Prof. Paulo Cesar Costa

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Prof. Paulo Cesar Costa"

Transcrição

1 01. (UFPA) Uma pirâmide regular, cuja base é um quadrado de diagonal 6 6 cm, e altura igual a / do lado da base, tem área total igual a: 96 cm b) 5 cm 88 cm 8 cm e) 576 cm 06. (ITA) A aresta de um cubo mede x cm. A razão entre o volume e a área total do poliedro cujos vértices são os centros das faces do cubo será: ( / 9) x cm b) ( / 18) x cm ( / 6) x cm ( / ) x cm e) ( / ) x cm 0. (CESCEM) Em uma pirâmide regular de 1 cm de altura tendo como base um quadrado de lado igual a 10cm, a área lateral é: 0 cm b) 60 cm 0 cm 00 cm e) cm 07. (FUVEST) No sólido S representado na figura ao lado, a base ABCD é um retângulo de lados AB = a e AD = a; as faces ABEF e DCEF são trapézios; as faces ADF e BCE são triângulos equiláteros e o segmento EF tem comprimento a. Determinar, em função de a, o volume de S. 0. (ITA) Seja T um cubo com aresta de medida a. Considere P a pirâmide que tem vértice no centro de uma face de T e como base a face oposta de T. Sendo x a área lateral de P, temos: x a b) x a 5 x ( a 1) 5 x ( a 1) e) x ( 5) a 0. (PUC) Para que o volume de um cubo de aresta a seja igual ao volume de uma pirâmide cuja base é um quadrado de lado a, a altura da pirâmide é: a/ b) /a a/ a/ e) a 05. (MACK) Uma pirâmide cuja base é um quadrado de lado a tem o mesmo volume que um prisma cuja base é um quadrado de lado a. A razão entre as alturas da pirâmide e do prisma, nessa ordem, é: / b) / 1/ a/ e) a 08. (ITA) Dada uma pirâmide regular triangular, sabe-se que sua altura mede a cm, onde a é a medida da aresta de sua base. Então, a área total desta pirâmide, em cm, vale: ( a 7) / b) ( a 109) / ( a ) / [ a ( )] / e) [ a (1 109)] / 09. (PUCSP) A base de uma pirâmide reta é um quadrado cujo lado mede 8 cm. Se as arestas laterais da pirâmide medem 17cm, o seu volume, em centímetros cúbicos, é: 50. b) e) (FEI) São dados dois planos paralelos distantes de 5cm. Considere em um dos planos um triângulo ABC de área 0cm e no outro plano um ponto qualquer O. O volume do tetraedro ABCO é: 10 cm b) 0 cm 0 cm 0 cm e) 50 cm

2 11. (UNESP) As arestas do prisma triangular reto mostrado na figura a seguir têm todas a mesma medida. Secciona-se o prisma por meio de um plano pelos vértices R e Q e por um ponto M da aresta AB. Para que o tetraedro MBQR tenha volume igual a 1/ do volume do outro sólido em que se dividiu o prisma, deve-se ter BM igual a: 16. (MACKENZIE) Na figura a seguir, PMN é a secção do prisma reto, triangular e regular, com um plano α que faz 60 com sua base. Se M e N são pontos médios e se o volume do sólido assinalado é mede:, então k / BA b) / BA /5 BA 1/ BA e) 1/6 BA 1. (PUCCAMP) Uma pirâmide regular de base hexagonal é tal que a altura mede 8cm e a aresta da base mede cm. O volume dessa pirâmide, em centímetros cúbicos, é 1 b) e) (FUVEST) Considere uma caixa sem tampa com a forma de um paralelepípedo reto de altura 8 m e base quadrada de lado 6 m. Apoiada na base, encontra-se uma pirâmide sólida reta de altura 8m e base quadrada com lado 6 m. O espaço interior à caixa e exterior à pirâmide é preenchido com água, até uma altura h, a partir da base (h 8). Determine, em metros cúbicos, o volume da água para um valor arbitrário de h, 0 h 8. b) e) 1 1. (Unirio) Um prisma de altura H e uma pirâmide têm bases com a mesma área. Se o volume do prisma é a metade do volume da pirâmide, a altura da pirâmide é: H/6 b) H/ H H e) 6H 18. (UFRS) O valor numérico de cada aresta de um cubo é, e os pontos P, Q e R são pontos médios de três arestas, como no desenho a seguir. Um plano passando pelos pontos P, Q e R secciona o cubo em dois sólidos. A razão entre o volume do sólido menor e o volume do cubo é 1. (UECE) Numa pirâmide quadrangular regular, uma aresta da base mede cm e uma aresta lateral mede cm. O volume dessa pirâmide, em cm, é: 7 b) /8 b) 1/ 1/ 1/16 e) 1/1 15. (ITA) Uma pirâmide regular tem por base um quadrado de lado cm. Sabe-se que as faces formam com a base ângulos de 5. Então, a razão entre a área da base e a área lateral é igual a: b) 1/ 6 / e) / 19. (ITA) Um triedro tri-retângulo é cortado por um plano que intercepta as três arestas, formando um triângulo com lados medindo 8m, 10m e 1m. O volume, em m, do sólido formado é: 15 6 b) e) 5 6

3 0. (ITA) A razão entre a área da base de uma pirâmide regular de base quadrada e a área de uma de suas faces é. Sabendo que o volume da pirâmide é de 1m, temos que a altura da pirâmide mede, em metros: 1 b) e) 5 1. (ITA) Considere uma pirâmide regular de altura igual a 5cm e cuja base é formada por um quadrado de área igual a 8cm. A distância de cada face desta pirâmide ao centro de sua base, em cm, é igual a: Prof. Paulo Cesar Costa 15 b) (FUVEST-SP) Uma pirâmide tem como base um quadrado de lado 1, e cada uma de suas faces laterais é um triângulo equilátero. Então, a área do quadrado, que tem como vértices os baricentros de cada uma das faces laterais, é igual a: 5/9 b) /9 1/ /9 e) 1/9 6. (ENEM) Uma fábrica produz velas de parafina em forma de pirâmide quadrangular regular com 19 cm de altura e 6 cm de aresta da base. Essas velas são formadas por blocos de mesma altura - troncos de pirâmide de bases paralelas e 1 pirâmide na parte superior -, espaçados de 1 cm entre eles, sendo que a base superior de cada bloco é igual à base inferior do bloco sobreposto, com uma haste de ferro passando pelo centro de cada bloco, unindo-os, conforme a figura. 7 5 e). (ITA) Seja uma pirâmide regular de base hexagonal e altura 10m. A que distância do vértice devemos cortá-la por um plano paralelo à base de forma que o volume da pirâmide obtida seja 1/8 do volume da pirâmide original? m b) m 5m 6m e) 8m Se o dono da fábrica resolver diversificar o modelo, retirando a pirâmide da parte superior, que tem 1,5 cm de aresta na base, mas mantendo o mesmo molde, quanto ele passará a gastar com parafina para fabricar uma vela? 156 cm b) 189 cm 19 cm 16 cm e) 50 cm. (ITA) Considere um cilindro circular reto, de volume igual a 60π cm, e uma pirâmide regular cuja base hexagonal está inscrita na base do cilindro. Sabendo que a altura da pirâmide é o dobro da altura do cilindro e que a área da base da pirâmide é de 5 cm, então, a área lateral da pirâmide mede, em cm, 18 7 b) e) (ITA) Um tetraedro regular tem área total igual a 6 cm. Então sua altura, em cm, é igual a: b) e). Um triedro tri-retângulo de vértice O é seccionado por um plano α, de modo que a interseção obtida é um triângulo equilátero ABC de lado 6cm. A distância, em cm, do vértice O do triedro ao plano α é igual a: b) 6 e) 8. (UFES) Um reservatório de água tem a forma de uma pirâmide regular de base quadrada. O vértice do reservatório está apoiado no solo, e seu eixo está posicionado perpendicularmente ao solo. Com o reservatório vazio, abre-se um torneira que despeja água no reservatório com uma vazão constante. Após 10 minutos, o nível da água, medido a partir do vértice, atinge ¼ da altura do reservatório. O tempo que ainda falta para encher completamente o reservatório é de: 6 horas e 10 minutos. b) 8 horas e 15 minutos. 8 horas e 0 minutos. 10 horas e 0 minutos. e) 10 horas e 0 minutos.

