DH e Educação Aula 04

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DH e Educação Aula 04"

Transcrição

1 DH e Educação Aula 04 A tutela internacional dos direitos humanos a) Os precedentes históricos b) O sistema internacional e seus instrumentos de proteção (Carta da ONU, Declaração Universal dos Direitos Humanos e os Pactos de Nova York de 1966) c) Os sistemas regionais e instrumentos de proteção (O sistema interamericano de proteção)

2 A) Os precedentes históricos: a.1) Direito Humanitário (Convenção de Genebra): séc. XVII - sec. XIX (direito escrito); a.2) Liga das nações (1920); a.3) Organização Internacional do Trabalho (1919): o homem como sujeito de direito: objetivo de estabelecer critérios básicos de proteção ao trabalhador, no plano internacional, tendo em vista assegurar padrões mais condizentes de dignidade e de bem-estar social.

3 b) O sistema internacional e seus instrumentos de proteção: b.1) Carta da ONU (1945): paz mundial e progresso econômico e social (originariamente 51 Estados/ atualmente 193). A proteção aos direitos humanos e liberdades fundamentais não deve se limitar ao plano regional (âmbito interno dos Estados), mas sim dentro da esfera internacional.

4 b.2) Declaração Universal dos Direitos Humanos (1948): - mera declaração?; - Assembleia Geral das Nações Unidas: - preâmbulo (considerandos) reconhece a dignidade da pessoa humana, com base na liberdade, da justiça e da paz; o ideal de democrático com fulcro no progresso econômico, social e cultural, o direito de resistência à opressão; e a concepção comum desses direitos. - estrutura bipartite: direitos de liberdade e direitos de igualdade - indivisibilidade.

5 b.3) Pactos de Nova York (1966): - Único ou dois documentos? - entraram em vigor apenas em Direitos-liberdades (dir. civis e políticos) e direitoscrédito (econômicos, sociais e culturais). No Brasil: ratificação em 1992.

6 b.3.1) Pacto Internacional dos Direitos Civis e Políticos: - relatórios sobre as medidas legislativas, administrativas e judiciais para a implementação de dos direitos anunciados a ser apreciado pelo Comitê de Direitos Humanos, criado pelo Pacto, a quem compete a função de examinar, estudar e tecer comentários e encaminhá-lo ao Conselho Econômico (órgão permanente) das Nações Unidas. - comunicações interestatais: adoção facultativa e pelo estado denunciador e denunciado - pressuposto fracasso nas negociações bilaterais. - Protocolo facultativo (até Estados): direito de petição (ou comunicação) individual ao Comitê de Direitos Humanos (não tem força obrigatória ou vinculante comunica ao Estado, porém pode ocorrer consequências no plano político ) - O comitê passou a monitorar e fiscalizar, em 1990, a forma como os Estados cumprem o Pacto.

7 b.3.2) Pacto Internacional dos Direitos Econômicos e Sociais: - international acccontability: responsabilidade no plano internacional. - expande o elenco de direitos sociais, econômicos e culturais; - deveres aos Estados (cf. os Estados-partes reconhecem o direito de cada um a... (em oposição ao primeiro Pacto (b.3.1) todos tem direito a... ou ninguém poderá..., etc.); - realização progressiva (sem possibilidade de regresso) até o máximo dos recursos disponíveis (art. 2º, 1º); - prioridade na agenda política nacional; - direitos programáticos x direitos autoaplicáveis;

8 - um conteúdo mínimo em relação aos direitos econômicos, sociais e culturais; - peculiar sistema de monitoramento: Relatórios: ao Secretário Geral das Nações Unidas cópia ao Conselho Econômico e Social para apreciação criou Comitê de Direitos Econômicos, Sociais e Culturais - restrição aos relatórios. - direitos fundamentais acionáveis. - problemas: globalização econômica pobreza e fome: a pobreza é a maior causa mortis na esfera mundial. A pobreza apresenta influência destrutiva em todas as fases da vida humana, do momento do nascimento à morte (Statement to the World Conference on Human Rights on Behalf of the Comunitte on Economic, Social e Cultural Rights, UM DocE/1993/22, Annex III).

9 c) Os sistemas regionais e instrumentos de proteção (sistema europeu, africano e interamericano): - Complementaridade com os demais sistemas (coexistência).

10 c.1) Sistema interamericano: c.1.1) Carta da Organização dos Estados Americanos: 1948 c.1.2) Declaração Americana dos Direitos e Deveres do Homem: Princípio da proteção dos direitos humanos direitos e deveres.

11 c.1.2.1) Convenção Americana sobre Direitos Humanos: Pacto de San Jose da Costa Rica CADH. ( ) - Consagra diversos direitos civis e políticos (liberdades), entre outros: o direito ao reconhecimento da personalidade jurídica, o direito à vida, direito à integridade pessoal, direito à liberdade pessoal e garantias judiciais, direito à proteção da honra e reconhecimento à dignidade, à liberdade religiosa e de consciência, à liberdade de pensamento e de expressão, e o direito de livre associação.

12 - Brasil ratificou apenas em 1992*. - Dois órgãos processuais: 1- Comissão Interamericana de DH (WDC) órgão político (basta ser membro da OEA), e 2- Corte Interamericana de DH (San Jose Cosa Rica): competência consultivas e contenciosa (nesse caso somente após vontade específica do Estado-parte) BR: 1992* (consultiva) e 1998 (contenciosos)

13 c.1.2.2) Protocolo à Convenção Americana sobre Direitos Humanos em matéria de Direitos Econômicos, Sociais e Culturais: Protocolo de El Salvador. - Brasil: 1989; - direitos ao trabalho, à saúde e à educação, e outros conexos, direitos relativos a três grupos: crianças, idosos e portadores de deficiência. - complementariedade/ indivisibilidade.

14 PIOVESAN, F. Direitos Humanos e Justiça Internacional: um estudo comparativo dos sistemas regionais europeu, interamericano e africano. SP: Saraiva, p.. PIOVESAN, F. Direitos Humanos e o Direito Constitucional Internacional. 10ª ed. rev. e atual. SP: Saraiva, p CIELO, Patrícia Fortes Lopes Donzele. DOTTO, Adriano Cielo. Proteção internacional dos Direitos Humanos nos planos global e regional interamericano. GO: Estudos. v. 35, n. 44, jul/ago/2008, p

» Cacildo Baptista Palhares Júnior Advogado em Araçatuba (SP) Questões comentadas de Direitos Humanos da prova objetiva do concurso de 2009 para Defensor do Pará 81. A Declaração Universal de Direitos

Leia mais

DIREITOS HUMANOS. Prof. Ricardo Torques. fb.com/direitoshumanosparaconcursos. periscope.tv/rstorques.

