APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS MARÇO 2013

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS 2012 13 MARÇO 2013"

Transcrição

1 APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS MARÇO 2013

2 AGENDA Destaques do ano Desempenho dos negócios e consolidado Desenvolvimentos estratégicos Desafios e prioridades

3 DESTAQUES VOLUME DE NEGÓCIOS: EBITDA RECORRENTE: RESULTADO LÍQUIDO: ATRIBUÍVEL A ACIONISTAS INVESTIMENTO ANUAL: REDUÇÃO DE DÍVIDA 1 : 5,4 milmilhões 597milhões 33milhões 292milhões 147milhões 1 dívida total líquida, comparação de valores de final de ano 3

4 DESTAQUES SUPERÁMOS fortes quedas dos mercados através de ganhos sucessivos de quota e crescimento nos mercados internacionais 4

5 DESTAQUES REFORÇÁMOS rentabilidade operacional por via da execução rigorosa das iniciativas de eficiência programas de melhoria contínua inovação em processos 5

6 DESTAQUES no entanto, os RESULTADOS LÍQUIDOS decresceram essencialmente com a ausência de vendas de imobiliário de retalho impacto non-cash dos resultados indiretos agravamento dos spreads do financiamento 6

7 DESTAQUES REDUZIMOS endividamento FORTALECEMOS a estrutura de capitais sem prejudicar a nossa posição competitiva e concluindo o programa de refinanciamento de médio prazo 7

8 DESTAQUES CONCRETIZÁMOS progressos relevantes nos pilares fundamentais da estratégia corporativa 8

9 AGENDA Destaques do ano Desempenho dos negócios e consolidado Desenvolvimentos estratégicos Desafios e prioridades

10 PORTFÓLIO SONAE 100% 100% 100% 54% 50% 50% SONAE MC SONAE SR SONAE RP SONAECOM INVESTMENT MANAGEMENT SONAE SIERRA Consolidação integral Consolidação integral (MaxMat e MDS) Equivalência patrimonial Equivalência patrimonial (GeoStar) 10

11 SONAE MC ótica do contributo volume de negócios EBITDA recorrente -1% +7% Reforço da liderança Fortalecimento da relação com o cliente Foco na eficiência Consolidação das novas insígnias e canais

12 SONAE SR ótica do contributo volume de negócios EBITDA recorrente % Expansão internacional volume de negócios global 147 % internacional Electronics Sports Fashion 30% - Zippy ~50% lojas próprias e lojas franchisadas entradas 2012 Rep. Dominicana, Malta, Venezuela, Azerbaijão Portugal, Espanha, Turquia, Egito, Arábia Saudita, Cazaquistão 12

13 SONAE RP ótica do contributo volume de negócios EBITDA recorrente % 107 Manutenção da atratividade e elevadas taxas de ocupação das galerias comerciais 11% 3% 29% 10% 48% net book value 1 1,4 mil milhões CC Continente CC Continente Modelo Continente Bom dia Logística Outros valor contabilístico líquido 13

14 SONAECOM ótica do contributo volume de negócios EBITDA recorrente -4% +6% Reforço da posição competitiva Melhoria da rentabilidade Aceleração da expansão internacional da SSI Desenvolvimentos significativos no projeto de fusão Zon/Optimus

15 INVESTMENT MANAGEMENT ótica do negócio (100% 1 ) volume de negócios % EBITDA recorrente MDS consolidação do portfólio internacional MAXMAT alteração para conceito discount GEOSTAR maior enfoque no segmento corporate 1 100% da MDS, MaxMat e Geostar 15

16 SONAE SIERRA ótica do negócio taxas de ocupação % 96 Europa 97 Brasil resultados diretos 61 +2% Bom desempenho 63 dos centros comerciais sob gestão Forte dinâmica do portfólio no Brasil Reforço dos novos modelos de crescimento internacional Expansão das yields em Portugal, Espanha e Itália 16

17 ATIVIDADE consolidado volume de negócios % Reforço da posição competitiva contributos (% do total) (15%) (4%) (21%) (60%) Sonae MC Sonae SR Sonaecom Outros excluindo gasolineiras em 2011 (20 ) 17

18 RENTABILIDADE consolidado EBITDA recorrente % 597 Melhorias de margem Forte rentabilidade da Sonae MC e Optimus 10,7% 11,1% margem 1 contributos Sonae MC Sonae SR Sonae RP Sonaecom Outros Sonae % do volume de negócios 18

19 RENTABILIDADE consolidado resultado direto ebitda recorrente 2012 itens não recorrentes depreciações, amortizações e provisões encargos financeiros contributo resultado direto Sonae Sierra impostos resultado direto

20 RENTABILIDADE consolidado evolução do resultado direto resultado direto 2011 impacto do aumento dos encargos financeiros outros impactos resultado direto

21 RENTABILIDADE consolidado resultado líquido atribuível a acionistas resultado direto resultado direto atribuível a minoritários resultado direto atribuível a acionistas resultado indireto atribuível a acionistas resultado líquido atribuível a acionistas 21

22 CAPEX consolidado investimento Sonae MC 78 Sonae SR 34 Sonae RP 16 Forte investimento na rede 4G/LTE Política de investimento seletiva, em especial na Sonae SR Sonaecom 143 Outros Contributos por negócio 22

23 CASH FLOW consolidado redução de dívida economic cash flow 1 fundo de maneio investimento LTE levered free cash flow dividendos e entradas de capital redução de dívida 1 resultado direto + depreciações, amortizações e provisões 23

24 ENDIVIDAMENTO E ESTRUTURA DE CAPITAIS dívida total líquida 1 dívida para EBITDA rácio loan-to-value holding rácio ,8x retalho 2,4x 18% 17% 52% dos capitais empregues 1,3x telco 2 1,5x valor de final de ano 2 excluindo securitização 24

25 DIVIDENDOS E RETORNO dividendos pay-out ratio 1 evolução da cotação % % 63% SONAE % PSI proposta proposta 2012 Jan Jun Dez 1 dividendo sobre resultado líquido direto do ano, atribuível a acionistas 25

