAL BERTA DE MELO CABRAL 7º EIN Simpósio Internacional Ciberespaço: Liderança, Segurança e Defesa na Sociedade em Rede Lisboa, Academia Militar,

Leia mais

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br Realização e Organização www.vamaislonge.com.br Quem somos... Leonardo Alvarenga, tenho 23 anos, sou criador do Não Tenho Ideia e do #VáMaisLonge. Sou formado em Educação Física mas larguei tudo logo após

Leia mais

Exma. Sra. Presidente do Conselho Geral Transitório Exmos. Srs. Conselheiros Exmos. Srs. Professores Exmos. Srs. Funcionários Caros amigos e amigas

Exma. Sra. Presidente do Conselho Geral Transitório Exmos. Srs. Conselheiros Exmos. Srs. Professores Exmos. Srs. Funcionários Caros amigos e amigas Exma. Sra. Presidente do Conselho Geral Transitório Exmos. Srs. Conselheiros Exmos. Srs. Professores Exmos. Srs. Funcionários Caros amigos e amigas Em primeiro lugar gostaria de expressar o meu agradecimento

Leia mais

INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES. Eng. Mário Lino. Cerimónia de Abertura do WTPF-09

INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES. Eng. Mário Lino. Cerimónia de Abertura do WTPF-09 INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES Eng. Mário Lino Cerimónia de Abertura do WTPF-09 Centro de Congressos de Lisboa, 22 de Abril de 2009 (vale a versão

Leia mais

Em primeiro lugar, gostaria, naturalmente, de agradecer a todos, que se disponibilizaram, para estar presentes nesta cerimónia.

Em primeiro lugar, gostaria, naturalmente, de agradecer a todos, que se disponibilizaram, para estar presentes nesta cerimónia. Cumprimentos a todas as altas individualidades presentes (nomeando cada uma). Caras Colegas, Caros Colegas, Minhas Senhoras, Meus Senhores, Meus Amigos Em primeiro lugar, gostaria, naturalmente, de agradecer

Leia mais

O dia que eu fiz um empreendedor imobiliário chorar

O dia que eu fiz um empreendedor imobiliário chorar O dia que eu fiz um empreendedor imobiliário chorar Por Natália Garcia* João ocupa um cargo importante em um dos órgãos sindicais de construtoras, corretoras e imobiliárias do Brasil. Seu nome é fictício

Leia mais

IX Colóquio Os Direitos Humanos na Ordem do Dia: Jovens e Desenvolvimento - Desafio Global. Grupo Parlamentar Português sobre População e

IX Colóquio Os Direitos Humanos na Ordem do Dia: Jovens e Desenvolvimento - Desafio Global. Grupo Parlamentar Português sobre População e IX Colóquio Os Direitos Humanos na Ordem do Dia: Jovens e Desenvolvimento - Desafio Global Grupo Parlamentar Português sobre População e Cumprimentos: Desenvolvimento Assembleia da República 18 de Novembro

Leia mais

Entrevista com BPN Imofundos. António Coutinho Rebelo. Presidente. www.bpnimofundos.pt. Com quality media press para LA VANGUARDIA

Entrevista com BPN Imofundos. António Coutinho Rebelo. Presidente. www.bpnimofundos.pt. Com quality media press para LA VANGUARDIA Entrevista com BPN Imofundos António Coutinho Rebelo Presidente www.bpnimofundos.pt Com quality media press para LA VANGUARDIA Esta transcrição reproduz fiel e integralmente a entrevista. As respostas

Leia mais

NOTÍCIAS. Parque da Cidade é o escolhido para grandes eventos em Natal. V.4 - N.4 - Setembro de 2015

NOTÍCIAS. Parque da Cidade é o escolhido para grandes eventos em Natal. V.4 - N.4 - Setembro de 2015 V.4 - N.4 - Setembro de 2015 Vilma Lúcia da Silva 05 Assessora de Comunicação do Parque da Cidade Parque da Cidade é o escolhido para grandes eventos em Natal Só no mês de setembro o Parque da Cidade recebeu

Leia mais

Cartas enviadas para a ZON

Cartas enviadas para a ZON Cartas enviadas para a ZON 1ª CARTA Bruno Cardoso Pimentel Macedo Praceta da Bela Vista nº8 4720-286 Carrazedo Amares ZON TV Cabo Portugal, S.A. Edifício ZON Rua Ator António Silva, 9 Campo Grande 1600-404

Leia mais

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Palestrante: Pedro Quintanilha Freelapro Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Quem sou eu? Eu me tornei um freelancer

Leia mais

«Concurso Jovem Agricultor Português»