DIREITOS HUMANOS. Prof. Ricardo Torques. fb.com/direitoshumanosparaconcursos. periscope.tv/rstorques. DIREITOS HUMANOS Prof. Ricardo Torques fb.com/direitoshumanosparaconcursos periscope.tv/rstorques rst.estrategia@gmail.com Teoria Geral dos Direitos Humanos Características, Eficácia e Classificação de

Leia mais

SUMÁRIO. CAPÍTULO 1 Teoria Geral dos Direitos Humanos. CAPÍTULO 2 Gênese dos Direitos Humanos

SUMÁRIO. CAPÍTULO 1 Teoria Geral dos Direitos Humanos. CAPÍTULO 2 Gênese dos Direitos Humanos SUMÁRIO CAPÍTULO 1 Teoria Geral dos Direitos Humanos 2. Definições de direitos humanos 3. Terminologias 3.1 Direitos humanos e direitos fundamentais 4. Fundamento 5. Fundamentação dos Direitos Humanos

Leia mais

Direito Internacional Público

Direito Internacional Público Direito Internacional Público 2012 Plano de Aula A Organização das Nações Unidas A Organização das Nações Unidas, assim como sua antecessora- Sociedade das Nações (1919-1939), tem como objetivo principal

Leia mais

Sumário. PARTE I PARTE GERAL Capítulo I NOÇÕES GERAIS SOBRE DIREITOS HUMANOS. Capítulo II RESPONSABILIDADE INTERNACIONAL DO ESTADO E DIREITOS HUMANOS

Sumário. PARTE I PARTE GERAL Capítulo I NOÇÕES GERAIS SOBRE DIREITOS HUMANOS. Capítulo II RESPONSABILIDADE INTERNACIONAL DO ESTADO E DIREITOS HUMANOS Sumário 1. Conceito 2. Terminologia 3. Amplitude 4. Fundamento e conteúdo 5. Características 6. Gramática dos direitos humanos 1. Conceito de responsabilidade internacional 2. Finalidades da responsabilidade

Leia mais

Direito Internacional Público. D. Freire e Almeida

Direito Internacional Público. D. Freire e Almeida Direito Internacional Público 2011 D. Freire e Almeida A Organização das Nações Unidas A Organização das Nações Unidas, assim como sua antecessora- Sociedade das Nações (1919-1939), tem como objetivo

Leia mais

MATERIAL DE APOIO - MONITORIA

MATERIAL DE APOIO - MONITORIA RETA FINAL OAB SEMANAL Disciplina: Direitos Humanos Prof.: Fabiano Melo Aula: 01 Monitor: Fábio MATERIAL DE APOIO - MONITORIA Índice I. Anotações da aula / Material do Professor II. Simulados I. ANOTAÇÕES

Leia mais

natureza jurídica da DUDH:

natureza jurídica da DUDH: Natureza jurídica da DUDH Há uma divergência doutrinária sobre a natureza jurídica da DUDH: 1) Parte da doutrina entende que por não ser tratado/convenção/acordo/pacto ela não gera obrigação. Isso significa

Leia mais

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS Há uma divergência doutrinária sobre a natureza jurídica da DUDH: 1) Parte da doutrina entende que, por não ser tratado/convenção/acordo/ pacto, ela não gera obrigação.

Leia mais

SONVNi1H SOLI:ilNIU. SO:ilNVN OJN:ilLNO:J

SONVNi1H SOLI:ilNIU. SO:ilNVN OJN:ilLNO:J S3HO~la3:=: SOHI3H1YW= -= VpVIUàumv à VIS!fuJ.J 'O!?;)!Pà DE SO:ilNVN OJN:ilLNO:J v SONVNi1H SOLI:ilNIU SI:ilM S07NV:J DIREITOS HUMANOS CONTEMPORÂNEOS CARLOS WE1S 1ª edição, 1ª tiragem: 08. 1999; 2ª tiragem:

Leia mais

Direitos Humanos Noções

Direitos Humanos Noções Professor: Rodrigo Belmonte Matéria DIREITOS HUMANOS Direitos Humanos Noções Teoria Geral Pacto de São José da Costa Rica Divisão didática necessária para melhor aproveitamento e-mail: rodrigoabelmonte@terra.com.br

Leia mais

DIREITOS HUMANOS. Sistema Interamericano de Proteção - Comissão. Prof. Renan Flumian

DIREITOS HUMANOS. Sistema Interamericano de Proteção - Comissão. Prof. Renan Flumian DIREITOS HUMANOS Sistema Interamericano de Proteção - Comissão Prof. Renan Flumian 1. Sistema Regional de Proteção - O sistema interamericano é um sistema regional de proteção dos DHs - E, como sistema

Leia mais

TEORIA GERAL DOS DIREITOS HUMANOS...

TEORIA GERAL DOS DIREITOS HUMANOS... Sumário Capítulo 1 ` TEORIA GERAL DOS DIREITOS HUMANOS... 25 1. O que são direitos humanos. Direitos humanos e direitos fundamentais... 25 2. Centralidade dos direitos humanos. Por que direitos humanos

Leia mais

DIREITO INTERNACIONAL

DIREITO INTERNACIONAL DIREITO INTERNACIONAL Carlos Eduardo Pellegrini Professor de Pós graduação e Carreiras jurídicas Delegado de Polícia Federal Mestre em Direito Penal Internacional pela Universidade de Granada/Espanha Direito

Leia mais

SISTEMA GLOBAL DE PROTEÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS

SISTEMA GLOBAL DE PROTEÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS SISTEMA GLOBAL DE PROTEÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS Aula 03 NOS CAPÍTULOS ANTERIORES... Identificamos a evolução histórica dos direitos humanos Direitos Humanos Direitos fundamentais Geração x Dimensões Documentos

Leia mais

Sumário SIGLAS E ABREVIATURAS... 9 APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO INTRODUÇÃO TEORIA GERAL DOS DIREITOS HUMANOS... 21