4 9. (ITA) Um tronco de pirâmide regular tem por bases triângulos equiláteros, cujos lados medem, respectivamente, cm e cm. Se a aresta lateral do tronco mede cm, então o valor de sua altura h, em cm, é tal que: 7 < h < 8 b) 6 < h < 7. (UFRJ) O sólido representado na figura é formado por um cubo e uma pirâmide quadrangular regular cuja base coincide com a face superior do cubo. O vértice O do cubo é a origem do sistema ortogonal de coordenadas cartesianas Oxyz. Os vértices P, R e O' pertencem respectivamente aos semi-eixos positivos Ox, Oy e Oz. O vértice S tem coordenadas (,,8). < h < 1< h < e) < h < 0. (UNIFOR) Uma pirâmide regular tem 6 cm de altura e a aresta da base mede 8cm. Se os ângulos internos da base e de todas as faces laterais dessa pirâmide somam 1.800º, o seu volume, em centímetros cúbicos, é: 576 b) e) (UFMG) Em uma indústria de velas, a parafina é armazenada em caixa cúbicas, cujo lado mede a. Depois de derretida, a parafina é derramada em moldes em formato de de base quadrada, cuja altura e cuja aresta da base medem, cada uma, a/. Considerando-se essas informações, é CORRETO afirmar que, com a parafina armazenada em apenas uma dessas caixas, enche-se um total de: 6 moldes. b) 8 moldes. moldes. moldes.. (UFSM) Um técnico agrícola utiliza um pluviômetro na forma de pirâmide quadrangular, para verificar o índice pluviométrico de uma certa região. A água, depois de recolhida, é colocada num cubo de 10cm de aresta. Se, na pirâmide, a água atinge uma altura de 8cm e forma uma pequena pirâmide de 10cm de apótema lateral, então a altura atingida pela água no cubo é de, cm b),8 cm,8 cm, cm e) 6,7 cm Considere o plano z = k que divide o sólido em duas partes de volumes iguais. Determine o valor de k. 5. (UNIRIO) Um engenheiro está construindo um obelisco de forma piramidal regular, onde cada aresta da base quadrangular mede m e cada aresta lateral mede 6m. A inclinação entre cada face lateral e a base do obelisco é um ângulo α tal que: 60 < α < 90 b) 5 < α < 60 0 < α < 5 15 < α < 0 e) 0 < α < (UFC) Em um tetraedro regular VABC, seja M o ponto médio da aresta BC; seja α o ângulo cujo vértice é M e cujos lados são os segmentos da reta MA e MV. Então cos α é igual a: 1/ b) 1/ / 5/6 e) 7/8 7. (UNESP) O prefeito de uma cidade pretende colocar em frente à prefeitura um mastro com uma bandeira, que será apoiado sobre uma pirâmide de base quadrada feita de concreto maciço, como mostra a figura..(ufes) Seja VABC uma pirâmide de vértice V e base ABC. O plano que passa pelo ponto C, pelo ponto médio M da aresta VA e pelo ponto médio N da aresta VB, divide-a em duas de vértice C, uma de base triangular e volume V 1 e outra de base quadrangular e volume V. A razão V 1 /V é 1/8 b) 1/ 1/ /8 e) 1/ Sabendo-se que a aresta da base da pirâmide terá m e que a altura da pirâmide será de m, o volume de concreto (em m ) necessário para a construção da pirâmide será 6. b) e).

5 8. (FUVEST) A figura adiante representa uma pirâmide de base triangular ABC e vértice V. Sabe-se que ABC e ABV são triângulos equiláteros de lado a e que E é o ponto médio do segmento AB. Se a medida do ângulo VÊC é 60, então o volume da pirâmide é: b) e) Prof. Paulo Cesar Costa ( l ) / ( l ) / 8 ( l ) / 1 ( l ) / 16 ( l ) / 18. (UFES) O comprimento do lado da base de uma pirâmide regular de base quadrada é igual ao raio de um cilindro circular reto. A interseção da pirâmide com o plano passando pelo seu vértice e por uma diagonal de sua base tem a mesma área que a interseção do cilindro com um plano passando pelo seu eixo. A razão Vc/Vp entre os volumes Vc do cilindro e Vp da pirâmide é b) 8 e) 9. (UFES) Um grupo de esotéricos deseja construir um reservatório de água na forma de uma pirâmide de base quadrada. Se o lado da base deve ser /5 da altura e o reservatório deve ter capacidade para 70m, qual deverá ser a medida aproximada do lado da base? 8,7 m b) 1,0 m 1,9 m 15,0 m e) 16,0 m.(unesp) A figura representa uma pirâmide com vértice num ponto E. A base é um retângulo ABCD e a face EAB é um triângulo retângulo com o ângulo reto no vértice A. A pirâmide apresenta-se cortada por um plano paralelo à base, na altura H. Esse plano divide a pirâmide em dois sólidos: uma pirâmide EA'B'C'D' e um tronco de pirâmide de altura H. 0. (FUVEST) Um telhado tem a forma da superfície lateral de uma pirâmide regular, de base quadrada. O lado da base mede 8m e a altura da pirâmide m. As telhas para cobrir esse telhado são vendidas em lotes que cobrem 1m. Supondo que possa haver 10 lotes de telhas desperdiçadas (quebras e emendas), o número mínimo de lotes de telhas a ser comprado é: 90 b) e) 10 Sabendo-se que H=cm, AB=6cm, BC=cm e a altura h=ae=6cm, determine: o volume da pirâmide EA'B'C'D'; b) o volume do tronco de pirâmide. 1. (FUVEST) A pirâmide de base retangular ABCD e vértice E representada na figura tem volume. Se M é o ponto médio da aresta AB e V é o ponto médio da aresta EC, então o volume da pirâmide de base AMCD e vértice V é:. (CESGRANRIO) O volume da pirâmide de base quadrada, cujas oito arestas tem o mesmo comprimento a, é: a a b) 6 a 1 b) 1,5,5 e) e) a a 8

6 5. (UNESP) Queremos seccionar uma pirâmide quadrangular reta por um plano paralelo à base de modo a obter um outra com 1/ do volume da maior. Se a altura da menor é h e da maior H, temos que h é igual a: 50. (UFSCAR) Uma pirâmide de base quadrada com área superficial total igual a 8m tem a aresta da base medindo m. O volume do tronco de pirâmide de altura m é: H H b) H( ) H H e) 9 8 b) 7 19 m m m 10 m e) 9 m 6. (PUC) Um projetor está a uma distância de metros de uma parede. A que distância da parede deve ser colocado o projetor, para que a área de um quadro projetado aumente 50%? 6 m b) m m,5 m e) m 51. (MAPOFEI) Uma pirâmide de base quadrada é cortada por um plano paralelo à base. Se a área dessa seção plana é um terço da área da base, calcular a relação entre os volumes das. 7. (ITA) Consideremos uma pirâmide regular cuja base quadrada tem área que mede 6 cm. Numa seção paralela à base que dista 0mm desta inscreve-se um círculo. Se a área do círculo mede π cm, então a altura desta pirâmide mede: 1cm b) cm cm 6cm e) 60cm 5. (MAPOFEI) Secciona-se uma pirâmide regular de altura h por um plano paralelo à base, a uma distância x do vértice. Pede-se x de modo que as áreas laterais da pirâmide de altura x e do tronco de pirâmide de altura h x sejam iguais. 8. (ITA) Cortando-se uma pirâmide regular de altura h, com plano paralelo à base, resulta uma segunda pirâmide. Se a razão entre as áreas das superfícies laterais das for r, a que distância do vértice deve passar o plano? h r b) h r r h r h e) n.d.a. 9. (UNESP) É dada uma pirâmide de altura H, H = 9cm, e volume V, V = 108cm. Um plano paralelo à base dessa pirâmide corta-a determinando um tronco de pirâmide de altura h, h = cm. O volume do tronco de pirâmide resultante é: 6cm b) 8cm 5cm 7cm e) 76cm GABARITO 01. C 1. C. A. C. B 0. B 1. E. B. 8/ 5. C 0. B 1. B 5. D 5. A 6. A 0. E 15. D 6. B 6. A 7. D 05. A 16. D 7. A 7. D 8. B 06. B 18. A 8. D 8. D 9. E 08. E 19. A 9. A 9. B 50. A 09. B 0. C 0. A 0. A 51. / E 1. B 1. C 1. B 5. h / 11. A. C. C. D 5 a h ( - h) /cm ; b) 10/cm 1 16

