VENHA PRO NOSSO ARRAIÁ!! 1

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "VENHA PRO NOSSO ARRAIÁ!! 1"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL PROGRAMA DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS PORTUGUÊS BRASILEIRO COMO LE VENHA PRO NOSSO ARRAIÁ!! 1 Junho é o mês das Festas Juninas. Convidamos você a participar dessas festas, conhecendo um pouco mais sobre o folclore, a história, as comidas típicas, as músicas, as simpatias, os santos e tudo que faz do mês de junho uma festança! Disponível em: <http://cobracordelista.blogspot.com.br/2009/06/festa-jununa-pelo-mundo.html > 1 Atividades desenvolvidas pela professora Suzana Maria Lain Pagot

2 UM POUCO DE HISTÓRIA... Leia o texto a seguir. Origem da Festa Junina Existem duas explicações para o termo festa juninas. A primeira explica que surgiu em função das festividades ocorrerem durante o mês de junho. Outra versão diz que esta festa tem origem em países católicos da Europa e, portanto, seriam em homenagem a São João. No princípio, a festa era chamada de Joanina. De acordo com historiadores, esta festividade foi trazida para o Brasil pelos portugueses, ainda durante o período colonial (época em que o Brasil foi colonizado e governado por Portugal). Nesta época, havia uma grande influência de elementos culturais portugueses, chineses, espanhóis e franceses. Da França, veio a dança marcada, característica típica das danças nobres e que, no Brasil, influenciou muito as típicas quadrilhas. Já a tradição de soltar fogos de artifício veio da China, região de onde teria surgido a manipulação da pólvora para a fabricação de fogos. Da Península Ibérica teria vindo a dança de fitas, muito comum em Portugal e na Espanha. Todos estes elementos culturais foram, com o passar do tempo, misturando-se aos aspectos culturais dos brasileiros (indígenas, afro-brasileiros e imigrantes europeus) nas diversas regiões do país, tomando características particulares em cada uma delas. Um desafio para você: A partir da leitura do texto, as afirmações que podem ser consideradas verdadeiras são: a) a França influenciou a dança com fitas; b) à China está associada a tradição dos fogos de artifício; c) a cultura africana não influenciou os festejos; d) os portugueses foram os responsáveis pela criação do nome Festa Joanina ; e) todas as regiões brasileiras organizam a festa da mesma maneira; f) segundo os historiadores há duas explicações possíveis para a origem do nome festa junina.

3 Tradições As tradições fazem parte das comemorações ( ). O mês de junho é marcado pelas fogueiras, que servem ( ) como centro para a famosa dança de quadrilhas. Os balões também compõem este cenário ( ), embora cada vez mais raros ( ) em função das leis que proíbem esta prática, em função dos riscos de incêndio que representam. No Nordeste, ainda é muito comum a formação ( ) dos grupos festeiros. Estes grupos ficam andando e cantando pelas ruas das cidades. Vão passando pelas casas, onde os moradores deixam nas janelas e portas uma grande quantidade de comidas e bebidas para serem degustadas ( ) pelos festeiros. Já na região Sudeste são tradicionais ( ) a realização de quermesses. Estas festas populares são realizadas por igrejas, colégios, sindicatos e empresas. Possuem barraquinhas com comidas típicas e jogos para animar os visitantes ( ). A dança da quadrilha, geralmente ( ) ocorre durante toda a quermesse. Como Santo Antônio é considerado o santo casamenteiro, são comuns ( ) as simpatias para mulheres solteiras que querem se casar. No dia 13 de junho, as igrejas católicas distribuem o pãozinho de Santo Antônio. Diz a tradição que o pão bento deve ser colocado junto aos outros mantimentos ( ) da casa, para que nunca ocorra a falta. As mulheres que querem se casar, diz a tradição, devem comer deste pão. Disponível em: <http://www.suapesquisa.com/musicacultura/historia_festa_junina.htm >. No quadro abaixo há palavras que são sinônimos daquelas destacadas no texto. Relacione-as, escrevendo-as ao lado da palavra adequada, segundo o significado que assumem no texto. festejos, alimentos, convir, grandiosa, local, provadas, costume, constituição, comumente, costumeiro, turistas, normais, escasso

4 ALGUMAS MÚSICAS Para testar sua habilidade de compreensão oral, preencha os espaços em branco nas letras das músicas. https://www.youtube.com/watch?v=gtdjb8-kxma SONHO DE PAPEL Carmem Miranda E o balão vai subindo, vem a garoa O céu é tão e a noite é tão boa São João, São João! Acende a no meu coração! E o balão vai subindo, vem caindo a garoa O céu é tão lindo e a noite é tão boa São João, São João! Acende a fogueira no meu coração! Sonho de papel a na imensidão Soltei em seu louvor, um sonho Oh, meu São João! Meu balão azul foi subindo O vento que soprou meu carregou Não vai mais voltar! Disponível em:

5 CAPELINHA DE MELÃO autor: João de Barros e Adalberto Ribeiro Capelinha de melão é de São João. É de, é de, é de. São João está dormindo, não me ouve não. Acordai, acordai, acordai, João. Atirei pelo caminho. A veio e levou. Tu me fizeste com seus uma coroa de flor. https://www.youtube.com/watch?v=-d2snwrthlg

Sistema de Ensino CNEC. 1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Nome: FESTAS CULTURAIS

Sistema de Ensino CNEC. 1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Nome: FESTAS CULTURAIS 1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Nome: FESTAS CULTURAIS -06a-19s-at-03 Língua Portuguesa (leitura oral / palavras; sílabas / bilhete) Existem duas explicações para o nome Festa Junina. A primeira explicação

Leia mais

Projeto: Arraiá da Camões.