Sumário SIGLAS E ABREVIATURAS... 9 APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO INTRODUÇÃO TEORIA GERAL DOS DIREITOS HUMANOS... 21 SIGLAS E ABREVIATURAS... 9 APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 17 INTRODUÇÃO... 19 CAPÍTULO 1 TEORIA GERAL DOS DIREITOS HUMANOS... 21 1. Conceito de Direitos Humanos...22 2. Dimensão ética dos Direitos Humanos...22

Leia mais

ESTUDO SOBRE AS POSSÍVEIS CONSEQUÊNCIAS DO PEDIDO DE PROVIDÊNCIAS DO FNPETI, JUNTO À ONU

ESTUDO SOBRE AS POSSÍVEIS CONSEQUÊNCIAS DO PEDIDO DE PROVIDÊNCIAS DO FNPETI, JUNTO À ONU ESTUDO SOBRE AS POSSÍVEIS CONSEQUÊNCIAS DO PEDIDO DE PROVIDÊNCIAS DO FNPETI, JUNTO À ONU I) HISTÓRICO: Estudos e deliberações da Coordinfância sobre o tema autorizações judiciais; Sistema de controle criado

Leia mais

Direito à Privacidade

Direito à Privacidade Federal Ministry for Foreign Affairs of Austria Ninguém sofrerá intromissões arbitrárias na sua vida privada, na sua família, no seu domicílio ou na sua correspondência, nem ataques à sua honra e reputação.

Leia mais

AVANÇOS E DESAFIOS DOS DIREITOS HUMANOS NA ATUALIDADE. Prof. Dra. DANIELA BUCCI

AVANÇOS E DESAFIOS DOS DIREITOS HUMANOS NA ATUALIDADE. Prof. Dra. DANIELA BUCCI AVANÇOS E DESAFIOS DOS DIREITOS HUMANOS NA ATUALIDADE Prof. Dra. DANIELA BUCCI 1 ENADE E OS DIREITOS HUMANOS Panorama Geral : PROVAS 2012 E 2015 As provas abarcaram questões gerais sobre globalização,

Leia mais

TÍTULO: PRINCIPAIS CLÁUSULAS DA CONVENÇÃO INTERAMERICANA DE DIREITOS HUMANOS

TÍTULO: PRINCIPAIS CLÁUSULAS DA CONVENÇÃO INTERAMERICANA DE DIREITOS HUMANOS 16 TÍTULO: PRINCIPAIS CLÁUSULAS DA CONVENÇÃO INTERAMERICANA DE DIREITOS HUMANOS CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: DIREITO INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE SANTA CECÍLIA AUTOR(ES):

Leia mais

Carta aberta ao Ministério dos Direitos Humanos sobre Recomendações ao Brasil feitas no III Ciclo do Mecanismo de Revisão Periódica Universal (RPU)

Carta aberta ao Ministério dos Direitos Humanos sobre Recomendações ao Brasil feitas no III Ciclo do Mecanismo de Revisão Periódica Universal (RPU) Carta aberta ao Ministério dos Direitos Humanos sobre Recomendações ao Brasil feitas no III Ciclo do Mecanismo de Revisão Periódica Universal (RPU) A REDE NACIONAL DA PRIMEIRA INFÂNCIA, articulação nacional

Leia mais

A proteção internacional dos Direitos Humanos

A proteção internacional dos Direitos Humanos A proteção internacional dos Direitos Humanos Direitos humanos O Direito Internacional assume postura de disciplina da relação entre os Estados Sistema de proteção de proteção internacional de Direitos

Leia mais

DIREITOS HUMANOS Professor Luis Alberto

DIREITOS HUMANOS Professor Luis Alberto DIREITOS HUMANOS Professor Luis Alberto Documentos do Sistema ONU, Sistema Global Geral e Especial de Proteção dos Direitos Humanos Sistema global e Regional de proteção dos Direitos Humanos 2 Compõem

Leia mais

Curso Popular de Formação de Defensoras e Defensores Públicos. - Direitos Humanos

Curso Popular de Formação de Defensoras e Defensores Públicos. - Direitos Humanos Curso Popular de Formação de Defensoras e Defensores Públicos - Direitos Humanos ISABEL PENIDO DE CAMPOS MACHADO (DPU) SIPDH: Instrumentos Básicos - Carta da OEA 1948 (art. 3º: democracia representativa,

Leia mais

DIREITOS HUMANOS. Sistema Interamericano de Proteção dos Direitos Humanos: Instrumentos Normativos. Convenção Americana sobre Direitos Humanos Parte 1

DIREITOS HUMANOS. Sistema Interamericano de Proteção dos Direitos Humanos: Instrumentos Normativos. Convenção Americana sobre Direitos Humanos Parte 1 DIREITOS HUMANOS Sistema Interamericano de Proteção dos Direitos Humanos: Instrumentos Normativos Convenção Americana sobre Direitos Humanos Parte 1 Profª. Liz Rodrigues - Convenção Americana sobre Direitos

Leia mais

SUMÁRIO. Siglas e abreviaturas Introdução Teoria Geral dos Direitos Humanos A Dignidade Humana e os Sistemas de Proteção...

SUMÁRIO. Siglas e abreviaturas Introdução Teoria Geral dos Direitos Humanos A Dignidade Humana e os Sistemas de Proteção... Siglas e abreviaturas... 19 Introdução... 21 Capítulo 1 Teoria Geral dos Direitos Humanos... 25 1. Conceito de Direitos Humanos... 34 2. Dimensão ética dos Direitos Humanos... 36 3. Direitos do Homem,

Leia mais

DIREITOS HUMANOS. Sistema Global de Proteção dos Direitos Humanos: Instrumentos Normativos. Convenção sobre os Direitos da Criança

DIREITOS HUMANOS. Sistema Global de Proteção dos Direitos Humanos: Instrumentos Normativos. Convenção sobre os Direitos da Criança DIREITOS HUMANOS Sistema Global de Proteção dos Direitos Humanos: Instrumentos Normativos Convenção sobre os Direitos da Criança Profª. Liz Rodrigues - Aberta às ratificações em 1989 e ratificada pelo

Leia mais

1948 Declaração Universal dos Direitos De acordo com a Declaração Universal dos Direitos : Os direitos humanos vêm ganhando força nos últimos tempos

1948 Declaração Universal dos Direitos De acordo com a Declaração Universal dos Direitos : Os direitos humanos vêm ganhando força nos últimos tempos DIREITOS HUMANOS 1948 Declaração Universal dos Direitos De acordo com a Declaração Universal dos Direitos : Os direitos humanos vêm ganhando força nos últimos tempos impulsionados pelos fundamentos da