Projeto Jovem Nota 10

Projeto Jovem Nota 10 1. (Uff 99) Considere o cubo de vértices A, B, C, D, E, F, G e H representando na figura abaixo. Sabendo que a área do triângulo DEC é Ë2/2m, calcule o volume da pirâmide cujos vértices são D, E, G e C.

Leia mais

MATEMÁTICA - 2 o ANO MÓDULO 06 PIRÂMIDE

MATEMÁTICA - 2 o ANO MÓDULO 06 PIRÂMIDE MATEMÁTICA - 2 o ANO MÓDULO 06 PIRÂMIDE h a p 4 a p = 5 6 a b 6 a p = 3 B Como pode cair no enem (ENEM) Uma fábrica produz velas de parafina em forma de pirâmide quadrangular regular com 19 cm de altura

Leia mais

Lista de exercícios - 2os anos - matemática 2 - prova Para se fabricar uma caixa de sabão em pó com 25 cm de altura, 16 cm de largura e

Lista de exercícios - 2os anos - matemática 2 - prova Para se fabricar uma caixa de sabão em pó com 25 cm de altura, 16 cm de largura e Lista de exercícios - 2os anos - matemática 2 - prova 7-2013 Professores: Cebola, Figo, Guilherme, Rod e Sandra 1 - Para se fabricar uma caixa de sabão em pó com 25 cm de altura, 16 cm de largura e 5 cm

Leia mais

REVISÃO Lista 11 Geometria Espacial. para área lateral, total, V para volume, d para diagonal, h para altura, r para raio, g para geratriz )

REVISÃO Lista 11 Geometria Espacial. para área lateral, total, V para volume, d para diagonal, h para altura, r para raio, g para geratriz ) NOME: ANO: º Nº: PROFESSOR(A): Ana Luiza Ozores DATA: Algumas definições (Nas fórmulas a seguir, vamos utilizar aqui REVISÃO Lista Geometria Espacial A B para área da base, para área lateral, total, V

Leia mais

Projeto Jovem Nota 10

Projeto Jovem Nota 10 1. (Fuvest 99) Considere uma caixa sem tampa com a forma de um paralelepípedo reto de altura 8 m e base quadrada de lado 6 m. Apoiada na base, encontra-se uma pirâmide sólida reta de altura 8m e base quadrada

Leia mais

Lista de Recuperação Bimestral de Matemática 2

Lista de Recuperação Bimestral de Matemática 2 Lista de Recuperação Bimestral de Matemática NOME Nº SÉRIE: DATA / /01 BIMESTRE PROFESSOR : Denis Rocha DISCIPLINA : Matemática VISTO COORDENAÇÃO INSTRUÇÕES EM Visto: 1) Preencha seu nome número e série

Leia mais

Projeto Jovem Nota 10

Projeto Jovem Nota 10 1. (Ita 2003) Quatro esferas de mesmo raio R > 0 são tangentes externamente duas a duas, de forma que seus centros formam um tetraedro regular com arestas de comprimento 2 R. Determine, em função de R,

Leia mais

1. (Ufrgs 2011) No hexágono regular representado na figura abaixo, os pontos A e B possuem, respectivamente, coordenadas (0, 0) e (3,0).

1. (Ufrgs 2011) No hexágono regular representado na figura abaixo, os pontos A e B possuem, respectivamente, coordenadas (0, 0) e (3,0). Nome: nº Professor(a): Série: 2º EM. Turma: Data: / /2013 Nota: Sem limite para crescer Bateria de Exercícios Matemática II 3º Trimestre 1º Trimestre 1. (Ufrgs 2011) No hexágono regular representado na

Leia mais

Matemática Geometria Espacial. Professor Bacon

Matemática Geometria Espacial. Professor Bacon Matemática Geometria Espacial Professor Bacon Prismas Volume Fórmula Geral: V= A.base x Altura (h) Área lateral = soma das áreas laterais Um caminhão basculante tem a carroceria com as dimensões indicadas

Leia mais

Exercícios de Matemática Pirâmide

Exercícios de Matemática Pirâmide Exercícios de Matemática Pirâmide 1. (Ita) A aresta de um cubo mede x cm. A razão entre o volume e a área total do poliedro cujos vértices são os centros das faces do cubo será: a) (Ë3/9)x cm b) (Ë3/18)x

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS PRISMAS, PIRÂMIDES, CILINDROS E CONES PROF. FLABER

LISTA DE EXERCÍCIOS PRISMAS, PIRÂMIDES, CILINDROS E CONES PROF. FLABER ALUNO(A): TURMA: Nº Caro aluno, Esta lista de exercícios tem como objetivo auxiliá-lo e orientá-lo no estudo para que possa melhorar seu desempenho na Prova Oficial. Resolva os exercícios com dedicação.

Leia mais

Matemática - 3C12/14/15/16/26 Lista 2

Matemática - 3C12/14/15/16/26 Lista 2 Matemática - 3C12/14/15/16/26 Lista 2 Poliedros Convexos 1) Determine qual é o poliedro convexo e fechado que tem 6 vértices e 12 arestas. 2) Determine o nº de vértices de dodecaedro convexo que tem 20

Leia mais

3 ÁREAS E VOLUME DO TRONCO DE PIRÂMIDE 1 TRONCO DE PIRÂMIDE 2 SEMELHANÇA ENTRE AS PIRÂMIDES. 3.1 Área lateral. 3.2 Área das bases. 3.

3 ÁREAS E VOLUME DO TRONCO DE PIRÂMIDE 1 TRONCO DE PIRÂMIDE 2 SEMELHANÇA ENTRE AS PIRÂMIDES. 3.1 Área lateral. 3.2 Área das bases. 3. Matemática Pedro Paulo GEOMETRIA ESPACIAL VIII 1 TRONCO DE PIRÂMIDE Chamaremos de tronco de pirâmide de bases paralelas a porção da pirâmide limitada por sua base e por uma secção transversal qualquer

Leia mais

Lista2 de exercícios-prismas- 3C17/3C27- Prof. Liana-(20/06/2016)

Lista2 de exercícios-prismas- 3C17/3C27- Prof. Liana-(20/06/2016) singular Lista2 de exercícios-prismas- 3C17/3C27- Prof. Liana-(20/06/2016) 1. (Ita) Dado um prisma hexagonal regular, sabe-se que sua altura mede 3 cm e que sua área lateral é o dobro da área de sua base.

