Boletim periódico BBVA Unit Linked

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Boletim periódico BBVA Unit Linked"

Transcrição

1 Zurich Companhia de Seguros de Vida, S.A. Boletim periódico BBVA Unit Linked BBVA Unit Linked Atualizado a O BBVA Unit Linked é um produto financeiro complexo, comercializado no âmbito da atividade Seguradora e qualificado como Instrumento de Captação de Aforro Estruturado (ICAE). A Entidade Gestora do BBVA Unit Linked é a ZURICH Companhia de Seguros de Vida, S.A. com sede na Rua Barata Salgueiro, n.º 41, Lisboa. O BBVA Unit Linked coloca à disposição do cliente quatro Fundos Autónomos: o UL Obrigações, o UL Fundos Dinâmico, o UL Acções e o UL Fundos 3x3. O valor a converter em Unidades de Participação será igual ao prémio pago, líquido dos encargos de aquisição. Assim, o número de Unidades de Participação será igual à divisão entre o valor a converter e o valor unitário das Unidades de Participação. O BBVA Unit Linked prevê: Em caso de Vida da Pessoa Segura no termo do contrato o pagamento do Valor de, ou seja, ao valor patrimonial atingido pelas Unidades de Participação multiplicado pelo número de Unidades de Participação detidas pelo Tomador do Seguro à data do termo. Em caso de Morte da Pessoa Segura durante a vigência do mesmo o pagamento do Valor de à data do falecimento, se este for comunicado até 30 dias após a ocorrência. Caso contrário, o Valor de em caso de Morte será calculado utilizando a cotação da Unidade de Participação no 2º dia útil após a data de participação do falecimento. O contrato poderá ser resgatado total ou parcialmente após a efectiva liquidação do prémio contratado, estando sujeito à comissão de resgate de acordo com o referido na Tabela de Custos do Prospeto Simplificado. Em qualquer momento da vigência do contrato o Tomador do Seguro tem a faculdade de solicitar a transferência da totalidade ou parte do valor das Unidades de Participação detidas para qualquer outro Fundo Autónomo deste seguro. Sendo que a partir da quinta transferência, inclusive, ocorrida no ano, a Zurich cobrará 0,25% da importância a transferir por cada transferência. Durante a vida do produto existe a possibilidade de perda dos montantes investidos, não existindo qualquer garantia de rentabilidade nem do capital investido. Evolução dos Fundos Autónomos As rendibilidades abaixo apresentadas representam dados passados, não constituindo garantia de rendibilidade futura, porque o valor das unidades de participação pode aumentar ou diminuir em função do nível de risco que varia entre 1 (baixo risco) e 7 (elevado risco). A rendibilidade efetiva para o Tomador do Seguro dependerá ainda do regime de tributação sobre os rendimentos e de eventuais benefícios fiscais, aplicáveis à sua situação concreta, bem como de encargos de subscrição, penalizações por resgate ou outros encargos, se existentes, que sejam suportados diretamente pelo Tomador do Seguro.

2 Fundo Autónomo UL Obrigações Valor da Unidade de Participação a : 135,82878 Data de lançamento: A Carteira é composta por obrigações cujos emitentes garantam um rating médio não inferior a BBBpela Standard & Poor s, Fitch ou equivalente pela Moodys. 25% a 100% da carteira será constituída por obrigações cujos emitentes tenham rating superior ou igual a Investment Grade, isto é BBB-, e a liquidez não poderá exceder 25% dos ativos da carteira. De notar que qualquer revisão de rating por parte da Moody s ou da S&P obriga a uma reavaliação da posição. Esta carteira é composta por obrigações com maturidade de curto e médio prazo. Não haverá nenhuma emissão com mais de 5% da carteira, nem nenhum emitente com mais de 10% da carteira, exceto no caso de emissões de dívida pública ou equiparada. Pelo menos 80% das emissões em carteira terão que ter um montante mínimo de 500 milhões de Euros. A exposição a um só sector está limitada a 35% da carteira. Fundos geridos por terceiros poderão ter um peso de até 50% da carteira, com um limite de 10% por fundo. A gestão da exposição a risco de crédito é feita de uma forma dinâmica em função das condições de mercado e da evolução macroeconómica. A duration média da carteira terá que ser inferior a 5 anos e será determinada com grande flexibilidade em função das expectativas de evolução da curva de taxa de juro. É permitido investir em posições curtas de dívida pública até uma duration negativa máxima de dois anos. UL Obrigações ,48% ,47% ,90% ,26% ,75% Volatilidade (classe de risco)

3 Decomposição do Fundo Autónomo UL Obrigações, em 30 de junho de 2015 Fundos de Obrigações Obrigações SCHRODER INTERNATIONAL SELECTION FUND LU ,91% BRAZIL SR. UNSEC XS ,95% BNY MELLON GL-EM DB LC-CUSDA IE00B11YFN53 7,41% 3.625% BCO NAC DES ECON SOCIAL XS ,03% LYXOR ETF DAILYX2 SHORT BUND FR ,90% 4.625% PT EMTN SEN UNSEC XS ,65% BBVA LATAM FIXED INCOME-I LU ,84% 4.5% PT EMTN SEN UNSEC XS ,20% ISHARES EURO HY CORP BND IE00B66F4759 4,76% OBRIGACOES DO TESOURO /15/2045 PTOTEBOE0020 3,84% FRANK TP GLB TOT RT LU ,99% COMMUNITY OF MADRID SPAI /08/2022 ES ,54% SCHRODER INTL SEL GLCDH-CAC LU ,87% BRISA CONCESSAO RODOV SA /30/2025 PTBSSIOM0015 3,32% SPDR EMERGING MKTS LOCAL BD IE00B ,70% BONOS Y OBLIG DEL ESTADO /30/2025 ES Z1 3,17% BUONI POLIENNALI DEL TES /01/2032 IT ,87% BONOS Y OBLIG DEL ESTADO /30/30 ES A2 2,85% RED ELECTRICA FIN SA UNI /24/2025 XS ,23% CEMEX SAB DE CV /05/2023 XS ,76% Liquidez 6,39% PETROLEOS MEXICANOS /21/2022 XS ,68% PETROLEOS MEXICANOS /21/2027 XS ,59% GLENCORE FINANCE EUROPE /17/2021 XS ,58% INMOBILIARIA COLONIAL SA /05/2019 XS ,98% Fundo Autónomo UL Fundos Dinâmico Valor da Unidade de Participação a : 119,19677 Data de lançamento: A política de investimentos assenta na implementação de uma gestão dinâmica, que utiliza na sua composição Fundos/ETF s de Ações, Obrigações, Monetários/Tesouraria e Depósitos à Ordem que asseguram um menor risco, quer através da diluição do risco inerente a cada um dos Fundos mencionados, quer através da redução da correlação das diferentes classes de risco. No mínimo 80% dos fundos acima referidos são investidos em emitentes que tenham rating BBB-, podendo os restantes serem investidos nos fundos referidos em emitentes que tenham um rating não inferior a BB-. O portfólio para garantir a flexibilidade, diversificação do risco e transparência, apenas utilizará Unidades de Participação de Fundos de Investimento e/ou Exchange Trade Funds (ETF) que sejam harmonizados ou que cumpram o disposto nas directivas comunitárias sobre OICVM (organismos de investimento colectivo em valores mobiliários). O limite máximo de exposição da carteira será de: 15 % em Unidades de Fundos/ETF s de Ações: investimento que replica estratégias de ações, longas ou curtas, normalmente associadas a índices, zonas geográficas ou setores de atividade. Esta classe de ativos terá como limite máximo 15%; 80% em Unidades de Fundos/ETF s de Obrigações: investimento que replica estratégias de obrigações, longas ou curtas, de índices obrigacionistas de governos ou de empresas, permitindo uma gestão flexível da duração e do risco de crédito do portfólio; 80% em Unidades de Fundos/ETF s Monetários: investimento que reproduz aplicações em índices ou valores mobiliários de curto prazo, como depósitos a prazo, papel comercial, bilhetes do tesouro ou obrigações de curto prazo; 30% em liquidez.