Leia mais

SUMÁRIO. Siglas e abreviaturas Introdução Teoria Geral dos Direitos Humanos... 25

SUMÁRIO. Siglas e abreviaturas Introdução Teoria Geral dos Direitos Humanos... 25 Siglas e abreviaturas... 19 Introdução... 21 Capítulo 1 Teoria Geral dos Direitos Humanos... 25 1. Conceito de Direitos Humanos... 26 2. Dimensão ética dos Direitos Humanos... 26 3. Direitos do Homem,

Leia mais

11) A população do Quilombo da Cachoeira e da Pedreira é surpreendida com o lançamento do Centro de Lançamento de Foguetes da Cachoeira e da Pedreira

11) A população do Quilombo da Cachoeira e da Pedreira é surpreendida com o lançamento do Centro de Lançamento de Foguetes da Cachoeira e da Pedreira 11) A população do Quilombo da Cachoeira e da Pedreira é surpreendida com o lançamento do Centro de Lançamento de Foguetes da Cachoeira e da Pedreira e pelo consequente processo de desapropriação do local

Leia mais

Direitos das Minorias

Direitos das Minorias Direitos das Minorias Federal Ministry for Foreign Affairs of Austria Direitos das Minorias Nos Estados em que existam minorias étnicas, religiosas ou linguísticas, as pessoas pertencentes a essas minorias

Leia mais

Centro de Direitos Humanos Faculdade de Direito Universidade de Coimbra. Direito à Educação. Federal Ministry for Foreign Affairs of Austria

Centro de Direitos Humanos Faculdade de Direito Universidade de Coimbra. Direito à Educação. Federal Ministry for Foreign Affairs of Austria 2013 Federal Ministry for Foreign Affairs of Austria 2013 A educação deve visar à plena expansão da personalidade humana e ao reforço dos direitos humanos e das liberdades fundamentais [...] Artigo 26º,

Leia mais

DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA

DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA Curso preparatório para o concurso: Polícia Rodoviária Federal Professor : Gustavo de Lima Pereira Contato: gustavo.pereira@pucrs.br AULA 2 PROTEÇÃO GLOBAL DOS DIREITOS HUMANOS

Leia mais

TÍTULO I A PROBLEMÁTICA DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS CAPÍTULO I SENTIDO DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS. 1.º Formação e evolução

TÍTULO I A PROBLEMÁTICA DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS CAPÍTULO I SENTIDO DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS. 1.º Formação e evolução ÍNDICE GERAL TÍTULO I A PROBLEMÁTICA DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS CAPÍTULO I SENTIDO DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS Formação e evolução 1. Direitos fundamentais em sentido formal e direitos fundamentais em sentido

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLIDA DE SÃO PAULO DEPARTAMENTO VI DIREITOS DIFUSOS E COLETIVOS PROGRAMA DE ENSINO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLIDA DE SÃO PAULO DEPARTAMENTO VI DIREITOS DIFUSOS E COLETIVOS PROGRAMA DE ENSINO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DISCIPLINA: DIREITOS HUMANOS DOS REFUGIADOS, MIGRANTES E DESLOCADOS URBANOS CÁTEDRA SÉRGIO DE MELLO PROFa. CAROLINA ALVES DE SOUZA LIMA PROFa. LUCINEIA ROSA DOS SANTOS EMENTA: 1º Semestre/2019 OBJETIVOS

Leia mais

Liberdade de expressão e liberdade dos meios de informação

Liberdade de expressão e liberdade dos meios de informação Liberdade de expressão e liberdade dos meios de informação Federal Ministry for Foreign Affairs of Austria 1 Definição Todo o indivíduo tem direito à liberdade de opinião e de expressão, o que implica

Leia mais

Aula 07. Gabarito: Correta. Os direitos fundamentais são elementos limitadores do abuso do poder estatal, que estão em determinadas Constituições.

Aula 07. Gabarito: Correta. Os direitos fundamentais são elementos limitadores do abuso do poder estatal, que estão em determinadas Constituições. Página1 Curso/Disciplina: Direitos Humanos Aula: Evolução Histórica dos Direitos Humanos 07 Professor (a): Luis Alberto Monitor (a): Luis Renato Ribeiro Pereira de Almeida Aula 07 24) (Banca: CESPE. Órgão:

Leia mais

Direitos Humanos das Mulheres

Direitos Humanos das Mulheres Direitos Humanos das Mulheres Federal Ministry for Foreign Affairs of Austria Direitos Humanos O avanço das mulheres e a conquista da igualdade entre mulheres e homens são uma questão de direitos humanos

Leia mais

CORTE INTERAMERICANA DE DIREITOS HUMANOS. Prof.Ms. Nara Suzana Stainr Pires

CORTE INTERAMERICANA DE DIREITOS HUMANOS. Prof.Ms. Nara Suzana Stainr Pires CORTE INTERAMERICANA DE DIREITOS HUMANOS Prof.Ms. Nara Suzana Stainr Pires 22 de maio de 1979 Estados Partes da Convenção Americana elegeram, durante o Sétimo Período Extraordinário de Sessões da Assembleia

Leia mais

Ministério da Integração Nacional

Ministério da Integração Nacional Protocolo Conjunto para Proteção Integral a Crianças e Adolescentes, Pessoas Idosas e Pessoas com Deficiência em Situação de Riscos e Desastres Portaria Interministerial Nº 02 de 06 de Dezembro de 2012

Leia mais

I. Direito Internacional dos Direitos Humanos: breve introdução.. 27

I. Direito Internacional dos Direitos Humanos: breve introdução.. 27 A... 25 I... 27 I. Direito Internacional dos Direitos Humanos: breve introdução.. 27 C I D U D H... 29 Resolução nº 217 A (III) Da Assembleia Geral das Nações Unidas... 29 1. A Declaração Universal Dos

Leia mais

ÍNDICE GERAL. Nota à primeira edição. Capítulo I O Direito Internacional

ÍNDICE GERAL. Nota à primeira edição. Capítulo I O Direito Internacional ÍNDICE GERAL Nota à primeira edição Capítulo I O Direito Internacional l. a - Formação e evolução 1. Direito Internacional e história 9 2. O Direito Internacional clássico 11 3. O Direito Internacional