26 AGENDA Destaques do ano Desempenho dos negócios e consolidado Desenvolvimentos estratégicos Desafios e prioridades

27 EM RETROSPETIVA perante as circunstâncias e restrições que nos foram impostas preservámos os nossos pilares estratégicos Internacionalização Diversificação do estilo de investimento mas adaptámos a nossa atuação e privilegiámos os objetivos financeiros Alavancar e reforçar a base de ativos e competências 27

28 PILARES ESTRATÉGICOS Internacionalização privilegiámos estilos de investimento menos exigentes em capital alavancámo-nos ainda mais nas nossas competências reforçámos franquia Zippy iniciámos wholesale Sport Zone e Continente acelerámos venda de serviços criámos novas joint-ventures Zippy: países, 50% das vendas internacionais Sonae Sierra: 9 de serviços para terceiros, em 11 países Forte crescimento dos serviços internacionais na Wedo (73% do total) e na Mds (58% do total) 28

29 PILARES ESTRATÉGICOS Diversificação do estilo de investimento demos passos muito importantes em operações de relevo fortes condicionalismos à venda de ativos devido ao sentimento muito negativo dos investidores internacionais face a Portugal estruturação final do projeto de fusão Zon/Optimus gestão ativa do programa de reciclagem de capital venda dos centros comerciais Tivoli Shopping, Shopping Penha e Pátio Brasil Shopping (Brasil) e Münster Arkaden (Alemanha) redução da participação na Cooper Gay Swett & Crawford 29

30 PILARES ESTRATÉGICOS Alavancar e reforçar a base de ativos e competências robustecemos as atuais propostas de valor desenvolvemos novas oportunidades de negócio forte impulso do Eco-sistema do Cartão Continente forte investimento em formatos de nova geração Continente, Sport Zone e Modalfa nova plataforma online Worten (Portugal e Espanha) forte investimento no 4G/LTE 30

31 EM RETROSPETIVA mantivemos o nosso elevado compromisso social Sustentabilidade Apoio à comunidade Colaboradores instituições de solidariedade social, culturais, educativas, cientificas, destaque: projeto de minigeração solar fotovoltaica em roof top destaques: Missão Sorriso apoio à Casa da Música destaques: investimento e reconhecimento contínuos maior em Portugal e 15º a nível europeu instituições 10 de apoios anuais 1,3 milhões de horas de formação + de promoções 31

32 AGENDA Destaques do ano Desempenho dos negócios e consolidado Desenvolvimentos estratégicos Desafios e prioridades

33 NOS PRÓXIMOS ANOS principal prioridade será: concluir desalavancagem e garantir rácios financeiros compatíveis com perfil claro de investment grade preparar nova vaga de crescimento 33

34 NOS PRÓXIMOS ANOS passando por: executar com sucesso a fusão Optimus/ZON continuar a aumentar a confiança e preferência dos consumidores para reforço de quotas rentabilizar a operação de retalho em Espanha dar dimensão às novas formas de crescimento internacional criar condições para investir em novos centros comerciais em mercados de crescimento 34

35 APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS MARÇO 2013

SONAE REFORÇA VENDAS E INTERNACIONALIZAÇÃO

SONAE REFORÇA VENDAS E INTERNACIONALIZAÇÃO Maia, 11 de março de 2015 Reforço de posições de liderança em Portugal, internacionalização e compromisso com famílias em 2014 SONAE REFORÇA VENDAS E INTERNACIONALIZAÇÃO 1. PRINCIPAIS DESTAQUES DE 2014:

Leia mais

SOCIAL PAULO AZEVEDO CEO SONAE 16 MARÇO 2011

SOCIAL PAULO AZEVEDO CEO SONAE 16 MARÇO 2011 INVESTIMENTO SOCIAL PAULO AZEVEDO CEO SONAE 16 MARÇO 2011 Investimento Social Clientes 268M de descontos em cartão/talão Produtos de marca Continente ~25% mais baratos que produto líder Comunidade 10,4M

Leia mais

SONAE REFORÇA VENDAS E INTERNACIONALIZAÇÃO

SONAE REFORÇA VENDAS E INTERNACIONALIZAÇÃO Maia, 5 de novembro de 2015 Crescimento, internacionalização e reforço da solidez financeira nos primeiros nove meses de 2015 SONAE REFORÇA VENDAS E INTERNACIONALIZAÇÃO 1. PRINCIPAIS DESTAQUES DOS PRIMEIROS

Leia mais

SONAE/ COMUNICADO DE RESULTADOS 2011

SONAE/ COMUNICADO DE RESULTADOS 2011 SONAE/ COMUNICADO DE RESULTADOS 2011 1 DESTAQUES Ganhos de quota mitigam efeitos da retração do consumo privado na Ibéria Volume de negócios consolidado 1 atinge 5.718 M em 2011, praticamente em linha

Leia mais

1 DESTAQUES e MENSAGEM DO CEO

1 DESTAQUES e MENSAGEM DO CEO Página 1 de 19 07.05.2015 1 DESTAQUES e MENSAGEM DO CEO Sonae MC aumentou o volume de negócios em 0,8%, em linha com o mercado Sonae SR aumentou as vendas por m 2, mantendo a rentabilidade Sonae Sierra

Leia mais

1 DESTAQUES e MENSAGEM DO CEO

1 DESTAQUES e MENSAGEM DO CEO Página 1 de 18 05.11.2015 1 DESTAQUES e MENSAGEM DO CEO Sonae MC continuou a fortalecer a sua proposta de valor, alcançando uma margem EBITDA de 6,0%, apesar do ambiente competitivo bastante agressivo

Leia mais

Resultado direto cresceu 20,3% nos 9M14, alcançando 92 milhões de euros

Resultado direto cresceu 20,3% nos 9M14, alcançando 92 milhões de euros Página 1 de 18 12.11.2014 1 DESTAQUES Reforço da liderança mantendo a rentabilidade operacional Sonae MC: Crescimento do volume de negócios nos 9M14 de 1,8%, com ganhos adicionais de quota de mercado Margem