4 A gestão da exposição ao risco dos diversos tipos de ativos é feita de uma forma dinâmica em função das condições de mercado e da evolução macroeconómica. UL Fundos Dinâmico ,37% ,42% ,51% ,90% ,06% Volatilidade (classe de risco) Decomposição do Fundo Autónomo UL Fundos Dinâmico, em 30 de junho de 2015 Fundos de Ações Fundos de Obrigações AMUNDI-ABS VOL WLD EQY-IHEC LU ,91% JP MORGAN F-GL CONVERT EU LU ,47% ISHARES MSCI JPN MONTH EU HD DE000A1H53P0 2,56% FRANK TP GLB TOT RT LU ,87% LYXOR ETF 600 FR ,56% DBX II MTS EX BOI BTP LU ,79% BBVA BOLSA JAPON CUBIERTO ES ,49% SCHRODER INTERNATIONAL SELECTION FUND LU ,56% LYXOR ETF IBEX 35 DOBLE FR ,90% DWS INVEST CONVERTIBLES LU ,92% SCHRODER INT SEL-FRONT MK-C LU ,87% BBVA LATAM FIXED INCOME-I LU ,73% LYXOR ETF MSCI INDIA FR ,51% SCHRODER INTL GLB LU ,70% LYXOR ETF LEVDAX LU ,48% M&G OPTIMAL INCOME-C-EURO-A GB00B1VMD022 4,60% SCHRODER INTL BRIC-C AC USD LU ,46% BBVA MULTIASSET MODERA-USD-I LU ,52% SPDR EMERGING MKTS LOCAL BD IE00B ,62% ISHARES EURO HY CORP BND IE00B66F4759 3,19% Liquidez 12,19% PICTET-EMERGING LOCAL CURRENCY DEBT LU ,32% LYXOR ETF DAILYX2 SHORT BUND FR ,90% BNY MELLON GL-EM DB LC-CUSDA IE00B11YFN53 1,87% Fundo Autónomo UL Acções Valor da Unidade de Participação a : 153,06614 Data de lançamento: Carteira maioritariamente investida em risco de ações/etf s (Exchange Traded Funds) ao longo do ano, onde pontualmente a exposição poderá descer a um mínimo de 20%. O limite de exposição a um só ETF s é de 15%. A liquidez não poderá exceder 30% dos ativos da carteira.

5 Poderão ser incluídos investimentos em classes de ativos de risco inferior ao de ações, nomeadamente obrigações de longo prazo e risco de crédito. Pelo menos 90% das ações em carteira, com exceção dos ETF s, terão que ter um montante mínimo de 500 milhões de Euros. Limite de exposição de 5% por ação, quer nas posições longas quer nas posições curtas. Em condições excecionais, as posições longas poderão chegar aos 7%, nomeadamente quando ocorra um facto novo que leve à revisão do price target e implique um upside. A gestão da exposição ao risco de ações é feita de uma forma dinâmica em função das condições de mercado e da evolução macroeconómica. A seleção de emitentes baseia-se não só na notação das empresas de rating mas também numa análise detalhada da situação financeira específica de cada emitente. No Mínimo de 85% dos ativos investidos em Investment Grade (BBB-) e os restantes 15% poderão ser investidos em High Yield. UL Acções ,10% ,08% ,33% ,22% ,89% Volatilidade (classe de risco) Decomposição do Fundo Autónomo UL Acções, em 30 de junho de 2015 Ações Fundos de Ações BANCO COMERCIAL PORTUGUES SA PTBCP0AM0007 6,69% LYXOR ETF 600 FR ,33% ANGLO AMERICAN PLC GB00B1XZS820 3,23% ISHARES STOXX 600 AUTO DE DE000A0Q4R28 8,44% RED ELECTRICA CORP SA ES ,78% BBVA BOLSA EMERGENTES MF ES ,66% BANCO POPULAR ESPANOL ES ,39% BBVA BOLSA JAPON CUBIERTO ES ,60% SONAE SGPS SA REG.SHS PTSON0AM0001 2,23% LYXOR ETF IBEX 35 DOBLE FR ,19% INTESA SANPAOLO SPA IT ,15% LYXOR ETF MSCI INDIA FR ,17% CTT-CORREIOS DE PORTUGAL PTCTT0AM0001 2,14% SCHRODER INT SEL-FRONT MK-C LU ,01% GALP ENERGIA SGPS SA PTGAL0AM0009 2,08% LYXOR ETF LEVDAX LU ,98% VOLKSWAGEN AG DE ,08% AIR LIQUIDE SA FR ,05% AKZO NOBEL NV NL ,98% BMW-BAYERISCHE MOTOREN WERKE AG DE ,98% Liquidez 0,00% UNICREDITO IT ,94% BANCO SANTANDER SA ES J37 1,82% LIBERBANK SA ES ,71% REN-REDES ENERG NAC SGPS, SA SHS PTREL0AM0008 1,68% RIO TINTO PLC GB ,47% BHP BILLITON PLC GB ,44% DEUTSCHE LUFTHANSA AG DE ,39% INTERN CONSOLID AIRLINES GROUP SA ES ,39%

6 Fundo Autónomo UL Fundos 3x3 Valor da Unidade de Participação a : 114,39611 Data de lançamento: As características do portefólio são as seguintes: unidades de Fundos de Ações: investimento que replica estratégias de ações, normalmente associadas a índices, zonas geográficas ou setores de atividade; unidades de Fundos de Obrigações: investimento que replica estratégias de obrigações, de índices obrigacionistas de governos ou de empresas, que investem em obrigações de Investment Grade e High Yield ; unidades de Fundos Alternativos: investimento em estratégias alternativas que visam otimizar o binómio de risco retorno: fundos de arbitragem, fundos de convertíveis, fundos de Commodities, fundos de volatilidade, fundos de ações e obrigações Long & short ; unidades de Fundos de Tesouraria. O limite máximo de exposição da carteira será de: 50% em unidades de Fundos de Ações; 50% em unidades de Fundos de Obrigações; 50% em unidades de Fundos Alternativos; 10% em liquidez. O portefólio enquadra-se num perfil de risco de investimento médio para um horizonte temporal aconselhável não inferior a três anos. Para garantir a flexibilidade, diversificação do risco e transparência, o portefólio apenas utilizará unidades de participação de fundos de investimento que sejam harmonizados ou UCIT Compliance. UL Fundos 3x ,95% ,06%