Projeto: Arraiá da Camões. ESCOLA ESTADUAL LUÍS VAZ DE CAMÕES ANA PAULA DE OLIVEIRA REGIANE APARECIDA DE PINHO RONDA Com a colaboração da Direção, Coordenação Pedagógica, Coordenadoras de Área, Professora Gerenciadora de Tecnologias,

Leia mais

Sistema de Ensino CNEC. 1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Nome:

Sistema de Ensino CNEC. 1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Nome: 1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Nome: AS PRINCIPAIS FESTAS DO BRASIL A cultura de um povo é traduzida por sua música, sua literatura, suas lendas, suas danças e suas festas. É uma forma de preservar

Leia mais

FESTAS JUNINAS. Com o passar do tempo, as festividades foram tomando um cunho religioso.

FESTAS JUNINAS. Com o passar do tempo, as festividades foram tomando um cunho religioso. FESTAS JUNINAS As Festas Juninas são celebradas ao longo do mês de junho. De acordo com historiadores, esta festividade foi trazida para o Brasil pelos portugueses, ainda durante o período colonial (época

Leia mais

24 junho a.c Acontecimento

24 junho a.c Acontecimento Salvador da Bahia Leitura: atividades Pula a fogueira, João! 1. O texto nos fornece uma série de informações históricas a respeito de São João, da simbologia das fogueiras e das tradicionais festividades.

Leia mais

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL 2015

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL 2015 Pedagogia: Aut. Dec. nº 93110 de 13/08/86 / Reconhecido Port. Nº 717 de 21/12/89/ Renovação Rec. Port. nº 3.648 de 17/10/2005 Educação Física: Aut. Port. nº 766 de 31/05/00 / Rec. Port. nº 3.755 de 24/10/05

Leia mais

informativo - festa junina 2015

informativo - festa junina 2015 informativo - festa junina 2015 Direção Geral Janice Ap. Guizelini Direção Pedagógica Filomena M. Fieri Direção de Esporte e Cultura Renata Trevelin Vice-Direção Pedagógica Maria da Penha T. Rodrigues

Leia mais

Cruzadex. Festas Juninas. Novos jogos em nosso site. www.bichosdamata.com.br

Cruzadex. Festas Juninas. Novos jogos em nosso site. www.bichosdamata.com.br Festas Juninas Esta festividade foi trazida para o Brasil pelos portugueses, ainda durante o período colonial e recebeu inicialmente o nome de festa joanina por causa de São João. Logo a festa foi incorporada

Leia mais

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL 2013

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL 2013 Pedagogia: Aut. Dec. nº 93110 de 13/08/86 / Reconhecido Port. Nº 717 de 21/12/89/ Renovação Rec. Port. nº 3.648 de 17/10/2005 Educação Física: Aut. Port. nº 766 de 31/05/00 / Rec. Port. nº 3.755 de 24/10/05

Leia mais

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL 2016 ( ) ENSINO ( ) PESQUISA (X) EXTENSÃO

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL 2016 ( ) ENSINO ( ) PESQUISA (X) EXTENSÃO Ciências Biológicas: Autorizado pela Portaria nº 23 de 10/01/2007 Reconhecido pela Portaria nº 651 de 10/12/2013 MANTIDA PELA A.E.S.P. Av. Presidente Vargas, 725 Centro Tel.: (67)3437-3804 Ponta Porã MS

Leia mais

6. o ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF. FRANCISCA AGUIAR PROF. SUZY PINTO

6. o ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF. FRANCISCA AGUIAR PROF. SUZY PINTO 6. o ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF. FRANCISCA AGUIAR PROF. SUZY PINTO Avaliação da unidade II Pontuação: 7,5 pontos 2 QUESTÃO 01 (1,0 ponto) A palavra folclore é derivada da palavra inglesa folklore, em

Leia mais

QUADRILHA E COMIDAS TÍPICAS MANTÊM A TRADIÇÃO DAS FESTAS JUNINAS

QUADRILHA E COMIDAS TÍPICAS MANTÊM A TRADIÇÃO DAS FESTAS JUNINAS QUADRILHA E COMIDAS TÍPICAS MANTÊM A TRADIÇÃO DAS FESTAS JUNINAS Emmanuelle Serrano Queiroz Os meses de junho e julho são caracterizados por danças, comidas típicas, bandeirinhas, além das peculiaridades

Leia mais

Festa Junina. Conhecimento das tradições religiosas e populares, ressaltando os problemas que podem ocorrer devido à imprudência.

Festa Junina. Conhecimento das tradições religiosas e populares, ressaltando os problemas que podem ocorrer devido à imprudência. Festa Junina Introdução A Festa Junina começa no dia 12 de junho, véspera de Santo Antonio e termina no dia 29, véspera de São Pedro. A parte mais importante acontece entre os dias 23 e 24, dia de São

Leia mais

CONTINUE DIVERTINDO-SE NO NOSSO ARRAIÁ!! FAÇA ESTE SIMULADO PRA ESQUENTÁ BRINCADEIRAS DA FESTA JUNINA

CONTINUE DIVERTINDO-SE NO NOSSO ARRAIÁ!! FAÇA ESTE SIMULADO PRA ESQUENTÁ BRINCADEIRAS DA FESTA JUNINA UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL PROGRAMA DE PORTUGUÊS PARA ESTRANGEIROS Simulado CILP 1 Nível: Médio CONTINUE DIVERTINDO-SE NO NOSSO ARRAIÁ!! FAÇA ESTE SIMULADO PRA ESQUENTÁ BRINCADEIRAS DA FESTA JUNINA

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA EJA 4ª PROF. JOSÉ FRANCISCO PROF.ª RISONILDE ARAÚJO

LÍNGUA PORTUGUESA EJA 4ª PROF. JOSÉ FRANCISCO PROF.ª RISONILDE ARAÚJO LÍNGUA PORTUGUESA EJA 4ª PROF. JOSÉ FRANCISCO PROF.ª RISONILDE ARAÚJO CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade I Tecnologia: corpo, movimento, linguagem na era da informação 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 8.1 Conteúdo

Leia mais

Lições de Português 5º ano Semana de 20 a 24 de fevereiro.