Leia mais

MATEMÁTICA LISTA DE PRISMAS

MATEMÁTICA LISTA DE PRISMAS NOME: MÊS: SÉRIE:: 1 a TURMA: ENSINO: MÉDIO LISTA DE PRISMAS MATEMÁTICA 1) Observe o prisma regular hexagonal ilustrado na figura a seguir. A medida da aresta da base é 6 cm e a medida da altura é 10 cm.

Leia mais

INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: MATEMÁTICA II EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO FINAL 2016

INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: MATEMÁTICA II EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO FINAL 2016 INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Fone: (1) 1087900 Rio de Janeiro RJ www.igd.com.br Aluno(a): º Ano:C1 Nº Professora: Marcilene Siqueira Gama COMPONENTE CURRICULAR:

Leia mais

3º TRI - MATEMATICA - LISTA MARAVILHA 20/10/16 Ensino Fundamental 9º ano A-B-C-D Profº Marcelo

3º TRI - MATEMATICA - LISTA MARAVILHA 20/10/16 Ensino Fundamental 9º ano A-B-C-D Profº Marcelo 3º TRI - MATEMATICA - LISTA MARAVILHA 20/10/16 Ensino Fundamental 9º ano A-B-C-D Profº Marcelo LISTA DE ESTUDO.. Áreas 1. Calcule a área da região mais escura. 2. Um quadrado tem área de 25 cm 2. O que

Leia mais

(Unifor CE/1999/Julho) Considere caixas iguais com a forma de um prisma retangular como a representada na figura.

(Unifor CE/1999/Julho) Considere caixas iguais com a forma de um prisma retangular como a representada na figura. (UEPB PB/005) Para se fabricar uma caixa de sabão em pó com 5 cm de altura, 16 cm de largura e 5 cm comprimento serão necessários quantos cm de papelão? a) 1 10 b) 1 100 c) 605 d) 550 e) 1 500 (Unifor

Leia mais

Professor Alexandre Assis. 1. O hexágono regular ABCDEF é base da pirâmide VABCDEF, conforme a figura.

Professor Alexandre Assis. 1. O hexágono regular ABCDEF é base da pirâmide VABCDEF, conforme a figura. 1. O hexágono regular ABCDEF é base da pirâmide VABCDEF, conforme a figura. A aresta VA é perpendicular ao plano da base e tem a mesma medida do segmento AD. O seguimento AB mede 6 cm. Determine o volume

Leia mais

Ciência Hoje das Crianças. FNDE; Instituto Ciência Hoje, ano 19, n. 166, mar

Ciência Hoje das Crianças. FNDE; Instituto Ciência Hoje, ano 19, n. 166, mar lista de exercícios - 3º ano - matemática Aluno: Série: Turma: Data: Questão 1 É possível usar água ou comida para atrair as aves e observá-las. Muitas pessoas costumam usar água com açúcar, por exemplo,

Leia mais

1) Em cada Prisma representado a seguir, calcule a área da base (A b ), a área lateral (A L ), a área total (A T ) e o volume (V):

1) Em cada Prisma representado a seguir, calcule a área da base (A b ), a área lateral (A L ), a área total (A T ) e o volume (V): EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO GEOMETRIA SÓLIDA ÁREAS E VOLUMES DE PRISMAS, CILINDROS E CONES 2 a SÉRIE ENSINO MÉDIO 2011 ==========================================================================================

Leia mais

singular Exercícios-Paralelepípedo

singular Exercícios-Paralelepípedo singular Prof. Liana Turma: C17-27 Lista mínima de exercícios para revisão das unidades 1,2 e : Poliedros Exercícios-Prismas 1. Determine a área da base, a área lateral, a área total e o volume de um prisma

Leia mais

UNITAU APOSTILA PIRÂMIDES PROF. CARLINHOS

UNITAU APOSTILA PIRÂMIDES PROF. CARLINHOS ESCOLA DE APLICAÇÃO DR. ALFREDO JOSÉ BALBI UNITAU APOSTILA PIRÂMIDES PROF. CARLINHOS NOME DO ALUNO: Nº TURMA: blog.portalpositivo.com.br 1 PIRÂMIDES Pirâmide é o poliedro convexo tal que uma face é um

Leia mais

CONE Considere uma região plana limitada por uma curva suave (sem quinas), fechada e um ponto P fora desse plano.

CONE Considere uma região plana limitada por uma curva suave (sem quinas), fechada e um ponto P fora desse plano. CONE Considere uma região plana limitada por uma curva suave (sem quinas), fechada e um ponto P fora desse plano. Denominamos cone ao sólido formado pela reunião de todos os segmentos de reta que têm uma

Leia mais

Apostila de Matemática II 3º bimestre/2016. Professora : Cristiane Fernandes

Apostila de Matemática II 3º bimestre/2016. Professora : Cristiane Fernandes Apostila de Matemática II 3º bimestre/2016 Professora : Cristiane Fernandes Pirâmide A pirâmide é uma figura geométrica espacial, um poliedro composto por uma base (triangular, pentagonal, quadrada, retangular,

Leia mais

Sólidos Inscritos e Circunscritos

Sólidos Inscritos e Circunscritos Sólidos Inscritos e Circunscritos 1. (Fuvest 01) Os vértices de um tetraedro regular são também vértices de um cubo de aresta. A área de uma face desse tetraedro é a) b) 4 c) d) e) 6. (Uerj 01) Um cristal

Leia mais

3º TRIMESTRE DE 2016

3º TRIMESTRE DE 2016 COLÉGIO MILITAR DO RIO E JANEIRO LISTA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES GEOMETRIA ESPACIAL º ANO DO ENSINO MÉDIO Equipe: Prof. Cap Boente, Prof Magda, Prof Fernando e Prof Zamboti 3º TRIMESTRE DE 06 PRISMAS

Leia mais

Onde: É no triângulo retângulo que vale a máxima Pitagórica: O quadrado da. a b c

Onde: É no triângulo retângulo que vale a máxima Pitagórica: O quadrado da. a b c 1 Sumário TRIGONOMETRIA... GEOMETRIA ESPACIAL...8 Geometria Plana Fórmulas Básicas...8 Prismas... 11 Cilindro... 18 Pirâmide... 1 Cone... 4 Esferas... 7 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS... TRIGONOMETRIA Trigonometria

Leia mais

Módulo Geometria Espacial II - volumes e áreas de prismas e pirâmides. 3 ano/e.m.

Módulo Geometria Espacial II - volumes e áreas de prismas e pirâmides. 3 ano/e.m. Módulo Geometria Espacial II - volumes e áreas de prismas e pirâmides Pirâmide ano/em Pirâmide Geometria Espacial II - volumes e áreas de prismas e pirâmides 1 Exercícios Introdutórios Exercício 1 Determine

Leia mais

MATEMÁTICA - 3 o ANO MÓDULO 53 PIRÂMIDE

MATEMÁTICA - 3 o ANO MÓDULO 53 PIRÂMIDE MATEMÁTICA - 3 o ANO MÓDULO 53 PIRÂMIDE Como pode cair no enem (ENEM) Uma indústria fabrica brindes promocionais em forma de pirâmide. A pirâmide é obtida a partir de quatro cortes em um sólido

Leia mais

2 CILINDRO E ESFERA 1 CUBO E ESFERA. 2.1 Cilindro inscrito. 1.1 Cubo inscrito. 2.2 Cilindro circunscrito. 1.2 Cubo circunscrito

2 CILINDRO E ESFERA 1 CUBO E ESFERA. 2.1 Cilindro inscrito. 1.1 Cubo inscrito. 2.2 Cilindro circunscrito. 1.2 Cubo circunscrito Matemática Pedro Paulo GEOMETRIA ESPACIAL XI A seguir, nós vamos analisar a relação entre alguns sólidos e as esferas. Os sólidos podem estar inscritos ou circunscritos a uma esfera. Lembrando: A figura

Leia mais

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Recuperação do 4 Bimestre Matemática Prof. Leandro Conteúdo: Cilindro. Pirâmide e Cone. Esfera. Posições relativas entre retas. Equação geral da circunferênc Distância

Leia mais

Exercícios de matemática - 2º ano - Ensino Médio - 3º bimestre

Exercícios de matemática - 2º ano - Ensino Médio - 3º bimestre Exercícios de matemática - 2º ano - Ensino Médio - 3º bimestre Pergunta 1 de 10 - Assunto: Geometria Espacial [2014 - FUVEST] Três das arestas de um cubo, com um vértice em comum, são também arestas de

Leia mais

DESENHO GEOMÉTRICO 3º ANO ENSINO MÉDIO

DESENHO GEOMÉTRICO 3º ANO ENSINO MÉDIO DESENHO GEOMÉRICO º NO ENSINO MÉDIO PROFESSOR: DENYS YOSHID PERÍODO: NOIE DESENHO GEOMÉRICO NO ENSINO MÉDIO - 016 1 Sumário 1.Pirâmide... 1.1 Elementos de uma pirâmide... 1. Classificação da pirâmide...