«Concurso Jovem Agricultor Português» «Concurso Jovem Agricultor Português» Como já é tradição, desde há muito, que a Caixa não descura a intenção de apoiar e estimular a economia nacional, assim como outras áreas de interesse, mostrando com

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 65 Discurso na solenidade do Dia

Leia mais

Procriação Medicamente Assistida: Presente e Futuro Questões emergentes nos contextos científico, ético, social e legal

Procriação Medicamente Assistida: Presente e Futuro Questões emergentes nos contextos científico, ético, social e legal Procriação Medicamente Assistida: Presente e Futuro Questões emergentes nos contextos científico, ético, social e legal Senhor Secretário de Estado da Saúde, Dr. Leal da Costa, Senhora Secretária de Estado

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 37 Discurso na cerimónia de retomada

Leia mais

Sinopse II. Idosos não institucionalizados (INI)

Sinopse II. Idosos não institucionalizados (INI) Sinopse II. Idosos não institucionalizados (INI) II 1 Indicadores Desqualificação Não poder fazer nada do que preciso, quero fazer as coisas e não posso ; eu senti-me velho com 80 anos. Aí é que eu já

Leia mais

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele O Plantador e as Sementes Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele sabia plantar de tudo: plantava árvores frutíferas, plantava flores, plantava legumes... ele plantava

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 25 Discurso na cerimónia de entrega

Leia mais

D. Virgílio Antunes no Centro Social do Senhor da Serra. Bispo de Coimbra na bênção oficial da Residência Cristo Redentor

D. Virgílio Antunes no Centro Social do Senhor da Serra. Bispo de Coimbra na bênção oficial da Residência Cristo Redentor D. Virgílio Antunes no Centro Social do Senhor da Serra Bispo de Coimbra na bênção oficial da Residência Cristo Redentor O bispo da diocese de Coimbra, D. Virgílio Antunes, procedeu à bênção oficial da

Leia mais

O que é o concurso EUemPT?

O que é o concurso EUemPT? O que é o concurso EUemPT? O concurso EUemPT, uma atividade educativa sobre a UE, é uma iniciativa da Comissão Europeia, promovida pelo Centro de Informação Europeia Jacques Delors, concebida e implementada

Leia mais

Estamos presentes em 20 estados

Estamos presentes em 20 estados http://goo.gl/7kuwo O IDEBRASIL é voltado para compartilhar conhecimento de gestão com o empreendedor do pequeno e micro negócio, de forma prática, objetiva e simplificada. A filosofia de capacitação é

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO EMPRESARIAL INTERNACIONAL E DIPLOMACIA ECONÓMICA

PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO EMPRESARIAL INTERNACIONAL E DIPLOMACIA ECONÓMICA PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO EMPRESARIAL INTERNACIONAL E DIPLOMACIA ECONÓMICA Gestão Empresarial Internacional e Diplomacia Económica International Management and Economic Diplomacy 2 O aumento das exportações

Leia mais

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT

INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT INQUÉRITO - PROJECTO DE TUTORIA A ESTUDANTES ERAMUS OUT Desde já, agradecemos a sua participação nesta nova etapa do Projecto de Tutoria a Estudantes ERASMUS versão OUT. Com este inquérito, pretendemos

Leia mais

OSVALDO. Como também foi determinante a motivação e a indicação feita por um professor.

OSVALDO. Como também foi determinante a motivação e a indicação feita por um professor. OSVALDO Bom dia! Meu nome é Osvaldo, tenho 15 anos, sou de Santa Isabel SP (uma cidadezinha próxima à Guarulhos) e, com muito orgulho, sou bolsista ISMART! Ingressei no ISMART este ano e atualmente estou

Leia mais

Cerimónia Oficial da XIII - Edição do Festival Músicas do Mundo 22 de Julho 2011. Caros Sineenses Visitantes e participantes do F.M.

Cerimónia Oficial da XIII - Edição do Festival Músicas do Mundo 22 de Julho 2011. Caros Sineenses Visitantes e participantes do F.M. Câmara Municipal Presidência Cerimónia Oficial da XIII - Edição do Festival Músicas do Mundo 22 de Julho 2011. Caros Sineenses Visitantes e participantes do F.M.M de Sines Bem vindos à nossa grande festa

Leia mais

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE SÁTÃO

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE SÁTÃO 1 ATA DA PRIMEIRA REUNIÃO DA REALIZADA NO DIA DEZASSEIS DO MÊS DE OUTUBRO DO ANO DE DOIS MIL E TREZE Após a instalação dos respetivos órgãos municipais, o Sr. Presidente da Assembleia Municipal cessante

Leia mais

Agradeço muito o convite que me foi endereçado para encerrar este XI Congresso da Ordem dos Revisores Oficias de Contas.