Leia mais

1. THE GROUP TODAY INDEX 1. O GRUPO HOJE 2. VISÃO ESTRATÉGICA

1. THE GROUP TODAY INDEX 1. O GRUPO HOJE 2. VISÃO ESTRATÉGICA 1 INDEX 1. O GRUPO HOJE 2. VISÃO ESTRATÉGICA 3. PRIORIDADES ESTRATÉGICAS 3.1 Concretizar o Potencial da Biedronka 3.2 Assegurar o Crescimento de Longo Prazo 1. THE GROUP TODAY 4. EXPLORAR TODO O POTENCIAL

Leia mais

registou uma margem underlying EBITDA de 7,0% em 2014 e 7,5% no 4T14 reforçou a liderança de mercado

registou uma margem underlying EBITDA de 7,0% em 2014 e 7,5% no 4T14 reforçou a liderança de mercado 1 DESTAQUES A Sonae alcançou com êxito os objetivos propostos no retalho para 2014, recuperando a rentabilidade no não-alimentar e aumentando a quota de mercado e mantendo a rentabilidade de referência

Leia mais

Melhoria do volume de negócios com ganhos de quotas de mercado

Melhoria do volume de negócios com ganhos de quotas de mercado 1 DESTAQUES Êxito na conclusão da fusão Zon Optimus leva à criação de um protagonista mais forte, com uma posição competitiva sólida, em todos os segmentos do mercado de telecomunicações em Portugal Melhoria

Leia mais

Volume de Negócios das áreas de retalho da Sonae cresceu 3% em 2014

Volume de Negócios das áreas de retalho da Sonae cresceu 3% em 2014 1 DESTAQUES Volume de Negócios das áreas de retalho da Sonae cresceu 3% em 2014 SONAE MC Ganhos de quota de mercado e crescimento do Volume de Negócios, num ambiente competitivo particularmente difícil

Leia mais

Reforçando a sua liderança no mercado com um crescimento no volume de negócios de 4,1% Alcançando uma margem EBITDA de referência de 7,6%

Reforçando a sua liderança no mercado com um crescimento no volume de negócios de 4,1% Alcançando uma margem EBITDA de referência de 7,6% 1 DESTAQUES A Sonae alcança resultados extraordinários através da manutenção de um desempenho muito bom nas operações de retalho alimentar, de uma sólida recuperação no retalho não-alimentar, enquanto

Leia mais

SONAE MUDAR PARA CONTINUAR A CRESCER

SONAE MUDAR PARA CONTINUAR A CRESCER SONAE MUDAR PARA CONTINUAR A CRESCER 1. ORIENTAÇÕES ESTRATÉGICAS CORPORATIVAS 1. ORIENTAÇÕES ESTRATÉGICAS CORPORATIVAS 2. NOVA ORGANIZAÇÃO DO PORTEFÓLIO 3. NOVA ORGANIZAÇÃO DE GESTÃO 1. ORIENTAÇÕES ESTRATÉGICAS

Leia mais

P 03 P. 06 P. 08 P. 12 P. 10 P. 27 P. 43 P. 49

P 03 P. 06 P. 08 P. 12 P. 10 P. 27 P. 43 P. 49 P 03 P. 06 P. 08 P. 12 P. 10 P. 27 P. 43 P. 49 A nossa história é uma parceria com a nossa comunidade. Durante as últimas cinco décadas temos contribuído para uma sociedade melhor. Percorremos um longo

Leia mais

Apresentação de Resultados anuais

Apresentação de Resultados anuais Apresentação de Resultados anuais A SONAE CONTINUOU A CRESCER E A AUMENTAR A SUA RENTABILIDADE VOLUME EBITDA RESULTADOS RoE DE NEGÓCIOS RECORRENTE LÍQUIDOS +5% +9% +79% 14% 5.834 M 690 M 168 +6 p.p. pp

Leia mais

P 03 P. 06 P. 08 P. 12 P. 10 P. 27 P. 43 P. 49

P 03 P. 06 P. 08 P. 12 P. 10 P. 27 P. 43 P. 49 P 03 P. 06 P. 08 P. 12 P. 10 P. 27 P. 43 P. 49 A nossa história é uma parceria com a nossa comunidade. Durante as últimas cinco décadas temos contribuído para uma sociedade melhor. Percorremos um longo

Leia mais

Sonae Sierra regista um Resultado Líquido de 96,3 milhões em 2014

Sonae Sierra regista um Resultado Líquido de 96,3 milhões em 2014 Maia - Portugal, 5 de Março de 2015 Sonae Sierra regista um Resultado Líquido de 96,3 milhões em 2014 Resultado Direto atinge 52,7 milhões EBIT de 106,1 milhões Resultado Indireto atinge 43,6 milhões Dois

Leia mais

RESULTADOS CONSOLIDADOS A 30 DE JUNHO DE 2005 1

RESULTADOS CONSOLIDADOS A 30 DE JUNHO DE 2005 1 COMUNICADO Página 1 / 9 RESULTADOS CONSOLIDADOS A 30 DE JUNHO DE 2005 1 09 de Setembro de 2005 (Os valores apresentados neste comunicado reportam-se ao primeiro semestre de 2005, a não ser quando especificado

Leia mais

Destaques do trimestre

Destaques do trimestre Resultados 3T12 Destaques do trimestre 1 Empresa integrada é líder no índice de satisfação do cliente 2 Líder indiscutível nos segmentos de maior receita com foco na geração de valor 3 Melhora sequencial

Leia mais

Comunicado de Resultados

Comunicado de Resultados Comunicado de Resultados Resultados Consolidados 30 de Junho de 2007 Sonae Distribuição S.G.P.S., SA Em destaque A Sonae Distribuição apresentou ao longo do primeiro semestre de 2007 um crescimento de

Leia mais

O EBITDA no 4T13 foi de 9,6 M, o que corresponde a uma margem EBITDA de 7 %

O EBITDA no 4T13 foi de 9,6 M, o que corresponde a uma margem EBITDA de 7 % DESTAQUES página 3 O total de Proveitos Operacionais foi de 592,9 M, a registar uma subida de 15 % quando comparado com o ano anterior, a refletir um crescimento significativo no volume de negócio das

Leia mais

DIREÇÃO DE COMUNICAÇÃO, MARCA E RESPONSABILIDADE CORPORATIVA APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL 2014

