BRASOIL MANATI EXPLORAÇÃO PETROLÍFERA S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BRASOIL MANATI EXPLORAÇÃO PETROLÍFERA S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures"

Transcrição

1 BRASOIL MANATI EXPLORAÇÃO PETROLÍFERA S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2012

2 Brasoil Manati Exploração Petrolífera S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2012 CARACTERÍSTICAS DA EMISSÃO DATA DE EMISSÃO: 04/01/2011 DATA DE VENCIMENTO: 04/01/2018 AGENTE FIDUCIÁRIO: Oliveira Trust DTVM S.A. COORDENADOR: Deutsche Bank S.A. - Banco Alemão BANCO MANDATÁRIO: Banco Bradesco S.A. BANCO ESCRITURADOR: Banco Bradesco S.A. AGENTE DE GARANTIA: Deutsche Bank S.A. Banco Alemão VOLUME: R$ ,00 QUANTIDADE DE DEBÊNTURES: 160 NÚMERO DE SÉRIES: 2 PUBLICAÇÃO: No jornal "A Tarde". DESTINAÇÃO DOS RECURSOS: Segundo informações obtidas junto à Emissora, à época da Emissão, os recursos captados foram utilizados para (i) pagamento antecipado da dívida decorrente do contrato de empréstimo (Intercompany Credit Agreement) celebrado entre a Companhia e a Brasoil Finco, LLC em 2/04/2007; (ii) pagamento de dividendos à Controladora, utilizados para o pagamento antecipado de dívida remanescente de sua controladora, Brasoil do Brasil Exploração Petrolífera S.A., decorrente da Segunda Emissão Privada de Debêntures Conversíveis, Subordinadas e Quirografárias, da Brasoil do Brasil Exploração Petrolífera S.A., emitidas em 13 de agosto de 2009, com vencimento em 15 de janeiro de 2040; (b) financiamento de futuras despesas de capital; e (c) financiamento dos demais objetivos sociais da Companhia e suas afiliadas. (*) Na Data de Emissão (**) Valores calculados pela Oliveira Trust CARACTERÍSTICAS DA 1ª SÉRIE DATA DE EMISSÃO: 04/01/2011 DATA DE VENCIMENTO: 04/01/2018 VOLUME(*): R$ ,00 VALOR NOMINAL UNITÁRIO(*): R$ ,00 PREÇO UNITÁRIO EM 31/12/2012(**): R$ ,76 QUANTIDADE DE DEBÊNTURES: 80 CÓDIGO DO ATIVO: BSOI11 CÓDIGO ISIN: BRMNTIDBS008 NEGOCIAÇÃO: CETIP - SND FORMA: Escritural e Nominativa GARANTIA: Real e Fidejussória, consubstanciada por (i) Alienação Fiduciária, com Condição Suspensiva, de 99,99% das ações da Emissora; (ii) Cessão condicional da posição contratual da Emissora nos contratos relativos ao Bloco BCAM-40; (iii) Cessão fiduciária de

3 CLASSE: direitos creditórios decorrentes da produção de petróleo e gás natural no Bloco BCAM-40, bem como de sua comercialização, por meio de contratos de compra e venda de petróleo e gás natural; e (iv) Fiança outorgada por Brasoil Round 9 Exploração Petrolífera Ltda. Simples, não conversível em ações (*) Na Data de Emissão (**) Valores calculados pela Oliveira Trust ATUALIZAÇÃO MONETÁRIA: JUROS: Indexador IGP-M 1º período Período Desde 04/01/2011 até 04/01/2018 (Cláusula da Escritura de Emissão) Início 04/01/2011 Término 04/01/2018 Rendimento 9,6% a.a. Base de cálculo 252 P.U. na Data de Emissão R$ ,00 Pagamento Documento PRÊMIO: Não há Prêmio. O pagamento será sempre realizado no dia 04 do mês de janeiro de cada ano, sendo o primeiro pagamento devido em 04 de janeiro de 2012 e o último na Data de Vencimento, ou seja, 04 de janeiro de Cláusula e (a) da Escritura de Emissão AMORTIZAÇÃO DO VALOR NOMINAL: O pagamento será sempre realizado no dia 04 do mês de janeiro de cada ano, sendo a primeira amortização realizada em 04 de janeiro de 2013 e o último na Data de Vencimento, ou seja, 04 de janeiro de REPACTUAÇÃO: Não Repactua. RATING: Data Nota Brasil Empresa 06/12/2010 bra- Standard & Poor's 21/12/2011 bra- Standard & Poor's 17/12/2012 bra- Standard & Poor's Segue abaixo breve resumo da última súmula de classificação de risco: A perspectiva estável do rating de reflete a expectativa de que os volumes de produção da Brasoil Manati serão mantidos de forma consistente e que as novas paradas não programadas que comprometam o cumprimento de seus covenants não ocorram. Assumiu-se que a empresa não realizará distribuição de dividendos e manterá os investimentos em níveis baixos nos próximos dois anos do projeto. Os ratings poderão ser rebaixados caso a Brasoil Manati não seja capaz de manter liquidez crescente ou os níveis mínimos de produção projetados. Em contrapartida, uma revisão dos volumes mínimos do contrato de take-or-pay acompanhado de uma melhora nas métricas de crédito pode levar a uma revisão positiva.

4 PAGAMENTOS EFETUADOS POR DEBÊNTURE EM 2012: JUROS Data de Pagamento Valor Unitário (R$) 04/01/ ,93 CARACTERÍSTICAS DA 2ª SÉRIE DATA DE EMISSÃO: 04/01/2011 DATA DE VENCIMENTO: 04/07/2017 VOLUME(*): R$ ,00 VALOR NOMINAL UNITÁRIO(*): R$ ,00 PREÇO UNITÁRIO EM 31/12/2012(**): R$ ,11 QUANTIDADE DE DEBÊNTURES: 80 CÓDIGO DO ATIVO: BSOI21 CÓDIGO ISIN: BRMNTIDBS016 NEGOCIAÇÃO: CETIP - SND FORMA: Escritural e nominativa GARANTIA: Real e Fidejussória, consubstanciada por (i) Alienação Fiduciária, com Condição Suspensiva, de 99,99% das ações da Emissora; (ii) Cessão condicional da posição contratual da Emissora nos contratos relativos ao Bloco BCAM-40; (iii) Cessão fiduciária de direitos creditórios decorrentes da produção de petróleo e gás natural no Bloco BCAM-40, bem como de sua comercialização, por meio de contratos de compra e venda de petróleo e gás natural; e (iv) Fiança outorgada por Brasoil Round 9 Exploração Petrolífera Ltda. CLASSE: Simples, não conversível em ações (*) Na Data de Emissão (**) Valores calculados pela Oliveira Trust ATUALIZAÇÃO MONETÁRIA: Indexador IGP-M JUROS: 1º período Período Desde 04/01/2011 até 04/07/2017 (Cláusula da Escritura de Emissão) Início 04/01/2011 Término 04/07/2017 Rendimento Base de cálculo 252 9,6% a.a. P.U. na Data de Emissão R$ ,00 Pagamento O pagamento será realizado no dia 04 do mês de julho de cada ano, sendo o primeiro pagamento devido em 04 de julho de 2012 e o último na data de Vencimento, ou seja, 04 de julho de Documento PRÊMIO: Não há Prêmio. Cláusula e (b) da Escritura de Emissão