Lições de Português 5º ano Semana de 20 a 24 de fevereiro. Lições de Português 5º ano Semana de 20 a 24 de fevereiro. Leia o texto a História do Carnaval no Brasil para responder às perguntas abaixo: Segunda-feira Curitiba, 20 de fevereiro de 2017. Copie e responda:

Leia mais

Colégio Madre Carmen Sallés

Colégio Madre Carmen Sallés Colégio Madre Carmen Sallés Educação Infantil Ensino Fundamental Ensino Médio Desde 1962 evangelizando através da educação em Brasília DF AV. L2 NORTE QUADRA 604 Bloco D Tel: 3223-2863 www.carmensalles.com.br

Leia mais

Ampliando ainda mais a visibilidade do projeto, São João conta ainda com cross mídia no site g1.com.br/bahia.

Ampliando ainda mais a visibilidade do projeto, São João conta ainda com cross mídia no site g1.com.br/bahia. INTRODUÇÃO O mês de junho no Bahia é marcado pelas festas juninas, tradição herdada dos portugueses, que chegou ao Brasil e logo foi inserida aos costumes indígenas e afrobrasileiros. É uma festa que atrai

Leia mais

Projeto Festa Junina Cultural Arraiá do Parque. Março de 2013

Projeto Festa Junina Cultural Arraiá do Parque. Março de 2013 Projeto Festa Junina Cultural Arraiá do Parque Março de 2013 APRESENTAÇÃO Em comemoração a elevação de Resende na categoria de Vila à Cidade ocorrerá a Festa Junina Cultural, a qual será realizada em parceria

Leia mais

O FOLCLORE DE PERNAMBUCO

O FOLCLORE DE PERNAMBUCO O FOLCLORE DE PERNAMBUCO O QUE É FOLCLORE Folclore é tudo simboliza os hábitos do povo, que foram conservados através do tempo, como conhecimento passado de geração em geração, por meio de lendas, canções,

Leia mais

EJA 5ª FASE PROF.ª GABRIELA DACIO PROF.ª LUCIA SANTOS

EJA 5ª FASE PROF.ª GABRIELA DACIO PROF.ª LUCIA SANTOS EJA 5ª FASE PROF.ª GABRIELA DACIO PROF.ª LUCIA SANTOS Unidade II Cultura A pluralidade na expressão humana. 2 Aula 5.2 Conteúdo: Origem e natureza da dança no Brasil: Bumbameu-boi, Boi-bumbá. Influência

Leia mais

24 junho a.c 1545-1563 1584 1627 1641 1769 1808 1950. Acontecimento 1641 Ano da proibição do uso de fogueiras e fogos de artifício.

24 junho a.c 1545-1563 1584 1627 1641 1769 1808 1950. Acontecimento 1641 Ano da proibição do uso de fogueiras e fogos de artifício. Salvador da Bahia Leitura: atividades RESPOSTAS Pula a fogueira, João! 1. 24 junho a.c 1545-1563 1584 1627 1641 1769 1808 1950 Data Acontecimento 1641 Ano da proibição do uso de fogueiras e fogos de artifício.

Leia mais

Questões - Festas populares do mês de junho

Questões - Festas populares do mês de junho Questões - Festas populares do mês de junho 1. Descreva os elementos característicos da Festa Junina presentes nas imagens. Abertura de São João 2011, no Pelourinho http://commons.wikimedia.org/wiki/file:s%c3%a3o_jo%c3%a3o_no_pel%c3%b4_2.jpg

Leia mais

Campina Grande: A Maior Festa Junina do Brasil

Campina Grande: A Maior Festa Junina do Brasil 4ºano 1.4 MATEMÁTICA 2º período 11 de junho de 2014 Cuide da organização da sua avaliação, escreva de forma legível, fique atento à ortografia e elabore respostas claras. Tudo isso será considerado na

Leia mais

Sugestões de avaliação. História 8 o ano Unidade 2

Sugestões de avaliação. História 8 o ano Unidade 2 Sugestões de avaliação História 8 o ano Unidade 2 5 Nome: Data: Unidade 2 1. Leia o texto e faça o que se pede. O povoamento das minas A sede insaciável do ouro estimulou tantos a deixarem suas terras

Leia mais

3. É correto afirmar que Guilhermina diz que sabe sambar muito bem graças a sua mãe? Se não, corrija essa informação, reescrevendo a frase:

3. É correto afirmar que Guilhermina diz que sabe sambar muito bem graças a sua mãe? Se não, corrija essa informação, reescrevendo a frase: UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL PROGRAMA DE PORTUGUÊS PARA ESTRANGEIROS ATIVIDADES DE COMPREENSÃO LEITORA, COMPREENSÃO ORAL E PRODUÇÃO ESCRITA NÍVEL MÉDIO 1 RIO DE JANEIRO Você conhece o Rio de Janeiro?

Leia mais

PORTUGUÊS 3 o BIMESTRE

PORTUGUÊS 3 o BIMESTRE AVALIAÇÃO DE ATIVIDADES DE FIXAÇÃO DO CONTEÚDO DO GRUPO VIII PROVA TAREFA 4 Unidade Portugal Série: 5 o ano (4 a série) Período: TARDE Data: 21/9/2011 PORTUGUÊS 3 o BIMESTRE Nome: Turma: Valor da prova:

Leia mais

Calendário de Eventos. Colares. Igarapé do Sonrisal

Calendário de Eventos. Colares. Igarapé do Sonrisal Calendário de Eventos Colares 2016 Igarapé do Sonrisal Março Dia da Mulher Programação diversificada em homenagem às mulheres do município com palestras, oficinas, distribuição de flores e caminhada. Local

Leia mais

FESTAS JUNINAS: CULTURA, RELIGIOSIDADE E TRADIÇÃO

FESTAS JUNINAS: CULTURA, RELIGIOSIDADE E TRADIÇÃO FESTAS JUNINAS: CULTURA, RELIGIOSIDADE E TRADIÇÃO Capelinha de melão / É de São João / É de cravo, é de rosa / É de manjericão. São João está dormindo / Não me ouve não / Acordai, acordai / Acordai, João.

Leia mais

DATAS COMEMORATIVAS. FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro

DATAS COMEMORATIVAS. FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro As festas juninas fazem parte da tradição católica, mas em muitos lugares essas festas perderam essa característica.