DIREÇÃO DE COMUNICAÇÃO, MARCA E RESPONSABILIDADE CORPORATIVA APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL 2014 DIREÇÃO DE COMUNICAÇÃO, MARCA E RESPONSABILIDADE CORPORATIVA APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL 2014 1/ HISTÓRIA 1/ HISTÓRIA INÍCIO DA ATIVIDADE DESENVOLVIMENTO NO SETOR E INTEGRAÇÃO VERTICAL 50 s 50 s 60 s 70

Leia mais

C&A aumenta quota de mercado na Europa em 2011

C&A aumenta quota de mercado na Europa em 2011 Comunicado de Imprensa Abril 2012 Empresa cresce e continua a investir C&A aumenta quota de mercado na Europa em 2011 Investimentos em atuais e novas lojas Aposta nas lojas on-line Aumento nas vendas de

Leia mais

Fundo Caixa Crescimento. Junho de 2015

Fundo Caixa Crescimento. Junho de 2015 Fundo Caixa Crescimento Junho de 2015 O que é o Capital de Risco Modalidades O Capital de Risco constitui uma forma de financiamento de longo prazo das empresas, realizado por investidores financeiros

Leia mais

Linhas Gerais de Orientação Estratégica 2016-2018 Programa de Ação e Orçamento para 2016

Linhas Gerais de Orientação Estratégica 2016-2018 Programa de Ação e Orçamento para 2016 Linhas Gerais de Orientação Estratégica 2016-2018 Programa de Ação e Orçamento para 2016 dezembro de 2015 2015-11-25 Pág. 1 I. Introdução II. Plano Estratégico - Linhas Gerais de Orientação Estratégica

Leia mais

RESULTADOS SONAE SIERRA 2012

RESULTADOS SONAE SIERRA 2012 Maia, 08 de março de 2013 RESULTADOS SONAE SIERRA 2012 A Sonae informa que a sua participada Sonae Sierra, SGPS, SA divulgou hoje os seus resultados consolidados relativos ao ano de 2012, nos termos em

Leia mais

ALTERAÇÕES NA EQUIPA DE GESTÃO E PORTFOLIO DE NEGÓCIOS

ALTERAÇÕES NA EQUIPA DE GESTÃO E PORTFOLIO DE NEGÓCIOS Porto, 18 de Março de 2009 ALTERAÇÕES NA EQUIPA DE GESTÃO E PORTFOLIO DE NEGÓCIOS A Sonae, SGPS, SA informa sobre alterações na equipa de gestão e organização do portfolio de negócios, nos termos em anexo.

Leia mais

Destaques do Período. Crescimento de dois dígitos em Reservas Confirmadas e Embarcadas, EBITDA e Lucro Líquido Ajustado no 2T15

Destaques do Período. Crescimento de dois dígitos em Reservas Confirmadas e Embarcadas, EBITDA e Lucro Líquido Ajustado no 2T15 Santo André, 05 de Agosto de 2015: CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (BM&FBOVESPA: CVCB3), maior operadora de turismo das Américas, informa aos seus acionistas e demais participantes do mercado

Leia mais

SONAE INVESTIMENTOS, SGPS, SA. Sede: Rua João Mendonça, 529 4464-501 Senhora da Hora. Capital Social 1.000.000.000 Euros

SONAE INVESTIMENTOS, SGPS, SA. Sede: Rua João Mendonça, 529 4464-501 Senhora da Hora. Capital Social 1.000.000.000 Euros Sede: Rua João Mendonça, 529 4464-501 Senhora da Hora Capital Social 1.000.000.000 Euros Matriculada na Conservatória do Registo Comercial do Porto sob o número único de matrícula e identificação 501 532

Leia mais

Jerónimo Martins SGPS, S.A. Resultados do Ano de 2013

Jerónimo Martins SGPS, S.A. Resultados do Ano de 2013 Jerónimo Martins SGPS, S.A. Resultados do Ano de 2013 Todas as áreas de negócio do Grupo registaram crescimentos de vendas acima do mercado, respondendo positivamente aos desafios colocados pelo ambiente

Leia mais

Apresentação 4T11 & 2011. Abril, 2012

Apresentação 4T11 & 2011. Abril, 2012 Apresentação Resultados 4T11 & 2011 Abril, 2012 Destaques & Eventos Recentes Balanço do ano de 2011 Processo de integração da Agre: SAP; Revisão orçamentária; Processo contábil de combinação de negócios

Leia mais

APRESENTAÇÃO APIMEC RELAÇÕES COM INVESTIDORES

APRESENTAÇÃO APIMEC RELAÇÕES COM INVESTIDORES APRESENTAÇÃO APIMEC RELAÇÕES COM INVESTIDORES Dezembro, 2010 ESTÁCIO: BREVE HISTÓRICO Crescimento orgânico N de estudantes (mil) Crescimento anual Consolidação para a liderança nacional 2005 2007: transformação

Leia mais

Sonae Sierra registou Resultado Líquido de 1,3 milhões no primeiro semestre

Sonae Sierra registou Resultado Líquido de 1,3 milhões no primeiro semestre Maia, 31 de Julho de 2008 Desempenho afectado por desvalorização dos activos ditada pelo mercado Sonae Sierra registou Resultado Líquido de 1,3 milhões no primeiro semestre Rendas cresceram 4,5% numa base

Leia mais

2002 - Serviços para empresas

2002 - Serviços para empresas 2002 - Serviços para empresas Grupo Telefónica Data. Resultados Consolidados 1 (dados em milhões de euros) Janeiro - Dezembro 2002 2001 % Var. Receita por operações 1.731,4 1.849,7 (6,4) Trabalho para

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14 27 de fevereiro de 2015 Magazine Luiza Destaques 2014 Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Ajustado Luizacred Lucro Líquido Ajustado Crescimento da receita

Leia mais

Resultado Líquido da Reditus aumenta 57,7% no 1º semestre de 2014

Resultado Líquido da Reditus aumenta 57,7% no 1º semestre de 2014 Resultado Líquido da Reditus aumenta 57,7% no 1º semestre de 2014 Proveitos Operacionais de 60,8 milhões de euros (+ 8,1%) EBITDA de 5,6 milhões de euros (+ 11,1%) Margem EBITDA 9,2% (vs. 8,9%) Resultado

Leia mais

Resultados do 1º trimestre de 2015

Resultados do 1º trimestre de 2015 Resultados do 1º trimestre de 2015 Grupo Media Capital, SGPS, S.A. 11º ano de liderança Liderança em Grupo de canais Número um no digital Novos conteúdos na área da ficção e entretenimento: A Única Mulher,

Leia mais

Ficha de informação 1 POR QUE RAZÃO NECESSITA A UE DE UM PLANO DE INVESTIMENTO?