Agradeço muito o convite que me foi endereçado para encerrar este XI Congresso da Ordem dos Revisores Oficias de Contas. Senhor Bastonário da Ordem dos Revisores Oficiais de Contas, Dr. José Azevedo Rodrigues; Senhor Vice-Presidente do Conselho Diretivo da Ordem dos Revisores Oficiais de Contas e Presidente da Comissão Organizadora

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 17 Discurso após a cerimónia de assinatura

Leia mais

Ora, é hoje do conhecimento geral, que há cada vez mais mulheres licenciadas, com mestrado, doutoramentos, pós-docs e MBA s.

Ora, é hoje do conhecimento geral, que há cada vez mais mulheres licenciadas, com mestrado, doutoramentos, pós-docs e MBA s. Bom dia a todos e a todas, Não é difícil apontar vantagens económicas às medidas de gestão empresarial centradas na igualdade de género. Em primeiro lugar, porque permitem atrair e reter os melhores talentos;

Leia mais

Uma cidade que passou de nível médio nacional, a médio europeu, fruto da coragem e determinação de quem tomou as decisões da época.

Uma cidade que passou de nível médio nacional, a médio europeu, fruto da coragem e determinação de quem tomou as decisões da época. Senhor presidente da assembleia e restantes membros da mesa, Senhoras vereadoras, senhores vereadores, Senhoras e senhores deputados, Público aqui presente, Corria o segundo ano, da segunda década do século

Leia mais

EUROPA. Uma Grande. Família

EUROPA. Uma Grande. Família EUROPA Uma Grande Família Europa - Uma grande família Porque viver na Europa é sinónimo de união, oportunidades, pertença e harmonia, esta publicação apresenta os cidadãos europeus como elementos de uma

Leia mais

Esterofoto Geoengenharia SA. Álvaro Pombo. Administrtador. (www.estereofoto.pt)

Esterofoto Geoengenharia SA. Álvaro Pombo. Administrtador. (www.estereofoto.pt) Esterofoto Geoengenharia SA Álvaro Pombo Administrtador (www.estereofoto.pt) Q. Conte-nos um pouco da historia da empresa, que já tem mais de 30 anos. R. A Esterofoto é uma empresa de raiz, a base da empresa

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

Conselho da Europa Plano de Acção para a Deficiência 2006-2015

Conselho da Europa Plano de Acção para a Deficiência 2006-2015 Conselho da Europa Plano de Acção para a Deficiência 2006-2015 Versão Linguagem Fácil Conselho da Europa Plano de Acção para a Deficiência 2006-2015 Versão Linguagem Fácil Página 1 de 60 Plano de Acção

Leia mais

ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE BELMONTE, REALIZADA NO DIA NOVE DE JULHO DE DOIS MIL E QUINZE

ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE BELMONTE, REALIZADA NO DIA NOVE DE JULHO DE DOIS MIL E QUINZE 09-07-2015 113 Acta número treze ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE BELMONTE, REALIZADA NO DIA NOVE DE JULHO DE DOIS MIL E QUINZE Aos nove dias do mês de Julho do ano dois mil e quinze, pelas

Leia mais

AJUDA DE MÃE. APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (PORLVT)

AJUDA DE MÃE. APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (PORLVT) AJUDA DE MÃE APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (PORLVT) Objectivos: Informar, apoiar, encaminhar e acolher a mulher grávida. Ajudar cada

Leia mais

Dedico este livro a todas as MMM S* da minha vida. Eu ainda tenho a minha, e é a MMM. Amo-te Mãe!

Dedico este livro a todas as MMM S* da minha vida. Eu ainda tenho a minha, e é a MMM. Amo-te Mãe! Dedico este livro a todas as MMM S* da minha vida. Eu ainda tenho a minha, e é a MMM. Amo-te Mãe! *MELHOR MÃE DO MUNDO Coaching para Mães Disponíveis, www.emotionalcoaching.pt 1 Nota da Autora Olá, Coaching

Leia mais

PARCEIROS Modelo de Negócio

PARCEIROS Modelo de Negócio PARCEIROS Modelo de Negócio YouBIZ Telecom O YouBIZ Telecom é um negócio da empresa YouBIZ, parceira da. Somos uma empresa líder no canal de Marketing de Rede, com uma quota de mercado superior a 85%.