Leia mais

Questões Direitos Humanos Aula Tema 2

Questões Direitos Humanos Aula Tema 2 Questões Direitos Humanos Aula Tema 2 Question 1 Para responder as questões 1 e 2, leia o texto abaixo: Notícias do STF (Supremo Tribunal Federal): Segunda-feira, 23 de Novembro de 2009. Pacto de San José

Leia mais

DIREITO CONSTITUCIONAL

DIREITO CONSTITUCIONAL JORGE MIRANDA CURSO DE DIREITO CONSTITUCIONAL ESTADO E CONSTITUCIONALISMO. CONSTITUIÇÃO. DIREITOS FUNDAMENTAIS. VOL. 1 UNIVERSIDADE CATÓLICA EDITORA LISBOA 2016 ÍNDICE Explicação 9 Preliminares 1. O fenómeno

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ INSTITUTO DE ESTUDOS EM DIREITO E SOCIEDADE - IEDS FACULDADE DE DIREITO - FADIR PLANO DE CURSO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ INSTITUTO DE ESTUDOS EM DIREITO E SOCIEDADE - IEDS FACULDADE DE DIREITO - FADIR PLANO DE CURSO UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ INSTITUTO DE ESTUDOS EM DIREITO E SOCIEDADE - IEDS FACULDADE DE DIREITO - FADIR PLANO DE CURSO DISCIPLINA: DIREITOS HUMANOS 1. IDENTIFICAÇÃO: DI07077 DIREITOS

Leia mais

Eduardo e outros-col. Leis Especiais p Conc-v45.indd 13 25/11/ :33:53

Eduardo e outros-col. Leis Especiais p Conc-v45.indd 13 25/11/ :33:53 ... 21 I... 23 I. Direito Internacional da ONU: breve introdução... 23 II. A Declaração Universal dos Direitos Humanos: apresentação... 24 II. A Declaração Universal dos Direitos Humanos: apresentação...

Leia mais

Prof. Renan Flumian DIREITOS HUMANOS. Sistema Global de Proteção Geral II e Sistema Global de Proteção Específica I

Prof. Renan Flumian DIREITOS HUMANOS. Sistema Global de Proteção Geral II e Sistema Global de Proteção Específica I Prof. Renan Flumian DIREITOS HUMANOS Sistema Global de Proteção Geral II e Sistema Global de Proteção Específica I 1. Pacto Internacional dos Direitos Econômicos, Sociais e Culturais 1.1. Existência: entrou

Leia mais

DIREITOS HUMANOS. Sistema Global de Proteção dos Direitos Humanos: Instrumentos Normativos. Convenção sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência

DIREITOS HUMANOS. Sistema Global de Proteção dos Direitos Humanos: Instrumentos Normativos. Convenção sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência DIREITOS HUMANOS Sistema Global de Proteção dos Direitos Humanos: Instrumentos Normativos Convenção sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência Profª. Liz Rodrigues - Criada em 2007 e ratificada pelo Brasil

Leia mais

DIREITO INTERNACIONAL. Tratados Internacionais

DIREITO INTERNACIONAL. Tratados Internacionais DIREITO INTERNACIONAL Tratados Internacionais Conceito e nomenclatura Validade no Brasil Estrutura Profª Luciana Romano Morilas 1 Constituição Federal Na CF, há vários dispositivos que remetem aos Tratados

Leia mais

DIREITOS DA CRIANÇA EM ANGOLA E NA NORUEGA: UMA PERSPECTIVA COMPARATIVA

DIREITOS DA CRIANÇA EM ANGOLA E NA NORUEGA: UMA PERSPECTIVA COMPARATIVA DIREITOS DA CRIANÇA EM ANGOLA E NA NORUEGA: UMA PERSPECTIVA COMPARATIVA Objectivo do Artigo Ø O presente artigo tem como objectivo abordar, num primeiro plano, os direitos da criança e a responsabilidade

Leia mais

DIREITOS HUMANOS. Direito Internacional dos Direitos Humanos. Evolução Histórica dos Direitos Humanos Parte 3. Profª.

DIREITOS HUMANOS. Direito Internacional dos Direitos Humanos. Evolução Histórica dos Direitos Humanos Parte 3. Profª. DIREITOS HUMANOS Direito Internacional dos Direitos Humanos Evolução Histórica dos Direitos Humanos Parte 3. Profª. Liz Rodrigues - No início do sec. XIX, surgem os primeiros movimentos socialistas, criticando

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 TEORIA GERAL DOS DIREITOS HUMANOS... 23

Sumário. Capítulo 1 TEORIA GERAL DOS DIREITOS HUMANOS... 23 Sumário Capítulo 1 TEORIA GERAL DOS DIREITOS HUMANOS... 23 QUESTÕES... 23 1. Conceito de direitos humanos... 23 2. Direitos humanos constitucionalizados... 26 3. Vertentes de proteção dos direitos humanos...

Leia mais

X CONFERÊNCIA DA RIICOTEC. Assunção, Paraguai

X CONFERÊNCIA DA RIICOTEC. Assunção, Paraguai Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República X CONFERÊNCIA DA RIICOTEC 22 a 24 Setembro 2010 Assunção, Paraguai DA NECESSIDADE AOS DIREITOS NAS POLÍTICAS PÚBLICAS PARA AS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

Leia mais

TEORIA GERAL DOS DH (Prova: CESPE 2012 DPE-ES

TEORIA GERAL DOS DH (Prova: CESPE 2012 DPE-ES TEORIA GERAL DOS DH (Prova: CESPE - 2012 - DPE-ES - Defensor Público) A universalidade e a indivisibilidade são características próprias da concepção contemporânea dos direitos humanos. Certo Errado CERTO

Leia mais

DIREITOS HUMANOS. Sistema Global de Proteção dos Direitos Humanos: Instrumentos Normativos

DIREITOS HUMANOS. Sistema Global de Proteção dos Direitos Humanos: Instrumentos Normativos DIREITOS HUMANOS Sistema Global de Proteção dos Direitos Humanos: Instrumentos Normativos Pacto Intern. sobre Direitos Econ., Sociais e Culturais Parte 2 Profª. Liz Rodrigues - Toda pessoa tem direito

Leia mais

Conferência Internacional do Trabalho

Conferência Internacional do Trabalho Conferência Internacional do Trabalho PROTOCOLO À CONVENÇÃO 29 PROTOCOLO À CONVENÇÃO SOBRE TRABALHO FORÇADO, 1930, ADOTADA PELA CONFERÊNCIA EM SUA CENTÉSIMA TERCEIRA SESSÃO, GENEBRA, 11 DE JUNHO DE 2014