Ficha de informação 1 POR QUE RAZÃO NECESSITA A UE DE UM PLANO DE INVESTIMENTO? Ficha de informação 1 POR QUE RAZÃO NECESSITA A UE DE UM PLANO DE INVESTIMENTO? Desde a crise económica e financeira mundial, a UE sofre de um baixo nível de investimento. São necessários esforços coletivos

Leia mais

Sonae Shared Services Centers. Domingos Sequeira

Sonae Shared Services Centers. Domingos Sequeira Apresentação do Estudo: Serviços Partilhados na Administração Pública 20 de Outubro de 2010 Sala do Senado, Reitoria da Universidade Nova de Lisboa Sonae Shared Services Centers Domingos Sequeira Patrocinadores

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T15. 10 de novembro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 3T15. 10 de novembro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 3T15 10 de novembro de 2015 Magazine Luiza Destaques do 3T15 Vendas E-commerce Ganho de participação de mercado com aumento da margem bruta Receita bruta consolidada de R$2,4

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T06 / 2006

Apresentação de Resultados 4T06 / 2006 Apresentação de Resultados 4T06 / 2006 16 de Março de 2007 1 / 17 Visão Geral da São Carlos Rolando Mifano Presidente 2 / 17 Visão Geral da São Carlos A São Carlos é uma das principais empresas de investimentos

Leia mais

RELATÓRIO E CONTAS 1S14. 1 Relatório & Contas Sonaecom

RELATÓRIO E CONTAS 1S14. 1 Relatório & Contas Sonaecom \ 1 Relatório & Contas Sonaecom RELATÓRIO E CONTAS 1S14 A informação financeira consolidada contida neste reporte é baseada em Demonstrações Financeiras não auditadas, International Accounting Standards

Leia mais

RESULTADOS PRIMEIRO SEMESTRE DE 2013

RESULTADOS PRIMEIRO SEMESTRE DE 2013 COMUNICADO Ílhavo, 30 de Agosto de 2013 RESULTADOS PRIMEIRO SEMESTRE DE 2013 Destaques»» As vendas da VAA no primeiro semestre de 2013 atingiram 24,7 M ;»» O mercado nacional apresentou um crescimento

Leia mais

Relatório Analítico 27 de março de 2012

Relatório Analítico 27 de março de 2012 VENDA Código de Negociação Bovespa TGM A3 Segmento de Atuação Principal Logística Categoria segundo a Liquidez 2 Linha Valor de M ercado por Ação (R$) 29,51 Valor Econômico por Ação (R$) 32,85 Potencial

Leia mais

A importância da IAA para o crescimento da economia Ambição 2020 na rota do crescimento

A importância da IAA para o crescimento da economia Ambição 2020 na rota do crescimento A importância da IAA para o crescimento da economia Ambição 2020 na rota do crescimento Nuno Netto nnetto@deloitte.pt 28 de Outubro 2014 Agenda 2014. Para informações, contacte Deloitte Consultores, S.A.

Leia mais

Resultados Consolidados

Resultados Consolidados Resultados Consolidados 2012 Nota: A informação financeira consolidada contida neste reporte é baseada em Demonstrações Financeiras auditadas, preparadas de acordo com as Normas Internacionais de Relato

Leia mais

Emilio Botín: O objetivo é nos tornarmos o banco privado número um do Brasil

Emilio Botín: O objetivo é nos tornarmos o banco privado número um do Brasil Nota de Imprensa Emilio Botín: O objetivo é nos tornarmos o banco privado número um do Brasil Presidente mundial do Banco Santander apresenta em São Paulo o Plano Estratégico 2008-2010 para o A integração

Leia mais

COMUNICADO 9M 2015 COMUNICADO 9M 2015. (Contas não auditadas)

COMUNICADO 9M 2015 COMUNICADO 9M 2015. (Contas não auditadas) COMUNICADO 9M 2015 (Contas não auditadas) 30 novembro 2015 1 1. EVOLUÇÃO DOS NEGÓCIOS 1.1. ÁREA FINANCEIRA A Área Financeira do Grupo concentra as atividades financeiras, incluindo a Orey Financial e as

Leia mais

As nossas acções Sonaecom

As nossas acções Sonaecom 3.0 As nossas acções Em 2009, as acções da Sonaecom registaram o segundo melhor desempenho do PSI-20, valorizando cerca de 92,2 %, o que constitui uma prova clara da nossa resiliência e um voto de confiança

Leia mais

Apresentação de Resultados 2008

Apresentação de Resultados 2008 Apresentação de Resultados 2008 Agenda Destaques 2008 Áreas de Negócio / Mercados Relevantes Comércio Automóvel Portugal Serviços Automóvel Europa Serviços Automóvel Brasil Resultados Consolidados Notas

Leia mais

Resultados de 2014. »» As vendas consolidadas do Grupo VAA cresceram 20,3% face ao ano anterior atingindo os 65,2 milhões de euros;

Resultados de 2014. »» As vendas consolidadas do Grupo VAA cresceram 20,3% face ao ano anterior atingindo os 65,2 milhões de euros; COMUNICADO Ílhavo, 13 de Março de 2015 Destaques Resultados de 2014»» As vendas consolidadas do Grupo VAA cresceram 20,3% face ao ano anterior atingindo os 65,2 milhões de euros;»» EBITDA de 2,3 milhões

Leia mais

edp edp Resultados do 1S2007 26 de Julho de 2007 sinta a nossa energia

edp edp Resultados do 1S2007 26 de Julho de 2007 sinta a nossa energia sinta a nossa energia Resultados do 1S2007 26 de Julho de 2007 0 1S07: Principais Acontecimentos Crescimento de EBITDA: +27% com base em crescimento orgânico Turnaround das actividades em mercado: enfoque