7 Volatilidade (classe de risco) Decomposição do Fundo Autónomo UL Fundos 3x3, em 30 de junho de 2015 Fundos de Ações Fundos de Obrigações ISHARES STOXX 600 AUTO DE DE000A0Q4R28 7,28% FRANK TP GLB TOT RT LU ,69% ISHARES MSCI JPN MONTH EU HD DE000A1H53P0 5,44% BBVA MULTIASSET MODERA-USD-I LU ,14% LYXOR ETF IBEX 35 DOBLE FR ,68% SCHRODER INTL GLB LU ,92% BBVA BOLSA JAPON CUBIERTO ES ,65% PICTET-EMERGING LOCAL CURRENCY DEBT LU ,86% LYXOR ETF 600 FR ,55% DWS INVEST CONVERTIBLES LU ,83% SCHRODER INTL. SELECT FUND SICAV CL.C - EMERG MARKETS LU ,72% BBVA LATAM FIXED INCOME-I LU ,03% BBVA BOLSA EMERGENTES MF ES ,34% SCHRODER INTERNATIONAL SELECTION FUND LU ,75% LYXOR ETF LEVDAX LU ,28% SCHRODER INT SEL-FRONT MK-C LU ,00% SCHRODER INTL BRIC-C AC USD LU ,39% Fundos Alternativos LYXOR ETF MSCI INDIA FR ,03% JP MORGAN F-GL CONVERT EU LU ,47% M&G OPTIMAL INCOME-C-EURO-A GB00B1VMD022 7,71% Liquidez 0,00% AMUNDI-ABS VOL WLD EQY-IHEC LU ,25% Medidas de cálculo utilizadas As fórmulas de cálculo relativas às medidas de rendibilidade e de risco do produto, acima divulgadas, encontram-se ao abrigo do disposto no regulamento da CMVM nº 5/2013, referente à comercialização e à informação prestada relativamente a contratos de seguros ligados a fundos de investimento. anualizada = 1 + Rendibilidade efectiva 365 n 1 Rendibilidade efectiva = UPf 1 Cr UPi 1 Cs f 1 + Rj UPj i Em que: n - número de dias do período de referência efectiva utilizado; UPf valor da unidade de participação no final do período de referência; UPi valor da unidade de participação no início do período de referência; Cs comissão de subscrição máxima aplicável na data de início do período de referência; Cr comissão de reembolso máxima aplicável pressupondo o reembolso da totalidade do investimento no final do período de referência; Rj rendimento atribuído na data j, por unidade de participação; UPj valor da unidade de participação utilizada na capitalização. 1 Desvio padrão anualizado = Desvio pad Desvio padrão efectivo = T 1 r T 1 t r t=1 Em que: r t rendibilidade efectiva semanal, não con e reembolso, no período t; T número de semanas do período de refe utilizado para o cálculo da rentabilidade; r média aritmética simples das rentabil período de referência. A classificação do nível de risco varia entre 1 Valor do património dos fundos autónomos Valor patrimonial dos fundos = Valor do fundo Encargos de gestão Encargos de gestão = Número de Unidades de Participação Cotação da Unidade de Participação 1 x onde x é a percentagem do encargo de gestão do fundo autónomo, 0.5%, se fundo autónomo "UL Obrigações" x = 0.65%, se fundo autónomo "UL Fundos Dinâmico" 1.25%, se fundo autónomo "UL Acções" 0,95%, se fundo autónomo "UL Fundos 3x3"

Boletim periódico DB MULTIFUNDOS

Boletim periódico DB MULTIFUNDOS Zurich Companhia de Seguros de Vida, S.A. Boletim periódico DB MULTIFUNDOS DB MULTIFUNDOS Atualizado a 09-07-2015 O DB MULTIFUNDOS é um produto financeiro complexo, comercializado no âmbito da atividade

Leia mais

Boletim periódico BBVA Unit Linked

Boletim periódico BBVA Unit Linked Zurich Companhia de Seguros de Vida, S.A. Boletim periódico BBVA Unit Linked BBVA Unit Linked Atualizado a 08-10-2012 O BBVA Unit Linked é um produto financeiro complexo, comercializado no âmbito da atividade

Leia mais

Produto Financeiro Complexo

Produto Financeiro Complexo Zurich Companhia de Seguros Vida, S.A. PROSPETO SIMPLIFICADO (atualizado a 8 de fevereiro de 2013) Empresa de Seguros Entidades Comercializadoras Autoridades de supervisão Reclamações BBVA Unit-Linked,

Leia mais

Boletim periódico BBVA Unit Linked

Boletim periódico BBVA Unit Linked Zurich Companhia de Seguros de Vida, S.A. Boletim periódico BBVA Unit Linked BBVA Unit Linked Atualizado a 13-04-2016 O BBVA Unit Linked é um produto financeiro complexo, comercializado no âmbito da atividade

Leia mais

Produto Financeiro Complexo

Produto Financeiro Complexo Zurich Companhia de Seguros Vida, S.A. PROSPECTO SIMPLIFICADO (atualizado a 8 de fevereiro de 2013) Empresa de Seguros Entidades Comercializadoras Autoridades de supervisão Reclamações DB MULTIFUNDOS,

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO BBVA Unit-Linked Empresa de Seguros: Zurich -Companhia de Seguros de Vida S.A. Sede: Rua Barata Salgueiro 41, 1269-058 Lisboa TODOS OS INVESTIMENTOS TÊM RISCO! Risco de perder a totalidade do capital investido

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO BBVA Unit-Linked Empresa de Seguros: Zurich -Companhia de Seguros de Vida S.A. Sede: Rua Barata Salgueiro 41, 1269-058 Lisboa TODOS OS INVESTIMENTOS TÊM RISCO! Risco de perder a totalidade do capital investido

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DB Multifundos Fundo Autónomo: Multifundos DB Investimento III Empresa de Seguros: Zurich -Companhia de Seguros de Vida S.A. Sede: Rua Barata Salgueiro 41, 1269-058 Lisboa TODOS OS INVESTIMENTOS TÊM RISCO!

Leia mais

Boletim periódico BBVA Unit Linked

Boletim periódico BBVA Unit Linked Zurich Companhia de Seguros de Vida, S.A. Boletim periódico BBVA Unit Linked BBVA Unit Linked Atualizado a 2017-07-10 O BBVA Unit Linked é um produto financeiro complexo, comercializado no âmbito da atividade

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Solução Multifundos Zurich Fundo Autónomo: MF Zurich Vida Agressivo Empresa de Seguros: Zurich -Companhia de Seguros de Vida S.A. Sede: Rua Barata Salgueiro 41, 1269-058 Lisboa TODOS OS INVESTIMENTOS TÊM

Leia mais

Eurovida Companhia de Seguros de Vida, S.A., sociedade anónima pertencente ao Grupo Banco Seguros

Eurovida Companhia de Seguros de Vida, S.A., sociedade anónima pertencente ao Grupo Banco Seguros Data início de comercialização: 2007/05 por tempo indeterminado Empresa de Companhia de Seguros de Vida, S.A., sociedade anónima pertencente ao Grupo Banco Seguros Popular, com sede social na - 1099-090

Leia mais

CAIXA SEGURO 2014 6M - ICAE NÃO NORMALIZADO / / (PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO)