5 AMORTIZAÇÃO DO VALOR NOMINAL: O pagamento será realizado no dia 04 do mês de julho de cada ano, sendo a primeira amortização realizada em 04 de julho de 2012 e o último na data de Vencimento, ou seja, 04 de julho de REPACTUAÇÃO: Não Repactua. RATING: Data Nota Brasil Empresa 06/12/2010 bra- Standard & Poor's 21/12/2011 bra- Standard & Poor's 17/12/2012 bra- Standard & Poor's Segue abaixo breve resumo da última súmula de classificação de risco: A perspectiva estável do rating de reflete a expectativa de que os volumes de produção da Brasoil Manati serão mantidos de forma consistente e que as novas paradas não programadas que comprometam o cumprimento de seus covenants não ocorram. Assumiu-se que a empresa não realizará distribuição de dividendos e manterá os investimentos em níveis baixos nos próximos dois anos do projeto. Os ratings poderão ser rebaixados caso a Brasoil Manati não seja capaz de manter liquidez crescente ou os níveis mínimos de produção projetados. Em contrapartida, uma revisão dos volumes mínimos do contrato de take-or-pay acompanhado de uma melhora nas métricas de crédito pode levar a uma revisão positiva. PAGAMENTOS EFETUADOS POR DEBÊNTURE EM 2012: AMORTIZAÇÃO DO VALOR NOMINAL JUROS Data de Pagamento Valor Unitário (R$) 04/07/ ,85 Data de Pagamento Valor Unitário (R$) 04/07/ ,47 POSIÇÃO DO ATIVO EM 31/12/2012: Circulação 80 (1ª serie) 80 (2ª serie) Tesouraria 0 Total 80 (1ª serie) 80 (2ª serie) EVENTOS LEGAIS E SOCIETÁRIOS: Até o encerramento do presente relatório, a Emissora não havia disponibilizado cópia da ata de Assembleia Geral Ordinária ou de qualquer outro documento societários realizado durante o exercício de ATUALIZAÇÃO DAS INFORMAÇÕES: Acusamos o recebimento de carta da Emissora, datada de 28/03/2012, atestando o cumprimento das obrigações da Emissora definidas na Escritura de Emissão até a data da referida correspondência. ACOMPANHAMENTO DAS GARANTIAS: A presente Emissão conta com as seguintes garantias: (i) Alienação Fiduciária de Ações: Alienação fiduciária de ações representativas de 99,99% do capital social da Emissora, cuja eficácia encontra-se sujeita ao cumprimento da Condição Suspensiva, sendo certo que acusamos o recebimento de carta da Emissora, datada de 17/05/2011, informando o cumprimento da Condição Suspensiva, bem como cópia do Livro de Registro de Ações constando o registro da alienação fiduciária de ações. Acusamos, ainda, o recebimento (a) do Contrato de Alienação Fiduciária de Ações, devidamente registrado nos Cartórios de Registro de Títulos e Documentos das Cidades do Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo; (b) de cópia do Livro de Registro de Ações Nominativas da Emissora, contendo a

6 averbação da alienação fiduciária; (c) do Laudo de Avaliação elaborado pela Apisis referente à data base de 30/09/2010, sendo certo que verificamos que o valor atribuído às ações alienadas fiduciariamente equivale a aproximadamente R$ ,00, garantindo, isoladamente, 212% do saldo devedor da Emissão, na Data de Emissão; (d) do Laudo de Avaliação elaborado pela Apsis referente à data base de 30/09/2011, sendo certo que verificamos que o valor atribuído às ações alienadas fiduciariamente equivale a aproximadamente R$ ,15, garantindo, isoladamente, 137% do saldo devedor da Emissão, em 30/12/2011; e (e) do Laudo de Avaliação elaborado pela Apsis referente à data base de 30/09/2012, sendo certo que verificamos que o valor atribuído às ações alienadas fiduciariamente equivale a aproximadamente R$ ,00, garantindo, isoladamente, 82% do saldo devedor da Emissão, em 30/12/2012. (ii) Cessão Condicional da Posição Contratual: A Emissora de comprometeu a ceder a um ou mais terceiros que o Agente de Garantia venha a indicar, sua posição contratual nos contratos listados no Anexo I ao Contrato de Cessão Condicional. A garantia em referência somente se tornará eficaz mediante: (a) a notificação do Agente Fiduciário ao Agente de Garantia acerca da confirmação da declaração do vencimento antecipado das obrigações decorrentes das Debêntures ou do não pagamento pela Emissora dos valores por ela devidos na data de vencimento final da Emissão, nos termos da Escritura de Emissão; e (b) o consentimento expresso e por escrito de cada contraparte de cada Documento Cedido (incluindo a renúncia de cada contraparte dos seus respectivos direitos de preferência, quando aplicável), a ser obtido pela Cedente, e qualquer aprovação necessária de autoridades governamentais brasileiras, conforme aplicável, para a cessão dos Documentos Cedidos para o(s) Cessionário(s) ( Condições de Eficácia ). Acusamos o recebimento do Contrato de Cessão Condicional de Documentos devidamente registrado nos Cartórios de Registro de Títulos e Documentos das Cidades do Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo, bem como informamos que durante o exercício de 2012 não foram implementadas as Condições de Eficácia, de forma que esta garantia não se encontra eficaz. (iii) Cessão Fiduciária de Direitos Creditórios: A Emissora cedeu fiduciariamente: (i) todos os direitos de crédito, direitos a rendimentos, reivindicações e outros recebíveis da Cedente decorrentes dos Contratos listados no Anexo I ao Contrato de Cessão Fiduciária; e (ii) todos os direitos de crédito detidos com relação à Conta Vinculada e à Conta Movimento. A eficácia da presente garantia encontra-se sujeita ao cumprimento da Condição Suspensiva, sendo certo que que acusamos o recebimento de carta da Emissora, datada de 17/05/2011, informando o cumprimento da Condição Suspensiva, bem como cópia do Livro de Registro de Ações constando o registro da alienação fiduciária de ações. Acusamos o recebimento do Contrato de Cessão Fiduciária de Direitos Creditórios devidamente registrado nos Cartórios de Registro de Títulos e Documentos das Cidades do Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. Durante o exercício de 2012, não fomos informados pelo Agente de Garantia (Deutsche Bank) acerca de qualquer não atendimento ao Saldo Mínimo, conforme previsto na cláusula 4.1. do Contrato de Cessão Fiduciária de Direitos Creditórios. Para fins dos itens (i) a (iii) acima, considera-se Condição Suspensiva, (i) a liberação do penhor das ações outorgado no âmbito do Contrato de Empréstimo; e (ii) a liberação do penhor de ações outorgado no âmbito do próprio Penhor de Ações da Emissora. (iv) Fiança: Trata-se de fiança prestada pela Brasoil Round 9 Exploração Petrolífera Ltda, no âmbito do Contrato de Constituição e Prestação de Garantia Fidejussória. Acusamos o recebimento (a) do Contrato de Constituição e Prestação de Garantia Fidejussória devidamente registrado nos Cartórios de Registro de Títulos e Documentos das Cidades do Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo; (b) bem como das demonstrações financeiras da Fiadora, Brasoil Round 9 Exploração Petrolífera Ltda, referente ao exercício findo em 30/09/2010, quando foi verificado que a fiança, isoladamente, não era suficiente para garantia a totalidade do saldo devedor da Emissão. Ressalta-se que não foi disponibilizado a este Agente Fiduciário cópia das demonstrações financeiras da Fiadora atualizadas na data-base de 31/12/2012. Adicionalmente, informamos que a operação contava inicialmente com Penhor, em segundo grau, de ações representativas de 99,99% do capital social da Emissora, válido até a implementação da Condição Suspensiva. Acusamos o recebimento de carta da Emissora, datada de 17/05/2011, informando o cumprimento da Condição Suspensiva, bem como cópia do Livro de Registro de Ações constando o registro da alienação fiduciária de ações. Desta forma, o Penhor não integra mais a presente Emissão.