Leia mais

Artigo XXV 1. Toda pessoa tem direito a um padrão de vida capaz de assegurar a si e a sua família saúde e bem estar, inclusive alimentação,

Artigo XXV 1. Toda pessoa tem direito a um padrão de vida capaz de assegurar a si e a sua família saúde e bem estar, inclusive alimentação, Artigo XXV 1. Toda pessoa tem direito a um padrão de vida capaz de assegurar a si e a sua família saúde e bem estar, inclusive alimentação, vestuário, habitação, cuidados médicos e os serviços sociais

Leia mais

DIREITOS HUMANOS Professor Luis Alberto

DIREITOS HUMANOS Professor Luis Alberto DIREITOS HUMANOS Professor Luis Alberto Pacto Internacional dos Direitos Civis e Políticos 1966 1976 1992 Criado em 16/12/1966 Entrou em vigor em 26/03/1976, após obter 35 ratificações. Ratificado pelo

Leia mais

A nacionalidade pode ser adquirida de dois modos: Originária e Derivada.

A nacionalidade pode ser adquirida de dois modos: Originária e Derivada. NACIONALIDADE A nacionalidade pode ser adquirida de dois modos: Originária e Derivada. Originária: Adquirida com o nascimento Derivada ou Secundária: Adquirida por vontade posterior Nacionalidade originária

Leia mais

1.1.1 A história dos direitos humanos e da Declaração Universal dos Direitos do Homem

1.1.1 A história dos direitos humanos e da Declaração Universal dos Direitos do Homem 1. Conceitos chave da formação Objectivos de aprendizagem Os participantes adquirirão um conhecimento de base sobre: - a ONU e suas instituições internacionais competentes em matéria de deficiências e

Leia mais

A necessidade de proteção e efetividade aos direitos humanos, em sede internacional, possibilitou o surgimento de uma disciplina autônoma ao Direito

A necessidade de proteção e efetividade aos direitos humanos, em sede internacional, possibilitou o surgimento de uma disciplina autônoma ao Direito Profa. Andrea Wild A necessidade de proteção e efetividade aos direitos humanos, em sede internacional, possibilitou o surgimento de uma disciplina autônoma ao Direito Internacional Público, com denominação

Leia mais

DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Conceito de Criança e Adolescente e Doutrina da Proteção Integral Parte 1 Profª. Liz Rodrigues - Art. 227, CF/88: É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar

Leia mais

19) O propósito dos movimentos internacionais de

19) O propósito dos movimentos internacionais de 19) O propósito dos movimentos internacionais de proteção aos Direitos Humanos é a busca pela valorização e proteção dos direitos do ser humano, formado pelos elementos físicos e psíquicos, de personalidade

Leia mais

Aula 20. Comissão Interamericana de Direitos Humanos. 2. Reconhecimento de outros direitos (art. 31 do Pacto de San José da Costa Rica)

Aula 20. Comissão Interamericana de Direitos Humanos. 2. Reconhecimento de outros direitos (art. 31 do Pacto de San José da Costa Rica) Página1 Curso/Disciplina: Direitos Humanos Aula: Direitos Humanos - 20 Professor (a): Luis Alberto Monitor (a): Caroline Gama Aula 20 Comissão Interamericana de Direitos Humanos 1. Alcance das restrições

Leia mais

SUMÁRIO PARTE I. Deveres dos Estados e Direitos Protegidos

SUMÁRIO PARTE I. Deveres dos Estados e Direitos Protegidos SUMÁRIO Convenção Americana sobre Direitos Humanos Valerio de Oliveira Mazzuoli... 1 PARTE I Deveres dos Estados e Direitos Protegidos Capítulo I Enumeração de Deveres... 11 Artigo 1 Obrigação de Respeitar

Leia mais

DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO

DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO Parte 1 Prof. Renata Menezes Guerra: nos termos da Carta das NU, meio ilícito de solução de controvérsias internacionais e não direito do Estado. Considerações importantes:.

Leia mais

COMITÊ INTERAMERICANO CONTRA O TERRORISMO (CICTE)

COMITÊ INTERAMERICANO CONTRA O TERRORISMO (CICTE) COMITÊ INTERAMERICANO CONTRA O TERRORISMO (CICTE) DÉCIMO PRIMEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DE SESSÕES OEA/Ser.L/X.2.11 17 de março de 2011 CICTE/DEC.1/11 Washington, D.C. 21 março 2011 Original: inglês DECLARAÇÃO

Leia mais

PROTEÇÃO INTERNACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS

PROTEÇÃO INTERNACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS PROTEÇÃO INTERNACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS 1. PRINCIPAIS SISTEMAS Universal Organização Internacional: ONU Órgão de apreciação administrativo: Conselho de Direitos Humanos Órgão de apreciação judicial:

Leia mais

Artigo XVII 1. Toda pessoa tem direito à propriedade, só ou em sociedade com outros. 2.Ninguém será arbitrariamente privado de sua propriedade.

Artigo XVII 1. Toda pessoa tem direito à propriedade, só ou em sociedade com outros. 2.Ninguém será arbitrariamente privado de sua propriedade. Artigo XVII 1. Toda pessoa tem direito à propriedade, só ou em sociedade com outros. 2.Ninguém será arbitrariamente privado de sua propriedade. Artigo XVIII Toda pessoa tem direito à liberdade de pensamento,

Leia mais

Prof. Daniel Sica da Cunha

Prof. Daniel Sica da Cunha Prof. Daniel Sica da Cunha Sistemas de Proteção aos Direitos Humanos Sistema global (internacional ou universal): administrado pelas Nações Unidas [Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos

Leia mais

SUMÁRIO ANÁLISE DE CONTEÚDO...

SUMÁRIO ANÁLISE DE CONTEÚDO... ANÁLISE DE CONTEÚDO... 17 1. Tabelas de Conteúdo das Respostas... 17 2. Gráfico-Resumo... 21 1. LEI ORGÂNICA DA DEFENSORIA PÚBLICA... 23 1. Das Disposições Gerais... 23 2. Da Organização, Da Estrutura...