Leia mais

3T12 TRADING UPDATE 0

3T12 TRADING UPDATE 0 TRADING UPDATE Lisboa, 8 novembro 2012 0 Aviso importante O presente comunicado contém objetivos acerca de eventos futuros, de acordo com o U.S. Private Securities Litigation Reform Act de 1995. Tais objetivos

Leia mais

A atual oferta de financiamento

A atual oferta de financiamento Ciclo de Conferências CIP Crescimento Económico: Diversificar o modelo de financiamento das PME A atual oferta de financiamento Nuno Amado 28.nov.14 Centro de Congressos de Lisboa 5 Mitos sobre o financiamento

Leia mais

Earnings Release. Press Release. Resultados anuais 2012. 28 de fevereiro de 2013

Earnings Release. Press Release. Resultados anuais 2012. 28 de fevereiro de 2013 2009 Earnings Release Resultados anuais 2012 Press Release 28 de fevereiro de 2013 01 Comunicado Lisboa, Portugal, 28 de fevereiro de 2013 A Portugal Telecom é um operador geograficamente diversificado,

Leia mais

Conferência Telefônica dos Resultados do 4T11 e 2011. 01/03/2011 às 09:30h

Conferência Telefônica dos Resultados do 4T11 e 2011. 01/03/2011 às 09:30h Conferência Telefônica dos Resultados do 4T11 e 2011 01/03/2011 às 09:30h Agenda 4T11e 2011 Principais Realizações e Destaques em 2011 Receitas, Lucro Líquido e Retorno sobre Capital Desempenho dos principais

Leia mais

Apresentação d t ã de Resultados 3T07

Apresentação d t ã de Resultados 3T07 A t ã d Apresentação de Resultados 3T07 Agenda Eventos Recentes Destaques Estratégicos Destaques Financeiros Resultados Financeiros Guidance 2007 Guidance 2008 2 RESULTADOS 3T07 Os resultados referentes

Leia mais

Apresentação de Resultados

Apresentação de Resultados Apresentação 3T08 Apresentação de Resultados José Carlos Aguilera (Diretor Presidente e de RI) Eduardo de Come (Diretor Financeiro) Marcos Leite (Gerente de RI) Destaques do Período Contexto de crise no

Leia mais

Resultados 4T13_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Fevereiro, 2014.

Resultados 4T13_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Fevereiro, 2014. Resultados 4T13_ Fevereiro, 2014. Destaques do 4T13 e ano de 2013 DESTAQUES Móvel Fixo Operacional Sustentando o crescimento superior em adições de pós-pago resultando em uma maior adoção de dados e crescimento

Leia mais

QUEM SOMOS ATIVIDADE MERCADO A NOSSA VISÃO E MISSÃO

QUEM SOMOS ATIVIDADE MERCADO A NOSSA VISÃO E MISSÃO Novembro, 2015 QUEM SOMOS A Sonae Sierra Brasil é uma empresa especialista em shopping centers e uma das principais proprietárias, desenvolvedoras e administradoras do Brasil, com foco na excelência em

Leia mais

Comunicado de Resultados

Comunicado de Resultados Comunicado de Resultados Resultados trimestrais consolidados a 31 de Março de 2006 4 de Maio de 2006 Highlights Volume de negócios de 646 milhões de Euros crescimento de 9% em Portugal face a período homólogo

Leia mais

COMUNICADO RESULTADOS TRIMESTRAIS (Não auditados) 28 de Maio de 2015

COMUNICADO RESULTADOS TRIMESTRAIS (Não auditados) 28 de Maio de 2015 COMUNICADO RESULTADOS TRIMESTRAIS (Não auditados) 28 de Maio de 2015 Sociedade Comercial Orey Antunes, S.A. Sociedade Aberta Rua Carlos Alberto da Mota Pinto, nº 17 6A, 1070-313 Lisboa Portugal Capital

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2015 Magazine Luiza Destaques do Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Luizacred Lucro Líquido Ganhos de market share, principalmente em tecnologia Receita

Leia mais

QUADRO DE INDICADORES ECONÓMICO-FINANCEIROS

QUADRO DE INDICADORES ECONÓMICO-FINANCEIROS QUADRO DE INDICADORES ECONÓMICO-FINANCEIROS FUNDO DE MANEIO E EQUILÍBRIO FINANCEIRO 1. LIQUIDEZ GERAL Activo Circulante / Passivo Circulante (1) 2. LIQUIDEZ REDUZIDA (Activo Circulante - E) / Passivo Circulante

Leia mais

Earnings Release 1T15

Earnings Release 1T15 Santo André, 05 de maio de 2015: A CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (BM&FBOVESPA: CVCB3), maior operadora de turismo das Américas, informa aos seus acionistas e demais participantes do mercado

Leia mais

Earnings Release. Press Release. Resultados anuais 2013. 19 de fevereiro de 2014

Earnings Release. Press Release. Resultados anuais 2013. 19 de fevereiro de 2014 2009 Earnings Release Resultados anuais 2013 Press Release 19 de fevereiro de 2014 01 Comunicado Lisboa, Portugal, 19 de fevereiro de 2014 As demonstrações financeiras consolidadas da PT são preparadas

Leia mais

Conference Call. Resultados do 2T14 e 1S14

Conference Call. Resultados do 2T14 e 1S14 Conference Call Resultados do 2T14 e 1S14 11/8/2014 Resumo do trimestre Operações nacionais Sandálias 1. Estreia de Havaianas no vestuário em maio contribuiu para o bom desempenho do varejo exclusivo.

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2T15 31 de julho de 2015 Magazine Luiza Destaques do 2T15 Vendas E-commerce Ganho consistente de participação de mercado Redução na receita líquida de 10,1% para R$2,1 bilhões

Leia mais

Apresentação Corporativa. Novembro de 2010

Apresentação Corporativa. Novembro de 2010 Apresentação Corporativa Novembro de 2010 Estácio: Breve Histórico Crescimento orgânico Consolidação para liderança nacional IPO Companhia listada Turn around e preparação para o crescimento futuro # de

Leia mais

SONAECOM DIVULGA RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2003 (NÃO AUDITADOS).