CAIXA SEGURO 2014 6M - ICAE NÃO NORMALIZADO / / (PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO) Empresa de Seguros PROSPECTO SIMPLIFICADO (Dezembro de 2009) CAIXA SEGURO 2014 6M - ICAE NÃO NORMALIZADO / / (PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO) Data de início de comercialização a 2 de Dezembro de 2009 Nome

Leia mais

Companhia de Seguros Açoreana, S.A. PROSPECTO INFORMATIVO INVESTSEGURO

Companhia de Seguros Açoreana, S.A. PROSPECTO INFORMATIVO INVESTSEGURO Companhia de Seguros Açoreana, S.A. PROSPECTO INFORMATIVO INVESTSEGURO Dezembro de 2004 1/6 Parte I Informações sobre a empresa de seguros 1. Denominação ou firma da empresa de seguros: Companhia de Seguros

Leia mais

CAIXA SEGURO 2014 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

CAIXA SEGURO 2014 PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO PROSPETO SIMPLIFICADO (atualizado a 30 de abril de 2012) CAIXA SEGURO 2014 SEGURO LIGADO A FUNDOS DE INVESTIMENTO INSTRUMENTO DE CAPTAÇÃO DE AFORRO ESTRUTURADO (ICAE) NÃO NORMALIZADO PRODUTO FINANCEIRO

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO BBVA Unit-Linked Empresa de Seguros: Zurich -Companhia de Seguros de Vida S.A. Sede: Rua Barata Salgueiro 41, 1269-058 Lisboa TODOS OS INVESTIMENTOS TÊM RISCO! Risco de perder a totalidade do capital investido

Leia mais

Instituto de Seguros de Portugal e Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

Instituto de Seguros de Portugal e Comissão do Mercado de Valores Mobiliários. Mod. Versão 65.01 Informação actualizada a: 04/04/2011 Designação Comercial: Fidelity Poupança Data de início de Comercialização: 01/02/2007 Empresa de Seguros Entidade Comercializadora Autoridades de

Leia mais

Texto a manuscrever pelo cliente: Tomei conhecimento das advertências

Texto a manuscrever pelo cliente: Tomei conhecimento das advertências Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. FA FR0000290728 Groupama Seguros

Leia mais

Prospecto Informativo Invest Oportunidades Mundiais (Ser. 11/1)

Prospecto Informativo Invest Oportunidades Mundiais (Ser. 11/1) Prospecto Informativo Invest Oportunidades Mundiais (Ser. 11/1) Março de 2011 Designação: Invest Oportunidades Mundiais (Ser. 11/1). Classificação: Caracterização do Produto: Garantia de Capital: Garantia

Leia mais

Banif Investimento Moderado

Banif Investimento Moderado Banif Investimento Moderado Fundo de Investimento Mobiliário Janeiro de 2014 Enquadramento Macroeconómico Variação (%) Dezembro Desde o início do ano EUA (S&P 500) 2,4% 29,6% Japão (Nikkei) 4,0% 56,7%

Leia mais

TAXA GARANTIDA 3ª SÉRIE

TAXA GARANTIDA 3ª SÉRIE TAXA GARANTIDA 3ª SÉRIE PROSPECTO SIMPLIFICADO ICAE INSTRUMENTO DE CAPTAÇÃO DE AFORRO ESTRUTURADO (NÃO NORMALIZADO) Os elementos constantes deste Prospecto Simplificado reportam-se a 30 de Abril de 2009

Leia mais

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO EMPRESA DE SEGUROS Santander Totta Seguros, Companhia de Seguros de Vida S.A., com Sede na Rua da Mesquita, nº 6 - Torre A - 2º - 1070 238 Lisboa, Portugal (pertence ao Grupo Santander). A Santander Totta

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO BiG Alocação Fundo Autónomo: BiG Alocação Dinâmica Todos os Investimentos têm risco Entidade gestora: Real Vida Seguros, S.A. Avenida de França, 316 2º, Edifício Capitólio 4050-276 Porto Portugal Advertências

Leia mais

Direcção de Redes Comerciais & Cross Selling Banif Euro Corporates

Direcção de Redes Comerciais & Cross Selling Banif Euro Corporates Direcção de Redes Comerciais & Cross Selling Banif Euro Corporates Fundo de Investimento Mobiliário Aberto de Obrigações Julho de 2014 Banif Euro Corporates porquê? Trata-se de um Fundo de obrigações maioritariamente

Leia mais

TAXA GARANTIDA 1ª SÉRIE

TAXA GARANTIDA 1ª SÉRIE Prospecto Informativo TAXA GARANTIDA 1ª SÉRIE ICAE NÃO NORMALIZADO Os elementos constantes deste prospecto informativo reportam-se a 31 de Dezembro de 2009 (actualização dos ns.8, 9 e 10 da Parte III)

Leia mais

RELATÓRIO & CONTAS Liquidação

RELATÓRIO & CONTAS Liquidação Fundo Especial de Investimento Aberto CAIXA FUNDO RENDIMENTO FIXO IV (em liquidação) RELATÓRIO & CONTAS Liquidação RELATÓRIO DE GESTÃO DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS RELATÓRIO DO AUDITOR EXTERNO CAIXAGEST Técnicas

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Eurovida Companhia de Seguros de Vida, S.A. - Sede Social: 1099-090 Lisboa - Portugal - CRCL / Pes. Col. 504 917 692 Capital Social 7.500.000 Euro Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO

Leia mais

Eurovida Companhia de Seguros de Vida, S.A., sociedade anónima pertencente ao Grupo Banco Seguros

Eurovida Companhia de Seguros de Vida, S.A., sociedade anónima pertencente ao Grupo Banco Seguros Eurovida Companhia de Seguros de Vida, S.A. - Sede Social: - 1099-090 Lisboa - Portugal - CRCL / Pes. Col. 504 917 692 Capital Social 7.500.000 Euro Data início de comercialização: 2000/04/13 por tempo

Leia mais

Dirigimo-nos a V. Exa. na qualidade de acionista do BBVA Multi-Asset Moderate EUR Fund, um sub-fundo da BBVA Durbana International Fund ( SICAV ).

Dirigimo-nos a V. Exa. na qualidade de acionista do BBVA Multi-Asset Moderate EUR Fund, um sub-fundo da BBVA Durbana International Fund ( SICAV ). BBVA Durbana International Fund Société d investissement à capital variable 20, boulevard Emmanuel Servais, L-2535 Luxembourg, Grand Duchy of Luxembourg R.C.S. Luxembourg B 27 711 Esta carta ( Carta ),

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. TODOS OS INVESTIMENTOS TÊM RISCO

Leia mais

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Prospeto Simplificado (Atualizado em 4 de maio de 2012) Seguro Millennium Trimestral 2011 8 Anos 3.ª Série (Não normalizado) Datas de comercialização: Início em 17 de outubro

Leia mais

Prospeto Informativo Depósito Indexado Geo Diversificado BBVA

Prospeto Informativo Depósito Indexado Geo Diversificado BBVA Prospeto Informativo Depósito Indexado Geo Diversificado BBVA Designação Classificação Caracterização do Produto Garantia de Capital Garantia de Remuneração Factores de risco Depósito Indexado Geo Diversificado