7 CERTIDÃO CONJUNTA DE DÉBITOS: Adicionalmente aos procedimentos legais e da Escritura de Emissão, este Agente Fiduciário, em consulta ao site verificou que a Emissora possui Certidão Conjunta Negativa válida até 04 de agosto de ÍNDICES FINANCEIROS: Nos termos da cláusula 7.1, (u) da Escritura de Emissão, conforme alterada por seu Segundo Aditamento, a Emissora deve observar os Índices Financeiros a serem calculados trimestralmente com base nas demonstrações financeiras trimestrais não consolidadas da Emissora. Efetuamos a verificação dos Índices Financeiros em 2012, que se mantiveram enquadrados, conforme disposto abaixo: DÍVIDA LÍQUIDA / EBITDA EBITDA / DESPESAS FINANCEIRAS LÍQUIDAS ICSD ([DISPONIBILIDADE + FCAO] / DÍVIDA DE CURTO PRAZO) Limite 31/03/2012 4,50 1,20 0,90 Apurado 31/03/2012 3,10 1,87 1,67 Limite 30/06/2012 3,80 1,30 1,20 Apurado 30/06/2012 2,31 2,20 2,34 Limite 30/09/2012 2,50 2,00 1,30 Apurado 30/09/2012 1,93 2,19 2,63 Limite 31/12/2012 2,50 2,00 1,30 Apurado 31/12/2012 1,81 2,30 2,64 INFORMAÇÕES OBRIGATÓRIAS FACE AO DISPOSTO NA INSTRUÇÃO CVM Nº 28/83, BEM COMO POR ANALOGIA AOS TERMOS DA ALÍNEA "B" DO 1º DO ARTIGO 68 DA LEI Nº 6.404/76: Alínea a do inciso XVII do art. 12 da Instrução CVM 28/83 Eventual omissão ou inverdade, de que tenha conhecimento, contida nas informações divulgadas pela companhia ou, ainda, o inadimplemento ou atraso na obrigatória prestação de informações pela companhia Alínea b do inciso XVII do art. 12 da Instrução CVM 28/83 Alterações estatutárias ocorridas no período Alínea c do inciso XVII do art. 12 da Instrução CVM 28/83 Comentários sobre as demonstrações financeiras da companhia, enfocando os indicadores econômicos, financeiros e de estrutura de capital da empresa Alínea d do inciso XVII do art. 12 da Instrução CVM 28/83 Posição da distribuição ou colocação das debêntures no mercado Alínea e do inciso XVII do art. 12 da Instrução CVM 28/83 Resgate, amortização, conversão, repactuação e pagamento de juros das debêntures realizados no período, bem como aquisições e vendas de debêntures efetuadas pela companhia emissora Não temos ciência de qualquer omissão ou inverdade nas informações divulgadas pela Companhia ou eventual inadimplemento ou atraso na prestação de informações da Companhia, com exceção da não disponibilização das informações/documentos conforme identificados no presente relatório. Não temos ciência de ter ocorrido alteração estatutária conforme disposto acima, no item Eventos Legais e Societários. Informações dispostas nos Comentários sobre as Demonstrações Contábeis. Informações dispostas acima, no quadro de debêntures em circulação, conforme disponibilizado pela CETIP. Não houve qualquer resgate, total ou parcial na presente emissão. As debêntures serão amortizadas conforme descrito acima. Não repactuam e são simples, portanto, não conversíveis em ações. Ocorreu pagamento de juros, conforme mencionado neste relatório.