Leia mais

Exercícios de Aprofundamento Mat Geom Espacial

Exercícios de Aprofundamento Mat Geom Espacial 1. (Fuvest 015) No cubo ABCDEFGH, representado na figura abaixo, cada aresta tem medida 1. Seja M um ponto na semirreta de origem A que passa por E. Denote por θ o ângulo BMH e por x a medida do segmento

Leia mais

UNITAU APOSTILA PIRÂMIDES PROF. CARLINHOS

UNITAU APOSTILA PIRÂMIDES PROF. CARLINHOS ESCOLA DE APLICAÇÃO DR. ALFREDO JOSÉ BALBI UNITAU APOSTILA PIRÂMIDES PROF. CARLINHOS NOME DO ALUNO: Nº TURMA: blog.portalpositivo.com.br 1 PIRÂMIDES Pirâmide é o poliedro convexo tal que uma face é um

Leia mais

Sólidos Inscritos e Circunscritos 3.º Ano

Sólidos Inscritos e Circunscritos 3.º Ano Sólidos Inscritos e Circunscritos 3.º Ano 1. (Fuvest 2013) Os vértices de um tetraedro regular são também vértices de um cubo de aresta 2. A área de uma face desse tetraedro é a) 2 3 b) 4 c) 3 2 d)3 3

Leia mais

1. (Enem 2011) A figura seguinte mostra um modelo de sombrinha muito usado em países orientais.

1. (Enem 2011) A figura seguinte mostra um modelo de sombrinha muito usado em países orientais. 1. (Enem 2011) A figura seguinte mostra um modelo de sombrinha muito usado em países orientais. Esta figura é uma representação de uma superfície de revolução chamada de a) pirâmide. b) semiesfera. c)

Leia mais

EXERCÍCIOS DE REVISÃO ENSINO MÉDIO 4º. BIMESTRE

EXERCÍCIOS DE REVISÃO ENSINO MÉDIO 4º. BIMESTRE EXERCÍCIOS DE REVISÃO ENSINO MÉDIO 4º. BIMESTRE 1ª. SÉRIE Exercícios de PA e PG 1. Determinar o 61º termo da PA ( 9,13,17,21,...) Resp. 249 2. Determinar a razão da PA ( a 1,a 2, a 3,...) em que o primeiro

Leia mais

MATEMÁTICA - 3 o ANO MÓDULO 56 SÓLIDOS DE REVOLUÇÃO, SEMELHANÇA E TRONCO

MATEMÁTICA - 3 o ANO MÓDULO 56 SÓLIDOS DE REVOLUÇÃO, SEMELHANÇA E TRONCO MATEMÁTICA - 3 o ANO MÓDULO 56 SÓLIDOS DE REVOLUÇÃO, SEMELHANÇA E TRONCO BC B C A D A D Triângulo Retângulo Cone emicírculo Esfera 4 12 16 12 8 6 Cone Cone semelhante + Tronco de Cone Pirâmide Pirâmide

Leia mais

Exercícios de Revisão

Exercícios de Revisão Professor: Cassio Kiechaloski Mello Disciplina: Matemática Exercícios de Revisão Geometria Analítica Geometria Plana Geometria Espacial Números Complexos Polinômios Na prova de recuperação final, não será

Leia mais

a média de gols da primeira rodada, M G a média de gols das duas primeiras rodadas e x o número de gols da segunda rodada, tem-se 15 + x 15 M G

a média de gols da primeira rodada, M G a média de gols das duas primeiras rodadas e x o número de gols da segunda rodada, tem-se 15 + x 15 M G MATEMÁTICA O número de gols marcados nos 6 jogos da primeira rodada de um campeonato de futebol foi 5,,,, 0 e. Na segunda rodada, serão realizados mais 5 jogos. Qual deve ser o número total de gols marcados

Leia mais

GEOMETRIA ESPACIAL TETRAEDRO HEXAEDRO OCTAEDRO DODECAEDRO ICOSAEDRO REGULARES RETO POLIEDROS OBLÍQUO PRISMA REGULAR IRREGULARES RETA OBLÍQUA PIRÂMIDE

GEOMETRIA ESPACIAL TETRAEDRO HEXAEDRO OCTAEDRO DODECAEDRO ICOSAEDRO REGULARES RETO POLIEDROS OBLÍQUO PRISMA REGULAR IRREGULARES RETA OBLÍQUA PIRÂMIDE GEOMETRIA ESPACIAL SÓLIDOS GEOMÉTRICOS POLIEDROS REGULARES SÓLIDOS DE REVOLUÇÃO IRREGULARES CONE TETRAEDRO HEXAEDRO OCTAEDRO DODECAEDRO ICOSAEDRO ESFERA CILINDRO PRISMA PIRÂMIDE RETO OBLÍQUO RETO RETO

Leia mais

Geometria Espacial - AFA

Geometria Espacial - AFA Geometria Espacial - AFA 1. (AFA) O produto da maior diagonal pela menor diagonal de um prisma hexagonal regular de área lateral igual a 1 cm e volume igual a 1 cm é: 10 7. 0 7. 10 1. (D) 0 1.. (AFA) Qual

Leia mais

Bateria de Exercícios Matemática II

Bateria de Exercícios Matemática II Sem limite para crescer Colégio: Nome: nº Professor(a): Série: 2ª EM Turma: Data: / /2013 Desconto Ortográfico: Nota: Bateria de Exercícios Matemática II 1. Represente graficamente a solução das seguintes

Leia mais

2. (Uerj 2002) Admita uma esfera com raio igual a 2 m, cujo centro O dista 4 m de um determinado ponto P.

2. (Uerj 2002) Admita uma esfera com raio igual a 2 m, cujo centro O dista 4 m de um determinado ponto P. 1. (Ita 2002) Seja S a área total da superfície de um cone circular reto de altura h, e seja m a razão entre as áreas lateral e da base desse cone. Obtenha uma expressão que forneça h em função apenas

Leia mais

1. Encontre a equação das circunferências abaixo:

1. Encontre a equação das circunferências abaixo: Nome: nº Professor(a): Série: 2ª EM. Turma: Data: / /2013 Nota: Sem limite para crescer Exercícios de Matemática II 2º Ano 2º Trimestre 1. Encontre a equação das circunferências abaixo: 2. Determine o

Leia mais

GEOMETRIA ESPACIAL

GEOMETRIA ESPACIAL GEOMETRIA ESPACIAL - 016 1. (Unicamp 016) Considere os três sólidos exibidos na figura abaixo, um cubo e dois paralelepípedos retângulos, em que os comprimentos das arestas, a e b, são tais que a b 0.