SONAECOM DIVULGA RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2003 (NÃO AUDITADOS). SONAECOM DIVULGA RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2003 (NÃO AUDITADOS). (Tradução de versão original em Inglês) Todas as contas apresentadas estão de acordo com as normas internacionais de contabilidade

Leia mais

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014.

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014. Resultados 3T14_ Novembro de 2014. Disclaimer Esta apresentação pode conter declarações baseadas em estimativas a respeito dos prospectos e objetivos futuros de crescimento da base de assinantes, um detalhamento

Leia mais

Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p.

Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p. Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p. No 1T15, a receita líquida totalizou R$ 5,388 bilhões, estável em relação ao 1T14 excluindo-se

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T14

Apresentação de Resultados 4T14 Apresentação de Resultados 4T14 0 Aviso Geral Algumas afirmações nesta apresentação podem ser projeções ou afirmações sobre expectativas futuras. Tais afirmações estão sujeitas a riscos conhecidos e desconhecidos

Leia mais

A empresa em 2014. Quem somos. O que fazemos. recursos

A empresa em 2014. Quem somos. O que fazemos. recursos 6 A Empresa A empresa em 2014 Quem somos A Coca-Cola Iberian Partners é a empresa engarrafadora da The Coca-Cola Company para Espanha, Portugal e Andorra. A empresa constituiu-se em fevereiro de 2013,

Leia mais

Mercados & Reguladores duas faces da mesma moeda Manuel Rosa da Silva Administrador Executivo

Mercados & Reguladores duas faces da mesma moeda Manuel Rosa da Silva Administrador Executivo Financiamento das Telecoms Mercados & Reguladores duas faces da mesma moeda Manuel Rosa da Silva Administrador Executivo III Forum Telecom & Media Diário Económico Lisboa, 22 de Setembro 2004 Agenda Wall

Leia mais

Earnings Release 4T14

Earnings Release 4T14 Santo André, 05 de fevereiro de 2015: A CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (BM&FBOVESPA: CVCB3), maior operadora de turismo da América Latina, informa aos seus acionistas e demais participantes

Leia mais

RELATÓRIO E CONTAS/ 31 DE DEZEMBRO DE 2007 SONAE SGPS RELATÓRIO E CONTAS 2007

RELATÓRIO E CONTAS/ 31 DE DEZEMBRO DE 2007 SONAE SGPS RELATÓRIO E CONTAS 2007 RELATÓRIO E CONTAS/ 31 DE DEZEMBRO DE 2007 SONAE SGPS RELATÓRIO E CONTAS 2007 3 Índice RELATÓRIO DE GESTÃO...5 Destaques...6 Principais indicadores...8 Mensagem do Presidente da Comissão Executiva da Sonae

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T14

Apresentação de Resultados 1T14 Apresentação de Resultados 1T14 15 de Maio de 2014 Destaques do 1T14 O aluguel nas mesmas lojas (SSR) continuou a reportar crescimento de dois dígitos no 1T14, aumento de 10,1% comparado ao 1T13 As vendas

Leia mais

Crescimento e novas soluções de financiamento Sumário do Focus Group e considerações gerais sobre o mercado

Crescimento e novas soluções de financiamento Sumário do Focus Group e considerações gerais sobre o mercado Crescimento e novas soluções de financiamento Sumário do Focus Group e considerações gerais sobre o mercado Amostra de 13 empresas Solidez financeira 2 Baixa Média Alta Arranque Ciclo de vida 1 Crescimento

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS ANUAIS 2014. 19 de Março de 2015

APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS ANUAIS 2014. 19 de Março de 2015 APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS ANUAIS 19 de Março de 2015 1 Destaques No ano de, o Resultado líquido atingiu 112,8M, menos 7,0% do que em igual período de (-8,5M ), tendo sido penalizado pela contribuição

Leia mais

Sonae SGPS Outperformance recente materializa triggers de médio-prazo -10 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013

Sonae SGPS Outperformance recente materializa triggers de médio-prazo -10 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 Sonae SGPS Outperformance recente materializa triggers de médio-prazo 1 Sumário VISÃO Manter Price Target: 1,45 Opinião do consenso Nº de recomendações COMPRAR 3 MANTER 2 VENDER 3 Preço 1,34 Máx de 52

Leia mais

Sensibilizar para a reciclagem

Sensibilizar para a reciclagem Sensibilizar para a reciclagem 1 Sensibilizar para a reciclagem Durante anos consecutivos o Shopping Metrópole, centro comercial de S. Paulo Brasil que integra o portfólio da Sonae Sierra, teve dificuldades

Leia mais

COMUNICADO Resultados Consolidados do BCP no segundo trimestre de 2003

COMUNICADO Resultados Consolidados do BCP no segundo trimestre de 2003 BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS, S.A. Sociedade Aberta Sede: Praça D. João I, 28, Porto Mat. CRC do Porto: 40.043 NIPC: 501.525.882 Capital Social Registado: 3.257.400.827 Euros COMUNICADO Resultados Consolidados

Leia mais

2005 Corretora em Nova York. Diversificação do portfólio. 2007 Expansão em Investment Bank, Consignado e Cartões. Estrutura acionária 3

2005 Corretora em Nova York. Diversificação do portfólio. 2007 Expansão em Investment Bank, Consignado e Cartões. Estrutura acionária 3 VISÃO GERAL - 2T5 Histórico 99 Início das operações como banco múltiplo 2002 Agência em Nassau 2005 Corretora em Nova York 2009 Início da parceria estratégica com o Banco do Brasil 205 BV Promotora (Consignado

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Disclaimer Nossas estimativas e declarações futuras têm por embasamento, em grande parte, expectativas atuais e projeções sobre eventos futuros e tendências financeiras que afetam

Leia mais

Luiz Fernando Rolla. Diretor de Finanças, Relações com Investidores e Controle de Participações

Luiz Fernando Rolla. Diretor de Finanças, Relações com Investidores e Controle de Participações Luiz Fernando Rolla Diretor de Finanças, Relações com Investidores e Controle de Participações Nossa base de acionistas assegura liquidez América do Norte Canadá Estados Unidos México Europa Luxemburgo