8 Alínea f do inciso XVII do art. 12 da Instrução CVM 28/83 Constituição e aplicações do fundo de amortização de debêntures, quando for o caso Alínea g do inciso XVII do art. 12 da Instrução CVM 28/83 Acompanhamento da destinação dos recursos captados através da emissão de debêntures, de acordo com os dados obtidos junto aos administradores da companhia Emissora Alínea h do inciso XVII do art. 12 da Instrução CVM 28/83 - Relação dos bens e valores entregues à sua administração: Alínea i do inciso XVII do art. 12 da Instrução CVM 28/83 Cumprimento de outras obrigações assumidas pela companhia na escritura de emissão Alínea j do inciso XVII do art. 12 da Instrução CVM 28/83 Declaração acerca da suficiência e exequibilidade das garantias das debêntures Alínea l do inciso XVII do art. 12 da Instrução CVM 28/83 Declaração sobre sua aptidão para continuar exercendo a função de agente fiduciário" Alínea "k" do inciso XVII do art. 12 da Instrução CVM 28/83 - "Declaração acerca da existência de outras emissões de debêntures, públicas ou privadas, feitas por sociedade coligada, controlada, controladora ou integrante do mesmo grupo da emissora em que tenha atuado como agente fiduciário no período" Não foi constituído fundo de amortização de debêntures. Informação contida acima, no item Destinação dos Recursos. Não foram entregues bens e valores à administração do Agente Fiduciário. Informações dispostas no presente relatório. As garantias encontram-se devidamente constituídas, exequíveis e suficientes, com exceção da Cessão Condicional de Posição Contratual, cuja eficácia encontra-se sujeita ao cumprimento da Condição Suspensiva, bem como o Penhor que não mais representa garantia da presente Emissão,, conforme disposto no item Acompanhamento das Garantias. Declaração disposta abaixo. Não atuamos como Agente Fiduciário em qualquer outra emissão de debêntures da Emissora ou de sociedade coligada, controlada, controladora ou integrante do mesmo grupo da Emissora. COMENTÁRIOS SOBRE AS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS DA BRASOIL MANATI EXPLORAÇÃO PETROLÍFERA S.A. A EMPRESA SITUAÇÃO DA EMPRESA: Operacional NATUREZA DO CONTROLE ACIONÁRIO: Privado SITUAÇÃO FINANCEIRA A Liquidez Geral aumentou de 0,34 em 2011 para 0,43 em A Liquidez Corrente diminuiu de 1,71 em 2011 para 1,58 em O Giro do Ativo apresentou um aumento de 0,21 em 2011 para 0,33 em ESTRUTURA DE CAPITAIS A companhia apresentou uma variação do índice de Empréstimos sobre o Patrimônio Líquido de 0,29 em 2011 para 0,37 em O Índice de Recursos de Terceiros sobre o Patrimônio Líquido variou de 1,90 em 2011 para 1,75 em O grau de imobilização em relação ao Patrimônio Líquido variou de 0,12 em 2011 para 0,11 em A empresa apresentou no seu Exigível de Longo Prazo uma queda de 10,7% de 2011 para 2012 e um aumento de 35,6% de 2011 para 2012 no Passivo Circulante. RESULTADOS O Resultado em 2012 foi positivo em R$ Mil enquanto que o de 2011 foi positivo em R$ 851 Mil. A Receita Líquida em 2012 foi superior em 57,72% à de A Margem Bruta foi de 52,81% em 2012 contra

9 72,05% no ano anterior e a Margem Líquida foi de 9,37% contra 1,32% em As Despesas Operacionais aumentaram 14,49% de 2011 para O Resultado Líquido foi 1023,03% superior a O Resultado Líquido do Exercício sobre o Patrimônio Líquido ficou em 8,58%(Lucro) em 2012 contra 0,82%(Lucro) em Recomendamos a leitura completa das Demonstrações Contábeis, Relatório da Administração e Parecer dos Auditores Independentes para melhor análise da situação econômica e financeira da companhia. DECLARAÇÃO DO AGENTE FIDUCIÁRIO A Oliveira Trust declara que se encontra plenamente apta a continuar no exercício da função de Agente Fiduciário desta emissão de debêntures da BRASOIL MANATI EXPLORAÇÃO PETROLÍFERA S.A.. BALANÇO PATRIMONIAL (Reais Mil) ATIVO 31/12/ /12/ Ativo Circulante Caixa e Equivalentes de Caixa Contas a Receber Depósito vinculado Despesas Antecipadas Fundos de abandono Ativo Não Circulante Imobilizado Intangível Ativo Total PASSIVO 31/12/ /12/ Passivo Circulante Empréstimos e Financiamentos Passivos com Partes Relacionadas Passivo Não Circulante Provisões Patrimônio Líquido Capital Social Realizado Reservas de Lucros Passivo Total

10 Demonstração do Resultado do Exercício (Reais Mil) 31/12/ /12/ Receita de Venda de Bens e/ou Serviços Custo dos Bens e/ou Serviços Vendidos Resultado Bruto Despesas/Receitas Operacionais Res. Antes do Res. Fin. e Tributos Resultado Financeiro Receitas Financeiras Despesas Financeiras Res. Antes dos Tributos sobre o Lucro IR e CSLL Lucro/Prejuízo do Período Indicadores Financeiros 31/12/ /12/2011 Alavancagem Recursos de Terceiros / P.L. Empréstimos / P.L. 1,75 0,37 1,90 0,29 Índice de Atividade Giro do Ativo 0,33 0,21 Imobilizações Grau de Imobilização 0,11 0,12 Liquidez Liquidez Corrente Liquidez Geral 1,58 0,43 1,71 0,34 Rentabilidade Margem Bruta 52,81% 72,05% Margem Líquida 9,37% 1,32% Retorno sobre Capitais Próprios 8,58% 0,82% N/A - Não Aplicado Fonte: Demonstração Financeira Padronizada do exercício de 2012.

BRASOIL MANATI EXPLORAÇÃO PETROLÍFERA S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

BRASOIL MANATI EXPLORAÇÃO PETROLÍFERA S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures BRASOIL MANATI EXPLORAÇÃO PETROLÍFERA S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 Brasoil Manati Exploração Petrolífera S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

Leia mais

ALESAT COMBUSTÍVEIS S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

ALESAT COMBUSTÍVEIS S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures ALESAT COMBUSTÍVEIS S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 Alesat Combustíveis S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário

Leia mais

MAKRO ATACADISTA S/A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

MAKRO ATACADISTA S/A. 1ª Emissão Pública de Debêntures MAKRO ATACADISTA S/A 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 Makro Atacadista S/A 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício

Leia mais

BRINOX METALÚRGICA S.A., sucessora por incorporação de CELLE SP PARTICIPAÇÕES S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

BRINOX METALÚRGICA S.A., sucessora por incorporação de CELLE SP PARTICIPAÇÕES S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures BRINOX METALÚRGICA S.A., sucessora por incorporação de CELLE SP PARTICIPAÇÕES S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 Brinox Metalúrgica S.A., sucessora

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures

LOJAS RENNER S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures LOJAS RENNER S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2014 Lojas Renner S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício

Leia mais

TRIUNFO PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures

TRIUNFO PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures TRIUNFO PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2014 TRIUNFO PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures

Leia mais

EMPRESA DE ÔNIBUS PÁSSARO MARRON S.A. (sucessora legal da CMP PARTICIPAÇÕES S.A.) 1ª Emissão Pública de Debêntures

EMPRESA DE ÔNIBUS PÁSSARO MARRON S.A. (sucessora legal da CMP PARTICIPAÇÕES S.A.) 1ª Emissão Pública de Debêntures EMPRESA DE ÔNIBUS PÁSSARO MARRON S.A. (sucessora legal da CMP PARTICIPAÇÕES S.A.) 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 Empresa de Ônibus Pássaro Marron