Leia mais

Lista de exercícios 08 Aluno (a):

Lista de exercícios 08 Aluno (a): Lista de exercícios 08 Aluno (a): Turma: 3º série (Ensino médio) Professores: Flávio Disciplina: Matemática Prismas e pirâmides Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

Leia mais

Geometria Espacial PRISMA RETO DE BASE TRIANGULAR (OU PRISMA TRIANGULAR)

Geometria Espacial PRISMA RETO DE BASE TRIANGULAR (OU PRISMA TRIANGULAR) Espacial 1 PRISMAS Os prismas são sólidos geométricos bastante recorrentes em Espacial. Podemos definir o prisma da seguinte forma: PRISMA RETO DE BASE TRIANGULAR (OU PRISMA TRIANGULAR) Prisma é um sólido

Leia mais

Relação da matéria para a recuperação final. 2º Colegial / Geometria / Jeca

Relação da matéria para a recuperação final. 2º Colegial / Geometria / Jeca Relação da matéria para a recuperação final. º olegial / eometria / Jeca ula 33 - eometria métrica do espaço - Prisma reto. ula 34 - Paralelepípedo retorretângulo. ula 35 - ubo. ula 36 - Prisma regular.

Leia mais

2 ÁREAS E VOLUME DO TETRAEDRO REGULAR 1 TETRAEDRO REGULAR. 2.1 Área lateral. 2.2 Área da base. 2.3 Área total. 2.4 Volume

2 ÁREAS E VOLUME DO TETRAEDRO REGULAR 1 TETRAEDRO REGULAR. 2.1 Área lateral. 2.2 Área da base. 2.3 Área total. 2.4 Volume Matemática Pedro Paulo GEOMETRIA ESPACIAL VI são 1 TETRAEDRO REGULAR É uma piramide regular triangular, cujas faces triângulos equiláteros de lado 2 ÁREAS E VOLUME DO TETRAEDRO REGULAR 2.1 Área lateral

Leia mais

Sólidos Inscritos. Interbits SuperPro Web

Sólidos Inscritos. Interbits SuperPro Web Sólidos Inscritos 1. (Uerj 014) Uma esfera de centro A e raio igual a 3dm é tangente ao plano de uma mesa em um ponto T. Uma fonte de luz encontra-se em um ponto F de modo que F, A e T são colineares.

Leia mais

Projeto Jovem Nota 10 Áreas de Figuras Planas Lista 6 Professor Marco Costa

Projeto Jovem Nota 10 Áreas de Figuras Planas Lista 6 Professor Marco Costa 1 Projeto Jovem Nota 10 1. (Fgv 97) No plano cartesiano, os vértices de um triângulo são A (5,2), B (1,3) e C (8,-4). a) Obtenha a medida da altura do triângulo, que passa por A. b) Calcule a área do triângulo

Leia mais

2. (Uerj) Um quadrado ABCD de centro O está situado sobre um plano.ב Esse plano contém o segmento OV, perpendicular a BC, conforme ilustra a imagem:

2. (Uerj) Um quadrado ABCD de centro O está situado sobre um plano.ב Esse plano contém o segmento OV, perpendicular a BC, conforme ilustra a imagem: 1. (Insper) Uma empresa fabrica porta-joias com a forma de prisma hexagonal regular, com uma tampa no formato de pirâmide regular, como mostrado na figura. As faces laterais do porta-joias são quadrados

Leia mais

GEOMETRIA MÉTRICA ESPACIAL

GEOMETRIA MÉTRICA ESPACIAL GEOMETRIA MÉTRICA ESPACIAL .. PARALELEPÍPEDOS RETÂNGULOS Um paralelepípedo retângulo é um prisma reto cujas bases são retângulos. AB CD A' B' C' D' a BC AD B' C' A' D' b COMPRIMENTO LARGURA AA' BB' CC'

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Colégio Santa Dorotéia Área de Disciplina: Série: ª - Ensino Médio Professor: Elias Atividades para Estudos Autônomos Data: 8 / 3 / 016 QUESTÃO 1 (UEMG) O desenho ao lado representa uma caixa de madeira

Leia mais

Resumo de Geometria Espacial Métrica

Resumo de Geometria Espacial Métrica 1) s. esumo de Geometria Espacial Métrica Extensivo - São João da Boa Vista Matemática - Base Base Base Base Base oblíquo reto quadrangular regular exagonal regular triangular regular Base Fórmulas dos

Leia mais

GEOMETRIA MÉTRICA. As bases são polígonos congruentes. Os prismas são designados de acordo com o número de lados dos polígonos das bases.

GEOMETRIA MÉTRICA. As bases são polígonos congruentes. Os prismas são designados de acordo com o número de lados dos polígonos das bases. GEOMETRIA MÉTRICA 1- I- PRISMA 1- ELEMENTOS E CLASSIFICAÇÃO Considere o prisma: As bases são polígonos congruentes. Os prismas são designados de acordo com o número de lados dos polígonos das bases. BASES

Leia mais

13. (Uerj) Em cada ponto (x, y) do plano cartesiano, o valor de T é definido pela seguinte equação:

13. (Uerj) Em cada ponto (x, y) do plano cartesiano, o valor de T é definido pela seguinte equação: 1. (Ufc) Considere o triângulo cujos vértices são os pontos A(2,0); B(0,4) e C(2Ë5, 4+Ë5). Determine o valor numérico da altura relativa ao lado AB, deste triângulo. 2. (Unesp) A reta r é perpendicular

Leia mais

Disciplina: Matemática Data da entrega: 21/11/2014.

Disciplina: Matemática Data da entrega: 21/11/2014. Lista de Exercícios - 08 Aluno (a): Nº. Professor: Flávio Série: 2º (Ensino médio) Disciplina: Matemática Data da entrega: 21/11/2014. Observação: A lista deverá apresentar capa e enunciados. 1. Uma pirâmide

Leia mais

Cone Nível Fácil

Cone Nível Fácil Cone 016 Nível Fácil 1. (Ufjf-pism 016) São dados dois cones equiláteros C 1 e C tais que a área total de C é o dobro da área total de C 1 e que o raio da base de C 1 é cm. Sabendo que em um cone equilátero,

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA PLANO DE ESTUDOS INDEPENDENTES DE RECUPERAÇÃO 3º ANO

ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA PLANO DE ESTUDOS INDEPENDENTES DE RECUPERAÇÃO 3º ANO ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA PLANO DE ESTUDOS INDEPENDENTES DE RECUPERAÇÃO 3º ANO ANO 2015 PROFESSOR (a) DISCIPLINA Bruno Rezende Pereira Matemática ALUNO (a) SÉRIE 3º Ano do Ensino Médio

Leia mais

OS PRISMAS. 1) Definição e Elementos :

OS PRISMAS. 1) Definição e Elementos : 1 OS PRISMAS 1) Definição e Elementos : Dados dois planos paralelos α e β, um polígono contido em um desses planos e um reta r, que intercepta esses planos, chamamos de PRISMA o conjunto de todos os segmentos

Leia mais

Projeto Jovem Nota 10 Cilindros - Lista 2 Professor Marco Costa 1. (Fgv 96) Um produto é embalado em recipientes com formato de cilindros retos.

Projeto Jovem Nota 10 Cilindros - Lista 2 Professor Marco Costa 1. (Fgv 96) Um produto é embalado em recipientes com formato de cilindros retos. 1. (Fgv 96) Um produto é embalado em recipientes com formato de cilindros retos. O cilindro A tem altura 20cm e raio da base 5cm. O cilindro B tem altura 10cm e raio da base de 10cm. a) Em qual das duas

Leia mais

3º ANO DO ENSINO MÉDIO. 1.- Quais são os coeficientes angulares das retas r e s? 60º 105º. 0 x x. a) Escreva uma equação geral da reta r.