Leia mais

Centro de Direitos Humanos Faculdade de Direito Universidade de Coimbra. Direito ao Trabalho. Federal Ministry for Foreign Affairs of Austria

Centro de Direitos Humanos Faculdade de Direito Universidade de Coimbra. Direito ao Trabalho. Federal Ministry for Foreign Affairs of Austria Direito ao Trabalho Federal Ministry for Foreign Affairs of Austria Direito ao Trabalho (...) só se pode fundar uma paz universal e duradoura com base na justiça social (...) Constituição da Organização

Leia mais

Sumário CAPÍTULO 1 O CONCEITO DE DIREITOS HUMANOS... 17

Sumário CAPÍTULO 1 O CONCEITO DE DIREITOS HUMANOS... 17 Sumário CAPÍTULO 1 O CONCEITO DE DIREITOS HUMANOS... 17 Eduardo Aidê Bueno de Camargo 1. INTRODUÇÃO...17 2. QUE SÃO OS DIREITOS HUMANOS?...18 2.1. A dimensão objetiva dos Direitos Humanos...18 2.1.1. Os

Leia mais

Noções Gerais de Direitos Humanos

Noções Gerais de Direitos Humanos Direitos Humanos Noções Gerais de Direitos Humanos Direitos Humanos Nenhum homem é uma ilha, um ser inteiro, em si mesmo; todo homem é uma partícula do continente, uma parte da terra. A morte de um único

Leia mais

EFICÁCIA JURÍDICA DAS RECOMENDAÇÕES DA COMISSÃO INTERAMERICANA DE DIREITOS HUMANOS Amanda Nicole Straub. Eduardo Faria Silva

EFICÁCIA JURÍDICA DAS RECOMENDAÇÕES DA COMISSÃO INTERAMERICANA DE DIREITOS HUMANOS Amanda Nicole Straub. Eduardo Faria Silva EFICÁCIA JURÍDICA DAS RECOMENDAÇÕES DA COMISSÃO INTERAMERICANA DE DIREITOS HUMANOS Amanda Nicole Straub amandastraub@hotmail.com Eduardo Faria Silva Doutor em Direito pelo PPGD/UFPR, Mestre em Direito

Leia mais

Direitos Humanos. Prof. Dr. Jesualdo Almeida Junior Mestre, Doutor e Pós-Doutor em Direitos Humanos pela Universidade de Coimbra

Direitos Humanos. Prof. Dr. Jesualdo Almeida Junior Mestre, Doutor e Pós-Doutor em Direitos Humanos pela Universidade de Coimbra Direitos Humanos Prof. Dr. Jesualdo Almeida Junior Mestre, Doutor e Pós-Doutor em Direitos Humanos pela Universidade de Coimbra Twitter: @jesualdoalmeida Instagram: jesualdo_junior Facebook: jesualdo junior

Leia mais

Direito Internacional de Proteção dos Direitos Humanos e o Sistema Interamericano

Direito Internacional de Proteção dos Direitos Humanos e o Sistema Interamericano Direito Internacional de Proteção dos Direitos Humanos e o Sistema Interamericano Paulo de Tarso Lugon Arantes Palestra proferida aos alunos da Universidade Federal do Espírito Santo 05 de Dezembro de

Leia mais

Anexo N Convenções multilaterais 2. Viena, 20 de dezembro de Convenções bilaterais: Lei 492 de 1999

Anexo N Convenções multilaterais 2. Viena, 20 de dezembro de Convenções bilaterais: Lei 492 de 1999 Anexo N 3 INSTRUMENTOS MULTILATERAIS E BILATERAIS ASSINADOS PELA COLÔMBIA EM MATÉRIA DE COOP 1 ERAÇÃO JUDICIAL MÚTUA (Referência especial com respeito aos países-membros da comunidade ibero-americana)

Leia mais

Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) e o Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA)

Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) e o Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA) Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) e o Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA) Curso on line: Formação em DHAA: no contexto da segurança alimentar e nutricional Realização: Ministério do Desenvolvimento

Leia mais

XXIII EXAME UNIFICADO CIVIL HUMANOS

XXIII EXAME UNIFICADO CIVIL HUMANOS XXIII EXAME UNIFICADO CIVIL HUMANOS Temas de Civil Sucessões Direito de Família Coisas Obrigações Contratos em Espécie 16% 16% 20% 23% 25% Temas de Civil Sucessões Direito de Família Direto das Coisas

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO E DIREITOS HUMANOS. Um estudo sobre o papel do Ministério Público na defesa e na promoção dos direitos humanos

MINISTÉRIO PÚBLICO E DIREITOS HUMANOS. Um estudo sobre o papel do Ministério Público na defesa e na promoção dos direitos humanos JORGE ALBERTO DE OLIVEIRA MARUM Promotor de Justiça no Estado de São Paulo, mestre em Direito do Estado pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (Largo São Francisco) e professor titular

Leia mais

CONVENÇÃO INTERNACIONAL DE DIREITOS DAS PESSOAS IDOSAS

CONVENÇÃO INTERNACIONAL DE DIREITOS DAS PESSOAS IDOSAS CONVENÇÃO INTERNACIONAL DE DIREITOS DAS PESSOAS IDOSAS Reunião de continuação da Declaração de Brasília Rio de Janeiro, 16 e 17 de setembro de 2008 AMPID Associação Nacional de Membros do Ministério Público

Leia mais

Direitos fundamentais supranacionais (O caso da União Europeia)

Direitos fundamentais supranacionais (O caso da União Europeia) Direitos fundamentais supranacionais (O caso da União Europeia) Vital Moreira (IGC-FDUC) São Paulo, 6.2015 1 Plano 1. Direitos fundamentais beyond the state 2. Natureza da UE 3. Direitos fundamentais na

Leia mais

Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos [...] devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade. (art.

Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos [...] devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade. (art. Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos [...] devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade. (art. I, da DUDH) 1- Introdução: Por que a educação em matéria

Leia mais

DIREITO INTERNACIONAL Deportação Expulsão Extradição. Prof.º Professor Alexandre Mattos

DIREITO INTERNACIONAL Deportação Expulsão Extradição. Prof.º Professor Alexandre Mattos DIREITO INTERNACIONAL 2011.2 Prof.º Professor Alexandre Mattos Deportação Expulsão Extradição 1 Pirâmide de Alexandre Mattos Deportação Art. 57 a 64 da Lei 6.815/80 EE Art. 98 e 99 do Decreto nº 86.715/81

Leia mais

Prof. Associado Wagner Menezes. Salas 21 a 24 DIP II

Prof. Associado Wagner Menezes. Salas 21 a 24 DIP II ORGANIZAÇÕES INTERNACIONAIS TEORIA GERAL O ESTADO TORNOU-SE DEMASIADO PEQUENO PARA AS COISAS GRANDES (FERRAJOLI, LUIGI. A SOBERANIA NO MUNDO MODERNO. 2ª ED. SÃO PAULO: MARTINS FONTES, 2007, P. 50.) 1.