Leia mais

EVEN CONSTRUTORA E INCORPORADORA S.A. 6ª Emissão Pública de Debêntures

EVEN CONSTRUTORA E INCORPORADORA S.A. 6ª Emissão Pública de Debêntures EVEN CONSTRUTORA E INCORPORADORA S.A. 6ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2014 EVEN CONSTRUTORA E INCORPORADORA S.A. 6ª Emissão Pública de Debêntures Relatório

Leia mais

BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO

BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO 1ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários Série: 205ª Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE

Leia mais

CONCESSIONÁRIA ECOVIAS DOS IMIGRANTES S/A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

CONCESSIONÁRIA ECOVIAS DOS IMIGRANTES S/A. 1ª Emissão Pública de Debêntures CONCESSIONÁRIA ECOVIAS DOS IMIGRANTES S/A 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 Concessionária Ecovias dos Imigrantes S/A 1ª Emissão Pública de Debêntures

Leia mais

COMPANHIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE. 4ª Emissão Pública de Debêntures

COMPANHIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE. 4ª Emissão Pública de Debêntures COMPANHIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE 4ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2014 Companhia Energética de Pernambuco - CELPE 4ª Emissão Pública de Debêntures

Leia mais

GMR ENERGIA S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

GMR ENERGIA S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures GMR ENERGIA S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2011 GMR Energia S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício

Leia mais

OI S.A. (ATUAL DENOMINAÇÃO DE BRASIL TELECOM S.A.) 8ª Emissão Pública de Debêntures

OI S.A. (ATUAL DENOMINAÇÃO DE BRASIL TELECOM S.A.) 8ª Emissão Pública de Debêntures OI S.A. (ATUAL DENOMINAÇÃO DE BRASIL TELECOM S.A.) 8ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2014 Oi S.A. (atual denominação de BRASIL TELECOM S.A.) 8ª Emissão

Leia mais

BRC SECURITIZADORA S.A.

BRC SECURITIZADORA S.A. BRC SECURITIZADORA S.A. 1ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários Série: 15ª Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 CARACTERÍSTICAS DA EMISSÃO BRC SECURITIZADORA S.A. 1ª Emissão

Leia mais

BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO

BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO 1ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários Séries: 217ª e 218ª Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA

Leia mais

MAKRO ATACADISTA S/A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

MAKRO ATACADISTA S/A. 1ª Emissão Pública de Debêntures MAKRO ATACADISTA S/A 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2011 Makro Atacadista S/A 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício

Leia mais

PÁTRIA COMPANHIA SECURITIZADORA DE CRÉDITOS IMOBILIÁRIOS

PÁTRIA COMPANHIA SECURITIZADORA DE CRÉDITOS IMOBILIÁRIOS PÁTRIA COMPANHIA SECURITIZADORA DE CRÉDITOS IMOBILIÁRIOS 2ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários Série: 1ª Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 PÁTRIA COMPANHIA SECURITIZADORA

Leia mais

LIGHT SERVIÇOS DE ELETRICIDADE S/A 9ª Emissão de Debêntures. 1ª e 2ª Séries

LIGHT SERVIÇOS DE ELETRICIDADE S/A 9ª Emissão de Debêntures. 1ª e 2ª Séries LIGHT SERVIÇOS DE ELETRICIDADE S/A 9ª Emissão de Debêntures 1ª e 2ª Séries Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR

Leia mais

ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. 3ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015

ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. 3ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. 3ª Emissão de Debêntures Série Única Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR LIQUIDANTE

Leia mais

ÁPICE SECURITIZADORA S.A. 1ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários. 65ª Série

ÁPICE SECURITIZADORA S.A. 1ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários. 65ª Série ÁPICE SECURITIZADORA S.A. 1ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários 65ª Série Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES EMISSORA INSTITUIÇÃO

Leia mais

BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO

BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO 1ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários Séries: 286ª e 287ª e 288ª Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 BRAZILIAN SECURITIES

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO. 20ª Emissão de Debêntures. Série Única

COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO. 20ª Emissão de Debêntures. Série Única COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO 20ª Emissão de Debêntures Série Única Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES)

Leia mais

BRINOX METALÚRGICA S.A. (SUCESSORA POR INCORPORAÇÃO DE CELLE SP PARTICIPAÇÕES S.A.) 1ª Emissão Pública de Debêntures

BRINOX METALÚRGICA S.A. (SUCESSORA POR INCORPORAÇÃO DE CELLE SP PARTICIPAÇÕES S.A.) 1ª Emissão Pública de Debêntures BRINOX METALÚRGICA S.A. (SUCESSORA POR INCORPORAÇÃO DE CELLE SP PARTICIPAÇÕES S.A.) 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2014 Brinox Metalúrgica S.A., sucessora

Leia mais

MAKRO ATACADISTA S/A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

MAKRO ATACADISTA S/A. 1ª Emissão Pública de Debêntures MAKRO ATACADISTA S/A 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2012 Makro Atacadista S/A 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício

Leia mais

ANDORINHA ENERGIAS RENOVÁVEIS S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

ANDORINHA ENERGIAS RENOVÁVEIS S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures ANDORINHA ENERGIAS RENOVÁVEIS S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2014 ANDORINHA ENERGIAS RENOVÁVEIS S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório

Leia mais

SANTANDER BRASIL ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A.

SANTANDER BRASIL ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A. SANTANDER BRASIL ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A. 2ª Emissão de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2005 SANTANDER BRASIL ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A. 2ª Emissão de Debêntures Relatório

Leia mais

ANDRADE GUTIERREZ PARTICIPAÇÕES S.A.

ANDRADE GUTIERREZ PARTICIPAÇÕES S.A. ANDRADE GUTIERREZ PARTICIPAÇÕES S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2007 ANDRADE GUTIERREZ PARTICIPAÇÕES S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório

Leia mais

TOTVS S/A 1ª Emissão de Debêntures. 1ª e 2ª Séries. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015

TOTVS S/A 1ª Emissão de Debêntures. 1ª e 2ª Séries. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 TOTVS S/A 1ª Emissão de Debêntures 1ª e 2ª Séries Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR LIQUIDANTE TOTVS S/A Banco

Leia mais

MAKRO ATACADISTA S/A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

MAKRO ATACADISTA S/A. 1ª Emissão Pública de Debêntures MAKRO ATACADISTA S/A 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2014 Makro Atacadista S/A 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício

Leia mais

CONSTRUTORA ATERPA M. MARTINS S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures

CONSTRUTORA ATERPA M. MARTINS S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures CONSTRUTORA ATERPA M. MARTINS S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2014 Construtora Aterpa M. Martins S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures Relatório

Leia mais

BROOKFIELD SÃO PAULO EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIO S.A. (ANTIGA COMPANY) 3ª Emissão Pública de Debêntures