3º ANO DO ENSINO MÉDIO. 1.- Quais são os coeficientes angulares das retas r e s? 60º 105º. 0 x x. a) Escreva uma equação geral da reta r. EXERCÍCIOS DE REVISÃO 3º BIMESTRE GEOMETRIA ANALÍTICA 3º ANO DO ENSINO MÉDIO 1.- Quais são os coeficientes angulares das retas r e s? s 60º 105º r 2.- Considere a figura a seguir: 0 x r 2 A C -2 0 2 5

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS DE PRISMAS PROF.: ARI

LISTA DE EXERCÍCIOS DE PRISMAS PROF.: ARI 01.: (Acafe SC) Num paralelepípedo reto, as arestas da base medem 8 dm e 6dm, e a altura mede 4dm. Calcule a área da figura determinada pela diagonal do paralelepípedo com a diagonal da base e a aresta

Leia mais

V = 12 A = 18 F = = 2 V=8 A=12 F= = 2

V = 12 A = 18 F = = 2 V=8 A=12 F= = 2 Por: Belchior, Ismaigna e Jannine Relação de Euler Em todo poliedro convexo é válida a relação seguinte: V - A + F = 2 em que V é o número de vértices, A é o número de arestas e F, o número de faces. Observe

Leia mais

Lista de exercícios Prisma e cilindro

Lista de exercícios Prisma e cilindro Lista de exercícios Prisma e cilindro 1. Na figura a seguir, que representa um cubo, o perímetro do quadrilátero ABCD mede 8(1 + Ë2) cm. Calcule o volume do cubo em cm. 4. Em um tanque cilíndrico com raio

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Colégio Santa Dorotéia Área de Matemática Disciplina: Matemática Série: 2 a - Ensino Médio Professor: Elias Bittar Atividades para Estudos Autônomos Data: 11 / 5 / 2016 Caro(a) aluno(a), Aluno(a): N o

Leia mais

Lista de exercícios 05. Aluno (a) : Série: 2º ano (Ensino médio) Professor: Flávio Disciplina: Matemática

Lista de exercícios 05. Aluno (a) : Série: 2º ano (Ensino médio) Professor: Flávio Disciplina: Matemática Lista de exercícios 05 Aluno (a) : Série: 2º ano (Ensino médio) Professor: Flávio Disciplina: Matemática No Anhanguera você é + Enem Observações: Data da entrega: 29/08/2015. A lista deverá apresentar

Leia mais

Uma família que utilizar 12 vezes a capacidade total do kit em um mês pagará a quantia de (considere π=3 )

Uma família que utilizar 12 vezes a capacidade total do kit em um mês pagará a quantia de (considere π=3 ) Lista de Geometria espacial Para PO ET Manhã 3C13 1 (ENEM) Um porta-lápis de madeira foi construído no formato cúbico, seguindo o modelo ilustrado a seguir. O cubo de dentro é vazio. A aresta do cubo maior

Leia mais

Sólidos de Revolução

Sólidos de Revolução Sólidos de Revolução 1. (Cefet MG 015) Na figura a seguir, ABCD é um retângulo inscrito em um setor circular de raio R com AB R. O volume do sólido de revolução gerado pela rotação desse retângulo em torno

Leia mais

Aresta. Lateral. Altura. Aresta da Base Apótema da Base. Observação: na pirâmide regular a base é um polígono regular; a projeção ortogonal do

Aresta. Lateral. Altura. Aresta da Base Apótema da Base. Observação: na pirâmide regular a base é um polígono regular; a projeção ortogonal do # Pirâmides / Elementos # Pirâmide Regular Vértice Aresta Lateral Face Lateral Altura Aresta Lateral Altura Raio Base Aresta da Base Base Aresta da Base Apótema da Base Apótema da Pirâmide Área da Base

Leia mais

PROFESSOR FLABER 2ª SÉRIE Circunferência

PROFESSOR FLABER 2ª SÉRIE Circunferência PROFESSOR FLABER ª SÉRIE Circunferência 01. (Fuvest SP) A reta s passa pelo ponto (0,3) e é perpendicular à reta AB onde A=(0,0) e B é o centro da circunferência x + y - x - 4y = 0. Então a equação de

Leia mais

Matemática. Ficha Extra - Temas do 2º Bim. 3 os anos Walter/Blaidi Nome: Nº: Turma:

Matemática. Ficha Extra - Temas do 2º Bim. 3 os anos Walter/Blaidi Nome: Nº: Turma: Matemática Ficha Extra - Temas do º Bim. 3 os anos Walter/Blaidi 01 Nome: Nº: Turma: 1. (PUCRS) A região plana limitada por uma semicircunferência e seu diâmetro faz uma rotação completa em torno desse

Leia mais

UNITAU APOSTILA CILINDROS PROF. CARLINHOS

UNITAU APOSTILA CILINDROS PROF. CARLINHOS ESCOLA DE APLICAÇÃO DR. ALFREDO JOSÉ BALBI UNITAU APOSTILA CILINDROS PROF. CARLINHOS NOME DO ALUNO: Nº TURMA: 1 CILINDROS Na figura abaixo, temos: - Dois planos paralelos α e β; - Um círculo contido em

Leia mais

Geometria Espacial. Parte I. Página 1

Geometria Espacial. Parte I.  Página 1 Geometria Espacial Parte I 1. (Insper 014) Uma empresa fabrica porta-joias com a forma de prisma hexagonal regular, com uma tampa no formato de pirâmide regular, como mostrado na figura. As faces laterais

Leia mais

MATEMÁTICA II LISTA DE GEOMETRIA PLANA - V

MATEMÁTICA II LISTA DE GEOMETRIA PLANA - V MATEMÁTICA II LISTA DE GEOMETRIA PLANA - V 1) (PUC/MG) Na figura, ABCD é paralelogramo, BE AD e BF CD. Se BE = 1, BF = 6 e BC = 8, então AB mede a) 1 b) 13 c) 14 d) 15 e) 16 ) (CESGRANRIO) O losango ADEF

Leia mais

Exercícios de Matemática Geometria Analítica Pontos e Plano Cartesiano

Exercícios de Matemática Geometria Analítica Pontos e Plano Cartesiano Exercícios de Matemática Geometria Analítica Pontos e Plano Cartesiano 1. (Fuvest) Sejam A=(1, 2) e B=(3, 2) dois pontos do plano cartesiano. Nesse plano, o segmento AC é obtido do segmento AB por uma

Leia mais

MATEMÁTICA II LISTA DE GEOMETRIA PLANA - III

MATEMÁTICA II LISTA DE GEOMETRIA PLANA - III MATEMÁTICA II LISTA DE GEOMETRIA PLANA - III 0 Dois círculos de centros A e B são tangentes exteriormente e tangenciam interiormente um círculo de centro C. Se AB = cm, AC = 7 cm e BC = 3 cm, então o raio

Leia mais

Hewlett-Packard PRISMAS. Aulas 01 e 02. Elson Rodrigues, Gabriel Carvalho e Paulo Luiz Ramos

Hewlett-Packard PRISMAS. Aulas 01 e 02. Elson Rodrigues, Gabriel Carvalho e Paulo Luiz Ramos Hewlett-Packard PRISMAS Aulas 01 e 02 Elson Rodrigues, Gabriel Carvalho e Paulo Luiz Ramos Ano: 2016 Sumário PRISMAS... 1 CLASSIFICAÇÃO DE UM PRISMA... 1 ÁREAS EM UM PRISMA... 1 EXERCÍCIOS FUNDAMENTAIS...