Leia mais

Exame Unificado de Acesso (Línguas e Matemática) às Quatro Instituições do Ensino Superior de Macau. Exames e Resposta do Ano 2017/2018.

Exame Unificado de Acesso (Línguas e Matemática) às Quatro Instituições do Ensino Superior de Macau. Exames e Resposta do Ano 2017/2018. Exame Unificado de Acesso (Línguas e Matemática) às Quatro Instituições do Ensino Superior de Macau Exames e Resposta do Ano 2017/2018 Português B I Leia o seguinte texto com atenção. A Chan Sut Ieng é

Leia mais

Alfredo Volpi: o Pintor das Bandeirinhas!

Alfredo Volpi: o Pintor das Bandeirinhas! Alfredo Volpi: o Pintor das Bandeirinhas! O pintor em 1985, três anos antes de sua morte (imagem: Ivani Stein / Folha Imagem) Alfredo Volpi nasceu em Lucca, Itália, a 14 de abril de 1896. Em 1897, a família

Leia mais

TOCA A CELEBRAR TRADIÇÕES CARNAVALESCAS NA EUROPA CLUBE OPEN YOUR MIND ANO IV NEWSLETTER Nº23

TOCA A CELEBRAR TRADIÇÕES CARNAVALESCAS NA EUROPA CLUBE OPEN YOUR MIND ANO IV NEWSLETTER Nº23 TOCA A CELEBRAR TRADIÇÕES CARNAVALESCAS NA EUROPA Desta vez, a nossa Newsletter vai dar a conhecer algumas das tradições carnavalescas da Europa. Cada país tem as suas tradições, mas o que importa é mesmo

Leia mais

Visite nosso site

Visite nosso site Carnaval O Carnaval é a maior festa popular do país. A festa acontece durante quatro dias (que precedem a quarta-feira de cinzas). A quarta de cinzas tem este nome devido à queima dos ramos do Domingo

Leia mais

2º ANO A 2º ANO B. São Paulo, 09 de junho de COMUNICADO Nº 071 /2016. ASSUNTO: CONTEÚDOS E DATAS DAS PROVAS BIMESTRAIS

2º ANO A 2º ANO B. São Paulo, 09 de junho de COMUNICADO Nº 071 /2016. ASSUNTO: CONTEÚDOS E DATAS DAS PROVAS BIMESTRAIS 2º ANO A 14/06 PORTUGUÊS INTERPRETAÇÃO DE TEXTO APOSTILA PÁGINAS 73 A 84 APOSTILA PÁGINAS 87 E 88 ( S COM SOM DE Z) GRAMÁTICA PÁGINAS 56 E 57, 67 Á 70 GRAMÁTICA PÁGINAS 118 Á 121, 230 Á 235 APOSTILA PÁGINAS

Leia mais

A FESTA SÃO JOÃO DA LAGOA:

A FESTA SÃO JOÃO DA LAGOA: Apresentação: As festas juninas se tornaram umas das principais e maiores festas do calendário nacional. Todo ano verificamos que a procura por festas deste tipo é enorme, porém não temos muitas ofertas

Leia mais

Programa de Recuperação Paralela

Programa de Recuperação Paralela COLÉGIO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Programa de Recuperação Paralela 3ªEtapa / 2010 DISCIPLINA: História EDUCADOR: Gloria Maria ANO: 8º ano Ensino Fundamental II TURMAS: 8.1/8.2 *Caro educando, você está

Leia mais

Enfoque JB. Grupo JB rumo aos 50 Anos

Enfoque JB. Grupo JB rumo aos 50 Anos [Digite texto] Grupo JB rumo aos 50 Anos O voltou de cara nova e com uma edição especial de contagem regressiva rumo aos 50 Anos do Grupo. Isso mesmo falta apenas 60 dias para celebrar esse momento na

Leia mais

Lugares Ideais para o seu Casamento

Lugares Ideais para o seu Casamento Lugares Ideais para o seu Casamento Casais que organizam seu casamento precisam se preocupar com uma infinidade de coisas: data, horários, lista de convidados, trajes, alianças, locais, decoração, buffet,

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS Deputado Federal VALADARES FILHO. Senhor Presidente, Senhoras e senhores Deputados,

CÂMARA DOS DEPUTADOS Deputado Federal VALADARES FILHO. Senhor Presidente, Senhoras e senhores Deputados, CÂMARA DOS DEPUTADOS Deputado Federal VALADARES FILHO Senhor Presidente, Senhoras e senhores Deputados, Minhas saudações a Sergipe país do forró : estão de parabéns o governador, o prefeito de Aracaju

Leia mais

Os melhores passeios em Salvador Escrito por: Soraia Barbosa

Os melhores passeios em Salvador Escrito por: Soraia Barbosa Os melhores passeios em Salvador Escrito por: Soraia Barbosa O Nordeste brasileiro possui diversas opções para quem está atrás de um passeio em um local bonito com praias e visual rústico. Um desses lugares

Leia mais

Atividades rítmicas e expressão corporal

Atividades rítmicas e expressão corporal Atividades rítmicas e expressão corporal LADAINHAS CANTIGAS BRINQUEDOS CANTADOS FOLCLORE MOVIMENTOS COMBINADOS DE RÍTMOS DIFERENTES RODAS Estas atividades estão relacionados com o folclore brasileiro,

Leia mais

FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I DESAFIO DO DIA ARTES. Conteúdo: Danças Folclóricas brasileiras.

FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I DESAFIO DO DIA ARTES. Conteúdo: Danças Folclóricas brasileiras. CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA INTERATIVA I Conteúdo: Danças Folclóricas brasileiras. 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA INTERATIVA I Habilidades:

Leia mais

Crédito da imagem: Google Image

Crédito da imagem: Google Image EXCLUSIVIDADE no segmento DOOH em ônibus em Salvador, Fortaleza e Recife. E as sensações gostosas que essa festa proporciona passam pela gastronomia, com os sabores irresistíveis da canjica e da pamonha,

Leia mais

IMAGENS DO POOH E SEUS AMIGOS NA PÁSCOA

IMAGENS DO POOH E SEUS AMIGOS NA PÁSCOA IMAGENS DO POOH E SEUS AMIGOS NA PÁSCOA Para quem procura imagens de páscoa, hoje trago 30 imagens do Pooh e seus amigos na Páscoa. O Pooh no Brasil é chamado de Ursinho Puff. É um personagem muito fofo

Leia mais

Atividade Por mares nunca dantes navegados

Atividade Por mares nunca dantes navegados Atividade Por mares nunca dantes navegados Secção II - Para os alunos mais velhos Adelina Gouveia Lúcia Vidal Soares Paulo Feytor Pinto São José Côrte-Real PROJETO: Estratégias e materiais de ensino-aprendizagem

Leia mais

REFERENCIAL TEÓRICO. Economia da Experiência e Sociedade dos Sonhos apresentam conceitos complementares. Desenvolvidos por:

REFERENCIAL TEÓRICO. Economia da Experiência e Sociedade dos Sonhos apresentam conceitos complementares. Desenvolvidos por: INOVAÇÃO DE PRODUTOS TURÍSTICOS E ECONOMIA DA EXPERIÊNCIA 05/09/2013 Desenvolvido especialmente para o PEC Nordeste e ACETER REFERENCIAL TEÓRICO Economia da Experiência e Sociedade dos Sonhos apresentam

Leia mais

GUIA DE ESTUDOS 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL I /2015 Semana de 16/11 a 20/11

GUIA DE ESTUDOS 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL I /2015 Semana de 16/11 a 20/11 GUIA DE ESTUDOS 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL I /2015 Semana de 16/11 a 20/11 Língua Portuguesa Temas: Leitura, compreensão e interpretação textual Lição de casa: Para: 17/11 (terça-feira) Fazer no caderno

Leia mais

FORMULARIO DE QUALIFAFICAÇÃO DE EVENTOS TURÍSTICOS 2014

FORMULARIO DE QUALIFAFICAÇÃO DE EVENTOS TURÍSTICOS 2014 FORMULARIO DE QUALIFAFICAÇÃO DE EVENTOS TURÍSTICOS 2014 Município: Santo Hipólito Categoria: Atrativos Culturais Tipo: Festas e Celebrações Nome do Evento: Festa de Santo Antonio Local do Evento: Barraquinha

Leia mais

regulação e comunicação nos seres vivos e nas máquinas. c. apenas pode ser visualizada; arte se resume apenas a obras que podem ser vistas.

regulação e comunicação nos seres vivos e nas máquinas. c. apenas pode ser visualizada; arte se resume apenas a obras que podem ser vistas. Atividade extra Arte e cotidiano Exercício 1 A arte é um conjunto de procedimentos que são utilizados para realizar obras e no qual aplicamos nossos conhecimentos. Apresenta-se sob variadas formas, como

Leia mais

À escola de hoje cabe a função de desenvolver nos seus alunos a competência cultural. Esta competência está associada ao desenvolvimento do sentido

À escola de hoje cabe a função de desenvolver nos seus alunos a competência cultural. Esta competência está associada ao desenvolvimento do sentido À escola de hoje cabe a função de desenvolver nos seus alunos a competência cultural. Esta competência está associada ao desenvolvimento do sentido de pertença a uma cultura e ao desenvolvimento da consciencialização

Leia mais

A Karaoke & Happy Happy

A Karaoke & Happy Happy A Karaoke & Happy Happy A A Karaoke nasceu em 2003 e posteriormente a Happy Happy em 2004, com o objetivo de marcar a diferença no mercado, apostando na variedade de serviços diretos. Iniciámo-nos no mundo

Leia mais

6. o ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF. FRANCISCA AGUIAR PROF. SUZY PINTO

6. o ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF. FRANCISCA AGUIAR PROF. SUZY PINTO 6. o ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF. FRANCISCA AGUIAR PROF. SUZY PINTO Unidade II CULTURA: a pluralidade na expressão humana. Aula 5.1 Conteúdos O folclore brasileiro: as lendas, as danças e as brincadeiras.

Leia mais

GRUPO I POPULAÇÃO E POVOAMENTO. Nome N. o Turma Avaliação. 1. Indica, para cada conceito, o número da definição que lhe corresponde.

GRUPO I POPULAÇÃO E POVOAMENTO. Nome N. o Turma Avaliação. 1. Indica, para cada conceito, o número da definição que lhe corresponde. Nome N. o Turma Avaliação GRUPO I 1. Indica, para cada conceito, o número da definição que lhe corresponde. Conceito Definição a. Cultura 1. Discriminação de povos ou pessoas, por certos grupos de indivíduos,

Leia mais

praias atividades agrícolas comércio extração de minérios pesca porto fazendas prédios artesanato igrejas praças construções históricas

praias atividades agrícolas comércio extração de minérios pesca porto fazendas prédios artesanato igrejas praças construções históricas 1 Glauco fez uma pesquisa sobre a história do Brasil e descobriu que: No ano de 1500, os europeus chegaram às terras brasileiras. Em 1808, a família real portuguesa chegou ao Rio de Janeiro. No ano de

Leia mais

OS PEQUENOS JORNALISTAS

OS PEQUENOS JORNALISTAS OS PEQUENOS JORNALISTAS JORNAL NÚMERO 4 EDIÇÃO ESPECIAL SETEMBRO/2016 C.M.E.I. CIRANDINHA FOLCLORE TAMBÉM É BRINCADEIRA DE CRIANÇA EM SUA ORIGEM INGLESA, CONFORME O DICIONÁRIO HOUAISS, A PALAVRA FOLCLORE

Leia mais

Cinema na escola: O Tempo e o Vento. Trecho da série para TV (1985):

Cinema na escola: O Tempo e o Vento. Trecho da série para TV (1985): Cinema na escola: O Tempo e o Vento Desde 1895, filmes foram feitos para emocionar, alegrar e surpreender seu público. Muitos deles mostram personagens com características bem marcadas. Características

Leia mais

UNIDADE: Pegar o bonde andando / Brasil SITUAÇÃO DE USO Aprendizagem sobre ditos populares. MARCADORES Cultura; Arte popular; Folclore.