BROOKFIELD SÃO PAULO EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIO S.A. (ANTIGA COMPANY) 3ª Emissão Pública de Debêntures BROOKFIELD SÃO PAULO EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIO S.A. (ANTIGA COMPANY) 3ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2011 BROOKFIELD SÃO PAULO EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIO

Leia mais

COMPANHIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE. 4ª Emissão Pública de Debêntures

COMPANHIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE. 4ª Emissão Pública de Debêntures COMPANHIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE 4ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2012 COMPANHIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE 4ª Emissão Pública de Debêntures

Leia mais

MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures

MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2011 MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício

Leia mais

COMPANHIA ENERGÉTICA DO CEARÁ - COELCE. 3ª Emissão Pública de Debêntures

COMPANHIA ENERGÉTICA DO CEARÁ - COELCE. 3ª Emissão Pública de Debêntures COMPANHIA ENERGÉTICA DO CEARÁ - COELCE 3ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2011 Companhia Energética do Ceará - COELCE 3ª Emissão Pública de Debêntures Relatório

Leia mais

MENDES JUNIOR ENGENHARIA S/A 8ª Emissão de Debêntures. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015

MENDES JUNIOR ENGENHARIA S/A 8ª Emissão de Debêntures. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 MENDES JUNIOR ENGENHARIA S/A 8ª Emissão de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR LIQUIDANTE MENDES JUNIOR

Leia mais

VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S/A 1ª Emissão de Debêntures. Série Única

VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S/A 1ª Emissão de Debêntures. Série Única VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S/A 1ª Emissão de Debêntures Série Única Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR

Leia mais

BRINOX METALÚRGICA S/A 1ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015

BRINOX METALÚRGICA S/A 1ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 BRINOX METALÚRGICA S/A 1ª Emissão de Debêntures Série Única Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR LIQUIDANTE BRINOX

Leia mais

MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures

MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício

Leia mais

CONCESSIONÁRIA DA RODOVIA OSÓRIO PORTO ALEGRE S/A

CONCESSIONÁRIA DA RODOVIA OSÓRIO PORTO ALEGRE S/A CONCESSIONÁRIA DA RODOVIA OSÓRIO PORTO ALEGRE S/A 3ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2007 CONCESSIONÁRIA DA RODOVIA OSÓRIO PORTO ALEGRE S/A 3ª Emissão Pública

Leia mais

CROMEX S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2010

CROMEX S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2010 CROMEX S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2010 Cromex S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2010 CARACTERÍSTICAS

Leia mais

EMPRESA BRASILEIRA DE BEBIDAS E ALIMENTOS S.A.

EMPRESA BRASILEIRA DE BEBIDAS E ALIMENTOS S.A. EMPRESA BRASILEIRA DE BEBIDAS E ALIMENTOS S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2010 Empresa Brasileira de bebidas e Alimentos S.A. 1ª Emissão Pública

Leia mais

BRINOX METALÚRGICA S.A., Sucessora por Incorporação de Celle SP Participações S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

BRINOX METALÚRGICA S.A., Sucessora por Incorporação de Celle SP Participações S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures BRINOX METALÚRGICA S.A., Sucessora por Incorporação de Celle SP Participações S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2011 Brinox Metalúrgica S.A., sucessora

Leia mais

COMPANHIA DE GÁS DE SÃO PAULO - COMGÁS

COMPANHIA DE GÁS DE SÃO PAULO - COMGÁS COMPANHIA DE GÁS DE SÃO PAULO - COMGÁS 2ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2008 Companhia de Gás de - Comgás 2ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual

Leia mais

CONCESSIONÁRIA DA RODOVIA OSÓRIO PORTO ALEGRE S/A

CONCESSIONÁRIA DA RODOVIA OSÓRIO PORTO ALEGRE S/A CONCESSIONÁRIA DA RODOVIA OSÓRIO PORTO ALEGRE S/A 3ª Emissão de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2006 CONCESSIONÁRIA DA RODOVIA OSÓRIO PORTO ALEGRE S/A 3ª Emissão de Debêntures

Leia mais

AES TIETÊ ENERGIA S.A. 4ª Emissão de Debêntures. 1ª, 2ª e 3ª Séries. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015

AES TIETÊ ENERGIA S.A. 4ª Emissão de Debêntures. 1ª, 2ª e 3ª Séries. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 AES TIETÊ ENERGIA S.A. 4ª Emissão de Debêntures 1ª, 2ª e 3ª Séries Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR LIQUIDANTE

Leia mais

LINHA AMARELA S.A. - LAMSA 2ª. EMISSÃO PRIVADA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2012

LINHA AMARELA S.A. - LAMSA 2ª. EMISSÃO PRIVADA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2012 LINHA AMARELA S.A. - LAMSA 2ª. EMISSÃO PRIVADA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2012 Rio de Janeiro, 30 de Abril, 2013. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente

Leia mais

SMA EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES S.A.

SMA EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES S.A. SMA EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES S.A. 1ª Emissão de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2005 S.M.A. EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES S.A. 1ª Emissão de Debêntures Relatório Anual

Leia mais

COMIL ÔNIBUS S.A. EXERCÍCIO DE 2014

COMIL ÔNIBUS S.A. EXERCÍCIO DE 2014 COMIL ÔNIBUS S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2015. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente Fiduciário

Leia mais

BNDES Participações S/A - BNDESPAR

BNDES Participações S/A - BNDESPAR BNDES Participações S/A - BNDESPAR 2ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2007 BNDES Participações S/A - BNDESPAR 2ª Emissão Pública de Debêntures Relatório

Leia mais

ALESAT COMBUSTÍVEIS S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

ALESAT COMBUSTÍVEIS S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures ALESAT COMBUSTÍVEIS S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2012 Alesat Combustíveis S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário

Leia mais

SANTANDER BRASIL ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A.

SANTANDER BRASIL ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A. SANTANDER BRASIL ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2007 SANTANDER BRASIL ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A. 2ª Emissão de Debêntures

Leia mais

COMPANHIA ENERGÉTICA DO CEARÁ - COELCE. 3ª Emissão Pública de Debêntures

COMPANHIA ENERGÉTICA DO CEARÁ - COELCE. 3ª Emissão Pública de Debêntures COMPANHIA ENERGÉTICA DO CEARÁ - COELCE 3ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2012 Companhia Energética do Ceará - COELCE 3ª Emissão Pública de Debêntures Relatório

Leia mais

LINHA AMARELA S.A. - LAMSA 2ª EMISSÃODE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

LINHA AMARELA S.A. - LAMSA 2ª EMISSÃODE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 LINHA AMARELA S.A. - LAMSA 2ª EMISSÃODE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente Fiduciário

Leia mais

BRASHOP S.A. EXERCÍCIO DE 2015

BRASHOP S.A. EXERCÍCIO DE 2015 BRASHOP S.A. 2ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 Rio de Janeiro, 29 de Abril de 2016. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente Fiduciário da 2ª

Leia mais

COMPANHIA DE LOCAÇÃO DAS AMÉRICAS 5ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013

COMPANHIA DE LOCAÇÃO DAS AMÉRICAS 5ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 COMPANHIA DE LOCAÇÃO DAS AMÉRICAS 5ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2014. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade

Leia mais

LOCALIZA RENT A CAR S.A. 6ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

LOCALIZA RENT A CAR S.A. 6ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 LOCALIZA RENT A CAR S.A. 6ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente Fiduciário

Leia mais

Companhia de Bebidas das Américas - AMBEV

Companhia de Bebidas das Américas - AMBEV Companhia de Bebidas das Américas - AMBEV 1ª Emissão de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2006 Companhia de Bebidas das Américas - AMBEV 1ª Emissão de Debêntures Relatório Anual

Leia mais

SANTANDER BRASIL ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A.