Leia mais

INVESTIMENTO ACTIVO MAIS OBRIGAÇÕES

INVESTIMENTO ACTIVO MAIS OBRIGAÇÕES Breve Descrição do Produto O é um produto financeiro complexo composto por 50% do investimento num Depósito a Prazo a 180 dias, não renovável, com uma taxa de juro de 4% (TANB Taxa Anual Nominal Bruta),

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Eurovida Companhia de Seguros de Vida, S.A. - Sede Social: 1099-090 Lisboa - Portugal - CRCL / Pes. Col. 504 917 692 Capital Social 7.500.000 Euro Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. TODOS OS INVESTIMENTOS TÊM RISCO

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. TODOS OS INVESTIMENTOS TÊM RISCO

Leia mais

1. INFORMAÇÃO SOBRE A EMPRESA DE SEGUROS 2. ENTIDADES COMERCIALIZADORAS 3. AUTORIDADES DE SUPERVISAO

1. INFORMAÇÃO SOBRE A EMPRESA DE SEGUROS 2. ENTIDADES COMERCIALIZADORAS 3. AUTORIDADES DE SUPERVISAO 1. INFORMAÇÃO SOBRE A EMPRESA DE SEGUROS 2. ENTIDADES COMERCIALIZADORAS 3. AUTORIDADES DE SUPERVISAO 4. RECLAMAÇÕES 5. DURAÇÃO DO CONTRATO 6. RISCO DE 7. PRINCIPAIS RISCOS DO PRODUTO PROSPECTO SIMPLIFICADO

Leia mais

INVESTIMENTO PORTUGAL TOP SEGURO LIGADO A FUNDOS DE INVESTIMENTO INSTRUMENTO DE CAPTAÇÃO DE AFORRO ESTRUTURADO (ICAE)

INVESTIMENTO PORTUGAL TOP SEGURO LIGADO A FUNDOS DE INVESTIMENTO INSTRUMENTO DE CAPTAÇÃO DE AFORRO ESTRUTURADO (ICAE) PROSPETO SIMPLIFICADO Agosto 2012 INVESTIMENTO PORTUGAL TOP SEGURO LIGADO A FUNDOS DE INVESTIMENTO INSTRUMENTO DE CAPTAÇÃO DE AFORRO ESTRUTURADO (ICAE) Período de comercialização: de 13 de agosto de 2012

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. TODOS OS INVESTIMENTOS TÊM RISCO

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Eurovida Companhia de Seguros de Vida, S.A. - Sede Social: 1099-090 Lisboa - Portugal - CRCL / Pes. Col. 504 917 692 Capital Social 7.500.000 Euro Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO

Leia mais

1. INFORMAÇÃO SOBRE A EMPRESA DE SEGUROS 2. ENTIDADES COMERCIALIZADORAS 3. AUTORIDADES DE SUPERVISAO

1. INFORMAÇÃO SOBRE A EMPRESA DE SEGUROS 2. ENTIDADES COMERCIALIZADORAS 3. AUTORIDADES DE SUPERVISAO 1. INFORMAÇÃO SOBRE A EMPRESA DE SEGUROS 2. ENTIDADES COMERCIALIZADORAS 3. AUTORIDADES DE SUPERVISAO 4. RECLAMAÇÕES 5. DURAÇÃO DO CONTRATO 6. RISCO DE 7. PRINCIPAIS RISCOS DO PRODUTO PROSPECTO SIMPLIFICADO

Leia mais

PROSPECTO SIMPLIFICADO (actualizado a 31 de Dezembro de 2008) Designação: Liberty PPR Data início de comercialização: 19 de Abril de 2004

PROSPECTO SIMPLIFICADO (actualizado a 31 de Dezembro de 2008) Designação: Liberty PPR Data início de comercialização: 19 de Abril de 2004 PROSPECTO SIMPLIFICADO (actualizado a 31 de Dezembro de 2008) Designação: Liberty PPR Data início de comercialização: 19 de Abril de 2004 Empresa de Seguros Entidades comercializadoras Autoridades de Supervisão

Leia mais

PROSPECTO SIMPLIFICADO BES ESTRUTURADO FLEXÍVEL (ICAE NÃO NORMALIZADO) PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

PROSPECTO SIMPLIFICADO BES ESTRUTURADO FLEXÍVEL (ICAE NÃO NORMALIZADO) PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Informação actualizada a: 01/04/2010 Designação Comercial: BES Estruturado Flexível (I.C.A.E. Não Normalizado) Data início de Comercialização do Fundo BES Ouro: 03/03/2008 Empresa de Seguros Entidades

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. Designação: VICTORIA PPR Acções

Leia mais

Através da sua rede de Balcões do Banco Espírito Santo, S.A.. Instituto de Seguros de Portugal e Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

Através da sua rede de Balcões do Banco Espírito Santo, S.A.. Instituto de Seguros de Portugal e Comissão do Mercado de Valores Mobiliários. Mod. Versão 91-60 Informação actualizada a: 19/04/2011 Designação Comercial: Operação de Capitalização T- 1ª Série (ICAE- Não Normalizado) Período de Comercialização: de17/12/2008 a 17/12/20 Empresa de

Leia mais

Os riscos do DUETO, produto financeiro complexo, dependem dos riscos individuais associados a cada um dos produtos que o compõem.

Os riscos do DUETO, produto financeiro complexo, dependem dos riscos individuais associados a cada um dos produtos que o compõem. Advertências ao Investidor Os riscos do, produto financeiro complexo, dependem dos riscos individuais associados a cada um dos produtos que o compõem. Risco de perda total ou parcial do capital investido

Leia mais

Não existe garantia de capital nem rendimento.

Não existe garantia de capital nem rendimento. 91-67 Informação actualizada a: 01/04/2012 Designação Comercial: Operação de Capitalização Série Nº 67 (I.C.A.E - Não normalizado) Data início de Comercialização: 07/05/2009 Empresa de Seguros Entidades

Leia mais

1. INFORMAÇÃO SOBRE A EMPRESA DE SEGUROS 2. ENTIDADES COMERCIALIZADORAS 3. AUTORIDADES DE SUPERVISAO

1. INFORMAÇÃO SOBRE A EMPRESA DE SEGUROS 2. ENTIDADES COMERCIALIZADORAS 3. AUTORIDADES DE SUPERVISAO 1. INFORMAÇÃO SOBRE A EMPRESA DE SEGUROS 2. ENTIDADES COMERCIALIZADORAS 3. AUTORIDADES DE SUPERVISAO 4. RECLAMAÇÕES 5. DURAÇÃO DO CONTRATO 6. RISCO DE 7. PRINCIPAIS RISCOS DO PRODUTO PROSPECTO SIMPLIFICADO

Leia mais

Valores Patrimoniais Nominal / Quantidades Cotação Valor Total

Valores Patrimoniais Nominal / Quantidades Cotação Valor Total CNP Barclays Vida y Pensiones Companhia de Seguros, S.A. Sede: Plaza de Colon, 2 2846 Madrid Agência Geral em Portugal: Atrium Saldanha, Praça Duque de Saldanha, Nº1 9ºA, 1594 NIPC: 98936 C.R.C. Lisboa

Leia mais

Informações Fundamentais Destinadas aos Investidores (IFI)