Leia mais

MERCI DE NOUS RENVOYER VOTRE TEST A : info@soft-formation.com TEST PORTUGAIS NOM DU STAGIAIRE : PRENOM DU STAGIAIRE :

MERCI DE NOUS RENVOYER VOTRE TEST A : info@soft-formation.com TEST PORTUGAIS NOM DU STAGIAIRE : PRENOM DU STAGIAIRE : - 1 - MERCI DE NOUS RENVOYER VOTRE TEST A : info@soft-formation.com TEST PORTUGAIS SOCIETE : RESPONSABLE FORMATION : TELEPHONE : FAX : NOM DU STAGIAIRE : PRENOM DU STAGIAIRE : TELEPHONE : FAX : DATE DU

Leia mais

Ficha Técnica: Design e Impressão Mediana Global Communication

Ficha Técnica: Design e Impressão Mediana Global Communication Uma Cidade para Todos Ficha Técnica: Design e Impressão Mediana Global Communication Colaboração Nuno Oliveira, coordenador do Serviço de Psicologia do 1º ciclo do Ensino Básico da EMEC - Empresa Municipal

Leia mais

Folha Informativa nº 84

Folha Informativa nº 84 Folha Informativa nº 84 Visita de Estudo e Institucional da Delegação Centro da AACDN ao Concelho de Pombal em 27-10-2012 Conforme o programado, realizou-se, no passado dia 27/10/2012 (Sábado), a visita

Leia mais

IX Colóquio Direitos Humanos na Ordem do Dia promovido pelo Grupo Parlamentar Português para a População e Desenvolvimento

IX Colóquio Direitos Humanos na Ordem do Dia promovido pelo Grupo Parlamentar Português para a População e Desenvolvimento IX Colóquio Direitos Humanos na Ordem do Dia promovido pelo Grupo Parlamentar Português para a População e Desenvolvimento Lançamento do Relatório 2014 do UNFPA Painel: Jovens em Portugal Da Oportunidade

Leia mais

Entrevistado: Almir Barbassa Entrevistador: - Data:11/08/2009 Tempo do Áudio: 23 30

Entrevistado: Almir Barbassa Entrevistador: - Data:11/08/2009 Tempo do Áudio: 23 30 1 Entrevistado: Almir Barbassa Entrevistador: - Data:11/08/2009 Tempo do Áudio: 23 30 Entrevistador- Como o senhor vê a economia mundial e qual o posicionamento do Brasil, após quase um ano da quebra do

Leia mais

Como sempre, e de acordo com a nossa missão, continuaremos a dar a conhecer a Síndrome de Asperger e a APSA à sociedade em geral.

Como sempre, e de acordo com a nossa missão, continuaremos a dar a conhecer a Síndrome de Asperger e a APSA à sociedade em geral. Plano de Atividades 2016 INTRODUÇÃO O Plano de Atividades para 2016 agora apresentado tem como mote central DAR SENTIDO. Dar Sentido a tudo o que fazemos, o que nos envolve e o que envolve os outros. Centrarse-á

Leia mais

Prova Escrita de Português Língua Não Materna

Prova Escrita de Português Língua Não Materna EXAME NACIONAL DO ENSINO BÁSICO E DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova 28 739 /1.ª Chamada 1.ª Fase / 2008 Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de Janeiro e Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março A PREENCHER PELO ESTUDANTE

Leia mais

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é Alexandre da Silva França. Eu nasci em 17 do sete de 1958, no Rio de Janeiro. FORMAÇÃO Eu sou tecnólogo em processamento de dados. PRIMEIRO DIA

Leia mais

Jairo Martins da Silva. FOTOs: divulgação

Jairo Martins da Silva. FOTOs: divulgação Jairo Martins da Silva FOTOs: divulgação E N T R E V I S T A Disseminando qualidade e cultura Superintendente-geral da Fundação Nacional da Qualidade, Jairo Martins da Silva fala sobre o desafio da qualidade

Leia mais

MUN I C Í P I O D E S Á T Ã O

MUN I C Í P I O D E S Á T Ã O DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÁTÃO REALIZADA NO DIA 18-09-2015 PRESENTES ATA Nº. 19/2015 PRESIDENTE Alexandre Vaz VICE- PRESIDENTE Paulo Santos VEREADORES Zélia Silva Rosa Carvalho Fernando

Leia mais

O legado de AGOSTINHO DA SILVA 15 anos após a sua morte i

O legado de AGOSTINHO DA SILVA 15 anos após a sua morte i O legado de AGOSTINHO DA SILVA 15 anos após a sua morte i LUÍS CARLOS SANTOS luis.santos@ese.ips.pt Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal 1- Agostinho da Silva, um adepto da Educação

Leia mais