SANTANDER BRASIL ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A. SANTANDER BRASIL ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A. 2ª Emissão de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2006 SANTANDER BRASIL ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A. 2ª Emissão de Debêntures Relatório

Leia mais

OAS S.A. - em Recuperação Judicial (nova denominação da OAS Engenharia e Participações S.A.) 3ª Emissão Pública de Debêntures

OAS S.A. - em Recuperação Judicial (nova denominação da OAS Engenharia e Participações S.A.) 3ª Emissão Pública de Debêntures OAS S.A. - em Recuperação Judicial (nova denominação da OAS Engenharia e Participações S.A.) 3ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2014 OAS S.A. em Recuperação

Leia mais

VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. 2ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2011.

VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. 2ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2011. VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (atual denominação da INPAR S.A.) 2ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2011. Rio de Janeiro, 30 de Abril, 2012. Prezados

Leia mais

LOCALIZA RENT A CAR S.A. 6ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014

LOCALIZA RENT A CAR S.A. 6ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014 LOCALIZA RENT A CAR S.A. 6ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2015. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente

Leia mais

ITAÚSA - INVESTIMENTOS ITAÚ S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

ITAÚSA - INVESTIMENTOS ITAÚ S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures ITAÚSA - INVESTIMENTOS ITAÚ S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2012 ITAÚSA - INVESTIMENTOS ITAÚ S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual

Leia mais

RBS PARTICIPAÇÕES S.A. EXERCÍCIO DE 2015

RBS PARTICIPAÇÕES S.A. EXERCÍCIO DE 2015 RBS PARTICIPAÇÕES S.A. 2ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 Rio de Janeiro, 29 de Abril de 2016. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente Fiduciário

Leia mais

IRON HOUSE DESENVOLVIMENTO IMOBILIÁRIO S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

IRON HOUSE DESENVOLVIMENTO IMOBILIÁRIO S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 IRON HOUSE DESENVOLVIMENTO IMOBILIÁRIO S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade

Leia mais

BRASHOP S.A. EXERCÍCIO DE 2016

BRASHOP S.A. EXERCÍCIO DE 2016 BRASHOP S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente Fiduciário da 1ª

Leia mais

MANAUS AMBIENTAL S.A. EXERCÍCIO DE 2016

MANAUS AMBIENTAL S.A. EXERCÍCIO DE 2016 MANAUS AMBIENTAL S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente Fiduciário

Leia mais

NATURA COSMÉTICOS S.A.

NATURA COSMÉTICOS S.A. NATURA COSMÉTICOS S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2010 Natura Cosméticos S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário

Leia mais

CONCESSIONÁRIA ECOVIAS DOS IMIGRANTES S/A

CONCESSIONÁRIA ECOVIAS DOS IMIGRANTES S/A CONCESSIONÁRIA ECOVIAS DOS IMIGRANTES S/A 1ª Emissão de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2006 CONCESSIONÁRIA ECOVIAS DOS IMIGRANTES S/A 1ª Emissão de Debêntures Relatório Anual

Leia mais

A GERADORA ALUGUEL DE MÁQUINAS S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015

A GERADORA ALUGUEL DE MÁQUINAS S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 A GERADORA ALUGUEL DE MÁQUINAS S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 Rio de Janeiro, 29 de Abril de 2016. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de

Leia mais

CELESC DISTRIBUIÇÃO S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

CELESC DISTRIBUIÇÃO S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 CELESC DISTRIBUIÇÃO S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente Fiduciário

Leia mais

ECTE - EMPRESA CATARINENSE DE TRANSMISSÃO DE ENERGIA S.A. 3ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

ECTE - EMPRESA CATARINENSE DE TRANSMISSÃO DE ENERGIA S.A. 3ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 ECTE - EMPRESA CATARINENSE DE TRANSMISSÃO DE ENERGIA S.A. 3ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas,

Leia mais

COLUMBIA DO NORDESTE S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

COLUMBIA DO NORDESTE S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 COLUMBIA DO NORDESTE S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente Fiduciário

Leia mais

ENERGISA TOCANTINS DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S.A. 1ª. EMISSÃO (PÚBLICA) DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014

ENERGISA TOCANTINS DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S.A. 1ª. EMISSÃO (PÚBLICA) DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014 ENERGISA TOCANTINS DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S.A. (atual denominação social da COMPANHIA DE ENERGIA ELÉTRICA DO ESTADO DO TOCANTINS CELTINS) 1ª. EMISSÃO (PÚBLICA) DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE

Leia mais

LOCALIZA RENT A CAR S.A. 10ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

LOCALIZA RENT A CAR S.A. 10ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 LOCALIZA RENT A CAR S.A. 10ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente Fiduciário

Leia mais

ALOG DATA CENTERS DO BRASIL S.A. (antiga ALOG DATA CENTERS DO BRASIL S.A.) 1ª Emissão de Debêntures. Série Única

ALOG DATA CENTERS DO BRASIL S.A. (antiga ALOG DATA CENTERS DO BRASIL S.A.) 1ª Emissão de Debêntures. Série Única ALOG DATA CENTERS DO BRASIL S.A. (antiga ALOG DATA CENTERS DO BRASIL S.A.) 1ª Emissão de Debêntures Série Única Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES

Leia mais

JCPM PARTICIPAÇÕES E EMPREENDIMENTOS S.A. EXERCÍCIO DE 2016

JCPM PARTICIPAÇÕES E EMPREENDIMENTOS S.A. EXERCÍCIO DE 2016 JCPM PARTICIPAÇÕES E EMPREENDIMENTOS S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade

Leia mais

ABIMEX IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

ABIMEX IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 ABIMEX IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de

Leia mais

ANDRADE GUTIERREZ CONCESSÕES S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013

ANDRADE GUTIERREZ CONCESSÕES S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 ANDRADE GUTIERREZ CONCESSÕES S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2014. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade

Leia mais

SER EDUCACIONAL S.A. EXERCÍCIO DE 2016

SER EDUCACIONAL S.A. EXERCÍCIO DE 2016 SER EDUCACIONAL S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente Fiduciário

Leia mais

ALL- AMERICA LATINA LOGÍSTICA MALHA NORTE S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2011

ALL- AMERICA LATINA LOGÍSTICA MALHA NORTE S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2011 ALL- AMERICA LATINA LOGÍSTICA MALHA NORTE S.A. (atual denominação da FERRONORTE S.A. FERROVIAS NORTE BRASIL) 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2011 Rio

Leia mais

MAKRO ATACADISTA S/A. 1ª Emissão Pública de Debêntures. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2010

MAKRO ATACADISTA S/A. 1ª Emissão Pública de Debêntures. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2010 MAKRO ATACADISTA S/A 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2010 Makro Atacadista S/A 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício

Leia mais

COPEL DISTRIBUIÇÃO S.A. EXERCÍCIO DE 2015

COPEL DISTRIBUIÇÃO S.A. EXERCÍCIO DE 2015 COPEL DISTRIBUIÇÃO S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 Rio de Janeiro, 29 de Abril de 2016. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente Fiduciário

Leia mais

9ª EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES SIMPLES DA ALL AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA S.A. 1ª e 2ª SÉRIES

9ª EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES SIMPLES DA ALL AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA S.A. 1ª e 2ª SÉRIES 9ª EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES SIMPLES DA ALL AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA S.A. 1ª e 2ª SÉRIES 1 1. CARACTERÍSTICAS DA EMISSÃO: Nº da Emissão 9 ª Nº de Séries Duas Agente Fiduciário BRL TRUST DISTRIBUIDORA

Leia mais

COPEL DISTRIBUIÇÃO S.A. EXERCÍCIO DE 2014

COPEL DISTRIBUIÇÃO S.A. EXERCÍCIO DE 2014 COPEL DISTRIBUIÇÃO S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2015. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente

Leia mais

ENERGISA MATO GROSSO DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S.A.

ENERGISA MATO GROSSO DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S.A. ENERGISA MATO GROSSO DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S.A. (atual denominação social da CENTRAIS ELÉTRICAS MATOGROSSENSES S.A. CEMAT) 5ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE

Leia mais

NCF PARTICIPAÇÕES S.A. EXERCÍCIO DE 2013

NCF PARTICIPAÇÕES S.A. EXERCÍCIO DE 2013 NCF PARTICIPAÇÕES S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2014. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente

Leia mais

ALUPAR INVESTIMENTO S.A. 4ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016

ALUPAR INVESTIMENTO S.A. 4ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016 ALUPAR INVESTIMENTO S.A. 4ª Emissão de Debêntures Série Única Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR LIQUIDANTE

Leia mais

CAVAN ROCBRA INDÚSTRIA E COMERCIO DE PRE MOLDADOS DE CONCRETO S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

CAVAN ROCBRA INDÚSTRIA E COMERCIO DE PRE MOLDADOS DE CONCRETO S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 CAVAN ROCBRA INDÚSTRIA E COMERCIO DE PRE MOLDADOS DE CONCRETO S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores

Leia mais

UNIDAS S.A. 7ª Emissão de Debêntures. 1ª e 2ª Séries. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016

UNIDAS S.A. 7ª Emissão de Debêntures. 1ª e 2ª Séries. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016 UNIDAS S.A. 7ª Emissão de Debêntures 1ª e 2ª Séries Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) Unidas S.A. Banco Santander (Brasil)

Leia mais

ARMAZÉM MATEUS S.A. EXERCÍCIO DE 2015

ARMAZÉM MATEUS S.A. EXERCÍCIO DE 2015 ARMAZÉM MATEUS S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 Rio de Janeiro, 29 de Abril de 2016. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente Fiduciário

Leia mais

LINHAS DE TRANSMISSÃO DE MONTES CLAROS S.A. 2ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015

LINHAS DE TRANSMISSÃO DE MONTES CLAROS S.A. 2ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 LINHAS DE TRANSMISSÃO DE MONTES CLAROS S.A. 2ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 Rio de Janeiro, 29 de Abril de 2016. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade

Leia mais

EMPRESA BRASILEIRA DE AGREGADOS MINERAIS S.A. 2ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015

EMPRESA BRASILEIRA DE AGREGADOS MINERAIS S.A. 2ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 EMPRESA BRASILEIRA DE AGREGADOS MINERAIS S.A. 2ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 Rio de Janeiro, 29 de Abril de 2016. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade

Leia mais

GSP LIFE MAIRINQUE EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

GSP LIFE MAIRINQUE EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 GSP LIFE MAIRINQUE EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas,

Leia mais

BK BRASIL OPERAÇÃO E ASSESSORIA A RESTAURANTES S.A. 3ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015

BK BRASIL OPERAÇÃO E ASSESSORIA A RESTAURANTES S.A. 3ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 BK BRASIL OPERAÇÃO E ASSESSORIA A RESTAURANTES S.A. 3ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 Rio de Janeiro, 29 de Abril de 2016. Prezados Senhores Debenturistas,

Leia mais

MRV ENGENHARIA E PARTICIPAÇÕES S.A. 3ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013

MRV ENGENHARIA E PARTICIPAÇÕES S.A. 3ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 MRV ENGENHARIA E PARTICIPAÇÕES S.A. 3ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2014. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade

Leia mais

TPI TRIUNFO PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS S.A. 3ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015

TPI TRIUNFO PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS S.A. 3ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 TPI TRIUNFO PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS S.A. 3ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 Rio de Janeiro, 29 de Abril de 2016. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade

Leia mais

COMPANHIA DE PROJETOS AMBIENTAIS 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

COMPANHIA DE PROJETOS AMBIENTAIS 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 COMPANHIA DE PROJETOS AMBIENTAIS 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente

Leia mais

Emissora: COMPANHIA DE LOCACAO DAS AMERICAS

Emissora: COMPANHIA DE LOCACAO DAS AMERICAS Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2014 Emissora: COMPANHIA DE LOCACAO DAS AMERICAS Sétima Emissão De Debêntures Simples 1 CARACTERÍSTICAS DA EMISSORA NOME EMPRESARIAL: COMPANHIA DE LOCACAO

Leia mais

ARMCO DO BRASIL S.A. EXERCÍCIO DE 2013

ARMCO DO BRASIL S.A. EXERCÍCIO DE 2013 ARMCO DO BRASIL S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2014. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente

Leia mais

EDP ENERGIAS DO BRASIL S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013

EDP ENERGIAS DO BRASIL S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 EDP ENERGIAS DO BRASIL S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2014. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de

Leia mais