Informações Fundamentais Destinadas aos Investidores (IFI) Informações Fundamentais Destinadas aos Investidores (IFI) O presente documento fornece as informações fundamentais destinadas aos investidores sobre este Fundo. Não é material promocional. Estas informações

Leia mais

Prospecto Informativo Invest Sectores Essenciais Junho 2015

Prospecto Informativo Invest Sectores Essenciais Junho 2015 Prospecto Informativo Invest Sectores Essenciais Junho 2015 Junho de 2015 Designação: Invest Sectores Essenciais Junho 2015 Classificação: Caracterização do Depósito: Produto financeiro complexo Depósito

Leia mais

PROSPECTO SIMPLIFICADO MAPFRE GARANTIA 011 FI

PROSPECTO SIMPLIFICADO MAPFRE GARANTIA 011 FI PROSPECTO SIMPLIFICADO MAPFRE GARANTIA 011 FI Contrato de Seguro Ligado a Fundos de Investimento Produto Financeiro Complexo - Instrumento de Captação de Aforro Estruturado Período de Comercialização 26-10-2010

Leia mais

Boletim periódico Unit Linked DB Vida

Boletim periódico Unit Linked DB Vida Zurich Companhia Seguros Vida, S.A. Boletim periódico Unit Linked DB Vida Atualizado a 09-04-2013 Unit Linked DB Vida O Unit Linked DB Vida é um produto financeiro complexo, comercializado no âmbito da

Leia mais

Instituto de Seguros de Portugal (ISP). Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Instituto de Seguros de Portugal (ISP). Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). Informação Actualizada a: 14 de Setembro de 2012 Designação Comercial: Data Início de Comercialização: 6 de Dezembro de 2010 EMPRESA DE SEGUROS ENTIDADES COMERCIALIZADORAS AUTORIDADES DE SUPERVISÃO RECLAMAÇÕES

Leia mais

BV - REFORMA GARANTIDA PPR (DF)

BV - REFORMA GARANTIDA PPR (DF) Capital Social: 175.000.000 BV - REFORMA GARANTIDA PPR (DF) 75,938,860.11 Valores em OS PUBLICAÇÕES BPI VIDA 1,393,338.10 74,545,522.01 75,938,860.11 I - PARTE I - VALORES PATRIMONIAIS 1,393,338.10 74,545,522.01

Leia mais

Boletim periódico BBVA Unit Linked

Boletim periódico BBVA Unit Linked Zurich Companhia de Seguros de Vida, S.A. Boletim periódico BBVA Unit Linked BBVA Unit Linked Atualizado a 12-07-2016 O BBVA Unit Linked é um produto financeiro complexo, comercializado no âmbito da atividade

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Eurovida Companhia de Seguros de Vida, S.A. - Sede Social: 1099-090 Lisboa - Portugal - CRCL / Pes. Col. 504 917 692 Capital Social 7.500.000 Euro Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO

Leia mais

Academia de Warrants. 5. ETFs

Academia de Warrants. 5. ETFs Academia de Warrants 5. ETFs ETFs - Sumário Executivo 1. Definição 2. Comparação ETF Fundo Activo 3. ComStage 4. Como negociar 1 1/28 ETFs - Sumário Executivo 1. Definição 2. Comparação ETF Fundo activo

Leia mais

OS FUNDOS DE INVESTIMENTO

OS FUNDOS DE INVESTIMENTO OS FUNDOS DE INVESTIMENTO CMVM Comissão do Mercado de Valores Mobiliários OUTUBRO 2012 1 Os Fundos de Investimento O que é um Fundo de investimento? Um fundo de investimento é um instrumento financeiro

Leia mais

INFORMAÇÕES FUNDAMENTAIS AO INVESTIDOR PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

INFORMAÇÕES FUNDAMENTAIS AO INVESTIDOR PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO EMPRESA DE SEGUROS Barclays Investimento Fundo Autónomo: Rendimento Nome: CNP Barclays Vida y Pensiones, Compañia de Seguros, S.A. - Agência Geral em Portugal; Endereço da Sede Social: Plaza de Cólon,

Leia mais

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. TODOS OS INVESTIMENTOS TÊM RISCO

Leia mais

CAIXA SEGURO VALOR CRESCENTE

CAIXA SEGURO VALOR CRESCENTE PROSPETO SIMPLIFICADO (atualizado a 30 abril 2012) CAIXA SEGURO VALOR CRESCENTE SEGURO LIGADO A FUNDOS DE INVESTIMENTO INSTRUMENTO DE CAPTAÇÃO DE AFORRO ESTRUTURADO (ICAE) NÃO NORMALIZADO PRODUTO FINANCEIRO

Leia mais

POSTAL FUTURO DEZEMBRO 2016 SEGURO LIGADO A FUNDOS DE INVESTIMENTO INSTRUMENTO DE CAPTAÇÃO DE AFORRO ESTRUTURADO (ICAE)

POSTAL FUTURO DEZEMBRO 2016 SEGURO LIGADO A FUNDOS DE INVESTIMENTO INSTRUMENTO DE CAPTAÇÃO DE AFORRO ESTRUTURADO (ICAE) PROSPETO SIMPLIFICADO 20 de setembro de 2012 POSTAL FUTURO DEZEMBRO 2016 SEGURO LIGADO A FUNDOS DE INVESTIMENTO INSTRUMENTO DE CAPTAÇÃO DE AFORRO ESTRUTURADO (ICAE) Período de comercialização: de 20 de

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. TODOS OS INVESTIMENTOS TÊM RISCO

Leia mais

EUROVIDA PLANO JOVEM (Proposta de Seguro)

EUROVIDA PLANO JOVEM (Proposta de Seguro) (Proposta de Seguro) Proposta: Apólice: Cliente Apresentado por: Nº 90209 Agradecemos o total preenchimento da proposta em letra maiúscula e bem legível Tomador de Seguro: Nome: Morada: email: Localidade:

Leia mais

Fidelity Poupança FUNDO AUTÓNOMO FIDELITY POUPANÇA TARGET 2040

Fidelity Poupança FUNDO AUTÓNOMO FIDELITY POUPANÇA TARGET 2040 Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las FUNDO AUTÓNOMO FIDELITY POUPANÇA TARGET 2040 ALERTA GRÁFICO Entidade Gestora: T-Vida, Companhia de Seguros,

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. TODOS OS INVESTIMENTOS TÊM RISCO

Leia mais

RENDA SEMESTRAL BES VIDA 2014 2ª SÉRIE (NÃO NORMALIZADO)

RENDA SEMESTRAL BES VIDA 2014 2ª SÉRIE (NÃO NORMALIZADO) Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las RENDA SEMESTRAL BES VIDA 2014 2ª SÉRIE (NÃO NORMALIZADO) Entidade Gestora: BES-VIDA, COMPANHIA DE SEGUROS,

Leia mais

DE QUE FORMA OS CONHECIMENTOS

DE QUE FORMA OS CONHECIMENTOS COMISSÃO DO MERCADO DE VALORES MOBILIÁRIOS COMISSÃO DO MERCADO DE VALORES MOBILIÁRIOS DE QUE FORMA OS CONHECIMENTOS E A EXPERIÊNCIA DOS INVESTIDORES DETERMINAM O MODO COMO SÃO TRATADOS PELOS INTERMEDIÁRIOS