UNIDADE: Pegar o bonde andando / Brasil SITUAÇÃO DE USO Aprendizagem sobre ditos populares. MARCADORES Cultura; Arte popular; Folclore. UNIDADE: Pegar o bonde andando / Brasil SITUAÇÃO DE USO Aprendizagem sobre ditos populares. MARCADORES Cultura; Arte popular; Folclore. EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM - Aprender sobre ditos populares brasileiros.

Leia mais

Como o Carnaval é celebrado ao redor do mundo

Como o Carnaval é celebrado ao redor do mundo Cultura Como o Carnaval é celebrado ao redor do mundo Nairim Bernardo Escola de samba, blocos, bonecos gigantes, trios elétricos. A quantidade de formas de se pular o Carnaval mostra como o Brasil se apropriou

Leia mais

PRAÇA SARAIVA, CENTRO CEP.: TERESINA - PIAUÍ Página 1

PRAÇA SARAIVA, CENTRO CEP.: TERESINA - PIAUÍ Página 1 AVALIAÇÃO DIFERENCIADA PARCIAL 2 II TRIMESTRE 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL PROFª TÁCIA/ DEYLLEN/ ANA LÚCIA/ CLÁUDIA/ LUCIANA/ SILVIA PROJETO FESTAS JUNINAS - AVALIAÇÃO PARCIAL Apresentação: A Avaliação

Leia mais

Page 1 of 5. Amor & Sociologia Cultural - Caetano Veloso & Cazuza

Page 1 of 5. Amor & Sociologia Cultural - Caetano Veloso & Cazuza Page 1 of 5 Universidade Federal do Amapá Pró-Reitoria de Ensino de Graduação Curso de Licenciatura Plena em Pedagogia Disciplina: Sociologia Cultural Educador: João Nascimento Borges Filho Amor & Sociologia

Leia mais

Resgate de origens e processos de transformação; Estudo das experiências da humanidade ao longo do tempo;

Resgate de origens e processos de transformação; Estudo das experiências da humanidade ao longo do tempo; Conhecimento histórico Resgate de origens e processos de transformação; Estudo das experiências da humanidade ao longo do tempo; Compreensão dos acontecimentos do passado: sua importânciatemporal temporal

Leia mais

EDITAL DE RECUPERAÇÃO PARALELA SEMESTRAL DE GEOGRAFIA 1º SEMESTRE/2016

EDITAL DE RECUPERAÇÃO PARALELA SEMESTRAL DE GEOGRAFIA 1º SEMESTRE/2016 EDITAL DE RECUPERAÇÃO PARALELA SEMESTRAL DE GEOGRAFIA 1º SEMESTRE/2016 Aluno: Ano: Professora: Disciplina: No Colégio Pentágono trabalhamos com a Recuperação Contínua e Paralela. A Recuperação Contínua

Leia mais

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL 2013

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL 2013 Pedagogia: Aut. Dec. nº 93110 de 13/08/86 / Reconhecido Port. Nº 717 de 21/12/89/ Renovação Rec. Port. nº 3.648 de 17/10/2005 Educação Física: Aut. Port. nº 766 de 31/05/00 / Rec. Port. nº 3.755 de 24/10/05

Leia mais

11 Exposição dos Trabalhos

11 Exposição dos Trabalhos 07 Festa das Nações 11 Exposição dos Trabalhos 12 Início da Copa * Período Matutino aula normal * Período Vespertino aulas e atividades extracurriculares suspensas. 17- Jogo do Brasil * Período Matutino

Leia mais

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: História

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: História COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: História Nome: Ano: 3º Ano 1º Etapa 2014 Colégio Nossa Senhora da Piedade Área do Conhecimento: Ciências Humanas Disciplina: História

Leia mais

Feriado de solidariedade e fé

Feriado de solidariedade e fé Feriado de solidariedade e fé Feriado de 12 de outubro, dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil. Nesta data também se comemora o Dia das Crianças. Mas, enquanto muitos descansam no feriado,

Leia mais

Dos Costumes ao Espetáculo: A Transformação da Festa Junina Campinense n O Maior São João do Mundo

Dos Costumes ao Espetáculo: A Transformação da Festa Junina Campinense n O Maior São João do Mundo Universidade Federal de Pernambuco Centro de Ciências Sociais Aplicadas Programa de Pós-Graduação em Administração Mestrado Profissional em Administração João Gabriel de Lima Perdigão Relatório Executivo:

Leia mais

Foto: Vantuir Azevêdo APRESENTAÇÃO

Foto: Vantuir Azevêdo APRESENTAÇÃO Foto: Vantuir Azevêdo RIF APRESENTAÇÃO Festas juninas: Cenários folkcomunicacionais Suelly Maux Dias 1 Severino Alves de Lucena Filho 2 A presente edição da Revista Internacional de Folkcomunicação (RIF)

Leia mais

COIMBRA. T e n d ê n c i a s d e p e s q u i s a e m P o r t u g a l

COIMBRA. T e n d ê n c i a s d e p e s q u i s a e m P o r t u g a l 1 COIMBRA T e n d ê n c i a s d e p e s q u i s a e m P o r t u g a l 2 Contexto Coimbra é sinónimo de saudade. De serenatas, estudantes, cortejos e queimas das fitas. É também sinónimo de uma cidade turística,

Leia mais

Sistema de Ensino CNEC a-11s-a-04 Português (formação de palavras)

Sistema de Ensino CNEC a-11s-a-04 Português (formação de palavras) 1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Nome: Os festejos da Páscoa, em todo o mundo, apresentam variações em suas origens e significados. Enquanto você espera o coelho, descubra algumas curiosidades sobre

Leia mais

Raissa Meirelles Renata Bottino Giovanna Lemos 2ºA Marcella Lolli. Como foi criado