Leia mais

Apresentação à XP Corretora

Apresentação à XP Corretora Apresentação à XP Corretora Fonte: Bloomberg (gráfico GP em 27/Set/12) SÃO CARLOS EMPREENDIMENTOS ticker: SCAR3 (R$ 39,6/ação, +64% em 2012 e +83% em 12 meses) website: www.scsa.com.br 28/Set/12 YTD 2012

Leia mais

Grupo. Visão Estratégica

Grupo. Visão Estratégica Grupo Visão Estratégica GRUPO VISÃO ESTRATÉGICA Sempre fomos Somos Seremos cada vez mais Uma EMPRESA que opera no sector ALIMENTAR Como será a Jerónimo Martins no final de 2016? Na Europa de Leste Na América

Leia mais

Seminário BPI-Primavera

Seminário BPI-Primavera Seminário BPI-Primavera Relevância da qualidade da informação na gestão 12 de Março de 2013 ÍNDICE 1. Empresas vs. Informação 2. Como BPI acompanha o risco das Empresas 3. Consequências 2 EMPRESAS VS.

Leia mais

SONAECOM_RESULTADOS CONSOLIDADOS RESULTADOS CONSOLIDADOS 2013

SONAECOM_RESULTADOS CONSOLIDADOS RESULTADOS CONSOLIDADOS 2013 RESULTADOS CONSOLIDADOS 2013 1 Notas Introdutórias Até 26 de agosto de 2013, a Optimus SGPS, S.A. era integralmente detida pela Sonaecom, SGPS, S.A.. No entanto, após a concretização da fusão entre a Optimus

Leia mais

Fevereiro de 2013. Aquisição da Wise Up

Fevereiro de 2013. Aquisição da Wise Up Fevereiro de 2013 Aquisição da Wise Up Agenda SEÇÃO 1 Sumário da Transação SEÇÃO 2 Visão Geral da Wise Up 2 Seção 1: Sumário da Transação Sumário da Transação A Transação Aquisição de 100% do Grupo Ometz

Leia mais

Brookfield Incorporações S.A. Resultados do 4T11 14 de março de 2012

Brookfield Incorporações S.A. Resultados do 4T11 14 de março de 2012 Brookfield Incorporações S.A. Resultados do 4T11 14 de março de 2012 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações sobre o futuro que estão sujeitas a riscos e incertezas. Estas são apenas projeções

Leia mais

Espírito Santo Investment Bank Overview FIT FOR A NEW ERA

Espírito Santo Investment Bank Overview FIT FOR A NEW ERA Espírito Santo Investment Bank Overview FIT FOR A NEW ERA December 2011 Espírito Santo Investment Bank Somos: A unidade de Banca de Investimento do Grupo Banco Espírito Santo O Banco de Investimento de

Leia mais

Resultados do 1T14 09 de Maio de 2014

Resultados do 1T14 09 de Maio de 2014 Resultados do T4 09 de Maio de 204 Destaques do T4 x T3 FINANCEIROS Receita Bruta: R$ 287,6 milhões 7,6% Lucro Líquido Ajustado (cash earnings): R$ 33,3 milhões 4,7% Unidade de Títulos e Valores Mobiliários:

Leia mais

0. MENSAGEM DO CEO. Cláudia Azevedo. Sonae Capital, SGPS, SA Comunicado de Resultados 1T14 Pag. 2

0. MENSAGEM DO CEO. Cláudia Azevedo. Sonae Capital, SGPS, SA Comunicado de Resultados 1T14 Pag. 2 COMUNICADO DEE RESULTADOS 31 MARÇO 2014 0. MENSAGEM DO CEO Durante o ano de 2013, o Grupo Sonae Capital procedeu a uma profunda reflexão estratégica no sentido de definir o seu posicionamento actual, as

Leia mais

Atividade Consolidada Grupo Caixa Geral de Depósitos. 31 de março de 2015 Contas não auditadas

Atividade Consolidada Grupo Caixa Geral de Depósitos. 31 de março de 2015 Contas não auditadas Atividade Consolidada Grupo Caixa Geral de Depósitos 31 de março de 2015 Contas não auditadas Agenda Resultados Balanço Liquidez Solvência Conclusões NOTA: Os valores relativos a março de 2014 são reexpressos

Leia mais

Resultados Consolidados a 30 de Junho de 2010 Informação Privilegiada (IFRS/IAS)

Resultados Consolidados a 30 de Junho de 2010 Informação Privilegiada (IFRS/IAS) Resultados Consolidados a 30 de Junho de 2010 Informação Privilegiada (IFRS/IAS) Volume de Negócios: 122,8 M (119,9 M em 6M09) 28 de Julho de 2010 1. Indicadores Chave O volume de negócios e o EBITDA apresentados

Leia mais

SPRINGS GLOBAL INVESTOR DAY 12 de novembro de 2014

SPRINGS GLOBAL INVESTOR DAY 12 de novembro de 2014 SPRINGS GLOBAL INVESTOR DAY 12 de novembro de 2014 1 DISCLAIMER Esta apresentação pode incluir declarações que representam expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação

Leia mais

INFORMAÇÃO TRIMESTRAL INDIVIDUAL/CONSOLIDADA (Não Auditada) Sede: LUGAR DE ESPIDO, VIA NORTE - MAIA NIPC: 500 273 170. Valores de referência em Euros

INFORMAÇÃO TRIMESTRAL INDIVIDUAL/CONSOLIDADA (Não Auditada) Sede: LUGAR DE ESPIDO, VIA NORTE - MAIA NIPC: 500 273 170. Valores de referência em Euros INFORMAÇÃO TRIMESTRAL INDIVIDUAL/CONSOLIDADA (Não Auditada) (aplicável às entidades sujeitas à disciplina normativa contabilística do Plano Oficial de Contabilidade) Empresa: SONAE - SGPS, S.A. Sede: LUGAR

Leia mais

Apresentação de Resultados 2009. 10 Março 2010

Apresentação de Resultados 2009. 10 Março 2010 Apresentação de Resultados 2009 10 Março 2010 Principais acontecimentos de 2009 Conclusão da integração das empresas adquiridas no final de 2008, Tecnidata e Roff Abertura de Centros de Serviços dedicados

Leia mais