Leia mais

Projeto Jovem Nota 10 Áreas de Figuras Planas Lista 4 Professor Marco Costa

Projeto Jovem Nota 10 Áreas de Figuras Planas Lista 4 Professor Marco Costa 1 Projeto Jovem Nota 10 1. (Ufscar 2001) Considere o triângulo de vértices A, B, C, representado a seguir. a) Dê a expressão da altura h em função de c (comprimento do lado AB) e do ângulo A (formado pelos

Leia mais

Assunto: Estudo do ponto

Assunto: Estudo do ponto Assunto: Estudo do ponto 1) Sabendo que P(m+1;-3m-4) pertence ao 3º quadrante, determine os possíveis valores de m. resp: -4/3

Leia mais

Projeto Jovem Nota 10 Cilindros e Cones Lista A Professor Marco Costa

Projeto Jovem Nota 10 Cilindros e Cones Lista A Professor Marco Costa 1. Um tanque, na forma de um cilindro circular reto, tem altura igual a 3 m e área total (área da superfície lateral mais áreas da base e da tampa) igual a 20. m2. Calcule, em metros, o raio da base deste

Leia mais

Exercícios de Revisão 1º Ano Ensino Médio Prof. Osmar

Exercícios de Revisão 1º Ano Ensino Médio Prof. Osmar Exercícios de Revisão 1º no Ensino Médio Prof. Osmar 1.- Sendo = { x Z / 0 x 2 } e = { y Z / 0 x 5}. esboce o gráfico da função f : tal que y = 2 x + 1 e dê seu conjunto imagem. 2.- No gráfico abaixo de

Leia mais

FUVEST Você na elite das universidades! MATEMÁTICA ELITE SEGUNDA FASE

FUVEST Você na elite das universidades! MATEMÁTICA ELITE SEGUNDA FASE www.elitecampinas.com.br Fone: (9) -7 O ELITE RESOLVE IME 00 PORTUGUÊS/INGLÊS Você na elite das universidades! FUVEST 00 SEGUNDA FASE MATEMÁTICA www.elitecampinas.com.br Fone: (9) 5-0 O ELITE RESOLVE FUVEST

Leia mais

QUESTÕES OBJETIVAS. ) é uma Progressão Aritmética (P.A.) de razão 2 e com a 1 Considere uma função f : dada por f ( x) = ax+ b.

QUESTÕES OBJETIVAS. ) é uma Progressão Aritmética (P.A.) de razão 2 e com a 1 Considere uma função f : dada por f ( x) = ax+ b. QUESTÕES OBJETIVAS Questão 9: Se y x= π, pode-se afirmar que: a) sen y sen x= 0 b) sen ( y π ) = 2.sen x c) cos y = cos x d) cos cos sen 2 2 y = x x e) cos 2x = cos y Questão : A seqüência ( a1, a2,...,

Leia mais

Lista de exercícios sobre triângulos. (Comitê olímpico)

Lista de exercícios sobre triângulos. (Comitê olímpico) Lista de exercícios sobre triângulos. (Comitê olímpico) 1. (Ufpe) Na figura ilustrada abaixo, os segmentos AB, BC, CD, DE e EA são congruentes. Determine, em graus, a medida do ângulo CAD. 2. (Ufrj) O

Leia mais

Geometria Espacial: Sólidos Geométricos

Geometria Espacial: Sólidos Geométricos Aluno(a): POLIEDROS E PRISMA (1º BIM) Noções Sobre Poliedros Denominam-se sólidos geométricos as figuras geométricas do espaço. Entre os sólidos geométricos, destacamos os poliedros e os corpos redondos.

Leia mais

TRABALHO DE RECUPERAÇÃO 3º TRIMESTRE 2012

TRABALHO DE RECUPERAÇÃO 3º TRIMESTRE 2012 TRABALHO DE RECUPERAÇÃO 3º TRIMESTRE 2012 QUESTÃO 1 O domínio, a imagem e o período da função f, definida por y = 2 + sen x, são, respectivamente, A) R+, [1, 3], π. B) R, [0, 1], 2π. C) R, [ 2, 2], 2π.

Leia mais

PLANTÕES DE JULHO MATEMÁTICA

PLANTÕES DE JULHO MATEMÁTICA Página 1 PLANTÕES DE JULHO MATEMÁTICA Nome: Nº: Série: 2º ANO Profª CAROL MARTINS Data: JULHO 2016 Matemática 1 Identidades trigonométricas, simetria no ciclo, funções trigonométricas 1) Encontre a primeira

Leia mais

3 PIRÂMIDE RETA 1 ELEMENTOS DA PIRÂMIDE 4 PIRÂMIDE REGULAR 2 CLASSIFICAÇÃO DE PIRÂMIDES. Matemática Pedro Paulo GEOMETRIA ESPACIAL V

3 PIRÂMIDE RETA 1 ELEMENTOS DA PIRÂMIDE 4 PIRÂMIDE REGULAR 2 CLASSIFICAÇÃO DE PIRÂMIDES. Matemática Pedro Paulo GEOMETRIA ESPACIAL V Matemática Pedro Paulo GEOMETRIA ESPACIAL V 1 ELEMENTOS DA PIRÂMIDE Pirâmide é um poliedro formado por um polígono que é a base e um ponto fora do plano da base que é o vértice. Cada lado do polígono da

Leia mais

Rua 13 de junho,

Rua 13 de junho, NOME: QUESTÕES 1. Um recipiente em forma de cone circular reto, com raio da base R e altura h, está completamente cheio com água e óleo. Sabe-se que a superfície de contato entre os líquidos está inicialmente

Leia mais

ESCOLA DE APLICAÇÃO DR. ALFREDO JOSÉ BALBI -UNITAU MATEMÁTICA-PROF. CARLINHOS/KOBA-2º ENSINO MÉDIO

ESCOLA DE APLICAÇÃO DR. ALFREDO JOSÉ BALBI -UNITAU MATEMÁTICA-PROF. CARLINHOS/KOBA-2º ENSINO MÉDIO ESCOLA DE APLICAÇÃO DR. ALFREDO JOSÉ BALBI -UNITAU ATEÁTICA-PROF. CARLINHOS/KOBA-º ENSINO ÉDIO EXERCÍCIOS PARA ESTUDO DE RECUPERAÇÃO DO º SEESTRE ATEÁTICA I ) Um corretor de imóveis pretende vender o terreno

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO - DEMAT 3 a Lista de Exercícios

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO - DEMAT 3 a Lista de Exercícios UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO - DEMAT 3 a Lista de Exercícios 1. Um triângulo isósceles tem base medindo 8cm e lados iguais com medidas de 5cm. Qual é a área do triângulo? 2. Em um triângulo retângulo,

Leia mais

Banco de questões. 25 Poliedros ( ) ( ) ( ) ( ) ( ) geometria UNIDADE V I I I

Banco de questões. 25 Poliedros ( ) ( ) ( ) ( ) ( ) geometria UNIDADE V I I I UNIDADE V I I I geometria CAPÍTULO 5 Poliedros 1 (UEL PR) Um retângulo é inscrito no triângulo eqüilátero de lado a, de modo que a base do retângulo está contida na base do triângulo, como ilustra a figura

Leia mais

2) Na figura abaixo, sabe se que RS // DE e que AE = 42 cm. Nessas condições, determine as medidas x e y indicadas.

2) Na figura abaixo, sabe se que RS // DE e que AE = 42 cm. Nessas condições, determine as medidas x e y indicadas. Lista de exercícios Prof Wladimir 1 ano A, B, C, D 1) A figura abaixo nos mostra duas avenidas que partem de um mesmo ponto A e cortam duas ruas paralelas. Na primeira avenida, os quarteirões determinados

Leia mais

(UFG GO/2005/1ª Fase) Preparou-se gelatina que foi colocada, ainda em estado líquido, em recipientes, como mostram as figuras abaixo.

(UFG GO/2005/1ª Fase) Preparou-se gelatina que foi colocada, ainda em estado líquido, em recipientes, como mostram as figuras abaixo. (UFG GO/2005/1ª Fase) Preparou-se gelatina que foi colocada, ainda em estado líquido, em recipientes, como mostram as figuras abaixo. Sabendo que toda a quantidade de gelatina que foi preparada coube em

Leia mais