Leia mais

BEST Banco Electrónico de Serviço Total, S.A. Instituto de Seguros de Portugal: Supervisão prudencial

BEST Banco Electrónico de Serviço Total, S.A. Instituto de Seguros de Portugal: Supervisão prudencial Mod. Versão 87-49 Informação actualizada a: 31/08/2012 Designação Comercial: BEST Premium (I.C.A.E.) Data início de Comercialização: 01/08/2011 Data fim de Comercialização: Indeterminada Empresa de Seguros

Leia mais

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Produto Financeiro Complexo: REAL 24M INVEST Entidade gestora: Real Vida Seguros, S.A. Avenida de França, 316 2º, Edifício Capitólio 4050-276 Porto Portugal TODOS OS INVESTIMENTOS TÊM RISCO Implica a imobilização

Leia mais

Ou seja, na data de maturidade, o valor garantido por unidade de participação será aquele que resulta da aplicação da seguinte fórmula:

Ou seja, na data de maturidade, o valor garantido por unidade de participação será aquele que resulta da aplicação da seguinte fórmula: 1.Tipo e Duração 2.Entidade Gestora 3.Consultores de Fundo de Capital Garantido Aberto, constituído em Portugal. A sua constituição foi autorizada pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, em 12/

Leia mais

Documento Informativo. Obrigações db Double Chance Europe. - Obrigações relativas ao Índice DJ Euro Stoxx 50 - Produto Financeiro Complexo

Documento Informativo. Obrigações db Double Chance Europe. - Obrigações relativas ao Índice DJ Euro Stoxx 50 - Produto Financeiro Complexo Documento Informativo Obrigações db Double Chance Europe - Obrigações relativas ao Índice DJ Euro Stoxx 50 - ISIN: XS0464427177 Produto Financeiro Complexo 1. Produto As Obrigações relativas ao Índice

Leia mais

REFORMA ATIVA PPR ESTRATÉGIA TESOURARIA

REFORMA ATIVA PPR ESTRATÉGIA TESOURARIA Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. REFORMA ATIVA PPR ESTRATÉGIA TESOURARIA

Leia mais

Prospecto Informativo Depósito Dual Energia Europa BBVA

Prospecto Informativo Depósito Dual Energia Europa BBVA Prospecto Informativo Designação Classificação Caracterização do Produto Garantia de Capital Garantia de Remuneração Factores de risco Produto financeiro complexo Depósito Dual O é um depósito dual a 3

Leia mais

(a) Data de autorização do Organismo de Investimento Colectivo no Estado-Membro de Origem e data de início da comercialização em Portugal:

(a) Data de autorização do Organismo de Investimento Colectivo no Estado-Membro de Origem e data de início da comercialização em Portugal: CONDIÇÕES PARTICULARES DO DISTRIBUIDOR referente à comercialização em Portugal, pelo Deutsche Bank AG - Sucursal em Portugal de acções da PIONEER FUNDS (a) Data de autorização do Organismo de Investimento

Leia mais

Prospecto Informativo. CapitAll Allianz Top 20. (Não Normalizado) www.allianz.pt

Prospecto Informativo. CapitAll Allianz Top 20. (Não Normalizado) www.allianz.pt Prospecto Informativo CapitAll Allianz Top 20 (Não Normalizado) www.allianz.pt Companhia de Seguros Allianz Portugal, S.A. R. Andrade Corvo, 32 1069-014 Lisboa Telefone +351 213 165 300 Telefax +351 213

Leia mais

Fundo de Fundos. Data de Início: 27 de Junho de 1995 (Alterou significativamente a sua política de investimentos em 18 de Setembro de 2000) Objectivo:

Fundo de Fundos. Data de Início: 27 de Junho de 1995 (Alterou significativamente a sua política de investimentos em 18 de Setembro de 2000) Objectivo: BPI Universal DIVERSIFICAÇÃO Tipo de Fundo: Fundo de Fundos Data de Início: 27 de Junho de 1995 (Alterou significativamente a sua política de investimentos em 18 de Setembro de 2000) Objectivo: Proporcionar

Leia mais

SEGURO MILLENNIUM TRIMESTRAL 2014 10 ANOS 2.ª SÉRIE (NÃO NORMALIZADO)

SEGURO MILLENNIUM TRIMESTRAL 2014 10 ANOS 2.ª SÉRIE (NÃO NORMALIZADO) Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. SEGURO MILLENNIUM TRIMESTRAL 2014

Leia mais

INFORMAÇÕES FUNDAMENTAIS AO INVESTIDOR PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

INFORMAÇÕES FUNDAMENTAIS AO INVESTIDOR PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO MAPFRE INVEST CRESCENTE 2015 NÃO NORMALIZADO Entidade gestora: Instrumento de Captação de Aforro Estruturado Contrato de Seguro ligado a Fundo de Investimento MAPFRE Seguros de Vida, S.A., com sede social:

Leia mais

SEGURO MILLENNIUM TRIMESTRAL 2013 8 ANOS 5.ª SÉRIE (NÃO NORMALIZADO)

SEGURO MILLENNIUM TRIMESTRAL 2013 8 ANOS 5.ª SÉRIE (NÃO NORMALIZADO) Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. SEGURO MILLENNIUM TRIMESTRAL 2013

Leia mais

A ADEQUAÇÃO DO INSTRUMENTO FINANCEIRO AO PERFIL DO INVESTIDOR

A ADEQUAÇÃO DO INSTRUMENTO FINANCEIRO AO PERFIL DO INVESTIDOR A ADEQUAÇÃO DO INSTRUMENTO FINANCEIRO AO PERFIL DO INVESTIDOR CMVM Comissão do Mercado de Valores Mobiliários OUTUBRO 2012 1 A adequação do Instrumento Financeiro ao Perfil do Investidor nota Os intermediários

Leia mais

SEGURO INVESTIDOR GLOBAL FUNDO AUTÓNOMO ESTRATÉGIA AGRESSIVA AÇÕES

SEGURO INVESTIDOR GLOBAL FUNDO AUTÓNOMO ESTRATÉGIA AGRESSIVA AÇÕES Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. SEGURO INVESTIDOR GLOBAL FUNDO AUTÓNOMO

Leia mais

SEGURO INVESTIDOR GLOBAL FUNDO AUTÓNOMO ESTRATÉGIA AGRESSIVA AÇÕES

SEGURO INVESTIDOR GLOBAL FUNDO AUTÓNOMO ESTRATÉGIA AGRESSIVA AÇÕES Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. SEGURO INVESTIDOR GLOBAL FUNDO AUTÓNOMO

Leia mais

DOCUMENTO INFORMATIVO EUR BES DUAL 5%+ÁFRICA FEVEREIRO 2011 NOTES PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

DOCUMENTO INFORMATIVO EUR BES DUAL 5%+ÁFRICA FEVEREIRO 2011 NOTES PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Advertências ao investidor: Remuneração não garantida DOCUMENTO INFORMATIVO EUR BES DUAL 5%+ÁFRICA FEVEREIRO 2011 NOTES PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Impossibilidade de solicitação de reembolso antecipado

Leia mais

Relatório Estatístico Mensal

Relatório Estatístico Mensal Relatório Estatístico Mensal Fundos de Investimento Mobiliário Julho 2013 Sede: Rua Castilho, 44-2º 1250-071 Lisboa Telefone: 21 799 48 40 Fax: 21 799 48 42 e.mail: info@apfipp.pt home page: www.apfipp.pt