Leia mais

DIREITO CONSTITUCIONAL

DIREITO CONSTITUCIONAL DIREITO CONSTITUCIONAL Parte 4 Profª. Liz Rodrigues - Dimensões de direitos fundamentais: direitos fundamentais são direitos históricos e foram surgindo em momentos distintos, conforme as necessidades

Leia mais

Aula 19. Convenção Americana de Direitos Humanos: art 24 ao 29. A igualdade formal apresenta um tratamento igualitário para todos os seres humanos.

Aula 19. Convenção Americana de Direitos Humanos: art 24 ao 29. A igualdade formal apresenta um tratamento igualitário para todos os seres humanos. Página1 Curso/Disciplina: Direitos Humanos Aula: Direitos Humanos - 19 Professor (a): Luis Alberto Monitor (a): Caroline Gama Aula 19 Convenção Americana de Direitos Humanos: art 24 ao 29 1. Igualdade

Leia mais

CARTA DE BRASÍLIA DO ENFRENTAMENTO À EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES PARA FINS COMERCIAIS.

CARTA DE BRASÍLIA DO ENFRENTAMENTO À EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES PARA FINS COMERCIAIS. CARTA DE BRASÍLIA DO ENFRENTAMENTO À EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES PARA FINS COMERCIAIS. A. PREÂMBULO I CONSIDERANDO que o Brasil é signatário da Declaração dos Direitos da Criança, adotada

Leia mais

Organização das Nações Unidas - ONU

Organização das Nações Unidas - ONU Organização das Nações Unidas - ONU Profa. Alice Rocha Contextualização Os vitoriosos da 2GM (EUA, Reino Unido, União Soviética e China) buscavam um sistema de defesa coletiva multinacional. ONU criada

Leia mais

Proibição da Discriminação e Ações Afirmativas

Proibição da Discriminação e Ações Afirmativas Proibição da Discriminação e Ações Afirmativas TEMAS ATUAIS DE DIREITOS HUMANOS E FORMAÇÃO PARA A CIDADANIA PROF. HELENA DE SOUZA ROCHA Igualdade e Não discriminação Igualdade = conceito antigo, que pode

Leia mais

Direitos Humanos. Declaração Universal de Professora Franciele Rieffel.

Direitos Humanos. Declaração Universal de Professora Franciele Rieffel. Direitos Humanos Declaração Universal de 1948 Professora Franciele Rieffel www.acasadoconcurseiro.com.br Direitos Humanos DECLARAÇÃO UNIVERSAL DE DIREITOS HUMANOS DE 1948 www.acasadoconcurseiro.com.br

Leia mais

CONVENÇÃO SOBRE A PARTICIPAÇÃO DE ESTRANGEIROS NA VIDA PÚBLICA A NÍVEL LOCAL

CONVENÇÃO SOBRE A PARTICIPAÇÃO DE ESTRANGEIROS NA VIDA PÚBLICA A NÍVEL LOCAL CONVENÇÃO SOBRE A PARTICIPAÇÃO DE ESTRANGEIROS NA VIDA PÚBLICA A NÍVEL LOCAL Aberta à assinatura em Estrasburgo, a 5 de fevereiro de 1992 (Série de Tratados Europeus, n.º 144). Entrada em vigor na ordem

Leia mais

1 - INTRODUÇÃO. DIREITOS HUMANOS Parte 3 Pacto Internacional dos Direitos Econômicos, Sociais e Culturais (arts. 1º ao 15). RESUMO DA AULA 20/11/2012

1 - INTRODUÇÃO. DIREITOS HUMANOS Parte 3 Pacto Internacional dos Direitos Econômicos, Sociais e Culturais (arts. 1º ao 15). RESUMO DA AULA 20/11/2012 DIREITOS HUMANOS Parte 3 Pacto Internacional dos Direitos Econômicos, Sociais e Culturais (arts. 1º ao 15). RESUMO DA AULA 1 INTRODUÇÃO; 2 PACTO INTERNACIONAL DOS DIREITOS ECONÔMICOS, SOCIAIS E CULTURAIS

Leia mais

POLÍTICAS PÚBLICAS. Profa. Dra. Júnia Mara do Vale

POLÍTICAS PÚBLICAS. Profa. Dra. Júnia Mara do Vale POLÍTICAS PÚBLICAS Profa. Dra. Júnia Mara do Vale Definição de Política Pública Peters (1986) política pública é a soma das atividades dos governos, que agem diretamente ou através de delegação, e que

Leia mais

PROPOSTA DE RESOLUÇÃO

PROPOSTA DE RESOLUÇÃO PARLAMENTO EUROPEU 2009-2014 Documento de sessão 5.9.2013 B7-0000/2013 PROPOSTA DE RESOLUÇÃO apresentada na sequência da pergunta com pedido de resposta oral B7-0000/2013 nos termos do artigo 115.º, n.º

Leia mais

A visão da OIT sobre o Trabalho Decente

A visão da OIT sobre o Trabalho Decente Boletim Econômico Edição nº 61 maio de 2015 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico A visão da OIT sobre o Trabalho Decente 1 1. CONCEITO DE TRABALHO DECENTE O conceito de Trabalho

Leia mais

A INTERNACIONALIZAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS E SEU REFLEXO NO DIREITO BRASILEIRO 1. Mateus Schmidt 2.

A INTERNACIONALIZAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS E SEU REFLEXO NO DIREITO BRASILEIRO 1. Mateus Schmidt 2. A INTERNACIONALIZAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS E SEU REFLEXO NO DIREITO BRASILEIRO 1 Mateus Schmidt 2. 1 Monografia apresentada ao Curso de Graduação em Direito do Instituto Cenecista de Ensino Superior de

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITOS FUNDAMENTAIS Ano Lectivo 2018/2019

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIREITOS FUNDAMENTAIS Ano Lectivo 2018/2019 Programa da Unidade Curricular DIREITOS FUNDAMENTAIS Ano Lectivo 2018/2019 1. Unidade Orgânica Faculdade de Direito (1º Ciclo) 2. Curso Direito 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular DIREITOS FUNDAMENTAIS

Leia mais