Raissa Meirelles Renata Bottino Giovanna Lemos 2ºA Marcella Lolli. Como foi criado Brasil sulino Raissa Meirelles Renata Bottino Giovanna Lemos 2ºA Marcella Lolli Como foi criado Como foi criado 2 Cultura 3 Matutos 4 Gringos 5 Gaúchos 4 Artigo interno 5 6 O Brasil sulino é uma região

Leia mais

Celebrações de Santo Antônio de Pádua nas Paróquias da Arquidiocese de BH - 13 de junho

Celebrações de Santo Antônio de Pádua nas Paróquias da Arquidiocese de BH - 13 de junho Celebrações de Santo Antônio de Pádua nas Paróquias da Arquidiocese de BH - 13 de junho Santo Antônio de Pádua, o Santo casamenteiro e padroeiro dos pobres, é celebrado com grande alegria e devoção nas

Leia mais

7.1.2 Denominação mais freqüente: EXPOMAQ Localização: Sede do município Município: Mato Queimado Localidade: Distrito

7.1.2 Denominação mais freqüente: EXPOMAQ Localização: Sede do município Município: Mato Queimado Localidade: Distrito 7 Missões: Recursos de Interesse Patrimonial FESTAS E CELEBRAÇÕES Mato Queimado 7.1 Aspectos Gerais 7.1.1 Identificação: Expomaq Feira agropecuária, comercial e industrial de Mato Queimado 7.1.2 Denominação

Leia mais

DEVOTOS DA COR. Pesquisadora: Mariza de Carvalho Soares Direção: Bruno Pacheco de Oliveira Transcrição: (12 min., 1999)

DEVOTOS DA COR. Pesquisadora: Mariza de Carvalho Soares Direção: Bruno Pacheco de Oliveira Transcrição: (12 min., 1999) 1 DEVOTOS DA COR Pesquisadora: Mariza de Carvalho Soares Direção: Bruno Pacheco de Oliveira Transcrição: (12 min., 1999) Legendas - Sou irmã... Daqui da igreja. - Santo Elesbão, Santa Efigênia e o Senhor

Leia mais

Eventos Culturais - Minas Gerais 8 de junho de 2009 Período Municipio Evento Descrição Local Responsável Telefone Fonte/ atualização

Eventos Culturais - Minas Gerais 8 de junho de 2009 Período Municipio Evento Descrição Local Responsável Telefone Fonte/ atualização Eventos Culturais - Minas Gerais 8 de junho de 2009 Período Municipio Evento Descrição Local Responsável Telefone Fonte/ atualização Dias 05, 06, 07, 12, 13 e 14/06 Belo Horizonte X Festival Internacional

Leia mais

FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES APRENDER A APRENDER DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I ARTES. Conteúdo: Aula 1 e 2: Canção de roda.

FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES APRENDER A APRENDER DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I ARTES. Conteúdo: Aula 1 e 2: Canção de roda. Conteúdo: Aula 1 e 2: Canção de roda. 2 Habilidades: H12 Reconhecer diferentes funções da arte, do trabalho da produção dos artistas em seus meios culturais. 3 Música clássica- baseada no folclore Heitor

Leia mais

População. O censo ou recenseamento demográfico é uma pesquisa que colhe informações sobre a população de um país.

População. O censo ou recenseamento demográfico é uma pesquisa que colhe informações sobre a população de um país. População O censo ou recenseamento demográfico é uma pesquisa que colhe informações sobre a população de um país. Processos que aumentam ou diminuem a população: nascimento entrada imigração População

Leia mais

Plano de Atividades da Equipa de Animação

Plano de Atividades da Equipa de Animação Plano de Atividades da Equipa de Animação 2016 janeiro 2016 1 de janeiro - Dia Mundial da Paz 6 de janeiro - Dia de Reis 21 de janeiro - Dia de amigas Troca de lembranças 22 de janeiro Aniversário do GAR

Leia mais

Festa Junina Receitas

Festa Junina Receitas Festa Junina Receitas [ACCESS] Complete Pages Festa Junina Receitas - Full Pages. Free Download Ebook PDF FESTA JUNINA RECEITAS with premium access FESTA JUNINA RECEITAS, BRINCADEIRAS E DECORAçãO YOKI

Leia mais

Problemas de matemática para o 2 ano

Problemas de matemática para o 2 ano Problemas de matemática para o 2 ano Problemas de matemática para o 2 ano do ensino que fala sobre, cálculos mentais, complete o adições, escreva os numerais que representam as cubinhos, leia, resolva

Leia mais

Katia G. Nogueira. Brincando de Cantiga

Katia G. Nogueira. Brincando de Cantiga Katia G. Nogueira Brincando de Cantiga APRESENTAÇÃO Este livro visa possibilitar o contato das crianças com as mais variadas situações comunicativas para que assim comecem a perceber a função social da

Leia mais

Réveillon em Copacabana terá queima de fogos em fomato de coração

Réveillon em Copacabana terá queima de fogos em fomato de coração Terra - SP 30/12/2013-18:06 Réveillon em terá queima de fogos em fomato de coração Isabela Vieira??O Réveillon em, na zona sul do Rio de Janeiro, terá como novidade a queima de 100 fogos de artifício em

Leia mais

ESCOLA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE Curso de Licenciatura em Educação Física RESUMO DE ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

ESCOLA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE Curso de Licenciatura em Educação Física RESUMO DE ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE Curso de Licenciatura em Educação Física RESUMO DE ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA ATIVIDADES DE ALUNOS MANAUS AMAZONAS 2016 IDENTIFICAÇÃO Diretor Geral

Leia mais

Relatório - Fevereiro a Julho de 2013

Relatório - Fevereiro a Julho de 2013 Relatório - Fevereiro a Julho de 2013 De: CEIA Centro Educacional para a Infância e a Adolescência Pavão/MG Para: Amigos das Missões - Itália Relato das atividades executadas pelo CEIA de fevereiro a julho

Leia mais

Sorriso FM ESTRELA

Sorriso FM ESTRELA Município de Estrela O município de Estrela tem cerca de 30.628 habitantes (2010) e fica localizado no entroncamento da BR-386 e RST-423, no Vale do Taquari. Conhecida como a Princesinha do Vale, a cidade

Leia mais

CARDÁPIO EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS/ PROJOVEM

CARDÁPIO EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS/ PROJOVEM Dia do Trabalho O Dia do Trabalho é comemorado em 1º de maio. No Brasil e em vários países do mundo é um feriado nacional, dedicado a festas, manifestações, passeatas, exposições e eventos reivindicatórios.