Leia mais

SEGURO UNIT LINKED CA INVESTIMENTO -1ª SÉRIE (Não Normalizado)

SEGURO UNIT LINKED CA INVESTIMENTO -1ª SÉRIE (Não Normalizado) CONDIÇÕES GERAIS SOLUÇÕES CAPITALIZAÇÃO SEGURO UNIT LINKED CA INVESTIMENTO -1ª SÉRIE (Não Normalizado) 1 CONDIÇÕES GERAIS DA APÓLICE CA Investimento 1ª Série (Não Normalizado) SEGURO INDIVIDUAL Cláusula

Leia mais

Conceitos básicos de negociação em Obrigações

Conceitos básicos de negociação em Obrigações Conceitos básicos de negociação em Obrigações N.º 808 10 20 20 ApoioCliente@GoBulling.com www.bancocarregosa.com/gobulling www.facebook.com/gobulling Obrigação: título representativo de uma fração da dívida/passivo

Leia mais

INFORMAÇÃO SOBRE INSTRUMENTOS FINANCEIROS OFERECIDOS PELO BANCO POPULAR PORTUGAL, S.A.

INFORMAÇÃO SOBRE INSTRUMENTOS FINANCEIROS OFERECIDOS PELO BANCO POPULAR PORTUGAL, S.A. INFORMAÇÃO SOBRE INSTRUMENTOS FINANCEIROS OFERECIDOS PELO BANCO POPULAR PORTUGAL, S.A. Versão: 1.0 Data inicial: 2010/08/20 Última alteração: 2010/09/10 Mod. 853P/2010 Banco Popular Portugal, S.A. 2/8

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS POLÍTICA DE INVESTIMENTOS EXERCÍCIO FINANCEIRO DE 2009 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 2 2 OBJETIVOS... 2 2.1 OBJETIVO GERAL... 2 2.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS... 2 3 VIGÊNCIA... 3 3.1 MODELO DE GESTÃO... 3 3.2 PROCESSO

Leia mais

EUROVIDA PPR (Proposta de Seguro)

EUROVIDA PPR (Proposta de Seguro) Eurovida Companhia de Seguros de Vida, S.A. Sede Social: 1099-090 Lisboa Portugal CRCL / Pes. Col. 504 917 692 Capital Social 7.500.000 Euro 02.01.2013 (Proposta de Seguro) Proposta: Apólice: Cliente:

Leia mais

PROSPECTO SIMPLIFICADO PPR POUPANÇA ACTIVA PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

PROSPECTO SIMPLIFICADO PPR POUPANÇA ACTIVA PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Mod. Versão 61-13 Informação actualizada a: 01/07/2009 Designação Comercial: PPR Poupança Activa Data início de Comercialização: 02/01/2006 Empresa de Seguros, Sociedade Anónima com endereço da sede social

Leia mais

EMPRÉSTIMO OBRIGACIONISTA GALP ENERGIA 2013/2018 FICHA TÉCNICA. Galp Energia, SGPS, S.A. Euro. 100.000 (cem mil euros) por Obrigação.

EMPRÉSTIMO OBRIGACIONISTA GALP ENERGIA 2013/2018 FICHA TÉCNICA. Galp Energia, SGPS, S.A. Euro. 100.000 (cem mil euros) por Obrigação. EMPRÉSTIMO OBRIGACIONISTA GALP ENERGIA 2013/2018 FICHA TÉCNICA ENTIDADE EMITENTE: MODALIDADE: MOEDA: MONTANTE DA EMISSÃO: REPRESENTAÇÃO: VALOR NOMINAL: PREÇO DE SUBSCRIÇÃO: Galp Energia, SGPS, S.A. Emissão

Leia mais

MultiGlobal Invest PROSPECTO SIMPLIFICADO ICAE INSTRUMENTO DE CAPTAÇÃO DE AFORRO ESTRUTURADO

MultiGlobal Invest PROSPECTO SIMPLIFICADO ICAE INSTRUMENTO DE CAPTAÇÃO DE AFORRO ESTRUTURADO CAPITAL SOCIAL 9,000,000 - CONTRIBUINTE 502 105 070 - CONS. REG. COM. LISBOA 2ª SECÇÃO LIVRO C1 MATRÍCULA 196 MultiGlobal Invest PROSPECTO SIMPLIFICADO ICAE INSTRUMENTO DE CAPTAÇÃO DE AFORRO ESTRUTURADO

Leia mais

Prospecto Informativo Depósito Dual China e México BBVA Novembro 2012

Prospecto Informativo Depósito Dual China e México BBVA Novembro 2012 Prospecto Informativo Depósito Dual China e México BBVA Novembro 2012 Designação Classificação Caracterização do Produto Depósito Dual China e México BBVA Produto financeiro complexo O Depósito Dual China

Leia mais

Manual do Revisor Oficial de Contas. Directriz de Revisão/Auditoria 835

Manual do Revisor Oficial de Contas. Directriz de Revisão/Auditoria 835 Directriz de Revisão/Auditoria 835 Abril de 2006 Certificação do Relatório Anual sobre os Instrumentos de Captação de Aforro Estruturados (ICAE) no Âmbito da Actividade Seguradora Índice INTRODUÇÃO 1 4

Leia mais

Este contrato, excepcionando-se as garantias devidamente indicadas no descritivo associado a cada fundo autónomo, montantes investidos

Este contrato, excepcionando-se as garantias devidamente indicadas no descritivo associado a cada fundo autónomo, montantes investidos Data início de comercialização: 2006/01/18 Anteriormente comercializado com a designação de Eurovida MultiOportunidades Empresa de Seguros Eurovida Companhia de Seguros de Vida, S.A., sociedade anónima

Leia mais

SEGURO MILLENNIUM TRIMESTRAL 2013 8 ANOS 2ª SÉRIE (NÃO NORMALIZADO)

SEGURO MILLENNIUM TRIMESTRAL 2013 8 ANOS 2ª SÉRIE (NÃO NORMALIZADO) Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. SEGURO MILLENNIUM TRIMESTRAL 2013

Leia mais

Recomendações aos Investidores em Instrumentos Financeiros

Recomendações aos Investidores em Instrumentos Financeiros Recomendações aos Investidores em Instrumentos Financeiros Um investimento responsável exige que conheça todas as suas implicações. Certifique-se de que conhece essas implicações e que está disposto a

Leia mais

PROSPECTO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo

PROSPECTO INFORMATIVO Depósito Indexado - Produto Financeiro Complexo Designação Caixa Eurostoxx Down maio 2015_PFC Classificação Produto Financeiro Complexo Depósito Indexado Caracterização do Produto Garantia de Capital O Caixa Eurostoxx Down maio 2015 é um depósito indexado

Leia mais

O investimento em instrumentos financeiros tem sempre associado uma rendibilidade potencial e um risco implícito.

O investimento em instrumentos financeiros tem sempre associado uma rendibilidade potencial e um risco implícito. INFORMAÇÕES GERAIS. O investimento em instrumentos financeiros tem sempre associado uma rendibilidade potencial e um risco implícito. A rendibilidade é a taxa de rendimento gerado pelo investimento durante

Leia mais