Leia mais

Aluno: Série: 2º turma: Turno:

Aluno: Série: 2º turma: Turno: Aluno: Série: 2º turma: Turno: 1 Série / turma: AV: Nota: 2º Aluno(a): Professor(a): Data: / / 2012 Disciplina: Língua Portuguesa / Matemática Ensino Fundamental 1 1. Leia o texto com atenção: Atividade

Leia mais

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL

PROJETO DAS FACULDADES MAGSUL Pedagogia: Aut. Dec. nº 93110 de 13/08/86 / Reconhecido Port. Nº 717 de 21/12/89/ Renovação Rec. Port. nº 3.648 de 17/10/2005 Educação Física: Aut. Port. nº 766 de 31/05/00 / Rec. Port. nº 3.755 de 24/10/05

Leia mais

Figura 18 Comunidade da Canoa (Ituiutaba/MG): triturando o milho Autor: GOBBI, W.A. de O./fev.2005

Figura 18 Comunidade da Canoa (Ituiutaba/MG): triturando o milho Autor: GOBBI, W.A. de O./fev.2005 156 Figura 18 Comunidade da Canoa (Ituiutaba/MG): triturando o milho A peneira utilizada para coar o milho (Figura 19) foi feita por um dos moradores da comunidade especialmente para a festa. Nessa etapa,

Leia mais

Barra do Garças Estado de Mato Grosso

Barra do Garças Estado de Mato Grosso Barra do Garças Estado de Mato Grosso ;;w :;;;;;:;wl:w Ano 2015 Poder Legislativo Municipal Plenário das DPiihPrarííP Protocolo N. 0 348, Liv. 24, Fls. Em 24/04/20 1 5. às 15:25hs. O Projeto de Lei O Projeto

Leia mais

ACERCA DA POSSIBILIDADE DE PROMOÇÃO DE FESTEJOS JUNINOS.

ACERCA DA POSSIBILIDADE DE PROMOÇÃO DE FESTEJOS JUNINOS. PARA OS PREFEITOS, PREFEITAS, SECRETÁRIOS E ASSESSORES MUNICIPAIS DO RN - Abaixo, Nota Técnica explicativa e esclarecedora da FEMURN, ACERCA DA POSSIBILIDADE DE PROMOÇÃO DE FESTEJOS JUNINOS. Saudações

Leia mais

Colégio Mauricio Salles de Mello

Colégio Mauricio Salles de Mello Colégio Mauricio Salles de Mello Brasília, de de 20 Professor(a): Aluno(a): Ano: Turma: PLANO SEMANAL 5º ANO Semana de 06/06 a 19/06/2017 Amigos são aqueles que ajudam a nos colocar de pé quando nossas

Leia mais

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 11 A UNIÃO IBÉRICA (1580)

HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 11 A UNIÃO IBÉRICA (1580) HISTÓRIA - 1 o ANO MÓDULO 11 A UNIÃO IBÉRICA (1580) Como pode cair no enem (FUVEST) Sobre a presença francesa na Baía de Guanabara (1557-60), podemos dizer que foi: a) apoiada por armadores franceses

Leia mais

Jean-Yves Garneau. O rações da noite. antes de dormir EDITORA AVE-MARIA

Jean-Yves Garneau. O rações da noite. antes de dormir EDITORA AVE-MARIA Jean-Yves Garneau O rações da noite antes de dormir EDITORA AVE-MARIA As orações contidas neste livro são para você que começa a aprender a ler. Verá que há muitas orações. Com o tempo, aprenderá a escolher

Leia mais

Cultura Material e Imaterial

Cultura Material e Imaterial Cultura Material e Imaterial 1. (ENEM 2013) TEXTO I Material de apoio para Monitoria Andaram na praia, quando saímos, oito ou dez deles; e daí a pouco começaram a vir mais. E parece-me que viriam, este

Leia mais

Tudo indica que o São João, constitui-se numa atividade econômica muito maior que o Carnaval. E tem muito mais elos na sua cadeia produtiva:

Tudo indica que o São João, constitui-se numa atividade econômica muito maior que o Carnaval. E tem muito mais elos na sua cadeia produtiva: História As festas juninas, apesar de muito fortes no Nordeste, são comemoradas em todo o território nacional, sem perder a riqueza cultural, animação e participação da população. Enquanto o carnaval é,

Leia mais

Experimente desenhar kanji. Use lápis para fazer as atividades propostas, e poderá apagar e corrigir as vezes que for preciso.

Experimente desenhar kanji. Use lápis para fazer as atividades propostas, e poderá apagar e corrigir as vezes que for preciso. Experimente desenhar kanji Use lápis para fazer as atividades propostas, e poderá apagar e corrigir as vezes que for preciso. Para desenhar bem cada kanji são dadas orientações passo a passo. Não se preocupe

Leia mais

Família real portuguesa no Brasil

Família real portuguesa no Brasil Família real portuguesa no Brasil Vinda da família real No início do século XIX Napoleão Bonaparte era imperador da França. Ele queria conquistar toda a Europa e para tanto derrotou os exércitos de vários

Leia mais

LISTA DE RECUPERAÇÃO. Do 3º trimestre - Disciplina: HISTÓRIA

LISTA DE RECUPERAÇÃO. Do 3º trimestre - Disciplina: HISTÓRIA Centro Educacional Sesc Cidadania Ensino Fundamental II Goiânia, / /2017. 7º ano Turma: Nome do (a) Aluno (a): Professor(a): GUILHERME PORTO LISTA DE RECUPERAÇÃO Do 3º trimestre - Disciplina: HISTÓRIA

Leia mais